MINISTÉRIO DA AGRICULTURA Direcção Nacional dos Serviços Agrários

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINISTÉRIO DA AGRICULTURA Direcção Nacional dos Serviços Agrários"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA Direcção Nacional dos Serviços Agrários AVALIAÇÃO PRELIMINAR DA CAMPANHA AGRÍCOLA Conteúdo da Apresentação 1. Previsão da estação chuvosa 2009/10 e interpretação na agricultura; 3. Pesquisa e produção de semente básica; 4. Extensão Agrária 5. Aquisição e distribuição de insumos; 6. Distribuição de equipamentos agrícolas; 7. Juntas de tracção animal; 8. Irrigação 9. Campanhas fitossanitárias; 10.Evolução da precipitação 11.Avaliação geral da campanha Agrícola 12.Excedentes Agrícolas 2

2 Prognóstico da estação 2009/2010 ão chuvosa 3 OND 2009 JFM

3 Extensão Agrária A rede pública de extensão agrária conta com 701 extensionistas. Preve-se para 2010 o recrutamento de 249 extensionistas, o que vai elevar o efectivo para 950 extenionistas da rede pública; Foram adquiridas ao nível central 195 motorizadas. Por outro lado, as Províncias adquriram 56 motorizadas, totalizando 251 motorizadas adquiridas em Assim, eleva-se para 390 o número de novas motorizadas adquiridas nos útimos dois anos para a rede pública de extensão. Com estes investimentos, a rede pública de extensão passará a assistir até ao final da campanha agrícola 2009/10 cerca de 400 mil famílias, contra 378 mil 5 famílias na campanha 2008/09 (6% de crescimento). Extensionistas existentes por Provincia Provincias Balanço de 2009 Existentes 1 ºtrimestre 2010 Novas contratações 2010 Plano 2010 C. Maputo Maputo Gaza Inhambane Manica Sofala Tete Zambezia Nampula C.Delgado Niassa Total

4 Produção de Sementes Está em curso nos Centros Zonais a produção de semente pré-básica e básica, para alimentar respectivamente programas de produção de semente básica e semente certificada na campanha agrícola 2010/11; Estabelecidos contrato-programas para a produção na campanha agrícola 2009/10 para serem disponibilizados aos produtores na campanha 2010/11. 7 Produção de semente básica pelo IIAM Produção (ha) Cultura Plano (ha) Realizado (ha) Realizado (%) Colhido (ha) Estimativa Prod. Milho Arroz Mapira Mexoeira Amendoim F. vulgar F. nhemba F. boer Soja Batata reno Mandioca ** Algodão TOTAL

5 Distribuição de semente (1ª época 2009/10) Província Milho OPV Milho híbrido Arroz Soja Maputo(Cidade) 15 Maputo(Provincia) Gaza Inhambane Manica Sofala Tete Zambezia Nampula Cabo Delgado Niassa Total (ton) Área total (ha) Produção (ton) Distribuição de semente (2ª época 2009/10) Província Milho OPV Milho híbrido Trigo Batata reno Feijão vulgar Maputo(Cidade) Maputo(Provincia) Gaza Inhambane Manica Sofala Tete Zambezia Nampula Cabo Delgado Niassa Total ,

6 Distribuição de semente de hortícolas (2ª época 2009/10) (Total=1.799,5kg em kits kg = kg) Província Tomate (Kg) Cebola (kg) Repolho (kg) Couve (kg) alface (kg) Maputo(Cidade) Maputo(Provincia) Gaza Inhambane Manica Sofala Tete Zambezia Nampula Cabo Delgado Niassa Total (kg) Contribuição dos Governos Provinciais Prov.total Milho Mapir a F.Vulga r Hortícola s (Kg) Batata reno Feiras Insumos (familias) Adubo (tons) Motob ombas Moto cultivado ras Maputo-C Maputo-P Gaza Inhambane Manica Sofala Tete Zambezia Nampula C.Delgado Niassa TOTAL

7 Programa de distribuição de insumos por senhas/vouchers Programa de subsidio de insumos para 25 mil famílias (Programa EU/FAO): Sofala- 5 mil famílias (arroz ITA 312); Manica- 5 mil famílias; (milho Pan 67) Tete- 5 mil famílias (milho Pan 67) Zambezia 5 mil famílias (Arroz Ita 312); Nampula 5 mil famílias ( milho Pan 67) Treinamento de retalhistas de insumos. 13 Controlo de Qualidade Sementes (cont) No quadro do Controlo de Qualidade de Sementes, em curso um Projecto de habilitação e apetrechamento dos laboratórios regionais de sementes, com financiamento da UE e assistência técnica da FAO; Foram realizadas inspecções de campos de produção de sementes e analises laboratoriais 14

8 Distribuição de equipamento agrícola Província Tractores Autocombinadas Motocultivadoras Debulhadoras Maputo Gaza Inhambane 4 4 Manica Sofala Tete Zambezia Nampula 4 4 C. Delgado 4 4 Niassa Total Área/Prod Unidade ha/ano ha/ano Ton/ano 15 Distribuição de bovinos para Tracção Animal Província Animais Charruas Maputo Gaza Inhambane Manica Sofala Tete Zambezia Nampula Cabo Delgado Niassa Total Área (ha) No âmbito PAPA foram distribuidos em todo o país animais, correspondentes a 1248 juntas (2 machos e uma femea), os respectivos implementos e carroças 16

9 Programa de Irrigação Em curso a elaboração da Estratégia de irrigação e o respectivo PNI Foram distribuídas ate ao momento 44 motobombas de um total de 100 motobombas adquiridas pelo MINAG no âmbito do PAPA; Em 2009 e ate ao 1º Trimestre de 2010 foram reabilitados hectares, elevando para mais de ha a area total irrigada com culturas alimentares; Em perspectiva o reforço do sector de irrigação em todas as Províncias, através do recrutamento e treinamento de 2 técnicos por Província; Submetido a JICA um projecto para contratação de 13 voluntários e 1 perito de irrigação. 17 Distribuição de Equipamento de rega Província Motobombas Maputo (Cidade) 2 Maputo (Provincia) 5 Gaza 7 Inhambane 6 Manica 6 Sofala Tete 10 Zambezia 8 Nampula Cabo Delgado Niassa Total 44 Foram reabilitados em 2009 cerca de ha de pequenos sistemas de regadios em todo o país e distribuidas 44 motobombas que irão incrementar 18 em cerca de 1470 hectares áreas irrigadas.

10 ÁREAS IRRIGADAS POR PROVÍNCIA PROVÍNCIA TOTAL PROV. (HA) MAPUTO 3747 GAZA INHAMBANE 1164 TETE 416 SOFALA 573 MANICA 1671 ZAMBÉZIA 3070 NAMPULA 619 NIASSA 490 CABO DELGADO 107 TOTAL NACIONAL Campanhas Fitossanitarias Monitoria e controlo das principais pragas e doenças das culturas: Pragas Migratórias e ratos; Mosca da fruta; Amarelecimento letal do coqueiro; Inspecção fitossanitária e quarentena vegetal (divulgação e implementação do regulamento); Registo e controlo de pesticidas (divulgação e implementação do regulamento) 20

11 Aprovisionamento de pesticidas e equpamento de protecção Prevê-se a aquisição de equipamento de aplicação e protecção diverso nomeadamente: Botas de borracha, fatos de macaco de algodão, fatos macacos impermeáveis, óculos de protecção, mascaras respiratórias, chapéus de protecção, luvas de nitrilo, atomizadores dorsais, mini-ulvas e pulverizadores. 21 Campanhas Fitossanitarias (cont) Lagarta invasora: 86.8 ha infestados das culturas de milho e arroz em Ibane, Sofala, Tete e Niassa, dos quais controlado 83.6 ha foram controlados e ficaram perdidos cerca de 3.2ha; Gafanhoto vermelho: realizados prospecções e controle aereo nas zonas de reprodução em Sofala e Niassa; Mosca da fruta: Distribuidas 650 armadilhas em todas as provincias com vista a se apurar a densidade e dispersão no país. Norte: Zona infestada; Centro: Baixa prevalência; Sul: zona livre; Amarelecimento letal do coqueiro: coqueiros abatidos na provincia de Zambezia, prevendo-se o abate de um total de cerca de plantas. 22

12 Impacto da estiagem Perdas acima de 60% = 11 distritos Perdas entre 20 a 60% = 29 distritos Perdas até 20% = 15 distritos 23 Áreas perdidas (%) PROVÍNCIA Area semeada (ha) Area perdida (ha) % Perdida Maputo Gaza Inhambane Manica Sofala Tete Zambezia Total Nacional As principais culturas afectadas: milho, mexoeira, arroz e mapira. 24

13 Sementeiras: Avaliação geral Zona Sul e Centro: 2 a e 3 a década de Novembro; Zona Norte: 2 a década de Dezembro; Ressementeiras em Janeiro/ Fevereiro Total de áreas(ha) ha (6%) em relação a C.A. 2008/09; Área do PAPA: ha (45%). 25 Avaliação da 1ª época da campanha agrícola 2009/10 Zona Norte: Bons resultados de produção em todas as culturas Zona Centro: Bons resultados nas regiões do planalto de Tete e zona alta da Zambézia principamente para a cultura de milho; Em relação ao arroz, o transplante feito em Fevereiro, teve recuperação, contudo os rendimentos foram afectados. Nos distritos aridos e semi-aridos da região Centro realizaram-se varias ressementeiras, no entanto os rendimentos foram baixos Zona Sul: Nas Provincias de Inhambane, Gaza e Maputo as culturas ficaram afectadas contribuindo para a 26 redução dos rendimentos.

14 Resultados preliminares da Campanha Agrícola (ton) Culturas PAPA Total Var(%) Milho Mapira Mexoeira Arroz Total Cereais Feijões Amendoim Total Leguminosas Mandioca Produção de cereais (Tons) Norte Centro Sul Total Nacional Tons

15 Produção de Leguminosas (Tons) Norte Centro Sul Produção Nacional toneladas Produção de Mandioca (Tons) 10.0% 27.0% 63.0% Norte Centro Sul Produção de Mandioca Tons

16 Culturas Perspectivas para 2ª época Área Planificada (ha) Produção esperada (ton) Trigo Batata reno Feijão vulgar Hortícolas diversas Contribuição do PAPA na 2ª época Culturas Área Planificada (ha) Produção Prevista (ton) Milho Trigo Batata reno Feijão Vulgar Tomate Cebola Repolho Couve Alface Total de Horticolas

17 Culturas de rendimento (preliminares) Culturas Cha Soja Girassol Gergelim Algodão Cajú (castanha) Cana de Açucar Tabaco Citrinos Banana Produção (Tons) 2008/09 Produção Esperada(ton) 2009/ ** ** ** ,000* ** Balanço Alimentar Produto Balanço Alimentar Resultados Preliminares da Campanha Agrícola Projecção da Produção PAPA 2007/ / / / / /2011 Milho Arroz Trigo Mandioca

18 Excedentes Agrícolas 35 Excedentes Agrícolas 60 distritos com excedentes; Região Norte e Centro; Milho: 373 mil tons Feijões: 55 mil Tons Amendoim: 50 mil tons Mandioca: 1 milhão tons. A comercialização agricola é determinante. 36

19 Excedentes de Milho (ton) 37 Excedentes de Feijões (ton) 38

20 Excedentes de Amendoim (ton) 39 Excedentes da Mandioca (ton) 40

21 Façamos da Revolução Verde um Instrumento de Luta contra a Pobreza Muito Obrigado 41

BALANÇO PRELIMINAR DA CAMPANHA AGRÍCOLA (2010/2011)

BALANÇO PRELIMINAR DA CAMPANHA AGRÍCOLA (2010/2011) REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA AGRICULTURA DIRECÇÃO NACIONAL DOS SERVIÇOS AGRÁRIOS BALANÇO PRELIMINAR DA CAMPANHA AGRÍCOLA (2010/2011) Agosto, 2011 Conteúdo de Apresentação 1. Introdução 2. Principais

Leia mais

MIC REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO DIRECÇÃO NACIONAL DO COMÉRCIO

MIC REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO DIRECÇÃO NACIONAL DO COMÉRCIO INFOCOM MIC REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO DIRECÇÃO NACIONAL DO COMÉRCIO Boletim Especial/Setembro de 7 DNC/MIC BOLETIM ESPECIAL DO BALANÇO ALIMENTAR ABRIL DE 7 A MARÇO DE 8

Leia mais

OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE

OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E SEGURANÇA ALIMENTAR OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE ABRIL, 2015 Estrutura da Apresentação 2 I. Papel do CEPAGRI II. III. IV.

Leia mais

D456789: N;74:<;= >:? S65A48:? AB5;54:? MINAG D6G;5H;I6<H: >6 CJ=HJ5;? 6 AA4?: P5KA4: Boas Perspecvas de produção para a Campanha Agrícola 2014-15.

D456789: N;74:<;= >:? S65A48:? AB5;54:? MINAG D6G;5H;I6<H: >6 CJ=HJ5;? 6 AA4?: P5KA4: Boas Perspecvas de produção para a Campanha Agrícola 2014-15. D456789: N;74::? S65A48:? AB5;54:? MINAG D6G;5H;I66 CJ=HJ5;? 6 AA4?: P5KA4: Edição Nº 01 Campanha Agrícola 2014/15 Publicado em: 02/10/2014 B A Em Foco Boas Perspecvas de produção para a Campanha

Leia mais

Oportunidades de Investimento no Sector Agrario em Mocambique

Oportunidades de Investimento no Sector Agrario em Mocambique Oportunidades de Investimento no Sector Agrario em Mocambique Apresentado pelo Director do Centro de Promoção da Agricultura Abdul Cesar Mussuale Turino, Fevereiro 2012 Estrutura de Apresentacao I. Informacao

Leia mais

Balanço Preliminar da Campanha Agrícola 2010/11

Balanço Preliminar da Campanha Agrícola 2010/11 República de Moçambique MI ISTÉRIO DA AGRICULTURA Balanço Preliminar da Campanha Agrícola 2010/11 Maio de 2011 ÍNDICE 1. Sumário executivo... 10 Província de Maputo... 19 1. Precipitação... 19 2. Preparação

Leia mais

OPORTUNIDADES DO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE

OPORTUNIDADES DO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE OPORTUNIDADES DO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE 1 O CEPAGRI (1-3) 2 Criado através do Decreto nº 20/2006 de 29 de Junho como instituição subordinada ao Ministério da Agricultura Criado com objectivo de: Estimular

Leia mais

ESTRATÉGIAS DO GOVERNO E OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE

ESTRATÉGIAS DO GOVERNO E OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE ESTRATÉGIAS DO GOVERNO E OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE 1 Preparada para o Lançamento da Nova Aliança para a Segurança Alimentar e Nutricional Maputo, 11 de Abril de 2013 Moçambique:

Leia mais

5 de Março de 2015 Quente-Quente No. 1025

5 de Março de 2015 Quente-Quente No. 1025 5 de Março de 2015 Quente-Quente No. 1025 Informação Semanal de Mercados Agrícolas no País, Região e Mundo Publicação do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas (SIMA) Ministério da Agricultura - Direcção

Leia mais

MODULO 1: INQUÉRITO AO NIVEL DO AGREGADO FAMILIAR

MODULO 1: INQUÉRITO AO NIVEL DO AGREGADO FAMILIAR As informações do inquérito são rigorosamente confidenciais (Decreto 12/82 de 22 de Julho de 1982) DIST ALD AF REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE Ministério de Agricultura e Desenvolvimento Rural Departamento de

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS- PONTO DE SITUAÇÃO DA CAMPANHA AGRÍCOLA 2008/09 E PERSPECTIVAS DA CAMPANHA 2009/10

PLANO DE ACÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS- PONTO DE SITUAÇÃO DA CAMPANHA AGRÍCOLA 2008/09 E PERSPECTIVAS DA CAMPANHA 2009/10 REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA AGRICULTURA PLANO DE ACÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS- PONTO DE SITUAÇÃO DA CAMPANHA AGRÍCOLA 2008/09 E PERSPECTIVAS DA CAMPANHA 2009/10 INFORMAÇÃO PARA A COMISSÃO

Leia mais

Plano de Comercialização Agrícola para 2011 e 2012

Plano de Comercialização Agrícola para 2011 e 2012 MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO Plano de Comercialização Agrícola para 2011 e 2012 1 Estrutura de apresentação Objectivo do Plano Caracterização geral da comercialização agrícola Principais Intervenientes

Leia mais

A expansão dos recursos naturais de Moçambique Quais são os Potenciais Impactos na Competitividade da Agricultura?

A expansão dos recursos naturais de Moçambique Quais são os Potenciais Impactos na Competitividade da Agricultura? A expansão dos recursos naturais de Moçambique Quais são os Potenciais Impactos na Competitividade da Agricultura? Outubro 2014 A agricultura é um importante contribuinte para a economia de Moçambique

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS 2008-2011

PLANO DE ACÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS 2008-2011 PLANO DE ACÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS 2008-2011 1. Contexto Internacional da Crise Razoes: Carência e agravamento mundial dos preços de alimentos, sem perspectivas de melhoria a médio prazo. O aumento

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO PARA O DESENVOLVIMENTO DO SECTOR AGRÁRIO PEDSA 2011-2020

PLANO ESTRATÉGICO PARA O DESENVOLVIMENTO DO SECTOR AGRÁRIO PEDSA 2011-2020 República de Moçambique Ministério da Agricultura PLANO ESTRATÉGICO PARA O DESENVOLVIMENTO DO SECTOR AGRÁRIO PEDSA 2011-2020 3 de Maio 2011 1 I. Contextualização II. Fundamentação III. Visão e Missão IV.

Leia mais

Estudo do sub-sector de sementes para SDC

Estudo do sub-sector de sementes para SDC Estudo do sub-sector de sementes para SDC Constatações e recomendações Rui de Nazaré Ribeiro Índice da Apresentação 1. Objectivos e metodologia 2. Situação do sub-sector de sementes (SSS) Análise por segmento

Leia mais

18 de Junho de 2015 Quente-Quente No. 1040

18 de Junho de 2015 Quente-Quente No. 1040 18 de Junho de 2015 Quente-Quente No. 1040 Informação Semanal de Mercados Agrícolas no País, Região e Mundo Publicação do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas (SIMA) Ministério da Agricultura -

Leia mais

19 de Junho de 2013 Quente-Quente No. 937

19 de Junho de 2013 Quente-Quente No. 937 19 de Junho de 2013 Quente-Quente No. 937 Informação Semanal de Mercados Agrícolas no País, Região e Mundo Publicação do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas (SIMA) Ministério da Agricultura - Direcção

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DE PLANIFICAÇÃO E ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DE PLANIFICAÇÃO E ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DE PLANIFICAÇÃO E ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO 5ᵃ Edição ORÇAMENTO CIDADÃO 2016 Visão: Assegurar a participação do Cidadão em

Leia mais

O Sector Agrário em Moçambique: Análise situacional, constrangimentos e. oportunidades para o crescimento agrário

O Sector Agrário em Moçambique: Análise situacional, constrangimentos e. oportunidades para o crescimento agrário O Sector Agrário em Moçambique: Análise situacional, constrangimentos e oportunidades para o crescimento agrário Benedito Cunguara Pesquisador Asociado, Michigan State University James Garrett Pesquisador

Leia mais

15 de Janeiro de 2014 Quente-Quente No. 967

15 de Janeiro de 2014 Quente-Quente No. 967 15 de Janeiro de 2014 Quente-Quente No. 967 Informação Semanal de Mercados Agrícolas no País, Região e Mundo Publicação do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas (SIMA) Ministério da Agricultura -

Leia mais

Boletim Semanal do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas da Província de Nampula

Boletim Semanal do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas da Província de Nampula Boletim Semanal do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas da Província de Nampula Publicação da Direcção Provincial de Agricultura e Desenvolvimento Rural Telef. 213308; Fax 214177 e-mail: dpadrafnpla@teledata.mz

Leia mais

MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO INSTITUTO PARA A PROMOÇÃO DE EXPORTAÇÕES - IPEX

MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO INSTITUTO PARA A PROMOÇÃO DE EXPORTAÇÕES - IPEX 1 MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO INSTITUTO PARA A PROMOÇÃO DE EXPORTAÇÕES - IPEX MOÇAMBIQUE Informação Geral IPEX Instituto para a Promoção de Exportações POTENCIAIS SECTORES DE EXPORTAÇÃO Por Provincia

Leia mais

Fórum da Conectividade Rural

Fórum da Conectividade Rural FUNDO DO SERVIÇO DE ACESSO UNIVERSAL (FSAU) Fórum da Conectividade Rural O Fundo do Serviço de Acesso Universal e o seu papel na promoção de parcerias Público- Privadas para a conectividade rural Apresentado

Leia mais

RELATÓRIO ESPECIAL Missão FAO/PAM de avaliação das culturas e do abastecimento alimentar em MOÇAMBIQUE

RELATÓRIO ESPECIAL Missão FAO/PAM de avaliação das culturas e do abastecimento alimentar em MOÇAMBIQUE SISTEMA MUNDIAL DE INFORMAÇÃO E ALERTA RÁPIDO SOBRE ALIMENTAÇÃO E AGRICULTURA DA FAO PROGRAMA ALIMENTAR MUNDIAL RELATÓRIO ESPECIAL Missão FAO/PAM de avaliação das culturas e do abastecimento alimentar

Leia mais

DERAL - Departamento de Economia Rural. Olericultura - Análise da Conjuntura Agropecuária

DERAL - Departamento de Economia Rural. Olericultura - Análise da Conjuntura Agropecuária Olericultura - Análise da Conjuntura Agropecuária Dezembro de 0 INTRODUÇÃO Para Filgueira, Fernando Reis, Olericultura é um termo técnico-científico, muito preciso, utilizado no meio agronômico. Derivado

Leia mais

28 de Agosto de 2002. Destaques

28 de Agosto de 2002. Destaques Famine Early Warning Systems Network 28 de Agosto de 2002 Destaques Uma avaliação rápida de necessidades alimentares foi levada a cabo de 22 de Julho a 11 de Agosto de 2002 por equipas do PMA, FEWS NET,

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE Maio de 2014 Relatório do FMI n.º 14/147 REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE PLANO DE ACÇÃO PARA REDUÇÃO DA POBREZA RELATÓRIO DE PROGRESSO Os Planos Estratégicos de Redução da Pobreza (PERP) são elaborados pelos países

Leia mais

28 de Janeiro de 2015 Quente-Quente No. 1020

28 de Janeiro de 2015 Quente-Quente No. 1020 28 de Janeiro de 2015 Quente-Quente No. 1020 Informação Semanal de Mercados Agrícolas no País, Região e Mundo Publicação do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas (SIMA) Ministério da Agricultura

Leia mais

Internet Como um Serviço Essencial

Internet Como um Serviço Essencial Internet Como um Serviço Essencial [O Desenvolvimento da Banda Larga e o Crescimento da Economia Digital ] 20 de Nov de 2015 americo@incm Pontos de Apresentação 1. Banda larga em Moçambique; 2. Como desenvolver

Leia mais

Boletim Semanal do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas da Província de Nampula. Publicação da Direcção Provincial da Agricultura

Boletim Semanal do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas da Província de Nampula. Publicação da Direcção Provincial da Agricultura Boletim l do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas da Província de Nampula Publicação da Direcção Provincial da Agricultura Telef. 213308; Fax 214177 A Direcção Provincial de Agricultura de Nampula,

Leia mais

22 Todas as províncias X X Unidades Orgânicas do MDN MDN. 5 Maputo X X Unidades Orgânicas do MDN MDN

22 Todas as províncias X X Unidades Orgânicas do MDN MDN. 5 Maputo X X Unidades Orgânicas do MDN MDN Programa: Fortalecimento da gestão institucional Objectivo do Programa: Consolidar as bases jurídico-legais que definam os princípios orientadores do funcionamento das instituições da Defesa Indicador

Leia mais

Departamento de Tecnologia e Extensão RELATÓRIO DO CURSO SOBRE O CULTIVO DE TILÁPIA

Departamento de Tecnologia e Extensão RELATÓRIO DO CURSO SOBRE O CULTIVO DE TILÁPIA REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DAS PESCAS INSTITUTO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA AQUACULTURA Departamento de Tecnologia e Extensão RELATÓRIO DO CURSO SOBRE O CULTIVO DE TILÁPIA Maputo, Outubro de

Leia mais

Análise de Vulnerabilidade 2004: Processo e o Ponto de Situação

Análise de Vulnerabilidade 2004: Processo e o Ponto de Situação Análise de Vulnerabilidade 2004: Processo e o Ponto de Situação Maputo, Junho de 2004 Mapa das regiões de AV 2004 41 distritos vulneráveis á insegurança alimentar devido aos efeitos combinados de seca

Leia mais

MOÇAMBIQUE Projecção de Segurança Alimentar Outubro 2013 a Março de 2014

MOÇAMBIQUE Projecção de Segurança Alimentar Outubro 2013 a Março de 2014 MOÇAMBIQUE Projecção de Segurança Alimentar Outubro 2013 a Março de 2014 Espera-se período de escassez menos severo devido a boa produção da segunda época e preços de alimentos estáveis DESTAQUES Figura

Leia mais

PROGRAMA EMBRAPA_MOÇAMBIQUE

PROGRAMA EMBRAPA_MOÇAMBIQUE José Luiz Bellini Leite Coordenador Geral Henoque Ribeiro da Silva Coordenador Técnico RIO DE JANEIRO, 24 DE JANEIRO DE 2013 MOÇAMBIQUE Possui 799.390 Km2 de território, sendo 35,9 milhões de hectares

Leia mais

Financiamento Bancário em Moçambique Sector da Água

Financiamento Bancário em Moçambique Sector da Água Financiamento Bancário em Moçambique Sector da Água Tiago Valença Pinto Maputo, 31 de Maio de 2013 tiago.pinto@mozabanco.co.mz O PIB Moçambicano cresceu 7,5% em 2012 e a inflação manteve-se em patamares

Leia mais

Percepção de risco e comportamento no uso dos pesticidas pelos produtores de hortícolas de Maputo

Percepção de risco e comportamento no uso dos pesticidas pelos produtores de hortícolas de Maputo Outubro de 2013 flash Nº69P Resultados de pesquisa da Direcção de Economia, Ministério da agricultura Tel: (+258) 82 30 10 538, Fax: (+258 1) 21 41 47 01 Email: helenasambo12@yahoo.com.br website: www.minag.gov.mz

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DAS FINANÇAS RELATÓRIO DE EXECUÇÃO DO ORÇAMENTO DO ESTADO

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DAS FINANÇAS RELATÓRIO DE EXECUÇÃO DO ORÇAMENTO DO ESTADO REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO S FINANÇAS RELATÓRIO DE EXECUÇÃO DO ORÇAMENTO DO ESTADO ANO 2012 JANEIRO A JUNHO RELATÓRIO 1. Introdução 2. Equilíbrio Orçamental 3. Receitas do Estado 4. Financiamento

Leia mais

MOÇAMBIQUE ACTUALIZAÇÃO DE SEGURANÇA ALIMENTAR Janeiro 2005

MOÇAMBIQUE ACTUALIZAÇÃO DE SEGURANÇA ALIMENTAR Janeiro 2005 MOÇAMBIQUE ACTUALIZAÇÃO DE SEGURANÇA ALIMENTAR Janeiro 2005 TIPO DE ALERTA: NORMAL VIGILÂNCIA AVISO EMERGÊNCIA CONTEÚDO Perspectiva sobre Riscos... 2 Precipitação e implicações... 2 Análise de Mercados...

