MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO E EDUCAÇÃO PROFISSIONAL EDITAL N.º 005/2014 REVALIDAÇÃO/PROGRAD

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO E EDUCAÇÃO PROFISSIONAL EDITAL N.º 005/2014 REVALIDAÇÃO/PROGRAD"

Transcrição

1 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO E EDUCAÇÃO PROFISSIONAL EDITAL N.º 005/2014 REVALIDAÇÃO/PROGRAD A Pró-Ritoria d Graduação Educação Profissional (PROGRAD) torna públicas as normas qu rgm os pdidos d rvalidação d diploma d graduação xpdidos por stablcimntos strangiros d nsino suprior para o sgundo smstr ltivo do ano d 2014, considrando a Rsolução n.º 35/11 CEPE, qu stablc normas para rvalidação d diplomas d graduação pós-graduação stricto snsu xpdidos por stablcimntos strangiros d nsino suprior, a Rsolução 02/2012-COPLAD, qu aprova os valors das taxas para rgistro d diplomas da comunidad xtrna da Univrsidad Fdral do Paraná (UFPR) dmais rsoluçõs/lgislaçõs complmntars. 1. CONDIÇÕES GERAIS 1.1 Os cursos da UFPR incluídos nss dital, o númro d procssos qu srão rcbidos por curso, o local d abrtura do protocolo o horário d rcbimnto dos procssos são aprsntados no QUADRO Ao protocolar o pdido d rvalidação d diploma d graduação xpdido por stablcimnto strangiro d nsino suprior, o intrssado acita, d forma irrstrita as condiçõs contidas nss Edital nas Rsoluçõs 35/11-CEPE 02/2012-COPLAD, não podndo dlas algar dsconhcimnto. 1.3 É d intira rsponsabilidad do intrssado a scolha do curso qu irá protocolar o pdido d rvalidação d diploma d graduação xpdido por stablcimnto strangiro d nsino suprior. 1.4 Além das condiçõs grais prvistas nss dital, o intrssado dvrá obdcr a todas as xigências spcificadas nos dmais ditais nas lgislaçõs complmntars rlativos ao procsso d rvalidação. 1.5 A rvalidação d diploma d graduação xpdido por stablcimnto strangiro d nsino suprior nvolvrá o rcolhimnto das taxas stablcidas na Rsolução 02/2012-COPLAD, sndo a Taxa d inscrição para Rvalidação, no valor d valor d R$ 550,00 (quinhntos cinqünta rais), a sr rcolhida durant o príodo d rcbimnto das inscriçõs a Taxa d Rgistro d diploma d IES strangira (aprovado), no valor d R$ 150,00 (cnto cinqünta rais), após a aprovação. 1.6 As taxas dvrão sr rcolhidas mdiant Guia d Rcolhimnto da União GRU, durant o príodo d vigência dss dital. 1.7 As solicitaçõs d rvalidação, bm como postriors ntrgas do diploma original para rgistro apostilamnto documntos complmntars dvrão sr fitas pssoalmnt junto aos órgãos comptnts, ou através d procuração do intrssado rconhcida m cartório qu dvrá sr anxada ao procsso d rvalidação.

2 2. PROTOCOLO DOS PEDIDOS 2.1 O príodo d rcbimnto protocolo das solicitaçõs d inscrição d rvalidação d diplomas d graduação xpdido por stablcimnto strangiro d nsino suprior srá d 01 a 31 d outubro d O horário d rcpção dos documntos para protocolo é spcífico para cada curso conform stablcido no QUADRO Os intrssados dvrão obsrvar rigorosamnt a data os horários limits d rcbimnto dos procssos sndo qu qualqur atraso srá considrado motivo justificado para ngar o protocolo d inscrição. 2.4 O limit do númro d inscriçõs qu srão rcbidos por curso o local d abrtura do protocolo dos procssos constam no QUADRO No ato do rcbimnto da documntação xigida (conform itm 2.13, dss dital), srá abrto um procsso no sistma informatizado da UFPR, cujo númro srá forncido ao intrssado para acompanhamnto do msmo. 2.6 Os procssos d inscrição d rvalidação d diploma d graduação xpdido por stablcimnto strangiro d nsino suprior com a documntação complta srão protocolizados junto à Scrtaria da Coordnação do ou à Scrtaria da Dirção do Stor ao qual o curso stá vinculado, squncialmnt (ordm d chgada), até o limit d númro d procsso d inscrição conform consta no QUADRO O protocolo do procsso d inscrição srá stablcido no limit do númro d procssos (QUADRO 1), mdiant a aprsntação d rqurimnto spcífico do intrssado, também da aprsntação da documntação (conform itm 2.13, dss dital), com xcção do comprovant d rcolhimnto da taxa d inscrição para rvalidação d diploma d graduação xpdido por stablcimnto strangiro d nsino suprior, qu dvrá sr rcolhido juntado ao procsso até o dia 31 d outubro d O rcolhimnto da taxa d inscrição para rvalidação d diploma d graduação xpdido por stablcimnto strangiro d nsino suprior dvrá sr fito mdiant GRU (Art. 5 da Rsolução 02/12-COPLAD). 2.9 A rtirada da GRU dvrá sr fita no local do protocolo, isto é, na Scrtaria da Coordnação d ou na Scrtaria da Dirção do Stor (QUADRO 1), após atndido o itm Os procdimntos para missão da GRU stão dtalhados no ANEXO II dss Edital A Rsolução 02/12-COPLAD stablc como a taxa d inscrição para rvalidação d diploma d graduação xpdido por stablcimnto strangiro d nsino suprior o valor d R$550,00 (quinhntos cinqunta rais) Após 31 d outubro d 2014, a ausência do comprovant d rcolhimnto da taxa d inscrição para rvalidação d diploma d graduação xpdido por stablcimnto strangiro d nsino suprior implicará no indfrimnto da solicitação O procsso d rvalidação d graduação xpdido por stablcimnto strangiro d nsino suprior srá instaurado mdiant o rqurimnto do intrssado m formulário padrão (modlo no ANEXO I) instruído com os sguints documntos: a) diploma a sr rvalidado dvrá sr autnticado por autoridad consular brasilira no país sd da instituição missora do diploma strangiro; b) histórico scolar com spcificação das disciplinas duração do curso, carga horária d cada disciplina, graus, concitos d aprovação ou comprovação d créditos obtidos m cada disciplina, ou prova do cumprimnto do currículo plo candidato; c) programa complto do curso ou contúdo programático das disciplinas; d) comprovant do curso d nsino médio ou quivalnt; ) comprovant d ftiva rsidência no país d ofrta do curso plo príodo corrspondnt; f) rgistro d nascimnto ou casamnto; 2

3 3 g) documnto d idntidad (RNE para strangiro ou RG para brasiliro); h) crtificado d naturalização (quando for o caso); i) comprovant da taxa d inscrição para rvalidação d diploma d graduação xpdido por stablcimnto strangiro d nsino suprior, conform o dtrminado plo Conslho d Planjamnto Administração (COPLAD) da UFPR. A rtirada da GRU dvrá sr fita junto a Coordnação d ou Scrtaria da Dirção do Stor conform os itns 2.8 a As sguints xigências dvm sr obsrvadas na documntação qu trata o itm 2.13: I. Os documntos xigidos dvrão sr aprsntados na sqüência indicada no itm 2.13; II. Os documntos xigidos dvrão sr aprsntados m fotocópia autnticada; III. Os documntos dos itns a), b) c) dvrão sr autnticados por autoridad IV. consular brasilira no país sd da instituição missora do diploma strangiro; Os documntos qu irão instruir o procsso, rdigidos m língua strangira, dvrão sr traduzidos por tradutor público juramntado (Art. 5º da Rsolução 35/11-CEPE); V. A aprsntação da documntação complta, na forma xigida, é d total rsponsabilidad do candidato O original do diploma carimbado plo consulado srá xigido apnas no final do procssamnto para fins d rgistro apostilamnto. 3. DISPOSIÇÕES FINAIS 3.1 Concluída a tapa d rcbimnto protocolo dos pdidos d inscrição d rvalidação d diploma d graduação xpdido por stablcimnto strangiro d nsino suprior srá publicado o Edital d Confirmação da Rcpção dos Pdidos. 3.2 A unidad (Scrtaria da Coordnação d ou Scrtaria da Dirção d Stor, d acordo com o QUADRO 1) d rcbimnto dos protocolos, dvrá publicar m dital o rsultado (inscrição acita ou ngada) da homologação dos pdidos d inscrição até o dia 14 d novmbro d O procsso sguirá o trâmit prvisto na Rsolução 35/11-CEPE. 3.4 O curso rfrnt ao diploma xpdido por stablcimnto strangiro d nsino suprior a sr rvalidado, dvrá tr quivalência na UFPR. 3.5 O pdido d rvalidação aprovado dvrá rcolhr a taxa d rgistro d diploma qu sgundo a Rsolução 02/12-COPLAD stablc o valor d R$150,00 (cnto cinqünta rais). 3.6 O rcolhimnto da taxa d rgistro dvrá sr mdiant GRU (Art. 5 da Rsolução 02/12- COPLAD). 3.7 Para fins d rgistro apostilamnto srá xigida a aprsntação do original do diploma xpdido por stablcimnto strangiro d nsino suprior (conform itm 2.15, dss dital). 3.8 O apostilamnto corrspondnt ao rgistro d rvalidação do diploma srá ftivado no vrso do diploma original. 3.9 É vdada a solicitação condicional, xtmporâna, via postal, via fax ou via corrio ltrônico Uma vz abrto o procsso d rvalidação não havrá dvolução da taxa rcolhida Procssos incompltos, com documntos faltando ou m outras situaçõs, srão canclados, (Art. 4 da Rsolução 02/2012-COPLAD) 3.12 Em caso do protocolo d inscrição para rvalidação d diploma xpdido por stablcimnto strangiro d nsino suprior, sr ngado, o intrssado podrá intrpor rcurso até o dia 28 d novmbro d 2014, xcto para falta do pagamnto da taxa d inscrição.

