ALP Algoritmos e Programação

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ALP Algoritmos e Programação"

Transcrição

1 ALP Algoritmos e Programação Estruturas de Seleção. Motivação. Conceito. Exemplos.Exercícios 1

2 Motivação Ex: Algoritmo para o cálculo de raízes reais de equações de 2º grau. - E se o delta ( ) for negativo? - Essa dúvida (se...) pode direcionar o algoritmo para caminhos diferentes dependendo do resultado dessa dúvida. - Como isso é resolvido usando fluxogramas? (tomada de decisão) - Como isso é resolvido em pseudocódigo? (próximo slide) 2

3 Conceito Uma estrutura de seleção permite a escolha de um grupo de ações (bloco) a ser executado qdo determinadas condições, representadas por expressões lógicas ou relacionais são ou não satisfeitas. Forma geral da estrutura Se... Então.F. Se (condição) Então.V. <comando simples ou comando composto> <comando simples ou comando composto> outros comandos 3

4 Estrutura de Seleção Se... Então. Comando simples é a existência de apenas uma expressão ou instrução, seguida de ponto e vírgula.. O comando composto é a existência de mais de uma expressão ou instrução, associada com a estrutura de seleção Se...Então. O comando composto pode ser outra estrutura de seleção. Para tal chamamos essa construção de estruturas de seleção compostas ou aninhadas. 4

5 Estrutura de Seleção Se... Então. A condição pode ser uma expressão lógica (Ex: a > b, (a==0) && (b>3), etc...) ou um valor ou expressão que avaliada resulte em um valor numérico, de forma que se o valor for diferente de 0 (zero), então a condição será considerada verdadeira. Ex: Considere a = 3, b = 4 Se (a) (verdadeiro); Se (3-4) (verdadeiro); Se(a-b) (verdadeiro); Se(a+1-b) (falso); Se(0) (falso) Se((a < b) && (b > 0)) (verdadeiro) 5

6 Estrutura de Seleção Se... Então (Seleção Simples) 1) Faça um algoritmo em pseudocódigo que verifique se um determinado valor numérico inteiro é maior que 10. Algoritmo Maior que 10 Inicio Fim Inteiro valor Escreva( Digite o valor: ); Leia(valor); Se (valor > 10) Então Escreva( Valor é maior que 10 ); 6

7 Estrutura de Seleção Se... Então (Seleção Composta) 2) Para o exemplo anterior, também escreva uma mensagem para o caso em que o valor numérico é menor ou igual a 10. Algoritmo Maior Ou Menor que 10 Inicio Fim Inteiro valor Escreva( Digite o valor: ); Leia(valor) Se (valor > 10) Então Escreva( Valor é maior que 10 ); Escreva( Valor é menor ou igual a 10 ); 7

8 Estrutura de Seleção Se...Então (Seleção Composta) Exercício 3) Dadas as 3 notas relativas à avaliação semestral de um aluno, escreva um algoritmo em pseudocódigo que calcule a média e diga se o aluno passou ou reprovou. Incentive ou repreenda conforme o caso. OBS: O mínimo para ser aprovado é 7. 8

9 Estrutura de Seleção Se... Então (Seleção Composta) Algoritmo Media Real n1, n2, n3, media Inicio Escreva( Digite o valor da 1a nota: ); Leia(n1); Escreva( Digite o valor da 2a nota: ); Leia(n2); Escreva( Digite o valor da 3ª nota: ); Leia(n3); media = (n1 + n2 + n3)/3; Se (media >= 7) Então Escreva( Vc passou! ); Escreva( Parabéns! ); Escreva( Vc reprovou! ); Escreva( Estude mais! ); Fim 9

10 Estrutura de Seleção Se... Então (Seleção Composta Aninhada ) Exercício 4) Dada a cidadania de um cidadão, faça um algoritmo que indique a língua falada por ele. As cidadanias possíveis são alemã, brasileira e italiana. 10

11 Algoritmo Cidadania char cidadania Inicio Escreva("Digite a para cidadania alemã: ); Escreva("Digite b para cidadania brasileira: ); Escreva("Digite i para cidadania italiana: ); Leia(cidadania); Se(cidadania == a ) Então Escreva( O cidadão fala alemão!\n ); Se(cidadania == b ) Então Escreva( O cidadão fala português!\n ); Se(cidadania == i ) Então Escreva( O cidadão fala italiano!\n ); Escreva( Impossível saber a língua!\n ); Fim 11

12 Exercício: 5) Faça um algoritmo que verifique se uma letra digitada é vogal ou consoante. 12

13 Algoritmo Alfabeto char l Inicio Escreva("Digite a letra: ); Leia(l); Se((l == a ) (l == e ) (l == i ) (l == o ) (l == u )) Então Escreva( A letra digitada é vogal! ); Escreva( A letra digitada é consoante! ); Fim 13

14 Exercício: 6) Dados 3 valores: A, B e C, verifique se eles podem ser os comprimentos dos lados de um triângulo. Se forem, verifique se compõe um triângulo equilátero, isósceles ou escaleno. Informar se não compuserem nenhum triângulo. Considerando: 1) Triângulo é uma figura geométrica fechada com 3 lados, em que cada um é menor que a soma dos outros dois. 2) Triângulo equilátero possui os 3 lados iguais 3) Triângulo isósceles possui 2 lados iguais 4) Triângulo escaleno possui todos os lados diferentes 14

15 Algoritmo Triangulo Inteiro A, B, C Inicio Escreva("Digite o lado A: ); Leia(A); Escreva("Digite o lado B: ); Leia(B); Escreva("Digite o lado C: ); Leia(C); Se((A < B+C) && (B < A+C) && (C < A +B)) Então Se((A==B) && (B==C)) Então Escreva( É triângulo equilátero! ); Se ((A==B) (A==C) (B==C)) Então Escreva( É triângulo isósceles! ); Se((A!=B) && (B!=C) && (A!=C)) Então Escreva( É triângulo escaleno! ); Escreva( Esses valores não compõe um triângulo! ); Fim 15

