El Jornal. Terramotos e incêndios. No ligar onde vivemos podem

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "El Jornal. Terramotos e incêndios. No ligar onde vivemos podem"

Transcrição

1 Ano 2014/2015 Nº 1 Janeiro EB1/JI de Vila Nova Turma do 2º ano El Jornal Editorial Terramotos e incêndios No ligar onde vivemos podem ocorrer terramotos ou incêndios que são perigosos para os adultos e as crianças. Temos que estar preparados para quando acontecerem estas situações. Na escola treinamos o que temos que fazer para quando houver um incendido ou terramoto. Se houver um terramoto, temos que nos abrigar debaixo das pesas para nos protegermos das pedras que podem cair. Depois temos que esperar que o professor mande abandonar a sala. Quem sai na frente e abre a porta é a Marília que é a chefe de fila. O último a sair é o professor para ver se não fica ninguém na sala. Todos os materiais ficam dentro da sala porque temos que sair rapidamente. Se houver um incêndio, temos que sair logo. Gonçalo e Marília Página Histórias Malucas Visitas Fofinhas Jogos Apaixonados Atletismo Divertido Sol Amarelo Projetos Amorosos Editorial Gato sem Rabo Revisores Ficha técnica Nomes Anselmo Simão Gonçalo Tomás Diogo Érica Igor Fábio André Roberto Carlos Francisco Jorge Luís Marília Margarida Domingos Maria Anselmo Simão Tomás Gonçalo Marília Érica Diogo André Areias Diogo Marília Maria Francisco André Roberto

2 Projetos Amorosos As girafas Este projeto foi feito por nós: Simão e o Domingos. As girafas podem medir até 5 metros de altura. Quando as girafas estão a comer, uma delas fica a vigiar. Gostámos de fazer este trabalho porque não sabíamos muito sobre as girafas. Os veterinários Simão e Tomás Os veterinários são médicos que tratam de animais. Eles estudaram medicina veterinária em universidades. Os veterinários trabalham em clínicas mas também vão a casa das pessoas tratar dos animais que não podem ser levados para as clínicas, como por exemplo as vacas. Eles podem ser especialistas ou generalistas, como os médicos das pessoas. Os veterinários especialistas dedicam-se só a uma parte do corpo dos animais (os ossos, os pulmões). Os generalistas sabem tratar de todas as doenças. Estes médicos podem operar os animais e ajudar as vacas a parirem os filhotes. Alguns animais têm que ser trancados em jaulas para que os veterinários os possam tratar. Quem fez este projetos foi o André Roberto e a Margarida. Anselmo e André Roberto Os tubarões Quem fez este projeto foi o Diogo e a Maria. Descobriram que os tubarões são peixes que nascem de ovos. Alguns são predadores (caçam outros animais). Para caçar, o tubarão nada com muita velocidade e abre a boca antes de bater no animal que vai caçar. O maior tubarão que existe pode medir 12 metros e pesar quilos. O tubarão mais pequeno chama-se Tubarão Pigmeu e mede cerca de 25 cm. O Tubarão Branco é muito conhecido porque é um caçador famoso. Esta espécie de tubarão já matou ou feriu várias pessoas. Marília, Érica e Domingos As vacas O Simão, o Tomás e o Anselmo fizeram um projeto sobre as vacas e descobriram que elas podem pesar tanto como 10 meninos juntos (cerca de 500 kg). Existem várias raças de vacas: Frísia ou Holstein (de cor preta e branca, mais indicadas para produzir leite). Limousine (de cor alaranjada, mais indicadas para a produção de carne). Charolês (de cor branca, mais indicadas para produzir carne). Ramo Grande (uma raça de vacas quase desaparecida, serviam sobretudo para trabalhar nas terras). Simão e Tomás Página 2

3 Gato sem Rabo O cão com olhos de lagartixa O lápis falou com a borracha e foram aos toiros. Jantaram e viram um cão com olhos de lagartixa. Depois viram uma lagartixa e desmaiaram. A ambulância levouos para o hospital. Érica Um bezerro e uma cabra Era uma vez uma cabra que encontrou um bezerro e ele gostou muito dela. Mais tarde a cabra encontrou um bezerro mais bonito e disse à mãe dele: - Posso casar com o seu filho? Eles casaram e fizeram uma casa só pora eles. Um dia caiu um avião em cima da casa e eles gritaram: - E agora, onde vamos viver? A mãe do bezerro disse: - Venham viver para a minha casa. A cabra adorou a casa dela. Simão e Tomás Os patos têm cabelo? Vamos descobrir nesta aventura. O pato Camilo disse à pata Ceni: - Vamos viver uma aventura. Para descobrir se os amigos tinham cabelo, foram ao país dos patos. Quando chegaram lá viram que os patos tinham mesmo cabelo. Voltaram para casa e descobriram que eles os dois também tinham cabelo. Diogo e André A. O desastre Uma vez um avião caiu na escola e todos fugiram para a rua. Havia muitos M&Ms esmagados e foram levados para o hospital da Vila Nova. Ficaram lá internados e nunca mais saíram de lá. A rainha banana Numa grande noite de festa, a rainha banana teve pernas e braços. Apareceu uma coisa assustadora mesmo ao pé dela. Era uma galinha com cornos. Diogo e André A. Página 3

4 O Sol Amarelo Amor Amor pelas noivas Noivas brilhantes Brilhantes como o sol Sol amado Amado como o amor Amor juntos Juntos vão casar-se Casar-se é com amor Amor feliz Feliz para sempre Sempre à noite, boa noite. Mais amor Marília e Domingos Ariel é amor Amor é flor Flor romântica Romântica como uma rosa Rosa cor-de-rosa Cor-de-rosa lindo Lindo com brilhantes Brilhantes de amor Amor mesmo Mesmo bom Bom como a Floribela Belas como as noivas Noivas de sol Sol lindo Lindo pai Pai muito amor Amor de mãe. Marília e Domingos Beijinhos Beicinhos é a rainha Rainha dá beijinhos ao rei Rei paga com beijinhos Beijinhos adoramos Adoramos a Maria Maria do Céu Céu azul Azul faz bem Bem ao meu pai Pai namora com a mãe Mãe adoram os filhos Filhos adoram os pais Pais adoram rainhas Rainhas adoram as mães Mães adoram princesas Princesas adoram bebés Bebés adoram bebés Bebés gostam das mães. Maria e Margarida Mães e filhos A mãe gosta dos filhos Filhos casados Casados como um casal Casal amoroso Amorosas e apaixonadas Apaixonadas por um rapaz Rapaz lindíssimo Lindíssimo como um cavaleiro Cavaleiro com energia Energia e eu desmaiei Desmaiei por amor Amor imaginário. Marília e Domingos Página 4