4 Após acito o pdido d inscrição para rvalidação d diploma xpdido por stablcimnto strangiro d nsino suprior, m caso d indfrimnto da rvalidação, podrá sr intrposto rcurso no prazo d 10 (dz) dias. Caso não dsj, o intrssado dvrá rsgatar a documntação na unidad qu protocolizou o procsso (Scrtaria da Coordnação d ou Scrtaria da Dirção d Stor) no prazo d 60 (sssnta) dias, a contar da data d ciência Dcorrido ss prazo para o rsgat, a documntação qu instruiu o procsso srá automaticamnt inutilizada Os casos omissos nst Edital srão rsolvidos pla PROGRAD submtidos postriormnt a Administração Cntral, quando for o caso. Curitiba, 18 d stmbro d Profª. Maria Amélia Sabbag Zainko Pró-Ritora d Graduação Educação Profissional

5 5 QUADRO 1: Stor cursos, númro d procssos, ndrço horário d rcbimnto dos procssos Agronomia Engnharia Florstal Engnharia Industrial Madirira Mdicina Vtrinária Curitiba Zootcnia Númro d Procssos 02 (dois) 04 (quatro) 02 (dois) Stor d Ciências Agrárias Endrço Stor d Ciências Agrárias Rua dos Funcionários, Juvvê CEP: Curitiba - PR Tl.: (41) Horário d rcbimnto d procssos Númro d Procssos Stor d Ciências Biológicas Endrço Horário d rcbimnto d procssos Biomdicina Ciências Biológicas Sm limit Sm limit Stor d Ciências Biológicas Cntro Politécnico, Caixa Postal CEP Curitiba - PR Tl.: (041) / / Educação Física Sm limit Ciência da Computação Númro d Procssos 04(quatro) Stor d Ciências Exatas Endrço Coordnação d Ciência da Computação Cntro Politécnico Bloco Didático do Stor d Ciências Exatas (Bloco PC) Rua Cl. Francisco Hráclito dos Santos, Jd. das Américas Caixa Postal CEP: Curitiba PR Tl.: (41) Fax: (41) Horário d rcbimnto d procssos 14h às 19h

6 6 Estatística Sm limit Coordnação d Estatística Cntro Politécnico - Bloco Didático do Stor d Ciências Exatas (Bloco PC) Rua Cl. Francisco Hráclito dos Santos, Jd. das Américas; Caixa Postal CEP: Curitiba PR Tl.: (41) h às 20h45min Física Matmática Matmática Industrial Química Sm limit Sm limit Sm limit Sm limit Coordnação d Física Cntro Politécnico Bloco II 1º Andar Rua Cl. Francisco Hráclito dos Santos, 100 Jd. das Américas; Caixa Postal CEP: Curitiba - PR Tl.: (41) Fax: (41) Coordnação d Matmática Cntro Politécnico Edifício da Administração 3ºandar Rua Cl. Francisco Hráclito dos Santos, Jd. das Américas; Caixa Postal CEP: Curitiba PR Tl.: (41) Fax: (41) Coordnação d Matmática Industrial Cntro Politécnico - Bloco Didático do Stor d Ciências Exatas (Bloco PC) Laboratório d Ensino d Matmática Sala PC-11 Rua Cl. Francisco Hráclito dos Santos, Jd. das Américas; Caixa Postal CEP: Curitiba PR Tl.: (41) / Fax: (41) Coordnação d Química Cntro Politécnico - Prédio do Dpto d Química Rua Cl. Francisco Hráclito dos Santos, Jd. das Américas; Caixa Postal CEP: Curitiba - PR Tl.: (41) Fax: (41) h30min às 11h30min 12h30min às 17h30min 18h30min às 20h 15h às 17h30min 15h às 17h30min Stor d Ciências Humanas, Ltras Númro d Procssos Endrço Ciências Sociais 03 (três) Stor d Ciências Humanas, Filosofia 10 (dz) Ltras Horário d rcbimnto d procssos

7 7 História 02 (dois) Rua Gnral Carniro, 460, Ed. História Mmória Imagm 02 (dois) Dom Pdro I, 11º andar Srviço Ltras 02 (dois) d Protocolo CEP: Curitiba PR Psicologia Fon: (41) Turismo 06 (sis) Stor d Arts, Comunicação Dsign Númro d Procssos Endrço Horário d rcbimnto d procssos Arts Visuais (Licnciatura) Arts Visuais (Bacharl) Comunicação Social Jornalismo Comunicação Social Publicidad Propaganda Comunicação Social Rlaçõs Públicas Dsign - Dsign do Produto Dsign - Dsign Gráfico Música (Licnciatura) Dirção do Stor d Arts, Comunicação Dsign Rua Bom Jsus, Juvvê CEP: Curitiba PR Fon: (41) / Música ( Bacharl) Númro d Procssos Stor d Educação Endrço Horário d rcbimnto d procssos Pdagogia Sm limit Coordnação d Pdagogia Rua Gnral Carniro, 460, Ed. Dom Pdro I, 2º andar CEP: Curitiba - PR Tl.: (41) ou (41) Pdagogia EAD Sm limit Coordnação d Pdagogia - EAD Rua Gnral Carniro, 460, Ed. Dom Pdro I, 2º andar CEP: Curitiba - PR Tl.: (41)

8 8 Dirito Númro d Procssos Sm limit Stor d Ciências Jurídicas Endrço Coordnação d Dirito Praça Santos Andrad, 50, 1º andar- Cntro CEP: Curitiba PR Tl.: (41) ou (41) Horário d rcbimnto d procssos Farmácia Nutrição Enfrmagm Trapia Ocupacional Númro d Procssos Stor d Ciências da Saúd Endrço Coordnação d Farmácia Av. Prf. Lothário Missnr, 632 Jd. Botânico Tl.: (41) Coordnação d Nutrição Av. Prf. Lothário Missnr, 632 Jd. Botânico Tl.: (41) Coordnação d Enfrmagm Av. Prf. Lothário Missnr, 632 Jd. Botânico Tl.: (41) Coordnação d Trapia Ocupacional Av. Prf. Lothário Missnr, 632 Jd. Botânico Tl.: (41) Horário d rcbimnto d procssos 9h30min às 11h30min 14h às 16h 08h às 12h 8h às 12h Administração Ciências Contábis Númro d Procssos sm limit sm limit Stor d Ciências Sociais Aplicadas Endrço Coordnação d Administração Ed. Stor d Ciências Sociais Aplicadas 2º andar Av. Prf. Lothário Missnr, 632 Jd. Botânico Tl.: (41) Coordnação d Ciências Contábis Ed. Stor d Ciências Sociais Aplicadas 1º andar Av. Prf. Lothário Missnr, 632 Jd. Botânico Tl.: (41) Horário d rcbimnto d procssos 18h às 20h30min 18h às 20h30min

9 9 Ciências Econômicas Gstão da Informação sm limit sm limit Coordnação d Ciências Econômicas Ed. Stor d Ciências Sociais Aplicadas Térro Av. Prf. Lothário Missnr, 632 Jd. Botânico Tl.: (41) Coordnação d Gstão da Informação Ed. Stor d Ciências Sociais Aplicadas 1º andar Av. Prf. Lothário Missnr, 632 Jd. Botânico Tl.: (41) h às 20h30min Engnharia Cartográfica d Agrimnsura Númro d Procssos 03 Gografia 05 Gologia 08 Ocanografia 01 Tcnólogo m Aqüicultura 02 Stor d Ciências da Trra Endrço Coordnação d Engnharia Cartográfica d Agrimnsura Cntro Politécnico - Rua Cl. Francisco Hráclito dos Santos, Jd. das Américas - CEP: Curitiba - PR Tl.: (41) Coordnação d Gografia Cntro Politécnico - Rua Cl. Francisco Hráclito dos Santos, Jd. das Américas - CEP: Curitiba - PR Tl.: (41) Coordnação d Gologia Campus Cntro Politécnico - Rua Cl. Francisco Hráclito dos Santos, Jd. das Américas Caixa Postal CEP: Curitiba - PR Tl.: (41) Coordnação d Ocanografia CEM Pontal do Sul Caixa Postal 61 CEP: Pontal do Paraná - PR Tl.: (41) Coordnação d Tcnologia m Aqüicultura CEM Pontal do Sul Caixa Postal 61 CEP: Pontal do Paraná - PR Tl.: (41) Horário d rcbimnto d procssos 13h às 17h 14h às 16h 13h30min às 16h

