Perícia Psiquiátrica. Carlos Augusto Maranhão de Loyola. CRM-PR XVII Seminário Sul Brasileiro da Anamt Florianópolis, 01 de maio de 2014.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Perícia Psiquiátrica. Carlos Augusto Maranhão de Loyola. CRM-PR 20879. XVII Seminário Sul Brasileiro da Anamt Florianópolis, 01 de maio de 2014."

Transcrição

1 Perícia Psiquiátrica Carlos Augusto Maranhão de Loyola. CRM-PR XVII Seminário Sul Brasileiro da Anamt Florianópolis, 01 de maio de 2014.

2 Objetivos Discussão a respeito das singularidades da avaliação pericial psiquiátrica em relação às perícias médicas gerais. Semiologia psiquiátrica na avaliação pericial. Exame do estado mental: História clínica Exame psíquico

3 Philippe Pinel, 1806 Assim sendo, resolvi adotar o método de investigação que tem tido sucesso invariável em todos os departamentos da história natural, a saber, observar sucessivamente cada fato, sem qualquer outro objetivo senão o de coletar para uso futuro, e me esforçar, tanto quanto possível, para me despojar da influência tanto de meus próprios preconceitos quanto da autoridade de outros.

4 The Global Burden of Disease (1990). Custo por deficiência (15 e 44 anos de idade). Anos de vida ajustados por deficiência DALYs (tempo perdido pela mortalidade prematura e ao tempo vivido com a deficiência). Depressão maior Unipolar Tuberculose Acidente de trânsito Consumo de Álcool Lesões autoinfligidas Doença maníaco-depressiva Guerra Violência Esquizofrenia Anemia por deficiência de ferro

5 INSS Aposentadorias por invalidez urbanas Aposentadorias urbanas por invalidez - CID F

6 INSS Aposentadorias urbanas por invalidez - doenças do aparelho circulatório Aposentadorias urbanas por invalidez - doenças do aparelho osteoarticular

7 INSS Auxílio doença Urbano Auxílio doença urbano CID F (terceira causa de concessão de benefício auxilio doença, após causas externas e doenças osteoarticulares)

8 Aproximadamente uma em cada duas pessoas apresentou sintomas compatíveis com um transtorno mental ao longo da vida (Epidemiologia dos transtornos mentais em uma área definida de captação da cidade de São Paulo Lolio, Gentil, Laurenti Rev Psiquiatr Clin, 1999). Previsão que em 2020 o transtorno depressivo será o de maior impacto no planeta segundo OMS.

9 Peculiaridades da perícia psiquiátrica

10 Peculiaridades da perícia psiquiátrica Não se faz perícia psiquiátrica com pressa

11 Peculiaridades da perícia psiquiátrica

12 Peculiaridades da perícia psiquiátrica Ouvir a história atentamente Cuidado com técnica de entrevista Perguntas abertas quando o tópico for sintomas Deixar o avaliado explanar de sua forma sobre o quadro Não induzir as respostas. Perguntas objetivas tenderão a fornecer respostas afirmativas para aquilo que o avaliado entende ser grave.

13 Peculiaridades da perícia psiquiátrica Contratransferência pericial

14 Peculiaridades da perícia psiquiátrica Cuidado na hora de confrontar saúde mental do perito

15 Cuidar com policiamento Evitar confronto O confronto, se mal colocado, vai deixar o periciado ainda mais na defensiva Juntar as peças do quebra cabeça como se tudo que foi apresentado fosse verdade... No final, verificar se as peças se encaixam

16 Peculiaridades da perícia psiquiátrica Conhecimento da rede de atenção mental via SUS

17 Avaliação Psiquiátrica

18 Avaliação Psiquiátrica Identificação Antecedentes pessoais e familiares História laboral História do afastamento do trabalho Sintomas Evolução dos sintomas Tratamento Instituído Resultado com o tratamento Cotidiano

19 Avaliação Psiquiátrica Identificação Já com a intenção de coletar dados para o exame do estado mental, verificando atitude, interação com o perito Conferir documentos apresentados RG; Carteira de Trabalho, Carteira de Habilitação Saber quem é o indivíduo Estado civil oficial e prático Quantos filhos, com quantos companheiros (as) diferentes Com quem mora atualmente Casa própria ou alugada, descrição mínima do ambiente Endereço Escolaridade

20 Avaliação Psiquiátrica Antecedentes Gerais Pessoais Cirurgias Doenças clínicas Uso de substâncias lícitas e ilícitas (observado que esse é um componente importante no quadro psiquiátrico, retomar no histórico específico) Familiares Cirurgias Doenças clínicas Doenças psiquiátricas

21 Avaliação Psiquiátrica História Laboral Desde que idade começou a trabalhar? Quais as funções que já exerceu? No momento se encontra registrado ou desempregado? Últimos vínculos Múltiplos vínculos de curto prazo? Função recente muito diferente das anteriores? Emprego atual: quais as funções, horários, responsabilidades Houve readaptação ou solicitação de readaptação?

22 Avaliação Psiquiátrica História do Afastamento Verificando se o tempo de afastamento condiz com o diagnóstico Tempo de afastamento? Está afastado do trabalho continuamente ou de forma intermitente? Identificação detalhada do início do afastamento, o por quê não conseguiu mais para trabalhar. Situação previdenciária Está recebendo algum benefício? De forma contínua ou intermitente? Muitos casos são reacionais não caracterizando, necessariamente, incapacidade

23

24 Avaliação Psiquiátrica Histórico de início e evolução dos sintomas Aqui se inicia a indispensável técnica propedêutica de não indução de respostas... Detalhes da evolução dos sintomas Componentes ambientais associados? História compatível com evolução natural do diagnóstico (Transtornos psiquiátricos têm padrões e não são estáticos) Não relevar discursos sobrevalorizados como: Não faço nada o dia inteiro ; Não saio da cama ; Não posso ficar sozinho. - Relato do cotidiano

25 Entrevista Psiquiátrica Tratamento e Resultados Onde realiza tratamento, convênio, SUS, particular Frequência das consultas Acompanhamentos paralelos (psicoterapia, terapia ocupacional, CAPS) Já houve internamentos psiquiátricos? Quando e por quais motivos? Evolução da prescrição médica Medicação atual, dose, benefícios, efeitos colaterais, tempo de uso

26 Exame Psíquico

27 Exame Psíquico Comportamento / Postura / Atitude Chega acompanhada de seu marido, caminhando normalmente, apresenta-se adequadamente à recepção, sem demonstrações de inquietação ou agitação. Sentase e aguarda calmamente na sala de espera. Ao ser chamada para entrevista, levanta-se escorada pelo marido, com feições dramáticas e inicialmente insiste que o marido participe da perícia. Atitudes: dramática, evasiva - superficial, excitada, expansiva, hostil - irritada, sedutora, submissa, desconfiada, ameaçadora.