5 Histórias Malucas O burro e a égua Um dia, uma égua viu um burro. Ele tinha partido uma perna e a égua foi ajudá-lo. Eles decidiram construir uma casa para si. Umas pessoas estavam a trabalhar com um trator e numa paloia e destruíram a casa da égua e do burro. Eles resolveram construir uma nova casa longe dali, com uma piscina. O burro e a égua brincavam muito na piscina. Mais tarde a égua ficou grávida de um cavalinho bebé. Quando ele nasceu, ficaram felizes para sempre. Simão e Tomás A vaca vaidosa Era uma vez uma vaca vaidosa. Um dia ia para casa, viu um porco na lama e disse-lhe: - Que horror! Oh porquinho, porque é que está na lama? Ele respondeu: - Porque sou um porco! Sou mesmo assim. A vaca comentou: - Que piroso! Como é que gostas disso? A vaca foi ao shopping cortar o seu cabelo. Estava a andar muito descansada quando de repente uma galinha deu um salto para a lama e sujou a vaca vaidosa. Ela ficou toda suja e zangada. A vaca voltou para casa, tomou um duche e pintou os lábios de cor-de-rosa e nunca mais falou com a galinha. Simão e Marília Página 5

6 Visitas Fofinhas Visita à loja da senhora Graça Este ano fomos fazer uma visita de estudo à mercearia da senhora Graça. Vimos que os produtos estão organizados em prateleiras e que alguns estão separados de outros para não se estragarem. Por exemplo: não se pode guardar o pão junto com produtos de limpeza. Outros alimentos têm que ser guardados em frigoríficos ou em arcas frigoríficas para não se estragarem. A senhora Graça usa um computador com uma luz que diz os preços dos produtos. A maior parte dos produtos que estão na loja têm um código de barras que o computador consegue ler. Assim é mais fácil para ela saber quanto dinheiro tem que receber de cada pessoa. Este mercearia tem muitos clientes e a senhora Graça ganha muito dinheiro na sua loja. Érica e Simão Feira do livro Fomos fazer uma visita à feira do livro durante o Outono Vivo, numa carrinha da Câmara Municipal da Praia da Vitória. Estivemos a ouvir duas histórias contadas pelo senhor Valter. Uma falava de uma ovelha muito velha, que já era avó e bisavó, mas era muito inteligente. Um dia ela teve um filhote e deulhe o nome de Memé. Ele só queria mamar, mas um dia a mãe resolveu ensinar-lhe a comer erva. Como estavam longe do curral, um lobo apareceu e queria comê-los. A ovelha conseguiu enganar o logo, porque disse para ele afiar os dentes numa pedra e, enquanto ele afiava, ela conseguiu fugir com o filho. A outra história era sobre uma rapariga chamada Maria que cozinhava muito bem. Ela casou com um rapaz e ele começou a convidar os amigos para irem a casa dele comer, porque todos gostavam dos cozinhados dela. Um dia o padre daquela freguesia também queria ir lá comer, mas ela já estava farta de cozinhar para todas as pessoas e inventou uma mentira, dizendo que ia cortar-lhe as orelhas. Na feira, vimos muitos livros para crianças e para adultos e comprámos alguns. Maria e Tomás Página 6

7 Atletismo Divertido Natação Para fazer natação, os atletas usam um fato de banho e óculos próprios. Os atletas nadam numa piscina. Às vezes nadam de costas, outras vezes de frente. Nós gostamos de nadar na piscina. Não nadamos no mar porque é fundo. Luís, Francisco e Jorge. Futebol Eu e o Anselmo jogamos futebol nas escolinhas do Sport Club Vilanovense. Num domingo jogámos contra o Praiense e contra o Lajense. Ganhámos os dois jogos. Às vezes jogamos na posição de avançados, outras vezes de pontas de lança. Eu gosto muito de jogar futebol porque gosto de desportos que usam bolas. Domingos Bilar No jogo do bilar há 17 bolas: 8 são bolas grossas (uma só cor, 8 bolas finas (duas cores) e uma bola branca. As bolas são numeradas, menos a branca. Os jogadores usam um taco de bilar e só podem dar tacadas na bola branca e esta é que vai tocar nas outras. A ponta mais fina dos tacos tem giz. Os jogadores têm que meter todas as bolas nos buracos. A bola preta tem que ser a última. Cada jogador tem uma tentativa para por uma bola dentro do buraco. Se não conseguir, passa a vez ao outro jogador. André R Página 7

8 Jogos Apaixonados Completa o acróstico com palavras relacionadas com a profissão de polícia. C P I T L R O L G E S R Á I E C U O S I R N C A E T E Descobre o nome de cinco espécies de animais nesta sopa de letras. A E R I S B M N Y T J C A W T D G H L O T I X Z F U V J O Q G R D G A L I N A Y A G C R R A T A H C A O O G O U D J T Q M W O P Vamos lá a ver se és bom a adivinhar! 1. O que é que cai de pé e corre deitado? 2. O que é que salta, dá um espirro e vira pelo avesso? Este acróstico é composto por nomes de pessoas. Tenta descobri-los. N I I O L V I M I E L E L I A S I O D I E O C A P A A E M I N A S F I S A A O L A R E S O N E agora um anedota. - O teu cão morde? - perguntou o carteiro ao menino Carlinhos, que estava a apanhar sol à porta de casa. - Não - respondeu ele. O carteiro avançou e o cão atirouse-lhe às pernas. - Então tu não me tinhas dito que o teu cão não mordia?! - Esse cão é o da minha irmã, não é meu! (Soluções na caixa do lado direito) 1- As gotas de chuva. 2- As pipocas Página 8

Escola EB1 de Brunheiras

Escola EB1 de Brunheiras Escola EB1 de Brunheiras O dia dos namorados Era uma vez uma princesa chamada Francesca que estava apaixonada pelo príncipe Marco. Um dia o príncipe foi salvar a Francesca que estava presa na torre do

Leia mais

Anexo II - Guião (Versão 1)

Anexo II - Guião (Versão 1) Anexo II - Guião (Versão 1) ( ) nº do item na matriz Treino História do Coelho (i) [Imagem 1] Era uma vez um coelhinho que estava a passear no bosque com o pai coelho. Entretanto, o coelhinho começou a

Leia mais

GÊNERO LITERÁRIO: DESCRIÇÃO. Compartilharam a produção escrita com um colega e ao final fizeram desenhos ilustrativos desses nobres personagens.

