ANÁLISE - O processo foi autuado com a documentação requerida pela Resolução nº 01/2008-CEDF, artigo 4º, com os seguintes documentos:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANÁLISE - O processo foi autuado com a documentação requerida pela Resolução nº 01/2008-CEDF, artigo 4º, com os seguintes documentos:"

Transcrição

1 Homologado em 28/5/2010. DODF nº 104, de 31/5/2010. Portaria nº 107, de 1º/6/2010. DODF nº 106, de 2/6/2010. PARECER Nº 134/2010-CEDF Processo nº /2009 Interessado: Escola Técnica de Saúde de Planaltina - Aprova os Planos de Curso e as respectivas matrizes curriculares, dos cursos técnicos de nível médio de Técnico em Enfermagem, Técnico em Saúde Bucal e Técnico em Nutrição e Dietética, integrantes do eixo tecnológico Ambiente, Saúde e Segurança, oferecidos pela Escola Técnica de Saúde de Planaltina, e aprova a Proposta Pedagógica. HISTÓRICO No presente processo, a Escola Técnica de Saúde de Planaltina, instituição pública de ensino vinculada à Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia, situada entre as Avenidas Contorno e Independência, Setor de Saúde, Planaltina DF, solicita aprovação para os planos de curso dos cursos técnicos de nível médio de Técnico em Enfermagem, Técnico em Saúde Bucal e Técnico em Nutrição e Dietética, todas integrantes do eixo tecnológico Ambiente, Saúde e Segurança, alterados para adequação ao Catálogo Nacional de Cursos Técnicos de Nível Médio, aprovado pela Portaria nº 870/2008-MEC. A Escola Técnica de Saúde de Planaltina teve o seu credenciamento ratificado pela Secretaria de Estado de Educação, à época sua mantenedora, pela Portaria nº 3/2004-SEDF, de 12 de janeiro de 2004, que considerou...credenciadas as instituições educacionais em funcionamento, mantidas pelo Poder Público do Distrito Federal. Em 2007, pelo Decreto nº , de 11 outubro de 2007, do Governo do Distrito Federal, a instituição educacional foi transferida para a Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia do Distrito Federal. Por meio do Decreto nº , de 13 de agosto de 2009, que altera a denominação das instituições escolares da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia do Distrito Federal, o Centro de Educação Profissional de Saúde CEP/Saúde passou a denominar-se Escola Técnica de Saúde de Planaltina. O curso de Técnico em Enfermagem foi autorizado a funcionar pela Portaria nº 328/2001- SEDF, de 20 de julho de 2001, fundamentada no Parecer nº 117/2001-CEDF. A habilitação de Técnico em Higiene Dental foi autorizada pela Portaria nº 164/2007-SEDF, de 21 de maio de 2007, com base no Parecer nº 87/2007-CEDF, e o curso de Técnico em Nutrição e Dietética recebeu autorização para funcionar pela Portaria nº 38/2002-SEDF, de 23 de janeiro de 2002, com base no Parecer nº 270/2001-CEDF. ANÁLISE - O processo foi autuado com a documentação requerida pela Resolução nº 01/2008-CEDF, artigo 4º, com os seguintes documentos: - requerimento dirigido ao Presidente do Conselho de Educação (fl. 1); - cópias de portarias e pareceres que comprovam a autorização de funcionamento das habilitações em referência (fls. 2 a 18); - planos de curso aprovados (fls. 19 a 38; 63 a 74 e 114 a 129); - novos planos de curso elaborados nos termos da legislação pertinente em vigor (fls. 469 a 492, 493 a 513 e 514 a 537); - Regimento Escolar (fls. 413 a 446); - Proposta Pedagógica (fls. 540 a 555).

2 2 De acordo com a direção da instituição educacional os Planos de Curso ora apresentados foram reconfigurados para adequação às exigências da Resolução nº 01/2008-CEDF e, após serem corrigidos, por orientação deste Conselho, foram anexados em sua versão final, em condições de aprovação, às fls. 469 a 492 para o Técnico em Enfermagem, às fls. 493 a 513 para o Técnico em Saúde Bucal e às fls. 514 a 537 para o Técnico em Nutrição e Dietética. O curso técnico de nível médio de Técnico em Enfermagem está organizado em 3 módulos semestrais, com as seguintes saídas intermediárias: horas de teoria e prática em laboratório, cuja conclusão oferece certificação de Auxiliar em Serviço de Saúde. - I 494 horas de teoria e prática em laboratório e 500 horas de estágio supervisionado, cuja conclusão oferece certificação de Auxiliar em Enfermagem. - II 342 horas de teoria e prática em laboratório e 180 horas de estágio supervisionado, cuja conclusão oferece Diploma de Técnico em Enfermagem, com carga horária total de 2010 horas. O curso técnico de nível médio de Técnico em Saúde Bucal está organizado em 3 módulos semestrais, com as seguintes saídas intermediárias: horas de teoria e prática em laboratório e 50 horas de estágio supervisionado, cuja conclusão oferece certificação de Auxiliar em Consultório Dentário. - I 456 horas de teoria e prática em laboratório e 110 horas de estágio supervisionado, cuja conclusão oferece certificação de Auxiliar em Higiene Bucal. - II 418 horas de teoria e prática em laboratório e 110 horas de estágio supervisionado, cuja conclusão oferece Diploma de Técnico em Saúde Bucal, com carga horária total de 1562 horas. O curso técnico de nível médio de Técnico em Nutrição e Dietética está organizado em 3 módulos semestrais, com as seguintes saídas intermediárias: horas de teoria e prática em laboratório e 20 horas de estágio supervisionado, cuja conclusão oferece certificação de Agente em Segurança Alimentar. - I 418 horas de teoria e prática em laboratório e 60 horas de estágio supervisionado, cuja conclusão oferece certificação de Auxiliar em Nutrição e Dietética. - II horas de teoria e prática em laboratório e 80 horas de estágio supervisionado, cuja conclusão oferece Diploma de Técnico em Nutrição e Dietética, com carga horária total de 1471 horas. As matrizes curriculares foram significativamente modificadas em relação às aprovadas por ocasião das autorizações das habilitações profissionais, uma vez que a instituição educacional procedeu a amplas alterações no currículo mediante a inclusão e/ou exclusão de vários componentes curriculares, ampliação e/ou redução da carga horária prevista para cada componente curricular, em razão da redefinição de conteúdos, competências, habilidades e bases tecnológicas na maioria dos componentes curriculares. As alterações guardam coerência com as exigências legais, especialmente com o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos de Nível Médio, que não define conteúdos a serem trabalhados em cada habilitação, mas apenas apresenta possibilidades de temas a serem abordados na formação. No que é expressamente definido pelo referido catálogo, ou seja, a duração, a denominação das habilitações e o eixo tecnológico, os Planos de Curso, com as respectivas matrizes curriculares, também estão de acordo com a norma.

