Tribunal Regional Eleitoral de Sarita Catarina

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tribunal Regional Eleitoral de Sarita Catarina"

Transcrição

1 Tribunal Regional Eleitoral de Sarita Catarina ACÓRDÃO N REPRESENTAÇÃO - PROPAGANDA ELEITORAL'- JUÍZES AUXILIARES Relator: Juiz Julio Guilherme Berezoski Schattschneider Recorrentes: Coligação "As Pessoas em Primeiro Lugar" (PTB/PMDB/PSL/PSC/PPS/DEM/PTC/PRP/PSDB) - Majoritária,. Coligação "DEM/PMDB/PSDB/PPS/PTC/PSL/PRP/PSC) - Deputados Federais, Coligação "DEM/PMDB/PSDB/PPS/PTB/PTC/PSL/PRP/ PSC" - Deputados Estaduais Recorridas: Ideli Salvati, Coligação "A Favor de Santa Catarina" (PT/PRB/PR/PSDC/PRTB/PHS/PSB/PCdoB) - Majoritária, Coligação "A Favor de Santa Catarina" PT/PRB/PR/PSDC/PRTB/PHS/PCdoB) - Deputados Federais 'e Coligação "Em Favor de Santa Catarina" PT/PRB/PR/PSDC/PRTB/PHS/PCdoB) - Deputados Estaduais - RECURSO - ELEIÇÕES PROPAGANDA - REPRESENTAÇÃO - INÉPCIA DA PETIÇÃO INICIAL - ERRO DE DIGITAÇÃO - NÃO-CUMPRIMENTO DA EXIGÊNCIA DO 4 o DO ARTIGO 6 o DA RESOLUÇÃO TSE N / AUSÊNCIA DE REFERÊNCIA EXPRESSA A DATAS E HORÁRIOS DE VEICULAÇÃO DAS PROPAGANDAS - DADOS CONTRADITÓRIOS EM COMPARAÇÃO COM OS RELATÓRIOS DE MÍDIA - COMPREENSÃO, AINDA ASSIM, DO TEXTO E DO ALCANCE DA PRETENSÃO - REJEIÇÃO. - HORÁRIO ELEITORAL GRATUITO - INSERÇÕES - INVASÃO, PELO CANDIDATO À ELEIÇÃO MAJORITÁRIA, DO TEMPO RESERVADO AOS CANDIDATOS A DEPUTADO ESTADUAL E FEDERAL - INOCORRÊNCIA - ARTIGO 53-A DA LEI N / DESPROVIMENTO. Vistos, etc, A C O R D A M os Juízes do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina, à unanimidade, em rejeitar a alegação de inépcia da petição inicial, conhecer do recurso e, no mérito, a ele negar provimento, nos termos do voto do Relator, que fica fazendo parte integrante da decisão. Sala de Sessões do Tribunal Regional Eleitoral. Florianópolis, 13 de setembro de Juiz JULIO GUILHERME BEREZOSKI SCHATTSCHNEIDER Relator

2 Tribunal Regional Eleitoral.de Santa Catarina RELATÓRIO O que está em questão nestes autos são seis inserções, cujo conteúdo, constante do DVD da fl. 10, corretamente transcrito na petição inicial (fl. 3), é o seguinte: 1. DEPUTADOS ESTADUAIS Mulher: Com o trabalho do Governo Lula e dos seus deputados, Santa Catarina progrediu muito. Você vai votar em quem foi contra tudo o que o Lula fez de bom nos últimos oito anos? É claro que não. Vamos votar em. quem vai fazer Santa Catarina andar pra frente e não prá trás. 2. DEPUTADOS FEDERAIS Homem: Com o trabalho do Governo Lula e dos seus deputados, ^Santa Catarina progrediu muito. Você vai votar em quem foi contra tudo o que o Lula fez de bom nos últimos oito anos? É claro que não. Vamos votar em quem vai fazer Santa Catarina andar pra frente e não prá trás.. 3. DEPUTADOS FEDERAIS Homem: Você quer mais bolsas de estudos com o ProUni? Quem mais escolas técnicas em todas as regiões? Então vote nos nossos deputados. Eles vão aprovar leis pra continuar melhorando a vida dos catarinenses. 4. DEPUTADOS FEDERAIS Mulher: Quer mais empregos e oportunidades? Grandes portos? Duplicação de estradas? UDESC em todas as regiões? Então vote nos deputados A Favor de Santa Catarina. Eles vão aprovar leis para continuar a melhor vida dos catarinenses. 5. DEPUTADOS ESTADUAIS (PSB) Homem: Quer mais minha casa, minha vida? Mais apoio a agricultura familiar? Merenda mais saudável? Então vote nos deputados Em Favor de Santa Catarina. Eles vão aprovar leis para melhorar a vida dos catarinenses. 6. DEPUTADOS ESTADUAIS (PSB) Homem: Você quer mais bolsas de estudos com o ProUni? Quer mais escolas técnicas em todas as regiões? Então vote nos nossos deputados. Eles vão aprovar leis pra continuar melhorando a vida dos catarinenses. Há cinco argumentos, arrolados na petição inicial, que justificariam a conclusão de que houve de fato a invasão vedada pelo artigo 53-A da Lei n /1997: [a] não há qualquer vínculo entre os temas tratados nas inserções e as atividades de deputado estadual ou federal (no caso das últimas três, além disso,

3 todo o conteúdo da narração é voltado para a atividade exercida pelo Poder Executivo); [b] há expressa referência a mensagem largamente utilizada na campanha de Ideli Salvatti (vamos votar em quem vai fazer Santa Catarina andar pra frente e não pra trás); [c] os apresentadores das inserções são os mesmos que apresentam as suas propagandas eleitorais; e, [d] durante toda a exibição há ao fundo o seu nome enumero (13). Com base nestes fatos e fundamentos, foi formulada a pretensão que consta da fl. 9, no sentido da suspensão da veiculação daquelas inserções e da aplicação da sanção prevista no 3 o do artigo 53-A da Lei n /1997 (O partido político ou a coligação que não observar a regra contida neste artigo perderá, em seu horário de propaganda gratuita, tempo equivalente no horário reservado à propaganda da eleição disputada pelo candidato beneficiado) As representadas contestaram (fls. 51 a 60), aduzindo a inépcia da petição inicial, visto que: [a] à fl. 8 foi requerida a aplicação da penalidade "em desfavor da 'candidata Ângela Amin e de sua coligação', e não dos representados"; [b] as informações que dela constam acerca das xlatas e blocos em que as inserções "supostamente foram veiculadas" estão em contradição com os relatórios das fls. 12 a 26; [c] na sua fl. 4 é citado o PDT, partido que apoia Ângela Amin, "não compreendendo os representados se a insurgência das representantes é contra ela ou efetivamente, Ideli Salvatti"; [d] não foram citados no seu próprio corpo os horários em que-as inserções foram veiculadas; e, finalmente, [e] não foi cumprido o 4 o do artigo 6 o - e não 5 o, como consta da contestação - da Resolução TSE n /2009 (A mídia de áudio e/ou vídeo que instruir a petição deverá vir obrigatoriamente acompanhada da respectiva degravação em 2 vias, observado o formato mp3 para as mídias de áudio; wmv, mpg, mpeg ou avi para as de vídeo digital e VHS para fitas de vídeo). No mérito, alegou-se a decadência em relação à inserção veiculada às 18h02 do dia (fl. 20), visto que a petição inicial foi protocolada no dia , às 18hÓ4. Ao contrário do que constou da petição inicial, as inserções 3 a 6 não foram veiculadas nos dias 31-8 ou E as inserções 1 e 2 não o foram no primeiro bloco do dia No mais, em linhas gerais, defendeu-se a legalidade do conteúdo de todas elas, especialmente se comparadas. com as veiculadas pelas próprias coligações autoras, nas quais, ao contrário das impugnadas nesta demanda, há a exibição ostensiva da imagem em vídeo do candidato Raimundo Colombo. O Ministério Público Eleitoral, mediante parecer do Procurador Cláudio Dutra Fontella (fls. 77 a 80), opinou pela rejeição da pretensão. Proferi então a sentença da fl. 81: O objeto desta representação são seis inserções, cujo conteúdo, constante do DVD da fl. 10, está corretamente transcrito na petição inicial (fl t 3). Em

