ptb.html

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "http://www.oracle.com/technetwork/pt/articles/database-performance/rolling-upgrades-com-data-guard-11g- 1576838-ptb.html"

Transcrição

1 Flávio Soares DBA Oracle ptb.html Rolling Upgrades com Oracle Data Guard 11g Realizar upgrade de versão em banco de dados Oracle, sempre foi um desafio para ambientes 24/7, hoje isso já é uma realidade totalmente diferente graças aos produtos inovadores que a Oracle tem lançado. O Oracle Data Guard 11g é um dos produtos chaves da Oracle Maximum Availability Architecture (MAA) que permite a realização de upgrade com um tempo mínimo de parada do ambiente. Um upgrade, por exemplo, de um banco da versão 10g para 11g requer horas com o ambiente totalmente parado. Com o Oracle Físico Data Guard 11g pode ser utilizado para executar rolling upgrades com tempos de parada próximos a zero e que reverte todo esse tempo de parada em tempo de utilização normal do banco de dados. O rolling upgrade é executado em cima de uma estrutura físico já existente do banco de dados standby e usa o banco de dados transient logical standby para que o SQL Apply suporte o mecanismo de aplicação dos dados de redo. O rolling upgrade, de acordo com a Oracle, suporta os seguintes tipos de patchs: Patchset Updates (PSUs) Critial Patch updates (CPUs). Online Patching para banco de dados. Oracle ASM rolling upgrades. Patches de Oracle RAC rolling upgrades. Patches de CRS rolling upgrades. Além da óbvia vantagem da economia de tempo na atualização do seu banco de dados, podemos encontrar muitos outros benefícios da utilização do rolling upgrade com Oracle Data Guard 11g, entre as quais podemos destacar: Pode-se recompilar os objetos inválidos depois do upgrade sem um tempo de parada da aplicação. É possível validar o banco de dados na nova versão, antes de entregar para produção. Descarta a possíbilidade de um grande período de parada do ambiente de produção. Depois de todo processo feito, o banco produção como o de contigência estará na nova versão desejada. Além disso, a Oracle fornece um Bourne shell script chamado physru que é disponível no My Oracle Support (http://support.oracle.com) através do documento id número: Esse script foi desenvolvido pela Oracle para automatizar operações de rolling upgrades que torna extremamente fácil toda ação de upgrade. O script physru faz toda parte trabalhosa e conduz do início ao fim da atualização reduzindo assim toda complexidade do rolling upgrade. Os pré-requisitos Para a realização do rolling upgrade com o Oracle Data Guard 11g, alguns pré-requisitos devem ser cumpridos para o maior êxito na execução. Seguem na lista abaixo: O Flashback Database deve estar obrigatóriamente habilitado. Certifique que o banco primário está sincronizado com o banco de dados standby físico. Verifique os parâmetros LOG_ARCHIVE_DEST_n e veja se eles estão corretamente definidos para as realizações de switchover's. A configuração de Oracle Data Guard Broker deve ser desabilitado. Para que o Transient Logical Standby Database trabalhe perfeitamente cada linha do seu banco de

2 dados devem ser unicamente identificadas. Veja aqui como fazer isso: É necessário que as entradas estatíca de cada um dos bancos de dados (produção e standby) sejam definidos no listener. Visão geral das execuções do script physru Será demonstrado aqui um breve resumo de todos os passos percorrido pelo script physru para que o rolling upgrade possa ocorrer e fazer assim a atualização do banco de dados com o mínino downtime. Ao todo serão três execuções necessárias do script, segue os detalhes de cada uma delas: - Primeira execução do script physru. Esse é o momento de preparação do ambiente. Nessa etapa o script physru irá criar um GRP - Guaranteed Restore Points (http://docs.oracle.com/cd/e11882_01/backup.112/e10642/flashdb.htm) tanto para o banco primário como para o banco físico standby. O script terá também a tarefa de converter o banco standby físico em um transient logical standby database. - Segunda execução do script physru. O banco standby nesse estágio já deve ter sido atualizado para a versão desejada através do catupgrd script ou DBUA e assim o physru fará o switchover para o standby transient logical database atualizado, o banco standby passará a ser o produção na nova versão e o banco primário original será executado o flashback atráves do GRP e logo após será convertido em um novo standby físico. Após esses passos o script deixará o novo banco de standby (antigo produção) baixado. - Terceira execução do script physru. A terceira e última execução do script physru fará a sincronização de todos os dados de redo que gerou durante todos os processos anteriores. Após tudo sincronizado (banco standby com produção) os dois bancos devem estar na nova versão deseja o physru fornecerá a opção de realizar mais um switchover para voltar o novo banco standby em modo primário, deixando o cenário exatamente antes de executar o primeiro script, porém na nova versão deseja. Após tudo feito, o script physru ainda fará a limpeza dos Guaranteed Restore Points criados da primeira execução. Realizando Rolling Upgrade usando um Oracle Data Guard 11g Físico Standby Database Agora que você já conhece os conceitos de rolling upgrade com Oracle Data Guard 11g e sabe as suas vantagens, veremos a partir de agora o passo a passo de como realizar todo o processo desde a realização dos pré-requisitos até o termino da atualização do ambiente. Estaremos realizando um upgrade da versão para a utilizando para isso o conceito de rolling upgrade com Oracle Físico Data Guard 11g. Para acompanhar os testes abaixo, você deverá ter um banco de dados no qual será o banco primário e um outro banco que será o Oracle Físico Data Guard 11g do ambiente, ambos na versão No link a seguir está a documentação oficial da Oracle para a criação de um Físico Data Guard 11g: Além desses bancos na versão será necessário que o binário da versão também esteja instalado nos dois servidores.

3 Segue mais detalhes do nosso ambiente, para o teste de rolling upgrade com Data Guard. Ambiente Primário (Produção) Nome do banco de dados: prima Nome do servidor: serverprd Instalação do : /u01/app/oracle/product/ /db_home1 Instalação do : /u01/app/oracle/product/ /db_home1 Versão atual do banco de dados: Versão após rolling upgrade : Ambiente Standby (Contigência) Nome do banco de dados: stdby Nome do servidor: serverstd Instalação do : /u01/app/oracle/product/ /db_home1 Instalação do : /u01/app/oracle/product/ /db_home1 Versão atual do banco de dados: Versão após rolling upgrade : Banco de dados: prima Banco de dados: stdby Versão: Versão: Servidor: serverprd Servidor: serverstd Obs: No final do upgrade, ambos os bancos de dados (prima e stdby) estarão na versão Realizando os pré-requisitos - Entradas estáticas do Listener. As entradas estáticas no listener do Oracle se faz necessárias pois isso envolve diretamento no processo do rolling upgrade. Com as entradas dos bancos primário e standby no listener permite que o script physru conecte a instância mesmo se ela estiver baixada. Para realizar esse procedimento é necessário definir as entradas como abaixo no arquivo $ORACLE_HOME/ network/admin/listener.ora e logo após fazer com que o listener seja recarregado. ~]$ vi $ORACLE_HOME/network/admin/listener.ora SID_LIST_LISTENER = (SID_LIST =

4 ) (SID_DESC = (GLOBAL_DBNAME = prima) (ORACLE_HOME = /u01/app/oracle/product/ /dbhome_1) (SID_NAME = prima) ) ~]$ lsnrctl reload LSNRCTL for Linux: Version Production on 14-MAR :13:43 Copyright (c) 1991, 2010, Oracle. All rights reserved. Connecting to (DESCRIPTION=(ADDRESS=(PROTOCOL=TCP)(HOST=serverprd)(PORT=1521))) The command completed successfully Os mesmos passos, devem ser feitos agora no servidor standby (serverstd), onde está nosso banco de contigência Oracle Físico Data Guard 11g. ~]$ vi $ORACLE_HOME/network/admin/listener.ora SID_LIST_LISTENER = (SID_LIST = (SID_DESC = (GLOBAL_DBNAME = stdby) (ORACLE_HOME = /u01/app/oracle/product/ /dbhome_1) (SID_NAME = stdby) ) ) ~]$ lsnrctl reload LSNRCTL for Linux: Version Production on 14-MAR :13:43 Copyright (c) 1991, 2010, Oracle. All rights reserved. Connecting to (DESCRIPTION=(ADDRESS=(PROTOCOL=TCP)(HOST=serverstd)(PORT=1521))) The command completed successfully - Desabilitando o Oracle Data Guard Broker. É necessário também que o Oracle Data Guard Broker esteja desabilitado. Para isso execute o seguinte comando no banco de dados prima e stdby, caso o seu Data Guard Broker esteja configurado. alter system set dg_broker_start=false; Lembrando apenas, que é possível reinstalar o Data Guard Broker após o rolling upgrade. - Habilite o Flashback Database. Como o Data Guard Rolling Upgrade é envolvido diretamente com a tecnologia flashback, assim o banco de dados primário e standby devem estar com o Flashback Database ativo. Segue os passos necessários. Vamos primeiro aqui, ativar o Flashback Database no banco primário, que no nosso caso é o banco prima. alter database flashback on; Agora que nosso banco primário está com o Flashback Database habilitado, vamos fazer o mesmo procedimento no banco standby (stdby). Como o banco stdby é um Oracle Físico Data Guard, devemos primeiro desabilitar managed recovery operations antes de habilitar o Flashback Database, observe: alter database recover managed standby database cancel;

