Reconhecimento do Curso Superior de Licenciatura em Letras, Ha bilitação Plena em Português e Inglês e respectivas Literaturas.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Reconhecimento do Curso Superior de Licenciatura em Letras, Ha bilitação Plena em Português e Inglês e respectivas Literaturas."

Transcrição

1 INTERESSADO/MANTENEDORA UF UNlAO DE ENSINO SUPERIOR DO PARÁ - UNESPA ASSUNTO Reconhecimento do Curso Superior de Licenciatura em Letras, Ha bilitação Plena em Português e Inglês e respectivas Literaturas. RELATOR: SR.CONS. ZILMA GOMES PARENTE DE BARROS I - RELATÓRIO A UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DO PARÁ encaminha ao CFE processo relativo ao reconhecimento do Curso Superior de Licen ciatura em Letras - Habilitação Plena em Português e Inglês e respectivas Literaturas, autorizado a funcionar pelo Decreto Federal nº , de 09 de fevereiro de O processo, devidamente instruido, compreende dois (02) volumes, além do relatório da Comissão de Acompanhamento do Projeto de transformação em Universidade da UNIÃO DAS ESCO LAS SUPERIORES DO PARÁ, designada pela Portaria CFE-nº 29, de 13 de setembro de O Curso Superior de Licenciatura em Letras - Habilita ção Plena em Português e Inglês e respectivas Literaturas, objeto do presente reconhecimento, foi autorizado a. funcionar pelo Parecer nº 1.156/87-CFE, de 04 de dezembro de 1987, da au toria da Conselheira ANNA BERNARDES DA SILVEIRA ROCHA e Decre to Federal acima citado, sob a manutenção do CENTRO DE EDUCA ÇÃO TÉCNICA DO ESTADO DO PARÁ, entidade que, à época, era a mantenedora do CENTRO DE ENSINO TÉCNICO DO ESTADO DO PARÁ,onde

2 o Curso seria realizado. Entretanto, em janeiro de 1990, o CENTRO DE EDUCAÇÃO TÉCNICA DO ESTADO DO PARÁ celebrou convênio com a UNlAO DE ENSINO SUPERIOR DO PARÁ - UNESPA, pelo qual esta entidade seria a nova responsável pelo Curso. O convênio foi aprovado pelo Colendo Conselho Federal de Educação, através do Parecer nº 37/90, de 24 de janeiro de 1990, do eminente Conselheiro CAIO TÁCITO, passando, pois, o Curso Superior de Licenciatura em Letras para a jurisdição da UNESPA. Por consequência, para análise deste processo de reconhecimento, convém que seja analisada a situação referente à nova entida_ de mantenedora - UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DO PARÁ - UNESPA - e à no va instituição abrigadora do Curso de Licenciatura em Letras, Habi litação Plena em Português e Inglês e respectivas Literaturas, a UNIÁO DAS ESCOLAS SUPERIORES DO PARÁ - UNESPa uma vez que o CENTRO DE EDUCAÇÃO TÉCNICA DO ESTADO DO PARÁ - CETEP, foi devidamente ana lisado e aprovado a quando da autorização para o funcionamento do Curso. Vale ressaltar que, inclusive, o primeiro concurso vestibu lar do Curso, que ocorreu de 23 a 25 de abril de 1988, com permis_ são especial concedida pela Portaria nº 211, de 30 de março de 1988, do Ministério da Educação, publicada no Diário Oficial da União, de 05 de abril de 1988, já foi realizado em conjunto pelas duas entida_ des mantenedoras. A UNIÁO DE ENSINO SUPERIOR DO PARÁ - UNESPA e a UNIÁO DAS ESCOLAS SUPERIORES DO PARÁ - UNESPa, nasceram da fusão de duas ou trás entidades, a saber: a SOCIEDADE CIVIL COLÉGIO MODERNO e a ASSO CIAÇÁO PARAENSE DE ENSINO E CULTURA, respectivamente mantenedoras das FACULDADES INTEGRADAS COLÉGIO MODERNO - FICOM e CENTRO DE ESTU DOS SUPERIORES DO PARÁ - CESEP, que a 15 de novembro de 1987 resolveram se unir e constituir as novas entidades mantenedora e manti_ da, como já referido. A UNIÁO DE ENSINO SUPERIOR DO PARÁ é uma enti dade na forma de associação civil, de natureza educacional e sem fins lucrativos, que foi autorizada por este Conselho, através do Parecer nº 475/88-CFE, de 08 de junho de 1988, da lavra do eminente Conselheiro CAIO TÁCITO. A nova mantenedora apresentou seu Estatuto devidamente registrado no Livro A-3, sob o nº eapontado sob o nº , no Livro A-l do 1Q Cartório de Ofício de Notas da Cornar

3 ca de Belém, Estado do Pará. A entidade é registrada no Conselho Na cional de Serviço Social sob o nº /88-45, desde 14 de dezembro de Vale ressaltar que a UNESPA e sua entidade mantida - a União das Escolas Superiores do Pará - UNESPa, foram devidamente examinadas por este Conselho a quando da solicitação, através do Processo no /89-06, da sua transformação em Universidade da Amazônia - UNAMA, mediante apresentação de Carta-Consulta, elabo rada em obediência aos padrões recomendados pelo CFE, tendo sido a mesma aprovada pelo Parecer CFE nº 641/90, de 9 de agosto de 1990, e, em consequência, foi nomeada a Comissão de Acompanhamento compojs ta pela Profa. Zilma Parente de Barros, na qualidade de coordenadora e pelos Profas. Luiz Otávio Souza Carmo, Raimundo Alberto Norman do e Meirecelí Calíope Leitinho, como membros, conforme a citada Portaria CFE nº 29, de 13/09/90. A UNESPA tem sede própria situada na Avenida Alcindo Cace- Ia nº 287, em Belém, Pará. Está quite com suas obrigações sociais e tributárias, não possuindo dívidas fiscais e parafiscais. Do pe_ ríodo de autorização do curso ao momento presente, a evolução patri monial foi considerável, alcançando o patrimônio imobiliário o va lor de Cr$ 38,2 bilhões de um total de Cr$ 42,5 bilhões, realçado pelo esforço que vem sendo empreendido na construção do seu "campus" próprio, em área adquirida no centro da cidade, m 2 e já contendo aproximadamente m 2 de área construída, assim disposta: a) cinco (05) blocos de salas de aula, dispondo de 98 salas e de ,63 m 2 ; b) um (01) bloco de salas de laboratórios e ambientes especiais com 3.960,00 m 2 ; c) áreas comuns, com 1.074,94 m 2 ; d) áreas desportivas, com 3.576,94 m 2 ; e, e) estacionamento, com 4.650,00 m 2.

4 Segundo a Comissão de Acompanhamento, a situação econômi co-financeira é regular e os registros contábeis estão atualizados, tendo os mesmos recebido recentemente, por ocasião da negociação das mensalidades com os alunos, parecer favorável do Conselho Regio_ nal de Contabilidade. A receita provém, basicamente, das anuidades pagas, além de outras fontes como aplicações financeiras e serviços prestados a outras instituições. Conforme se pode observar pela do cumentação apresentada no processo, a entidade é financeiramente ca paz de executar a contento seus programas educacionais. A União das Escolas Superiores do Pará - UNESPa, criada em 1988, está autorizada a funcionar com quinze (15) cursos, distribuídos por quatro (4) áreas de conhecimento, a saber: 1. ÁREA TECNOLÓGICA Arquitetura e Urbanismo... Engenharia Civil... Ciências - Habilitação em Matemática... Tecnologia em Proc. de Dados vagas 100 vagas 100 vagas 100 vagas 2. ÁREA PSICO-PEDAGÓGICA Ciências Sociais... Pedagogia... Psicologia... Serviço Social vagas 150 vagas 100 vagas 100 vagas 3. ÁREA SÓCIO-ECONÔMICA Administração... Economia... Direito... Ciências Contábeis vagas 200 vagas 200 vagas 200 vagas 4. ÁREA DE LETRAS E ARTES Licenciatura Plena em Letras... Educação Artística - Hab. em Desenho... Comunicação Social - Hab. em Rei. Públicas... TOTAL GERAL vagas 80 vagas 50 vagas vagas

