RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org/ sintetel@sintetel.org."

Transcrição

1 Folha de S. Paulo TIM anuncia plano com preço fixo para dados em roaming A TIM lança hoje um plano de roaming internacional ilimitado válido para clientes da base pós-paga. O usuário paga uma quantia fixa de R$ 19,90 por dia para usar dados no exterior e outros R$ 19,90 diários para poder receber chamadas em roaming internacional e ter 50 minutos para ligar para outros TIM no Brasil e fazer chamadas locais no país em que está. Os preços, independentes, valem para Américas, Europa e África. Na Ásia e na Oceania, o valor é R$ 69,90. Segundo a operadora, o uso de dados em roaming internacional na TIM subiu 40% em 2011 ante Objetivo da lei é levar serviço bancário à baixa renda e localidades mais afastadas O governo quer usar as empresas de telefonia móvel para ampliar o número de brasileiros com conta bancária. Para isso, vai propor uma lei para definir a modalidade de pagamentos pelo celular. A ideia é que o celular funcione como um cartão de débito para pequenas compras. Como o sistema deve ser simples como o de SMS, não serão necessários celulares de última geração. Os alvos do projeto são a baixa renda e locais afastados. Para registrar as compras, as lojas precisarão de um aparelho, com custo inferior às máquinas dos cartões. O ministro Paulo Bernardo (Comunicações) e o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, reuniram-se ontem para definir uma agenda de trabalhos. Não há prazo para início das operações. O aparelho foi escolhido para agente da inclusão bancária devido à grande base da telefonia móvel no país-quase 250 milhões de celulares. Segundo Bernardo, as teles deverão intermediar pagamentos e possivelmente o pedido de microcrédito. Mas não irão emprestar dinheiro nem funcionarão como banco. Não está descartada que as operadoras liberem o crédito telefônico dos clientes para outras compras, como ocorre no Quênia, onde é comum, segundo o ministério. Já o leilão para tecnologia 4G, marcado para abril, deve ser em 4 de junho, segundo Paulo Bernardo, por causa de uma prorrogação da consulta pública do certame, não por pressão das empresas. INSS alerta sobre cartas falsas com suposta revisão de benefício Aposentados e pensionistas do INSS têm recebido cartas falsas sobre revisão do benefício, informou nesta terça-feira o Ministério da Previdência. O governo diz que 1

2 não tem enviado correspondências e alerta os segurados a terem cuidado ao fornecerem a terceiros documentos e dados referentes ao benefício. "O recebimento de correspondência não emitida pela Previdência Social e a contratação de intermediários não são garantia de que o beneficiário tenha direito a alguma revisão", informa em nota. De acordo com o INSS, aposentados têm relatado o recebimento de cartas apontando valores que teriam direito a receber por causa da revisão do benefício. A Previdência Social está fazendo a revisão administrativa de benefícios concedidos entre 1991 e 2003 e que tiveram o salário de benefício limitado ao teto previdenciário na data de sua concessão. "Entretanto, esclarece que não estão sendo enviadas cartas e que a revisão pelo teto independe do requerimento do beneficiário", diz. A mudança está sendo processada automaticamente. Para saber se tem direito, o segurado pode ligar para o telefone 135 ou acessar o site da Previdência Social. Caso não esteja na relação, mas considere que tem direito à revisão, o segurado pode protocolar um pedido na agência da Previdência responsável pelo pagamento de seu benefício. Se a alegação estiver correta, será feita a correção no valor do benefício, diz o INSS. Não têm direito à revisão, entre outros, os benefícios concedidos nesse período que não tenham sido limitados ao teto, aqueles com data de início anterior a 5 de abril de 1991, os de valor equivalente a um salário mínimo, os assistenciais (Loas) e os concedidos a trabalhadores rurais. Agora Juizado retira o fator da aposentadoria proporcional A aposentadoria proporcional não deve ter o desconto do fator previdenciário (índice que reduz o benefício de quem se aposenta jovem), segundo decisão de fevereiro do Juizado Especial Federal do Rio Grande do Sul. Para os magistrados, as perdas do benefício proporcional já são muito grandes. Além do desconto de 30% no valor inicial, quem se aposentou após dezembro de 1999 ainda tem a redução do fator previdenciário. A aposentadoria proporcional foi criada para os segurados que queriam se aposentar antes de completar os 35 anos de pagamentos ao INSS exigidos para o benefício por tempo de contribuição, para homens, e 30 anos, para mulheres. 2

3 O Estado de S. Paulo Governo regulamentará pequenos pagamentos por celular Com mais de 250 milhões de aparelhos em operação no Brasil, objetivo é criar um sistema barato que permita interligar bancos, operadoras e estabelecimentos comerciais BRASÍLIA - Para estimular ainda mais a inclusão bancária no País, o governo começará a trabalhar na regulamentação dos pequenos pagamentos por meio de telefones celulares, os chamados mobile payments. Com mais de 250 milhões de aparelhos de telefonia móvel em operação no Brasil, o objetivo é criar um sistema barato que permita interligar bancos, operadoras de telefonia e estabelecimentos comerciais. O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, se reuniu hoje com o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, para combinar a montagem imediata de um grupo técnico que cuidará da regulamentação do serviço, incluindo a formatação de um projeto de lei. Também esteve presente no encontro o presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), João Resende. O sistema seria semelhante ao usado para a recarga de celulares. Para efetuar a transação, o estabelecimento enviaria uma mensagem ao banco, que, por sua vez, mandaria outra mensagem ao celular do usuário pedindo a verificação e autorização da compra por meio de uma senha. "O celular não precisa ser smartphone, já que a tecnologia empregada seria semelhante a um SMS", completou o ministro. Segundo Bernardo, o Banco Central já possui estudos avançados sobre o tema e Tombini fez questão se ressaltar alguns critérios básicos para o modelo a ser montado. "O primeiro deles deve ser a segurança para os correntistas, e também há preocupação em relação à lavagem de dinheiro, pois o sistema teria grande abrangência e envergadura", relatou o ministro. Por isso, os pagamentos deverão ter um limite baixo, para as compras cotidianas e não para a aquisição de bens de valor mais elevado. Além disso, a regulamentação deve vetar a possibilidade de que as empresas de telefonia atuem em áreas que são específicas das instituições financeiras, como, por exemplo, a concessão de crédito. De acordo com o ministro, a autoridade monetária exigirá um sistema aberto a todas as operadoras e bancos, para que qualquer agente possa acessar as redes montadas para o serviço. O objetivo é criar um modelo barato, que possa ter grande capilaridade. Modelos parecidos já estão em uso no Reino Unido e no Quênia, sendo que a experiência queniana não conta com a forte presença dos bancos, mas sim por meio do pré-pagamento do crédito às operadoras. "A tecnologia existe e está disponível, mas ainda há um hiato regulatório no Brasil", concluiu Bernard 3

