PROGRAMA DE FOMENTO À PESQUISA / IMED EDITAL DE PESQUISA/IC IMED

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROGRAMA DE FOMENTO À PESQUISA / IMED EDITAL DE PESQUISA/IC IMED - 2014"

Transcrição

1 EDITAL 001/2014 PROGRAMA DE FOMENTO À PESQUISA / IMED EDITAL DE PESQUISA/IC IMED PROCESSO SELETIVO DE PROJETOS DE PESQUISA E PROJETOS DE EXTENSÃO A Faculdade Meridional / IMED, integrante do sistema Federal de Ensino do Ministério da Educação e mantida pelo Complexo de Ensino Superior Meridi onal, recredenciada pela Portaria MEC nº 524, publicada no DOU de 10/05/2012, através de sua Direção Acadêmica e de sua Coordenação do Departamento de Pesquisa e Extensão, informa que estarão abertas, no período de 02 de janeiro a 05 de março de 2014, as inscrições para a proposição e seleção de Projetos de Pesquisa, conforme as diretrizes abaixo estabelecidas. 1. Do Objetivo do Edital A Faculdade Meridional / IMED financiará através deste edital 3 (três) grupos de pesquisadores com uma carga horária de 8 (oito) horas aula semanais para cada grupo. As escolas aptas a participarem desta etapa seletiva são: Arquitetura e Urbanismo, Psicologia e Sistemas de Informação. As oito horas aula semanais deverão ser distribuídas da seguinte forma: (i) Os projetos de pesquisa deverão estar vinculados a uma equipe de trabalho, em que a proposição do grupo se dará por meio de um único Projeto Geral. O Projeto Geral deverá prever a distribuição das 8 (oito) horas aula da seguinte forma: 6 (seis) horas aula semanais para o Coordenador Geral e 2 (duas) horas aula semanais para o Coordenador do Projeto de Extensão; (ii) Os grupos serão financiados até o limite de 8 (oito) horas aula semanais, que deverão estar distribuídas, necessariamente, em um Projeto Geral, conforme opções acima, não podendo haver sob hipótese alguma concentração da carga horária, distribuição diversa ou ajuste de qualquer natureza;

2 (iii) Os projetos deverão ser apresentados, necessariamente, no formato de um grupo de trabalho, pois não serão aceitos protocolos de Projetos de Extensão sem vínculo com um Projeto de Pesquisa; (iv) Cada grupo poderá apresentar apenas 1 (uma) proposta de Projeto de Pesquisa, contemplando o Projeto de Extensão; (v) Será aprovado apenas 01 (um) Projeto de Pesquisa por escola. 2. Do Coordenador, Equipe e Responsabilidades O Edital de Pesquisa/IC 2014 da Faculdade Meridional / IMED preconizará a organização das atividades de pesquisa e extensão em grupos de pesquisadores, que deverão estar constituídos conforme as diretrizes abaixo: a) A Coordenação Geral do Projeto de Pesquisa será remunerada em 6 (seis) horas aula semanais e terá a responsabilidade de escolher o membro da equipe, propor o Projeto de Pesquisa, o Projeto de Extensão, garantir os resultados propostos no projeto e apresentar o relatório final; b) A Coordenação Geral do Projeto deverá estar, obrigatoriamente, sob a responsabilidade de um professor com título de doutor (reconhecido no Brasil), com pelo menos 1 (uma) publicação anual pontuada na seção A ou B do Anexo I, considerando os três últimos anos (2011, 2012 e 2013). Para a Escola de Sistemas de Informação, será excepcionalmente aceito como Coordenador Geral do Projeto, professor com titulação de mestre, atendendo o mesmo critério de pontuação apresentado acima; c) A Coordenação do Projeto de Extensão será remunerada em 2 (duas) horas aula semanais, estando vinculada à Coordenação Geral do Projeto e terá a responsabilidade de propor conjuntamente o seu projeto, conduzir as atividades do mesmo e garantir os resultados propostos; d) A Coordenação do Projeto de Extensão deverá estar, obrigatoriamente, sob a responsabilidade de um professor com título mínimo de mestre, com pelo menos 1 (uma) publicação anual pontuada na seção A ou B do Anexo I, considerando os três últimos anos (2011, 2012 e 2013); e) O Projeto de Pesquisa deverá ter, necessariamente, a participação de dois professores da Faculdade Meridional / IMED, não podendo haver acúmulo de coordenação;

3 f) Projetos de Pesquisa em caráter de Renovação terão prioridade de serem renovados, sendo, para tanto, obrigatório o cumprimento dos pré-requisitos estabelecidos no Edital de Pesquisa 004/2012, referente ao item 6 (Dos Compromissos dos Pesquisadores e dos Produtos Finais). 3. Das Linhas de Pesquisa A Faculdade Meridional / IMED financiará 3 (três) projetos de pesquisa no total, com vínculo temático às seguintes linhas de pesquisa: (i) Escola de Arquitetura de Urbanismo - Concepção e análise de projetos em arquitetura e urbanismo; - Inovação e/ou sustentabilidade em projeto, gestão, sistemas e materiais construtivos. (ii) Escola de Psicologia - Avaliação psicológica, construção e validação de instrumentos; - Processos e intervenções psicológicas em diferentes contextos clínicos. (iii) Escola de Sistemas de Informação - Empreendedorismo e inovação na geração de novos negócios; - Sistemas de suporte ao conhecimento e processos de gestão. 4. Da Forma de Proposição dos Projetos Os proponentes deverão protocolar os projetos na Secretaria do Departamento de Pesquisa e Extensão da Faculdade Meridional / IMED até o dia 05 de março de 2014, em cópia impressa, conforme Formulário do Anexo II do presente edital, observando-se as diretrizes abaixo elencadas: a) O Projeto de Pesquisa deverá ser elaborado conforme o modelo apresentado no Anexo II; b) As propostas que envolvam aspectos legais, como aquelas relacionadas à biossegurança, bioética ou a questões ambientais, deverão indicar as normas e regulamentos com as quais o resultado do projeto deve manter concordância, bem como plano das atividades para adequar o resultado do projeto às normas e regulamentos; c) Projetos de Pesquisa envolvendo coleta de dados de seres humanos deverão anexar o parecer consubstanciado de aprovação do CEP;

4 d) As propostas passíveis de vigilância sanitária deverão apresentar cronograma de adequação à legislação sanitária vigente; e) Os Projetos de Pesquisa em caráter de Renovação deverão apresentar cópia das entregas estabelecidas no Edital de Pesquisa 004/2012, referente ao item 6 (Dos Compromissos dos Pesquisadores e dos Produtos Finais); 5. Dos Critérios de Seleção Os projetos protocolados serão examinados e avaliados pelo Comitê Institucional de Avaliação de Projetos de Pesquisa e Extensão CIAPEX, a partir das seguintes fases: a) Requisitos Básicos do Projeto - Os projetos serão distribuídos aos relatores membros do CIAPEX, que encaminharão à reunião ordinária de Avaliação dos Projetos do CIAPEX. Os relatores deverão emitir parecer contendo observações sobre os critérios de clareza, objetividade e pertinência, relação com as linhas de pesquisa, parceria com outras instituições e grau de relevância do projeto para a sociedade, atribuindo um conceito final de 0 a 10, conforme tabela abaixo. Critérios para avaliação do Projeto Peso Conceito Clareza, objetividade e pertinência 4 Relação com as linhas de pesquisa 2 Parceria com outras IES 2 Grau de relevância do projeto para a sociedade 2 Total 10 b) Critérios para aprovação dos Projetos de Pesquisa Na hipótese de proposição de um número maior de projetos do que a carga horária disponibilizada pela Faculdade Meridional / IMED, os projetos que ultrapassarem a fase de avaliação dos requisitos básicos serão submetidos para análise pela Coordenação do Departamento de Pesquisa e Extensão, com auxílio da Secretaria do Departamento de Pesquisa e Extensão, quanto à análise da experiência do Coordenador Geral do Projeto em gestão de Projetos de Pesquisa, a qualidade e quantidade da sua produção científica, sua capacidade de captação de recursos e de orientação de bolsistas de iniciação científica (conforme Currículo Lattes e

