Estereoscopia Digital no Ensino da Química AGRADECIMENTOS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Estereoscopia Digital no Ensino da Química AGRADECIMENTOS"

Transcrição

1 AGRADECIMENTOS O findar desta dissertação é o momento indicado para agradecer ao Professor Doutor João Carlos de Matos Paiva pela sua grande ajuda, pela disponibilidade sempre manifestada, pelo seu empenho e pelo seu entusiasmo contagiante, mesmo nas alturas de maior desânimo. À Professora Doutora Maria Teresa Pereira Leite que sempre acreditou nas minhas capacidades, as valorizou e me encorajou a ingressar neste Mestrado. Aos meus condiscípulos Vítor Marmelo e Ana Cláudia Barroso, pela ajuda manifesta e coragem que me deram para trabalhar sempre mais e melhor. E por fim, mas não sendo os últimos, agradeço aos professores e alunos que fizeram parte do estudo prático desta investigação, cuja participação tão entusiasta foi muito valiosa. 1

2 RESUMO A imagem é uma ferramenta muito poderosa no ensino da Química, qualquer que seja o nível de escolaridade. A estereoscopia proporciona a vantagem dessas imagens serem tridimensionais num ambiente 2D, seja ele uma folha de papel ou um ecrã de computador. Estereoscopia Digital no Ensino da Química pretendeu explorar a utilização de moléculas 3D, bem como a averiguar se a utilização um site de figuras estereoscópicas (elaborado para este trabalho) como recurso pedagógico ajudará os alunos a compreenderem melhor a geometria molecular e isomerismo. Em termos gerais, a revisão bibliográfica do presente trabalho de dissertação compreendeu uma pesquisa acerca de tecnologias de informação e comunicação no ensino, sobre as dificuldades mais comuns no que diz respeito à geometria molecular e ainda reflectiu um pouco sobre os aspectos de usabilidade em sites de educação. O site Estereoscopia Digital no Ensino da Química foi aplicado a um conjunto de alunos do 12º ano (que resolveram um roteiro de exploração), a professores de Físico-Química, de modo a investigar a sua familiaridade com as tecnologias, e ainda a uma especialista em usabilidade. A metodologia de investigação foi qualitativa, baseada nas entrevistas realizadas a todos os intervenientes. Da sua análise extraíram-se algumas conclusões: os professores revelaram afastamento das tecnologias e da sua utilização nas aulas; os alunos também confessaram que as tecnologias também não fazem parte importante da sua vida académica, nem em casa nem na escola. No entanto, todos mostraram uma boa aceitação do site Estereoscopia Digital no Ensino da Química e confessaram que este se pode tornar numa poderosa ferramenta no ensino da geometria e isómeros. O especialista em usabilidade referiu alguns aspectos gráficos a melhorar e sugeriu a implementação de ferramentas importantes de exploração e navegação do site. A etapa final do trabalho centrou-se numa análise auto-crítica do recurso pedagógico produzido e da metodologia de investigação utilizada, e também se reflectiu acerca de sugestões para trabalhos futuros. 2

3 ABSTRACT The picture is a very powerful tool in the teaching of chemistry, whatever level it is. Stereoscopy allows the advantage of 3D pictures in a 2D environment, on a sheet of paper or a computer screen. Digital Stereoscopy in the Teaching of Chemistry intended to explore the use of 3D molecules as well as to investigate the usefulness of a site with stereoscopic pictures (structured for this work) as a pedagogical resource that will help students to understand better the molecular geometry and the isomerism. In general, the bibliographic revision of this dissertation included also a research on the information and communication technologies in the teaching, the most common difficulties in what concerns molecular geometry and it also considered some aspects on the usability of educational sites. The site Digital Stereoscopy in the Teaching of Chemistry was used in a 12 th form group of students (who used an exploration guide book), among teachers of Chemistry, so that we could study their familiarity concerning technologies, and it was also used with an expert on the usability of sites. The research methodology was qualitative, based on interviews with all the intervenients. From its analysis we have come to these conclusions: teachers showed to be far away from technologies and its use in class, students have also confessed that technologies have not an important role in their academic life, nor at home neither at school. However, all of them showed enthusiasm with the site Digital Stereoscopy in the Teaching of Chemistry and stated that this can become an important tool in the teaching of geometry and isomerism. The expert on the usability of sites referred some graphical aspects still to improve and suggested the introduction of important exploration and navigation site tools. The final stage of this work has centred itself in a self-critic analysis of the pedagogical resource produced and the investigation methodology used, as well as a reflection on some suggestions for future works. 3

4 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO REVISÃO DA LITERATURA TIC e Educação As TIC na Escola Potencialidades e limitações pedagógicas das TIC Integração das TIC na Escola e no currículo Integração de TIC no Ensino básico Integração de TIC no Ensino Secundário Software Educativo Avaliação de Software Educativo A estereoscopia Aspectos de usabilidade de sites em educação Estrutura molecular e ensino da química Estrutura molecular e os curricula Algumas generalidades sobre estrutura molecular Moléculas em que o átomo central não tem dupletos de electrões não ligantes Moléculas em que o átomo central tem um ou mais pares isolados Isomerismo Concepções alternativas em estrutura molecular Aspectos metodológicos na investigação em educação Estudo de caso A entrevista como estratégia de aquisição de informação DESCRIÇÃO DO PROTÓTIPO Algumas especificidades do site ESTUDO DE CAMPO Metodologia utilizada Descrição da amostra e detalhe do estudo Instrumentos de inquirição Alguns resultados Análise dos resultados (Alunos)

5 Análise das folhas de resposta Análise das entrevistas Análise das entrevistas (Professores) Análise da entrevista (Especialista em usabilidade) NOTAS FINAIS Conclusões finais Protótipo e contexto educativo Metodologia do estudo Auto-crítica, Reformulações e Propósitos BIBLIOGRAFIA ANEXOS Guiões das entrevistas Roteiros de Exploração Transcrição das Entrevistas

Universidade da Beira Interior. Departamento de Psicologia e Educação

Universidade da Beira Interior. Departamento de Psicologia e Educação Universidade da Beira Interior Departamento de Psicologia e Educação A RELEVÂNCIA DO ENSINO DAS CIÊNCIAS PARA A CIDADANIA AO NÍVEL DO 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO MARIA JOSÉ DE SOUSA PESTANA Dissertação de

Leia mais

As Novas Tecnologias como componente da. Formação, de 1º ciclo, em Serviço Social

