5.2. Outras configurações Gestão de utilizadores

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "5.2. Outras configurações. 5.2.1. Gestão de utilizadores"

Transcrição

1 5.2. Outras configurações Gestão de utilizadores 1

2 Gestão de utilizadores O Linux é um sistema multiutilizador, sendo necessário que cada utilizador tenha a sua conta com privilégios definidos pelo superutilizador Para criar e eliminar contas, o Linux tem ferramentas para gerir as contas dos utilizadores Cada utilizador tem a sua área de trabalho, a que acede por um Login (autenticação do utilizador), mantendo o sistema seguro Para gerir as contas dos utilizadores no xlucas, clica-se no ícone Utilizadores e surge a caixa de diálogo Configuração de Utilizadores e Grupos (Figura 1.62) 2

3 Gestão de utilizadores Fig Caixa de diálogo Configuração de Utilizadores e Grupos 3

4 4 Gestão de utilizadores Nesta caixa de diálogo pode-se adicionar ou remover utilizadores e grupos Pode-se ainda associar os utilizadores a um grupo Integrando os utilizadores num grupo, os privilégios deste ficam automaticamente definidos para cada utilizador Para gerir as contas dos utilizadores através do KUser, selecciona-se, no menu K, Sistema, Mais programas, a opção Kuser (Gestor de Utilizadores) (Figura 1.63) Para além das operações que foram referidas na aplicação anterior, o KUser permite uma gestão mais avançada das contas dos utilizadores

5 5 Gestão de utilizadores Fig Janela Gestor de Utilizadores Do KDE - KUser

6 Data e Hora 6

7 Data e Hora A alteração da data e da hora do sistema só pode ser efectuada pelo superutilizador Seleccionando Ajustar Data e Hora, clica-se com o botão direito do rato sobre o relógio do painel e abrese a caixa de diálogo do xlucas Fuso Horário (Figura 1.64) Nesta caixa de diálogo, através da selecção dos separadores Linguagem, Fuso Horário e Relógio, é possível aceder a vários parâmetros relacionados com a hora e a data do sistema 7

8 Data e Hora Fig Caixa de diálogo xlucas Fuso Horário 8

9 9 Data e Hora A alteração do aspecto do relógio e do formato da hora e da data pode ser efectuada por qualquer utilizador Para configurar o relógio, clica-se com o botão direito do rato sobre o relógio do painel, selecciona-se Configurar Relógio e surge a caixa de diálogo Preferências do Relógio (Figura 1.65) Nesta caixa de diálogo, através da selecção dos separadores Geral, Fusos-Horários, Relógio Normal, Relógio Digital, Relógio Analógico e Relógio Estranho, é possível aceder a vários parâmetros relacionados com o aspecto do relógio e da data

10 10 Data e Hora Fig Caixa de diálogo Preferências Do Relógio

11 11 Data e Hora A alteração de vários formatos, como a moeda, número, data, hora, etc., pode ser efectuada por qualquer utilizador Para configurar estes formatos, clica-se com o botão direito do rato sobre o relógio do painel, selecciona-se Formato da Data e Hora e abre-se a caixa de diálogo País/Região e Língua Módulo de Controlo do KDE (Figura 1.66) Nesta caixa de diálogo, através da selecção dos separadores Localização, Números, Dinheiro, Data & Hora e Outros, é possível aceder aos vários parâmetros relacionados com os diferentes formatos, de acordo com o país seleccionado ou as indicações do utilizador

12 Data e Hora 12

13 13 Data e Hora No Linux Caixa Mágica, o utilizador pode ter acesso ao calendário se clicar, com o botão esquerdo do rato, sobre o relógio do painel, que abre a caixa de diálogo do Calendário (Figura 1.67) Através da utilização dos botões presentes nesta caixa de diálogo, o utilizador pode consultar facilmente o calendário

14 Criação de uma disquete de arranque 14

15 15 Criação de uma disquete de arranque Por diversos motivos, podem ocorrer falhas de funcionamento nos sistemas informáticos que os impedem de arrancar normalmente, sendo necessário, às vezes, a utilização de uma disquete de arranque A disquete de arranque é criada pelo superutilizador, seleccionando, no xlucas, o ícone Disquete e abrindo a caixa de diálogo xlucas Disquete de Recuperação (Figura 1.68) A disquete a utilizar deverá ser uma disquete vazia ou com dados sem importância, uma vez que o processo de criação de uma disquete de arranque começa por formatá-la, eliminando todos os dados que possa conter

16 Criação de uma disquete de arranque Fig Caixa de diálogo xlucas - Disquete de Recuperação 16

17 Internet e Rede Local 17

18 18 Internet e Rede Local A configuração da Internet e da Rede Local só pode ser efectuada pelo superutilizador Para efectuar estas configurações, no xlucas, selecciona-se, em Configurações de Rede, os ícones Internet e Rede Local

19 Internet e Rede Local Internet No xlucas, esta caixa de diálogo permite activar a ligação à Internet via cabo, ADSL ou por linha telefónica (Figura 1.69) Rede Local No xlucas, esta caixa de diálogo permite configurar a ligação a uma rede local (Figura 1.70) Fig Caixa de diálogo da configuração da Internet Fig Caixa de diálogo da configuração da Rede local 19

