Manual de Operação do Oracle Designer Projeto PRINT

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual de Operação do Oracle Designer Projeto PRINT"

Transcrição

1 Manual de Operação do Oracle Designer Projeto PRINT Versão de abril de 2010

2 Sumário Introdução...3 Referências...4 Considerações Inicias Acesso a aplicação Case Atividades Repository Object Navigator Entity Relationship Diagrammer Criar novo Diagrama Abrir Diagrama existente Definir Atributos para as Entidades Matrix Diagrammer Criar nova Matrix de Diagrama Abrir Matriz de Diagrama existente Repository Reports Criar novo Relatório Ficha Técnica

3 Introdução O objetivo do Manual de Operação do Oracle Designer é orientar os usuários na execução dos trabalhos relacionados às principais funcionalidades utilizadas pelo PRINT Projeto Integração. 3

4 Referências Oracle Designer 6i: Shortcuts and References An Oracle White Paper - January

5 Considerações Inicias Esse manual é destinado à usuário que já possuam o conhecimento de técnicas de modelagem de dados. 5

6 Oracle Designer Ferramentas de Apoio do DESIGNER 2000 A ferramenta CASE é composta por um conjunto de ferramentas de apoio das quais o usuário se utilizará para desenvolver o sistema em cada fase da metodologia. A Descrição de cada ferramenta está disponível na tabela 1. 1 Acesso a aplicação. Menu Iniciar Programas Oracle Developer Suíte DevSuiteHome1 Designer Oracle Designer Digitar o Username, Password e e Connect String. Fig.1 Selecionar a workarea onde irá trabalhar. Fig.3 Fig.2 6

7 2. Case O CASE é composto por ferramentas de apoio disposta em quatro fases de desenvolvimento e algumas ferramentas de administração do CASE. No PRINT, serão utilizadas as ferramentas destacas em negrito abaixo: Fase Ferramenta Model System Requirements Descrição O Process Modeller auxilia o usuário a definir e ilustrar os processos existentes para o negócio que se pretende informatizar. O Data Flow Diagrammer permite ao usuário explicitar o fluxo dos dados através das funções definidas para o negócio. Permitindo também identificar possíveis falhas ou a necessidade de novas funções a fim de complementar os processos até então modelados. Permite a organização das funções do negócio num modelo hierárquico, permitindo a definição dos dados que cada função utilizará. Esta ferramenta é utilizada para se modelar as necessidades do negócio, através de um diagrama entidade-relacionamento. Transform Preliminary Designs Design and Generate Repository Tools O Database Design Transformer fará o mapeamento de todo o modelo entidaderelacionamento armazenado no repositório através da ferramenta Entity Relationships para a fase de projeto do banco de dados. O Aplication Design Transformer fará o mapeamento de todo o modelo hierárquico de funções armazenado no repositório através da ferramenta Function Hierarchy, para módulos candidatos à aplicação do sistema, os quais poderão tornar-se telas, relatórios ou procedimentos. Esta ferramenta possibilita ao usuário uma visão gráfica do projeto do banco de dados, podendo complementá-lo ou alterá-lo de todas as formas possíveis. Podemos ainda detalhar o uso de cada tabela ou coluna nos módulos do sistema, o que afetará diretamente na estrutura e funcionalidade do módulo representante de uma função. Auxilia na geração dos scripts SQL que farão a criação da base de dados e também na geração dos módulos de tela e relatórios para a aplicação. O Repository Reports consiste de aproximadamente 150 tipos de relatórios que podem ser gerados a partir das informações depositadas no repositório de dados do case. Esta ferramenta fornece ao usuário uma visão geral do sistema, podendo acessar a elementos de todas as fases do desenvolvimento. Desta forma, utiliza-se o Navigator para realizar tarefas de administração do repositório de dados e para executar tarefas de organização de dados nos elementos do sistema, tais como editar ou alterar propriedades, eliminar elementos, dentre outras. Este é um utilitário de administração do repositório de dados. Com ele o administrador do case pode habilitar usuários a utilizar o repositório, instalar o repositório, importar e exportar aplicações. Esta ferramenta possibilita ao usuário o cruzamento de dados. Através da indicação de dois elementos, pode-se avaliar onde um elemento é utilizado por outro, ou o impacto que terá a aplicação na modificação de um dos elementos. Tabela 1 7

8 3. Atividades 3.1 Repository Object Navigator Objetivo Navegar no Repositório de Objetos. Instruções 1. Clique sobre o ícone; 2. Conforme se navega no janela... Navigator, o detalhamento será apresentado na janela Workarea Properties, conforme fig 5. Fig.4 Fig.5 8

9 Workarea Navigator Representação em estrutura de árvore de : Diagramas Entidades e seus respectivos atributos, relacionamentos e identificadores. Fig.6 9

10 3.2 Entity Relationship Diagrammer Objetivo Criação e edição de Entidades, Atributos, Domínios, Identificadores únicos e Relacionamentos. Instruções Criar novo Diagrama Clique sobre o ícone Entity Relationship Diagrammer 1. Menu File - New Fig.7 Selecionar o sistema no qual irá trabalhar clicando na lista suspensa ou no botão de seleção. Fig.9 Fig.8 2. Criar o diagrama Para colorir os elementos, conforme padrão de cores previsto no Manual de Técnicas de Administração de Dados do Projeto de Integração de Macroprocessos Entidades Relacionamentos Entidade Um-para-Um (Mandatório para Mandatório) Um-para-Um (Opcional para Opcional) Um-para-Um (Mandatório para Opcional) Muitos-para-Muitos (Opcional para Opcional) Muitos-para-Muitos (Mandatório para Opcional) Muitos-para-Um (Mandatório para Mandatório) Muitos-para-Um (Opcional para Mandatório) Muitos-para-Um (Opcional para Opcional) Muitos-para-Um (Mandatório para Opcional) 10