As Novas Tecnologias como componente da. Formação, de 1º ciclo, em Serviço Social Instituto Superior Miguel Torga Escola Superior de Altos Estudos Cláudia Sofia da Costa Duarte As Novas Tecnologias como componente da Formação, de 1º ciclo, em Serviço Social Dissertação de Mestrado em

Leia mais

Estratégias de TI para a integração eletrônica da informação - um estudo sobre o estado da arte e da prática

Estratégias de TI para a integração eletrônica da informação - um estudo sobre o estado da arte e da prática Daniel Valente Serman Estratégias de TI para a integração eletrônica da informação - um estudo sobre o estado da arte e da prática Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pós-graduação

Leia mais

Critérios de Avaliação

Critérios de Avaliação Critérios de Avaliação 1.º Ciclo do Ensino Básico CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 1º CICLO Critérios de Avaliação, 1º Ciclo - Ano Letivo 2014-15 Página 1 de 10 1. Domínios de avaliação: AGRUPAMENTO DE ESCOLAS N.º

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE: CONCEPÇÕES E PRÁTICAS DOS PROFESSORES DA REDE MUNICIPAL DE ARACAJU

EDUCAÇÃO FÍSICA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE: CONCEPÇÕES E PRÁTICAS DOS PROFESSORES DA REDE MUNICIPAL DE ARACAJU MARCONE CONCEIÇÃO DE OLIVEIRA EDUCAÇÃO FÍSICA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE: CONCEPÇÕES E PRÁTICAS DOS PROFESSORES DA REDE MUNICIPAL DE ARACAJU Orientador: Leonardo Rocha Universidade Lusófona de Humanidades e

Leia mais

5. NOTAS FINAIS. 5.1. Conclusões finais

5. NOTAS FINAIS. 5.1. Conclusões finais 5. NOTAS FINAIS 5.1. Conclusões finais Aqui chegados exige-se um balanço do trabalho efectuado. Esta análise centra-se, inevitavelmente, na hipótese formulada. Assim, verificou-se que a utilização de um

Leia mais

TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS

TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS SANDRA MARIA MORAIS VALENTE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO Área de

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO. Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO. Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JOÃO FÁBIO PORTO Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática São Paulo 2010 JOÃO FÁBIO PORTO Diálogo e interatividade em videoaulas de matemática

Leia mais

IMPLICAÇÕES DA FORMAÇÃO CONTINUADA DOCENTE PARA A INCLUSÃO DIGITAL NA ESCOLA PÚBLICA

IMPLICAÇÕES DA FORMAÇÃO CONTINUADA DOCENTE PARA A INCLUSÃO DIGITAL NA ESCOLA PÚBLICA IMPLICAÇÕES DA FORMAÇÃO CONTINUADA DOCENTE PARA A INCLUSÃO DIGITAL NA ESCOLA PÚBLICA Adriana Richit, Bárbara Pasa, Valéria Lessa, Mauri Luís Tomkelski, André Schaeffer, Andriceli Richit, Angélica Rossi

Leia mais

O JOGO DIGITAL NOS PROCESSOS DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA UM ESTUDO ATRAVÉS DAS SEQUÊNCIAS NARRATIVAS. Vanessa Doumid Damasceno

O JOGO DIGITAL NOS PROCESSOS DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA UM ESTUDO ATRAVÉS DAS SEQUÊNCIAS NARRATIVAS. Vanessa Doumid Damasceno i O JOGO DIGITAL NOS PROCESSOS DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA UM ESTUDO ATRAVÉS DAS SEQUÊNCIAS NARRATIVAS Vanessa Doumid Damasceno ii UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS UNISINOS Dissertação

Leia mais

O USO DE PROGRAMAS COMPUTACIONAIS COMO RECURSO AUXILIAR PARA O ENSINO DE GEOMETRIA ESPACIAL

O USO DE PROGRAMAS COMPUTACIONAIS COMO RECURSO AUXILIAR PARA O ENSINO DE GEOMETRIA ESPACIAL O USO DE PROGRAMAS COMPUTACIONAIS COMO RECURSO AUXILIAR PARA O ENSINO DE GEOMETRIA ESPACIAL Angélica Menegassi da Silveira UNIFRA Eleni Bisognin - UNIFRA Resumo: O presente artigo tem como objetivo apresentar

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO CEARÁ FACULDADE CEARENSE CURSO DE PEDAGOGIA SÂMYA DE FREITAS MOURÃO

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO CEARÁ FACULDADE CEARENSE CURSO DE PEDAGOGIA SÂMYA DE FREITAS MOURÃO CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO CEARÁ FACULDADE CEARENSE CURSO DE PEDAGOGIA SÂMYA DE FREITAS MOURÃO PEDAGOGIA EMPRESARIAL: UM OLHAR SOBRE AS PRÁTICASDO PEDAGOGO NAS ORGANIZAÇÕES EMPRESARIAIS FORTALEZA 2012

Leia mais

O USO DA TECNOLOGIA DE SIMULAÇÃO NA PRÁTICA DOCENTE NA ÁREA DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

O USO DA TECNOLOGIA DE SIMULAÇÃO NA PRÁTICA DOCENTE NA ÁREA DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 1 GT2 O USO DA TECNOLOGIA DE SIMULAÇÃO NA PRÁTICA DOCENTE NA ÁREA DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Renato Fares Khalil Marco Aurélio Bossetto José Fontebasso Neto.br Orientadora: Profa. Dra. Irene Jeanete Lemos

Leia mais

JOGOS DIGITAIS NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE FRAÇÕES: UMA PROPOSTA DIDÁTICO-PEDAGÓGICA

JOGOS DIGITAIS NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE FRAÇÕES: UMA PROPOSTA DIDÁTICO-PEDAGÓGICA JOGOS DIGITAIS NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE FRAÇÕES: UMA PROPOSTA DIDÁTICO-PEDAGÓGICA Tecnologias da Informação e Comunicação e Educação Matemática (TICEM) GT 06 Lucas Henrique VIANA lucas_henriqk@hotmail.com

Leia mais

Infraestrutura, Gestão Escolar e Desempenho em Leitura e Matemática: um estudo a partir do Projeto Geres

Infraestrutura, Gestão Escolar e Desempenho em Leitura e Matemática: um estudo a partir do Projeto Geres Naira da Costa Muylaert Lima Infraestrutura, Gestão Escolar e Desempenho em Leitura e Matemática: um estudo a partir do Projeto Geres Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial

Leia mais

Desenvolvimento de jogo educativo digital para estimular o processo de aprendizagem