3 3 No que diz respeito ao Regimento Escolar, a Escola Técnica de Saúde de Planaltina adota o aprovado pela Ordem de Serviço nº 69/2005-SUBIP/SEDF, de 15 de maio de 2005 (fl. 169) e apresenta nova versão às fls. 413 a 446, cuja apreciação e aprovação é de competência da Secretaria de Estado de Educação do DF. Quanto à Proposta Pedagógica, a instituição educacional apresenta uma última versão, às fls. 540 a 555, elaborada em consonância com as disposições do artigo 165 da Resolução nº 1/2009 CEDF. Finalmente, lembramos aos dirigentes da Escola Técnica de Saúde de Planaltina que, conforme o parágrafo segundo do artigo 56 da Resolução nº 1/2009-CEDF, os cursos técnicos de nível médio autorizados devem ser cadastrados no Sistema de Informação e Supervisão da Educação Profissional e Tecnológica SISTEC/MEC, de acordo com o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos, cujas informações devem ser validadas pelo, para fins de divulgação dos cursos em âmbito nacional. CONCLUSÃO - Considerando o exposto e os elementos que instruem o processo o parecer é por: a) aprovar os Planos de Curso, incluindo as matrizes curriculares que constituem os anexos I, II e III deste parecer, dos cursos técnicos de nível médio de Técnico em Enfermagem, Técnico em Saúde Bucal e Técnico em Nutrição e Dietética, integrantes do eixo tecnológico Ambiente, Saúde e Segurança, oferecidos pela Escola Técnica de Saúde de Planaltina, situada entre as Avenidas Contorno e Independência, Setor de Saúde, Planaltina DF, vinculada à Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia; b) aprovar a Proposta Pedagógica. É o parecer. Sala Helena Reis, Brasília, 18 de maio de Aprovado na CEP e em Plenário em 18/5/2010 ROSA MARIA MONTEIRO PESSINA Conselheira-Relatora LUIZ OTÁVIO DA JUSTA NEVES Presidente do Conselho de Educação do Distrito Federal

4 4 Anexo I do Parecer nº 134/2010-CEDF MATRIZ CURRICULAR Instituição Educacional: Escola Técnica de Saúde de Planaltina Curso: Técnico em Enfermagem Regime: Modular Eixo Tecnológico: Ambiente, Saúde e Segurança s Pré- Requisitos Egressos ou cursando o 2º ou 3º ano do ensino médio Componente Curricular da Teoria Ética em Saúde - Relações Humanas - Psicologia Aplicada - Anatomia/Fisiologia Higiene e Saneamento Nutrição e Dietética Primeiros Socorros Saúde Pública e Mental Microbiologia/Parasitologia Informática Básica Saúde e Segurança no Trabalho Introdução a Farmacologia x - em Laboratório TOTAL DE AULAS DO MÓDULO BÁSICO (semanal) TOTAL DE HORAS DO MÓDULO BÁSICO (semestral) 494 SAÍDA INTERMEDIÁRIA: CERTIFICAÇÃO: AUILIAR EM SERVIÇO DE SAÚDE I Estágio Supervisionado Introdução à Enfermagem I 60 Farmacologia 00 Enfermagem em Saúde Adulto e Idoso 60 Enfermagem Clínica Cirúrgica 60 Enfermagem Centro Cirúrgico e Central de Material Esterilizado 25 C. C. 25 C.M.E Enfermagem em Obstetrícia 30 C.O 30 Maternidade Enfermagem em Emergência I 60 Enfermagem em Pediatria 60 Ética Aplicada à Enfermagem 00 Saúde Coletiva I 60 Enfermagem em Neuropsiquiatria 30 TOTAL DE AULAS DO MÓDULO I (semanal) TOTAL DE HORAS DO MÓDULO I (semestral) TOTAL DE HORAS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO MÓUDLO I 500 SAÍDA INTERMEDIÁRIA: CERTIFICAÇÃO: AUILIAR EM ENFERMAGEM II I Enfermagem em Emergência II (UTI) 100 Noções de Administração em Enfermagem 10 Saúde Coletiva II 40 Informática Aplicada à Saúde 00 Introdução a Pesquisa Científica (PROJETOS) 00 Introdução à Enfermagem II 30 Introdução da Fitoterapia na Enfermagem 00 TOTAL DE AULAS DO MÓDULO II (semanal) TOTAL DE HORAS DO MÓDULO II (semestral) TOTAL DE HORAS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO MÓDULO II 180 TOTAL DE HORAS DO CURSO 2010 OBSERVAÇÕES: 1. O Horário das aulas é de 7h15 às 12h15 e das 13h15 às 18h15, com intervalo de 15 minutos. 2. Duração do semestre: 20 semanas. Duração da aula: 57 minutos. 3. Ao término do, o aluno receberá a Certificação de Auxiliar em Serviço de Saúde. 4. Ao término do I, o aluno receberá o Certificado de Auxiliar em Enfermagem. 5. Ao término do II, o aluno receberá o Diploma de Técnico em Enfermagem. 6. A carga horária total da teoria e prática em laboratório é de 1330 horas. A carga horária total do estágio supervisionado é de 680 horas.

5 5 Anexo II do Parecer nº 134/2010-CEDF MATRIZ CURRICULAR Instituição Educacional: Escola Técnica de Saúde de Planaltina Curso: Técnico em Saúde Bucal Regime: Modular Eixo Tecnológico: Ambiente, Saúde e Segurança s Pré- Requisitos Egressos ou cursando o 2º ou 3º ano do ensino médio Componente Curricular da Teoria em Laboratório Estágio Supervisionado Biossegurança nas Ações de Saúde 10 Rotinas de Serviços em Saúde Bucal 20 Educação para Saúde Bucal I 20 Noções de Anatomia/Fisiologia Prática Profissional Aplicada Relações Humanas - Primeiros Socorros Saúde Pública e Mental Microbiologia/Parasitologia Informática Básica - TOTAL DE AULAS DO MÓDULO BÁSICO (semanal) TOTAL DE HORAS DO MÓDULO BÁSICO (semestral) 418 TOTAL DE HORAS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO MÓDULO BÁSICO 50 SAÍDA INTERMEDIÁRIA: CERTIFICAÇÃO: AUILIAR EM CONSULTÓRIO DENTÁRIO I Ética em Saúde - - Psicologia Aplicada - - Saúde e Segurança no Trabalho 20 Recuperação da Saúde Bucal I 20 Anatomia da Cabeça e Pescoço - Realização de Exame Radiográfico I 10 Educação Para Saúde Bucal II 20 Higiene e Saneamento - Prevenção da Cárie Dentária e da Doença Periodontal I 20 Atenção à Saúde Bucal I 20 TOTAL DE AULAS DO MÓDULO I (semanal) 24 TOTAL DE HORAS DO MÓDULO I (semestral) 456 TOTAL DE HORAS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO MÓDULO I 110 SAÍDA INTERMEDIÁRIA: CERTIFICAÇÃO: AUILIAR EM HIGIENE BUCAL II I Recuperação da Saúde Bucal II 20 Atenção à Saúde Bucal II 20 Processo de Trabalho em Saúde Bucal 20 Prevenção da Cárie Dentária e da Doença Periodontal II 20 Administração de serviços em Saúde Bucal 20 Realização de Exame Radiográfico II 10 Informática Aplicada - - TOTAL DE AULAS DO MÓDULO II (semanal) 22 TOTAL DE HORAS DO MÓDULO II (semestral) 418 TOTAL DE HORAS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO MÓDULO II 110 TOTAL DE HORAS DO CURSO 1562 OBSERVAÇÕES: 1. O horário de aula é das 7h15 às 12h15 e das 13h15 às 18h15, com intervalo de 15 minutos. 2. Duração do Semestre: 20 semanas. 3. A prática profissional aplicada da disciplina Saúde Pública e Mental será no mesmo horário de teoria. 4. Ao término do, o aluno receberá a Certificação de Auxiliar em Consultório Dentário. 5. Ao término do I, o aluno receberá o certificado de Auxiliar em Higiene Bucal. 6. Ao término do II, o aluno receberá o Diploma de Técnico em Saúde Bucal. 7. A carga horária total da teoria e prática em laboratório é de 1292 horas. 8. A carga horária total do estágio supervisionado é de 270 horas.