GÊNERO LITERÁRIO: DESCRIÇÃO. Compartilharam a produção escrita com um colega e ao final fizeram desenhos ilustrativos desses nobres personagens. GÊNERO LITERÁRIO: DESCRIÇÃO Os alunos do estudaram as descrições de personagens e a partir da criação de um personagem da imaginação deles puderam escrever um texto descritivo. Compartilharam a produção

Leia mais

Trabalho Individual. Sessão de Leitura da História O Pedro e o Lobo

Trabalho Individual. Sessão de Leitura da História O Pedro e o Lobo Trabalho Individual Sessão de Leitura da História O Pedro e o Lobo Destinatários Alunos com idades entre os cinco, seis anos a frequentar o Ensino Pré-Escolar pela terceira vez. Local da Sessão de leitura

Leia mais

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno.

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno. Meu lugar,minha história. Cena 01- Exterior- Na rua /Dia Eduardo desce do ônibus com sua mala. Vai em direção a Rose que está parada. Olá, meu nome é Rose sou a guia o ajudara no seu projeto de história.

Leia mais

Dar de comer a quem tem fome 1º E 2º CICLOS. 3ª feira, dia 26 de abril de 2016 INTRODUÇÃO

Dar de comer a quem tem fome 1º E 2º CICLOS. 3ª feira, dia 26 de abril de 2016 INTRODUÇÃO 3ª feira, dia 26 de abril de 2016 Dar de comer a quem tem fome 1º E 2º CICLOS Bom dia a todos. Preparados para mais um dia de aulas?! Muito bem! Hoje vamos falar como é importante dar comida a quem não

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

L0NGE, atrás em monte, sol cair e céu ficar em fogo. Fraco, Eu

L0NGE, atrás em monte, sol cair e céu ficar em fogo. Fraco, Eu 5 L0NGE, atrás em monte, sol cair e céu ficar em fogo. Fraco, Eu subir monte, pés d Eu molhados em erva fria. Não haver erva em cima em monte. Só haver terra, em volta, monte como cabeça de homem sem cabelo.

Leia mais

Dia Mundial da Criança

Dia Mundial da Criança Ficha Técnica Título Turminhas de Al-bai-zir Preço Grátis Redação Vários Edição Prof.ª Sandra Prof.ª Sílvia Fotografia Vários Periodicidade Trimestral Tiragem 300 exemplares Design Prof.ª Sandra Prof.ª

Leia mais

I. CRIAÇÃO DE GOLFINHO/ BARBATANA PESSOAL

I. CRIAÇÃO DE GOLFINHO/ BARBATANA PESSOAL ESCOLA EB1 GÂMBIA I. CRIAÇÃO DE GOLFINHO/ BARBATANA PESSOAL Barbatana Roída Joana Barbatana Surf Ana Faria Barbatana Rio José Barbatana Finalonga Anónimo Barbatana Tubarão João Aleluia Barbatana Água Francisco

Leia mais

História Para as Crianças. A menina que caçoou

História Para as Crianças. A menina que caçoou História Para as Crianças A menina que caçoou Bom dia crianças, feliz sábado! Uma vez, do outro lado do mundo, em um lugar chamado Austrália vivia uma menina. Ela não era tão alta como algumas meninas

Leia mais

Coleção: Encantando a Gramática. Autora: Pâmela Pschichholz* palavras que existem no mundo. Lá, várias famílias vivem felizes.

Coleção: Encantando a Gramática. Autora: Pâmela Pschichholz* palavras que existem no mundo. Lá, várias famílias vivem felizes. Coleção: Encantando a Gramática Autora: Pâmela Pschichholz* Um lugar diferente Em um vilarejo chamado classes Gramaticais moram todas as palavras que existem no mundo. Lá, várias famílias vivem felizes.

Leia mais

As Bandeiras JORNALINHO DO CAMPO. Outubro/Novembro 2009 Edição on-line nº 9 Carlos Caseiro (Autor) Sara Loureiro Correia (Revisão de textos)

As Bandeiras JORNALINHO DO CAMPO. Outubro/Novembro 2009 Edição on-line nº 9 Carlos Caseiro (Autor) Sara Loureiro Correia (Revisão de textos) As Bandeiras D esde que o primo Manuel tinha ido à cidade e comprado uma bandeira de Portugal que hasteava todos os domingos e dias de feriado, que a Tété andava muito admirada e até já comentara com os

Leia mais

ESTUDO DIRIGIDO - 2º Ano EF- JULHO/ 2014 2º ANO: DATA DE ENTREGA: 31/07/14. Atividade de Férias

ESTUDO DIRIGIDO - 2º Ano EF- JULHO/ 2014 2º ANO: DATA DE ENTREGA: 31/07/14. Atividade de Férias 1 NOME: Nº: 2º ANO: DATA DE ENTREGA: 31/07/14 Atividade de Férias O primeiro semestre está chegando ao final. As férias se aproximam e o merecido descanso vem em boa hora! Período de descontração, lazer

Leia mais

Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava

Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava O Príncipe das Histórias Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava histórias. Ele gostava de histórias de todos os tipos. Ele lia todos os livros, as revistas, os jornais, os

Leia mais

- Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe?

- Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe? Trecho do romance Caleidoscópio Capítulo cinco. 05 de novembro de 2012. - Você sabe que vai ter que falar comigo em algum momento, não sabe? Caçulinha olha para mim e precisa fazer muita força para isso,

Leia mais

Atividades Lição 5 ESCOLA É LUGAR DE APRENDER

Atividades Lição 5 ESCOLA É LUGAR DE APRENDER Atividades Lição 5 NOME: N º : CLASSE: ESCOLA É LUGAR DE APRENDER 1. CANTE A MÚSICA, IDENTIFICANDO AS PALAVRAS. A PALAVRA PIRULITO APARECE DUAS VEZES. ONDE ESTÃO? PINTE-AS.. PIRULITO QUE BATE BATE PIRULITO

Leia mais

Palavras do autor. Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura.