Desenvolvimento de jogo educativo digital para estimular o processo de aprendizagem Desenvolvimento de jogo educativo digital para estimular o processo de aprendizagem André R. Moreira¹, Paulo H. Tirabassi², Vinicius R. Dogo³,4 ¹Técnico em Administração, Escola Técnica Estadual Sales

Leia mais

A ATUAÇÃO DO PSICOPEDAGOGO FRENTE ÀS DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM DE ALUNOS COM NECESSIDADES ESPECIAIS INCLUÍDOS EM ESCOLA REGULAR

A ATUAÇÃO DO PSICOPEDAGOGO FRENTE ÀS DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM DE ALUNOS COM NECESSIDADES ESPECIAIS INCLUÍDOS EM ESCOLA REGULAR FACULDADE DOM ALBERTO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL A ATUAÇÃO DO PSICOPEDAGOGO FRENTE ÀS DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM DE ALUNOS COM NECESSIDADES ESPECIAIS INCLUÍDOS

Leia mais

3. DESCRIÇÃO DO PROTÓTIPO

3. DESCRIÇÃO DO PROTÓTIPO 3. DESCRIÇÃO DO PROTÓTIPO O computador pode e deve apoiar o ensino, não só na produção de imagens estereoscópicas como também na sua divulgação. O site sobre estereoscopia foi desenvolvido tendo como objectivo

Leia mais

As TIC em entrevista ao Doutor João Paiva, 2004/11/22

As TIC em entrevista ao Doutor João Paiva, 2004/11/22 As TIC em entrevista ao Doutor João Paiva, 2004/11/22 (revista educação_texto editores) Nascido em Coimbra em 1966, João Carlos de Matos Paiva é Doutorado em Química (2000) pela Universidade de Aveiro.

Leia mais

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE CIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE CIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE CIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO APRENDER CIDADANIA COM A DISCIPINA DE HISTÓRIA: 3 PERCURSOS NO CONCELHO DE ODEMIRA Rita Santos Agudo do Amaral Rêgo MESTRADO EM EDUCAÇÃO

Leia mais

Este documento faz parte do acervo do Centro de Referência Paulo Freire. acervo.paulofreire.org

Este documento faz parte do acervo do Centro de Referência Paulo Freire. acervo.paulofreire.org Este documento faz parte do acervo do Centro de Referência Paulo Freire acervo.paulofreire.org RENATA GHELLERE PAULO FREIRE E A EDUCAÇÃO NA SALA DE AULA DO CCBEU CURITIBA Dissertação apresentada ao Programa

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR MIGUEL TORGA ESCOLA SUPERIOR DE ALTOS ESTUDOS

INSTITUTO SUPERIOR MIGUEL TORGA ESCOLA SUPERIOR DE ALTOS ESTUDOS INSTITUTO SUPERIOR MIGUEL TORGA ESCOLA SUPERIOR DE ALTOS ESTUDOS Envolvimento parental e nível sociocultural das famílias: Estudo comparativo num agrupamento escolar Marco Sérgio Gorgulho Rodrigues Dissertação

Leia mais

Um panorama dos Programas de pós-graduação da área de Ensino de Ciências e Matemática no Rio Grande do Sul

Um panorama dos Programas de pós-graduação da área de Ensino de Ciências e Matemática no Rio Grande do Sul Um panorama dos Programas de pós-graduação da área de Ensino de Ciências e Matemática no Rio Grande do Sul Resumo A prospect of Postgraduate programs of Science and Mathematics teaching in Rio Grande do

Leia mais

FACULDADE 7 DE SETEMBRO FA7 CURSO DE GRADUAÇÃO EM JORNALISMO O OLHAR DOS FUTUROS JORNALISTAS SOBRE BLOG COMO ESPAÇO DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL

FACULDADE 7 DE SETEMBRO FA7 CURSO DE GRADUAÇÃO EM JORNALISMO O OLHAR DOS FUTUROS JORNALISTAS SOBRE BLOG COMO ESPAÇO DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL FACULDADE 7 DE SETEMBRO FA7 CURSO DE GRADUAÇÃO EM JORNALISMO O OLHAR DOS FUTUROS JORNALISTAS SOBRE BLOG COMO ESPAÇO DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL HELLEN CHRISTIAN FELÍCIO MARÇAL FORTALEZA 2011 HELLEN CHRISTIAN

Leia mais

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO O BOM FUNCIONAMENTO DAS EQUIPAS DE APOIO A FAMÍLIAS COM CRIANÇAS E JOVENS EM RISCO DA SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LISBOA Liliana

Leia mais

TECNOLOGIAS NO ENSINO DE MATEMÁTICA

TECNOLOGIAS NO ENSINO DE MATEMÁTICA TECNOLOGIAS NO ENSINO DE MATEMÁTICA Profª. Andréa Cardoso MATEMÁTICA-LICENCIATURA 2015/1 Ementa Tecnologias da informação e da comunicação em processos formativos Internet e educação Editores de texto

Leia mais

Análise do processo de avaliação contínua em um curso totalmente à distância

Análise do processo de avaliação contínua em um curso totalmente à distância Análise do processo de avaliação contínua em um curso totalmente à distância Joice Lee Otsuka Instituto de Computação Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) 1 Caixa Postal 6176 CEP: 13083-970 - Campinas,

Leia mais

RECURSOS COMPUTACIONAIS NAS AULAS DE MATEMÁTICA

RECURSOS COMPUTACIONAIS NAS AULAS DE MATEMÁTICA RECURSOS COMPUTACIONAIS NAS AULAS DE MATEMÁTICA Maria Madalena Dullius - Centro Universitário UNIVATES Giane Maria Eidelwein - Centro Universitário UNIVATES Graziela Maria Fick - Centro Universitário UNIVATES

Leia mais

DOUGLAS MEDINA DOS SANTOS A IN-DISCIPLINA É UMA QUESTÃO DE GÊNERO: NA CONCEPÇÃO DAS PROFESSORAS DA EMEI PARQUE RESIDENCIAL REGINA

DOUGLAS MEDINA DOS SANTOS A IN-DISCIPLINA É UMA QUESTÃO DE GÊNERO: NA CONCEPÇÃO DAS PROFESSORAS DA EMEI PARQUE RESIDENCIAL REGINA DOUGLAS MEDINA DOS SANTOS A IN-DISCIPLINA É UMA QUESTÃO DE GÊNERO: NA CONCEPÇÃO DAS PROFESSORAS DA EMEI PARQUE RESIDENCIAL REGINA UNISAL - CENTRO UNIVERSITÁRIO SALESIANO DE SÃO PAULO AMERICANA - 2009 DOUGLAS

Leia mais

PERFIL DE ESCOLAS DO ENSINO FUNDAMENTAL DO CICLO II A RESPEITO DO USO DE RECURSOS DE INFORMÁTICA PELO PROFESSOR PARA AUXÍLIO DA APRENDIZAGEM DO ALUNO

PERFIL DE ESCOLAS DO ENSINO FUNDAMENTAL DO CICLO II A RESPEITO DO USO DE RECURSOS DE INFORMÁTICA PELO PROFESSOR PARA AUXÍLIO DA APRENDIZAGEM DO ALUNO REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - ISSN 1807-1872 P UBLICAÇÃO C IENTÍFICA DA F ACULDADE DE C IÊNCIAS J URÍDICAS E G ERENCIAIS DE G ARÇA/FAEG A NO II, NÚMERO, 03, AGOSTO DE 2005.

