PROJETO AUTOBIOGRAFIAS.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROJETO AUTOBIOGRAFIAS."

Transcrição

1 Experiências significativas no desenvolvimento de Projetos Sociais. PROJETO AUTOBIOGRAFIAS. Gabriela Junqueira De Marco. Faculdade de Educação, Ciências e Artes Dom Bosco de Monte Aprazível-SP. O objetivo deste projeto é criar um espaço de reflexão sobre as características da linguagem escrita e promover situações de leitura e escrita de biografias e autobiografias. A opção pelo livro como produto final se deve ao fato de significar um destino real e interessante para os alunos, o que contribui para que se esforcem e se dediquem em todas as etapas, e para que atribuam sentido a todas as revisões necessárias antes do lançamento do livro. Que eleve a auto- estima, pois eles chegam se sentindo inferiores, mas com muita vontade de aprender. O que se espera que os alunos aprendam 1- As características específicas das biografias : tipo de linguagem mais usual, expressões utilizadas, apresentação da estrutura do texto. 2- Escrever um roteiro para a produção do texto. O que o professor deve garantir no decorrer do projeto 1- Favorecer as iniciativas individuais e coletivas, acolhendo as idéias dos alunos e possibilitando que sejam colocadas em prática. Etapas previstas 1- Disponibilizar biografias de personalidades conhecidas para os alunos manusearem e lerem. 2- Compartilhar com os alunos o objetivo do projeto. 3- Propor uma revisão deste primeiro texto escrito pelo grupo a partir da pergunta: O que precisamos fazer para que esta biografia fique mais bonita e mais gostosa de ler? 4- Ler biografias bem escritas e de personalidades conhecidas para revisão de texto bem escrito. 5- Escrever as palavras e expressões que os alunos destacaram dos textos lidos em uma lista, para que, ao escrever suas autobiografias, possam consultá-las. 6- Fotografar os alunos. Resultado: Foto de cada alfabetizando com sua Autobiografia. Meu nome é Paulo Dias Canjirana, nasci no dia 2 de abril de 1976 em Nova Canaã BA, meu pai se chama Nelson, minha mãe Almerinda e tenho 3 irmãos. Trabalhava desde os 6 anos no sitio, não freqüentava a escola porque não tinha tempo. Meu pai não deixava pois eu tinha que trabalhar, e não deixava brincar de nada. FOT O Estou aqui em Monte Aprazível, trabalhando faz 3 anos, minha esposa Maria Conceição e meu filho Adenilson moram, na Bahia. A escola para mim é um sonho, tenho muita vontade de aprender a ler e escrever. O que mais gosto é da minha família, de trabalhar, ganhar dinheiro e ter saúde. Não gosto que mexam nas coisas dos outros. Estou no 2º dia de aula e estou gostando muito.

2 PROJETO AUTOBIOGRAFIAS. Gabriela Junqueira De Marco. Faculdade de Educação, Ciências e Artes Dom Bosco de Monte Aprazível-SP. Objetivo compartilhado com os alunos ( produto final ) Escrever um livro de autobiografias do grupo. Justificativa O objetivo deste projeto é criar um espaço de reflexão sobre as características da linguagem escrita e promover situações de leitura e escrita de biografias e autobiografias. A opção pelo livro como produto final se deve ao fato de significar um destino real e interessante para os alunos, o que contribui para que se esforcem e se dediquem em todas as etapas, e para que atribuam sentido a todas as revisões necessárias antes do lançamento do livro. Que eleve a auto- estima, pois eles chegam se sentindo inferiores, mas com muita vontade de aprender. O que se espera que os alunos aprendam 3- Que todos possam produzir bons textos, mesmo antes de saber a grafia convencional das palavras, desde que ditem para o professor ou para outro colega mais experiente. 4- As características específicas das biografias : tipo de linguagem mais usual, expressões utilizadas, apresentação da estrutura do texto. 5- Alguns procedimentos de revisão de texto ( reler cada parte escrita, verificando a articulação com o que já foi escrito e planejando o que falta escrever, fazer rascunhos, suprimir repetições, etc. ) com a ajuda do professor. 6- Alguns procedimentos de revisão de texto bem escrito: anotar as palavras e expressões de que mais gostou e que gostaria de utilizar em seu texto, destacar a forma que o autor utilizou par comunicar uma idéia ou um acontecimento, com a ajuda do professor. 7- Escrever um roteiro para a produção do texto. 8- Escrever coletivamente uma biografia. 9- Revisar o próprio texto, inserindo palavras e expressões que destacou de outros textos ( em atividades de revisão de textos bem escritos ) no contexto adequado. 10- Valorizar o trabalho em grupo. O que o professor deve garantir no decorrer do projeto 2- Selecionar várias biografias e autobiografias de personalidades conhecidas do grupo.

3 3- Incentivar a análise dos alunos sobre a estrutura das biografias mediante perguntas tais como : o que sempre está escrito nestes textos? Como eles começam e terminam? 4- Disponibilizar, diariamente, todos os livros referentes ao projeto. 5- Garantir, sempre que possível, o trabalho em grupos para que os alunos possam ser parceiros, colocando em jogo os saberes individuais. 6- Incluir a participação dos alunos a cada retomada do planejamento do projeto. 7- Favorecer as iniciativas individuais e coletivas, acolhendo as idéias dos alunos e possibilitando que sejam colocadas em prática. Etapas previstas 7- Disponibilizar biografias de personalidades conhecidas para os alunos manusearem e lerem. 8- Ler biografias de personalidades conhecidas e conversar sobre as características que reconhecem nestes textos e que diferenciam de outros. 9- Compartilhar com os alunos o objetivo do projeto. 10- Escrever, junto com o grupo, um roteiro com os aspectos que gostariam de abordar em salas autobiográficas. 11- Promover rescrita coletiva da biografia de Monteiro Lobato para que experimentem a produção deste tipo de texto. 12- Propor uma revisão deste primeiro texto escrito pelo grupo a partir da pergunta: O que precisamos fazer para que esta biografia fique mais bonita e mais gostosa de ler? 13- Ler biografias bem escritas e de personalidades conhecidas para revisão de texto bem escrito. 14- Propor que o grupo destaque as palavras e expressões que os autores utilizaram nesses textos que consideram mais bonitas e que gostariam de utilizar em seu próprio texto. 15- Escrever as palavras e expressões que os alunos destacaram dos textos lidos em uma lista, para que, ao escrever suas autobiografias, possam consultá-las. 16- Propor que escrevam a primeira versão de suas autobiografias a partir do roteiro escrito e da lista com as palavras e expressões que gostariam de utilizar. 17- Colocar-se no lugar de escriba para os alunos que não escrevem convencionalmente. 18- Promover revisões, individuais e coletivas, das primeiras versões, considerando o roteiro proposto e a adequação das palavras que retiraram da lista ao contexto. 19- Propor que escrevam a segunda versão, conforme as revisões realizadas. 20- Procedimentos de revisão já descritos anteriormente.