28 Exame Psíquico Estudo da consciência Lúcido / torporoso / comatoso Cognição Atenção / concentração / orientação / Memória / inteligência Lúcido e orientado em tempo e espaço, interpreta e responde adequadamente o que lhe é perguntado. Boa capacidade de argumentação. Mantém atenção, evocação de memória sem prejuízos. Organiza e manuseia os documentos requisitados com habilidade é capaz de evocar memória passada e recente sem dificuldades. Linguagem e inteligência adequadas com a escolaridade.

29 Exame Psíquico Estudo do pensamento: Organização Fluxo (derivante / conclusivo) Conteúdo (delirante persecutório / concreto não maleável ) Velocidade (acelerada / lentificada)

30 Exame Psíquico Sensopercepção (sensação é o fenômeno gerado por estímulos / percepção é a consciência do estímulo sensorial) Alterações do juízo da realidade - Alucinações (visuais são raras) - Ilusões

31 Revisando Psicose pelo DSM IV: - Delírios - Alucinações proeminentes - Discurso desorganizado - Comportamentos desordenados - Catatonia

32 Delírios -- Juízos patologicamente falsos. -- Nem tanto a falsidade do conteúdo do juízo que faz uma crença ser um delírio (ainda que quase sempre a crença delirante seja falsa), mas sobretudo a justificativa para a crença que o delirante apresenta, o tipo de evidência que lhe assegura que as coisas são assim (Dalgalarrondo. 2008).

33 Alucinações - Percepções sensoriais que ocorrem na ausência de estímulo externo. -- Envolvem qualquer modalidade sensorial, porém alucinações visuais e auditivas são as mais frequentemente relatadas. Alucinações não são específicas de qualquer diagnóstico e na verdade podem ocorrer em algumas condições como distúrbios metabólicos, ingestão de drogas, abstinência de álcool, no adormecer e despertar. (Harrys M, 2000).

34 Vivências afetivas Humor ou estado de ânimo: estado emocional basal e difuso em que se encontra a pessoa em determinado momento. Lente afetiva que amplia ou reduz o impacto das experiências. Emoção: reação afetiva aguda, momentanea. Sentimento: estado afetivo mais atenuado em relação a emoção, menos reativo à estímulos passageiros. Afeto: qualidade e o tônus emocional que acompanha uma idéia ou representação mental (expressão do sentimento). Alterações: distimia, hipotimia, hipertimia, disforia, irritabilidade, ansiedade, angustia (aperto na garganta), apatia, anedonia, labilidade, fobia, afeto rebaixado/embotado

35 Exame Psíquico Estudo da vontade e da psicomotricidade: O processo volitivo: intenção / deliberação / decisão / execução.

36 Volição/pragmatismo - alterações Hipobulia, abulia, hiperbulia Atos impulsivos curto circuito do ato voluntário, o indivíduo não percebe tal ato como inadequado, não tenta evitá-lo ou adiá-lo. Atos compulsivos reconhecidos pelo indivíduo como inadequados e indesejáveis. obediência automática, ecopraxia, compulsividade, negativismo (mutismo), cleptomania, jogo patológico, compulsão por compras / internet

37 Transtornos mentais importantes para o perito não especialista Depressão Transtornos de ansiedade Dependência por álcool e drogas Psicoses Transtorno bipolar

38 Esquizofrenia Os antipsicóticos controlam na maioria das vezes as alucinações. Portanto desconfie do individuo que entra na sala pericial falando sozinho ou com alterações grosseiras. ALUCINAÇÕES VISUAIS, mesmo entre os francamente psicóticos são MUITO RARAS. Há coerência na história, mesmo os muito desorganizados, são capazes de contar sobre seus sintomas, sobre o cotidiano, sobre as medicações, etc. Apresentam efeitos colaterais dos antipsicóticos (boca seca, movimentos robotizados, pouca expressão facial).

39 Simulação Não sei. Respondem de modo pueril. Interpretação da idéia inadequada sobre Louco, mesmo os francamente psicóticos têm uma coerência na apresentação de sintomas São facilmente induzidos Histórico médico pobre, sem internações, sem passagens por prontos-socorros. A família não fornece história. Simular é cansativo, demonstram contradições em avaliações mais longas ou entre avaliações distintas.

40 SEDAÇÃO O exame psíquico do indivíduo sedado está prejudicado devendo ser remarcado. Sedação significa uso irregular da medicação (o uso regular diminui esse efeito colateral) ou uso excessivo para vir a pericia (mal intenção) ou iatrogenia (sedação excessiva somente em ambiente hospitalar devido aos riscos aos pacientes).

41 Segredos sobre os PSICOTRÓPICOS Visam melhora da qualidade de vida e não gerar incapacidade para o trabalho. Sobre efeitos colaterais, cabe ao médico assistente o manejo em caso de prejuízo. Psicotrópicos não enlouquecem. Uso contínuo das mesmas medicações nas mesmas doses determina estabilidade.

42 Carlos Augusto Maranhão de Loyola CRM-PR

Simulação de psicoses em perícia psiquiátrica

Simulação de psicoses em perícia psiquiátrica Simulação de psicoses em perícia psiquiátrica Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Orientadora: Prof a. Dr a. Talita Zerbini Carlos Augusto Maranhão de Loyola Introdução Simulação

Leia mais

1º Seminário Regimes Próprios da Previdência:

1º Seminário Regimes Próprios da Previdência: 1º Seminário Regimes Próprios da Previdência: Abordando a Sustentabilidade nos Enfoques da Saúde, do Trabalho e da Previdência Pública PMPA Outubro 2006 CAPACIDADE LABORATIVA x DOENÇAS INCAPACITANTES ALIENAÇÃO

Leia mais

INSTITUTO DE TREINAMENTO E PESQUISA EM GESTALT TERAPIA DE GOIÂNIA-ITGT

INSTITUTO DE TREINAMENTO E PESQUISA EM GESTALT TERAPIA DE GOIÂNIA-ITGT Disciplina: Psicopatologia Grupo de Especialização: XXIII Período: 2013/1 Carga horária: 30 hs/a Dia: 4ª feira Horário: 18:30 às 20:10 Professora: Sandra Albernaz L. M. Saddi Monitor: Raphael Basílio Ementa

Leia mais

A seguir enumeramos algumas caracteristicas do TBH:

A seguir enumeramos algumas caracteristicas do TBH: OQUEÉOTRANSTORNOBIPOLARDO HUMOR(TBH)? O transtorno bipolar do humor (também conhecido como psicose ou doença maníaco-depressiva) é uma doença psiquiátrica caracterizada por oscilações ou mudanças de humor

Leia mais

Interdição Quando e por que fazê-la?