Aula 3 Desvio Condicional

Aula 3 Desvio Condicional Aula 3 Desvio Condicional ROTEIRO DA AULA Desvio Condicional Simples Desvio Condicional Composto Desevio Condicional Aninhado Desvio Condicional em JAVA 2 DESVIO CONDICIONAL Um desvio condicional é usado

Leia mais

Lista de Exercícios 3 Estrutura Condicional

Lista de Exercícios 3 Estrutura Condicional 1 Lista de Exercícios 3 Estrutura Condicional 1. A nota final de um estudante é calculada a partir de três notas atribuídas respectivamente a um trabalho de laboratório, a uma avaliação semestral e a um

Leia mais

Programação: Estruturas de seleção

Programação: Estruturas de seleção Programação de Computadores I Aula 07 Programação: Estruturas de seleção José Romildo Malaquias Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2011-1 1/53 Valores booleanos Os valores booleanos

Leia mais

Estrutura Condicional em Java

Estrutura Condicional em Java Estrutura Condicional em Java Linguagem de Programação 1 O Java contém três tipos de instruções de seleção. A instrução if realiza uma ação se uma condição for verdadeira ou pula a ação se a condição for

Leia mais

Trabalho de laboratório Avaliação semestral Exame final MÉDIA PONDERADA CONCEITO

Trabalho de laboratório Avaliação semestral Exame final MÉDIA PONDERADA CONCEITO Exercícios de Seletores (estrutura condicional) Exercício 1. [ASCENCIO] A nota final de um estudante é calculada a partir de três notas atribuídas, respectivamente, a um trabalho de laboratório, a uma

Leia mais

Técnicas de Programação I

Técnicas de Programação I Técnicas de Programação I Conceitos básicos C/C++ Material baseado nas aulas da Profa. Isabel Harb Manssour http://www.inf.pucrs.br/~manssour/laproi, entre outros materias Operadores Aritméticos C++: Outros

Leia mais

JavaScript (ou JScript)

JavaScript (ou JScript) 1. Introdução JavaScript (ou JScript) Uma linguagem como o JavaScript permite criar interfaces interativas na web (permite a interação do usuário). Para desenvolver web sites interativos precisamos de

Leia mais

Bacharelado em Ciência e Tecnologia BC-0505 Processamento da Informação Lista de Exercícios EXTRA Nº 02 Algoritmos Estruturas de Seleção

Bacharelado em Ciência e Tecnologia BC-0505 Processamento da Informação Lista de Exercícios EXTRA Nº 02 Algoritmos Estruturas de Seleção Bacharelado em Ciência e Tecnologia BC-0505 Processamento da Informação Lista de Exercícios EXTRA Nº 02 Algoritmos Estruturas de Seleção ATENÇÃO- Para cada um dos exercícios abaixo, antes de escrever o

Leia mais

1. Estrutura de seleção. Seleção: algumas etapas (passos) do algoritmo são executadas dependendo do resultado de uma condição

1. Estrutura de seleção. Seleção: algumas etapas (passos) do algoritmo são executadas dependendo do resultado de uma condição 1 Estrutura de seleção Seleção: algumas etapas (passos) do algoritmo são executadas dependendo do resultado de uma condição - Necessário quando mais de uma ação deve ser tomada se uma condição for satisfeita

Leia mais

Introdução à Lógica de Programação (cont.)

Introdução à Lógica de Programação (cont.) Operadores Introdução à Programação (cont.) Luis Otavio Alvares Adaptado de slides das profas. Vania Bogorny, Patrícia Jaques e Mônica Py Usados para incrementar, decrementar, comparar e avaliar dados,

Leia mais

3. Estruturas de seleção

3. Estruturas de seleção 3. Estruturas de seleção 3.1 Introdução O último exemplo do capítulo anterior apresentava um programa para calcular a área de um triângulo, dados os comprimentos dos seus lados. Foi visto que o comando

Leia mais

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO. Vitor Valerio de Souza Campos

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO. Vitor Valerio de Souza Campos LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO Vitor Valerio de Souza Campos Exemplos de algoritmos Faça um algoritmo para mostrar o resultado da multiplicação de dois números. Algoritmo em descrição narrativa Passo 1 Receber

Leia mais

Exercícios práticos - Folha 3

Exercícios práticos - Folha 3 Instalação e Manutenção de Redes e Serviços Informáticos PROGRAMAÇÃO DE SISTEMAS Exercícios práticos - Folha 3 Estruturas de decisão 1. Implemente um programa para ler do teclado o ano de nascimento do

Leia mais

INTRODUÇÃO À LINGUAGEM C++

INTRODUÇÃO À LINGUAGEM C++ INTRODUÇÃO À LINGUAGEM C++ 1 - VARIÁVEIS Variáveis espaço de memória reservado para armazenar tipos de dados, com um nome para referenciar seu conteúdo. Observações importantes Todas as variáveis devem

Leia mais

7. Estrutura de Decisão

7. Estrutura de Decisão 7. Estrutura de Decisão Neste tipo de estrutura o fluxo de instruções a ser seguido é escolhido em função do resultado da avaliação de uma ou mais condições. Uma condição é uma expressão lógica. A classificação

Leia mais

Prof. Vania Gimenez.Notas de aula Lógica de programação- Este material não substitui os livros indicados no site no link bibliografia.