4 Valor Econômico Pagamento por meio de celular exigirá aprovação de lei, diz ministro BRASÍLIA O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, afirmou nesta terça-feira que a implementação do serviço de pagamento de compras pelo aparelho celular, conhecido internacionalmente por Mobile Payment (M-Payment), exigirá a aprovação de lei pelo Congresso Nacional. A expectativa é de que o projeto de lei seja enviado ao Legislativo até o final de O principal objetivo do governo é estimular a inclusão bancária, ampliando as possibilidades de realizar operações de compra por meio do celular. De acordo com Bernardo, será escolhida uma solução tecnológica simples. O consumidor não precisaria ter um smartphone [aparelho com acesso à internet]. Já as operadoras teriam que usar uma tecnologia parecida com o SMS [mensagens de texto], afirmou Bernardo, que tratou do assunto nesta tarde com o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini. Já estabelecimentos comerciais também utilizarão equipamentos simples e baratos, segundo ele. Na prática, o ministro explicou que o consumidor, ao realizar a compra, receberá do banco uma espécie de SMS para que possa confirmar os dados e concluir a operação. Para ele, as prestadoras de telefonia celular apenas poderão cobrar pelo serviço de telecomunicação em si. Operadora não é banco, afirmou. A preocupação dos dois órgãos está voltada para questões diferentes. No ministério, estamos discutindo como seria regulado o serviço de telecomunicações, mas sabemos que tem outro lado relacionado ao Banco Central que trata desse novo meio de pagamento e a segurança na operação, disse o ministro em entrevista. Uma das preocupações de Tombini, segundo o ministro, é com o risco de haver lavagem de dinheiro através do serviço, já que se trata de cerca de 250 milhões de linhas ativas em todo o país. Outra preocupação do presidente do Banco Central está relacionada à interoperabilidade do sistema, para que acordos comerciais entre bancos e operadoras limite a utilização do serviço com outros bancos ou prestadoras. O ministro ressaltou que equipes técnicas do Ministério das Comunicações e do Banco Central trabalham para definir o novo serviço. No entanto, não há previsão de quando o M-Payment será oferecido no Brasil. Sindicalistas vão se reunir com Dilma para pedir isenção de IR na PLR SÃO PAULO - Representantes de seis grandes centrais sindicais devem se reunir em Brasília nesta quarta-feira com a presidente Dilma Rousseff e com o secretário-geral da presidência, Gilberto Carvalho. O principal objetivo da conversa solicitada pelos sindicalistas é reforçar o pedido de isenção do Imposto de Renda na Participação sobre Lucros e Resultados (PLR) dos trabalhadores. A movimentação das centrais a favor da isenção na PLR foi retomada com força em novembro do ano passado, quando elas reuniram milhares de trabalhadores em 4

5 manifestação no ABC Paulista. O deputado federal e presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), protocolou no Senado, no início de fevereiro, proposta de emenda constitucional sobre a desoneração da PLR. Também no mês passado, o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, em parceria com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), divulgou estudo mostrando que a PLR representa 14,5% da remuneração total anual de um caixa de banco. Participarão do encontro representantes de Força Sindical, Central Única dos Trabalhadores (CUT), União Geral dos Trabalhadores (UGT), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB) e Nova Central. Além da PLR, está na pauta da conversa com a presidente o aumento para os aposentados que ganham valores acima do piso nacional, o fim do fator previdenciário, o reajuste para os servidores públicos e a queda nas taxas de juros. A desoneração pode garantir cerca de R$ 1,8 bilhão no bolso dos trabalhadores, garantindo mais consumo e produção. Vou cobrar o governo da necessidade de reajustar as aposentadorias de quem ganha acima do salário mínimo. Não podemos mais permitir esta política de achatamento dos benefícios, disse o presidente da Força Sindical. A reunião com Gilberto Carvalho está marcada para as 11h e, com a presidente Dilma, para as 16h30. No começo da tarde, as centrais também se reunirão com o relator da Medida Provisória 556, deputado Jerônimo Goergen (PP-RS), para tratar da emenda que isenta a PLR do Imposto de Renda. Telebras e Algar Telecom fazem acordo de infraestrutura SÃO PAULO - A Telebras assina hoje, em Brasília, às 14h30, um acordo com a Algar Telecom para troca de infraestrutura de fibras ópticas apagadas. A Telebras vai complementar a sua estrutura com 42,5 quilômetros da rede nacional de telecomunicações (backbone) entre Barueri e São Caetano, passando por São Paulo, formando um anel com um total de 129 quilômetros de fibras ópticas. Essa iniciativa possibilitará à companhia implementar o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) na região. A Telebras vai compartilhar 501 quilômetros de rede com a Algar Telecom, localizada entre Paulínia (SP) e Curitiba (PR). A Telebras já fechou acordos para a implantação de 21 mil quilômetros de backbone, com conclusão prevista para o fim deste ano. Com a expansão da rede, a expectativa é a de que 40% dos municípios brasileiros sejam atendidos pelo Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) em Para ampliar a capilaridade da sua rede, a Telebras fechou no ano passado 20 acordos de cooperação, incluindo parcerias com a Rede Nacional de Pesquisas (RNP), a Empresa de Processamento de Dados da Previdência Social (Dataprev) e a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). 5

6 A companhia também firmou cinco acordos de cessão de infraestrutura. O acordo entre a Telebras e a Algar Telecom será assinado pelos seus presidentes, Caio Bonilha e Divino Sebastião de Souza, respectivamente. Brasil Econômico Leilão de 4G será no início de junho, afirma Anatel O leilão deve ocorrer no dia 4 de junho, segundo o presidente da Anatel, João Rezende. O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), João Rezende, afirmou nesta segunda-feira (12/3), que a agência pretende publicar o edital para a realização do leilão de quarta geração (4G) de telefonia celular até 20 de abril. Uma vez publicado é preciso um prazo de 45 dias para que a licitação seja realizada. Com isso, o leilão deve ser acontecer no dia 4 de junho. Até então esperava-se que a licitação ocorresse ainda em maio. "O edital tem que estar pronto até 30 de abril, vamos publica-lo em 20 de abril", afirma Rezende. O preço mínimo que será cobrado por cada faixa de frequência no leilão está em análise no Tribunal de Contas da União, segundo o presidente da Anatel. Teletime Ministério das Comunicações e Banco Central discutem mobile payment O ministro das Comunicações Paulo Bernardo esteve nesta terça-feira, 13, com o presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, para discutir a regulamentação do mobile payment no Brasil. Segundo relatou Bernardo, o foco principal da iniciativa é bancarizar as pessoas que hoje estão fora do sistema bancário. Bernardo disse que equipes do BC, do Minicom e da Anatel começarão imediatamente a trabalhar na regulamentação da proposta que será enviada ao Congresso por projeto de lei. Nós queremos um modelo que sirva para estimular inclusão bancária das famílias de baixa renda, disse Paulo Bernardo. Maximiliano Martinhão, secretário de telecomunicações do Minicom, que também participou da reunião, explica que as iniciativas existentes hoje pressupõem que o usuário tenha um cartão de crédito. O celular, na verdade, apenas substitui o uso do plástico e, por isso, não precisa de uma legislação específica. Segundo Martinhão, as leis do sistema bancário exigem uma legislação específica que ampare e crie regras para o mobile payment de não-bancarizados. Paulo Bernardo disse que a premissa básica será que o sistema seja interoperável, ou seja, todas as operadoras deverão ser compatíveis com todos os bancos. A legislação não pretende fazer com que as operadoras atuem como bancos, mas elas poderão atuar como uma carteira digital. Os pagamentos seriam de baixo valor e, de acordo com Bernardo, poderiam ser gradativamente 6