5 alter database flashback on; alter database recover managed standby database disconnect; Feito esses passos o banco de contigência stdby estará com o Flashback Database Habilitado. Lembrando apenas que para ativar o Flashback Database, a fast recovery area deve estar habilitada. - Linhas unicamente identificadas. Como o Oracle utiliza a chave primária e/ou um único índice para lógicamente identificar e modificar as linhas no standby é preciso com que cada linha do seu banco seja possível de ser identificada unicamente. Mais porque cada linha do banco tem que ser unicamente identificada? Como o banco de standby é sempre restaurado (restore) de um cópia do banco de produção (backup), assim os ROWIDs que contém o registro de identificação de cada linha do banco de dados não pode ser usado já que eles não correspondem mais ao banco de origem devido ao restore feito. Com isso o Oracle utiliza a chave primária e/ou um índice único para encontrar as linhas necessárias para ser modificada no banco standby. Para mais detalhes veja na própria documentação: - Baixe o Bourne Script Shell physru. Como explicado anteriormente, o script physru foi criado para facilitar o processo de Rolling Upgrade com Oracle Data Guard 11g. Este shell pode ser baixado diretamente pelo My Oracle Support Note Executando para o Rolling Upgrade. Com o physru no servidor de standby (serverstd), vamos dar a permissão de execução no script. ~]$ chmod +x physru O script physru deverá ser executado três vezes ao todo, como já mencionado, todas essas execuções devem ser feitas na máquina de standby, no nosso caso a máquina serverstd, sempre da mesma forma. A sintaxe para a execução do physru consiste dos seguintes parâmetros: 1ª parâmetro = <username> Deve ser utilizado o usuário sys. 2ª parâmetro = <primary_tns> O serviço de TNS do banco primário. 3ª parâmetro = <standby_tns> O serviço de TNS do banco standby. 4ª parâmetro = <primary_name> O db_unique_name do banco primário. 5ª parâmetro = <standby_name> O db_unique_name do banco standby. 6ª parâmetro = <upgrade_version> A versão do banco de dados destino. No nosso caso, aplicaremos o script seguinte maneira: physru sys tns_prima tns_stdby prima stdby Onde: - O usuário utilizado será o sys. - O TNS para a conexão do banco prima será o tns_prima. - O TNS para a conexão do banco stdby será o tns_stdby. - O db_unique_name do banco prima será o prima. - O db_unique_name do banco stdby será o stdby. - A versão desejada para o upgrade é a Vamos então a primeira execução do script. Acompanhe os logs:

6 ~]$./physru sys tns_prima tns_stdby prima stdby Please enter the sysdba password: ### Initialize script to either start over or resume execution Mar 14 21:28: [0-1] Identifying rdbms software version Mar 14 21:28: [0-1] database prima is at version Mar 14 21:28: [0-1] database stdby is at version [ ] WARN: Objects have been identified on the primary database which will not be replicated on the transient logical standby. The complete list of objects and their associated unsupported datatypes can be found in the dba_logstdby_unsupported view. For convenience, this script has written the contents of this view to a file - physru_unsupported.log. Various options exist to deal with these objects such as: - disabling applications that modify these objects - manually resolving these objects after the upgrade - extending support to these objects (see metalink note: ) If you need time to review these options, you should enter 'n' to exit the script. Otherwise, you should enter 'y' to continue with the rolling upgrade. Are you ready to proceed with the rolling upgrade? (y/n): y Observe que o script identificou que os bancos prima e stdby estão na versão e também nos relata que foram encontrados alguns objetos que não serão replicados no transient logical standby, pois não suporta determinados tipos de dados. Aceite que você está pronto para o procedimento com um y e veja a continuação do processo. Mar 14 21:34: [2-1] continuing Mar 14 21:34: [2-2] starting media recovery on stdby Mar 14 21:34: [2-2] confirming media recovery is running Mar 14 21:34: [2-2] waiting for v$dataguard_stats view to initialize Mar 14 21:34: [2-2] waiting for apply lag on stdby to fall below 30 seconds Mar 14 21:35: [2-2] current apply lag: 258 Mar 14 21:35: [2-2] apply lag is now less than 30 seconds Mar 14 21:35: [2-2] stopping media recovery on stdby Mar 14 21:35: [2-2] executing dbms_logstdby.build on database prima Mar 14 21:36: [2-2] converting physical standby into transient logical standby Mar 14 21:36: [2-3] opening database stdby Mar 14 21:37: [2-4] configuring transient logical standby parameters for rolling upgrade Mar 14 21:37: [2-4] starting logical standby on database stdby Mar 14 21:37: [2-4] waiting until logminer dictionary has fully loaded Mar 14 21:42: [2-4] dictionary load 03% complete Mar 14 21:42: [2-4] dictionary load 30% complete Mar 14 21:43: [2-4] dictionary load 50% complete Mar 14 21:46: [2-4] dictionary load 85% complete Mar 14 21:47: [2-4] dictionary load is complete Mar 14 21:47: [2-4] waiting for v$dataguard_stats view to initialize Mar 14 21:47: [2-4] waiting for apply lag on stdby to fall below 30 seconds

7 Mar 14 21:47: [2-4] apply lag is now less than 30 seconds NOTE: Database stdby is now ready to be upgraded. This script has left the database open in case you want to perform any further tasks before upgrading the database. Once the upgrade is complete, the database must opened in READ WRITE mode before this script can be called to resume the rolling upgrade. NOTE: If stdby was previously a RAC database that was disabled, it may be reverted back to a RAC database upon completion of the rdbms upgrade. This can be accomplished by performing the following steps: 1) On instance stdby, set the cluster_database parameter to TRUE. eg: SQL> alter system set cluster_database=true scope=spfile; 2) Shutdown instance stdby. eg: SQL> shutdown abort; 3) Startup and open all instances for database stdby. eg: srvctl start database -d stdby Agora nosso standby físico foi convertido em um banco transient logical standby e está pronto para ser atualizado, como mostra no log acima. Antes de continuar, vamos confirmar se nosso banco standby realmente foi transformado. Conecte no banco stdby e use a seguinte consulta: select db_unique_name, database_role from v$database; DB_UNIQUE_NAME DATABASE_ROLE stdby LOGICAL STANDBY Feito a checagem podemos continuar. Baixe o banco stdby para o início do upgrade. shutdown immediate Database closed. Database dismounted. ORACLE instance shut down. Nesse passo copiaremos os arquivos necessários de um ORACLE HOME para outro. Para isso desconecte do SQL*Plus e cópie os arquivos password file, spfile, tnsnames do home para o , tanto na servidor serverprd como no serverstd. No servidor serverprd: ~]$ cd /u01/app/oracle/product/ product]$ cp /dbhome_1/dbs/orapwprima /dbhome_1/ dbs/. product]$ cp /dbhome_1/dbs/spfileprima.ora / dbhome_1/dbs/. product]$ cp /dbhome_1/network/admin/*.ora / dbhome_1/network/admin/. Agora no servidor serverstd: ~]$ cd /u01/app/oracle/product/

8 product]$ cp /dbhome_1/dbs/orapwstdby /dbhome_1/ dbs/. product]$ cp /dbhome_1/dbs/spfilestdby.ora / dbhome_1/dbs/. product]$ cp /dbhome_1/network/admin/*.ora / dbhome_1/network/admin/. Conectamos no SQL*Plus e iniciamos o banco stdby em modo startup upgrade. O início do processo de atualização da versão do banco é feito com o script catupgrd. Veja que subimos o banco com os binários da versão ~]$ export ORACLE_HOME=/u01/app/oracle/product/ /dbhome_1 ~]$ export PATH=$ORACLE_HOME/bin:$PATH ~]$ sqlplus / as sysdba SQL*Plus: Release Production on Wed Mar 14 21:50: Copyright (c) 1982, 2011, Oracle. All rights reserved. Connected to an idle instance. startup upgrade ORACLE instance started. Total System Global Area bytes Fixed Size bytes Variable Size bytes Database Buffers bytes Redo Buffers bytes Database mounted. Database [...] SQL> DOC ####################################################################### ####################################################################### The above sql script is the final step of the upgrade. Please review any errors in the spool log file. If there are any errors in the spool file, consult the Oracle Database Upgrade Guide for troubleshooting recommendations. Next restart for normal operation, and then run utlrp.sql to recompile any invalid application objects. If the source database had an older time zone version prior to upgrade, then please run the DBMS_DST package. DBMS_DST will upgrade TIMESTAMP WITH TIME ZONE data to use the latest time zone file shipped with Oracle. ####################################################################### ####################################################################### # SQL> SQL> Rem Set errorlogging off SQL> SET ERRORLOGGING OFF;