Prof. Vania Gimenez.Notas de aula Lógica de programação- Este material não substitui os livros indicados no site no link bibliografia. Prof. Vania Gimenez.Notas de aula Lógica de programação- Este material não substitui os livros indicados no site no link bibliografia. ---------------------------------------------------------------- Comandos

Leia mais

Conceito de Algoritmos e Suas Características

Conceito de Algoritmos e Suas Características Conceito de Algoritmos e uas Características Algoritmos Definições: Algoritmo é uma linguagem intermédia entre a linguagem humana e a linguagem de programação. Os Algoritmos são usados para representar

Leia mais

Definição. de solução de um problema passo-a-passo. Representa a lógica l. passo.

Definição. de solução de um problema passo-a-passo. Representa a lógica l. passo. ALGORITMO Definição Representa a lógica l de solução de um problema passo-a-passo passo. Um algoritmo pode ser Na forma textual: Uma descrição tal como uma receita de bolo; Um manual de montagem; Um relato

Leia mais

Introdução à Programação. João Manuel R. S. Tavares

Introdução à Programação. João Manuel R. S. Tavares Introdução à Programação João Manuel R. S. Tavares Sumário 1. Ciclo de desenvolvimento de um programa; 2. Descrição de algoritmos; 3. Desenvolvimento modular de programas; 4. Estruturas de controlo de

Leia mais

Regras Métodos Identificadores Variáveis Constantes Tipos de dados Comandos de atribuição Operadores aritméticos, relacionais e lógicos

Regras Métodos Identificadores Variáveis Constantes Tipos de dados Comandos de atribuição Operadores aritméticos, relacionais e lógicos Lógica Aula 2 Técnicas de Programação Criando algoritmos Regras Métodos Identificadores Variáveis Constantes Tipos de dados Comandos de atribuição Operadores aritméticos, relacionais e lógicos Criando

Leia mais

Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia de Computação CECOMP

Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia de Computação CECOMP Algoritmos e Programação Ricardo Argenton Ramos Baseado nos slides do professor Jadsonlee da Silva Sá Criando um Algoritmo Os passos necessários para a construção de um algoritmo: ler atentamente o enunciado

Leia mais

Controle de Fluxo Comandos de decisão

Controle de Fluxo Comandos de decisão BCC 201 - Introdução à Programação Controle de Fluxo Comandos de decisão Guillermo Cámara-Chávez UFOP 1/39 Expressões Relacionais I == : retorna verdadeiro quando as expressões

Leia mais

Controle de Fluxo Comandos de decisão

Controle de Fluxo Comandos de decisão BCC 201 - Introdução à Programação Controle de Fluxo Comandos de decisão Guillermo Cámara-Chávez UFOP 1/1 Expressões Relacionais I == : retorna verdadeiro quando as expressões

Leia mais

A estrutura de repetição em um algoritmo consiste na execução de um trecho do mesmo levando em consideração certas condições imposta pelo algoritmo.

A estrutura de repetição em um algoritmo consiste na execução de um trecho do mesmo levando em consideração certas condições imposta pelo algoritmo. Estrutura de repetição 1 A estrutura de repetição em um algoritmo consiste na execução de um trecho do mesmo levando em consideração certas condições imposta pelo algoritmo. Temos duas três formas de estruturas

Leia mais

Questões dadas em Sala de Aula (para cada turma), nas aulas de Teoria:

Questões dadas em Sala de Aula (para cada turma), nas aulas de Teoria: Questões dadas em ala de Aula (para cada turma), nas aulas de Teoria: - Para turmas 4P, 4Q, 4X, 3P (1o horário das semanas "Par"): 1) Elabore um Programa em, e o que recebe (via teclado) dois valores e

Leia mais

Lista de Exercícios 02 Estrutura Condicional. 1) Escreva um programa que leia um número e o imprima caso ele seja maior que 20.

Lista de Exercícios 02 Estrutura Condicional. 1) Escreva um programa que leia um número e o imprima caso ele seja maior que 20. Lista de Exercícios 02 Estrutura Condicional 1) Escreva um programa que leia um número e o imprima caso ele seja maior que 20. 2) Construa um programa que leia dois valores numéricos inteiros e efetue

Leia mais

Apresentar os conceitos básicos e as estruturas de linguagem relacionadas à tomada de decisão ofertadas pela linguagem C, tais como:

Apresentar os conceitos básicos e as estruturas de linguagem relacionadas à tomada de decisão ofertadas pela linguagem C, tais como: Cláudio C. Rodrigues Faculdade da Computação - UFU LINGUAGEM C - 02: ESTRUTURA DE SELEÇÃO CONDICIONAL Faculdade da Computação - UFU 1 Objetivo Apresentar os conceitos básicos e as estruturas de linguagem

Leia mais

Estruturas de Repetição

Estruturas de Repetição Estruturas de Repetição Lista de Exercícios - 04 Algoritmos e Linguagens de Programação Professor: Edwar Saliba Júnior Estruturas de Repetição O que são e para que servem? São comandos que são utilizados

Leia mais

//Leitura de Variáveis System.out.print("Digite a temperatura atual: "); temp = leia.nextfloat();

//Leitura de Variáveis System.out.print(Digite a temperatura atual: ); temp = leia.nextfloat(); Bacharelado em Ciência e Tecnologia BC-0505 Processamento da Informação Lista de Exercícios Nº 02 Algoritmos Computacionais Estruturas de Seleção Soluções de Referência em Java ATENÇÃO- Para cada um dos

Leia mais

REVISÃO. É usado para mostrar dados na tela ou na Impressora e podem apresentar mensagens e variáveis. Escreva X Escreva O Resultado de X =, X

REVISÃO. É usado para mostrar dados na tela ou na Impressora e podem apresentar mensagens e variáveis. Escreva X Escreva O Resultado de X =, X A estruturado Algoritmo REVISÃO Algoritmo (Nome do Algoritmo) Declara xxx tipo ----- onde são criadas as variaveis Bloco de comandos ----- onde inseridos todos os códigos do Programa, ou seja o processo

Leia mais

AV1 - MA 12-2012. (b) Se o comprador preferir efetuar o pagamento à vista, qual deverá ser o valor desse pagamento único? 1 1, 02 1 1 0, 788 1 0, 980

AV1 - MA 12-2012. (b) Se o comprador preferir efetuar o pagamento à vista, qual deverá ser o valor desse pagamento único? 1 1, 02 1 1 0, 788 1 0, 980 Questão 1. Uma venda imobiliária envolve o pagamento de 12 prestações mensais iguais a R$ 10.000,00, a primeira no ato da venda, acrescidas de uma parcela final de R$ 100.000,00, 12 meses após a venda.