Interdição Quando e por que fazê-la? X Jornada CELPCYRO Sobre Saúde Mental Interdição Quando e por que fazê-la? Helena Dias de Castro Bins Porto Alegre, 21 de junho de 2013 1. Introdução: Direito Civil e Psiquiatria Forense Direito Civil:

Leia mais

A Saúde mental é componente chave de uma vida saudável.

A Saúde mental é componente chave de uma vida saudável. Transtornos mentais: Desafiando os Preconceitos Durante séculos as pessoas com sofrimento mental foram afastadas do resto da sociedade, algumas vezes encarcerados, em condições precárias, sem direito a

Leia mais

12 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS MÉDICO PSIQUIATRA. São critérios diagnósticos do Transtorno Delirante Persistente,

12 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS MÉDICO PSIQUIATRA. São critérios diagnósticos do Transtorno Delirante Persistente, 12 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS MÉDICO PSIQUIATRA QUESTÃO 21 São critérios diagnósticos do Transtorno Delirante Persistente, EXCETO: a) O indivíduo apresenta delírios que não sejam bizarros por pelo

Leia mais

A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira

A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira Transtornos Neuróticos Aspectos históricos A distinção neuroses e psicoses foi, durante

Leia mais

EMERGÊNCIAS EM PSIQUIATRIA

EMERGÊNCIAS EM PSIQUIATRIA EMERGÊNCIAS EM PSIQUIATRIA Hailton Martinelli / Gustavo Vieira Caetano I) INTRODUÇÃO Existe um grande número de definições de emergências em psiquiatria, muitas contraditórias entre si, principalmente

Leia mais

(31) 3292 6299 www.fredericoporto.com.br

(31) 3292 6299 www.fredericoporto.com.br (31) 3292 6299 www.fredericoporto.com.br COACHING E PSICOPATOLOGIA UMA DIÁLOGO NECESSÁRIO Frederico Porto JANEIRO NO DIA 1 º DE JANEIRO ÀS 00:00 ACONTECE O BIG BANG.. SETEMBRO NO INÍCIO DE SETEMBRO SURGE

Leia mais

Esta categoria global inclui as variedades comuns de esquizofrenia, juntamente com

Esta categoria global inclui as variedades comuns de esquizofrenia, juntamente com F20.0 Esquizofrenia Esta categoria global inclui as variedades comuns de esquizofrenia, juntamente com algumas variedades menos comuns e transtornos intimamente relacionados. F20.0 F20.3 Critérios gerais

Leia mais

Como tem sido seus estudos? Tem conseguido manter a disciplina necessária para assegurar o nível de aprendizado exigido?

Como tem sido seus estudos? Tem conseguido manter a disciplina necessária para assegurar o nível de aprendizado exigido? Saudações concurseiro, Como tem sido seus estudos? Tem conseguido manter a disciplina necessária para assegurar o nível de aprendizado exigido? É muito importante estabelecer uma frequência no estudo,

Leia mais

HISTÓRIA HISTÓRIA DIAGNÓSTICO E CLASSIFICAÇÃO DOS TRANSTORNOS MENTAIS. Paradigma da alienação mental. Paradigma das doenças mentais

HISTÓRIA HISTÓRIA DIAGNÓSTICO E CLASSIFICAÇÃO DOS TRANSTORNOS MENTAIS. Paradigma da alienação mental. Paradigma das doenças mentais DIAGNÓSTICO E CLASSIFICAÇÃO DOS TRANSTORNOS MENTAIS Prof. José Reinaldo do Amaral Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Psicologia PSICOPATOLOGIA GERAL 2013 / 2 HISTÓRIA Paradigma da

Leia mais

DEPRESSÃO - Segundo a Classificação Internacional das Doenças (CID) 10ª revisão

DEPRESSÃO - Segundo a Classificação Internacional das Doenças (CID) 10ª revisão DEPRESSÃO - Segundo a Classificação Internacional das Doenças (CID) 10ª revisão - F32 Episódios depressivos Nos episódios típicos de cada um dos três graus de depressão: leve, moderado ou grave, o paciente

Leia mais

TRAUMA PSÍQUICO ORIENTAÇÕES GERAIS AOS MÉDICOS NÚCLEO DE ESTUDOS E TRATAMENTO DO TRAUMA (NET-TRAUMA)

TRAUMA PSÍQUICO ORIENTAÇÕES GERAIS AOS MÉDICOS NÚCLEO DE ESTUDOS E TRATAMENTO DO TRAUMA (NET-TRAUMA) TRAUMA PSÍQUICO ORIENTAÇÕES GERAIS AOS MÉDICOS NÚCLEO DE ESTUDOS E TRATAMENTO DO TRAUMA (NET-TRAUMA) SERVIÇO DE PSIQUIATRIA HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE (HCPA) DEPARTAMENTO DE PSIQUIATRIA UNIVERSIDADE

Leia mais

ANAMNESE PSIQUIÁTRICA

ANAMNESE PSIQUIÁTRICA ANAMNESE PSIQUIÁTRICA I) INTRODUÇÃO A anamnese psiquiátrica é o principal instrumento que o psiquiatra clínico tem para conhecer seu paciente, colher sua história de doença, estabelecer um diagnóstico

Leia mais

Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro

Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro Perturbadores do SNC ObjeDvos Conhecer as formas de apresentação e de uso Compreender o mecanismo de

Leia mais

Dependência Química - Classificação e Diagnóstico -

Dependência Química - Classificação e Diagnóstico - Dependência Química - Classificação e Diagnóstico - Alessandro Alves Toda vez que se pretende classificar algo, deve-se ter em mente que o que se vai fazer é procurar reduzir um fenômeno complexo que em

Leia mais

DEPRESSÃO NO ÂMBITO DA. Felicialle Pereira da Silva Nov. 2015

DEPRESSÃO NO ÂMBITO DA. Felicialle Pereira da Silva Nov. 2015 DEPRESSÃO NO ÂMBITO DA SEGURANÇA PÚBLICA Felicialle Pereira da Silva Nov. 2015 Ser humano x Humor VARIAÇÕES : SIM( X) NÃO( ) EXTREMOS: SIM( ) NÃO( X) CONTROLE Sensações normais Saúde mental x doença mental

Leia mais

Psicoterapia e Psicofarmacologia. Como optar ou associá-las? Hewdy Lobo Ribeiro Psiquiatra Forense e Psicogeriatra AMBULIM e ProMulher IPq - USP

Psicoterapia e Psicofarmacologia. Como optar ou associá-las? Hewdy Lobo Ribeiro Psiquiatra Forense e Psicogeriatra AMBULIM e ProMulher IPq - USP e Psicofarmacologia. Como optar ou associá-las? Hewdy Lobo Ribeiro Psiquiatra Forense e Psicogeriatra AMBULIM e ProMulher IPq - USP Estudo da forma e função dos Psicofármacos Psicofármacos / Psicotrópicos