5 informações adicionais apresentadas pelos coordenadores) conforme o Anexo I do presente edital, para posterior envio ao CIAPEX; c) O CIAPEX homologará a classificação final dos projetos, autorizando o máximo de 3 (três) projetos, considerando o item 1 (Do objetivo do edital) deste edital; 6. Dos Compromissos dos Pesquisadores e dos Produtos Finais Os pesquisadores envolvidos nos projetos autorizados terão como compromissos no decorrer do ano de 2014, decorrentes dos projetos pelos quais serão responsáveis: a) Definir turno e horário das atividades para o Departamento de Pesquisa e Extensão, cumprindo a carga horária semanal de atividades; b) Participar da VIII Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e VII Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED, por meio de: (i) Publicação de trabalho; (ii) Avaliação de trabalhos. c) Enviar uma proposta de captação de fomento externo (governamental ou não governamental), no ano de 2014, vinculada a linha de pesquisa do projeto submetido neste edital; d) Citar a Faculdade Meridional / IMED em textos publicados ou trabalhos apresentados em eventos e congressos; e) Dar publicidade do seu trabalho com a participação dos dois professores envolvidos no projeto, através de: (i) 1 (uma) publicação em periódico avaliado com Critério QUALIS A pela Capes OU 2 (duas) publicações em periódicos avaliados com Critério QUALIS B pela Capes, com comprovante de envio até 31 de dezembro de 2014; (ii) 1 (uma) publicação POR aluno bolsista vinculado ao projeto nos Anais da VIII Mostra de Iniciação Científica e Extensão Comunitária e VII Mostra de Pesquisa de Pós-Graduação IMED; (iii) 2 (duas) publicações em Anais de evento científico de caráter regional, nacional ou internacional, durante o ano de f) Apresentar o relatório final conforme modelo em anexo (Anexo III), até 25 de fevereiro de 2015.

6 Os professores vinculados ao grupo de pesquisa que não cumprirem todas as responsabilidades relativas ao item 2 (Do Coordenador, Equipe e Responsabilidades) e ao item 6 (Dos Compromissos dos Pesquisadores e dos Produtos Finais) do presente edital não poderão participar do Programa de Pesquisa da Faculdade Meridional / IMED em Dos Bolsistas Os projetos aprovados pelo CIAPEX poderão concorrer a bolsas de Iniciação Científica e/ou Iniciação Tecnológica, alocadas através dos programas PIC/IMED, PITI/IMED, CNPq e FAPERGS, por meio de edital. 8. Da Vigência e dos Prazos A vigência dos projetos autorizados e a carga horária relativa a cada pesquisador terá início em 15 março de 2014 e término em 28 de fevereiro de O relatório final deverá ser protocolado na Secretaria do Departamento de Pesquisa e Extensão da Faculdade Meridional / IMED até o dia 25 de fevereiro de Das Disposições Finais a) O não cumprimento das normas presentes neste edital invalida a solicitação de inscrição; b) Informações adicionais poderão ser obtidas junto à Coordenação do Departamento de Pesquisa e Extensão; c) Os casos omissos serão resolvidos pela Coordenação do Departamento de Pesquisa e Extensão. Passo Fundo, 02 de janeiro de Profa. Dra. Daiane Folle Direção Acadêmica Profa. Dra. Paula Wiethölter Coordenação do Departamento de Pesquisa e Extensão

7 ANEXO I QUADRO DE PONTUAÇÃO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA DE: Prof. Dr. CÓDIGO A1 A2 B1 B2 B3 B4 B5 SRQ RP LIV TITULAÇÃO PRODUÇÃO CIENTÍFICA SEÇÃO A - PRODUÇÃO EM ARTIGOS E LIVROS TOTAL DA SEÇÃO: 0 SEÇÃO/ITEM PONTOS SOMA Artigos completos publicados em periódico com Qualis A Artigos completos publicados em periódico com Qualis A Artigos completos publicados em periódico com Qualis B Artigos completos publicados em periódico com Qualis B Artigos completos publicados em periódico com Qualis B Artigos completos publicados em periódico com Qualis B Artigos completos publicados em periódico com Qualis B5 6 0 Artigos completos publicados em periódico com corpo editorial e com ISSN - Sem Referência no Qualis 2 0 Resumos publicados em periódico com corpo editorial com Qualis de A1 a B3 (máximo dois resumos por periódico) 2 0 Livros com ISBN que caracterizem produção científica 35 0

8 REED Reedições com revisão ampliada de livros com ISBN e que caracterizem produção científica 12 0 Capítulos de livros com ISBN e que CAP caracterizem produção científica (máximo dois capítulos por livro) 12 0 DID Livros didáticos, com ISBN 12 0 ORG Organização/edição de livro com ISBN que caracterize produção científica 6 0 PAT Produtos tecnológicos, processos ou técnicas com patente 35 0 SOFT Softwares com registro resultantes de projeto de pesquisa 12 0 Projetos de pesquisa apoiados financeiramente com recursos externos. Valor do apoio financeiro destinado a IMED: PROJ4 acima de R$ , PROJ3 de R$ ,01 até R$ , PROJ2 de R$ ,01 até R$ , PROJ1 até R$ , SEÇÃO B - PUBLICAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS TOTAL DA SEÇÃO: 0 ECI ECN ECO SEÇÃO/ITEM PONTOS SOMA Trabalhos completos publicados em anais de eventos internacionais promovidos por instituições científicas e/ou acadêmicas 12 0 Trabalhos completos publicados em anais de eventos nacionais promovidos por instituições científicas e/ou acadêmicas 8 0 Trabalhos completos publicados em anais de outros eventos científicos (máximo dois por evento) 6 0 SEÇÃO C - ORIENTAÇÕES CONCLUÍDAS TOTAL DA SEÇÃO: 0

9 SEÇÃO/ITEM PONTOS SOMA OD Tese de doutorado 10 0 OM Dissertação de mestrado 6 0 COD Co-orientação de doutorado 3 0 COM Co-orientação de mestrado 2 0 OLS OBIC ODTI BD BM BE BEIMED Monografia de lato sensu (máximo dois por ano) 2 0 Iniciação científica (programas institucionalizados) PIC IMED (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica), CNPq, FAPERGS e outras agências 3 0 Bolsas DTI do CNPQ, FINEP ou outras agências de fomento 3 0 Participação em bancas de trabalho de conclusão (doutorado ou exame de qualificação de doutorado) em outras IES 3 0 Participação em bancas de trabalho de conclusão (mestrado ou qualificação de mestrado) em outras IES 2 0 Participação em bancas de trabalho de conclusão (especialização) em outras IES 1 0 Participação em bancas de trabalho de conclusão (especialização) na IMED 2 0 TOTAL GLOBAL: 0

10 ANEXO II Formulário de Projeto de Pesquisa Institucional ATENÇÃO: Conforme determinado no Edital, o projeto deverá seguir a estrutura deste modelo. É fortemente recomendado que o projeto não tenha mais do que 10 páginas. Neste modelo, o que está em itálico deve ser substituído pelo texto do seu projeto. Este quadro deve ser retirado do arquivo final do seu projeto. 1. Dados Gerais do Projeto e dos Proponentes Título do Projeto Escola Pesquisador I - Coordenador Geral do Projeto Pesquisador II Coordenador do Projeto de Extensão Instituições Parceiras (nome e sigla) Palavras-chave (citar até 3) Projeto Inédito Especificações Pedido de Renovação de Projeto OBS: O Projeto de Pesquisa deverá ter um cronograma de trabalho para 12 meses, podendo ser renovado para o próximo ano mediante disputa de novo edital.