Leia mais

Comandos If-else. Unesp Campus de Guaratinguetá. Curso de Programação Computadores Prof. Aníbal Tavares Profa. Cassilda Ribeiro. 5.

Comandos If-else. Unesp Campus de Guaratinguetá. Curso de Programação Computadores Prof. Aníbal Tavares Profa. Cassilda Ribeiro. 5. 5- A Lógica da Programação Comandos If-else Unesp Campus de Guaratinguetá Curso de Programação Computadores Prof. Aníbal Tavares Profa. Cassilda Ribeiro 1 5. A Lógica da programação 5.1 Introdução! Neste

Leia mais

Programação científica C++

Programação científica C++ Programação científica C++ NIELSEN CASTELO DAMASCENO Slide 4 Aluno que não sabe programar int main() { cout

Leia mais

9.1.2 Laços Controlados por Entrada: Contador

9.1.2 Laços Controlados por Entrada: Contador 9.1.2 Laços Controlados por Entrada: Contador Exemplo 2- Escreva um algoritmo e um programa em C que dado um Número qualquer, seja calculado e impresso a tabuada desse número. Algoritmo tabuada Variáveis:

Leia mais

3. INTRODUÇÃO À LINGUAGEM C 3.1. CONCEITOS BÁSICOS. Lógica de Programação

3. INTRODUÇÃO À LINGUAGEM C 3.1. CONCEITOS BÁSICOS. Lógica de Programação Lógica de Programação 3. INTRODUÇÃO À LINGUAGEM C Caro Aluno Vamos iniciar o terceiro capítulo da nossa disciplina. Agora vamos começar a aplicar os conceitos vistos nos capítulos anteriores em uma linguagem

Leia mais

ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO Estruturas de repetição. Andreza Leite andreza.leite@univasf.edu.br

ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO Estruturas de repetição. Andreza Leite andreza.leite@univasf.edu.br ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO Estruturas de repetição Andreza Leite andreza.leite@univasf.edu.br Estrutura de Repetição Enquanto Neste caso, uma dada tarefa será repetida enquanto uma determinada condição for

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I 01/2013. Estruturas Condicionais e de Repetição (parte 2) Pedro O.S. Vaz de Melo

Algoritmos e Estruturas de Dados I 01/2013. Estruturas Condicionais e de Repetição (parte 2) Pedro O.S. Vaz de Melo Algoritmos e Estruturas de Dados I 01/2013 Estruturas Condicionais e de Repetição (parte 2) Pedro O.S. Vaz de Melo Problema 1 Suponha que soma (+) e subtração (-) são as únicas operações disponíveis em

Leia mais

Estruturas de repetição (Ciclos)

Estruturas de repetição (Ciclos) Introdução Vamos começar por tentar resolver os seguintes exercícios com base nos conhecimentos Que já temos até agora. Problema 1: Escreva um programa em ANSI-C que escreve os primeiros 10 números inteiros

Leia mais

Tubarão / Santa Catarina / BRAZIL E-Mail : osmarjr@unisul.rct-sc.br http://tec1.unisul.rct-sc.br/osmarjr/

Tubarão / Santa Catarina / BRAZIL E-Mail : osmarjr@unisul.rct-sc.br http://tec1.unisul.rct-sc.br/osmarjr/ Tubarão / Santa Catarina / BRAZIL E-Mail : osmarjr@unisul.rct-sc.br http://tec1.unisul.rct-sc.br/osmarjr/ Índice 1. Algoritmos 3 2. Fases de um Algoritmos 4 3. Estrutura de Algoritmos 5 4. Variáveis 6

Leia mais

EXERCÍCIOS. 2. Faça um algoritmo que receba dois números e ao final mostre a soma, subtração, multiplicação e a divisão dos números lidos.

EXERCÍCIOS. 2. Faça um algoritmo que receba dois números e ao final mostre a soma, subtração, multiplicação e a divisão dos números lidos. EXERCÍCIOS 1. Faça um algoritmo que receba dois números e exiba o resultado da sua soma. 2. Faça um algoritmo que receba dois números e ao final mostre a soma, subtração, multiplicação e a divisão dos

Leia mais

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 7

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 7 CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 7 Revisão para prova: Comandos de Entrada e Saída Estruturas de Decisão (Se, caso (escolha)) Laços de Repetição (Enquanto, Repita, Para) Relembrando Trabalho 1 Prazo de

Leia mais

Estrutura Condicional C++

Estrutura Condicional C++ Estrutura Condicional C++ Resumo3 Profª. Ivre Marjorie R. Machado Estrutura Condicional Na estrutura sequencial, todos os comandos são executados independente de qualquer coisa/condição Usando a estrutura

Leia mais

UNIDADE 6 - PROGRAMAÇÃO MODULAR

UNIDADE 6 - PROGRAMAÇÃO MODULAR UNIDADE 6 - PROGRAMAÇÃO MODULAR Até o momento as estruturas de controle (seqüência, seleção e repetição) de um algoritmo definia-o como um bloco lógico (início e fim). À medida que os problemas a serem

Leia mais

insfcanceof new public switch transient while byte continue extends for int null

insfcanceof new public switch transient while byte continue extends for int null Palavras -chave de JAV A abstract catch do final implements long private static throw void boolean char double finally import native protected super throws volatile break class float insfcanceof new public

Leia mais

O sinal de menos ( ) colocado antes de um número indica o oposto desse número. Assim: 11 é o oposto de 11.