4 suma, alega-se ofensa ao artigo 53rA da Lei n /1997, visto que, ainda que de forma dissimulada, pretendeu-se realizar propaganda da candidata Ideli Salvati ao invésdos candidatos às eleições proporcionais das coligações representadas. O caput daquele dispositivo iegal expressamente prevê que "[é] vedado aos partidos políticos e às coligações incluir no horário destinado aos candidatos às eleições proporcionais propaganda das candidaturas a eleições majoritárias, ou vice-versa, ressalvada a utilização, durante a exibição do programa, de legendas com referência aos candidatos majoritários, ou, ao fundo, de cartazes ou fotografias desses candidatos" (grifei). De acordo com o que consta da mídia apresentada, esta norma não foi descumprida, pois ela não veda que o partido ou coligação utilize as suas inserções para fazer campanha indistintamente a todos os seus candidatos a deputado estadual ou federal. E também não é defeso que elas sejam apresentadas por quem não seja. candidato (um ator, por exemplo). Irregularidade haveria apenas se o conteúdo das mensagens fossem absolutamente dissociadas da atividade parlamentar. Na realidade, em linhas gerais as três maiores coligações em Santa x Catarina têm veiculado inserções semelhantes. Ante o exposto, rejeito a pretensão. Remetam-se os autos à CRIP para que proceda às intimações necessárias. Vista ao Ministério Público Eleitoral. Se não houver recurso, arquivem-se. Houve recurso (fls. 8.5 a 92) e resposta (fls. 97 a 105), mediante os quais foram reiterados os argumentos já constantes das demais petições do processo. É o relatório. VOTO O SENHOR JUIZ JULIO GUILHERME BEREZOSKI SCHATTSCHNEIDER (Relator): O processo judicial eleitoral, ao contrário do comum, é extremamente dinâmico. Os próprios Juízes, embora bem assessorados, subscrevem relatórios, decisões ou votos que, pela urgência dos prazos, eventualmente contém erros materiais ou de digitação. Pelo visto, este é o problema da petição inicial. Provavelmente o advogado utilizou como modelo petição relativa a demanda diversa, cujos representados eram outros candidatos, partidos ou coligações. Obviamente, isto não a torna inepta, pois da sua leitura não há qualquer dificuldade em compreender o seu objetivo. Não é necessário que da própria petição inicial conste a identificação clara e precisa do dia, hora e emissora em que foram veiculadas as inserções.y^s representantes (fls. 12 a 26) juntaram relatório pormenorizado, relativo à st

5 veiculação em todas as emissoras. Porém, se aquele documento não corresponde à realidade, trata-se de questão de prova e, portanto, integra o mérito da questão. ^ Por fim, aparentemente não foi cumprido o 4 a do artigo 6 o. da Resolução TSE n r /2009. Porém, apesar disto, o direito de defesa, ar meu ver, foi exercido de forma plena e não havia razão para que as questões de mérito não fossem conhecidas. Quanto a elas, então, o meu voto é pelo desprovimento do recurso. A Lei não obriga os partidos a veicular a imagem dos seus candidatos durante as inserções da propaganda política destinada às eleições proporcionais. Não há ilegalidade, portanto, se houver pedido de voto indistintamente a todos e a apresentação do programa for realizada por quem não seja candidato (um ator ou atriz, por exemplo), exatamente como ocorreu no caso dos autos. O fato de a mesma pessoa apresentar os programas da candidata à eleição majoritária e dos candidatos à proporcional é absolutamente irrelevante, porque a prática não é vedada e, principalmente, não é incomum que a empresa de marketing político contratada pela coligação produza os programas de todos os seus 1 integrantes., Sequer foi utilizada a faculdade prevista no 1 o do artigo 53-A da Lei n /1997, que admite "a inserção de depoimento de candidatos a eleições proporcionais no horário da propaganda das candidaturas majoritárias e vice-versa, registrados sob o mesmo partido ou coligação, desde que o depoimento consista exclusivamente em pedido de voto ao candidato que cedeu o tempo". Além disso, o caputúo dispositivo prevê a possibilidade de "utilização, durante a exibição do programa, de legendas com referência aos candidatos majoritários, ou, ao fundo, de cartazes ou fotografias desses candidatos". Isto foi levado a efeito apenas parcialmente nas inserções impugnadas, visto que a imagem de ídeli Salvatti (exceto na primeira) não é exibida. Do seu jingle de campanha consta de fato o verso "Santa Catarina não pode andar pra trás" (e é possível que da sua propaganda em bloco a expressão também tenha sido utilizada). Porém, não se trata de um slogan. Este, de acordo com o que se observa no sítio, da candidata na internet (http://www.ideligovernadora.com.br/) é "Santa Catarina vai ganhar com Ideli". É preciso reconhecer que os candidatos a deputado das coligações representadas naturalmente comungam das mesmas idéias e objetivos. Estranho seria que as suas propagandas e as da candidata ao pleito majoritário f3ssem absolutamente diferentes., \

6 Corno o julgamento, no mérito, é favorável às representadas, não há efeito prático no reconhecimento da decadência. Então, apenas declaro que, de fato, a inserção veiculada às 18h02 do dia (fl: 20), de fato, não poderia ser objeto de julgamento, visto que a petição inicial foi protocolada no dia , * às 18h04. - ' Ante o exposto, rejeito a alegação de inépcia da petição inicial e, no mérito, nego provimento ao recurso. i 4 6

