20114 Advocacia-Geral da União. Apoio às Políticas Públicas e Áreas Especiais 0580 Defesa Jurídica da União Atividades Padronizadas

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "20114 Advocacia-Geral da União. Apoio às Políticas Públicas e Áreas Especiais 0580 Defesa Jurídica da União. 92000 Atividades Padronizadas"

Transcrição

1 Anexo III - s Responsáveis por s Advocacia-Geral da União 0580 Defesa Jurídica da União Atividades Padronizadas 0089 Previdência de Inativos e Pensionistas da União Apoio Administrativo Investimento das Empresas Estatais em Infra-Estrutura de Apoio Câmara dos Deputados 0553 Atuação Legislativa da Câmara dos Deputados Controladoria Geral da União 1173 Controle Interno, Prevenção e Combate à Corrupção Gabinete da Presidência da República Divulgação dos Atos Oficiais e Produção Gráfica Democratização do Acesso à Informação Arquivística Governamental Democratização do Acesso à Informação Jornalística, Educacional e Cultural Massificação da Certificação Digital ICP-Brasil Nacional de Inclusão de Jovens - ProJovem 0496 Informações Integradas para Proteção da Amazônia Inteligência Federal Gestão da Política Nacional Sobre Drogas Gestão da Política de Comunicação de Governo Prospecção e Avaliação de Políticas Públicas Gestão de Políticas na Área da Presidência da República Promoção da Ética Pública Justiça do Distrito Federal e dos Territórios 0567 Prestação Jurisdicional no Distrito Federal 1

2 Anexo III - s Responsáveis por s Justiça do Trabalho Justiça Eleitoral Justiça Federal Justiça Militar da União 0566 Prestação Jurisdicional Trabalhista Gestão do Processo Eleitoral Prestação Jurisdicional na Justiça Federal Prestação Jurisdicional Militar Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Desenvolvimento da Economia Cafeeira Abastecimento Agroalimentar Segurança e Qualidade de Alimentos e Bebidas Segurança da Sanidade na Agropecuária Desenvolvimento Sustentável das Regiões Produtoras de Cacau Minimização de Riscos no Agronegócio Qualidade de Insumos e Serviços Agropecuários Pesquisa e Desenvolvimento para a Competitividade e Sustentabilidade do Agronegócio Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário e Agroindustrial para a Inserção Social Desenvolvimento da Agroenergia Desenvolvimento do Agronegócio no Comércio Internacional Desenvolvimento Sustentável do Agronegócio Apoio ao Desenvolvimento do Setor Agropecuário 0360 Gestão da Política Agropecuária 2

3 Anexo III - s Responsáveis por s Ministério da Ciência e Tecnologia Ministério da Cultura Formação e Capacitação de Recursos Humanos para Ciência, Tecnologia e Inovação Promoção da Pesquisa e do Desenvolvimento Científico e Tecnológico Nacional de Atividades Espaciais - PNAE Ciência, Tecnologia e Inovação para Inclusão e Desenvolvimento Social Nacional de Atividades Nucleares Ciência, Tecnologia e Inovação Aplicadas aos Recursos Naturais Ciência, Tecnologia e Inovação para a Política Industrial, Tecnológica e de Comércio Exterior (PITCE) Meteorologia e Mudanças Climáticas 0473 Gestão da Política de Ciência, Tecnologia e Inovação Brasil Patrimônio Cultural Livro Aberto Brasil, Som e Imagem Museu Memória e Cidadania Cultura Afro-Brasileira Monumenta Cultura Viva - Arte, Educação e Cidadania Engenho das Artes Identidade e Diversidade Cultural- Brasil Plural Desenvolvimento da Economia da Cultura - PRODEC 0173 Gestão da Política de Cultura 3

4 Anexo III - s Responsáveis por s Ministério da Defesa Segurança de Vôo e Controle do Espaço Aéreo Brasileiro Desenvolvimento da Infra-Estrutura Aeroportuária Segurança da Navegação Aquaviária Calha Norte Assistência e Cooperação das Forças Armadas à Sociedade 0472 Proantar Recursos do Mar Preparo e Emprego da Força Terrestre Preparo e Emprego da Força Aérea Preparo e Emprego do Poder Naval Gestão da Política de Defesa Nacional Reaparelhamento e Adequação da Marinha do Brasil Tecnologia de Uso Aeroespacial Reaparelhamento e Adequação do Exército Brasileiro Tecnologia de Uso Naval Desenvolvimento da Aviação Civil Reaparelhamento e Adequação da Força Aérea Brasileira Ensino Profissional da Marinha Serviço de Saúde das Forças Armadas Ensino Profissional do Exército Ensino Profissional da Aeronáutica Tecnologia de Uso Terrestre Produção de Material Bélico Comunicações, Comando, Controle e Inteligência nas Forças Armadas Mobilização para Defesa Nacional Preparo e Emprego Combinado das Forças Armadas 4

5 Anexo III - s Responsáveis por s Ministério da Educação Brasil Alfabetizado e Educação de Jovens e Adultos Brasil Escolarizado Desenvolvimento da Educação Profissional e Tecnológica Brasil Universitário Desenvolvimento da Educação Especial Desenvolvimento do Ensino da Pós-Graduação e da Pesquisa Científica Educação para a Diversidade e Cidadania Qualidade na Escola 1067 Gestão da Política de Educação 1449 Estatísticas e Avaliações Educacionais 5

6 Anexo III - s Responsáveis por s Ministério da Fazenda Ampliação e Modernização das Instituições Financeiras Oficiais Educação Fiscal 0758 Produção de Moeda e Documentos de Segurança Administração Tributária e Aduaneira Gestão das Políticas Monetária, Cambial e de Crédito Gestão da Política de Administração Financeira e Contábil da União Recuperação de Créditos e Defesa da Fazenda Nacional Desenvolvimento do Sistema Financeiro Nacional Capacitação de Servidores Públicos em Finanças Públicas e Áreas Afins Desenvolvimento do Mercado de Valores Mobiliários Desenvolvimento dos Mercados de Seguros, Previdência Complementar Aberta e Capitalização Gestão da Política de Regulação de Mercados Fortalecimento da Gestão Administrativa e Fiscal dos Municípios - PNAFM Gestão da Política Econômica 6

7 Anexo III - s Responsáveis por s Ministério da Integração Nacional Promoção do Desenvolvimento da Faixa de Fronteira Desenvolvimento da Agricultura Irrigada Infra-Estrutura Hídrica Promoção da Sustentabilidade de Espaços Sub-Regionais - PROMESO Prevenção e Preparação para Desastres Resposta aos Desastres e Reconstrução Integração de Bacias Hidrográficas Desenvolvimento Integrado e Sustentável do Semi-Árido - CONVIVER Drenagem Urbana e Controle de Erosão Marítima e Fluvial Desenvolvimento Macrorregional Sustentável 0757 Gestão da Política de Integração Nacional 7

8 Anexo III - s Responsáveis por s Ministério da Justiça Ministério da Pesca e Aqüicultura Proteção e Promoção dos Povos Indígenas Aprimoramento da Execução Penal Prevenção e Repressão à Criminalidade Segurança Pública nas Rodovias Federais Defesa Econômica e da Concorrência Defesa do Consumidor Assistência Jurídica Integral e Gratuita Sistema Único de Segurança Pública - SUSP Nacional de Segurança Pública com Cidadania - PRONASCI 0698 Gestão e Apoio Institucional na Área da Justiça Reforma do Judiciário Prevenção e Combate à Lavagem de Dinheiro Modernização da Polícia Federal Desenvolvimento Institucional da Polícia Rodoviária Federal Promoção da Justiça e da Cidadania Desenvolvimento Sustentável da Pesca Desenvolvimento Sustentável da Aqüicultura 1344 Gestão da Política Aqüícola e Pesqueira 8

9 Anexo III - s Responsáveis por s Ministério da Previdência Social Ministério da Saúde Previdência Social Básica Qualidade dos Serviços Previdenciários Previdência Complementar Regimes de Previdência dos Servidores Públicos da União, Estados, Municípios e Distrito Federal Educação Previdenciária 0087 Gestão da Política de Previdência Social Indenizações e Pensões Especiais de Responsabilidade da União Regulação e Fiscalização da Saúde Suplementar Ciência, Tecnologia e Inovação no Complexo da Saúde Atenção Básica em Saúde Assistência Ambulatorial e Hospitalar Especializada Saneamento Rural Vigilância e Prevenção de Riscos Decorrentes da Produção e do Consumo de Bens e Serviços Segurança Transfusional e Qualidade do Sangue e Hemoderivados Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos Promoção da Capacidade Resolutiva e da Humanização na Atenção à Saúde Aperfeiçoamento do Trabalho e da Educação na Saúde Vigilância, Prevenção e Controle de Doenças e Agravos Implementação da Política de Promoção da Saúde 0016 Gestão da Política de Saúde 9

10 Anexo III - s Responsáveis por s Ministério das Cidades Ministério das Comunicações Ministério das Relações Exteriores Serviços Urbanos de Água e Esgoto Segurança e Educação de Trânsito: Direito e Responsabilidade de Todos Qualidade e Produtividade do Habitat - PBQP-H Urbanização, Regularização Fundiária e Integração de Assentamentos Precários Reabilitação de Áreas Urbanas Centrais Descentralização dos Sistemas de Transporte Ferroviário Urbano de Passageiros Mobilidade Urbana Habitação de Interesse Social 0310 Gestão da Política de Desenvolvimento Urbano Fortalecimento da Gestão Urbana Aprimoramento dos Serviços Postais Universalização dos Serviços de Telecomunicações Qualidade dos Serviços de Telecomunicações Inovação Tecnológica em Telecomunicações 8006 Gestão da Política de Comunicações Promoção das Exportações Difusão da Cultura e da Imagem do Brasil no Exterior Relações e Negociações do Brasil no Exterior e Atendimento Consular Análise e Difusão da Política Externa Brasileira 0683 Gestão da Política Externa 0685 Ensino Profissional Diplomático 10

11 Anexo III - s Responsáveis por s Ministério de Minas e Energia Qualidade dos Serviços de Abastecimento de Petróleo, seus Derivados, Gás Natural e Biocombustíveis Qualidade do Serviço de Energia Elétrica Luz para Todos Atuação Internacional na Área de Petróleo Distribuição de Derivados de Petróleo, Gás Natural, Álcool e Biocombustíveis Indústria Petroquímica Oferta de Petróleo e Gás Natural Refino de Petróleo Transporte de Petróleo, Derivados, Gás Natural e Biocombustíveis Energia na Região Nordeste Energia na Região Sul Energia nas Regiões Sudeste e Centro-Oeste Energia na Região Norte Mineração e Desenvolvimento Sustentável Desenvolvimento Tecnológico do Setor de Energia Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico nas Áreas de Petróleo e Gás Natural Energia nos Sistemas Isolados Energia Alternativa Renovável Brasil com Todo Gás Eficiência Energética Geologia do Brasil 0276 Gestão da Política de Energia 1069 Gestão da Política de Geologia, Mineração e Transformação Mineral 11

12 Anexo III - s Responsáveis por s Ministério do Desenvolvimento Agrário Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Assentamentos para Trabalhadores Rurais Desenvolvimento Sustentável de Projetos de Assentamento Gerenciamento da Estrutura Fundiária e Destinação de Terras Públicas Agricultura Familiar - PRONAF Crédito Fundiário Paz no Campo Desenvolvimento Sustentável de Territórios Rurais Educação do Campo (PRONERA) Assistência Técnica e Extensão Rural na Agricultura Familiar Incentivo à Comercialização da Produção da Agricultura Familiar 0139 Gestão da Política de Desenvolvimento Agrário Erradicação do Trabalho Infantil Acesso à Alimentação Transferência de Renda com Condicionalidades - Bolsa Família Proteção Social Básica Proteção Social Especial 1006 Gestão da Política de Desenvolvimento Social e Combate à Fome 12

13 Anexo III - s Responsáveis por s Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Ministério do Esporte Metrologia, Qualidade e Avaliação da Conformidade Pólo Industrial de Manaus Desenvolvimento do Sistema de Propriedade Intelectual Desenvolvimento do Comércio Exterior e da Cultura Exportadora Desenvolvimento de Microempresas e Empresas de Pequeno e Médio Porte Competitividade das Cadeias Produtivas Artesanato Brasileiro Interiorização do Desenvolvimento da Área de Atuação da SUFRAMA 0411 Gestão das Políticas Industrial, de Comércio e de Serviços Brasil no Esporte de Alto Rendimento - Brasil Campeão Inclusão Social pelo Esporte Esporte e Lazer da Cidade Vivência e Iniciação Esportiva Educacional - Segundo Tempo 0413 Gestão das Políticas de Esporte e de Lazer 13

14 Anexo III - s Responsáveis por s Ministério do Meio Ambiente Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis Recursos Pesqueiros Sustentáveis Prevenção e Combate ao Desmatamento, Queimadas e Incêndios Florestais - Florescer Nacional de Florestas Conservação e Uso Sustentável da Biodiversidade e dos Recursos Genéticos Zoneamento Ecológico-Econômico Combate à Desertificação Probacias - Conservação de Bacias Hidrográficas Comunidades Tradicionais Revitalização de Bacias Hidrográficas em Situação de Vulnerabilidade e Degradação Ambiental Conservação e Recuperação dos Biomas Brasileiros Qualidade Ambiental Conservação, Manejo e Uso Sustentável da Agrobiodiversidade Resíduos Sólidos Urbanos 0497 Gestão da Política Nacional de Recursos Hídricos Gestão da Política de Meio Ambiente Agenda 21 14

15 Anexo III - s Responsáveis por s Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Ministério do Trabalho e Emprego Gestão do Patrimônio Imobiliário da União Informações Estatísticas e Geocientíficas Inclusão Digital 0798 Compras Governamentais Desenvolvimento de Competências em Gestão Pública Gestão do Plano Plurianual e dos Orçamentos da União Gestão da Política na Área de Planejamento Gestão de Recursos Humanos e Democratização das Relações de Trabalho no Setor Público Fortalecimento da Capacidade de Gestão Pública Governo Eletrônico Integração das Políticas Públicas de Emprego, Trabalho e Renda Qualificação Social e Profissional Rede de Proteção ao Trabalho Crédito Orientado ao Desenvolvimento e Geração de Emprego e Renda Erradicação do Trabalho Escravo Democratização das Relações de Trabalho Economia Solidária em Desenvolvimento Segurança e Saúde no Trabalho Microcrédito Produtivo Orientado 0106 Gestão da Política de Trabalho, Emprego e Renda 15

16 Anexo III - s Responsáveis por s Ministério do Turismo Ministério dos Transportes Brasil: Destino Turístico Internacional Turismo Social no Brasil: Uma Viagem de Inclusão 1001 Gestão da Política de Turismo Vetor Logístico Amazônico Vetor Logístico Centro-Norte Vetor Logístico Leste Vetor Logístico Nordeste Setentrional Vetor Logístico Nordeste Meridional Vetor Logístico Centro-Sudeste Vetor Logístico Sul Qualidade dos Serviços de Transporte Fomento ao Desenvolvimento da Marinha Mercante e da Indústria Naval 0225 Gestão da Política dos Transportes Ministério Público da União Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial Defesa da Ordem Jurídica Brasil Quilombola Promoção de Políticas Afirmativas para a Igualdade Racial 16