4 21- Fazer a terceira revisão se for necessário. 22- Fotografar os alunos. 23- Escrever o índice e a capa. 24- Digitar as autobiografias e encadernar os exemplares. Resultado: FOTO Meu nome é Armelinda Lopes Gaspar Ferreira, tenho 63 anos, nasci no dia 06 de julho de 1940 em Urupês, e hoje moro em Adolfo. Meus pais se chamavam Manuel e Maria e de um total de 13 irmãos, o Placidio, o Antonio a Adelaide, a Maria e a Helena ainda estão vivos. Não tinha tempo para brincadeiras, socava arroz desde os 7 anos. Nunca fui a escola porque meus pais não levavam. Alguns irmãos estudaram um pouco com os vizinhos. Sempre morei em sitio. Aos 14 anos me divertia mais porque ia aos bailes e passeava aos domingos. Casei aos 18 anos com o Anísio, que já faleceu a 10 anos, e tive 7 filhos: Maria Eva, Sebastiana Aparecida, Antonio Adão, Rita da Cássia, Ana Filomena, Donílio e Cidinéia. São tosos casados. Tenho 20 netos, uma bisneta chamada Isabela e um bisneto recém- nascido chamado Kauan.

5 Recebo pensão do meu marido, costuro e tenho muitas amizades. Não gosto de fofocas e gosto muito de brincar com as amigas e falar do passado. Vim para a escola porque meu maior sonho é aprender escrever o nome e ler. Estou gostando muito e já aprendi meu nome e o abecedário. Moro longe, mas o sacrifício.

O início de minha vida...

O início de minha vida... Relato 1 Memórias de minha vida Juliana Pedroso 1 O início de minha vida... Perceber com clareza é o mesmo que ter a visão iluminada pela Luz da Alma. Podemos ficar livres da ignorância e ver corretamente

Leia mais

Objetivo : levar a criança a pensar em si mesma, como indivíduo, como pessoa, como ela mesma. Aprendendo a refletir e a concentrar em si mesma.

Objetivo : levar a criança a pensar em si mesma, como indivíduo, como pessoa, como ela mesma. Aprendendo a refletir e a concentrar em si mesma. Tema : Quem sou eu? Objetivo : levar a criança a pensar em si mesma, como indivíduo, como pessoa, como ela mesma. Aprendendo a refletir e a concentrar em si mesma. Bibliografia : a) LE, itens 919 e 919a,

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

Programa de Português Nível A2 Ensino Português no Estrangeiro. Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, IP

Programa de Português Nível A2 Ensino Português no Estrangeiro. Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, IP Português A2 Programa de Português Nível A2 Ensino Português no Estrangeiro Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, IP Direção de Serviços de Língua e Cultura Composição Gráfica: Centro Virtual Camões

Leia mais

Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava

Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava O Príncipe das Histórias Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava histórias. Ele gostava de histórias de todos os tipos. Ele lia todos os livros, as revistas, os jornais, os

Leia mais

Histórias de. Comunidade de Aprendizagem. Histórias de Comunidade de Aprendizagem 1

Histórias de. Comunidade de Aprendizagem. Histórias de Comunidade de Aprendizagem 1 Histórias de Comunidade de Aprendizagem Histórias de Comunidade de Aprendizagem 1 Introdução O projeto Comunidade de Aprendizagem é baseado em um conjunto de atuações de êxito voltadas para a transformação

Leia mais

PANORAMA SOCIAL. Relatório Final para Certificação Internacional. Rosana Soares Aranega Nigriello. Brasil

PANORAMA SOCIAL. Relatório Final para Certificação Internacional. Rosana Soares Aranega Nigriello. Brasil PANORAMA SOCIAL Relatório Final para Certificação Internacional Rosana Soares Aranega Nigriello Brasil 2009 Relatório Final Panorama Familiar 2 Coach: Rosana Soares Aranega Nigriello Cliente: JC; 45 anos;

Leia mais

Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação.

Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação. Unidade I Tecnologia: Corpo, movimento e linguagem na era da informação. 1.1 Conteúdos: Apresentação do Plano Didático Pedagógico; Classificação das orações coordenadas sindéticas e inferência. 1.1 Habilidade:

Leia mais

Um na Estrada Caio Riter

Um na Estrada Caio Riter Um na Estrada Caio Riter PROJETO DE LEITURA 1 O autor Caio Riter nasceu em 24 de dezembro, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. É bacharel em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Pontifícia

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 3.º ANO/EF 2015

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 3.º ANO/EF 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 3.º ANO/EF 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados na

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID): UMA AVALIAÇÃO DA ESCOLA SOBRE SUAS CONTRIBUIÇÕES

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID): UMA AVALIAÇÃO DA ESCOLA SOBRE SUAS CONTRIBUIÇÕES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID): UMA AVALIAÇÃO DA ESCOLA SOBRE SUAS CONTRIBUIÇÕES Silva.A.A.S. Acadêmica do curso de Pedagogia (UVA), Bolsista do PIBID. Resumo: O trabalho