7 elevados com o tempo. Sabemos que existe uma briga entre os bancos e as operadoras para ver quem vai ficar com o bolo, disse o ministro, sem detalhar como essa questão poderia ser resolvida. Não existe ainda uma ideia do custo dessa transação, mas Bernardo ressalta que esse custo tem que ser acessível, visto que o serviço é destinado a famílias de baixa renda. A expectativa de Paulo Bernardo é de que ainda este ano o projeto possa ser remetido ao Congresso Nacional. Depois de aprovado o Projeto de Lei, o assunto ainda precisará ser regulamentado pela Anatel e pelo Conselho Monetário Nacional. Força Sindical Brasília (DF): Centrais Sindicais se reúnem com Dilma hoje Na pauta de discussões estarão a isenção no IR para PLR e aumento para aposentados e servidores Representantes da Força Sindical, CUT, UGT, CTB, CGBT e Nova Central vão se reunir hoje, dia 14, com a presidente Dilma e o secretário-geral da presidência, Gilberto Carvalho, para discutir a pauta trabalhista. Os sindicalistas irão pedir para o governo a isenção do imposto de renda para participação dos lucros e resultados (PLR) e abono salarial, aumento para os aposentados que ganham valores acima do piso nacional, fim do fator previdenciário e reajuste para os servidores públicos e queda nas taxas de juros. Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, presidente da Força Sindical, lembra que a isenção do pagamento do imposto de renda na participação dos lucros é uma forma de distribuir renda e fomentar o mercado interno. A desoneração pode garantir cerca de R$ 1,8 bilhão no bolso dos trabalhadores, garantindo mais consumo e produção. Vou cobrar o governo da necessidade de reajustar as aposentadorias de quem ganha acima do salário mínimo. Não podemos mais permitir esta política de achatamento dos benefícios, afirma Paulinho. Agenda: 11h: reunião das Centrais Sindicais com o secretário geral da presidência, Gilberto Carvalho Local: Palácio do Planalto Brasília 14h: reunião de sindicalistas com o relator da MP 556, deputado Jerônimo Goergen (PP-RS) para tratar da Emenda que isenta os trabalhadores do pagamento de IR na PLR Local: sala da liderança do PP na Câmara dos Deputados Brasília 16h30: reunião das Centrais Sindicais e Presidente Dilma Local: Palácio do Planalto Brasília 7

8 Para presidente da Telebras, falta de pessoal é hoje grande desafio da estatal A Telebras está planejando para este ano um concurso para reforçar o seu quadro de funcionários. Segundo Caio Bonilha, presidente da estatal, a falta de pessoal é hoje um dos principais problemas para a empresa, pois pela sua característica pública, é impossível terceirizar boa parte das atividades, como planejamento de rede, verificação de contratos e engenharia. Hoje, a Telebras tem um quadro de cerca de 200 funcionários permanentes, e isso precisaria ser pelo menos dobrado, estima Bonilha. De qualquer forma, os estudos sobre o perfil dos cargos e a quantidade ainda estão sendo feitos e serão depois submetidos ao governo para liberação das vagas e do orçamento correspondente. Segundo Bonilha, boa parte do esforço da Telebras hoje está na implantação das redes, e essa é uma atividade que não pode ser terceirizada em contratos de turn-key, por exemplo. A expectativa é que a estatal consiga ter uma definição sobre o edital até meados do ano. Vermelho Dilma destaca igualdade de oportunidades em homenagem às mulheres Duas palavras são caras para o nosso governo e foram para o Governo Lula: Igualdade de oportunidades. São palavras chaves desse novo milênio, não só para as mulheres, mas para todos os brasileiros. Só seremos uma nação desenvolvida se isso ocorrer. Com essas palavras a Presidente Dilma Rousseff agradeceu a homenagem recebida do Parlamento, nesta terça-feira (13). A presidente recebeu o prêmio Bertha Lutz, do Senado, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Ela cumprimentou as demais homenageadas com quem compartilhou o prêmio, citando uma a uma - Maria do Carmo Ribeiro, viúva do dirigente comunista Luiz Carlos Prestes ( ); a primeira senadora brasileira, Eunice Michiles; a representante da Comissão Pastoral da Terra (CPT), Rosali Scalabrin; e a professora do Departamento de Ciência Política da Universidade Federal da Bahia Ana Alice Alcântara da Costa. Ela lembrou que o direito de exercer papel relevante na sociedade sempre custou muitos sacrifícios às mulheres e que elas ainda têm muito a avançar na luta pela igualdade. Mas a Presidente reservou longo espaço de sua fala anunciando as conquistas, citando os vários programas que vêm sendo desenvolvidos para reduzir a desigualdade de gênero e social. O Brasil acaba de atingir menor nível de desigualdades nos últimos anos. A pobreza diminui mais de 7% e podemos nos orgulhar, porque isso foi feito contra a tendência internacional de aumentar desigualdades, seja entre os países desenvolvidos ou emergentes, afirmou. Reconhecer as atividades delas (homenageadas) mostra que ainda existem diferenças e necessidade de luta contras as desigualdades, afirmou a Presidente Dilma, parabenizando a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), que coordena a premiação. 8

9 Respondendo à gafe A Presidente Dilma iniciou o discurso respondendo à gafe da deputada Benedita da Silva (PT-RJ), que representou a bancada feminina na Câmara. Em seu discurso, a deputada pediu ao vice-presidente Michel Temer para cuidar da Presidente da República. Dilma disse que ela cuidaria do vice-presidente. Na solenidade, presidida pelo senador José Sarney (PMDB-AP), vários parlamentares discursaram. A ênfase de todos os discursos foi as conquistas e os desafios das mulheres. A vice-presidente da Câmara, deputada Rose de Freitas (PMDB-ES) e a senadora Vanessa Grazziotin fizeram referência à desigualdade salarial, sem citar a lei que deveria ser sancionada pela Presidente da República durante a solenidade e foi barrada por um grupo de senadores. Para Maria Ribeiro Prestes (foto), a homenagem é importante como reconhecimento da trajetória da vida pública dela e do companheiro de 40 anos, o líder comunista Luis Carlos Prestes. Ela diz também que ajuda na atividade de resgatar a história desse homem que viveu na clandestinidade durante 60 anos no Brasil. A premiação resgata isso (a luta de Prestes e dela própria) e eu continuo na linha de combate, debatendo os problemas do Brasil em todos os locais onde sou chamada, nas escolas, nas associações, nos municípios. Para mim é gratificante participar e discutir porque a discussão nos alimenta, nos faz evoluir e ajuda a encontrar solução para os problemas, afirmou Maria. Rompe barreiras, quebra tabus Na primeira parte da solenidade, falaram os presidentes da Câmara e do Senado deputado Marco Maia (PT-RS) e Sarney; as vice-presidentes das duas Casas - deputada Rose de Freitas (PMDB-ES) e Marta Suplicy (PT-SP); a deputada Benedita da Silva, representando a bancada feminina na Câmara e a coordenadora do prêmio, senadora Vanessa Grazziotin. Vanessa Grazziotin destacou a importância do Brasil ter uma presidente mulher. Isso rompe barreira, quebra tabus e é isso o que precisamos para que a mulher não receba 30% menos que o homem, em referência ao projeto de lei que multa as empresas que pagam às mulheres salários menores do que os atribuídos aos homens pela mesma atividade. Queremos ocupar espaço da mulher ao lado do homem para construir uma sociedade melhor, resumiu a senadora. Foi ela quem presidiu a sessão na segunda parte da solenidade após a saída da Presidente Dilma. Ela revezou o lugar com a líder do PCdoB na Câmara, deputada Luciana Santos (PE). Em seu discurso, Luciana Santos, que também é vice-presidente do PCdoB, disse que o seu Partido tem, proporcionalmente, a maior bancada feminina do Congresso: dos 14 deputados, somos seis deputadas federais, o que revela a disposição e a vontade política de ampliar os espaços de poder para as mulheres. Isso revela as possibilidades da afirmação da mulher, como referência, para dar perspectiva à luta das mulheres, disse a parlamentar, defendendo políticas públicas arrojadas e uma reforma política eleitoral à altura do desafio e do momento dos espaços 9