Palavras do autor. Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura. Palavras do autor Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura. Durante três anos, tornei-me um leitor voraz de histórias juvenis da literatura nacional, mergulhei

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE RAUL PROENÇA COMPETÊNCIAS DE LÍNGUA PORTUGUESA

ESCOLA SECUNDÁRIA DE RAUL PROENÇA COMPETÊNCIAS DE LÍNGUA PORTUGUESA 1. Caça ao intruso. Os textos têm palavras a mais. Encontra-as. Volta a escrever o texto corrigido. Foram umas duas férias maravilhosas horríveis! Conta a Sara girafa ao companheiro, corada de tristeza

Leia mais

Bartolomeu Campos Queirós. Agradecemos aos parceiros que investem em nosso projeto. I SBN 85-7694 - 111-2

Bartolomeu Campos Queirós. Agradecemos aos parceiros que investem em nosso projeto. I SBN 85-7694 - 111-2 Ficava intrigado como num livro tão pequeno cabia tanta história. O mundo ficava maior e minha vontade era não morrer nunca para conhecer o mundo inteiro e saber muito da vida como a professora sabia.

Leia mais

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Carnaval 2014 A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Nesta noite vamos fazer uma viagem! Vamos voltar a um tempo que nos fez e ainda nos faz feliz, porque afinal como

Leia mais

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ Entrevista com DJ Meu nome é Raul Aguilera, minha profissão é disc-jóquei, ou DJ, como é mais conhecida. Quando comecei a tocar, em festinhas da escola e em casa, essas festas eram chamadas de "brincadeiras

Leia mais

DANIEL EM BABILÔNIA Lição 69. 1. Objetivos: Ensinar que devemos cuidar de nossos corpos e recusar coisas que podem prejudicar nossos corpos

DANIEL EM BABILÔNIA Lição 69. 1. Objetivos: Ensinar que devemos cuidar de nossos corpos e recusar coisas que podem prejudicar nossos corpos DANIEL EM BABILÔNIA Lição 69 1 1. Objetivos: Ensinar que devemos cuidar de nossos corpos e recusar coisas que podem prejudicar nossos corpos 2. Lição Bíblica: Daniel 1-2 (Base bíblica para a história e

Leia mais

Afonso levantou-se de um salto, correu para a casa de banho, abriu a tampa da sanita e vomitou mais uma vez. Posso ajudar? perguntou a Maria,

Afonso levantou-se de um salto, correu para a casa de banho, abriu a tampa da sanita e vomitou mais uma vez. Posso ajudar? perguntou a Maria, O Afonso levantou-se de um salto, correu para a casa de banho, abriu a tampa da sanita e vomitou mais uma vez. Posso ajudar? perguntou a Maria, preocupada, pois nunca tinha visto o primo assim tão mal

Leia mais

Quem tem medo da Fada Azul?

Quem tem medo da Fada Azul? Quem tem medo da Fada Azul? Lino de Albergaria Quem tem medo da Fada Azul? Ilustrações de Andréa Vilela 1ª Edição POD Petrópolis KBR 2015 Edição de Texto Noga Sklar Ilustrações Andréa Vilela Capa KBR

Leia mais

Viagem ao litoral. www.interaulaclube.com.br

Viagem ao litoral. www.interaulaclube.com.br A UU L AL A Viagem ao litoral Arlindo e alguns amigos tinham programado para o feriado uma visita à praia. Arlindo não via o mar desde criança, e estava ansioso para viajar. - Finalmente, chegou o carnaval!

Leia mais

Carcará composição: João do Vale/José Cândido

Carcará composição: João do Vale/José Cândido 104 A FLOR E O CARCARÁ Carcará Lá no sertão É um bicho que avoa que nem avião É um pássaro malvado Tem o bico volteado que nem gavião... trecho da canção Carcará composição: João do Vale/José Cândido Ana?

Leia mais

LEITURA ORIENTADA NA SALA DE AULA

LEITURA ORIENTADA NA SALA DE AULA LEITURA ORIENTADA NA SALA DE AULA Uma Aventura na Serra da Estrela Coleção UMA AVENTURA Atividades Propostas Leitura em voz alta de um ou dois capítulos por aula. Preenchimento das fichas na sequência

Leia mais

Historinhas para ler durante a audiência dos pais. Pio Giovani Dresch

Historinhas para ler durante a audiência dos pais. Pio Giovani Dresch Historinhas para ler durante a audiência dos pais Pio Giovani Dresch Historinhas para ler durante a audiência dos pais Pio Giovani Dresch Ilustrações: Santiago Arte: www.espartadesign.com.br Contatos

Leia mais

Este testemunho é muito importante para os Jovens.

Este testemunho é muito importante para os Jovens. Este testemunho é muito importante para os Jovens. Eu sempre digo que me converti na 1ª viagem missionária que fiz, porque eu tinha 14 anos e fui com os meus pais. E nós não tínhamos opção, como é o pai

Leia mais

O LIVRO SOLIDÁRIO. Texto: Letícia Soares Ilustração: Hildegardis Bunda Turma 9º A

O LIVRO SOLIDÁRIO. Texto: Letícia Soares Ilustração: Hildegardis Bunda Turma 9º A O LIVRO SOLIDÁRIO Texto: Letícia Soares Ilustração: Hildegardis Bunda Turma 9º A 1 Era uma vez um rapaz que se chamava Mau-Duar, que vivia com os pais numa aldeia isolada no Distrito de Viqueque, que fica

Leia mais

Areias 19 de Janeiro de 2005. Querida Mãezita

Areias 19 de Janeiro de 2005. Querida Mãezita Areias 19 de Janeiro de 2005 Querida Mãezita Escrevo-te esta carta para te dizer o quanto gosto de ti. Sem ti, eu não teria nascido, sem ti eu não seria ninguém. Mãe, adoro- -te. Tu és muito importante

