IBERSENDER 2009 ENCONTRO IBÉRICO DE PEDESTRIANISMO PROGRAMA DO IBERSENDER 2009 ARCOS DE VALDEVEZ - PORTUGAL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "IBERSENDER 2009 ENCONTRO IBÉRICO DE PEDESTRIANISMO PROGRAMA DO IBERSENDER 2009 ARCOS DE VALDEVEZ - PORTUGAL"

Transcrição

1 PROGRAMA DO IBERSENDER 2009 ARCOS DE VALDEVEZ - PORTUGAL ORGANIZAÇÃO: APOIO:

2 APRESENTAÇÃO Os percursos pedestres constituem hoje equipamentos de vital importância para o conhecimento e promoção de um território, contribuindo para a conservação da natureza e do património humano e assume uma importante componente, a qual devidamente aproveitada, favorece o desenvolvimento socio-económico das comunidades residentes. O Alto Minho é por excelência o solar dos percursos pedestres, onde os dez concelhos que constituem esta região se encontram, ano após ano, a expandir as suas redes municipais de percursos, para receber um número de praticantes pedestrianistas cada vez mais numeroso. Os percursos pedestres no Alto Minho, devido à paisagem diversificada da região, ao seu conservado património, aos costumes e tradições, aos produtos locais e às características climáticas, têm-se tornado um produto turístico de elevada atracção, sendo hoje um destino do turismo ou desporto pedestre. O Território do Concelho de Arcos de Valdevez é desde sempre um espaço de destino dos praticantes dos desportos de montanha, onde o pedestrianismo apresenta o maior índice de procura. Fruto desta procura, entidades como o Parque Nacional da Penedia Geres, que neste espaço de montanha criou os primeiros percursos marcados e sinalizados, a ADERE-Peneda Geres que contribuiu para um novo despoletar dos percursos pedestres em convergência com a European Ramblers Association e ultimamente, num trabalho notoriamente impulsionador do livre acesso à montanha com politicas e acções de desenvolvimento sustentável, estabelecidas na Carta de Montanha dos Arcos de Valdevez, a ARDAL que, com o apoio do Município de Arcos de Valdevez, tem vindo a desenvolver, um esforço titânico, na criação de equipamentos que contribuam para o acesso, a dispersão controlada de quem visita a região e a diversificação económica. Sendo assim, o território de Arcos de Valdevez constitui um destino preferencial para todo o praticante e amante dos desportos de montanha especialmente para os inúmeros adeptos do pedestrianismo, que encontram aqui um considerável número de itinerários para todos os gostos: pequenas e grandes rotas, rotas de montanha, percursos interpretativos, arqueológicos, etnográficos, ecológicos e desportivos. Por esta importante razão, foi o território escolhido pelo Clube Celtas do Minho, para arrancar com o 1o grande evento de promoção do pedestrianismo organizado e das redes de percursos pedestres da Península Ibérica, lançando assim as bases para a 1a edição do IBERSENDER em território nacional. Este evento ibérico será organizado pelo Clube Celtas do Minho e conta com a parceria, pelo lado da vizinha Espanha, do Club Alpino Madrileno, tendo o apoio do Município de Arcos de Valdevez, da ARDAL e da Federação Portuguesa de Montanhismo e Escalda e conta ainda, com a estreita colaboração da ADERE Peneda Geres e do Parque Nacional da Peneda-Geres. Certamente este evento, sendo o primeiro de muitos a realizar no território ibérico, será uma grande festa para o pedestrianismo europeu, no âmbito do programa Walking with Neighbors promovido pela FERP/ERA (Federação Europeia de Percursos Pedestres).

3 ENQUADRAMENTO Serra da Peneda-Soajo A Serra da Peneda, definida pelos rios Minho e Lima é a quinta maior elevação de Portugal Continental, com cerca de metros de altitude no seu ponto mais elevado Pedrada. Situa-se na região do Alto Minho, fazendo parte do sistema montanhoso da Peneda-Gerês. Trata-se de uma zona montanhosa, essencialmente granítica, de fortes declives. A abundância de vales e ravinas proporcionam uma rede hidrográfica de grande densidade, permitindo o desenvolvimento de uma valiosa variedade de espécies arbóreas e arbustivas. O povoamento da Serra da Peneda ocupa a meia encosta, entre os 400 e os 800 metros de altitude, onde encontramos os lugares fixos e um considerável número de brandas. Acima destas cotas encontramos apenas as brandas de gado ou de cultivo. Pelo seu rico e valioso património natural e humano, grande parte do território encontra-se classificado como área protegida incluída no Parque Nacional da Peneda-Gerês, desde a fundação da área protegida, em sendo o único Parque Nacional de Portugal. Os Percursos Pedestres GR Travessia da Peneda-Soajo Este percurso pedestre de grande rota promovido pela ARDAL, com cerca de 75 km, permite-nos percorrer por caminhos florestais, trilhos pastoris e caminhos lageados a majestosa Serra da Peneda. Percorrendo o Vale do Vez, o glaciar, o plateau de montanha e o Vale da Peneda e Laboreiro, poderemos estreitar contacto com os costumes das comunidades pastoris, visitar as brandas, os fojos de lobo, aldeias típicas de montanha, ou lugares emblemáticos como Mezio, Sistelo, Meadinha, Sr.ª da Peneda, Fraga da Nédia e Soajo. Em 3 dias de marcha o pedestrianista poderá percorrer uma das mais belas paisagens de montanha.. PR Trilho do Glaciar do Vez Este percurso pedestre de pequena rota parte de um pequeno lugar Porto Cova, da freguesia de Sistelo incrustado nas faldas da Peneda, na encosta poente. Devido à paisagem em socalco é conhecido pelos montanheiros como o pequeno Tibete. O percurso segue um caminho lajeado, levando-nos a visitar diversas brandas e o extinto glaciar, com os famosos penedos aborregados.

4 PR Trilho do Mezio Este percurso pedestre de pequena rota é o mais curto de todos os itinerários da Peneda. Promovido pelo Parque Nacional da Peneda-Gerês, trata-se um trilho interpretativo que percorre junto à Porta do Mezio, um espaço florestal de grande beleza, constituído por bétulas, pinheiros silvestres, áceres e cedros de oregon. Igualmente o pedestrianista poderá observar mamoas e a Branda de Mosqueiros. PR Trilho das Brandas Este belo percurso de montanha é um percurso pedestre de pequena rota promovido pela ADERE-Peneda Gerês. O percurso parte da Gavieira para levar-nos à Branda de cultivo de Gorbelas e daí à Branda de gado da Seida, a qual foi erguida em pleno plateau de montanha, numa paisagem de singular beleza, onde também se destaca o monumental fojo de lobo, uma secular armadilha para dar caça a este animal. PR Trilho da Mistura das Águas Este percurso pedestre de pequena rota promovido pela ARDAL permite-nos visitar os rústicos e bucólicos lugares da freguesia de Gavieira e, percorrer o rio Peneda até ao local onde as suas águas se misturam com as águas do rio Laboreiro, num espaço idílico sobranceiro à majestosa Fraga das Pastorinhas. PR Trilho da Peneda Este percurso pedestre de pequena rota promovido pela ADERE Peneda Gerês localiza-se em plena da Serra da Peneda para levar-nos a visitar uma das zonas mais emblemáticas desta região de montanha o Santuário de Peneda e a Meadilha - ambas pertencentes à freguesia de Gavieira. Nestes típicos lugares podemos observar os campos fechados com os seus muros de pedra solta, as eiras e os conjuntos de espigueiros, enquadrados numa paisagem de grande exuberância.