10 que a mulher exerce na sociedade para garantir que a participação política da mulher reflita a participação real que tem na sociedade brasileira Jornal da Tarde Telefônica inicia fase de cortes Começaram ontem e vão até amanhã as inscrições para o plano de demissão voluntária da (PDV) Telefônica. A empresa passa por processo de integração com a Vivo e vai cortar 1,5 mil pessoas de São Paulo e Rio de Janeiro, do total de 20 mil funcionários. Para especialistas, apesar do número grande, os demitidos não terão dificuldades para serem reabsorvidos pelo mercado. Já os consumidores perdem com a maior concentração dos serviços. O ideal seria não se permitir essa compra. Com menos empresas do setor no mercado, menor é a concorrência e a tendência é que os preços subam, diz o professor de Economia da ESPM, José Eduardo Balian. O (Sintetel-SP) diz que negociou com a empresa o menor impacto possível para os funcionários. Seriam 2 mil demissões, diz Cristiane do Nascimento, diretora do Sintetel-SP. 10

Telefônica quer ampliar oferta de 3G para 2.400 cidades em 2011. Anatel libera a usuários acesso aos processos contra empresas

Telefônica quer ampliar oferta de 3G para 2.400 cidades em 2011. Anatel libera a usuários acesso aos processos contra empresas Folha de S. Paulo Telefônica quer ampliar oferta de 3G para 2.400 cidades em 2011 A Telefônica Brasil está se esforçando para ampliar a oferta de telefonia 3G para mais de 2.000 municípios ainda neste

Leia mais

Folha de S. Paulo. O Estado de S. Paulo. Governo negociará redução de roaming de ligações internacionais

Folha de S. Paulo. O Estado de S. Paulo. Governo negociará redução de roaming de ligações internacionais Folha de S. Paulo Governo negociará redução de roaming de ligações internacionais O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, afirmou nesta quarta-feira que um dos esforços no setor de telecomunicações

Leia mais

Folha de S. Paulo. Valor Econômico. Governo fará lobby pela banda larga. Nvidia paga US$ 367 milhões por Icera

Folha de S. Paulo. Valor Econômico. Governo fará lobby pela banda larga. Nvidia paga US$ 367 milhões por Icera Folha de S. Paulo Governo fará lobby pela banda larga O ministro Paulo Bernardo (Comunicações) decidiu fazer lobby na Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) para acelerar as votações que vão estimular

Leia mais

Folha de S. Paulo. O Estado de S. Paulo. Teles ampliam em 16% base de clientes em 2011. Banda larga popular não sai do papel

Folha de S. Paulo. O Estado de S. Paulo. Teles ampliam em 16% base de clientes em 2011. Banda larga popular não sai do papel Folha de S. Paulo Teles ampliam em 16% base de clientes em 2011 As empresas de telecomunicações no Brasil deverão fechar 2011 com sua base de clientes ampliada em 16% em relação a 2010, segundo a SindiTelebrasil

Leia mais

DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO

DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO A CUT e as centrais sindicais negociaram com o governo

Leia mais

PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº DE 2014 (Do Sr. Luiz Fernando Machado)

PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº DE 2014 (Do Sr. Luiz Fernando Machado) PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº DE 2014 (Do Sr. Luiz Fernando Machado) Propõe que a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle com o auxílio do Tribunal de Contas da União e do Ministério Público

Leia mais

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org sintetel@sintetel.org.

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org sintetel@sintetel.org. TELECOMUNICAÇÕES TÊM MAIOR PRODUTIVIDADE DO SETOR DE SERVIÇOS, DIZ IBGE A Pesquisa Anual de Serviços 2013, divulgada nesta quarta-feira, 23, pelo IBGE, apontou para um total de 1,2 milhão de empresas,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 11 Pronunciamento sobre a questão

Leia mais

1 Informações diversas Projeto de Terceirização A Câmara dos Deputados concluiu dia 22/04 a votação do projeto de lei que regulamenta contratos de terceirização. O texto principal foi aprovado no último

Leia mais

Número 130 - novembro de 2013. Fator Previdenciário: por que mudar?

Número 130 - novembro de 2013. Fator Previdenciário: por que mudar? Número 130 - novembro de 2013 Fator Previdenciário: por que mudar? FATOR PREVIDENCIÁRIO: POR QUE MUDAR? 1 Como surgiu o Fator Previdenciário? A Reforma Previdenciária de 1998, por meio da Emenda Constitucional

Leia mais

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org sintetel@sintetel.org.

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org sintetel@sintetel.org. CLARO S/A APRESENTA PROPOSTA VERGONHOSA Depois de enrolar ao máximo o início das negociações, a Claro S/A teve a cara de pau de oferecer APENAS 6% de reajuste salarial, índice muito abaixo da inflação.

Leia mais

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org/ sintetel@sintetel.org.

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org/ sintetel@sintetel.org. Mundo Sindical SÃO PAULO (SP): TRABALHADORES DO TELEATENDIMENTO COMPÕEM PAUTA DE REIVINDICAÇÕES Os trabalhadores do setor de teleatendimento compuseram a Pauta de Reivindicações para a Convenção Coletiva

Leia mais

Folha de S. Paulo. Convergência Digital. Em expansão, TIM enfrenta problemas para absorver chamadas

Folha de S. Paulo. Convergência Digital. Em expansão, TIM enfrenta problemas para absorver chamadas Folha de S. Paulo Em expansão, TIM enfrenta problemas para absorver chamadas Operadora de celular que registrou o maior crescimento nos últimos dois anos, a TIM enfrenta problemas após uma acelerada expansão.

Leia mais

As diversas opções de aposentadoria para os Servidores Públicos Federais

As diversas opções de aposentadoria para os Servidores Públicos Federais As diversas opções de aposentadoria para os Servidores Públicos Federais Secretaria de Estudos, Pesquisas e Políticas Públicas e Secretaria de Formação Política e Sindical. SINDICATO DOS TRABALHADORES

Leia mais

Email enviado em 09/09/2015 pedindo a presidente Dilma Rousseff pedindo mudanças no REDOM

Email enviado em 09/09/2015 pedindo a presidente Dilma Rousseff pedindo mudanças no REDOM Email enviado em 09/09/2015 pedindo a presidente Dilma Rousseff pedindo mudanças no De: Mario Avelino [mailto:marioavelino@domesticalegal.org.br] Enviada em: quarta-feira, 9 de setembro de 2015 23:50 Para:

Leia mais

Sintetel participa de reunião de mulheres na Colômbia

Sintetel participa de reunião de mulheres na Colômbia Mundo Sindical Sintetel participa de reunião de mulheres na Colômbia Entre os dias 2 e 3 de abril, o Sintetel participou da 11ª Reunião do Comitê Regional da UNI Américas Mulheres na cidade de Bogotá,

Leia mais

Folha de S. Paulo. Banda larga popular, a R$ 35 mensais, começa em 90 dias

Folha de S. Paulo. Banda larga popular, a R$ 35 mensais, começa em 90 dias Folha de S. Paulo Banda larga popular, a R$ 35 mensais, começa em 90 dias Até a Copa do Mundo de 2014, todos os municípios brasileiros terão acesso a internet de alta velocidade. A promessa faz parte do

Leia mais

Resumo de Notícias. Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Telecomunicações e Operadoras de Mesas Telefônicas no Estado do Espírito Santo

Resumo de Notícias. Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Telecomunicações e Operadoras de Mesas Telefônicas no Estado do Espírito Santo 27/11/2014 - Teletime Rezende alerta que se escolherem ir à Justiça, teles saem perdendo O presidente da Anatel, conselheiro João Rezende, afirmou nesta quinta, 27, que a agência não concorda com a tese

Leia mais

Pela revogação das Medidas Provisórias 664 e 665

Pela revogação das Medidas Provisórias 664 e 665 Boletim Econômico Edição nº 56 fevereiro de 2015 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Pela revogação das Medidas Provisórias 664 e 665 As duas medidas visam economizar R$ 18 bilhões