9 SQL> SQL> REM END OF CATUPGRD.SQL SQL> SQL> REM bug Exit current sqlplus session at end of catupgrd.sql. SQL> REM This forces user to start a new sqlplus session in order SQL> REM to connect to the upgraded db. SQL> exit Disconnected from Oracle Database 11g Enterprise Edition Release bit Production With the Data Mining option ~]$ Com o término do script o próprio arquivo de upgrade do banco de dados (catupgrd) irá baixar o banco. Devemos então subir e recompilar os objetos inválidos através do utilitário utlrp. ~]$ sqlplus / as sysdba SQL*Plus: Release Production on Thu Mar 14 21:52: Copyright (c) 1982, 2011, Oracle. All rights reserved. Connected to an idle instance. startup ORACLE instance started. Total System Global Area bytes Fixed Size bytes Variable Size bytes Database Buffers bytes Redo Buffers bytes Database mounted. Database TIMESTAMP COMP_TIMESTAMP UTLRP_BGN :54:09 The following PL/SQL block invokes UTL_RECOMP to recompile invalid objects in the database. Recompilation time is proportional to the number of invalid objects in the database, so this command may take a long time to execute on a database with a large number of invalid objects. [...] PL/SQL procedure successfully completed. Function dropped. PL/SQL procedure successfully completed. Primeira fase do script physru acaba de ser finalizada e já vamos iniciar a segunda. Esse é o passo da

10 transação dos bancos e o único momento de parada do ambiente, é agora que o banco standby (stdby) da versão tornará o banco produção (primary database) e o banco atual produção (prima) passará a ser o standby na versão Resumindo: - O banco stdby será o novo produção na nova versão O banco prima, atual produção, tornará o novo banco de standby. Veja como ficará o cenário do nosso ambiente, após o termino da segunda execução do script physru. banco : stdby banco : prima versão: versão: servidor: serverstd servidor: serverprd Vamos a mais uma execução do script physru exatamente da mesma maneira como da primeira vez. Observe que o script reconhece que o banco de dados stdby já está na nova versão Veja: ~]$./physru sys tns_prima tns_stdby prima stdby Please enter the sysdba password: ### Initialize script to either start over or resume execution Mar 14 22:09: [0-1] Identifying rdbms software version Mar 14 22:09: [0-1] database prima is at version Mar 14 22:09: [0-1] database stdby is at version Mar 14 22:09: [0-1] verifying flashback database is enabled at prima and stdby Mar 14 22:09: [0-1] verifying available flashback restore points Mar 14 22:09: [0-1] verifying DG Broker is disabled Mar 14 22:09: [0-1] looking up prior execution history Mar 14 22:09: [0-1] last completed stage [2-4] using script version 0001 Mar 14 22:09: [0-1] resuming execution of script ### Stage 3: Validate upgraded transient logical standby Mar 14 22:09: [3-1] database stdby is no longer in OPEN MIGRATE mode Mar 14 22:09: [3-1] database stdby is at version ### Stage 4: Switch the transient logical standby to be the new primary Mar 14 22:09: [4-1] waiting for stdby to catch up (this could take a while) Mar 14 22:09: [4-1] starting logical standby on database stdby

11 Mar 14 22:09: [4-1] waiting for v$dataguard_stats view to initialize Mar 14 22:09: [4-1] waiting for apply lag on stdby to fall below 30 seconds Mar 14 22:10: [4-1] current apply lag: Mar 14 22:10: [4-1] current apply lag: Mar 14 22:11: [4-1] current apply lag: Mar 14 22:11: [4-1] apply lag is now less than 30 seconds Mar 14 22:11: [4-2] switching prima to become a logical standby Mar 14 22:11: [4-2] prima is now a logical standby Mar 14 22:11: [4-3] waiting for standby stdby to process end-of-redo from primary Mar 14 22:11: [4-4] switching stdby to become the new primary Mar 14 22:12: [4-4] stdby is now the new primary ### Stage 5: Flashback former primary to pre-upgrade restore point and convert to physical Mar 14 22:12: [5-1] shutting down database prima Mar 14 22:12: [5-1] mounting database prima Mar 14 22:27: [5-2] flashing back database prima to restore point PRU_0000_0001 Mar 14 22:28: [5-3] converting prima into physical standby Mar 14 22:28: [5-4] shutting down database prima NOTE: Database prima has been shutdown, and is now ready to be started using the newer version Oracle binary. This script requires the database to be mounted (on all active instances, if RAC) before calling this script to resume the rolling upgrade. O switchover do banco produção para o stdby foi o único momento de parada do banco de dados que em meu ambiente de teste, uma máquina desktop comum que não merece ser comparada aos grandes servidores hoje existentes, levou cerca de 20 segundos de parada. Com a segunda execução do script physru o banco de dados produção passa ser o nosso banco de standby e agora com a terceira e última execução do script, vamos atualizar o banco produção antigo (prima) para a versão assim como está o banco atual produção stdby, ou seja vamos deixar os dois bancos do nosso ambiente na mesma versão. Na máquina serverprd (antigo produção) subiremos o banco de dados prima (atual standby) no binário ~]$ export ORACLE_HOME=/u01/app/oracle/product/ /dbhome_1 ~]$ export PATH=$ORACLE_HOME/bin:$PATH ~]$ sqlplus / as sysdba SQL*Plus: Release Production on Fri Mar 14 22:42: Copyright (c) 1982, 2011, Oracle. All rights reserved. Connected to an idle instance. startup mount ORACLE instance started. Total System Global Area bytes Fixed Size bytes Variable Size bytes

12 Database Buffers bytes Redo Buffers bytes Database mounted. select db_unique_name, database_role from v$database; DB_UNIQUE_NAME DATABASE_ROLE prima PHYSICAL STANDBY Observe o resultado da última consulta que nosso banco prima passa a tornar-se um banco PHYSICAL STANDBY. Voltemos na máquina serverstd e iniciamos novamente a execução do script physru, exatamente da mesma maneira como das outras vezes. Veja que o script reconhece agora os dois banco na versão ~]$./physru sys tns_prima tns_stdby prima stdby Please enter the sysdba password: ### Initialize script to either start over or resume execution Mar 14 22:44: [0-1] Identifying rdbms software version Mar 14 22:44: [0-1] database prima is at version Mar 14 22:44: [0-1] database stdby is at version Mar 14 22:44: [0-1] verifying flashback database is enabled at prima and stdby Mar 14 22:44: [0-1] verifying available flashback restore points Mar 14 22:44: [0-1] verifying DG Broker is disabled Mar 14 22:44: [0-1] looking up prior execution history Mar 14 22:44: [0-1] last completed stage [5-4] using script version 0001 Mar 14 22:44: [0-1] resuming execution of script ### Stage 6: Run media recovery through upgrade redo Mar 14 22:44: [6-1] upgrade redo region identified as scn range [ , ] Mar 14 22:44: [6-1] starting media recovery on prima Mar 14 22:44: [6-1] confirming media recovery is running Mar 14 22:44: [6-1] waiting for media recovery to initialize v$recovery_progress Mar 14 22:45: [6-1] monitoring media recovery's progress Mar 14 22:45: [6-2] last applied scn is approaching upgrade redo start scn Mar 14 22:49: [6-2] last applied scn is approaching upgrade redo start scn Mar 14 22:49: [6-2] last applied scn is approaching upgrade redo start scn start scn Mar 14 22:51: [6-2] last applied scn is approaching upgrade redo start scn Mar 14 22:53: [6-3] recovery of upgrade redo at 01% - estimated complete at Mar 16 09:00:05 Mar 14 22:54: [6-3] recovery of upgrade redo at 02% - estimated complete [...] Mar 14 22:50: [6-3] recovery of upgrade redo at 97% - estimated complete at Mar 14 22:52:55