7 EXTRATO DE ATA RECURSO CONTRA DECISÃO DE JUIZ AUXILIAR NA REPRESENTAÇÃO N REPRESENTAÇÃO - PROPAGANDA ELEITORAL - HORÁRIO ELEITORAL GRATUITO / INSERÇÕES DE PROPAGANDA - TELEVISÃO - INVASÃO DE HORÁRIO DESTINADO A OUTRO CARGO / PARTIDO / COLIGAÇÃO - LIMINAR RELATOR: JUIZ JULIO GUILHERME BEREZOSKI SCHATTSCHNEIDER RECORRENTE(S): COLIGAÇÃO AS PESSOAS EM PRIMEIRO LUGAR (PMDB/DEM/PSDB/PTB/PSC/PTC/PSL/PRP/PPS); COLIGAÇÃO DEM/PMDB/PSDB/PPS/PTC/PSL/PRP/PSC; COLIGAÇÃO DEM/PMDB/PSDB/PTB/PTC/PSL/PRP/PSC ADVOGADO(S): ROGÉRIO REIS OLSEN DA VEIGA; CHRISTIAN SIEBERICHS; NAMOR SOUZA SERAFIN; CHRISTIANE SIEBER TEIVE; BRUNO NORONHA BERGONSE; ANDRÉ AGUSTINI MORENO RECORRIDO(S): COLIGAÇÃO A FAVOR DE SANTA CATARINA (PRB/PT/PR/PSDC/PRTB/PHS/PSB/PCdoB); COLIGAÇÃO EM FAVOR DE SANTA CATARINA (PRB/PT/PR/PSDC/PRTB/PHS/PCdoB); IDELI SALVATTI ADVOGADO(S): MAURO ANTÔNIO PREZOTTO; ANTÔNIO DERLI GREGÓRIO; ANDRÉ RUPOLO GOMES; MÁRCIO CIARINI; CASSIANO RICARDO STARCK; EDINÉIA CRISTIANI PEDROTTI PRESIDENTE DA SESSÃO: JUIZ NEWTON TRISOTTO PROCURADOR REGIONAL ELEITORAL: CLÁUDIO DUTRA FONTELLA Decisão: à unanimidade, rejeitar a alegação de inépcia da petição inicial, conhecer do recurso e, no mérito, a ele negar provimento, nos termos do voto do Relator. A Juíza Eliana Paggiarin Marinho não participou deste julgamento em razão do disposto no art. 7 o da Resolução TRESC n /2010. Apresentaram sustentação oral os advogados Rogério Reis Olsen da Veiga e Mauro Antônio Prezotto. Foi assinado e publicado em sessão, às 18h05min, o Acórdão n Presentes os Juízes Sérgio Torres Paladino, Julio Guilherme Berezoski Schattschneider, Carlos Vicente da Rosa Góes, Oscar Juvêncio Borges Neto, Cláudia Lambert de Faria e Leopoldo Augusto Brüggemann. SESSÃO DE EM SESSÃO

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL ACÓRDÃO

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL ACÓRDÃO TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL ACÓRDÃO AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL ELEITORAL N 26.448 - CLASSE 22 a - NATAL - RIO GRANDE DO NORTE. Relator: Ministro Ricardo Lewandowski. Agravante: Wilma Maria de

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina ACÓRDÃO N. 24656 Relator: Juiz Rafael de Assis Horn Requerente: Instituto Festival de Dança de Joinville ; - REQUERIMENTO - AUTORIZAÇÃO PARA VEICULAÇÃO DE PUBLICIDADE NO TRIMESTRE QUE ANTECEDE Ò PLEITO

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina ACÓRDÃO N. 26371 CONFLITO DE COMPETÊNCIA N. 844-89 2011.6.24.0000 - REPRESENTAÇÃO - Relator: Juiz Luiz Cézar Medeiros Suscitante: Juízo da 84 a Zona Eleitoral - São José Suscitado: Juízo da 101 a Zona

Leia mais

Resolução TSE n. 23.404 (27-02-2014) Capítulo VII artigos 33 a 48

Resolução TSE n. 23.404 (27-02-2014) Capítulo VII artigos 33 a 48 HORÁRIO ELEITORAL 2014 RESOLUÇÃO TSE 23404 Resolução TSE n. 23.404 (27-02-2014) Capítulo VII artigos 33 a 48 Capítulo VII Da Propaganda Eleitoral Gratuita no Rádio e na Televisão Art. 33 A propaganda eleitoral

Leia mais

Vistos etc. Sala de Sessões do Tribunal Regional Eleitoral.

Vistos etc. Sala de Sessões do Tribunal Regional Eleitoral. ACÓRDÃON. 27483 EM BLOCO - TELEVISÃO - 12 A ZONA ELEITORAL - FLORIANÓPOLIS Relator: Juiz Luiz Henrique Martins Portelinha Recorrente: Coligação Avança Florianópolis (PCdoB-PT-PTdoB-PRP-PR-PRB) Recorridos:

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Fl. TRESC Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Relator: Juiz Oscar Juvêncio Borges Neto Requerente: Paulo Roberto Tesserolli França ACÓRDÃO N. 26081 ELEIÇÕES 2010 - PRESTAÇÃO DE CONTAS - CANDIDATO

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina f

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina f TRESC Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina f ACÓRDÃO N. 310 9 9 Fl. _J03 Relator: Juiz Hélio David Vieira Figueira dos Santos Recorrente: Maxiaço Distribuidor de Material de Construção LTDA. Recorrido:

Leia mais

Mural Eletrônico do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul

Mural Eletrônico do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul Mural Eletrônico do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul Publicação: sexta-feira, 24 de outubro de 2014-14 horas Processo Classe: RP Nº 2599-30.2014.6.21.0000 Protocolo: 700322014 RELATOR(A):

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina ACÓRDÃO N. 29344 Relator: Juiz Fernando Vieira Luiz Recorrente: Leonir Antonio Tesser Recorrido: Ministério Público Eleitoral - RECURSO - REPRESENTAÇÃO - DOAÇÃO ACIMA DO LIMITE LEGAL - PESSOA FÍSICA -

Leia mais

ACÓRDÃO N. 24638 RECURSO CRIMINAL (RC) N. 25 - PROCESSO-CRIME N. 30-81 a

ACÓRDÃO N. 24638 RECURSO CRIMINAL (RC) N. 25 - PROCESSO-CRIME N. 30-81 a ACÓRDÃO N. 24638 RECURSO CRIMINAL (RC) N. 25 - PROCESSO-CRIME N. 30-81 a ELEITORAL - PAPANDUVA ; Relator: Juiz Oscar Juvêncio Borges Neto Revisora: Juíza Cláudia Lambert de Faria Recorrente: Genésio Vilmár

Leia mais

Acordam o!=; ministros do Tribunal Superior Eleitoral, ACÓRDÃO

Acordam o!=; ministros do Tribunal Superior Eleitoral, ACÓRDÃO TR.IBUNAL SUPERIOR ELEITORAL ACÓRDÃO AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL ELEITORAL N 9998978-81. 2008.6.13.0000 - CLASSE 32 - CARLOS CHAGAS - MINAS GERAIS Relator: Ministro Aldir Passarinho Junior Agravante:

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO c PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO T_22 ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA REGISTRADO(A) SOB N - iiim... mu mu.,.,,, mu mi,., *03269994* Vistos, relatados

