MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE CLÁUDIA CONTROLE INTERNO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE CLÁUDIA CONTROLE INTERNO"

Transcrição

1 1/5 1) FINALIDADE: 1.1) Estabelecer rotinas para utilização e controle dos meios de comunicação de telefonia móvel e fixa no âmbito do Serviço Público do Município de Cláudia/MT. 2) ABRANGÊNCIA: 2.1) Abrange todas as unidades da estrutura administrativa do município, no âmbito da regulamentação da utilização dos meios de comunicação de telefonia fixa e móvel, que deverão observar a Legislação Municipal, Estadual, Federal, e os procedimentos constantes desta Instrução Normativa. 3) OBJETIVO: 3.1) Estabelecer critérios de utilização dos serviços de telefonia fixa e móvel. 3.2) Evitar os gasto excessivos com faturas telefônicas. 4) BASE LEGAL: Lei Complementar 04/2005-Estatuto dos Servidores Públicos Municipais Lei 4.320/1964 Lei 101/2000 Acórdão TCE/MT 1.579/2005 Demais Legislações Relacionadas a Administração Pública. 5) RESPONSABILIDADES:

2 2/5 5.1) Da Unidades Executoras Alertar a unidade responsável pela Instrução Normativa sobre alterações que se fizerem necessárias nas rotinas de trabalho, objetivando sua melhoria, tendo em vista, principalmente, o aprimoramento dos procedimentos de controle e o aumento da eficiência operacional; Manter a Instrução Normativa à disposição de todos os funcionários da unidade, zelando pelo fiel cumprimento da mesma; Cumprir fielmente as determinações da Instrução Normativa, em especial quanto aos procedimentos de controle e quanto à padronização dos procedimentos na geração de documentos, dados e informações. 5.2) Da Unidade Responsável pela Coordenação do Controle Interno: Através da atividade de auditoria interna, avaliar a eficácia dos procedimentos de controle inerentes a cada sistema administrativo, propondo alterações nas Instruções Normativas para aprimoramento dos controles ou mesmo a implantação de novas Instruções Normativas; Organizar e manter atualizado o manual de procedimentos, em meio documental e/ou em base de dados, de forma que contenha sempre a versão vigente de cada Instrução Normativa. 6) PROCEDIMENTOS: 6.1) Da Utilização dos Serviços de Telefonia Fixa e Móvel: 6.1.1) A utilização dos meios de comunicação telefônica fixa e móvel da Prefeitura Municipal é de uso restrito aos servidores que, por força de suas atribuições, necessitam desse recurso para a realização de suas atividades laborais.

3 3/ ) A utilização da telefonia somente dar-se-á quando não houver possibilidade de contato por outros meios de comunicação que não possuem custo adicional, como e serviços de mensagem pela internet ) Os aparelhos de telefonia celular e fixa, alocados às Unidades Administrativas, devem atender obrigatoriamente ao princípio da economicidade, observando-se: I o estrito interesse do serviço público; II o zelo pelo uso econômico dos equipamentos; III a racionalização do uso dos equipamentos evitando utilização prolongada e/ou desnecessária ) A Secretaria Municipal de Administração é responsável pela administração dos aparelhos celulares, respeitadas as orientações contidas nesta Norma ) Os usuários são responsáveis pelas ligações telefônicas realizadas nos ramais telefônicos disponibilizados para sua respectiva utilização ) Fica proibida a utilização dos serviços de telefonia fixa e móvel para receber ligação a cobrar, disque-amizade, envio de fotos, torpedo e outros das mesmas características, que não sejam no interesse do serviço público ) Os equipamentos de fax instalados nas unidades da Prefeitura Municipal deverão ser utilizados única e exclusivamente no interesse desta entidade para transmissão de documentos oficiais urgentes que devam chegar ao conhecimento do destinatário no mesmo dia.

4 4/ ) Os aparelhos de fax não devem ser utilizados como substituto a equipamento de xérox, a não ser em casos excepcionais e urgentes ) A responsabilidade pelo uso e guarda dos aparelhos que integram o serviço de comunicação será atribuída ao usuário no ato da entrega ou instalação, cabendo-lhe indenizar a Prefeitura Municipal em caso de uso indevido, extravio, quebra ou eventual dano, após apuração ) Quando ocorrerem furtos, roubos ou extravios de aparelhos de telefones celulares, o servidor usuário deverá registrar ocorrência policial na localidade em que tenha ocorrido o fato e comunicar imediatamente à Secretaria Municipal de Administração, apresentando cópia da ocorrência policial registrada, para que seja efetuado o bloqueio do referido aparelho e, quando for o caso, para instrução da competente sindicância para apuração dos fatos ) Os usuários detentores de aparelhos celulares de uso contínuo, quando exonerados do respectivo cargo ocupado no Município, deverão restituir o referido aparelho e seus acessórios, para que seja baixada sua responsabilidade ) É vedada a transferência de uso do aparelho celular a terceiros, sendo atribuído ao responsável o ônus sobre danos causados por uso inadequado do aparelho ) As despesas decorrentes de ligações de longa distância DDD e DDI realizadas pelos serviços de telefonia móvel celular ou de telefonia fixa, que não sejam de interesse público, deverão ser ressarcidas pelos usuários.

5 5/ ) O uso indevido dos aparelhos celulares, consubstanciado no envio de foto torpedo, mensagens, vídeos mensagens, acesso à internet, disque-amizade, envio de fotos, torpedo e outros das mesmas características, acarretará a restituição dos valores a Prefeitura Municipal de Cláudia. 7) DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Cabe ao servidor usuário dos serviços de telefonia evitar ligações longas, procurando utilizar outros meios de comunicação quando da necessidade de resolução de assuntos que exijam certas demoras, atentando-se sempre ao principio de economicidade. O descumprimento do previsto nos procedimentos aqui definidos será objeto de instauração de Processo Administrativo para apuração da responsabilidade da realização do ato contrário as normas instituídas; A inobservância desta Instrução Normativa constitui omissão de dever funcional e será punida na forma prevista em lei; Aplica-se, aos instrumentos regulamentados por esta Instrução Normativa as demais legislações pertinentes; Os esclarecimentos adicionais a respeito deste documento poderão ser obtidos junto à Unidade de Controle Interno da Prefeitura. A presente Instrução Normativa entrará em vigor na data de sua publicação. Cláudia - MT MT, 08 de Agosto de 2013.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 003, DE 16 DE MARÇO 2007.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 003, DE 16 DE MARÇO 2007. AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 003, DE 16 DE MARÇO 2007. Dispõe sobre normas de utilização dos meios de comunicação telefônica móvel e fixa da Agência Nacional de Aviação Civil