Leia mais

Dia Mundial da Saúde Mental - 10 de Outubro

Dia Mundial da Saúde Mental - 10 de Outubro Não Há Saúde Sem Saúde Mental Dia Mundial da Saúde Mental - 10 de Outubro 1 a 17 de Outubro de 2010 Exposição promovida pelo Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental O QUE É A SAÚDE MENTAL? É sentir-nos

Leia mais

TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE - TDAH P R O F E S S O R : H U M B E R T O M Ü L L E R S A Ú D E M E N T A L

TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE - TDAH P R O F E S S O R : H U M B E R T O M Ü L L E R S A Ú D E M E N T A L TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE - TDAH P R O F E S S O R : H U M B E R T O M Ü L L E R S A Ú D E M E N T A L TDAH - EPIDEMIOLOGIA Tx. Varia entre 1,5 5,8% Crianças e adolescentes; Difere

Leia mais

Saúde Mental do Trabalhador. Grazieli Barbier Barros Terapeuta Ocupacional Especialista em Saúde Pública e da família.

Saúde Mental do Trabalhador. Grazieli Barbier Barros Terapeuta Ocupacional Especialista em Saúde Pública e da família. Saúde Mental do Trabalhador Grazieli Barbier Barros Terapeuta Ocupacional Especialista em Saúde Pública e da família. Definição Para a OMS: Saúde é um estado de completo bem-estar físico mental e social,

Leia mais

A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira

A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira Revisão Continente Psiquiátrico Neurótico (Patologia da experiência ) (TOC Transtorno

Leia mais

LAUDO MÉDICO PERICIAL.

LAUDO MÉDICO PERICIAL. 1 LAUDO MÉDICO PERICIAL. Preâmbulo. Aos vinte e nove dias do mês de abril do ano de 2009, o Perito Dr. OSCAR LUIZ DE LIMA E CIRNE NETO, designado pelo MM Juiz de Direito da 7.ª Vara Cível da Comarca de

Leia mais

O que é Distúrbio Bipolar Bipolar Disorder Source - NIMH

O que é Distúrbio Bipolar Bipolar Disorder Source - NIMH O que é Distúrbio Bipolar Bipolar Disorder Source - NIMH Distúrbio Bipolar, também conhecido como mania e depressão, é uma desordem do cérebro que causa mudanças não previstas no estado mental da pessoa,

Leia mais

No Brasil, a esquizofrenia ocupa 30% dos leitos psiquiátricos hospitalares; Ocupa 2ºlugar das primeiras consultas psiquiátricas ambulatoriais;

No Brasil, a esquizofrenia ocupa 30% dos leitos psiquiátricos hospitalares; Ocupa 2ºlugar das primeiras consultas psiquiátricas ambulatoriais; Curso - Psicologia Disciplina: Psicofarmacologia Resumo Aula 7- Psicofármacos e Esquizofrenia Esquizofrenia Uma das mais graves doenças neuropsiquiátricas e atinge 1% da população mundial; No Brasil, a

Leia mais

SAUDE MENTAL DA MULHER NOS CICLOS DE VIDA

SAUDE MENTAL DA MULHER NOS CICLOS DE VIDA SAUDE MENTAL DA MULHER NOS CICLOS DE VIDA ENCONTRO MULHER DE ATITUDE Campanha de Prevenção do Câncer Cérvico C Uterino Março o 2013 Maristela C Sousa - Médica Psiquiatra DVSAM/DACC/SAS/SESA Dados Epidemiológicos

Leia mais

Diretrizes da OMS para diagnóstico de Dependência

Diretrizes da OMS para diagnóstico de Dependência Diretrizes da OMS para diagnóstico de Dependência 1 - Forte desejo ou compulsão para usar a substância. 2 - Dificuldade em controlar o consumo da substância, em termos de início, término e quantidade.

Leia mais

Abuso e dependência ao álcool e outras drogas e sua relação com o suicídio

Abuso e dependência ao álcool e outras drogas e sua relação com o suicídio Abuso e dependência ao álcool e outras drogas e sua relação com o suicídio Messiano Ladislau Nogueira de Sousa Médico Psiquiatra com aperfeiçoamento em terapia psicanalítica Abril, 2014 Sumário Conceitos

Leia mais

Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro

Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro Doenças, Sono e Trânsito ObjeBvos Relacionar sintomas de doenças e efeitos de medicamentos com o perigo

Leia mais

Sumário. 1 O início do enigma: o diagnóstico e suas angústias... 13. 2 Transtorno bipolar: a doença da instabilidade... 16

Sumário. 1 O início do enigma: o diagnóstico e suas angústias... 13. 2 Transtorno bipolar: a doença da instabilidade... 16 Sumário Prefácio... 9 1 O início do enigma: o diagnóstico e suas angústias... 13 2 Transtorno bipolar: a doença da instabilidade... 16 As faces do transtorno bipolar... 20 Depressão... 22 Sintomas da depressão...

Leia mais

EXAME PSÍQUICO. Dra. Priscila Rocco

EXAME PSÍQUICO. Dra. Priscila Rocco EXAME PSÍQUICO Dra. Priscila Rocco Médica pesquisadora do CEAPESQ - Centro de Apoio à Pesquisa do Instituto de Psiquiatria do HC/FMUSP Médica assistente do CAISM Philippe Pinel EXAME FÍSICO Sinais vitais

Leia mais

Faculdade de Medicina UFRGS Departamento de Psiquiatria e Medicina Legal

Faculdade de Medicina UFRGS Departamento de Psiquiatria e Medicina Legal Faculdade de Medicina UFRGS Departamento de Psiquiatria e Medicina Legal Disciplina: Med 8834 - Psiquiatria Roteiro de Estudo de Caso Prof. Aristides Volpato Cordioli 1. DADOS DA IDENTIDADE DO PACIENTE

Leia mais

SÍNDROMES ANSIOSAS E NEURÓTICAS. Profª Melissa Rodrigues de Almeida Psicopatologia II DEPSI-UFPR

SÍNDROMES ANSIOSAS E NEURÓTICAS. Profª Melissa Rodrigues de Almeida Psicopatologia II DEPSI-UFPR SÍNDROMES ANSIOSAS E NEURÓTICAS Profª Melissa Rodrigues de Almeida Psicopatologia II DEPSI-UFPR Referências Psicopatologia e Semiologia dos Transtornos Mentais (Capítulos 26 e 29) Paulo Dalgalarrondo Manual

Leia mais

Depressão e Espiritualidade. Roberto Lúcio Vieira de Souza Médico Psiquiatra Diretor Técnico do Hospital Espírita André Luiz (BH)

Depressão e Espiritualidade. Roberto Lúcio Vieira de Souza Médico Psiquiatra Diretor Técnico do Hospital Espírita André Luiz (BH) Depressão e Espiritualidade Roberto Lúcio Vieira de Souza Médico Psiquiatra Diretor Técnico do Hospital Espírita André Luiz (BH) Conceitos Tristeza emoção natural. Resposta à frustração, decepção ou fracasso.