17 Anexo III - s Responsáveis por s Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres Prevenção e Enfrentamento da Violência contra as Mulheres Cidadania e Efetivação de Direitos das Mulheres 1068 Gestão da Transversalidade de Gênero nas Políticas Públicas Secretaria Especial de Portos 1470 Gestão da Política Portuária Secretaria Especial dos Direitos Humanos Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente em Conflito com a Lei - Pró-SINASE Sistema de Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente Garantia e Acesso a Direitos Proteção a Pessoas Ameaçadas Nacional de Acessibilidade Promoção e Defesa dos Direitos de Pessoas com Deficiência Reparação de Violações e Defesa dos Direitos Humanos Educação em Direitos Humanos Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa 0155 Gestão da Política de Direitos Humanos Senado Federal Superior Tribunal de Justiça 0568 Atuação Legislativa do Senado Federal Prestação Jurisdicional no Superior Tribunal de Justiça 17

18 Anexo III - s Responsáveis por s Supremo Tribunal Federal 0565 Prestação Jurisdicional no Supremo Tribunal Federal 1389 Controle da Atuação Administrativa e Financeira no Poder Judiciário Tribunal de Contas da União 0550 Controle Externo 18

ANEXO III - ÓRGÃO RESPONSÁVEL POR PROGRAMA DE GOVERNO

ANEXO III - ÓRGÃO RESPONSÁVEL POR PROGRAMA DE GOVERNO 20114 Advocacia-Geral da União 92000 Atividades Padronizadas 01000 Câmara dos Deputados 20125 Controladoria Geral da União ANEXO III - ÓRGÃO RESPONSÁVEL POR DE GOVERNO ÓRGÃO 0580 Defesa Jurídica da União

Leia mais

ORÇAMENTOS DA UNIÃO EXERCÍCIO FINANCEIRO 2011

ORÇAMENTOS DA UNIÃO EXERCÍCIO FINANCEIRO 2011 REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE ORÇAMENTO FEDERAL ORÇAMENTOS DA UNIÃO EXERCÍCIO FINANCEIRO 20 PROJETO DE LEI ORÇAMENTÁRIA VOLUME II Consolidação

Leia mais

20114 Advocacia-Geral da União. Apoio às Políticas Públicas e Áreas Especiais 0580 Defesa Jurídica da União. 92000 Atividades Padronizadas

20114 Advocacia-Geral da União. Apoio às Políticas Públicas e Áreas Especiais 0580 Defesa Jurídica da União. 92000 Atividades Padronizadas Anexo III - s Responsáveis por s 20114 Advocacia-Geral da União 0580 Defesa Jurídica da União 92000 Atividades Padronizadas 0750 Apoio Administrativo 0807 Investimento das Empresas Estatais em Infra-Estrutura

Leia mais

TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS A ESTADOS, DF E MUNICÍPIOS - DEZEMBRO/2011

TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS A ESTADOS, DF E MUNICÍPIOS - DEZEMBRO/2011 SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL COINT - Coordenação-Geral de Análise e Informações das Transferências Financeiras Intergovernamentais TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS A ESTADOS, DF E MUNICÍPIOS - DEZEMBRO/2011

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial

Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial 0352 Abastecimento Agroalimentar 22000 1049 Acesso à Alimentação 0351 Agricultura Familiar - PRONAF 1215 Alimentação Saudável 1016 Artesanato Brasileiro 28000 0135 Assentamentos Sustentáveis para Trabalhadores

Leia mais

PL Nº 31/2007-CN PPA 2008 2011 RESUMO REGIÃO CENTRO-OESTE

PL Nº 31/2007-CN PPA 2008 2011 RESUMO REGIÃO CENTRO-OESTE CONGRESSO NACIONAL COMISSÃO MISTA DE PLANOS, ORÇAMENTOS PÚBLICOS E FISCALIZAÇÃO PL Nº 31/2007-CN PPA 2008 2011 RESUMO REGIÃO CENTRO-OESTE Resumo - por Região/Tipo/Programa/ REGIÃO: Centro-Oeste 8.512.701.370

Leia mais

Código Especificação Fiscal Seg.Social Investimentos Total

Código Especificação Fiscal Seg.Social Investimentos Total 100 Fortalecimento da Atuação Legislativa 15.020.000 15.020.000 101 Fortalecimento do Controle Externo Estadual 67.755.000 67.755.000 102 Fortalecimento do Controle Externo Municipal 3.784.000 3.784.000

Leia mais

Plano Plurianual DESENVOLVIMENTO, PRODUTIVIDADE E INCLUSÃO SOCIAL ANEXO II

Plano Plurianual DESENVOLVIMENTO, PRODUTIVIDADE E INCLUSÃO SOCIAL ANEXO II Plano Plurianual 216 219 DESENVOLVIMENTO, PRODUTIVIDADE E INCLUSÃO SOCIAL ANEXO II PROGRAMA: 21 - Aprimoramento do Ministério Público Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social 82.71 268.863 Despesas Correntes

Leia mais

Anexo II Órgãos Responsáveis por Programas

Anexo II Órgãos Responsáveis por Programas Anexo II s Responsáveis por s Anexo II - s responsáveis por s 20114 92000 01000 20125 20101 16000 15000 14000 12000 13000 22000 Advocacia-Geral da União Atividades Padronizadas Câmara dos Deputados Controladoria

Leia mais

Anexo II - Programas de Gestão, Manutenção e Serviços ao Estado

Anexo II - Programas de Gestão, Manutenção e Serviços ao Estado Anexo II - Programas de Gestão, Manutenção e Serviços ao Estado PROGRAMA: 0553 - Atuação Legislativa da Câmara dos Deputados 3.185.780 9.806.513 Despesas Correntes 2.978.153 9.065.847 Despesas de Capital

Leia mais

PROGRAMA: 0553 - Atuação Legislativa da Câmara dos Deputados. PROGRAMA: 0551 - Atuação Legislativa do Senado Federal

PROGRAMA: 0553 - Atuação Legislativa da Câmara dos Deputados. PROGRAMA: 0551 - Atuação Legislativa do Senado Federal PROGRAMA: 0553 - Atuação Legislativa da Câmara dos Deputados 3.172.280 9.772.013 Despesas Correntes 2.964.653 9.031.347 Despesas de Capital 207.627 740.666 3.172.280 12.944.292 9.772.013 PROGRAMA: 0551

Leia mais

Atividades Padronizadas. 0750 Apoio Administrativo 0807 Investimento das Empresas Estatais em Infra-Estrutura de Apoio. Câmara dos Deputados

Atividades Padronizadas. 0750 Apoio Administrativo 0807 Investimento das Empresas Estatais em Infra-Estrutura de Apoio. Câmara dos Deputados Anexo II - s responsáveis por s 20114 92000 01000 20125 20101 16000 15000 Advocacia-Geral da União Atividades Padronizadas Câmara dos Deputados Controladoria Geral da União Gabinete da Presidência da República

Leia mais

ANEXO I ANEXO DE METAS E PRIORIDADES DA LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS

ANEXO I ANEXO DE METAS E PRIORIDADES DA LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS ANEXO I ANEXO DE METAS E PRIORIDADES DA LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS - 2007 (Art. 4º, 2º, Inciso I, da Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000) 1 ANEXO I LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS 2007 Prioridades

Leia mais

MUNICÍPIO DE ANGRA DOS REIS - CONSOLIDADO GERAL. Demonstrativo de Funções, Subfunções e Programas para Projetos e Atividades

MUNICÍPIO DE ANGRA DOS REIS - CONSOLIDADO GERAL. Demonstrativo de Funções, Subfunções e Programas para Projetos e Atividades Exercício de 01 LEGISLATIVA 4.6.00 29.444.00 33.600.00 01 031 AÇÃO LEGISLATIVA 4.6.00 29.444.00 33.600.00 01 031 05 Desenvolvimento Legislativo 4.6.00 29.444.00 33.600.00 ADMINISTRAÇÃO 7.698.00.0.50 1.7.50

