Sua hora chegou Dê um grande salto REGULAMENTO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sua hora chegou Dê um grande salto REGULAMENTO"

Transcrição

1 Sua hora chegou Dê um grande salto REGULAMENTO Prêmio de Empreendedorismo (plano de negócios) James McGuire 2014

2 Prêmio de Empreendedorismo (plano de negócios) James McGuire 2014 Regulamento - Estudantes Prêmio de Empreendedorismo James McGuire 2013 é uma competição interna da Laureate International Universities para encorajar e motivar alunos a criarem empreendimentos. A competição oferece os seguintes benefícios: O grupo vencedor de cada IES participante receberá um prêmio decido na Instituição local. Dois representantes de seis grupos (três alunos de graduação e três alunos de pós-graduação, egressos dos cursos de graduação / ou adultos trabalhadores) serão convidados para apresentar seus plano de negócios em uma entrevista com James McGuire e outros empreendedores no Laureate Leadership Summit 2014 em Washington, DC em junho de O time ganhador de cada uma das categorias (alunos de graduação e alunos de pós-graduação, egressos dos cursos de graduação da Uninorte/ ou adultos trabalhadores) receberá um financiamento de $ (cinquenta mil dólares) para as propostas do plano de negócios. Os outros quatro finalistas do grupo (dois por categoria) irão receber $5.000 (cinco mil dólares) em dinheiro para ser distribuído igualmente entre os participantes. Requisitos 1) Os planos de negócios que seguirem as diretrizes do Anexo 1 e demonstrarem forte potencial para iniciar as suas operações dentro de seis meses, a contar da recepção dos fundos de empréstimo, serão considerados fortes. Este potencial pode ser demonstrado por meio do desenvolvimento de protótipos de produtos, do capital levantado ou investido até a data, de patentes obtidas e/ou um plano detalhado que apresente um forte potencial para o lançamento e sucesso do empreendimento, etc. 2) O concurso tem duas categorias: 1) alunos de graduação; e 2) alunos de pós-graduação, egressos dos cursos de graduação da Uninorte ou, ainda, adultos trabalhadores. Estudantes de qualquer área acadêmica são elegíveis para competir. Para criar uma igualdade de condições, as equipes devem ser formadas por estudantes da mesma categoria. Os formandos 2013/2 deverão ser inscritos na Categoria 2. 3) A equipe vencedora se compromete investir ou levantar fundos equivalentes ao montante do empréstimo de 50,000 dólares americanos 4) Candidatos de todas as áreas acadêmicas (Humanas, Saúde, Exatas e Licenciaturas) podem participar da concorrência de plano de negócios. Os grupos podem ser formados por membros de diversas áreas. 5) Uma pessoa não pode pertencer a mais de uma equipe de planos de negócios. 6) Alunos participantes não devem ter nenhuma sanção disciplinar em seu histórico acadêmico. REGULAMENTO JAMES MCGUIRE

3 7) Os planos de negócios podem ser submetidos por pessoas ou equipes de qualquer número de participantes. O Anexo 1 contém um formato recomendado para a preparação de planos de negócios que deve ter entre 30 e não mais do que 50 páginas. Os membros do comitê de avaliação poderá não considerar qualquer material que exceder o limite de 50 páginas 8) Os planos de negócios não devem propor, explícita ou implicitamente, um negócio em qualquer uma das seguintes áreas: substâncias ou produtos tóxicos ou ilegais, armas brancas ou armas de fogo, tráfico ou abuso de pessoas, violação de propriedade intelectual, violação de quaisquer leis ou regulamentos, jogos de azar, fornecimento de mercadorias ou serviços ilegais, produção ou venda de tabaco ou de seus derivados, produção ou venda de espécies e protegidas pela lei de qualquer um dos países participantes e produção ou venda de mercadorias ou serviços que afetam a saúde pública. 9) As instituições da Rede Laureate não financiarão nenhum estudante nem aceitarão nenhum custo incorrido pelos participantes, enquanto preparam suas apresentações de planos de negócios. Entretanto, se alguma das equipes inscritas pela Uninorte for uma das seis finalistas em uma ou nas duas categorias, a instituição pagará as despesas em classe econômica de viagens para até dois membros para a sua entrevista na Laureate Leadership Summit, nos Estados Unidos, em junho de Fases: Seleção Local: submissão de planos de negócios e avaliação por um Comitê de Seleção da Uninorte. O Comitê de Seleção da Uninorte selecionará o melhor plano de negócios para cada categoria, classificado de acordo com os critérios de avaliação. Seleção Global: Cada Instituição encaminhará o plano de negócios vencedor de cada categoria para o Comitê de Seleção Global. Em seguida, o Comitê de Seleção Global selecionará 6 finalistas: 3 de alunos de graduação e 3 de alunos de pós-graduação ou egressos. * Painel de Entrevistas: um painel de empresários, incluindo o Sr. James McGuire, vai entrevistar os finalistas e escolher e anunciar os vencedores no Laureate Leadership Summit em junho de Prêmios Local: Para o plano de negócios vencedor de cada categoria será oferecido um prêmio de R$1.000,00 (mil reais) Global: a equipe vencedora de cada categoria receberá um empréstimo de 50,000 dólares americanos a juros baixos para iniciar o negócio descrito em suas propostas, sendo que as equipes finalistas que não receberão os empréstimos ganharão um prêmio, em dinheiro, de 5,000 dólares americanos, a ser distribuído igualmente entre seus membros. REGULAMENTO JAMES MCGUIRE

4 Processo de Seleção 1) O comitê de seleção local de cada instituição é formado por uma equipe interna de professores e executivos irá selecionar um semifinalista. 2) O Comitê de seleção global será composto de executivos da Laureate, que selecionarão 6 grupos finalistas (três de cada categoria) para entrevista com um grupo de empresários, incluindo o Sr. James McGuire na Laureate Leadership Summit em junho de ) A decisão do comitê de seleção local e global será final 4) O Comitê de seleção local e global, bem como o Grupo de Empresários, tomarão suas decisões de acordo com as informações contidas em cada plano de negócios. 5) O Comitê e o Grupo de Empresários estão autorizados a: Interpretar as diretrizes Selecionar os vencedores do Prêmio Empreendedorismo James McGuire 2014, de acordo com seus próprios critérios. Agir de acordo com as necessidades para a execução de suas tarefas. 6) O quorum para os Comitês e Grupos é da maioria de membros. As decisões serão tomadas pela maioria simples dos membros atuais. No evento de um empate, o voto de decisão caberá ao Presidente. 7) O(s) autor(es) do(s) empeendimento(s) deve(m) reter todos os direitos de propriedade intelectual para seu documento. A Laureate deverá ter o direito a usar alguns dados do plano de negócios de forma exclusiva, para fins estatísticos ou promocionais. 8) A Laureate deve garantir que todos os membros do Comitê de Seleção Global e do Painel assinem e aceitem um acordo de confidencialidade, cobrindo o conteúdo dos planos de negócios. 9) A inscrição do plano deve ser feita até o dia 13/12/2013, por meio do envio do plano de negócios para o 10) Cada Universidade irá apresentar o grupo vencedor com o plano de negócios em inglês até o dia 28 de FEVEREIRO DE Os finalistas vencedores serão informados da decisão da comissão até 11 de ABRIL DE ) Ao se inscrever todos os participantes registram sua incondicional aceitação dessas diretrizes bem como das decisões feitas pelas Comissões. REGULAMENTO JAMES MCGUIRE

