COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150"

Transcrição

1 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 34, Toledo PR Fone: PLANEJAMENTO ANUAL DE MATEMÁTICA 5º Ano PROFESSORAS: JESSICA ALINE PAVAN KELLY PALMA LUCIANE DIERINGS FERNANDES PATRICIA DE CÁSSIA BELLEZA TOLEDO 05

2 . Introdução O planejamento de matemática é direcionado aos estudantes do 5º ano, compreendendo, uma faixa etária entre 9 à 0 anos. Considerando a idade dos estudantes, podemos situá-lo como sujeito da ação de aprender, agindo sobre o objeto do conhecimento, ou seja, sobre tudo o que, sendo observável pelo sujeito, torna-se foco de seu esforço de conhecer. Piaget afirma que o desenvolvimento do indivíduo inicia-se no período intra-uterino e vai até aos 5 ou 6 anos, criando estruturas cada vez mais complexas. Baseado no desenvolvimento mental, verbal e motor, as crianças em idade escolar dos 07 aos 0 anos encontram-se no Período Operatório Concreto. É a fase em que o indivíduo consolida as conservações de número, substância, volume e peso. Já é capaz de ordenar elementos por seu tamanho (grandeza), incluindo conjuntos e organizando o mundo de forma lógica ou operatória. Sua organização social é a de bando, podendo participar de grupos maiores, chefiando ou admitindo a chefia. Compreendem regras, sendo fiéis a ela e estabelecendo compromissos. A conversação é possível, porém sem discutir diferentes pontos de vista para que cheguem a uma conclusão comum. Assim sendo, as atividades propostas devem ser trabalhas de uma forma mais concreta, para que este mesmo indivíduo possa construir estruturas cognitivas em níveis mais elevados.. Importância O ensino e aprendizagem da Matemática é de suma importância, uma vez que esse conhecimento está no aspecto cultural e formativo, enquanto modo de pensar e como atividade humana. Sendo assim, o pensar matemático, possibilita aos estudantes a capacidade de investigar idéias relacionadas ao cálculo, de resolver problemas, de formular e testar hipóteses, de induzir, deduzir, generalizar e inferir resultados.

3 Desenvolvendo as competências necessárias para o estudante compreender conceitos, linguagens e desenvolver raciocínios e algoritmos próprios, bem como aprender algoritmos escolares e linguagens formais, entendendo a necessidade de buscar coerência em seus cálculos e raciocínios e de comunicar argumentar suas idéias com clareza.. Conteúdo atitudinal (objetivos) Objetivos Gerais Trabalhar a Matemática na escola surge da necessidade de se resolver um problema, seja ele de origem matemática ou não, e resulta n formulação de hipóteses e conjecturas para elaboração de conceitos. Aprende-se Matemática resolvendo problemas e não como se fossem ferramentas para tal. As atividades de investigação têm como objetivo possibilitar aos estudantes a reflexão e a tomada de consciência dos processos que utilizaram ou poderão utilizar para a resolução dos problemas. º Bimestre - Ampliar o significado do número natural pelo seu uso em situações-problema e pelo reconhecimento de relações e regularidades; - Ampliar os procedimentos de cálculo - mental, escrito, exato, aproximado pelo conhecimento de regularidades dos fatos fundamentais, de propriedades das operações e pela antecipação e verificação de resultados; - Identificar características das figuras geométricas, percebendo semelhança e diferenças entre elas, por meio de composição e decomposição, simetrias, ampliações e reduções; - Reconhecimento das diferentes unidades de medida de massa. º Bimestre - Ampliar o significado do número natural pelo seu uso em situações-problema e pelo reconhecimento de relações e regularidades; 3

4 - Ampliar os procedimentos de cálculo - mental, escrito, exato, aproximado pelo conhecimento de regularidades dos fatos fundamentais, de propriedades das operações e pela antecipação e verificação de resultados; - Construir o significado do número racional e de suas representações (fracionária e decimal), valendo-se de seus diferentes usos no contexto social; - Reconhecimento das diferentes unidades de medida de massa; - Resolver problemas, consolidando alguns significados das operações fundamentais e construindo novos, em situações que envolvam números naturais e, em alguns casos, racionais; - Identificar características de polígonos 3º Bimestre - Ampliar o significado do número natural pelo seu uso em situações-problema e pelo reconhecimento de relações e regularidades; - Ampliar os procedimentos de cálculo - mental, escrito, exato, aproximado pelo conhecimento de regularidades dos fatos fundamentais, de propriedades das operações e pela antecipação e verificação de resultados; - Construir o significado do número racional e de suas representações (fracionária e decimal), valendo-se de seus diferentes usos no contexto social; - Interpretar e produzir escritas numéricas, considerando as regras do sistema de numeração decimal e estendendo-as para a representação dos números racionais na forma decimal; - Utilizar as unidades convencionais para medir áreas e perímetros e calculálos; -Estabelecer pontos de referencia para interpretar e representar a localização e movimentação de pessoas ou objetos, utilizando terminologia adequada para descrever posições; - Calcular porcentagem em diversas situações; - Recolher dados e informações, elaborar formas para organizá-los e expressálos, interpretar dados apresentados sob a forma de tabelas e gráficos e valorizar essa linguagem como forma de comunicação. 4º Bimestre 4

5 - Ampliar o significado do número natural pelo seu uso em situações-problema e pelo reconhecimento de relações e regularidades; - Ampliar os procedimentos de cálculo - mental, escrito, exato, aproximado pelo conhecimento de regularidades dos fatos fundamentais, de propriedades das operações e pela antecipação e verificação de resultados; - Reconhecimento das diferentes unidades de medida de massa; - Resolver problemas, consolidando alguns significados das operações fundamentais e construindo novos; - Construir e representar corpos redondos; - Reconhecer e utilizar as unidades de medida de temperatura; - Utilizar diferentes registros gráficos desenhos, esquemas, escritas numéricas como recurso para expressar ideias, ajudar a descobrir formas de resolução e comunicar estratégias e resultados; - Refletir sobre procedimentos de cálculo que levem à ampliação do significado do número e das operações, utilizando a calculadora como estratégia de verificação de resultados. 3. Conteúdos procedimentais (atividades estratégias pedagógicas) Aulas expositivas para fazer a introdução e a revisão dos conteúdos. Brincadeiras, para fixação dos conteúdos, com a intenção de analisar a matemática nessas brincadeiras, possibilitando a discussão de regras, o respeito mútuo e a produção coletiva do conhecimento. Jogando e aprendendo, é uma estratégia utilizada durante as aulas, com o intuito de investigar conceitos matemáticos. O objetivo é que os estudantes reflitam sobre possibilidades de jogadas, contagem de pontos, respeito a regras, brinquem e aprendam coletivamente, validando respostas e produzindo conceitos e discutindo os conceitos matemáticos. º Bimestre 5