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE MINAS GERAIS

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE MINAS GERAIS TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE MINAS GERAIS Recurso Eleitoral 255-34.2012.6.13.0141 Procedência: Ituiutaba-MG (141ª ZE - Ituiutaba) Recorrente: Partido Socialismo e Liberdade - PSOL Recorridos: Paranaíba

Leia mais

ACÓRDÃO AGRAVO REGIMENTAL NO AGRAVO DE INSTRUMENTO N 12.165 (39513-54.2009.6.00.0000) - CLASSE 6 - BITURUNA - PARANÁ

ACÓRDÃO AGRAVO REGIMENTAL NO AGRAVO DE INSTRUMENTO N 12.165 (39513-54.2009.6.00.0000) - CLASSE 6 - BITURUNA - PARANÁ I TRIBUNAL SUPERIOR ELE.ITORAL ACÓRDÃO AGRAVO REGIMENTAL NO AGRAVO DE INSTRUMENTO N 12.165 (39513-54.2009.6.00.0000) - CLASSE 6 - BITURUNA - PARANÁ Relator: Ministro Arnaldo Versiani Agravantes: Lauro

Leia mais

ACÓRDÃO. RECURSO ESPECIAL ELEITORAL N 32.539 - CLASSE 32 a - PALMEIRA DOS ÍNDIOS -ALAGOAS.

ACÓRDÃO. RECURSO ESPECIAL ELEITORAL N 32.539 - CLASSE 32 a - PALMEIRA DOS ÍNDIOS -ALAGOAS. TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL ACÓRDÃO RECURSO ESPECIAL ELEITORAL N 32.539 - CLASSE 32 a - PALMEIRA DOS ÍNDIOS -ALAGOAS. Relator originário: Ministro Marcelo Ribeiro. Redator para o acórdão: Ministro Carlos

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina ACÓRDÃO N. 2 9 0 9 3 Relator: Juiz Luiz Henrique Martins Portelinha Recorrente: Ministério Público Eleitoral Recorrido: Sandro Presser Vistos etc., - ELEIÇÃO 2012 - RECURSO ELEITORAL - REPRESENTAÇÃO -

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina ACÓRDÃO N. 2 7 6 0 9

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina ACÓRDÃO N. 2 7 6 0 9 ACÓRDÃO N. 2 7 6 0 9 RECURSO ELEITORAL (RE) N. 201-66.2012.6.24.0075- REPRESENTAÇÃO - DIREITO DE RESPOSTA - 75 Â ZONA ELEITORAL - SÃO DOMINGOS Relator: Juiz Marcelo Ramos Peregrino Ferreira Recorrente:

Leia mais

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL PROCESSO: PC 1523-68.2014.6.21.0000 PROCEDÊNCIA: PORTO ALEGRE INTERESSADO: KEVIN CHAVES KRIEGER, CARGO DEPUTADO ESTADUAL Nº 11011 -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO AMAZONAS

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO AMAZONAS ACÓRDÃO N. 14 AUTOS DE RECURSO ELEITORAL EM PRESTAÇÃO DE CONTAS PROCESSO N.: 544-82.2012.6.04.0022 CLASSE 25 22' ZONA ELEITORAL - SÃO PAULO DE OLIVENÇA - AM PROTOCOLO: 64501/2012 RECORRENTE(S): MINISTÉRIO

Leia mais

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL PROCESSO: RE 118-06.2013.6.21.0170 PROCEDÊNCIA: CANOAS RECORRENTE: FRANCIELE CARRETOS STEFFEN RECORRIDA: JUSTIÇA LEITORAL -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

LEI Nº 9.504, DE 30 DE SETEMBRO DE 1997.... Da Propaganda Eleitoral no Rádio e na Televisão...

LEI Nº 9.504, DE 30 DE SETEMBRO DE 1997.... Da Propaganda Eleitoral no Rádio e na Televisão... LEI Nº 9.504, DE 30 DE SETEMBRO DE 1997 Estabelece normas para as eleições. Da Propaganda Eleitoral no Rádio e na Televisão Art. 45. A partir de 1º de julho do ano da eleição, é vedado às emissoras de

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina acórdão n. 2 6 7 2 3 IMPUGNAÇÃO - TRANSFERÊNCIA DE DOMICÍLIO ELEITORAL - 67 2 ZONA Relator: Juiz Marcelo Ramos Peregrino Ferreira Recorrente: Maurília Joceane Severino Amaral Eggert RECURSO - IMPUGNAÇÃO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça EDcl nos EDcl no AgRg no AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 1.165.174 - SP (2009/0048102-0) RELATOR EMBARGANTE EMBARGADO : MINISTRO JOÃO OTÁVIO DE NORONHA : TRANSBRASIL S/A LINHAS AÉREAS : CRISTIANO ZANIN MARTINS

Leia mais

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL PROCESSO: RE 177-64.2012.6.21.0158 PROCEDÊNCIA: PORTO ALEGRE RECORRENTE: COMITÊ FINANCEIRO MUNICIPAL DE VEREADOR DO PARTIDO SOCIAL CRISTÃO - PSC DE PORTO ALEGRE RECORRIDA: JUSTIÇA ELEITORAL -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

5Recurso Eleitoral n. 153-81.2012.6.13.0021 Zona Eleitoral: Recorrentes:

5Recurso Eleitoral n. 153-81.2012.6.13.0021 Zona Eleitoral: Recorrentes: 5Recurso Eleitoral n. 153-81.2012.6.13.0021 Zona Eleitoral: 21ª, de Bambuí Recorrentes: Ministério Público Eleitoral Coligação Todos Juntos por Bambuí Recorrido: Lelis Jorge da Silva Relatora: Juíza Alice

Leia mais

LOCAÇÃO DE VEÍCULOS LIMITADA, em que se alega, em síntese, a

LOCAÇÃO DE VEÍCULOS LIMITADA, em que se alega, em síntese, a "RIBUNAL REGIONAL ELI.11 ORAL DO PARANÁ REPRESENTAÇÃO N 1649-59.2014.16.0000 Representante : COLIGAÇÃO PARANÁ COM GOVERNO (PMDB/PV/PPL) Representados : CARLOS ALBERTO RICHA : MARIA APARECIDA BORGHETTI

Leia mais

ACÓRDÃO. AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL ELEITORAL N 27.701 - CLASSE 22 a - PARNAMIRIM - RIO GRANDE DO NORTE.

ACÓRDÃO. AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL ELEITORAL N 27.701 - CLASSE 22 a - PARNAMIRIM - RIO GRANDE DO NORTE. / TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL ACÓRDÃO AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL ELEITORAL N 27.701 - CLASSE 22 a - PARNAMIRIM - RIO GRANDE DO NORTE. Relator: Ministro Caputo Bastos. Agravante: Ministério Público

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL ACÓRDÃO N 20.107 (10.9.2002) RECURSO ESPECIAL ELEITORAL N 20.107 - CLASSE 22 a GROSSO (Cuiabá).