20 6. Internet 6.1. Configuração do acesso à Internet 20

21 21 Configuração do acesso à Internet Para se poder aceder à Internet é necessário configurar a ligação ao fornecedor de acesso à Internet (ISP Internet Service Provider) A configuração de um acesso ao ISP é feita apenas pelo superutilizador, utilizando as aplicações xlucas ou KPPP (Ligação à Internet) Para configurar uma ligação de acesso à Internet, no xlucas clica-se no ícone Internet, abrindo-se a caixa de diálogo Configuração da Internet (Figura 1.69) Dado que a aplicação KPPP é mais completa, vamos utilizá-la para demonstrar os passos necessários para configurar uma ligação de acesso à Internet

22 22 Configuração do acesso à Internet

23 23 Configuração do acesso à Internet Na caixa de diálogo KPPP (Figura 1.71), ao clicar-se no botão Configurar, abre-se a caixa de diálogo Configuração do KPPP (Figura 1.72) Na caixa de diálogo Configuração do KPPP, no separador Contas, ao clicar-se no botão Nova, abre-se a caixa de diálogo Criar Uma Nova Conta KPPP (Figura 1.73) Na caixa de diálogo Criar uma Nova Conta KPPP, ao clicar-se no botão Assistente, abre-se a caixa de diálogo Criar uma Nova Conta (Figura 1.74)

24 24 Configuração do acesso à Internet Fig Caixa de diálogo Configuração do KPPP Fig Caixa de diálogo Criar Uma Nova Conta - KPPP

25 Configuração do acesso à Internet Fig Caixa de diálogo Criar Uma Nova Conta 25

26 Configuração do acesso à Internet Na caixa de diálogo Criar Uma Nova Conta (Figura 1.74), ao clicar-se no botão Seguinte, surge a caixa de diálogo da figura 1.75 Nesta caixa de diálogo (Figura 1.75), selecciona-se, na lista, a localização do país da ligação e, de seguida, clica-se no botão Seguinte, surgindo a caixa de diálogo da figura 1.76 Nesta caixa de diálogo (Figura 1.76), selecciona-se, na lista, o ISP e, de seguida, clica-se no botão Seguinte, surgindo a caixa de diálogo da figura

27 27 Configuração do acesso à Internet

28 28 Configuração do acesso à Internet

29 29 Configuração do acesso à Internet Nesta caixa de diálogo (Figura 1.77), insere-se o Nome de utilizador e a Senha e, de seguida, clicase no botão Seguinte, surgindo a caixa de diálogo da figura 1.78 Nesta caixa de diálogo, pode-se definir o prefixo de ligação, clica-se no botão OK da caixa de diálogo Configuração do KPPP (Figura 1.72) Para estabelecer a ligação à Internet basta clicar no botão Ligar, na caixa de diálogo KPPP (Figura 1.71)

30 30 Configuração do acesso à Internet

31 31 Configuração do acesso à Internet A aplicação KPPP possui várias funcionalidades, que permite ao utilizador gerir diferentes aspectos relacionados com as ligações, o que a torna uma aplicação muito útil e interessante De entre todas as funcionalidades destacamos o registo mensal, que pode ser consultado clicando no botão Ver os Registos (Figura 1.72), surgindo a caixa de diálogo Visualizador de Registos do KPPP (Figura 1.80)

32 Configuração do acesso à Internet Fig Caixa de diálogo Visualizador de Registos do KPP 32

Painel Alt+F1 K, Caixa Mágica, Configurações Editor de Menus

Painel Alt+F1 K, Caixa Mágica, Configurações Editor de Menus 1 Apresentação Todos os programas podem ser executados através do menu de aplicações, menu K (Figura 1.41) O menu K é o principal menu do KDE, podendo ser activado clicando-se sobre o K, no Painel, ou

Leia mais

4.2.5. Os meus documentos

4.2.5. Os meus documentos 4.2.5. Os meus documentos 1 Os meus documentos Windows XP Os meus documentos Linux Caixa Mágica A minha Área (Home) Fig 1.26 Ícone A Minha Área (Home) do ambiente de trabalho do KDE Fig. 1.25 Ecrã do ambiente

Leia mais

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo Conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior; Windows: sistema operativo mais utilizado nos

Leia mais

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Ambiente Gráfico Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e que comunique com o exterior. Actualmente o Windows é

Leia mais

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios Ambiente de trabalho Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior. Actualmente, o Windows é

Leia mais

7. Gestão de ficheiros em X Window. 7.1. O Konqueror

7. Gestão de ficheiros em X Window. 7.1. O Konqueror 7. Gestão de ficheiros em X Window 7.1. O Konqueror 1 O Konqueror O ambiente gráfico KDE do Linux possuí um programa, denominado Konqueror (Figura 1.95), que além de ser um navegador Web, é também um gestor

Leia mais

2. Utilitários de sistema para ambiente Windows. 2.1. Ferramentas de gestão de ficheiros

2. Utilitários de sistema para ambiente Windows. 2.1. Ferramentas de gestão de ficheiros 2. Utilitários de sistema para ambiente Windows 2.1. Ferramentas de gestão de Os compressores de são programas com capacidade para comprimir ou pastas, tornando-as mais magras, ou seja, ocupando menos

Leia mais

WINDOWS. O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador.