Leia mais

INVESTIGANDO O ENSINO MÉDIO E REFLETINDO SOBRE A INCLUSÃO DAS TECNOLOGIAS NA ESCOLA PÚBLICA: AÇÕES DO PROLICEN EM MATEMÁTICA

INVESTIGANDO O ENSINO MÉDIO E REFLETINDO SOBRE A INCLUSÃO DAS TECNOLOGIAS NA ESCOLA PÚBLICA: AÇÕES DO PROLICEN EM MATEMÁTICA INVESTIGANDO O ENSINO MÉDIO E REFLETINDO SOBRE A INCLUSÃO DAS TECNOLOGIAS NA ESCOLA PÚBLICA: AÇÕES DO PROLICEN EM MATEMÁTICA RESUMO Elissandra de Campos Viegas; Cibelle de Fátima Castro de Assis Universidade

Leia mais

C406. Ensino e aprendizagem com TIC na educação pré-escolar e no 1º ciclo do Ensino Básico

C406. Ensino e aprendizagem com TIC na educação pré-escolar e no 1º ciclo do Ensino Básico C406. Ensino e aprendizagem com TIC na educação pré-escolar e no 1º ciclo do Ensino Básico Formadores: Eunice Macedo e Carlos Moedas Formando: Irene do Rosário Beirão Marques Entidade formadora: Centro

Leia mais

JOGANDO COM A MATEMÁTICA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

JOGANDO COM A MATEMÁTICA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA RESUMO JOGANDO COM A MATEMÁTICA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA Farias, Airan FAP airanzinh@hotmail.com Omodei, Letícia Barcaro Celeste FAP leticia.celeste@fap.com.br Agência Financiadora: FUNPESQ Este trabalho

Leia mais

Análise da Eficiência de Empresas de Comércio Eletrônico usando Técnicas da Análise Envoltória de Dados

Análise da Eficiência de Empresas de Comércio Eletrônico usando Técnicas da Análise Envoltória de Dados Guerreiro A. Alexandra dos Santos Guerreiro Análise da Eficiência de Empresas de Comércio Eletrônico usando Técnicas da Análise Envoltória de Dados Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como

Leia mais

MARLI DA COSTA RAMOS SCATRALHE FAMÍLIA E ESCOLA: DOIS SISTEMAS INTERDEPENDENTES NA COMPREENSÃO DOS SIGNIFICADOS NO PROCESSO ESCOLAR DO FILHO/ALUNO

MARLI DA COSTA RAMOS SCATRALHE FAMÍLIA E ESCOLA: DOIS SISTEMAS INTERDEPENDENTES NA COMPREENSÃO DOS SIGNIFICADOS NO PROCESSO ESCOLAR DO FILHO/ALUNO MARLI DA COSTA RAMOS SCATRALHE FAMÍLIA E ESCOLA: DOIS SISTEMAS INTERDEPENDENTES NA COMPREENSÃO DOS SIGNIFICADOS NO PROCESSO ESCOLAR DO FILHO/ALUNO CENTRO UNIVERSITÁRIO FIEO Osasco 2009 MARLI DA COSTA RAMOS

Leia mais

SMC: Uma Ferramenta Computacional para apoio ao Ensino dos Movimentos Circulares. SMC: A Computational Tool for the Circular Movement Teaching

SMC: Uma Ferramenta Computacional para apoio ao Ensino dos Movimentos Circulares. SMC: A Computational Tool for the Circular Movement Teaching 5 SMC: Uma Ferramenta Computacional para apoio ao Ensino dos Movimentos Circulares SMC: A Computational Tool for the Circular Movement Teaching Carlos Vitor de Alencar Carvalho 1 Janaina Veiga Carvalho

Leia mais

DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

DISSERTAÇÃO DE MESTRADO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO A INFLUÊNCIA DA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS NA MOTIVAÇÃO E SATISFAÇÃO DOS COLABORADORES Ana Sofia Pacheco Pedro Março de 2015 UNIVERSIDADE DOS AÇORES DEPARTAMENTO DE ECONOMIA E GESTÃO

Leia mais

Formação continuada de professores em escolas organizadas em ciclo

Formação continuada de professores em escolas organizadas em ciclo Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro PUC Elisangela da Silva Bernado Formação continuada de professores em escolas organizadas em ciclo Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como

Leia mais

INTERPRETANDO A GEOMETRIA DE RODAS DE UM CARRO: UMA EXPERIÊNCIA COM MODELAGEM MATEMÁTICA

INTERPRETANDO A GEOMETRIA DE RODAS DE UM CARRO: UMA EXPERIÊNCIA COM MODELAGEM MATEMÁTICA INTERPRETANDO A GEOMETRIA DE RODAS DE UM CARRO: UMA EXPERIÊNCIA COM MODELAGEM MATEMÁTICA Marcos Leomar Calson Mestrando em Educação em Ciências e Matemática, PUCRS Helena Noronha Cury Doutora em Educação

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE QUÍMICA CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA LINDOMÁRIO LIMA ROCHA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE QUÍMICA CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA LINDOMÁRIO LIMA ROCHA UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE QUÍMICA CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA LINDOMÁRIO LIMA ROCHA FACILITADOR VIRTUAL DA APRENDIZAGEM EM QUÍMICA Campina Grande-

Leia mais

Francisco César Borges Blois. Estudo do suprimento de válvulas acionadas manualmente para a Petrobras. Dissertação de Mestrado

Francisco César Borges Blois. Estudo do suprimento de válvulas acionadas manualmente para a Petrobras. Dissertação de Mestrado Francisco César Borges Blois Estudo do suprimento de válvulas acionadas manualmente para a Petrobras Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre

Leia mais

Análise da Fidelidade nos Serviços de Consultoria de Informática para o Mercado Corporativo