Leia mais

JUAREZ COSTA, PREFEITO MUNICIPAL DE SINOP, ESTADO DE MATO GROSSO, no uso de suas atribuições legais; D E C R E T A:

JUAREZ COSTA, PREFEITO MUNICIPAL DE SINOP, ESTADO DE MATO GROSSO, no uso de suas atribuições legais; D E C R E T A: DECRETO Nº. 245/2014 DATA: 24 de novembro de 2014 SÚMULA: Disciplina a utilização das linhas telefônicas móveis, os chamados Celulares Corporativos, e dá outras providências. JUAREZ COSTA, PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 12, DE 24 DE SETEMBRO DE 2008.

AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 12, DE 24 DE SETEMBRO DE 2008. AGÊNCIA NACIONAL DE AVIAÇÃO CIVIL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 12, DE 24 DE SETEMBRO DE 2008. Dispõe sobre normas de utilização dos meios de comunicação telefônica móvel e fixa da Agência Nacional de Aviação

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO PRESIDÊNCIA PORTARIA CNMP-PRESI N.º 88 DE 26 DE OUTUBRO DE 2010.

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO PRESIDÊNCIA PORTARIA CNMP-PRESI N.º 88 DE 26 DE OUTUBRO DE 2010. PORTARIA CNMP-PRESI N.º 88 DE 26 DE OUTUBRO DE 2010. Regulamenta a utilização, manutenção e controle do Sistema de Telefonia fixa e móvel, no âmbito do Conselho Nacional do Ministério Público. O PRESIDENTE

Leia mais

PODER EXECUTIVO MUNICIPAL DE ITIQUIRA- MT

PODER EXECUTIVO MUNICIPAL DE ITIQUIRA- MT INSTRUÇÃO NORMATIVA SCS Nº 002/2012, DE 31 DE OUTUBRO DE 2012. Versão nº 01 Aprovação em: 31/10/2012 Ato de Aprovação: Decreto Municipal nº 053/2012 Unidade Responsável: Departamento de Comunicação I -

Leia mais

DECRETO EXECUTIVO Nº. 100/2009

DECRETO EXECUTIVO Nº. 100/2009 DECRETO EXECUTIVO Nº. 100/2009 Homologa a Instrução Normativa do Sistema de Controle de Almoxarifado SCA N.º 001/2009 VERSÃO 01/2009, que dispõe sobre os procedimentos de Controle do Almoxarifado da Prefeitura

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL Nº. 31389 de 31/03/2009

DIÁRIO OFICIAL Nº. 31389 de 31/03/2009 DIÁRIO OFICIAL Nº. 31389 de 31/03/2009 GABINETE DA GOVERNADORA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 04 /2009. Dispõe sobre a utilização, o registro e o controle dos telefones móveis pertencentes

Leia mais

Art.2º O Correio Eletrônico Institucional será composto por 3 (três) tipos de serviços de e-mail distintos: I pessoal; II setorial; e III - lista.

Art.2º O Correio Eletrônico Institucional será composto por 3 (três) tipos de serviços de e-mail distintos: I pessoal; II setorial; e III - lista. DECRETO nº 1784, de 13 de fevereiro de 2012 Disciplina a criação de e-mail institucional para todos os servidores da Administração Direta do Poder Executivo do Município de Contagem. A PREFEITA DO MUNICÍPIO

Leia mais

Associação Matogrossense dos Municípios

Associação Matogrossense dos Municípios PORTARIA Nº 021/2010 O Presidente da Associação Matogrossense dos Municípios AMM, no uso de suas atribuições legais que lhe são conferidas pelo Estatuto Social e Resolução 002/2010 da AMM, RESOLVE: Art.

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 27, DE 20 DE AGOSTO DE 2009.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 27, DE 20 DE AGOSTO DE 2009. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 27, DE 20 DE AGOSTO DE 2009. Estabelece as normas de utilização dos meios de comunicação telefônica fixa e móvel, no âmbito da Agência Nacional de Aviação Civil ANAC. A DIRETORA-PRESIDENTE

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA DO SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS SRH Nº. 005/2015

INSTRUÇÃO NORMATIVA DO SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS SRH Nº. 005/2015 INSTRUÇÃO NORMATIVA DO SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS SRH Nº. 005/2015 VERSÃO: 01 DISPÕE SOBRE TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO DE PESSOAL NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA SCO SISTEMA CONTÁBIL Nº 004/2014, DE 2 DE MAIO DE 2014 VERSÃO 02 CAPÍTULO I DA FINALIDADE CAPÍTULO II DA ABRANGÊNCIA

INSTRUÇÃO NORMATIVA SCO SISTEMA CONTÁBIL Nº 004/2014, DE 2 DE MAIO DE 2014 VERSÃO 02 CAPÍTULO I DA FINALIDADE CAPÍTULO II DA ABRANGÊNCIA INSTRUÇÃO NORMATIVA SCO SISTEMA CONTÁBIL Nº 004/2014, DE 2 DE MAIO DE 2014 VERSÃO 02 Versão: 02 Aprovação em: 20 de maio de 2014 Ato de aprovação: Resolução nº 104/2014 Unidade Responsável: Secretaria

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA SSG 001/2011. Sistema Serviços Gerais

INSTRUÇÃO NORMATIVA SSG 001/2011. Sistema Serviços Gerais INSTRUÇÃO NORMATIVA SSG 001/2011 Versão: 01 Aprovação em: 10/10/2011 Unidade Responsável: Coordenadoria de Administração - CAD SSG: Sistema Serviços Gerais I FINALIDADE Dispor sobre as normas e procedimentos

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SECRETARIA-EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE GESTÃO DE PESSOAS