11 Abrir Diagrama existente Clique sobre o ícone Entity Relationship Diagrammer 1. Menu File Open Fig.11 Selecionar a workarea onde está o diagrama a ser aberto. Fig.12 Fig.13 11

12 Definir Atributos para as Entidades Com o diagrama já aberto, um clique duplo sobre a entidade(propriedades) e preencher os campos das guias Definition, UIDs, Attributes e Text. Fig.14 Fig.15 Definition Define os obrigatórios e mais freqüentemente utilizados detalhes da entidade. UIDs Usado para inserir ou alterar os detalhes dos identificadores únicos (UIDs) para a entidade. Uma entidade pode ser unicamente identificado por um ou mais dos seus atributos, uma ou mais das suas relações com outras entidades, ou uma combinação de ambos. Os atributos e os relacionamentos usados neste guia já deve existir para a entidade. Attributes Usado para definir os dados básicos sobre os atributos da entidade atual. Informações mais detalhadas sobre os atributos podem ser inseridos na guia Atributo Detail. Você pode utilizar este separador Atributos para inserir novos atributos, eliminar aqueles que não são mais necessários, ou modificar os detalhes de atributos existentes. Text Usada para entrar multi-formato livre de texto de linha para os tipos de texto associado ao elemento atual. Fig.16 Fig.17 12

13 3.3 Matrix Diagrammer Objetivo O cruzamento de informações no repositório é uma técnica importante em todo o ciclo de desenvolvimento. O Matrix Diagrammer é uma ferramenta de referencia cruzada que pode ser utilizada para apoiar escopo do projeto, análise de impacto, planejamento da rede e controle de qualidade. Gerador de relatórios matriciais com informações do repositório Instruções Criar nova Matrix de Diagrama Clique sobre o ícone Matrix Diagrammer Fig Menu File New Selecionar o sistema no qual irá criar a matrix na lista suspensa. Fig.20 Fig.19 13

14 Linhas com Funções de Negócio Colunas com Entidades Propriedades CRUD 14

15 Abrir Matriz de Diagrama existente Clique sobre o ícone Matrix Diagrammer Fig Menu File Open Selecionar a workarea onde está a matriz a ser aberta. Fig.24 Fig.23 15

16 3.4 Repository Reports Objetivo O Repository Reports consiste de aproximadamente 150 tipos de relatórios que podem ser gerados a partir das informações depositadas no repositório de dados do case. No Projeto de Integração serão utilizados apenas dois tipo de relatórios do tipo Entity Relationship Modelling: - Entities and their attributes (entidades e seus atributos) - System Glossary (Glossário do Sistema) Instruções Criar novo Relatório Clique sobre o ícone Repository Reports Fig Selecionar o tipo de relatório (Entities and their attributes ou System Glossary) Fig Menu File Run Report; 16

17 Ficha Técnica Marcus Vinicius Ferreira Mazoni Diretor-Presidente Gilberto Paganotto Diretor-Superintendente Antonio Sérgio Borba Cangiano Jorge Luiz Guimarães Barnasque José António Borba Soares Nivaldo Venâncio da Cunha Vera Lucia de Moraes Diretores Marcus Vinicius da Costa Líder do Projeto Alex Pires Bacelar Helius Tavares de Oliveira Welson de Marinho Vianna Equipe Responsável pela Elaboração Público Alvo Este manual destina-se aos administradores de dados, analistas de negócio do Serpro e dos clientes, desenvolvedores e especialistas envolvidos nos serviços de integração e de macroprocesso do Governo Federal. 17

Oracle SQL Developer

Oracle SQL Developer BDDAD Bases de Dados Oracle SQL Developer Nelson Freire (ISEP LEI-BDDAD 2015/16) 1/30 SQL Developer Sumário Introdução Instalar Abrir Ligar à BD no Servidor Oracle SQL Worksheet Editar SQL Executar SQL

Leia mais

Sistema Integrado de Planejamento Orçamento e Finanças

Sistema Integrado de Planejamento Orçamento e Finanças Sistema Integrado de Planejamento Orçamento e Índice SIMEC Página 02 de10 Guia Rápido Solicitando Cadastro...4 Alterando a Chave de Acesso...6 Navegação...7 Índice de Figuras Fig. 1 Tela Inicial...4 Fig.

Leia mais

SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE UNIDADES ADMINISTRATIVAS

SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE UNIDADES ADMINISTRATIVAS SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE UNIDADES ADMINISTRATIVAS SANTA MARIA FATECIENS 2008 Este manual tem por finalidade apresentar as especificações detalhadas da aplicação de Cadastro

Leia mais

WordPress Institucional UFPel Guia Rápido

WordPress Institucional UFPel Guia Rápido GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NÚCLEO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SEÇÃO DE TECNOLOGIAS PARA WEBSITES WordPress Institucional UFPel Guia Rápido Versão 2.0.1 Março de 2015 Introdução

Leia mais

BANCO DE DADOS. Ferramenta ERWin Parte 1. Introdução. Engenharia da Computação UNIVASF. Aula 9. Formas de trabalho. Formas de trabalho

BANCO DE DADOS. Ferramenta ERWin Parte 1. Introdução. Engenharia da Computação UNIVASF. Aula 9. Formas de trabalho. Formas de trabalho Banco de Dados / 1 Banco de Dados / 2 Introdução Engenharia da Computação UNIVASF BANCO DE DADOS Aula 9 Ferramenta ERWin Parte 1 Ferramenta da empresa Logic Works: Suporta várias metodologias Vamos usar

Leia mais

Criação de relações. Joaquim Frias

Criação de relações. Joaquim Frias Criação de relações Joaquim Frias Conceitos Tipos de relações Exemplo de diagramas de relações Como definir Relações entre Tabelas 2 Tipos de Relações Relações Associação estabelecida entre campos comuns