5 PR Trilho do Ramil Este percurso pedestre de pequena rota promovido pela ARDAL. O itinerário percorre a encosta nascente da Serras da Peneda e Soajo, no extremo este do concelho de montanha de Arcos de Valdevez e envolve o território da freguesia de Soajo, percorrendo parte do lugar de Cunhas. O ponto notável deste percurso é a Branda de Ramil, uma branda de cultivo dos lugares de Cunhas e da Vila, da freguesia do Soajo.

6 PROGRAMA 10 de Junho de Quarta-feira 10h00 - Abertura do IBERSENDER 2009 Parque de Campismo de Travanca Hastear das Bandeiras dos Clubes Participantes Recepção e Inscrição dos Participantes Distribuição das Lembranças Individuais 14h00 - Saída em Autocarro para Visita ao Soajo e Peneda 18h00 - Regresso da Visita 11 de Junho de Quinta-feira 08h00 - Saída para o GR Travessia da Peneda: Troço Travanca - Sistelo Distância Percorrida: 19 km Duração da Marcha: 8h Grau de Dificuldade: Moderado/Difícil Saída em Autocarro para o PR Trilho do Glaciar do Vez Distância Percorrida:12,8 km Duração da Marcha: 5h30 Grau de Dificuldade: Moderado 15h30 - Saída para o PR Trilho do Mezio (Trilho para crianças a partir dos 4 anos) Distância Percorrida: 3 km Duração da Marcha: 2h Grau de Dificuldade: Muito Fácil 19h00 - Regresso dos participantes em autocarro 12 de Junho de Sexta-feira 08h00 - Saída para o GR Travessia da Peneda: Troço Sistelo - Peneda Distância Percorrida: 25 km Duração da Marcha: 8h Grau de Dificuldade: Moderado/Difícil Saída em Autocarro para o PR Trilho das Brandas Distância Percorrida: 8 km Duração da Marcha: 5h00 Grau de Dificuldade: Fácil/Moderado Saída em Autocarro para o PR Trilho da Mistura das Águas Distância Percorrida: 8 km Duração da Marcha: 3h30 Grau de Dificuldade: Fácil 15h30 - Saída para o PR Trilho do Mezio (Trilho para crianças a partir dos 4 anos) Distância Percorrida: 3 km Duração da Marcha: 2h Grau de Dificuldade: Muito Fácil 19h00 - Regresso dos participantes em autocarro

7 21h00 - Reunião dos representantes das colectividades para debater a situação do pedestrianismo e dos percursos pedestres 13 de Junho de Sábado 08h00 - Saída para o GR Travessia da Peneda: Peneda - Soajo Distância Percorrida: 25 km Duração da Marcha: 8h Grau de Dificuldade: Moderado/Difícil Saída em Autocarro para o PR Trilho da Peneda Distância Percorrida: 9,5 km Duração da Marcha: 5h30 Grau de Dificuldade: Moderado 15h30 - Saída para o PR Trilho do Ramil (Trilho para crianças a partir dos 6 anos) Distância Percorrida: 4 km Duração da Marcha: 2h Grau de Dificuldade: Fácil 18h00 - Regresso dos participantes em autocarro 20h00 - Convívio Ibérico Gastronómico Música Tradicional Nomeação da Entidade Organizadora do IBERSENDER 2010 (Espanha) Distribuição de Lembranças às Colectividades 14 de Junho de Domingo 12h00 - Encerramento do IBERSENDER 2009

8 REGULAMENTO O IBERSENDER 2009, organizado pelo Clube Celtas do Minho realiza-se na Serra da Peneda-Soajo, Concelho de Arcos de Valdevez, nos dias 10, 11, 12, 13 e 14 de Junho de O Secretariado do IBERSENDER 2009 funcionará no Parque de Campismo de Travanca, na Freguesia de Cabana Maior, onde igualmente decorrerá o encontro. Inscrições: As inscrições colectivas (Clubes, Associações, Grupos de Escoteiros, Agrupamentos de Escuteiros, Escolas, etc.) deverão realizar-se até ao dia 05 de Junho de 2009, através da Ficha de Inscrição Colectiva, disponível on line no site do Clube Celtas do Minho e cujo preenchimento e envio é da responsabilidade da própria entidade colectiva. As inscrições individuais deverão realizar-se até ao dia 05 de Junho de 2009, através da Ficha de Inscrição Individual, disponível on line no site do Clube Celtas do Minho e cujo preenchimento e envio é da responsabilidade individual do participante. Os participantes aquando o preenchimento da ficha de inscrição deverão indicar a actividade que pretendem realizar e para que dia. Acampamento/Alojamento O Acampamento não faz parte da organização do evento, apenas é aberto o Parque de Campismo por parte da entidade gestora (ADERE-Peneda Gerês) para receber e apoiar os participantes do IBERSENDER, visto que normalmente durante este período encontra-se encerrado, abrindo somente a 1 de Julho. Os participantes que não desejem acampar poderão optar por instalar-se nas diversas tipologias de alojamento oferecidas via Central de Reservas de ADERE-PG. Lembranças As lembranças colectivas e individuais estão asseguradas apenas para as entidades e participantes inscritos dentro do prazo limite. Haverá um prémio especial para a entidade com mais participantes. Haverá um prémio especial para a entidade mais longínqua. Haverá um prémio individual para o participante mais velho. Haverá um prémio individual para o participante mais jovem. Convívio Gastronómico Ibérico Esta festa tem como objectivo lo convívio entre os participantes e a promoção de cada região. Assim cada clube deverá trazer algum prato ou produto típico da sua região (pão, queijos, vinhos, fumeiro, doçaria, etc.).

9 TAXAS DE INSCRIÇÃO 5 Dias do IBERSENDER Adulto: 20 euros Jovem entre os 7 e 14 anos: 10 euros Criança até 6 anos: Grátis Actividade Isolada do IBERSENDER (1 Dia ou 1 Trilho) Adulto: 10 euros Jovem entre os 7 e 14 anos: 5 euros Criança até 6 anos: 3 euros Nota: No preço está incluído as viagens de autocarro para os percursos, os guias, as camisolas e as lembranças do IBERSENDER Os clubes, associações e famílias com mais de 5 elementos terão em desconto de 20% na inscrição. O preço do acampamento é à parte do IBERSENDER e tem o seguinte valor (inclui 15% de desconto), sendo pago no próprio Parque de Campismo: Preço por pessoa por noite: 2,90 euros Preço por tenda pequena: 2,80 euros Preço do automóvel: 2,80 euros Preço da moto: 1,90 euros Preço da corrente eléctrica: 1,09 euros NOTA: As inscrições efectuadas ou recebidas após o prazo limite de inscrição terão um acréscimo de 20%.