11 2. Área do Projeto (De acordo com o CNPq - a) Grande área b) Subárea 3. Linha de Pesquisa (Assinale a linha de pesquisa na qual está inserido o Projeto) Escola de Arquitetura de Urbanismo Concepção e análise de projetos em arquitetura e urbanismo Inovação e/ou sustentabilidade em projeto, gestão, sistemas e materiais construtivos Escola de Psicologia Avaliação psicológica, construção e validação de instrumentos Processos e intervenções psicológicas em diferentes contextos clínicos Escola de Sistemas de Informação Empreendedorismo e inovação na geração de novos negócios Sistemas de suporte ao conhecimento e processos de gestão 4. Auxílio Financeiro Externo (se houver) Detalhar eventuais apoios externos existentes ou que venham a ser implementados no período de realização do projeto. 5. Descrição do Projeto a) Resumo Sucinto, de forma a permitir uma visão global justificativa, localização, objetivos e metodologia (até 250 palavras). b) Justificativa Descrever a situação que originou o projeto; suas bases teóricas preliminares; explicitar as formas como a participação no projeto potencializará a formação acadêmico-científica dos pesquisadores e alunos envolvidos; explicitar a relevância do projeto; outros dados que julgar relevantes; para os projetos que já vinham

12 sendo desenvolvidos no ano anterior, apresentar os principais resultados já alcançados e a justificativa da necessidade de sua continuidade. c) Objetivos Explicitar os objetivos que a proposta do projeto pretende alcançar, dividindo-os em objetivos geral e específicos. - Geral - Específicos d) Revisão de literatura Escrever a fundamentação teórica preliminar que será adotada para tratar o tema e o problema de pesquisa. e) Metodologia Descrever claramente os procedimentos, materiais, métodos e técnicas a serem adotados para a execução do projeto. f) Difusão do conhecimento gerado Explicitar as estratégias de divulgação dos resultados da pesquisa, listando obrigatoriamente as produções técnico-científicas resultantes. g) Cronograma de execução Apresentar em forma de tabela a distribuição das atividades do projeto, bem como os respectivos prazos previstos para sua execução (12 meses). Duração do Projeto (12 meses) Atividades M A M J J A S O N D J F h) Gestão do projeto

13 Caso haja parcerias, descrever o papel e a contribuição de cada instituição, inclusive os mecanismos de articulação e acompanhamento a serem utilizados para execução do projeto. 6. Orçamento Referência Valor Total (O orçamento é informativo. A IMED somente financiará as horas dos pesquisadores conforme o edital). 7. Requisitos legais e regulamentares Para as propostas que envolvam aspectos legais, como aqueles relacionados à biosegurança, bioética ou a questões ambientais, indicar: - as normas e regulamentos com as quais o resultado do projeto deve manter concordância; - o plano das atividades para adequar o resultado do projeto às normas e regulamentos, citando as instituições responsáveis pelo processo de certificação; - anexar o Parecer Consubstanciado com a aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa (CEP), quando aplicável. As propostas envolvendo, direta ou indiretamente, a saúde e o bem-estar de seres humanos e/ou animais, devem necessariamente ser submetidos a Comitês de Ética em pesquisa. Propostas passíveis de vigilância sanitária devem apresentar cronograma de adequação à legislação sanitária vigente. 8. Referências Bibliográficas 9. Anexos

14 ANEXO III Modelo de Relatório de Projeto de Pesquisa INFORMAÇÕES GERAIS O relatório deve ser apresentado com redação científica e de acordo às normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT. O relatório, de forma alguma, deve ser um mero relatório de atividades desenvolvidas, devendo apresentar discussões e interpretações dos resultados alcançados, tomando como base a metodologia empregada e o referencial teórico utilizado. A redação do texto deve ser técnico-científico.

15 FACULDADE MERIDIONAL - IMED DEPARTAMENTO DE PESQUISA E EXTENSÃO PROGRAMA DE FOMENTO À PESQUISA / IMED RELATÓRIO FINAL TÍTULO DO PROJETO DE PESQUISA EDITAL... Coordenador Geral do Projeto de Pesquisa: Coordenador do Projeto de Extensão: Passo Fundo,...

16 1. Resumo (no máximo 250 palavras) 2. Introdução Incluir um breve histórico sobre o tema de estudo. Apresentar de forma clara o objeto de estudo, fornecendo uma visão geral da pesquisa realizada. Descrever de forma clara e concisa os objetivos propostos. 3. Materiais e Métodos (ou Procedimentos Metodológicos) Especificar os materiais utilizados e apresentar os métodos adotados. 4. Resultados Descrever os resultados obtidos. 5. Discussão Discutir os resultados finais da pesquisa. Obs.: Os itens 4 e 5 podem ser realizados conjuntamente (Resultados e Discussão). 6. Conclusões Apresentar as conclusões da pesquisa. 7. Referências Listar as referências citadas no texto, conforme a norma da ABNT. 8. Publicações Listar as publicações geradas durante o período de concessão da bolsa, referentes às pesquisas decorrentes das atividades como bolsista. 9. Docentes e alunos que participaram do projeto (voluntários e bolsistas) Listar os nomes dos docentes e alunos que participaram do projeto de pesquisa e em que período.

17 10. Responsáveis: Local, Data: Assinatura do Coordenador Geral do Projeto Assinatura do Coordenador do Projeto de Extensão

CHAMADA INSTITUCIONALIZAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA VINCULADOS AOS PROGRAMAS DE MESTRADO / IMED

CHAMADA INSTITUCIONALIZAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA VINCULADOS AOS PROGRAMAS DE MESTRADO / IMED Passo Fundo, 09 de janeiro de 2014. Circular nº 001/2014 Direção Acadêmica Estabelece o regulamento para a Institucionalização de Projetos de Pesquisa vinculados aos Programas de Mestrado da IMED para

Leia mais

EDITAL Nº 002 DE 17 DE DEZEMBRO DE 2010 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

EDITAL Nº 002 DE 17 DE DEZEMBRO DE 2010 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLÓGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS CONGONHAS DIRETORIA DE PESQUISA, INOVAÇÃO, PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

EDITAL Nº 13/2015 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA O ENSINO MÉDIO (PIBIC-EM)

EDITAL Nº 13/2015 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA O ENSINO MÉDIO (PIBIC-EM) EDITAL Nº 13/2015 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA O ENSINO MÉDIO (PIBIC-EM) A Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação da Universidade Federal

Leia mais

EDITAL Nº 20 de 27 de novembro de 2015

EDITAL Nº 20 de 27 de novembro de 2015 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIO PARA O ENSINO MÉDIO/CNPQ CÂMPUS DE