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SECRETARIA-EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE GESTÃO DE PESSOAS MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SECRETARIA-EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE GESTÃO DE PESSOAS DIVISÃO DE CAPACITAÇÃO, TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO BOLETIM

Leia mais

NORMA DE TELEFONIA FIXA, MÓVEL E RÁDIO COMUNICAÇÃO NOR 203

NORMA DE TELEFONIA FIXA, MÓVEL E RÁDIO COMUNICAÇÃO NOR 203 MANUAL DE ADMINISTRAÇÃO COD. 200 ASSUNTO: UTILIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE TELEFONIA FIXA, MÓVEL E RÁDIO COMUNICAÇÃO COD: NOR 203 APROVAÇÃO: REDIR nº 14/2009, de 16/11/2009 NORMA DE TELEFONIA FIXA, MÓVEL E RÁDIO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VIANA

PREFEITURA MUNICIPAL DE VIANA INSTRUÇÃO NORMATIVA SJU Nº 02/2014 Versão: 01 Data da Aprovação: 31/03/2014 Ato de Aprovação: Decreto Municipal Nº 075/2014 Unidade Responsável: Procuradoria Geral. I - FINALIDADE: A presente Instrução

Leia mais

Associação Matogrossense dos Municípios. Municipalismo integrado e fortalecido

Associação Matogrossense dos Municípios. Municipalismo integrado e fortalecido RESOLUÇÃO Nº. 012/2012. Homologa a Instrução Normativa do Sistema de Controle de Patrimônio - SCP Nº 01/2012 VERSÃO 01/2012, que dispõe sobre os procedimentos de controle patrimonial de bens móveis do

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA

CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA Resolução nº 1.839, de 26 de novembro de 2010. Disciplina o uso e responsabilidade dos equipamentos de telefonia móvel no âmbito do Conselho Federal de Economia. O CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA, no uso

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA 006/2011-UNEMAT

INSTRUÇÃO NORMATIVA 006/2011-UNEMAT INSTRUÇÃO NORMATIVA 006/2011-UNEMAT Dispõe sobre a guarda e utilização dos aparelhos e linhas de telefonia móvel no âmbito da Universidade do Estado de Mato Grosso CONSIDERANDO a autonomia administrativa

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE RONDONÓPOLIS Estado de Mato Grosso

CÂMARA MUNICIPAL DE RONDONÓPOLIS Estado de Mato Grosso INSTRUÇÃO NORMATIVA SCL- Nº. 002/2013- Versão 02 Unidade Responsável: Secretaria Legislativa de Administração Unidade Executora: Setor de Material e Patrimônio Aprovação em: 24/01/13 Dispõe sobre os procedimentos

Leia mais

MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES INSTRUÇÃO DE SERVIÇO/DG N 08, DE 15 DE JUNHO DE 2009

MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES INSTRUÇÃO DE SERVIÇO/DG N 08, DE 15 DE JUNHO DE 2009 MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES INSTRUÇÃO DE SERVIÇO/DG N 08, DE 15 DE JUNHO DE 2009 O DIRETOR GERAL do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MATO GROSSO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MATO GROSSO DO ESTADO DE MATO GROSSO INSTRUÇÃO NORMATIVA SPA Nº 03/2011 Versão: 01 Publicação: DJE nº de / /2012 Unidade Responsável: Departamento de Material e Patrimônio - DMP I FINALIDADE Dispor sobre os procedimentos

Leia mais

MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE CLÁUDIA CONTROLE INTERNO

MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE CLÁUDIA CONTROLE INTERNO 1/5 1) FINALIDADE: 1.1 - Disciplinar os procedimentos para a concessão de diárias e adiantamentos aos Servidores da Prefeitura Municipal de Cláudia - MT; 1.2 - Permitir um melhor controle sobre os gastos

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 367, DE 13 DE JUNHO DE 2008

RESOLUÇÃO Nº 367, DE 13 DE JUNHO DE 2008 RESOLUÇÃO Nº 367, DE 13 DE JUNHO DE 2008 Dispõe sobre a utilização dos sistemas de telefonia fixa e móvel celular do Supremo Tribunal Federal O PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, no uso das atribuições

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS INSTRUÇÃO SUSEP N.º 79, DE 28 DE MARÇO DE 2016.

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS INSTRUÇÃO SUSEP N.º 79, DE 28 DE MARÇO DE 2016. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS INSTRUÇÃO SUSEP N.º 79, DE 28 DE MARÇO DE 2016. Dispõe sobre o uso do certificado digital no âmbito da Superintendência de Seguros Privados Susep. O SUPERINTENDENTE

Leia mais

Política de Celular Corporativo LIBBS

Política de Celular Corporativo LIBBS Política de Celular Corporativo LIBBS 1. Objetivo Estabelecer as diretrizes/normas para uso do Celular Corporativo LIBBS, recurso este disponibilizado para o trabalho, que visa melhorar a comunicação da

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA DO SISTEMA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - STI Nº 002/2015

INSTRUÇÃO NORMATIVA DO SISTEMA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - STI Nº 002/2015 INSTRUÇÃO NORMATIVA DO SISTEMA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - STI Nº 002/2015 DISPÔE SOBRE AS NORMAS E PROCEDIMENTOS NO TOCANTE À AQUISIÇÃO, LOCAÇÃO E UTILIZAÇÃO DE SOFTWARE, HARDWARE, SUPRIMENTOS DE TECNOLOGIA

Leia mais

DECRETO Nº 15.114,DE 8 DE JANEIRO DE 2013 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

DECRETO Nº 15.114,DE 8 DE JANEIRO DE 2013 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS DECRETO Nº 15.114,DE 8 DE JANEIRO DE 2013 Disciplina a celebração de convênios e operações de crédito com previsão de ingresso de recursos financeiros que beneficiem órgãos e entidades da Administração

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça Vide Instrução Normativa STJ/GDG n. 26 de 18 de dezembro de 2015 (Alteração = art. 12) RESOLUÇÃO STJ N. 2 DE 4 DE FEVEREIRO DE 2015. Dispõe sobre os serviços de telecomunicações do Superior Tribunal de

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 419, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2009