10 COLABORAÇÃO:

Regulamento para a utilização do PDA com receptor GPS para a realização e interpretação de percursos pedestres no PNPG

Regulamento para a utilização do PDA com receptor GPS para a realização e interpretação de percursos pedestres no PNPG Regulamento para a utilização do PDA com receptor GPS para a realização e interpretação de percursos pedestres no PNPG 1. Os PDA s com receptor GPS, adiante designados por PDA s, constituem uma ferramenta

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PORTA DO MEZIO ARCOS DE VALDEVEZ PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Olá, sou o Lobito, a mascote da Porta do Mezio. Vem comigo descobrir as atividades que podes fazer na Porta do Mezio! 2013/2014 Localizado

Leia mais

região madeira acaporama adrama madeira leste e porto santo madeira norte e oeste projetos leader 122

região madeira acaporama adrama madeira leste e porto santo madeira norte e oeste projetos leader 122 TERRITÓRIO região madeira madeira leste e porto santo acaporama 124 madeira norte e oeste adrama 126 projetos leader 122 minha terra 123 acaporama território madeira leste e porto santo www.acaporama.org

Leia mais

PORTAS DO PARQUE NACIONAL DA PENEDA-GERÊS Programas de eventos e actividades de visitação

PORTAS DO PARQUE NACIONAL DA PENEDA-GERÊS Programas de eventos e actividades de visitação PORTAS DO PARQUE NACIONAL DA PENEDA-GERÊS Programas de eventos e actividades de visitação PORTA DO LINDOSO Sábado - 29 de Maio Pinturas faciais (motivo das pinturas: fauna do Parque Nacional da Peneda-Gerês)

Leia mais

www.skyroad-granfondo.com

www.skyroad-granfondo.com www.skyroad-granfondo.com APRESENTAÇÃO Após as duas edições do Granfondo SKYROAD Aldeias do Xisto, o conceito e a marca SKYROAD consolidaram-se definitivamente no panorama dos eventos desportivos para

Leia mais

Asssociação Portuguesa de Aprendizagem Intercultural R. Wanda Ramos, Lote 13 - Lojas * 1900-917 Lisboa * Portugal : 218 479 104-961 295 604-912 893

Asssociação Portuguesa de Aprendizagem Intercultural R. Wanda Ramos, Lote 13 - Lojas * 1900-917 Lisboa * Portugal : 218 479 104-961 295 604-912 893 As ociação Portuguesa de Aprendizagem Intercultural Asssociação Portuguesa de Aprendizagem Intercultural R. Wanda Ramos, Lote 13 - Lojas * 1900-917 Lisboa * Portugal : 218 479 104-961 295 604-912 893 858

Leia mais

1. Circuito Turístico A

1. Circuito Turístico A TURISMO DE LISBOA E VALE DO TEJO PROGRAMAS DE VISITA NO RIBATEJO 1. Circuito Turístico A Ponto de partida: Santarém Ponto de chegada: Santarém Duração: Um dia Programa para grupos 9:00H Partida de Santarém

Leia mais

Estratégia Territorial de Valorização do Parque Nacional da Peneda-Gerês 2014-2020. Refoios, 16 de setembro 2014

Estratégia Territorial de Valorização do Parque Nacional da Peneda-Gerês 2014-2020. Refoios, 16 de setembro 2014 Estratégia Territorial de Valorização do Parque Nacional da Peneda-Gerês 2014-2020 Refoios, 16 de setembro 2014 ENQUADRAMENTO W N E Território do PNPG: MELGAÇO ARCOS DE VALDEVEZ PONTE DA BARCA TERRAS DE

Leia mais

Florestar Sustentabilidade da Floresta

Florestar Sustentabilidade da Floresta 1. ENQUADRAMENTO 1.1 INTRODUÇÃO O Projecto Florestar Sustentabilidade da Floresta com intervenção na região Norte (distritos de Bragança, Vila Real, Braga e área de intervenção do Parque Nacional da Peneda-Gerês)

Leia mais

CARTA EUROPEIA DE TURISMO SUSTENTÁVEL DO ALTO MINHO

CARTA EUROPEIA DE TURISMO SUSTENTÁVEL DO ALTO MINHO CARTA EUROPEIA DE TURISMO SUSTENTÁVEL DO ALTO MINHO 3ª Reunião do Fórum Ponte de Lima, 07 de julho de 2015 5 Reuniões da ETP ( 35 pax/ 87 part) 7 Reuniões municipais (70 pessoas) 2 Reuniões do Fórum (97

Leia mais

PORTUGAL EMOTIONS CASA DA CALDEIRA

PORTUGAL EMOTIONS CASA DA CALDEIRA TURISMO REGIÃO CENTRO 2014 PORTUGAL EMOTIONS CASA DA CALDEIRA Enoturismo Sabores da Rolha ROTEIRO TURÍSTICO Z. CENTRO Sabores da Rolha propõe uma visita a uma região rica em diversidade cultural e paisagística

Leia mais

Rede Social PRÉ DIAGNÓSTICO PARTICIPADO

Rede Social PRÉ DIAGNÓSTICO PARTICIPADO PRÉ DIAGNÓSTICO PARTICIPADO PRÉ DIAGNÓSTICO SOCIAL PARTICIPADO CONCELHO DE FAFE Com este documento pretende-se, antes de mais, efectuar uma breve e sucinta caracterização do Concelho de Fafe seguido de

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PORTAS DO PARQUE NACIONAL DA PENEDA-GERÊS CENTRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DO VIDOEIRO ANO LECTIVO 2010/2011 Programa elaborado no âmbito do Projecto Gestão e Dinamização da

Leia mais

O campismo desportivo no MMSC

O campismo desportivo no MMSC O campismo desportivo no MMSC Tal como todas as outras modalidades desportivas, o campismo desenvolve-se no seio dos clubes e manifesta-se não em competições em que vence a melhor equipa em campo, o mais

Leia mais

Freguesia de Gouveia

Freguesia de Gouveia PROGRAMA DE OCUPAÇÃO DE TEMPOS LIVRES DA FREGUESIA REGULAMENTO 1º Objecto O Programa de Ocupação de Tempos Livres promovido pela Junta de Freguesia, tem por objectivo proporcionar a ocupação saudável dos

Leia mais

Comercialização e Inovação em Espaços Rurais e Naturais

Comercialização e Inovação em Espaços Rurais e Naturais Comercialização e Inovação em Espaços Rurais e Naturais Paulo Almeida Lopes Roteiros do Brasil 29.Maio.2010 O projecto Oficina da Natureza OBJECTIVOS DO PROJECTO Identificar e desenvolver novas práticas

Leia mais

Sessão de Divulgação do Subprograma 3 do PRODER

Sessão de Divulgação do Subprograma 3 do PRODER Sessão de Divulgação do Subprograma 3 do PRODER Vendas Novas 27 de Janeiro de 2012 SUBPROGRAMA 3 - Dinamização das Zonas Rurais 3.1 DIVERSIFICAÇÃO DA ECONOMIA E CRIAÇÃO DE EMPREGO 3.1.1 Diversificação

Leia mais

Politicas Municipais de Apoio à Criança

Politicas Municipais de Apoio à Criança Politicas Municipais de Apoio à Criança MUNICIPIO DA MOITA DASC / Divisão de Assuntos Sociais Projectos Dirigidos à Comunidade em Geral Bibliotecas - Biblioteca Fora d Horas - Pé Direito Juventude - Férias

Leia mais

PROGRAMA. 1. Descrição geral 1-6

PROGRAMA. 1. Descrição geral 1-6 PROGRAMA 1. Descrição geral Este percurso pedestre irá decorrer nas zonas serranas nas proximidades de Lamego, região bem conhecida pelos seus produtos de fumeiro, os quais dão o nome ao evento. Após o

Leia mais

REGULAMENTO DE PESCA DESPORTIVA NA ALBUFEIRA DE VASCOVEIRO

REGULAMENTO DE PESCA DESPORTIVA NA ALBUFEIRA DE VASCOVEIRO REGULAMENTO DE PESCA DESPORTIVA NA ALBUFEIRA DE VASCOVEIRO Julho 2013 PREÂMBULO A Barragem de Vascoveiro foi construída com o objetivo de fornecer água à cidade de Pinhel e a algumas freguesias do Concelho.