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSA PNPD-CAPES

EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSA PNPD-CAPES UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DOUTORADO SOCIEDADE, NATUREZA E DESENVOLVIMENTO EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSA

Leia mais

EDITAL PPGD/IMED nº 016/2014 de 13 de Junho de 2014

EDITAL PPGD/IMED nº 016/2014 de 13 de Junho de 2014 EDITAL PPGD/IMED nº 016/2014 de 13 de Junho de 2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE DISCENTES BENEFICIÁRIOS DE BOLSAS E DE AUXÍLIOS PARA PAGAMENTO DE TAXAS CAPES - PROSUP DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE EDUCAÇÃO E HUMANIDADES FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE EDUCAÇÃO E HUMANIDADES FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE EDUCAÇÃO E HUMANIDADES FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO EDITAL PARA CONCESSÃO/RENOVAÇÃO DE BOLSAS 2016 A Faculdade de Educação

Leia mais

EDITAL Nº 001/2016/PR-PPGI/IFAM, DE 28 DE MARÇO DE 2016 PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E DE INOVAÇÃO TECNOLOGICA - PADCIT.

EDITAL Nº 001/2016/PR-PPGI/IFAM, DE 28 DE MARÇO DE 2016 PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E DE INOVAÇÃO TECNOLOGICA - PADCIT. EDITAL Nº 001/2016/PR-PPGI/IFAM, DE 28 DE MARÇO DE 2016 PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E DE INOVAÇÃO TECNOLOGICA - PADCIT. A PRO-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO - PR-PPGI,

Leia mais

EDITAL 02/2014 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC-EM-CNPQ/UFU

EDITAL 02/2014 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC-EM-CNPQ/UFU EDITAL 02/2014 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC-EM-CNPQ/UFU A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROPP da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) torna público o presente edital para inscrição

Leia mais

Mestrandos no Exterior

Mestrandos no Exterior 1 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ - UEM ESCRITÓRIO DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL - ECI COMISSÃO PERMANENTE DE INTERNACIONALIZAÇÃO - CPInter PROGRAMA DE MOBILIDADE INTERNACIONAL Mestrandos no Exterior EDITAL

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DA PÓS-GRADUAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS

REGULAMENTO GERAL DA PÓS-GRADUAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS REGULAMENTO GERAL DA PÓS-GRADUAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS E DAS FINALIDADES Art. 1º. A pós-graduação do Instituto

Leia mais

CRITÉRIOS DE CONCESSÃO/RENOVAÇÃO DE BOLSAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM FUNDAMENTAL

CRITÉRIOS DE CONCESSÃO/RENOVAÇÃO DE BOLSAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM FUNDAMENTAL CRITÉRIOS DE CONCESSÃO/RENOVAÇÃO DE BOLSAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM FUNDAMENTAL Há três modalidades de bolsas de estudo no Mestrado (ME) e Doutorado (DO): 1) Bolsas do CNPq (www.cnpq.gov.br)

Leia mais

EDITAL PROEXT Nº 05, DE 27 DE MAIO DE 2013.

EDITAL PROEXT Nº 05, DE 27 DE MAIO DE 2013. EDITAL PROEXT Nº 05, DE 27 DE MAIO DE 2013. Seleção de Projetos ou Programas para concessão de bolsas do Programa de Bolsa de Extensão da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (PROBEXT-UFCSPA)

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS VITÓRIA Avenida Vitória, 1729 Jucutuquara 29040-780 Vitória ES 27 3331-2110

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS VITÓRIA Avenida Vitória, 1729 Jucutuquara 29040-780 Vitória ES 27 3331-2110 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS VITÓRIA Avenida Vitória, 1729 Jucutuquara 29040-780 Vitória ES 27 3331-2110 DIREÇÃO GERAL DO IFES CAMPUS VITÓRIA IFES DIRETORIA DE PESQUISA

Leia mais

Universidade de São Paulo Escola de Engenharia de São Carlos. Regulamento do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica

Universidade de São Paulo Escola de Engenharia de São Carlos. Regulamento do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica Universidade de São Paulo Escola de Engenharia de São Carlos Regulamento do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica I - COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA DE PROGRAMA (CCP) A CCP terá como membros

Leia mais

Resolução 089/Reitoria/Univates Lajeado, 26 de julho de 2012

Resolução 089/Reitoria/Univates Lajeado, 26 de julho de 2012 Resolução 089/Reitoria/Univates Lajeado, 26 de julho de 2012 Aprova o Edital Propex 01/2012 Pesquisa para pesquisadores dos Programas de Pós-Graduação em implantação O Reitor do Centro Universitário UNIVATES,

Leia mais

EDITAL N.º 016/2016 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSANTES NO CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO MODALIDADE LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO EM AGRONEGÓCIO

EDITAL N.º 016/2016 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSANTES NO CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO MODALIDADE LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO EM AGRONEGÓCIO PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSANTES NO CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO MODALIDADE LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO EM AGRONEGÓCIO O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA, no uso de suas atribuições legais e estatutárias,

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: ENSINO MÉDIO DA USC PIBIC/EM 2015/2016

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: ENSINO MÉDIO DA USC PIBIC/EM 2015/2016 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: ENSINO MÉDIO DA USC PIBIC/EM 2015/2016 A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade do Sagrado Coração torna público o presente Edital de abertura de inscrições,

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO Campus Campinas

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO Campus Campinas PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO Campus Campinas EDITAL N O 12, DE 23 DE ABRIL DE 2015 O Diretor Geral do Campus Campinas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO-BRASILEIRA (UNILAB)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO-BRASILEIRA (UNILAB) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO-BRASILEIRA (UNILAB) Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC Edital PROPPG 01/2013 Seleção de Projetos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ UFOPA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ UFOPA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ UFOPA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais da Amazônia - PPGRNA EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSA

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO A PROJETOS DE PESQUISA 2015.2

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO A PROJETOS DE PESQUISA 2015.2 EDITAL DE CONVOCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO A PROJETOS DE PESQUISA 2015.2 A Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão Comunitária da Universidade Salvador UNIFACS torna público e convoca

Leia mais

EDITAL UCB 001/2012 Propostas de Pesquisas

EDITAL UCB 001/2012 Propostas de Pesquisas Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa Diretoria de Programa de Pesquisa EDITAL UCB 001/2012 Propostas de Pesquisas A Universidade Católica de Brasília - UCB, por intermédio do Presidente do Conselho

Leia mais

NORMAS INTERNAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC - UFABC

NORMAS INTERNAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC - UFABC NORMAS INTERNAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC - UFABC O Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Ciências Humanas e Sociais, cursos de Mestrado

Leia mais

Edital n o 79/2013 ANEXO III PROJETO DE PESQUISA AVALIAÇÃO

Edital n o 79/2013 ANEXO III PROJETO DE PESQUISA AVALIAÇÃO Edital n o 79/2013 ANEXO III PROJETO DE PESQUISA AVALIAÇÃO Qualidade do Projeto / Mérito Item Máximo Objetivo e Objetivos Específicos do Projeto 10 Justificativa 10 Clareza da Proposta 10 Coerência e Relevância

Leia mais

Edital Nº 04/2015 DEPE DISPÕE SOBRE A SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA APOIO A PROJETOS DE PESQUISA NA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE SOBRAL.