10 10 Arquittura Urbanismo Engnharia Ambintal Engnharia d Bioprocssos Biotcnologia Engnharia Civil Engnharia d Produção Engnharia Mcânica Engnharia Elétrica Engnharia Química Númro d Procssos 03 (três) 02 (dois) sm limit 02 (dois) 01(um) 02 (dois) 02 (dois) Stor d Tcnologia Endrço Coordnação d Arquittura Urbanismo Cntro Politécnico - Rua Cl. Francisco Hráclito dos Santos, 210 Bloco I - Jd. das Américas - CEP: Curitiba - Pr. Tl.: (41) Coordnação d Engnharia Ambintal Cntro Politécnico - Rua Cl. Francisco Hráclito dos Santos, 210 Bloco III - Jd. das Américas - CEP: Curitiba - Pr. Tl.:(41) Coordnação d Engnharia Bioprocssos Biotcnologia Cntro Politécnico - Rua Cl. Francisco Hráclito dos Santos, 210; Ed. da Administração 1º andar; Jd. das Américas - CEP: Curitiba - Pr. Tl.: (41) Coordnação do d Engnharia Civil Cntro Politécnico - Rua Cl. Francisco Hráclito dos Santos, 210; Ed. da Administração - 1º andar; - Jd. das Américas - CEP: Curitiba - Pr. Tl.: (41) Coordnação d Engnharia da Produção Cntro Politécnico - Rua Cl. Francisco Hráclito dos Santos, 210 Ed. da Administração - 1º andar; Jd. das Américas - CEP: Curitiba - Pr. Tl.: (41) Coordnação d Engnharia Mcânica Cntro Politécnico - Rua Cl. Francisco Hráclito dos Santos, 210; Bloco IV- Jd. das Américas CEP: Curitiba - Pr. Tl.: (41) Coordnação d Engnharia Elétrica Cntro Politécnico - Rua Cl. Francisco Hráclito dos Santos, 210; Ed. Dpartamnto d Eng. Elétrica; Jd. das Américas - CEP: Curitiba - Pr. Tl.: (41) Coordnação d Engnharia Química Cntro Politécnico - Rua Cl. Francisco Hráclito dos Santos, 210; Prédio do d Eng. Química; Jd. das Américas - CEP: Curitiba - Pr. Tl.: (41) ou (41) Horário d rcbimnto d procssos 8h às 12h 8h às 12h 13h às 16h 8h às 14h 8h às 12h 13h às 16h 14h30min às 18h30min 8h às 20h 8h às 12h

11 11 Stor d Educação Profissional Tcnológica - SEPT Tcnologia m Anális Dsnvolvimnto d Sistmas Tcnologia m Comunicação Institucional Tcnologia m Lutria Tcnologia m Produção Cênica Tcnologia m Gstão da Qualidad Tcnologia m Ngócios Imobiliários Tcnologia m Gstão Pública Númro d Procssos por curso Endrço Scrtaria Gral das Coordnaçõs - SEPT Rua Alcids Viira Arcovrd, Jd. das Américas CEP: Curitiba-PR Tl.: (41) ou Horário d rcbimnto d procssos 9h às 11h 13h às 17h Gstão Ambintal (Bacharl) Agrocologia (Tcnólogo) Númro d Procssos Stor Litoral Endrço Horário d rcbimnto d procssos Gstão Emprnddorismo (Bacharl) Informática Cidadania (Bacharl) Gstão d Turismo (Tcnólogo) Gstão Pública (Bacharl) 03 (três) Por curso Dirção do Stor Litoral Rua Jaguariaíva, Caiobá CEP: Matinhos - PR Tl.: (41) Gstão Dsportiva do Lazr (Bacharl) Saúd Coltiva (Bacharl) Srviço Social (Bacharl) Linguagm Comunicação (Licnciatura)

12 12 Mdicina Vtrinária Tcnologia m Aqüicultura Tcnologia m Biocombustívis Tcnologia m Biotcnologia Númro d Procssos sm limit Campus Palotina Endrço Dirção do Campus Palotina Rua Pioniro, 2153 CEP: Palotina - PR Tl.: (44) Horário d rcbimnto d procssos

13 13 ANEXO I REQUERIMENTO PARA INSCRIÇÃO DE REVALIDAÇÃO DE DIPLOMA DE GRADUAÇÃO EDITAL 00/2013-REVALIDAÇÃO/PROGRAD Exmo. Snhor Profssor Zaki Akl Sobrinho Prsidnt do Conslho d Ensino, Psquisa Extnsão da Univrsidad Fdral do Paraná Nom Nacionalidad RG OU RNE Nº Orgão Emissor Endrço (rua, avnida, tc) Nº Complmnto Bairro Cidad UF CEP Tlfon d Vm por mio dst rqurr a Vossa Snhoria Rvalidação d Diploma d Graduação do na Instituição d Ensino Suprior País Como quivalnt ao d dsta Univrsidad. DECLARO a vracidad d todas as informaçõs prstadas, assim como star cint concordar com os procdimntos normas stablcidas pla UFPR para o procsso d Rvalidação qu stou formalizando, cabndo a mim a rsponsabilidad pla ntrga d todos os documntos xigidos - conform rlação anxa. Em caso do protocolo d inscrição para rvalidação d diploma xpdido por stablcimnto strangiro d nsino suprior, sr ngado, dvri intrpor rcurso até o dia 28 d novmbro d DECLARO, também, star cint d qu, m caso d indfrimnto do pdido, podri intrpor rcurso no prazo d 10 (dz) dias, ou, caso não dsj, dvri rsgatar minha documntação na unidad qu protocolizou o procsso (Dirção d Stor ou Coordnação d ) no prazo d 60 (sssnta) dias, a contar da data d ciência. Dclaro, por fim, star cint d qu, dcorrido ss prazo para o rsgat, a documntação qu instruiu o procsso srá automaticamnt inutilizada. N.T. P.D. Curitiba, d d Assinatura

14 14 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ REVALIDAÇÃO DE DIPLOMA GRADUAÇÃO O procsso d rvalidação d diploma d Graduação, xpdido por stablcimnto d nsino suprior strangiro, dvrá sr instruído com os sguints documntos: Diploma a sr rvalidado; Histórico scolar com spcificação das disciplinas duração do curso, carga horária d cada disciplina, graus, concitos d aprovação ou comprovação d créditos obtidos m cada disciplina, ou prova do cumprimnto do currículo plo candidato; Programa complto do curso ou contúdo programático das disciplinas; Comprovant do curso d nsino médio ou quivalnt; Comprovant d ftiva rsidência no país d ofrta do curso plo príodo corrspondnt; Rgistro d nascimnto ou casamnto; Documnto d idntidad (RNE para strangiro ou RG para brasiliro); Crtificado d naturalização (quando for o caso); Comprovant da taxa d inscrição para rvalidação d diploma d graduação. DEMAIS PROCEDIMENTOS As sguints xigências dvm sr obsrvadas na documntação: - Os documntos xigidos dvrão sr aprsntados na sqüência indicada fotocópia autnticada; -Diploma, Histórico Escolar o Programa das disciplinas dvrão sr autnticados por autoridad consular brasilira no país sd da instituição missora do diploma strangiro; - Os documntos qu irão instruir o procsso, rdigidos m língua strangira, dvrão sr traduzidos por tradutor público juramntado (Art. 5º da Rsolução 35/11-CEPE); - A aprsntação da documntação complta, na forma xigida, é d total rsponsabilidad do candidato. - O original do diploma (com a autnticação do consulado brasiliro) srá xigido apnas no final do procssamnto para fins d rgistro apostilamnto.

15 15 ANEXO 2 ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA GRU EXCLUSIVO PARA REVALIDAÇÃO DE DIPLOMAS EDITAL 00/2013-REVALIDAÇÃO/PROGRAD Atnção: a rtirada da GRU dvrá sr fita no local do protocolo, isto é, na Scrtaria da Coordnação d ou na Scrtaria da Dirção do Stor, após atndido o itm 2.7 do EDITAL. 1. Acssar o sítio (localizar ao lado squrdo a GRU Guia d Rcolhimnto da União) ou acsso dirto no ndrço https://consulta.tsouro.faznda.gov.br/gru/gru_simpls.asp. Obs.: As orintaçõs para o prnchimnto da GRU Guia d Rcolhimnto da União stão no próprio sítio. 2. Digitar m Unidad Gstora = (slcionar Univrsidad Fdral do Paraná) 3. Slcionar m Gstão = Univrsidad Fdral do Paraná. 4. Irá aparcr m Nom da Unidad Univrsidad Fdral do Paraná. 5. Em Código do Rcolhimnto slcionar: TAXA REGISTRO DE DIPLOMAS. 6. Clicar m Avançar. 7. Prnchr m Númro d rfrência = Comptência = mês do dpósito (05/2012) 9. Vncimnto = dia do dpósito (dd/mm/aaaa) 10. CPF (do intrssado) 11. Prnchr o Nom do contribuint/rcolhdor 12. Valor principal= R$ 550,00 (quinhntos cinqunta rais). 13. Não prnchr os dmais campos (Dscontos/Abatimntos; Outras Dduçõs; Mora/Multa; Juros/Encargos; Outros Acréscimos) 14. Slcionar uma opção para gração da GRU clicar m Emitir GRU.