RESOLUÇÃO Nº 419, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2009 Publicada no Diário da Justiça Eletrônico, em 1º/12/2009. RESOLUÇÃO Nº 419, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre a utilização dos sistemas de telefonia fixa e de comunicação móvel do Supremo Tribunal

Leia mais

CONTRATO DE EMISSÃO E UTILIZAÇÃO DO CARTÃO DE COMPRAS. I -DEFINIÇÕES: para os fins deste CONTRATO, serão adotadas as seguintes definições:

CONTRATO DE EMISSÃO E UTILIZAÇÃO DO CARTÃO DE COMPRAS. I -DEFINIÇÕES: para os fins deste CONTRATO, serão adotadas as seguintes definições: CONTRATO DE EMISSÃO E UTILIZAÇÃO DO CARTÃO DE COMPRAS I -DEFINIÇÕES: para os fins deste CONTRATO, serão adotadas as seguintes definições: a) PASSA TEMPO ADMINISTRADORA DE CARTÃO LTDA., com sede na Rua

Leia mais

Número: 00190.010346/2010-14 Unidade Examinada: Município de Avanhandava/SP

Número: 00190.010346/2010-14 Unidade Examinada: Município de Avanhandava/SP Número: 00190.010346/2010-14 Unidade Examinada: Município de Avanhandava/SP Relatório de Demandas Externas n 00190.010346/2010-14 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações de controle

Leia mais

O Diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE, no uso de suas atribuições,

O Diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE, no uso de suas atribuições, flas RESOLUÇÃO 01 05 NORMAS DE USO ACEITÁVEL DOS RECURSOS COMPUTACIONAIS DO INPE IMEDIATA O Diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE, no uso de suas atribuições, RESOLVE Estabelecer

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VIANA

PREFEITURA MUNICIPAL DE VIANA INSTRUÇÃO NORMATIVA SFI: 01/2014 Versão nº: 01 Data da Aprovação: 31/03/2014 Ato de Aprovação: Decreto Municipal nº 074/2014. Unidade Responsável: Departamento Financeiro da Secretaria Municipal de Finanças

Leia mais

BANCO DO BRASIL S.A. Sumário Executivo do Contrato dos Cartões de Crédito Co-Branded Chevrolet Card

BANCO DO BRASIL S.A. Sumário Executivo do Contrato dos Cartões de Crédito Co-Branded Chevrolet Card BANCO DO BRASIL S.A. Sumário Executivo do Contrato dos Cartões de Crédito Co-Branded Chevrolet Card Conceito e Características do Cartão de Crédito O cartão de crédito Chevrolet Card de uso doméstico e/ou

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 02/2015 - CD

RESOLUÇÃO Nº 02/2015 - CD Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretaria de Estado da Educação e da Cultura - SEEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE FUERN Conselho Diretor - CD Rua Almino Afonso, 478 -

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica NORMAS GERAIS PARA USO DA BIBLIOTECA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CÂMPUS GOVERNADOR VALADARES

Leia mais

PUBLICADO DOC 17/11/2011, PÁG 107

PUBLICADO DOC 17/11/2011, PÁG 107 PUBLICADO DOC 17/11/2011, PÁG 107 PROJETO DE RESOLUÇÃO 03-00023/2011 da Mesa Diretora Institui no âmbito da Câmara Municipal de São Paulo Sistema de Consignação Facultativa em Folha de Pagamento na modalidade

Leia mais

O Prefeito Constitucional de Picuí/PB, usando de suas atribuições legais,

O Prefeito Constitucional de Picuí/PB, usando de suas atribuições legais, DECRETO Nº 012, de 05 de agosto de 2009. DISPÕE SOBRE O USO DOS SERVIÇOS DE ACESSO À INTERNET AOS ÓRGÃOS E DEPARTAMENTOS QUE INTEGRAM A ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DE PICUÍ E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Prefeito

Leia mais

- Resolução TC nº 257, de 07 de março de 2013 Altera os dispositivos da Resolução TC nº 227/2011.

- Resolução TC nº 257, de 07 de março de 2013 Altera os dispositivos da Resolução TC nº 227/2011. técnico atuarial do Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos do município de Vila Velha. - Lei Complementar Municipal nº 021, de 17 de janeiro de 2012 Institui o plano de custeio da

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 10/2003

RESOLUÇÃO Nº 10/2003 RESOLUÇÃO Nº 10/2003 O CONSELHO UNIVERSITÁRIO da Universidade Federal de Viçosa, órgão superior de administração, no uso de suas atribuições legais, considerando a necessidade de otimizar a gestão do sistema

Leia mais

RESOLUÇÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO N. 1/2009

RESOLUÇÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO N. 1/2009 RESOLUÇÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO N. 1/2009 Estabelece normas para captação e gestão de recursos financeiros por meio de convênios e contratos. O CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO, no uso de suas atribuições

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA STR SISTEMA DE TRANSPORTES Nº. 002/2015. Unidade Responsável: Secretaria Municipal do Interior e Transportes CAPÍTULO I

INSTRUÇÃO NORMATIVA STR SISTEMA DE TRANSPORTES Nº. 002/2015. Unidade Responsável: Secretaria Municipal do Interior e Transportes CAPÍTULO I INSTRUÇÃO NORMATIVA STR SISTEMA DE TRANSPORTES Nº. 002/2015 DISPÕE SOBRE AS ROTINAS E PROCEDIMENTOS PARA A REALIZAÇÃO DE MANUTENÇÕES PREVENTIVAS E CORRETIVAS DA FROTA DE VEÍCULOS E NOS EQUIPAMENTOS PESADOS,

Leia mais

TERMOS DE USO. a A duração do(s) curso(s) da CONTRATADA terão tempo de duração determinado.

TERMOS DE USO. a A duração do(s) curso(s) da CONTRATADA terão tempo de duração determinado. TERMOS DE USO 1. O acesso ao(s) curso(s) contratado(s) só será efetivado com o correto preenchimento do cadastro de inscrição e após a confirmação do pagamento, conforme especificações no item 4 5, abaixo.