Leia mais

RECENTES DÚVIDAS DO REGIME PRÓPRIO FORMULADAS PELOS SERVIDORES DE AMERICANA - PROFESSORES

RECENTES DÚVIDAS DO REGIME PRÓPRIO FORMULADAS PELOS SERVIDORES DE AMERICANA - PROFESSORES RECENTES DÚVIDAS DO REGIME PRÓPRIO FORMULADAS PELOS SERVIDORES DE AMERICANA - PROFESSORES 1) Já completei 25 anos como professora em sala de aula, tenho hoje 45 anos de idade, com esta idade vou aposentar

Leia mais

Resumo de Notícias. Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Telecomunicações e Operadoras de Mesas Telefônicas no Estado do Espírito Santo

Resumo de Notícias. Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Telecomunicações e Operadoras de Mesas Telefônicas no Estado do Espírito Santo Portal da CUT 21/01/2015 Papel da CUT e dos movimentos é combater retrocesso Para presidente da Central, apostar na derrubada da economia para conter inflação coloca em risco o emprego e as conquistas

Leia mais

Uma Breve análise da FUNPRESP e a PL 1992/2007: mais uma vitória do capital financeiro

Uma Breve análise da FUNPRESP e a PL 1992/2007: mais uma vitória do capital financeiro Uma Breve análise da FUNPRESP e a PL 1992/2007: mais uma vitória do capital financeiro * Fernando Marcelino A mundialização financeira, desde meados da década de 1960, em conjunto com uma série de medidas

Leia mais

S I N O P S E S I N D I C A L J U N H O D E 2 0 0 8

S I N O P S E S I N D I C A L J U N H O D E 2 0 0 8 S I N O P S E S I N D I C A L J U N H O D E 2 0 0 8 ADICIONAL DE INSALUBRIDADE. MUDANÇA DA BASE DE CÁLCULO. Doravante as empresas deverão estar atentas à questão envolvendo o pagamento do adicional de

Leia mais

Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ

Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ É bom saber... LEI Nº 12.618, DE 30 DE ABRIL DE 2012. Institui o regime de previdência complementar para os servidores públicos federais titulares de

Leia mais

Belo Horizonte 23 de fevereiro de 2015 FONTE: O TEMPO

Belo Horizonte 23 de fevereiro de 2015 FONTE: O TEMPO Belo Horizonte 23 de fevereiro de 2015 FONTE: O TEMPO Protesto fechada há de mais caminhoneiros de 24 horas deixa BR-381 Interdições acontecem em Igarapé, Oliveira e Perdões; manifestantes autorizam apenas

Leia mais

III Fórum Lusófono das Comunicações ARCTEL-CPLP

III Fórum Lusófono das Comunicações ARCTEL-CPLP III Fórum Lusófono das Comunicações ARCTEL-CPLP Tendências, Panorama e Desafios do Roaming Internacional II Painel Que Mercado na CPLP? Agenda Sobre a Oi Que Mercado na CPLP Panorama Roaming Internacional

Leia mais

Folha de S. Paulo. O Estado de S. Paulo. Vivo anuncia saída de Roberto Lima da presidência. Para TIM, competição levará à expansão da banda larga

Folha de S. Paulo. O Estado de S. Paulo. Vivo anuncia saída de Roberto Lima da presidência. Para TIM, competição levará à expansão da banda larga Folha de S. Paulo Vivo anuncia saída de Roberto Lima da presidência A holding de telefonia móvel Vivo Participações anunciou nesta quarta-feira a saída de Roberto Oliveira Lima da presidência, após seis

Leia mais

Keynote speech by Senator Walter Pinheiro

Keynote speech by Senator Walter Pinheiro II LATIN AMERICAN PUBLIC POLICY FORUM ON INTERNET, E- COMMERCE AND MOBILE TECHNOLOGIES Economic, Social and Cultural Impact on Latin America's Development Keynote speech by Senator Walter Pinheiro Discussion

Leia mais

Folha de S. Paulo. O Estado de S. Paulo. Teles ampliam em 16% base de clientes em 2011. Brasília terá primeiro serviço de banda larga 4G

Folha de S. Paulo. O Estado de S. Paulo. Teles ampliam em 16% base de clientes em 2011. Brasília terá primeiro serviço de banda larga 4G Folha de S. Paulo Teles ampliam em 16% base de clientes em 2011 As empresas de telecomunicações no Brasil deverão fechar 2011 com sua base de clientes ampliada em 16% em relação a 2010, segundo a SindiTelebrasil

Leia mais

Mais uma vitória rumo ao reconhecimento: Dilma sanciona Lei que institui o Dia Nacional do Vigilante

Mais uma vitória rumo ao reconhecimento: Dilma sanciona Lei que institui o Dia Nacional do Vigilante Confederação Nacional dos Vigilantes - Brasília - DF 19/06/2015 - Edição 1295 Mais uma vitória rumo ao reconhecimento: Dilma sanciona Lei que institui o Dia Nacional do Vigilante Aprovado em maio pela

Leia mais

Clipping. ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 03 de outubro de 2011 ESTADO DE MINAS

Clipping. ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 03 de outubro de 2011 ESTADO DE MINAS ESTADO DE MINAS 1 2 ESTADO DE MINAS 3 ESTADO DE MINAS http://www.em.com.br PSD de Kassab mira 'órfãos' do PMDB quercista O PSD obteve registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na terça-feira e corre

Leia mais

O Continente faz mobilização contra Prosegur

O Continente faz mobilização contra Prosegur Confederação Nacional dos Vigilantes - Brasília - DF 16/06/2015 - Edição 1292 O Continente faz mobilização contra Prosegur Vigilantes da Bahia entregaram carta aberta na porta da Prosegur, denunciando

Leia mais

LEI Nº 12.865 DE 9 OUTUBRO DE 2013

LEI Nº 12.865 DE 9 OUTUBRO DE 2013 LEI Nº 12.865 DE 9 OUTUBRO DE 2013 I DESTAQUES DA LEI DO PONTO DE VISTA DO CONSUMIDOR Art.7 Os arranjos de pagamento e as instituições de pagamento observarão os seguintes princípios, conforme parâmetros

Leia mais

De sindicalização, tendo como foco principal a juventude trabalhadora; Pela inclusão da Filosofia e da Sociologia no currículo do ensino básico;

De sindicalização, tendo como foco principal a juventude trabalhadora; Pela inclusão da Filosofia e da Sociologia no currículo do ensino básico; PLANO DE LUTAS DA CUT/SP CALENDÁRIO DE ATOS PÚBLICOS 24/05 Ato em Brasília pela estabilidade do serviço público. Dia Nacional de lutas em defesa do funcionário público admitido em caráter temporário. Estabilidade

Leia mais

Fórum Banco Central de Inclusão Financeira. Painel MDS

Fórum Banco Central de Inclusão Financeira. Painel MDS Fórum Banco Central de Inclusão Financeira Painel MDS Brasília, 18/nov/2010 Sumário Breve descrição do PBF; Razões para inclusão financeira; Marco legal da inclusão financeira; Atual agenda de inclusão

Leia mais

Correspondente Bancário: A Expansão do Acesso aos Serviços Financeiros e de Pagamento

Correspondente Bancário: A Expansão do Acesso aos Serviços Financeiros e de Pagamento Correspondente Bancário: A Expansão do Acesso aos Serviços Financeiros e de Pagamento 1 14/março/2014 Agenda Apresentação da MFS Zuum Vivo MasterCard Mercado Alvo Funcionalidades Estratégia de Distribuição

Leia mais

Fortaleza, 4 de novembro de 2013.

Fortaleza, 4 de novembro de 2013. Fortaleza, 4 de novembro de 2013. Discurso do Ministro Alexandre Tombini, Presidente do Banco Central do Brasil, no V Fórum Banco Central sobre Inclusão Financeira Senhoras e senhores, boa tarde a todos.