WINDOWS. O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. WINDOWS O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. Um computador que tenha o Windows instalado, quando arranca, entra directamente

Leia mais

Guia rápido de utilização da Caixa Mágica

Guia rápido de utilização da Caixa Mágica Guia rápido de utilização da Caixa Mágica Este Guia especialmente dirigido a iniciados em Linux pretende ajudá-lo no arranque da utilização do mesmo. Se deparar com problemas ao executar os passos aqui

Leia mais

Programa Inovar Alunos e Inovar Profissional - Sumários, Faltas e Comportamento

Programa Inovar Alunos e Inovar Profissional - Sumários, Faltas e Comportamento Programa Inovar Alunos e Inovar Profissional - Sumários, Faltas e Comportamento 1A. Programa Inovar Alunos - Fazer sumários e marcar faltas 1. O sumário e a marcação de faltas, no Inovar Alunos, deve ser

Leia mais

1 Ajuda da Internet M vel Clix

1 Ajuda da Internet M vel Clix 1 Ajuda da Internet M vel Clix Descrição geral Esta aplicação permite Ligar/Desligar por intermédio de uma PC Card / Modem USB. Janela principal da Internet M vel Clix Indica o estado de roaming Minimizes

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO do aremoto

MANUAL DE OPERAÇÃO do aremoto MANUAL DE OPERAÇÃO do aremoto V1.00 UTILIZAÇÃO DO PROGRAMA Outubro 30, 2004 www.imsi.pt Código #MOaR01 EMPRESA Código Documento MOAR01 Sobre a utilização do programa de assistência remota Versão Elaborado

Leia mais

Controle Parental. Introdução

Controle Parental. Introdução Controle Parental Introdução O acesso das crianças à Internet suscita algumas preocupações aos pais e educadores/as. Contudo, tal como na vida real ou no uso de outros meios de comunicação, os adultos

Leia mais

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23 Realizado por: Fábio Rebeca Nº6 Iuri Santos Nº8 Telmo Santos Nº23 1 Tutorial de instalação e partilha de ficheiros na Caixa Mágica Índice Índice... 1 Introdução... 2 Material que iremos utilizar... 3 Instalação

Leia mais

Manual de utilizador CRM

Manual de utilizador CRM Manual de utilizador CRM Formulário de Login Personalizado de acordo com a sua empresa mantendo a sua imagem corporativa. Utilizador: Admin Password: 123 1 Formulário Principal Este formulário está dividido

Leia mais

Tutorial de configuração de rede wireless ISPGayaRadius

Tutorial de configuração de rede wireless ISPGayaRadius Tutorial de configuração de rede wireless ISPGayaRadius 1 Índice Como configurar a rede wireless do ISPGayaRadius no Windows XP?...3 Como configurar a rede wireless do ISPGayaRadius no Windows Vista ou

Leia mais

Software Manual SOFTWARE

Software Manual SOFTWARE Software Manual 1 Conteúdo 1. Transferir e instalar o software de controladores & ferramentas 2. O menu de contexto 3. O menu de configuração (XP) 3.1 Separador Main setting (Configurações Principais)

Leia mais

ZS Rest. Manual Profissional. BackOffice Mapa de Mesas. v2011

ZS Rest. Manual Profissional. BackOffice Mapa de Mesas. v2011 Manual Profissional BackOffice Mapa de Mesas v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Iniciar ZSRest Backoffice... 3 4. Confirmar desenho de mesas... 4 b) Activar mapa de mesas... 4 c) Zonas... 4 5. Desenhar

Leia mais

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Criação e eliminação de atalhos Para criar atalhos, escolher um dos seguintes procedimentos: 1. Clicar no ambiente de trabalho com o botão secundário (direito) do

Leia mais

Tarefa Orientada 6 Edição de Dados

Tarefa Orientada 6 Edição de Dados Tarefa Orientada 6 Edição de Dados Objectivos: Inserção de dados. Alteração de dados. Eliminação de dados. Definição de Listas de Pesquisa (Lookup Lists) O Sistema de Gestão de Bases de Dados MS Access

Leia mais

O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS

O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. Um computador que tenha o Windows instalado, quando arranca, entra directamente

Leia mais

Aleph 18.01 Manual de utilização do Módulo de Catalogação

Aleph 18.01 Manual de utilização do Módulo de Catalogação Aleph 18.01 Manual de utilização do Módulo de Catalogação Elaborado por: Amélia Janeiro e Ana Cosmelli SDUL 2008 Índice Apresentação... 3 1. Criar novos registos... 4 1.1 Abrir Template... 4 1.2 Usar Registo

Leia mais

Quadro Interactivo GUIÃO DE APOIO

Quadro Interactivo GUIÃO DE APOIO Quadro Interactivo GUIÃO DE APOIO Para o correcto funcionamento do Quadro Interactivo é necessário: Quadro Interactivo; Projector de Vídeo; Software específico (ActivInspire); Caneta ActivPen. 1 CALIBRAÇÃO

Leia mais

Para criar a conta faça clique no separador. Abre um formulário com campos que terá que preencher. Basta ir seguindo

Para criar a conta faça clique no separador. Abre um formulário com campos que terá que preencher. Basta ir seguindo CRIAR UMA CONTA DE CORREIO ELECTRÓNICO Ex: No hotmail: Abrir o Explorer Na barra de endereços escrever: http://www.hotmail.com Surge a página representada na fig.1. Fig. 1 Para criar a conta faça clique

Leia mais

MICROSOFT ACCESS MICROSOFT ACCESS. Professor Rafael Vieira Professor Rafael Vieira

MICROSOFT ACCESS MICROSOFT ACCESS. Professor Rafael Vieira Professor Rafael Vieira MICROSOFT ACCESS MICROSOFT ACCESS Professor Rafael Vieira Professor Rafael Vieira - Access - Programa de base de dados relacional funciona em Windows Elementos de uma Base de Dados: Tabelas Consultas Formulários