Leia mais

A folha e o pirilampo

A folha e o pirilampo Ficha de Avaliação Trimestral (dezembro) PORTUGUÊS Nome Data 10.dez.2013 Classificação O Professor Enc. de Educação I PARTE Lê, com muita atenção, o texto seguinte: A folha e o pirilampo 5 10 15 20 25

Leia mais

Estórias de Iracema. Maria Helena Magalhães. Ilustrações de Veridiana Magalhães

Estórias de Iracema. Maria Helena Magalhães. Ilustrações de Veridiana Magalhães Estórias de Iracema Maria Helena Magalhães Ilustrações de Veridiana Magalhães 2 Era domingo e o céu estava mais azul que o azul mais azul que se pode imaginar. O sol de maio deixava o dia ainda mais bonito

Leia mais

ROTEIRO DE:Luccas Miguel e Higor Espedito. 2 revisão ROTEIRO ORIGINAL PARA CURTA METRAGEM

ROTEIRO DE:Luccas Miguel e Higor Espedito. 2 revisão ROTEIRO ORIGINAL PARA CURTA METRAGEM ROTEIRO DE:Luccas Miguel e Higor Espedito. 2 revisão ROTEIRO ORIGINAL PARA CURTA METRAGEM FADE IN: CENA 1.DIA-EXT-CEMITERIO Cemitério.vemos dois garotos brincando,o sorrisos em seus rostos.a baderna que

Leia mais

O pato perto da porta o pato perto da pia o pato longe da pata o pato pia que pia

O pato perto da porta o pato perto da pia o pato longe da pata o pato pia que pia PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 2 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ==================================================================== TEXTO 1 O PATO 01- De acordo com o

Leia mais

Ateneu Desportivo de Leiria. Newsletter Ginástica ABRIL 2013

Ateneu Desportivo de Leiria. Newsletter Ginástica ABRIL 2013 Newsletter Ginástica ABRIL 2013 Leiria, 30 de Abril de 2013 Tivemos um mês de Abril muito animado! No dia 20 participámos na 3ª Edição do LudoApta, um evento organizado pela Associação OASIS e pela Escola

Leia mais

Gostava de redacções, como gostava! Dos seis filhos da família Santos apenas ele e a Nazaré (que andava no 9. ano) gostavam de escrever; de resto

Gostava de redacções, como gostava! Dos seis filhos da família Santos apenas ele e a Nazaré (que andava no 9. ano) gostavam de escrever; de resto 1 Gostava de redacções, como gostava! Dos seis filhos da família Santos apenas ele e a Nazaré (que andava no 9. ano) gostavam de escrever; de resto eram também os únicos que passavam horas a ler, nos tempos

Leia mais

UMA ESPOSA PARA ISAQUE Lição 12

UMA ESPOSA PARA ISAQUE Lição 12 UMA ESPOSA PARA ISAQUE Lição 12 1 1. Objetivos: Ensinar que Eliézer orou pela direção de Deus a favor de Isaque. Ensinar a importância de pedir diariamente a ajuda de Deus. 2. Lição Bíblica: Gênesis 2

Leia mais

[E-F@BULATIONS / E-F@BULAÇÕES] 2/ JUN 2008. Uma História de Cão

[E-F@BULATIONS / E-F@BULAÇÕES] 2/ JUN 2008. Uma História de Cão Uma História de Cão Nuno Júdice Ilustrações de Evelina Oliveira Era uma vez era uma vez. E era uma vez quantas vezes era uma vez. Às vezes é que não podia ser uma vez. Numa dessas vezes encontrei um cão.

Leia mais

A.C. Ilustrações jordana germano

A.C. Ilustrações jordana germano A.C. Ilustrações jordana germano 2013, O autor 2013, Instituto Elo Projeto gráfico, capa, ilustração e diagramação: Jordana Germano C736 Quero-porque-quero!! Autor: Alexandre Compart. Belo Horizonte: Instituto

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO

CADERNO DE ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO COLÉGIO ARNALDO 2015 CADERNO DE ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO LÍNGUA PORTUGUESA Aluno (a): Turma: 2º Ano Professora: Data de entrega: Valor: 20 pontos CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Leitura e interpretação de textos

Leia mais

Coleção Amigos da Floresta. Festa na Floresta. Patrícia Engel Secco. Ilustrações Maria Eugênia

Coleção Amigos da Floresta. Festa na Floresta. Patrícia Engel Secco. Ilustrações Maria Eugênia Coleção Amigos da Floresta Festa na Floresta Patrícia Engel Secco Ilustrações Maria Eugênia Coleção Amigos da Floresta Festa na Projeto Folclore, Alegria e Tradição Coleção Amigos da Floresta Floresta

Leia mais

Aniversários. no CCB

Aniversários. no CCB Aniversários no CCB Para quem quer crescer de verdade e trazer sempre consigo os melhores amigos escolhidos a dedo... Fazer uma travessia no lago do tempo, numa jangada habitada por atores, bailarinos,

Leia mais

Luís Norberto Pascoal

Luís Norberto Pascoal Viver com felicidade é sucesso com harmonia e humildade. Luís Norberto Pascoal Agradecemos aos parceiros que investem em nosso projeto. ISBN 978-85-7694-131-6 9 788576 941316 Era uma vez um pássaro que

Leia mais

Colégio Visconde de Porto Seguro Unidade I 2º Ano 2011

Colégio Visconde de Porto Seguro Unidade I 2º Ano 2011 Colégio Visconde de Porto Seguro Unidade I 2º Ano 2011 Ensino Fundamental e Ensino Médio Sistema de Recuperação ATIVIDADE BLOG Nome do (a) Aluno (a): ATIVIDADE DE ESTUDO Recuperação Anual de Língua Portuguesa

Leia mais

Dia da Criança é a 1 de Junho

Dia da Criança é a 1 de Junho 1 de 5 24-05-2016 21:05 Versão web Actualizar preferências Remover subscrição Gostar Tweet Reenviar Dia da Criança é a 1 de Junho Apesar do trabalho que dão, as crianças são o melhor que o mundo tem para

Leia mais

APÊNDICE A - Músicas

APÊNDICE A - Músicas APÊNDICE A - Músicas Músicas 1 GUT GUT SEM PARAR Adaptação ao meio líquido Bebeu a água da piscina toda Fui ver quem era, era o João Ele bebia a água da piscina Ele fazia gut gut gut gut gut sem parar

Leia mais

Lista de Diálogo - Cine Camelô

Lista de Diálogo - Cine Camelô Lista de Diálogo - Cine Camelô Oi amor... tudo bem? Você falou que vinha. É, eu tô aqui esperando. Ah tá, mas você vai vir? Então tá bom vou esperar aqui. Tá bom? Que surpresa boa. Oh mano. Aguá! Bolha!