Edital Nº 04/2015 DEPE DISPÕE SOBRE A SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA APOIO A PROJETOS DE PESQUISA NA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE SOBRAL. Edital Nº 04/2015 DEPE DISPÕE SOBRE A SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA APOIO A PROJETOS DE PESQUISA NA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE SOBRAL. Período 2015/2016 O Diretor da Santa Casa de Misericórdia de Sobral,

Leia mais

EDITAL DE APOIO À EDITORAÇÃO E PUBLICAÇÃO DE PERIÓDICOS CIENTÍFICOS - 2016

EDITAL DE APOIO À EDITORAÇÃO E PUBLICAÇÃO DE PERIÓDICOS CIENTÍFICOS - 2016 EDITAL DE APOIO À EDITORAÇÃO E PUBLICAÇÃO DE PERIÓDICOS CIENTÍFICOS - 2016 A Universidade Federal do Paraná (UFPR), por intermédio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG), torna público o presente

Leia mais

Edital N o. 11/2014 Seleção de Bolsista para o Programa Nacional de Pós-Doutorado / CAPES PNPD/CAPES

Edital N o. 11/2014 Seleção de Bolsista para o Programa Nacional de Pós-Doutorado / CAPES PNPD/CAPES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO- BRASILEIRA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DO MESTRADO ACADÊMICO EM SOCIOBIODIVERSIDADE E TECNOLOGIAS

Leia mais

Edital Pronametro nº 1/2014

Edital Pronametro nº 1/2014 Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA NORMALIZAÇÃO, QUALIDADE E TECNOLOGIA - INMETRO Edital Pronametro nº 1/2014 Programa

Leia mais

NORMAS ESPECÍFICAS DA COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA (CCP) DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA DA ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS EESC

NORMAS ESPECÍFICAS DA COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA (CCP) DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA DA ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS EESC NORMAS ESPECÍFICAS DA COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA (CCP) DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA DA ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS EESC I - COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA DE PROGRAMA (CCP)

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande Instituto de Oceanografia Programa de Pós Graduação em Oceanografia Física, Química e Geológica

Universidade Federal do Rio Grande Instituto de Oceanografia Programa de Pós Graduação em Oceanografia Física, Química e Geológica Universidade Federal do Rio Grande Instituto de Oceanografia Programa de Pós Graduação em Oceanografia Física, Química e Geológica O Programa de Pós-Graduação em Oceanografia Física, Química e Geológica

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO (PROEPI) EDITAL Nº 22/2012

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO (PROEPI) EDITAL Nº 22/2012 PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO (PROEPI) EDITAL Nº 22/2012 A Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação (PROEPI) do Instituto Federal do Paraná, por meio da Diretoria de Pesquisa (DIPE)

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015-PPGSE PROCESSO SELETIVO PARA CREDENCIAMENTO DOCENTE NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE ENERGIA. I - Disposições Iniciais

EDITAL Nº 01/2015-PPGSE PROCESSO SELETIVO PARA CREDENCIAMENTO DOCENTE NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE ENERGIA. I - Disposições Iniciais Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Pós-Graduação em Sistemas de Energia (PPGSE)

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO. EDITAL DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO TECNOLÓGICA E INOVAÇÃO PIBITI/CNPq-UERGS 2011/2012

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO. EDITAL DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO TECNOLÓGICA E INOVAÇÃO PIBITI/CNPq-UERGS 2011/2012 PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO TECNOLÓGICA E INOVAÇÃO PIBITI/CNPq-UERGS 2011/2012 EDITAL PROPPG 005/2011 O Reitor da UNIVERSIDADE ESTADUAL

Leia mais

REGIMENTO DA GERÊNCIA DE PROJETOS E RESPONSABILIDADE SOCIAL

REGIMENTO DA GERÊNCIA DE PROJETOS E RESPONSABILIDADE SOCIAL APROVADA na 15ª reunião do Conselho Superior realizada em 12/04/2004 REGIMENTO DA GERÊNCIA DE PROJETOS E RESPONSABILIDADE SOCIAL Art. 1º - O presente texto institucionaliza e regulamenta as atividades

Leia mais

Edital de Seleção para Bolsista do Programa PNPD/CAPES

Edital de Seleção para Bolsista do Programa PNPD/CAPES UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA SOCIAL, DO TRABALHO E DAS ORGANIZAÇÕES (PPG-PSTO) EDITAL Nº 03/2013 Edital de Seleção para Bolsista do Programa PNPD/CAPES 1 PREÂMBULO 1.1

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS - CCSA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CONTABILIDADE PPGC EDITAL Nº 017/2015-PPGC

CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS - CCSA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CONTABILIDADE PPGC EDITAL Nº 017/2015-PPGC CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS - CCSA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CONTABILIDADE PPGC EDITAL Nº 017/2015-PPGC 1 PREAMBULO Estabelece as normas para o processo seletivo de alunos regulares no Programa

Leia mais

EDITAL Nº 05 DE 12 DE SETEMBRO DE 2014

EDITAL Nº 05 DE 12 DE SETEMBRO DE 2014 EDITAL Nº 05 DE 12 DE SETEMBRO DE 2014 SELEÇÃO SIMPLIFICADA PARA CONCESSÃO DE APOIO FINANCEIRO DO NOVO PROGRAMA DE FORMAÇÃO DOUTORAL DOCENTE PRODOUTORAL. PROGRAMA GERENCIADO PELA CAPES EM CONJUNTO COM

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NO ENSINO MÉDIO (PIBIC-EM/CNPq) EDITAL Nº 005/2015 PROPPG, de 17 de março de 2015

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NO ENSINO MÉDIO (PIBIC-EM/CNPq) EDITAL Nº 005/2015 PROPPG, de 17 de março de 2015 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NO ENSINO MÉDIO (PIBIC-EM/CNPq) EDITAL Nº 005/2015 PROPPG, de 17 de março de 2015 A Reitoria do, por meio da (PROPPG/IFG), torna público o processo

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA 03/2016 BOLSAS DE FORMAÇÃO DE MESTRADO E DOUTORADO

CHAMADA PÚBLICA 03/2016 BOLSAS DE FORMAÇÃO DE MESTRADO E DOUTORADO CHAMADA PÚBLICA 03/2016 BOLSAS DE FORMAÇÃO DE MESTRADO E DOUTORADO A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás - FAPEG, conforme decisão de seu Conselho Superior torna público o lançamento do presente

Leia mais

PROGRAMA PROATC INCENTIVO À APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS EM EVENTOS CIENTÍFICOS, TECNOLÓGICOS E ARTÍSTICO-CULTURAIS

PROGRAMA PROATC INCENTIVO À APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS EM EVENTOS CIENTÍFICOS, TECNOLÓGICOS E ARTÍSTICO-CULTURAIS EDITAL INTERNO Nº 06/2015 PROGRAMA PROATC INCENTIVO À APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS EM EVENTOS CIENTÍFICOS, TECNOLÓGICOS E ARTÍSTICO-CULTURAIS A Pró-Reitoria de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação (PROPPI)

Leia mais

REITORIA EDITAL Nº 21/2015 FOMENTO À PESQUISA VINCULADA AOS PROGRAMAS STRICTO SENSU

REITORIA EDITAL Nº 21/2015 FOMENTO À PESQUISA VINCULADA AOS PROGRAMAS STRICTO SENSU REITORIA EDITAL Nº 21/2015 FOMENTO À PESQUISA VINCULADA AOS PROGRAMAS STRICTO SENSU O Reitor da Universidade Vila Velha UVV torna público a todos os interessados que estão abertas, de 10 de junho de 2014