5 Todos os cursos acima estão reconhecidos, com exceção do Curso Superior de Licenciatura em Letras que ora está sendo analisa do, bem como os cursos de Educação Artística e Comunicação Social. Destes, o primeiro está dando entrada no Conselho Federal de Educa ção em processo de reconhecimento e o último concluiu em 1990 o seu primeiro ano de funcionamento, não possuindo, portanto tempo hábil para pleitear reconhecimento. É importante frisar que há um clima de perfeito entrosamento e cooperação entre a mantenedora e a instituição mantida, sendo respeitada a autonomia didático-administrativa da UNESPa. O Regimen_ to mais recente foi aprovado por ocasião do surgimento da institui ção em 1988, fruto da fusão acima aludida, pelo mesmo parecer que autorizou o funcionamento da entidade, sendo que seus dispositivos são rigorosamente cumpridos, como pôde ser verificado pela Comissão de Acompanhamento, principalmente pelo nível de divulgação do Regimento em todas as instâncias organizacionais. A estrutura organizacional da UNESPa compreende quatro (4) tipos de órgãos: a) deliberativos e normativos; b) executivos;c) de apoio; e, d) suplementares. 0 controle acadêmico é assegurado em três (3) setores: a) o de Atendimento e Informações; b) o de Regis_ tro e Controle Acadêmico; e, c) o de Arquivo e Documentação, que segundo relatórios dos peritos verificadores, apresenta eficiente organização e desempenho. A Biblioteca satisfaz as necessidades de alunos e profes_ sores, constituindo-se em permanente preocupação da mantenedora que reserva, anualmente, 1% dos seus recursos brutos para a aquisição de obras. 0 acervo é representado por: títulos de livros,cor respondendo a volumes; títulos de periódicos, alcançan do volumes; títulos de folhetos, com volumes; e, títulos de textos, representados em volumes, além de uma videoteca inicial ( 69 fitas) que está merecendo atenção por parte dos vários Departamentos que estão utilizando, cada vez mais, este novo recurso didático. O total de volumes é hoje de

6 Do acervo global, o Curso Superior de Licenciatura em Le_ trás - Habilitação Plena em Português e Inglês e respectivas Lite raturas conta com: títulos (3.768 volumes) de livros e 34 títu los (289 volumes) de periódicos, totalizando volumes totais. O horário de funcionamento da Biblioteca foi estabelecido de forma a proporcionar amplo acesso ao acervo, pois funciona das 7 às 23 horas diariamente, e das 7 às 18:00, ao sábados, sendo dirigida por pessoal qualificado (seis bibliotecárias) apoiados por pessoai administrativo treinado e em número suficiente para atendimento adequado aos alunos. O Curso Superior de Licenciatura em Letras - Habilitação em Português e Inglês e respectivas Literaturas, da UNESPa oferece qua_ renta (40) vagas totais anuais, conforme o Decreto de Autorização. O regime é seriado e o currículo adotado foi o constante do proces so autorizativo, de acordo com os itens 6.2 e 6.3 do projeto de re_ conhecimento. Um aspecto a salientar, no que tange ao currículo do Curso, está em que o mesmo oferece Licenciatura Curta após o 3º ano, abrindo assim, aos alunos, a oportunidade de atuarem mais cedo no mercado de trabalho, o que é vantajoso aos profissionais e à própria educação no Pará, que passa a dispor de maior número de profes sores efetivamente habilitados. 0 Curso conta atualmente com 92 alunos, em turmas noturnas, funcionando com número máximo de 56 e mínimo de 12 alunos, em 200 dias letivos. Ocupa posição relevante em demanda por vagas entre os demais cursos da instituição, tendo alcançado no Concurso Vestibu lar de 1988 a relação candidatos/vagas de 14,03, considerada muito alta, retornando ao seu ponto de equilíbrio em 1989 e 1990 com, res pectivamente 4,3 e 3,72. Entre as atividades desenvolvidas pelo curso destacam-se, além das aulas regulares, seminários, mesas-redondas, palestras, cursos livres e outros, destinados a desenvolver a capacidade pro_ fissional de alunos e professores. Neste particular ressalte-se as ações da instituição no sentido de propiciar ao quadro docente do

7 curso - e dos demais cursos por ela mantidos - oportunidades de apro fundar sua capacitação em programas de aperfeiçoamento em docência de nível superior, explicitados no Quadro nº 18 do projeto. O Estágio Supervisionado, obrigatório para fins de integra lização curricular, obedece às normas regimentais e ã legislação em vigor e tem a duração de seis (6) meses, com carga horária mínima de 216 horas, sendo desenvolvido de maneira integrada e acompanhado no campo mesmo do estágio por um professor supervisor, que ministra a disciplina Prática de Ensino, a partir do início do 3º ano. Para a efetivação do estágio, a UNESPa firmou uma série de convênios com escolas públicas e privadas, onde sejam oferecidas as devidas condi ções para o desenvolvimento dessas atividades. 0 corpo docente, relacionado em anexo, está perfeitamente habilitado e é constituído de 23 professores, sendo seis (6)mestres, nove (9) especialistas, quatro (4) cursando especialização e quatro (4) graduados. A Comissão de Acompanhamento do projeto de transformação em UNIVERSIDADE, termina seu relatório atestando a regularidade do Cur so e manifesta opinião favorável ao desempenho do programa de graduação em exame. II. VOTO DA RELATORA A Relatora vota favoravelmente ao reconhecimento do Curso Superior de Licenciatura em Letras - Habilitação Plena em Português e Inglês e respectivas Literaturas, ministrado pela União das Escolas Superiores do Pará, mantida pela União de Ensino Superior do Pa rá, com o total de 40 (quarenta) vagas anuais, o mesmo definido por ocasião da autorização.

8 III. CONCLUSÃO DA CÂMARA A Câmara de Ensino Superior acompanha o voto do Relator. Sala das Sessões, em 1 de SETEMBRO DE 1991

9 A N E X O I Anexo: Corpo Docente aprovado 4- Ana Célia Bahia Silva - PODE SER ACEITA - Disciplina: Psicologia da Educação - Graduação em Licenciatura Plena em Pedagogia, habilitações Orientação Educacional e Supervisão Escolar (UFPa, 1976) - Curso de Aperfeiçoamento em Metodologia do Ensino Superior - Curso de Especialização em Administração de Recursos Huma_ nos (CESEP, 1986) - Coordenadora Pedagógica do CESEP (1980) da UNESPa (1988) - Professora da disciplina no CESEP/UNESPa desde Aprovada pelos Pareceres CFE nº 10/86 (Doc. 301); 131/87 (Doc. 314) e 258/87 (Doc. 315) 2. Rosa Helena Nogueira Ferreira _ PODE SER ACEITA P/ ESTE CURSO. - Disciplina: Psicologia da Educação - Graduação em Licenciatura Plena em Pedagogia (FICOM, 1988) - Especialização em Planejamento e Avaliação Educacional (UNESPa, 1990) - Docência em Escolas de 2º grau e 3º grau (UNESPa, 1990) na disciplina "Psicologia da Educação" 3. Antonio Fernando de Oliveira Dantas Amoras - PODE SER ACEITO - Disciplina: Estudo de Problemas Brasileiros - Graduação em Licenciatura Plena em História (UFPa, 1980) - Curso de Metodologia do Ensino Superior (CESEP, 1980)

10 - Coordenador Geral e Professor de História Geral do CETEP (1980/2) - Membro da Banca Examinadora do Vestibular (CESEP, 1983/5) - Professor de História do Brasil I e II ê de Estudo dos Pro blemas Brasileiros (UFPa, 1980) - Curso de Especialização em Teoria Econômica (UNESPa, 1988) - Professor de EPB no CESEP e UNESPa - Aprovado pelos Pareceres CFE nº 131/87 (Doc. 314) e 258/87 (Doc. 315). 4- Apio Paes Campos Costa. PODE SER ACEITO - Disciplina: Filologia Românica - Graduação em Licenciatura Plena em Teologia (UFPa, 1974) - Estudos de Filosofia no Seminário de Belém (1945) - Estudos de Filologia Espanhola na Universidade de Málaga, Espanha (1975) - Pró-Reitor de Planejamento e Desenvolvimento (UFPa,1977/79) e de Pesquisa e Pós-Graduação (UFPa, 1979/1981) - Coordenador do Curso Livre de Teologia (CESEP,1984 e UNESPa, 1988) - Professor de Filologia Românica (UFPa) - Professor de Ética Profissional (EEMB, 1975) - Aprovado pelos Pareceres CFE nºs 1318/74, 1264/55 e 131/87 (Doc. 314) 5. Altair Jacinta da Silva _ PODE SER ACEITO P/ ESTE CURSO. - Disciplina: Cultura Brasileira - Curso de Licenciatura Curta em Estudos Sociais (UFPa, 1974) - Graduação em Bacharelado em Ciências Sociais (UFPa, 1981) e Licenciatura Plena em História (UFPa, 1983) - Especialização em Teoria Sociológica e Sociologia do Brasil (1985) - Docência em Escolas de 2º Grau - Professora da UNESPa (1989) 6. Rosany Lobão Souza - PQDE SER ACEITA P/ ESTE CURSO. - Disciplina: Redação Técnica - Graduação em Licenciatura Plena em Letras - habilitação em