13 Mar 14 22:51: [6-3] recovery of upgrade redo at 98% - estimated complete at Mar 14 22:53:15 Mar 14 22:52: [6-3] recovery of upgrade redo at 99% - estimated complete at Mar 14 22:53:10 Mar 14 22:53: [6-4] media recovery has finished recovering through upgrade ### Stage 7: Switch back to the original roles prior to the rolling upgrade NOTE: At this point, you have the option to perform a switchover which will restore prima back to a primary database and stdby back to a physical standby database. If you answer 'n' to the question below, prima will remain a physical standby database and stdby will remain a primary database. Do you want to perform a switchover? (y/n): O script nos fornece a possibilidade de voltar o ambiente como estava antes, o banco prima como sendo o produção e o stdby como o banco standby. Esse passo não é obrigatório, caso for selecionado você terá mais um tempo de downtime no ambiente para fazer novamente o switchover entre os bancos de dados. Somente para fins de teste iremos voltar o ambiente como antes. Para isso responda y a pergunta. Mar 14 22:54: [7-1] continuing Mar 14 22:55: [7-2] waiting for v$dataguard_stats view to initialize Mar 14 22:54: [7-2] waiting for apply lag on prima to fall below 30 seconds Mar 14 22:54: [7-2] apply lag is now less than 30 seconds Mar 14 22:54: [7-3] switching stdby to become a physical standby Mar 14 22:54: [7-3] stdby is now a physical standby Mar 14 22:54: [7-3] shutting down database stdby Mar 14 22:54: [7-3] mounting database stdby Mar 14 22:54: [7-4] waiting for standby prima to process end-of-redo from primary Mar 14 22:54: [7-5] switching prima to become the new primary Mar 14 22:54: [7-5] prima is now the new primary Mar 14 22:54: [7-5] opening database prima Mar 14 22:55: [7-6] starting media recovery on stdby Mar 14 22:55: [7-6] confirming media recovery is running ### Stage 8: Statistics script start time: 14-Mar-12 21:28:50 script finish time: 14-Mar-12 22:55:31 total script execution time: :37:41 wait time for user upgrade: :05:37 active script execution time: :32:04 transient logical creation start time: 14-Mar-12 21:17:11 transient logical creation finish time: 14-Mar-12 21:20:08 primary to logical switchover start time: 14-Mar-12 22:39:01 logical to primary switchover finish time: 14-Mar-12 22:39:23 primary services offline for: :00:22 total time former primary in physical role: :50:50 time to reach upgrade redo: :00:57 time to recover upgrade redo: :05:31 primary to physical switchover start time: 14-Mar-12 22:51:02 physical to primary switchover finish time: 14-Mar-12 22:51:30 primary services offline for: :00:28

14 SUCCESS: The physical rolling upgrade is complete ~]$ E no final da execução do script algumas ótimas estatísticas para análise de todo o processo de upgrade. A mais interessante com certeza a primary services offline for que mostra o tempo que o banco esteve baixado devido ao switchover entre os bancos, perceba que o tempo foi muito pouco, tanto na primeira como na segunda execução. Aqui está o ambiente como se encontra agora depois das três execuções do script. Observe que os dois bancos estão na versão , tudo isso feito com um downtime extremamente pequeno comparado a complexidade do processo. banco : prima banco : stdby versão: versão: servidor: serverprd servidor: serverstb

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br www.pedrofcarvlho.com.br AULA 16 RECOVERY

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br www.pedrofcarvlho.com.br AULA 16 RECOVERY AULA 16 RECOVERY O RMAN (Recovery Manager) é a ferramenta Oracle, parte integrante do banco de dados, que permite a execução de backups do banco de dados Oracle e, principalmente, a recuperação de dados

Leia mais

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br. RMAN: Ambiente de backup

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br. RMAN: Ambiente de backup RMAN: Ambiente de backup Olá amigos! Após algumas séries de colunas explicando os conceitos e modos que o RMAN pode trabalhar, iremos aprender a utilizar essa ferramenta para auxiliar os serviços administrativos

Leia mais

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br www.pedrofcarvlho.com.br ADMINISTRANDO A INSTÂNCIA

Pedro F. Carvalho Analista de Sistemas contato@pedrofcarvalho.com.br www.pedrofcarvlho.com.br ADMINISTRANDO A INSTÂNCIA ADMINISTRANDO A INSTÂNCIA Os tres componentes (instância, Listener e opcionalmente o DataBase Control) tem seus próprios utilitários de linha de comando que podem ser usados para inicialização, ou, uma

Leia mais

Quando se seleciona os modos OS ou XML, arquivos são criados com os registros de auditoria, eles se localizam parâmetro audit_file_dest.

Quando se seleciona os modos OS ou XML, arquivos são criados com os registros de auditoria, eles se localizam parâmetro audit_file_dest. Auditoria é a habilidade do banco de dados Oracle poder gerar logs de auditoria (XML, tabelas, arquivos de SO, ) em atividades suspeitas do usuário, como por exemplo: monitorar o que um determinado usuário

Leia mais

Novidades Oracle 11g. Rio Grande Energia - RGE

Novidades Oracle 11g. Rio Grande Energia - RGE Novidades Oracle 11g Daniel Güths Rio Grande Energia - RGE 1 Agenda Oracle Database 11g new features SQL e PL/SQL new features Performance e gerenciamento de recursos Gerenciamento de mudanças Gerenciamento

Leia mais

www.en-sof.com.br SOLUÇÕES PARA CONTINUIDADE DO NEGÓCIO

www.en-sof.com.br SOLUÇÕES PARA CONTINUIDADE DO NEGÓCIO SOLUÇÕES PARA CONTINUIDADE DO NEGÓCIO 1 Soluções Oracle Voltadas à Continuidade dos Negócios Luciano Inácio de Melo Oracle Database Administrator Certified Oracle Instructor Bacharel em Ciências da Computação

Leia mais

11g Wireless Broadband Router (Roteador banda-larga sem fio- Wireless G) Quick Installation Guide

11g Wireless Broadband Router (Roteador banda-larga sem fio- Wireless G) Quick Installation Guide LevelOne WBR-3408 11g Wireless Broadband Router (Roteador banda-larga sem fio- Wireless G) Quick Installation Guide English Português Table of Contents English... 3 Português... 16 2 English Package Contents

Leia mais

COLOCANDO UM BANCO DE DADOS STANDY BY

COLOCANDO UM BANCO DE DADOS STANDY BY COLOCANDO UM BANCO DE DADOS STANDY BY Oracle Fail Over é muito utilizado para meso-alta-disponibilidade. Claro que não podemos chamar essa solução de alta-disponibilidade pois essa denominação é do Oracle

Leia mais

Oracle Database 12c Como atualizar, migrar e consolidar SES16384. Murilo Nascimento Especialista em Soluções Junho 23, 2015

Oracle Database 12c Como atualizar, migrar e consolidar SES16384. Murilo Nascimento Especialista em Soluções Junho 23, 2015 Oracle Database 12c Como atualizar, migrar e consolidar SES16384 Murilo Nascimento Especialista em Soluções Junho 23, 2015 Copyright 2015, Oracle and/or its affiliates. All rights reserved. Oracle Open

Leia mais

2. Execute o arquivo com o comando a seguir: sudo./alfresco-community-4.2.b-installer-linux-x64.bin

2. Execute o arquivo com o comando a seguir: sudo./alfresco-community-4.2.b-installer-linux-x64.bin Neste tutorial vamos realizar a instalação básica do Alfresco em um Servidor Linux. Usamos para este Tutorial o Alfresco CE 4.2 e Linux Ubuntu 12.10 mais o mesmo pode ser similar em diversos Linux baseasos

Leia mais

Universidade da Beira Interior. Sistemas Distribuídos - 2014/2015 Curso: Engª Informática. Folha 11. JAX-RS: Java API for RESTful Web Services

Universidade da Beira Interior. Sistemas Distribuídos - 2014/2015 Curso: Engª Informática. Folha 11. JAX-RS: Java API for RESTful Web Services JAX-RS: Java API for RESTful Web Services A - Creating RESTful Web Services from a Database 1- Comece por criar um projeto do tipo Java Web application, como fez nos exercícios das fichas anteriores. No

Leia mais

NOMES: Leonardo Claro Diego Lage Charles Tancredo Márcio Castro

NOMES: Leonardo Claro Diego Lage Charles Tancredo Márcio Castro NOMES: Leonardo Claro Diego Lage Charles Tancredo Márcio Castro O MySQL Cluster é versão do MySQL adaptada para um ambiente de computação distribuída, provendo alta disponibilidade e alta redundância utilizando

Leia mais

MIGRANDO PARA ZIM 8.50 (UNIX/WINDOWS)

MIGRANDO PARA ZIM 8.50 (UNIX/WINDOWS) ZIM TECHNOLOGIES DO BRASIL MIGRANDO PARA ZIM 8.50 (UNIX/WINDOWS) Próx Antes de Iniciar O objetivo deste documento é apresentar o processo de Migração para o Zim 8.50 (UNIX/Windows). Para maiores informações

Leia mais

INSTALAÇÃO JIVAW LINUX ORACLE

INSTALAÇÃO JIVAW LINUX ORACLE INSTALAÇÃO JIVAW LINUX ORACLE Índice Instalação-atualização JivaW ambiente Linux... 3 1º Passo Mudar Padrão Lang... 3 2º Passo Criar Usuário Mgeweb... 3 3º Passo Alterar hostname... 4 4º Passo Baixar Arquivos

Leia mais

Aqui pode escolher o Sistema operativo, e o software. Para falar, faça download do Cliente 2.