5 Anexo 1: Formatação do Plano de Negócios NOTA: Os planos de negócio devem ter entre 30 a 50 páginas, escritos em inglês em arial ou times new romam tamanho 12. 1) Resumo Executivo Descrição dos negócios e da empresa Qual é a ideia de negócio e como a empresa se chamará? Segmento de mercado e previsões O que você espera alcançar com sua ideia de negócio? Quais são as características do grupo de pessoas que você espera atingir? Esse grupo é um grupo em crescimento? Como esse grupo de pessoas mudará ao longo dos próximos anos? Vantagens competitivas Como o produto ou serviço que a sua empresa oferecerá difere de outros produtos similares? Por que ele é melhor que outros e por que ele atrairia a atenção do público? Sustentabilidade Sua ideia de negócio é sustentável ao longo do tempo? Equipe Quem é o responsável por colocar sua ideia de negócio em prática? Proposta de negócios O que você ofereceria para um possível investidor que desejasse investir para trazer sua ideia de negócio à realidade? 2) Indústria, a empresa e seus produtos e serviços O produto ou serviço Forneça uma descrição completa das características do produto ou serviço oferecido. Estratégias de lançamento e crescimento de mercado Como você prevê o início da sua empresa? Onde você tentará vender seu produto ou serviço? Como você imagina o crescimento da empresa? Em que critérios você acredita que esse crescimento se dará? Análise SWOT Determine as forças e fraquezas da sua ideia de negócio. Descreva as ameaças e oportunidades no mercado no qual a sua empresa se desenvolverá. 3) Pesquisa e análise de mercado Clientes Para quem o seu produto ou serviço é direcionado? REGULAMENTO JAMES MCGUIRE

6 O mercado: tamanho e tendências Qual é o tamanho aproximado do grupo potencial de clientes? Esse grupo é um grupo que cresce ao longo do tempo? Quais são os hábitos dos consumidores desse grupo? Como você vê essas preferências crescendo ao longo do tempo? A entrada no mercado e estratégia de crescimento Como você prevê o arranque da sua empresa? Onde você vai tentar vender seu produto ou serviço? Como você imagina fazer a empresa crescer? Em que base se pode dizer que a sua empresa vai crescer A concorrência e a vantagem do negócio Com quem a sua empresa concorrerá? Quais são as características do concorrente? Quais as vantagens de seus concorrentes? Existe algum produto ou serviço que poderia substituir o que você está oferecendo? Participação no mercado estimada Qual o volume de vendas do seu produto ou serviço estimado para o primeiro ano? Até que ponto suas vendas aumentarão nos primeiros três anos? Quanto suas vendas representam em comparação às da concorrência? Você conhece a participação no mercado de cada concorrente? Avaliação de mercado durante a implementação Como você pretende medir os resultados de suas atividades? 4) Planejamento de Marketing Estratégia geral de marketing Como você pretende realizar seus planejamentos de vendas de curto e médio prazo? Política de preços A que preço você venderá seu produto ou serviço? Como você chegou a esse valor? Que alterações o preço sofrerá no futuro? Táticas de vendas Que ações específicas você está considerando para aumentar as vendas a curto e médio prazo? Política de serviço e garantia Que serviços complementares você oferecerá a seus clientes depois de realizar uma venda? Qual será a sua política de garantia? Publicidade e promoção Como você pretende informar seu segmento de mercado de um produto ou serviço? Como você estimulará as vendas? Que canais você usará para alcançar seus objetivos? Como você planeja em desenvolver sua logo e imagem corporativa? Distribuição Como você pretende tornar seus produtos ou serviços disponíveis para seu segmento de mercado? REGULAMENTO JAMES MCGUIRE

7 5) Projeto e plano de desenvolvimento Status atual de desenvolvimento e de tarefas existentes Em que etapa está sua ideia de negócio? Que ações você já colocou em prática para implementar sua ideia de negócio? O que falta fazer? Riscos e dificuldades Que possíveis problemas você pode encontrar ao implementar sua ideia de negócio? O que poderia dar errado? Como você poderia evitar isso? Aprimoramento de produto e novos produtos Como você melhoraria seu produto ou serviço? Você está considerando o lançamento de produtos ou serviços adicionais no futuro? Custos Quanto custará para colocar sua ideia de negócio em prática? Quais os custos envolvidos nas atividades? Propriedade intelectual Como você pretende proteger sua ideia de negócio de possíveis cópias ou imitações? 6) Planejamento de produção e execução Ciclo operacional Quais são todas as operações necessárias para fabricar seu produto ou fornecer o serviço que você pretende vender? Detalhe todo o processo desde o início até a entrega ao cliente. Localização geográfica Onde você pretende instalar seu centro operacional? Como você chegou a essa decisão? Facilidades e aprimoramentos Que espaço físico você usará em suas operações e que facilidades você terá? Como você pretende melhorar suas facilidades conforme for evoluindo? Estratégia e planejamentos Como você pretende executar os processos descritos no ciclo operacional? De quem você dependerá para adquirir recursos e distribuir seu produto ou fornecer seu serviço? Questões legais e regulamentares Existem leis que governam as suas atividades? Se sim, o que você terá que fazer para cumprilas por completo? 7) Plano geral Organização Quem serão os envolvidos na empresa que trarão sua ideia de negócio à realidade? Como a empresa está organizada atualmente? Qual o seu fluxograma organizacional? Gerenciamento central de pessoal Quem é necessário para dirigir a empresa? Quais características eles devem ter? Remuneração de gerenciamento e acionistas Como você pretende remunerar o gerenciamento da empresa? Como você pretende remunerar os proprietários da empresa? REGULAMENTO JAMES MCGUIRE

8 Política de investidores e acionistas: direitos e responsabilidades Quais são os direitos dos investidores de empresa? Quais são os critérios para se investir na empresa? Política de emprego e acordos relacionados Como você prevê a contratação de pessoal para a sua empresa? Que benefícios você vai oferecer? Serviços profissionais e equipe de suporte Você está pensando em contratar pessoal externo para dar suporte às operações da empresa? Que perfil essas pessoas devem ter? 8) Cronograma do projeto Apresente um diagrama de Gantt com as atividades necessárias para colocar sua ideia de negócio em prática. 9) Riscos críticos, problemas e hipóteses Quais são os principais riscos que você enfrentará? Que possíveis problemas você pode encontrar ao implementar sua ideia de negócio? Em que critérios você baseou seu crescimento? Você utilizou um conceito específico para decidir seu segmento de mercado? 10) Planejamento financeiro Perdas atuais e futuras e lucros Folha de balanços atuais e previstas Fluxo de caixa projetado Gráfico mostrando quando o ponto de equilíbrio será alcançado Margens brutas e operacionais Utilidade e durabilidade potenciais Custos fixos, variáveis e semivariáveis Meses necessários para alcançar um ponto de equilíbrio Meses necessários para alcançar um fluxo de caixa positivo. 11) Proposta de negócios Financiamento Além do prêmio de concorrência, como você espera conseguir fundos para sua ideia de negócio? Capitalização Qual o capital necessário para o negócio? Como você chegou a esse número? Uso de fundos Como você usará os fundos de que necessita para investir no negócio? Retorno para os investidores Quanto você espera que os investidores recebam para investir em seu negócio? Como serão pagos? REGULAMENTO JAMES MCGUIRE

Sua hora chegou. Faça a sua jogada. REGULAMENTO

Sua hora chegou. Faça a sua jogada. REGULAMENTO Sua hora chegou. Faça a sua jogada. REGULAMENTO Prêmio de Empreendedorismo James McGuire 2013 REGULAMENTO Prêmio de Empreendedorismo James McGuire 2013 é uma competição interna da Laureate International

Leia mais

ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas

ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas ANEXO 1: Formato Recomendado de Planos de Negócios - Deve ter entre 30 e 50 páginas 1) Resumo Executivo Descrição dos negócios e da empresa Qual é a ideia de negócio e como a empresa se chamará? Segmento

Leia mais

REGULAMENTO CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS

REGULAMENTO CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS UNINORTE LAUREATE INTERNATIONAL UNIVERSITIES PRÊMIO DE EMPREENDEDORISMO JAMES McGUIRE EDITAL DE SELEÇÃO REGULAMENTO CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1. O Prêmio James McGuire de Empreendedorismo é uma competição

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO LOCAL 2016 Global James McGuire Business Plan Competition 1. DOS REQUISITOS DE PARTICIPAÇÃO E CATEGORIAS

EDITAL DE CONVOCAÇÃO LOCAL 2016 Global James McGuire Business Plan Competition 1. DOS REQUISITOS DE PARTICIPAÇÃO E CATEGORIAS EDITAL DE CONVOCAÇÃO LOCAL 2016 Global James McGuire Business Plan Competition O presente edital tem o objetivo de normatizar e apresentar o cronograma da edição 2016 do Prêmio de Empreendedorismo James

Leia mais

EDITAL 01/2016 PRIMEIRO PASSO COACHING

EDITAL 01/2016 PRIMEIRO PASSO COACHING EDITAL 01/2016 PRIMEIRO PASSO COACHING No âmbito de suas atribuições, a Diretora da Primeiro Passo Coaching, com base no evento Conexão Primeiro Passo/ 2016, a ser realizado em 16 e 17 de abril de 2016,

Leia mais

Edital de pré-seleção Laureate Awards UnP 2014 CONVOCATÓRIA

Edital de pré-seleção Laureate Awards UnP 2014 CONVOCATÓRIA Edital de pré-seleção Laureate Awards UnP 2014 CONVOCATÓRIA 1. EDITAL A Universidade Potiguar UnP, através da Diretoria de Pilares estratégicos, torna público o presente Edital e convida o seu corpo docente

Leia mais

Empreenda! 9ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios. Preparamos este roteiro para ajudá-lo (a) a desenvolver o seu Plano de Negócios.

Empreenda! 9ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios. Preparamos este roteiro para ajudá-lo (a) a desenvolver o seu Plano de Negócios. Empreenda! 9ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios Caro (a) aluno (a), Preparamos este roteiro para ajudá-lo (a) a desenvolver o seu Plano de Negócios. O Plano de Negócios deverá ter no máximo

Leia mais

Roteiro do Plano de Negócio

Roteiro do Plano de Negócio Roteiro do Plano de Negócio 1. Componentes do Plano de Negócios a) Resumo Executivo b) A organização Visão estratégica/modelo de negócio c) Análise de mercado d) Planejamento de marketing - produto ou

Leia mais

Roteiro para apresentação do Plano de Negócio. Preparamos este roteiro para ajudá-lo(a) a preparar seu Plano de Negócio.

Roteiro para apresentação do Plano de Negócio. Preparamos este roteiro para ajudá-lo(a) a preparar seu Plano de Negócio. Roteiro para apresentação do Plano de Negócio Preparamos este roteiro para ajudá-lo(a) a preparar seu Plano de Negócio. Abaixo encontra-se a estrutura recomendada no Empreenda! O Plano de Negócio deverá

Leia mais

Plano de Negócio. Professor Victor Sotero. Plano de Negócio

Plano de Negócio. Professor Victor Sotero. Plano de Negócio Plano de Negócio -Sumário Executivo- Professor Victor Sotero Plano de Negócio 1 O que é preciso para abrir um negócio? Conjunto de habilidades e conhecimentos Entender o mercado e o público que se deseja

Leia mais

Documento a ser entregue 3ª Etapa. 7º Concurso de empreendedorismo

Documento a ser entregue 3ª Etapa. 7º Concurso de empreendedorismo 1 Universidade Presbiteriana Mackenzie Decanato de Pesquisa e Pós-graduação Documento a ser entregue 3ª Etapa 7º Concurso de empreendedorismo Coordenadoria de Inovação e Empreendedorismo 2 1. PLANO DE

Leia mais

Plano de Negócios. Por que escrever um Plano de Negócios?

Plano de Negócios. Por que escrever um Plano de Negócios? Plano de Negócios Por que escrever um Plano de Negócios? A tarefa de escrever um plano de negócios não é uma tarefa fácil. Isso se você nunca escreveu um e não tem a menor idéia de como começar. O objetivo

Leia mais

Plano de Negócios e Pesquisas de Mercado: Ninguém Vive Sem

Plano de Negócios e Pesquisas de Mercado: Ninguém Vive Sem Plano de Negócios e Pesquisas de Mercado: Ninguém Vive Sem Henrique Montserrat Fernandez Muitas pessoas, antes de abrir a empresa, já têm uma idéia do que ela produzirá. Mas será que é isso que os clientes

Leia mais

Regulamento do Concurso de Ideias Desafios da Inovação FIT Networks

Regulamento do Concurso de Ideias Desafios da Inovação FIT Networks Regulamento do Concurso de Ideias Desafios da Inovação FIT Networks 1 Principal Objetivo Este concurso está sendo proposto com a finalidade de identificar, motivar e desenvolver "technopreneurs" alunos

Leia mais

Etapas para a preparação de um plano de negócios

Etapas para a preparação de um plano de negócios 1 Centro Ensino Superior do Amapá Curso de Administração Disciplina: EMPREENDEDORISMO Turma: 5 ADN Professor: NAZARÉ DA SILVA DIAS FERRÃO Aluno: O PLANO DE NEGÓCIO A necessidade de um plano de negócio

Leia mais

Administração e Finanças

Administração e Finanças Estrutura do Plano de Negócio Profa. Fernanda Pereira Caetano Trabalho pesado é geralmente a acumulação de tarefas pequenas que não foram feitas a tempo. (Henry Cooke) Não existe uma estrutura rígida e

Leia mais

Empreenda! 8ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios. Preparamos este roteiro para ajudá-lo(a) a desenvolver o seu Plano de Negócios.

Empreenda! 8ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios. Preparamos este roteiro para ajudá-lo(a) a desenvolver o seu Plano de Negócios. Empreenda! 8ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios Caro (a) aluno (a), Preparamos este roteiro para ajudá-lo(a) a desenvolver o seu Plano de Negócios. O Plano de Negócios deverá ter no máximo 20

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO MÃOS À OBRA - 2015

REGULAMENTO DO CONCURSO MÃOS À OBRA - 2015 REGULAMENTO DO CONCURSO MÃOS À OBRA - 2015 1. OBJETIVOS O Concurso MÃOS À OBRA tem por objetivo incentivar, aprofundar o debate sobre temas que impactam a competitividade da cadeia produtiva da construção

Leia mais

REGULAMENTO 5º PRÊMIO APEX-BRASIL DE EXCELÊNCIA EM EXPORTAÇÃO O BRASIL QUE INSPIRA O MUNDO

REGULAMENTO 5º PRÊMIO APEX-BRASIL DE EXCELÊNCIA EM EXPORTAÇÃO O BRASIL QUE INSPIRA O MUNDO REGULAMENTO 5º PRÊMIO APEX-BRASIL DE EXCELÊNCIA EM EXPORTAÇÃO O BRASIL QUE INSPIRA O MUNDO 1 DO PRÊMIO 1.1 Fica estabelecido o 5º Prêmio Apex-Brasil de Excelência em Exportação O Brasil que inspira o mundo,

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS E PLANOS DE NEGÓCIO ARRISCA C 2016

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS E PLANOS DE NEGÓCIO ARRISCA C 2016 REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS E PLANOS DE NEGÓCIO ARRISCA C 2016 1. Este concurso visa estimular o desenvolvimento de conceitos de negócio em torno dos quais se perspetive a criação de novas empresas.

Leia mais

LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza

LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza edwin@engenharia-puro.com.br www.engenharia-puro.com.br/edwin Introdução A A logística sempre existiu e está presente no dia a dia de todos nós, nas mais diversas

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTO RESPONSÁVEL E DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

POLÍTICA DE INVESTIMENTO RESPONSÁVEL E DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL SUL AMÉRICA INVESTIMENTOS DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS S.A POLÍTICA DE INVESTIMENTO RESPONSÁVEL E DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Índice: 1 OBJETIVO 2 2 CONCEITOS E DEFINIÇÕES 2 3

Leia mais

INVESTIMENTO A LONGO PRAZO 1. Princípios de Fluxo de Caixa para Orçamento de Capital

INVESTIMENTO A LONGO PRAZO 1. Princípios de Fluxo de Caixa para Orçamento de Capital 5 INVESTIMENTO A LONGO PRAZO 1. Princípios de Fluxo de Caixa para Orçamento de Capital 1.1 Processo de decisão de orçamento de capital A decisão de investimento de longo prazo é a decisão financeira mais

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS. Causas de Fracasso:

PLANO DE NEGÓCIOS. Causas de Fracasso: PLANO DE NEGÓCIOS Causas de Fracasso: Falta de experiência profissional Falta de competência gerencial Desconhecimento do mercado Falta de qualidade dos produtos/serviços Localização errada Dificuldades

Leia mais

COMPONENTES DA ESTRUTURA DO PLANO DE NEGÓCIO

COMPONENTES DA ESTRUTURA DO PLANO DE NEGÓCIO COMPONENTES DA ESTRUTURA DO PLANO DE NEGÓCIO No Modelo de Plano de Negócio, disponível no seu ambiente do Concurso você terá um passo a passo para elaborar o seu Plano, bem como todo o conteúdo necessário

Leia mais

Outras concentram-se em mercados específicos, tais como de produtos agrícolas, médicos e farmacêuticos ou automotivos;

Outras concentram-se em mercados específicos, tais como de produtos agrícolas, médicos e farmacêuticos ou automotivos; Diferentes empresas de pesquisa oferecem diferentes habilidades, experiências e instalações. Por essa razão, não existe uma única empresa que seja a mais apropriada para todos os tipos de problemas de

Leia mais

CONCURSO "IDEIA BRILHANTE"

CONCURSO IDEIA BRILHANTE CONCURSO "IDEIA BRILHANTE" REGULAMENTO DO CONCURSO Concorrentes 1ª Fase 2ª Fase 3ª Fase Vencedores Avaliação de ideias Avaliação de planos de negócio Apresentação do plano de negócios REGULAMENTO DE CONCURSO

Leia mais

www.belcorp.biz VIII/09

www.belcorp.biz VIII/09 CÓDIGO DE ÉTICA www.belcorp.biz VIII/09 Na Belcorp acreditamos que cada pessoa tem o poder de transformar seus sonhos em realidade. Assumir este poder significa reconhecer que nossas ações e decisões têm

Leia mais

STARTUP PROGRAMME. Linhas Orientadoras, Etapas & Critérios de Avaliação

STARTUP PROGRAMME. Linhas Orientadoras, Etapas & Critérios de Avaliação STARTUP PROGRAMME Linhas Orientadoras, Etapas & Critérios de Avaliação INTRODUÇÃO O StartUp Programme ajuda os alunos a compreenderem melhor o papel das empresas na comunidade. Com o apoio e orientação

Leia mais

Processos de gerenciamento de projetos em um projeto

Processos de gerenciamento de projetos em um projeto Processos de gerenciamento de projetos em um projeto O gerenciamento de projetos é a aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades do projeto a fim de cumprir seus requisitos.

Leia mais

2.1. Cumprimos leis e regulamentos nacionais e internacionais. Obedecemos a todas as leis e regulamentos internacionais e nacionais relevantes.

2.1. Cumprimos leis e regulamentos nacionais e internacionais. Obedecemos a todas as leis e regulamentos internacionais e nacionais relevantes. CÓDIGO DE CONDUTA 1. Introdução O Código de Conduta Ahlstrom descreve os princípios éticos que sustentam o modo como conduzimos os negócios em nossa empresa. Baseia-se em nossos principais valores Agir

Leia mais

4. Pronunciamento Técnico CPC 05 Divulgação de Partes Relacionadas

4. Pronunciamento Técnico CPC 05 Divulgação de Partes Relacionadas TÍTULO : PLANO CONTÁBIL DAS INSTITUIÇÕES DO SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL - COSIF 1 4. Pronunciamento Técnico CPC 05 Divulgação de Partes Relacionadas 1. Aplicação 1 - As instituições financeiras, as demais

Leia mais

Gestão de Projetos. Processos Gerenciais Profª. Silvia Cristina da Silva Okabayashi. O que se entende por Projeto?

Gestão de Projetos. Processos Gerenciais Profª. Silvia Cristina da Silva Okabayashi. O que se entende por Projeto? Processos Gerenciais Profª. Silvia Cristina da Silva Okabayashi Gestão de Projetos Planejamento, Execução e Controle de um Projeto Laboratório de Administração Gestão de Projetos O que se entende por Projeto?

Leia mais

Roteiro SENAC. Análise de Riscos. Planejamento do Gerenciamento de Riscos. Planejamento do Gerenciamento de Riscos

Roteiro SENAC. Análise de Riscos. Planejamento do Gerenciamento de Riscos. Planejamento do Gerenciamento de Riscos SENAC Pós-Graduação em Segurança da Informação: Análise de Riscos Parte 2 Leandro Loss, Dr. Eng. loss@gsigma.ufsc.br http://www.gsigma.ufsc.br/~loss Roteiro Introdução Conceitos básicos Riscos Tipos de

Leia mais

Prémio Santander Totta / Universidade NOVA de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento

Prémio Santander Totta / Universidade NOVA de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento Prémio Santander Totta / Universidade NOVA de Lisboa, de Jornalismo Económico Regulamento Considerando que se mostra da maior relevância: a) Reconhecer e premiar a excelência de trabalhos jornalísticos

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA DAS QUESTÕES DISCURSIVAS PROFISSIONAL BÁSICO COMUNICAÇÃO SOCIAL

PADRÃO DE RESPOSTA DAS QUESTÕES DISCURSIVAS PROFISSIONAL BÁSICO COMUNICAÇÃO SOCIAL Questão n o 1 a) O candidato deverá apresentar seis dentre as seguintes vantagens: Domínio de tecnologia capaz de produzir bens preferidos por certas classes de compradores Aumento dos índices de qualidade

Leia mais

CIA. INDUSTRIAL VALE DO PARAÍBA S/A. UM CASO DE SUCESSO?

CIA. INDUSTRIAL VALE DO PARAÍBA S/A. UM CASO DE SUCESSO? CIA. INDUSTRIAL VALE DO PARAÍBA S/A. UM CASO DE SUCESSO? Autoria: Amadeu Nosé Junior Mestre em Administração de Empresas Universidade Presbiteriana Mackenzie A Cia. Industrial Vale do Paraíba S/A., é uma

Leia mais

REGULAMENTO PRÊMIO BRASIL-ALEMANHA DE INOVAÇÃO

REGULAMENTO PRÊMIO BRASIL-ALEMANHA DE INOVAÇÃO REGULAMENTO PRÊMIO BRASIL-ALEMANHA DE INOVAÇÃO 1. OBJETIVO 1.1 O Prêmio Brasil-Alemanha de Inovação, organizado pela Câmara de Comércio e Indústria Brasil Alemanha (AHK), tem por objetivo identificar e

Leia mais

Novas Formas de Aprender e Empreender

Novas Formas de Aprender e Empreender Novas Formas de Aprender e Empreender DÚVIDAS FREQUENTES 1. Sobre o Prêmio Instituto Claro, Novas Formas de Aprender e Empreender 1.1. O que é o Prêmio? O Prêmio Instituto Claro Novas Formas de Aprender

Leia mais

Regulamento PAPSummer 2016

Regulamento PAPSummer 2016 Regulamento PAPSummer 2016 Artigo 1º Objetivos do programa, montante e designação das bolsas 1. O programa PAPSummer pretende dar a oportunidade a estudantes portugueses ( Estudante ) de desenvolver um

Leia mais

5 Instrução e integração

5 Instrução e integração SEÇÃO 5 Instrução e integração no meio de trabalho Quando um novo funcionário entra para uma organização, é importante que ele receba um bom apoio para entender sua função e a organização. Instrução é

Leia mais

3.2 Para os fins do presente Chamamento, serão observadas as seguintes definições:

3.2 Para os fins do presente Chamamento, serão observadas as seguintes definições: Edital para seleção de startups no 3 º Demo Day Minas 1. Objetivo 1.1 O presente chamamento público tem por objeto a seleção de até 42 (quarenta e duas) startups para participação na feira do 3º Demo Day

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA FORMULÁRIO DE CANDIDATURA Nº Candidatura: / Data de entrega: / / 1 O Concurso de Ideias Empreendedoras de Oliveira de Azeméis Empreendedorismo em idade escolar é uma iniciativa do Contrato Local de Desenvolvimento

Leia mais

4 Modelos. de negócio. Para inovar o seu EAD

4 Modelos. de negócio. Para inovar o seu EAD 4 Modelos de negócio Para inovar o seu EAD Introdução Se você teve ou tem um negócio de ensino a distância, já deve ter parado para pensar de que formas posso diversificar a venda do meu curso online?

Leia mais

1. DO OBJETIVO a. O Concurso Ftec de Empreendedorismo é promovido pelo CIEM (Centro de Inovação e Empreendedorismo) da instituição, e tem como

1. DO OBJETIVO a. O Concurso Ftec de Empreendedorismo é promovido pelo CIEM (Centro de Inovação e Empreendedorismo) da instituição, e tem como 1. DO OBJETIVO a. O Concurso Ftec de Empreendedorismo é promovido pelo CIEM (Centro de Inovação e Empreendedorismo) da instituição, e tem como objetivo divulgar a cultura do empreendedorismo de alto impacto

Leia mais

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA Proposta de Marketing Digital Design inox Marketing de Resultados A PlusPixel vem oferecendo seus serviços desde o início da internet, isso nos

Leia mais

MELHORES PRÁTICAS DA OCDE

MELHORES PRÁTICAS DA OCDE MELHORES PRÁTICAS DA OCDE PARA A TRANSPARÊNCIA ORÇAMENTÁRIA INTRODUÇÃO A relação entre a boa governança e melhores resultados econômicos e sociais é cada vez mais reconhecida. A transparência abertura

Leia mais

Valores & Princípios. Grupo Freudenberg

Valores & Princípios. Grupo Freudenberg Valores & Princípios Grupo Freudenberg C o n d u ta e C o m p o r ta m e n t o C o n d u ta e C o m p o r ta m e n t o Nossos Princípios & Conduta e Comportamento 3 Os Nossos Princípios e o documento de

Leia mais

0281/15 São Paulo, 09 de fevereiro de 2015. Ao Instituto Brasileiro de Governança Corporativa - IBGC At.: Sr. Alexandre Tanaami

0281/15 São Paulo, 09 de fevereiro de 2015. Ao Instituto Brasileiro de Governança Corporativa - IBGC At.: Sr. Alexandre Tanaami Tel.: +55 11 3848 588o Rua Major Quedinho 90 Fax: + 55 11 3045 7363 Consolação São Paulo, SP - Brasil www.bdobrazil.com.br 01050-030 0281/15 São Paulo, 09 de fevereiro de 2015. Ao Instituto Brasileiro

Leia mais

COMECE A TRABALHAR COM A INTERNET

COMECE A TRABALHAR COM A INTERNET COMECE A TRABALHAR COM A INTERNET Comece a trabalhar com a internet Trabalhar na internet se tornou um dos principais focos das pessoas nos dias atuais devido a possibilidade de operar em mercados distintos

Leia mais

M. DIAS BRANCO S.A. INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ALIMENTOS Companhia Aberta Capital Autorizado CNPJ nº 07.206.816/0001-15 NIRE 2330000812-0

M. DIAS BRANCO S.A. INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ALIMENTOS Companhia Aberta Capital Autorizado CNPJ nº 07.206.816/0001-15 NIRE 2330000812-0 1 M. DIAS BRANCO S.A. INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ALIMENTOS Companhia Aberta Capital Autorizado CNPJ nº 07.206.816/0001-15 NIRE 2330000812-0 POLÍTICA DE CONTRATAÇÃO COM PARTES RELACIONADAS 1. OBJETIVO 1.1

Leia mais

Uma empresa só poderá vender seus bens/serviços aos consumidores se dois requisitos básicos forem preenchidos:

Uma empresa só poderá vender seus bens/serviços aos consumidores se dois requisitos básicos forem preenchidos: Módulo 4. O Mercado O profissional de marketing deverá pensar sempre em uma forma de atuar no mercado para alcançar os objetivos da empresa. Teoricamente parece uma tarefa relativamente fácil, mas na realidade

Leia mais

Seja um Provedor Registrado de Educação do PMI (R.E.P.)

Seja um Provedor Registrado de Educação do PMI (R.E.P.) Seja um Provedor Registrado de Educação do PMI (R.E.P.) Faça Mais Negócios Aliando-se a Maior Associação de Profissionais de Gerenciamento de Projeto do Mundo O QUE SÃO OS R.E.P.S DO PMI? Os Provedores

Leia mais

Módulo 5. Implementação do BSC para um negócio específico, definição de objetivos, apresentação de casos reais e exercícios

Módulo 5. Implementação do BSC para um negócio específico, definição de objetivos, apresentação de casos reais e exercícios Módulo 5 Implementação do BSC para um negócio específico, definição de objetivos, apresentação de casos reais e exercícios Implementando BSC para um negócio específico O BSC é uma estrutura para desenvolvimento

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 1ª Série Empreendedorismo Administração A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de etapas,

Leia mais

CÓDIGO CRÉDITOS PERÍODO PRÉ-REQUISITO TURMA ANO INTRODUÇÃO

CÓDIGO CRÉDITOS PERÍODO PRÉ-REQUISITO TURMA ANO INTRODUÇÃO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS ESCOLA DE GESTÃO E NEGÓCIOS CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS, ADMINISTRAÇÃO E ECONOMIA DISCIPLINA: ESTRUTURA E ANÁLISE DE CUSTO CÓDIGO CRÉDITOS PERÍODO PRÉ-REQUISITO

Leia mais

As Organizações e a Teoria Organizacional

As Organizações e a Teoria Organizacional Página 1 de 6 As Organizações e a Teoria Organizacional Autora: Sara Fichman Raskin Este texto é totalmente baseado no primeiro capítulo do livro Organizational theory: text and cases, do autor Jones Gareth,

Leia mais

I - Você e a DBA. II - Construir relacionamentos

I - Você e a DBA. II - Construir relacionamentos O código de ética DBA representa a necessidade de reforço aos valores e à cultura da empresa através da ética. Assim, é fundado nos valores essenciais da corporação e pode ser definido pelas normas padrões

Leia mais

REGULAMENTO NÚCLEO. Versão resumida. Pagamento da taxa de participação ou preenchimento da ficha de isenção;

REGULAMENTO NÚCLEO. Versão resumida. Pagamento da taxa de participação ou preenchimento da ficha de isenção; REGULAMENTO NÚCLEO Versão resumida ETAPAS I. Cadastro de dados específicos do programa; II. Pagamento da taxa de participação ou preenchimento da ficha de isenção; O Núcleo é uma rede com atividades contínuas

Leia mais

POLÍTICA DE PRIVACIDADE

POLÍTICA DE PRIVACIDADE POLÍTICA DE PRIVACIDADE Veja como protegemos suas informações. 1. DA ABRANGÊNCIA DESTA POLÍTICA DE PRIVACIDADE a. Como a Advisenet usa informações pessoais? Este documento explicita a forma pela qual a

Leia mais

SUZANO PAPEL E CELULOSE S.A. Regimento Interno do Conselho de Administração

SUZANO PAPEL E CELULOSE S.A. Regimento Interno do Conselho de Administração SUZANO PAPEL E CELULOSE S.A. Regimento Interno do Conselho de Administração Este Regimento Interno foi aprovado pelo Conselho de Administração da Suzano Papel e Celulose S.A. em 18 de fevereiro de 2016.

Leia mais

Introdução à Administração Financeira

Introdução à Administração Financeira Introdução à Administração Financeira Conceitos Introdutórios e Revisão de alguns elementos e conceitos essenciais à Administração Financeira Introdução à Administração Financeira Administração: é a ciência

Leia mais

TREINAMENTO SOBRE PRODUTOS PARA VENDEDORES DO VAREJO COMO ESTRATÉGIA PARA MAXIMIZAR AS VENDAS 1. Liane Beatriz Rotili 2, Adriane Fabrício 3.

TREINAMENTO SOBRE PRODUTOS PARA VENDEDORES DO VAREJO COMO ESTRATÉGIA PARA MAXIMIZAR AS VENDAS 1. Liane Beatriz Rotili 2, Adriane Fabrício 3. TREINAMENTO SOBRE PRODUTOS PARA VENDEDORES DO VAREJO COMO ESTRATÉGIA PARA MAXIMIZAR AS VENDAS 1 Liane Beatriz Rotili 2, Adriane Fabrício 3. 1 Pesquisa realizada no curso de Administração da Unijuí 2 Aluna

Leia mais

Plano de Negócios (PN): uma visão geral. O que é e para que serve

Plano de Negócios (PN): uma visão geral. O que é e para que serve Plano de Negócios (PN): uma visão geral. O que é e para que serve 6 PLANO DE NEGÓCIOS (PN): UMA VISÃO GERAL. O QUE É E PARA QUE SERVE Objetivo específico - Ao concluir este módulo, você vai ser capaz de

Leia mais

Como economizar dinheiro negociando com seu banco. negociecomseubanco.com.br 1

Como economizar dinheiro negociando com seu banco. negociecomseubanco.com.br 1 negociecomseubanco.com.br 1 Sumário Negocie Com Seu Banco... 3 Quem Somos... 3 Nossa Missão... 3 Este Ebook... 3 Introdução... 4 Como negociar... 6 1. Pesquise as taxas de juros na Negocie Com Seu Banco...

Leia mais

COMO USAR SMS ADDITIONAL TEXT EM UMA CAMPANHA ELEITORAL?

COMO USAR SMS ADDITIONAL TEXT EM UMA CAMPANHA ELEITORAL? COMO USAR SMS ADDITIONAL TEXT EM UMA CAMPANHA ELEITORAL? COMO USAR SMS EM UMA CAMPANHA ELEITORAL? Veja algumas dicas para engajar eleitores através do SMS Marketing De acordo com dados da Pnad (Pesquisa

Leia mais

Edital SENAI SESI de Inovação 2012 PERGUNTAS FREQUENTES

Edital SENAI SESI de Inovação 2012 PERGUNTAS FREQUENTES Edital SENAI SESI de Inovação 2012 PERGUNTAS FREQUENTES Brasília 2012 Edital SENAI SESI de Inovação 2012 PERGUNTAS FREQUENTES Brasília 2012 Edital SENai SESi de inovação 2012 PERGUNTAS FREQUENTES 3 1)

Leia mais

Regulamento 1ª edição da Competição de Jovens Empreendedores

Regulamento 1ª edição da Competição de Jovens Empreendedores Regulamento 1ª edição da Competição de Jovens Empreendedores Artigo I. SOBRE ESTE REGULAMENTO Este documento visa esclarecer as regras, o funcionamento, as datas e a premiação dos participantes da Competição

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. Do objeto 1.1. Contratação de 01 (uma) empresa especializada em avaliação econômica para realizar a avaliação econômica do valor da marca BRB. 2. Objetivo 2.1. A presente

Leia mais

NORMA ISO 14004. Sistemas de Gestão Ambiental, Diretrizes Gerais, Princípios, Sistema e Técnicas de Apoio

NORMA ISO 14004. Sistemas de Gestão Ambiental, Diretrizes Gerais, Princípios, Sistema e Técnicas de Apoio Página 1 NORMA ISO 14004 Sistemas de Gestão Ambiental, Diretrizes Gerais, Princípios, Sistema e Técnicas de Apoio (votação 10/02/96. Rev.1) 0. INTRODUÇÃO 0.1 Resumo geral 0.2 Benefícios de se ter um Sistema

Leia mais

Gestão Estratégica de Negócios

Gestão Estratégica de Negócios INSTITUTO NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES Inatel Competence Center Business School Gestão Estratégica de Negócios Projeto Pedagógico de Curso de Extensão Curricular Santa Rita do Sapucaí MG Setembro de 2013

Leia mais

REGULAMENTO DA CAMPANHA REDE AQUI É FRESCO 5 ANOS, 5 CARROS

REGULAMENTO DA CAMPANHA REDE AQUI É FRESCO 5 ANOS, 5 CARROS REGULAMENTO DA CAMPANHA REDE AQUI É FRESCO 5 ANOS, 5 CARROS PRIMEIRA.- EMPRESA ORGANIZADORA 1.1 UNIMARKETING, Marketing, Comercialização de Bens de Consumo e Serviços Promocionais, C.R.L com sede em Av.

Leia mais

Porque estudar Gestão de Projetos?

Porque estudar Gestão de Projetos? Versão 2000 - Última Revisão 07/08/2006 Porque estudar Gestão de Projetos? Segundo o Standish Group, entidade americana de consultoria empresarial, através de um estudo chamado "Chaos Report", para projetos

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO CONCURSO

REGULAMENTO GERAL DO CONCURSO REGULAMENTO GERAL DO CONCURSO A Cáritas lança o concurso Imagem, ritmo e história da Cáritas Brasileira para escolher a identidade visual, a música tema e as obras literárias que celebrarão seu aniversário

Leia mais

Gestão dos Pequenos Negócios

Gestão dos Pequenos Negócios Gestão dos Pequenos Negócios x Rangel Miranda Gerente Regional do Sebrae Porto Velho, RO, 20 de outubro de 2015 A Conjuntura Atual Queda na produção industrial Desemprego Alta dos juros Restrição ao crédito

Leia mais

Mishcon de Reya em Poucas Palavras

Mishcon de Reya em Poucas Palavras Mishcon de Reya em Poucas Palavras É um negócio. Mas é pessoal. MISHCON DE REYA É um negócio. Mas é pessoal. Nossa reputação foi construída na atuação jurídica para pessoas físicas enquanto assessores

Leia mais

Desenvolve Minas. Modelo de Excelência da Gestão

Desenvolve Minas. Modelo de Excelência da Gestão Desenvolve Minas Modelo de Excelência da Gestão O que é o MEG? O Modelo de Excelência da Gestão (MEG) possibilita a avaliação do grau de maturidade da gestão, pontuando processos gerenciais e resultados

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO MELHOR PROJETO EMPREENDEDOR RURAL 2015

REGULAMENTO CONCURSO MELHOR PROJETO EMPREENDEDOR RURAL 2015 REGULAMENTO CONCURSO MELHOR PROJETO EMPREENDEDOR RURAL 2015 1- Objetivo O Concurso MELHOR PROJETO EMPREENDEDOR RURAL 2015 instituído pelo SENAR-PR, SEBRAE-PR, FAEP e FETAEP como uma ação do PROGRAMA EMPREENDEDOR

Leia mais

O Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros foi criado, em 2011, pela Confederação Nacional das

O Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros foi criado, em 2011, pela Confederação Nacional das Apresentação O Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros foi criado, em 2011, pela Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar

Leia mais

Programa Startup in School Edição Google CPS 2016

Programa Startup in School Edição Google CPS 2016 Programa Startup in School Edição Google CPS 2016 REGULAMENTO O Startup in School é um programa de iniciação em Empreendedorismo Tecnológico para alunos do ensino médio. Em uma competição de 2 dias (dois

Leia mais

Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento

Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento Prof. William Eid Junior Professor Titular Coordenador do GV CEF Centro de Estudos em Finanças Escola

Leia mais

ACT DEVELOPMENT. Ficha de Inscrição para Participante ou Observador

ACT DEVELOPMENT. Ficha de Inscrição para Participante ou Observador ACT DEVELOPMENT Ficha de Inscrição para Participante ou Observador Introdução a ACT Development ACT Development é uma aliança global de igrejas que são membros do Conselho Mundial de Igrejas e as organizações

Leia mais

Projeto de Gestão pela Qualidade Rumo à Excelência

Projeto de Gestão pela Qualidade Rumo à Excelência Projeto de Gestão pela Qualidade Rumo à Excelência Introdução O panorama que se descortina para os próximos anos revela um quadro de grandes desafios para as empresas. Fatores como novas exigências dos

Leia mais

Planejamento - 7. Planejamento do Gerenciamento do Risco Identificação dos riscos. Mauricio Lyra, PMP

Planejamento - 7. Planejamento do Gerenciamento do Risco Identificação dos riscos. Mauricio Lyra, PMP Planejamento - 7 Planejamento do Gerenciamento do Risco Identificação dos riscos 1 O que é risco? Evento que representa uma ameaça ou uma oportunidade em potencial Plano de gerenciamento do risco Especifica

Leia mais

Introdução. Gerência de Projetos de Software. Sumário. Sistemas de Informação para Processos Produtivos

Introdução. Gerência de Projetos de Software. Sumário. Sistemas de Informação para Processos Produtivos Sumário Sistemas de Informação para Processos Produtivos 1. Gerência de 2. Agentes principais e seus papéis 3. Ciclo de vida do gerenciamento de projetos M. Sc. Luiz Alberto lasf.bel@gmail.com Módulo 6

Leia mais

Prémio Santander Totta / Universidade NOVA de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento

Prémio Santander Totta / Universidade NOVA de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento Prémio Santander Totta / Universidade NOVA de Lisboa, de Jornalismo Económico Regulamento Considerando que se mostra da maior relevância: a) Reconhecer e premiar a excelência de trabalhos jornalísticos

Leia mais

MANUAL PARA REGISTRO DE CERTIFICADO DE DEPÓSITO DE VALORES MOBILIÁRIOS - BDR NÍVEL I NÃO PATROCINADO

MANUAL PARA REGISTRO DE CERTIFICADO DE DEPÓSITO DE VALORES MOBILIÁRIOS - BDR NÍVEL I NÃO PATROCINADO MANUAL PARA REGISTRO DE CERTIFICADO DE DEPÓSITO DE VALORES MOBILIÁRIOS - BDR NÍVEL I NÃO PATROCINADO Artigo 1º. Para registro do Certificado de Depósito de Valores Mobiliários - BDR Nível I Não Patrocinado

Leia mais

Orientações para elaborar um. Plano de Negócios

Orientações para elaborar um. Plano de Negócios Orientações para elaborar um Plano de Negócios Maio de 2010 www.nascente.cefetmg.br Página 1 Apresentação Este documento contém um roteiro básico de Plano de Negócios. O objetivo é permitir que o futuro

Leia mais

Artigo 1.º. Âmbito e objeto

Artigo 1.º. Âmbito e objeto PROJETO DE REGULAMENTO DO CONCURSO PÚBLICO PARA A SELEÇÃO DE INFRAESTRUTURAS DE INVESTIGAÇÃO E SUA INTEGRAÇÃO NO ROTEIRO NACIONAL DE INFRAESTRUTURAS DE INVESTIGAÇÃO DE INTERESSE ESTRATÉGICO Artigo 1.º

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO 2014

REGULAMENTO DO PRÊMIO 2014 REGULAMENTO DO PRÊMIO 2014 1 ÍNDICE CRONOGRAMA ------------------------------------------------------------------------------- 3 CATEGORIAS -------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Organizações Nenhuma organização existe

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Este material resulta da reunião de fragmentos do módulo I do Curso Gestão Estratégica com uso do Balanced Scorecard (BSC) realizado pelo CNJ. 1. Conceitos de Planejamento Estratégico

Leia mais

difusão de idéias A formação do professor como ponto

difusão de idéias A formação do professor como ponto Fundação Carlos Chagas Difusão de Idéias outubro/2008 página 1 A formação do professor como ponto fundamental Lúcia P. S. Villas Bôas: Ainda que generalizações sejam imprudentes, considerando-se as transformações

Leia mais

FATEC EAD TECNOLOGIA EM GESTÃO EMPRESARIAL PROJETO INTERDISCIPLINAR IV

FATEC EAD TECNOLOGIA EM GESTÃO EMPRESARIAL PROJETO INTERDISCIPLINAR IV FATEC EAD TECNOLOGIA EM GESTÃO EMPRESARIAL PROJETO INTERDISCIPLINAR IV SÃO PAULO 2016 Sumário 1. Introdução... 3 2. Finalidade do Projeto Interdisciplinar... 3 3. Disciplinas Contempladas... 4 4. Material

Leia mais

JORNADA DE COMPRA. O que é e sua importância para a estratégia de Marketing Digital VECTOR

JORNADA DE COMPRA. O que é e sua importância para a estratégia de Marketing Digital VECTOR O que é e sua importância para a estratégia de Marketing Digital 1 2 3 4 Já falamos muitas vezes sobre produção de conteúdo ser a base de uma estratégia de marketing digital de resultados para a sua empresa.

Leia mais

LOJAS AMERICANAS S.A.

LOJAS AMERICANAS S.A. CNPJ. 33.014.556/0001-96 LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta FATO RELEVANTE 1. LOJAS AMERICANAS S.A. ( LASA ) e BANCO ITAÚ HOLDING FINANCEIRA S.A. ( ITAÚ ) anunciam associação que tem como objetivo

Leia mais

2. Desenvolver Pesquisa de Campo sobre uma pequena empresa conforme modelo de pesquisa anexo.

2. Desenvolver Pesquisa de Campo sobre uma pequena empresa conforme modelo de pesquisa anexo. 1 1. ESTÁGIO SUPERVISIONADO 2. OBJETIVO Resolução nº 01 de 02/02/2004 do Conselho Nacional de Educação CNEC/CN/MEC. Proporcionar ao estudante oportunidade de desenvolver suas habilidades, analisar situações

Leia mais

Cliente Empreendedorismo Metodologia e Gestão Lucro Respeito Ética Responsabilidade com a Comunidade e Meio Ambiente

Cliente Empreendedorismo Metodologia e Gestão Lucro Respeito Ética Responsabilidade com a Comunidade e Meio Ambiente Código de Ética OBJETIVO Este código de ética serve de guia para atuação dos empregados e contratados da AQCES e explicita a postura que deve ser adotada por todos em relação aos diversos públicos com

Leia mais