6 6 Anexo III do Parecer nº 134/2010-CEDF MATRIZ CURRICULAR Instituição Educacional: Escola Técnica de Saúde de Planaltina Curso: Técnico em Nutrição e Dietética Regime: Modular Eixo Tecnológico: Ambiente, Saúde e Segurança s Pré- Requisitos Egressos ou cursando o 2º ou 3º ano do ensino médio Componente Curricular da Teoria em Laboratório Higiene dos Alimentos 20 Introdução a Nutrição - Relações Humanas - Anatomia/Fisiologia Higiene e Saneamento Nutrição e Dietética Primeiros Socorros Saúde Pública e Mental Microbiologia/Parasitologia Informática Básica - Saúde e Segurança no Trabalho Estágio Supervisionado TOTAL DE HORAS DO MÓDULO BÁSICO (teoria) TOTAL DE HORAS DO MÓDULO BÁSICO (laboratório) TOTAL DE HORAS DO MÓDULO BÁSICO 475 TOTAL DE HORAS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO 20 SAÍDA INTERMEDIÁRIA: CERTIFICAÇÃO: AGENTE EM SEGURANÇA ALIMENTAR I Avaliação Nutricional - 00 Técnica em Dietética I 10 Nutrição Materno Infantil I 10 Tecnologia dos Alimentos 00 Nutrição Clínica Hospitalar I 40 Fundamentos de Economia - 00 Bioquímica dos Alimentos 00 Ética em Saúde - 00 Psicologia Aplicada - 00 Informática Aplicada - 00 TOTAL DE HORAS DO MÓDULO I (teoria) 251 TOTAL DE HORAS DO MÓDULO I (laboratório) 167 TOTAL DE HORAS DO MÓDULO I 418 TOTAL DE HORAS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO 60 SAÍDA INTERMEDIÁRIA: CERTIFICAÇÃO: AUILIAR EM NUTRIÇÃO E DIETÉTICA II + I Técnica em Dietética II 10 Nutrição Materno Infantil II 10 Nutrição Normal 00 Bioestatística - 00 Educação Nutricional 00 Fundamentos de Administração - 10 Gestão de Negócios em Nutrição - 10 Nutrição Clínica/Hospitalar II 40 Parasitologia Aplicada a Nutrição 00 TOTAL DE HORAS DO MÓDULO II (teoria) TOTAL DE HORAS DO MÓDULO II (laboratório) TOTAL DE HORAS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO 80 TOTAL DE HORAS DO MÓDULO II 418 TOTAL DE HORAS DO CURSO 1471 OBSERVAÇÕES: 1. Horário de funcionamento: de 7h15 às 12h15 e das 13h15 às 18h15, com intervalo de 15 minutos. 2. Duração do semestre: 20 semanas. 3. A carga horária de cada componente curricular (teoria/laboratório) será definida no início de cada semestre letivo. 4. Ao término do, o aluno receberá a Certificação de Agente em Segurança Alimentar. 5. Ao término do I, o aluno receberá o Certificado de Auxiliar em Nutrição e Dietética. 6. Ao término do II, o aluno receberá o Diploma de Técnico em Nutrição e Dietética. 7. A carga horária total da teoria e prática em laboratório é de horas e a carga horária total do estágio supervisionado é de 160 horas.

CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL

CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL CONLHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL Homologado em 25/4/2007. DODF nº 81, de 27/4/2007 Portaria nº 164, de 21/5/2007. DODF nº 97, de 22/5/2007 Parecer nº 87/2007-CEDF Processo n 030.003523/2004 Interessado:

Leia mais

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal Homologado em 8/8/2014, DODF nº 163, de 12/8/2014, p. 15. Portaria nº 181, de 12/8/2014, DODF nº 164, de 13/8/2014, p. 9. PARECER Nº 131/2014-CEDF Processos n o 080.004538/2012 Interessado: LS Escola Técnica

Leia mais

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal Homologado em 28/11/2014, DODF nº 251, de 1º/12/2014, p. 10. Portaria nº 253, de 1º/12/2014, DODF nº 252, de 2/12/2014, p. 4. PARECER Nº 199/2014-CEDF Processo nº 410.000841/2011 Interessado: Instituto

Leia mais

CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL

CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL CONLHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL Homologado em 13/11/2002, publicado no DODF de 14/11/2002, p. 18. Portaria nº 474, de 29/11/2002, publicada no DODF de 9/12/2002, p.11. Parecer nº 215/2002-CEDF Processo

Leia mais

CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL. Parecer nº 273/2009-CEDF Processo nº 410.003018/2008 Interessado: Colégio Marista João Paulo II

CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL. Parecer nº 273/2009-CEDF Processo nº 410.003018/2008 Interessado: Colégio Marista João Paulo II CONLHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL Homologado em 21 de dezembro de 2009. DODF Nº 246, terça-feira, 22 de dezembro de 2009. PÁGINA 8 PORTARIA Nº 522, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2009. DODF Nº 7, terça-feira,

Leia mais

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal Homologado em 5/4/2013, DODF nº 71, de 8/4/2013, p. 14. Portaria nº 69, de 8/4/2013, DODF nº 73, de 10/4/2013, p. 14. PARECER Nº 46/2013-CEDF Processo nº 410.001292/2011 Interessado: Colégio La Salle -