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

Manual de Administração Intranet BNI

Manual de Administração Intranet BNI Manual de Administração Intranet BNI Fevereiro - 2010 Índice 1. Apresentação... 3 2. Conceitos... 5 3. Funcionamento base da intranet... 7 3.1. Autenticação...8 3.2. Entrada na intranet...8 3.3. O ecrã

Leia mais

Configuração do acesso à rede wireless, utilizando o modo de autenticação 802.1x no Sistema Operativo Windows XP

Configuração do acesso à rede wireless, utilizando o modo de autenticação 802.1x no Sistema Operativo Windows XP Configuração do acesso à rede wireless, utilizando o modo de autenticação 802.1x no Sistema Operativo Windows XP As imagens que são mostradas foram retiradas de um computador com o Windows XP Service Pack

Leia mais

Os elementos básicos do Word

Os elementos básicos do Word Os elementos básicos do Word 1 Barra de Menus: Permite aceder aos diferentes menus. Barra de ferramentas-padrão As ferramentas de acesso a Ficheiros: Ficheiro novo, Abertura de um documento existente e

Leia mais

ued - unidade de ensino a distância instituto politécnico de leiria BlackBoard - Moodle Guia rápido

ued - unidade de ensino a distância instituto politécnico de leiria BlackBoard - Moodle Guia rápido ued - unidade de ensino a distância instituto politécnico de leiria BlackBoard - Guia rápido ued - unidade de ensino a distância instituto politécnico de leiria Unidade de Ensino a Distância Equipa Guia

Leia mais

Referências de tarefas de comunicação do Sametime

Referências de tarefas de comunicação do Sametime Referências de tarefas de comunicação do Sametime ii Referências de tarefas de comunicação do Sametime Índice Referências de tarefas de comunicação do Sametime............ 1 iii iv Referências de tarefas

Leia mais

Ferramentas de Comunicação da Internet no Ensino/Aprendizagem

Ferramentas de Comunicação da Internet no Ensino/Aprendizagem Centro de Formação da Batalha Centro de Competência Entre Mar e Serra Ferramentas de Comunicação da Internet no Ensino/Aprendizagem Batalha Novembro de 2001 1 - Como começar com o Outlook Express Com uma

Leia mais

Tecnologias da Informação e Comunicação: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Tecnologias da Informação e Comunicação: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Tecnologias da Informação e Comunicação UNIDADE 1 Tecnologias da Informação e Comunicação: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico 1º Período Elementos básicos da interface gráfica do Windows (continuação).

Leia mais

Microsoft Windows. Aspectos gerais

Microsoft Windows. Aspectos gerais Aspectos gerais É um sistema operativo desenvolvido pela Microsoft Foi desenhado de modo a ser fundamentalmente utilizado em computadores pessoais Veio substituir o sistema operativo MS-DOS e as anteriores

Leia mais

Quick Reference. Configuração do acesso Wireless para a Rede da Escola

Quick Reference. Configuração do acesso Wireless para a Rede da Escola Quick Reference Configuração do acesso Wireless para a Rede da Escola PT Comunicações, S. A. Rua Andrade Corvo, nº 6 1050-000 Lisboa Portugal Tel: (351) 21 500 20 00 Pagina 1 de 14 Índice 1. Configuração

Leia mais

Conceitos importantes

Conceitos importantes Conceitos importantes Informática Informação + Automática Tratamento ou processamento da informação, utilizando meios automáticos. Computador (Provem da palavra latina: computare, que significa contar)

Leia mais

Manual de procedimentos para ligações internet sem fios

Manual de procedimentos para ligações internet sem fios Manual de procedimentos para ligações internet sem fios Com a conclusão da implementação da nova rede de dados da Escola Secundária de Vilela, surge a necessidade de alterar o protocolo de acesso à internet

Leia mais

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ESTRUTURA DE UMA PÁGINA TIC 10 A estrutura de uma página é importante, pelo que, antes de passarmos à criação de uma página ou sítio, devemos ter o storyboard (esquema

Leia mais

A VISTA BACKSTAGE PRINCIPAIS OPÇÕES NO ECRÃ DE ACESSO

A VISTA BACKSTAGE PRINCIPAIS OPÇÕES NO ECRÃ DE ACESSO DOMINE A 110% ACCESS 2010 A VISTA BACKSTAGE Assim que é activado o Access, é visualizado o ecrã principal de acesso na nova vista Backstage. Após aceder ao Access 2010, no canto superior esquerdo do Friso,

Leia mais

Squeak Componente Livro. Luís Valente, 2009

Squeak Componente Livro. Luís Valente, 2009 Squeak Componente Livro Luís Valente, 2009 No projecto, abra o catálogo de objectos (pode utilizar o ícone na barra de menus ou o item catálogo de objectos,no menu Projecto). No catálogo de objectos escolha

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Ementas : Email e SMS. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Ementas : Email e SMS. v2011 Manual Avançado Ementas : Email e SMS v2011 1. Índice 2. INTRODUÇÃO... 2 3. INICIAR O ZSRest FrontOffice... 3 1 4. CONFIGURAÇÃO INICIAL... 4 b) Configurar E-Mail... 4 c) Configurar SMS... 5 i. Configurar

Leia mais

Introdução a Informática

Introdução a Informática Inclusão Projeto Digital do Jovem Agricultor Introdução a Informática Projeto 1/16 1. LIGAR O COMPUTADOR Verificar os cabos de energia do computador, (existe uma chave seletora atrás do PC, perto da conexão