Leia mais

Desenvolvendo Mercados de Insumos e Produtos Agrícolas em Moçambique: Análise Situacional. Kizito Mazvimavi e Sofia Manussa

Desenvolvendo Mercados de Insumos e Produtos Agrícolas em Moçambique: Análise Situacional. Kizito Mazvimavi e Sofia Manussa Apresentação para o Diálogo sobre a Agricultura em Moçambique, 21 Julho de 2011, Maputo Desenvolvendo Mercados de Insumos e Produtos Agrícolas em Moçambique: Análise Situacional Estudos Especiais Liderados

Leia mais

Indicadores IBGE. Estatística da Produção Agrícola. Abril de 2012. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE

Indicadores IBGE. Estatística da Produção Agrícola. Abril de 2012. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE Indicadores IBGE Estatística da Produção Agrícola Abril de 2012 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE Presidenta da República Dilma Rousseff Ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão

Leia mais

Instituto Nacional de Irrigação. A Perspectiva das Instituições Contratantes 31 de Maio de 2013

Instituto Nacional de Irrigação. A Perspectiva das Instituições Contratantes 31 de Maio de 2013 Instituto Nacional de Irrigação 31 de Maio de 2013 Estrutura da apresentação I. Reforma do subsector de irrigação em Moçambique II. O INIR - Instituto Nacional de Irrigação 1. Objectivos 2. Organização

Leia mais

GABINETE DO ORDENADOR NACIONAL PARA A COOPERAÇÃO MOÇAMBIQUE / UE DELEGAÇÃO DA UNIÃO EUROPEIA EM MOÇAMBIQUE

GABINETE DO ORDENADOR NACIONAL PARA A COOPERAÇÃO MOÇAMBIQUE / UE DELEGAÇÃO DA UNIÃO EUROPEIA EM MOÇAMBIQUE GABINETE DO ORDENADOR NACIONAL PARA A COOPERAÇÃO MOÇAMBIQUE / UE DELEGAÇÃO DA UNIÃO EUROPEIA EM MOÇAMBIQUE Parte 1- Informação geral e elegibilidade dos custos Parte 2 Opção dos custos simplificados Parte

Leia mais

MOÇAMBIQUE. Tecnologias e Serviços do Agronegócio 2014 MOÇAMBIQUE 1

MOÇAMBIQUE. Tecnologias e Serviços do Agronegócio 2014 MOÇAMBIQUE 1 MOÇAMBIQUE Market Research & Intelligence Tecnologias e Serviços do Agronegócio 2014 MOÇAMBIQUE 1 MOÇAMBIQUE MOÇAMBIQUE Market Research & Intelligence Tecnologias e Serviços do Agronegócio 2014 DADOS GERAIS

Leia mais

Estimulando o investimento sustaintavel na agricultura. Catalysing sustainable Investment in Agriculture

Estimulando o investimento sustaintavel na agricultura. Catalysing sustainable Investment in Agriculture Estimulando o investimento sustaintavel na agricultura Catalysing sustainable Investment in Agriculture Oportunidade de Investmento no Corredor da Beira Quase 10 milhões de hectares de solos apropriados

Leia mais

Edmar W. Gervásio Administrador, especialista em Marketing e Agronegócio UFPR Email: edmar.gervasio@seab.pr.gov.br Fone: (41) 3313-4034

Edmar W. Gervásio Administrador, especialista em Marketing e Agronegócio UFPR Email: edmar.gervasio@seab.pr.gov.br Fone: (41) 3313-4034 Edmar W. Gervásio Administrador, especialista em Marketing e Agronegócio UFPR Email: edmar.gervasio@seab.pr.gov.br Fone: (41) 3313-4034 MILHO (Zea mays) Sustento da Vida Maior cultura agrícola do mundo;

Leia mais

PROGRAMA DE CONTROL DE CALIDAD EN LOS ALIMENTOS-RESIDUOS DE PESTICIDAS EN SAN PABLO - BRASIL

PROGRAMA DE CONTROL DE CALIDAD EN LOS ALIMENTOS-RESIDUOS DE PESTICIDAS EN SAN PABLO - BRASIL Buenos Aires/2009 PROGRAMA DE CONTROL DE CALIDAD EN LOS ALIMENTOS-RESIDUOS DE PESTICIDAS EN SAN PABLO - BRASIL Laboratório de Resíduos de Pesticidas/IB/APTA Legislação de Pesticidas Brasil - Fluxograma

Leia mais

A resposta do produtor Moçambicano ao ambiente de preços altos

A resposta do produtor Moçambicano ao ambiente de preços altos A resposta do produtor Moçambicano ao ambiente de preços altos Benedito Cunguara, David Mather, David Tschirley Presentation at MSU/IFPRI conference on Agricultural Public Investments, Policies, and Markets

Leia mais

Estudo Sobre a Disseminação e Adopção das Variedades de Batata Doce de Polpa Alaranjada em Moçambique

Estudo Sobre a Disseminação e Adopção das Variedades de Batata Doce de Polpa Alaranjada em Moçambique Estudo Sobre a Disseminação e Adopção das Variedades de Batata Doce de Polpa Alaranjada em Moçambique Por: Maria Isabel Andrade, Abdul Naico e Jose Ricardo INIA/IITA-Moçambique, Tel.258 1 461610, e-mail:

Leia mais

QUADRO DO SETOR ALIMENTAR EM SANTA CATARINA 1. PANORAMA DO SETOR DE ALIMENTOS EM SANTA CATARINA

QUADRO DO SETOR ALIMENTAR EM SANTA CATARINA 1. PANORAMA DO SETOR DE ALIMENTOS EM SANTA CATARINA Câmara Italiana de Comércio e Indústria de Santa Catarina (Órgão reconhecido pelo Governo Italiano Decreto Mise29/7/2009) Tel.: +55 48 3027 2710 / Fax: +55 48 3222 2898 www.brasileitalia.com.br info@brasileitalia.com.br

Leia mais

Indicadores IBGE. Estatística da Produção Agrícola. Maio de 2013. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE

Indicadores IBGE. Estatística da Produção Agrícola. Maio de 2013. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE Indicadores IBGE Estatística da Produção Agrícola Maio de 2013 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE Presidenta da República Dilma Rousseff Ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão Miriam

Leia mais

PRODUTOS INFOCOM PRODUTOS INFOCOM / MIC

PRODUTOS INFOCOM PRODUTOS INFOCOM / MIC INFOCOM MIC PRODUTOS INFOCOM INFOCOM = Informação Comercial e de Mercados Direcção Nacional de Comércio Ministério da Indústria e Comércio PRODUTOS INFOCOM / MIC Boletim Mens@l de Comércio Agrícola 1ª