Leia mais

Rational Quality Manager. Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831

Rational Quality Manager. Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831 Rational Quality Manager Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831 1 Informações Gerais Informações Gerais sobre o RQM http://www-01.ibm.com/software/awdtools/rqm/ Link para o RQM https://rqmtreina.mvrec.local:9443/jazz/web/console

Leia mais

Manual Instalação Pedido Eletrônico

Manual Instalação Pedido Eletrônico Manual Instalação Pedido Eletrônico 1 Cliente que não utiliza o Boomerang, mas possui um sistema compatível. 1.1 Instalação do Boomerang Inserir o CD no drive do computador, clicar no botão INICIAR e em

Leia mais

Manual de Instalação. SafeNet Authentication Client 8.2 SP1. (Para MAC OS 10.7)

Manual de Instalação. SafeNet Authentication Client 8.2 SP1. (Para MAC OS 10.7) SafeNet Authentication Client 8.2 SP1 (Para MAC OS 10.7) 2/28 Sumário 1 Introdução... 3 2 Pré-Requisitos Para Instalação... 3 3 Ambientes Homologados... 4 4 Tokens Homologados... 4 5 Instruções de Instalação...

Leia mais

Sistema da Comissão Nacional de Residência Médica

Sistema da Comissão Nacional de Residência Médica Sistema da Comissão Nacional de Residência Médica APRESENTAÇÃO: Este Manual apresenta as telas que são utilizadas para a navegação no Sistema de Comissão Nacional de Residência Médica. Neste manual estão

Leia mais

INSTALANDO E CONFIGURANDO O MY SQL

INSTALANDO E CONFIGURANDO O MY SQL INSTALANDO E CONFIGURANDO O MY SQL Este tutorial tem como objetivo mostrar como instalar o banco de dados My SQL em ambiente Windows e é destinado aqueles que ainda não tiveram um contato com a ferramenta.

Leia mais

Guia do Usuário. idocsscan v.2.1.14

Guia do Usuário. idocsscan v.2.1.14 Guia do Usuário idocsscan v.2.1.14 2013 BBPaper_Ds - 2 - Sumário Introdução... 5 Instalação... 7 Inicializando a aplicação... 12 Barras de acesso e informações... 13 Teclas de atalho... 14 Barra de Ferramentas...

Leia mais

Funções básicas Cronograma Cronograma Funções Básicas

Funções básicas Cronograma Cronograma Funções Básicas Funções Básicas Fevereiro 2015 - 1) Selecionar o menu Portfólio > Projetos, clique para janela projetos abrir. 2) Selecione botão incluir para abrir um projeto. Preencha os campos obrigatórios nos Dados

Leia mais

Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 2

Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 2 AULA Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 2 Na aula anterior, vimos sobre: a) Janela de comando b) Gerenciador de Projetos c) Database Designer e Table Designer Prosseguiremos então a conhecer as ferramentas

Leia mais

Manual da Ferramenta Metadata Editor

Manual da Ferramenta Metadata Editor 4 de março de 2010 Sumário 1 Introdução 3 2 Objetivos 3 3 Visão Geral 3 3.1 Instalação............................. 3 3.2 Legenda.............................. 4 3.3 Configuração Inicial........................

Leia mais

Este Procedimento Operacional Padrão explica a melhor forma de se utilizar os filtros no Sistema TOTVS RM. Índice

Este Procedimento Operacional Padrão explica a melhor forma de se utilizar os filtros no Sistema TOTVS RM. Índice Este Procedimento Operacional Padrão explica a melhor forma de se utilizar os filtros no Sistema TOTVS RM. Índice I. Criação dos Filtros... 2 II. Gerenciamento de Filtros... 2 III. Operadores disponíveis:...

Leia mais

1) Como acessar a aplicação

1) Como acessar a aplicação Guia de Uso V1.0.0 1) Como acessar a aplicação 2 1 2 3 3 4 Ao clicar em Banco de Necessidades, será aberta uma nova guia do navegador com o formulário mostrado abaixo, o qual possui dois botões : Consulta

Leia mais

( JUDE Community 5.1 2006/2007 ) Por Denize Terra Pimenta Outubro/2007

( JUDE Community 5.1 2006/2007 ) Por Denize Terra Pimenta Outubro/2007 Tutorial JUDE ( JUDE Community 5.1 2006/2007 ) Por Denize Terra Pimenta Outubro/2007 Ferramenta CASE UML Índice Introdução... 2 Download e Instalação... 2 Apresentação da Ferramenta... 2 Salvando o Projeto...

Leia mais

DESENVOLVENDO APLICAÇÕES WEB UTILIZANDO A FERRAMENTA WEBSCHARTS

DESENVOLVENDO APLICAÇÕES WEB UTILIZANDO A FERRAMENTA WEBSCHARTS UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL DEPARTAMENTO DE COMPUTAÇÃO E ESTATÍSTICA DESENVOLVENDO APLICAÇÕES WEB UTILIZANDO A FERRAMENTA WEBSCHARTS LÍCIO SÉRGIO FERRAZ DE BRITO MARCELO AUGUSTO SANTOS TURINE

Leia mais

Banco de Dados Oracle 10g

Banco de Dados Oracle 10g 2010 Banco de Dados II Líder: George Petz... 19 Bruno Aparecido Pereira... 07 Gustavo da Silva Oliveira... 24 Luis Felipe Martins Alarcon... 32 Rubens Gondek... 41 Professor: Gilberto Braga de Oliveira

Leia mais

Manual de Acesso e Realização Prova Eletrônica - Acadêmicos. Sumário. 1. Acesso e Realização Prova Eletrônica Acadêmicos... 3

Manual de Acesso e Realização Prova Eletrônica - Acadêmicos. Sumário. 1. Acesso e Realização Prova Eletrônica Acadêmicos... 3 Sumário 1. Acesso e Realização Prova Eletrônica Acadêmicos... 3 2 1. Acesso e Realização Prova Eletrônica Acadêmicos Manual de Acesso e Realização Prova Eletrônica - Acadêmicos O objetivo deste manual

Leia mais

Manual do Sistema "Vida Controle de Contatos" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Vida Controle de Contatos Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Vida Controle de Contatos" Editorial Brazil Informatica I Vida Controle de Contatos Conteúdo Part I Introdução 2 1 Vida Controle... de Contatos Pessoais 2 Part II Configuração 2 1 Configuração...