Análise da Fidelidade nos Serviços de Consultoria de Informática para o Mercado Corporativo Rogério Nascimento Análise da Fidelidade nos Serviços de Consultoria de Informática para o Mercado Corporativo Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau

Leia mais

CONTEÚDOS DIGITAIS GRATUITOS PARA O ENSINO E APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA DO ENSINO MÉDIO

CONTEÚDOS DIGITAIS GRATUITOS PARA O ENSINO E APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA DO ENSINO MÉDIO CONTEÚDOS DIGITAIS GRATUITOS PARA O ENSINO E APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA DO ENSINO MÉDIO Humberto José Bortolossi Universidade Federal Fluminense hjbortol@vm.uff.br Resumo: Nesta exposição

Leia mais

A ÁLGEBRA NO ENSINO FUNDAMENTAL: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA DE INTERVENÇÃO

A ÁLGEBRA NO ENSINO FUNDAMENTAL: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA DE INTERVENÇÃO A ÁLGEBRA NO ENSINO FUNDAMENTAL: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA DE INTERVENÇÃO Vilmara Luiza Almeida Cabral UFPB/Campus IV Resumo: O presente relato aborda o trabalho desenvolvido no projeto de intervenção

Leia mais

FACULDADE PRESBITERIANA AUGUSTO GALVÃO ENGENHARIA AMBIENTAL

FACULDADE PRESBITERIANA AUGUSTO GALVÃO ENGENHARIA AMBIENTAL FACULDADE PRESBITERIANA AUGUSTO GALVÃO ENGENHARIA AMBIENTAL ZONEAMENTO URBANO E GESTÃO PÚBLICA EM CAMPO FORMOSO JAILSON DA SILVA PINTO Campo Formoso BA abril de 2014 JAILSON DA SILVA PINTO ZONEAMENTO URBANO

Leia mais

SUMÁRIO. Introdução... 01. Capítulo 1: Fundamentação teórica... 06. 1.1 Origem e desenvolvimento da abordagem instrumental... 06

SUMÁRIO. Introdução... 01. Capítulo 1: Fundamentação teórica... 06. 1.1 Origem e desenvolvimento da abordagem instrumental... 06 vii Resumo Este estudo apresenta os resultados de uma análise de necessidades de uso da língua inglesa de estudantes de um curso universitário de Publicidade e Propaganda, bem como de profissionais dessa

Leia mais

Vânia Finholdt Ângelo Leite

Vânia Finholdt Ângelo Leite Vânia Finholdt Ângelo Leite A atuação da coordenação pedagógica em conjunto com os professores no processo de recontextualização da política oficial no 1º ano do Ensino Fundamental no Município do Rio

Leia mais

Título: - Diagnóstico e análise da rede social: o caso da prestação de cuidados continuados a crianças com diabetes.

Título: - Diagnóstico e análise da rede social: o caso da prestação de cuidados continuados a crianças com diabetes. Título: - Diagnóstico e análise da rede social: o caso da prestação de cuidados continuados a crianças com diabetes. Palavras-chave : Análise Redes Sociais, Criança com Diabetes, Cuidados Continuados,

Leia mais

Escola Secundária Ferreira de Castro, Oliveira de Azeméis 5 e 6 de abril de 2013 v.diegues70@gmail.com

Escola Secundária Ferreira de Castro, Oliveira de Azeméis 5 e 6 de abril de 2013 v.diegues70@gmail.com Escola Secundária Ferreira de Castro, Oliveira de Azeméis 5 e 6 de abril de 2013 v.diegues70@gmail.com sumário 1- Projeto -Como surgiu o projeto WR -Quais os objetivos do estudo -Principais conclusões

Leia mais

PROJETO DE TUTORIA DE FÍSICA I DO INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS (ICA UFMG)

PROJETO DE TUTORIA DE FÍSICA I DO INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS (ICA UFMG) PROJETO DE TUTORIA DE FÍSICA I DO INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS (ICA UFMG) Daniele Macedo Soares dannyele_macedo@hotmail.com Universidade Federal de Minas Gerais Campus Montes Claros Avenida Universitária,

Leia mais

ANO LETIVO 2013/2014 CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO

ANO LETIVO 2013/2014 CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO ANO LETIVO 2013/2014 CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO Ensino Básico Os conhecimentos e capacidades a adquirir e a desenvolver pelos alunos de cada nível e de cada ciclo de ensino têm como referência os programas

Leia mais

Critérios de avaliação dos alunos Abrangidos pela Educação Especial

Critérios de avaliação dos alunos Abrangidos pela Educação Especial Critérios de avaliação dos alunos Abrangidos pela Educação Especial ANO LETIVO 2013-2014 Departamento de Educação Especial Proposta Ano Letivo 2013-2014 Avaliação dos alunos com NEE de carácter permanente,

Leia mais

Faculdade Boa Viagem DeVry Brasil Centro de Pesquisa e Pós-Graduação em Administração - CPPA Mestrado Profissional em Gestão Empresarial

Faculdade Boa Viagem DeVry Brasil Centro de Pesquisa e Pós-Graduação em Administração - CPPA Mestrado Profissional em Gestão Empresarial Faculdade Boa Viagem DeVry Brasil Centro de Pesquisa e Pós-Graduação em Administração - CPPA Mestrado Profissional em Gestão Empresarial KILMA GALINDO DO NASCIMENTO CULTURA ORGANIZACIONAL E TERCEIRIZAÇÃO:

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Programa de Pós-Graduação em Administração Mestrado Profissional em Administração

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Programa de Pós-Graduação em Administração Mestrado Profissional em Administração 11 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Programa de Pós-Graduação em Administração Mestrado Profissional em Administração UNIVERSIDADES CORPORATIVAS - DO SONHO DA IMPLANTAÇÃO AO DESAFIO DA

Leia mais

Laboratório de Mídias Sociais

Laboratório de Mídias Sociais Laboratório de Mídias Sociais Aula 04 Análise de Rede de Mídias Sociais parte I Prof. Dalton Martins dmartins@gmail.com Gestão da Informação Universidade Federal de Goiás O que é análise de rede de mídias

Leia mais

Ninguém Vive Sem Amizade! A Importância da Amizade Política dos Idosos Colaboradores da UnATI/UERJ.