Leia mais

STEPS FORWARD: LINKING AGRICULTURE TO NUTRITION IN MOZAMBIQUE

STEPS FORWARD: LINKING AGRICULTURE TO NUTRITION IN MOZAMBIQUE STEPS FORWARD: LINKING AGRICULTURE TO NUTRITION IN MOZAMBIQUE Hosted by Abt Associates Reduzir a desnutrição crónica em Moçambique: contexto internacional e assistência dos parceiros de desenvolvimento

Leia mais

Apresentação Do Banco. Setembro de 2010

Apresentação Do Banco. Setembro de 2010 Apresentação Do Banco Setembro de 2010 Conteúdos Onde estamos Missão Valores Accionistas Nosso mercado Responsabilidade social Factos Contactos Onde estamos Onde Estamos O Banco Terra está representado,

Leia mais

INSTITUTO DE INVESTIGAÇÃO AGRÁRIA DE MOÇAMBIQUE. Direcção de Formação, Documentação e Transferência de Tecnologias

INSTITUTO DE INVESTIGAÇÃO AGRÁRIA DE MOÇAMBIQUE. Direcção de Formação, Documentação e Transferência de Tecnologias INSTITUTO DE INVESTIGAÇÃO AGRÁRIA DE MOÇAMBIQUE Direcção de Formação, Documentação e Transferência de Tecnologias Relatórios Preliminares de Pesquisa Rentabilidade da cultura do milho na zona sul de Moçambique:

Leia mais

Actualização de Uso de Insumos Agrícolas em Moçambique

Actualização de Uso de Insumos Agrícolas em Moçambique Actualização de Uso de Insumos Agrícolas em Moçambique Workshop sobre Impacto a longo prazo do subsídio temporário de insumos agrícolas em Moçambique 15 de Setembro de 2014 Conteúdo da Apresentação I.

Leia mais

REVISTA DE MARKETING TERRITORIAL DO DISTRITO DE INHARRIME

REVISTA DE MARKETING TERRITORIAL DO DISTRITO DE INHARRIME REPUBLICA DE MOÇAMBIQUE Governo Distrital de Inharrime REVISTA DE MARKETING TERRITORIAL DO DISTRITO DE INHARRIME Associação Josina Machel, produção e processamento da mandioca de Inharrime. Contacto: +258

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DAS FINANÇAS RELATÓRIO DE EXECUÇÃO DO ORÇAMENTO DO ESTADO

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DAS FINANÇAS RELATÓRIO DE EXECUÇÃO DO ORÇAMENTO DO ESTADO REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO S FINANÇAS RELATÓRIO DE EXECUÇÃO DO ORÇAMENTO DO ESTADO ANO 2013 JANEIRO A JUNHO RELATÓRIO 1. Introdução 2. Equilíbrio Orçamental 3. Receitas do Estado 4. Financiamento

Leia mais

A CEASA NO CONTEXTO DA SEGURANÇA ALIMENTAR NO ESTADO DO PARÁ

A CEASA NO CONTEXTO DA SEGURANÇA ALIMENTAR NO ESTADO DO PARÁ A CEASA NO CONTEXTO DA SEGURANÇA ALIMENTAR NO ESTADO DO PARÁ Belém, outubro/2014 Facilitador ROSIVALDO BATISTA Especialista em Abastecimento Alimentar da América Latina, Economista, Professor de Economia

Leia mais

O Sector Agrário em Moçambique: Análise situacional, constrangimentos e oportunidades para o crescimento agrário

O Sector Agrário em Moçambique: Análise situacional, constrangimentos e oportunidades para o crescimento agrário O Sector Agrário em Moçambique: Análise situacional, constrangimentos e oportunidades para o crescimento agrário MINAG/DE Benedito Cunguara & James Garrett 21 Julho 2011 Sequência da apresentação Contextualização

Leia mais

Saneamento Básico na Área Rural. Fontes dispersas com ênfase nos resíduos orgânicos

Saneamento Básico na Área Rural. Fontes dispersas com ênfase nos resíduos orgânicos Saneamento Básico na Área Rural Fontes dispersas com ênfase nos resíduos orgânicos MSc. Lilian F. de Almeida Martelli São Carlos, 30 de Outubro de 2013 BRASIL: o Celeiro do mundo Destaque na produção agrícola

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVOSoja

BOLETIM INFORMATIVOSoja BOLETIM INFORMATIVOSoja Ed. No 03 Bimensal / Maio-Junho 2011 Director: Luís Pereira Editor: Belchion Lucas MOLUMBO, NOVO QUARTEL GENERAL DA SOJA O P o s t o Administrativo de Molumbo, distrito de Milange,

Leia mais

Informação Semanal de Mercados Agrícolas no País, Região e Mundo. Preço do Arroz Cai em Alguns Mercados

Informação Semanal de Mercados Agrícolas no País, Região e Mundo. Preço do Arroz Cai em Alguns Mercados 05 de Janeiro de 2006 Quente-Quente No. 548 Informação Semanal de Mercados Agrícolas no País, Região e Mundo Publicação do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas (SIMA) Ministério da Agricultura -

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA À REDE DE CONSULTORES

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA À REDE DE CONSULTORES FORMULÁRIO DE CANDIDATURA À REDE DE CONSULTORES da empresa da pessoa de contacto Data: Detalhes de contacto País: Data de preenchimento: Telefone: Fax: e-mail: Caixa Postal: 1. CONSULTORES Os consultores

Leia mais

FACT-SHEET. Cana-de-Açúcar, Milho e Soja. Programa Agricultura e Meio Ambiente. WWF - Brasil

FACT-SHEET. Cana-de-Açúcar, Milho e Soja. Programa Agricultura e Meio Ambiente. WWF - Brasil FACT-SHEET Cana-de-Açúcar, Milho e Soja Programa Agricultura e Meio Ambiente WWF - Brasília Março 28 WWF- Secretaria Geral Denise Hamú Superintendência de Conservação de Programas Temáticos Carlos Alberto

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE BALANÇO DO PLANO ECONÓMICO E SOCIAL I SEMESTRE 2011

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE BALANÇO DO PLANO ECONÓMICO E SOCIAL I SEMESTRE 2011 REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE BALANÇO DO PLANO ECONÓMICO E SOCIAL I SEMESTRE 0 AGOSTO DE 0 ÍNDICE BAlANÇO DO PLANO ECONÓMICO E SOCIAL I SEMESTRE 0 I. NOTA INTRODUTÓRIA... 4 II. CONTEXTO INTERNACIONAL... 4 III.

Leia mais

Para obter mais informações, entre em contato com: Colleen Parr, pelo telefone (214) 665-1334, ou pelo e-mail colleen.parr@fleishman.