11 - Português e Alemão (UFPa, 19 88) - Docência em Escolas de 2º Grau - Docência no 3º Grau - CETEP e UNESP.a Curso de Especialização em Docência do 3º Grau (UNESPa,1991) 4- Maria da Conceição Magno Bentes _ PODE SER ACEITA. - Disciplinas: Prática de Ensino de Língua Portugue sa (1º Grau) Prática de Ensino de Língua Portugue sa(2º Grau) Língua Portuguesa e Comunicação - Graduação em Licenciatura Plena em Língua Portuguesa (UFPa, 1977) - Supervisora Escolar do NPI/UFPa (1973/77) - Professora de Língua Portuguesa e Comunicação (CESEP,FICOM, UFPa e UNESPa) - Aprovado pelo Parecer CFE nº 131/87 (Doc. 314) 8. Pedro Oliveira da Rocha - PODE SER ACEITO - Disciplinas: Língua Latina/Língua Latina - Graduação em Licenciatura Plena em Letras, habilitação em Português e Inglês (UFPa, 1978); Licenciatura em Filosofia Studium Generale Banabiticum, BH, 1965; Bacharel em Direito Canônico (Pontifícia Universidade Urbaniana de Propaganda Fide - Roma, 1967); Licenciatura em Sagrada Teologia (idem, 1969) - Especialização em Linguística Aplicada (UFPa, 1981); - Professor de Língua em Escolas de 2º Grau - Professor colaborador de Filologia Românica e de Língua e Literatura Inglesa e Americana da UFPa (1979) - Professor em curso de complementação de estudos para Licen ciatura Plena em Português em Macapá (UFPa, 1982) 9) Aniceto Cirino da Silva Filho - PODE SER ACEITO - Disciplinas: Introdução à Filosofia / Filosofia da Educação. - Graduação em Licenciatura Plena em Filosofia (UFPa, 1985) e em Bacharelado em Filosofia(UFPa, 1984)

12 - Aperfeiçoamento para Professores de Filosofia (UFPa, 1986) - Professor de Filosofia no 3º Grau (UFPa, 1986 e UNESPa 1988) e em Escolas do 2º Grau da rede pública - Auxiliar de Coordenação dos Cursos de Licenciatura em Le trás e Educação Artística da UNESPa (1990) - Cursando Especialização em Docência do 3º Grau (UNESPa,1991) 10. Walkyria Passos Magno e Silva _ PODE SER ACEITA - Disciplinas: Língua e Literatura Inglesa - Graduação em Licenciatura Plena em Letras, habilitação em Português (UFPa, 1976), Inglês (UFPa, 1987) e Alemão (UFPa, 1976) - Mestre em Linguística (UNICAMP, 1980) - Certificado de Proficiência em Inglês (Michigau, 1972) - Metodologia e Didática do Ensino de Alemão para Brasileiros (SP, 1977) - Aperfeiçoamento em Metodologia do Ensino Superior (CESEP, 1984) - Professora de Inglês do Ministério da Marinha (1986) - Centro Cultural Brasil-Estados Unidos (1986) - Diretora do CCBEU (19 89) - Professora de Sociolinguística em Curso de Mestrado em Le trás da UFPa, Iacy de Nazaré Silva Abdon - PODE SER ACEITA - Disciplina: Linguística Aplicada - Graduação em Licenciatura da Língua Portuguesa (UFPa,1976); Licenciatura da Língua Inglesa (UFPa, 1978) - Mestre em Linguística (UFPa, 1983) - Professora de Linguística da UFPa (1978) - Aprovado pelo Parecer CFE nº 131/87 (Doc. 314) 12. Rosana Boulhosa Nassar - PODE SER ACEITA - Disciplinas: Língua Portuguesa

13 - Graduação em Licenciatura Plena em Letras e Artes (UFPa, 1984) - Mestre em Artes em Linguística Portuguesa e Literatura (Uni_ versidade da Califórnia - UCLA, 1990) - Monitora da Literatura Portuguesa da UFPa/CLA, 1983/4 - Professora de Língua Portuguesa da Escola de Linguas BERLITZ, na Califórnia (1990) - Intérprete da Língua Portuguesa no Encontro Internacional da PEPSI-COLA (Los Angeles, 1990) - Professora de Educação Artística em escolas de 2º Grau (1982/ 86), em Belém/Pa - Bolsista do Rotary Internacional (1986/7) e da Pró-Reitoria de Extensão da UFPa) 13. José Guilherme de Oliveira Castro - PODE SER ACEITO - Disciplinas: Teoria da Literatura - Graduação em Licenciatura em Letras (UFPa, 1977); Psicólogo (UFPa, 1978) - Estudos em teoria Literária (PUC-RS, 1975/76/82) - Professor concursado em Teoria Literária (UFPa, 1977) - Professor de Psicologia Geral e Aplicada (CESEP) - Aprovado pelo parecer CFE no 131/87 (Doc. 314) 14. Maria Clarice Leonel - PODE SER ACEITA - Disciplina: Métodos e Técnicas de Pesquisa - Bacharel em Ciências Sociais - FICOM Técnica Pesquisadora do Instituto de Desenvolvimento Econô mico-social do Pará (IDESP ) - Professora da disciplina "Métodos e Técnicas de Pesquisa" da UNESPa (1988) e do CETEP(1989) - Cursando Especialização em Docência do 3º Grau(UNESPa, 1991) 15. Emmanuel Ribeiro Cunha _ PODE SER ACEITA - Disciplina: Estrutura e Funcionamento do Ensino de 10 e 20 Graus - Graduação em Licenciatura Plena em Pedagogia (UFPa, 1988) e I

14 em Geografia (UFPa, 1976) - Especialização em Administração Escolar (FEP, 1989) - Docência em Escolas de 2º Grau da Rede Pública - Docência no 3º Grau - CETEP e UNESPa lá. Maria do Perpétuo Socorro Galvão Simões - PODE SER ACEITA - Disciplina: Literatura Portuguesa - Graduação em Licenciatura em Letras (UFPa, 1974) - Mestre em Língua Portuguesa (UFRJ, 1978) - Vice Diretora do Centro de Letras e Artes (UFPa) - Professora Adjunta de Literatura Portuguesa (UFPa, 1982) - Aprovada pelo Parecer CFE nº 131/87 (Doc. 314), 17. Joaquim da Rocha Bastos Filho - PODE SER ACEITO - Disciplina: Prática de Ensino de Inglês - Graduação em Licenciatura Plena em Letras - habilitação em Português e Inglês (UFPa, 1983) - Curso de Inglês do Centro Cultural Brasil - Estados Unidos (1978) - Professor de Inglês do Ministério da Marinha e de Escolas de 2º Grau e da UNESPa 18. Margarida Maria do Nascimento Paiva - PODE SER ACEITA - Disciplina: Literatura Brasileira - Graduação em Bacharelado em Letras Clássicas (UFPa, 1965); Licenciatura em Letras Clássicas (UFPa, 1965) - Mestrado em Letras/Teoria Literária (PUC-RS, 1978) - Especialista em Teoria Literária (PUC-RS) - Professora de Português do 2º Grau (1964/68) - Professora Adjunto de Literatura Brasileira (UFPa, 1966) - Aprovada pelo Parecer CFE nº 131/87 (Doc. 314) 49. Maria da Luz Lima Soares - PODE SER ACEITA - Disciplina: Literatura Infanto-juvenil

15 - Graduação em Licenciatura Plena em Letras, habilitação em Português (PUC-PR, 1984) - Especialização em Literatura Infanto-juvenil (PUC-PR, 1985) - Docência em Escolas de 1º e 2º Graus - Docência no 3º Grau - CETEP e UNESPa (1990) - Cursando Especialização em Docência do 3o Grau (UNESPa) 20. Nazaré Bestene Eluan - PODE SER ACEITA - Disciplina: Prática dos Desportos - Licenciada em Educação Física pela Escola Superior de Educa. ção Física do Estado do Pará, com Diploma registrado sob n9 17/78. - Professora Titular de Educação Física do CESEP, desde Professora de Ginástica Geral da Escola Superior de Educação Física do Pará, desde Participou de várias jornadas na área de Educação Física,den tre as quais cita-se a Internacional de Educação Física e Despostos e a Internacional de Basquetebol - Realizou cursos de especialização em Educação Física, desta cando-se o de Ginástica Rítmica, o de Aperfeiçoamento em Téc_ nicas de Ensino em Educação Física e o de Currículo de Educa-ção Física para o ensino de 1º e 2º Graus. - Realizou Curso de Metodologia de Ensino Superior, promovido pelo CESEP - Professora da União das Escolas Superiores do Pará, desde Aprovada pelos Pareceres CFE nºs 1/77, 131/87, 940/88,13/84, 338/89, 974/90 (Doc. 334) 24. Ana Lygia Almeida Cunha - PODE SER ACEITA P/ ESTE CURSO - Disciplinai Linguística - Graduação em Licenciatura Plena em Letras - habilitação em Português e Inglês (UFPa, 1989) - Professora da UNESPa, disciplina "Linguística" (1990)

16 22. Sônia Maria Araújo - PODE SER ACEITA - Disciplina: Didática - Graduação em Licenciatura Plena em Pedagogia (UFPa, 1985) - Especialização em Educação e Problemas Regionais (UFPa, 1988) - Docência em Escolas de 2o Grau - Docência no 3º Grau - CETEP e UNESPa (1990)

17 IV - DECISÃO DO PLENÁRIO O Plenário do Conselho Federal de Educação aprovou, por unanimidade a conclusão da Câmara. Sala Barretto Filho, em 30 de setembro de 1991.

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DO ALTO VALE DO RIO PEIXE - CAÇADOR. Reconhecimento da Habilitação Supervisão Escolar do Curso de Pedagogia.

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DO ALTO VALE DO RIO PEIXE - CAÇADOR. Reconhecimento da Habilitação Supervisão Escolar do Curso de Pedagogia. FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DO ALTO VALE DO RIO PEIXE - CAÇADOR Reconhecimento da Habilitação Supervisão Escolar do Curso de Pedagogia. EURIDES BRITO DA SILVA O Diretor de Ensino da Fundação Educacional do Al

Leia mais

Reconhecimento do curso de Matemática Aplicada à Informática, ministrado pela Faculdade de Informática de São Paulo

Reconhecimento do curso de Matemática Aplicada à Informática, ministrado pela Faculdade de Informática de São Paulo SOCIEDADE CIVIL ATENEU BRASIL Reconhecimento do curso de Matemática Aplicada à Informática, ministrado pela Faculdade de Informática de São Paulo ARNALDO NISTEIER I - RELATÓRIO O Diretor-Presidente da

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA Associação Desportiva e de Educação Juvenil ASSUNTO Autorização(Projeto) para funcionamento do curso de Pedagogia, com Habilitação

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BAURUENSE DE ENSINO SUPERIOR E CULTURA

ASSOCIAÇÃO BAURUENSE DE ENSINO SUPERIOR E CULTURA ASSOCIAÇÃO BAURUENSE DE ENSINO SUPERIOR E CULTURA Autorização do curso de Ciências - habilitação em Ma temática - Licenciatura Plena para funcionar na Faculdade de Ci ências, novo estabelecimento de ensino

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONSENHOR MESSIAS. Plenificação do Curso de Letras. Zilma Gomes Parente de Barros 10005/87 12/11/87.

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONSENHOR MESSIAS. Plenificação do Curso de Letras. Zilma Gomes Parente de Barros 10005/87 12/11/87. FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONSENHOR MESSIAS MG Plenificação do Curso de Letras Zilma Gomes Parente de Barros 10005/87 CESu 1º Grupo 12/11/87 23018.001977/86-12 O Presidente da Fundação Educacional Monsenhor

Leia mais

FUNDAÇÃO ALTO URUGUAI PARA A PESQUISA E O ENSINO SUPERIOR. Autorização para o curso em Regime Intensivo de Férias, por um novo período de 5 anos.

FUNDAÇÃO ALTO URUGUAI PARA A PESQUISA E O ENSINO SUPERIOR. Autorização para o curso em Regime Intensivo de Férias, por um novo período de 5 anos. FUNDAÇÃO ALTO URUGUAI PARA A PESQUISA E O ENSINO SUPERIOR Autorização para o curso em Regime Intensivo de Férias, por um novo período de 5 anos. ANNA BERNARDES DA SILVEIRA ROCHA O Presidente da Fundação

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR GONÇALVES DIAS. Autorização (aprovação do projeto) para funcionamento do curso Letras

ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR GONÇALVES DIAS. Autorização (aprovação do projeto) para funcionamento do curso Letras ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR GONÇALVES DIAS Autorização (aprovação do projeto) para funcionamento do curso Letras ARNALDO NISKIER I - RELATÓRIO A Associação de Ensino Superior Gonçalves Dias de São Luis(MA)

Leia mais

Autorização (Exame do Projeto) para funcionamento do curso de Letras, habilitação em Português/Inglês. CESu, 2 Grupo

Autorização (Exame do Projeto) para funcionamento do curso de Letras, habilitação em Português/Inglês. CESu, 2 Grupo ASSOCIAÇÃO DE ENSINO DE VERSALHES Autorização (Exame do Projeto) para funcionamento do curso de Letras, habilitação em Português/Inglês. Arnaldo Niskier CESu, 2 Grupo 1 - RELATÓRIO A Associação de Ensino

Leia mais

FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE OLINDA. Reconhecimento dos cursos de Pedagogia, Ciências, Le trás, Geografia e História. Zilma Gomes Parente de Barros

FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE OLINDA. Reconhecimento dos cursos de Pedagogia, Ciências, Le trás, Geografia e História. Zilma Gomes Parente de Barros FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE OLINDA Reconhecimento dos cursos de Pedagogia, Ciências, Le trás, Geografia e História Zilma Gomes Parente de Barros O Presidente da Fundação de Ensino Superior de Olinda

Leia mais

FUNDAÇÃO FACULDADE DE FILOSOFIA DA CIDADE DE GOIÁS. Reconhecimento do curso de Letras, Português/Inglês. Afrânio dos Santos Coutinho

FUNDAÇÃO FACULDADE DE FILOSOFIA DA CIDADE DE GOIÁS. Reconhecimento do curso de Letras, Português/Inglês. Afrânio dos Santos Coutinho FUNDAÇÃO FACULDADE DE FILOSOFIA DA CIDADE DE GOIÁS Reconhecimento do curso de Letras, Português/Inglês Afrânio dos Santos Coutinho I - RELATÓRIO A Faculdade de Filosofia da Cidade de Goiás, mantida pela

Leia mais

Autorização (Projeto) do curso de Tecnologia em Processamento de Dados. Jucundino da Silva Furtado

Autorização (Projeto) do curso de Tecnologia em Processamento de Dados. Jucundino da Silva Furtado INSTITUTO RADIAL DE ENSINO E PESQUISA - IREP Autorização (Projeto) do curso de Tecnologia em Processamento de Dados. Jucundino da Silva Furtado 1 - RELATÓRIO O pedido do Instituto Radial de Ensino e Pesquisa,

Leia mais

A análise que ora é feita refere-se à fase denomi nada projeto e baseia-se, também, na resposta ao DC 157/89.

A análise que ora é feita refere-se à fase denomi nada projeto e baseia-se, também, na resposta ao DC 157/89. Associação Campineira de E ducaç ã o e C ultura Autorização(Projeto) do curso de A dministração Lêda Maria Chaves I - RELATÓRIO A Associação Campineira de Educação e Cultura, pelo Parecer 86/89, teve aprovado

Leia mais

CENTRO PASTORIAL EDUCACIONAL E ASSISTENCIAL DOM CARLOS

CENTRO PASTORIAL EDUCACIONAL E ASSISTENCIAL DOM CARLOS CENTRO PASTORIAL EDUCACIONAL E ASSISTENCIAL DOM CARLOS Transferência de vagas do Curso de Letras - Português - Inglês e respectivas Literaturas para outro município. MARGARIDA Mª R. BARROS P. LEAL 1-RELATÓRIO

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA "CELSO SUCKOW DA FONSECA"

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA "CELSO SUCKOW DA FONSECA" Reconhecimento do Curso de Licenciatura Plena para Graduação de Professores da Parte de Formação Especial do -Currículo do Ensino de 2º

Leia mais

Reconhecimento do Curso de Letras, habilitação de Tradução em Francês, Inglês e Alemão. Zilma Gomes Parente de Barros

Reconhecimento do Curso de Letras, habilitação de Tradução em Francês, Inglês e Alemão. Zilma Gomes Parente de Barros Universidade de Brasília Reconhecimento do Curso de Letras, habilitação de Tradução em Francês, Inglês e Alemão. Zilma Gomes Parente de Barros 0 Reitor da Universidade de Brasília encaminhe a este Conselho

Leia mais

Reconhecimento do curso de Letras com habilitações em Por-tuguês/Inglês e Português/Francês com suas respectivas Literaturas.

Reconhecimento do curso de Letras com habilitações em Por-tuguês/Inglês e Português/Francês com suas respectivas Literaturas. FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DO AGRESTE ALAGOANO Reconhecimento do curso de Letras com habilitações em Por-tuguês/Inglês e Português/Francês com suas respectivas Literaturas. ZILMA GOMES PARENTE DE BARROS I -

Leia mais

Implantação do curso de Especialização em Supervisão Escolar com base no Parecer nº 604/82 e das Leis 5. 5 4 0 / 6 8 e 5.692/71

Implantação do curso de Especialização em Supervisão Escolar com base no Parecer nº 604/82 e das Leis 5. 5 4 0 / 6 8 e 5.692/71 ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR PAULISTANA Implantação do curso de Especialização em Supervisão Escolar com base no Parecer nº 604/82 e das Leis 5. 5 4 0 / 6 8 e 5.692/71 ZILMA S. Paulete Gomes de Barros

Leia mais

ser ministrado pela Faculdade de Ciências Administrativas de Valinhos.

ser ministrado pela Faculdade de Ciências Administrativas de Valinhos. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO VALINHENSE DE EDUCAÇÃO E CULTURA - AVEC UF SP ASSUNTO: Autorização (Carta-Consulta) para criação do Curso

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO / MANTENEDORA FEBASP SOCIEDADE CIVIL ASSUNTO SP UF Autorização (Projeto) para funcionamento do curso de Tecnologia da Embalagem,

Leia mais

Autorização do Curso (Fase Projeto) de Pedagogia. Pe. ANTONIO GERALDO AMARAL ROSA

Autorização do Curso (Fase Projeto) de Pedagogia. Pe. ANTONIO GERALDO AMARAL ROSA ASSOCIAÇÃO JIPARANAENSE DE EDUCAÇÃO E CULTURA Autorização do Curso (Fase Projeto) de Pedagogia Pe. ANTONIO GERALDO AMARAL ROSA 1 - RELATÓRIO O pleito da interessada foi aprovado na fase da Carta Consulta

Leia mais

I - RELATÓRIO: II - ANÁLISE:

I - RELATÓRIO: II - ANÁLISE: INTERESSADA: AUTARQUIA EDUCACIONAL DO BELO JARDIM AEB / FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E APLICADAS DO BELO JARDIM - FABEJA ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO RELATOR: CONSELHEIRO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº09/2011 Aprova a estrutura curricular do Curso de Administração do Centro de

Leia mais

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DO LITORAL SANTISTA - AELIS/SP.

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DO LITORAL SANTISTA - AELIS/SP. INTERESSADO/MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DO LITORAL SANTISTA - AELIS/SP. UF ASSUNTO Autorização (Execução do Projeto) para funcionamento do curso de Letras, Licenciatura Plena com Habilitação em

Leia mais

José Luitgard de Moura Figueiredo.

José Luitgard de Moura Figueiredo. SOCIEDADE PERNAMBUCANA DE CULTURA E ENSINO Assunto. RECONHECIMENTO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO- HABILITAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO G E R AL. MINISTRADO PELA FACULDADE DE CIÊNCIA HUMA - NAS DE PERNAMBUCO. José

Leia mais

c) a planejar, implementar e avaliar tarefas de sua prática edu_ cativa. 2.2. Objetivos Específicos

c) a planejar, implementar e avaliar tarefas de sua prática edu_ cativa. 2.2. Objetivos Específicos UNIVERSIDADE DO RIO GRANDE RS Autorização para o curso de pós-graduação em Educação, com habilitações em Orientação Educacional e Supervisão Escolar. ZILMA GOMES PARENTE DE BARROS l - RELATÓRIO 0 Reitor

Leia mais

Reconhecimento do curso de Serviço Social, ministrado pela. Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras de Botucatu.

Reconhecimento do curso de Serviço Social, ministrado pela. Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras de Botucatu. ASSOCIAÇÃO DE ENSINO DE BOTUCATU - UNIFAC Reconhecimento do curso de Serviço Social, ministrado pela Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras de Botucatu. YUGO OKIDA 1 - RELATÓRIO Trata o presente parecer

Leia mais

Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Ciências Contábeis, a ser ministrado pela Faculdade de São

Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Ciências Contábeis, a ser ministrado pela Faculdade de São INTERESSADO/MANTENEDORA PIA SOCIEDADE DOS MISSIONÁRIOS DE SÃO CARLOS ASSUNTO. SP Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Ciências Contábeis, a ser ministrado pela Faculdade de

Leia mais

Autorização dos cursos de Ciências Contábeis e de Administração (fase de Projeto).

Autorização dos cursos de Ciências Contábeis e de Administração (fase de Projeto). MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO CONSELHO FEDERAL DE EDUCACÃO INTERESSADO/MANTENEDORA Associação de Ensino de Urubupunga UF SP ASSUNTO Autorização dos cursos de Ciências Contábeis e de Administração

Leia mais

BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE

BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE ANO II Nº 003 Editado pela Secretaria Geral das FIPAR Faculdades Integradas de Paranaíba FIPAR Paranaíba, 08 de agosto de 2008. AVISO DE PUBLICAÇÃO E ADEQUAÇÃO DE MATRIZ

Leia mais

UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA

UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA INTERESSADOMANTENEDOR UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA UF AM ASSUNTO Autorização de curso de docência do ensino superior em nível de especialização para professores de ensino superior no Centro de Ensino Superior

Leia mais

ASSUNTO: RECONHECIMENTO DO CURSO DE ESTUDOS SOCIAIS - HABILITAÇÃO EM HISTÓRIA

ASSUNTO: RECONHECIMENTO DO CURSO DE ESTUDOS SOCIAIS - HABILITAÇÃO EM HISTÓRIA INTERESSADO/MANTENEDORA FUNDAÇÃO REGIONAL INTEGRADA - FuRI UF RS ASSUNTO: RECONHECIMENTO DO CURSO DE ESTUDOS SOCIAIS - HABILITAÇÃO EM HISTÓRIA RELATOR: Srª Cons. ZILMA GOMES PARENTE DE BARROS 1 - RELATÓRIO

Leia mais

NORMAS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO PARA OS CURSOS DE LICENCIATURA EM LETRAS DA PUCRS

NORMAS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO PARA OS CURSOS DE LICENCIATURA EM LETRAS DA PUCRS NORMAS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO PARA OS CURSOS DE LICENCIATURA EM LETRAS DA PUCRS CURSOS DE LICENCIATURA EM LETRAS: Habilitações: Língua Portuguesa e respectivas Literaturas Língua Espanhola e respectivas

Leia mais

conhecimento do Curso de Letras, habilitação em Português/Inglês, 0 Presidente da Fundação Comunitária Educacional e Cul

conhecimento do Curso de Letras, habilitação em Português/Inglês, 0 Presidente da Fundação Comunitária Educacional e Cul INTERESSADO/MANTENEDORA UF Fundação Comunitária Educacional e Cultural de João Monlevade MG ASSUNTO Reconhecimento do curso de Letras, habilitação em Português/Inglês, minis- trado pela Faculdade de Educação

Leia mais

Autorização (Execução do Projeto) de curso de Ciências Econômicas, a funcionar na Faculdade de Ciências Económicas e Contábeis Cândido Rondon

Autorização (Execução do Projeto) de curso de Ciências Econômicas, a funcionar na Faculdade de Ciências Económicas e Contábeis Cândido Rondon ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL CÂNDIDO RONDON Autorização (Execução do Projeto) de curso de Ciências Econômicas, a funcionar na Faculdade de Ciências Económicas e Contábeis Cândido Rondon João Paulo do Valle Mendes

Leia mais

Aprovação (Carta-Consulta) do Plano de Curso em Marketing na Faculdade da Cidade (RJ)

Aprovação (Carta-Consulta) do Plano de Curso em Marketing na Faculdade da Cidade (RJ) INTERESSADO/MANTENEDORA SOCIEDADE EDUCACIONAL DA CIDADE ASSUNTO: UF RJ Aprovação (Carta-Consulta) do Plano de Curso em Marketing na Faculdade da Cidade (RJ) RELATOR: SR. CONS. ARNALDO NISKIER 1 - RELATÓRIO

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Educação CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Educação CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Educação CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE EDUCAÇÂO A DISTÂNCIA PROCESSO Nº: E-03/100.302/2007 INTERESSADO: CETEPIS BRASIL

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 29/1/2002

PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 29/1/2002 PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 29/1/2002 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação/Câmara

Leia mais

Autorização /Execução do Projeto) de curso de Ciências Contábeis a funcionar na Faculdade de Ciências Econômicas e Contábeis Cândido Rondon.