Leia mais

Anexo III Órgãos responsáveis por Programas CÓDIGO ÓRGÃO / UNIDADE ORÇAMENTÁRIA 20114 ADVOCACIA GERAL DA UNIÃO 0580 DEFESA JURÍDICA DA UNIÃO 20118

Anexo III Órgãos responsáveis por Programas CÓDIGO ÓRGÃO / UNIDADE ORÇAMENTÁRIA 20114 ADVOCACIA GERAL DA UNIÃO 0580 DEFESA JURÍDICA DA UNIÃO 20118 Anexo III Órgãos responsáveis por Programas CÓDIGO ÓRGÃO / UNIDADE ORÇAMENTÁRIA 20114 ADVOCACIA GERAL DA UNIÃO 0580 DEFESA JURÍDICA DA UNIÃO 20118 AGÊNCIA BRASILEIRA DE INTELIGÊNCIA 0641 INTELIGÊNCIA FEDERAL

Leia mais

TABELA DE CARGOS EM COMISSÃO SUPERINTENDÊNCIA CENTRAL DE RECURSOS HUMANOS

TABELA DE CARGOS EM COMISSÃO SUPERINTENDÊNCIA CENTRAL DE RECURSOS HUMANOS SERV. Governadoria do Estado Básica Governador - 20.042,00 12.025,20 Básica Secretário de Estado Extraordinário - 16.033,00 Básica Chefe de Gabinete do Governador CDS-1 16.033,00 9.619,80 Básica Chefe

Leia mais

MUNICÍPIO DO CABO DE SANTO AGOSTINHO - PE RELAÇÃO DOS PROGRAMAS VIGENTES NO EXERCÍCIO 2015 PLANO PLURIANUAL E ORÇAMENTO 2015

MUNICÍPIO DO CABO DE SANTO AGOSTINHO - PE RELAÇÃO DOS PROGRAMAS VIGENTES NO EXERCÍCIO 2015 PLANO PLURIANUAL E ORÇAMENTO 2015 CódigoDenominação 1001 1002 1003 1004 1005 1006 1007 1008 1009 1011 1012 Objetivo 1013 PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS DA PROCURADORIA GERAL DO MUNICÍPIO Promover o desenvolvimento pessoal e

Leia mais

TOTAL - GERAL 15.000 TOTAL - GERAL 144.245.467

TOTAL - GERAL 15.000 TOTAL - GERAL 144.245.467 PROGRAMA DE TRABALHO ( SUPLEMENTAÇÃO ) RECURSOS DE TODAS AS FONTES - R$ 1,00 0901 Operações Especiais: Cumprimento de Sentenças Judiciais 15.000 OPERAÇÕES ESPECIAIS 28 846 0901 0716 Cumprimento de Débitos

Leia mais

Tabela para classificação de ações de extensão

Tabela para classificação de ações de extensão Tabela para classificação de ações de extensão Linha de Extensão 1. Alfabetização, leitura e escrita Formas mais freqüentes de operacionalização Alfabetização e letramento de crianças, jovens e adultos;

Leia mais

RELATÓRIO APRESENTADO

RELATÓRIO APRESENTADO CONGRESSO NACIONAL COMISSÃO MISTA DE PLANOS, ORÇAMENTOS PÚBLICOS E FISCALIZAÇÃO PROJETO DE LEI DE REVISÃO DO PLANO PLURIANUAL PARA 2004-2007 (Projeto de Lei nº 41/2005-CN) RELATÓRIO APRESENTADO SUBSTITUTIVO

Leia mais

EIXOS E PROGRAMAS ATIVIDADE DE ANALISE CRITICA DOS EIX. EIXO 2 -Conhecimento e inovação tecnológica

EIXOS E PROGRAMAS ATIVIDADE DE ANALISE CRITICA DOS EIX. EIXO 2 -Conhecimento e inovação tecnológica ATIVIDADE DE ANALISE CRITICA DOS EIX EIXOS E PROGRAMAS EIXO 2 -Conhecimento e inovação tecnológica Programa de fortalecimento da capacidade de pesquisa e desenvolvimento tecnológico Programa de inovação

Leia mais

Ação Produto(Unidade) Metas 2015 Manutenção das Atividades da Câmara Municipal Câmara Mantida(unidade) 1

Ação Produto(Unidade) Metas 2015 Manutenção das Atividades da Câmara Municipal Câmara Mantida(unidade) 1 MUNICÍPIO DE CRUZEIRO DO SUL ACRE GABINETE DO PREFEITO ANEXO I (Lei Municipal n 704, de 07/10/2015) 0001 - EXECUÇÃO DA AÇÃO LEGISLATIVA Apreciar proposição em geral, apurar fatos determinados, exercer

Leia mais

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará. Comissão de Orçamento, Finanças e Tributação

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará. Comissão de Orçamento, Finanças e Tributação Assembleia Legislativa do Estado do Ceará Comissão de Orçamento, Finanças e Tributação Plano Plurianual PPA (2016-2019) O Plano Plurianual (PPA) é um instrumento de planejamento de médio prazo que estabelece,

Leia mais

ELEIÇÃO 2014 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA BRASIL 27 DO BRASIL QUE TEMOS PARA O BRASIL QUE QUEREMOS E PODEMOS DIRETRIZES GERAIS DE GOVERNO

ELEIÇÃO 2014 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA BRASIL 27 DO BRASIL QUE TEMOS PARA O BRASIL QUE QUEREMOS E PODEMOS DIRETRIZES GERAIS DE GOVERNO ELEIÇÃO 2014 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA BRASIL 27 DO BRASIL QUE TEMOS PARA O BRASIL QUE QUEREMOS E PODEMOS DIRETRIZES GERAIS DE GOVERNO CUMPRIR E FAZER CUMPRIR A CONSTITUIÇÃO 1. Cumprir e fazer cumprir a

Leia mais

Ações da Seguridade Social,respectivos Programas e Órgão Orçamentário R$ 1,00

Ações da Seguridade Social,respectivos Programas e Órgão Orçamentário R$ 1,00 1476 Abastecimento de Água Através de Carro-Pipa 5181 Gestão de Riscos e Respostas a Desastres 4205 Administração e Manutenção da Frota de Veículos 5046 de Gestão e Manutenção e 34000 - Secretaria de da

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SAQUAREMA RUA CORONEL MADUREIRA 77 - CNPJ:32147670/0001-21

PREFEITURA MUNICIPAL DE SAQUAREMA RUA CORONEL MADUREIRA 77 - CNPJ:32147670/0001-21 Página 1 PODER 01 PODER LEGISLATIVO ORGÃO 01 CAMARA MUNICIPAL DE SAQUAREMA UNIDADE 01 CAMARA MUNICIPAL DE SAQUAREMA 01 Legislativa 6.436.730,49 01 031 Ação Legislativa 6.436.730,49 01 031 0079 GESTÃO ADMINISTRATIVA

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Conselho Nacional de Secretaria-Executiva Consultoria Jurídica Secretaria Nacional de Renda de

Leia mais

0054 - Pagamento de Pessoal Inativo e Pensionistas do Estado do Mato Grosso (Art. 27 da Lei Complementar nº 31, de 1977)

0054 - Pagamento de Pessoal Inativo e Pensionistas do Estado do Mato Grosso (Art. 27 da Lei Complementar nº 31, de 1977) Programa 0089 - Previdência de Inativos e Pensionistas da União 0053 - Pagamento de Pessoal Inativo e Pensionistas dos Extintos Estados e Territórios Número de Ações 305 Esfera: 20 - Orçamento da Seguridade

Leia mais

Sistema Orçamentário Financeiro

Sistema Orçamentário Financeiro 12 Área de Resultado: Cidade Saudável 28 - Vigilância em Saúde 30 - Atendimento Ambulatorial, Emergencial e Hospitalar 114 - Rede Assistencial 117 - Gestão do SUS-BH 157 - Atenção Primária à Saúde (APS)