Leia mais

Cópia autorizada. II

Cópia autorizada. II II Sugestões de avaliação Português Compreensão de texto 3 o ano Unidade 1 5 Unidade 1 Compreensã de texto Nome: Data: A carta é uma forma de comunicação escrita que pode ser endereçada a uma ou a várias

Leia mais

CURSO MÍDIAS NA EDUCAÇÃO. ALUNA: Rosane Lima Alves Rodrigues. TUTORA: Tânia Vigorito

CURSO MÍDIAS NA EDUCAÇÃO. ALUNA: Rosane Lima Alves Rodrigues. TUTORA: Tânia Vigorito CURSO MÍDIAS NA EDUCAÇÃO ALUNA: Rosane Lima Alves Rodrigues TUTORA: Tânia Vigorito 2007 Objetivos: Debater assuntos do interesse dos alunos. Incentivar a produção textual. Estimular o trabalho em grupo.

Leia mais

POSSIBILIDADE DE ACESSO A EDUCAÇÃO E INCLUSÃO SOCIAL ATRAVÉS DO PROGRAMA MULHERES MIL: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

POSSIBILIDADE DE ACESSO A EDUCAÇÃO E INCLUSÃO SOCIAL ATRAVÉS DO PROGRAMA MULHERES MIL: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA POSSIBILIDADE DE ACESSO A EDUCAÇÃO E INCLUSÃO SOCIAL ATRAVÉS DO PROGRAMA MULHERES MIL: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA Albertina Marília Alves Guedes¹ Elisa Angélica Alves Guedes² Maria Nizete de Menezes Gomes

Leia mais

Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN)

Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN) Instituto Superior Técnico Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN) Núcleo de Engenharia Biológica Em primeiro lugar, a direcção do NEB gostaria de deixar claro que a resposta de forma

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

1. Pateo do Collegio conhecia não conhecia não responderam 16 18 0. 1. Pateo do Collegio gostei não gostei não responderam 33 0 1

1. Pateo do Collegio conhecia não conhecia não responderam 16 18 0. 1. Pateo do Collegio gostei não gostei não responderam 33 0 1 1. Pateo do Collegio conhecia conhecia 16 18 0 1. Pateo do Collegio gostei gostei 33 0 1 Pateo do Collegio 3% Pateo do Collegio gostei 0% conhecia 53% conhecia 47% gostei 97% Por quê? Aprendi mais sobre

Leia mais

Projetos sociais. Criança Futuro Esperança

Projetos sociais. Criança Futuro Esperança Projetos sociais Newsletter externa ABB - Projetos sociais Criança Futuro Esperança Maria Eslaine conta sobre o início de seu curso profissionalizante 02 De ex-aluno do projeto a funcionário da ABB 04

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS

RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS BRASÍLIA ECHARDT VIEIRA (CENTRO DE ATIVIDADES COMUNITÁRIAS DE SÃO JOÃO DE MERITI - CAC). Resumo Na Baixada Fluminense, uma professora que não está atuando no magistério,

Leia mais

Ejemplos de ítems y tareas

Ejemplos de ítems y tareas Ejemplos de ítems y tareas Tipo de Item: Emparejamiento Componente: Comprensión Lectora Você vai conhecer Mariana e seus amigos. Leia a informação de cada um deles e coloque ao lado do nome o número da

Leia mais

Guia Prático para Encontrar o Seu. www.vidadvisor.com.br

Guia Prático para Encontrar o Seu. www.vidadvisor.com.br Guia Prático para Encontrar o Seu Propósito de Vida www.vidadvisor.com.br "Onde os seus talentos e as necessidades do mundo se cruzam: aí está a sua vocação". Aristóteles Orientações Este é um documento

Leia mais

BRINCADEIRA É COISA SÉRIA

BRINCADEIRA É COISA SÉRIA BRINCADEIRA É COISA SÉRIA Márcia Maria Almeida Figueiredo Mestre em Educação e professora do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais Agora eu era o rei Era o bedel e era também juiz E pela minha

Leia mais

1. Você já havia assistido a um espetáculo de circo? Sim 25 Não 26

1. Você já havia assistido a um espetáculo de circo? Sim 25 Não 26 1. Você já havia assistido a um espetáculo de circo? Sim 25 Não 26 Não 51% Sim 49% Qual? Não lembra 11 Tihany 2 Espacial 2 Napoli 2 Beto Carreiro 2 Circo perto de casa 1 O mundo dos sonhos 1 Patinação

Leia mais

AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA À PARTE COM ESTA EM ANEXO. O PORCO-ESPINHO

AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA À PARTE COM ESTA EM ANEXO. O PORCO-ESPINHO ENSINO FUNDAMENTAL Conteúdos do 6º Ano 3º/4º Bimestre 2014 Trabalho de Dependência Nome: N. o : Turma: Professor(a): Monique Data: / /2014 Unidade: Cascadura Mananciais Méier Taquara Redação Resultado

Leia mais

7 Formas Infalíveis para Ganhar dinheiro Online Flávio Gabriel

7 Formas Infalíveis para Ganhar dinheiro Online Flávio Gabriel 1 7Formas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online Com Dicas e Estratégias para você Sair do Zero por Blog Conquiste Agora 2016 2 Índice Agradecimentos Sobre o autor Sobre o E-book Introdução As vantagens

Leia mais

ROTEIRO DIÁRIO (Plano de Aula)

ROTEIRO DIÁRIO (Plano de Aula) ROTEIRO DIÁRIO (Plano de Aula) Componente Curricular: Ensino Religioso / 7º ano Ano Letivo: 2014 Professor Ministrante: Lúcia Clemeci Carga Horária: 5 horas/ aula Data: 02/ 07/2014 Aula: 03 Título: Crescimento

Leia mais

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ Entrevista com DJ Meu nome é Raul Aguilera, minha profissão é disc-jóquei, ou DJ, como é mais conhecida. Quando comecei a tocar, em festinhas da escola e em casa, essas festas eram chamadas de "brincadeiras