Autorização /Execução do Projeto) de curso de Ciências Contábeis a funcionar na Faculdade de Ciências Econômicas e Contábeis Cândido Rondon. ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL CÂNDIDO RONDON Autorização /Execução do Projeto) de curso de Ciências Contábeis a funcionar na Faculdade de Ciências Econômicas e Contábeis Cândido Rondon. João Paulo do Valle Mendes

Leia mais

Reconhecimento do Curso de Letras - Habilitação Português/Inglês, ministrado pelas Faculdades Integradas de Cuiabá. C.E.U.

Reconhecimento do Curso de Letras - Habilitação Português/Inglês, ministrado pelas Faculdades Integradas de Cuiabá. C.E.U. INTERESSADO/MANTENEDORA UNIÃO DAS ESCOLAS SUPERIORES DE CUIABA UF MT ASSUNTO: Reconhecimento do Curso de Letras - Habilitação Português/Inglês, ministrado pelas Faculdades Integradas de Cuiabá. RELATOR:

Leia mais

RELATOR: SR. CONS. JOSÉ LUITGARD DE MOURA FIGUEIREDO... CÂMARA OU COMISSÃO CESu 1ºGrupo

RELATOR: SR. CONS. JOSÉ LUITGARD DE MOURA FIGUEIREDO... CÂMARA OU COMISSÃO CESu 1ºGrupo INTERESSADO/MANTENEDORA Sociedade Assistencial de Educação e Cultura. UF SP ASSUNTO Autorização execução de projeto para funcionamento do curso de Administração - habilitações Geral e Comércio Exterior,

Leia mais

Reconhecimento do curso de Secretariado Executivo. Jessé Guimarães.

Reconhecimento do curso de Secretariado Executivo. Jessé Guimarães. Associação Latino-americana de Educação. PE Reconhecimento do curso de Secretariado Executivo. Jessé Guimarães. 1 - RELATÓRIO A Associação Latino-americana de Educação submete a este Colegiado pedido de

Leia mais

Autorização(projeto) para funcionamento do curso de Serviço Social

Autorização(projeto) para funcionamento do curso de Serviço Social INTERESSADO/MANTENEDORA Sociedade Presbiteriana de Educação e Pesquisa ASSUNTO: Autorização(projeto) para funcionamento do curso de Serviço Social RELATOR: SR. CONS. Virgínio Cândido Tosta de Souza 1-RELATÓRIO

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROCESSO N o : E-03/100.029/2008 INTERESSADO: CENTRO DE ENSINO E TREINAMENTO APLICADO A PROFISSIONAIS LTDA

COMISSÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROCESSO N o : E-03/100.029/2008 INTERESSADO: CENTRO DE ENSINO E TREINAMENTO APLICADO A PROFISSIONAIS LTDA Governo do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Educação CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO COMISSÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROCESSO N o : E-03/100.029/2008 INTERESSADO: CENTRO DE ENSINO E TREINAMENTO

Leia mais

Zilma Gomes Parente de Barros. CESu, 1º Grupo

Zilma Gomes Parente de Barros. CESu, 1º Grupo INSTITUIÇÃO TOLEDO DE ENSINO SP Reconhecimento da Licenciatura Plena em Letras Zilma Gomes Parente de Barros CESu, º Grupo I - RELATÓRIO 2300.000427/87-09 0 Presidente da Instituição Toledo de Ensino encaminha

Leia mais

446, 23/01/2014, 24/01/2014 PARECER CEE/PE Nº 143/2013-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM

446, 23/01/2014, 24/01/2014 PARECER CEE/PE Nº 143/2013-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM INTERESSADA: UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO UPE FACULDADE DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO - FCAP ASSUNTO: RENOVAÇÃO DO RECONHECIMENTO DO CURSO SUPERIOR SEQUENCIAL DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM GESTÃO IMOBILIÁRIA

Leia mais

CURSO DE LETRAS - LICENCIATURA HABILITAÇÃO EM PORTUGUÊS/INGLÊS QUADRO DE SEMESTRALIZAÇÃO

CURSO DE LETRAS - LICENCIATURA HABILITAÇÃO EM PORTUGUÊS/INGLÊS QUADRO DE SEMESTRALIZAÇÃO CURSO DE LETRAS - LICENCIATURA HABILITAÇÃO EM PORTUGUÊS/INGLÊS QUADRO DE SEMESTRALIZAÇÃO SEM DISCIPLINAS CH 1º Cultura Brasileira 40 Filosofia da Educação 40 Fundamentos da Educação 40 Iniciação à Pesquisa

Leia mais

4. informações sobre os equipamentos indicados pela Co-

4. informações sobre os equipamentos indicados pela Co- ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SÃO JUDAS TADEU Aprovação de Plano de Curso Execução do Projeto da habilitação Tecnologia Educacional do Curso de Pedagogia. ARNALDO NISKIER I - RELATÓRIO Pelo Parecer nº

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA UNIÃO SOCIAL CAMILIANA ASSUNTO / UF SP AUTORIZAÇÃO (PROJETO) PARA FUNCIONAMENTO DO CURSO DE CIÊNCIAS SOCIAIS - HABILITAÇÕES

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 16/2012 Aprova a estrutura curricular contida no Projeto Pedagógico do Curso

Leia mais

PIA SOCIEDADE DOS MISSIONÁRIOS DE SAO CARLOS. Margarida Maria do R.B.P.Leal

PIA SOCIEDADE DOS MISSIONÁRIOS DE SAO CARLOS. Margarida Maria do R.B.P.Leal MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA PIA SOCIEDADE DOS MISSIONÁRIOS DE SAO CARLOS UF SP ASSUNTO Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Administração,

Leia mais

PARECER CEE/PE Nº 95/2011-CEB Homologado pelo Plenário em 29/07/2011 I RELATÓRIO:

PARECER CEE/PE Nº 95/2011-CEB Homologado pelo Plenário em 29/07/2011 I RELATÓRIO: INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL MAURÍCIO DE NASSAU CARUARU/PE ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DOS CURSOS TÉCNICOS EM ADMINISTRAÇÃO E EM SECRETARIADO - EIXO TECNOLÓGICO: GESTÃO E NEGÓCIOS RELATORA: CONSELHEIRA

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 242/2014

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 242/2014 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 242/2014 Altera a Deliberação CONSEP Nº 107/2012, que Dispõe sobre o Currículo Pleno do Curso de Pedagogia - Licenciatura, regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA,

Leia mais

RESOLUÇÃO CONJUNTA CEG/CEPG N.º 01/99

RESOLUÇÃO CONJUNTA CEG/CEPG N.º 01/99 RESOLUÇÃO CONJUNTA CEG/CEPG N.º 01/99 Dispõe sobre a aplicação das Leis n. 9.394/96 e n. 9.678/98, a periodização do ano letivo, a caracterização das disciplinas e dos requisitos curriculares complementares,

Leia mais

INTERESSADO/MANTENEDORA. Aprovação do Curso de Especialização em Metodologia do Ensino da Lingua Portuguesa, fora da sede. CÂMARA OU COMISSÃO CESu

INTERESSADO/MANTENEDORA. Aprovação do Curso de Especialização em Metodologia do Ensino da Lingua Portuguesa, fora da sede. CÂMARA OU COMISSÃO CESu INTERESSADO/MANTENEDORA MISSÃO SALESIANA DE MATO GROSSO DO SUL ASSUNTO Aprovação do Curso de Especialização em Metodologia do Ensino da Lingua Portuguesa, fora da sede. UF MS RELATOR: SR. CONS. Yugo Okida

Leia mais

I RELATÓRIO: II ANÁLISE:

I RELATÓRIO: II ANÁLISE: INTERESSADA: AUTARQUIA EDUCACIONAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO - AEVSF / FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS E SOCIAIS DE PETROLINA FACAPE ASSUNTO: RENOVAÇÃO DO RECONHECIMENTO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM SECRETARIADO

Leia mais

Autorização (Projeto) para funcionamento do curso de Administração. a ser ministrado pela Fac. de Ciências Contábeis e Administrativas de Tangará.