Leia mais

PPA 2010 / 2013 Resumo por Função/Subfunção. 031 - Ação Legislativa 151.440

PPA 2010 / 2013 Resumo por Função/Subfunção. 031 - Ação Legislativa 151.440 Página:1/19 FUNÇÃO : 01 - Legislativa 151.440 031 - Ação Legislativa 151.440 Página:2/19 FUNÇÃO : 04 - Administração 1.204.940 122 - Administração Geral 1.117.758 126 - Tecnologia da Informação 58.263

Leia mais

Prazo Limite de envio da Proposta ( informações atualizadas em 31/05/2012)

Prazo Limite de envio da Proposta ( informações atualizadas em 31/05/2012) ACESSE A PÁGINA DO SICOV PARA MAIORES DETALHES: https://www.convenios.gov.br/siconv/programa/listarchamamentopublico/listarchamamentopublico.do?op=disp Código do Programa Projetos referentes aos saberes,

Leia mais

Q.D.D. 2013 Quadro de Detalhamento da Despesa

Q.D.D. 2013 Quadro de Detalhamento da Despesa Q.D.D. 2013 Quadro de Detalhamento da Despesa FRANCISCO BELLO GALINDO FILHO Prefeito Municipal JULIANA MARTINS DA ROCHA Secretaria Municipal de Planejamento e Finanças Diretoria de Planejamento e Orçamento

Leia mais

DIRETRIZES GERAIS PARA UM PLANO DE GOVERNO

DIRETRIZES GERAIS PARA UM PLANO DE GOVERNO DIRETRIZES GERAIS PARA UM PLANO DE GOVERNO Ações de Inclusão Social e de Combate à Pobreza Modelo Próprio de Desenvolvimento Infra-estrutura para o Desenvolvimento Descentralizado Transparência na Gestão

Leia mais

Orientações sobre preenchimento de áreas e linhas de extensão no cadastro de atividades de extensão na UNIFAP

Orientações sobre preenchimento de áreas e linhas de extensão no cadastro de atividades de extensão na UNIFAP UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E AÇÕES COMUNITÁRIAS DEPARTAMENTO DE EXTENSAO Orientações sobre preenchimento de áreas e linhas de extensão no cadastro de atividades de extensão

Leia mais

PLANO DE GOVERNO TULIO BANDEIRA PTC 36

PLANO DE GOVERNO TULIO BANDEIRA PTC 36 PLANO DE GOVERNO TULIO BANDEIRA PTC 36 GESTÃO PÚBLICA Garantir ampla participação popular na formulação e acompanhamento das políticas públicas; Criação do SOS Oprimidos, onde atenda desde pessoas carentes

Leia mais

MEDIDA PROVISÓRIA Nº 726, DE 12 DE MAIO DE 2016.

MEDIDA PROVISÓRIA Nº 726, DE 12 DE MAIO DE 2016. MEDIDA PROVISÓRIA Nº 726, DE 12 DE MAIO DE 2016. Altera e revoga dispositivos da Lei nº 10.683, de 28 de maio de 2003, que dispõe sobre a organização da Presidência da República e dos Ministérios. O VICE-PRESIDENTE

Leia mais

PPA 2014/2017 CLASSIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES POR FUNÇÃO E SUBFUNÇÃO

PPA 2014/2017 CLASSIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES POR FUNÇÃO E SUBFUNÇÃO Página: 1 Função: 01 LEGISLATIVA 031 AÇÃO LEGISLATIVA ATUAÇÃO LEGISLATIVA ATUAÇÃO LEGISLATIVA Aquisição de Equipamentos para a Camara Municipal Aquisição de Veiculos para a Camara Municipal Construção

Leia mais

CAPTAÇÃO DE RECURSOS FEDERAIS LINHAS DE AÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS

CAPTAÇÃO DE RECURSOS FEDERAIS LINHAS DE AÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS CAPTAÇÃO DE RECURSOS FEDERAIS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS 1. SECRETARIA NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA - SENASP Gestão do Conhecimento e de Informações criminais; Formação e Valorização Profissional; Implantação

Leia mais

UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES DE SERVIÇOS, ENSINO E PESQUISA LTDA. PASTA P R O E R S

UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES DE SERVIÇOS, ENSINO E PESQUISA LTDA. PASTA P R O E R S UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES DE SERVIÇOS, ENSINO E PESQUISA LTDA. PASTA P R O E R S São Paulo ( ) / Minas Gerais ( ) 2011 1 P R O E R S 1. TÍTULO DO PROJETO (de acordo com a Linha de Extensão) : 2. ACADÊMICO:

Leia mais

Governo Municipal de Marabá ORÇAMENTO PROGRAMA PARA 2015 - Consolidado RELAÇÃO DE PROJETOS E ATIVIDADES

Governo Municipal de Marabá ORÇAMENTO PROGRAMA PARA 2015 - Consolidado RELAÇÃO DE PROJETOS E ATIVIDADES Governo Municipal de Marabá ORÇAMENTO PROGRAMA PARA 2015 - Consolidado RELAÇÃO DE PROJETOS E ATIVIDADES 01 01. 01 031 0001 1.001 Aparelhamento do Prédio da Camara Municipal 180.000,00 09 10. 12 361 0009

Leia mais

44201 - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis

44201 - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis 44201 - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis Quadro Síntese Código / Especificação PLO. 2002 Lei+Créditos 2002 Empenhado 2002 PLO. 2003 Total 557.860.773 637.176.773

Leia mais

Código Especificação Fiscal Seg.Social Investimentos Total

Código Especificação Fiscal Seg.Social Investimentos Total 100 Fortalecimento da Atuação Legislativa 8.475.000 8.475.000 101 Fortalecimento do Controle Externo Estadual 80.649.880 80.649.880 102 Fortalecimento do Controle Externo Municipal 3.245.000 3.245.000

Leia mais

MUNICÍPIO DE CASTELO CONSOLIDADO ESPÍRITO SANTO 27.165

MUNICÍPIO DE CASTELO CONSOLIDADO ESPÍRITO SANTO 27.165 001 - CÂMARA MUNICIPAL DE CASTELO 001 - CÂMARA MUNICIPAL DE CASTELO 01 Legislativa 1.776.613,21 1.776.613,21 01031 Ação Legislativa 1.776.613,21 1.776.613,21 010310001 APOIO ADMINISTRATIVO DA CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

UF: ES. 12101 - Justiça Federal de Primeiro Grau. 14108 - Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo

UF: ES. 12101 - Justiça Federal de Primeiro Grau. 14108 - Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo ORÇAMENTO DA UNIÃO PARA 2010 - INVESTIMENTOS POR UF UF: ES 12101 - Justiça Federal de Primeiro Grau 02.122.0569.1834.0101 - Construção do Edifício-Sede da Seção Judiciária em Vitória - ES No Município

Leia mais

5 PLANOS E PROGRAMAS GOVERNAMENTAIS PARA A REGIÃO

5 PLANOS E PROGRAMAS GOVERNAMENTAIS PARA A REGIÃO Plano de Manejo da APA de Conceição da Barra - Volume 2 Planos e Programas Pág. 941 / 1008 5 PLANOS E PROGRAMAS GOVERNAMENTAIS PARA A REGIÃO O item a seguir apresentará de forma integrada as informações

Leia mais

VOLUME II CONSOLIDAÇÃO DOS PROGRAMAS DE GOVERNO

VOLUME II CONSOLIDAÇÃO DOS PROGRAMAS DE GOVERNO VOLUME II CONSOLIDAÇÃO DOS PROGRAMAS DE GOVERNO ÍNDICE I - POR ORDEM NUMÉRICA VOLUME II CONSOLIDAÇÃO DOS PROGRAMAS DE GOVERNO 0016 - Gestão da Política de 3 0052 - Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis

Leia mais

Abastecimento Agroalimentar TOTAL: 19.423.105.939

Abastecimento Agroalimentar TOTAL: 19.423.105.939 Plano Plurianual 24-27 Megaobjetivo: Inclusão social e redução das desigualdades sociais Desafio: Combater a fome visando a sua erradicação e promover a segurança alimentar e nutricional, garantindo o

Leia mais

UF: AM. 15112 - Tribunal Regional do Trabalho da 11a. Região - Amazonas/Roraima. 20121 - Secretaria Especial dos Direitos Humanos

UF: AM. 15112 - Tribunal Regional do Trabalho da 11a. Região - Amazonas/Roraima. 20121 - Secretaria Especial dos Direitos Humanos ORÇAMENTO DA UNIÃO PARA 2010 - INVESTIMENTOS POR UF UF: AM 15112 - Tribunal Regional do Trabalho da 11a. Região - Amazonas/Roraima 02.122.0571.10WS.0105 - Construção do Edifício-Sede do Fórum Trabalhista

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITATIM

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITATIM Código PREFEITURA MUNICIPAL DE ITATIM ITATIM - BA Anexo VII, da Lei Nº 4.320/64 - Orçamento 2016 Programa de Trabalho - Demonstrativo de Funções, Subfunções e Programas por Projetos e Atividades Especificação

Leia mais

Governo Municipal de Jaguaribara ORÇAMENTO PROGRAMA PARA 2015 - Consolidado

Governo Municipal de Jaguaribara ORÇAMENTO PROGRAMA PARA 2015 - Consolidado 01 Câmara Municipal de Jaguaribara Legislação.: Lei nº 294, de 09 de novembro de1991 Atribuições: Legislar com a sanção do Prefeito municipal, sobre as matérias de competência do Município e tributos Municipais,

Leia mais

PDF created with FinePrint pdffactory trial version http://www.pdffactory.com

PDF created with FinePrint pdffactory trial version http://www.pdffactory.com 01 Legislativa 031 Ação Legislativa 0023 DIVULGAÇÃO OFICIAL 5.600.00 179.000.00 184.600.00 0025 EDIFICAÇÕES PÚBLICAS 2.000.00 2.000.00 0014 DEFESA DO INTERESSE PÚBLICO NO PROCESSO JUDICIÁRIO 6.000.00 5.000.00

Leia mais

PROGRAMA POR MACROOBJETIVO

PROGRAMA POR MACROOBJETIVO PERFIL DOS PROGRAMAS PROGRAMA POR MACROOBJETIVO 01 - Melhorar a Qualidade de Vida e Promover a Inclusão Social 1402 Defesa dos Interesses Sociais, Individuais e do Cidadão PGJ 64 1501 Reaparelhamento e

Leia mais

CARTEIRA DE PROGRAMAS ESTRUTURADORES DO GOVERNO DE MINAS GERAIS

CARTEIRA DE PROGRAMAS ESTRUTURADORES DO GOVERNO DE MINAS GERAIS CARTEIRA DE PROGRAMAS ESTRUTURADORES DO GOVERNO DE MINAS GERAIS EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO HUMANO EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO HUMANO EDUCAÇÃO PARA CRESCER Tornar o ensino mais atrativo por meio da revisão

Leia mais

LEI N 21.156, DE 17 DE JANEIRO DE 2014. INSTITUI A POLÍTICA ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL DA AGRICULTURA FAMILIAR.

LEI N 21.156, DE 17 DE JANEIRO DE 2014. INSTITUI A POLÍTICA ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL DA AGRICULTURA FAMILIAR. LEI N 21.156, DE 17 DE JANEIRO DE 2014. INSTITUI A POLÍTICA ESTADUAL DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL DA AGRICULTURA FAMILIAR. (PUBLICAÇÃO - MINAS GERAIS DIÁRIO DO EXECUTIVO - 18/01/2014 PÁG. 2 e 03)

Leia mais

Tipo OCA. Subação. 1-Ações de Infraestrutura da Gestão Superior NEX. 2-Participação da Fundação em Eventos Locais, Nacionais e Internacionais NEX

Tipo OCA. Subação. 1-Ações de Infraestrutura da Gestão Superior NEX. 2-Participação da Fundação em Eventos Locais, Nacionais e Internacionais NEX Relatório do Criança e Adolescente ( ) Página 1 de 42 EIXO: ACESSO À EDUCAÇÃO DE QUALIDADE SUB-EIXO: CULTURA (b) (c) 13-Cultura 122-Administração Geral 146-Gestão da Política Cultural 2338-Gestão Superior

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 124, DE 20 DE MAIO DE 2011

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 124, DE 20 DE MAIO DE 2011 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 124, DE 20 DE MAIO DE 2011 DOU de 24/05/2011 (nº 98, Seção 1, pág. 44) O MINISTRO DE ESTADO DO DESENVOLVIMENTO,

Leia mais

1 de 6 ESPELHO DE EMENDAS DE INCLUSÃO DE META

1 de 6 ESPELHO DE EMENDAS DE INCLUSÃO DE META S AO PLN 0001 / 2008 - LDO Página: 2052 de 2993 1 de 6 ESPELHO DE S DE INCLUSÃO DE META 21760001 1166 Turismo Social no Brasil: Uma Viagem de Inclusão 10V0 Apoio a Projetos de Infra-Estrutura Turística

Leia mais

PROGRAMA DE GOVERNO DA FRENTE POPULAR A FAVOR DO AMAPÁ PROPOSTAS PARA O AMAPÁ CONTINUAR AVANÇANDO

PROGRAMA DE GOVERNO DA FRENTE POPULAR A FAVOR DO AMAPÁ PROPOSTAS PARA O AMAPÁ CONTINUAR AVANÇANDO PROGRAMA DE GOVERNO DA FRENTE POPULAR A FAVOR DO AMAPÁ PROPOSTAS PARA O AMAPÁ CONTINUAR AVANÇANDO MACAPÁ-AP JULHO DE 2014 ÍNDICE APRESENTAÇÃO 1 INTRODUÇÃO 2 DIRETRIZES 3 PRINCÍPIOS 4 OBJETIVOS ESTRATÉGICOS

Leia mais

ESPELHO DE EMENDAS DE ACRÉSCIMO DE META

ESPELHO DE EMENDAS DE ACRÉSCIMO DE META SISTEMA DE ELABORAÇÃO DE S ÀS LEIS ORÇAMENTÁRIAS Página: 240 de 2619 ESPELHO DE S DE ACRÉSCIMO DE META 1 DESAFIO 7 Reduzir as desigualdades regionais e intra-regionais com integração das múltiplas escalas

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2016

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2016 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2016 Institui a Política de Desenvolvimento Sustentável da Caatinga. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1º Esta Lei institui a Política de Desenvolvimento Sustentável da

Leia mais

O PROGRAMA NACIONAL DE SANEAMENTO RURAL

O PROGRAMA NACIONAL DE SANEAMENTO RURAL O PROGRAMA NACIONAL DE SANEAMENTO RURAL 08 de Novembro de 2012 O que é o Brasil Rural? O Brasil Rural Diversidade: raças, origens étnicas, povos, religiões, culturas Conflitos: concentração de terra, trabalho

Leia mais

Governo Municipal de Salinópolis ORÇAMENTO PROGRAMA PARA 2013 - Consolidado

Governo Municipal de Salinópolis ORÇAMENTO PROGRAMA PARA 2013 - Consolidado 01 Camara Municipal Atribuições: Legislar com a sanção do Prefeito municipal, sobre as matérias de competência do Município e tributos Municipais, bem como autorizar isenções e anistias fiscais e a remissão