Leia mais

ESCOLA DE ENGENHARIAS E CIÊNCIAS EXATAS. EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA 2015.1 / e-labora (PROJETOS DE PESQUISA APLICADA)

ESCOLA DE ENGENHARIAS E CIÊNCIAS EXATAS. EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA 2015.1 / e-labora (PROJETOS DE PESQUISA APLICADA) ESCOLA DE ENGENHARIAS E CIÊNCIAS EXATAS (PROJETOS DE PESQUISA APLICADA) 1. EDITAL A Universidade Potiguar UnP, através da Escola de Engenharias e Ciências Exatas, torna público o presente Edital, pelo

Leia mais

Universidade Federal da Bahia Pró-Reitoria de Pesquisa, Criação e Inovação Coordenadoria de Pesquisa e Criação

Universidade Federal da Bahia Pró-Reitoria de Pesquisa, Criação e Inovação Coordenadoria de Pesquisa e Criação Universidade Federal da Bahia Pró-Reitoria de Pesquisa, Criação e Inovação Coordenadoria de Pesquisa e Criação Pró-Reitoria de Ensino de Pós-Graduação EDITAL PROPCI-PROPG/UFBA 02/20 PRODOC-UFBA A Pró-Reitoria

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO DE CURRÍCULO NA FORMAÇÃO DOCENTE CAPÍTULO 1 DA ORGANIZAÇÃO GERAL

REGIMENTO INTERNO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO DE CURRÍCULO NA FORMAÇÃO DOCENTE CAPÍTULO 1 DA ORGANIZAÇÃO GERAL REGIMENTO INTERNO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO DE CURRÍCULO NA FORMAÇÃO DOCENTE CAPÍTULO 1 DA ORGANIZAÇÃO GERAL Art. 1 - O curso de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização

Leia mais

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte Universidade Federal Rural do Semi-Árido

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte Universidade Federal Rural do Semi-Árido Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte Universidade Federal Rural do Semi-Árido Edital 02/2015 - PPgCC/UERN PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA DE PÓS-DOUTORADO

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU agosto / 2010 1 REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Sumário TÍTULO I - DA NATUREZA E DAS FINALIDADES... 3 CAPÍTULO I - DA CONSTITUIÇÃO

Leia mais

Manual do Trabalho de Conclusão de Curso

Manual do Trabalho de Conclusão de Curso UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E DE TECNOLOGIA Departamento de Informática Curso de Engenharia de Computação/Bacharelado em Informática Coordenadoria do Trabalho de Conclusão

Leia mais

EDITAL N 01/2013 SELEÇÃO DE PROJETOS DE INICIAÇÃO À PESQUISA CIENTÍFICA

EDITAL N 01/2013 SELEÇÃO DE PROJETOS DE INICIAÇÃO À PESQUISA CIENTÍFICA CENTRO DE ENSINO UNIFICADO DE TERESINA CEUT FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS, SAÚDE, EXATAS E JURÍDICAS DE TERESINA COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO EDITAL N 01/2013 SELEÇÃO DE PROJETOS DE

Leia mais

Edital FAPERJ n.º 17/2010 Parceria CAPES/FAPERJ PROGRAMA EQUIPAMENTO SOLIDÁRIO CAPES/FAPERJ 2010

Edital FAPERJ n.º 17/2010 Parceria CAPES/FAPERJ PROGRAMA EQUIPAMENTO SOLIDÁRIO CAPES/FAPERJ 2010 Edital n.º 17/2010 Parceria / PROGRAMA EQUIPAMENTO SOLIDÁRIO / 2010 O Ministério da Educação, por meio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, e o Governo do Estado do Rio de Janeiro,

Leia mais

Edital Nº006/2015 - PRPGI/IFBA Programa de Auxílio Qualificação para cursos de Pós- Graduação Lato e Stricto Sensu - Campus Camaçari -

Edital Nº006/2015 - PRPGI/IFBA Programa de Auxílio Qualificação para cursos de Pós- Graduação Lato e Stricto Sensu - Campus Camaçari - Edital Nº006/2015 - PRPGI/IFBA Programa de Auxílio Qualificação para cursos de Pós- Graduação Lato e Stricto Sensu - Campus Camaçari - 1 Apresentação O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas EDITAL 01/2014. Alterado em 30 de Outubro de 2014

Universidade Federal do Espírito Santo Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas EDITAL 01/2014. Alterado em 30 de Outubro de 2014 Universidade Federal do Espírito Santo Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas EDITAL 01/2014 Alterado em 30 de Outubro de 2014 Abertura de Processo Seletivo para Concessão de Bolsa de Pós-

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Capítulo I Disposições Preliminares

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Capítulo I Disposições Preliminares REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Capítulo I Disposições Preliminares Art. 1º O presente regulamento estabelece as normas para a efetivação do Trabalho de Conclusão de Curso

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC (UFABC) Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas NORMAS INTERNAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC (UFABC) Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas NORMAS INTERNAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC (UFABC) Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas NORMAS INTERNAS O Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Políticas Públicas, com cursos em níveis de mestrado acadêmico

Leia mais

Universidade de São Paulo Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Regulamento do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Sistemas Agrícolas

Universidade de São Paulo Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Regulamento do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Sistemas Agrícolas Universidade de São Paulo Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Regulamento do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Sistemas Agrícolas I - COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA DE PROGRAMA

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO, SAÚDE E PESQUISA -ISESP

INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO, SAÚDE E PESQUISA -ISESP INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO, SAÚDE E PESQUISA - INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO, SAÚDE E PESQUISA - EDITAL 01/2013 Abertura de inscrições para o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PIBIC)

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PIBIC) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PIBIC) PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NAS AÇÕES AFIRMATIVAS (PIBIC-Af) EDITAL Nº 004/2015-PROPPG,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE QUÍMICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE QUÍMICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE QUÍMICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE MESTRADO EM ENGENHARIA QUÍMICA

Leia mais

EDITAL 07/2014 - PRPPG SELEÇÃO PARA BOLSAS DO PROGRAMA DE DEMANDA SOCIAL-UNILA DE BOLSAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU

EDITAL 07/2014 - PRPPG SELEÇÃO PARA BOLSAS DO PROGRAMA DE DEMANDA SOCIAL-UNILA DE BOLSAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EDITAL 07/2014 - PRPPG SELEÇÃO PARA BOLSAS DO PROGRAMA DE DEMANDA SOCIAL-UNILA DE BOLSAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU O Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal da Integração Latino-

Leia mais

EDITAL FAPES Nº 003/2010

EDITAL FAPES Nº 003/2010 EDITAL FAPES Nº 003/2010 Seleção de propostas a serem apresentadas pelos Programas de Pósgraduação stricto sensu do estado do Espírito Santo, visando à concessão de quotas de bolsas para formação de recursos

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG. NORMA INTERNA Nº 01 2014 PPGEd 7 de janeiro de 2014

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG. NORMA INTERNA Nº 01 2014 PPGEd 7 de janeiro de 2014 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG NORMA INTERNA Nº 01 2014 PPGEd 7 de janeiro de 2014 Dispõe sobre a Disciplina iniciação à docência no ensino

Leia mais

A.1 Regimento Interno do PPgSC. Regimento do Programa de Pós-graduação em Sistemas e Computação