O sinal de menos ( ) colocado antes de um número indica o oposto desse número. Assim: 11 é o oposto de 11. EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO 7º ANO º BIMESTRE MATEMÁTICA PROFº PAULO 1. Dois números de sinais contrários são opostos? Justifique. O sinal de menos ( ) colocado antes de um número indica o oposto desse número.

Leia mais

Estruturas de Controle A Tomada de Decisões

Estruturas de Controle A Tomada de Decisões Estruturas de Controle A Tomada de Decisões Foi visto anteriormente como trabalhar com entrada, processamento e saída utilizando variáveis, constantes e operadores aritméticos. Apesar de já se conseguir

Leia mais

Algoritmos. Prof. Jonatas Bastos Site:

Algoritmos. Prof. Jonatas Bastos   Site: Algoritmos Prof. Jonatas Bastos Email: jonatasfbastos@gmail.com Site: http://jonatasfbastos.wordpress.com/ 1 Estrutura Seleção p Permite a escolha de um grupo de ações (bloco) a ser executada quando determinadas

Leia mais

MATEMÁTICA GEOMETRIA ANALÍTICA I PROF. Diomedes. E2) Sabendo que a distância entre os pontos A e B é igual a 6, calcule a abscissa m do ponto B.

MATEMÁTICA GEOMETRIA ANALÍTICA I PROF. Diomedes. E2) Sabendo que a distância entre os pontos A e B é igual a 6, calcule a abscissa m do ponto B. I- CONCEITOS INICIAIS - Distância entre dois pontos na reta E) Sabendo que a distância entre os pontos A e B é igual a 6, calcule a abscissa m do ponto B. d(a,b) = b a E: Dados os pontos A e B de coordenadas

Leia mais

Introdução a Algoritmos Parte 04

Introdução a Algoritmos Parte 04 Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Engenharia de Computação Introdução a Algoritmos Parte 04 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

Simulado de Algoritmos - Respostas

Simulado de Algoritmos - Respostas Simulado de Algoritmos - Respostas 1. Descreva o processo de criação de programas, desde o entendimento do problema até a obtenção do resultado esperado, por meio de sua execução, citando os passos a serem

Leia mais

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PARA ENGENHARIA INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO COM C/C++ Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PARA ENGENHARIA INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO COM C/C++ Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO PARA ENGENHARIA INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO COM C/C++ Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 Objetivos Entender o mecanismo de um programa em C/C++ Apresentar e estrutura da Linguagem C/C++

Leia mais

Programação I. Serie de Problemas 1. Resolva os problemas usando descrição narrativa, fluxograma e o pseúdo-código.

Programação I. Serie de Problemas 1. Resolva os problemas usando descrição narrativa, fluxograma e o pseúdo-código. Programação I Engenharia Informática e Engenharia Civil, 1º Ano, 2º Semestre, Turno da tarde, Ano Lectivo 2009. (Algoritmos e suas características) Serie de Problemas 1 Resolva os problemas usando descrição

Leia mais

Algoritmos Estruturas Seqüenciais. José Gustavo de Souza Paiva

Algoritmos Estruturas Seqüenciais. José Gustavo de Souza Paiva Algoritmos Estruturas Seqüenciais José Gustavo de Souza Paiva 1 Introdução Objetivo básico da computação auxiliar os seres humanos em trabalhos repetitivos e braçais, diminuindo i i d esforços e economizando

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS PARA A CONSTRUÇÃO DE ALGORITMOS PARA COMPUTADORES. Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com

CONCEITOS BÁSICOS PARA A CONSTRUÇÃO DE ALGORITMOS PARA COMPUTADORES. Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com CONCEITOS BÁSICOS PARA A CONSTRUÇÃO DE ALGORITMOS PARA COMPUTADORES Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com Objetivos Compreender os conceitos de lógica de programação e de algoritmos. Conhecer

Leia mais

Algoritmos e Programação. Prof. Tarcio Carvalho

Algoritmos e Programação. Prof. Tarcio Carvalho Algoritmos e Programação Prof. Tarcio Carvalho Conceito de Lógica A utilização da lógica na vida do indivíduo é constante, visto que é ela quem possibilita a ordenação do pensamento humano. Exemplo: A

Leia mais

CAPÍTULO IV. Estruturas Condicionais CAPÍTULO IV ESTRUTURAS CONDICIONAIS ESTRUTURA CONDICIONAL SIMPLES

CAPÍTULO IV. Estruturas Condicionais CAPÍTULO IV ESTRUTURAS CONDICIONAIS ESTRUTURA CONDICIONAL SIMPLES NBT110- Algoritmos e Estruturas de Dados Profa. Rosanna Mara Rocha Silveira Fevereiro/2013 - Versão 1.1 CAPÍTULO IV ESTRUTURAS CONDICIONAIS 31 Dentro dos algoritmos temos comandos especiais utilizados

Leia mais

Algoritmos e Programação de Computadores

Algoritmos e Programação de Computadores Algoritmos e Programação de Computadores Algoritmos Estrutura Sequencial Parte 1 Professor: Victor Hugo L. Lopes Agenda Etapas de ação do computador; TDP Tipos de Dados Primitivos; Variáveis; Constantes;