Leia mais

ALEGRETE DO PIAUÍ Coligação "ALEGRETE PARA TODOS" Plano de Governo 2013 a 2016

ALEGRETE DO PIAUÍ Coligação ALEGRETE PARA TODOS Plano de Governo 2013 a 2016 ALEGRETE DO PIAUÍ Coligação "ALEGRETE PARA TODOS" Plano de Governo 2013 a 2016 1 APRESENTAÇÃO O candidato a Prefeito de Alegrete do Piauí através da coligação ALEGRETE PARA TODOS, Márcio William Maia Alencar

Leia mais

RELAÇÕES INTERINSTITUCIONAIS

RELAÇÕES INTERINSTITUCIONAIS RELAÇÕES INTERINSTITUCIONAIS ONGS SINDICATOS DE SERVIDORES, STR, ENTIDADES COMÉRCIO, IGREJAS PARTIDO DOPREFEITO OUTROS PARTIDOS INSTITUICÕES FINANCEIRAS CÂMARA DOS VEREADORES TCE/TCU GOVERNO PREFEITURA

Leia mais

Planejamento Estratégico Municipal. Tibagi -PR. A Cidade Que Nós Queremos

Planejamento Estratégico Municipal. Tibagi -PR. A Cidade Que Nós Queremos Municipal Tibagi -PR A Cidade Que Nós Queremos Bem Vindos a Tibagi A Cidade Que Nós Queremos Planejamento Estratégico Municipal Tibagi -PR Municipal Cidades e Cidadãos As cidades são as pessoas A vida

Leia mais

Programas de Governo R$ 1,00

Programas de Governo R$ 1,00 Programa: 1009 Regimes de Previdência dos Servidores Públicos da União, Estados, Municípios e Distrito Federal 2276 Fiscalização dos Regimes Próprios e Regime previdenciário 68 33101 -Min. Previdência

Leia mais

LDO 2015 - Anexo de Metas e Prioridades Governo Municipal de Cantanhede Página : 001

LDO 2015 - Anexo de Metas e Prioridades Governo Municipal de Cantanhede Página : 001 Governo Municipal de Cantanhede Página : 001 -------------------------------------------------- Órgão: 01 - Câmara Municipal -------------------------------------------------- --------------------------------------------

Leia mais

Prefeitura Municipal do Natal

Prefeitura Municipal do Natal Prefeitura Municipal do Natal Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Finanças Plano Plurianual 2010/2013 Programa Horizonte Público Objetivo: 3 Vivendo com Cidadania Contínuo População do município

Leia mais

Demonstrativo de Funcoes, Subfuncoes e Programas por Projetos, Atividades e O.E. Exercicio de 2010 - Anexo 7, da Lei 4.320/64

Demonstrativo de Funcoes, Subfuncoes e Programas por Projetos, Atividades e O.E. Exercicio de 2010 - Anexo 7, da Lei 4.320/64 01.000.0000 Legislativa 5.300.000,00 28.019.660,00 33.319.660,00 01.031.0000 Acao Legislativa 5.300.000,00 28.019.660,00 33.319.660,00 01.031.0010 Processo Legislativo 5.300.000,00 1.173.900,00 6.473.900,00

Leia mais

Política Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas

Política Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas Política Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas Capítulo I Disposições Gerais Artigo 1 A Política Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas tem por finalidade estabelecer princípios, diretrizes

Leia mais

NÚCLEO DE PESQUISA E EXTENSÃO NUPE/FAME AÇÕES DE EXTENSÃO

NÚCLEO DE PESQUISA E EXTENSÃO NUPE/FAME AÇÕES DE EXTENSÃO NÚCLEO DE PESQUISA E EXTENSÃO NUPE/FAME AÇÕES DE EXTENSÃO Programa - Conjunto articulado de projetos e outras ações de extensão - cursos, eventos, prestação de serviços -, de caráter educativo, social,

Leia mais

JOVEM ÍNDIO E JOVEM AFRODESCENDENTE/JOVEM CIGANO E OUTRAS ETNIAS OBJETIVOS E METAS

JOVEM ÍNDIO E JOVEM AFRODESCENDENTE/JOVEM CIGANO E OUTRAS ETNIAS OBJETIVOS E METAS JOVEM ÍNDIO E JOVEM AFRODESCENDENTE/JOVEM CIGANO E OUTRAS ETNIAS OBJETIVOS E METAS 1. Assegurar com políticas públicas e programas de financiamento o direito dos jovens índios, afrodescendentes, camponeses

Leia mais

1. Garantir a educação de qualidade

1. Garantir a educação de qualidade 1 Histórico O Pacto pela Juventude é uma proposição das organizações da sociedade civil, que compõem o Conselho Nacional de Juventude, para que os governos federal, estaduais e municipais se comprometam

Leia mais

Fórum Estadual de Educação PR Plano Nacional de Educação PNE 2011/2020

Fórum Estadual de Educação PR Plano Nacional de Educação PNE 2011/2020 Fórum Estadual de Educação PR Plano Nacional de Educação PNE 2011/2020 Sessão de Debate Regional Sudoeste, 01/07/2011 UTFPR Campus Pato Branco Região: Sudoeste Cidade: Pato Branco Data do debate: 01-07-2011

Leia mais

Uma oportunidade para seu projeto pode estar se abrindo...

Uma oportunidade para seu projeto pode estar se abrindo... Uma oportunidade para seu projeto pode estar se abrindo... Fonte de recursos para projetos novembro 2012 1. Patrocínios 1.1 PATROCÍNIO A EVENTOS E PUBLICAÇÕES (Revisado) Data limite: 60 dias de antecedência

Leia mais

Plataforma Ambiental para o Brasil

Plataforma Ambiental para o Brasil Histórico 1989 - Plataforma Ambiental Mínima para Candidatos à Presidência 1990 - Plataforma Ambiental Mínima para os Candidatos ao Governo do Estado de São Paulo 1998 - Plataforma Ambiental Mínima para

Leia mais

EIXO II EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE: JUSTIÇA SOCIAL, INCLUSÃO E DIREITOS HUMANOS PROPOSIÇÕES E ESTRATÉGIAS

EIXO II EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE: JUSTIÇA SOCIAL, INCLUSÃO E DIREITOS HUMANOS PROPOSIÇÕES E ESTRATÉGIAS EIXO II EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE: JUSTIÇA SOCIAL, INCLUSÃO E DIREITOS HUMANOS PROPOSIÇÕES E ESTRATÉGIAS 1. Assegurar, em regime de colaboração, recursos necessários para a implementação de políticas de valorização

Leia mais

Código Especificação Projetos Atividades Oper. Especiais Total

Código Especificação Projetos Atividades Oper. Especiais Total Estado do Paraná Programa de Trabalho Folha: 1 Órgão...: 02 SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO Unidade Orçamentária: 02.01 GOVERNO MUNICIPAL 04.000.0000.0.000.000 Administração 44.113,54 44.113,54 04.122.0000.0.000.000

Leia mais

EMENTÁRIO DE CLASSIFICAÇÃO DAS RECEITAS ORÇAMENTÁRIAS

EMENTÁRIO DE CLASSIFICAÇÃO DAS RECEITAS ORÇAMENTÁRIAS MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE ORÇAMENTO FEDERAL DEPARTAMENTO DE ASSUNTOS FISCAIS EMENTÁRIO DE CLASSIFICAÇÃO DAS RECEITAS ORÇAMENTÁRIAS Brasília 2006 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO,

Leia mais

TOTAL - FISCAL 899.545 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 899.545

TOTAL - FISCAL 899.545 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 899.545 ORGAO : 32000 - MINISTERIO DE MINAS E ENERGIA UNIDADE : 32314 - EMPRESA DE PESQUISA ENERGETICA - EPE ANEXO I PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES - R$ 1, 00 0750 APOIO ADMINISTRATIVO