Ninguém Vive Sem Amizade! A Importância da Amizade Política dos Idosos Colaboradores da UnATI/UERJ. Conceição de Maria Goulart Braga Cuba Ninguém Vive Sem Amizade! A Importância da Amizade Política dos Idosos Colaboradores da UnATI/UERJ. Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito

Leia mais

A DISLEXIA COMO DIFICULDADE DE APRENDIZAGEM SOB A ÓTICA DO PROFESSOR UM ESTUDO DE CASO

A DISLEXIA COMO DIFICULDADE DE APRENDIZAGEM SOB A ÓTICA DO PROFESSOR UM ESTUDO DE CASO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO EM EDUCAÇÃO A DISLEXIA COMO DIFICULDADE DE APRENDIZAGEM SOB A ÓTICA DO PROFESSOR UM ESTUDO DE CASO NEUZA APARECIDA GIBIM PONÇANO Presidente Prudente SP

Leia mais

PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA 11ª Classe

PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA 11ª Classe PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA 11ª Classe Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário Formação Profissional Ficha Técnica Título Programa de Metodologia do Ensino de Matemática

Leia mais

FÁBIO JOSÉ DE ARAUJO. Projeto Ensinando Educação Física com Jogos

FÁBIO JOSÉ DE ARAUJO. Projeto Ensinando Educação Física com Jogos FÁBIO JOSÉ DE ARAUJO Projeto Ensinando Educação Física com Jogos Escola Estadual Marechal Rondon Nova Andradina MS Outubro de 2009 FÁBIO JOSÉ DE ARAUJO Projeto Ensinando Educação Física com Jogos Projeto

Leia mais

Universidade de Cabo Verde

Universidade de Cabo Verde Universidade de Cabo Verde DEPARAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS Mestrado em Património e Desenvolvimento O CENTRO HISTÓRICO DA CIDADE DO MINDELO (Estudo do Património edificado de apoio à actividade

Leia mais

A PRÁTICA DA INTERDICIPLINARIEDADE NO ENSINO DE PROJETOS DE MOLDES E MATRIZES NO CURSO DE TECNOLOGIA EM MECÂNICA DO IST

A PRÁTICA DA INTERDICIPLINARIEDADE NO ENSINO DE PROJETOS DE MOLDES E MATRIZES NO CURSO DE TECNOLOGIA EM MECÂNICA DO IST A PRÁTICA DA INTERDICIPLINARIEDADE NO ENSINO DE PROJETOS DE MOLDES E MATRIZES NO CURSO DE TECNOLOGIA EM MECÂNICA DO IST Carlos Maurício Sacchelli sacchelli@sociesc.com.br Leonidas Mamani Gilapa leonidas@sociesc.com.br

Leia mais

Contexto. Rosana Jorge Monteiro Magni

Contexto. Rosana Jorge Monteiro Magni Título MUDANÇAS DE CONCEPÇÕES SOBRE O PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE GEOMETRIA EM UM CURSO DE ATUALIZAÇÃO PARA PROFESSORES DE MATEMÁTICA DA EDUCAÇÃO BÁSICA Doutoranda da Universidade Anhangura/ Uniban

Leia mais

A Aplicação das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) no Ambiente Escolar

A Aplicação das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) no Ambiente Escolar A Aplicação das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) no Ambiente Escolar Tatiana Medeiros Cardoso Faculdade Cenecista de Osório (FACOS) Rua 24 de Maio, 141 95.520-000 Osório RS Brasil tati.info@gmail.com

Leia mais

INVESTIGANDO O ENSINO APRENDIZAGEM MEDIADO POR COMPUTADOR - UMA METODOLOGIA PARA REALIZAR PROTOCOLOS

INVESTIGANDO O ENSINO APRENDIZAGEM MEDIADO POR COMPUTADOR - UMA METODOLOGIA PARA REALIZAR PROTOCOLOS CAPTURA DE IMAGENS DENTRO DA METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO DE SOFTWARE Hermínio Borges Neto 1 Márcia Campos Alex Sandro Gomes INTRODUÇÃO Este é o relato de uma experiência de um grupo de pesquisadores da Universidade

Leia mais

Critérios Gerais de Avaliação

Critérios Gerais de Avaliação Agrupamento de Escolas Serra da Gardunha - Fundão Ano Lectivo 2010/2011 Ensino Básico A avaliação escolar tem como finalidade essencial informar o aluno, o encarregado de educação e o próprio professor,

Leia mais

Software do tipo simulador e os conteúdos de química

Software do tipo simulador e os conteúdos de química Software do tipo simulador e os conteúdos de química Any C. R. Silva (IC) *1, Bianca C. Nabozny (IC)¹, Leila I. F. Freire (PQ)² 1 Licenciatura em Química - UEPG; 2 Departamentos de Métodos e Técnicas de

Leia mais

A PRÁTICA PEDAGÓGICA DO PROFESSOR DE PEDAGOGIA DA FESURV - UNIVERSIDADE DE RIO VERDE

A PRÁTICA PEDAGÓGICA DO PROFESSOR DE PEDAGOGIA DA FESURV - UNIVERSIDADE DE RIO VERDE A PRÁTICA PEDAGÓGICA DO PROFESSOR DE PEDAGOGIA DA FESURV - UNIVERSIDADE DE RIO VERDE Bruna Cardoso Cruz 1 RESUMO: O presente trabalho procura conhecer o desempenho profissional dos professores da faculdade

Leia mais

MAUS TRATOS NA POPULAÇÃO IDOSA INSTITUCIONALIZADA

MAUS TRATOS NA POPULAÇÃO IDOSA INSTITUCIONALIZADA Universidade de Lisboa Faculdade de Medicina de Lisboa MAUS TRATOS NA POPULAÇÃO IDOSA INSTITUCIONALIZADA Catarina Isabel Fonseca Paulos Mestrado em Medicina Legal e Ciências Forenses 2005 Esta dissertação

Leia mais

A contribuição do coaching executivo para o aprendizado individual: a percepção dos executivos

A contribuição do coaching executivo para o aprendizado individual: a percepção dos executivos Bianca Snaiderman A contribuição do coaching executivo para o aprendizado individual: a percepção dos executivos Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pósgraduação em Administração

Leia mais

INCLUSÃO DIGITAL NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA)

INCLUSÃO DIGITAL NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA) INCLUSÃO DIGITAL NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA) LOURENÇO, Érica Simone 1 PELOZO, Rita de Cassia Borguetti 2 VIEIRA, Kátia Solange Borges 3 VIEIRA, Rosimeire Garcia 4 RESUMO Este artigo tem como

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO NOTICIOSA EM COMUNIDADE ONLINE PARA O SÉNIOR RENATO MIGUEL SILVA COSTA. Departamento de Comunicação e Arte !!!!!!!!!

ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO NOTICIOSA EM COMUNIDADE ONLINE PARA O SÉNIOR RENATO MIGUEL SILVA COSTA. Departamento de Comunicação e Arte !!!!!!!!! Universidade de Aveiro 2012 Departamento de Comunicação e Arte RENATO MIGUEL SILVA COSTA ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO NOTICIOSA EM COMUNIDADE ONLINE PARA O SÉNIOR RENATO MIGUEL SILVA COSTA Universidade de

Leia mais

Keyswords: Video production; Environmental Chemistry; water pollution

Keyswords: Video production; Environmental Chemistry; water pollution 156 PRODUÇÃO DE VÍDEOS EDUCATIVOS SOBRE MEIO AMBIENTE NO SEMIÁRIDO COMO FERRAMENTA DE APRENDIZAGEM PARA ALUNOS DE QUÍMICA José Estrela dos SANTOS Luciano Leal de Morais SALES Fernando Antonio Portela da

Leia mais

Estágio Supervisionado Educação Básica - Matemática

Estágio Supervisionado Educação Básica - Matemática Estágio Supervisionado Educação Básica - Matemática Não se pretende que o estágio se configure como algo com finalidade em si mesmo, mas sim que se realize de modo articulado com o restante do curso. Para

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV EDUCAÇÃO INFANTIL 2013 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL IV CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN DISCIPLINA : MUNDO NATURAL OBJETIVOS GERAIS Demonstrar interesse e curiosidade pelo mundo social e natural,

Leia mais

GEOMETRIA VIRTUAL: UMA PROPOSTA DE ENSINO PARA OS ANOS INICIAIS

GEOMETRIA VIRTUAL: UMA PROPOSTA DE ENSINO PARA OS ANOS INICIAIS GEOMETRIA VIRTUAL: UMA PROPOSTA DE ENSINO PARA OS ANOS INICIAIS Francimar Gomes de Oliveira Júnior Universidade Federal do Mato Grosso do Sul francirrio@gmail.com Bruna Samylle Pereira de Oliveira Universidade

Leia mais

O efeito da confiança na intenção de uso do mobile banking

O efeito da confiança na intenção de uso do mobile banking Fernanda Leão Ramos O efeito da confiança na intenção de uso do mobile banking Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pósgraduação em Administração de Empresas da PUC- Rio como

Leia mais

O USO DA CALCULADORA EM SALA DE AULAS NAS CONTROVÉRSIAS ENTRE PROFESSORES.

O USO DA CALCULADORA EM SALA DE AULAS NAS CONTROVÉRSIAS ENTRE PROFESSORES. O USO DA CALCULADORA EM SALA DE AULAS NAS CONTROVÉRSIAS ENTRE PROFESSORES. Corina de Fátima Moreira Vieira; IFET-RP corinadefatima@gmail.com Roberto Alves Dutra; IFET-RP roberto@cefetrp.edu.br Romaro Antônio

Leia mais

Projecto de Acompanhamento do Uso Educativo da Internet nas Escolas Públicas do 1.º ciclo no distrito de Bragança

Projecto de Acompanhamento do Uso Educativo da Internet nas Escolas Públicas do 1.º ciclo no distrito de Bragança Seminário Contextualização SOCIEDADE DE CONHECIMENTO E NOVAS TECNOLOGIAS NAS ZONAS RURAIS as novas acessibilidades na procura da qualidade de vida Projecto de Acompanhamento do Uso Educativo da Internet

Leia mais

CAPACITAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO RURAL ATRAVÉS DA INTERNET: UM NOVO PARADIGMA DE RECICLAGEM PROFISSIONAL

CAPACITAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO RURAL ATRAVÉS DA INTERNET: UM NOVO PARADIGMA DE RECICLAGEM PROFISSIONAL CAPACITAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO RURAL ATRAVÉS DA INTERNET: UM NOVO PARADIGMA DE RECICLAGEM PROFISSIONAL Autores Ricardo Sazima Email: ricardos@poboxes.com Vínculo: Consultor Endereço: Embrapa Informática

Leia mais

Averiguar a importância do Marketing Ambiental numa organização cooperativista de agroindustrial de grande porte da região de Londrina.

Averiguar a importância do Marketing Ambiental numa organização cooperativista de agroindustrial de grande porte da região de Londrina. INTRODUÇÃO No mundo globalizado a disciplina de Marketing se torna cada dia mais evidente e importante para as decisões das organizações do mundo contemporâneo. Numa mudança constante de estratégias para

Leia mais

Sandra Manuela Arrais de Oliveira Palhares

Sandra Manuela Arrais de Oliveira Palhares A Internet e a Educação para a Sexualidade: uma actividade on-line Sandra Manuela Arrais de Oliveira Palhares PORTO Abril de 2005 A Internet e a Educação para a Sexualidade: uma actividade on-line Sandra

Leia mais

COMISSÃO CIENTÍFICA DO CURSO DE MESTRADO EM ENSINO DE DANÇA ANO LECTIVO DE 2011/2012-1º SEMESTRE RELATÓRIO

COMISSÃO CIENTÍFICA DO CURSO DE MESTRADO EM ENSINO DE DANÇA ANO LECTIVO DE 2011/2012-1º SEMESTRE RELATÓRIO COMISSÃO CIENTÍFICA DO CURSO DE MESTRADO EM ENSINO DE DANÇA ANO LECTIVO DE 2011/2012-1º SEMESTRE RELATÓRIO O Curso de Mestrado em Ensino de Dança, cuja 1ª edição teve início em Outubro de 2011 foi, sem

Leia mais

As tecnologias de informação e comunicação

As tecnologias de informação e comunicação As tecnologias de informação e comunicação Edilaine Silva 83382 Guilherme Barros 75700 Pedro Fernandes 78842 Tainara Aleixo 83494 Universidade Federal de Viçosa CCE- Departamento de Matemática. O que são

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIACÃO

CRITÉRIOS DE AVALIACÃO CRITÉRIOS DE AVALIACÃO Educação Visual 5º Ano Educação Visual 6º Ano Educação Tecnológica 5º Ano Educação Tecnológica 6º Ano ANO ESCOLAR 2015 / 2016 Ano letivo de 2015 / 2016 INTRODUÇÃO Sendo a avaliação

Leia mais

Palavras chave: trabalho colaborativo, desenvolvimento profissional, articulação curricular, tarefas de investigação e exploração.