Leia mais

Lista de Exercícios Fluxograma, Estruturas de Sequência e Decisão Prof: Yuri Frota

Lista de Exercícios Fluxograma, Estruturas de Sequência e Decisão Prof: Yuri Frota Lista de Exercícios Fluxograma, Estruturas de Sequência e Decisão Prof: Yuri Frota 1) Indique Verdadeiro ou Falso a) Uma variável é uma posição na memória do computador que pode receber diversos valores

Leia mais

P r o g r a m a ç ã o d e C o m p u t a d o r e s 1 o S e m - 2 0 1 3 P r o f. A n d r é A m a r a n t e L u i z L A B 5 tag %2d while printf PE1:

P r o g r a m a ç ã o d e C o m p u t a d o r e s 1 o S e m - 2 0 1 3 P r o f. A n d r é A m a r a n t e L u i z L A B 5 tag %2d while printf PE1: Inteligência É a faculdade de criar objetos artificiais, especialmente ferramentas para fazer ferramentas. Henri Bergson. WHILE Além dos comandos if-else e switch, o controle de fluxo de um programa pode

Leia mais

Programação I. Departamento de Engenharia Rural Centro de Ciências Agrárias

Programação I. Departamento de Engenharia Rural Centro de Ciências Agrárias Departamento de Engenharia Rural Centro de Ciências Agrárias Programação I Prof. Bruno Vilela Oliveira bruno@cca.ufes.br http://www.brunovilela.webnode.com.br Aulas 2-3-4-5-6-7-8 Lógica Algoritmos Portugol

Leia mais

Sumário Algoritmos e Estrutura de Dados Repetição

Sumário Algoritmos e Estrutura de Dados Repetição Sumário Algoritmos e Estrutura de Dados Repetição M. Sc. Luiz Alberto lasf.bel@gmail.com Estrutura de Repetição Estrutura de Repetição para...faca Estrutura de Repetição enquanto...faca Estrutura de Repetição

Leia mais

ESTRUTURA CONDICIONAL

ESTRUTURA CONDICIONAL AULA 6 ESTRUTURA CONDICIONAL 130 Tem como objetivo executar um conjunto de comandos caso uma condição lógica seja atendida. Quando a resposta lógica for falsa, nada será executado. Sintaxe Se CONDIÇÃO

Leia mais

Lista de Exercícios de Estrutura Condicional

Lista de Exercícios de Estrutura Condicional Lista de Exercícios de Estrutura Condicional 1 - Escrever um algoritmo que leia o nome e as três notas obtidas por um aluno durante o semestre. Calcular a sua média (aritmética), informar o nome e sua

Leia mais

2ª Lista de exercícios

2ª Lista de exercícios 2ª Lista de exercícios NOTA: Por favor tente resolver todos os exercícios sozinho, caso tente e não consiga entre em contato no email: suporte@mjailton.com.br. Após a resolução envie as respostas para

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO. Estruturas de condição. Prof. Alex Camargo

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO. Estruturas de condição. Prof. Alex Camargo UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO Estruturas de condição Prof. Alex Camargo alexcamargoweb@gmail.com Estruturas de condição Estrutura condicional simples: Utilização da

Leia mais

MÉDIA ARITMÉTICA MÉDIA PONDERADA MODA MEDIANA

MÉDIA ARITMÉTICA MÉDIA PONDERADA MODA MEDIANA MÉDIA ARITMÉTICA MÉDIA PONDERADA MODA MEDIANA Em um amostra, quando se têm os valores de uma certa característica, é fácil constatar que os dados normalmente não se distribuem uniformemente, havendo uma

Leia mais

INF 1005 Programação I lista 12

INF 1005 Programação I lista 12 INF 1005 Programação I lista 12 Caracteres e cadeias de caracteres (strings) 1. [tarefa 42] Implemente e teste uma função que receba uma string como parâmetro e modifique essa string trocando todos os

Leia mais

Programação. Folha Prática 4. Lab. 4. Departamento de Informática Universidade da Beira Interior Portugal. Copyright 2010 All rights reserved.

Programação. Folha Prática 4. Lab. 4. Departamento de Informática Universidade da Beira Interior Portugal. Copyright 2010 All rights reserved. Programação Folha Prática 4 Lab. 4 Departamento de Informática Universidade da Beira Interior Portugal Copyright 2010 All rights reserved. LAB. 4 4ª semana DESENHO E CONSTRUÇÃO DE ALGORITMOS 1. Revisão

Leia mais

Caderno 2: 60 minutos. Tolerância: 20 minutos. (não é permitido o uso de calculadora)

Caderno 2: 60 minutos. Tolerância: 20 minutos. (não é permitido o uso de calculadora) Prova Final de Matemática 2.º Ciclo do Ensino Básico Prova 62/2.ª Fase/2015 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho A PREENCHER PELO ALUNO Nome completo Documento de identificação Assinatura do Aluno CC

Leia mais

Faculdade de Computação

Faculdade de Computação UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Faculdade de Computação Disciplina : Teoria da Computação Professora : Sandra Aparecida de Amo Lista de Exercícios n o 2 Exercícios sobre Modelos de Máquinas de Turing

Leia mais

Faculdade Instituto Educare - FIED Curso: Sistemas de Informação Disciplina: Linguagem de Programação I Prof.: Rhyan Ximenes E-mail: rxbrito@gmail.

Faculdade Instituto Educare - FIED Curso: Sistemas de Informação Disciplina: Linguagem de Programação I Prof.: Rhyan Ximenes E-mail: rxbrito@gmail. Um pouco da história Faculdade Instituto Educare - FIED Curso: Sistemas de Informação Disciplina: Linguagem de Programação I Prof.: Rhyan Ximenes E-mail: rxbrito@gmail.com Introdução a Linguagem Java Java

Leia mais

O professor vai utilizar o computador no estúdio, apresentando o ambiente Excel.