Leia mais

Desafios para a construção" de uma rede de telecomunicações governamental no Estado

Desafios para a construção de uma rede de telecomunicações governamental no Estado Desafios para a construção" de uma rede de telecomunicações governamental no Estado Cristiane Lima Guadagnin Cardoso I Semana Estadual de Tecnologia da Informação e Comunicação - TIC Maio 2015. 1 AGENDA

Leia mais

mudanças qualitativas radicais na vida econômica, social e política das nações.

mudanças qualitativas radicais na vida econômica, social e política das nações. PRONUNCIAMENTO DO MINISTRO EDUARDO CAMPOS NA SOLENIDADE DE INSTALAÇÃO DA III ASSEMBLÉIA GERAL DA ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DE PARLAMENTARES PARA A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (IPAIT), NA CÂMARA DOS DEPUTADOS,

Leia mais

PARA ENTENDER O PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO EMPREGO

PARA ENTENDER O PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO EMPREGO PARA ENTENDER O PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO EMPREGO 2 CSB - Central dos Sindicatos Brasileiros CUT - Central Única dos Trabalhadores Força Sindical NCST - Nova Central Sindical de Trabalhadores UGT - União

Leia mais

enado restringe acesso a abono salarial e seguro-desemprego - 26/05/...

enado restringe acesso a abono salarial e seguro-desemprego - 26/05/... Senado restringe acesso a abono salarial e seguro-desemprego SOFIA FERNANDES EDUARDO CUCOLO VALDO CRUZ DE BRASÍLIA 26/05/2015 21h15 O Senado aprovou nesta terça (26) a medida provisória 665, que restringe

Leia mais

Desemprego, salário menor e inflação devem reduzir rendimento médio real

Desemprego, salário menor e inflação devem reduzir rendimento médio real Boletim 820/2015 Ano VII 26/08/2015 Desemprego, salário menor e inflação devem reduzir rendimento médio real Paralelamente, com a redução de produção e folha das firmas, deve crescer o número de pessoas

Leia mais

Audiência Pública sobre Cartões de Pagamento. Câmara dos Deputados 08 de outubro de 2009

Audiência Pública sobre Cartões de Pagamento. Câmara dos Deputados 08 de outubro de 2009 Audiência Pública sobre Cartões de Pagamento Câmara dos Deputados 08 de outubro de 2009 Agenda Estrutura do Mercado de Cartões Principais Números da Indústria de Cartões no Brasil Situação Atual da Indústria

Leia mais

14ª Edição. 10 de Fevereiro de 2015 Auditório Finatec, Universidade de Brasília, Brasília, DF. pós-evento

14ª Edição. 10 de Fevereiro de 2015 Auditório Finatec, Universidade de Brasília, Brasília, DF. pós-evento 14ª Edição 10 de Fevereiro de 2015 O Evento Com mais de 350 participantes, a edição de 2015 do Seminário Políticas de (Tele)comunicações teve como temas o cenário político setorial do próximo governo Dilma

Leia mais

Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região. Sindicato dos Químicos e Plásticos de São Paulo e Região

Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região. Sindicato dos Químicos e Plásticos de São Paulo e Região 1 Entidades proponentes: Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região Sindicato dos Metalúrgicos do ABC Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté Sindicato dos Químicos e Plásticos

Leia mais

CONTACT CENTER. Serviços Especializados e Profissionalização do Mercado no Brasil

CONTACT CENTER. Serviços Especializados e Profissionalização do Mercado no Brasil CONTACT CENTER Serviços Especializados e Profissionalização do Mercado no Brasil Cenário Nos últimos dez anos, o desenvolvimento das tecnologias de informação permitiu um forte crescimento do setor de

Leia mais

FIM DAS REFORMAS REGRESSIVAS DA PREVIDÊNCIA COM GANHOS PARA OS TRABALHADORES

FIM DAS REFORMAS REGRESSIVAS DA PREVIDÊNCIA COM GANHOS PARA OS TRABALHADORES AS MUDANÇAS DO REGIME GERAL DE PREVIDÊNCIA FIM DAS REFORMAS REGRESSIVAS DA PREVIDÊNCIA COM GANHOS PARA OS TRABALHADORES www.pepevargas.com.br dep.pepevargas@camara.gov.br AS MUDANÇAS DO REGIME GERAL DE

Leia mais

Sugestão de Projeto de Lei de Municipalização das 30 Horas

Sugestão de Projeto de Lei de Municipalização das 30 Horas Sugestão de Projeto de Lei de Municipalização das 30 Horas Texto construído com base em diversos trabalhos acadêmicos, dados do Cofen, dados do Coren, Fórum Nacional das 30 horas, Aben e do artigo Jornada

Leia mais

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org/ sintetel@sintetel.org.

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org/ sintetel@sintetel.org. COM MAIOR PROCURA POR VAGAS, SALÁRIO EM EMPREGOS COM CARTEIRA ASSINADA CAI PELA 1ª VEZ DESDE 2003 Pernambuco foi o estado com maior perda real, de acordo com dados do Caged, do Ministério do Trabalho O

Leia mais

PLENÁRIA NACIONAL EXTRAORDINÁRIA DA FENASPS

PLENÁRIA NACIONAL EXTRAORDINÁRIA DA FENASPS PLENÁRIA NACIONAL EXTRAORDINÁRIA DA FENASPS Data: 14/11/2014 Local: Sede da Fenasps Estados presentes: MG- SP- PR- RS- ES- SC- RN- CE e Oposição da BA e do DF. Nº de participantes: 65 Delegados e 10 Observadores

Leia mais

BANCÁRIOS. Uma História marcada por lutas e conquistas

BANCÁRIOS. Uma História marcada por lutas e conquistas BANCÁRIOS Uma História marcada por lutas e conquistas 1 932 18/04/1932 1ª Greve dos Bancários Iniciada em Santos, formada por funcionários do Banco Banespa que reivindicavam melhorias salariais e das condições

Leia mais

Programa Nacional de Banda Larga 18 meses depois

Programa Nacional de Banda Larga 18 meses depois Programa Nacional de Banda Larga 18 meses depois Caio Bonilha Telebras 1 Câmara dos Deputados, 06/12/2011 Mercado de Banda Larga no Brasil Conexões Banda Larga por região 9% 2% 17% 63% 9% Norte Nordeste

Leia mais

Medidas Provisórias 664 e 665 ( Pacote Levy ): mudanças no seguro-desemprego, abono salarial, auxílio-doença, pensão por morte OTAVIO PINTO E SILVA

Medidas Provisórias 664 e 665 ( Pacote Levy ): mudanças no seguro-desemprego, abono salarial, auxílio-doença, pensão por morte OTAVIO PINTO E SILVA Medidas Provisórias 664 e 665 ( Pacote Levy ): mudanças no seguro-desemprego, abono salarial, auxílio-doença, pensão por morte OTAVIO PINTO E SILVA Pacote Levy No dia 30 de dezembro de 2014, o Governo

Leia mais

NOTA DE ESCLARECIMENTO PROPOSTA DE PAGAMENTO DE AUXÍLIO EMERGENCIAL E OUTROS PONTOS RELEVANTES À PERMANÊNCIA ESTUDANTIL

NOTA DE ESCLARECIMENTO PROPOSTA DE PAGAMENTO DE AUXÍLIO EMERGENCIAL E OUTROS PONTOS RELEVANTES À PERMANÊNCIA ESTUDANTIL NOTA DE ESCLARECIMENTO PROPOSTA DE PAGAMENTO DE AUXÍLIO EMERGENCIAL E OUTROS PONTOS RELEVANTES À PERMANÊNCIA ESTUDANTIL Perguntas que ainda não querem calar: O que a Reitoria propôs, mesmo? Pagamento de