Palavras chave: trabalho colaborativo, desenvolvimento profissional, articulação curricular, tarefas de investigação e exploração. RESUMO Esta investigação, tem como objectivo perceber como é que o trabalho colaborativo pode ajudar a melhorar as práticas lectivas dos professores, favorecendo a articulação curricular entre ciclos na

Leia mais

e-lab: a didactic interactive experiment An approach to the Boyle-Mariotte law

e-lab: a didactic interactive experiment An approach to the Boyle-Mariotte law Sérgio Leal a,b, João Paulo Leal a,c Horácio Fernandes d a Departamento de Química e Bioquímica, FCUL, Lisboa, Portugal b Escola Secundária com 3.º ciclo Padre António Vieira, Lisboa, Portugal c Unidade

Leia mais

Mestrado Profissional em Ensino de Biologia em Rede Nacional - PROFBIO PROPOSTA

Mestrado Profissional em Ensino de Biologia em Rede Nacional - PROFBIO PROPOSTA Mestrado Profissional em Ensino de Biologia em Rede Nacional - PROFBIO PROPOSTA Considerando que o Ensino Médio é para a maioria dos cidadãos a última oportunidade de uma educação formal em Biologia, a

Leia mais

Aprender com o scratch. E.B. 2,3 José Afonso, Alhos Vedros Filomena Benavente e Ricardo Costa 5.º ano matemática

Aprender com o scratch. E.B. 2,3 José Afonso, Alhos Vedros Filomena Benavente e Ricardo Costa 5.º ano matemática Aprender com o scratch Filomena Benavente e Ricardo Costa 5.º ano matemática 2012 Aprender com o scratch Filomena Benavente e Ricardo Costa 2012 Designação: Aprender com o scratch Enquadramento curricular

Leia mais

PIBID: DESCOBRINDO METODOLOGIAS DE ENSINO E RECURSOS DIDÁTICOS QUE PODEM FACILITAR O ENSINO DA MATEMÁTICA

PIBID: DESCOBRINDO METODOLOGIAS DE ENSINO E RECURSOS DIDÁTICOS QUE PODEM FACILITAR O ENSINO DA MATEMÁTICA PIBID: DESCOBRINDO METODOLOGIAS DE ENSINO E RECURSOS DIDÁTICOS QUE PODEM FACILITAR O ENSINO DA MATEMÁTICA Naiane Novaes Nogueira 1 Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia UESB n_n_nai@hotmail.com José

Leia mais

Software livre e Educação: vantagens e desvantagens das novas tecnologias

Software livre e Educação: vantagens e desvantagens das novas tecnologias Software livre e Educação: vantagens e desvantagens das novas tecnologias Poliana Cristina Fideles ad Silveira Neste artigo será discutido o uso das novas tecnologias e como o software livre pode ser usado

Leia mais

Registos Gráficos e o Teatro-Fórum na Dimensão Artística do Núcleo do Aprofundamento (3º Ciclo)

Registos Gráficos e o Teatro-Fórum na Dimensão Artística do Núcleo do Aprofundamento (3º Ciclo) 294 Franco, Nuno Alexandre Marreiros (2013) Registos Gráficos e o Teatro-Fórum na Dimensão Artística do Núcleo do Aprofundamento (3º Ciclo). Revista Matéria-Prima, Práticas Artísticas no Ensino Básico

Leia mais

SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO DO VALE DO IPOJUCA SESVALI FACULDADE DO VALE DO IPOJUCA FAVIP DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO DO VALE DO IPOJUCA SESVALI FACULDADE DO VALE DO IPOJUCA FAVIP DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO DO VALE DO IPOJUCA SESVALI FACULDADE DO VALE DO IPOJUCA FAVIP DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS FÁBIO AMÉRICO DO SANTOS A UTILIZAÇÃO DO CONTROLE DE ESTOQUE

Leia mais

Thais Pereira Teixeira

Thais Pereira Teixeira UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO CURSO DE MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO Thais Pereira Teixeira ESTRATÉGIA COMPETITIVA E COMÉRCIO ELETRÔNICO: ESTUDOS

Leia mais

Uma ferramenta para estimular a criatividade

Uma ferramenta para estimular a criatividade Uma ferramenta para estimular a criatividade Entrevista de Maria Rita Gramigna a Patrícia Bispo Jornalista responsável pelo site www.rh.com.br, divulgada em 19/07/2004. O estímulo à criatividade pode significar

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS VISUAIS NO ENSINO DE CIRCUITOS ELÉTRICOS PARA ENGENHARIA

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS VISUAIS NO ENSINO DE CIRCUITOS ELÉTRICOS PARA ENGENHARIA UTILIZAÇÃO DE RECURSOS VISUAIS NO ENSINO DE CIRCUITOS ELÉTRICOS PARA ENGENHARIA Marcelo Biancão Crivelaro biancao@yahoo.com Thais Tanigami Hashimoto thais_hashimoto@yahoo.com.br Dalva Maria Villareal dalva@fqm.feis.unesp.br

Leia mais

Empresas de Gestão Conservadora: Potencial da Previsão de Demanda e Simulação Computacional

Empresas de Gestão Conservadora: Potencial da Previsão de Demanda e Simulação Computacional Alexandre Magno Castañon Guimarães Empresas de Gestão Conservadora: Potencial da Previsão de Demanda e Simulação Computacional Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para

Leia mais

CRITÉRIOS GERAIS de AVALIAÇÃO na EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR

CRITÉRIOS GERAIS de AVALIAÇÃO na EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos Departamento da Educação Pré Escolar CRITÉRIOS GERAIS de AVALIAÇÃO na EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR Introdução A avaliação é um elemento integrante e regulador da prática

Leia mais

A INCLUSÃO DIGITAL NO ENSINO DE GEOGRAFIA E A UTILIZAÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICO-PEDAGÓGICOS EM SALA DE AULA

A INCLUSÃO DIGITAL NO ENSINO DE GEOGRAFIA E A UTILIZAÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICO-PEDAGÓGICOS EM SALA DE AULA 106 A INCLUSÃO DIGITAL NO ENSINO DE GEOGRAFIA E A UTILIZAÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICO-PEDAGÓGICOS EM SALA DE AULA Introdução MELLO, Amarildo da Silva GRIZIO-ORITA, Edinéia Vilanova O tema inclusão digital

Leia mais

Controlo de Gestão das PME Portuguesas: Uma Abordagem Contingêncial. O único Homem que não erra é aquele que nunca faz nada.

Controlo de Gestão das PME Portuguesas: Uma Abordagem Contingêncial. O único Homem que não erra é aquele que nunca faz nada. O único Homem que não erra é aquele que nunca faz nada Roosevelt As estatísticas correctas deixam-nos sempre uma falsa impressão Stanislaw Ponte Preta i AGRADECIMENTOS Conhecedor desta realidade, não quero

Leia mais