Leia mais

MÚSICAS. Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé

MÚSICAS. Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé MÚSICAS Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé Hino da Praznik Do Fá Gosto de aqui estar Sol Do E contigo brincar E ao fim vou arranjar

Leia mais

Aprender... Verónica & Ricardo 29 Outubro 2011. Brincando

Aprender... Verónica & Ricardo 29 Outubro 2011. Brincando Aprender... Verónica & Ricardo 29 Outubro 2011 Brincando A Cigana - Caravaggio Vamos colorir??? Reparaste qual o tema do nosso casamento? Estavas desatento? Pois é, hoje falámos de pintura. Que tal fazermos

Leia mais

UM LOBO CULTO. Autor do texto: Becky Bloom. Ilustrador: Pascal Biet.

UM LOBO CULTO. Autor do texto: Becky Bloom. Ilustrador: Pascal Biet. UM LOBO CULTO Autor do texto: Becky Bloom Ilustrador: Pascal Biet. Depois de caminhar durante muitos dias, um Lobo chegou a uma pequena cidade. Estava cansado e com fome, doíamlhe os pés e só lhe restava

Leia mais

Sal, Pimenta, Alho e Noz Moscada.

Sal, Pimenta, Alho e Noz Moscada. Sal, Pimenta, Alho e Noz Moscada. Cláudia Barral (A sala é bastante comum, apenas um detalhe a difere de outras salas de apartamentos que se costuma ver ordinariamente: a presença de uma câmera de vídeo

Leia mais

Capítulo 1. Festas da Cidade

Capítulo 1. Festas da Cidade Capítulo 1 Festas da Cidade Festas da Cidade 6 de abril de 10 000 a.c. 10h00 domingo Domesticar! 7 É esta a nova palavra que teremos de aprender, se quisermos a nossa cidade cada vez mais moderna! gritou

Leia mais

REALIZADO NO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA

REALIZADO NO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA INSPIRADO NO LIVRO REALIZADO NO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA Professoras: Marlene Campos e Claudia Rosas Ano 2015 Ele é um boxeador muito bom. Ele tem 29 anos e é muito rápido, forte e resistente. É muito

Leia mais

DONA ARANHA ELA É TEIMOSA E DESOBEDIENTE SOBE, SOBE, SOBE NUNCA ESTÁ CONTENTE

DONA ARANHA ELA É TEIMOSA E DESOBEDIENTE SOBE, SOBE, SOBE NUNCA ESTÁ CONTENTE DONA ARANHA A DONA ARANHA SUBIU PELA PAREDE VEIO A CHUVA FORTE E A DERRUBOU JÁ PASSOU A CHUVA E O SOL JÁ VAI SURGINDO E A DONA ARANHA NA PAREDE VAI SUBINDO ELA É TEIMOSA E DESOBEDIENTE SOBE, SOBE, SOBE

Leia mais

Língua Inglesa. Pág. Pág. 5 o ano 3 o Bimestre. Unidade 1 Animais em extinção. Unidade 2 Dinossauros. Unidade 1 Animais em extinção

Língua Inglesa. Pág. Pág. 5 o ano 3 o Bimestre. Unidade 1 Animais em extinção. Unidade 2 Dinossauros. Unidade 1 Animais em extinção Língua Inglesa 5 o ano Unidade 1 Animais em extinção Introdução Qual é o comprimento disto? Eles não são os mesmos Unidade 2 Dinossauros Introdução Eu não estava aqui! O calendário Hora da história: Uma

Leia mais

Unidade 04: Obedeça ao Senhor Josué obedece, o muro cai

Unidade 04: Obedeça ao Senhor Josué obedece, o muro cai Histórias do Velho Testamento Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse 3 a 6 anos Unidade 04: Obedeça ao Senhor Josué obedece, o muro cai O velho testamento está cheio de histórias que Deus nos deu, espantosas

Leia mais

UNIDADE 3: MUNDO PERDIDO PESSOAS PERDIDAS PRECISAM OUVIR A HISTÓRIA DE JESUS

UNIDADE 3: MUNDO PERDIDO PESSOAS PERDIDAS PRECISAM OUVIR A HISTÓRIA DE JESUS Frutos-1 Impact0 LIÇÃO 12 VIVENDO A VIDA COM DEUS UNIDADE 3: MUNDO PERDIDO PESSOAS PERDIDAS PRECISAM OUVIR A HISTÓRIA DE JESUS 9-11 Anos HISTÓRIA BÍBLICA João 1:12; I Pedro 3:15, 18 A Bíblia nos ensina

Leia mais

ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME

ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME CENA 1. HOSPITAL. QUARTO DE. INTERIOR. NOITE Fernanda está dormindo. Seus pulsos estão enfaixados. Uma enfermeira entra,

Leia mais

O Tomás, que não acreditava no Pai Natal

O Tomás, que não acreditava no Pai Natal O Tomás, que não acreditava no Pai Natal Era uma vez um menino que não acreditava no Pai Natal e fazia troça de todos os outros meninos da escola, e dos irmãos e dos primos, e de qualquer pessoa que dissesse

Leia mais

Nada de telefone celular antes do sexto ano

Nada de telefone celular antes do sexto ano L e i n º1 Nada de telefone celular antes do sexto ano Nossos vizinhos da frente estão passando uma semana em um cruzeiro, então me pediram para buscar o jornal e a correspondência todos os dias, enquanto

Leia mais

Material Didáctico O Rapaz de Bronze A comissão organizadora da Festa das Flores

Material Didáctico O Rapaz de Bronze A comissão organizadora da Festa das Flores O Rapaz de Bronze A comissão organizadora da Festa das Flores NARRADOR No jardim mágico do Rapaz de bronze, à noite, as flores ganham vida, conversam, brincam, saltam como as pessoas. Este jardim era dividido