Leia mais

Valorizar os produtos da terra. Melhorar a vida das nossas aldeias. documento síntese para consulta e debate público 9 Fev 2015

Valorizar os produtos da terra. Melhorar a vida das nossas aldeias. documento síntese para consulta e debate público 9 Fev 2015 PROGRAMA VISEU RURAL Valorizar os produtos da terra Melhorar a vida das nossas aldeias documento síntese para consulta e debate público 9 Fev 2015 CONSELHO ESTRATÉGICO DE VISEU Apresentação. O mundo rural

Leia mais

Determinação da Aptidão para a Prática de Desportos de Natureza em Áreas Protegidas. Luís Quinta-Nova lnova@ipcb.pt

Determinação da Aptidão para a Prática de Desportos de Natureza em Áreas Protegidas. Luís Quinta-Nova lnova@ipcb.pt Determinação da Aptidão para a Prática de Desportos de Natureza em Áreas Protegidas Luís Quinta-Nova lnova@ipcb.pt Enquadramento Decreto-Lei n.º 108/2009, de 15 de Maio - Enquadramento legal das atividades

Leia mais

REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL XCM 2009

REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL XCM 2009 REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL XCM 2009 1. INTRODUÇÃO 1.1- O CAMPEONATO NACIONAL XCM é um troféu oficial da UVP/Federação Portuguesa de Ciclismo e consta de uma prova única. A prova do Campeonato Nacional

Leia mais

Os Percursos Pedestres nos AçoresA

Os Percursos Pedestres nos AçoresA Os Percursos Pedestres nos AçoresA Importância para a Monitorização e Valorização das Áreas Ambientais S. Diogo Caetano,, Eva A. Lima, Rita Melo, Teófilo Braga e Luís s N. Botelho Subida ao Pico da Vara,

Leia mais

Viagens Abreu - Alvará Nº 35 / 58 Avenida 25 de Abril, 2 Edifício Abreu 2795-195 Linda-a-Velha

Viagens Abreu - Alvará Nº 35 / 58 Avenida 25 de Abril, 2 Edifício Abreu 2795-195 Linda-a-Velha MADRID é a capital e a maior cidade de Espanha, tal como o município de Madrid e a Comunidade autónoma de Madrid. A cidade foi edificada junto às margens do rio Manzanares, no centro do país. Devido à

Leia mais

PLANO REGIONAL ORDENAMENTO FLORESTAL DO TÂMEGA

PLANO REGIONAL ORDENAMENTO FLORESTAL DO TÂMEGA PLANO GIONAL ORDENAMENTO FLOSTAL DO TÂMEGA Objectivos específicos comuns a) Diminuir o número de ignições de incêndios florestais; b) Diminuir a área queimada; c) Reabilitação de ecossistemas florestais:

Leia mais

Grandes Rotas Um Património Cultural Europeu

Grandes Rotas Um Património Cultural Europeu Grandes Rotas Um Património Cultural Europeu Grande Rota Transeuropeia E7 Constância, 6 de Maio de 2011 Pedro Cuiça Director Técnico de Montanha da FCMP Vice-Presidente da Comissão de Percursos Pedestres

Leia mais

Carta Europeia de Turismo Sustentável no Parque Nacional da Peneda Gerês. III Jornadas da Rede Ibérica Cazorla, 14-16 Fevereiro 2008

Carta Europeia de Turismo Sustentável no Parque Nacional da Peneda Gerês. III Jornadas da Rede Ibérica Cazorla, 14-16 Fevereiro 2008 III Jornadas da Rede Ibérica Cazorla, 14-16 Fevereiro 2008 Primeira AP criada em Portugal (1971) A única AP com estatuto de Parque Nacional Área 70 hectares População: 9000 habitantes Baixa Limia-Serra

Leia mais

enewsletter NOVEMBRO`09

enewsletter NOVEMBRO`09 Página Web 1 de 7 enewsletter NOVEMBRO`09 www.centralprojectos.pt Central Projectos conquista estatuto de PME Líder A Central Projectos foi recentemente reconhecida como PME Líder pelo IAPMEI no âmbito

Leia mais

Duração da Prova: 120 minutos. Tolerância: 30 minutos. Na folha de respostas, indique de forma legível a versão da prova.

Duração da Prova: 120 minutos. Tolerância: 30 minutos. Na folha de respostas, indique de forma legível a versão da prova. EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Escrita de Geografia A 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Prova 719/2.ª Fase 16 Páginas Duração da Prova: 120 minutos. Tolerância:

Leia mais

PROGRAMA SÁBADO 3 DE JULHO DOMINGO 4 DE JULHO SEGUNDA-FEIRA 5 DE JULHO

PROGRAMA SÁBADO 3 DE JULHO DOMINGO 4 DE JULHO SEGUNDA-FEIRA 5 DE JULHO PORTUGAL PROGRAMA SÁBADO 3 DE JULHO» Saída de Campinas no voo inaugurau da TAP Portugal para Lisboa» Recolha no Aeroporto em Bus Climatizado e transfer para Hotel em Sintra» Tarde (livre): Sintra - Passeio

Leia mais

Desafio Fotografia Alto Minho 2020

Desafio Fotografia Alto Minho 2020 Desafio Fotografia Alto Minho 2020 Preâmbulo O DESAFIO FOTOGRAFIA ALTO MINHO 2020 é a designação do concurso organizado pela Comunidade Intermunicipal do Minho-Lima, no âmbito da elaboração do Plano de

Leia mais

Após muitos anos como Operadora de Turismo, o Clube Viajar começou a sua atividade como operador de Incoming sob o nome de PORTUGAL HOLIDAYS.

Após muitos anos como Operadora de Turismo, o Clube Viajar começou a sua atividade como operador de Incoming sob o nome de PORTUGAL HOLIDAYS. Após muitos anos como Operadora de Turismo, o Clube Viajar começou a sua atividade como operador de Incoming sob o nome de PORTUGAL HOLIDAYS. Assim, foram selecionados profissionais experientes nessa área

Leia mais

CAPÍTULO VIII APROVEITAMENTO DE BENS DESTINADOS A UTILIZAÇÃO DO PÚBLICO

CAPÍTULO VIII APROVEITAMENTO DE BENS DESTINADOS A UTILIZAÇÃO DO PÚBLICO TABELA DE TAXAS E LICENÇAS CAPÍTULO VIII APROVEITAMENTO DE BENS DESTINADOS A UTILIZAÇÃO DO PÚBLICO Utilização das instalações do complexo municipal de piscinas de Santa Marta de Penaguião (Art. 5º do Regulamento

Leia mais

MAPA 1. DEMARCAÇÃO GEOGRÁFICA DO CONCELHO DE RIBEIRA BRAVA E RESPECTIVAS FREGUESIAS. Fonte:www.geocities.com/Heartland/Plains/9462/map.