Para obter mais informações, entre em contato com: Colleen Parr, pelo telefone (214) 665-1334, ou pelo e-mail colleen.parr@fleishman. Para obter mais informações, entre em contato com: Colleen Parr, pelo telefone (214) 665-1334, ou pelo e-mail colleen.parr@fleishman.com Começa a segunda onda prevista de crescimento e desenvolvimento

Leia mais

MILHO TRANSCÊNICO: CADA VEZ MAIS PRESE

MILHO TRANSCÊNICO: CADA VEZ MAIS PRESE MILHO TRANSCÊNICO: CADA VEZ MAIS PRESE A Fundação Pró-Sementes aponta que um dos grandes problemas encontrados nos arrozais é a forte atuação de plantas invasoras, que são de difícil controle, prejudicando

Leia mais

Como este trabalho cabe com os esforços baseados nas comunidades?

Como este trabalho cabe com os esforços baseados nas comunidades? Morbidez e Mortalidade dos Adultos no Moçambique: Prevalência e Estratégias para os Agregados Familiares Rurais que Enfretam Adversidade D. Mather, C. Donovan, H. Marrule, e A. Alage 6 de Novembro, 2003

Leia mais

Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil

Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil Plano Agrícola Primeiro e Pecuário Relatório de Avaliação Nacional PAP 2013/2014 sobre Mudanças Climáticas ROSEMEIRE SANTOS Superintendente Técnica Nelson

Leia mais

Mitigação e Adaptação da Agricultura às Mudanças Climáticas

Mitigação e Adaptação da Agricultura às Mudanças Climáticas Seminário de Avaliação de Impacto sobre as Adaptações da Agricultura Dakar, 26 a 29 de abril de 2011 Mitigação e Adaptação da Agricultura às Mudanças Climáticas KLEBER SANTOS Brasília, 27 de abril de 2011

Leia mais

A Estrutura e Tendência da Despesa Pública Agrícola em Moçambique

A Estrutura e Tendência da Despesa Pública Agrícola em Moçambique Dezembro 2011 Relatorios de Pesquisa 70P A Estrutura e Tendência da Despesa Pública Agrícola em Moçambique Helder Zavale Gilead Mlay Duncan Boughton Adriano Chamusso Helder Gemo e Pius Chilonda Este relatório

Leia mais

A BATATILCULTURA E A SUSTENTABILIDADE NA CHAPADA DIAMANTINA, BAHIA. Produção Integrada da Batata Período: 31/07 a 01/08/2007 Araxá Minas Gerais

A BATATILCULTURA E A SUSTENTABILIDADE NA CHAPADA DIAMANTINA, BAHIA. Produção Integrada da Batata Período: 31/07 a 01/08/2007 Araxá Minas Gerais A BATATILCULTURA E A SUSTENTABILIDADE NA CHAPADA DIAMANTINA, BAHIA Produção Integrada da Batata Período: 31/07 a 01/08/2007 Araxá Minas Gerais CARACTERIZAÇÃO GEOGRÁFICA COORDENADAS GEOGRÁFICAS: LAT:13º

Leia mais

REVISTA DE MARKETING TERRITORIAL DO DISTRITO DE MORRUMBENE

REVISTA DE MARKETING TERRITORIAL DO DISTRITO DE MORRUMBENE REPUBLICA DE MOÇAMBIQUE Governo Distrital de Morrumbene REVISTA DE MARKETING TERRITORIAL DO DISTRITO DE MORRUMBENE Morrumbene, celeiro da província na produção de hortícolas e manga, pioneiro na industrialização

Leia mais

Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal SIPOV. Helena Pan Rugeri Engª Agrº Fiscal Federal Agropecuário

Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal SIPOV. Helena Pan Rugeri Engª Agrº Fiscal Federal Agropecuário Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal SIPOV Helena Pan Rugeri Engª Agrº Fiscal Federal Agropecuário DEFESA AGROPECUÁRIA Áreas de atuação: 1 - INSUMOS: sementes, fertilizantes, agrotóxicos,

Leia mais

Evolução da Produção Regional dos Principais Grãos (2010-2015)

Evolução da Produção Regional dos Principais Grãos (2010-2015) Evolução da Produção Regional dos Principais Grãos (2010-2015) Gráfico 1 Evolução da produção de grãos (Em milhões de toneladas) A produção brasileira de cereais, leguminosas e oleaginosas cresceu, em

Leia mais

Relatório mensal, por Núcleo Regional, referente ao desenvolvimento das lavouras de Goiás safra 2011/2012 levantamento divulgado em Abril/2012

Relatório mensal, por Núcleo Regional, referente ao desenvolvimento das lavouras de Goiás safra 2011/2012 levantamento divulgado em Abril/2012 Relatório mensal, por Núcleo Regional, referente ao desenvolvimento das lavouras de Goiás safra 2011/2012 levantamento divulgado em Abril/2012 Núcleo 1 Matrinchã, Jussara e região. Os trabalhos estão concentrados

Leia mais

Programa de Assistência para Projectos Comunitários Embaixada do Japão Informação 2015

Programa de Assistência para Projectos Comunitários Embaixada do Japão Informação 2015 Programa de Assistência para Projectos Comunitários Embaixada do Japão Informação 2015 Visão Geral O Governo do Japão reconhece a importância dos projectos de desenvolvimento ao nível das bases que podem

Leia mais

Regulamento de Atribuição de Subsídios de Instalação a Jovens Agricultores Portugueses que Iniciem Actividade em Moçambique

Regulamento de Atribuição de Subsídios de Instalação a Jovens Agricultores Portugueses que Iniciem Actividade em Moçambique Regulamento de Atribuição de Subsídios de Instalação a Jovens Agricultores Portugueses que Iniciem Actividade em Moçambique (D.R., II Série, n.º 173, de 27/07/99) 1 Breve descrição do programa Este programa

Leia mais

M O Ç A M B I Q U E INSTITUTO DO ALGODÃO DE MOÇAMBIQUE RELATÓRIO SOBRE O

M O Ç A M B I Q U E INSTITUTO DO ALGODÃO DE MOÇAMBIQUE RELATÓRIO SOBRE O INSTITUTO DO ALGODÃO M O Ç A M B I Q U E INSTITUTO DO ALGODÃO DE MOÇAMBIQUE RELATÓRIO SOBRE O PONTO DE SITUAÇÃO DO SUBSECTOR DO ALGODÃO I TRIMESTRE DE 2012 (Campanhas 2010/11 e 2011/12) MAPUTO, Abril de

Leia mais

Climate Change and Market Access: Challenges in Mozambique

Climate Change and Market Access: Challenges in Mozambique Climate Change and Market Access: Smallholder Market Challenges in Mozambique Introdução 1. Processo de Produção ao Mercado 2. Efeitos das Mudanças Climáticas na Agricultura e Acesso ao Mercado 3. Acções

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DO ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO 2015. (Versão Preliminar)

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DO ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO 2015. (Versão Preliminar) REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DO ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO 2015 (Versão Preliminar) Maio de 2015 1 Orçamento Cidadão 2015 Visão: Assegurar a participação

Leia mais

PIB do Agronegócio CEPEA-USP/CNA Janeiro a abril de 2008 NÚMEROS BONS E ESTÁVEIS PARA O AGRONEGÓCIO EM ABRIL