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL ACÓRDÃO N 20.107 (10.9.2002) RECURSO ESPECIAL ELEITORAL N 20.107 - CLASSE 22 a GROSSO (Cuiabá). PUBLICADO EM SESSÃO TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL ACÓRDÃO N 20.107 (10.9.2002) RECURSO ESPECIAL ELEITORAL N 20.107 - CLASSE 22 a GROSSO (Cuiabá). - MATO Relator: Ministro Sepúlveda Pertence. Recorrente:

Leia mais

í ARNALDO VERSIANI - RELATOR

í ARNALDO VERSIANI - RELATOR ri TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL RESOLUÇÃO N 23.306 PROCESSO ADMINISTRATIVO N 1894-56.2010.6.00.0000 - CLASSE 26 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Relator: Ministro Arnaldo Versiani Interessado: Tribunal Regional

Leia mais

I PUBLICADO EM SESSÃO

I PUBLICADO EM SESSÃO -_--,~f-". '... < ::~li-~;;--';- I PUBLICADO EM SESSÃO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO MATO GROSSO ACÓRDÃO N 17.865 PROCESSO N 906/2008 - CLASSE 30 RECURSO ELEITORAL - PONTES E LACERDA

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral c e,$anta Catarina

Tribunal Regional Eleitoral c e,$anta Catarina Tribunal Regional Eleitoral c e,$anta Catarina ACÓRDÃO N.

Leia mais

A Semana no Congresso Nacional

A Semana no Congresso Nacional A Semana no Congresso Nacional Brasília, 10/08/2015 CÂMARA Câmara instalará seis comissões mistas para analisar MPs Relator da CPI do BNDES apresentará plano de trabalho Comissão de Finanças e Tributação

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA VIGÉSIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR

TRIBUNAL DE JUSTIÇA VIGÉSIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA VIGÉSIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL/CONSUMIDOR APELAÇÃO CÍVEL Nº 0489078-15.2012.8.19.0001 APELANTE: SKY BRASIL SERVIÇOS LTDA. APELADO: MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO RELATORA:

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 10 16/04/2013 SEGUNDA TURMA AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 667.692 SÃO PAULO RELATOR : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI AGTE.(S) :SUDARCY SANSAO

Leia mais

PARANÁ COM GOVERNO, fundada na alegação de propaganda irregular,

PARANÁ COM GOVERNO, fundada na alegação de propaganda irregular, TRE/PR 153 TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO PARANÁ REPRESENTAÇÃO N 1879-04.2014.616.0000 Representantes : CARLOS ALBERTO RICHA : MARIA APARECIDA BORGHETTI, : COLIGAÇÃO TODOS PELO PARANÁ RePresentados :ROBERTO

Leia mais

ACÓRDÃO AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL ELEITORAL N 463-80. 2012.6.19.0131 - CLASSE 32 - VOLTA REDONDA - RIO DE JANEIRO

ACÓRDÃO AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL ELEITORAL N 463-80. 2012.6.19.0131 - CLASSE 32 - VOLTA REDONDA - RIO DE JANEIRO PUBLICADO EM SESSÃO TR.IBUNAl SUPERIOR ELEITORAL ACÓRDÃO AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL ELEITORAL N 463-80. 2012.6.19.0131 - CLASSE 32 - VOLTA REDONDA - RIO DE JANEIRO Relator: Ministro Dias Toffoli

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo

Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo SESSÃO ORDINÁRIA 27-01-2014 PROCESSO Nº 129-48.2013.6.08.0024 - CLASSE 30 NOTAS TAQUIGRÁFICAS Fls. 1/6 RELATÓRIO O Sr. JURISTA GUSTAVO CÉSAR DE MELLO CALMON HOLLIDAY (RELATOR):- Senhor Presidente: Trata-se

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral cje Santa Catarina acórdão n.2 ( 8 1 7

Tribunal Regional Eleitoral cje Santa Catarina acórdão n.2 ( 8 1 7 Tribunal Regional Eleitoral cje Santa Catarina acórdão n.2 ( 8 1 7 jj TRESC 1 Fls.iÜ_ yvyo Relator: Juiz Luiz Henrique Martins Portelinha Recorrentes: César Souza Júnior, João Antônio Heinzen Amin Helou

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO 595.476 SÃO PAULO RELATORA RECTE.(S) PROC.(A/S)(ES) RECDO.(A/S) ADV.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. CÁRMEN LÚCIA :ESTADO DE SÃO PAULO :PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO :INTERNET GROUP

Leia mais

RECURSO Nº - 50.774 ACÓRDÃO Nº 14.061 RECORRENTE MUNDIVOX TELECOMUNICAÇÕES LTDA RECORRIDA DÉCIMA SEGUNDA TURMA DA JUNTA DE REVISÃO FISCAL

RECURSO Nº - 50.774 ACÓRDÃO Nº 14.061 RECORRENTE MUNDIVOX TELECOMUNICAÇÕES LTDA RECORRIDA DÉCIMA SEGUNDA TURMA DA JUNTA DE REVISÃO FISCAL PUBLICAÇÃO DA DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. 10 / 12 / 2015 Fls.: 08 SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Rubrica: ID:42833175 Sessão de 13 de outubro de 2015 SEGUNDA CÂMARA RECURSO Nº - 50.774 ACÓRDÃO Nº 14.061 INSCRIÇÃO

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL PROCURADORIA REGIONAL ELEITORAL EM MATO GROSSO

MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL PROCURADORIA REGIONAL ELEITORAL EM MATO GROSSO Processo nº.: 100-88.2012 Classe RE - Protocolo nº 33.449/2012 Assunto: Representação Eleitoral Divulgação de enquete sem observância das prescrições legais Sorriso/MT 43ª ZE/MT Recorrente: Wagner Zanan

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR LUIZ SILVIO RAMALHO JÚNIOR

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR LUIZ SILVIO RAMALHO JÚNIOR PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR LUIZ SILVIO RAMALHO JÚNIOR ACÓRDÃO APELAÇÃO CRIMINAL (Processo n 001.2008.024234-8/001) RELATOR: Desembargador Luiz Silvio

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL RESOLUÇÃO N 23.060

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL RESOLUÇÃO N 23.060 TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL RESOLUÇÃO N 23.060 PROPAGANDA PARTIDÁRIA N 32 - CLASSE 27 a - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL. Relator: Ministro Joaquim Barbosa. Requerente: Partido Comunista do Brasil (PC do

Leia mais

COMISSÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA PROJETO DE LEI N.º 5.735, DE 2013

COMISSÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA PROJETO DE LEI N.º 5.735, DE 2013 COMISSÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA PROJETO DE LEI N.º 5.735, DE 2013 Altera dispositivos da Lei nº 4.737, de 15 de julho de 1965 (Código Eleitoral), da Lei nº 9.096, de 19 de setembro

Leia mais

12/05/2015 SEGUNDA TURMA : MIN. DIAS TOFFOLI EMENTA

12/05/2015 SEGUNDA TURMA : MIN. DIAS TOFFOLI EMENTA Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 10 12/05/2015 SEGUNDA TURMA AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO 784.025 PARANÁ RELATOR AGTE.(S) ADV.(A/S) AGDO.(A/S) PROC.(A/S)(ES) : MIN. DIAS TOFFOLI