Leia mais

Pagamento de Despesa por Meio de Adiantamento. DNT/SSSCI/SF Março 2013

Pagamento de Despesa por Meio de Adiantamento. DNT/SSSCI/SF Março 2013 Meio de Adiantamento DNT/SSSCI/SF Março 2013 Realização Secretaria da Fazenda Subsecretaria do Sistema de Controle Interno Departamento de Normas Técnicas Apresentação David Fabri Monique Junqueira Ferraz

Leia mais

REGULAMENTO PROMOCIONAL PACOTES PROMOCIONAIS PRÉ-PAGO/CONTROLE

REGULAMENTO PROMOCIONAL PACOTES PROMOCIONAIS PRÉ-PAGO/CONTROLE REGULAMENTO PROMOCIONAL PACOTES PROMOCIONAIS PRÉ-PAGO/CONTROLE O presente Regulamento tem a finalidade de regular as relações entre a CLARO S.A., empresa autorizatária do Serviço Móvel Pessoal, inscrita

Leia mais

VIX LOGÍSTICA S.A. CNPJ/MF nº 32.681.371/0001-72 NIRE: 32.300.029.612 (Companhia Aberta de Capital Autorizado)

VIX LOGÍSTICA S.A. CNPJ/MF nº 32.681.371/0001-72 NIRE: 32.300.029.612 (Companhia Aberta de Capital Autorizado) POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DA VIX LOGÍSTICA S.A. 1. OBJETIVOS E ABRANGÊNCIA 1.1. O objetivo da presente Política de Negociação é esclarecer as regras que deverão ser observadas pelos

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA TOMADA DE PREÇOS N 003/2013 PROCESSO Nº 013/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA I DO OBJETO 1.1 Contratação de empresa especializada na prestação de serviços de reserva, emissão, marcação, remarcação, endosso

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MP 16/2011

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MP 16/2011 MANUAL DE PROCEDIMENTOS MP 16/2011 CONTROLE DE ACESSO AO EDIFÍCIO MÁRIO COVAS Macro Processo: Processo: Subprocesso Origem: Suporte Administrativo Segurança Física Unidade de Administração Nº Revisão/Data:

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TIC

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TIC Código: NO01 Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região Comissão de Segurança da Informação Núcleo de Governança Corporativa de TIC Setor de Segurança da Informação Revisão: 1.1 Vigência: 12/02/2016 Classificação:

Leia mais

Associação Matogrossense dos Municípios

Associação Matogrossense dos Municípios RESOLUÇÃO N.º 004/2010 Dispõe sobre a produção de normas e procedimentos para realização de auditorias internas e inspeções na Associação Matogrossense dos Municípios - AMM. A Presidência da Associação

Leia mais

NORMA DE PROCEDIMENTOS. Cartão de crédito corporativo

NORMA DE PROCEDIMENTOS. Cartão de crédito corporativo pág.: 1/4 1 Objetivo Estabelecer critérios e procedimentos referentes à utilização do cartão de crédito corporativo para pagamento das despesas de viagem e deslocamento dos empregados a serviço da COPASA

Leia mais

PORTARIA Nº 047, DE 25 DE JULHO DE 2014. ALTERADA PELA NORMA: Portaria nº 71, de 19 de agosto de 2014.

PORTARIA Nº 047, DE 25 DE JULHO DE 2014. ALTERADA PELA NORMA: Portaria nº 71, de 19 de agosto de 2014. PORTARIA Nº 047, DE 25 DE JULHO DE 2014. ALTERADA PELA NORMA: Portaria nº 71, de 19 de agosto de 2014. M A TO G R O S S O. E STA D O D E T R ANS F O R M A Ç Ã O. Dispõe sobre a emissão e obrigatoriedade

Leia mais

LEIA AS INFORMAÇÕES E O TERMO DE USO ABAIXO COM ATENÇÃO. AO CLICAR NO BOTÃO "CONCORDO" VOCÊ, ESTARÁ ADERINDO INTEGRALMENTE AOS SEUS TERMOS.

LEIA AS INFORMAÇÕES E O TERMO DE USO ABAIXO COM ATENÇÃO. AO CLICAR NO BOTÃO CONCORDO VOCÊ, ESTARÁ ADERINDO INTEGRALMENTE AOS SEUS TERMOS. TERMOS E CONDIÇÕES DE USO APLICATIVO OMNI CARTÕES LEIA AS INFORMAÇÕES E O TERMO DE USO ABAIXO COM ATENÇÃO. AO CLICAR NO BOTÃO "CONCORDO" VOCÊ, ESTARÁ ADERINDO INTEGRALMENTE AOS SEUS TERMOS. A OMNI CARTÕES

Leia mais

Sistema Integrado de Normas Jurídicas do Distrito Federal SINJ-DF

Sistema Integrado de Normas Jurídicas do Distrito Federal SINJ-DF Sistema Integrado de Normas Jurídicas do Distrito Federal SINJ-DF PORTARIA Nº 19, DE 20 DE MARÇO DE 2015. Dispõe sobre o modelo, as características e os demais critérios para a emissão, uso, controle e

Leia mais

DECRETO Nº. 044/2013

DECRETO Nº. 044/2013 DECRETO Nº. 044/2013 DISPÕE SOBRE HOMOLOGAÇÃO DE INSTRUÇÃO NORMATIVA QUE DISPÕE SOBRE PROCEDIMENTOS PARA O REGISTRO DE FREQUÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS, ESTABELECENDO ROTINAS NO ÂMBITO DA PREFEITURA

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (HANGAR TÁXI AÉREO)

TERMO DE REFERÊNCIA (HANGAR TÁXI AÉREO) CONTROLE DE REVISÕES AEROPORTO SANTOS-DUMONT GERÊNCIA COMERCIAL TERMO DE REFERÊNCIA (HANGAR TÁXI AÉREO) ELABORADO: Robson Moura Sales MATRÍCULA: 98.982-40 VALIDADO: Kátia Rodrigues Andrade MATRÍCULA: 5.863-18

Leia mais

ROSANA MARTINELLI, PREFEITA MUNICIPAL DE SINOP, ESTADO DE MATO GROSSO, EM EXERCÍCIO, no uso de suas atribuições legais; D E C R E T A:

ROSANA MARTINELLI, PREFEITA MUNICIPAL DE SINOP, ESTADO DE MATO GROSSO, EM EXERCÍCIO, no uso de suas atribuições legais; D E C R E T A: DECRETO Nº. 207/2015 DATA: 09 de setembro de 2015 SÚMULA: Institui o ponto eletrônico, regulamenta o controle de frequência nos órgãos públicos da Administração Direta e Autárquica do Poder Executivo e

Leia mais

FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE NOVA MUTUM CRIADA PELA LEI MUNICIPAL N.º 241/94 DE 28/03/94 - CNPJ 00.203.134/0001-00

FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE NOVA MUTUM CRIADA PELA LEI MUNICIPAL N.º 241/94 DE 28/03/94 - CNPJ 00.203.134/0001-00 INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 001/2012 Versão: 01 Aprovação em: 23/10/2012 Ato de aprovação: Resolução /2012 Data da aprovação: 23/10/2012 Unidade Responsável: Departamento de Controle de Patrimônio I - FINALIDADE

Leia mais

INSTRUÇÃO nº 01/09 - PREVIMPA

INSTRUÇÃO nº 01/09 - PREVIMPA INSTRUÇÃO nº 01/09 - PREVIMPA Regulamenta, no âmbito do PREVIMPA, o uso de Transporte Administrativo, estabelece competências para o gerenciamento, controle e uso dos veículos automotores, e dá outras

Leia mais

REGULAMENTO Nextel Família

REGULAMENTO Nextel Família REGULAMENTO Nextel Família Esta promoção é comercializada pela NEXTEL TELECOMUNICAÇÕES Ltda., prestadora do Serviço Móvel Pessoal SMP, doravante simplesmente NEXTEL, situada na Avenida das Nações Unidas,

Leia mais

Divisão de Telefonia

Divisão de Telefonia Departamento de Tecnologia da Informação Divisão de Telefonia (FIXA E MÓVEL) Horário de atendimento 8h30min às 18:30min Local 1º andar do prédio anexo Contatos dti.atendimento@al.rs.gov.br Ramais: 1080

Leia mais

DECRETO Nº 353 DE 25 DE MARÇO DE 2014

DECRETO Nº 353 DE 25 DE MARÇO DE 2014 DECRETO Nº 353 DE 25 DE MARÇO DE 2014 Dispõe sobre o uso do controle eletrônico de ponto para registro de assiduidade e pontualidade dos servidores públicos lotados e em exercício nos órgãos do Município

Leia mais

Política de TI. 1 - Direitos do Colaborador

Política de TI. 1 - Direitos do Colaborador Política de TI A Política de segurança da informação da OPERARIO MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO aplica-se a todos os colaboradores e prestadores de serviços, incluindo trabalhos executados externamente ou por

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 06/2012 CONCECERES

RESOLUÇÃO Nº 06/2012 CONCECERES RESOLUÇÃO Nº 06/2012 CONCECERES Dispõe sobre o Regimento Interno do Laboratório de Topografia e Geoprocessamento LABGEO, do Centro de Educação Superior da Região Sul - CERES. O Presidente do Conselho de

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS POLÍTICA DE TELEFONIA

MANUAL DE PROCEDIMENTOS POLÍTICA DE TELEFONIA 02/02/205 PTI-0. INTRODUÇÃO A Política de Telefonia tem por objetivo estabelecer o procedimento e regras para concessão e utilização dos recursos de telefonia móvel disponibilizados pela empresa. 2. ESCOPO

Leia mais

REGULAMENTO DAS BIBLIOTECAS DO IBMEC

REGULAMENTO DAS BIBLIOTECAS DO IBMEC REGULAMENTO DAS BIBLIOTECAS DO IBMEC 1. Do objetivo a) Este Regulamento estabelece as normas de funcionamento e dos serviços prestados pelas Bibliotecas do Ibmec. b) As normas prescritas neste documento

Leia mais

Câmara Municipal dos Barreiros

Câmara Municipal dos Barreiros Barreiros, 30 de Abril de 2010 SISTEMA DE CONTROLE INTERNO Ofício nº 006/2010 SCI EXMO. SR. JOSÉ GERALDO DE SOUZA LEÃO M.D. Presidente da Câmara de Vereadores dos Barreiros NESTA O Coordenador do Sistema

Leia mais

Divisão de Logística e Apoio Administrativo - DLA GESTÃO DA QUALIDADE NORMA DE USO DE RECURSOS DE TELEFONIA MÓVEL Código Revisão Data Página

Divisão de Logística e Apoio Administrativo - DLA GESTÃO DA QUALIDADE NORMA DE USO DE RECURSOS DE TELEFONIA MÓVEL Código Revisão Data Página Divisão de Logística e Apoio Administrativo - DLA GESTÃO DA QUALIDADE NORMA DE USO DE RECURSOS DE TELEFONIA MÓVEL Código Revisão Data Página NAD NO. 001/09 12 08/07/2014 1 de 9 Elaboração: Audrey A. Appendino

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES. Compatibilidade com uso da linha na rede móvel. Recebimento de chamadas a cobrar Sim Não -

TERMOS E CONDIÇÕES. Compatibilidade com uso da linha na rede móvel. Recebimento de chamadas a cobrar Sim Não - TERMOS E CONDIÇÕES 1. Definições e compatibilidade 1.1 O serviço TU Go está disponível para clientes Vivo Móvel pessoa física e pessoa jurídica (com exceção de clientes que possuam o serviço Vivo Gestão).

Leia mais

TERMO E CONDIÇÕES GERAIS DE USO DA PLATAFORMA HELLO FARM

TERMO E CONDIÇÕES GERAIS DE USO DA PLATAFORMA HELLO FARM TERMO E CONDIÇÕES GERAIS DE USO DA PLATAFORMA HELLO FARM J HELLO FARM SERVIÇOS DE TECNOLOGIA LTDA., inscrita no CNPJ/MF sob o nº 23.694.884/0001-27, doravante denominada simplesmente como Hello Farm, adota

Leia mais

A CÂMARA MUNICIPAL DE GOIÂNIA APROVA E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI:

A CÂMARA MUNICIPAL DE GOIÂNIA APROVA E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI: 1 PREFEITURA DE GOIÂNIA GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 8183, DE 17 DE SETEMBRO DE 2003. Dispõe sobre a criação do Programa de Autonomia Financeira das Instituições Educacionais - PAFIE, o Repasse de Recursos

Leia mais

Regulamento da Biblioteca. Este Regulamento define normas para a prestação e utilização dos serviços da Biblioteca.