Leia mais

VM Card. Referência das Definições Web das Funções Avançadas. Manuais do Utilizador

VM Card. Referência das Definições Web das Funções Avançadas. Manuais do Utilizador VM Card Manuais do Utilizador Referência das Definições Web das Funções Avançadas 1 Introdução 2 Ecrãs 3 Definição de Arranque 4 Informações de Função Avançada 5 Instalar 6 Desinstalar 7 Ferramentas do

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

Gestor de Janelas Gnome

Gestor de Janelas Gnome 6 3 5 Gestor de Janelas Gnome Nesta secção será explicado o funcionamento de um dos ambientes gráficos disponíveis no seu Linux Caixa Mágica, o Gnome. Na figura 5.1 apresentamos o GDM, o sistema gráfico

Leia mais

6.2. Programas para utilização dos serviços da Internet

6.2. Programas para utilização dos serviços da Internet 6.2. Programas para utilização dos serviços da Internet 1 Programas para utilização dos serviços da Internet A Internet proporciona aos utilizadores um conjunto de serviços Para que eles os possam utilizar,

Leia mais

Manipulação de Células, linhas e Colunas

Manipulação de Células, linhas e Colunas Manipulação de Células, linhas e Colunas Seleccionar células Uma vez introduzidos os dados numa folha de cálculo, podemos querer efectuar alterações em relação a esses dados, como, por exemplo: apagar,

Leia mais

INTRANET OPEN BUSINESS ANGELS

INTRANET OPEN BUSINESS ANGELS INTRANET OPEN BUSINESS ANGELS anual Índice de conteúdos INTRODUÇÃO...3 CONFIGURAR DADOS PESSOAIS...5 Preferências Pessoais...6 Alterar senha...7 Consultar dados...8 SECÇÃO INTRANET...9 Conteúdo Intranet...12

Leia mais

Manual de Utilização de Certificados Digitais. Microsoft Outlook 2007

Manual de Utilização de Certificados Digitais. Microsoft Outlook 2007 Manual de Utilização de Certificados Digitais Microsoft Página 2 de 13 CONTROLO DOCUMENTAL REGISTO DE MODIFICAÇÕES Versão Data Motivo da Modificação 1.9 08/02/2013 Atualização do conteúdo do manual de

Leia mais

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23

Realizado por: Fábio Rebeca Nº6. Iuri Santos Nº8. Telmo Santos Nº23 Realizado por: Fábio Rebeca Nº6 Iuri Santos Nº8 Telmo Santos Nº23 1 Tutorial de instalação e partilha de ficheiros no Ubuntu Índice Índice... 1 Introdução... 2 Material que iremos utilizar... 3 Instalação

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO UTILIZAÇÃO

DOCUMENTAÇÃO UTILIZAÇÃO DOCUMENTAÇÃO DE UTILIZAÇÃO Importar/exportar o correio electrónico do Microsoft Outlook SERVIÇOS DE INFORMÁTICA DATA: Outubro de 2005 VERSÃO: 1.0 AUTOR: Rui Brás GESTOR: Unidade de Planeamento e Controlo

Leia mais

Microsoft PowerPoint 2003

Microsoft PowerPoint 2003 Página 1 de 36 Índice Conteúdo Nº de página Introdução 3 Área de Trabalho 5 Criando uma nova apresentação 7 Guardar Apresentação 8 Inserir Diapositivos 10 Fechar Apresentação 12 Abrindo Documentos 13 Configurar

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR DO BACKUP HD SERIES

MANUAL DO UTILIZADOR DO BACKUP HD SERIES MANUAL DO UTILIZADOR DO BACKUP HD SERIES OBRIGADO por ter adquirido a aplicação ClickFree Backup. Estas instruções foram reunidas para o ajudar a utilizar o produto, mas de um modo geral esperamos que

Leia mais

My Storage para Microsoft Windows* XP

My Storage para Microsoft Windows* XP A Intel e o respectivo logótipo são marcas ou marcas registadas da Intel Corporation ou das respectivas subsidiárias nos Estados Unidos e noutros países. *Outros nomes e marcas podem ser reivindicados

Leia mais

Índice. Serviço de Wireless para Eventos Manual de Configuração. 1. Windows Vista... 2 2. Windows XP... 8 3. MacOS... 12

Índice. Serviço de Wireless para Eventos Manual de Configuração. 1. Windows Vista... 2 2. Windows XP... 8 3. MacOS... 12 Campus de Gualtar 4710-057 Braga P Serviço de Comunicações Serviço de Wireless para Eventos Manual de Configuração Índice 1. Windows Vista... 2 2. Windows XP... 8 3. MacOS... 12 Serviço de Wireless para

Leia mais

Portal AEPQ Manual do utilizador

Portal AEPQ Manual do utilizador Pedro Gonçalves Luís Vieira Portal AEPQ Manual do utilizador Setembro 2008 Engenharia Informática - Portal AEPQ Manual do utilizador - ii - Conteúdo 1 Introdução... 1 1.1 Estrutura do manual... 3 1.2 Requisitos...