Leia mais

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO NO PROJETO SONHO DE PRESENTE

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO NO PROJETO SONHO DE PRESENTE REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO NO PROJETO SONHO DE PRESENTE A AESabesp Associação dos Engenheiros da Sabesp e ASABESP Associação Sabesp abrem inscrições para participação no projeto: Sonho de Presente. O

Leia mais

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Palestrante: Pedro Quintanilha Freelapro Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Quem sou eu? Eu me tornei um freelancer

Leia mais

Márcia Mirene Dias Felipe

Márcia Mirene Dias Felipe Márcia Mirene Dias Felipe AULA PRÁTICA Associando Teoria com Aplicação Prática A Teoria deve caminhar junto com a Prática, assim teremos aulas significativas e interessantes, proporcionando ao aluno a

Leia mais

As prostitutas de BH perguntam: e a gente, como fica?

As prostitutas de BH perguntam: e a gente, como fica? As prostitutas de BH perguntam: e a gente, como fica? Categories : Copa Pública Date : 18 de setembro de 2012 Maria Aparecida Menezes Vieira, a Cida, de 46 anos, há mais de 20 anos faz ponto na rua Afonso

Leia mais

Eu, você e o presente da natureza...

Eu, você e o presente da natureza... Eu, você e o presente da natureza... Cartilha para 1º e 2º anos TEMA 2012/2013: www.vemcomagentebr.com.br uma atividade do PROGRAMA VEM COM A GENTE Cultura, Educação e Meio Ambiente www.vemcomagentebr.com.br

Leia mais

Dicas para investir em Imóveis

Dicas para investir em Imóveis Dicas para investir em Imóveis Aqui exploraremos dicas de como investir quando investir e porque investir em imóveis. Hoje estamos vivendo numa crise política, alta taxa de desemprego, dólar nas alturas,

Leia mais

18/01/2016 Segunda-feira MATERNAL I EDUCAÇÃO INFANTIL

18/01/2016 Segunda-feira MATERNAL I EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I TARDE MATERNAL I MANHÃ 18/01/2016 Segunda-feira MATERNAL I EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I MANHÃ - Antes de executar suas tarefas, revise a parte teórica FROZEN, UMA AVENTURA CONGELANTE LEITURA

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

Ensino Fundamental I Regra de Jogo. Gêneros Textuais. Links para os conteúdos sugeridos neste plano estão disponíveis na aba Saiba Mais.

Ensino Fundamental I Regra de Jogo. Gêneros Textuais. Links para os conteúdos sugeridos neste plano estão disponíveis na aba Saiba Mais. Ensino Fundamental I Regra de Jogo. Gêneros Textuais. Competência(s) / Objetivo(s) de Aprendizagem: Reconhecer as características do gênero textual regra de jogo. Analisar e compreender um texto prescritivo..

Leia mais

PROJETO: CASA DE BRINQUEDO 1 RELATO DO PROCESSO

PROJETO: CASA DE BRINQUEDO 1 RELATO DO PROCESSO PROJETO: CASA DE BRINQUEDO 1 RELATO DO PROCESSO Áreas: Matemática, Artes Plásticas Transversal: Meio Ambiente Faixa etária: 4 a 5 anos Turma com 30 crianças Duração: agosto a outubro/2004 Produto final:

Leia mais

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno.

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno. Meu lugar,minha história. Cena 01- Exterior- Na rua /Dia Eduardo desce do ônibus com sua mala. Vai em direção a Rose que está parada. Olá, meu nome é Rose sou a guia o ajudara no seu projeto de história.

Leia mais

Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957.

Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957. Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957. FORMAÇÃO

Leia mais

20 ANOS DE UNESCO NO COLÉGIO BENJAMIN CONSTANT

20 ANOS DE UNESCO NO COLÉGIO BENJAMIN CONSTANT 20 ANOS DE UNESCO NO COLÉGIO BENJAMIN CONSTANT Fachada restaurada e preservada do Colégio Benjamin Constant (igual de 1924) Neste ano de 2012, o Colégio Benjamin Constant comemora 20 anos de associação

Leia mais

CONVERSA COM PAULO FREIRE: Linguagem e Poder

CONVERSA COM PAULO FREIRE: Linguagem e Poder CONVERSA COM PAULO FREIRE: Linguagem e Poder Entrevista concedida a Virginia Maria de Figueiredo e Silva e Tânia Maria Piacentini * Paulo Freire esteve em Florianópolis, no dia 8 de junho, a convite da

Leia mais

Gêneros discursivos no ciclo da alfabetização 1º ao 3º ano do ensino fundamental

Gêneros discursivos no ciclo da alfabetização 1º ao 3º ano do ensino fundamental Gêneros discursivos no ciclo da alfabetização 1º ao 3º ano do ensino fundamental Não se aprende por exercícios, mas por práticas significativas. Essa afirmação fica quase óbvia se pensarmos em como uma

Leia mais

Portfólio fotográfico com o tema Unicamp Caroline Maria Manabe Universidade Estadual de Campinas Instituto de Artes

Portfólio fotográfico com o tema Unicamp Caroline Maria Manabe Universidade Estadual de Campinas Instituto de Artes Portfólio fotográfico com o tema Unicamp Caroline Maria Manabe Universidade Estadual de Campinas Instituto de Artes Introdução Como foi explicitado no Projeto de Desenvolvimento de Produto, a minha intenção

Leia mais

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado Profissional em Ensino de Ciências Campus Nilópolis Ana Paula Inacio Diório AS MÍDIAS

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume III - 3º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume III 3º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume III 3º ano Projeto editorial

Leia mais

Sinopse I. Idosos Institucionalizados

Sinopse I. Idosos Institucionalizados II 1 Indicadores Entrevistados Sinopse I. Idosos Institucionalizados Privação Até agora temos vivido, a partir de agora não sei Inclui médico, enfermeiro, e tudo o que for preciso de higiene somos nós

Leia mais

INDICE ANEXOS. Anexo I Guião de entrevista --------------------------------------------------------------- 2

INDICE ANEXOS. Anexo I Guião de entrevista --------------------------------------------------------------- 2 INDICE ANEXOS Anexo I Guião de entrevista --------------------------------------------------------------- 2 Anexo II Grelhas de análise de entrevista ---------------------------------------------- 7 Anexo

Leia mais

RELATÓRIO FINAL ALFABETIZAÇÃO 2010

RELATÓRIO FINAL ALFABETIZAÇÃO 2010 RELATÓRIO FINAL ALFABETIZAÇÃO 2010 Débora Rana Introdução Participar da seleção do Prêmio Victor Civita, pela segunda vez, é uma experiência bastante interessante, pois permite estabelecer relações entre

Leia mais

Dados internacionais de catalogação Biblioteca Curt Nimuendajú

Dados internacionais de catalogação Biblioteca Curt Nimuendajú Catalogação: Cleide de Albuquerque Moreira Bibliotecária/CRB 1100 Revisão: Lucimar Luisa Ferreira / Marinez Santina Nazzari Revisão Final: Elias Januário Consultor: Luís Donisete Benzi Grupioni Projeto

Leia mais

APRENDENDO A INCLUIR NO COTIDIANO ESCOLAR

APRENDENDO A INCLUIR NO COTIDIANO ESCOLAR APRENDENDO A INCLUIR NO COTIDIANO ESCOLAR ANGELA MARIA PARREIRAS RAMOS angelaramos7@gmail.com RESUMO O trabalho aqui apresentado é um relato de experiência do trabalho de um ano letivo com dois alunos

Leia mais

Leya Leituras Projeto de Leitura

Leya Leituras Projeto de Leitura Leya Leituras Projeto de Leitura Nome do livro: JAPĨĨ E JAKÃMĨ Uma história de amizade Autor: Yaguarê Yamã Nacionalidade do autor: Brasileira Currículo do autor: Escritor, professor e artista plástico

Leia mais

Manoel de Barros Menino do mato

Manoel de Barros Menino do mato Manoel de Barros Menino do mato [ 3 ] SUMÁRIO Menino do mato 7 Caderno de aprendiz 23 [ 5 ] Primeira parte MENINO DO MATO O homem seria metafisicamente grande se a criança fosse seu mestre. SÖREN KIERKEGAARD

Leia mais

Experiência na formação de estudantes do curso profissionalizante normal

Experiência na formação de estudantes do curso profissionalizante normal Experiência na formação de estudantes do curso profissionalizante normal Vanessa Fasolo Nasiloski 1 Resumo O presente texto tem como objetivo central relatar a experiência de ensino desenvolvida com os

Leia mais

ESTUDAR. Mas o sucesso do seu filho(a) não depende apenas do professor. Antes de mais, ele terá que dizer "Eu quero aprender!".

ESTUDAR. Mas o sucesso do seu filho(a) não depende apenas do professor. Antes de mais, ele terá que dizer Eu quero aprender!. 6º ANO Janeiro 2014 TRAÇO DE UNIÃO ENTRE EDUCADORES Nº 369 ESTUDAR Um professor educa numa disciplina, como um jardineiro que apenas cultiva rosas. Todos juntos, pais e professores, podemos fazer um lindo

Leia mais

RELATÓRIO TRIMESTRAL (janeiro a abril/2015)

RELATÓRIO TRIMESTRAL (janeiro a abril/2015) RELATÓRIO DE INTERCAMBISTA BRASILEIRO NO EXTERIOR (Outbound). Nome: Lucas Leite Ferreira da Costa. Data: 30 de abril de 2015. Patrocinado no Brasil pelo Rotary Club Lagoa. Hospedado pelo Rotary Club de:

Leia mais

DO DESENHO A ESCRITA E LEITURA

DO DESENHO A ESCRITA E LEITURA DO DESENHO A ESCRITA E LEITURA Cleide Nunes Miranda 1 Taís Batista 2 Thamires Sampaio 3 RESUMO: O presente estudo discute a relevância do ensino de leitura e principalmente, da escrita, trazendo em especial

Leia mais

1º Relatório Trimestral de Intercâmbio de Jovens Marcela Magluta Rotary Club RJ Urca

1º Relatório Trimestral de Intercâmbio de Jovens Marcela Magluta Rotary Club RJ Urca 1º Relatório Trimestral de Intercâmbio de Jovens Marcela Magluta Rotary Club RJ Urca Os três primeiros meses do meu intercâmbio, acredito eu, foram os mais difíceis e importantes desse ano. Ninguém nunca

Leia mais

Desafio para a família

Desafio para a família Desafio para a família Família é ideia de Deus, geradora de personalidade, melhor lugar para a formação do caráter, da ética, da moral e da espiritualidade. O sonho de Deus para a família é que seja um

Leia mais

Dinorah Anselmo Nasoni, aos 79 anos tem disposição de dar inveja a muita gente jovem Trabalha desde os 13 anos e não pensa tão cedo em se aposentar.

Dinorah Anselmo Nasoni, aos 79 anos tem disposição de dar inveja a muita gente jovem Trabalha desde os 13 anos e não pensa tão cedo em se aposentar. 16 Entrevista Dinorah Anselmo Nasoni, aos 79 anos tem disposição de dar inveja a muita gente jovem Trabalha desde os 13 anos e não pensa tão cedo em se aposentar. Fotos e texto: Alessandra Anselmi Fotos:

Leia mais

A DIVERSIDADE NA ESCOLA

A DIVERSIDADE NA ESCOLA Tema: A ESCOLA APRENDENDO COM AS DIFERENÇAS. A DIVERSIDADE NA ESCOLA Quando entrei numa escola, na 1ª série, aos 6 anos, tinha uma alegria verdadeira com a visão perfeita, não sabia ler nem escrever, mas

Leia mais

Quem tem medo da Fada Azul?

Quem tem medo da Fada Azul? Quem tem medo da Fada Azul? Lino de Albergaria Quem tem medo da Fada Azul? Ilustrações de Andréa Vilela 1ª Edição POD Petrópolis KBR 2015 Edição de Texto Noga Sklar Ilustrações Andréa Vilela Capa KBR

Leia mais

COLEÇÃO VEM COMIGO! Isa Mara Lando ilustrações de Mariângela Haddad

COLEÇÃO VEM COMIGO! Isa Mara Lando ilustrações de Mariângela Haddad COLEÇÃO VEM COMIGO! Isa Mara Lando ilustrações de Mariângela Haddad www.autenticaeditora.com.br Rua Aimorés, 981, 8º andar Bairro Funcionários CEP 30140-071 Belo Horizonte, MG Tel. (31) 3222-6819 Fax:

Leia mais

SESSÃO 3: Criando Metas Atingíveis

SESSÃO 3: Criando Metas Atingíveis CURRÍCULO DE PROGRAMA SESSÃO 3: Criando Metas Atingíveis Esta sessão trata da importante habilidade pessoal e profissional do estabelecimento de metas. As participantes podem ter sentimentos diferentes

Leia mais

Gostava de redacções, como gostava! Dos seis filhos da família Santos apenas ele e a Nazaré (que andava no 9. ano) gostavam de escrever; de resto

Gostava de redacções, como gostava! Dos seis filhos da família Santos apenas ele e a Nazaré (que andava no 9. ano) gostavam de escrever; de resto 1 Gostava de redacções, como gostava! Dos seis filhos da família Santos apenas ele e a Nazaré (que andava no 9. ano) gostavam de escrever; de resto eram também os únicos que passavam horas a ler, nos tempos

Leia mais

ALEGRIA ALEGRIA:... TATY:...

ALEGRIA ALEGRIA:... TATY:... ALEGRIA PERSONAGENS: Duas amigas entre idades adolescentes. ALEGRIA:... TATY:... Peça infanto-juvenil, em um só ato com quatro personagens sendo as mesmas atrizes, mostrando a vida de duas meninas, no

Leia mais

Introdução. Bom, mas antes de começar, eu gostaria de me apresentar..

Introdução. Bom, mas antes de começar, eu gostaria de me apresentar.. Introdução O que você faria se descobrisse um método, altamente lucrativo que te permite trabalhar exclusivamente pela internet? Um método que você pode trabalhar aonde quiser e quando quiser, usando apenas

Leia mais

Não acredito! Está quase chegando! Só faltam

Não acredito! Está quase chegando! Só faltam Domingo Não acredito! Está quase chegando! Só faltam algumas semanas para as férias! Sabe o que isso significa? Chega de Escola Monstro! Chega de professores e livros! Chega de ter que sair para assustar

Leia mais

!!!!! Castelo neuschwanstein/neuschwanenstein em Fussen. host family que recebeu minha irmã em 2010/2011 em Augsburg

!!!!! Castelo neuschwanstein/neuschwanenstein em Fussen. host family que recebeu minha irmã em 2010/2011 em Augsburg Alemanha Eu cheguei na Alemanha no dia 14 de Agosto de 2014, e desde então moro em Potsdam, a capital de Brandeburgo e 30 minutos de Berlim A minha host family me buscou no aeroporto e desde o primeiro

Leia mais

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Carnaval 2014 A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Nesta noite vamos fazer uma viagem! Vamos voltar a um tempo que nos fez e ainda nos faz feliz, porque afinal como

Leia mais

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO APÊNDICES 182 APÊNDICE A UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS FACULDADE DE EDUCAÇÃO - FACED PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO PPGE MESTRADO EM EDUCAÇÃO TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO PESQUISA:

Leia mais

por futebol profissional ou amador?

por futebol profissional ou amador? Tabela 3 - Síntese das entrevistas com torcedores I O que é o futebol pra você? Uma paixão. É um esporte que eu pratico, que gosto. O meu time de futebol é a razão do meu viver. Você se interessa mais

Leia mais

EXPLORANDO A OBRA (ALUNOS SENTADOS EM CÍRCULO)

EXPLORANDO A OBRA (ALUNOS SENTADOS EM CÍRCULO) Explorando a obra EXPLORANDO A OBRA (ALUNOS SENTADOS EM CÍRCULO) INTRODUÇÃO Antes da leitura Peça para que seus alunos observem a capa por alguns instantes e faça perguntas: Qual é o título desse livro?

Leia mais

Retomar as avaliações feitas e montar um quadro que reflita o cenário do trabalho com a leitura hoje nas suas escolas.

Retomar as avaliações feitas e montar um quadro que reflita o cenário do trabalho com a leitura hoje nas suas escolas. Projeto EI São José do Rio Preto Assessoria: Debora Rana e Silvana Augusto 2 o encontro: 09 de abril de 2014 *Anotações do Grupo de CPs da tarde Pauta de encontro Olá coordenadoras, mais uma vez estaremos

Leia mais

QUE TIPO DE PESSOA QUERO EM MINHA EQUIPE? Crédito da Apresentação: Diretora Milene Nader

QUE TIPO DE PESSOA QUERO EM MINHA EQUIPE? Crédito da Apresentação: Diretora Milene Nader QUE TIPO DE PESSOA QUERO EM MINHA EQUIPE? Crédito da Apresentação: Diretora Milene Nader VOCÊ CONHECE ALGUÉM QUE: Quer ganhar dinheiro; Quer uma renda extra; Deseja conhecer pessoas e fazer novas amizades;

Leia mais

SILAS, 8 ANOS, CURITIBA-PR

SILAS, 8 ANOS, CURITIBA-PR Pelo sétimo ano consecutivo, a Concessionária ECOVIA Caminho do Mar - traz para o Festival de Inverno da UFPR em Antonina as Oficinas de Robótica Sem Mistérios Um Desafio para Futuros Campeões. Nesta 23ª

Leia mais

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DA ESCRITA COMO INSTRUMENTO NORTEADOR PARA O ALFABETIZAR LETRANDO NAS AÇÕES DO PIBID DE PEDAGOGIA DA UFC

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DA ESCRITA COMO INSTRUMENTO NORTEADOR PARA O ALFABETIZAR LETRANDO NAS AÇÕES DO PIBID DE PEDAGOGIA DA UFC AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DA ESCRITA COMO INSTRUMENTO NORTEADOR PARA O ALFABETIZAR LETRANDO NAS AÇÕES DO PIBID DE PEDAGOGIA DA UFC Antônia Fernandes Ferreira; Gessica Nunes Noronha; Marielle Sâmia de Lima

Leia mais

Biodanza. Para Crianças e Jovens. Manuela Mestre Robert

Biodanza. Para Crianças e Jovens. Manuela Mestre Robert Biodanza Para Crianças e Jovens Manuela Mestre Robert FICHA TÉCNICA: TÍTULO Biodanza para Crianças e Jovens AUTORIA Manuela Mestre Robert Manuela Mestre Robert, 2008 CAPA Crianças do 1º ciclo do Ensino

Leia mais

PLANEJAMENTO ESCOLAR: ALFABETIZAÇÃO E ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA UNIDADE 2 ANO 1. Fevereiro de 2013

PLANEJAMENTO ESCOLAR: ALFABETIZAÇÃO E ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA UNIDADE 2 ANO 1. Fevereiro de 2013 PLANEJAMENTO ESCOLAR: ALFABETIZAÇÃO E ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA UNIDADE 2 ANO 1 Fevereiro de 2013 Iniciando a conversa Nesta unidade discutiremos a importância do planejamento das atividades, da organização

Leia mais

Silencio e interiorizaçã o. relaxar. relaxar. relaxar. relaxar

Silencio e interiorizaçã o. relaxar. relaxar. relaxar. relaxar 1º ano Profa Ana Matéria: Programa de Educação em Valores Humanos Mês: Abril Datas Valor Absolu to Valores Relativos Harmonização Atividades de Grupo Silencio e interiorizaçã o Tarefas de seguimento 04/04

Leia mais

Atividades Pedagógicas. Abril2014

Atividades Pedagógicas. Abril2014 Atividades Pedagógicas Abril2014 III A JOGOS DIVERTIDOS Fizemos dois campeonatos com a Turma da Fazenda, o primeiro com o seguinte trajeto: as crianças precisavam pegar água em um ponto e levar até o outro,

Leia mais

MATA ATLÂNTICA: CONHECER PARA PRESERVAR Pereira, Patrícia

MATA ATLÂNTICA: CONHECER PARA PRESERVAR Pereira, Patrícia MATA ATLÂNTICA: CONHECER PARA PRESERVAR Pereira, Patrícia Resumo O projeto se iniciou a partir da necessidade de ser apresentado esse conteúdo já previsto no material do PIC (Projeto Intensivo no Ciclo)

Leia mais

O TRABALHO COM GÊNEROS TEXTUAIS NA SALA DE AULA UNIDADE 5 ANO 2

O TRABALHO COM GÊNEROS TEXTUAIS NA SALA DE AULA UNIDADE 5 ANO 2 O TRABALHO COM GÊNEROS TEXTUAIS NA SALA DE AULA UNIDADE 5 ANO 2 O TRABALHO COM GÊNEROS TEXTUAIS NA SALA DE AULA INICIANDO A CONVERSA APROFUNDANDO O TEMA Por que ensinar gêneros textuais na escola? Registro

Leia mais

GS Educacional www.gseducacional.com.br

GS Educacional www.gseducacional.com.br Curso: Completo de Importação Henrique, boa noite. Nós que pensamos a Meritocracia e valoramos a quem Realiza, nos vimos na obrigação de dar feedbacks. Em pouco tempo de curso e sem nem receber ainda a

Leia mais

III ENCONTRO PROGRAMA DE BOLSA AUXÍLIO RESULTADO QUESTIONÁRIO BOLSISTAS

III ENCONTRO PROGRAMA DE BOLSA AUXÍLIO RESULTADO QUESTIONÁRIO BOLSISTAS III ENCONTRO PROGRAMA DE BOLSA AUXÍLIO 1. Há quanto tempo você participa do Programa de bolsa-auxílio do Instituto Girassol? Até 1 ano 3 De 1 a 2 anos 8 De 2 a 3 anos 3 De 2 a 3 anos 21% Até 1 ano 22%

Leia mais

Aprenda a Gerar Renda Utilizando Seus Conhecimentos em Promob e Projetos 3D.ACDEMY.COM.BR COMO GERAR RENDA COM PROJETO VERSÃO 1.0

Aprenda a Gerar Renda Utilizando Seus Conhecimentos em Promob e Projetos 3D.ACDEMY.COM.BR COMO GERAR RENDA COM PROJETO VERSÃO 1.0 Aprenda a Gerar Renda Utilizando Seus Conhecimentos em Promob e Projetos CAIO HENRIQUE TEODORO DOS SANTOS Página 1 Versão 1.0 2013 Esforcei-me ao máximo para transmitir em poucas páginas algumas dicas

Leia mais

Dormia e me remexia na cama, o coração apertado, a respiração ofegante. Pensava:

Dormia e me remexia na cama, o coração apertado, a respiração ofegante. Pensava: Não há como entender a ansiedade sem mostrar o que se passa na cabeça de uma pessoa ansiosa. Este texto será uma viagem dentro da cabeça de um ansioso. E só para constar: ansiedade não é esperar por um

Leia mais

Verbos, verbos e mais

Verbos, verbos e mais Verbos, verbos e mais verbos CONHECIMENTO EXPLÍCITO DA LÍNGUA Indicações para utilização dos materiais Foi nossa intenção, ao produzir estes materiais, abordar de forma integrada diferentes domínios do