Leia mais

ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO. 04 2 ACESSO AOS SISTEMAS. 05 3 DOCUMENTOS MANUTENÇÃO. 08 08 3.2 10 3.3 OCR. 11 4 REGISTRO DE DOCUMENTOS. 13 5 GERANDO DOCUMENTOS

ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO. 04 2 ACESSO AOS SISTEMAS. 05 3 DOCUMENTOS MANUTENÇÃO. 08 08 3.2 10 3.3 OCR. 11 4 REGISTRO DE DOCUMENTOS. 13 5 GERANDO DOCUMENTOS ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 04 2 ACESSO AOS SISTEMAS... 05 3 DOCUMENTOS MANUTENÇÃO... 08 3.1Tipos de Documentos... 08 3.2 Relações entre Documentos... 10 3.3 OCR... 11 4 REGISTRO DE DOCUMENTOS... 13 5 GERANDO

Leia mais

Manual de Instalação Gerenciador de Nota Fiscal Eletrônica

Manual de Instalação Gerenciador de Nota Fiscal Eletrônica Observações: Verifique sempre as configurações de firewall ou bloqueadores de conexão de rede quando utilizar o sistema em mais de um computador. A configuração inadequada de programas desse tipo pode

Leia mais

Delphi 7 Aula 01 Área do Triângulo

Delphi 7 Aula 01 Área do Triângulo Delphi 7 Aula 01 Área do Triângulo Prof. Gilbert Azevedo da Silva I. Objetivos Conhecer o Ambiente Integrado de Desenvolvimento (IDE) do Delphi 7, Desenvolver a primeira aplicação no Delphi 7, Aprender

Leia mais

Manual para Utilização Site DVA Express. Versão 2.0 para Parceiros.

Manual para Utilização Site DVA Express. Versão 2.0 para Parceiros. Manual para Utilização Site DVA Express Versão 2.0 para Parceiros. Introdução O presente manual tem por finalidade instruir os parceiros e representantes na utilização do site para consultas, rastreabilidade

Leia mais

Novas Funcionalidades do MyABCM v.4.0

Novas Funcionalidades do MyABCM v.4.0 Novas Funcionalidades do MyABCM v.4.0 Seguem abaixo as novas funcionalidades e melhorias do MyABCM e um resumo de como utilizar essas funcionalidades. 1. Nova funcionalidade para aplicação de fatores de

Leia mais

Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 1

Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 1 AULA Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 1 Em qualquer profissão é importante que se conheça bem as ferramentas que serão usadas para executar o trabalho proposto. No desenvolvimento de software não é

Leia mais

Instruções para instalação do Virtual Lab (ChemLab 2.5 ou Physics 3.0)

Instruções para instalação do Virtual Lab (ChemLab 2.5 ou Physics 3.0) Instruções para instalação do Virtual Lab (ChemLab 2.5 ou Physics 3.0) 1. Pré-requisitos para instalação do Virtual Lab Windows XP, Windows Vista ou Windows 7 Adobe AIR instalado. Disponível em: http://get.adobe.com/br/air/

Leia mais

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider Ferramenta: Spider-CL Manual do Usuário Versão da Ferramenta: 1.1 www.ufpa.br/spider Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 14/07/2009 1.0 15/07/2009 1.1 16/07/2009 1.2 20/05/2010 1.3 Preenchimento

Leia mais

Rede de Laboratórios de Produtividade de Software

Rede de Laboratórios de Produtividade de Software Rede de Laboratórios de Produtividade de Software Ferramenta TestLink Programa de Capacitação em Testes de Software Gerenciamento de Testes Onde armazenar os testes? Na sua cabeça Papéis / Documentos Nunca

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Produto: n-client MSI Versão: 4.2.3 Versão do Doc.: 1.0 Autor: Aline Della Justina Data: 19/11/2010 Documento destinado à: Clientes e Parceiros Alterado por: Release Note: Detalhamento

Leia mais

Manual de usuário - GLPI Página 1

Manual de usuário - GLPI Página 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIENCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Versão: 1.1 - DTI Manual de usuário

Leia mais

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO MANUAL DO SERVIDOR 1ºGRAU MÓDULO 1 Sumário 1 Acesso ao Sistema...3 2 Quadro de Aviso...4 3 Menu...8 3.1 Audiência...8 3.1.1 Tempo

Leia mais

MODEM USB LTE LU11. Manual do Usuário

MODEM USB LTE LU11. Manual do Usuário MODEM USB LTE LU11 Manual do Usuário 2 Tabela de Conteúdo Manual do Usuário... 1 1 Introdução... 3 2 Instalação... 4 3 Descrição da Interface do Cliente... 5 3 Conexão... 8 5 Mensagens SMS... 10 6 Contatos...