Leia mais

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal Homologado em 3/3/2015, DODF nº 45, de 5/3/2015, p. 46. Portaria nº 30, de 6/3/2015, DODF nº 49, de 11/3/2015, p. 4 e 5. PARECER Nº 34/2015-CEDF Processo nº 084.000215/2013 Interessado: UNI - União Nacional

Leia mais

Dos atos legais da instituição educacional, destacam-se:

Dos atos legais da instituição educacional, destacam-se: Homologado em 27/12/2013, DODF nº 281, de 30/12/2013, p. 03. Portaria nº 312/SEDF, de 30/12/2013, DODF nº 283, de 31/12/2013, p. 48. PARECER Nº 259/2013-CEDF Processo nº: 410.000707/2011 Interessado: Centro

Leia mais

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal Homologado em 5/2/2014, DODF nº 28, de 6/2/2014, p. 8. Portaria nº 25, de 6/2/2014, DODF nº 30, de 10/2/2014, p. 3. PARECER Nº 8/2014-CEDF Processo nº 410.000303/2012 Interessado Escola Adventista do Guará

Leia mais

- Portaria nº 105/SEDF, de 13 de março de 2009, que recredenciou pelo prazo de cinco anos, a partir de 26 de agosto de 2008, fl. 282.

- Portaria nº 105/SEDF, de 13 de março de 2009, que recredenciou pelo prazo de cinco anos, a partir de 26 de agosto de 2008, fl. 282. Homologado em 23/2/2015, DODF nº 39, de 25/2/2015, p. 10. Portaria nº 20, de 25/2/2015, DODF nº 41, de 27/2/2015, p. 25. PARECER Nº 23/2015-CEDF Processo nº 084.000109/2013 Interessado: Centro Educacional

Leia mais

Parecer n 275/2009-CEDF Processo n 410.000084/2009 Interessado: Colégio Sagrado Coração de Maria

Parecer n 275/2009-CEDF Processo n 410.000084/2009 Interessado: Colégio Sagrado Coração de Maria Homologado em 21 de dezembro de 2009. DODF Nº 246, terça-feira, 22 de dezembro de 2009. PÁGINA 8 PORTARIA Nº 524, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2009. DODF Nº 7, terça-feira, 12 de janeiro de 2010. PÁGINA 8 Parecer

Leia mais

CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL. Parecer nº 134/2003-CEDF Processo nº 030.003534/2002 Interessado: UNI União Nacional de Instrução

CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL. Parecer nº 134/2003-CEDF Processo nº 030.003534/2002 Interessado: UNI União Nacional de Instrução CONLHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL Homologado em 19/8/2003, publicado no DODF de 20/8/2003, p. 3. Portaria nº 255, de 4/9/2003, publicada no DODF de 8/9/2003, p. 9. Parecer nº 134/2003-CEDF Processo

Leia mais

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL Homologado em 24/11/2010, DODF nº 225 de 25/11/2010, pág. 10 Portaria nº 211 de 25/11/2010, DODF nº 226 de 26/11/2010, pág. 5 Parecer nº 262/2010-CEDF Processos nº s 410.003799/2008 410.003800/2008 410.003801/2008

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 11/2015 Aprova a estrutura curricular contida no Projeto Pedagógico do Curso

Leia mais

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal Homologado em 23/7/2014, DODF nº 150, de 24/7/2014, p. 6. Portaria nº 170, de 24/7/2014, DODF nº 151, de 25/7/2014, p. 53. PARECER Nº 117/2014-CEDF Processo nº 084.000006/2012 Interessado: Escola Sagrada

Leia mais

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal Homologado em 24/3/2015, DODF nº 59, de 25/3/2015, p. 5. Portaria nº 35, de 25/3/2015, DODF nº 60, de 26/3/2015, p. 6. PARECER Nº 43/2015-CEDF Processo nº 084.000153/2013 Interessado: Escola de Educação

Leia mais

PARECER CEE/PE Nº 82/2005-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 17/11/2005 I RELATÓRIO:

PARECER CEE/PE Nº 82/2005-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 17/11/2005 I RELATÓRIO: INTERESSADA: ESCOLA TÉCNICA DE ENFERMAGEM IRMÃ DULCE ASSUNTO: RENOVAÇÃO DE AUTORIZAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM ENFERMAGEM E ESPECIALIZAÇÕES EM INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA, ENFERMAGEM DO TRABALHO E ENFERMAGEM

Leia mais

I RELATÓRIO: 5023/2015, de 23/12/2015 PARECER CEE/PE Nº 145/2015-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 14/12/2015

I RELATÓRIO: 5023/2015, de 23/12/2015 PARECER CEE/PE Nº 145/2015-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 14/12/2015 INTERESSADO: CENTRO DE ENSINO TÉCNICO DE ARCOVERDE CETA ARCOVERDE/PE ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE EIXO TECNOLÓGICO: AMBIENTE E SAÚDE, NA MODALIDADE PRESENCIAL RELATOR:

Leia mais

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal Homologado em 16/3/2012, DODF nº 55, de 19/3/2012, p. 11. Portaria nº 44, de 19/3/2012, DODF nº 56, de 20/3/2012, p. 7. Rubrica Matrícula: PARECER Nº 22/2012-CEDF Processo nº 410.001742/2010 Interessado:

Leia mais

Governo do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Educação CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO

Governo do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Educação CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Governo do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Educação CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO COMISSÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA PROCESSO Nº:E-03/100.552/2009 (Apenso E-03/100.553/2009) INTERESSADO:

Leia mais

Destacam-se os seguintes documentos constantes nos autos:

Destacam-se os seguintes documentos constantes nos autos: Homologado em 18/2/2014, DODF nº 39, de 20/2/2014, p. 5. Portaria nº 31, de 20/2/2014, DODF nº 40, de 21/2/2014, p. 11. PARECER Nº 5/2014-CEDF Processo nº 410.001108/2011 Interessado: Escola PARQUE DO

Leia mais

FISIOTERAPIA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC

FISIOTERAPIA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC FISIOTERAPIA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: Fisioterapia Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base legal

Leia mais

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal Homologado em 27/10/2010, DODF nº 207 de 28/10/2010, pag. 18 Portaria nº 193 de 28/10/2010, DODF nº 208 de 29/10/2010, pag. 14 Parecer nº 249/2010-CEDF Processo nº 460.000200/2010 Interessado: Ipê Centro

Leia mais

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal Homologado em 25/5/2015, DODF nº 100, de 26/5/2015, p. 2. Portaria nº 77, de 26/5/2015, DODF nº 101, de 27/5/2015, p. 10. PARECER Nº 82/2015-CEDF Processo nº 084.000208/2013 Interessado: Centro de Educação