Leia mais

PSICOPATOLOGIA DA CONSCIÊNCIA

PSICOPATOLOGIA DA CONSCIÊNCIA PSICOPATOLOGIA DA CONSCIÊNCIA I) CONCEITO HUSSERL --> Toda consciência é consciência de algo HEIDEGGER --> A consciência é aberta ao mundo JASPER --> Todo momentâneo da vida psíquica Caracteres intrínsecos

Leia mais

A Saúde Mental dos Trabalhadores da Saúde

A Saúde Mental dos Trabalhadores da Saúde A Saúde Mental dos Trabalhadores da Saúde Tatiana Thiago Mendes Psicóloga Clínica e do Trabalho Pós-Graduação em Saúde e Trabalho pelo HC FM USP Perita Judicial em Saúde Mental Panorama da Saúde dos Trabalhadores

Leia mais

PLANO DE CURSO. Código: Carga Horária: 80h (Teoria: 60h; Prática: 20h) Créditos: 04 Pré-requisito(s): ------ Período: VII Ano: 2015.

PLANO DE CURSO. Código: Carga Horária: 80h (Teoria: 60h; Prática: 20h) Créditos: 04 Pré-requisito(s): ------ Período: VII Ano: 2015. PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Enfermagem Disciplina: Assistência de Enfermagem em Saúde Mental Professor: Tito Lívio Ribeiro E-mail: thitolivio@gmail.com Código: Carga

Leia mais

(inicia no slide 17) Bipolaridade

(inicia no slide 17) Bipolaridade (inicia no slide 17) Bipolaridade Os Transtornos do Humor Bipolar são transtornos crônicos, recorrentes e, muitas vezes, com remissão incompleta e potencialmente letais. Os pólos de apresentação são: *

Leia mais

Experiência com o tratamento de Dependentes Químicos

Experiência com o tratamento de Dependentes Químicos Experiência com o tratamento de Dependentes Químicos INSTITUTO BAIRRAL DE PSIQUIATRIA Dr. Marcelo Ortiz de Souza Dependência Química no Brasil (CEBRID, 2005) População Geral: 2,9% já fizeram uso de cocaína

Leia mais

Sumário 1 Diagnóstico Diferencial Passo a Passo...1 2 Diagnóstico Diferencial por Meio de Algoritmos...17

Sumário 1 Diagnóstico Diferencial Passo a Passo...1 2 Diagnóstico Diferencial por Meio de Algoritmos...17 Sumário 1 Diagnóstico Diferencial Passo a Passo...1 2 Diagnóstico Diferencial por Meio de Algoritmos...17 2.1 Algoritmo de Decisão para Baixo Desempenho Escolar... 22 2.2 Algoritmo de Decisão para Problemas

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Componente Curricular: ENFERMAGEM EM ATENÇÃO À SAÚDE MENTAL Código: ENF- 210 Pré-requisito: ENF

Leia mais

Transtorno Bipolar. Entendendo e ajudando aqueles com mudanças as extremas de humor

Transtorno Bipolar. Entendendo e ajudando aqueles com mudanças as extremas de humor Transtorno Bipolar Entendendo e ajudando aqueles com mudanças as extremas de humor Introdução * O transtorno bipolar (TBP) é uma condição psiquiátrica relativamente freqüente, ente, com prevalência na

Leia mais

Requerimento (Do Sr. Hugo Leal)

Requerimento (Do Sr. Hugo Leal) Requerimento (Do Sr. Hugo Leal) Sugere ao Poder Executivo sejam tomadas providências no sentido de ser exigido a feitura de diagnóstico precoce de autismo em todas as unidades de saúde pública do país,

Leia mais

TRANSTORNO AFETIVO BIPOLAR: ASPECTOS CONCEITUAIS E A ATUAÇÃO DA ENFERMAGEM

TRANSTORNO AFETIVO BIPOLAR: ASPECTOS CONCEITUAIS E A ATUAÇÃO DA ENFERMAGEM TRANSTORNO AFETIVO BIPOLAR: ASPECTOS CONCEITUAIS E A ATUAÇÃO DA ENFERMAGEM Autor: Maria Alaide Ferreira Orientador: Maryldes Lucena Bezerra de Oliveira Coautor(es): Kelle de Lima Rodrigues, Gleyciane leandro

Leia mais

LAUDO MÉDICO PERICIAL.

LAUDO MÉDICO PERICIAL. 1 LAUDO MÉDICO PERICIAL. Preâmbulo. Aos dezesseis dias do mês de setembro do ano 2002, o Perito Dr. OSCAR LUIZ DE LIMA E CIRNE NETO, designado pelo MM Juiz de Direito da X.ª Vara Cível da Comarca de São

Leia mais

TRANSTORNOS ANSIOSOS. Prof. Humberto Müller Saúde Mental

TRANSTORNOS ANSIOSOS. Prof. Humberto Müller Saúde Mental TRANSTORNOS ANSIOSOS Prof. Humberto Müller Saúde Mental Porque nos tornamos ansiosos? Seleção natural da espécie Ansiedade e medo... na medida certa, ajuda! Transtornos de Ansiedade SINTOMAS: Reação exagerada

Leia mais

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição IDENTIFICANDO A DEPRESSÃO Querida Internauta, Lendo o que você nos escreveu, mesmo não sendo uma profissional da área de saúde, é possível identificar alguns sintomas de uma doença silenciosa - a Depressão.

Leia mais

Como Usar este Livro 1

Como Usar este Livro 1 Sumário CAPÍTULO 1 Como Usar este Livro 1 PÚBLICO 1 ORGANIZAÇÃO DO LIVRO 2 CONTENDO O EXCESSO DE DIAGNÓSTICOS E EVITANDO MODISMOS 5 PROBLEMAS COM O DSM-5 5 Cuidado!: 6 A ENTREVISTA DE DIAGNÓSTICO 7 DIAGNÓSTICO

Leia mais

EMERGÊNCIA ESPIRITUAL NA TERAPIA CORPORAL

EMERGÊNCIA ESPIRITUAL NA TERAPIA CORPORAL EMERGÊNCIA ESPIRITUAL NA TERAPIA CORPORAL Antônio Roberto de Sousa Henriques RESUMO Este trabalho faz um paralelo entre as Emergências Espirituais e os Transtornos Psíquicos em situações terapêuticas e