Leia mais

19/02/2013 PRIMEIRA TURMA : MIN. MARCO AURÉLIO

19/02/2013 PRIMEIRA TURMA : MIN. MARCO AURÉLIO Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 8 19/02/2013 PRIMEIRA TURMA AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO 542.485 RIO GRANDE DO SUL RELATOR : MIN. MARCO AURÉLIO AGTE.(S) :ELIANA CORONA SÓ ADV.(A/S)

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO. Gabinete Desembargador Walter Carlos Lemes AC n. 158325-97 DM

PODER JUDICIÁRIO. Gabinete Desembargador Walter Carlos Lemes AC n. 158325-97 DM APELAÇÃO CÍVEL N. 158325-97.2012.8.09.0011 (201291583254) COMARCA DE APARECIDA DE GOIÂNIA APELANTE : ADÃO MARTINS DE ALMEIDA E OUTRO(S) APELADA : VERA CRUZ S/A 1º INTERES.: MUNICÍPIO DE APARECIDA DE GOIÂNIA

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO HUMBERTO GOMES DE BARROS RECORRENTE : METALMÓOCA COMÉRCIO E INDÚSTRIA LTDA ADVOGADO : BRUNO MARCELO RENNÓ BRAGA E OUTROS RECORRIDO : NOVA AMÉRICA FACTORING LTDA ADVOGADO : MAURÍCIO PERUCCI

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho \,, *.. _ ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL n g- 001.2005.017735-9/001 Comarca de Campina Grande RELATOR : Des. Genésio

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO ARNALDO ESTEVES LIMA RECORRENTE : MARIA JEANETE FORTES SILVA ADVOGADO : VIRGÍLIO BACELAR DE CARVALHO RECORRENTE : VIRGÍLIO BACELAR DE CARVALHO ADVOGADO : VIRGÍLIO BACELAR DE CARVALHO

Leia mais

RELATÓRIO. Informações do MM. Juízo a quo, às fls. 55/56, comunicando a manutenção da decisão agravada.

RELATÓRIO. Informações do MM. Juízo a quo, às fls. 55/56, comunicando a manutenção da decisão agravada. RELATOR : DESEMBARGADOR FEDERAL ALBERTO NOGUEIRA AGRAVANTE : FRANCISCO RECAREY VILAR ADVOGADO : MARCIO ANDRE MENDES COSTA AGRAVADO : FAZENDA NACIONAL ORIGEM : TERCEIRA VARA FEDERAL DO RIO DE JANEIRO (200151015086382)

Leia mais

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social Conselho Pleno

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social Conselho Pleno Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social Conselho Pleno Nº de Protocolo do Recurso: 36096.004564/2011-16 Unidade de Origem: APS João Pessoa Sul/PB Documento: 148.945.331-5

Leia mais

CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO PROCURADORIA GERAL DO TRABALHO

CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO PROCURADORIA GERAL DO TRABALHO PROCESSO PGT/CCR/3735/2012 PRT 4ª REGIÃO CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO PROCURADORA OFICIANTE: DRA. BEATRIZ DE HOLLEBEN JUNQUEIRA FIALHO INTERESSADOS: SHEILA BELLÓ INTERESSADO 2: UNIMED PORTO ALEGRE SOCIEDADE

Leia mais

de busca e apreensão do material impugaááoter^fodos os terminais de ônibus de

de busca e apreensão do material impugaááoter^fodos os terminais de ônibus de TRE/PR FLS._ TRIBUNAL RECION \L KLFI ÍORAL DO PARANÁ REPRESENTAÇÃO N 2488-84.2014.16.0000 Representante : COLIGAÇÃO PARANÁ COM GOVERNO (PMDB / PV / PPL) Representados : CARLOS ALBERTO RICHA : MARIA APARECIDA

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Da Obrigação Dos Avós Da Legitimidade Passiva Thaís Lopes e Bernardo Alves* Importa colocar a obrigação dos avós no que tange ao complemento dos alimentos, com o fito de deixar claro

Leia mais

Art.. 30-A, Lei nº n 9.504/97)

Art.. 30-A, Lei nº n 9.504/97) REPRESENTAÇÃ ÇÃO O POR CAPTAÇÃ ÇÃO O E GASTOS ILÍCITOS DE RECURSOS (Art( Art.. 30-A, Lei nº n 9.504/97) 1. CAIXA DOIS Recursos não contabilizados de campanha eleitoral, que não transitam em conta bancária

Leia mais

MPE. Ministério Público Eleitoral EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ AUXILIAR DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO ESTADO DA BAHIA

MPE. Ministério Público Eleitoral EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ AUXILIAR DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO ESTADO DA BAHIA MPE Ministério Público Eleitoral Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ AUXILIAR DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO ESTADO DA BAHIA O MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL, por sua Procuradoria

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 5 Registro: 2016.0000053604 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0000973-35.2012.8.26.0292, da Comarca de Jacareí, em que é apelante RUSTON ALIMENTOS LTDA, é apelado JOSAPAR

Leia mais

Prestação de contas do Juízo comum e da Justiça Eleitoral:

Prestação de contas do Juízo comum e da Justiça Eleitoral: PRESTAÇÃO DE CONTAS Prestação de contas do Juízo comum e da Justiça Eleitoral: Conceitos: Nós juízes, em especial os que atuam na área cível, somos acostumados com a obrigação de prestação de contas de

Leia mais

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL ACÓRDÃO

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL ACÓRDÃO PROCESSO: RE 13-17.2013.6.21.0077 PROCEDÊNCIA: OSÓRIO RECORRENTE: MINISTÉRIO PÚBLICO ELITORAL RECORRIDA: ANDREA SOUZA TEIXEIRA GONÇALVES Eleições 2012. Recurso Eleitoral. Representação. Doação acima do

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE GOIÁS RECURSO ELEITORAL 350-11.2012.6.09.0033 - CLASSE 30 PROTOCOLO N. 126.970/2012 VALPARAÍSO DE GOIÁS-GO.

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE GOIÁS RECURSO ELEITORAL 350-11.2012.6.09.0033 - CLASSE 30 PROTOCOLO N. 126.970/2012 VALPARAÍSO DE GOIÁS-GO. TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE GOIÁS RECURSO ELEITORAL 350-11.2012.6.09.0033 - CLASSE 30 PROTOCOLO N. 126.970/2012 VALPARAÍSO DE GOIÁS-GO. RELATOR: JUIZ FEDERAL LEONARDO BUISSA FREITAS RECORRENTE: COLIGAÇÃO

Leia mais

LEI Nº 12.034, DE 29 DE SETEMBRO DE 2009.