Leia mais

A desigualdade de renda parou de cair? (Parte III)

A desigualdade de renda parou de cair? (Parte III) www.brasil-economia-governo.org.br A desigualdade de renda parou de cair? (Parte III) Marcos Mendes 1 O texto da semana passada mostrou como o mercado de trabalho atuou no sentido de reduzir a desigualdade

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da fábrica da Dell no Brasil

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da fábrica da Dell no Brasil Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da fábrica da Dell no Brasil Hortolândia-SP, 14 de maio de 2007 Excelentíssimo deputado Arlindo Chinaglia, presidente

Leia mais

VALE ALIMENTAÇÃO PARA FUNCIONÁRIOS

VALE ALIMENTAÇÃO PARA FUNCIONÁRIOS Prezados Senhores, Ref. VALE ALIMENTAÇÃO PARA FUNCIONÁRIOS A Associação Comercial de Ilhabela está disponibilizando para as empresas da cidade, que fornecem para seus funcionários cestas básicas (ou vale-alimentação),

Leia mais

Revisado em 15/08/2011

Revisado em 15/08/2011 CARTILHA DO PLANO MISTO DE BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS Nº 001 Revisado em 15/08/2011 Esta cartilha foi estruturada com perguntas e respostas para apresentar e esclarecer aos Participantes as informações

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL DF / INSS

ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL DF / INSS ROTEIRO OPERACIONAL CARTÃO DE CRÉDITO CONSIGNADO INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL DF / INSS Logo: 459 Cód. Entidade: 1581 Atualização:03.08.2015 Vigência: 03.08.2015 Classificação da Informação: INTERNA

Leia mais

Abert lança campanha para estimular consumo de rádio pelo celular

Abert lança campanha para estimular consumo de rádio pelo celular O foco da campanha é valorizar a recepção da Edição Nº 183 12/12/2014 Abert lança campanha para estimular consumo de rádio pelo celular Com o objetivo de estimular o consumo do rádio nos aparelhos móveis,

Leia mais

PARECER Nº, DE 2012. RELATOR: Senador FLEXA RIBEIRO

PARECER Nº, DE 2012. RELATOR: Senador FLEXA RIBEIRO PARECER Nº, DE 2012 Da COMISSÃO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA sobre o Projeto de Lei do Senado (PLS) nº 677, de 2007, que dispõe sobre o compartilhamento da infraestrutura

Leia mais

Folha de S. Paulo. Dilma sanciona lei que fixa gastos obrigatórios com a saúde. Bancos e empresas de telefonia lideram reclamações no Procon em 2011

Folha de S. Paulo. Dilma sanciona lei que fixa gastos obrigatórios com a saúde. Bancos e empresas de telefonia lideram reclamações no Procon em 2011 Folha de S. Paulo Dilma sanciona lei que fixa gastos obrigatórios com a saúde Com 15 vetos, a presidente Dilma Rousseff sancionou nesta segunda-feira (16) a regulamentação da emenda 29, que fixa os gastos

Leia mais

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO Nº, DE 2013 (Do Deputado Rubens Bueno)

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO Nº, DE 2013 (Do Deputado Rubens Bueno) REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO Nº, DE 2013 (Do Deputado Rubens Bueno) Requer informações ao Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Sr. Fernando Damata Pimentel sobre a contratação pelo

Leia mais

Companheiros e companheiras,

Companheiros e companheiras, Companheiros e companheiras, Utilizada sob o falso argumento de modernizar as relações de trabalho e garantir a especialização no serviço, a terceirização representa na realidade uma forma de reduzir o

Leia mais

1 Informações diversas Câmara aprova ampliação de parcelamento do Refis da crise O plenário da Câmara aprovou na noite desta quarta-feira (21) a medida provisória que amplia o parcelamento de débitos tributários,

Leia mais

Produção paulista de roupas diminui 40%

Produção paulista de roupas diminui 40% Boletim 795/2015 Ano VII 20/07/2015 Produção paulista de roupas diminui 40% A desaceleração do varejo fez a produção de roupas do Estado de São Paulo cair cerca de 40% no primeiro semestre deste ano na

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2015

PROJETO DE LEI Nº, DE 2015 CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI Nº, DE 2015 (Da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática) Institui o Fundo de Aval para Pequenos Provedores de Internet, com a finalidade de garantir

Leia mais

RESUMO DE NOTÍCIAS 18/12/12. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org/ sintetel@sintetel.org.

RESUMO DE NOTÍCIAS 18/12/12. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org/ sintetel@sintetel.org. O Estado de S. Paulo Mercado piora aposta de crescimento do País em 2012 A previsão do mercado para o crescimento da economia brasileira em 2012 recuou de 1,03% para 1%, segundo analistas ouvidos no relatório

Leia mais

REVISÕES JUDICIAIS DE APOSENTADORIA E PENSÃO:

REVISÕES JUDICIAIS DE APOSENTADORIA E PENSÃO: REVISÕES JUDICIAIS DE APOSENTADORIA E PENSÃO: 1) Pedido de concessão de benefício na Justiça: Todo o segurado que tenha um pedido de concessão ou revisão de benefício previdenciário, que foi requerido

Leia mais

Início da implementação do programa Brasil Sem Miséria pelas prefeituras.

Início da implementação do programa Brasil Sem Miséria pelas prefeituras. Ao longo do mês Início da implementação do programa Brasil Sem Miséria pelas prefeituras. Merece destaque também a ação da Polícia Federal e Força Nacional nos Estados e Municípios onde ocorreram mortes

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO CTBC MIX

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO CTBC MIX REGULAMENTO DA PROMOÇÃO CTBC MIX 1) OBJETIVO: O presente Regulamento tem por objetivo estabelecer as relações entre as EMPRESA(S) CTBC Telecom, CTBC Celular S/A e CTBC Multimídia Data Net S/A, adiante

Leia mais

Câmara Municipal de Cubatão

Câmara Municipal de Cubatão 2 ATA DA 1ª SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DO 2º ANO LEGISLATIVO DA 16ª LEGISLATURA REALIZADA EM 27 DE MAIO DE 2014 PRESIDÊNCIA - Sr. César da Silva Nascimento. SECRETARIAS - Sr. Fábio Alves Moreira e Sr. Ricardo

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca ASSINATURA DO SEGURO-DESEMPREGO E

Leia mais

Folha de S. Paulo. Porto Seguro faz acordo com TIM para lançar operadora de celular. Mínimo será discutido hoje na Câmara e votado nesta quarta

Folha de S. Paulo. Porto Seguro faz acordo com TIM para lançar operadora de celular. Mínimo será discutido hoje na Câmara e votado nesta quarta Folha de S. Paulo Porto Seguro faz acordo com TIM para lançar operadora de celular A Porto Seguro e a TIM assinaram um acordo de compartilhamento de infraestrurura de telefonia celular para lançar a primeira

Leia mais

Empréstimo. Pagamento em até 30 meses; Sem taxa de abertura de crédito; Parcelas debitadas em conta; Limites analisados pela renda.