Leia mais

CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL

CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL CONLHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL Homologado em 22/4/2005, publicado no DODF de 25/4/2005, p. 21. Portaria nº 142, de 18/5/2005, publicada no DODF de 19/5/2005, p. 23. Parecer n 74/2005-CEDF Processo

Leia mais

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal Homologado em 3/3/2015, DODF nº 45, de 5/3/2015, p. 46. Portaria nº 29, de 6/3/2015, DODF nº 49, de 11/3/2015, p. 4. PARECER Nº 33/2015-CEDF Processo nº 084.000353/2013 Interessado: Centro de Ensino Logos

Leia mais

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO Conselho de Educação do Distrito Federal Homologado em 13/12/2010, DODF nº 236 de 14/12/2010, pág. 36 Portaria nº 231 de 15/12/2010, DODF nº 239 de 17/12/2010, pág. 7 PARECER Nº 284/2010-CEDF Processo nº 460.000894/2009 Interessado: Centro de

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 270/2014

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 270/2014 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 270/2014 Dispõe sobre o Currículo do Curso de Nutrição, regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº AGR- 141/2012, aprovou e eu promulgo

Leia mais

O processo encontra-se instruído pela Resolução CNE / CEB nº 04/99 e pela Resolução CEE/PE nº 02/2000.

O processo encontra-se instruído pela Resolução CNE / CEB nº 04/99 e pela Resolução CEE/PE nº 02/2000. INTERESSADA: ESCOLA TÉCNICA DO AGRESTE LUCAS SOARES CARDOSO ASSUNTO : AUTORIZAÇÃO PARA FUNCIONAMENTO DO CURSO DE HOTELARIA E ALIMENTAÇÃO - ÁREA DE TURISMO E HOTELARIA. RELATORA : CONSELHEIRA EUGENILDA

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 05/2014 RESOLVE

RESOLUÇÃO Nº 05/2014 RESOLVE RESOLUÇÃO Nº 05/2014 Aprova o Regimento dos Cursos de Pós- Graduação da Faculdade Palotina O DIRETOR GERAL da Faculdade Palotina, no uso de suas atribuições legais e regimentais e com a aprovação do Processo

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 18/12/1997 CÂMARA OU COMISSÃO: CEB

PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 18/12/1997 CÂMARA OU COMISSÃO: CEB PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 18/12/1997 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO Ver Resolução CNE/CEB nº 1/1998 INTERESSADO: SERVIÇO

Leia mais

CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL. - Área de Comunicação: Técnico em Propaganda e Marketing

CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL. - Área de Comunicação: Técnico em Propaganda e Marketing CONLHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL Homologado em 24/7/2001, publicado no DODF de 27/7/2001, p. 40. Portaria nº 353, de 14/8/2001, publicada no DODF de 16/8/2001, p. 16. Parecer nº 136/2001-CEDF Processo

Leia mais

I RELATÓRIO: II ANÁLISE:

I RELATÓRIO: II ANÁLISE: INTERESSADO: ASSUNTO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL JOAQUIM NABUCO - RECIFE/PE AUTORIZAÇÃO DOS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TÉCNICA EM INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA, EM ENFERMAGEM EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

Leia mais

PROCESSO Nº 864/13 PROTOCOLO Nº 11.648.606-5 PARECER CEE/CEMEP Nº 284/13 APROVADO EM 05/08/13

PROCESSO Nº 864/13 PROTOCOLO Nº 11.648.606-5 PARECER CEE/CEMEP Nº 284/13 APROVADO EM 05/08/13 PROTOCOLO Nº 11.648.606-5 PARECER CEE/CEMEP Nº 284/13 APROVADO EM 05/08/13 CÂMARA DO ENSINO MÉDIO E DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL MENNA BARRETO

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Conselho Municipal de Educação - CME Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Conselho Municipal de Educação - CME Venâncio Aires Estado do Rio Grande do Sul Conselho Municipal de Educação - CME Venâncio Aires Resolução Nº 01, de 07 de maio de 2014. Altera a Resolução Nº 03 de 14 de junho de 2006, que Fixa normas para a elaboração

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA RESOLUÇÃO Nº 1, DE 3 DE DEZEMBRO DE 2013 (*)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA RESOLUÇÃO Nº 1, DE 3 DE DEZEMBRO DE 2013 (*) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA RESOLUÇÃO Nº 1, DE 3 DE DEZEMBRO DE 2013 (*) Define normas para declaração de validade de documentos escolares emitidos por

Leia mais

CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL. Parecer nº 114/2000-CEDF Processo nº 030.009419/98 Interessado: Serviço Social da Indústria - SESI

CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL. Parecer nº 114/2000-CEDF Processo nº 030.009419/98 Interessado: Serviço Social da Indústria - SESI CONLHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL Homologado em 29/6/2000, publicado no DODF, de 3/7/2000, p.30. Portaria nº 182, de 8/9/2000, publicada no DODF nº 175, de 12/9/2000, p. 12. Parecer nº 114/2000-CEDF

Leia mais

PROCESSO N 109/11 PROTOCOLO N.º 10.207.726-1 PARECER CEE/CEB N.º 793/11 APROVADO EM 15/09/11 INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL PARANÁ

PROCESSO N 109/11 PROTOCOLO N.º 10.207.726-1 PARECER CEE/CEB N.º 793/11 APROVADO EM 15/09/11 INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL PARANÁ PROTOCOLO N.º 10.207.726-1 PARECER CEE/CEB N.º 793/11 APROVADO EM 15/09/11 CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL PARANÁ MUNICÍPIO: MARINGÁ ASSUNTO: Pedido de renovação

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 21/08/2008

PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 21/08/2008 PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 21/08/2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Centro Educacional e Desportivo Santa

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SISTEMA MUNICIPAL DE ENSINO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO Comissão de Educação Infantil Parecer CME/PoA n.º 012/2011 Processo n.º 001.011607.10.6 Renova a autorização

Leia mais

XLIII PLENÁRIA NACIONAL DO FÓRUM DOS CONSELHOS ESTADUAIS DE EDUCAÇÃO - FNCE

XLIII PLENÁRIA NACIONAL DO FÓRUM DOS CONSELHOS ESTADUAIS DE EDUCAÇÃO - FNCE XLIII PLENÁRIA NACIONAL DO FÓRUM DOS CONSELHOS ESTADUAIS DE EDUCAÇÃO - FNCE O Futuro da Educação a Distância na Educação Básica Francisco Aparecido Cordão facordao@uol.com.br Dispositivos da LDB e DECRETOS

Leia mais

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO INSTITUCIONAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPITULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Este Regulamento define as orientações básicas, comuns a todos os cursos da Faculdade Católica do Tocantins

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 19/ 2012 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso Técnico em Prótese Dentária da Escola