6 Aulas expositivas; usar o material dourado; trabalhar as ideias e os conceitos matemáticos antes da simbologia e antes da linguagem matemática e o laboratório de informática. º Bimestre Utilizar jogos, desafios, quebra-cabeças, problemas curiosos que ajudam o estudante a pensar logicamente, a relacionar ideias e a realizar descobertas; trabalhar por meio de situações-problemas próprias da vivência do estudante e que o façam realmente pensar, analisar, julgar e decidir pela melhor solução e o laboratório de informática. 3º Bimestre Estimular o estudante para que faça cálculo mental, estimativas e arredondamentos; usar adequadamente calculadoras e computadores; utilizar jogos e material complementar. 4º Bimestre Utilizar jornais, revistas e folhetos de propaganda, pois a matemática está presente em tudo; resolução de problemas elaborados pelo professor e ou alunos; vídeos para complementar, aprofundar ou problematizar uma situação e o laboratório de informática. CONTEÚDOS MESES Nº DE AULAS º Bimestre. Sistema de Numeração e Sólidos Geométricos. Compreensão do SND (sistema de numeração decimal): classe dos milhões.. Composição de decomposição; leitura e escrita; comparação e ordenação; valor posicional; sucessor e antecessor; sequências..3 Análise, interpretação, formulação e resolução de Fevereiro 6

7 situações-problema envolvendo as quatro operações com números naturais..4 Adição e subtração com e sem reagrupamento..5 Resolução de problemas envolvendo as quatro operações..6 Classificação das formas geométricas espaciais em poliedros e corpos redondos..7 Construção de poliedros com base em modelos fornecidos e suas representações e planificações..8 Identificação de faces, arestas e vértices..9 Leitura e interpretação de dados presentes em reportagens e tabelas... Construção de gráficos de colunas. Março. Multiplicação e Medidas de Massa. Multiplicação por um e dois algarismos( pelo algoritmo, por decomposição e propriedade distributiva) sem e com agrupamento.. Identificação do múltiplo de um número natural..3 Resolução de problemas envolvendo o conceito de múltiplo..4 Estimativa e cálculo mental (por decomposição e composição de dezenas, centenas e milhares exatos)..5 Estimativa e cálculo mental envolvendo a multiplicação e explorando relações existentes nas tabuadas..6 Exploração da tabuada..7 Representação da posição de empilhamentos com paralelepípedos por meio de diferentes pontos de vista..8 Resolução de problemas envolvendo as unidades de massa (quilograma e tonelada)..9 Leitura e interpretação de dados presentes em tabelas e pictogramas... Construção de tabelas para registrar informações. 7

8 3. Divisão e Medidas de Comprimento 3. Divisão (algoritmo por estimativa) com um e dois algarismos no divisor. 3. Relação entre quociente e resto 3.3 Identificação do divisor de um número natural. 3.4 Relação entre multiplicação e divisão 3.5 Compreensão do conceito de divisibilidade. 3.6 Resolução de situações-problema envolvendo os conceitos de divisibilidade. 3.7 Utilização de malhas para representar e localizar, no plano, a posição de um objeto (estudo de coordenadas Reconhecimento e utilização de unidades de medida de comprimento: metro, centímetro e milímetro. 3.9 Leitura e interpretação de tabelas e de gráficos de barras. Abril º Bimestre 4. Operações, Frações e Simetria 4. Análise, interpretação, formulação e resolução de situações-problema envolvendo as quatro operações com números naturais. 4. Estimativa e cálculo mental envolvendo as quatro operações. 4.3 Exploração do conceito de fração. 4.4 exploração da fração considerando o todo contínuo e o todo discreto. 4.5 Tipos de frações (maiores, menores e iguais ao inteiro) 4.6 Simetria axial em figuras geométricas planas e na natureza. 4.7 Identificação dos eixos de simetria em uma figura. 4.8 Reconhecimento e utilização de unidades de tempo Abril Maio 8

9 (hora, minuto e segundo). 4.9 Estimativas envolvendo tempo. 4.. Leitura e interpretação de dados em tabelas 4.. Construção de tabelas 4..3 Leitura e interpretação de gráficos de segmentos 5. Frações e Medidas de Capacidade 5. Compreensão de frações equivalentes 5. Simplificação e comparação de frações, a partir da equivalência 5.3 Frações de uma quantidade 5.4 Resolução de situações-problema envolvendo os números fracionários e os conceitos estudados 5.5 Reconhecimento e utilização das medidas de capacidade: litro e mililitro 5.6 Utilização de instrumentos arbitrários de medida que aplicam o conceito de fração 5.7 Leitura, interpretação e construção de gráficos de colunas. 5.8 produção de textos escritos com base na interpretação de gráficos 6. Polígonos, Operações e Frações 6. Análise, interpretação, formulação e resolução de situações-problema envolvendo as quatro operações com números naturais 6. Divisão (algoritmo convencional) com dois algarismos no divisor 6.3 Ideias das operações com frações por meio de situações problematizadoras 6.4 Identificação de segmento de reta 6.5 Identificação de diferenças e semelhanças entre polígonos, considerando seu número de lados e de vértices 6.6 Leitura e interpretação de dados em tabelas 6.7 Leitura e interpretação de dados em gráficos de setores Junho Julho 9

10 3º Bimestre 7. Frações, Decimais e Ideia de Ângulo 7. Compreensão do Sistema de Numeração Decimal (bilhões) 7. Leitura, escrita, comparação, ordenação, classes, ordens e valor posicional. 7.3 Análise, interpretação, formulação e resolução de situações-problema, envolvendo as quatro operações com números naturais 7.4 Expressões numéricas envolvendo as quatro operações 7.5 Reconhecimento da relação entre frações e números decimais 7.6 Exploração de números decimais e da ideia de décimos, centésimos e milésimos 7.7 Comparação e ordenação de números decimais. 7.8 Reconhecimento de ângulos como mudança de direção ou giros 7.9 Reconhecimento e utilização das medidas de comprimento e de valor, com os números decimais 7.. Leitura e interpretação de dados em tabelas 7.. Leitura e interpretação de dados em gráficos de colunas. 8. Operações com Números Decimais, Área e Perímetro. 8. Adição e subtração de números decimais, com e sem agrupamento. 8. Multiplicação de números decimais por um número natural. 8.3 Multiplicação de números por 0, 00 e Estimativa e cálculo mental (envolvendo números racionais) Julho Agosto Setembro 0

11 8.5 Utilização da calculadora para realizar operações, verificar resultados e investigar propriedades de números decimais. 8.6 Utilização de unidades convencionais para medir áreas e perímetros (metro e metro quadrado) 8.7 Cálculo de áreas e perímetros de regiões retangulares e quadradas. 8.8 Leitura e interpretação de dados em gráficos de segmentos. 9. Divisão de Números Decimais e Porcentagem 9. Divisão de um número natural por outro natural, com quociente decimal 9. Divisão de um número decimal por um número natural, com quociente natural 9.3 Divisão de números decimais por 0, 00 e Interpretação da ideia de porcentagem 9.5 Cálculo de porcentagem em diversas situações 9.6 Análise, interpretação, formulação e resolução de situações-problema envolvendo as quatro operações com números decimais 9.7 Leitura, interpretação e construção de tabelas. 9.8 Leitura e interpretação de gráficos de setores 4º Bimestre 0. Arredondamento, Operações e Volume 0. Aproximação e arredondamentos de quaisquer quantidades numéricas. 0. Análise, interpretação, formulação e resolução de situações-problema envolvendo as quatro operações com Outubro