Leia mais

Quando tiver tudo preenchido, pressione o botão. Abre outro formulário, que deverá preencher, pressionando no final do. Figura 1

Quando tiver tudo preenchido, pressione o botão. Abre outro formulário, que deverá preencher, pressionando no final do. Figura 1 C r i a r u m B l o g n o G uião E l a b o r a d o p o r : M a r i a d e B a l s a m ã o M e n d e s 2 2 C r i a r u m B l o g n o Criar o Blog Para criar um Blog, no Blogger, abra o site: http://www.blogger.com/start?hl=pt-

Leia mais

EXCEL TABELAS DINÂMICAS

EXCEL TABELAS DINÂMICAS Informática II Gestão Comercial e da Produção EXCEL TABELAS DINÂMICAS (TÓPICOS ABORDADOS NAS AULAS DE INFORMÁTICA II) Curso de Gestão Comercial e da Produção Ano Lectivo 2002/2003 Por: Cristina Wanzeller

Leia mais

Manual do Nero ControlCenter

Manual do Nero ControlCenter Manual do Nero ControlCenter Nero AG Informações sobre direitos de autor e marcas O manual do Nero ControlCenter e todo o seu conteúdo estão protegidos pelos direitos de autor e são propriedade da Nero

Leia mais

OBJECTIVO Utilização da Função ProcV e listas pendentes

OBJECTIVO Utilização da Função ProcV e listas pendentes ICHA OBJECTIVO Utilização da Função ProcV e listas pendentes Na continuação do exercício anterior voltamos à temática dos orçamentos e, desta vez, vamos elaborar um simulador para um serviço de eventos

Leia mais

ZOOPDA Guia do Utilizador

ZOOPDA Guia do Utilizador ZOOPDA Guia do Utilizador I ZOOPDA INDICE I Como se Utiliza 1 1 Lançar... 3 Parições Ocorrências Medições... 4... 5... 6 Medições Agrupadas... 8 Cobrições... 9 2 Listar... 10 3 Sair... 13 Indice remissivo

Leia mais

SDL TRADOS 2007 WinAlign. Manual de Utilização

SDL TRADOS 2007 WinAlign. Manual de Utilização SDL TRADOS 2007 WinAlign Manual de Utilização Ficha Técnica Título SDL TRADOS 2007 WinAlign (Manual de Utilização Iniciação) Autor(a) Paula Carvalho Concepção gráfica Paula Carvalho Centro Multimédia de

Leia mais

Esta fase só se configura uma única vez.

Esta fase só se configura uma única vez. Fase 0 Esta fase só se configura uma única vez. É necessário iniciar o serviço de configuração automática com fios para tal devem ser realizados os seguintes passos: No VISTA Começar por carregar em Painel

Leia mais

Domine o Word 2007. Professor: Rafael Henriques. Ano Lectivo 2010/2011

Domine o Word 2007. Professor: Rafael Henriques. Ano Lectivo 2010/2011 Domine o Word 2007 1 Professor: Rafael Henriques Ano Lectivo 2010/2011 Sumário Introdução aos Processadores de texto; Microsoft Word 2007 O ambiente de trabalho O Friso Os Tabuladores do Word 2007; Realização

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA LIGAÇÃO À REDE WIRELESS minedu SISTEMA OPERATIVO WINDOWS XP

INSTRUÇÕES PARA LIGAÇÃO À REDE WIRELESS minedu SISTEMA OPERATIVO WINDOWS XP INSTRUÇÕES PARA LIGAÇÃO À REDE WIRELESS minedu SISTEMA OPERATIVO WINDOWS XP Para utilizar a rede Wireless minedu no seu computador portátil proceda da seguinte forma: Certifique-se que o módulo de rádio-frequência

Leia mais

E-MAIL ACÇÃO DE FORMAÇÃO ESE VISEU PÓLO DE LAMEGO 10/04/2003 ANA C. C. LOUREIRO ÁREA DAS TIC

E-MAIL ACÇÃO DE FORMAÇÃO ESE VISEU PÓLO DE LAMEGO 10/04/2003 ANA C. C. LOUREIRO ÁREA DAS TIC E-MAIL ACÇÃO DE FORMAÇÃO ESE VISEU PÓLO DE LAMEGO 10/04/2003 ANA C. C. LOUREIRO ÁREA DAS TIC O E-MAIL O Email (Electronic Mail) ou Correio Electrónico é um sistema de troca de mensagens entre dois ou mais

Leia mais

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo,

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, Módulo POS Loja O que é um POS? Para que serve? POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, uma Loja que efetue venda ao público. Por outras palavras,

Leia mais

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft.

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. WINDOWS O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. Área de Trabalho Ligada a máquina e concluída a etapa de inicialização, aparecerá uma tela, cujo plano de fundo

Leia mais

Conteúdo do pacote. Lista de terminologia. Powerline Adapter

Conteúdo do pacote. Lista de terminologia. Powerline Adapter Powerline Adapter Note! Não expor o Powerline Adapter a temperaturas extremas. Não deixar o dispositivo sob a luz solar directa ou próximo a elementos aquecidos. Não usar o Powerline Adapter em ambientes

Leia mais

LIGAÇÃO à nova rede sem fios REDE minedu. Instruções passo a passo

LIGAÇÃO à nova rede sem fios REDE minedu. Instruções passo a passo LIGAÇÃO à nova rede sem fios REDE minedu Instruções passo a passo PARA QUEM TEM SISTEMA OPERATIVO WINDOWS VISTA Para usar a nova rede é necessário configurar uma nova ligação de rede no computador. Antes

Leia mais

SAMUO APP: MANUAL DO ADMINISTRADOR

SAMUO APP: MANUAL DO ADMINISTRADOR as novas tecnologias ao serviço do desenvolvimento de projectos w w w. i m a d i p. c o m CABO VERDE: REALIZAÇÃO DE UMA ACÇÃO- PILOTO PARA A MELHORIA DA GESTÃO NUM GABINETE TÉCNICO SELECCIONADO OFITEC