Ministério da Educação Universidade Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional EDITAL 06/2015 REVALIDAÇÃO/PROGRAD

Ministério da Educação Universidade Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional EDITAL 06/2015 REVALIDAÇÃO/PROGRAD 1 Ministério da Educação Univrsidad Fdral do Paraná Pró-Ritoria d Graduação Educação Profissional EDITAL 06/2015 REVALIDAÇÃO/PROGRAD A Pró-Ritoria d Graduação Educação Profissional (PROGRAD) torna públicas

Leia mais

EDITAL N.º 24/2016 EDITAL PROCESSO SELETIVO ESPECÍFICO PARA INGRESSO DE FRONTEIRIÇOS 2016

EDITAL N.º 24/2016 EDITAL PROCESSO SELETIVO ESPECÍFICO PARA INGRESSO DE FRONTEIRIÇOS 2016 EDITAL N.º 24/2016 EDITAL PROCESSO SELETIVO ESPECÍFICO PARA INGRESSO DE FRONTEIRIÇOS 2016 O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA, no uso d suas atribuiçõs lgais statutárias, torna público st Edital

Leia mais

Edital de seleção de candidatos para o Doutorado em Matemática para o Período 2015.2

Edital de seleção de candidatos para o Doutorado em Matemática para o Período 2015.2 ] Univrsidad Fdral da Paraíba Cntro d Ciências Exatas da Naturza Dpartamnto d Matmática Univrsidad Fdral d Campina Grand Cntro d Ciências Tcnologia Unidad Acadêmica d Matmática Programa Associado d Pós-Graduação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília EDITAL Nº 047/RIFB, DE 03 DE SETEMBRO DE 2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília EDITAL Nº 047/RIFB, DE 03 DE SETEMBRO DE 2014 EDITAL Nº 047/RIFB, DE 03 DE SETEMBRO DE 2014 REVALIDAÇÃO DE DIPLOMAS E CERTIFICADOS DE CURSOS TÉCNICOS E TECNOLÓGICOS ESTRANGEIROS DE ENSINO, PELO INSITUTO FEDERAL DE BRASÍLIA- IFB. 1. DA ABERTURA 1.1

Leia mais

Edital. V Mostra LEME de Fotografia e Filme Etnográficos e II Mostra LEME de Etnografia Sonora

Edital. V Mostra LEME de Fotografia e Filme Etnográficos e II Mostra LEME de Etnografia Sonora Edital V Mostra LEME d Fotografia Film Etnográficos 5º SEMINÁRIO DO LABORATÓRIO DE ESTUDOS EM MOVIMENTOS ÉTNICOS - LEME 19 a 21 d stmbro d 2012 Univrsidad Fdral do Rcôncavo da Bahia Cachoira-BA O 5º Sminário

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO AMAZONAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS. EDITAL Nº. 005, de 30 de janeiro de 2009.

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO AMAZONAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS. EDITAL Nº. 005, de 30 de janeiro de 2009. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO AMAZONAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS EDITAL Nº. 005, d 30 d janiro d 2009. A FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO AMAZONAS torna público para conhcimnto dos intrssados qu ralizará CONCURSO

Leia mais

Atualizado em, 28/02/2012 Páginas:27, 28 e 41. Página 1 de 43

Atualizado em, 28/02/2012 Páginas:27, 28 e 41. Página 1 de 43 Atualizado m, 28/02/2012 Páginas:27, 28 41. Página 1 d 43 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS-UFT SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA PARA O CARGO DE PROFESSOR TEMPORÁRIO 2012.2 EDITAL Nº 022, DE 27 DE

Leia mais

Art. 1º Atualizar o Manual de Instruções Gerais (MIG) Cadastro, na forma apresentada no demonstrativo anexo.

Art. 1º Atualizar o Manual de Instruções Gerais (MIG) Cadastro, na forma apresentada no demonstrativo anexo. Atualiza o Manual d Instruçõs Grais (MIG) Cadastro. A Dirtoria Excutiva da Confdração Nacional das Cooprativas do Sicoob Ltda. Sicoob Confdração, com fulcro no art. 58 do Estatuto Social, basado na strutura

Leia mais

EXCELENTE LEILÃO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE TURUÇU DIA:08/04/2015

EXCELENTE LEILÃO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE TURUÇU DIA:08/04/2015 EXCELENTE LEILÃO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE TURUÇU DIA:08/04/2015 ÁS 11:00H, NA PREFEITURA d TURUÇU RS, à BR 116 KM 482 s/n TURUÇU- RS. PLANILHA DE BENS PREFEITURA MUNICIPAL DE TURUÇU RS. AO FINAL ESTÃO

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS-UFT SELEÇÃO PÚBLICA EDITAL Nº 52, DE 30 DE JULHO DE 2013 A FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS UFT, nst ato rprsntada plo su ritor, Márcio Silvira, dsignado

Leia mais

Lei nº 7998/90. Pós MP nº 665/14 Vigência 60 dias após a data da publicação Art. 2ºB Revogado Art. 2ºB Revogado Art. 2ºB Revogado

Lei nº 7998/90. Pós MP nº 665/14 Vigência 60 dias após a data da publicação Art. 2ºB Revogado Art. 2ºB Revogado Art. 2ºB Revogado Ants da MP nº 665/14 Art. 2o-B. Em carátr xcpcional plo prazo d sis mss, os trabalhadors qu stjam m situação d dsmprgo involuntário plo príodo comprndido ntr doz dzoito mss, inintrruptos, qu já tnham sido

Leia mais

Confira a oferta de bolsas de estudos do Prouni para cursos presenciais no Distrito Federal

Confira a oferta de bolsas de estudos do Prouni para cursos presenciais no Distrito Federal Confira a ofrta d bolsas d studos do Prouni para cursos prsnciais no Distrito Fdral Administração Cntro Univrsitário d Brasília Unicub Câmpus Taguatinga Curso Grau Turno Mnsalidad Ampla Ampla Administração

Leia mais

EDITAL Abertura de inscrições para a seleção de candidatos ao Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção da UNIP

EDITAL Abertura de inscrições para a seleção de candidatos ao Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção da UNIP E D I T A L A b r t u r a i n s c O Programa r d Pós-Graduação m Engnharia d Produção, m nívl d Mstrado Doutorado, i comunica a abrtura d inscriçõs para a slção d candidatos, para o prnchimnto ç d vagas

Leia mais

Florianópolis, 09 de abril de 1998. PORTARIA Nº 0173/GR/98.

Florianópolis, 09 de abril de 1998. PORTARIA Nº 0173/GR/98. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA GABINETE DO REITOR PORTARIAS Florianópolis, 09 d abril d 1998 PORTARIA Nº 0173/GR/98 O Ritor da Univrsidad Fdral d Santa Catarina, no uso d suas atribuiçõs statutárias

Leia mais

COMERCIALIZAÇÃO PROIBIDA POR TERCEIROS

COMERCIALIZAÇÃO PROIBIDA POR TERCEIROS 48 ISSN 1677-7069 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO MATO GROSSO DO SUL EXTRATO DE CONTRATO Nº 195/2013 - UASG 154054 Nº Procsso: 23104006021201307. PREGÃO SRP Nº 124/2013. Contratant: FUNDACAO UNIVER- SIDADE

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO Quadra 109 Nort, AV. NS -15, ALCNO 14 Plano Dirtor Nort 77001-970 Palmas/TO (63) 3232-8545 www.uft.du.br cops@uft.du.br EDITAL N 003/2015

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2014 EDITAL DE PRORROGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES E DE RETIFICAÇÃO

CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2014 EDITAL DE PRORROGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES E DE RETIFICAÇÃO CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2014 EDITAL DE PRORROGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES E DE RETIFICAÇÃO O Município d Duartina, Estado d São Paulo, no uso d suas atribuiçõs lgais, torna público o Edital d Prorrogação das Inscriçõs,

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA EDITAL Nº 14/2011 PRAC SELEÇÃO PÚBLICA A Pró-Ritoria Acadêmica da Univrsidad Católica d Plotas torna pública a abrtura d SELEÇÃO DOCENTE, como sgu:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CENTRO DE EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MESTRADO EM EDUCAÇÃO BRASILEIRA EDITAL 2006

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CENTRO DE EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MESTRADO EM EDUCAÇÃO BRASILEIRA EDITAL 2006 UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CENTRO DE EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MESTRADO EM EDUCAÇÃO BRASILEIRA EDITAL 2006 A Coordnação do MESTRADO EM EDUCAÇÃO BRASILEIRA torna

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO(*)

PARECER HOMOLOGADO(*) PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Dspacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União d 17/07/2003 (*) Portaria/MEC nº 1.883, publicada no Diário Oficial da União d 17/07/2003 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

Nº 61, segunda-feira, 31 de março de 2014 3 ISSN 1677-7069 COLÉGIO PEDRO II CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS

Nº 61, segunda-feira, 31 de março de 2014 3 ISSN 1677-7069 COLÉGIO PEDRO II CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS Nº 61, sgunda-fira, 31 d março d 2014 3 ISSN 1677-7069 25 3. A REMUNERAÇÃO REGIME E TRABALHO CLASSE NÍVEL VB RT ESPECIALIZAÇÃO MESTRAO O U TO R A O 20 horas I 1 1.966,67 152,35 428,07 785,93 40 horas I

Leia mais

1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Atualizado m, 24/09/2010 Páginas: 01; 05; 07; 08; 33 34. 1 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS/UFT CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NOS CARGOS DE AUXILIAR DE ENSINO, PROFESSOR ASSISTENTE

Leia mais

FASE - ESCOLA 2º CICLO DO ENSINO BÁSICO

FASE - ESCOLA 2º CICLO DO ENSINO BÁSICO FASE - ESCOLA 2º CICLO DO ENSINO BÁSICO CRONOGRAMA ÍNDICE FASES DATAS APURAMENTOS LOCAL 4 alunos por scola 1. Introdução...2 1ª fas Escolas 2ª fas Distrital Até 11 d Janiro 1 ou 2 d Fvriro 2 do sxo fminino

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação Fundação de Apoio a Escola Técnica

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação Fundação de Apoio a Escola Técnica PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS PARA INGRESSO NO CURSO TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO NA FORMA DE ORGANIZAÇÃO: SUBSEQUENTE AO ENSINO MÉDIO NA ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE TEATRO MARTINS PENA. EDITAL 2016.1-07 O

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO Quadra 109 Nort, AV. NS -15, ALCNO 14 Plano Dirtor Nort 77001-970 Palmas/TO (63) 3232-8545 www.uft.du.br cops@uft.du.br EDITAL N 001/2016

Leia mais

Ministério da Justiça

Ministério da Justiça Nº 193, quinta-fira, 8 d outubro d 2015 1 ISSN 1677-7042 31 I - fatos rlacionados às atividads das socidads sguradoras d capitalização; ntidads abrtas d prvidência complmntar; socidads cooprativas, nas

Leia mais

Estado de Santa Catarina Município de NAVEGANTES Edital n.º 001/2015 de CONCURSO PÚBLICO

Estado de Santa Catarina Município de NAVEGANTES Edital n.º 001/2015 de CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 001/2015 DE CONCURSO PÚBLICO Abr inscriçõs dfin normas para o Concurso Público, dstinado a provimnto d vagas tmporárias formação d cadastro d rsrva do Quadro d Pssoal da Administração Dirta do

Leia mais

PROGRAMA DE REESTRUTURAÇÃO DA UNIDADE

PROGRAMA DE REESTRUTURAÇÃO DA UNIDADE Campus d Ilha Soltira PROGRAMA DE REESTRUTURAÇÃO DA UNIDADE Aos dz (10) dias do mês d stmbro (09) do ano d dois mil doz (2012), na Sala d Runiõs da Congrgação, as parts abaio nomadas tomaram ciência do

Leia mais

Anexo I - Quadro de Vagas

Anexo I - Quadro de Vagas Anxo I - Quadro d Vagas CR = cadastro rsrva AC = ampla concorrência PD = portadors d dficiência Cargo Prfil Profissional Vagas ou Cadastro Rsrva Quantidad d candidatos qu trão a Prova Discursiva ou a Rdação

Leia mais

DELIBERAÇÃO N.º 793/2012

DELIBERAÇÃO N.º 793/2012 DELIBERAÇÃO N.º 793/2012 Parágrafo único Nos casos m qu o afastamnto s stndr por tmpo suprior ao prvisto, dsd qu autorizada sua prorrogação, fará jus, às diárias corrspondnts ao príodo prorrogado. Art.

Leia mais

REDE ESCOLAR Reforma do Ensino Secundário Portaria nº 243/2012, de 10 de agosto

REDE ESCOLAR Reforma do Ensino Secundário Portaria nº 243/2012, de 10 de agosto REDE ESCOLAR Rforma do Ensino Scundário Portaria nº 243/2012, d 10 d agosto 10º 11º 12º ANOS 2015/2016 MATRIZES Ø CURSOS CIENTÍFICO-HUMANÍSTICOS Curso d Ciências Tcnologias Curso d Ciências Socioconómicas

Leia mais

Legislação Mineira NORMA: LEI 20591. LEI 20591 de 28/12/2012 - Texto Atualizado

Legislação Mineira NORMA: LEI 20591. LEI 20591 de 28/12/2012 - Texto Atualizado Lgislação Minira NORMA: LEI 20591 LEI 20591 d 28/12/2012 - Txto Atualizado Institui a Gratificação d Incntivo à Psquisa à Docência a Gratificação d Função d Psquisa Ensino Gipd, no âmbito da Fundação João

Leia mais

EDITAL/NÚCLEO EAD Nº 03/2011

EDITAL/NÚCLEO EAD Nº 03/2011 Estado d Goiás Scrtaria d Ciência Tcnologia Gabint d Gstão d Capacitação Formação Tcnológica Cntro d d Anápolis Cntro d Sbastião d Siquira EDITAL/NÚCLEO EAD Nº 03/20 Procsso Sltivo d Profssor Formador

Leia mais

COMISSÃO PERMANENTE DE VESTIBULAR ALFENAS-MG

COMISSÃO PERMANENTE DE VESTIBULAR ALFENAS-MG COMISSÃO PERMANENTE DE VESTIBULAR ALFENAS-MG 2 UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG REITOR Prof. Antônio Martins d Siquira COMISSÃO PERMANENTE DE VESTIBULAR COPEVE Prsidnt: Prof. Hêbr Sbastião d Carvalho

Leia mais

Planificação :: TIC - 8.º Ano :: 15/16

Planificação :: TIC - 8.º Ano :: 15/16 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÃO PEDRO DA COVA Escola Básica d São Pdro da Cova Planificação :: TIC - 8.º Ano :: 5/6.- Exploração d ambints computacionais Criação d um produto original d forma colaborativa

Leia mais

APONTAMENTOS PRÁTICOS PARA OFICIAIS DE JUSTIÇA

APONTAMENTOS PRÁTICOS PARA OFICIAIS DE JUSTIÇA ESQUEMA PRÁTICO ) Prazo Máximo Duração do Inquérito 2) Prazo Máximo Duração do Sgrdo d Justiça 3) Prazo Máximo Duração do Sgrdo d Justiça quando stivr m causa a criminalidad rfrida nas al.ªs i) a m) do

Leia mais

ALTERAÇÃO Nº 8 tudo até 31 de Agosto de 2007. Diplomas alterados

ALTERAÇÃO Nº 8 tudo até 31 de Agosto de 2007. Diplomas alterados ALTERAÇÃO Nº 8 tudo até 31 d Agosto d 2007 Diplomas altrados CAPÍTULO I Disposiçõs grais Administração local autárquica (A) Municípios Frgusias Dcrto-Li n.º 17/2007, d 22 d Janiro, qu criou o rgim xcpcional

Leia mais

EDITAL Nº 11/2015 UOVR / NC / PROGRAD / UFPR

EDITAL Nº 11/2015 UOVR / NC / PROGRAD / UFPR EDITAL Nº 11/2015 UOVR / NC / PROGRAD / UFPR Divulga as vagas e as normas da modalidade de Reintegração de Exalunos do PROVAR para o ano letivo de 2016. A (UOVR) da, da Pró-Reitoria de Graduação e Educação

Leia mais

OAB 1ª FASE RETA FINAL Disciplina: Direito Administrativo MATERIAL DE APOIO

OAB 1ª FASE RETA FINAL Disciplina: Direito Administrativo MATERIAL DE APOIO I. PRINCÍPIOS: 1. Suprmacia do Intrss Público sobr o Particular Em sndo a finalidad única do Estado o bm comum, m um vntual confronto ntr um intrss individual o intrss coltivo dv prvalcr o sgundo. 2. Indisponibilidad

Leia mais

Informamos ainda que estamos à disposição para elucidar eventuais dúvidas. Atenciosamente, Natan Schiper Diretor Secretário

Informamos ainda que estamos à disposição para elucidar eventuais dúvidas. Atenciosamente, Natan Schiper Diretor Secretário Rio d Janiro, 22 d outubro d 2012 Of. Circ. Nº 425/12 Snhor Prsidnt, Foram publicadas no Diário Oficial do Estado do Rio d Janiro no dia 18 d outubro d 2012 as Rsoluçõs SES/RJ Nºs 453, 454, 457 458, todas

Leia mais

EDITAL Nº 10/2015 UOVR / NC / COPAP / PROGRAD / UFPR

EDITAL Nº 10/2015 UOVR / NC / COPAP / PROGRAD / UFPR EDITAL Nº 10/2015 UOVR / NC / COPAP / PROGRAD / UFPR Divulga as vagas e as normas da modalidade de Aproveitamento de Curso Superior do PROVAR para o ano letivo de 2016. A (UOVR) da Coordenação de Políticas

Leia mais

EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO CRH-009/2007

EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO CRH-009/2007 EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO CRH-009/2007 CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS PARA PREENCHIMENTO DE EMPREGOS NO QUADRO DE PESSOAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE POÇOS DE CALDAS (MG). A Prfitura Municipal d Poços d Caldas

Leia mais

SEÇÃO JUDICIÁRIA - SEDE

SEÇÃO JUDICIÁRIA - SEDE RJ-BIE-2011/00060 Publicação Diária - Data: 31/03/2011 SEÇÃO JUDICIÁRIA - SEDE PORTARIA Nº RJ-PGD-2011/00012 d 28 d março d 2011 PORTARIAS PGD O JUIZ FEDERAL - DIRETOR DO FORO E CORREGEDOR PERMANENTE DOS

Leia mais

EMPRESA BRASILEIRA DE TELECOMUNICAÇÕES S.A - EMBRATEL

EMPRESA BRASILEIRA DE TELECOMUNICAÇÕES S.A - EMBRATEL EMPRESA BRASILEIRA DE TELECOMUNICAÇÕES S.A - EMBRATEL PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO N o 001 - EMBRATEL 1. APLICAÇÃO Est Plano d Srviço ofrc ao usuário do Srviço d Tlfonia Fixa Comutada, a possibilidad d

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE GRAVATAÍ

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE GRAVATAÍ ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE GRAVATAÍ EDITAL Nº 01-B/2008 CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2008 MUNICÍPIO DE GRAVATAÍ O Prfito Municipal d Gravataí, no uso d suas atribuiçõs lgais, faz sabr, por mio

Leia mais

Residência para coletivos na Casa do Povo. Cole tivo

Residência para coletivos na Casa do Povo. Cole tivo Rsidência para coltivos na Casa do Povo Chamada abrta tativo - Rsidência para coltivos na Casa do Povo Há mais d 60 anos, a Casa do Povo atua como lugar d mmória cntro cultural m sintonia com o pnsamnto

Leia mais

Protocolo n.º 11/001894

Protocolo n.º 11/001894 O SESI/PR Srviço Social da Indústria, adiant dsignado simplsmnt SESI/PR, com sd na Rua Cândido d Abru, nº. 200, nsta Capital, torna público o prsnt rgulamnto d crdnciamnto para laboração do documnto bas

Leia mais

A VARIAÇÃO ENTRE PERDA & PERCA: UM CASO DE MUDANÇA LINGUÍSTICA EM CURSO?

A VARIAÇÃO ENTRE PERDA & PERCA: UM CASO DE MUDANÇA LINGUÍSTICA EM CURSO? A VARIAÇÃO ENTRE PERDA & PERCA: UM CASO DE MUDANÇA LINGUÍSTICA EM CURSO? Luís Augusto Chavs Frir, UNIOESTE 01. Introdução. Esta é uma psquisa introdutória qu foi concrtizada como um studo piloto d campo,

Leia mais

MATRÍCULAS PARA EFETIVAR A MATRÍCULA:

MATRÍCULAS PARA EFETIVAR A MATRÍCULA: MATRÍCULAS PARA EFETIVAR A MATRÍCULA: - É obrigatória a ntrga do comprovant d conclusão do Ensino Médio. Caso ainda não tnha rcbido o histórico scolar, dv aprsntar atstado qu const a provávl conclusão

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FLUMINENSE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FLUMINENSE EDITAL N.º 206, d 27 d Outubro d 2016 RETIFICA EDITAL N.º 162, d 29 d Agosto d 2016 Concurso Público para Provimnto d Cargos da Carrira d Srvidors Técnico- Administrativos m Educação O REITOR SUBSTITUTO

Leia mais

EDITAL N.º 001/2015 EDITAL PARA CONTRATAÇÃO DE OFICINEIROS 2015 SECRETARIA MUNICIPAL DE JUSTIÇA SOCIAL E SEGURANÇA

EDITAL N.º 001/2015 EDITAL PARA CONTRATAÇÃO DE OFICINEIROS 2015 SECRETARIA MUNICIPAL DE JUSTIÇA SOCIAL E SEGURANÇA EDITAL N.º 001/2015 EDITAL PARA CONTRATAÇÃO DE OFICINEIROS 2015 SECRETARIA MUNICIPAL DE JUSTIÇA SOCIAL E SEGURANÇA PROTEÇÃO SOCIAL ESPECIAL PROTEÇÃO SOCIAL BÁSICA 1. Disposiçõs Grais A Protção Social Espcial

Leia mais

PRINCÍPIOS E INSTRUÇÕES RELATIVOS ÀS OPERAÇÕES DE CERTIFICADOS DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS (COE) Versão: 27/08/2014 Atualizado em: 27/08/2014

PRINCÍPIOS E INSTRUÇÕES RELATIVOS ÀS OPERAÇÕES DE CERTIFICADOS DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS (COE) Versão: 27/08/2014 Atualizado em: 27/08/2014 F i n a l i d a d O r i n t a r o u s u á r i o p a r a q u s t o b t PRINCÍPIOS E INSTRUÇÕES RELATIVOS ÀS OPERAÇÕES DE CERTIFICADOS DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS (COE) Vrsão: 27/08/2014 Atualizado m: 27/08/2014

Leia mais

Relação de Anexos do Simples Nacional

Relação de Anexos do Simples Nacional Rlação d Anxos do Simpls Nacional ANEXO I Partilha do Simpls Nacional Comércio (Rdação dada pla Li Complmntar nº 139, d 2011 - produção d fitos a partir d 1º d janiro d 2012). Rcita Bruta m 12 mss (m R$)

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS SELEÇÃO PÚBLICA DE PROFESSOR/A, TUTOR/A E INSTRUTOR/A DA ESCOLA DE CONSELHOS EDITAL Nº 10 DE 04 DE AGOSTO DE 2015

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS SELEÇÃO PÚBLICA DE PROFESSOR/A, TUTOR/A E INSTRUTOR/A DA ESCOLA DE CONSELHOS EDITAL Nº 10 DE 04 DE AGOSTO DE 2015 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS SELEÇÃO PÚBLICA DE PROFESSOR/A, TUTOR/A E INSTRUTOR/A DA ESCOLA DE CONSELHOS EDITAL Nº 10 DE 04 DE AGOSTO DE 2015 A Fundação Univrsidad do Tocantins UNITINS torna público

Leia mais

Quadro 1 - Das Especificações dos Empregos Públicos, Especialidades e Outros Dados: ESCOLARIDADE/ REQUISITOS. - Ensino Fundamental*

Quadro 1 - Das Especificações dos Empregos Públicos, Especialidades e Outros Dados: ESCOLARIDADE/ REQUISITOS. - Ensino Fundamental* PROCESSO SELETIVO PÚBLICO SIMPLIFICADO PARA PROVIMENTO DE EMPREGOS PÚBLICOS PARA O SERVIÇO DE ATENDIMENTO MÓVEL DE URGÊNCIA SAMU 192 - CISTRI MACRORREGIÃO TRIÂNGULO DO NORTE - EDITAL Nº 001, DE 20/11/2015

Leia mais

RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 015/2013 REGISTRO DE PREÇOS

RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 015/2013 REGISTRO DE PREÇOS Fundo Municipal Sd cr Saúd ta- Comissão ria dprmannt Sa d RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº. 015/2013 REGISTRO DE PREÇOS OBJETO: Aquisição d Kit HIV Hpatit (Rgistro d Prços). RETIFICA-SE através

Leia mais

MANUAL DE NORMAS AGENTE DE CÁLCULO E ACELERADOR

MANUAL DE NORMAS AGENTE DE CÁLCULO E ACELERADOR MANUAL DE NORMAS AGENTE DE CÁLCULO E ACELERADOR VERSÃO: 14/12/2011 Manual d Normas Agnt d Cálculo Aclrador 2 / 12 MANUAL DE NORMAS AGENTE DE CÁLCULO E ACELERADOR ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3

Leia mais

PROCEDIMENTO DE MEDIÇÃO DE ILUMINÂNCIA DE EXTERIORES

PROCEDIMENTO DE MEDIÇÃO DE ILUMINÂNCIA DE EXTERIORES PROCEDIMENTO DE MEDIÇÃO DE ILUMINÂNCIA DE EXTERIORES Rodrigo Sousa Frrira 1, João Paulo Viira Bonifácio 1, Daian Rznd Carrijo 1, Marcos Frnando Mnzs Villa 1, Clarissa Valadars Machado 1, Sbastião Camargo

Leia mais

EDITAL Nº 41, DE 2 DE MAIO DE 2017 PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS PROUNI PROCESSO SELETIVO - SEGUNDO SEMESTRE DE 2017

EDITAL Nº 41, DE 2 DE MAIO DE 2017 PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS PROUNI PROCESSO SELETIVO - SEGUNDO SEMESTRE DE 2017 Edição Númro 85 d 05/05/2017 Ministério da Educação Scrtaria d Educação Suprior EDITAL Nº 41, DE 2 DE MAIO DE 2017 PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS PROUNI PROCESSO SELETIVO - SEGUNDO SEMESTRE DE 2017 O

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA NACIONAL DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DIRETORIA DE ANÁLISE TÉCNICA

SUPERINTENDÊNCIA NACIONAL DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DIRETORIA DE ANÁLISE TÉCNICA Nº 95, quinta-fira, 17 d maio d 2012 1 ISSN 1677-7042 67 Considrando os ntndimntos mantidos com os Prsidnts das Juntas d Rcursos com os dirignts da Coordnação Gral d Logística do Instituto Nacional do

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS-UFT SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA PARA O CARGO DE PROFESSOR TEMPORÁRIO 2012

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS-UFT SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA PARA O CARGO DE PROFESSOR TEMPORÁRIO 2012 Página 1 d 29 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS-UFT SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA PARA O CARGO DE PROFESSOR TEMPORÁRIO 2012.3 EDITAL Nº 060, DE 18 DE MAIO DE 2012 A FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL

Leia mais

Para verificar a atualização desta norma, como revogações ou alterações, acesse o Visalegis.

Para verificar a atualização desta norma, como revogações ou alterações, acesse o Visalegis. 18/05/12 Anvisa - Lgislação - Portarias Lgislação Para vrificar a atualização dsta norma, como rvogaçõs ou altraçõs, acss o Visalgis. Portaria n º 27, d 13 d janiro d 1998 A Scrtária d Vigilância Sanitária,

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO CEDRO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 001/2015

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO CEDRO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 001/2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 001/2015 ABRE INSCRIÇÕES E BAIXA NORMAS PARA O PROCESSO SELETIVODE PROFESSORES HABILITADOS, PROFESSORES NÃO HABILITADOS, PROFESSORES COM MAGISTERIO, AUXILIAR DE SERVIÇOS

Leia mais

14 ISSN 1677-7069. Ministério da Cultura. Nº 185, quinta-feira, 25 de setembro de 2014 SECRETARIA EXECUTIVA

14 ISSN 1677-7069. Ministério da Cultura. Nº 185, quinta-feira, 25 de setembro de 2014 SECRETARIA EXECUTIVA 14 ISSN 1677-7069 Nº 185, quinta-fira, 25 d stmbro d 2014. Ministério da Cultura SECRETARIA EXECUTIVA EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 1/2014 A SECRETÁRIA-EXECUTIVA, SUBSTITUTA, DO MI- NISTÉRIO DA CULTURA,

Leia mais

Anexo I Quadro de Vagas. Cargo Função Função Função Função Função Vagas

Anexo I Quadro de Vagas. Cargo Função Função Função Função Função Vagas Anxo I Quadro Vagas AC = Ampla Concorrência PD = Portador Dficiência Cargo Função Função Função Função Função Vagas Nom Nom Planjamnto Rcursos Suprimnto Auditor Escolarida/ Pré-rquisito Limit Vagas para

Leia mais

Que ele é,, com anos de estado civil nacionalidade profissão idade. filho de e de. Que ela é,, com anos de estado civil nacionalidade profissão idade

Que ele é,, com anos de estado civil nacionalidade profissão idade. filho de e de. Que ela é,, com anos de estado civil nacionalidade profissão idade FORMULÁRIO DE DECLARAÇÃO REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE ESTADO CIVIL E DE MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES AUSÊNCIA DE IMPEDIMENTO AO CASAMENTO NÓS abaixo assinados, atstamos qu conhcmos: nom complto

Leia mais

Vitória, 31 de maio de EDITAL DE SELEÇÃO DE TUTOR DO GRUPO PET PET Engenharia de Computação

Vitória, 31 de maio de EDITAL DE SELEÇÃO DE TUTOR DO GRUPO PET PET Engenharia de Computação UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PRO-REITORIA DE GRADUAÇÃO COMITÊ LOCAL DE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO Av. Frnando Frrari, 54 - Campus Univrsitário Goiabiras 29060-900 Vitória - ES Tlfon: (27)4009-24

Leia mais

CADERNO 1 - DIÁRIO DO EXECUTIVO/LEGISLATIVO

CADERNO 1 - DIÁRIO DO EXECUTIVO/LEGISLATIVO QUARTA-FEIRA, 17 DE JUNHO DE 2015 -- DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO MONTES CLAROS-MG - ANO 3 - Nº 397 SUMÁRIO DIÁRIO DO EXECUTIVO/LEGISLATIVO Administração Dirta...1 a 5 Administração Indirta...3 Município

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA OU SECRETARIA OU SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA OU SECRETARIA OU SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA OU SECRETARIA OU SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL CENTRO DE FORMAÇÃO

Leia mais

FAQ DEM/ Esta é uma. Estímulo 2012? Assim, não. Fundo. R: 1. Após tenha

FAQ DEM/ Esta é uma. Estímulo 2012? Assim, não. Fundo. R: 1. Após tenha Esta é uma Mdida só para 2012, ou vai continuar? Não stá prvisto na lgislação um príodo d vigência. Uma ntidad mprgadora com mnos d cinco (5) trabalhadors pod candidatar s ao Estímulo 2012? Sim. Nst caso,

Leia mais

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO (UCB) 3.1.1.1. Organização Didático-Pedagógica

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO (UCB) 3.1.1.1. Organização Didático-Pedagógica UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO (UCB) 3.1.1.1. Organização Didático-Pgógica (4) (5) Mtas Rorganizar a distribuição dos discnts. Elaborar uma Política d contratação gstão d pssoal Rvisar o Projto Pgógico. Rstruturar

Leia mais

Edital de Seleção Programa de Pós-Graduação em Saúde Turma 2016/ 2 o Semestre

Edital de Seleção Programa de Pós-Graduação em Saúde Turma 2016/ 2 o Semestre Edital d Slção Programa d Pós-Graduação m Saúd Turma 2016/ 2 o Smstr O Colgiado do Programa d Pós-Graduação m Saúd (PPgSaúd), ára d concntração Saúd Brasilira, torna público qu starão abrtas as inscriçõs

Leia mais

Anexo 2 Projetos identificados no Plano de Desenvolvimento Institucional

Anexo 2 Projetos identificados no Plano de Desenvolvimento Institucional Plano Dirtor d Tcnologia da Informação 2012-2013 88 Anxo 2 Projtos idntificados no Plano d Dsnvolvimnto Institucional Cód Projto/Programa (Ncssidad) 1 Espaço Cinma I II Equipar salas com datashow, room

Leia mais

INSTRUÇÕES. Os formadores deverão reunir pelo menos um dos seguintes requisitos:

INSTRUÇÕES. Os formadores deverão reunir pelo menos um dos seguintes requisitos: INSTRUÇÕES Estas instruçõs srvm d orintação para o trino das atividads planadas no projto Europu Uptak_ICT2lifcycl: digital litracy and inclusion to larnrs with disadvantagd background. Dvrão sr usadas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL DE ABERTURA DE SELEÇÃO PÚBLICA N. 121, DE 21 DE OUTUBRO DE 2013.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL DE ABERTURA DE SELEÇÃO PÚBLICA N. 121, DE 21 DE OUTUBRO DE 2013. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL DE ABERTURA DE SELEÇÃO PÚBLICA N. 121, DE 21 DE OUTUBRO DE 2013. O Vic-Ritor da Univrsidad Fdral d Santa Maria, no xrcício da Ritoria no

Leia mais

Ministério da Educação

Ministério da Educação Nº 155, sxta-fira, 14 d agosto d 2015 1 ISSN 1677-7042 13 c) Cartira d idntidad d strangiro ou Visto d Prmanência xpdido pla Polícia Fdral dntro da validad (cópia d) Atstado d Saúd Ocupacional (ASO), mitido

Leia mais

EDITAL Nº 012/2014 Retificado em 28/03 às 11h (item 1.8)

EDITAL Nº 012/2014 Retificado em 28/03 às 11h (item 1.8) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE REGISTROS ACADÊMICOS EDITAL Nº 012/2014 Retificado em 28/03 às 11h (item 1.8) A Diretora do Departamento

Leia mais

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Nº 7, sxta-fira, 21 d fvriro d 2014 ISSN 1677-7069 11. Ministério da, Tcno Inovação SECRETARIA EXECUTIVA EXTRATOS DE TERMOS ADITIVOS AO TERMO DE COOPERAÇÃO PROCESSO: 01200.002187/2010-72 ESPÉCIE: Aditivo

Leia mais

LEVANTAMENTO SOBRE AÇÕES AFIRMATIVAS VOLTADAS AOS POVOS INDÍGENAS EM UNIVERSIDADES PÚBLICAS FEDERAIS E ESTADUAIS DO BRASIL

LEVANTAMENTO SOBRE AÇÕES AFIRMATIVAS VOLTADAS AOS POVOS INDÍGENAS EM UNIVERSIDADES PÚBLICAS FEDERAIS E ESTADUAIS DO BRASIL REGIÃO SUL UF Catgoria admistrativa Tipo d ação Dscrição Procsso Sltivo Origm Fdral Fdral do Paraná - UFPR * Vagas suplmntars 7 suplmntars, para indígnas rsidnts no Estado do Paraná spcífico Rsolução nº37/04

Leia mais

Empresa Elétrica Bragantina S.A

Empresa Elétrica Bragantina S.A Emprsa Elétrica Bragantina S.A Programa Anual d Psquisa Dsnvolvimnto - P&D Ciclo 2006-2007 COMUNICADO 002/2007 A Emprsa Elétrica Bragantina S.A, concssionária d srviço público d distribuição d nrgia létrica,

Leia mais

Senado Federal maio/2008

Senado Federal maio/2008 Audiência Pública PL 213/2007 Difrnciação d Prços nas Vndas com Cartõs d Crédito José Antonio Marciano Brasília Snado Fdral maio/2008 1 Rgra d Não Sobr-pr prço - Dfinição Rgra contratual imposta plas socidads

Leia mais

PROGRAMA DE ESTÍMULO À OFERTA DE EMPREGO PEOE

PROGRAMA DE ESTÍMULO À OFERTA DE EMPREGO PEOE UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europu PROGRAMA DE ESTÍMULO À OFERTA DE EMPREGO PEOE FORMULÁRIO DE CANDIDATURA A prnchr plo IEFP, I. P. IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO Cntro d Emprgo Data d Rcpção - - Númro do Procsso

Leia mais

Melhoria contínua da qualidade do ensino

Melhoria contínua da qualidade do ensino 1. OBJETIVO Est procdimnto visa normalizar as ativis snvolvis no âmbito mlhoria contínua quali do nsino dos cursos ministrados na Escola Naval (EN). 2. CAMPO DE APLICAÇÃO O prsnt procdimnto é aplicávl

Leia mais

Planejamento de capacidade

Planejamento de capacidade Administração da Produção Opraçõs II Planjamnto d capacidad Planjamnto d capacidad Planjamnto d capacidad é uma atividad crítica dsnvolvida parallamnt ao planjamnto d matriais a) Capacidad insuficint lva

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação Fundação de Apoio a Escola Técnica

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação Fundação de Apoio a Escola Técnica PROCESSO SELETIVO POR MEIO DE SORTEIO DE CANDIDATOS PARA OFERTA DE VAGAS NO ENSINO MÉDIO - FORMAÇÃO GERAL, NORMAL DE NÍVEL MÉDIO E DE ENSINO TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO NA FORMA DE ORGANIZAÇÃO ARTICULADA: CONCOMITÂNCIA

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES Candidatura Electrónica

MANUAL DE INSTRUÇÕES Candidatura Electrónica Concurso Anual d Educadors d Infância d Profssors dos Ensinos Básico Scundário Dircção d Srviços d Rcrutamnto d Pssoal Docnt MANUAL DE INSTRUÇÕES Candidatura Elctrónica Concurso d Contratação LSVLD, Contratados

Leia mais

32 ISSN 1677-7042. Ministério da Previdência Social. Nº 15, quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

32 ISSN 1677-7042. Ministério da Previdência Social. Nº 15, quinta-feira, 22 de janeiro de 2015 32 ISSN 677-7042 Nº 5, quinta-fira, 22 d janiro d 205 Procsso Nº 08000.00890/204-92 - GEORGE RAYMOND SHEEHAN, até 30/2/205 Procsso Nº 08000.0095/204-58 - JORGE LUIS LOPEZ GARCIA, até 02/02/206 Procsso

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL N o 032/2012 PROPESP/UFAM A UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS (UFAM), por intermédio da Pró- Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação,

Leia mais

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DO TRABALHO TÉCNICO SOCIAL Dezembro/2010

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DO TRABALHO TÉCNICO SOCIAL Dezembro/2010 [Digit txto] 1 IDENTIFICAÇÃO RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DO TRABALHO TÉCNICO SOCIAL Dzmbro/2010 Programa: Opraçõs Coltivas Contrato CAIXA nº: 0233.389.09/2007 Ação/Modalidad: Construção d unidad habitacional

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano d Trabalho Docnt 2014 Ensino Técnico Etc Etc: PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 0136 Município: TUPÃ Ára d conhcimnto: INFRAESTRUTURA Componnt Curricular: PLANEJAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL - PCC

Leia mais

PSI-2432: Projeto e Implementação de Filtros Digitais Projeto Proposto: Conversor de taxas de amostragem

PSI-2432: Projeto e Implementação de Filtros Digitais Projeto Proposto: Conversor de taxas de amostragem PSI-2432: Projto Implmntação d Filtros Digitais Projto Proposto: Convrsor d taxas d amostragm Migul Arjona Ramírz 3 d novmbro d 2005 Est projto consist m implmntar no MATLAB um sistma para troca d taxa

Leia mais

EDITAL N 013/FMP/2015 - PROCESSO SELETIVO

EDITAL N 013/FMP/2015 - PROCESSO SELETIVO ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE PALHOÇA FACULDADE MUNICIPAL DE PALHOÇA Rua João Prira dos Santos, n 375 Pont do Imaruim Palhoça / SC CEP: 88130-475 Fon: (48) 33410616 - CNPJ: 07.933.452/0001-75

Leia mais

Indeferir o Requerimento de Anistia post mortem de MA- NOEL SOARES NASCIMENTO, filho de JUSTINA SOARES DO N A S C I M E N TO. JOSÉ EDUARDO CARDOZO

Indeferir o Requerimento de Anistia post mortem de MA- NOEL SOARES NASCIMENTO, filho de JUSTINA SOARES DO N A S C I M E N TO. JOSÉ EDUARDO CARDOZO Nº 138, quarta-fira, 22 d julho d 2015 1 ISSN 1677-7042 25 N o - Município 1 Alvorada 2 Bagé 3 Barra do Guarita 4 Barra do Quaraí 5 Cachoira do Sul 6 Cachoirinha 7 Crro Grand 8 Esprança do Sul 9 Estio

Leia mais

Implantação do Espanhol como Língua Estrangeira em Dourados MS. Angela Karina Manfio UEMS Ione Vier Dalinghaus UEMS. 1. Para início de conversa

Implantação do Espanhol como Língua Estrangeira em Dourados MS. Angela Karina Manfio UEMS Ione Vier Dalinghaus UEMS. 1. Para início de conversa Implantação do Espanhol como Língua Estrangira m Dourados MS Angla Karina Manfio UEMS Ion Vir Dalinghaus UEMS 1. Para início d convrsa Est trabalho prtnd suscitar uma rflxão sobr situaçõs obsrvadas na

Leia mais

PROTOCOLO DA CAMPANHA PARA A MELHORIA DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO NA PESCA

PROTOCOLO DA CAMPANHA PARA A MELHORIA DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO NA PESCA PROTOCOLO DA CAMPANHA PARA A MELHORIA DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO NA PESCA PROTOCOLO DA CAMPANHA PARA A MELHORIA DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO NA PESCA I Aos quinz dias d mês d maio d 2014, ntr Autoridad Para

Leia mais

MANUAL DE APOSENTADORIA E ABONO PERMANÊNCIA INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE GARANHUNS IPSG

MANUAL DE APOSENTADORIA E ABONO PERMANÊNCIA INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE GARANHUNS IPSG MANUAL DE APOSENTADORIA E ABONO PERMANÊNCIA INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE GARANHUNS IPSG SUMÁRIO PARTE I BENEFÍCIO DE APOSENTADORIA 1 - NOÇÕES SOBRE O BENEFÍCIO PREVIDENCIÁRIO

Leia mais

OFICINA 9-2ºSementre / MATEMÁTICA 3ª SÉRIE / QUESTÕES TIPENEM Professores: Edu Vicente / Gabriela / Ulício

OFICINA 9-2ºSementre / MATEMÁTICA 3ª SÉRIE / QUESTÕES TIPENEM Professores: Edu Vicente / Gabriela / Ulício OFICINA 9-2ºSmntr / MATEMÁTICA 3ª SÉRIE / QUESTÕES TIPENEM Profssors: Edu Vicnt / Gabrila / Ulício 1. (Enm 2012) As curvas d ofrta d dmanda d um produto rprsntam, rspctivamnt, as quantidads qu vnddors

Leia mais

CLÁUSULA TERCEIRA DA VIGÊNCIA DA ATA 3.1. A presente Ata de Registro de Preços terá vigência de 12 (doze) meses, a contar da data de sua assinatura.

CLÁUSULA TERCEIRA DA VIGÊNCIA DA ATA 3.1. A presente Ata de Registro de Preços terá vigência de 12 (doze) meses, a contar da data de sua assinatura. Dpartamnto d Licitaçõs Contratos ATA DE REGISTRO DE PREÇOS N 052/2015. PREGÃO PRESENCIAL Nº 021/2015 REGISTRO DE PREÇOS. PROCESSO Nº 352/2015. VALIDADE: 12 (DOZE) MESES Aos dznov dias do mês d maio do

Leia mais

Empreendedorismo e Empregabilidade PE04/V01

Empreendedorismo e Empregabilidade PE04/V01 1 APROVAÇÃO DO DOCUMENTO Rsponsávl plo Procsso Validação Função Nom Razão para a nova vrsão Coord. CTCO José Pirs dos Ris Não - vrsão inicial Pró-Prsidnt para a Qualidad João Lal Aprovação Prsidnt IPBja

Leia mais