MAPA 1. DEMARCAÇÃO GEOGRÁFICA DO CONCELHO DE RIBEIRA BRAVA E RESPECTIVAS FREGUESIAS. Fonte:www.geocities.com/Heartland/Plains/9462/map. 8. Ribeira Brava MAPA 1. DEMARCAÇÃO GEOGRÁFICA DO CONCELHO DE RIBEIRA BRAVA E RESPECTIVAS FREGUESIAS Fonte:www.geocities.com/Heartland/Plains/9462/map.html (adaptado) A vila de Ribeira Brava, situada no

Leia mais

INQUÉRITO À PERMANÊNCIA DE HÓSPEDES NOS ALOJAMENTOS PARTICULARES

INQUÉRITO À PERMANÊNCIA DE HÓSPEDES NOS ALOJAMENTOS PARTICULARES R e g i ã o A u t ó n o m a d o s A ç o r e s V i c e - P r e s i d ê n c i a d o G o v e r n o S E R V I Ç O R E G I O N A L D E E S T A T Í S T I C A D O S A Ç O R E S INQUÉRITO À PERMANÊNCIA DE HÓSPEDES

Leia mais

APLICAÇÃO DE CRM AO PODER LOCAL

APLICAÇÃO DE CRM AO PODER LOCAL APLICAÇÃO DE CRM AO PODER LOCAL Autor: Pedro Miguel da Silva Fernandes Pág. 1 (de 5) PDF processed with CutePDF evaluation edition www.cutepdf.com APLICAÇÃO DE CRM AO PODER LOCAL Entende-se um sistema

Leia mais

1 M O N Ç Ã O & M E L G A Ç O

1 M O N Ç Ã O & M E L G A Ç O 1 MONÇÃO & MELGAÇO Monção e Melgaço pertence à Região Demarcada dos Vinhos Verdes, uma das regiões vitícolas mais antigas de Portugal. Esta região centenária situa-se no noroeste de Portugal e o facto

Leia mais

PROGRAMA. 1. Descrição geral 1-5

PROGRAMA. 1. Descrição geral 1-5 PROGRAMA 1. Descrição geral O percurso pedestre, denominado Rota do Fumeiro, irá decorrer nas zonas serranas nas proximidades de Lamego, região bem conhecida pelos seus produtos de fumeiro, os quais dão

Leia mais

REGULAMENTO GERAL JOGOS DESPORTIVOS 2011. 1 Introdução

REGULAMENTO GERAL JOGOS DESPORTIVOS 2011. 1 Introdução REGULAMENTO GERAL JOGOS DESPORTIVOS 1 Introdução Fazerem parte de uma equipa, aperceberem-se de que sozinhos e isolados muito pouco conseguirão, entenderem o valor da amizade e do apoio dos companheiros,

Leia mais

O Mosaico Agro-Florestal e a Biodiversidade

O Mosaico Agro-Florestal e a Biodiversidade O Mosaico Agro-Florestal e a Biodiversidade Comissão de Protecção da Natureza 23 de Abril de 2012 PARTE 1 João da Fonseca Caldeira Cabral Introdução A Paisagem como a Vida é constituída por equilíbrios

Leia mais

Sessão de Divulgação do Subprograma 3 do PRODER

Sessão de Divulgação do Subprograma 3 do PRODER Sessão de Divulgação do Subprograma 3 do PRODER Vendas Novas 30 de Outubro de 2012 SUBPROGRAMA 3 - Dinamização das Zonas Rurais 3.1 DIVERSIFICAÇÃO DA ECONOMIA E CRIAÇÃO DE EMPREGO 3.1.1 Diversificação

Leia mais

Senhor Presidente Senhoras e Senhores Deputados Senhora e Senhores Membros do Governo

Senhor Presidente Senhoras e Senhores Deputados Senhora e Senhores Membros do Governo Turismo Ex.mo Senhor Presidente da Assembleia Legislativa da Região Autónoma, dos Açores Com a intenção de contrariar a desertificação, fenómeno preocupante nas ilhas pequenas com especial incidência na

Leia mais

P019 NAT Chapada Diamantina / BA

P019 NAT Chapada Diamantina / BA P019 NAT Chapada Diamantina / BA INTRODUÇÃO AO DESTINO Localizada no coração da Bahia, a Chapada Diamantina é considerada um oásis em pleno sertão nordestino, com temperaturas amenas e reduto para diversas

Leia mais

III Congresso Internacional da Montanha. Desporto e Turismo Activo

III Congresso Internacional da Montanha. Desporto e Turismo Activo II Congresso Internacional da Montanha Desporto e Turismo Activo 23 a 25 de Novembro de 2007 Organização: Estoril Auditório do Centro Escolar - ESHTE www.cim-estoril.com Apresentação Na sequência das duas

Leia mais

Associação de Futebol do Porto Rua António Pinto Machado, n.º 96 4100 068 Porto

Associação de Futebol do Porto Rua António Pinto Machado, n.º 96 4100 068 Porto Rua António Pinto Machado, n.º 96 4100 068 Porto CIRCULAR N.º 109-2014/2015 - RECTIFICADA - COMUNICADO OFICIAL Para conhecimento e orientação dos clubes filiados, SAD s, SDUQ's, Árbitros, comunicação Social

Leia mais

Turismo no espaço rural: instrumentos financeiros previstos e formação Investimento na Beira Interior Sul Expectativas PDR

Turismo no espaço rural: instrumentos financeiros previstos e formação Investimento na Beira Interior Sul Expectativas PDR Turismo no espaço rural: instrumentos financeiros previstos e formação Investimento na Beira Interior Sul Expectativas PDR informação: DGADR ADRACES GPP Paulo Pires Águas Luís Quinta-Nova Isabel Castanheira

Leia mais

Rede Social do Concelho de Pampilhosa da Serra

Rede Social do Concelho de Pampilhosa da Serra Rede Social do Concelho de Pampilhosa da Serra O Plano de para o ano de 2006 constitui-se enquanto instrumento de trabalho tendo sido construído com base no Plano Desenvolvimento Social. Apresenta um conjunto

Leia mais

Plano de Comunicação e Educação para a Sustentabilidade

Plano de Comunicação e Educação para a Sustentabilidade Plano de Comunicação e Educação para a Sustentabilidade Versão 2.0 de 4 de Junho de 2007 Promotores: Co-financiamento: Introdução A Agenda 21 do Vale do Minho é um processo de envolvimento dos cidadãos

Leia mais

Dossier Promocional. Hotel Príncipe da Beira Fundão

Dossier Promocional. Hotel Príncipe da Beira Fundão Dossier Promocional Hotel Príncipe da Beira Fundão 1 1. Contexto e Oportunidade 2. Localização do Imóvel 3. Características Gerais do Imóvel 4. Descrição Detalhada 5. Condições de Comercialização 6. Contactos

Leia mais

Inovação, Cultura, Ambiente e Biodiversidade

Inovação, Cultura, Ambiente e Biodiversidade Inovação, Cultura, Ambiente e Biodiversidade O projecto SONS DO ARCO RIBEIRINHO SUL acompanha o OUT.FEST Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro, e procura, através de uma abordagem artística

Leia mais

REGULAMENTO DESAFIO DAS SERRAS 2016 SERRA DA MANTIQUEIRA SÃO FRANCISCO XAVIER

REGULAMENTO DESAFIO DAS SERRAS 2016 SERRA DA MANTIQUEIRA SÃO FRANCISCO XAVIER REGULAMENTO DESAFIO DAS SERRAS 2016 SERRA DA MANTIQUEIRA SÃO FRANCISCO XAVIER O Desafio das Serras é um evento de 2 dias, a ser realizado nos dias 03 e 04 de setembro, na Serra da Mantiqueira São Francisco

Leia mais

Artigo 1º Âmbito. Artigo 2º Área Geográfica de Intervenção

Artigo 1º Âmbito. Artigo 2º Área Geográfica de Intervenção ADRIL ASSOCIAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO RURAL INTEGRADO DO LIMA Artigo 1º Âmbito 1-O presente regulamento tem por objectivo definir os normativos técnicos, administrativos e financeiros do Programa de Iniciativa

Leia mais

Intervenção de Vítor J. Amaral Vergamota Presidente da Associação Nacional do Turismo Equestre

Intervenção de Vítor J. Amaral Vergamota Presidente da Associação Nacional do Turismo Equestre 1º Congresso Internacional do TURISMO EQUESTRE Intervenção de Vítor J. Amaral Vergamota Presidente da Associação Nacional do Turismo Equestre 1 TURISMO EQUESTRE EM PORTUGAL 1. INTRODUÇÃO Falar de Turismo

Leia mais

PROGRAMA. 21:00 Jantar no hotel 9:00-9:50 Registo dos participantes no PALALEVICO

PROGRAMA. 21:00 Jantar no hotel 9:00-9:50 Registo dos participantes no PALALEVICO VI CONGRESSO EUROPEU DE CONFRARIAS ENOGASTRONÓMICAS TERMAS DE LEVICO 7, 8 E 9 DE NOVEMBRO DE 2008 OS COSTUMES GASTRONÓMICOS EUROPEUS E A COMIDA POPULAR VINHO E ÁGUA A ANTIGA TERAPIA DE SAÚDE PROGRAMA DATA

Leia mais

FESTA DO BASQUETEBOL JUVENIL PORTIMÃO 8 A 11 DE ABRIL 2010

FESTA DO BASQUETEBOL JUVENIL PORTIMÃO 8 A 11 DE ABRIL 2010 FESTA DO BASQUETEBOL JUVENIL PORTIMÃO 8 A 11 DE ABRIL 2010 Tal como em anos anteriores, vai desenrolar-se também este ano em Portimão o que já é considerado o maior evento desportivo dedicado ao Basquetebol

Leia mais

CONCURSO EMPREENDER BATALHA TURISMO

CONCURSO EMPREENDER BATALHA TURISMO CONCURSO EMPREENDER BATALHA TURISMO Pressupostos iniciais O Concurso Empreender BATALHA-TURISMO tem como principal objetivo estimular o surgimento de negócios inovadores, criados por jovens residentes

Leia mais

METAMORFOSES NA PAISAGEM PELA TURISTIFICAÇÃO DO RURAL EM UBERLÂNDIA - MG

METAMORFOSES NA PAISAGEM PELA TURISTIFICAÇÃO DO RURAL EM UBERLÂNDIA - MG METAMORFOSES NA PAISAGEM PELA TURISTIFICAÇÃO DO RURAL EM UBERLÂNDIA - MG Raphaella Karla Portes Beserra raphaella_udi@hotmail.com Geografia - Universidade Federal de Uberlândia 375 Resumo Jéssica Soares

Leia mais

Capítulo 5 A Geografia da União Europeia

Capítulo 5 A Geografia da União Europeia Capítulo 5 A Geografia da União Europeia A Europa é um Continente? América Do Norte EUROPA Ásia OCEANO ÁRTICO América Central África OCEANO PACÍFICO América do Sul OCEANO ATLÂNTICO OCEANO ÍNDICO Oceania

Leia mais

Picos da Europa Cantábria, Astúria e Léon - Espanha

Picos da Europa Cantábria, Astúria e Léon - Espanha Trekking Nível 3 (1 mín / 5max) Picos da Europa Cantábria, Astúria e Léon - Espanha 3 dias de caminhada moderada 4 noites em refúgios/hotéis de montanha de 9/6 a 13/6 Montes e Vales uma história para contar

Leia mais

PROGRAMA DESPORTO DE NATUREZA EM ÁREAS PROTEGIDAS

PROGRAMA DESPORTO DE NATUREZA EM ÁREAS PROTEGIDAS PROGRAMA DESPORTO DE NATUREZA EM ÁREAS PROTEGIDAS Decreto Regulamentar n.º 18/99, de 27 de Agosto (Alterado pelo Decreto Regulamentar n.º 17/2003, de 10 de Outubro) Âmbito...2 Definições...2 Tipologia...3

Leia mais

MAPA 1. DEMARCAÇÃO GEOGRÁFICA DO CONCELHO DE CÂMARA DE LOBOS E RESPECTIVAS FREGUESIAS

MAPA 1. DEMARCAÇÃO GEOGRÁFICA DO CONCELHO DE CÂMARA DE LOBOS E RESPECTIVAS FREGUESIAS 2. CÂMARA DE LOBOS MAPA 1. DEMARCAÇÃO GEOGRÁFICA DO CONCELHO DE CÂMARA DE LOBOS E RESPECTIVAS FREGUESIAS Fonte: www.geocities.com/heartland/plains/9462/map.html (adaptado) Localizada na vertente sul da

Leia mais

O novo PDM é um instrumento para concretizar 7 grandes objetivos, uma nova visão estratégica de Lisboa.

O novo PDM é um instrumento para concretizar 7 grandes objetivos, uma nova visão estratégica de Lisboa. O novo PDM é um instrumento para concretizar 7 grandes objetivos, uma nova visão estratégica de Lisboa. Recuperar os habitantes perdidos na última década, nos próximos 10 anos ATRAIR MAIS HABITANTES Como?

Leia mais

Programa Director de Inovação, Competitividade e Empreendedorismo para o Município de Penela. Anexos. Sociedade Portuguesa de Inovação 1

Programa Director de Inovação, Competitividade e Empreendedorismo para o Município de Penela. Anexos. Sociedade Portuguesa de Inovação 1 Anexos Sociedade Portuguesa de Inovação 1 ANEXO A ENQUADRAMENTO GEOGRÁFICO Penela Penela Figura 1: Rede Rodoviária e Ferroviária Nacional. Fonte. http://www.dgotdu.pt/presentationlayer/dgotdu_site_ordcart00.aspx

Leia mais

PROGRAMA PEREGRINAÇÃO A ROMA

PROGRAMA PEREGRINAÇÃO A ROMA PROGRAMA PEREGRINAÇÃO A ROMA 13 a 17 de Fevereiro 2010 5 dias É um prazer receber-vos em Roma! A nossa viagem decorrerá de 13 a 17 de Fevereiro de 2010. Itinerário: 1º DIA Sábado (13 de Fevereiro de 2010)

Leia mais

Confraria dos Gastrónomos do Algarve

Confraria dos Gastrónomos do Algarve Sabores da Serra ao Mar A Confraria dos Gastrónomos do Algarve tendo em vista a promoção e confraternização do movimento Confrádico, tem a honra de o convidar para o seu, XI Grande Capítulo e IV Gala dos

Leia mais

Estágio Ironconde Abril 2015

Estágio Ironconde Abril 2015 Estágio Ironconde Abril 2015 www.ironconde.com Estágio Ironconde Abril de 2015 Este estágio de triatlo oferece a oportunidade de treinar com um dos melhores treinadores triatlo de Portugal. Nosso objectivo

Leia mais

Alojamentos no Concelho de Gouveia

Alojamentos no Concelho de Gouveia Hotel Eurosol Gouveia Categoria: Hotel 3 estrelas Morada: Av. 1.º de Maio 6290-541 Gouveia Telefone: 238491010 Internet: www.eurosol.pt E-mail: gouveia@eurosol.pt N.º de quartos: 48 N.º de camas: 85 Estabelecimentos