Leia mais

PL/SQL Developer. Solução para Ambiente de Desenvolvimento Integrado Oracle

PL/SQL Developer. Solução para Ambiente de Desenvolvimento Integrado Oracle Solução para Ambiente de Desenvolvimento Integrado Oracle PL/SQL Developer é um ambiente de desenvolvimento integrado (IDE) que foi especialmente destinado ao desenvolvimento de programas armazenados em

Leia mais

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário MODEM USB 3G+ WM31 Manual do Usuário 2 Tabela de Conteúdo 1 Introdução... 3 2. Instalação... 5 3. Descrição da interface do cliente... 6 4. Conexão... 10 5.SMS... 11 6.Contatos... 14 7.Estatística... 18

Leia mais

PgAdmin. O pgadmin é um software gráfico para administração do SGBD PostgreSQL disponível para Windows e UNIX.

PgAdmin. O pgadmin é um software gráfico para administração do SGBD PostgreSQL disponível para Windows e UNIX. 1/20 PgAdmin O pgadmin é um software gráfico para administração do SGBD PostgreSQL disponível para Windows e UNIX. Site para download. Caso queira a última versão - http://www.pgadmin.org/download/ É uma

Leia mais

Veja abaixo um exemplo de como os dados são mostrados quando usamos o

Veja abaixo um exemplo de como os dados são mostrados quando usamos o Objeto DataGridView O controle DataGridView é um dos objetos utilizados para exibir dados de tabelas de um banco de dados. Ele está disponível na guia de objetos Data na janela de objetos do vb.net. Será

Leia mais

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário MODEM USB 3G+ WM31 Manual do Usuário 2 Conteúdo 1 Introdução... 3 2 Descrição da Interface do Cliente... 5 3 Conexão... 7 4 SMS... 10 5 Contatos... 14 6 Estatística... 18 7 Configurações... 19 8 SIM Tool

Leia mais

Manual do Módulo Almoxarifado Portal do Sistema de Informações para o Ensino da Universidade Federal de Alagoas

Manual do Módulo Almoxarifado Portal do Sistema de Informações para o Ensino da Universidade Federal de Alagoas Manual do Módulo Almoxarifado Portal do Sistema de Informações para o Ensino da Universidade Federal de Alagoas 1 Módulo Almoxarifado Módulo que busca a redução de custos e controla os bens de consumo.

Leia mais

II Torneio de Programação em LabVIEW

II Torneio de Programação em LabVIEW Desenvolvimento da Aplicação II Torneio de Programação em LabVIEW Seção I: Requisitos Gerais A aplicação submetida deverá atender, pelo menos, às exigências de funcionamento descritas na Seção II deste

Leia mais

Esse tutorial visa apresentar as principais funcionalidades do Editor de Roteiro de Aprendizagem do Portal Clickideia.

Esse tutorial visa apresentar as principais funcionalidades do Editor de Roteiro de Aprendizagem do Portal Clickideia. 1 Introdução Esse tutorial mostrará as funções básicas e metodologia do Editor de Roteiro de Aprendizagem do Portal Educacional Clickideia. Ele foi elaborado para auxiliar professores e alunos nas atividades

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDA- SA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDA- SA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDA- SA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Criação de Formulários no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Criação de Formulários no Google Drive Introdução...

Leia mais

Manual de Instalação e Utilização do Pedido Eletrônico Gauchafarma

Manual de Instalação e Utilização do Pedido Eletrônico Gauchafarma Manual de Instalação e Utilização do Pedido Eletrônico Gauchafarma 1. INSTALAÇÃO Antes de iniciar a instalação do pedido eletrônico, entre em contato com o suporte da distribuidora e solicite a criação

Leia mais

Índice Apresentação... 3 Mensagens... 4 Tickets... 6 Cadastro de Tickets... 6 Acompanhamento de Tickets:...9 Entregas... 11 Storage...

Índice Apresentação... 3 Mensagens... 4 Tickets... 6 Cadastro de Tickets... 6 Acompanhamento de Tickets:...9 Entregas... 11 Storage... Índice Apresentação... 3 Mensagens... 4 Tickets... 6 Cadastro de Tickets... 6 Acompanhamento de Tickets:...9 Entregas... 11 Storage... 12 Apresentação O Pitstop foi desenvolvido pela Interact com o objetivo

Leia mais

MVREP- Manual do Gerador de Relatórios. ÍNDICE

MVREP- Manual do Gerador de Relatórios. ÍNDICE ÍNDICE ÍNDICE... 1 CAPÍTULO 01 PREPARAÇÃO DO AMBIENTE... 2 1.1 IMPORTAÇÃO DO DICIONÁRIO DE DADOS... 2 CAPÍTULO 02 CADASTRO E CONFIGURAÇÃO DE RELATÓRIOS... 4 2.1 CADASTRO DE RELATÓRIOS... 4 2.2 SELEÇÃO

Leia mais

Extração de Árvores de Decisão com a Ferramenta de Data Mining Weka

Extração de Árvores de Decisão com a Ferramenta de Data Mining Weka Extração de Árvores de Decisão com a Ferramenta de Data Mining Weka 1 Introdução A mineração de dados (data mining) pode ser definida como o processo automático de descoberta de conhecimento em bases de

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA. Documento de Arrecadação Estadual DAE. Manual do Usuário. Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA. Documento de Arrecadação Estadual DAE. Manual do Usuário. Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA 1 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA Documento de Arrecadação Estadual DAE Manual do Usuário Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA 66.053-000 Av. Visconde de Souza Franco, 110 Reduto Belém PA Tel.:(091)

Leia mais

Importação de Certificado Servidor Web IIS 6 e IIS 7

Importação de Certificado Servidor Web IIS 6 e IIS 7 Importação de Certificado Servidor Web IIS 6 e IIS 7 Instalação da cópia de segurança Instalação da cópia do certificado Instalação do arquivo.pfx Certificado Digital do tipo A1 Proibida a reprodução total