Leia mais

INTERESSADO: Centro de Formação Profissional CEFOP

INTERESSADO: Centro de Formação Profissional CEFOP INTERESSADO: Centro de Formação Profissional CEFOP EMENTA: Reconhece os cursos de educação profissional de nível médio de Técnico de Biblioteconomia e de Técnico de Contabilidade, na modalidade educação

Leia mais

A/C Diretores e Mantenedores:

A/C Diretores e Mantenedores: SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO COORDENADORIA DE GESTÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO DE CAPIVARI Rua Regente Feijó, 773 Centro - CEP 13360-000 Capivari- SP Fones: (0XX19) 3491-9200 Fax

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO/CD/FNDE Nº 047 DE 20 DE SETEMBRO DE 2007

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO/CD/FNDE Nº 047 DE 20 DE SETEMBRO DE 2007 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO/CD/FNDE Nº 047 DE 20 DE SETEMBRO DE 2007 Alterar a Resolução CD/FNDE nº 29, de 20 de julho de 2007,

Leia mais

I RELATÓRIO: 6030/2014, de 10/12/2014 PARECER CEE/PE Nº 115/2014-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 17/11/2014

I RELATÓRIO: 6030/2014, de 10/12/2014 PARECER CEE/PE Nº 115/2014-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 17/11/2014 INTERESSADA: POLITEC CARUARU/PE ASSUNTO: RENOVAÇÃO DE AUTORIZAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO - EIXO TECNOLÓGICO: SEGURANÇA, NA MODALIDADE PRESENCIAL, COM ALTERAÇÃO DA MATRIZ CURRICULAR RELATOR:

Leia mais

HOMOLOGADA PELO SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO EM 09/12/2004 RESOLUÇÃO Nº 145/04. Palmas, 08 de dezembro de 2004

HOMOLOGADA PELO SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO EM 09/12/2004 RESOLUÇÃO Nº 145/04. Palmas, 08 de dezembro de 2004 HOMOLOGADA PELO SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO EM 09/12/2004 REVOGADA RESOLUÇÃO Nº 145/04 Palmas, 08 de dezembro de 2004 Fixa normas para criação e autorização de funcionamento de instituições de educação

Leia mais

EDITAL DO 1º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE 2015

EDITAL DO 1º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE 2015 EDITAL DO 1º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE 2015 A Faculdade São Paulo (FSP), Instituição de Ensino Superior comprometida a observar o padrão

Leia mais

18/01/2013 INSPEÇÃO ESCOLAR Prof. Dorival Rosa Brito 1

18/01/2013 INSPEÇÃO ESCOLAR Prof. Dorival Rosa Brito 1 INSPEÇÃO ESCOLAR 1 Como saber se uma escola é legalizada? 2 A quem se dirigir para reclamar de uma escola? 3 Quais os procedimentos para se abrir uma escola? 4 Quais os documentos necessários para a matrícula

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 29/08-CEPE

RESOLUÇÃO Nº 29/08-CEPE RESOLUÇÃO Nº 29/08-CEPE Aprova as normas básicas da atividade acadêmica dos Cursos de Graduação na modalidade de Educação a Distância da Universidade Federal do Paraná. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E

Leia mais

I RELATÓRIO: 4846/2014, de 18/09/2014 PARECER CEE/PE Nº 94/2014-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 01/09/2014

I RELATÓRIO: 4846/2014, de 18/09/2014 PARECER CEE/PE Nº 94/2014-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 01/09/2014 INTERESSADO: CPO CENTRO DE PREPARAÇÃO EM ODONTOLOGIA - RECIFE/PE ASSUNTO: CREDENCIAMENTO DA INSTITUIÇÃO PARA A OFERTA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO E AUTORIZAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM SAÚDE

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional INTERESSADO: Centro de Educação EFIVEST Ltda. EMENTA: Credencia o Centro de Educação Efivest LTDA, nesta capital, e reconhece o Curso Técnico em Segurança do Trabalho Eixo Tecnológico: Segurança, até 31

Leia mais

DELIBERAÇÃO CEE N 314, DE 08 DE SETEMBRO DE 2009.

DELIBERAÇÃO CEE N 314, DE 08 DE SETEMBRO DE 2009. Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Educação CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO COMISSÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DELIBERAÇÃO CEE N 314, DE 08 DE SETEMBRO DE 2009. Estabelece

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional INTERESSADO: Instituto Ateneu CV&C EMENTA: Credencia o Instituto Ateneu CV&C e reconhece os cursos Técnico em Contabilidade e Técnico em Segurança do Trabalho na cidade de Fortaleza, até 31.12.2012. RELATOR:

Leia mais

PSICOLOGIA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC

PSICOLOGIA. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC PSICOLOGIA Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: PSICOLOGIA Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo Galindo Base legal

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DE RIBEIRÃO PIRES. CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA Versão 2016.1 PLANO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

FACULDADES INTEGRADAS DE RIBEIRÃO PIRES. CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA Versão 2016.1 PLANO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO FACULDADES INTEGRADAS DE RIBEIRÃO PIRES CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA Versão 2016.1 PLANO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO RIBEIRÃO PIRES, FEVEREIRO DE 2016 Prezado acadêmico Este manual destina-se

Leia mais

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016 Diário Ofi cial Poder Executivo - Seção I São Paulo, 126 (26) 27

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016 Diário Ofi cial Poder Executivo - Seção I São Paulo, 126 (26) 27 sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016 Diário Ofi cial Poder Executivo - Seção I São Paulo, 126 (26) 27 Deliberação CEE-138, de 11-2-2016 Fixa normas para autorização de funcionamento e supervisão de estabelecimentos

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Artigo 1º - As Atividades Complementares constituem ações a serem desenvolvidas ao longo do curso, criando

Leia mais

FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU CAMPINA GRANDE Credenciado pela Portaria Nº 65, DE 30 DE JANEIRO DE 2014 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.

FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU CAMPINA GRANDE Credenciado pela Portaria Nº 65, DE 30 DE JANEIRO DE 2014 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015. FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU CAMPINA GRANDE Credenciado pela Portaria Nº 65, DE 30 DE JANEIRO DE 2014 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A Direção da Faculdade Maurício de Nassau de Campina Grande-PB no

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE PORTO ALEGRE

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE PORTO ALEGRE CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE PORTO ALEGRE Comissão de Educação Infantil Parecer n.º 007/2007 CME/PoA Processo n.º 001.040339.04.1 Credencia/autoriza o funcionamento da Escola de Educação Infantil

Leia mais

EDITAL PROGRAD nº 21, de 27 de abril de 2015 PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIA VOLUNTÁRIA

EDITAL PROGRAD nº 21, de 27 de abril de 2015 PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIA VOLUNTÁRIA EDITAL PROGRAD nº 21, de 27 de abril de 2015 PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIA VOLUNTÁRIA A Pró-Reitoria de Graduação da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), no uso de