Aqui pode escolher o Sistema operativo, e o software. Para falar, faça download do Cliente 2. TeamSpeak PORTUGUES ENGLISH Tutorial de registo num servidor de TeamSpeak Registration tutorial for a TeamSpeak server Feito por [WB ].::B*A*C*O::. membro de [WB ] War*Brothers - Non Dvcor Dvco Made by:

Leia mais

Oracle Zero Downtime Migration (com Golden Gate)

Oracle Zero Downtime Migration (com Golden Gate) Oracle Zero Downtime Migration (com Golden Gate) Ricardo Portilho Proni ricardo@nervinformatica.com.br Esta obra está licenciada sob a licença Creative Commons Atribuição-SemDerivados 3.0 Brasil. Para

Leia mais

Instalando e Configurando o Oracle XE

Instalando e Configurando o Oracle XE Instalando e Configurando o Oracle XE Execute o instalador do Oracle XE (OracleXEUniv.exe) e aguarde enquanto os arquivos de instalação são descompactados; A seguir, clique em Next para iniciar o procedimento;

Leia mais

Crash recovery é similar ao instance recovery, onde o primeiro referencia ambientes de instância exclusiva e o segundo ambientes parallel server.

Crash recovery é similar ao instance recovery, onde o primeiro referencia ambientes de instância exclusiva e o segundo ambientes parallel server. Recover no Oracle O backup e recuperação de dados em um SGBD é de grande importância para a manutenção dos dados. Dando continuidade a nossos artigos, apresentamos abaixo formas diferentes de se fazer

Leia mais

Instalação do cliente VPN Cisco em Linux

Instalação do cliente VPN Cisco em Linux 1 de 5 12/12/2008 12:03 Instalação do cliente VPN Cisco em Linux De SordWiki Tabela de conteúdo 1 Introdução 2 Pré-Requisitos 3 Instalação 4 Utilização Introdução A instalação do cliente de VPN da CISCO

Leia mais

Backups no Oracle. Comparação de três módulos para backup online de bancos de dados Oracle. Máquina de clonar

Backups no Oracle. Comparação de três módulos para backup online de bancos de dados Oracle. Máquina de clonar Comparação de três módulos para backup online de bancos de dados Oracle Máquina de clonar Soluções centralizadas para cópias de segurança poupam tempo, dinheiro e espaço. Bancos de dados também podem ser

Leia mais

O essencial do comando mysqladmin, através de 18 exemplos

O essencial do comando mysqladmin, através de 18 exemplos O essencial do comando mysqladmin, através de 18 exemplos Elias Praciano O mysqladmin é uma ferramenta de linha de comando que vem junto com a instalação do servidor MySQL e é usada por administradores

Leia mais

Conversão de ambientes

Conversão de ambientes Conversão de ambientes Single File System RAC ASM Backup + Restore + Conversão + Recovery ORIGEM DESTINO : BANCO DE DADOS ORACLE SINGLE EM FILESYSTEM NATIVO : BANCO DE DADOS ORACLE ORACLE RAC EM ASM Na

Leia mais

NOVO SISTEMA DE CORREIO ELETRONICO PARA OS DOMINIOS ic.uff.br & dcc.ic.uff.br

NOVO SISTEMA DE CORREIO ELETRONICO PARA OS DOMINIOS ic.uff.br & dcc.ic.uff.br NOVO SISTEMA DE CORREIO ELETRONICO PARA OS DOMINIOS ic.uff.br & dcc.ic.uff.br A partir de 28/07/2004 (quarta-feira), ás 17:30 hs estaremos trocando nossos servidores de correio para ambos os domínios ic.uff.br

Leia mais

Real Application Cluster (RAC)

Real Application Cluster (RAC) Real Application Cluster (RAC) Anderson Haertel Rodrigues OCE RAC 10g anderson.rodrigues@advancedit.com.br AdvancedIT S/A RAC? Oracle RAC é um banco de dados em cluster. Como assim? São vários servidores

Leia mais

para que Software www.aker.com.br Produto: Página: 6.0 Introdução O Aker Firewall não vem com Configuração do PPPoE Solução

para que Software www.aker.com.br Produto: Página: 6.0 Introdução O Aker Firewall não vem com Configuração do PPPoE Solução 1 de 6 Introdução O não vem com a opção de configuração através do Control Center, para a utilização de discagem/autenticação via PPPoE. Este documento visa demonstrar como é feita a configuração do PPPoE

Leia mais

*O RDBMS Oracle é um sistema de gerenciamento de banco de dados relacional.

*O RDBMS Oracle é um sistema de gerenciamento de banco de dados relacional. Arquitetura Oracle e seus componentes Hoje irei explicar de uma forma geral a arquitetura oracle e seus componentes. Algo que todos os DBA s, obrigatoriamente, devem saber de cabo a rabo. Vamos lá, e boa

Leia mais

Manual de Integração Oracle R12 x DFe. Versão 1.6 Outubro/2012

Manual de Integração Oracle R12 x DFe. Versão 1.6 Outubro/2012 Manual de Integração Oracle R12 x DFe Versão 1.6 Outubro/2012 Copyright 1991. Synchro Sistemas de Informação Ltda Manual para Integração Oracle R12 x Dfe 1 Índice 1. Revisão... 2 2. Escopo... 3 3. Público

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TU-S9 H/W: V1

Guia de Instalação Rápida TU-S9 H/W: V1 Guia de Instalação Rápida TU-S9 H/W: V1 Table Índice of Contents Português... 1. Antes de Iniciar... 2. Como Instalar... 1 1 2 Troubleshooting... 7 Version 02.19.2009 1. Antes de Iniciar Conteúdo da Embalagem

Leia mais

ALARM REPORT ALARM TYPE = (A)... ALARM-NUMBER = 1 (1)... STATUS AT ABORTION: (3)... (4)... ERROR REASON: (6)... (7)...

ALARM REPORT ALARM TYPE = (A)... ALARM-NUMBER = 1 (1)... STATUS AT ABORTION: (3)... (4)... ERROR REASON: (6)... (7)... Informe de Alarme RRN 05835 Causa de Ativação da Mensagem Informe de alarme gerado nas seguintes condições: D algum erro ocorreu durante o Backup Contínuo de Dados o que leva a um cancelamento dessa função

Leia mais

Instalando e Ativando o Smaart 7

Instalando e Ativando o Smaart 7 Instalando e Ativando o Smaart 7 A Instalação do Smaart 7 da Rational Acoustics consiste em instalar o software e depois registrar e ativar a sua instalação. Abaixo explicaremos estes passos. Instalação

Leia mais

UNINOVE Tec. Adm. e Des. de Sistemas. Administracão de Banco de Dados. ORACLE Backup / Recovery AULA 11

UNINOVE Tec. Adm. e Des. de Sistemas. Administracão de Banco de Dados. ORACLE Backup / Recovery AULA 11 UNINOVE Tec. Adm. e Des. de Sistemas Administracão de Banco de Dados ORACLE Backup / Recovery AULA 11 Prof. MsC. Eng. Marcelo Bianchi AULA 09 A ARQUITETURA DO ORACLE O conhecimento da arquitetura Oracle

Leia mais

Para iniciar um agente SNMP, usamos o comando snmpd. Por padrão, aceita requisições na porta 161 (UDP).

Para iniciar um agente SNMP, usamos o comando snmpd. Por padrão, aceita requisições na porta 161 (UDP). EN3610 Gerenciamento e interoperabilidade de redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática SNMP Net-SNMP (http://www.net-snmp.org) é um conjunto de aplicações usado para implementar SNMPv1, SNMPv2 e SNMPv3.

Leia mais

User Guide Manual de Utilizador

User Guide Manual de Utilizador 2400 DPI OPTICAL GAMING MOUSE User Guide Manual de Utilizador 2014 1Life Simplify it All rights reserved. www.1-life.eu 2 2400 DPI OPTICAL GAMING MOUSE ENGLISH USER GUIDE...4 MANUAL DE UTILIZADOR PORTUGUÊS...18

Leia mais

Safe Harbor Statement

Safe Harbor Statement Safe Harbor Statement The following is intended to outline our general product direction. It is intended for information purposes only, and may not be incorporated into any contract. It is not a commitment

Leia mais

Para iniciar um agente SNMP, usamos o comando snmpd. Por padrão, aceita requisições na porta 161 (UDP).