Leia mais

Questionário de Admissão à Clínica de Saúde Mental

Questionário de Admissão à Clínica de Saúde Mental Tribunal de Família de Rhode Island Questionário de Admissão à Clínica de Saúde Mental *OBSERVE QUE TODAS AS PERGUNTAS SE REFEREM AO SEU FILHO * 1. Dados demográficos: Nome do Adolescente: Data de Nascimento:

Leia mais

PSICÓLOGIA. 03. Levando-se em consideração o Código de Ética Profissional do Psicólogo está correto assinalar que:

PSICÓLOGIA. 03. Levando-se em consideração o Código de Ética Profissional do Psicólogo está correto assinalar que: PSICÓLOGIA 01. Sobre o que determina o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), Lei n 0 8.069, sancionada em 13 de julho de 1990, é correto afirmar: A A falta ou a carência de recursos materiais por

Leia mais

DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO

DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO E- BOOK GRATUITO Olá amigo (a), A depressão é um tema bem complexo, mas que vêm sendo melhor esclarecido à cada dia sobre seu tratamento e alívio. Quase todos os dias novas

Leia mais

Professor: Tiago Luiz Pereira

Professor: Tiago Luiz Pereira Professor: Tiago Luiz Pereira Ansiedade: inquietação, agonia, aflição, préocupação, expectativa de um acontecimento inesperado e perigoso diante do qual a pessoa sente-se indefesa ou impotente. Dividem-se

Leia mais

Demência associada ao HIV

Demência associada ao HIV Demência associada ao HIV A complicação do SNC mais comum é um comprometimento cognitivo de gravidade suficiente para justificar o diagnóstico de demência (Centers for Disease Control and Prevention; CDCP

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Componente Curricular: Enfermagem em Atenção à Saúde Mental Código: ENF- 210 Pré-requisito: ENF

Leia mais

A Saúde Mental dos Servidores Públicos Civis e Militares do Estado. levantamento de dados realizados na Coordenadoria de Perícia MédicaM

A Saúde Mental dos Servidores Públicos Civis e Militares do Estado. levantamento de dados realizados na Coordenadoria de Perícia MédicaM A Saúde Mental dos Servidores Públicos Civis e Militares do Estado do Ceará: uma aproximação a partir do levantamento de dados realizados na Coordenadoria de Perícia MédicaM A PESQUISA Desenvolvida pelo

Leia mais

Transtorno Bipolar Aspectos do Diagnóstico e Tratamento. Alexandre Pereira

Transtorno Bipolar Aspectos do Diagnóstico e Tratamento. Alexandre Pereira Transtorno Bipolar Aspectos do Diagnóstico e Tratamento Alexandre Pereira Esquizofrenia x T. Bipolar Delírios, Alucinações, Alterações da consciência do eu,alterações do afeto e da percepção corporal Evolução

Leia mais

I Seminário. Estadual de enfrentamento ao CRACK. O papel da família no contexto da prevenção e do enfrentamento aos problemas decorrentes do CRACK

I Seminário. Estadual de enfrentamento ao CRACK. O papel da família no contexto da prevenção e do enfrentamento aos problemas decorrentes do CRACK O papel da família no contexto da prevenção e do enfrentamento aos problemas decorrentes do CRACK Contextualização Social Economia Capitalista Transformações sociais Alterações nos padrões de comportamento

Leia mais

(A) distúrbios endócrinos que resultam na produção de prolactina (ginecomastia, lactação e mamas doloridas);

(A) distúrbios endócrinos que resultam na produção de prolactina (ginecomastia, lactação e mamas doloridas); 1- Os neurolépticos são fármacos antipsicóticos usados normalmente nas alterações psiquiátricas. Devem ser administrados sob a supervisão e o acompanhamento da enfermagem uma vez que apresentam importantes

Leia mais

Questão Resposta Questão Resposta 1 21 2 22 3 23 4 24 5 25 6 26 7 27 8 28 9 29 10 30 11 31 12 32 13 33 14 34 15 35 16 36 17 37 18 38 19 39 20 40

Questão Resposta Questão Resposta 1 21 2 22 3 23 4 24 5 25 6 26 7 27 8 28 9 29 10 30 11 31 12 32 13 33 14 34 15 35 16 36 17 37 18 38 19 39 20 40 SIMULADO SOBRE PSICOPATOLOGIA NOSOLÓGICA Aluno A prova contém 40 questões de múltipla escolha. Utilize a folha de respostas abaixo para assinalar suas respostas. Ao final da prova, devolva apenas esta

Leia mais

Aspectos Neuropsiquiátricos em Geriatria. Dr. José Eduardo Martinelli Faculdade de Medicina de Jundiaí

Aspectos Neuropsiquiátricos em Geriatria. Dr. José Eduardo Martinelli Faculdade de Medicina de Jundiaí Aspectos Neuropsiquiátricos em Geriatria Dr. José Eduardo Martinelli Faculdade de Medicina de Jundiaí Psiquiatria: Especialidade médica que se dedica ao estudo, diagnóstico, tratamento e à prevenção de

Leia mais

Suicídio nos pacientes com Transtorno de Personalidade Borderline.

Suicídio nos pacientes com Transtorno de Personalidade Borderline. Suicídio nos pacientes com Transtorno de Personalidade Borderline. Instituto José Frota Messiano Ladislau Nogueira de Sousa Médico Psiquiatra - Formação no Hospital das Clínicas ( HUWC Fortaleza ) Maio

Leia mais

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PSIQUIATRIA 21. Quatro pacientes diferentes foram atendidos no ambulatório, apresentando na consulta um conjunto de características colhidas durante o histórico feito

Leia mais

HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE EDITAL N.º 01/2015 DE PROCESSOS SELETIVOS GABARITO APÓS RECURSOS

HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE EDITAL N.º 01/2015 DE PROCESSOS SELETIVOS GABARITO APÓS RECURSOS HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE EDITAL N.º 01/2015 DE PROCESSOS SELETIVOS GABARITO APÓS RECURSOS PROCESSO SELETIVO 07 TÉCNICO DE ENFERMAGEM (Saúde Mental e Psiquiatria) 01. C 11. E 21. D 02. E 12.

Leia mais

Avaliação do Estado Mental

Avaliação do Estado Mental Avaliação do Estado Mental Enfª Luiza E. Casaburi Bach. em Enfermagem Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto- EERP/USP Residente do Programa de Residência Multiprofissional UFTM luiza.casaburi@hotmail.com

Leia mais

José Roberto Mergel Manechini Médico Psiquiatra

José Roberto Mergel Manechini Médico Psiquiatra José Roberto Mergel Manechini Médico Psiquiatra Igarapava-SP, 04 de junho de 2014 PSIQUIATRIA PARA O CLÍNICO (Psiquiatria para o Não-Psiquiatra) José Roberto Mergel Manechini Médico Psiquiatra CRM SP 121.738

Leia mais

DECRETO Nº 084, DE 17 DE JUNHO DE 2013.