A.1 Regimento Interno do PPgSC. Regimento do Programa de Pós-graduação em Sistemas e Computação A.1 Regimento Interno do PPgSC Regimento do Programa de Pós-graduação em Sistemas e Computação Capítulo I: Disposições Preliminares Art 1 -Do Alcance O Programa de Pós-graduação em Sistemas e Computação

Leia mais

Resolução 019/Reitoria/Univates Lajeado, 16 de abril de 2015

Resolução 019/Reitoria/Univates Lajeado, 16 de abril de 2015 Resolução 019/Reitoria/Univates Lajeado, 16 de abril de 2015 Aprova o Edital Institucional Univates 01/2015 Bolsa de Iniciação Científica, Tecnológica e Inovação Órgãos de Fomento O Reitor do Centro Universitário

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA EM SAÚDE CURSO DE NUTRIÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA EM SAÚDE CURSO DE NUTRIÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA EM SAÚDE CURSO DE NUTRIÇÃO NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - NUTRIÇÃO/ CCS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FITOTECNIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FITOTECNIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FITOTECNIA PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO SEGUNDO SEMESTRE LETIVO DE 2014 O coordenador do programa de pós-graduação em Fitotecnia da Universidade

Leia mais

Universidade de Brasília (UnB) Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação (DPP) Programa de Iniciação Científica da Universidade de Brasília (ProIC/UnB)

Universidade de Brasília (UnB) Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação (DPP) Programa de Iniciação Científica da Universidade de Brasília (ProIC/UnB) Edital ProIC-EM/DPP/UnB PIBIC Ensino Médio (CNPq) 2013/2014 1. Preâmbulo O torna público o Edital do Programa Institucional de bolsas de Iniciação Científica Ensino Médio (IC-EM) 2013-2014 da Universidade

Leia mais

EDITAL PIBITI CNPq 001/2015 PERÍODO 2015/2016

EDITAL PIBITI CNPq 001/2015 PERÍODO 2015/2016 EDITAL PIBITI CNPq 001/2015 PERÍODO 2015/2016 O Centro Universitário Municipal de Franca Uni-FACEF, juntamente com o Comitê Institucional Interno, divulgam as informações para o processo de seleção no

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DO CNPQ MODALIDADES: PIBIC E PIBITI / 2013 2014 EDITAL Nº 65/PROPESP/IFRO, DE 22 DE JULHO DE

Leia mais

NORMAS DO PROGRAMA INTEGRAÇÃO DA AMÉRICA LATINA PROLAM/USP

NORMAS DO PROGRAMA INTEGRAÇÃO DA AMÉRICA LATINA PROLAM/USP NORMAS DO PROGRAMA INTEGRAÇÃO DA AMÉRICA LATINA PROLAM/USP I COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA (CCP) Por se tratar de Programa único a CCP será a própria CPG. O Programa é vinculado administrativamente

Leia mais

NORMAS INTERNAS DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE INFORMAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC - UFABC

NORMAS INTERNAS DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE INFORMAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC - UFABC NORMAS INTERNAS DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE INFORMAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC - UFABC O Curso de Pós-Graduação em Engenharia de Informação da Universidade Federal do ABC (UFABC)

Leia mais

Faculdade Atenas Maranhense de Imperatriz MA

Faculdade Atenas Maranhense de Imperatriz MA PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº 001 DE 13 DE JANEIRO DE 2014 EDITAL DE PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E BOLSAS DO CENTRO DE IDIOMAS 2014 A DIRETORIA GERAL DA FACULDADE ATENAS MARANHENSE-FAMA,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO E EDUCAÇÃO FÍSICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO E EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO E EDUCAÇÃO FÍSICA EDITAL Nº 3/2013 PPGEF/CEFD/UFES A COORDENAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO E EDUCAÇÃO

Leia mais

Resolução N 0 01/2015 Edital de Ingresso 1º Semestre de 2015

Resolução N 0 01/2015 Edital de Ingresso 1º Semestre de 2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA UNIDADE ACADÊMICA DE ENGENHARIA QUÍMICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA Resolução N 0 01/2015 Edital de Ingresso 1º

Leia mais

Inscrição nº REQUERIMENTO PARA INSCRIÇÃO NO PROCESSO SELETIVO DE PROFESSOR PESQUISADOR (BOLSISTA TEMPORÁRIO/CAPES/UAB)

Inscrição nº REQUERIMENTO PARA INSCRIÇÃO NO PROCESSO SELETIVO DE PROFESSOR PESQUISADOR (BOLSISTA TEMPORÁRIO/CAPES/UAB) Inscrição nº REQUERIMENTO PARA INSCRIÇÃO NO PROCESSO SELETIVO DE PROFESSOR PESQUISADOR (BOLSISTA TEMPORÁRIO/CAPES/UAB) Ilma. Srª. Diretora da Faculdade de Políticas Públicas Tancredo Neves / CBH / UEMG

Leia mais

EDITAL Nº 001/2012-PROPPG, de 17 de janeiro de 2012.

EDITAL Nº 001/2012-PROPPG, de 17 de janeiro de 2012. PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INCENTIVO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E TECNOLÓGICOS PARA SERVIDORES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS (PIPECT/IFG) EDITAL Nº 001/-PROPPG,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROCESSO SELETIVO nº33/2014/dead/2014/dead EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROFESSOR ORIENTADOR DEAD RETIFICADO A Reitora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina (IFSC), no uso

Leia mais

Edital PIBIC-Ensino Médio/ CNPq ProIC/DPP/UnB 2015-2016

Edital PIBIC-Ensino Médio/ CNPq ProIC/DPP/UnB 2015-2016 Edital PIBIC-Ensino Médio/ CNPq ProIC/DPP/UnB 2015-2016 1. Preâmbulo O torna público o Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica Ensino Médio (PIBIC-EM) da Universidade de Brasília

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTA DO PROGRAMA NACIONAL DE PÓS DOUTORADO (PNPD/CAPES)

EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTA DO PROGRAMA NACIONAL DE PÓS DOUTORADO (PNPD/CAPES) EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTA DO PROGRAMA NACIONAL DE PÓS DOUTORADO (PNPD/CAPES) O (PPGA/UFPB) torna público o presente edital, e informa que estarão abertas as inscrições para a seleção de Bolsista de

Leia mais

BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S.A. BNB ESCRITÓRIO TÉCNICO DE ESTUDOS ECONÔMICOS DO NORDESTE ETENE

BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S.A. BNB ESCRITÓRIO TÉCNICO DE ESTUDOS ECONÔMICOS DO NORDESTE ETENE BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S.A. BNB ESCRITÓRIO TÉCNICO DE ESTUDOS ECONÔMICOS DO NORDESTE ETENE AVISO ETENE/FUNDECI - 07/2007 APOIO A ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES SOBRE DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ - REITORIA DE ENSINO E GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA SISTEMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ - REITORIA DE ENSINO E GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA SISTEMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL EDITAL Nº 003/2013 DEaD/UNIFAP PROCESSO SELETIVO PARA TUTOR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO EM SAÚDE A Pró-Reitoria de Ensino e Graduação PROGRAD, através do Departamento de Educação à Distância,

Leia mais

EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Nº 1/2013

EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Nº 1/2013 EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Nº 1/2013 Estabelece as regras para seleção de Projetos de Iniciação Científica nas modalidades INICIA-b e INICIA-v para execução em 2014 (INICIA-2014). A Coordenação de