Para iniciar um agente SNMP, usamos o comando snmpd. Por padrão, aceita requisições na porta 161 (UDP). EN3610 Gerenciamento e interoperabilidade de redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática SNMP 1 MIBs RMON No Linux os arquivos MIB são armazenados no diretório /usr/share/snmp/mibs. Cada arquivo MIB

Leia mais

Backup On-line. 1 de 6. Introdução

Backup On-line. 1 de 6. Introdução 1 de 6 Backup On-line Introdução O Backup do banco de dados nada mais é que a cópia dos arquivos necessários para recupera-los em caso de perda do mesmo no menor tempo possível. Isso pode ser devido à

Leia mais

hdd enclosure caixa externa para disco rígido

hdd enclosure caixa externa para disco rígido hdd enclosure caixa externa para disco rígido USER S GUIDE SPECIFICATONS HDD Support: SATA 2.5 Material: Aluminium and plastics Input connections: SATA HDD Output connections: USB 3.0 (up to 5.0Gbps)

Leia mais

Completing your Participant Agreement Como preencher o Contrato de Participação

Completing your Participant Agreement Como preencher o Contrato de Participação Completing your Participant Agreement Como preencher o Contrato de Participação A quick-start guide for stock plan participants. Um guia rápido para participantes do plano de compra de ações. Your company

Leia mais

Guia de procedimentos de backups

Guia de procedimentos de backups Guia de procedimentos de backups Sumário Sobre o guia 3... 4 Procedimentos de backup do banco de dados Oracle... 5 Backup lógico... 6 Backup físico... 7 Envio de backup... para fita 9 2 3 Sobre o guia

Leia mais

Aula 2 Arquitetura Oracle

Aula 2 Arquitetura Oracle Aula 2 Arquitetura Oracle Instancia Oracle Uma instância Oracle é composta de estruturas de memória e processos. Sua existência é temporária na memória RAM e nas CPUs. Quando você desliga a instância em

Leia mais

INSTALAÇÃO JIVAW LINUX ORACLE

INSTALAÇÃO JIVAW LINUX ORACLE INSTALAÇÃO JIVAW LINUX ORACLE Índice Instalação-atualização JivaW ambiente Windows Oracle... 3 1º PASSO PASSOS PARA BAIXAR ARQUIVOS DA APLICAÇÃO JIVAW...3 2º PASSO INSTALAR JDK BAIXADA...3 3º PASSO ADICIONAR

Leia mais

Oracle R12 x DFE Integration Installation procedures

Oracle R12 x DFE Integration Installation procedures Oracle R12 x DFE Integration Installation procedures Version 1.6 October/2012 Copyright 1991. Synchro Sistemas de Informação Ltda Manual para Integração Oracle R12 x Dfe 1 Table of Contents 1. Revision...

Leia mais

ArcGIS 10 - Instalação e Licenciamento da versão Student Trial

ArcGIS 10 - Instalação e Licenciamento da versão Student Trial ArcGIS 10 - Instalação e Licenciamento da versão Student Trial Este documento descreve os passos necessários para efectuar a activação e instalação da licença de ArcGIS 10 Desktop Student Trial. Índice

Leia mais

SATA 3.5. hd:basic. hdd enclosure caixa externa para disco rígido

SATA 3.5. hd:basic. hdd enclosure caixa externa para disco rígido SATA 3.5 hd:basic hdd enclosure caixa externa para disco rígido hd:basic USER S GUIDE SPECIFICATIONS HDD support: SATA 3.5 Material: Aluminium Input connections: SATA HDD Output connections: USB 2.0

Leia mais

PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS ANTES DE UTILIZAR O EQUIPAMENTO. Instalação do Rasther PC. Habilitação das Montadoras

PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS ANTES DE UTILIZAR O EQUIPAMENTO. Instalação do Rasther PC. Habilitação das Montadoras Guia Rápido Rasther PC PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS ANTES DE UTILIZAR O EQUIPAMENTO Antes de iniciar o uso do Rasther, será necessário instalar o programa Rasther PC, habilitar as montadoras adquiridas juntamente

Leia mais

Oracle Database em High Availability usando Microsoft Windows Clusters Server (MSCS) e Oracle Fail Safe

Oracle Database em High Availability usando Microsoft Windows Clusters Server (MSCS) e Oracle Fail Safe Oracle Database em High Availability usando Microsoft Windows Clusters Server (MSCS) e Oracle Fail Safe Objetivos: Apresentar conceitos do Microsoft Windows Clusters Server Apresentar a arquitetura do

Leia mais

Accessing the contents of the Moodle Acessando o conteúdo do Moodle

Accessing the contents of the Moodle Acessando o conteúdo do Moodle Accessing the contents of the Moodle Acessando o conteúdo do Moodle So that all the available files in the Moodle can be opened without problems, we recommend some software that will have to be installed

Leia mais

ArcGIS 10.2 - Instalação e Licenciamento da versão Student Trial

ArcGIS 10.2 - Instalação e Licenciamento da versão Student Trial ArcGIS 10.2 - Instalação e Licenciamento da versão Student Trial Este documento descreve os passos necessários para efectuar a activação e instalação da licença de ArcGIS 10.2 Desktop Student Trial. Índice

Leia mais

Kaseya 2. Dados de exibição rápida. Version R8. Português

Kaseya 2. Dados de exibição rápida. Version R8. Português Kaseya 2 Using StorageCraft Recovery Environment Dados de exibição rápida Version R8 Português Outubro 23, 2014 Agreement The purchase and use of all Software and Services is subject to the Agreement as

Leia mais

INSTALAÇÃO-ATUALIZAÇÃO SANKHYAW WINDOWS ORACLE

INSTALAÇÃO-ATUALIZAÇÃO SANKHYAW WINDOWS ORACLE INSTALAÇÃO-ATUALIZAÇÃO SANKHYAW WINDOWS ORACLE SANKHYA Business Partners - Copyright 2006 SANKHYA Tecnologia em Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total por qualquer

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma

STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma Neste STK apresentaremos como configurar seu servidor Windows 2008 R2 para abrir diretamente sua aplicação ao

Leia mais

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual IPortalMais: a «brainware» company FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL Easy Linux! Title: Subject: Client: Reference: Funambol Client for Mozilla Thunderbird Doc.: Jose Lopes Author: N/Ref.: Date: 2009-04-17 Rev.:

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TU2-ETG H/W: V1.3R

Guia de Instalação Rápida TU2-ETG H/W: V1.3R Guia de Instalação Rápida TU2-ETG H/W: V1.3R Table Índice of Contents Português... 1. Antes de Iniciar... 2. Como instalar... 1 1 2 Troubleshooting... 7 Version 08.27.2008 1. Antes de Iniciar Conteúdo

Leia mais

Um guia para instalar e configurar o Servidor de Banco de dados Oracle em um sistema Linux

Um guia para instalar e configurar o Servidor de Banco de dados Oracle em um sistema Linux Banco de dados Oracle HOWTO Paul Haigh, paul@nailed.demon.co.uk, V1.2, 4 de agosto de 1998 Traduzido por Marcelo Martim Marques, mmmarq@zaz.com.br 20 de maio de 1999 Um guia para instalar e configurar

Leia mais

MTM00008 - MANUAL DE INSTALAÇÃO DE ADEMPIERE NO LINUX DEBIAN

MTM00008 - MANUAL DE INSTALAÇÃO DE ADEMPIERE NO LINUX DEBIAN Processo de instalação: 1-Adicionar ao arquivo /etc/apt/sources.list os pacotes não livres: deb http://http.us.debian.org/debian/ etch main contrib non-free ou algum outro de sua escolha. 2-Instalar o

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TFM-560X H/W : YO

Guia de Instalação Rápida TFM-560X H/W : YO Guia de Instalação Rápida TFM-560X H/W : YO Table Índice of Contents... 1. Antes de Iniciar... 2. Como instalar... 1 1 2 Troubleshooting... 7 Version 08.04.2008 1. Antes de Iniciar Conteúdo da Embalagem

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO. Plataforma Windows. Relatório Técnico Versão 0.1 (201305032030) Leandro Gomes da Silva, Tiago França Melo de Lima

GUIA DE INSTALAÇÃO. Plataforma Windows. Relatório Técnico Versão 0.1 (201305032030) Leandro Gomes da Silva, Tiago França Melo de Lima Laboratório de Engenharia e Desenvolvimento de Sistemas LEDS/UFOP Universidade Federal de Ouro Preto UFOP GUIA DE INSTALAÇÃO Plataforma Windows Relatório Técnico Versão 0.1 (201305032030) Leandro Gomes

Leia mais

Instalação e configuração do Server Core - Windows Server 2008 (Longhorn) Parte 2

Instalação e configuração do Server Core - Windows Server 2008 (Longhorn) Parte 2 Autor: Bruno Leonardo MCP, MCDST, MCSA, MCTS http://brunoleonardoleal.spaces.live.com Instalação e configuração do Server Core - Windows Server 2008 (Longhorn) Parte 2 Vamos começar definindo a senha de

Leia mais

Diminuindo custos e aumentando a produtividade em tempos de crise econômica. Michel Sader Professional Services Director Latin America

Diminuindo custos e aumentando a produtividade em tempos de crise econômica. Michel Sader Professional Services Director Latin America Diminuindo custos e aumentando a produtividade em tempos de crise econômica Michel Sader Professional Services Director Latin America Agenda 1. Cenário atual 2. Entendendo o que está acontecendo 3. Gerenciando

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TBW-101UB TBW-102UB

Guia de Instalação Rápida TBW-101UB TBW-102UB Guia de Instalação Rápida TBW-101UB TBW-102UB Índice Português... 1. Antes de Iniciar... 2. Como instalar... 3. Usando o Adaptador Bluetooth... 1 1 2 4 Troubleshooting... 5 (Version 05.30.2006) 1. Antes

Leia mais

Versão: 1.0. Segue abaixo, os passos para o processo de publicação de artigos que envolvem as etapas de Usuário/Autor. Figura 1 Creating new user.