DECRETO Nº 084, DE 17 DE JUNHO DE 2013. DECRETO Nº 084, DE 17 DE JUNHO DE 2013. Disciplina os procedimentos a serem adotados para a inclusão do servidor municipal em Programa de Readaptação Funcional, prevista no artigo 60-A da Lei Complementar

Leia mais

Promoção da qualidade de vida através de psicoterapia breve de grupo

Promoção da qualidade de vida através de psicoterapia breve de grupo Promoção da qualidade de vida através de psicoterapia breve de grupo PSICOTERAPIA Categoria: GRUPO Categoria: Custos administrativos e operacionais Área: Medicina Preventiva - Programa Viver Bem Responsáveis:

Leia mais

Instrumentos de Triagem para consumo de Bebidas Alcoólicas e Outras Drogas

Instrumentos de Triagem para consumo de Bebidas Alcoólicas e Outras Drogas Instrumentos de Triagem para consumo de Bebidas Alcoólicas e Outras Drogas DIFERENTES NÍVEIS DE CONSUMO ÁLCOOL ABSTINÊNCIA USO EXPERIMENTAL USO MODERADO ABUSO Leve DEPENDÊNCIA Moderada Grave Cerca de 10

Leia mais

Bipolaridade Curso Profissional de Técnico de Apoio Psicossocial- 2º ano Módulo nº5- Semiologia Psíquica Portefólio de Psicopatologia Ana Carrilho-

Bipolaridade Curso Profissional de Técnico de Apoio Psicossocial- 2º ano Módulo nº5- Semiologia Psíquica Portefólio de Psicopatologia Ana Carrilho- Bipolaridade Curso Profissional de Técnico de Apoio Psicossocial- 2º ano Módulo nº5- Semiologia Psíquica Portefólio de Psicopatologia Ana Carrilho- 11ºB Enquadramento Filme Mr.Jones Mr.Jones é um homem

Leia mais

DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO

DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO E- BOOK GRATUITO Olá amigo (a), A depressão é um tema bem complexo, mas que vêm sendo melhor esclarecido à cada dia sobre seu tratamento e alívio. Quase todos os dias novas

Leia mais

Apêndice IV ao Anexo A do Edital de Credenciamento nº 05/2015, do COM8DN DEFINIÇÃO DA TERMINOLOGIA UTILIZADA NO PROJETO BÁSICO

Apêndice IV ao Anexo A do Edital de Credenciamento nº 05/2015, do COM8DN DEFINIÇÃO DA TERMINOLOGIA UTILIZADA NO PROJETO BÁSICO Apêndice IV ao Anexo A do Edital de Credenciamento nº 05/2015, do COM8DN DEFINIÇÃO DA TERMINOLOGIA UTILIZADA NO PROJETO BÁSICO - Abordagem multiprofissional e interdisciplinar - assistência prestada por

Leia mais

PONTOS FUNDAMENTAIS QUE O MÉDICO DO TRABALHO PRECISA SABER SOBRE O TRABALHADOR COM TRANSTORNO MENTAL

PONTOS FUNDAMENTAIS QUE O MÉDICO DO TRABALHO PRECISA SABER SOBRE O TRABALHADOR COM TRANSTORNO MENTAL PONTOS FUNDAMENTAIS QUE O MÉDICO DO TRABALHO PRECISA SABER SOBRE O TRABALHADOR COM TRANSTORNO MENTAL Das Informações Éticas na Participação de Médicos em Seminários, Fóruns, Conferências, Congressos e

Leia mais

Procedimentos médicoadministrativos em distúrbios. mentais relacionados ao trabalho

Procedimentos médicoadministrativos em distúrbios. mentais relacionados ao trabalho Procedimentos médicoadministrativos em distúrbios mentais relacionados ao trabalho Dra Ana Paula Schmidt Waldrich Médica do Trabalho CRM-SC 13.384 Doença Ocupacional Quais as formas de caracterização de

Leia mais

Dr. Eduardo Henrique Teixeira

Dr. Eduardo Henrique Teixeira Dr. Eduardo Henrique Teixeira CONCEITO Personalidade normal: Maneira (única) de cada indivíduo de reagir e de se relacionar com outros e com o ambiente. CONCEITO Personalidade anormal: Disposição, inata,

Leia mais

22ª JORNADA DA AMINT NOVEMBRO/2008 DEPRESSÃO E TRABALHO. MARIA CRISTINA PALHARES MACHADO PSIQUIATRA MÉDICA DO TRABALHO mcris1989@hotmail.

22ª JORNADA DA AMINT NOVEMBRO/2008 DEPRESSÃO E TRABALHO. MARIA CRISTINA PALHARES MACHADO PSIQUIATRA MÉDICA DO TRABALHO mcris1989@hotmail. 22ª JORNADA DA AMINT NOVEMBRO/2008 DEPRESSÃO E TRABALHO MARIA CRISTINA PALHARES MACHADO PSIQUIATRA MÉDICA DO TRABALHO mcris1989@hotmail.com DEPRESSÃO 1. Afeta pelo menos 12% das mulheres e 8% dos homens

Leia mais

www.saudedireta.com.br

www.saudedireta.com.br F00-F99 CAPÍTULO V : Transtornos mentais e comportamentais F00.0*Demência na doença de Alzheimer de início precoce (G30.0+) F00.1*Demência na doença de Alzheimer de início tardio (G30.1+) F00.2*Demência

Leia mais

Qualidade de vida no Trabalho

Qualidade de vida no Trabalho Qualidade de Vida no Trabalho Introdução É quase consenso que as empresas estejam cada vez mais apostando em modelos de gestão voltados para as pessoas, tentando tornar-se as empresas mais humanizadas,

Leia mais

A Psiquiatria e seu olhar

A Psiquiatria e seu olhar A Psiquiatria e seu olhar Esquizofrenia e Transtorno Delirante Professor: Marcus André Vieira Esquizofrenia F20 F29 Estamira Gomes de Sousa (Estamira), conhecida por protagonizar documentário homônimo,

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA Cargo 33

PROVA ESPECÍFICA Cargo 33 27 PROVA ESPECÍFICA Cargo 33 QUESTÃO 41 Kendler e colaboradores (1983), segundo Paulo Dalgalarrondo, propuseram uma série de dimensões da atividade delirante, que seriam indicadoras da gravidade do delírio.

Leia mais

Olá a todos! Atenciosamente, Justus. Ter visão e não agir é sonhar acordado. Agir sem ter visão é um pesadelo.