Regulamento da Biblioteca. Este Regulamento define normas para a prestação e utilização dos serviços da Biblioteca. PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO Biblioteca Paulo Lacerda de Azevedo Regulamento da Biblioteca Este Regulamento define normas para a prestação e utilização dos serviços da Biblioteca. Usuários da Biblioteca Alunos

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 001/2013

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 001/2013 1 INSTRUÇÃO NORMATIVA N 001/2013 "Estabelece normas de controle para o Patrimônio do Poder Executivo Municipal." A Unidade Central de Controle Interno, no uso de suas atribuições, conforme determina o

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA SFI - 01

INSTRUÇÃO NORMATIVA SFI - 01 INSTRUÇÃO NORMATIVA SFI - 01 DISPÕE SOBRE O CONTROLE DA RECEITA E DAS DISPONIBILIDADES FINANCEIRAS VINCULADAS E NÃO- VINCULADAS. VERSÃO : 01 DATA: 22/03/2012 ATO APROVAÇÃO: Instrução Normativa SCI Nº 001/2010

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO PARA CONCESSÃO DE USO DE LINHA DE TELEFONIA MÓVEL

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO PARA CONCESSÃO DE USO DE LINHA DE TELEFONIA MÓVEL Nº Do contrato: Fone: ( ) IMEI: * *A ser preenchido pela associação. INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO PARA CONCESSÃO DE USO DE LINHA DE TELEFONIA MÓVEL Pelo presente instrumento particular, de um lado

Leia mais

Regulamento da Biblioteca. Este Regulamento define normas para a prestação e utilização dos serviços da Biblioteca.

Regulamento da Biblioteca. Este Regulamento define normas para a prestação e utilização dos serviços da Biblioteca. PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO Biblioteca Paulo Lacerda de Azevedo Regulamento da Biblioteca Este Regulamento define normas para a prestação e utilização dos serviços da Biblioteca. Usuários da Biblioteca Alunos

Leia mais

Associação Matogrossense dos Municípios

Associação Matogrossense dos Municípios PORTARIA Nº 019/2010 O Presidente da Associação Matogrossense dos Municípios AMM, no uso de suas atribuições legais que lhe são conferidas pelo Estatuto Social e Resolução 002/2010, RESOLVE: Art. 1º -

Leia mais

REGULAMENTO. Promoção 3G Pooling

REGULAMENTO. Promoção 3G Pooling REGULAMENTO Promoção 3G Pooling Esta promoção é comercializada pela NEXTEL TELECOMUNICAÇÕES Ltda., prestadora do Serviço Móvel Pessoal SMP, doravante denominada simplesmente NEXTEL, situada na Alameda

Leia mais

GERÊNCIA DE ORIENTAÇÕES, NORMAS E PROCEDIMENTOS GONP SETOR DE ORIENTAÇÃO - SEOR

GERÊNCIA DE ORIENTAÇÕES, NORMAS E PROCEDIMENTOS GONP SETOR DE ORIENTAÇÃO - SEOR GERÊNCIA DE ORIENTAÇÕES, NORMAS E PROCEDIMENTOS GONP SETOR DE ORIENTAÇÃO - SEOR Orientação Técnica n 006/2014 Assunto: Procedimento Relativo à Gestão da Frota do Município do Recife Legislação: Instrução

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO. RESOLUÇÃO Nº 36, DE 6 DE ABRIL DE 2009 (Alterada pela Resolução nº 51, de 09 de março de 2010)

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO. RESOLUÇÃO Nº 36, DE 6 DE ABRIL DE 2009 (Alterada pela Resolução nº 51, de 09 de março de 2010) RESOLUÇÃO Nº 36, DE 6 DE ABRIL DE 2009 (Alterada pela Resolução nº 51, de 09 de março de 2010) Dispõe sobre o pedido e a utilização das interceptações telefônicas, no âmbito do Ministério Público, nos

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO SERVIÇO DE PSICOLOGIA IMS/CAT/UFBA. Título I. Das Disposições Gerais. Capítulo I

REGIMENTO INTERNO DO SERVIÇO DE PSICOLOGIA IMS/CAT/UFBA. Título I. Das Disposições Gerais. Capítulo I 1 REGIMENTO INTERNO DO SERVIÇO DE PSICOLOGIA IMS/CAT/UFBA Título I Das Disposições Gerais Capítulo I Dos Objetivos e da Estruturação Geral do Serviço de Psicologia Art. 1º - O Serviço de Psicologia é parte

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 134/2014. NOSSO MUNICÍPIO. O PREFEITO MUNICIPAL,

PROJETO DE LEI Nº 134/2014. NOSSO MUNICÍPIO. O PREFEITO MUNICIPAL, PROJETO DE LEI Nº 134/2014. ALTERA A LEI Nº 11.304, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2013, QUE CRIA O SERVIÇO VOLUNTÁRIO, COM OBJETIVOS CÍVICOS, CULTURAIS, CIENTÍFICOS, EDUCACIONAIS, OU DE ASSISTÊNCIA SOCIAL EM NOSSO

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO 0800 PROGRESSIVO CLÁUSULA PRIMEIRA DOCUMENTO INTEGRANTE DO CONTRATO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO 0800 PROGRESSIVO CLÁUSULA PRIMEIRA DOCUMENTO INTEGRANTE DO CONTRATO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO 0800 PROGRESSIVO Pelo presente instrumento, de um lado a TELEFÔNICA BRASIL S.A., inscrita no CNPJ/MF sob o nº. 02.558.157/0001-62, com sede na Av. Engenheiro Luiz Carlos

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Palácio Moysés Vianna Unidade Central de Controle Interno

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Palácio Moysés Vianna Unidade Central de Controle Interno ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Palácio Moysés Vianna Unidade Central de Controle Interno INSTRUÇÃO NORMATIVA UCCI N 002/2012 VERSÃO 01 ASSUNTO: Regulamenta o

Leia mais

PORTARIA TRT 18ª GP/DG/SOF Nº

PORTARIA TRT 18ª GP/DG/SOF Nº PORTARIA TRT 18ª GP/DG/SOF Nº 06, de 17.2.09 O DESEMBARGADOR-PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, CONSIDERANDO o disposto nos arts.