Autorização (Projeto) para funcionamento do curso de Administração. a ser ministrado pela Fac. de Ciências Contábeis e Administrativas de Tangará. CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE TANGARÀ a ser ministrado pela Fac. de Ciências Contábeis e Administrativas de Tangará. Autorização (Projeto) para funcionamento do curso de Administração SR.CONS. IB GATTO

Leia mais

UNIARA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ARARAQUARA MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO: PROCESSOS DE ENSINO, GESTÃO E INOVAÇÃO REGULAMENTO SUMÁRIO

UNIARA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ARARAQUARA MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO: PROCESSOS DE ENSINO, GESTÃO E INOVAÇÃO REGULAMENTO SUMÁRIO UNIARA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ARARAQUARA MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO: PROCESSOS DE ENSINO, GESTÃO E INOVAÇÃO REGULAMENTO SUMÁRIO TÍTULO I - APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA... 1 TÍTULO II - DOS OBJETIVOS...

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DO AGRESTE ALAGOANO Reconhecimento do Curso de Ciências, com habilitações em Matemática, Química e Biologia. O Presidente da Fundação

Leia mais

PROCESSO N. 788/11 PROTOCOLO N.º 10.661.081-9 PARECER CEE/CEB N.º 1014/11 APROVADO EM 08/11/11

PROCESSO N. 788/11 PROTOCOLO N.º 10.661.081-9 PARECER CEE/CEB N.º 1014/11 APROVADO EM 08/11/11 PROCESSO N. 788/11 PROTOCOLO N.º 10.661.081-9 PARECER CEE/CEB N.º 1014/11 APROVADO EM 08/11/11 CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA INTERESSADO: COLÉGIO ESTADUAL BARÃO DO RIO BRANCO ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO, NORMAL

Leia mais

REGIMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR VALE DO IGUAÇU DO COLEGIADO DE CURSO

REGIMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR VALE DO IGUAÇU DO COLEGIADO DE CURSO REGIMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR VALE DO IGUAÇU DO COLEGIADO DE CURSO Art. 1º O colegiado de curso é órgão consultivo da Coordenação de Curso, destinado a subsidiar a

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO 1NTERESSADO/MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DA BAHIA UF BA ASSUNTO Aprovação de docentes para pós-graduação "Lato sensu área de Desenvolvimento

Leia mais

PARECER CEE/PE Nº 109/2014-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 03/11/2014 I RELATÓRIO:

PARECER CEE/PE Nº 109/2014-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 03/11/2014 I RELATÓRIO: INTERESSADO: INTERFACE CURSOS E CONSULTORIA RECIFE/PE ASSUNTO: ALTERAÇÃO DO REGIMENTO, DA PROPOSTA PEDAGÓGICA E DO PLANO DO CURSO TÉCNICO EM TRANSAÇÕES IMOBILIÁRIAS EIXO TECNOLÓGICO: GESTÃO E NEGÓCIOS

Leia mais

Este parecer abrange 3 pedidos de inclusão de novas habilitações no Curso de Pedagogia, sem aumento de vagas, nos DGEs 14, 29 e 35.

Este parecer abrange 3 pedidos de inclusão de novas habilitações no Curso de Pedagogia, sem aumento de vagas, nos DGEs 14, 29 e 35. ASSOCIAÇÃO SANTA MARCELINA E OUTROS AUTORIZAÇÃO ( CARTA-CONSULTA ) PARA INCLUSÃO DE SOVA HABILITAÇÃO NO CURSO DE PEDAGOGIA NORBERTINO B. FILHO substituido no Plenário pelo Consº Walter R. da Costa Porto

Leia mais

ANEXO I AO EDITAL PROP N 010/2013 ESPECIALIZAÇÕES 2014.1. Cursos de Especialização oferecidos: (CAMPI/NÚCLEOS)

ANEXO I AO EDITAL PROP N 010/2013 ESPECIALIZAÇÕES 2014.1. Cursos de Especialização oferecidos: (CAMPI/NÚCLEOS) ANEXO I AO EDITAL PROP N 010/2013 ESPECIALIZAÇÕES 2014.1 Edital de ofertas de cursos para o Programa de Pós- Graduação Lato Sensu da UESPI, conforme Resolução CONSUN nº 045/2003. Cursos de Especialização

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS CAMPO GRANDENSES INSTRUÇÃO NORMATIVA 002/2010 17 05 2010

FACULDADES INTEGRADAS CAMPO GRANDENSES INSTRUÇÃO NORMATIVA 002/2010 17 05 2010 O Diretor das Faculdades Integradas Campo Grandenses, no uso de suas atribuições regimentais e por decisão dos Conselhos Superior, de Ensino, Pesquisa, Pós Graduação e Extensão e de Coordenadores, em reunião

Leia mais

A Câmara Superior de Ensino do Conselho Universitário da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições;

A Câmara Superior de Ensino do Conselho Universitário da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições; 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 13/2012 Aprova a estrutura curricular contida no Projeto Pedagógico do Curso

Leia mais

Autorização(Projeto) da habilitação em Radialismo do curso de Comunicação Social.

Autorização(Projeto) da habilitação em Radialismo do curso de Comunicação Social. INTERESSADO/MANTENEDORA INSTITUTO METODISTA DE ENSINO SUPERIOR UF SP ASSUNTO: Autorização(Projeto) da habilitação em Radialismo do curso de Comunicação Social. RELATOR: SR. CONS. Arnaldo Niskier 1-RELATÓRIO

Leia mais

Regimento Unificado das Faculdades Integradas de Guarulhos

Regimento Unificado das Faculdades Integradas de Guarulhos MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA SOCIEDADE GUARULHENSE DE EDUCAÇÃO ASSUNTO; UF SP Regimento Unificado das Faculdades Integradas de Guarulhos RELATOR SR. CONS.

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.662, DE 28 DE ABRIL DE 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.662, DE 28 DE ABRIL DE 2015 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.662, DE 28 DE ABRIL DE 2015 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em,

Leia mais

JOÃO MARTINS DIAS Presidente do Conselho Superior do IFAM

JOÃO MARTINS DIAS Presidente do Conselho Superior do IFAM RESOLUÇÃO Nº. 23 - CONSUP/IFAM, de 09 de agosto de 2013. Aprova o Regulamento das Atividades Complementares dos Cursos de Graduação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas. O

Leia mais

Margarida Maria do R.B.P.Leal

Margarida Maria do R.B.P.Leal INTERESSADO/MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE EDUCAÇÃO ASSUNTO. UF SP Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Comunicação Social, habilitação em Publicidade e Propaganda, a ser

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO(*)

PARECER HOMOLOGADO(*) PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 21/01/2008. (*) Portaria/MEC nº 105, publicada no Diário Oficial da União de 21/01/2008. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 003 DE 18 DE SETEMBRO DE 2014.

RESOLUÇÃO Nº 003 DE 18 DE SETEMBRO DE 2014. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA MINAS GERAIS CAMPUS SABARÁ Endereço provisório: Avenida Serra Piedade, 341,

Leia mais

Autorização (Execução do Projeto) do c urso de Administraç ã o

Autorização (Execução do Projeto) do c urso de Administraç ã o Sociedade Educacional Santa Marta S/C Autorização (Execução do Projeto) do c urso de Administraç ã o Lêda M aria Chaves I - RELATÓRIO A Sociedade Educacional Santa Marta S/C, pelos P a r e c e res 882/88

Leia mais

INTERESSADO: Instituto de Educação Profissional SOS Computadores

INTERESSADO: Instituto de Educação Profissional SOS Computadores INTERESSADO: Instituto de Educação Profissional SOS Computadores EMENTA: Credencia o Instituto de Educação Profissional SOS Computadores, nesta Capital, e reconhece o curso de educação profissional técnica

Leia mais

Reconhecimento do curso de Educação Física - habilitações em licenciatura e Técnica de Desportos. João Paulo do Valle Mendes

Reconhecimento do curso de Educação Física - habilitações em licenciatura e Técnica de Desportos. João Paulo do Valle Mendes FUNDAÇÃO EDUCACIONAL REGIONAL DO RIO GRANDE DO NORTE Reconhecimento do curso de Educação Física - habilitações em licenciatura e Técnica de Desportos. João Paulo do Valle Mendes 1 RELATÓRIO O Diretor da

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 11/04/2008 (*) Portaria/MEC nº 459, publicada no Diário Oficial da União de 11/04/2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

PROCESSO Nº 102/2004 APROVADO PELO PLENÁRIO EM 21/09/2004 PARECER CEE/PE Nº 88/2004-CEB I - RELATÓRIO:

PROCESSO Nº 102/2004 APROVADO PELO PLENÁRIO EM 21/09/2004 PARECER CEE/PE Nº 88/2004-CEB I - RELATÓRIO: INTERESSADO: CENTRO GESTÃO TÉCNICA PERNAMBUCO LTDA ASSUNTO : CRENCIAMENTO E AUTORIZAÇÃO DOS CURSOS TÉCNICOS EM ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDA RELATOR : CONSELHEIRO JOSIAS SILVA ALBUQUERQUE PROCESSO 102/2004

Leia mais

PROCESSO N. 2262/10 PROTOCOLO N. 10.382.307-2 PARECER CEE/CEB N.º 51/11 APROVADO EM 09/02/11 INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CENAP

PROCESSO N. 2262/10 PROTOCOLO N. 10.382.307-2 PARECER CEE/CEB N.º 51/11 APROVADO EM 09/02/11 INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CENAP PROTOCOLO N. 10.382.307-2 PARECER CEE/CEB N.º 51/11 APROVADO EM 09/02/11 CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CENAP MUNICÍPIO:CASCAVEL ASSUNTO: Pedido de Reconhecimento

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE PÓS-GRADUAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE PÓS-GRADUAÇÃO RESOLUÇÃO Nº. 07/2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE PÓS-GRADUAÇÃO Aprova a criação do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, em nível

Leia mais

A Universidade Federal do Pará, com sede e foro na cidade de Belém, é uma instituição de ensino*superior, organiza

A Universidade Federal do Pará, com sede e foro na cidade de Belém, é uma instituição de ensino*superior, organiza UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARA RECONHECIMENTO DO CURSO DE MATEMÁTICA SYDNEI 'LIMA SANTOS I - RELATÓRIO Os dados contidos no processo, no relatório da Comissão Verificadora e nas informações da CAE são a

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação UF: DF Superior ASSUNTO: Aprecia Indicação CNE/CP nº 2/2002 sobre Diretrizes Curriculares

Leia mais

ANEXO I - EDITAL Nº 15/2015 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA

ANEXO I - EDITAL Nº 15/2015 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA INSTITUTO FEDERAL DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROCESSO SELETIVO DO 2º SEMESTRE 205 ANEXO I - EDITAL Nº 5/205 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROCESSO Nº: E-03/100.520/2009 INTERESSADO: CENTRO DE ENSINO E TREINAMENTO APLICADO A PROFISSIONAIS LTDA

COMISSÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROCESSO Nº: E-03/100.520/2009 INTERESSADO: CENTRO DE ENSINO E TREINAMENTO APLICADO A PROFISSIONAIS LTDA Governo do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Educação CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO COMISSÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROCESSO Nº: E-03/100.520/2009 INTERESSADO: CENTRO DE ENSINO E TREINAMENTO

Leia mais

INTERESSADA/MANTENEDORA UNIVERSIDADE DO OESTE PAULISTA

INTERESSADA/MANTENEDORA UNIVERSIDADE DO OESTE PAULISTA INTERESSADA/MANTENEDORA UNIVERSIDADE DO OESTE PAULISTA UF SP ASSUNTO Autorização do Curso de Pós-Graduação/lato Sensu em nível de Especialização em Metodologia e Didática do Ensino Superior, fora de sede,

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 218/2015

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 218/2015 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 218/2015 Altera a Deliberação Consep nº 237/2014, que dispõe sobre o Currículo do Curso de Letras - Licenciatura, com habilitações em Língua Portuguesa, Língua Inglesa e respectivas

Leia mais

CRIAÇÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO

CRIAÇÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D A B A H I A P r ó - R e i t o r i a d e E n s i n o d e G r a d u a ç ã o Palácio da Reitoria - Rua Augusto Viana s/n - Canela - 40.110-060 - Salvador Bahia E-mails:

Leia mais

ATOS AUTORIZATIVOS. Rua Isabel Herdy Alves, n 305, São José - Além Paraíba MG CEP: 36.660-000. Telefone: (32) 3462-7030 www.feap.edu.

ATOS AUTORIZATIVOS. Rua Isabel Herdy Alves, n 305, São José - Além Paraíba MG CEP: 36.660-000. Telefone: (32) 3462-7030 www.feap.edu. ATOS AUTORIZATIVOS LEI MUNICIPAL nº 680 de 06 de dezembro de 1971(município de Além Paraíba) Autoriza o funcionamento da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Profª Nair Fortes Abu-Merhy e dá outras

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 24/8/2009, Seção 1, Pág. 16. Portaria n 816, publicada no D.O.U. de 24/8/2009, Seção 1, Pág. 16. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.638, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.638, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.638, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE REGIONAL DO NORDESTE - CAMPINA GRANDE

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE REGIONAL DO NORDESTE - CAMPINA GRANDE FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE REGIONAL DO NORDESTE - CAMPINA GRANDE REC. DO CURSO DE HISTORIA LICENCIATURA PLENA I - RELATÓRIO O Presidente da Fundação Universidade Regional do Nor deste - FURNE - encaminha ao

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO Universidade Federal do Paraná Reconhecimento da Habilitação em Magistério para Educação Pré-Escolar do curso de Pedagogia. Lêda Maria Chaves 0 Reitor

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR APROVADO PELA RESOLUÇÃO

Leia mais

PROCESSO N.º 1200/03-A PROTOCOLO N.º 5.657.325-9/03 PARECER N.º 673/04 APROVADO EM 08/12/2004

PROCESSO N.º 1200/03-A PROTOCOLO N.º 5.657.325-9/03 PARECER N.º 673/04 APROVADO EM 08/12/2004 PROTOCOLO N.º 5.657.325-9/03 PARECER N.º 673/04 APROVADO EM 08/12/2004 CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR INTERESSADA: FUNDAÇÃO FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DE MANDAGUARI - FAFIMAN MUNICÍPIO: MANDAGUARI

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 237/2014

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 237/2014 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 237/2014 Dispõe sobre o Currículo do Curso de Letras - Licenciatura, com habilitações em Língua Portuguesa, Língua Inglesa e respectivas Literaturas, regime seriado semestral. O CONSELHO

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO(*)

PARECER HOMOLOGADO(*) PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 24/12/2003 (*) Portaria/MEC nº 4.035, publicada no Diário Oficial da União de 24/12/2003 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

I RELATÓRIO: 608/2015, de 20/02/2015 PARECER CEE/PE Nº 01/2015-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 26/01/2015

I RELATÓRIO: 608/2015, de 20/02/2015 PARECER CEE/PE Nº 01/2015-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 26/01/2015 INTERESSADO: COLÉGIO DE SÃO JOSÉ RECIFE/PE ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO E DO CURSO TÉCNICO EM RECURSOS HUMANOS EIXO TECNOLÓGICO: GESTÃO E NEGÓCIOS, NA MODALIDADE PRESENCIAL RELATOR:

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 229/2002

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 229/2002 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 229/2002 Aprova a estrutura do currículo pleno do Curso de Administração (ênfase em Gerenciamento Empresarial). O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº ECA-784/02,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA ORGANIZAÇÃO BRASILEIRA DE CULTURA E EDUCAÇÃO UF RJ ASSUNTO Alteração Curricular dos cursos de Historia e Geografia,

Leia mais

PARECER CEE/PE Nº 35/2008-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 08/04/2008 I RELATÓRIO:

PARECER CEE/PE Nº 35/2008-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 08/04/2008 I RELATÓRIO: INTERESSADO: SENAC CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DO RECIFE JOÃO RODRIGUES MAIA ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DO CURSO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO EM ADMINISTRAÇÃO E SUPORTE DE REDES E DE SISTEMAS

Leia mais