Versão: 1.0. Segue abaixo, os passos para o processo de publicação de artigos que envolvem as etapas de Usuário/Autor. Figura 1 Creating new user. Órgão: Ministry of Science, Technology and Innovation Documento: Flow and interaction between users of the system for submitting files to the periodicals RJO - Brazilian Journal of Ornithology Responsável:

Leia mais

INSTALAR O SQL SERVER NO SERVIDOR. (É o caso da Zervan, que existe o servidor da Fernanda e queremos instalar um outro na máquina de Lilian)

INSTALAR O SQL SERVER NO SERVIDOR. (É o caso da Zervan, que existe o servidor da Fernanda e queremos instalar um outro na máquina de Lilian) INSTALAR O SQL SERVER NO SERVIDOR QUANDO JÁ EXISTE UM OUTRO SERVIDOR (É o caso da Zervan, que existe o servidor da Fernanda e queremos instalar um outro na máquina de Lilian) 1) No servidor novo, máquina

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA ATUALIZAÇÃO DE VERSÃO DO APLICATIVO

PROCEDIMENTOS PARA ATUALIZAÇÃO DE VERSÃO DO APLICATIVO PROCEDIMENTOS PARA ATUALIZAÇÃO DE VERSÃO DO APLICATIVO MASTERSAFDW VERSÃO 5-25/04/12 PÁGINA 1 Índice Informações Importantes... 3 Atualizando o aplicativo... 4 Procedimentos para atualização da base de

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração MySQL

Manual de Instalação e Configuração MySQL Manual de Instalação e Configuração MySQL Data alteração: 19/07/11 Pré Requisitos: 1. Baixar os seguintes arquivos no através do link http://ip.sysfar.com.br/install/ mysql-essential-5.1.46-win32.msi mysql-gui-tools-5.0-r17-win32.msi

Leia mais

Select a single or a group of files in Windows File Explorer, right-click and select Panther Print

Select a single or a group of files in Windows File Explorer, right-click and select Panther Print Quick Start Guide SDI Panther Print Panther Print SDI Panther products make sharing information easier. Panther Print is an intuitive dialog box that provides a thumbnail view of the file to print, depicting

Leia mais

BACKUP E ALTA DISPONIBILIDADE

BACKUP E ALTA DISPONIBILIDADE BACKUP E ALTA DISPONIBILIDADE Dayse Soares Santos Clailson S. D. de Almeida RESUMO O artigo relata sobre a importância do backup da base de dados de um sistema, a escolha do tipo de armazenamento a ser

Leia mais

INICIAL. Guia de Criação da Base Produção Paralela IMPORTANTE: MESMO QUE SEJAM EXECUTADOS

INICIAL. Guia de Criação da Base Produção Paralela IMPORTANTE: MESMO QUE SEJAM EXECUTADOS Guia de Criação da Base Produção Paralela INICIAL SEQUENCES, tabelas de BMF e CADASTRO. Atualização de Bancos de Dados. Validações necessárias. IMPORTANTE: MESMO QUE SEJAM EXECUTADOS OS PROCEDIMENTOS DA

Leia mais

ArcGIS 10.1 - Instalação e Licenciamento

ArcGIS 10.1 - Instalação e Licenciamento ArcGIS 10.1 - Instalação e Licenciamento Este documento descreve os passos necessários para efectuar o download, instalação e activação das licenças de ArcGIS 10.1. Efectuar o download do software Extracção

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS FUNDAMENTOS DE Visão geral sobre o Active Directory Um diretório é uma estrutura hierárquica que armazena informações sobre objetos na rede. Um serviço de diretório,

Leia mais

Um guia para instalar e configurar o Servidor de Banco de dados Oracle em um sistema Linux. Indice. 1. Introducao

Um guia para instalar e configurar o Servidor de Banco de dados Oracle em um sistema Linux. Indice. 1. Introducao Banco de dados Oracle HOWTO Paul Haigh, paul@nailed.demon.co.uk, V1.2, 4 de agosto de 1998 Traduzido por Marcelo Martim Marques, mmmarq@zaz.com.br 20 de maio de 1999 Um guia para instalar e configurar

Leia mais

Guia de administração para a integração do Portrait Dialogue 6.0. Versão 7.0A

Guia de administração para a integração do Portrait Dialogue 6.0. Versão 7.0A Guia de administração para a integração do Portrait Dialogue 6.0 Versão 7.0A 2013 Pitney Bowes Software Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento pode conter informações confidenciais ou protegidas

Leia mais

NOTA CANCELAMENTO DE OPERAÇÃO NO UK VAC DE BRASÍLIA EM 13/08/2015

NOTA CANCELAMENTO DE OPERAÇÃO NO UK VAC DE BRASÍLIA EM 13/08/2015 UNCLASSIFIED NOTA CANCELAMENTO DE OPERAÇÃO NO UK VAC DE BRASÍLIA EM 13/08/2015 Prezado solicitante de visto Por razões imprevisíveis e operacionais foi cancelada a abertura do centro de solitação no dia

Leia mais

2005 2011 O caminho da GMB para aprovação técnica no PMC passou pelo projeto GMB2NLM

2005 2011 O caminho da GMB para aprovação técnica no PMC passou pelo projeto GMB2NLM 2005 2011 O caminho da GMB para aprovação técnica no PMC passou pelo projeto GMB2NLM Klaus Hartfelder Editor Assistente da GMB editor@gmb.org.br ou klaus@fmrp.usp.br Passo 1: submissão dos dados da revista

Leia mais

Prof. Omero, pág. 63. Banco de Dados InterBase.

Prof. Omero, pág. 63. Banco de Dados InterBase. Prof. Omero, pág. 63 O que é o InterBase? O InterBase é um SGBDR - Sistema Gerenciador de Banco de Dados Cliente/Servidor Relacional 1 que está baseado no padrão SQL ANSI-9, de alta performance, independente

Leia mais

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainmoziware» company www.iportalmais.pt. Manual Jose Lopes

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainmoziware» company www.iportalmais.pt. Manual Jose Lopes IPortalMais: a «brainmoziware» company www.iportalmais.pt FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL Easy Linux! Title: Subject: Client: Reference: Funambol Client for Microsoft Outlook Doc.: Author: N/Ref.: Date: 2009-04-17

Leia mais

Intellectual Property. IFAC Formatting Guidelines. Translated Handbooks

Intellectual Property. IFAC Formatting Guidelines. Translated Handbooks Intellectual Property IFAC Formatting Guidelines Translated Handbooks AUTHORIZED TRANSLATIONS OF HANDBOOKS PUBLISHED BY IFAC Formatting Guidelines for Use of Trademarks/Logos and Related Acknowledgements

Leia mais

Advanced IT S/A. EM10g Grid Control. Introdução. Introdução. Agenda. Como alcança estes objetivos Grid Control Home Page Pode gerenciar:

Advanced IT S/A. EM10g Grid Control. Introdução. Introdução. Agenda. Como alcança estes objetivos Grid Control Home Page Pode gerenciar: Agenda Advanced IT S/A EM10g Grid Control Denise Cunha Advanced IT S/A - DBA Gerenciando Deployments (distribuições) Estendendo o EM Sistema de Jobs Start e Stop do EM Objetivos Extrair informações críticas

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TV-IP512WN 1.31

Guia de Instalação Rápida TV-IP512WN 1.31 Guia de Instalação Rápida TV-IP512WN 1.31 Índice Português 1 1. Antes de Iniciar 1 2. Instalação de Hardware e Configuração 2 Troubleshooting 8 Version 02.08.2010 1. Antes de Iniciar Português Conteúdo

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TBW-106UB H/W: V1

Guia de Instalação Rápida TBW-106UB H/W: V1 Guia de Instalação Rápida TBW-106UB H/W: V1 Índice... 1. Antes de Iniciar... 2. Como Instalar... 3. Configurando o Adaptador Bluetooth... 1 1 2 5 Troubleshooting... 7 Version 06.05.2009 1. Antes de Iniciar

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TV-M7 H/W: A1

Guia de Instalação Rápida TV-M7 H/W: A1 Guia de Instalação Rápida TV-M7 H/W: A1 Table Índice of Contents... 1. Antes de Iniciar... 2. Instalação do Hardware... 3. Configurações Wireless... 4. Adicionar Câmera IP... 5. Funções do Controle Remoto...