Leia mais

Plano Anual Curricular Estudo do Meio - 1º Ciclo -

Plano Anual Curricular Estudo do Meio - 1º Ciclo - Plano Anual Curricular Estudo do Meio - 1º Ciclo - Estudo do Meio 1º Ano 1º Período 2º Período 3º Período À descoberta de si mesmo - A sua identificação Conhecer a sua identificação Conhecer o seu nome

Leia mais

Projecto Lei n.º 736/X/4.ª ELEVAÇÃO DA POVOAÇÃO DA MADALENA A VILA. I Enquadramento histórico

Projecto Lei n.º 736/X/4.ª ELEVAÇÃO DA POVOAÇÃO DA MADALENA A VILA. I Enquadramento histórico Projecto Lei n.º 736/X/4.ª ELEVAÇÃO DA POVOAÇÃO DA MADALENA A VILA I Enquadramento histórico A Madalena, é uma povoação do concelho de Vila Nova de Gaia, com sinais de presença humana desde tempos imemoriais,

Leia mais

natura Campo de ferias surf adventures acampamento Verao 2010 Programa de Ocupação de Tempos Livres naturasines actividades de ar livre

natura Campo de ferias surf adventures acampamento Verao 2010 Programa de Ocupação de Tempos Livres naturasines actividades de ar livre acampamento Verao 2010 naturasines actividades de ar livre Programa de Ocupação de Tempos Livres Vem apanhar umas ondas connosco! A Naturasines, propõe um Programa de Férias em regime de acampamento, a

Leia mais

Museu de Alverca 07-02-14 até 02-03-14

Museu de Alverca 07-02-14 até 02-03-14 Museu de Alverca 07-02-14 até 02-03-14 Na próxima 6ª feira, pelas 19:30, vai inaugurar no Museu de Alverca a 2ª parte de uma exposição colectiva intitulada "Momentos de Luz. O Clube OGMA convida todos

Leia mais

IV Aquatlo da Calheta 2015 IV Aquatlo Jovem da Calheta 2015 IV Aquabike do Paul do Mar 2015

IV Aquatlo da Calheta 2015 IV Aquatlo Jovem da Calheta 2015 IV Aquabike do Paul do Mar 2015 IV Aquatlo da Calheta 2015 IV Aquatlo Jovem da Calheta 2015 IV Aquabike do Paul do Mar 2015 07 e 08 de MARÇO de 2015 Distância Sprint: 700m Natação / 5 km corrida 1. ORGANIZAÇÃO / ENQUADRAMENTO REGULAMENTO

Leia mais

Em 2014, os dez principais mercados da RAEM foram como segue: Países e regiões Número de Percentagem (%)

Em 2014, os dez principais mercados da RAEM foram como segue: Países e regiões Número de Percentagem (%) Turismo A indústria do turismo é o pilar mais importante da economia de Macau. Para concretizar o objectivo de longo prazo da construção de Macau como Centro Mundial de Turismo e Lazer, a Direcção dos

Leia mais

Integrado do Vale do Minho. Av. Miguel Dantas, n.º 69. 4930-678 Valença. Tel.: +351 251 825 811/2. Fax: +351 251 825 620. adriminho@mail.telepac.

Integrado do Vale do Minho. Av. Miguel Dantas, n.º 69. 4930-678 Valença. Tel.: +351 251 825 811/2. Fax: +351 251 825 620. adriminho@mail.telepac. Eixo 3 do PRODER Dinamização das zonas Rurais Englobam no eixo 3 do PRODER Abordagem Leader as seguintes Medidas e Acções Medida 3.1 Diversificação da Economia e Criação de Emprego 3.1.1 Diversificação

Leia mais

ENCONTROS PATRIMONIAIS: CONHEÇA O PATRIMÓNIO E PROMOVA-O TURISMO NO ESPAÇO RURAL: OFERTAS A VALORIZAR

ENCONTROS PATRIMONIAIS: CONHEÇA O PATRIMÓNIO E PROMOVA-O TURISMO NO ESPAÇO RURAL: OFERTAS A VALORIZAR ENCONTROS PATRIMONIAIS: CONHEÇA O PATRIMÓNIO E PROMOVA-O TURISMO NO ESPAÇO RURAL: OFERTAS A VALORIZAR O TER Turismo no Espaço Rural representa o maior dos desafios para conhecer, interpretar e promover

Leia mais

NORMAS DE ADMISSÃO DE SÓCIOS À AGENCIA REGIONAL DE PROMOÇÃO TURÍSTICA DO ALENTEJO TURISMO DO ALENTEJO

NORMAS DE ADMISSÃO DE SÓCIOS À AGENCIA REGIONAL DE PROMOÇÃO TURÍSTICA DO ALENTEJO TURISMO DO ALENTEJO NORMAS DE ADMISSÃO DE SÓCIOS À AGENCIA REGIONAL DE PROMOÇÃO TURÍSTICA DO ALENTEJO TURISMO DO ALENTEJO CAPITULO I Disposições Gerais 1. Âmbito As presentes normas têm como finalidade estabelecer as regras

Leia mais

Projectar o Algarve no Futuro

Projectar o Algarve no Futuro Projectar o Algarve no Futuro Os Novos Desafios do Algarve Região Digital paulo.bernardo@globalgarve.pt 25 Maio 2007 Auditório Portimão Arena Um mundo em profunda mudança O Mundo enfrenta hoje um processo

Leia mais

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015 PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015 APROVADO EM SESSÃO PLENÁRIA DO CLAS 21 DE MAIO DE 2013 1 NOTA INTRODUTÓRIA O Diagnóstico Social constituiu a base de trabalho da ação dos Parceiros Locais.

Leia mais

35o. CAMPEONATO BRASILEIRO DE TIRO COM ARCO Copa Sulbrasileira Paraolímpico Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul 1o. a 5 de Novembro de 2009

35o. CAMPEONATO BRASILEIRO DE TIRO COM ARCO Copa Sulbrasileira Paraolímpico Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul 1o. a 5 de Novembro de 2009 35o. CAMPEONATO BRASILEIRO DE TIRO COM ARCO Copa Sulbrasileira Paraolímpico Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul 1o. a 5 de Novembro de 2009 Informações complementares A Federação Gaúcha de Arco & Flecha

Leia mais

Especialmente elaborada para: Soluções criativas para viagens inesquecíveis

Especialmente elaborada para: Soluções criativas para viagens inesquecíveis Especialmente elaborada para: Soluções criativas para viagens inesquecíveis Douro 06 a 08 de Outubro de 2016 Itinerário 1º Dia 06 Outubro - LISBOA / COIMBRA / PORTO Em hora e local a informar, partida

Leia mais

QUINTA DO ANJO EM IMAGENS,

QUINTA DO ANJO EM IMAGENS, Separata do boletim do Museu Municipal de Palmela nº10 QUINTA DO ANJO EM IMAGENS, NOS 80 ANOS DA FREGUESIA Comemora-se, em 2008, o 80º aniversário da criação das freguesias de Pinhal Novo e Quinta do Anjo.