LEI Nº 12.034, DE 29 DE SETEMBRO DE 2009. LEI Nº 12.034, DE 29 DE SETEMBRO DE 2009. Altera as Leis nºs 9.096, de 19 de setembro de 1995 - Lei dos Partidos Políticos, 9.504, de 30 de setembro de 1997, que estabelece normas para as eleições, e 4.737,

Leia mais

V I S T O S, relatados e discutidos estes autos de

V I S T O S, relatados e discutidos estes autos de EMENTA RECURSO ORDINÁRIO, provenientes da CURITIBA - PR, sendo Recorrentes ADVOGADO ASSOCIADO - VÍNCULO DE EMPREGO - NÃO CONFIGURADO - Comprovado que a parte autora firmou "contrato de associação com advogado"

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO Relator: Dra Maria das Graças Morais Guedes, Juíza de Direito Convocada erri substituição ao Des. José Di Lorenzo Serpa

Leia mais

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL PROCESSO: PC 1832-89.2014.6.21.0000 PROCEDÊNCIA: PORTO ALEGRE INTERESSADO: GERSON LUIS DE BORBA, CARGO DEPUTADO ESTADUAL Nº: 11002 -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

< %riéimaé '^R&^wiaí %éeu(wcu d& ^aúz-w/na

< %riéimaé '^R&^wiaí %éeu(wcu d& <Scw/a> ^aúz-w/na < %riéimaé '^R&^wiaí %éeu(wcu d& ^aúz-w/na ACÓRDÃO N. 2 4 4 6 5 RECURSO CRIMINAL (RC) N. 20-26» ZONA ELEITORAL - RIO DO SUL Relator Designado: Juiz Júlio Guilherme Berezoskí Schattschneider Relator:

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de anta Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de anta Catarina Tribunal Regional Eleitoral de anta Catarina ACÓRDÃO N. 2 7 / 41 EM BLOCO - TELEVISÃO - 12 A ZONA ELEITORAL - FLORIANÓPOLIS Relator: Juiz Luiz Henrique Martins Portelinha Recorrentes: Coligação Florianópolis

Leia mais

LEI 13.165/2015 (Reforma eleitoral com o objetivo de reduzir os custos das campanhas)

LEI 13.165/2015 (Reforma eleitoral com o objetivo de reduzir os custos das campanhas) Página1 INTRODUÇÃO Resumo das principais alterações promovidas pela LEI 13.165/2015 (Reforma eleitoral com o objetivo de reduzir os custos das campanhas) Elaborado em 01/10/2015 Márcio André Lopes Cavalcante

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL

RESOLUÇÃO Nº CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL RESOLUÇÃO Nº INSTRUÇÃO Nº CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL Relator: Ministro Gilmar Mendes Interessado: Tribunal Superior Eleitoral Dispõe sobre pesquisas eleitorais para as eleições de 2016. O Tribunal

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA Nº 32.617 - MT (2010/0131496-9) RELATOR RECORRENTE ADVOGADO RECORRIDO PROCURADOR : MINISTRO HERMAN BENJAMIN : ANTÔNIO MÁXIMO GOMES DE SANTANA : ANA LÚCIA RICARTE : ESTADO

Leia mais

ACÓRDÃO AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL ELEITORAL N 1296-85. 2010.6.15.0000 - CLASSE 32 JOÃO PESSOA - PARAÍBA

ACÓRDÃO AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL ELEITORAL N 1296-85. 2010.6.15.0000 - CLASSE 32 JOÃO PESSOA - PARAÍBA TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL ACÓRDÃO AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO ESPECIAL ELEITORAL N 1296-85. 2010.6.15.0000 - CLASSE 32 JOÃO PESSOA - PARAÍBA Relator: Ministro Aldir Passarinho Junior Agravante: TV Master

Leia mais

Informações para o dia da eleição

Informações para o dia da eleição Tribunal Regional Eleitoral do Ceará Justiça Eleitoral Informações para o dia da eleição NO DIA DA ELEIÇÃO O QUE É PERMITIDO? É permitida a manifestação individual e silenciosa da preferência do cidadão

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 5 RELATOR AGTE.(S) AGDO.(A/S) : MINISTRO PRESIDENTE :RUBIA IRIA DE FREITAS BORGES :MARCELO RIOS WITZEL :IMOBILIARIA ROCA LTDA :IRMA ROSANGELA PINTO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº INSTRUÇÃO Nº 539-35.2015.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL

RESOLUÇÃO Nº INSTRUÇÃO Nº 539-35.2015.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL RESOLUÇÃO Nº INSTRUÇÃO Nº 539-35.2015.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL Relator: Ministro Gilmar Mendes Interessado: Tribunal Superior Eleitoral Dispõe sobre pesquisas eleitorais para o pleito

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 23.307 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 1982-94.2010.6.00.0000 CLASSE 26 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL

RESOLUÇÃO Nº 23.307 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 1982-94.2010.6.00.0000 CLASSE 26 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL RESOLUÇÃO Nº 23.307 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 1982-94.2010.6.00.0000 CLASSE 26 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL Relator: Ministro Arnaldo Versiani Interessado: Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal

Leia mais

1.0317.10.007297-2/001

1.0317.10.007297-2/001 <CABBCDCAABBAACDAADDAAACDBADABCABACDAADDADAAAD> Acórdãos na Íntegra 146000101548 Tribunal: Tribunal De Justiça Do Estado De Minas Gerais Órgão Julgador: 1ª C.Cív. Tipo do Recurso: AI Nº Processo: 1.0317.10.007297-2/001 Relator(a): Rel. Armando Freire

Leia mais

PONTO DOS CONCURSOS DIREITO ELEITORAL CURSOS DE TEORIA E EXERCÍCIOS TREs. 16º Simulado de Direito Eleitoral para TRE/PA, TRE/ES, TRE/TO e TRE/RN

PONTO DOS CONCURSOS DIREITO ELEITORAL CURSOS DE TEORIA E EXERCÍCIOS TREs. 16º Simulado de Direito Eleitoral para TRE/PA, TRE/ES, TRE/TO e TRE/RN AVISOS: Estamos ministrando os seguintes CURSOS: REGIMENTO INTERNO DO TRE/PA REGIMENTO INTERNO DO TRE/TO REGIMENTO INTERNO DO TRE/ES PROCESSO ELEITORAL E CRIMINAL ELEITORAL TRE/RN ANALISTA JUDICIÁRIO E

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATORA : MINISTRA ELIANA CALMON EMENTA TRIBUTÁRIO IMPOSTO DE RENDA SOBRE VERBAS INDENIZATÓRIAS TRÂNSITO EM JULGADO FAVORÁVEL AO CONTRIBUINTE LEVANTAMENTO DE DEPÓSITO POSSIBILIDADE. 1. Reconhecida, por

Leia mais

PROCESSO Nº TST-RR-4919-70.2012.5.12.0028. A C Ó R D Ã O (8ª Turma) GMMEA/apm/lf

PROCESSO Nº TST-RR-4919-70.2012.5.12.0028. A C Ó R D Ã O (8ª Turma) GMMEA/apm/lf A C Ó R D Ã O (8ª Turma) GMMEA/apm/lf I - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA. PROCESSO ELETRÔNICO PORTADOR DE DEFICIÊNCIA. CONTRATAÇÃO DE OUTRO EMPREGADO NAS MESMAS CONDIÇÕES. AUSÊNCIA DE PROVA