Leia mais

NAL 4.462.633 NAL 4.000.000 NAL 25.127.347 NAL NAL NAL

NAL 4.462.633 NAL 4.000.000 NAL 25.127.347 NAL NAL NAL Órgão: 12000 - Justiça Federal Unidade: 12101 - Justiça Federal de Primeiro Grau PROGRAMA DE TRABALHO ( SUPLEMENTAÇÃO ) RECURSOS DE DAS AS FONTES - R$ 1,00 0569 Prestação Jurisdicional na Justiça Federal

Leia mais

SÍNTESE JUINA. Meio Ambiente

SÍNTESE JUINA. Meio Ambiente SÍNTESE JUINA Aperfeiçoar mecanismos controle ambiental Meio Ambiente Instalação de viveiros de distribuição de mudas para o reflorestamento e matas ciliares Ampliar aceso aos programas de crédito de Capacitar

Leia mais

EIXO I - IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE CULTURA

EIXO I - IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE CULTURA III CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE CULTURA APRESENTAÇÃO DOS 04 (QUATRO) EIXOS A SEREM DISCUTIDOS NA CONFERÊNCIA EIXO I - IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE CULTURA Foco Nacional: Impactos da Emenda Constitucional

Leia mais

METAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

METAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL METAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Meta 01. Universalizar, até 2016, o atendimento escolar da população de 04 a 5 anos de idade e ampliar, a oferta de educação infantil em creches de forma a atender a 50% da população

Leia mais

PLANO OPERATIVO 2005 ESCRITÓRIO IBIAPABA Município Secretaria Programa Projeto-Ação Previsto Realizado (%) Estágio

PLANO OPERATIVO 2005 ESCRITÓRIO IBIAPABA Município Secretaria Programa Projeto-Ação Previsto Realizado (%) Estágio PLANO OPERATIVO 2005 ESCRITÓRIO IBIAPABA Município Secretaria Programa Projeto-Ação Previsto Realizado (%) Estágio Carnaubal SEAGRI Carnaubal Carnaubal Carnaubal Carnaubal Carnaubal Carnaubal Carnaubal

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA EDUCAÇÃO AMBIENTAL NÃO FORMAL 1 NO PROCESSO DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS

TERMO DE REFERÊNCIA PARA EDUCAÇÃO AMBIENTAL NÃO FORMAL 1 NO PROCESSO DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS 1 TERMO DE REFERÊNCIA PARA EDUCAÇÃO AMBIENTAL NÃO FORMAL 1 NO PROCESSO DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS O presente Termo de Referência visa a orientar a elaboração de programas de educação

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu. Junho 2015

Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu. Junho 2015 Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu Junho 2015 Dados Gerais - PDRSX Antecedentes: DEZ/2007 CRIAÇÃO (informal): Grupo de Trabalho Intergovernamental constituído em 2007, coordenado pela

Leia mais

686.652 habitantes. 164.221 km² de área. 90% de cobertura florestal. 45% de Áreas Naturais Protegidas

686.652 habitantes. 164.221 km² de área. 90% de cobertura florestal. 45% de Áreas Naturais Protegidas GOVERNO DO ESTADO DO ACRE Secretaria de Estado de Planejamento SEPLAN ACRE Estado da Florestania na Amazônia Brasileira Localização Geográfica Estratégica 686.652 habitantes 164.221 km² de área 90% de

Leia mais

Logo abaixo, será descrito as 23 propostas de governo em diferentes segmentos, que modificarão o Amazonas: Áreas: 1) Logística, Trânsito e Transportes

Logo abaixo, será descrito as 23 propostas de governo em diferentes segmentos, que modificarão o Amazonas: Áreas: 1) Logística, Trânsito e Transportes O referido plano de governo irá modificar a cidade de Manaus, assim como o Estado do Amazonas, pela ousadia, autenticidade e acima de tudo por ter sido construído em consonância com os anseios da população

Leia mais

VISÃO TERRITORIAL DO BRASIL. Uma Abordagem Estratégica. Palestrante: Luiz Cezar Loureiro de Azeredo IPEA- Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada

VISÃO TERRITORIAL DO BRASIL. Uma Abordagem Estratégica. Palestrante: Luiz Cezar Loureiro de Azeredo IPEA- Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada VISÃO TERRITORIAL DO BRASIL Uma Abordagem Estratégica Palestrante: Luiz Cezar Loureiro de Azeredo IPEA- Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada Brasília, agosto de 2009 ORDENAMENTO TERRITORIAL Marco

Leia mais

COMISSÃO TÉCNICA INTERINSTITUCIONAL 2 CTI 2

COMISSÃO TÉCNICA INTERINSTITUCIONAL 2 CTI 2 COMISSÃO TÉCNICA INTERINSTITUCIONAL 2 CTI 2 Tema: Educação e Cultura Propostas para aproveitamento do potencial da política de educação e cultura no combate ao empobrecimento e na redução das desigualdades

Leia mais

PROGRAMA: 0553 - Atuação Legislativa da Câmara dos Deputados. PROGRAMA: 0551 - Atuação Legislativa do Senado Federal

PROGRAMA: 0553 - Atuação Legislativa da Câmara dos Deputados. PROGRAMA: 0551 - Atuação Legislativa do Senado Federal PROGRAMA: 21 - Aprimoramento do Ministério Público Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social 82.71 268.863 Despesas Correntes 81.19 261.885 Despesas de Capital 1.511 6.977 Orçamento de Investimentos das

Leia mais

Ministério da Educação

Ministério da Educação Página 1 de 27 Ministério da Educação Nº 1612 - Terça feira, 2 de julho de 2013 PORTARIA Nº 576, DE 28 DE JUNHO DE 2013 - Dispõe sobre o Fórum de Avaliação do Financiamento da Educação Básica Nacional

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DIRETRIZES

RELATÓRIO FINAL DIRETRIZES RELATÓRIO FINAL Priorização da Etapa Nacional na I Conferência Nacional de Desenvolvimento Regional DIRETRIZES Classificação 1 97 Nº Conteúdo Criar um sistema nacional de financiamento ao Desenvolvimento

Leia mais

Por uma Região Leste Fluminense sustentável

Por uma Região Leste Fluminense sustentável Por uma Região Leste Fluminense sustentável 22 de Agosto de 2015 Ricardo Frosini Contexto atual e o desenvolvimento Sustentável Contexto 2ª década dos anos 2000 1- Estresses sociais (2011 na Tunísia, Cairo,

Leia mais

COLIGAÇÃO INOVAR É PRECISO PROPOSTA DE GOVERNO 2013/2016

COLIGAÇÃO INOVAR É PRECISO PROPOSTA DE GOVERNO 2013/2016 COLIGAÇÃO INOVAR É PRECISO PROPOSTA DE GOVERNO 2013/2016 ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL Implantar o Plano Diretor. Implantar o Orçamento participativo. Valorização pessoal do funcionário público municipal. Implantação

Leia mais

O ORÇAMENTO PÚBLICO AO ALCANCE DO CIDADÃO

O ORÇAMENTO PÚBLICO AO ALCANCE DO CIDADÃO O ORÇAMENTO PÚBLICO AO ALCANCE DO CIDADÃO Denise Rocha Assessora de Política Fiscal e Orçamentária São Luís - MA 23 a 27 de agosto de 2004 1ª ETAPA - ENTENDENDO O ORÇAMENTO PÚBLICO A importância do orçamento

Leia mais

Programa de Governo. Chiara Prefeita. Bauru 2013-2016. Vice Gilson. Coligação BAURU MERECE MUITO MAIS DEM-PSDB

Programa de Governo. Chiara Prefeita. Bauru 2013-2016. Vice Gilson. Coligação BAURU MERECE MUITO MAIS DEM-PSDB Programa de Governo Bauru 2013-2016 Chiara Prefeita Vice Gilson Coligação BAURU MERECE MUITO MAIS DEM-PSDB APRESENTAÇÃO As eleições de 2012 vão definir o dia a dia de cada um dos eleitores bauruenses pelos

Leia mais