12 números naturais e decimais. 0.3 Resolução de problemas envolvendo porcentagem 0.4 Números racionais na reta numérica 0.5 Composição do cubo e de paralelepípedos, com base em cubos menores (noção de volume) 0.6 Noção de comprimento, largura e altura 0.7 Reconhecimento e utilização do litro como uma das unidades de medida de capacidade 0.8 Relação entre capacidade e volume 0.9 Análise e interpretação de dados em gráficos de colunas 0.. Análise e interpretação de dados em tabelas. Problemas e Corpos Redondos. Análise e, interpretação, formulação e resolução de situações-problema envolvendo as quatro operações com números naturais e números racionais (frações e decimais). Resolução de situações-problema envolvendo porcentagem.3 Reconhecimento e utilização de unidades usuais de medidas de massa (grama e quilograma).4 Utilização de estimativa como recurso para análise e previsão de resultados.5 Exploração das características dos corpos redondos.6 Construção e representação dos corpos redondos.7 Exploração das características do círculo.8 reconhecimento dos elementos de uma circunferência: raio e diâmetro.9 Análise e interpretação de dados em tabelas.. Análise e interpretação de dados em pictogramas.. Análise, interpretação e construção de gráficos de colunas. Problemas, medidas de temperatura e chance. Análise, interpretação, formulação e resolução de Novembro

13 situações-problema envolvendo as quatro operações com números naturais e números racionais (frações e decimais). Expressões numéricas envolvendo as quatro operações.3 Reconhecimento e utilização de unidades de medida de temperatura: graus Celsius.4 Leitura e interpretação de tabelas de dupla entrada.5 Exploração das possibilidades diante de uma situação constituída por etapas sucessivas.6 Identificação de possíveis maneiras de combinar elementos de uma coleção e contabiliza-los (raciocínio combinatório).7 Exploração da ideia de possibilidade 9combinações).8 Resolução de problemas envolvendo a ideia de possibilidades e raciocínio combinatório.9 Noções de probabilidade Dezembro 4. Instrumentos Os materiais utilizados são: Apostila, data show, quadro, giz, diferentes livros, jogos, material dourado, blocos lógicos, recursos da informática, entre outros. 5. Avaliação 5. Duas provas com peso Um trabalho com peso Produção individual (caderno, participação e outros) peso 60 3

14 6. Recuperação de estudos 6. Objetivos Existem dois tipos de recuperação de estudos: a recuperação paralela e a recuperação bimestral. A primeira é o trabalho com o conteúdo que o estudante demonstrou dificuldades, trabalhando-se com exercícios extras. A segunda é a recuperação proposta para o final de cada semestre, essa última será melhor entendida nos itens que seguem. 6. Conteúdos º e º Bimestres Tabuada Sistema de numeração e sólidos geométricos Multiplicação e medidas de massa Divisão e medidas de comprimento Operações, frações e simetria Frações e medidas de capacidade Polígonos, operações e frações 3º e 4º Bimestres Tabuada Frações, decimais e a ideia de ângulo Operações com números decimais, área e perímetro Divisão de números decimais e porcentagem Arredondamento, operações e volume Problemas e corpos redondos Problemas, medidas de temperatura e chance. 4

15 6.4 Avaliação A avaliação da recuperação de estudos será apenas escrita. Exceto quem tiver necessidades comprovadas para fazer avaliação oral. 6.5 Datas Recuperação de estudos dos º e º bimestres: Junho de 05. Recuperação de estudos dos 3º e 4º bimestres: Dezembro de Projetos Pró-vida curta essa Vicentinos em ação Conhecendo Foz do Iguaçu Proerd Alimentação segura e nutritiva Corpo em transformação 5

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 124, Toledo PR Fone: 277-810 PLANEJAMENTO ANUAL DE HISTÓRIA º Ano PROFESSORAS: JESSICA ALINE

Leia mais

DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110. Planificação Anual / Critérios de avaliação. Disciplina: Matemática 2.º ano 2015/2016

DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110. Planificação Anual / Critérios de avaliação. Disciplina: Matemática 2.º ano 2015/2016 DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110 Planificação Anual / Critérios de avaliação Disciplina: Matemática 2.º ano 2015/2016 Domínio (Unidade/ tema) Subdomínio/Conteúdos Metas de Aprendizagem Estratégias/

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE CIÊNCIAS ANO: 4 º Ano PROFESSORAS: Aline

Leia mais

Agrupamento de Escolas Eugénio de Castro 1º Ciclo. Critérios de Avaliação. Ano Letivo 2015/16 Disciplina MATEMÁTICA 3.º Ano

Agrupamento de Escolas Eugénio de Castro 1º Ciclo. Critérios de Avaliação. Ano Letivo 2015/16 Disciplina MATEMÁTICA 3.º Ano Agrupamento de Escolas Eugénio de Castro 1º Ciclo Critérios de Avaliação Ano Letivo 2015/16 Disciplina MATEMÁTICA 3.º Ano Números e Operações Números naturais Utilizar corretamente os numerais ordinais

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL MATEMÁTICA 3 DOMÍNIOS OBJETIVOS ATIVIDADES

PLANIFICAÇÃO ANUAL MATEMÁTICA 3 DOMÍNIOS OBJETIVOS ATIVIDADES PLANIFICAÇÃO ANUAL MATEMÁTICA 3 DOMÍNIOS OBJETIVOS ATIVIDADES Números naturais Conhecer os numerais ordinais Utilizar corretamente os numerais ordinais até centésimo. Contar até um milhão Estender as regras

Leia mais

DISCIPLINA DE MATEMÁTICA

DISCIPLINA DE MATEMÁTICA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA OBJETIVOS: 6 ano Levar os estudantes a reconhecerem, em situações cotidianas, as diferentes funções, os diferentes significados e as representações dos números, operações, medidas

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE LÍNGUA PORTUGUESA

PLANEJAMENTO ANUAL DE LÍNGUA PORTUGUESA COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE LÍNGUA PORTUGUESA ANO: 6º anos PROFESSOR(A):

Leia mais

Planejamento Anual. Componente Curricular: Matemática Ano: 6º ano Ano Letivo: 2015 OBJETIVO GERAL

Planejamento Anual. Componente Curricular: Matemática Ano: 6º ano Ano Letivo: 2015 OBJETIVO GERAL Planejamento Anual Componente Curricular: Matemática Ano: 6º ano Ano Letivo: 2015 Professor(s): Eni e Patrícia OBJETIVO GERAL Desenvolver e aprimorar estruturas cognitivas de interpretação, análise, síntese,

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE. MATEMÁTICA 7º ano

PLANEJAMENTO ANUAL DE. MATEMÁTICA 7º ano COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE MATEMÁTICA 7º ano PROFESSORAS: SANDRA MARA

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE MATEMÁTICA

PLANEJAMENTO ANUAL DE MATEMÁTICA COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE MATEMÁTICA 6º ANO "... A minha contribuição

Leia mais

Plano Curricular de Matemática 3.º Ano - Ano Letivo 2015/2016

Plano Curricular de Matemática 3.º Ano - Ano Letivo 2015/2016 Plano Curricular de Matemática 3.º Ano - Ano Letivo 2015/2016 1.º Período Conteúdos Programados Previstas Dadas Números e Operações Utilizar corretamente os numerais ordinais até vigésimo. Ler e representar

Leia mais

Sumário. Volta às aulas. Vamos recordar?... 7 1. Grandezas e medidas: tempo e dinheiro... 59. Números... 10. Regiões planas e seus contornos...

Sumário. Volta às aulas. Vamos recordar?... 7 1. Grandezas e medidas: tempo e dinheiro... 59. Números... 10. Regiões planas e seus contornos... Sumário Volta às aulas. Vamos recordar?... Números... 0 Um pouco da história dos números... Como os números são usados?... 2 Números e estatística... 4 Números e possibilidades... 5 Números e probabilidade...

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE ENSINO RELIGIOSO 5º Ano PROFESSORAS: JESSICA

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO

PLANEJAMENTO ANUAL DE LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO ANO: 7 ano

Leia mais

Disciplina: Matemática. Período: I. Professor (a): Liliane Cristina de Oliveira Vieira e Maria Aparecida Holanda Veloso

Disciplina: Matemática. Período: I. Professor (a): Liliane Cristina de Oliveira Vieira e Maria Aparecida Holanda Veloso COLÉGIO LA SALLE BRASILIA Associação Brasileira de Educadores Lassalistas ABEL SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: Matemática Período:

Leia mais

Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros

Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros 2º ciclo PCA - 6º ano Planificação Anual 2013-2014 MATEMÁTICA METAS CURRICULARES

Leia mais

CURRÍCULO 1º ANO do ENSINO UNDAMENTAL LINGUAGEM

CURRÍCULO 1º ANO do ENSINO UNDAMENTAL LINGUAGEM CURRÍCULO do ENSINO UNDAMENTAL LINGUAGEM ORALIDADE Formar frases com seqüência e sentido. Relacionar palavras que iniciam com vogais. Associar primeira letra/som em palavras iniciadas por vogal. Falar

Leia mais

PLANIFICAÇÃO POR UNIDADE TEMÁTICA MATEMÁTICA 5º ANO DISTRIBUIÇÃO ANUAL DAS UNIDADES TEMÁTICAS/ TEMPOS LETIVOS (AULAS DE 45 )

PLANIFICAÇÃO POR UNIDADE TEMÁTICA MATEMÁTICA 5º ANO DISTRIBUIÇÃO ANUAL DAS UNIDADES TEMÁTICAS/ TEMPOS LETIVOS (AULAS DE 45 ) Uma Escola de Cidadania Uma Escola de Qualidade Agrupamento de Escolas Dr. Francisco Sanches PLANIFICAÇÃO POR UNIDADE TEMÁTICA MATEMÁTICA 5º ANO DISTRIBUIÇÃO ANUAL DAS UNIDADES TEMÁTICAS/ TEMPOS LETIVOS

Leia mais

Disciplina: Matemática. Período: I. Professor (a): Liliane Cristina de Oliveira Vieira e Maria Aparecida Holanda Veloso

Disciplina: Matemática. Período: I. Professor (a): Liliane Cristina de Oliveira Vieira e Maria Aparecida Holanda Veloso COLÉGIO LA SALLE BRASILIA Associação Brasileira de Educadores Lassalistas ABEL SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: Matemática Período:

Leia mais

MATEMÁTICA Edwaldo Bianchini. Um supertalento para fazer livros mais um consagrado time de autores. Resultado: ensino com muito mais valor.

MATEMÁTICA Edwaldo Bianchini. Um supertalento para fazer livros mais um consagrado time de autores. Resultado: ensino com muito mais valor. Material de divulgação da Editora Moderna PNLD 2011 Um supertalento para fazer livros mais um consagrado time de autores. Resultado: ensino com muito mais valor. MATEMÁTICA Edwaldo Bianchini MATEMÁTICA

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DO NOVO PROGRAMA DE MATEMÁTICA

PLANIFICAÇÃO ANUAL DO NOVO PROGRAMA DE MATEMÁTICA PLANIFICAÇÃO ANUAL DO NOVO PROGRAMA DE MATEMÁTICA 5º ano 2012/2013 UNIDADE: Números e Operações 1 - NÚMEROS NATURAIS OBJECTIVOS GERAIS: - Compreender e ser capaz de usar propriedades dos números inteiros

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DE MATEMÁTICA SÉRIES INICIAIS. Abril de 2011

MATRIZ CURRICULAR DE MATEMÁTICA SÉRIES INICIAIS. Abril de 2011 MATRIZ CURRICULAR DE MATEMÁTICA SÉRIES INICIAIS 2011 Abril de 2011 1 1º ANO 1º trimestre 2º trimestre Contagem. Notação e escrita numéricas. Organização do esquema corporal. Percepção do tempo. Sequência

Leia mais

Padrões de Desempenho Estudantil

Padrões de Desempenho Estudantil Padrões de Desempenho Estudantil Abaixo do Básico Básico Adequado Avançado Os Padrões de Desempenho são categorias definidas a partir de cortes numéricos que agrupam os níveis da Escala de Proficiência,

Leia mais

Índice. 1. Blocos Lógicos e Material Dourado - Continuação...3. 2. Séries e Sequências...4 3. Espaço e Forma...5. 1.1. Material Dourado...

Índice. 1. Blocos Lógicos e Material Dourado - Continuação...3. 2. Séries e Sequências...4 3. Espaço e Forma...5. 1.1. Material Dourado... GRUPO 5.4 MÓDULO 17 Índice 1. Blocos Lógicos e Material Dourado - Continuação...3 1.1. Material Dourado... 3 2. Séries e Sequências...4 3. Espaço e Forma...5 2 1. BLOCOS LÓGICOS E MATERIAL DOURADO - CONTINUAÇÃO

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 132, Toledo PR Fone: 3277-150 PLANEJAMENTO ANUAL DE CIÊNCIAS SÉRIE: 1 ANO PROFESSOR: KELLY GISLAINE

Leia mais

MATEMÁTICA - 5.º Ano

MATEMÁTICA - 5.º Ano Salesianos de Mogofores - 2015/2016 MATEMÁTICA - 5.º Ano Ana Soares ( amariasoares@gmail.com ) Catarina Coimbra ( catarinacoimbra@mail.ru ) Rota de aprendizage m por Projetos NÚMEROS NATURAIS Desenvolver

Leia mais

Escola Estadual Antônio Valadares Plano de Aula

Escola Estadual Antônio Valadares Plano de Aula Nome do Professor: DENISE DA SILVA VARGAS VENANCIO Ano Referência: 2014 Município: Terenos Unidade Escolar: EE ANTÔNIO VALADARES Etapa Ensino: Ensino Fundamental Ano/Fase/Modulo: 2º Ano Turno: Integral

Leia mais

Pré-Escola 4 e 5 anos

Pré-Escola 4 e 5 anos PREFEITURA MUNICIPAL DE SALVADOR Secretaria Municipal da Educação e Cultura SMEC DIÁRIO DE CLASSE Educação Infantil Pré-Escola 4 e 5 anos DIÁRIO DE CLASSE ESCOLA: CRE: ATO DE CRIAÇÃO DIÁRIO OFICIAL / /

Leia mais

Oficina de Matemática Fundamental I

Oficina de Matemática Fundamental I SISTEMA DE NUMERAÇÃO E OPERAÇÕES NUMÉRICAS Oficina de Matemática Fundamental I André Luís Corte Brochi Professor das Faculdades COC Conteúdo Sistemas de numeração história da Matemática. Agrupamentos e

Leia mais

Prova Escrita de Matemática Aplicada às Ciências Sociais

Prova Escrita de Matemática Aplicada às Ciências Sociais Exame Final Nacional do Ensino Secundário Prova Escrita de Matemática Aplicada às Ciências Sociais 11.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 835/2.ª Fase 15 Páginas Duração

Leia mais

Disciplina: Alfabetização

Disciplina: Alfabetização Título do artigo: As intervenções didáticas no processo de alfabetização inicial Disciplina: Alfabetização Selecionador: Beatriz Gouveia 1 Categoria: Professor 1 Coordenadora de projetos do Instituto Avisa

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 13, Toledo PR Fone: 377-150 PLANEJAMENTO ANUAL DE LÍNGUA INGLESA SÉRIE: º Ano PROFESSOR: Lilian

Leia mais

Orientações Preliminares. Professor Fábio Vinícius

Orientações Preliminares. Professor Fábio Vinícius Orientações Preliminares Professor Fábio Vinícius O ENEM O ENEM foi criado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP), sob a supervisão do Ministério da Educação (MEC), em 1998,

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO MATERIAL CONCRETO NA MULTIPLICAÇÃO

A IMPORTÂNCIA DO MATERIAL CONCRETO NA MULTIPLICAÇÃO A IMPORTÂNCIA DO MATERIAL CONCRETO NA MULTIPLICAÇÃO Elisabete Cano Sabino 1 Camila Aparecida Lopes Coradetti 2 José Felice 3 Resumo: O trabalho esta sendo desenvolvido na Escola Municipal Brincando de

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 13, Toledo PR Fone: 377-150 PLANEJAMENTO ANUAL DE LÍNGUA INGLESA SÉRIE: 3º Ano PROFESSOR: Lilian

Leia mais

A educadora avalia a formação de nossos professores para o ensino da Matemática e os caminhos para trabalhar a disciplina na Educação Infantil.

A educadora avalia a formação de nossos professores para o ensino da Matemática e os caminhos para trabalhar a disciplina na Educação Infantil. Matemática na Educação Infantil: é possível A educadora avalia a formação de nossos professores para o ensino da Matemática e os caminhos para trabalhar a disciplina na Educação Infantil. Nas avaliações

Leia mais

PLANO DE APRENDIZAGEM PARA DISCIPLINAS COM AULAS TEÓRICAS E AULAS PRÁTICAS

PLANO DE APRENDIZAGEM PARA DISCIPLINAS COM AULAS TEÓRICAS E AULAS PRÁTICAS CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS CESCAGE FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS CURSO DE... PLANO DE APRENDIZAGEM PARA DISCIPLINAS COM AULAS TEÓRICAS E AULAS PRÁTICAS IDENTIFICAÇÃO: Disciplina:

Leia mais

COLÉGIO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA

COLÉGIO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL para o 6º ANO LÍNGUA PORTUGUESA Abordagem linguístico-gramatical: Leitura e interpretação dos diferentes gêneros textuais. Reconhecimento e identificação das características

Leia mais

Matemática Aplicada às Ciências Sociais

Matemática Aplicada às Ciências Sociais Prova de Exame Nacional de Matemática Aplicada às Ciências Sociais Prova 835 2011 10.º e 11.º Anos de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Para: Direcção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento

Leia mais

Matemática Aplicada às Ciências Sociais Dezembro de 2013

Matemática Aplicada às Ciências Sociais Dezembro de 2013 Informação-EXAME FINAL NACIONAL Matemática Aplicada às Ciências Sociais Dezembro de 2013 Prova 835 2014 11.º Ano de Escolaridade O presente documento divulga informação relativa à prova de exame final

Leia mais

INFORMATIVO 2015 II UNIDADE 3 ano LÍNGUA PORTUGUESA

INFORMATIVO 2015 II UNIDADE 3 ano LÍNGUA PORTUGUESA INFORMATIVO 2015 II UNIDADE 3 ano Com o objetivo de promover avanços no desenvolvimento dos educandos, tendo em vista a aquisição de novos conhecimentos, habilidades e a formação de atitudes e valores

Leia mais

"SISTEMAS DE COTAGEM"

SISTEMAS DE COTAGEM AULA 6T "SISTEMAS DE COTAGEM" Embora não existam regras fixas de cotagem, a escolha da maneira de dispor as cotas no desenho técnico depende de alguns critérios. A cotagem do desenho técnico deve tornar

Leia mais

Conceitos: A fração como coeficiente. A fração e a sua representação gráfica. Termos que compõem uma fração. Fração unidade. Fração de um número.

Conceitos: A fração como coeficiente. A fração e a sua representação gráfica. Termos que compõem uma fração. Fração unidade. Fração de um número. Unidade 1. As frações. Enquadramento Curricular em Espanha: Objetos de aprendizagem: 1.1. Conceito de fração Identificar os termos de uma fração. Escrever e ler frações. Comparar frações com igual denominador.

Leia mais

PROVA BRASIL: DESCRITORES DE AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA

PROVA BRASIL: DESCRITORES DE AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA PROVA BRASIL: DESCRITORES DE AVALIAÇÃO DE MATEMÁTICA Isabel Cristina Ribeiro 1 Mary Ângela Teixeira Branda lise 2 Resumo Este trabalho tem por objetivo realizar um estudo sobre as habilidades e competências

Leia mais

Plano de Aula de Matemática. Competência 3: Aplicar os conhecimentos, adquiridos, adequando-os à sua realidade.

Plano de Aula de Matemática. Competência 3: Aplicar os conhecimentos, adquiridos, adequando-os à sua realidade. Plano de Aula de Matemática Competência 3: Aplicar os conhecimentos, adquiridos, adequando-os à sua realidade. Habilidade: H27. Resolver situações-problema de adição ou subtração envolvendo medidas ou

Leia mais

COLÉGIO DE LAMEGO (70%-89%) CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO ESPECÍFICA Do 1º Ciclo

COLÉGIO DE LAMEGO (70%-89%) CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO ESPECÍFICA Do 1º Ciclo COLÉGIO DE LAMEGO (70%-89%) CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO ESPECÍFICA Do 1º Ciclo 2014/2015 Avaliar é um conceito que se utiliza com frequência na sociedade actual. Ao fazer-se uma avaliação queremos apreciar

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA PLANO INDIVIDUAL DE ESTUDO ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO RESOLUÇÃO SEE Nº 2

ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA PLANO INDIVIDUAL DE ESTUDO ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO RESOLUÇÃO SEE Nº 2 ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA PLANO INDIVIDUAL DE ESTUDO ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO RESOLUÇÃO SEE Nº 2.197, DE 26 DE OUTUBRO DE 2012 ANO 2014 PROFESSOR (a) Elaine Cristina Francisco

Leia mais

C 1. 45 minutos. Prova de Aferição de Matemática. 1.º Ciclo do Ensino Básico 8 Páginas. Matemática/2012. PA Matemática/Cad.

C 1. 45 minutos. Prova de Aferição de Matemática. 1.º Ciclo do Ensino Básico 8 Páginas. Matemática/2012. PA Matemática/Cad. PROVA DE AFERIÇÃO DO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO Matemática/2012 Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de janeiro A PREENCHER PELO ALUNO Rubrica do Professor Aplicador Nome completo A PREENCHER PELO AGRUPAMENTO

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE ENSINO RELIGIOSO

PLANEJAMENTO ANUAL DE ENSINO RELIGIOSO COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE ENSINO RELIGIOSO SÉRIE: 9ºs anos PROFESSOR:

Leia mais

A RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS NO ENSINO DAS PROPRIEDADES DE POTÊNCIAS

A RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS NO ENSINO DAS PROPRIEDADES DE POTÊNCIAS A RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS NO ENSINO DAS PROPRIEDADES DE POTÊNCIAS Felipe de Almeida Duarte Bolsista PIBID 1 - UTFPR Campus Cornélio Procópio felipeaduart@hotmail.com Marila Torres de Aguiar Bolsista PIBID¹

Leia mais

Resolução de problemas

Resolução de problemas Resolução de problemas Oficina de Matemática Fundamental I André Luís Corte Brochi Professor da Faculdade Interativa COC Conteúdo Elementos teóricos sobre resolução de problemas. Sugestões de atividades

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ABEL SALAZAR 2015-2016

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ABEL SALAZAR 2015-2016 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ABEL SALAZAR 2015-2016 1º CICLO - 2º ANO DE ESCOLARIDADE PORTUGUÊS PLANIFICAÇÃO MENSAL DE JANEIRO DOMÍNIOS METAS/OBJETIVOS OPERACIONALIZAÇÃO (DESCRITORES) MATERIAIS/ RECURSOS ORALIDADE

Leia mais

PLANEJAMENTO 1º TRIMESTRE/2014 Professor(a): Karine Peters Disciplina: Língua Portuguesa Turma: 4º Ano

PLANEJAMENTO 1º TRIMESTRE/2014 Professor(a): Karine Peters Disciplina: Língua Portuguesa Turma: 4º Ano Professor(a): Karine Peters Disciplina: Língua Portuguesa Turma: 4º Ano *Reconhecer a função informativa do texto; *Estabelecer relação entre comparação e conhecimentos prévios; *Leitura / Compreensão

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS MATEMÁTICA 5.º ANO PLANIFICAÇÃO GLOBAL ANO LETIVO 2012/2013 Planificação Global 5º Ano 2012-2013 1/7 NÚMEROS

Leia mais

PLANIFICAÇÃO POR UNIDADE TEMÁTICA MATEMÁTICA 6.º ANO 2015/2016

PLANIFICAÇÃO POR UNIDADE TEMÁTICA MATEMÁTICA 6.º ANO 2015/2016 Uma Escola de Cidadania Uma Escola de Qualidade Agrupamento de Escolas Dr. Francisco Sanches PLANIFICAÇÃO POR UNIDADE TEMÁTICA MATEMÁTICA 6.º ANO 2015/2016 Tema 1: Números naturais. Potências de expoente

Leia mais

Estudos da Natureza na Educação Infantil

Estudos da Natureza na Educação Infantil Estudos da Natureza na Educação Infantil Referenciais Curriculares Nacionais da Educação Infantil (RCNEI) parte 2 Prof. Walteno Martins Parreira Jr www.waltenomartins.com.br waltenomartins@yahoo.com 2015

Leia mais

Índice. 1. Frações e Decimais: As Representações dos Números Racionais...3 2. Blocos Lógicos e Material Dourado...3

Índice. 1. Frações e Decimais: As Representações dos Números Racionais...3 2. Blocos Lógicos e Material Dourado...3 GRUPO 5.4 MÓDULO 16 Índice 1. Frações e Decimais: As Representações dos Números Racionais...3 2. Blocos Lógicos e Material Dourado...3 2.1. Blocos Lógicos... 3 2.2. Das Pedrinhas aos Números... 4 2 1.

Leia mais

Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa

Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa Alfabetização em foco: PROJETOS DIDÁTICOS E SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS EM DIÁLOGO COM OS DIFERENTES COMPONENTES CURRICULARES Ano 03 Unidade 06 Organização do

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE HISTÓRIA

PLANEJAMENTO ANUAL DE HISTÓRIA COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 134, Toledo PR Fone: 377-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE HISTÓRIA SÉRIE: 3º ano PROFESSORES: Vera

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE HISTÓRIA

PLANEJAMENTO ANUAL DE HISTÓRIA COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE HISTÓRIA SÉRIE: 1 ANO PROFESSOR: KELLY

Leia mais

Fração como porcentagem. Sexto Ano do Ensino Fundamental. Autor: Prof. Francisco Bruno Holanda Revisor: Prof. Antonio Caminha M.

Fração como porcentagem. Sexto Ano do Ensino Fundamental. Autor: Prof. Francisco Bruno Holanda Revisor: Prof. Antonio Caminha M. Material Teórico - Módulo de FRAÇÕES COMO PORCENTAGEM E PROBABILIDADE Fração como porcentagem Sexto Ano do Ensino Fundamental Autor: Prof. Francisco Bruno Holanda Revisor: Prof. Antonio Caminha M. Neto

Leia mais

quociente razão. mesma área a partes de um tablete de chocolate

quociente razão. mesma área a partes de um tablete de chocolate 1 As sequências de atividades Vamos relembrar, Como lemos os números racionais?, Como escrevemos os números racionais?, As partes das tiras de papel, Comparando e ordenando números racionais na forma decimal

Leia mais

ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO - 4º ano -

ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO - 4º ano - COLÉGIO ARNALDO 2014 ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO - 4º ano - MATEMÁTICA Aluno(a): Série: 4º ano Turma: Professor(a): Valor: 20 pontos Obteve: Conteúdo de Recuperação Função do número - contagem, código, ordenação

Leia mais

Três exemplos de sistematização de experiências

Três exemplos de sistematização de experiências Três exemplos de sistematização de experiências Neste anexo, apresentamos alguns exemplos de propostas de sistematização. Estes exemplos não são reais; foram criados com propósitos puramente didáticos.

Leia mais

CONTEÚDOS DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA

CONTEÚDOS DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA CONTEÚDOS DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA 6ºANO CONTEÚDOS-1º TRIMESTRE Números naturais; Diferença entre número e algarismos; Posição relativa do algarismo dentro do número; Leitura do número; Sucessor e antecessor;

Leia mais

Caderno 1: 30 minutos. Tolerância: 10 minutos. (é permitido o uso de calculadora)

Caderno 1: 30 minutos. Tolerância: 10 minutos. (é permitido o uso de calculadora) Prova Final de Matemática 2.º Ciclo do Ensino Básico Prova 62/1.ª Fase/2015 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho A PREENCHER PELO ALUNO Nome completo Documento de identificação Assinatura do Aluno CC

Leia mais

A PROBLEMATIZAÇÃO DE JOGOS COMO ESTRATÉGIA DE APRENDIZAGEM PARA AS QUATRO OPERAÇÕES FUNDAMENTAIS

A PROBLEMATIZAÇÃO DE JOGOS COMO ESTRATÉGIA DE APRENDIZAGEM PARA AS QUATRO OPERAÇÕES FUNDAMENTAIS A PROBLEMATIZAÇÃO DE JOGOS COMO ESTRATÉGIA DE APRENDIZAGEM PARA AS QUATRO OPERAÇÕES FUNDAMENTAIS Cristiane Borges Angelo (Orientadora) Emmanuel De Sousa Fernandes Falcão (Orientador) Vilmara Luiza Almeida

Leia mais

EIXO/TEMA IV - TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO Descritor 27 Ler informações e dados apresentados em tabelas.

EIXO/TEMA IV - TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO Descritor 27 Ler informações e dados apresentados em tabelas. SUGESTÕES DE ATIVIDADES PARA O TRABALHO COM AS HABILIDADES E OS CONTEÚDOS DOS DESCRITORES DA MATRIZ SAEB E DAS EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM DA MATRIZ CURRICULAR DO ESTADO DE GOIÁS CADERNO 5 Matemática

Leia mais

Conteúdo Básico Comum (CBC) de MATEMÁTICA do Ensino Médio Exames Supletivos/2013

Conteúdo Básico Comum (CBC) de MATEMÁTICA do Ensino Médio Exames Supletivos/2013 SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS SUBSECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DO ENSINO MÉDIO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Conteúdo

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 12, Toledo PR Fone: 277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE MATEMÁTICA SÉRIE: PRÉ I PROFESSOR: Carla Iappe

Leia mais

Base Nacional Comum Curricular 2016. Lemann Center at Stanford University

Base Nacional Comum Curricular 2016. Lemann Center at Stanford University Base Nacional Comum Curricular 2016 Lemann Center at Stanford University Parte II: Base Nacional Comum: Análise e Recomendações da Seção de Matemática Phil Daro Dezembro, 2015 BASE NACIONAL COMUM: ANÁLISE

Leia mais

Aula 4 Conceitos Básicos de Estatística. Aula 4 Conceitos básicos de estatística

Aula 4 Conceitos Básicos de Estatística. Aula 4 Conceitos básicos de estatística Aula 4 Conceitos Básicos de Estatística Aula 4 Conceitos básicos de estatística A Estatística é a ciência de aprendizagem a partir de dados. Trata-se de uma disciplina estratégica, que coleta, analisa

Leia mais

Informação - Teste Comum 2.ºCICLO DO ENSINO BÁSICO MATEMÁTICA - 6.º ANO 2015

Informação - Teste Comum 2.ºCICLO DO ENSINO BÁSICO MATEMÁTICA - 6.º ANO 2015 Direção de Serviços da Região Norte Informação - Teste Comum 2.ºCICLO DO ENSINO BÁSICO MATEMÁTICA - 6.º ANO 2015 1- Informação O presente documento divulga informação relativa ao teste comum do 2.º Ciclo

Leia mais

Não é permitido o uso de corrector. Em caso de engano, deve riscar, de forma inequívoca, aquilo que pretende que não seja classificado.

Não é permitido o uso de corrector. Em caso de engano, deve riscar, de forma inequívoca, aquilo que pretende que não seja classificado. Teste Intermédio de Matemática B 2010 Teste Intermédio Matemática B Duração do Teste: 90 minutos 13.04.2010 10.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Utilize apenas caneta ou esferográfica

Leia mais

REGINA APARECIDA DE OLIVEIRA ASSESSORIA PEDAGÓGICA DE MATEMÁTICA LONDRINA, SETEMBRO DE 2011.

REGINA APARECIDA DE OLIVEIRA ASSESSORIA PEDAGÓGICA DE MATEMÁTICA LONDRINA, SETEMBRO DE 2011. REGINA APARECIDA DE OLIVEIRA ASSESSORIA PEDAGÓGICA DE MATEMÁTICA LONDRINA, SETEMBRO DE 2011. 2 Planejamento de aula abordando alguns conteúdos de Geometria. Sugestão para: Educação Infantil e 1º ano. Tema

Leia mais

Não dá para jogar porque a casa 7 já está fechada!

Não dá para jogar porque a casa 7 já está fechada! ATVDADES 1 2 3 4 5 6 7 8 9 1 6 8 3 7 4 9 e Ou e Ou e Ou e Ou só o 2 5 CÉLLUS Feche a caixa 1 O E 2 O ANOS Diferentes possibilidades de adição para obter o mesmo resultado Agrupamentos para adicionar mais

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO TÍTULO I DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO Art. 1º Os Trabalhos de Conclusão de Curso,

Leia mais

Resolvendo problemas com logaritmos

Resolvendo problemas com logaritmos A UA UL LA Resolvendo problemas com logaritmos Introdução Na aula anterior descobrimos as propriedades dos logaritmos e tivemos um primeiro contato com a tábua de logarítmos. Agora você deverá aplicar

Leia mais

Mão na roda. Projetos temáticos

Mão na roda. Projetos temáticos Material elaborado pelo Ético Sistema de Ensino Educação infantil Publicado em 2011 Projetos temáticos Educação Infantil Data: / / Nível: Escola: Nome: Mão na roda Justificativa A origem da invenção da

Leia mais

Oficina - Álgebra 1. Oficina de CNI EM / Álgebra 1 Material do Monitor. Setor de Educação de Jovens e Adultos. Caro monitor,

Oficina - Álgebra 1. Oficina de CNI EM / Álgebra 1 Material do Monitor. Setor de Educação de Jovens e Adultos. Caro monitor, Oficina - Álgebra 1 Caro monitor, As situações de aprendizagem apresentadas nessa atividade têm como objetivo desenvolver o raciocínio algébrico, e assim, proporcionar que o educando realize a representação

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL 2014

PLANEJAMENTO ANUAL 2014 PLANEJAMENTO ANUAL 2014 Disciplina: MATEMÁTICA Período: Anual Professor: AMPARO MAGUILLA RODRIGUEZ Série e segmento: 3º ENSINO MÉDIO 1º TRIMESTRE 2º TRIMESTRE 3º TRIMESTRE Objetivo Geral * Desenvolver

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIACÃO

CRITÉRIOS DE AVALIACÃO CRITÉRIOS DE AVALIACÃO Educação Visual 5º Ano Educação Visual 6º Ano Educação Tecnológica 5º Ano Educação Tecnológica 6º Ano ANO ESCOLAR 2015 / 2016 Ano letivo de 2015 / 2016 INTRODUÇÃO Sendo a avaliação

Leia mais

ORGANIZAÇÃO E TRATAMENTO DE DADOS Nome: N.º Turma / /201

ORGANIZAÇÃO E TRATAMENTO DE DADOS Nome: N.º Turma / /201 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA BOA ÁGUA 172388 Escola Básica Integrada da Boa Água EB1 n.º2 da Quinta do Conde EB1/JI do Pinhal do General JI do Pinhal do General Departamento

Leia mais

Desenhando perspectiva isométrica

Desenhando perspectiva isométrica Desenhando perspectiva isométrica A UU L AL A Quando olhamos para um objeto, temos a sensação de profundidade e relevo. As partes que estão mais próximas de nós parecem maiores e as partes mais distantes

Leia mais

INTEGRAÇÃO E MOVIMENTO- INICIAÇÃO CIENTÍFICA E.E. JOÃO XXIII SALA 15 - Sessão 2

INTEGRAÇÃO E MOVIMENTO- INICIAÇÃO CIENTÍFICA E.E. JOÃO XXIII SALA 15 - Sessão 2 INTEGRAÇÃO E MOVIMENTO- INICIAÇÃO CIENTÍFICA E.E. JOÃO XXIII SALA 15 - Sessão 2 Professor(es) Apresentador(es): Ana Lúcia Teixeira de Araújo Durigan Nelcy Aparecida de Araújo Realização: Apresentação do

Leia mais

Investigando números consecutivos no 3º ano do Ensino Fundamental

Investigando números consecutivos no 3º ano do Ensino Fundamental Home Índice Autores deste número Investigando números consecutivos no 3º ano do Ensino Fundamental Adriana Freire Resumo Na Escola Vera Cruz adota-se como norteador da prática pedagógica na área de matemática

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA. Seleção 2009. Prova Escrita 06/02/2009

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA. Seleção 2009. Prova Escrita 06/02/2009 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA Seleção 2009 Prova Escrita 06/02/2009 Número de inscrição: Esta prova é composta de três partes: Parte A: conteúdos

Leia mais

Construindo uma aula significativa passo-a-passo.

Construindo uma aula significativa passo-a-passo. Construindo uma aula significativa passo-a-passo. www.juliofurtado.com.br SINOPSE: O As sete etapas da construção de um conceito. O Os três momentos de uma aula significativa. O A mediação de conflitos

Leia mais

JOGOS ELETRÔNICOS CONTRIBUINDO NO ENSINO APRENDIZAGEM DE CONCEITOS MATEMÁTICOS NAS SÉRIES INICIAIS

JOGOS ELETRÔNICOS CONTRIBUINDO NO ENSINO APRENDIZAGEM DE CONCEITOS MATEMÁTICOS NAS SÉRIES INICIAIS JOGOS ELETRÔNICOS CONTRIBUINDO NO ENSINO APRENDIZAGEM DE CONCEITOS MATEMÁTICOS NAS SÉRIES INICIAIS Educação Matemática na Educação Infantil e nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental (EMEIAIEF) GT 09 RESUMO

Leia mais

Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio Planificação Anual das Atividades Letivas

Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio Planificação Anual das Atividades Letivas Departamento Curricular: 1º ciclo Ano de escolaridade: 3º ano Área Curricular: MATEMÁTICA Ano letivo:2015/2016 Perfil do aluno à saída do 1º ciclo: Participar na vida sala de aula, da escola e da comunidade

Leia mais

ENSINO BÁSICO 2.º CICLO PROGRAMA DE MATEMÁTICA PLANO DE ORGANIZAÇÃO DO ENSINO - APRENDIZAGEM VOLUME II

ENSINO BÁSICO 2.º CICLO PROGRAMA DE MATEMÁTICA PLANO DE ORGANIZAÇÃO DO ENSINO - APRENDIZAGEM VOLUME II 1 ENSINO BÁSICO 2.º CICLO PROGRAMA DE MATEMÁTICA PLANO DE ORGANIZAÇÃO DO ENSINO - APRENDIZAGEM VOLUME II 2 SUMÁRIO INTRODUÇÃO PLANO DE ORGANIZAÇÃO E SEQUÊNCIA DO ENSINO-APRENDIZAGEM SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS

Leia mais

CASTILHO, Grazielle (Acadêmica); Curso de graduação da Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Goiás (FEF/UFG).

CASTILHO, Grazielle (Acadêmica); Curso de graduação da Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Goiás (FEF/UFG). ANÁLISE DAS CONCEPÇÕES DE EDUCAÇÃO INFANTIL E EDUCAÇÃO FÍSICA PRESENTES EM UMA INSTITUIÇÃO FILÁNTROPICA E MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL DA CIDADE DE GOIÂNIA/GO CASTILHO, Grazielle (Acadêmica); Curso de

Leia mais

EXPRESSÃO CORPORAL: UMA REFLEXÃO PEDAGÓGICA

EXPRESSÃO CORPORAL: UMA REFLEXÃO PEDAGÓGICA EXPRESSÃO CORPORAL: UMA REFLEXÃO PEDAGÓGICA Rogério Santos Grisante 1 ; Ozilia Geraldini Burgo 2 RESUMO: A prática da expressão corporal na disciplina de Artes Visuais no Ensino Fundamental II pode servir

Leia mais

PLANEJAMENTO FEVEREIRO/MARÇO 2014

PLANEJAMENTO FEVEREIRO/MARÇO 2014 CENTRO EDUCACIONAL DA LAGOA PLANEJAMENTO FEVEREIRO/MARÇO 2014 PROJETO VENCER OU PERDER: O desafio da vida FEVEREIRO Valor do mês - AMIZADE Sentimento fiel de afeição, simpatia, estima ou ternura entre

Leia mais

Aprendendo, de uma forma lúdica, o sistema monetário - Jogo da caixa C.E.I.PROFª DULCE DE FARIA MARTINS MIGLIORINI

Aprendendo, de uma forma lúdica, o sistema monetário - Jogo da caixa C.E.I.PROFª DULCE DE FARIA MARTINS MIGLIORINI Aprendendo, de uma forma lúdica, o sistema monetário - Jogo da caixa C.E.I.PROFª DULCE DE FARIA MARTINS MIGLIORINI Sala 1 2ª Sessão Professor Apresentador: ROBERTA CRISTINA ROCHA Realização: Foco MATEMÁTICA-SISTEMA

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MIRA PLANIFICAÇÃO 3.º ANO 2013/2014

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MIRA PLANIFICAÇÃO 3.º ANO 2013/2014 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MIRA PLANIFICAÇÃO 3.º ANO 2013/2014 setembro/outubro novembro dezembro - texto narrativo - texto poético Ordem alfabética Consulta de dicionário Família de palavras Verbo: tempo

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE AUDITORIA INTERNA

PROCEDIMENTOS DE AUDITORIA INTERNA 1/8 Sumário 1 Objetivo 2 Aplicação 3 Documentos complementares 4 Definições 5 Procedimento 1 Objetivo Este Procedimento tem como objetivo descrever a rotina aplicável aos procedimentos de auditoria interna

Leia mais

A MATEMÁTICA ATRÁVES DE JOGOS E BRINCADEIRAS: UMA PROPOSTA PARA ALUNOS DE 5º SÉRIES

A MATEMÁTICA ATRÁVES DE JOGOS E BRINCADEIRAS: UMA PROPOSTA PARA ALUNOS DE 5º SÉRIES A MATEMÁTICA ATRÁVES DE JOGOS E BRINCADEIRAS: UMA PROPOSTA PARA ALUNOS DE 5º SÉRIES Haiane Regina de Paula, PIC(UNESPAR/FECILCAM)) Valdir Alves (OR), FECILCAM RESUMO:A pesquisa A Matemática Através de

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO 2º PERÍODO/2015 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO 2º PERÍODO/2015 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO 2º PERÍODO/2015 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL LÍNGUA PORTUGUESA (Unidades 1 e 2) Gêneros História em quadrinhos Letra de canção Diário Notícia Conto de fadas Texto de opinião Conto

Leia mais

Cadernos da 2012 2013

Cadernos da 2012 2013 Gabinete de Apoio à Qualidade do Ensino Cadernos da NOVA 2012 2013 avaliação das aprendizagens Âmbito O Núcleo de Inovação Pedagógica e de Desenvolvimento Profissional dos Docentes, integrado no Gabinete

Leia mais