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TV-IP600 TV-IP600W H/W: V1

Guia de Instalação Rápida TV-IP600 TV-IP600W H/W: V1 Guia de Instalação Rápida TV-IP600 TV-IP600W H/W: V1 Table Índice of Contents... 1. Antes de Iniciar... 2. Instalação de Hardware e Configuração... Troubleshooting... 10 1 1 3 Version 03.25.2009 1. Antes

Leia mais

Disaster Recovery para SAP utilizando BusinessShadow

Disaster Recovery para SAP utilizando BusinessShadow Disaster Recovery para SAP utilizando BusinessShadow Agenda Projeto de Disaster Recovery (DR) Principais Arquiteturas de DR para SAP Utilizando BusinessShadow para DR do SAP Credenciais e Contatos Agenda

Leia mais

Click the + sign to add new server details. Clique no sinal de "+" para adicionar novos detalhes do servidor. Enter a friendly name for your BI Server

Click the + sign to add new server details. Clique no sinal de + para adicionar novos detalhes do servidor. Enter a friendly name for your BI Server Click the + sign to add new server details Clique no sinal de "+" para adicionar novos detalhes do servidor Enter a friendly name for your BI Server Digite um nome amigável para o seu BI Server Enter the

Leia mais

Laboratório 6.2.8 Procedimento de Recuperação de Senha de um Switch Catalyst da Série 2950

Laboratório 6.2.8 Procedimento de Recuperação de Senha de um Switch Catalyst da Série 2950 Laboratório 6.2.8 Procedimento de Recuperação de Senha de um Switch Catalyst da Série 2950 Objetivo Criar e verificar uma configuração básica de switch. Modificar senhas e usar o procedimento de recuperação

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TE100-MP1UN H/W: V1.0R

Guia de Instalação Rápida TE100-MP1UN H/W: V1.0R Guia de Instalação Rápida TE100-MP1UN H/W: V1.0R Table Índice of Contents... 1. Antes de Iniciar... 2. Como Instalar... 3. Imprimindo... 4. Enviando Fax... 5. Scanner... 1 1 2 7 8 9 Troubleshooting...

Leia mais

RECUPERAÇÃO DE DESASTRES INTELIGENTE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC

RECUPERAÇÃO DE DESASTRES INTELIGENTE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC RECUPERAÇÃO DE DESASTRES INTELIGENTE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC O PowerVault DL2000, baseado na tecnologia Symantec Backup Exec, oferece a única solução de backup em disco totalmente

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TEG-PCITXR TEG-PCITXRL 3.02

Guia de Instalação Rápida TEG-PCITXR TEG-PCITXRL 3.02 Guia de Instalação Rápida TEG-PCITXR TEG-PCITXRL 3.02 Índice Português 1 1. Antes de Iniciar 1 2. Como instalar 2 Troubleshooting 5 Version 03.18.2010 1. Antes de Iniciar Português Conteúdo da Embalagem

Leia mais

Micro Adaptador USB Wireless N 150 Mbps

Micro Adaptador USB Wireless N 150 Mbps Micro Adaptador USB Wireless N 150 Mbps TEW-648UBM ŸGuia de Instalação Rápida (1) ŸTroubleshooting (5) 1.11 PORTUGUÊS 1. Antes de Iniciar Conteúdo da Embalagem l TEW-648UBM l CD-ROM de Utilitários e Driver

Leia mais

Procedimento de Configuração. Database Mirroring. SQL Server

Procedimento de Configuração. Database Mirroring. SQL Server Procedimento de Configuração Database Mirroring SQL Server 1 Sumário 1. Histórico do Documento 3 2. Introdução 4 3. Requisitos Mínimos 4 4. Modos de operação do Database Mirroring 5 5. Configurando o Database

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TE100-P11 TEW-P11G H/W: V1

Guia de Instalação Rápida TE100-P11 TEW-P11G H/W: V1 Guia de Instalação Rápida TE100-P11 TEW-P11G H/W: V1 Table Índice of Contents... 1. Antes de Iniciar... 2. Como Instalar... 3. Configurando o Servidor de Impressão... 1 1 3 4 Troubleshooting... 8 Version

Leia mais

Tutorial, Instalando e configurando o apache no linux.

Tutorial, Instalando e configurando o apache no linux. Tutorial, Instalando e configurando o apache no linux. Olá galera, esse tutorial ensinará passo passo, como subir um servido WEB no linux. Estou usando atualmente, o Linux ubuntu Hardy Heron 8.04 primeira

Leia mais

Manual de Instalação SAP R/3. 4.70 Enterprise

Manual de Instalação SAP R/3. 4.70 Enterprise Manual de Instalação SAP R/3 4.70 Enterprise Elaborado Por : Amantino Freitas Soares Coordenador de TI Basis/SQL Server Abap 4 cronossp@terra.com.br Elaborado por : Amantino Freitas Soares 1 Começar instalando

Leia mais

INSTALANDO O LAM-MPI NO DEBIAN

INSTALANDO O LAM-MPI NO DEBIAN INSTALANDO O LAM-MPI NO DEBIAN Brivaldo Junior 25 de Março de 2006 1 Introdução A comunicação de processos por troca de mensagens é muito utilizada em programação paralela, especialmente em máquinas parelelas

Leia mais

Guia de Instalação Rápida TEW-430APB

Guia de Instalação Rápida TEW-430APB Guia de Instalação Rápida TEW-430APB Table Índice of Contents Português... 1. Antes de Iniciar... 2. Instalação de Hardware... 3. Configure o Ponto de Acesso... 1 1 2 3 Troubleshooting... 6 Version 08.04.2008

Leia mais

Instruções de Instalação do Agente RMON2

Instruções de Instalação do Agente RMON2 Instruções de Instalação do Agente RMON2 Débora Pandolfi Alves deborapa@terra.com.br Ricardo Nabinger Sanchez rnsanchez@cscience.org Lúcio Braga luciobraga@yahoo.com.br Luciano Paschoal Gaspary paschoal@exatas.unisinos.br

Leia mais

Configurando o Adaptador de Telefone na interface WEB para conexões de IP dinâmico (DHCP):

Configurando o Adaptador de Telefone na interface WEB para conexões de IP dinâmico (DHCP): Configurando o Adaptador de Telefone na interface WEB para conexões de IP dinâmico (DHCP): Abaixo segue informações com os passos a serem tomados, bem como os campos a serem preenchidos na interface web

Leia mais

Sumário. Capítulo 2 Conceitos Importantes... 32 Tópicos Relevantes... 32 Instance... 33 Base de Dados... 36 Conclusão... 37

Sumário. Capítulo 2 Conceitos Importantes... 32 Tópicos Relevantes... 32 Instance... 33 Base de Dados... 36 Conclusão... 37 7 Sumário Agradecimentos... 6 Sobre o Autor... 6 Prefácio... 13 Capítulo 1 Instalação e Configuração... 15 Instalação em Linux... 15 Instalação e Customização do Red Hat Advanced Server 2.1... 16 Preparativos

Leia mais

Autorizador WEB 12.1.3 Roteiro de Instalação e Configuração

Autorizador WEB 12.1.3 Roteiro de Instalação e Configuração Autorizador WEB 12.1.3 Roteiro de Instalação e Configuração Fevereiro 2014 Índice Título do documento 1. Histórico de Alterações... 4 2. Introdução... 5 3. Pré-Requisitos... 6 3.1. Hardware Servidor...

Leia mais

Conteúdo O que é?... 4 Histórico... 4 Onde Baixar?... 4 Diferença entre Firebird e o Interbase... 4 Como instalar?... 4 Instalando o Ibexpert...

Conteúdo O que é?... 4 Histórico... 4 Onde Baixar?... 4 Diferença entre Firebird e o Interbase... 4 Como instalar?... 4 Instalando o Ibexpert... Apostila FIREBIRD 1 Firebird Equipe: BARBARA CAROLINE SOUZA DE OLIVEIRA Nº 04 GUILHERME ROBERTO PINTO DE SOUZA Nº 16 JOSÉ ROSA MARTINS NETO Nº 22 RAFAEL ALVES DE SOUSA Nº 36 WELLINGTON COSTA SANTOS OLIVEIRA

Leia mais