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores ISRAEL GÓES DOS ANJOS (Presidente sem voto), CARLOS ABRÃO E SERGIO GOMES.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores ISRAEL GÓES DOS ANJOS (Presidente sem voto), CARLOS ABRÃO E SERGIO GOMES. Registro: 2013.0000253492 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0110059-40.2009.8.26.0002, da Comarca de São Paulo, em que é apelante/apelado OPÇÃO ENTREGAS RÁPIDAS LTDA, é

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL RESOLUÇÃO N 21.705

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL RESOLUÇÃO N 21.705 TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL RESOLUÇÃO N 21.705 CONSULTA N 1.012- CLASSE 5 a - DISTRITO FEDERAL (Brasília). Relatora: Ministra Eilen Gracie. Consulente: Diretório Nacional do Partido da Social Democracia

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.191.881 - RJ (2010/0080549-7) RELATOR : MINISTRO MAURO CAMPBELL MARQUES RECORRENTE : RECOMEX REPRESENTAÇÃO E COMÉRCIO EXTERIOR LTDA ADVOGADO : ALBERTO DAUDT DE OLIVEIRA E OUTRO(S)

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão DJe 14/08/2012 Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 6 26/06/2012 SEGUNDA TURMA AG.REG. NO AGRAVO DE INSTRUMENTO 837.350 SÃO PAULO RELATOR : MIN. JOAQUIM BARBOSA AGTE.(S) :DIVICOM ADMINISTRADORA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO AMAZONAS. Acórdão n. 4 Processo n. 129-31.2013.6.04.0001 Classe 25 (SADP n 16.

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO AMAZONAS. Acórdão n. 4 Processo n. 129-31.2013.6.04.0001 Classe 25 (SADP n 16. 1 Acórdão n. 4 Processo n. 129-31.2013.6.04.0001 Classe 25 (SADP n 16.390/2013) Embargos de Declaração em Representação Embargante: Ministério Público Eleitoral Embargado: Fernando Melo Barbosa Advogado:

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE MATO GROSSO

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE MATO GROSSO ~".lii~~~~~,..,,;,~.::ii-~ 1,,,-:v.,w~.i"'':>'.'l;ão!.O.L 0 ~. ttm. :&::!::W.:t!li. "'""~~,1?;D\'!". TRIBUNAL REGIONAL

Leia mais

ACÓRDÃO. 'cà, i zs, ; Ailund pirp,

ACÓRDÃO. 'cà, i zs, ; Ailund pirp, 'cà, izs, ; 091 ("111 J117M9'.04 yucliàsaio Esindo. RAndo, Ailund pirp, ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL: N 200.2006.039.348-1/001 - João Pessoa RELATOR: Miguel de Britto Lyra Filho - Juiz de Direito convocado APELANTE:

Leia mais

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL I PROCESSO: RE 264-02.2012.6.21.0164 PROCEDÊNCIA: PELOTAS RECORRENTE(S): COLIGAÇÃO PELOTAS DE CARA NOVA, EDUARDO FIGUEIREDO CAVALHEIRO LEITE E PAULA SCHILD MASCARENHAS RECORRIDO(S): MINISTÉRIO PÚBLICO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no RECURSO ESPECIAL Nº 1.371.922 - SP (2013/0060257-8) RELATOR : MINISTRO HUMBERTO MARTINS AGRAVANTE : FAZENDA DO ESTADO DE SÃO PAULO PROCURADOR : DENISE FERREIRA DE OLIVEIRA CHEID E OUTRO(S) AGRAVADO

Leia mais

Turma Nacional de Uniformização dos Juizados Especiais Federais

Turma Nacional de Uniformização dos Juizados Especiais Federais Pedido de Uniformização de Interpretação de Lei Federal Processo nº: 2006.72.95.000841-0 Origem: Seção Judiciária de Santa Catarina Requerente: Paulo Luiz Kleinert e Outros Advogado: Edson Flavio Cardoso

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Fl. TRESC Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina ACÓRDÃO N. 30389 Relator: Juiz HÉLIO DO VALLE PEREIRA Requerente: ALEXEY VILELA SACHWEH PRESTAÇÃO DE CONTAS - ELEIÇÕES 2014 - CANDIDATO. PRESTAÇÃO

Leia mais

Ministério Público do Estado de Mato Grosso Turma de Procuradores de Justiça Criminal para Uniformização de Entendimentos

Ministério Público do Estado de Mato Grosso Turma de Procuradores de Justiça Criminal para Uniformização de Entendimentos ASSENTO nº 010/2009 Ministério Público do Estado de Mato Grosso I) A gravação audiovisual da audiência nos processos criminais não é obrigatória. A regra do art. 405, 2º do CPP é norma de natureza permissiva,

Leia mais

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 04ª Junta de Recursos

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 04ª Junta de Recursos Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 04ª Junta de Recursos Número do Processo: 44232.514484/2015-14 Unidade de Origem: AGÊNCIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL SALVADOR-CENTRO

Leia mais

APELO DESPROVIDO. A C Ó R D Ã O. Vistos, relatados e discutidos os autos.

APELO DESPROVIDO. A C Ó R D Ã O. Vistos, relatados e discutidos os autos. APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO DE DIVÓRCIO. MANUTENÇÃO DO USO DO NOME DE CASADA. POSSIBILIDADE. 1. Já se encontra sedimentado o entendimento jurisprudencial de que não mais se verifica a culpa pela dissolução do

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO CARLOS ALBERTO MENEZES DIREITO RECORRENTE : EDUARDO JORGE PENHA DE SOUZA ADVOGADO : JOSÉ ALFREDO FERREIRA DE ANDRADE E OUTRO(S) RECORRIDO : MARIA DO PERPÉTUO SOCORRO RODRIGUES PENHA

Leia mais

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL

JUSTIÇA ELEITORAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL PROCESSO: PC 2072-78.2014.6.21.0000 PROCEDÊNCIA: PORTO ALEGRE INTERESSADO: IVAR PAVAN, CARGO DEPUTADO FEDERAL Nº: 1330 -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA Nº 32.453 - MT (2010/0118311-2) RELATOR : MINISTRO HERMAN BENJAMIN RECORRENTE : VIVO S/A ADVOGADO : SACHA CALMON NAVARRO COELHO RECORRIDO : ESTADO DE MATO GROSSO PROCURADOR

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no CONFLITO DE COMPETÊNCIA Nº 106.421 - SP (2009/0126372-1) RELATOR : MINISTRO HERMAN BENJAMIN AGRAVANTE : ASSOCIAÇÃO SAÚDE DA FAMÍLIA : MARCO ANTÔNIO OLIVA AGRAVADO : CAIO CÉSAR FERRACIOLI FERREIRA

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Fls. ACÓRDÃO N. 2 7 4 51 Relator: Juiz Eládio Torret Rocha Recorrente: Coligação "Capão Alto Não Pode Parar" (PSD-PPS-DEM) Recorrido: Tito Pereira Freitas - ELEIÇÕES 2012 - RECURSO - IMPUGNAÇÃO DE REGISTRO

Leia mais