Leia mais

NUCLEO DE PESQUISA E EXTENSÃO - NUPE PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - PIC REGULAMENTO/2015

NUCLEO DE PESQUISA E EXTENSÃO - NUPE PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - PIC REGULAMENTO/2015 NUCLEO DE PESQUISA E EXTENSÃO - NUPE PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - PIC REGULAMENTO/2015 Este Regulamento tem por objetivo organizar e regulamentar as propostas, atividades, projetos e/ou programas

Leia mais

3. DOS REQUISITOS PARA O CANDIDATO À BOLSA

3. DOS REQUISITOS PARA O CANDIDATO À BOLSA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS - UFSCar PPGCAm EDITAL Nº 02/2013 - PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTA PNPD/CAPES 1. INFORMAÇÕES GERAIS A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais da

Leia mais

PROGRAMA DE MESTRADO EM PSICOLOGIA

PROGRAMA DE MESTRADO EM PSICOLOGIA Resolução nº 01/PPGPSI/UFSJ de 16 de dezembro de 2011. Estabelece critérios e procedimentos de credenciamento e de recredenciamento de docentes junto ao Programa de Mestrado em Psicologia PPGPSI/UFSJ A

Leia mais

EDITAL PROPPI Nº 005/2015 - Apoio à Edição de Periódicos Científicos do IFRS

EDITAL PROPPI Nº 005/2015 - Apoio à Edição de Periódicos Científicos do IFRS EDITAL PROPPI Nº 005/2015 - Apoio à Edição de Periódicos Científicos do IFRS O Pró-Reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE CURSINHOS POPULARES DO IFSP EDITAL Nº 593, DE 28 DE OUTUBRO DE 2015

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE CURSINHOS POPULARES DO IFSP EDITAL Nº 593, DE 28 DE OUTUBRO DE 2015 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE CURSINHOS POPULARES DO IFSP EDITAL Nº 593, DE 28 DE OUTUBRO DE 2015 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), por meio de sua Pró-reitoria de

Leia mais

Modelo - Formulário de Adesão ao PROFBIO

Modelo - Formulário de Adesão ao PROFBIO Modelo - Formulário de Adesão ao PROFBIO Importante: É fundamental que os docentes participantes tenham seu LATTES atualizado e completo, para que seja feita a importação de dados para o APCN pela Plataforma

Leia mais

BOLSA CULTURA 2015 EDITAL 003/2014 BOLSA DE EXTENSÃO VINCULADA ÀS AÇÕES DE ARTE E CULTURA

BOLSA CULTURA 2015 EDITAL 003/2014 BOLSA DE EXTENSÃO VINCULADA ÀS AÇÕES DE ARTE E CULTURA Secretaria de Cultura Gestão 2012 2016 secult@contato.ufsc.br (48) 3721-2376 BOLSA CULTURA 2015 EDITAL 003/2014 BOLSA DE EXTENSÃO VINCULADA ÀS AÇÕES DE ARTE E CULTURA Em consonância com a Resolução Normativa

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 01/2013

RESOLUÇÃO Nº 01/2013 RESOLUÇÃO Nº 01/2013 O Prof. Dr. Osvaldo Resende, Coordenador do Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Ciências Agrárias-Agronomia - PPGCA-AGRO (Mestrado e Doutorado), no uso de suas atribuições legais

Leia mais

RESOLUÇÃO UNESP Nº 36, DE 28 DE MAIO DE 2015 Publicada no D.O.E. de 29.05.2015 - Seção I, pág.85.

RESOLUÇÃO UNESP Nº 36, DE 28 DE MAIO DE 2015 Publicada no D.O.E. de 29.05.2015 - Seção I, pág.85. RESOLUÇÃO UNESP Nº 36, DE 28 DE MAIO DE 2015 Publicada no D.O.E. de 29.05.2015 - Seção I, pág.85. Regulamenta os Cursos de Especialização da UNESP. O Reitor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita

Leia mais

EDITAL Nº 002/2014- PARFOR/PREG, DE 24 DE MARÇO DE 2014.

EDITAL Nº 002/2014- PARFOR/PREG, DE 24 DE MARÇO DE 2014. EDITAL Nº 002/2014- PARFOR/PREG, DE 24 DE MARÇO DE 2014. RELATIVO AO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROFESSOR FORMADOR, PROFESSOR ORIENTADOR E SUPERVISOR DE ESTÁGIO PARA O PARFOR/UESPI 2014.1. A Pró-Reitoria

Leia mais

FU N D A Ç Ã O HEMO M IN A S

FU N D A Ç Ã O HEMO M IN A S DESENVOLVIMENTO DE PESQUIS NA FUNDAÇÃO HEMOMINAS VERSÃO 05 DEZEMBRO / 2014 Cópia controlada. Nenhuma parte deste Manual pode ser reproduzida, por qualquer meio, eletrônico ou mecânico, incluindo fotocópia,

Leia mais

EDITAL Nº. 01/2015 EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA CREDENCIAMENTO DE DOCENTES NO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA ANIMAL

EDITAL Nº. 01/2015 EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA CREDENCIAMENTO DE DOCENTES NO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA ANIMAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO COLEGIADO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA ANIMAL Campus Ciências Agrárias, Petrolina, Pernambuco. Fone (87) 2101 4833 EDITAL Nº. 01/2015 EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PATOLOGIA

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PATOLOGIA ANEXO À RESOLUÇÃO 02/2010 REGULAMENTO ESPECÍFICO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PATOLOGIA 1 TÍTULO I DO OBJETIVO DO PROGRAMA Art. 1º - O Programa de Pós-Graduação em Patologia tem por objetivo qualificar

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente Regulamento tem por finalidade estabelecer as normas relativas à elaboração, acompanhamento,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO ACADÊMICO DE VITÓRIA NÚCLEO DE ENFERMAGEM

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO ACADÊMICO DE VITÓRIA NÚCLEO DE ENFERMAGEM SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO ACADÊMICO DE VITÓRIA NÚCLEO DE ENFERMAGEM CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 56, de 6 de JUNHO de 06, publicado

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA AGRÍCOLA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA AGRÍCOLA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA AGRÍCOLA SELEÇÃO ENGENHARIA AGRÍCOLA EDITAL N o 04/2015 16 de outubro

Leia mais

1. Objetivo. 2. Elegibilidades e restrições

1. Objetivo. 2. Elegibilidades e restrições Edital FAPERJ Nº 16/2015 Programa Apoio à Implantação, Recuperação e Modernização da Infraestrutura para Pesquisa nas Universidades Estaduais do Rio de Janeiro 2015 O Governo do Estado do Rio de Janeiro,

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CMR. Edital 2014. Programa de Iniciação Científica Voluntária para o Ensino Fundamental e Médio

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CMR. Edital 2014. Programa de Iniciação Científica Voluntária para o Ensino Fundamental e Médio MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DECEX DEPA COLÉGIO MILITAR DO RECIFE PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CMR Edital 2014 Programa de Iniciação Científica Voluntária para o Ensino Fundamental e

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 001/2012 CONSELHO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTU SENSU EM BIODIVERSIDADE E AGROECOSSISTEMAS AMAZÔNICOS

RESOLUÇÃO Nº 001/2012 CONSELHO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTU SENSU EM BIODIVERSIDADE E AGROECOSSISTEMAS AMAZÔNICOS RESOLUÇÃO Nº 001/2012 CONSELHO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTU SENSU EM BIODIVERSIDADE E AGROECOSSISTEMAS AMAZÔNICOS Aprova as Normas para concessão e manutenção de bolsas do Programa de Pós-graduação

Leia mais