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS CENTRO DE LINGUAGEM E COMUNICAÇÃO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS CENTRO DE LINGUAGEM E COMUNICAÇÃO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS CENTRO DE LINGUAGEM E COMUNICAÇÃO PRISCILLA DAIANNE GEREMIAS VIDAS REPAGINADAS CAMPINAS 2012 PRISCILLA DAIANNE GEREMIAS VIDAS REPAGINADAS Campinas, Conceito

Leia mais

Fernandinho, jogador do Shakhtar Donetsk da Ucrânia, de férias em Londrina, concede entrevista exclusiva, em sua visita a Arena Futsal:

Fernandinho, jogador do Shakhtar Donetsk da Ucrânia, de férias em Londrina, concede entrevista exclusiva, em sua visita a Arena Futsal: Fernandinho, jogador do Shakhtar Donetsk da Ucrânia, de férias em Londrina, concede entrevista exclusiva, em sua visita a Arena Futsal: 1) Arena Futsal: Conte um pouco da sua trajetória no futebol, desde

Leia mais

personal cool brand anouk pappers & maarten schäfer

personal cool brand anouk pappers & maarten schäfer personal cool brand Os holandeses Anouk Pappers e Maarten Schäfer, da CoolBrands, trabalham há 12 anos fazendo storytelling para marcas, que se trata de extrair histórias sobre elas por meio de conversas

Leia mais

Rezar, cantar e crescer

Rezar, cantar e crescer Rezar, cantar e crescer Thereza Ameal e João Ameal Acordes A Mãe Eu gosto tanto da mãe (mãe) A mais querida, querida, querida (dizer rápido) (bonita também) E poder dar-lhe beijinhos m É a melhor coisa

Leia mais

Como Montar um Plano de Estudos Eficiente Para Concurso Público E-book gratuito do site www.concursosemsegredos.com

Como Montar um Plano de Estudos Eficiente Para Concurso Público E-book gratuito do site www.concursosemsegredos.com 1 Distribuição Gratuita. Este e-book em hipótese alguma deve ser comercializado ou ter seu conteúdo modificado. Nenhuma parte deste e-book pode ser reproduzida ou transmitida sem o consentimento prévio

Leia mais

ESCOLA NACIONAL DE BOMBEIROS (Centro de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências)

ESCOLA NACIONAL DE BOMBEIROS (Centro de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências) ESCOLA NACIONAL DE BOMBEIROS (Centro de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências) APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional Educação (PRODEP III) Objectivos: Reduzir

Leia mais

Trabalho apresentado no III Congresso Ibero-americano de Psicogerontologia, sendo de total responsabilidade de seu(s) autor(es).

Trabalho apresentado no III Congresso Ibero-americano de Psicogerontologia, sendo de total responsabilidade de seu(s) autor(es). ATIVIDADES CULTURAIS PARA IDOSOS: CENTRO DE REFERÊNCIA SÃO MIGUEL Autores: Marta Lucia Souto da Silva Nádia Dumara Ruiz Silveira Natália Aparecida de Meira Franco Mario César Pereira Instituição: Pontifícia

Leia mais

LUZ, CÂMERA, AÇÃO: NOVAS EXPERIENCIAS, NOVOS APRENDIZADOS

LUZ, CÂMERA, AÇÃO: NOVAS EXPERIENCIAS, NOVOS APRENDIZADOS LUZ, CÂMERA, AÇÃO: NOVAS EXPERIENCIAS, NOVOS APRENDIZADOS Olinson Coutinho Miranda Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (Professor) Universidade do Estado da Bahia (Mestrando) olinsoncoutinho@gmail.com

Leia mais

OLÁ PESSOAL AQUI É ALEXIA FINK, EU JÁ TRABALHO AQUI DEZ DO ANO PASSADO, EU GOSTO DE FAZER AQUI NA? NA MONITORIA-FAZER JOGOS, NO JORNAL MURAL-FAZER

OLÁ PESSOAL AQUI É ALEXIA FINK, EU JÁ TRABALHO AQUI DEZ DO ANO PASSADO, EU GOSTO DE FAZER AQUI NA? NA MONITORIA-FAZER JOGOS, NO JORNAL MURAL-FAZER OLÁ PESSOAL AQUI É ALEXIA FINK, EU JÁ TRABALHO AQUI DEZ DO ANO PASSADO, EU GOSTO DE FAZER AQUI NA? NA MONITORIA-FAZER JOGOS, NO JORNAL MURAL-FAZER NOTICÍAS NA RADIO MEGA FONE-FALAR POR QUE É BOM SABER

Leia mais

MONITORIA: EXPERIENCIA DA PESQUISA EM SALA DE AULA NO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA. Resumo

MONITORIA: EXPERIENCIA DA PESQUISA EM SALA DE AULA NO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA. Resumo 1 MONITORIA: EXPERIENCIA DA PESQUISA EM SALA DE AULA NO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Resumo Patricia Santos de Barros/UFRJ A nossa vivência pedagógica situa-se no âmbito do curso de Licenciatura

Leia mais

E lá,já cogitava os poemas que viriam a ter forma: Se eu fosse rendilheira Meu lar seria um barco

E lá,já cogitava os poemas que viriam a ter forma: Se eu fosse rendilheira Meu lar seria um barco AMAR PENICHE completa uma trilogia de publicações que Ida Guilherme iniciou em 2004 com PIQUES e RENDAS de PENICHE memórias de uma vida à qual se seguiu, em 2008, POESIA RENDILHADA. Todas elas se inserem

Leia mais

Planejamento Financeiro e Você. Ferramentas para a Conquista de Sonhos! Semana da Estratégia Nacional de Educação Financeira

Planejamento Financeiro e Você. Ferramentas para a Conquista de Sonhos! Semana da Estratégia Nacional de Educação Financeira Planejamento Financeiro e Você Ferramentas para a Conquista de Sonhos! Semana da Estratégia Nacional de Educação Financeira 2015 Hoje estamos aqui para falar de SONHOS e como realizá-los Você está Vivendo

Leia mais