O professor vai utilizar o computador no estúdio, apresentando o ambiente Excel. 1 Licenciatura em Matemática Introdução a Computação/ 4.º Período Transmissão: 02/10/07 (terça-feira) Aula 4.3 P3 / Marden Tempo: 20:45 / 21:20 (35 ) 1. Unidade 02: Automação: Word, Excel e Power Point.

Leia mais

Convertendo Algoritmos para a Linguagem C

Convertendo Algoritmos para a Linguagem C onvertendo Algoritmos para a Linguagem Notas de Aula Prof. Francisco Rapchan www.geocities.com/chicorapchan O objetivo deste texto é mostrar alguns programas em, dando uma breve descrição de seu funcionamento

Leia mais

Engenharia)de)resolução)de)problemas)

Engenharia)de)resolução)de)problemas) Engenharia)de)resolução)de)problemas) O) processo) de) resolução) de) um) problema) pode) ser) visto) como) uma) seqüência) de) passos) que) devem) ser) definidos) e) aprimorados,) até) que) o) modelo)escolhido)para)sua)representação)forneça)resultados)sa?sfatórios.)

Leia mais

r 5,8 5 Calcule a área de um trapézio área = altura (base maior + base menor )/ 2 7,2

r 5,8 5 Calcule a área de um trapézio área = altura (base maior + base menor )/ 2 7,2 Primeira parte 1 Faça um algoritmo para calcular a área de um quadrado 12,5...; 156,25 2 Calcular a área de um retângulo - area = comprimento X largura 7,0 5,6...: 39,2 3 Calcule a área de um triangulo

Leia mais

matemática álgebra 2 potenciação, radiciação, produtos notáveis, fatoração, equações de 1 o e 2 o graus Exercícios de potenciação

matemática álgebra 2 potenciação, radiciação, produtos notáveis, fatoração, equações de 1 o e 2 o graus Exercícios de potenciação matemática álgebra equações de o e o graus Exercícios de potenciação. (FUVEST ª Fase) Qual desses números é igual a 0,064? a) ( 80 ) b) ( 8 ) c) ( ) d) ( 800 ) e) ( 0 8 ). (GV) O quociente da divisão (

Leia mais

ESTRUTURAS DE CONTROLE

ESTRUTURAS DE CONTROLE ESTRUTURAS DE CONTROLE ESTRUTURA SEQUENCIAL E ESTRUTURAS CONDICIONAIS Introdução à Ciência da Computação Estruturas de Controle ESTRUTURA SEQUENCIAL ESTRUTURAS CONDICIONAIS Estrutura Condicional Simples

Leia mais

Comandos de repetição while

Comandos de repetição while Programação de Computadores I UFOP DECOM 2014 2 Aula prática 6 Comandos de repetição while Resumo Nesta aula vamos trabalhar com problemas cuja solução envolve realizar um cálculo ou tarefa repetidas vezes,

Leia mais

Identifique todas as folhas Folhas não identificadas NÃO SERÃO COTADAS. Faculdade de Economia Universidade Nova de Lisboa EXAME DE CÁLCULO I

Identifique todas as folhas Folhas não identificadas NÃO SERÃO COTADAS. Faculdade de Economia Universidade Nova de Lisboa EXAME DE CÁLCULO I Identifique todas as folhas Folhas não identificadas NÃO SERÃO COTADAS Faculdade de Economia Universidade Nova de Lisboa EXAME DE CÁLCULO I Ano Lectivo 009-10 - 1º Semestre Eame Final de ª Época em 0 de

Leia mais

VisuALG Estruturas de Repetição. Professores: Vilson Heck Junior vilson.junior@ifsc.edu.br Felipe Schneider Costa felipe.costa@ifsc.edu.

VisuALG Estruturas de Repetição. Professores: Vilson Heck Junior vilson.junior@ifsc.edu.br Felipe Schneider Costa felipe.costa@ifsc.edu. VisuALG Estruturas de Repetição Professores: Vilson Heck Junior vilson.junior@ifsc.edu.br Felipe Schneider Costa felipe.costa@ifsc.edu.br O Problema. Estruturas de Repetição: Introdução; Repita ate; Exemplo;

Leia mais

Análise de Arredondamento em Ponto Flutuante

Análise de Arredondamento em Ponto Flutuante Capítulo 2 Análise de Arredondamento em Ponto Flutuante 2.1 Introdução Neste capítulo, chamamos atenção para o fato de que o conjunto dos números representáveis em qualquer máquina é finito, e portanto

Leia mais

Introdução à Lógica de Programação

Introdução à Lógica de Programação Sistemas Operacionais e Introdução à Programação Introdução à Lógica de Programação 1 Estruturas de dados Representação computacional das informações do problema ser resolvido Informações podem ser de

Leia mais

A linguagem C oferece quatro estruturas de decisão: if, if-else, switch e o operador condicional.

A linguagem C oferece quatro estruturas de decisão: if, if-else, switch e o operador condicional. Capítulo 3 Comandos de Decisão A linguagem C oferece quatro estruturas de decisão: if, if-, switch e o operador condicional. O comando if O comando if instrui o computador a tomar uma decisão simples.