Leia mais

ESCOLA DE ENFERMAGEM WENCESLAU BRAZ BIBLIOTECA MADRE MARIE ANGE REGULAMENTO INTERNO BIBLIOTECA MADRE MARIE ANGIE

ESCOLA DE ENFERMAGEM WENCESLAU BRAZ BIBLIOTECA MADRE MARIE ANGE REGULAMENTO INTERNO BIBLIOTECA MADRE MARIE ANGIE ESCOLA DE ENFERMAGEM WENCESLAU BRAZ BIBLIOTECA MADRE MARIE ANGE REGULAMENTO INTERNO BIBLIOTECA MADRE MARIE ANGIE ITAJUBÁ-MG 2012 CAPÍTULO I Da Biblioteca e seu funcionamento CAPÍTULO II Do usuário Seção

Leia mais

SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO E CULTURA DE GOIANIA LTDA FACULDADE PADRÃO SUMÁRIO CAPÍTULO I 4 DA ORGANIZAÇÃO 4 CAPÍTULO II 5 DOS FUNCIONÁRIOS 5

SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO E CULTURA DE GOIANIA LTDA FACULDADE PADRÃO SUMÁRIO CAPÍTULO I 4 DA ORGANIZAÇÃO 4 CAPÍTULO II 5 DOS FUNCIONÁRIOS 5 SUMÁRIO CAPÍTULO I 4 DA ORGANIZAÇÃO 4 CAPÍTULO II 5 DOS FUNCIONÁRIOS 5 CAPÍTULO III 5 DA INFRAESTRUTURA 5 Seção I 6 Das Dependências 6 Seção II 6 Do Hardware e Software 6 Seção III 7 Das Manutenções 7

Leia mais

II.1. O presente TERMO DE USO é parte integrante do CADASTRO do SERVIÇO.

II.1. O presente TERMO DE USO é parte integrante do CADASTRO do SERVIÇO. Termos e Condições de Uso do Serviço Star Wars As disposições abaixo regulam a utilização do serviço STAR WARS ( SERVIÇO ), comercializado por NEXTEL, doravante denominada "NEXTEL" ao CLIENTE, o qual,

Leia mais

Convenção de Condomínio. Diovani Santa Bárbara diovanisb@gmail.com

Convenção de Condomínio. Diovani Santa Bárbara diovanisb@gmail.com Convenção de Condomínio Diovani Santa Bárbara diovanisb@gmail.com Conceito A convenção de condomínio é documento escrito que A convenção de condomínio é documento escrito que estabelece as regras de convivência

Leia mais

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO PROJETO DE LEI Nº 398, DE 2003

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO PROJETO DE LEI Nº 398, DE 2003 COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO PROJETO DE LEI Nº 398, DE 2003 Dispõe sobre a vedação de toda e qualquer forma de discriminação em relação aos portadores do vírus HIV e aos atingidos

Leia mais

FACULDADE DA ALDEIA DE CARAPICUÍBA - FALC REGULAMENTO INTERNO DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA

FACULDADE DA ALDEIA DE CARAPICUÍBA - FALC REGULAMENTO INTERNO DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA FACULDADE DA ALDEIA DE CARAPICUÍBA - FALC REGULAMENTO INTERNO DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA O Laboratório de Informática oferece espaço e equipamento de informática para as atividades de ensino e pesquisa.

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES CLARO CLARO VISITORS

TERMOS E CONDIÇÕES CLARO CLARO VISITORS TERMOS E CONDIÇÕES CLARO CLARO VISITORS O presente Termo tem a finalidade de regular as relações entre a CLARO S.A., empresa autorizatária do Serviço Móvel Pessoal, inscrita no CNPJ/MF sob o nº. 40.432.544/0001-47,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS NA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA EAD

CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS NA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA EAD CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS NA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA EAD CONTRATANTE: A PESSOA FÍSICA identificada no formulário de matrícula do curso, que, para todos os efeitos,

Leia mais

Baixa o Regulamento Geral para Uso e Administração de Recursos de Tecnologia da Informação e Comunicação na UNESP

Baixa o Regulamento Geral para Uso e Administração de Recursos de Tecnologia da Informação e Comunicação na UNESP Portaria UNESP - 385, de 25-06-2012 Baixa o Regulamento Geral para Uso e Administração de Recursos de Tecnologia da Informação e Comunicação na UNESP O Vice-Reitor no Exercício da Reitoria da Universidade

Leia mais

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE PARA REVENDAS

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE PARA REVENDAS CONTRATO DE FORNECIMENTO DE LICENÇA DE USO DE SOFTWARE PARA REVENDAS FORNECEDOR: WORKSOFT INFORMÁTICA LTDA., pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ/MF sob nº. 08.707.221/0001-06, com sede

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 004/2014 SGA SISTEMA GERAL DE ADMNISTRAÇÃO

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 004/2014 SGA SISTEMA GERAL DE ADMNISTRAÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 004/2014 SGA SISTEMA GERAL DE ADMNISTRAÇÃO VERSÃO: 01 DATA DE APROVAÇÃO: 4 de novembro de 2014 ATO DE APROVAÇÃO: Resolução N.º 116, de 5 de novembro de 2014 UNIDADE RESPONSÁVEL:

Leia mais

I - DA FINALIDADE II - DA CONCEITUAÇÃO

I - DA FINALIDADE II - DA CONCEITUAÇÃO I - DA FINALIDADE 1. Este Normativo de Pessoal tem por finalidade estabelecer, definir e disciplinar os procedimentos para criação, extinção, remuneração, designação, contratação, substituição, dispensa

Leia mais

CONTRATO DE COMODATO

CONTRATO DE COMODATO Pelo presente instrumento particular de contrato de comodato, as partes, de um lado SKYPROTECTION Tecnologia de Informação Veicular Ltda., pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob o nº.

Leia mais