Leia mais

INTERVENÇÃO TERRITORIAL INTEGRADA PENEDA-GERÊS

INTERVENÇÃO TERRITORIAL INTEGRADA PENEDA-GERÊS INTERVENÇÃO TERRITORIAL INTEGRADA PENEDA-GERÊS Para a conservação dos recursos naturais é necessário a manutenção de alguns sistemas agrícolas e florestais com eles relacionados. O PRODER incentiva os

Leia mais

AGENDA 21 LOCAL E AUDITORIA URBANA DE GUIMARÃES

AGENDA 21 LOCAL E AUDITORIA URBANA DE GUIMARÃES AGENDA 21 LOCAL E AUDITORIA URBANA DE GUIMARÃES PRINCIPAIS PROBLEMAS EXISTENTES E GRANDES OPÇÕES DE QUALIDADE DE VIDA PARA O FUTURO 3 de Março de 2004 Elaborado para e Por CIVITAS Centro de Estudos sobre

Leia mais

GEOGRAFIA DO RIO GRANDE DO SUL

GEOGRAFIA DO RIO GRANDE DO SUL GEOGRAFIA DO RIO GRANDE DO SUL 1. Posição e situação geográfica. O Rio Grande do Sul é o estado mais meridional do Brasil, localiza-se no extremo sul do país. Tem um território de 282.062 km 2, ou seja,

Leia mais

Expedição ACP a Marrocos 2013 De 9 a 16 de Fevereiro (semana do carnaval)

Expedição ACP a Marrocos 2013 De 9 a 16 de Fevereiro (semana do carnaval) Expedição ACP a Marrocos 2013 De 9 a 16 de Fevereiro (semana do carnaval) O ACP vai promover uma expedição de jipe a Marrocos, aberta aos Sócios do clube. A viagem é exclusiva a viaturas 4x4 (jipe), as

Leia mais

A BIOMASSA FLORESTAL PRIMARIA

A BIOMASSA FLORESTAL PRIMARIA A BIOMASSA FLORESTAL PRIMARIA Entende-se por biomassa florestal primaria (BFP) a fração biodegradável dos produtos gerados e que são processados com fins energéticos. Nos casos dos reflorestamentos, a

Leia mais

os CENSOS vão às ESCOLAS » ensino secundário XV recenseamento geral da população V recenseamento geral da habitação

os CENSOS vão às ESCOLAS » ensino secundário XV recenseamento geral da população V recenseamento geral da habitação os CENSOS vão às ESCOLAS» ensino secundário XV recenseamento geral da população CENSOS 2011 V recenseamento geral da habitação NÍVEL DE ENSINO IDADES LIGAÇÕES CURRICULARES Ensino Secundário 15-18 Geografia

Leia mais

O encanto do sul do VIETNAME

O encanto do sul do VIETNAME O encanto do sul do VIETNAME + estadia na praia Uma viagem pelo fascínio da cidade de Ho Chi Minh e pela exuberância do delta do Mekong, complementada por relaxante estadia nas belas praias Dia 1 Portugal

Leia mais

Uma abordagem à visão de Portugal

Uma abordagem à visão de Portugal Uma abordagem à visão de Portugal Como é que os operadores turísticos podem contribuir para um novo posicionamento XXXVIII Congresso da APAVT: Potenciar Recursos, Romper Bloqueios, Ganhar Mercado painel

Leia mais

MINHO INOVAÇÃO APRESENTAÇÃO AOS PROMOTORES DE PROJETOS COMPLEMENTARES

MINHO INOVAÇÃO APRESENTAÇÃO AOS PROMOTORES DE PROJETOS COMPLEMENTARES APRESENTAÇÃO AOS PROMOTORES DE PROJETOS COMPLEMENTARES O QUE É UMA ESTRATÉGIA DE EFICIÊNCIA COLETIVA PROVERE? É uma iniciativa conjunta levada a cabo por uma parceria / consórcio que integra entidades

Leia mais

Campeonato Nacional de Voo à Vela Évora, 21-28 Julho 2007

Campeonato Nacional de Voo à Vela Évora, 21-28 Julho 2007 Boletim Número 3 Junho de 2007 1. Localização O campeonato terá lugar no Aeródromo Municipal de Évora Indicativo Oficial ICAO: LPEV Frequência rádio TWR: 122.700 Mhz. Pistas Azimute Dimensões Superfície

Leia mais

As Comunidades Locais e a Delimitação no contexto da Estratégia de Desenvolvimento Rural

As Comunidades Locais e a Delimitação no contexto da Estratégia de Desenvolvimento Rural REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO ESTATAL Direcção Nacional de Promoção do Desenvolvimento Rural As Comunidades Locais e a Delimitação no contexto da Estratégia de Desenvolvimento Rural

Leia mais

RELATÓRIO SANTA VITÓRIA SANTA VITÓRIA 1/19. VERSÃO FINAL. Julho de 2013

RELATÓRIO SANTA VITÓRIA SANTA VITÓRIA 1/19. VERSÃO FINAL. Julho de 2013 1/19 Relatório População Na freguesia de Santa Vitória, para além da sede de freguesia, existe outro aglomerado urbano com importância que possui PU definido no âmbito do PDM de Beja actualmente em vigor

Leia mais

Portugal: Destino Competitivo?

Portugal: Destino Competitivo? Turismo O Valor Acrescentado da Distribuição Portugal: Destino Competitivo? Luís Patrão Turismo de Portugal, ip Em 2006 Podemos atingir 7.000 milhões de euros de receitas turísticas Teremos perto de 37,5

Leia mais

Especialmente criado para: Soluções criativas para empresas vencedoras

Especialmente criado para: Soluções criativas para empresas vencedoras Especialmente criado para: Soluções criativas para empresas vencedoras Alentejo 08 a 10 de Abril 2016 Itinerário 1º Dia 08 de Abril (Sex.) LISBOA / TRÓIA / CASTRO VERDE Em hora e local a combinar, partida

Leia mais

Catarina Bernardina de (...) Cardozo, dos bens que ficaram por falecimento de seu marido e Pai, o Coronel Manuel José Cardozo

Catarina Bernardina de (...) Cardozo, dos bens que ficaram por falecimento de seu marido e Pai, o Coronel Manuel José Cardozo CASA DA BREIA A Casa da Breia situa-se no lugar da Breia, na freguesia de S. Paio de Jolda neste concelho de Arcos de Valdevez. Temos notícias da casa, como propriedade da família, através de um testamento

Leia mais

1-O 10º BTT TÁBUA - MK MAKINAS é promovida e organizada pela MK MAKINAS Associação de Desportos e realiza-se no dia 07 de Junho de 2015.

1-O 10º BTT TÁBUA - MK MAKINAS é promovida e organizada pela MK MAKINAS Associação de Desportos e realiza-se no dia 07 de Junho de 2015. Organização 1-O 10º BTT TÁBUA - MK MAKINAS é promovida e organizada pela MK MAKINAS Associação de Desportos e realiza-se no dia 07 de Junho de 2015. 2-Esta é uma associação sem fins lucrativos, com o objetivo

Leia mais

Ficha de Protocolo. Resumo do Protocolo. Contactos da Entidade

Ficha de Protocolo. Resumo do Protocolo. Contactos da Entidade Ficha de Protocolo Resumo do Protocolo Entidade: Pedras d el Rei e Pedras da Rainha Local: Tavira Serviços/Produtos: Alojamento turístico Benefícios e Vantagens: Notas: 01 Novembro 2014 a 27 Março 2015

Leia mais

PROGRAMA CULTURA SOCIAL PROJETO FÉRIAS DESPORTIVAS 2016 NORMAS DE PARTICIPAÇÃO

PROGRAMA CULTURA SOCIAL PROJETO FÉRIAS DESPORTIVAS 2016 NORMAS DE PARTICIPAÇÃO PROGRAMA CULTURA SOCIAL PROJETO FÉRIAS DESPORTIVAS 2016 NORMAS DE PARTICIPAÇÃO I - PROMOÇÃO Este projeto encontra-se inserido no Programa Cultura Social, programa de Voluntariado e Ocupação de Tempos Livres

Leia mais