Leia mais

Disciplina: Algoritmos e Programação Professor: Paulo César Fernandes de Oliveira, BSc, PhD

Disciplina: Algoritmos e Programação Professor: Paulo César Fernandes de Oliveira, BSc, PhD 1. Atribua valores para as variáveis usadas e determine o resultado da execução dos algoritmos abaixo: algoritmo Intervalo de Numeros var numero : inteiro inicio escreva ( Digite um numero: ) leia (numero)

Leia mais

Notas de Aula de Algoritmos e Programação de Computadores

Notas de Aula de Algoritmos e Programação de Computadores Notas de Aula de Algoritmos e Programação de Computadores FLÁVIO KEIDI MIYAZAWA com a colaboração de TOMASZ KOWALTOWSKI Instituto de Computação - UNICAMP Versão 2000.1 Estas notas de aula não devem ser

Leia mais

Caderno de Exercícios

Caderno de Exercícios Instituto Politécnico do Porto Instituto Superior de Engenharia do Porto Departamento de Engenharia Electrotécnica Curso de Engenharia Electrotécnica Electrónica e Computadores Disciplina de FEELE Caderno

Leia mais

Instituto Superior Técnico Departamento de Matemática Última actualização: 11/Dez/2003 ÁLGEBRA LINEAR A

Instituto Superior Técnico Departamento de Matemática Última actualização: 11/Dez/2003 ÁLGEBRA LINEAR A Instituto Superior Técnico Departamento de Matemática Secção de Álgebra e Análise Última actualização: 11/Dez/2003 ÁLGEBRA LINEAR A FICHA 8 APLICAÇÕES E COMPLEMENTOS Sistemas Dinâmicos Discretos (1) (Problema

Leia mais

Lista de Exercícios 3

Lista de Exercícios 3 Lista de Exercícios 3 Disciplina: Algoritmo e Estrutura de Dados 1 Professor: Márcia Carolina Marra de Oliveira Monitor: Lillian Brandao Rezende de Oliveira Data de Entrega: 21/09/2006 1) A confederação

Leia mais

MA.01. 4. Sejam a e b esses números naturais: (a + b) 3 (a 3 + b 3 ) = a 3 + 3a 2 b + 3ab 2 + b 3 a 3 b 3 = = 3a 2 b + 3ab 2 = 3ab (a + b)

MA.01. 4. Sejam a e b esses números naturais: (a + b) 3 (a 3 + b 3 ) = a 3 + 3a 2 b + 3ab 2 + b 3 a 3 b 3 = = 3a 2 b + 3ab 2 = 3ab (a + b) Reformulação Pré-Vestibular matemática Cad. 1 Mega OP 1 OP MA.01 1.. 3. 4. Sejam a e b esses números naturais: (a + b) 3 (a 3 + b 3 ) a 3 + 3a b + 3ab + b 3 a 3 b 3 3a b + 3ab 3ab (a + b) Reformulação

Leia mais

ESTRUTURAS CONDICIONAIS. Baseado nos slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza

ESTRUTURAS CONDICIONAIS. Baseado nos slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza ESTRUTURAS CONDICIONAIS Baseado nos slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza Estruturas de Controle ESTRUTURA SEQUENCIAL ESTRUTURA CONDICIONAL ESTRUTURA DE REPETIÇÃO 2 Estruturas Condicionais

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA Disciplina de Algoritmos e Programação Profa: Juliana Kaizer Vizzotto Lista de Exercícios Vetores Para a implementação de programas que solucionem os problemas a seguir

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS ALGORITMOS

CADERNO DE EXERCÍCIOS ALGORITMOS C. EXERCÍCIOS ESTRUTURA SE...ENTAO 31. Faça um algoritmo que leia dois números A e B e imprima o maior deles. 32. Faça um algoritmo que leia um número N e imprima F1, F2 ou F3, conforme a condição: F1,

Leia mais

Potenciação no Conjunto dos Números Inteiros - Z

Potenciação no Conjunto dos Números Inteiros - Z Rua Oto de Alencar nº 5-9, Maracanã/RJ - tel. 04-98/4-98 Potenciação no Conjunto dos Números Inteiros - Z Podemos epressar o produto de quatro fatores iguais a.... por meio de uma potência de base e epoente

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação

Introdução à Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação Estruturas de Controle Parte I Prof. Ricardo J. G. B. Campello Créditos Parte dos slides a seguir foram adaptados dos originais de A. L. V. Forbellone e H. F. Eberspächer

Leia mais

ALGORITMOS MEMÓRIA, VARIÁVEIS E CONSTANTES, OPERADORES Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br

ALGORITMOS MEMÓRIA, VARIÁVEIS E CONSTANTES, OPERADORES Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br ALGORITMOS MEMÓRIA, VARIÁVEIS E CONSTANTES, OPERADORES Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br ROTEIRO Memória Variáveis e constantes Tipos primitivos de dados Operadores Comandos

Leia mais

FESP FACULDADE DE ENGENHARIA SÃO PAULO DISCIPLINA BP1: PROCESSAMENTO DE DADOS

FESP FACULDADE DE ENGENHARIA SÃO PAULO DISCIPLINA BP1: PROCESSAMENTO DE DADOS FESP FACULDADE DE ENGENHARIA SÃO PAULO DISCIPLINA BP1: PROCESSAMENTO DE DADOS FLUXOGRAMA ou DIAGRAMA DE BLOCOS Fluxograma ou Diagrama de blocos é a representação gráfica dos passos de um algoritmo. Facilita

Leia mais

Laboratório de Programação I

Laboratório de Programação I Laboratório de Programação I Estruturas de Controle: Parte I Fabricio Breve Objetivos Entender as técnicas básicas de solução de problemas Desenvolver algoritmos por meio do processo de refinamento top-down

Leia mais

3º Ano do Ensino Médio. Aula nº10 Prof. Daniel Szente

3º Ano do Ensino Médio. Aula nº10 Prof. Daniel Szente Nome: Ano: º Ano do E.M. Escola: Data: / / 3º Ano do Ensino Médio Aula nº10 Prof. Daniel Szente Assunto: Função exponencial e logarítmica 1. Potenciação e suas propriedades Definição: Potenciação é a operação

Leia mais