Leia mais

GeoMafra Portal Geográfico

GeoMafra Portal Geográfico GeoMafra Portal Geográfico Nova versão do site GeoMafra Toda a informação municipal... à distância de um clique! O projecto GeoMafra constitui uma ferramenta de trabalho que visa melhorar e homogeneizar

Leia mais

7.3. WINDOWS MEDIA PLAYER 12

7.3. WINDOWS MEDIA PLAYER 12 7.3. WINDOWS MEDIA PLAYER 12 Este programa permite gerir toda a sua colecção de músicas, vídeos e até mesmo imagens, estando disponível para download no site da Microsoft, o que significa que mesmo quem

Leia mais

UNIVERSIDADE DOS AÇORES. Configuração Wi- Fi Eduroam. Manuais

UNIVERSIDADE DOS AÇORES. Configuração Wi- Fi Eduroam. Manuais UNIVERSIDADE DOS AÇORES Configuração Wi- Fi Eduroam Manuais Serviço de Tecnologias de Informação e Comunicação 2015 Índice ALUNOS... 2 Android... 2 IOS... 5 Mac OS... 8 Windows 7... 12 Windows 8... 17

Leia mais

Aleph 18.01 Manual de utilização do módulo de circulação e empréstimos

Aleph 18.01 Manual de utilização do módulo de circulação e empréstimos Aleph 18.01 Manual de utilização do módulo de circulação e empréstimos Elaborado por: Amélia Janeiro e Ana Cosmelli SDUL 2008 Índice Apresentação... 3 1. Gestão de leitores... 5 1.1 Pesquisa de leitores...

Leia mais

Perguntas Frequentes Assinatura Digital

Perguntas Frequentes Assinatura Digital Perguntas Frequentes Assinatura Digital Conteúdo Onde posso obter a minha assinatura digital qualificada... 1 O que preciso para assinar um documento com o cartão de cidadão... 1 Como assinar um documento

Leia mais

Sistema Tratamento Informação Lavandarias

Sistema Tratamento Informação Lavandarias Sistema Tratamento Informação Lavandarias www.software-global.info 1 Programa de Lavandarias IMPORTANTE: Ter atenção que: 1-Nos talões não é permitido modificar a ficha e alterar ou adicionar talões no

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR

MANUAL DO UTILIZADOR MANUAL DO UTILIZADOR Versão 1.6 PÁGINA DE PESQUISA A página principal do PacWeb permite a realização de um número muito variado de pesquisas, simples, ou pelo contrário extremamente complexas, dependendo

Leia mais

Extracto on Line Aplicação Local Guia do Administrador

Extracto on Line Aplicação Local Guia do Administrador Extracto on Line Aplicação Local Guia do Administrador 1 Índice 1. Sobre o Guia... 3 1.1 Objectivo... 3 1.2 Conceitos e Termos... 3 1.2 Utilização do Guia... 3 2. Ferramentas de Administração... 4 2.1

Leia mais

LIGAÇÃO à rede sem fios minedu Instruções para Window XP

LIGAÇÃO à rede sem fios minedu Instruções para Window XP LIGAÇÃO à rede sem fios minedu Instruções para Window XP (Para Windows Vista os Passos são semelhantes) Para usar a nova rede é necessário configurar uma nova ligação de rede no computador. Credenciais

Leia mais

Manual do Sistema "Vida Controle de Contatos" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Vida Controle de Contatos Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Vida Controle de Contatos" Editorial Brazil Informatica I Vida Controle de Contatos Conteúdo Part I Introdução 2 1 Vida Controle... de Contatos Pessoais 2 Part II Configuração 2 1 Configuração...

Leia mais

PACWEB Módulo de Pesquisa MANUAL DO UTILIZADOR

PACWEB Módulo de Pesquisa MANUAL DO UTILIZADOR MANUAL DO UTILIZADOR Versão 1.3 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 2 2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO 3 2.1 INSTALAÇÃO 3 Instalar o Pacweb 3 Alterar o Ficheiro Default.htm 3 Criar um Virtual Directory 3 2.2 CONFIGURAÇÃO

Leia mais

ARQUIMEDES E CONTROLE DE OBRA

ARQUIMEDES E CONTROLE DE OBRA Catálogo de Novidades Versão 2009.1 1 ARQUIMEDES E CONTROLE DE OBRA A versão 2009.1 apresenta várias novidades e melhorias relativamente ao programa Arquimedes e Controle de Obra, que se indicam seguidamente.

Leia mais

Configurar ligação VPN a rede do CIIMAR 2010

Configurar ligação VPN a rede do CIIMAR 2010 O Centro de Informática vem assim demonstrar o processo de configuração da ligação VPN a rede do CIIMAR. O que preciso? O utilizador só precisa de fazer o download do software Cisco VPN Client e o certificado

Leia mais

IceData500. Manual do utilizador. Agosto 2004 Versão 1.0

IceData500. Manual do utilizador. Agosto 2004 Versão 1.0 IceData500 Manual do utilizador Agosto 2004 Versão 1.0 Índice Instalação dos Microfiltros... 3 Microfiltro simples...3 Microfiltro duplo...3 Instalação do Hardware... 4 Auto-instalação...4 Estado do ícone

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

Configuração eduroam Windows 7 (Autenticação PEAP)

Configuração eduroam Windows 7 (Autenticação PEAP) Campus de Gualtar 4710-057 Braga P Serviços de Comunicações Configuração eduroam Windows 7 (Autenticação PEAP) Antes de iniciar a instalação, deve-se certificar que os seguintes serviços estão activos:

Leia mais

Copyright 2001-2005 GrupoPIE Portugal, S.A.