Leia mais

MUNICÍPIO DE FLORIANÓPOLIS CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. RESOLUÇÃO CME nº.01/2015

MUNICÍPIO DE FLORIANÓPOLIS CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. RESOLUÇÃO CME nº.01/2015 MUNICÍPIO DE FLORIANÓPOLIS CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO CME nº.01/2015 Fixa normas para a Autorização de Funcionamento de Unidades Educativas Municipais do Ensino Fundamental, do Sistema Municipal

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 34/99/CEE/SC

ESTADO DE SANTA CATARINA CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 34/99/CEE/SC ESTADO DE SANTA CATARINA CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 34/99/CEE/SC Fixa normas para o reconhecimento da equivalência de estudos da Educação Básica e Profissional realizados no exterior, revalidação

Leia mais

Matriz 2007... 02. Matriz 2010... 04. Matriz 2013... 07

Matriz 2007... 02. Matriz 2010... 04. Matriz 2013... 07 Página 1 Sumário Matriz 2007... 02 Matriz 2010... 04 Matriz 2013... 07 Página 2 MATRIZ CURRICULAR 2007 1º Período 2º Período 3º Período Biologia Celular 54 Química Geral 54 Zoologia de Invertebrados I

Leia mais

Institui as Matrizes Curriculares para as Escolas Municipais de Ensino Fundamental EMEFs, Escolas Municipais de Ensino Fundamental e Médio EMEFMs,

Institui as Matrizes Curriculares para as Escolas Municipais de Ensino Fundamental EMEFs, Escolas Municipais de Ensino Fundamental e Médio EMEFMs, Institui as Matrizes Curriculares para as Escolas Municipais de Ensino Fundamental EMEFs, Escolas Municipais de Ensino Fundamental e Médio EMEFMs, Escolas Municipais de Educação Bilíngue para Surdos -

Leia mais

CARGA HORÁRIA. Anatomia Humana I 72 36 36 - Biologia Celular e Genética 72 36 36 - Introdução à Enfermagem 36 36 - Introdução á Filosofia 36 36 -

CARGA HORÁRIA. Anatomia Humana I 72 36 36 - Biologia Celular e Genética 72 36 36 - Introdução à Enfermagem 36 36 - Introdução á Filosofia 36 36 - MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM 2012.2 1º SEMESTRE Anatomia Humana I 72 36 36 - Biologia Celular e Genética 72 36 36 - Introdução à 36 36 - Fundamentos Sócio-antropológicos: Cultura e Relações

Leia mais

RESOLUÇÃO 002/CUn/2007, de 02 de março de 2007

RESOLUÇÃO 002/CUn/2007, de 02 de março de 2007 RESOLUÇÃO 002/CUn/2007, de 02 de março de 2007 EMENTA: DISPÕE SOBRE O PROGRAMA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA. O PRESIDENTE DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO da Universidade

Leia mais

REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP

REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA FACULDADE DE APUCARANA FAP Regulamento do Curricular Supervisionado do Curso de Graduação em Pedagogia - Licenciatura Faculdade de

Leia mais

I RELATÓRIO: 212/2015, de 19/01/2015. PARECER CEE/PE Nº 138/2014-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 29/12/2014

I RELATÓRIO: 212/2015, de 19/01/2015. PARECER CEE/PE Nº 138/2014-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 29/12/2014 INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CEPRO RECIFE/PE ASSUNTO: RENOVAÇÃO DE AUTORIZAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM SAÚDE BUCAL E DO CURSO TÉCNICO EM PRÓTESE DENTÁRIA EIXO TECNOLÓGICO: AMBIENTE E SAÚDE,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 01/2011 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO Aprova a estrutura curricular do Curso de, na modalidade bacharelado,

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação Superior UF: DF ASSUNTO: Reexame do Parecer CNE/CES nº 162/2010,

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 172/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 172/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 172/2012 Altera o Currículo do Curso de Odontologia, para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo ODO Nº 077/2012, aprovou e eu promulgo

Leia mais

ANEXO II. Regulamentação da Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrado. Capítulo I Da admissão

ANEXO II. Regulamentação da Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrado. Capítulo I Da admissão ANEXO II ORGANIZAÇÃO DIDÁTICA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA SERTÃO PERNANBUCANO Resolução nº 031/2010 De 30 de setembro de 2010 Regulamentação da Educação Profissional Técnica de

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 105/2014

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 105/2014 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 105/2014 Dispõe sobre o Currículo do Curso de Odontologia, regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº ODO- 077/2012, aprovou e eu promulgo

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO (*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 06/12/2007. (*) Portaria / MEC n 1.165, publicada no Diário Oficial da União de 05/12/2007. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS LEI Nº 1.378, DE 28 DE JUNHO DE 2013. Dispõe sobre a oferta de cursos na modalidade a distância, bem como, dispõe sobre a implantação do Pólo Universitário de Apoio Presencial de São Gonçalo do Amarante,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO CHOÇA ESTADO DA BAHIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO CHOÇA ESTADO DA BAHIA LEI Nº 278, DE 17 DE OUTUBRO DE 2014. Altera e insere dispositivos na Lei Municipal nº 016, de 20 de janeiro de 2004, a qual dispõe sobre o Plano de Carreira e Remuneração dos Servidores do Magistério

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 12/05/2008 (*) Portaria/MEC nº 569, publicada no Diário Oficial da União de 12/05/2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

PROCESSO N 85/2009 PROTOCOLO N.º 9.953.393-5 PARECER CEE/CEB N.º 75/09 APROVADO EM 31/04/09 INTERESSADO: INSTITUTO EDUCACIONAL DE DRACENA - IED

PROCESSO N 85/2009 PROTOCOLO N.º 9.953.393-5 PARECER CEE/CEB N.º 75/09 APROVADO EM 31/04/09 INTERESSADO: INSTITUTO EDUCACIONAL DE DRACENA - IED PROTOCOLO N.º 9.953.393-5 PARECER CEE/CEB N.º 75/09 APROVADO EM 31/04/09 CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA INTERESSADO: INSTITUTO EDUCACIONAL DE DRACENA - IED MUNICÍPIO: DRACENA ASSUNTO: Pedido de Credenciamento

Leia mais

Resolução nº 01/2009 de 16 de junho de 2009

Resolução nº 01/2009 de 16 de junho de 2009 Resolução nº 01/2009 de 16 de junho de 2009 CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL Diário Oficial do Distrito Federal ANO XLIII Nº 123 BRASÍLIA DF, 29 DE JUNHO DE 2009 Estabelece normas para o Sistema

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS Português/ Inglês - 2013

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS Português/ Inglês - 2013 MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS Português/ Inglês - 2013 1º ANO 1º Semestre Produção de Texto 02 40 Didática Fundamentos da Educação 02 40 História e Filosofia da Educação 02 40 Língua