Leia mais

ANDROID APPLICATION PROJECT

ANDROID APPLICATION PROJECT Criando um programa Abrindo o programa Eclipse, clique na opção [FILE], depois em [NEW], selecione a opção [PROJECT], uma janela de opção do tipo de projeto irá se abrir, escolha [ANDROID] logo depois

Leia mais

TUTORIAL III: ADICIONANDO AJUDA. Adicionando Ajuda

TUTORIAL III: ADICIONANDO AJUDA. Adicionando Ajuda Adicionando Ajuda Para construir arquivos de ajuda do Windows, é necessário saber quais são os componentes de um arquivo de ajuda. Você tem três arquivos básicos que são parte de cada arquivo de ajuda:

Leia mais

Instrução para Importação de Certificados Digitais de Servidor Web IIS 6 e IIS 7

Instrução para Importação de Certificados Digitais de Servidor Web IIS 6 e IIS 7 Instrução para Importação de Certificados Digitais de Servidor Web IIS 6 e IIS 7 Instalação da cópia de segurança Instalação da cópia do certificado Instalação do arquivo.pfx Certificado Digital do tipo

Leia mais

SIAP - Sistema de Apoio ao Professor

SIAP - Sistema de Apoio ao Professor Introdução O SIAP, Sistema de Apoio ao Professor, é um programa que vai contribuir, de forma decisiva, com o cotidiano escolar de alunos, professores, gestores e funcionários administrativos. Com a implantação

Leia mais

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de OCR e separação de documentos de código de correção

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de OCR e separação de documentos de código de correção Este procedimento corresponde ao fluxo de trabalho de Indexação de OCR com separação de código de correção no programa de treinamento do Capture Pro Software. As etapas do procedimento encontram-se na

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMÇÃO COORDENADORIA DE SISTEMAS

ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMÇÃO COORDENADORIA DE SISTEMAS ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMÇÃO COORDENADORIA DE SISTEMAS SGE SISTEMA DE GESTÃO ESCOLAR DIÁRIO WEB NAVEGADORES HOMOLOGADOS PARA ACESSAR O SGE PALMAS,

Leia mais

Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01)

Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01) Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01) Submissão de Relatórios Científicos Sumário Introdução... 2 Elaboração do Relatório Científico... 3 Submissão do Relatório Científico... 14 Operação

Leia mais

Manual do Contribuidor. Portal de Internet. Projeto: Novo Portal de internet

Manual do Contribuidor. Portal de Internet. Projeto: Novo Portal de internet Manual do Contribuidor Portal de Internet Projeto: Novo Portal de internet 1. Propósito Este documento tem o propósito de orientar usuários a utilizar as funcionalidades do portal do Inea no modo de contribuição.

Leia mais

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

MODEM USB LTE. Manual do Usuário

MODEM USB LTE. Manual do Usuário MODEM USB LTE Manual do Usuário 2 Conteúdo Manual do Usuário... 1 1 Introdução... 3 2 Descrição da Interface do Cliente... 4 3 Conexão... 7 4 SMS... 10 5 Contatos... 14 6 Estatística... 18 7 Configurações...

Leia mais

Desenvolvimento de uma Aplicação WEB para monitorização de BD Oracle

Desenvolvimento de uma Aplicação WEB para monitorização de BD Oracle Desenvolvimento de uma Aplicação WEB para monitorização de BD Oracle Luís Filipe Borges Pinto Resumo: Este projecto consiste na implementação de uma aplicação WEB para monitorização

Leia mais

Gerenciamento de Mudanças. Treinamento OTRS

Gerenciamento de Mudanças. Treinamento OTRS Gerenciamento de Mudanças Treinamento OTRS Sumário Exemplo prático...4 Preparação do Sistema...4 Criando os Papéis necessários...4 Criando usuários de teste...5 Atribua os papeis aos atendentes...5 Vamos

Leia mais

ArpPrintServer. Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02

ArpPrintServer. Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02 ArpPrintServer Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02 1 Sumário INTRODUÇÃO... 3 CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DO SISTEMA... 3 REQUISITOS DE SISTEMA... 4 INSTALAÇÃO

Leia mais

Criação de Consultas e Relatórios no Access CRIAÇÃO DE CONSULTAS E RELATÓRIOS NO ACCESS

Criação de Consultas e Relatórios no Access CRIAÇÃO DE CONSULTAS E RELATÓRIOS NO ACCESS Criação de Consultas e Relatórios no Access CRIAÇÃO DE CONSULTAS E RELATÓRIOS NO ACCESS Sumário Conceitos / Autores chave... 3 1. Introdução... 4 2. Consultas... 5 3. Relatórios... 8 4. Conclusões... 11

Leia mais

Version Notes (Notas da versão) Versão 4.10.1.8-05-12-2012

Version Notes (Notas da versão) Versão 4.10.1.8-05-12-2012 Florianópolis, 05 de dezembro de 2012. Abaixo você confere as características e funcionalidades da nova versão 4.10.1.8-05-12-2012 do Channel. Para quaisquer dúvidas ou na necessidade de maiores esclarecimentos,

Leia mais

Capítulo I Preliminares: Visual Basic na planilha eletrônica Excel.

Capítulo I Preliminares: Visual Basic na planilha eletrônica Excel. Capítulo I Preliminares: Visual Basic na planilha eletrônica Excel. 1.1. Editor do Visual Basic do Excel (VBA) A maioria dos problemas desse livro será resolvida com o VBA da planilha eletrônica Excel,

Leia mais

Manual do Usuário - Versão beta Última revisão 09/06/2011

Manual do Usuário - Versão beta Última revisão 09/06/2011 Manual do Usuário - Versão beta Última revisão 09/06/2011 2011 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO REITORA Maria Beatriz Moreira Luce VICE-REITOR Norberto Hoppen DIRETOR DO NTIC Diego Luís

Leia mais

Paradigmas da Programação Netbeans 6.7.1 UML

Paradigmas da Programação Netbeans 6.7.1 UML Paradigmas da Programação Netbeans 6.7.1 UML Nelson Freire (ISEP DEI-PPROG 2010/11) 1/31 UML Tópicos Referências Instalação Netbeans 6.7.1 Instalação Plugin UML Criação Diagrama de Classes: Novo Projecto

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO Versão 1.0 2014 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE

Leia mais

Guia Rápido ClaireAssist

Guia Rápido ClaireAssist Guia Rápido ClaireAssist Informações do Evento Nossa equipe de Operações enviará por email todos os dados para o evento. Você receberá dois numeros de acesso, um para moderador e outro para os participantes,

Leia mais

ez Flow Guia do Usuário versão 1.0 experts em Gestão de Conteúdo

ez Flow Guia do Usuário versão 1.0 experts em Gestão de Conteúdo ez Flow Guia do Usuário versão 1.0 Conteúdo 1. Introdução... 3 2 1.1 Público alvo... 3 1.2 Convenções... 3 1.3 Mais recursos... 3 1.4. Entrando em contato com a ez... 4 1.5. Direitos autorais e marcas

Leia mais

Guia rápido para configuração e geração do SPED Contábil

Guia rápido para configuração e geração do SPED Contábil Guia rápido para configuração e geração do SPED Contábil Acessar no módulo Domínio Contabilidade o menu controle/parâmetros e marcar a opção Gera informativo SPED. No campo Plano de contas referencial

Leia mais

VERSÃO 1 PRELIMINAR - 2010 MÓDULO 3 - PRESENCIAL

VERSÃO 1 PRELIMINAR - 2010 MÓDULO 3 - PRESENCIAL MÓDULO 3 - PRESENCIAL CmapTools É um software para autoria de Mapas Conceituais desenvolvido pelo Institute for Human Machine Cognition da University of West Florida1, sob a supervisão do Dr. Alberto J.

Leia mais

PMAT. Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações. Manual. Desenvolvido pelo BNDES AS/DEGEP

PMAT. Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações. Manual. Desenvolvido pelo BNDES AS/DEGEP PMAT Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações Manual 1 Índice 1. O que é o Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações PMAT... 3 2. Acessando o sistema pela primeira vez Download... 3 3. Fluxogramas

Leia mais

Índice. http://www.gosoft.com.br/atualiza/gosoftsigadmservico.pdf Versão 4.0

Índice. http://www.gosoft.com.br/atualiza/gosoftsigadmservico.pdf Versão 4.0 Índice I ENVIO DE BOLETOS POR E-MAIL... 2 APRESENTAÇÃO... 2 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONDOMÍNIO... 4 ALTERAÇÕES NO SIGADM IMÓVEIS... 6 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONCILIAÇÃO BANCÁRIA... 8 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONDOMÍNIO

Leia mais

Token SafeNet Authentication Cliente 8.3 (x32 e x64)

Token SafeNet Authentication Cliente 8.3 (x32 e x64) Token SafeNet Authentication Cliente 8.3 (x32 e x64) Manual do Usuário Índice O que é Token?... 03 Instalação do Token... 04 Verificação do Certificado... 07 Troca de Senhas... 10 O que é Token? É um dispositivo

Leia mais

Manual de Instruções para gerar arquivo do SIOPS na Contabilidade - BW Sistemas

Manual de Instruções para gerar arquivo do SIOPS na Contabilidade - BW Sistemas Manual de Instruções para gerar arquivo do SIOPS na Contabilidade - BW Sistemas 2 SUMÁRIO Apresentação...3 Instruções para gerar o arquivo da RECEITA:...3 Tela inicial do Siops...3 Tela Na Contabilidade...6

Leia mais

O catálogo On-line dos produtos da Pramet Tools s.r.o. contém parâmetros técnicos, desenhos e possibilidade de criar seu próprio kit de ferramentas.

O catálogo On-line dos produtos da Pramet Tools s.r.o. contém parâmetros técnicos, desenhos e possibilidade de criar seu próprio kit de ferramentas. Guia do Usuário [Versão 1.0, Atualizado em 1.11.2012] Pramet Tools s.r.o., [PRAMET E-catálogo Guia do Usuário ] O catálogo On-line dos produtos da Pramet Tools s.r.o. contém parâmetros técnicos, desenhos

Leia mais

CAPÍTULO 20 TRABALHANDO COM INFORMAÇÕES GLOBAIS DA EMPRESA

CAPÍTULO 20 TRABALHANDO COM INFORMAÇÕES GLOBAIS DA EMPRESA CAPÍTULO 20 TRABALHANDO COM INFORMAÇÕES GLOBAIS DA EMPRESA 119 MODELO GLOBAL DA EMPRESA Com vimos anteriormente e Microsoft Office Project Professional possui um arquivo matriz que usado para determinar

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS CAIXA ECONÔMICA FEDERAL NO FINANCE Finance V10 New 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pela Caixa Econômica... 3 Como efetuar a Conciliação por Extrato

Leia mais

NFe Nota Fiscal Eletronica

NFe Nota Fiscal Eletronica 1 NFe Nota Fiscal Eletronica Introdução O NFe Tron, apesar de ser um sistema complexo, possui um método simples de instalação, configurando todos os elementos necessários para o funcionamento básico do

Leia mais

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel Software de gerenciamento do sistema Intel do servidor modular Intel Declarações de Caráter Legal AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE DOCUMENTO SÃO RELACIONADAS AOS PRODUTOS INTEL, PARA FINS DE SUPORTE ÀS PLACAS

Leia mais

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br Capture Pro Software Introdução A-61640_pt-br Introdução ao Kodak Capture Pro Software e Capture Pro Limited Edition Instalando o software: Kodak Capture Pro Software e Network Edition... 1 Instalando

Leia mais

Funções. Usuários. Servidores públicos.

Funções. Usuários. Servidores públicos. Manual Versão 1.0 O sistema de Recursos Humanos é utilizado para coletar, registrar, armazenar, analisar e recuperar dados dos recursos humanos da administração direta do Governo do Estado de Rondônia

Leia mais

Adapti - Technology Solutions www.adapti.net Leonor cardoso nº 331 Fone : (041) 8844-7805 81240-380 Curitiba - PR MANUAL DO USUÁRIO

Adapti - Technology Solutions www.adapti.net Leonor cardoso nº 331 Fone : (041) 8844-7805 81240-380 Curitiba - PR MANUAL DO USUÁRIO MANUAL DO USUÁRIO 1 Índice Administração de Documentos...2 Lista de documentos criados...3 Criando um novo documento...3 Barra de ferramentas do editor...4 Editando um documento...7 Administrando suas

Leia mais

UNIBR FACULDADE DE SÃO VICENTE ESTÁGIO DIGITAL Manual de Criação Passo-a-Passo

UNIBR FACULDADE DE SÃO VICENTE ESTÁGIO DIGITAL Manual de Criação Passo-a-Passo INTRODUÇÃO O objetivo deste documento é fornecer as orientações necessárias para que seu relatório de estágio, bem como os documentos anexos, sejam transformados e entregues em formato digital, em arquivo

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

Manual Signext Card Explorer

Manual Signext Card Explorer Índice 1. Gerenciador... 1 2. Editar... 4 3. Token... 7 4. Key Pair... 8 5. Certificado... 9 6. Sobre... 10 O Card Explorer é um software desenvolvido para que o usuário possa: gerar par de chaves, inserir/excluir

Leia mais

Manual de Administração

Manual de Administração Gerência de Informática Repositório de Documentos do GHC Manual de Administração Versão 1.1 Novembro de 2015 Repositório de Documentos do GHC Manual de Administração Índice 1 Acesso ao Sistema...3 2 Adicionar

Leia mais

Gerenciamento de Mudanças. Treinamento OTRS ITSM

Gerenciamento de Mudanças. Treinamento OTRS ITSM Gerenciamento de Mudanças Treinamento OTRS ITSM Sumário Introdução...3 Associando a Mudança à Requisições...4 Papéis...5 Construindo uma Mudança...6 Informações Gerais da Mudança...6 Definindo os Papéis

Leia mais

Funções. Recebimento, registro, distribuição e movimentação de documentos em curso. Usuários. Servidores públicos.

Funções. Recebimento, registro, distribuição e movimentação de documentos em curso. Usuários. Servidores públicos. Manual Versão 1.1 Armazena e fornece informações sobre a tramitação dos documentos oficiais que envolvem o registro de atos e fatos de natureza administrativa/jurídica de interesse da administração direta

Leia mais

Cadastros e Acessos. Conhecimento global. Foco local. www.audatex.com.br / www.solerainc.com Versão 1.0

Cadastros e Acessos. Conhecimento global. Foco local. www.audatex.com.br / www.solerainc.com Versão 1.0 Cadastros e Acessos Conhecimento global. Foco local. www.audatex.com.br / www.solerainc.com Versão 1.0 Histórico das versões VER DATA AUTOR DESCRIÇÃO DA MODIFICAÇÃO 1.0 18/08/2010 MT Versão Inicial Índice

Leia mais

Manual do Usuário Gerenciador de Conteúdo do Site: www.semarh.goias.gov.br/

Manual do Usuário Gerenciador de Conteúdo do Site: www.semarh.goias.gov.br/ 1 Manual do Usuário Gerenciador de Conteúdo do Site: www.semarh.goias.gov.br/ 1) O acesso ao sistema é realizado através do link: http://www.semarhtemplate.go.gov.br/sistema/ obs.: após o lançamento do

Leia mais

Apostila nº 32 Contas a Pagar e a Receber; Como localizar, Incluir, Alterar, Eliminar, Baixar, reabrir e imprimir

Apostila nº 32 Contas a Pagar e a Receber; Como localizar, Incluir, Alterar, Eliminar, Baixar, reabrir e imprimir Apostila nº 32 Contas a Pagar e a Receber; Como localizar, Incluir, Alterar, Eliminar, Baixar, reabrir e imprimir Sumário Contas á Receber...3 Como atualizar a pesquisa no contas á receber?...3 Como efetuar

Leia mais

GERENCIADOR DE IMPORTAÇÃO DE XML

GERENCIADOR DE IMPORTAÇÃO DE XML GERENCIADOR DE IMPORTAÇÃO DE XML A partir da versão 3.4.71.0 do SIAGRI AGRIBUSINESS está disponível o Gerenciador de Importação de XML (SiagriREA). Este aplicativo tem como finalidade gerenciar os arquivos

Leia mais

Material de Apoio Configuração Auditoria Pós

Material de Apoio Configuração Auditoria Pós Material de Apoio Configuração Auditoria Pós Julho - 2014 Índice 1. Introdução... 3 2. Ambiente... 3 3. Serviço... 4 4. Dataset... 6 5. Formulário... 6 6. Processo... 12 6.1 Importação de Processos...

Leia mais

Prof. Omero, pág. 63. Banco de Dados InterBase.

Prof. Omero, pág. 63. Banco de Dados InterBase. Prof. Omero, pág. 63 O que é o InterBase? O InterBase é um SGBDR - Sistema Gerenciador de Banco de Dados Cliente/Servidor Relacional 1 que está baseado no padrão SQL ANSI-9, de alta performance, independente

Leia mais

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ÍNDICE INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ACESSO ÀS FERRAMENTAS 9 FUNÇÕES 12 MENSAGENS 14 CAMPOS OBRIGATÓRIOS

Leia mais