Empréstimo. Pagamento em até 30 meses; Sem taxa de abertura de crédito; Parcelas debitadas em conta; Limites analisados pela renda. Produtos Conta Corrente Com isenção de tarifas de manutenção, dez folhas cheques, quatro extratos mensais, emissão de extratos on-line, tarifas reduzidas, só na Credlíder. Conta Poupança A Poupança Credlider

Leia mais

Avaliação de Políticas Públicas (Resolução nº 44, de 2013) Proposta Plano de Trabalho. Programa Nacional de Banda Larga (PNBL)

Avaliação de Políticas Públicas (Resolução nº 44, de 2013) Proposta Plano de Trabalho. Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática Avaliação de Políticas Públicas (Resolução nº 44, de 2013) Proposta Plano de Trabalho Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) Presidente:

Leia mais

SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE BRASÍLIA PÚBLICA

SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE BRASÍLIA PÚBLICA SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE BRASÍLIA PÚBLICA 2 Caixa, patrimônio dos brasileiros. Caixa 100% pública! O processo de abertura do capital da Caixa Econômica Federal não interessa aos trabalhadores e à população

Leia mais

Governo altera regras do Trabalho e da Previdência Social

Governo altera regras do Trabalho e da Previdência Social CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS DA CONSTRUÇÃO E DO MOBILIÁRIO RECONHECIDA NOS TERMOS DA LEGISLAÇÃO VIGENTE EM 16 DE SETEMBRO DE 2010 Estudo técnico Edição nº 23 janeiro de 2015 Organização:

Leia mais

Cartão BRB Pré-Pago. Como adquirir

Cartão BRB Pré-Pago. Como adquirir Cartão BRB Pré-Pago O Cartão BRB Pré-Pago facilita a sua vida e da sua família. Com ele você tem mais controle dos seus castos, paga pequenas despesas do dia a dia, usa em vários lugares do País e pode

Leia mais

CAMPANHA SALARIAL 2015 CARREIRA DE REFORMA E DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO LEI 11.090/2005

CAMPANHA SALARIAL 2015 CARREIRA DE REFORMA E DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO LEI 11.090/2005 CAMPANHA SALARIAL 2015 CARREIRA DE REFORMA E DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO LEI 11.090/2005 PENDENCIAS DOS TERMOS DE ACORDO 07 de julho de 2005 Fazer gestões para no menor prazo possível assegurar adoção das

Leia mais

Material Explicativo

Material Explicativo Material Explicativo Material Explicativo Índice Introdução 4 Sobre o Plano Previplan 5 Adesão 5 Benefícios do Plano 6 Entenda o Plano 7 Rentabilidade 8 Veja como funciona a Tributação 9 O que acontece

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO MÓVEL PESSOAL SMP - PRÉ- PAGO.

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO MÓVEL PESSOAL SMP - PRÉ- PAGO. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO MÓVEL PESSOAL SMP - PRÉ- PAGO. Confira as condições do contrato para prestação de serviços firmado entre você e a Oi Móvel S/A. (Oi), com sede em Setor Comercial Norte,

Leia mais

Remuneração, Incentivos e Benefícios Profª Ma. Máris de Cássia Ribeiro Vendrame Visão do Futuro

Remuneração, Incentivos e Benefícios Profª Ma. Máris de Cássia Ribeiro Vendrame Visão do Futuro Remuneração, Incentivos e Benefícios Profª Ma. Máris de Cássia Ribeiro Vendrame Visão do Futuro A Empresa será reconhecida como uma organização comprometida com a valorização do homem O Significado dos

Leia mais

As mudanças mais importantes no Bradesco Previdência

As mudanças mais importantes no Bradesco Previdência As mudanças mais importantes no Bradesco Previdência No dia 21 de julho, o RH do Banco Bradesco e diretores do Bradesco Previdência expuseram, a cerca de 50 dirigentes sindicais, as mudanças no plano de

Leia mais

Folha de S. Paulo. Agora. Anatel aprova proposta de edital de leilão para tecnologia 4G. Revisão de 2002 a 2004 dá atrasados de até R$ 17.

Folha de S. Paulo. Agora. Anatel aprova proposta de edital de leilão para tecnologia 4G. Revisão de 2002 a 2004 dá atrasados de até R$ 17. Folha de S. Paulo Anatel aprova proposta de edital de leilão para tecnologia 4G O Conselho Diretor da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) aprovou nesta quinta-feira a minuta de edital do leilão

Leia mais

CARTILHA PARA EMPREGADORES E TRABALHADORES DIREITOS E DEVERES COM A PEC DAS DOMÉSTICAS

CARTILHA PARA EMPREGADORES E TRABALHADORES DIREITOS E DEVERES COM A PEC DAS DOMÉSTICAS DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO DO EMPREGADOR DOMÉSTICO = MENOS DEMISSÕES E MAIS FORMALIDADE Dê seu voto em www.domesticalegal.org.br CARTILHA PARA EMPREGADORES E TRABALHADORES DIREITOS E DEVERES COM

Leia mais

S I N O P S E S I N D I C A L M A I O D E 2 0 0 6

S I N O P S E S I N D I C A L M A I O D E 2 0 0 6 S I N O P S E S I N D I C A L M A I O D E 2 0 0 6 ALIMENTAÇÃO. Com data-base em 1º de maio, a Federação dos Trabalhadores na Indústria de Alimentação do Estado de São Paulo, representando 56 mil trabalhadores

Leia mais

Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira

Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira Impacto financeiro da extensão das regras de reajuste do salário mínimo para todos os benefícios da Previdência Social Núcleo Trabalho, Previdência e Assistência Social Leonardo Rolim junho/2015 Endereço

Leia mais

MAGNO ANTÔNIO CORREIA DE MELLO

MAGNO ANTÔNIO CORREIA DE MELLO ALTERAÇÕES NORMATIVAS DECORRENTES DE REFORMAS PREVIDENCIÁRIAS IMPLEMENTADAS OU PROPOSTAS, CLASSIFICADAS POR ASSUNTO, A PARTIR DA EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 20/98 - QUADRO COMPARATIVO - MAGNO ANTÔNIO CORREIA

Leia mais

Igor Vilas Boas de Freitas

Igor Vilas Boas de Freitas 18ª Reunião Extraordinária da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática. 26 de maio de 2010 Igor Vilas Boas de Freitas Consultor Legislativo do Senado Federal 1. Quais são os

Leia mais

Por muito tempo o Brasil viveu uma falsa dicotomia entre desenvolvimento econômico e políticas de inclusão.

Por muito tempo o Brasil viveu uma falsa dicotomia entre desenvolvimento econômico e políticas de inclusão. 1 Discurso da Ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Tereza Campello na Cerimônia de Anúncio de medida complementando renda a todos os beneficiários do Bolsa Família, em 19 de fevereiro de

Leia mais

Livre estipulação das relações trabalhistas ameaça conquistas

Livre estipulação das relações trabalhistas ameaça conquistas BOLETIM 6 Brasília, 9 de novembro de 2015 Livre estipulação das relações trabalhistas ameaça conquistas O deputado Benjamin Maranhão (SD-PB), presidente da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço

Leia mais

Mensurar a inclusão financeira Uma abordagem focada no cliente. Caitlin Sanford

Mensurar a inclusão financeira Uma abordagem focada no cliente. Caitlin Sanford Mensurar a inclusão financeira Uma abordagem focada no cliente Caitlin Sanford 2 O caminho em direção a uma mensuração da inclusão financeira Mensurar a EXISTÊNCIA dos serviços financeiros em um país (

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 13.183, DE 4 DE NOVEMBRO DE 2015. Mensagem de veto Convertida da Medida Provisória nº 676, de 2015 Vigência Altera as Leis nº

Leia mais

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. C/C Itaú. Quando e como receberei o meu benefício?

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. C/C Itaú. Quando e como receberei o meu benefício? Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. O Itaú quer estar presente em todos os momentos da sua vida. Por isso, criamos este material para ajudar você com

Leia mais

Ministério do Trabalho assina portaria que reconhece categoria da agricultura familiar

Ministério do Trabalho assina portaria que reconhece categoria da agricultura familiar Porto Alegre. 21 de maio de 2015. Edição 008 Ministério do Trabalho assina portaria que reconhece categoria da agricultura familiar Dia 20 de maio de 2015 vai ficar marcado de maneira muito positiva para

Leia mais