Olá a todos! Atenciosamente, Justus. Ter visão e não agir é sonhar acordado. Agir sem ter visão é um pesadelo. Olá a todos! Envio uma apresentação a que assisti em Nova Iorque no mês passado feita por Katie Douglas e Gal Mayer do Callen-Lorde Community Health Center (Centro Comunitário de Saúde Callen-Lorde). Acredito

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO RESIDÊNCIA MÉDICA 2013 Áreas de Atuação em Psiquiatria Psiquiatria da Infância e da Adolescência

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO RESIDÊNCIA MÉDICA 2013 Áreas de Atuação em Psiquiatria Psiquiatria da Infância e da Adolescência UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO RESIDÊNCIA MÉDICA 2013 Áreas de Atuação em Psiquiatria Psiquiatria da Infância e da Adolescência Gabarito da Prova realizada em 2/nov/2012 QUESTÃO 1 - Transtorno depressivo

Leia mais

Terapia cognitiva da esquizofrenia. IX Jornada CELPCYRO Porto Alegre, junho 2012

Terapia cognitiva da esquizofrenia. IX Jornada CELPCYRO Porto Alegre, junho 2012 Terapia cognitiva da esquizofrenia IX Jornada CELPCYRO Porto Alegre, junho 2012 Terapia cognitiva e as medicações Parte do trabalho da TCC é promover o aumento da adesão à medicação. As evidências de melhora

Leia mais

A pessoa dependente do álcool, além de prejudicar a sua própria vida, acaba afetando a sua família, amigos e colegas de trabalho.

A pessoa dependente do álcool, além de prejudicar a sua própria vida, acaba afetando a sua família, amigos e colegas de trabalho. O que é Alcoolismo? Alcoolismo é a dependência do indivíduo ao álcool, considerada doença pela Organização Mundial da Saúde. O uso constante, descontrolado e progressivo de bebidas alcoólicas pode comprometer

Leia mais

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE. Junho de 2010

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE. Junho de 2010 Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Junho de 2010 ESQUIZOFRENIA É uma doença mental grave e crônica que, segundo a Associação de Apoio aos Doentes Depressivos e Bipolares (2009), impossibilita

Leia mais

Uso de substâncias psicoativas em crianças e adolescentes

Uso de substâncias psicoativas em crianças e adolescentes Uso de substâncias psicoativas em crianças e adolescentes Alessandro Alves A pré-adolescência e a adolescência são fases de experimentação de diversos comportamentos. É nessa fase que acontece a construção

Leia mais

Momento II. ASF Região Sul. Assistência integral à saúde do recém-nascido e da criança. Prof. Dra. Ana Cecília Lins Sucupira

Momento II. ASF Região Sul. Assistência integral à saúde do recém-nascido e da criança. Prof. Dra. Ana Cecília Lins Sucupira Momento II ASF Região Sul Assistência integral à saúde do recém-nascido e da criança Prof. Dra. Ana Cecília Lins Sucupira CICLO DE VIDA DA CRIANÇA O ciclo de vida da criança compreende um ser que vivencia

Leia mais

A palavra Psiquiatria deriva do Grego e quer dizer "arte de curar a alma"

A palavra Psiquiatria deriva do Grego e quer dizer arte de curar a alma PSIQUIATRIA Psiquiatria é uma especialidade da Medicina que lida com a prevenção, atendimento, diagnóstico, tratamento e reabilitação das diferentes formas de sofrimentos mentais, sejam elas de cunho orgânico

Leia mais

Esquizofrenia. Parte 8. Instituto São José. Número 102 13 de novembro de 2009. Onde buscar ajuda. As necessidades do paciente. Quinta das Palmeiras

Esquizofrenia. Parte 8. Instituto São José. Número 102 13 de novembro de 2009. Onde buscar ajuda. As necessidades do paciente. Quinta das Palmeiras Número 102 13 de novembro de 2009 Esquizofrenia Onde buscar ajuda Parte 8 Instituto São José As necessidades do paciente Quinta das Palmeiras O ingrediente mais importante no tratamento e reabilitação

Leia mais

TRAUMA PSÍQUICO ORIENTAÇÕES GERAIS AOS MÉDICOS NÚCLEO DE ESTUDOS E TRATAMENTO DO TRAUMA (NET TRAUMA)

TRAUMA PSÍQUICO ORIENTAÇÕES GERAIS AOS MÉDICOS NÚCLEO DE ESTUDOS E TRATAMENTO DO TRAUMA (NET TRAUMA) TRAUMA PSÍQUICO ORIENTAÇÕES GERAIS AOS MÉDICOS NÚCLEO DE ESTUDOS E TRATAMENTO DO TRAUMA (NET TRAUMA) SERVIÇO DE PSIQUIATRIA HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE (HCPA) DEPARTAMENTO DE PSIQUIATRIA UNIVERSIDADE

Leia mais

Telefone: (43) 3371-4148

Telefone: (43) 3371-4148 nac@uel.br www.uel.br/prograd/nac Telefone: (43) 3371-4148 Necessidades Educacionais Especiais decorrentes de Tratamento de saúde: Esquizofrenia e Educação Especial Material de apoio organizado para subsidiar

Leia mais

TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE. Prof. Me. Jefferson Cabral Azevedo

TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE. Prof. Me. Jefferson Cabral Azevedo TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE Prof. Me. Jefferson Cabral Azevedo PSICOPATOLOGIA Psicopatologia é uma área do conhecimento que objetiva estudar os estados psíquicos relacionados ao sofrimento mental. É a

Leia mais

Ética e Psicopatologia. Concurso INSS 2012

Ética e Psicopatologia. Concurso INSS 2012 Ética e Psicopatologia Concurso INSS 2012 Ética Éticaé a parte dafilosofiadedicada aos estudos dos valores morais e princípios ideais do comportamento humano.a palavra "ética" é derivada dogrego, e significa

Leia mais

Dependência Química. Por que algumas pessoas ficam dependentes de drogas e outras não?

Dependência Química. Por que algumas pessoas ficam dependentes de drogas e outras não? Dependência Química Por que algumas pessoas ficam dependentes de drogas e outras não? Os fatores relacionados ao desenvolvimento da dependência química são variados. O fator genético está bem estabelecido.

Leia mais

Alexandre de Araújo Pereira

Alexandre de Araújo Pereira Alexandre de Araújo Pereira Dona Maria Helena tem 51 anos, casada, 06 filhos, do lar. Veio até a unidade de saúde solicitar remédio para dormir. Conta que desde criança é muito impressionada com as coisas,

Leia mais

Diferenciação da Depressão com Transtorno Afetivo Bipolar pelo DSM-5. Michelle Cristina da Silveira Psicóloga Março /2015

Diferenciação da Depressão com Transtorno Afetivo Bipolar pelo DSM-5. Michelle Cristina da Silveira Psicóloga Março /2015 Diferenciação da Depressão com Transtorno Afetivo Bipolar pelo DSM-5 Michelle Cristina da Silveira Psicóloga Março /2015 Evolução do Diagnóstico em Psiquiatria - Kraepelin (1921) = Curso da doença; - Kurt

Leia mais