Copyright 2001-2005 GrupoPIE Portugal, S.A. ComServer ComServer Linux A Restauração do Séc. XXI Copyright 2001-2005 GrupoPIE Portugal, S.A. 1. WinREST ComServer...5 1.1. Licença...5 1.2. Instalação e upgrade...6 1.3. Licenciamento...7 1.4. Interface...8

Leia mais

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo,

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, Módulo POS Loja O que é um POS? Para que serve? POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, uma Loja que efetue venda ao público. Por outras palavras,

Leia mais

Manual do utilizador. Aplicação de agente

Manual do utilizador. Aplicação de agente Manual do utilizador Aplicação de agente Versão 8.0 - Otubro 2010 Aviso legal: A Alcatel, a Lucent, a Alcatel-Lucent e o logótipo Alcatel-Lucent são marcas comerciais da Alcatel-Lucent. Todas as outras

Leia mais

SOFTWARE. Equipamentos de gestão para controlo de acessos

SOFTWARE. Equipamentos de gestão para controlo de acessos SOFTWARE Fácil utilização. Ambiente Windows XP Profissional. Controle individual dos operadores com diferentes níveis de acesso. Registo de todas as entradas, pagamentos, saídas e de anomalias. Informação

Leia mais

www.forumenfermagem.org

www.forumenfermagem.org Todos os conteúdos apresentados são propriedade dos referidos autores Retirado de: Comunidade On-line de Enfermagem www.forumenfermagem.org CENTROS DE SAÚDE (Versão Beta 2) BEJA Maio 2007 Pag. Entrar na

Leia mais

Programação 2008/2009 MEEC Guia de instalação do PC de programação

Programação 2008/2009 MEEC Guia de instalação do PC de programação Programação 2008/2009 MEEC Guia de instalação do PC de programação Requisitos: PC 1Gbyte de memória Windows, Linux ou Mac OS X. Aplicação Virtualbox. (www.virtualbox.org) O uso de máquinas virtuais permite

Leia mais

Como acessar e utilizar o Escritório Virtual

Como acessar e utilizar o Escritório Virtual Como acessar e utilizar o Escritório Virtual A proposta deste manual é ser o mais resumido possível, abordando os principais aspectos para que qualquer usuário possa acessar e utilizar os Escritórios Virtuais.

Leia mais

Como Se Ligar À Nova Rede Sem Fios rede minedu Instruções Passo A Passo APENAS PARA CONFIGURAÇÃO DOS PORTÁTEIS PESSOAIS DE CADA UM.

Como Se Ligar À Nova Rede Sem Fios rede minedu Instruções Passo A Passo APENAS PARA CONFIGURAÇÃO DOS PORTÁTEIS PESSOAIS DE CADA UM. Como Se Ligar À Nova Rede Sem Fios rede minedu Instruções Passo A Passo APENAS PARA CONFIGURAÇÃO DOS PORTÁTEIS PESSOAIS DE CADA UM. OS PCS DA ESCOLA SERÃO CONFIGURADOS APENAS PELOS PROFESSORES DE INFORMÁTICA

Leia mais

Generated by Foxit PDF Creator Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. Capitulo 1

Generated by Foxit PDF Creator Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. Capitulo 1 Capitulo 1 Montagem de duas pequenas redes com a mesma estrutura. Uma é comandada por um servidor Windows e outra por um servidor linux, os computadores clientes têm o Windows xp Professional instalados.

Leia mais

BACKUP S IBERWEB MANUAL DE INSTALAÇÃO. Manual de Instalação Backup s IBERWEB (Versão1.0) 2008 IBERWEB, LDA. Todos os direitos reservados.

BACKUP S IBERWEB MANUAL DE INSTALAÇÃO. Manual de Instalação Backup s IBERWEB (Versão1.0) 2008 IBERWEB, LDA. Todos os direitos reservados. BACKUP S IBERWEB MANUAL DE INSTALAÇÃO INTRODUÇÃO Aproveitamos desde já para agradecer a sua adesão ao serviço de Backup s da IBERWEB. De seguida iremos apresentar as principais funcionalidades de um dos

Leia mais

Tarefa Orientada 2 Criar uma base de dados

Tarefa Orientada 2 Criar uma base de dados Tarefa Orientada 2 Criar uma base de dados Objectivos: Criar uma base de dados vazia. O Sistema de Gestão de Bases de Dados MS Access Criar uma base dados vazia O Access é um Sistema de Gestão de Bases

Leia mais

MANUAL DE INICIAÇÃO RÁPIDA PARA O. NOKIA PC SUITE 4.81 PARA NOKIA 6310i. Copyright Nokia Corporation 2002. Todos os direitos reservados.

MANUAL DE INICIAÇÃO RÁPIDA PARA O. NOKIA PC SUITE 4.81 PARA NOKIA 6310i. Copyright Nokia Corporation 2002. Todos os direitos reservados. MANUAL DE INICIAÇÃO RÁPIDA PARA O NOKIA PC SUITE 4.81 PARA NOKIA 6310i Copyright Nokia Corporation 2002. Todos os direitos reservados. Issue 2 Índice 1. INTRODUÇÃO...1 2. REQUISITOS DO SISTEMA...1 3. INSTALAR

Leia mais