Leia mais

APROVADO AD REFERENDUM EM 04/01/2011 PARECER CEE/PE Nº 01/2011-CEB Homologado pelo Plenário em 07/02/2011

APROVADO AD REFERENDUM EM 04/01/2011 PARECER CEE/PE Nº 01/2011-CEB Homologado pelo Plenário em 07/02/2011 INTERESSADO: SERVIÇO DE TECNOLOGIA ALTERNATIVA SERTA II ASSUNTO: CREDENCIAMENTO DA INSTITUIÇÃO PARA A OFERTA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO E AUTORIZAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM AGROECOLOGIA

Leia mais

Apresentação do novo currículo do Curso de Graduação em Enfermagem. Implantação a partir de 2010

Apresentação do novo currículo do Curso de Graduação em Enfermagem. Implantação a partir de 2010 Apresentação do novo currículo do Curso de Graduação em Enfermagem Implantação a partir de 2010 Matriz Curricular Currículo Novo 1º SEMESTRE Créditos Anatomia Humana I Citologia 02 Embriologia, Genética

Leia mais

7- Atividades Complementares (CH60)

7- Atividades Complementares (CH60) 7- Atividades Complementares (CH60) As atividades complementares no curso de Fisioterapia estão dispostas na nova matriz curricular para os ingressantes a partir do ano de 2008. Visando a garantir a flexibilidade

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 21/01/2008. (*) Portaria/MEC nº 107, publicada no Diário Oficial da União de 21/01/2008. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

ESTADO DO PIAUÍ CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Resolução CEE/PI Nº 348/2005

ESTADO DO PIAUÍ CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Resolução CEE/PI Nº 348/2005 Regulamenta a habilitação e admissão de professores e os procedimentos para a definição dos conteúdos do componente curricular do ensino religioso nas escolas públicas do sistema estadual de ensino do

Leia mais

Título I. Dos Princípios Gerais

Título I. Dos Princípios Gerais CORDENADORIA DO NPJ Criado pela Resolução 01/99 Colegiado Superior REGULAMENTO Dispõe sobre o funcionamento da Coordenadoria do Núcleo de Prática Jurídica e seus órgãos no Curso de Graduação em Direito.

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO DA FACULDADE DO GUARUJÁ

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO DA FACULDADE DO GUARUJÁ REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO DA FACULDADE DO GUARUJÁ I - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art.1º. O presente Regulamento rege as Atividades de Estágio Supervisionado,

Leia mais

GUIA DE CERTIFICAÇÃO Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos - ENCCEJA

GUIA DE CERTIFICAÇÃO Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos - ENCCEJA GUIA DE CERTIFICAÇÃO Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos - ENCCEJA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA EM PSICOLOGIA

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA EM PSICOLOGIA CLÍNICA ESCOLA PARA ATENDIMENTO PSICOLÓGICO (CEAP) CEAP O Núcleo de Prática em Psicologia - CEAP do Curso de Bacharelado em Psicologia da AJES Instituto Superior de Educação do Vale do Juruena, da entidade

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO DE MEDIADORES PARA O CURSO DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA E SAÚDE AMBIENTAL

PROCESSO DE SELEÇÃO DE MEDIADORES PARA O CURSO DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA E SAÚDE AMBIENTAL EDITAL Nº. 003/2012 PROCESSO DE SELEÇÃO DE MEDIADORES PARA O CURSO DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA E SAÚDE AMBIENTAL 1. APRESENTAÇÃO A Escola Estadual de Saúde Pública Professor Francisco Peixoto de Magalhães

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 04/12/CP INSEP

RESOLUÇÃO Nº. 04/12/CP INSEP FACULDADE INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DO PARANÁ MANTENEDORA: INSTITUTO PARA O DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO E DA CIDADANIA IEC CNPJ: 02.684.150/0001-97 Maringá: Rua dos Gerânios, 1893 CEP: 87060-010 Fone/Fax:

Leia mais

O regime adotado pela Faculdade Metodista Granbery é o seriado semestral. A matrícula é feita por períodos e renovada semestralmente.

O regime adotado pela Faculdade Metodista Granbery é o seriado semestral. A matrícula é feita por períodos e renovada semestralmente. INFORMAÇÕES ACADÊMICAS BÁSICAS 1. CURRÍCULO Para cada curso de graduação é organizado um currículo. O currículo abrange uma sequência de disciplinas/módulos hierarquizados(as) por períodos letivos, cuja

Leia mais

CURSO: ENFERMAGEM MATRIZ CURRICULAR

CURSO: ENFERMAGEM MATRIZ CURRICULAR 1º PERÍODO 2012/1 CURSO: ENFERMAGEM MATRIZ CURRICULAR Metodologia Científica Português Anatomia Humana 6 120 100.00 Introdução a Citologia Projeto Integrador Atividades Complementares - 40 33.20 () 20

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA REGULAMENTOS DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CURSO DE PEDAGOGIA REGULAMENTOS DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE PEDAGOGIA REGULAMENTOS DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1 ANEXO II REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Artigo 1º - As Atividades Complementares

Leia mais

EDITAL DO 1º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL VESTIBULAR 1º SEMESTRE 2016

EDITAL DO 1º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL VESTIBULAR 1º SEMESTRE 2016 EDITAL DO 1º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL VESTIBULAR 1º SEMESTRE 2016 A Faculdade FAPAN Instituição de Ensino Superior comprometida a observar o padrão de qualidade

Leia mais

PARECER CEE/PE Nº206/2011-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 26/12/2011 I RELATÓRIO:

PARECER CEE/PE Nº206/2011-CEB APROVADO PELO PLENÁRIO EM 26/12/2011 I RELATÓRIO: INTERESSADO: INSTITUTO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL IDS RECIFE/PE ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DOS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TÉCNICA EM GERIATRIA E GERONTOLOGIA, EM ENFERMAGEM DO TRABALHO, EM INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA

Leia mais

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO N.º /2005. (DO SR. RENATO COZZOLINO)

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO N.º /2005. (DO SR. RENATO COZZOLINO) REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO N.º /2005. (DO SR. RENATO COZZOLINO) Solicita informações ao Sr. Ministro da Educação sobre Cursos Superiores Fora da Sede da Universidade. Senhor Presidente: Com fundamento

Leia mais

III PROGRAMA DE CADA CURSO OFERECIDO E DEMAIS COMPONENTES CURRICULARES, SUA DURAÇÃO, REQUISITOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO.

III PROGRAMA DE CADA CURSO OFERECIDO E DEMAIS COMPONENTES CURRICULARES, SUA DURAÇÃO, REQUISITOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO. III PROGRAMA DE CADA CURSO OFERECIDO E DEMAIS COMPONENTES CURRICULARES, SUA DURAÇÃO, REQUISITOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO. CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO COM HABILITAÇÃO EM MARKETING 1º SEMESTRE

Leia mais