PIB do Agronegócio CEPEA-USP/CNA Janeiro a abril de 2008 NÚMEROS BONS E ESTÁVEIS PARA O AGRONEGÓCIO EM ABRIL NÚMEROS BONS E ESTÁVEIS PARA O AGRONEGÓCIO EM ABRIL O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio brasileiro estimado pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Universidade de São Paulo (Cepea),

Leia mais

MODULO 2: INQUÉRITO AO NIVEL DO MEMBRO PRODUTOR

MODULO 2: INQUÉRITO AO NIVEL DO MEMBRO PRODUTOR REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE Ministério de Agricultura e Desenvolvimento Rural Departamento de Análise de Políticas/Instituto de Algodão de Moçambique Inquérito aos Agregados Familiares da Provincia de Nampula

Leia mais

Estrutura da Apresentação. 1. Conceitos. 2. Características da Amazônia Legal. 4. Considerações Finais

Estrutura da Apresentação. 1. Conceitos. 2. Características da Amazônia Legal. 4. Considerações Finais PROPOSTA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA PARA A AMAZONIA Elisio Contini, Geraldo Martha Jr. e Marcos Pena I Congresso de Engenheiros Agrônomos da Amazônia Belém, 22 a 25 de Novembro de 2010 Estrutura da Apresentação

Leia mais

M O Ç A M B I Q U E INSTITUTO DO ALGODÃO DE MOÇAMBIQUE RELATÓRIO SOBRE O

M O Ç A M B I Q U E INSTITUTO DO ALGODÃO DE MOÇAMBIQUE RELATÓRIO SOBRE O INSTITUTO DO ALGODÃO M O Ç A M B I Q U E INSTITUTO DO ALGODÃO DE MOÇAMBIQUE RELATÓRIO SOBRE O PONTO DE SITUAÇÃO DO SUBSECTOR DO ALGODÃO IV TRIMESTRE DE 2014 (Campanhas 2012/13, 2013/14 e 2014/15) MAPUTO,

Leia mais

L A T I N A M E R I C A

L A T I N A M E R I C A SAFRA 2008 2009: TENDÊNCIAS E DESAFIOS DEFENSIVOS AGRÍCOLAS Engº Agrº José Otavio Menten Diretor Executivo ANDEF Associação Nacional de Defesa Vegetal 01/10/2008 ABMR / SP SAFRA 2008 2009 TENDÊNCIAS E

Leia mais

Cadeia da Olericultura

Cadeia da Olericultura Cadeia da Olericultura Olericultura A olericultura é a área da horticultura que abrange a exploração de hortaliças e que engloba culturas folhosas, raízes, bulbos, tubérculos, frutos diversos e partes

Leia mais

Impactos da Adoção da Tecnologia Intacta. Monsanto

Impactos da Adoção da Tecnologia Intacta. Monsanto Impactos da Adoção da Tecnologia Intacta Monsanto 11 de junho de 2013 1 Objetivo do trabalho 2 Objetivo do presente trabalho é demonstrar a importância econômica da utilização da tecnologia no aumento

Leia mais

A Metrologia na Gestão da Segurança a dos Alimentos e os Impactos sobre as Exportações. Visão do Campo

A Metrologia na Gestão da Segurança a dos Alimentos e os Impactos sobre as Exportações. Visão do Campo A Metrologia na Gestão da Segurança a dos Alimentos e os Impactos sobre as Exportações Visão do Campo METROALIMENTOS 2008 24/09/2008 José Luiz Viana de Carvalho OBJETIVOS Barreiras não-tarifárias Boas

Leia mais

Parcerias com selo de excelência

Parcerias com selo de excelência Parcerias com selo de excelência I. Apresentação do Grupo Promor II. Rações III. Produção Animal IV. Indústria de Carnes V. Selecção Genética Parcerias com selo de excelência I. Apresentação do Grupo

Leia mais

LEI Nº 7.043, DE 8 DE OUTUBRO DE 2007

LEI Nº 7.043, DE 8 DE OUTUBRO DE 2007 LEI Nº 7.043, DE 8 DE OUTUBRO DE 2007 Publicada no DOE(Pa) de 09.10.07. Dispõe sobre Política Estadual para a Promoção do Uso de Sistemas Orgânicos de Produção Agropecuária e Agroindustrial. Lei: A ASSEMBLÉIA

Leia mais

Agronegócio Sul-mato-grossense

Agronegócio Sul-mato-grossense Agronegócio Sul-mato-grossense (cenário atual, perspectivas e desafios) Eduardo Riedel Presidente do Sistema Famasul Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso do Sul Sistema Sindical

Leia mais

Rotação milho e soja para aumento do rendimento

Rotação milho e soja para aumento do rendimento Rotação milho e soja para aumento do rendimento Para mais informações contacte: O seu agente de extensão ou Departamento de Formação Documentação e Difusão do IIAM/CZC Contacto: +25123692 Chimoio, Moçambique.

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA TERRA, AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO RURAL DIRECÇÃO NACIONAL DO AMBIENTE. Unidade Técnica do REDD+

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA TERRA, AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO RURAL DIRECÇÃO NACIONAL DO AMBIENTE. Unidade Técnica do REDD+ REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA TERRA, AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO RURAL DIRECÇÃO NACIONAL DO AMBIENTE Unidade Técnica do REDD+ Consulta Pública Regional Sul Gaza sobre EN-REDD+ e FIP Realizou-se

Leia mais

Audiência Parlamentar Internacional em Moçambique Maputo, 19 de Setembro de 2009 1. ELECTRIFICAÇÃO RURAL EM MOÇAMBIQUE Moçambique é rico em recursos energéticos, como é o caso da energia hidroeléctrica,

Leia mais

Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar - PGPAF

Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar - PGPAF Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar - PGPAF O QUE É O PGPAF? Programa do Governo Federal que garante aos agricultores familiares que tem financiamento no âmbito do Pronaf a indexação

Leia mais

10º LEVANTAMENTO DE SAFRAS DA CONAB - 2012/2013 Julho/2013

10º LEVANTAMENTO DE SAFRAS DA CONAB - 2012/2013 Julho/2013 10º LEVANTAMENTO DE SAFRAS DA CONAB - 2012/2013 Julho/2013 1. INTRODUÇÃO O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), por meio da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), realiza sistematicamente

Leia mais

INSTITUTO DE INVESTIGAÇÃO AGRÁRIA DE MOÇAMBIQUE. Direcção de Formação, Documentação e Transferência de Tecnologias

INSTITUTO DE INVESTIGAÇÃO AGRÁRIA DE MOÇAMBIQUE. Direcção de Formação, Documentação e Transferência de Tecnologias INSTITUTO DE INVESTIGAÇÃO AGRÁRIA DE MOÇAMBIQUE Direcção de Formação, Documentação e Transferência de Tecnologias Relatórios Preliminares de Pesquisa Rentabilidade da produção de arroz com utilização de

Leia mais