Leia mais

8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL PORTUGUÊS GABARITO

8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL PORTUGUÊS GABARITO 8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL PORTUGUÊS GABARITO 1. A alternativa que melhor completa a frase abaixo é: Até agora, você queria conhecer os das coisas existentes. Daqui para a frente, acrescente outra pergunta:

Leia mais

A CURA DE UM MENINO Lição 31

A CURA DE UM MENINO Lição 31 A CURA DE UM MENINO Lição 31 1 1. Objetivos: Mostrar o poder da fé. Mostrar que Deus tem todo o poder. 2. Lição Bíblica: Mateus 17.14-21; Marcos 9.14-29; Lucas 9.37-43 (Leitura bíblica para o professor)

Leia mais

MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 16 QUEDA E MALDIÇÃO Nome: Professor: Rebanho

MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 16 QUEDA E MALDIÇÃO Nome: Professor: Rebanho MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 16 QUEDA E MALDIÇÃO Nome: Professor: Rebanho VERSÍCULOS PARA DECORAR ESTA SEMANA Usamos VERSÍCULOS a Bíblia na PARA Nova DECORAR Versão Internacional ESTA SEMANA NVI Usamos

Leia mais

O mar de Copacabana estava estranhamente calmo, ao contrário

O mar de Copacabana estava estranhamente calmo, ao contrário epílogo O mar de Copacabana estava estranhamente calmo, ao contrário do rebuliço que batia em seu peito. Quase um ano havia se passado. O verão começava novamente hoje, ao pôr do sol, mas Line sabia que,

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION LIÇÕES DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS - 3 ano Semana de 23 a 27 de março de 2015.

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION LIÇÕES DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS - 3 ano Semana de 23 a 27 de março de 2015. COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION LIÇÕES DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS - 3 ano Semana de 23 a 27 de março de 2015. Leia o texto a seguir para realizar as lições de Matemática da semana. Os alunos do 3º ano foram

Leia mais

Meu nome é Rosângela Gera. Sou médica e mãe de uma garotinha de sete anos que é cega.

Meu nome é Rosângela Gera. Sou médica e mãe de uma garotinha de sete anos que é cega. Prezado Editor, Meu nome é Rosângela Gera. Sou médica e mãe de uma garotinha de sete anos que é cega. Gostaria de compartilhar com os demais leitores desta revista, minha experiência como mãe, vivenciando

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

UNIFORMES E ASPIRINAS

UNIFORMES E ASPIRINAS SER OU NÃO SER Sujeito desconfiava que estava sendo traído, mas não queria acreditar que pudesse ser verdade. Contratou um detetive para seguir a esposa suspeita. Dias depois, se encontrou com o profissional

Leia mais

Categorias Subcategorias Unidades de registo. Situação. Sai da escola e ia para casa da minha mãe (F1) Experiência de assalto

Categorias Subcategorias Unidades de registo. Situação. Sai da escola e ia para casa da minha mãe (F1) Experiência de assalto Categorias Subcategorias Unidades de registo Experiência de assalto Situação Sai da escola e ia para casa da minha mãe (F1) Estava a ir para a escola (F2) Estava a sair da escola e quando cheguei à porta

Leia mais

João e o pé de feijão ESCOLOVAR

João e o pé de feijão ESCOLOVAR João e o pé de feijão ESCOLOVAR Era uma vez um rapaz chamado João que vivia com a sua mãe numa casa muito modesta. A mãe era desempregada e só tinha uma pequena horta onde cultivava todo o tipo de legumes.

Leia mais

A História dos Três Porquinhos

A História dos Três Porquinhos SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 0 / / 03 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Apoio: Patrocínio: Realização:

Apoio: Patrocínio: Realização: 1 Apoio: Patrocínio: Realização: 2 CINDERELA 3 CINDERELA Cinderela era uma moça muito bonita, boa, inteligente e triste. Os pais tinham morrido e ela morava num castelo. A dona do castelo era uma mulher

Leia mais

Tenho alguma dificuldade em escolher um excerto desta história porque toda ela é

Tenho alguma dificuldade em escolher um excerto desta história porque toda ela é TRABALHO INDIVIDUAL REALIZADO NO ÂMBITO DA AÇÃO DE FORMAÇÃO: LER EM FAMÍLIA: VIAGENS PARTILHADAS (COM A ESCOLA?) LIVRO ESCOLHIDO: OS OVOS MISTERIOSOS ; AUTORAS: LUÍSA DUCLA SOARES/MANUELA BACELAR edições

Leia mais

Índios Legião Urbana Composição: Renato Russo

Índios Legião Urbana Composição: Renato Russo Nome: Nº: Turma: Português 2º ano Índios João J. Mai/09 Índios Legião Urbana Composição: Renato Russo Ter de volta todo o ouro Que entreguei a quem Conseguiu me convencer Que era prova de amizade Se alguém

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADE

RELATÓRIO DE ATIVIDADE RELATÓRIO DE ATIVIDADE A IMPORTÂNCIA DE CADA ALIMENTO Coordenador da atividade: Thaís Canto Cury Integrantes da equipe: Manha: Bianca Domingues, Fernando Peixoto e Juliana Ravelli Tarde: Thaís Cury, Thalita

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL VASCO PRADO Rua Setembrino de Carvalho S/N Uruguaiana -RS

ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL VASCO PRADO Rua Setembrino de Carvalho S/N Uruguaiana -RS ESCOLA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL VASCO PRADO Rua Setembrino de Carvalho S/N Uruguaiana -RS RELATO DE DESENVOLVIMENTO ATIVIDADE DE CULMINANCIA DO PROJETO: ESSE BICHINHO É UMA PAIXÃO Direção: Aline

Leia mais

Texto 2. Julinho, o sapo

Texto 2. Julinho, o sapo Texto 2 Nós vamos ler um texto bem diferente do texto 1. Também tem princesa, sapo, mas o que acontece é difícil de imaginar. Nestes versos você vai encontrar uma pista. Lá no brejo tem um sapo que canta

Leia mais

RECUPERAÇÃO DE IMAGEM

RECUPERAÇÃO DE IMAGEM RECUPERAÇÃO DE IMAGEM Quero que saibam que os dias que se seguiram não foram fáceis para mim. Porém, quando tornei a sair consciente, expus ao professor tudo o que estava acontecendo comigo, e como eu

Leia mais

Gramática e Redação. Exercícios de Revisão I

Gramática e Redação. Exercícios de Revisão I Nome: n o : E nsino: A no: T urma: Data: Prof(a): Fundamental 7 o Gramática e Redação Exercícios de Revisão I Leia com atenção o texto abaixo. Ignácio de Loyola Brandão nasceu em Araraquara, no Estado

Leia mais

Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio. Arca de Noé

Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio. Arca de Noé Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio Rua Tonelero, 56 Copacabana RJ site:www.redesagradorj.com.br / e-mail:cscm@redesagradorj.com.br Arca de Noé Turma: Maternal I A Professora Gisele Data: 1º trimestre/2011

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

Sinopse I. Idosos Institucionalizados

Sinopse I. Idosos Institucionalizados II 1 Indicadores Entrevistados Sinopse I. Idosos Institucionalizados Privação Até agora temos vivido, a partir de agora não sei Inclui médico, enfermeiro, e tudo o que for preciso de higiene somos nós

Leia mais

O NASCIMENTO DE RUNA

O NASCIMENTO DE RUNA Für die Übersetzung ins brasilianische Porugiesisch danken wir herzlich Adriana Dantas Breust. O NASCIMENTO DE RUNA MINHA IRMÃ VEM AO MUNDO Concepção e texto: Uwe Spillmann. Ilustração: Inga Kamieth Este

Leia mais

Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro

Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro Histórias do Velho Testamento 3 a 6 anos Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro O Velho Testamento está cheio de histórias que Deus nos deu, espantosas e verdadeiras.

Leia mais

LEITURA ORIENTADA NA SALA DE AULA

LEITURA ORIENTADA NA SALA DE AULA LEITURA ORIENTADA NA SALA DE AULA UMA AVENTURA NA CIDADE COLEÇÃO UMA AVENTURA ATIVIDADES PROPOSTAS Leitura integral na sala de aula, por capítulos, um ou dois por aula Compreensão da narrativa Distinção

Leia mais

HISTÓRIA DE LINS. - Nossa que cara é essa? Parece que ficou acordada a noite toda? Confessa, ficou no face a noite inteira?

HISTÓRIA DE LINS. - Nossa que cara é essa? Parece que ficou acordada a noite toda? Confessa, ficou no face a noite inteira? HISTÓRIA DE LINS EE PROF.PE. EDUARDO R. de CARVALHO Alunos: Maria Luana Lino da Silva Rafaela Alves de Almeida Estefanny Mayra S. Pereira Agnes K. Bernardes História 1 Unidas Venceremos É a história de

Leia mais

O céu. Aquela semana tinha sido uma trabalheira! www.interaulaclube.com.br

O céu. Aquela semana tinha sido uma trabalheira! www.interaulaclube.com.br A U A UL LA O céu Atenção Aquela semana tinha sido uma trabalheira! Na gráfica em que Júlio ganhava a vida como encadernador, as coisas iam bem e nunca faltava serviço. Ele gostava do trabalho, mas ficava

Leia mais

Patrícia Engel Secco. Ilustrações Bruna Brito

Patrícia Engel Secco. Ilustrações Bruna Brito Patrícia Engel Secco Ilustrações Bruna Brito Priiiiii! Final de jogo! Cinco a zero para o time da Fazenda Boa Forma! gritou o juiz, apontando para o meio do gramado. Viva! gritaram as crianças do time

Leia mais

Draguim, Badão e companhia - Guia de leitura - Livro 1 Dragões, Duendes e Outros Bichos

Draguim, Badão e companhia - Guia de leitura - Livro 1 Dragões, Duendes e Outros Bichos Draguim, Badão e companhia - Guia de leitura - Livro 1 Dragões, Duendes e Outros Bichos Apresentação da obra Sempre me disseram que os dragões eram todos maus e que devíamos fugir deles a sete pés. Mas,

Leia mais

SOBRE ESTE LIVRO > SIGAM AS PISTAS...

SOBRE ESTE LIVRO > SIGAM AS PISTAS... As pistas e propostas de trabalho que se seguem são apenas isso mesmo: propostas e pistas, pontos de partida, sugestões, pontapés de saída... Não são lições nem fichas de trabalho, não procuram respostas

Leia mais

Ato Único (peça em um ato)

Ato Único (peça em um ato) A to Ú nico Gil V icente Tavares 1 Ato Único (peça em um ato) de Gil Vicente Tavares Salvador, 18 de agosto de 1997 A to Ú nico Gil V icente Tavares 2 Personagens: Mulher A Mulher B Minha loucura, outros

Leia mais

Aquecimento inespecífico: Os participantes devem andar pela sala não deixando nenhum espaço vazio, andando cada um no seu ritmo.

Aquecimento inespecífico: Os participantes devem andar pela sala não deixando nenhum espaço vazio, andando cada um no seu ritmo. DINÂMICA DO ESPELHO Embrulha o espelho com papel de presente, mas dentro o espelho deve ser embrulhado com outro papel e colado a seguinte frase: Há pessoas que querem ser bonitas pra chamar a atenção,

Leia mais

Atelier Férias Escolares (1º período) Palácio Nacional da Ajuda 18 a 31 dezembro 2015

Atelier Férias Escolares (1º período) Palácio Nacional da Ajuda 18 a 31 dezembro 2015 Atelier Férias Escolares (1º período) Palácio Nacional da Ajuda 18 a 31 dezembro 2015 Colares, medalhas e condecorações Atelier de criação de joias Uma manhã recheada de pedras preciosas, ouros e veludos

Leia mais

Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha. Ensino Fundamental

Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha. Ensino Fundamental Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha Ensino Fundamental Turma: PROJETO INTERPRETA AÇÂO (INTERPRETAÇÃO) Nome do (a) Aluno (a): Professor (a): DISCIPLINA:

Leia mais

Ejemplos de ítems y tareas

Ejemplos de ítems y tareas Ejemplos de ítems y tareas Tipo de Item: Emparejamiento Componente: Comprensión Lectora Você vai conhecer Mariana e seus amigos. Leia a informação de cada um deles e coloque ao lado do nome o número da

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais