Manual de Uso do Moodle - Criação e Manutenção de Áreas de Ensino Virtual. Sumário. Comissão de Ensino a Distância - FCM - UNICAMP

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual de Uso do Moodle - Criação e Manutenção de Áreas de Ensino Virtual. Sumário. Comissão de Ensino a Distância - FCM - UNICAMP"

Transcrição

1 Comissão de Ensino a Distância - FCM - UNICAMP Manual de Uso do Moodle - Criação e Manutenção de Áreas de Ensino Virtual Autor: Dr. Paulo Henrique Silva Monteiro, Apoio Técnico Sumário 1- Introdução Antes de Começar Abrindo área Moodle Entrando no Moodle Fechando o curso para visitantes e inscrevendo outras pessoas (Configurações Iniciais)...5 Sobre a estrutura de tópicos:...6 Inserindo imagens em atividades Atividades do Curso...8 I- Atividades Passivas (Recursos)...9 -I.a) Página...9 -I.b) Pasta (de arquivos):...9 -I.c) Recurso (Arquivo único):...10 Notas sobre proteção de direitos autorais: I.d) URL: I.e) Rótulo: I.f) Calendário I.g) Bloco HTML...11 II- Atividades Interativas II.a) Fórum de Discussão II.b) Chat II.c) Wiki II.d) Base de Dados II.e) Tarefas II.f) Questionários II.g) Lições II.g) Pesquisas de Avaliação Anônimas...16 III- Moodle não-institucional...16 IV- Atividades Extra-Moodle IV.a) Aulas Interativas IV.b) Vídeo Aulas IV.c) Simulações IV.d) Sites fora do Moodle IV.e) Cameraweb Outras Facilidades do Moodle Estatísticas de Uso Sistema de Mensagens Grupos Perfil Backup e Restauração Contato / Treinamento Suporte Técnico Recursos Extras:...20 Comissão de Ensino a Distância - FCM/UNICAMP Todos os direitos reservados. 1

2 1- Introdução O Moodle é um software internacional, criado por universidades para universidades, com o intuito de fornecer uma plataforma única para o ensino virtual em todas as áreas. Ele é de código aberto, podendo ser usado ou modificado por qualquer pessoa. Para ser usado pelos alunos, requer apenas um navegador de internet comum. O Grupo Gestor de Tecnologias Educacionais (GGTE), ligado ao Centro de Computação (CCUEC) da Unicamp, mantém uma cópia do Moodle em seu servidor, traduzida para o português e a disponibiliza para uso da Comunidade Acadêmica, para fins do uso do Ensino a Distância na Graduação, Pós-Graduação e Grupos de Estudo e Pesquisa de todas as áreas da Universidade. Mas porque colocar Curso a Distância na FCM? Não dá pra aprender saúde longe do paciente! Realmente, o ensino das Ciências da Saúde deve ser presencial em sua maioria, não há discussão sobre isso. Contudo, a fixação de conteúdo e exploração de conteúdos extras pode muito bem ser reforçada longe do leito - afinal, a carga horária presencial é limitada, e não sobra tempo para fixação de conteúdo - e muitas vezes, terminada a carga horária de uma disciplina, ela nunca mais é vista pelo aluno, levando ao seu esquecimento. Estes problemas podem ser resolvidos pelo Ensino a Distância, visto que nada impede que sejam criados módulos opcionais de revisão pelo Moodle durante ou após o término da disciplina regular. Algumas universidades, em certas disciplinas, cobram dos alunos que o conteúdo do EAD seja visto antes das aulas regulares, como forma de prepará-los para elas. Vários estudos, de várias universidades, mostram maior fixação de conhecimento em estudantes que tiveram Ensino a Distância complementando o ensino regular, especialmente em estudantes que tiveram maior interatividade no EAD. Mas é complicado criar isso! Não sei tanto de informática! Nós da Comissão de Ensino à Distância (CEAD) da FCM-UNICAMP temos a missão de disseminar o uso desta e de outras ferramentas de ensino virtual, para a complementação e melhoria do ensino presencial da FCM, assim como de seus grupos de estudo e pesquisa. Ou seja, se você deseja fazer algum projeto que envolva Ensino Virtual, leia este manual e entre em contato conosco, pois estamos aqui para lhe ajudar. Mais informações sobre nós, assim como uma lista de disciplinas e grupos que utilizam nossos serviços, estão disponíveis em nosso site: Boa leitura! Comissão de Ensino a Distância - FCM/UNICAMP Todos os direitos reservados. 2

3 2- Antes de Começar Antes de abrir o curso, é importante avaliar todas as atividades passíveis de serem feitas. Leia a descrição das atividades no manual, explore o Moodle, discuta conosco suas ideias. Ou seja, confirme que tudo que possa ser feito esteja feito antes de abrir a área. IMPORTANTE: Nosso objetivo é estimular o ensino virtual por toda a FCM, para benefício do ensino e pesquisa. Portanto, não apoiaremos cursos que sejam unilaterais, ou seja, que prejudiquem professores ou alunos. Assim, deve ser avaliado o interesse de ambas as partes antes do início de cada área, durante e ao final do curso (Apenas professores que participarão deverão ser avaliados quanto o interesse - professores não participantes podem ficar de fora, apesar de ser interessante avaliá-los também). Cursos que não tiverem interesse nessa avaliação NÃO SERÃO APOIADOS pela CEAD, por risco de indisporem a comunidade acadêmica contra o Ensino a Distância e prejudicarem nosso trabalho. Temos formatos pré-prontos de avaliação para uso - portanto estamos disponíveis para ajudar a compô-las para seu curso. 3- Abrindo área Moodle O Moodle pode ser usado por disciplinas da graduação e da pós, grupos de estudo e pesquisa e projetos de extensão (exceto os que normalmente cairiam na alçada da Extecamp, como cursos de atualização) Para abrir uma nova área no Moodle para seu curso/grupo, há um formulário, disponível no site do GGTE, que deve ser preenchido pelo docente responsável pela disciplina/grupo ou por docente autorizado a fazê-lo por este. Site do GGTE: Link direto ao formulário: ATENÇÃO - Sempre selecione a opção "Moodle" Em caso de Grupo de Estudo ou Pesquisa ou Curso não-regular, o código da disciplina deve ser inventado - use preferencialmente o mesmo prefixo de grupos de estudo semelhantes para uniformizar, com no mínimo 3 letras. Não utilize o prefixo de disciplinas regulares. Em caso de Grupo de Estudo/Pesquisa, colocar no campo "observação" a seguinte colocação: "Favor colocar esta área na subcategoria "Grupos de Estudo e Pesquisa" dentro da área da FCM" Preenchido e enviado o formulário, se não houver irregularidades, a área de ensino será aberta no prazo de 1 dia útil, e a conta de usuário do docente responsável será ativada, se não o foi antes. A listagem de cursos da FCM fica aqui: id=11 4- Entrando no Moodle Comissão de Ensino a Distância - FCM/UNICAMP Todos os direitos reservados. 3

4 TODOS os cadastrados no sistema acadêmico (alunos, docentes e funcionários) já tem conta de usuário no sistema do GGTE. Contudo, para evitar a sobrecarga do sistema, toda conta de usuário deve ser ativada pelo seu dono, senão não aparecerá na listagem de usuários, não podendo ser inscrito em nenhuma área de ensino. Ative sua conta na página de acesso ao site: Figura 1: Página de Acesso Para docentes e funcionários, basta entrar com seu usuário de acadêmico (sem e sua senha acadêmica. Se houver esquecimento de senha, favor contatar Ernani, do Núcleo de Tecnologia da Informação da FCM, designado pelo GGTE para trocar senhas se necessário. Para alunos, usar o RA (como, por exemplo, "035201") e a senha da DAC. Em ambos os casos, os dados de login usados serão usados para sempre. A senha pode ser alterada nas configurações de Perfil (ver na seção de Perfil, abaixo) Para interessados que não façam parte da comunidade acadêmica, na página de acesso mostrada acima há um link para o Formulário de Cadastramento Manual. Eles devem preencher o formulário e seguir as instruções do de confirmação. NOTA: Devido ao Antispam, s do UOL não podem ser utilizados para cadastro! Comissão de Ensino a Distância - FCM/UNICAMP Todos os direitos reservados. 4

5 5- Fechando o curso para visitantes e inscrevendo outras pessoas (Configurações Iniciais). Figura 2: Janela Principal do Curso (Visão do Administrador) Em cursos das ciências da saúde, frequentemente são discutidos casos de pacientes reais. Para tal fim, é necessário fechar o acesso para visitantes dos cursos que o façam. Há outras formas de fechar o curso, mas consideramos a seguinte forma mais segura: Uma vez que sua área esteja aberta, vá até sua página e observe a coluna da esquerda, na parte de baixo da página, e entre em Editar Configurações. Recomendamos por padrão que se configure o Moodle da seguinte forma: -Formato do curso: "Tópicos" -Acesso a visitantes: "Não permitir" -Seções Invisíveis: "Escondidas Completamente" NOTA: as ilustrações desse manual mostram o esquema de cores padrão do Moodle-Unicamp (conhecido como serenity/legacy). Atualmente recomendamos a padronização de todos os cursos da FCM para o tema "fcm". Para tal, na página principal do curso, selecione o tema "fcm" na caixa "forçar tema" nesta tela Após salvar estas configurações e voltar para a página principal, volte à coluna da esquerda. No box "Configurações", clicar em Usuários, depois em Métodos de Inscrição. Isto abrirá, em lugar da janela normal do curso, uma janela listando os métodos de inscrição possíveis. Figura 3: Box de Configurações -Há um X preto próximo ao boxe "Autoinscrição". Em cursos fechados, clique para retirar a Comissão de Ensino a Distância - FCM/UNICAMP Todos os direitos reservados. 5

6 possibilidade de entrada de visitantes. -No boxe "Inscrições Manuais", clique no pequeno ícone de um rosto à direita. Isto abrirá a página de listagem de estudantes. Nesta página, selecione em "Atribuir Papel" o papel desejado para o novo usuário. "Estudante" são alunos regulares. "Tutor" é para os docentes do curso, com direito a edição das atividades do mesmo, e aparecem na página do GGTE como responsáveis pelo curso. "Moderador" é para professores ou monitores, sem direito a edição. "Suporte" pode editar o curso, mas não aparece na página do GGTE - ou seja, é para o apoio técnico. Figura 4: Página "Métodos de Inscrição" Uma vez selecionada a função desejada, observe os boxes à esquerda e à direita. O box da esquerda mostra os usuários já inscritos no curso. O box da direita mostra os usuários inscritos no sistema da Unicamp, mas não inscritos no curso. Selecione a caixinha de busca logo abaixo do boxe da direita e procure por Nome, RA ou do usuário que deseja inscrever. Pode ser necessário procurar por parâmetros diferentes mais de uma vez. Uma vez encontrado o usuário, clique no botão "Acrescentar" no meio da tela. Se houver engano, selecione o usuário que deseja remover no boxe da esquerda e clique "Remover". Repita o processo até todos alunos estarem inscritos no curso. Sobre a estrutura de tópicos: Há pouco pedimos para ser utilizado o esquema de tópicos como padrão para os cursos. Os outros esquemas (semanas - que o Moodle adota por padrão - e social) são menos intuitivos, mas podem ser usados se desejado. No esquema de tópicos, são criados blocos, em um formato de lista (tópicos). Cada bloco pode ter título e texto descritivo (sempre no topo do bloco) e quantas atividades forem desejadas. Mas se seu quiser que o aluno caia direto num questionário/lição/área específica sem passar pela página principal? Vá à tela desejada, copie o link e distribua-o para os alunos. A página de login possui memória e levará o aluno diretamente ao local desejado após o login. Dica: o número de tópicos é regulado no menu de configurações, visto acima. Evite um número excessivo de tópicos visíveis, para não poluir o ambiente de curso. Editando os tópicos e blocos laterais: Primeiramente clique em "Ativar Edição" no topo da Janela Principal. Comissão de Ensino a Distância - FCM/UNICAMP Todos os direitos reservados. 6

7 Figura 5: Janela Principal com Edição Ativada - Observe os botões ao lado de cada tópico, bloco e atividade Cada tópico ou bloco lateral pode ser marcado como visível ou invisível para alunos, clicando no ícone em formato de olho à direita de cada bloco. Clicando e arrastando o ícone de "Rosa dos Ventos" (4 setas saindo do mesmo centro), pode-se recolocar o tópico em qualquer lugar. O botão de "mãozinha" no início de cada tópico edita seu título e texto descritivo. NOTA: NUNCA copie texto diretamente do Microsoft Word para uma caixa de texto do Moodle - podem ocorrer erros de exibição no Internet Explorer. A caixa "criar recurso" em cada tópico adiciona uma atividade passiva. A caixa "criar atividade" cria uma atividade interativa. Os blocos nas laterais, que não são tópicos, podem ser editados do mesmo jeito. Se quiser ver como o curso parecerá para os alunos, vá até o box configurações na coluna da esquerda, e clique em "Mudar papel para...", e depois clique "Estudante". Para retornar a seu papel Comissão de Ensino a Distância - FCM/UNICAMP Todos os direitos reservados. 7

8 normal, clique nesta opção no mesmo box. Inserindo imagens em atividades Quase toda atividade terá um enunciado, e fóruns requerem mensagens. Como inserir imagens nesses textos? Primeiro verifique se a caixa de textos da atividade permite isso. É só verificar se ela apresenta opções de formatação em seu topo. Se não, não é possível inserir imagem nesta caixa de texto - verifique se é possível em outra ou se há opção de enviar arquivo anexo. Se sim, é possível utilizar toda a formatação comum do Word, incluindo tabelas, links e figuras. Haverá também um ícone de Tela Cheia para aumentar o tamanho da caixa de texto, no canto das opções de formatação. Para inserir imagem, clique no ícone de inserir imagem. Cole o link desejado na caixinha que aparecer se for imagem oriunda da internet, ou clique no botão ao lado da caixinha de link para ter a opção de enviar arquivo do computador através do navegador de arquivos. Figura 6: Navegador de Arquivos IMPORTANTE: Se houver necessidade de mais espaço para arquivos, contatar imediatamente a CEaD 6- Atividades do Curso Atividades são a alma do Moodle - são a maneira de transmitir conhecimento. Elas serão divididas em passivas e interativas, segundo o grau de envolvimento dos alunos com a atividade, mas todas elas têm características comuns, a seguir: -Para colocar ou editar atividades ou o próprio layout da página, clicar no botão "Ativar Edição" no topo da página principal do curso. -Assim como Tópicos, atividades individuais podem ser marcados como "visíveis" ou "invisíveis" Comissão de Ensino a Distância - FCM/UNICAMP Todos os direitos reservados. 8

9 usando o botão de "olho". Atividades invisíveis não serão visíveis (apenas pelos alunos, sendo marcadas com a cor cinza para docentes) e podem ser editadas durante um curso sem risco de interferência. -O botão de "X" preto abaixo ou ao lado de cada atividade a exclui. -O botão de "Rosa de Ventos" pode ser arrastado para mover a atividade de lugar. -O botão de "mãozinha" edita as configurações da atividade. -Elas podem ser temporizadas; Ou seja, podem ter prazo para aparecer e desaparecer da vista dos alunos. Por padrão, as atividades são sempre disponíveis aos alunos. -Todas elas tem que ter nome e descrição. Não há problema se ambos forem iguais. Detalharemos as atividades mais comumente usadas dentro do Moodle. Há outras atividades possíveis, mas estas são as de uso mais fácil e corrente. I- Atividades Passivas (Recursos) Atividades Passivas nada mais são que distribuição de conteúdo para simples visualização, podendo servir como base ou não para atividades interativas. Exemplos: -I.a) Página Cria nova página de internet dentro do Moodle. Ela pode conter imagens, texto, tabelas, links para outras páginas, ou mesmo para outros recursos do Moodle, etc. Há opção de abrir ou não outra janela (pop-up) para visualização desta página. -I.b) Pasta (de arquivos): Cria nova(s) pasta(s) dentro do Moodle. Dentro de uma pasta, podem ser criadas subpastas. Note que um arquivo, uma vez colocado no Moodle, pode ser usado múltiplas vezes, não requerendo múltiplos envios. Use o Navegador de arquivos, que aparece quando é clicado "Enviar Arquivo" ou "Adicionar Arquivo", para localizar um arquivo que já está dentro do Moodle. Figura 7: Opção extra: Compactar subpastas, criando um arquivo zip Comissão de Ensino a Distância - FCM/UNICAMP Todos os direitos reservados. 9

10 -I.c) Recurso (Arquivo único): Adiciona novo arquivo ao Moodle ou cria link direto a arquivo já carregado ao Moodle. O arquivo pode ser de qualquer tipo, com limite POR ARQUIVO de 15 MB de tamanho. Note que um arquivo, uma vez colocado no Moodle, pode ser usado múltiplas vezes, não requerendo múltiplos envios. Use o Navegador de arquivos, que aparece quando é clicado "Enviar Arquivo" ou "Adicionar Arquivo", para localizar um arquivo que já está dentro do Moodle. Figura 8: Navegador de arquivos Notas sobre proteção de direitos autorais: Historicamente, há uma grande preocupação docente em relação a roubo de arquivos de aulas. Podemos afirmar com certeza que nenhum aluno em sã consciência fornecerá estes arquivos a terceiros, pois estes consistem em sua vantagem, tanto nas provas de residência como no mercado de trabalho. O que muitas vezes acontece é a tentativa de repassar essas aulas para os próprios colegas de turma como material de estudo, por solidariedade. Infelizmente esta transmissão, por falta de conhecimento técnico dos alunos, acaba sendo feita em canais abertos a comunidade externa, onde os arquivos, então, são interceptados. Para resolver este problema, propomos que a distribuição de tais arquivos seja feita por canal fechado à comunidade externa (ou seja, o Moodle), em arquivo não-editável (como PDF, Flash ou vídeo), com marca d'água (como a marca no plano de fundo de cada página) para que outros não possam dizer que são os autores. Seguem recomendações para cada tipo de arquivo: Vídeos: Recomendamos que vídeos sejam convertidos para Flash - pois este formato pode ser exibido sem sair do próprio Moodle. Podemos fazer a conversão ou compressão do arquivo. Se for necessário manter vídeo de alta qualidade online, que não possa ser comprimido, recomendamos hospedagem no site da FCM/Cameraweb, a qual podemos arranjar. NOTA: o link para o arquivo não aparecerá em buscadores como o google, mas poderá ser acessado por pessoas que saibam o link direto. Arquivos Powerpoint - recomendamos uso de arquivos PDF com marca d'água da FCM para evitar uso inadequado. Podemos fazer a conversão Powerpoint-PDF se necessário. Comissão de Ensino a Distância - FCM/UNICAMP Todos os direitos reservados. 10

11 Textos carregados - Recomendamos que sejam convertidos para PDF com marca d'água. Podemos fazer a conversão Texto-PDF se necessário. Entregas de arquivos podem ser deixados no audiovisual. Para conversão de textos para PDF por conta própria, uma possibilidade é baixar o OpenOffice (www.broffice.org), abrir o texto e selecionar no menu "Arquivo" a opção "exportar como PDF". -I.d) URL: Adiciona link a site externo, como sites de consulta, sites de associações, etc. É recomendado configurar para "Abrir em nova janela", ou "Embed" para evitar que o navegador saia do Moodle acidentalmente. Sempre DESMARQUE a opção "Exibir descrição da URL" NOTA: Apenas links criados desta forma são rastreados pelo sistema. Para rastrear outros links externos, fale conosco. -I.e) Rótulo: O rótulo se destina a criar um pedaço de texto móvel dentro do tópico. Enquanto o Texto Descritivo de cada bloco é fixo e permanece no início do tópico, o Rótulo pode ser movido a vontade, como qualquer outra atividade. Fora esta função estética, ele não possui mais funções. -I.f) Calendário O Bloco Calendário não é uma atividade comum - ele fica num bloco lateral e vem como padrão em cada nova área do Moodle. Para colocar e editar eventos, clique no mês e ano, acima do calendário. Isso abrirá o Menu calendário, onde eventos podem ser adicionados e editados. Observe que há eventos de vários tipos: Eventos do GGTE (Globais), que aparecerão quando houver manutenção programada ou algo do tipo; Eventos do curso, que todos os alunos do curso podem ver; Eventos de grupo, que somente um grupo pode ver; e Eventos pessoais. -I.g) Bloco HTML Figura 9: Bloco de Calendário Novamente, se trata de um bloco lateral, que pode ser acrescentado pelos tutores (Com a edição ativada, procure um bloco lateral marcado: "Acrescentar um bloco"). Selecione a opção HTML e se abrirá um editor de texto. Coloque o texto desejado, com links se necessário, e se formará um bloco lateral novo, como este: Este é um bloco de Suporte Técnico - Recomendamos que todos os cursos tenham um. Figura 10: Box HTML Comissão de Ensino a Distância - FCM/UNICAMP Todos os direitos reservados. 11

12 II- Atividades Interativas Há várias formas de atividades interativas, geralmente bem cotadas entre os alunos. Exemplos mais comuns: -II.a) Fórum de Discussão Fóruns de discussão podem ser abertos dentro do Moodle para a discussão de quaisquer assunto e/ou publicação de notícias. Para notícias, o Moodle já cria automaticamente o "Fórum de Notícias". Para discussão de outros tópicos, crie novo(s) fórum(s). Ao criar o fórum, há dois formatos principais: Fórum comum e Fórum em formato blog. No fórum comum, ao entrar, o aluno verá a lista de tópicos de discussão. Cada tópico apresentará nesta lista apenas data, título e autor, sendo necessário clicar no título para ver a discussão propriamente dita. No fórum em formato de blog, a primeira mensagem de cada tópico aparecerá, além do título, data e autor, na lista de discussões. Para ver comentários e responder, o aluno ainda terá que clicar em "Discutir este tópico". Os fóruns apresentam uma opção: é possível notificar por todos os alunos cadastrados se houver novo tópico de discussão ou resposta de um docente à discussão atual. Para tal, ao criar o fórum, deve-se marcar a opção "Subscrição obrigatória" e marcar a opção "Enviar em seguida" quando estiver criando tópico de discussão ou resposta a tópico preexistente -II.b) Chat Também podem ser abertas salas de chat dentro do Moodle, para plantão de dúvidas, por exemplo. Só é necessário combinar horário com os alunos (para garantir que todos ou a maioria possam vir) e criar a sala de chat, designando-a para ser aberta no dia e horário combinados. Note que é necessário configurar dia e horário das sessões de chat, assim como se vai haver ou não repetição periódica das sessões. -II.c) Wiki Wikis são sites colaborativos, que permitem que todos os seus usuários, incluindo os alunos, os editem. Úteis para se fazer trabalhos em grupo de forma verdadeiramente colaborativa. Podem ser restauradas versões anteriores da wiki em caso de deleção acidental, e o sistema registra o que cada aluno faz, e quando. -II.d) Base de Dados São usadas para compor acervos. Elas basicamente guardam conjuntos de informação e os listam, Comissão de Ensino a Distância - FCM/UNICAMP Todos os direitos reservados. 12

13 podendo exportá-los para planilhas tipo Excel ou OpenOffice. Para começar, deve ser decidido quais campos devem ser preenchidos em cada entrada de dados (pense, por exemplo, nas entradas de dados como pacientes e nos campos como dados como nome, HC, RG, data de nascimento, etc...). Há vários tipos de campos (texto (campo pequeno), área de texto (caixa de texto completa) data, arquivo, imagem). Nos campos de arquivo e imagem, quem estiver preenchendo a entrada de dados deverá enviar arquivos para o Moodle. Pedimos que o campo data seja EVITADO, devido a incompatibilidade com a planilha excel. Utilize o campo texto em seu lugar. Por último, lembre-se que todo campo deve ser nomeado. Figura 11: Página de Adição de campos - Observe os exemplos de campos Uma vez criados os campos, é necessário criar os Modelos. Esta parte é mais complexa - sugerimos buscar treinamento específico. Depois da criação dos Modelos, clique na aba Acrescentar Item para adicionar novas entradas e em ver lista, ver item ou busca para ver ou editar entradas já existentes. -II.e) Tarefas Há outros subtipos, mas o mais usado é o envio de arquivo único, que permite envio de trabalhos aos docentes, como alternativa a fazer um questionário online, pode-se permitir que o aluno envie um arquivo completo aos docentes, ao qual pode ser atribuído nota como a um questionário comum. -II.f) Questionários Comissão de Ensino a Distância - FCM/UNICAMP Todos os direitos reservados. 13

14 Para realizar Questionários, primeiro devemos explicar que Perguntas e Questionários são abordados separadamente no Moodle. No Moodle pode ser criado um Banco de Questões, e os questionários em si. Pense nas perguntas como móveis de uma casa - O Banco de Questões é o depósito de móveis, ou seja, o lugar onde ficam armazenados todas as perguntas. Já o questionários são casas, onde os móveis do depósito são arranjados do jeito que queremos. E do mesmo jeito que em uma casa, os mesmos móveis podem ser arranjados de jeitos diferentes, sua ordem podendo ser sorteada pelo computador, ficando diferente para cada usuário. Acesse o Banco de Questões pelo Menu de Configurações, na coluna da esquerda na página principal do curso. Você pode criar categorias de perguntas, separando-as por temas, e pode inserir e/ou editar perguntas nas categorias. As Perguntas são de vários tipos. Vamos explorar principalmente a resposta rápida, a dissertação e a Múltipla Escolha Figura 12: Tipos de questão A resposta de Múltipla Escolha provavelmente acabará sendo a mais usada pela maioria dos cursos. Isso porque ela permite correção automática, notas automáticas e comentários automáticos para o aluno. Para criar uma pergunta de múltipla escolha: -Selecione "Criar uma nova pergunta" no Banco de Questões -Na caixa que aparecer selecione "Múltipla Escolha" (não "Múltipla Escolha Calculada") -Coloque nome (como dito, todas as perguntas devem ser nomeadas) na pergunta -Coloque o enunciado - pode-se usar todos os recursos de formatação e imagens à vontade. -Coloque o Comentário Geral - este comentário sempre será fornecido ao aluno quando ele marcar uma alternativa, independente de qual. Pode ser deixado em branco. -Coloque o texto de cada alternativa (inicialmente há de 1 a 5 ou "a" a "e", mas há um botão para criar mais alternativas abaixo da última alternativa) -Coloque a porcentagem da nota que o aluno irá obter clicando em cada alternativa (de 0 a 100%). Note que o sistema, portanto, pode ser configurado para ter mais de uma resposta correta, ou mesmo respostas parcialmente corretas. -Coloque o comentário de cada alternativa. Este comentário surgirá apenas quando o aluno selecionar a alternativa correspondente. A resposta dissertativa (Ensaio), ao contrário, não permite correção automática. Ela dá para o aluno Comissão de Ensino a Distância - FCM/UNICAMP Todos os direitos reservados. 14

15 um enunciado e uma caixa de texto com todas as opções de formatação para responder. Ela pode permitir, também, que o aluno salve a sua resposta no meio antes de enviar. A resposta rápida abre uma caixa de texto menor, que pode ser respondida pelo aluno - o sistema pode compará-la a respostas pré-prontas automaticamente e avaliar o aluno. Outros modelos de pergunta incluem Verdadeiro ou Falso, Associação entre colunas, Complete o texto, etc... Ao criar o questionário propriamente dito, retire as perguntas do banco de questões utilizando a caixa azul e clicando nas setas ao lado de cada pergunta. Também estipule o número de tentativas. Ao invés de se adicionar perguntas individuais, pode-se adicionar um número de perguntas aleatório de uma ou mais categorias (por exemplo, 10 perguntas de clínica, 10 de cirurgia - cada aluno terá uma experiência diferente - para criar categorias, ver banco de questões) Para editar um questionário pela segunda vez, clique no questionário, e depois clique em "Editar Questionário" no box de configurações na coluna lateral. NOTA: Para a criação de provas, recomendamos consultar a CEAD - há várias opções dependendo da infraestrutura disponível. -II.g) Lições A ferramenta Lição permite criar uma árvore de possibilidades, e mesclar aulas teóricas a questões. Ou seja, é possível criar uma apresentação de slides com questões dentro da própria apresentação. Além de correção automática e comentada, é possível fazer com que cada alternativa leve a um slide diferente dentro da apresentação. Também é possível criar páginas de aula teórica com opções diferentes de destino (permitindo que alguns slides tenham links para conteúdo opcional extra dentro da própria apresentação. Na prática, isso também torna possível criar casos clínicos em que cada ação do aluno influencie o desfecho sucessivamente até o final do caso, levando a resultados diferentes, pontuando e comentando o aluno enquanto isso. Ou, de forma mais simples, criar questionários em que o aluno não pode avançar até acertar uma questão. Para montar tais aulas e casos clínicos, recomendamos montar um fluxograma em papel, desde o início até o fim, separando os slides em camadas numeradas, como no modelo abaixo: Comissão de Ensino a Distância - FCM/UNICAMP Todos os direitos reservados. 15

16 Figura 13: Modelo de Fluxograma para Lição- no caso, a camada 1 é o início da lição e a camada 3 mostra os possíveis desfechos. Lembre-se que cada caminho pode ser pontuado e comentado. Depois vá a opção "editar" dentro da lição e monte todos os slides (os teóricos são chamados de Painel de Navegação, os de questões são chamados Questão), colocando os nomes adequadamente (como "Slide 3a", por exemplo), e as alternativas, no início NÃO colocando o destino de cada alternativa. Depois que todos os slides estiverem prontos, ai sim coloque os destinos em todas alternativas de todos slides. Isso porque é possível levar uma alternativa direto a um slide específico, se este tiver sido criado anteriormente. Não esqueça de pontuar cada alternativa. NOTA: a opção Importação de Powerpoint está indisponível. -II.g) Pesquisas de Avaliação Anônimas Utilizando a tecnologia Google Spreadsheets (TM) podemos criar pesquisas de avaliação anônimas (ou seja, o nome de quem respondeu o que não é revelado), que podem versar sobre qualquer tema, com quantas perguntas forem desejadas - o resultado será tabulado em planilha excel, acessível de qualquer computador. Recomendamos fortemente que o docente que deseje usar tais avaliações tenha conta no gmail. (www.gmail.com) Para treinamento específico, favor procurar a CEAD. III- Moodle não-institucional. Ocasionalmente, é requerida por algum docente uma ou mais ferramentas, que, por questões técnicas e/ou de segurança, não é utilizável dentro do Moodle da Unicamp. Nesses casos, a CEAD pode abrir uma área Moodle em site externo, em caráter temporário, enquanto a ferramenta não é utilizável dentro do servidor da Unicamp. Lembramos que tais sites externos não possuem o suporte técnico habitual fornecido pela Unicamp, devendo ser usados apenas em último caso. Estamos trabalhando para instalar o Moodle diretamente nos servidores da FCM, para maior comodidade, mas não há previsão de entrega. IV- Atividades Extra-Moodle Há outras formas de atividades que podem ser desenvolvidas fora do Moodle, integradas a ele (ou seja, disponibilizadas dentro do Moodle) ou não. Exemplos: Comissão de Ensino a Distância - FCM/UNICAMP Todos os direitos reservados. 16

17 -IV.a) Aulas Interativas Aulas Interativas são arquivos em Flash que permitem usar recursos multimídia além do que é geralmente encontrado no Powerpoint, especialmente menus que permitem acesso direto a seções da aula e questões de múltipla escolha integradas à aula, com comentários embutidos. -IV.b) Vídeo Aulas Figura 14: Exemplo de Aula Interativa Apesar do equipamento de filmagem ainda ser limitado, podemos coordenar com o Audiovisual da FCM filmagens de aulas para disponibilização do Moodle. Também podem ser filmados procedimentos, cirurgias e palestras. As aulas produzidas dessa forma podem ser disponibilizadas em ambiente fechado (ou seja, dentro do Moodle), ou em ambiente aberto à Comunidade Externa (Cameraweb, ver abaixo) -IV.c) Simulações Simulações virtuais são feitas em softwares especiais que podem ser configurados para simular, por exemplo, uma consulta médica (nos moldes da prova prática de residência, por exemplo), atendimento de emergência, simular preenchimento de formulários, instrumentação cirúrgica, etc... tudo com avaliação automática e comentário automatizado para o aluno. Posso programar tais simulações, necessito apenas que seja enviado o pedido com o caso clínico ou situação que for desejado, incluindo o que deve ser avaliado e comentado. -IV.d) Sites fora do Moodle Se for desejado, podemos intermediar a abertura de sites fora do Moodle dentro do servidor da FCM, como blogs ou páginas web comuns para acesso da comunidade em geral. Contudo, não oferecemos suporte técnico ou treinamento para estas, que ficam sob responsabilidade do Núcleo de Tecnologia da Informação - NTI da FCM. Lembrando que todo o conteúdo das páginas é de responsabilidade do docente que solicita a página. -IV.e) Cameraweb O CameraWeb é um site da Unicamp destinado a hospedagem e apresentação de vídeos, aberto à comunidade externa (podendo também hospedar vídeos de forma privada). Pense nele como o Youtube da Unicamp. O site do CameraWeb é este: Comissão de Ensino a Distância - FCM/UNICAMP Todos os direitos reservados. 17

18 Ele tem cadastro próprio para envio de vídeos. Dúvidas sobre seu uso, favor contatar o Centro de Computação - seus contatos estão na página do CameraWeb. 7- Outras Facilidades do Moodle O Moodle permite outras coisas - como rastrear o que foi feito pelos alunos, mensagens entre todos participantes, envio de arquivos privados, agrupar alunos etc... -Estatísticas de Uso O Moodle registra tudo que é feito dentro dele: o que é feito, quando, por quem e onde (através do endereço IP), permitindo a visualização desses registros de cada usuário separadamente, de todos juntos, em texto ou estatísticas, também permitindo a exportação desses relatórios. Entre em Relatórios no box de navegação da esquerda para ver os diferentes tipos de relatórios, ou selecione um participante na janela participantes (entre pelo box da esquerda). Uma vez selecionado o participante desejado, e seu perfil esteja na tela, verifique o box da esquerda - abaixo do nome dele estarão os relatórios. Também haverá um link para "anotações", onde é possível fazer anotações sobre o aluno. -Sistema de Mensagens Todo usuário no Moodle pode mandar mensagens a um ou mais colegas de curso ao mesmo tempo. Basta entrar no perfil do usuário para o qual deseja enviar mensagem e clicar "Enviar Mensagem". Para ver o perfil de outros usuários, deve-se entrar na página Participantes, disponível na coluna da esquerda, na janela principal do curso. Para docentes, ainda há a opção de selecionar mais de um usuário na página Participantes, e enviar mensagem a todos os selecionados ao mesmo tempo, selecionando "Enviar mensagem a usuários selecionados" na caixinha abaixo da lista de participantes. Todas as mensagens serão enviadas em duplicata para o dos destinatários. Outra opção é criar um bloco de mensagens na lateral da Janela Principal do Curso - ver seção Bloco HTML, só selecionando "Mensagens" ao invés de "HTML" -Grupos Os usuários podem ser agrupados em vários grupos, permitindo que vejam coisas separadamente dos outros grupos, se desejado (ou seja, um membro de um grupo só vê o que o próprio grupo faz). Para tal utilize a opção grupos separados em cada atividade. A opção grupos visíveis permite que todos vejam tudo, assim como a opção nenhum grupo (padrão para todas atividades). Usuários podem participar de múltiplos grupos. Docentes e moderadores podem ver o conteúdo produzido por todos os grupos, como padrão. Para trocar esta configuração, é necessário entrar em contato com a CEaD. Para criar e modificar grupos, clique em "usuários" e depois em "grupos", dentro do box "configurações", na página principal do curso. Comissão de Ensino a Distância - FCM/UNICAMP Todos os direitos reservados. 18

19 -Perfil Cada participante no sistema Moodle da Unicamp tem um Perfil próprio - uma página com seus dados, acessível a seus colegas de curso. O mesmo Perfil será usado em todos os cursos que o aluno se inscrever. O Perfil pode conter Foto, (para onde serão enviadas notificações), IDs para programas de mensagem instantânea, como MSN, e uma descrição do aluno, onde este pode colocar, a priori, o que quiser, incluindo link para sua Plataforma Lattes se houver. O aluno também pode modificar sua senha - operação que só pode ser feita por ele ou pelo GGTE, não podendo ser modificada, portanto, pela CEAD. -Backup e Restauração Para segurança e comodidade, é guardado backup diário e automático da área Moodle, em caso de erros. A área Moodle também pode ser restaurada facilmente ao seu estado original, clicando no botão Restaurar. 8- Contato / Treinamento Nós da CEAD nos disponibilizamos para ajudar em qualquer estágio da implantação de uma área Moodle. Contudo o ideal é que os usuários aprendam a utilizar o sistema após o término da primeira implantação e não necessitem mais de acompanhamento constante. Para treinamentos ou em caso de quaisquer dúvidas, contate-nos. Ramal da CEAD: Paulo Ramos (segunda a sexta, 8:30-14:30h) Nossa sala se localiza no último andar do prédio da FCM 1, dentro do Audiovisual (DADCC). Entregas podem ser deixadas na recepção do Audiovisual, a cuidado de Paulo Ramos. da CEAD: Site da CEAD: Meu pessoal: Em caso de necessidade, solicite meu celular por este Suporte Técnico Como a CEAD não tem controle direto dos servidores do Moodle, que estão no Centro de Computação, se houver falha técnica pura no sistema, pedimos para entrar em contato diretamente com o Grupo Gestor de Tecnologias Educacionais. Site do GGTE: do GGTE: / Comissão de Ensino a Distância - FCM/UNICAMP Todos os direitos reservados. 19

20 Telefones do GGTE: (19) / / / / Recursos Extras: Dúvidas sobre EAD? Interessado em saber mais? Estes recursos extras podem ajudar: - Grupo Gestor de Tecnologias Educacionais - Perguntas Frequentes sobre EAD - Recursos do GGTE sobre EAD - Lista de sobre Ensino a Distância - Página brasileira do Projeto Moodle - Página internacional do Projeto Moodle (em inglês) - Página do Projeto FAIMER - Pós-Graduação em Ensino Médico (em inglês) - Página do FAIMER Brasil Obrigado por ler este manual! Boa sorte com seu curso! Comissão de Ensino a Distância - FCM/UNICAMP Todos os direitos reservados. 20

Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br

Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br Índice Como acessar o Moodle Editando seu PERFIL Editando o curso / disciplina no Moodle Incluindo Recursos

Leia mais

CURSOS A DISTÂNCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO

CURSOS A DISTÂNCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO CURSOS A DISTÂNCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO TUTORIAL PARA TUTORES PLATAFORMA MOODLE OURO PRETO 2014 1 SUMÁRIO 1. PRIMEIRO ACESSO À PLATAFORMA... 03 2. PLATAFORMA DO CURSO... 07 2.1 Barra de Navegação...

Leia mais

Apresentação. Estamos à disposição para quaisquer dúvidas e sugestões! Atenciosamente, Equipe do Portal UNESC

Apresentação. Estamos à disposição para quaisquer dúvidas e sugestões! Atenciosamente, Equipe do Portal UNESC Sumário Apresentação... 1 1. Orientações Iniciais... 2 2. Recursos... 4 2.1 Rótulos... 4 2.2 Página de Texto Simples... 8 2.3 Página de Texto Formatado... 12 2.4 Site... 16 2.5 Arquivo... 21 2.6 Pasta

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS GIZ/PROGRAD. Tutorial UFMG Virtual Os primeiros passos do docente

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS GIZ/PROGRAD. Tutorial UFMG Virtual Os primeiros passos do docente UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS GIZ/PROGRAD Tutorial UFMG Virtual Os primeiros passos do docente Nereu Agnelo Cavalheiro contato@nereujr.com Tutorial UFMG Virtual Primeiros passos do docente Este

Leia mais

Para uma melhor compreensão das ferramentas disponíveis no ambiente, é importante:

Para uma melhor compreensão das ferramentas disponíveis no ambiente, é importante: Módulo A Introdutório - Bases legais, ao Curso políticas, e ao conceituais Ambiente Virtual e históricas da educação Apresentação Este módulo tem por objetivo promover o conhecimento do Ambiente Virtual

Leia mais

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 Este tutorial não tem como finalidade esgotar todas as funcionalidades do Ambiente, ele aborda de forma prática

Leia mais

MANUAL DO MOODLE VISÃO DO ALUNO

MANUAL DO MOODLE VISÃO DO ALUNO MANUAL DO MOODLE VISÃO DO ALUNO Desenvolvido por: Patricia Mariotto Mozzaquatro SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO....03 2 O AMBIENTE MOODLE......03 2.1 Quais as caixas de utilidade que posso adicionar?...04 2.1.1 Caixa

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO... 3. 1. Acesso ao Ambiente do Aluno... 4. 2. Ferramentas e Configurações... 5. 2.1 Ver Perfil... 5. 2.2 Modificar Perfil...

Sumário INTRODUÇÃO... 3. 1. Acesso ao Ambiente do Aluno... 4. 2. Ferramentas e Configurações... 5. 2.1 Ver Perfil... 5. 2.2 Modificar Perfil... Sumário INTRODUÇÃO... 3 1. Acesso ao Ambiente do Aluno... 4 2. Ferramentas e Configurações... 5 2.1 Ver Perfil... 5 2.2 Modificar Perfil... 6 2.3 Alterar Senha... 11 2.4 Mensagens... 11 2.4.1 Mandando

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD TUTORIAL MOODLE VERSÃO ALUNO Machado/MG 2013 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 2. EDITANDO O PERFIL... 5 2.1 Como editar o perfil?... 5 2.2 Como mudar a senha?... 5 2.3

Leia mais

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Escritório de Gestão de Projetos em EAD Unisinos http://www.unisinos.br/ead 2 A partir de agora,

Leia mais

SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS

SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS 5. PARTICIPANTES DA DISCIPLINA 6. ENVIAR MENSAGENS 7. PARTICIPAÇÃO NO FÓRUM 8.

Leia mais

TUTORIAL DO ALUNO. Olá, bem vindo à plataforma de cursos a distância da Uniapae!!!

TUTORIAL DO ALUNO. Olá, bem vindo à plataforma de cursos a distância da Uniapae!!! TUTORIAL DO ALUNO Olá, bem vindo à plataforma de cursos a distância da Uniapae!!! O Moodle é a plataforma de ensino a distância utilizada pela Uniapae sendo a unidade de ensino para rápida capacitação

Leia mais

XXIV SEMANA MATEMÁTICA

XXIV SEMANA MATEMÁTICA XXIV SEMANA ACADÊMICA DA MATEMÁTICA Minicurso: Criação e Desenvolvimento de Cursos Online via Moodle Projeto de Extensão: Uma Articulação entre a Matemática e a Informática como Instrumento para a Cidadania

Leia mais

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA Guia rápido A PLATAFORMA MOODLE Moodle (Modular Object Oriented Distance LEarning) é um Sistema para Gerenciamento de Cursos (SGC). Trata-se de um programa para computador

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor

Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor Sumário Pré-requisitos para o Moodle... Entrar no Ambiente... Usuário ou senha esquecidos?... Meus cursos... Calendário... Atividades recentes...

Leia mais

Tutorial para Professores

Tutorial para Professores Tutorial para Professores Revisão 2.2 Suporte de Informática 21/01/2014 suporte@faccentro.com.br Diego Weiland Sumário O que é Moodle?... 4 Para que serve o Moodle?... 4 Como acessar o Moodle?... 5 Tela

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL AMBIENTE VIRTUAL INSTITUCIONAL MOODLE/UFFS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL AMBIENTE VIRTUAL INSTITUCIONAL MOODLE/UFFS UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL AMBIENTE VIRTUAL INSTITUCIONAL MOODLE/UFFS Guia Inicial de Acesso e Utilização Para Docentes Versão 1.0b Outubro/2010 Acesso e utilização do Ambiente Virtual de Ensino

Leia mais

Moodle - CEAD Manual do Estudante

Moodle - CEAD Manual do Estudante Moodle - CEAD Manual do Estudante Índice Introdução 3 Acessando o Ambiente 4 Acessando o Curso 5 Navegando no Ambiente do Curso 5 Box Participantes 5 Box Atividades 5 Box Buscar nos Fóruns 5 Box Administração

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO Versão 1.0 2014 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE

Leia mais

Potencialidades Tecnológicas e Educacionais - Parte II

Potencialidades Tecnológicas e Educacionais - Parte II UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA V SEMINÁRIO DE DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOCENTE Patric da Silva Ribeiro patricribeiro@unipampa.edu.br Maicon Isoton maiconisoton@gmail.com Potencialidades Tecnológicas

Leia mais

MANUAL. Perfil de Professor

MANUAL. Perfil de Professor MANUAL Perfil de Professor Índice 1. Acesso 1.1. Acessando o Canal do Norte... 03 2. Disciplinas 2.1. Acessando Disciplinas... 07 3. Recursos 3.1. Adicionando Recursos... 10 3.2. Página de texto simples...

Leia mais

Manual do Usuário 2013

Manual do Usuário 2013 Manual do Usuário 2013 MANUAL DO USUÁRIO 2013 Introdução Um ambiente virtual de aprendizagem é um programa para computador que permite que a sala de aula migre para a Internet. Simula muitos dos recursos

Leia mais

Manual de acesso ao UNICURITIBA Virtual (Moodle) para alunos

Manual de acesso ao UNICURITIBA Virtual (Moodle) para alunos Manual de acesso ao UNICURITIBA Virtual (Moodle) para alunos 2015 Sumário Acessando o UNICURITIBA Virtual... 3 Conhecendo o UNICURITIBA Virtual... 4 1. Foto do Perfil... 4 2. Campo de Busca... 5 3. Bloco

Leia mais

Manual de acesso ao UNICURITIBA Virtual (Moodle) para alunos EAD

Manual de acesso ao UNICURITIBA Virtual (Moodle) para alunos EAD 1 Manual de acesso ao UNICURITIBA Virtual (Moodle) para alunos EAD 2015 2 Sumário Acessando o UNICURITIBA Virtual... 4 Conhecendo o UNICURITIBA Virtual... 5 1. Foto do Perfil... 5 2. Campo de Busca...

Leia mais

Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0

Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0 Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0 Adriano Lima Belo Horizonte 2011 SUMÁRIO Apresentação... 3 Acesso ao Ambiente Virtual de Aprendizagem AVA ESP-MG... 3 Programação do curso no AVA-ESPMG

Leia mais

MANUAL DO ALUNO EAD 1

MANUAL DO ALUNO EAD 1 MANUAL DO ALUNO EAD 1 2 1. CADASTRAMENTO NO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Após navegar até o PORTAL DA SOLDASOFT (www.soldasoft.com.br), vá até o AMBIENTE DE APRENDIZAGEM (www.soldasoft.com.br/cursos).

Leia mais

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes ALUNES MANUAL DO USUÁRIO Guia rápido Alunes 1 Manual de Instruções Versão 2.0 Alunes Informática 2 Sumário Introdução... 5 Pré-requisitos... 5 Principal/Home... 6 Como editar texto do home... 7 Desvendando

Leia mais

Moodle - Tutorial para Professores

Moodle - Tutorial para Professores Moodle - Tutorial para Professores por Prof. Maurício Lima 1 agosto de 2010 Objetivo Este documento apresenta aos professores da Faculdade Novos Horizontes os primeiros passos na utilização do pacote Moodle.

Leia mais

Manual UNICURITIBA VIRTUAL para Professores

Manual UNICURITIBA VIRTUAL para Professores Manual UNICURITIBA VIRTUAL para Professores 1 2 2015 Sumário 1 Texto introdutório... 3 2 Como Acessar o UNICURITIBA VIRTUAL... 3 3 Tela inicial após login... 3 3.1) Foto do perfil... 4 3.2) Campo de busca...

Leia mais

GUIA BÁSICO DA SALA VIRTUAL

GUIA BÁSICO DA SALA VIRTUAL Ambiente Virtual de Aprendizagem - MOODLE GUIA BÁSICO DA SALA VIRTUAL http://salavirtual.faculdadesaoluiz.edu.br SUMÁRIO 1. Acessando Turmas 4 2. Inserindo Material 4 3. Enviando Mensagem aos Alunos 6

Leia mais

Guia Rápido de Utilização. Ambiente Virtual de Aprendizagem. Perfil Aluno

Guia Rápido de Utilização. Ambiente Virtual de Aprendizagem. Perfil Aluno Guia Rápido de Utilização Ambiente Virtual de Aprendizagem Perfil Aluno 2015 APRESENTAÇÃO O Moodle é um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) open source¹. Esta Plataforma tornouse popular e hoje é utilizada

Leia mais

Programa EAD-EJEF. Manual do Estudante

Programa EAD-EJEF. Manual do Estudante Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais - TJMG Escola Judicial Desembargador Edésio Fernandes - EJEF Programa de Educação a Distância do TJMG EAD-EJEF Programa EAD-EJEF Manual do Estudante Versão

Leia mais

TUTORIAL AVA/MOODLE INSTITUCIONAL PARA PROFESSORES

TUTORIAL AVA/MOODLE INSTITUCIONAL PARA PROFESSORES UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS TUTORIAL AVA/MOODLE INSTITUCIONAL PARA PROFESSORES Centro de Educação a Distância - UFPEL RS - BRASIL Dados Técnicos MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

1. Introdução ao Campus Virtual 1.1. Introdução

1. Introdução ao Campus Virtual 1.1. Introdução 1. Introdução ao Campus Virtual 1.1. Introdução Este tutorial tem a finalidade de guiar o aluno, dando orientações necessárias para o acesso, navegação e utilização das ferramentas principais. Um ambiente

Leia mais

Educação a Distância Definições

Educação a Distância Definições Educação a Distância Definições Educação a distância é o processo de ensino-aprendizagem, mediado por tecnologias, onde professores e alunos estão separados espacial e/ou temporalmente; Visa a interação

Leia mais

"Manual de Acesso ao Moodle - Discente" 2014

Manual de Acesso ao Moodle - Discente 2014 "Manual de Acesso ao Moodle - Discente" 2014 Para acessar a plataforma, acesse: http://www.fem.com.br/moodle. A página inicial da plataforma é a que segue abaixo: Para fazer o login, clique no link Acesso

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Compartilhamento de Arquivos no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução...

Leia mais

Apresentação. Estamos à disposição para quaisquer dúvidas e sugestões! Atenciosamente, Equipe do Portal UNESC

Apresentação. Estamos à disposição para quaisquer dúvidas e sugestões! Atenciosamente, Equipe do Portal UNESC Sumário Apresentação... 1 1. Orientações Iniciais... 2 2. Materiais de Apoio... 4 3. Fóruns... 7 4. Entregas de Trabalho... 13 5. Escolhas... 16 6. Salas de Bate-papo... 18 7. Como criar/alterar a senha

Leia mais

PROVA BRASIL NO VISUAL CLASS

PROVA BRASIL NO VISUAL CLASS PROVA BRASIL NO VISUAL CLASS A Caltech Informática desenvolveu 2 soluções alternativas para simulação da Prova Brasil utilizando o Software de Autoria Visual Class: A) Utilizando o pacote Visual Class

Leia mais

Usar o Office 365 no iphone ou ipad

Usar o Office 365 no iphone ou ipad Usar o Office 365 no iphone ou ipad Guia de Início Rápido Verificar o email Configure o seu iphone ou ipad para enviar e receber emails de sua conta do Office 365. Verificar o seu calendário onde quer

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem. Tutorial Básico. UEM - Núcleo de Educação a Distância 1

Ambiente Virtual de Aprendizagem. Tutorial Básico. UEM - Núcleo de Educação a Distância 1 Ambiente Virtual de Aprendizagem Tutorial Básico UEM - Núcleo de Educação a Distância 1 Ambiente Virtual de Aprendizagem Tutorial Básico - Tópicos ACESSANDO O AMBIENTE VIRTUAL (AVA) MATERIAL DE APOIO FÓRUM

Leia mais

ÁREA DO PROFESSOR (TUTOR)

ÁREA DO PROFESSOR (TUTOR) ÁREA DO PROFESSOR (TUTOR) 2- FÓRUM O fórum serve para avaliar os alunos através da participação na discussão sobre um ou mais assuntos, inserção de textos ou arquivos. Os fóruns de discussão compõem uma

Leia mais

Manual do Ambiente Virtual Moodle

Manual do Ambiente Virtual Moodle Manual do Ambiente Virtual Moodle versão 0.3 Prof. Cristiano Costa Argemon Vieira Prof. Hercules da Costa Sandim Outubro de 2010 Capítulo 1 Primeiros Passos 1.1 Acessando o Ambiente Acesse o Ambiente Virtual

Leia mais

Curso de atualização Educação Integral e Integrada. Tutorial Moodle. Belo Horizonte, 2013.

Curso de atualização Educação Integral e Integrada. Tutorial Moodle. Belo Horizonte, 2013. Curso de atualização Educação Integral e Integrada Tutorial Moodle Belo Horizonte, 2013. 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ACESSANDO O AMBIENTE... 4 3. CONHECENDO O AMBIENTE... 5 3.1. CAIXAS DE UTILIDADES... 5 4.

Leia mais

GUIA PRA TICO DO ALUNO

GUIA PRA TICO DO ALUNO GUIA PRA TICO DO ALUNO Sistema de Avaliação, Ambiente Virtual de Aprendizagem AVA e Portal ÚNICO Guia prático e de conhecimento do Sistema de Avaliação, utilização das ferramentas tecnológicas Ambiente

Leia mais

Administração da disciplina

Administração da disciplina Administração da disciplina Agrupamento Vertical de Escolas de Tarouca Documento disponível em: http://avetar.no-ip.org 1.Acesso e utilização da plataforma:. Seleccione a opção Entrar, que se encontra

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem TelEduc GUIA DO FORMADOR. Curso de Especialização em Educação Profissional e Tecnológica Inclusiva

Ambiente Virtual de Aprendizagem TelEduc GUIA DO FORMADOR. Curso de Especialização em Educação Profissional e Tecnológica Inclusiva Ambiente Virtual de Aprendizagem TelEduc GUIA DO FORMADOR Curso de Especialização em Educação Profissional e Tecnológica Inclusiva http://teleduc.cefetmt.br Edição 2006/2 Curso de Especialização em Educação

Leia mais

Manual do Aluno. O Moodle é um sistema que gerencia ambientes educacionais de aprendizagem que podem ser denominados como:

Manual do Aluno. O Moodle é um sistema que gerencia ambientes educacionais de aprendizagem que podem ser denominados como: Manual do Aluno É com muita satisfação que apresentamos o Reunir Unopar. Ambiente Virtual de Aprendizagem Colaborativa que tem por objetivo principal ser um espaço colaborativo de construção do conhecimento

Leia mais

Índice de perguntas mais freqüentes. (no verso encontra-se o índice estruturado por assunto)

Índice de perguntas mais freqüentes. (no verso encontra-se o índice estruturado por assunto) 2 Índice de perguntas mais freqüentes. (no verso encontra-se o índice estruturado por assunto) Como funciona o Ambiente Virtual de Aprendizagem? Página 5 Como acessar o Ambiente Virtual de Aprendizagem?

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Criação de Formulários no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Criação de Formulários no Google Drive Introdução...

Leia mais

UNIDADE II Conhecendo o Ambiente Virtual de Aprendizagem

UNIDADE II Conhecendo o Ambiente Virtual de Aprendizagem UNIDADE II Conhecendo o Ambiente Virtual de Aprendizagem 2.1 Introdução Caro Pós-Graduando, Nesta unidade, abordaremos o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) que será utilizado no curso: o Moodle. Serão

Leia mais

MANUAL DE NAVEGAÇÃO UNICURITIBA VIRTUAL

MANUAL DE NAVEGAÇÃO UNICURITIBA VIRTUAL MANUAL DE NAVEGAÇÃO UNICURITIBA VIRTUAL ACESSANDO O UNICURITIBA VIRTUAL Acesse o site do UNICURITIBA: http://unicuritiba.edu.br Clique no link Portal do Aluno, que fica no canto superior direito. Dentro

Leia mais

Manual de Tutoria a Distância Moodle IFG

Manual de Tutoria a Distância Moodle IFG Manual de Tutoria a Distância Moodle IFG Milton Ferreira de Azara Filho Instituto Federal de Goiás Última revisão: novembro de 2014 Registro de Revisões Data Responsável Descrição Este manual foi elaborado

Leia mais

FSDB VIRTUAL. Tutorial do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) da FSDB Versão para docentes

FSDB VIRTUAL. Tutorial do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) da FSDB Versão para docentes FSDB VIRTUAL Tutorial do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) da FSDB Versão para docentes Abril de 2015 2 3 SUMÁRIO 1. O Moodle... 5 2. Acesso à Plataforma... 5 3. Meus Componentes Curriculares... 6

Leia mais

Tema 3 Ferramentas e Funcionalidades do Moodle

Tema 3 Ferramentas e Funcionalidades do Moodle Tema 3 Ferramentas e Funcionalidades do Moodle O Moodle dispõe de uma variedade de ferramentas que podem aumentar a eficácia de um curso online. É possível facilmente compartilhar materiais de estudo,

Leia mais

Manual do Tutor Capacitação em EaD do IFNMG

Manual do Tutor Capacitação em EaD do IFNMG Manual do Tutor Capacitação em EaD do IFNMG 1 A plataforma Moodle/ AVA O Moodle é um sistema de administração de atividades educacionais destinado à criação de comunidade on-line em ambientes virtuais

Leia mais

Manual de Utilização Moodle

Manual de Utilização Moodle Manual de Utilização Moodle Perfil Professor Apresentação Esse manual, baseado na documentação oficial do Moodle foi elaborado pela Coordenação de Tecnologia de Informação CTI do câmpus e tem como objetivo

Leia mais

Ambiente de Aprendizagem Moodle FPD Manual do Aluno

Ambiente de Aprendizagem Moodle FPD Manual do Aluno Ambiente de Aprendizagem Moodle FPD Manual do Aluno Maio 2008 Conteúdo 1 Primeiros passos...4 1.1 Tornando-se um usuário...4 1.2 Acessando o ambiente Moodle...4 1.3 O ambiente Moodle...4 1.4 Cadastrando-se

Leia mais

Título: Guia do Aluno EAD Autor: Adriana V. Bassut Edição: Novembro 2009. Guia do Aluno EAD

Título: Guia do Aluno EAD Autor: Adriana V. Bassut Edição: Novembro 2009. Guia do Aluno EAD Título: Guia do Aluno EAD Autor: Adriana V. Bassut Edição: Novembro 2009 Guia do Aluno EAD Sumário SUMÁRIO...2 INTRODUÇÃO...3 METODOLOGIA...3 AULAS VIRTUAIS...4 INSCRIÇÃO...4 APROVAÇÃO...5 PRESENÇA...5

Leia mais

3 Acrescentar Recursos

3 Acrescentar Recursos 2010 1 publicar o nome, sua descrição, a data de publicação, a duração e sua repetição. Funcionará como a agenda do professor, a qual os estudantes não terão acesso. Para finalizar, selecione o Tipo de

Leia mais

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit Presskit Guia Rápido Release 2.0 Presskit 06/07/2009 Sumário 1 Login 2 Login e Senha...................................... 2 Esqueci minha senha.................................. 2 Fale Com o Suporte...................................

Leia mais

ACESSO AO AMBIENTE E ÀS SALAS VIRTUAIS

ACESSO AO AMBIENTE E ÀS SALAS VIRTUAIS ACESSO AO AMBIENTE E ÀS SALAS VIRTUAIS Ao acessar o portal você poderá acessar a partir de 2 áreas: 1 Menu do topo; 2 Link (Acesso) abaixo da figura. 1 2 3 1 2 3 Logando pela Área de Login no menu do topo

Leia mais

Tutorial para criação de blog

Tutorial para criação de blog Tutorial para criação de blog Profª Msc. Patricia da Silva Neubert Acesse www.blogspot.com.br. Na barra superior clique em Criar em Criar blog, preencha o cadastro e faça login. Repare, que abrirá uma

Leia mais

Módulo 1 Configuração de Cursos. Robson Santos da Silva Ms.

Módulo 1 Configuração de Cursos. Robson Santos da Silva Ms. Módulo 1 Configuração de Cursos Robson Santos da Silva Ms. Olá! Estamos iniciando o Módulo 1. Nele, aprenderemos a configurar um novo curso no MOODLE. Além disso, identificaremos os dispositivos e ferramentas

Leia mais

MANUAL DE MEMBRO COMUNIDADE DO AMIGO

MANUAL DE MEMBRO COMUNIDADE DO AMIGO SUMÁRIO Efetuando o Login na comunidade... 3 Esqueceu sua senha?... 3 Página Principal... 4 Detalhando o item Configurações... 5 Alterar Foto... 5 Alterar Senha... 5 Dados Pessoais... 6 Configurações de

Leia mais

Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web

Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO - UFMA NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - NTI GERÊNCIA DE REDES - GEREDES Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web São Luís 2014 1. INICIANDO...

Leia mais

Construtor Iron Web. Manual do Usuário. Iron Web Todos os direitos reservados

Construtor Iron Web. Manual do Usuário. Iron Web Todos os direitos reservados Construtor Iron Web Manual do Usuário Iron Web Todos os direitos reservados A distribuição ou cópia deste documento, ou trabalho derivado deste é proibida, requerendo, para isso, autorização por escrito

Leia mais

MANUAL DE REDE SOCIAL NA PLATAFORMA NING

MANUAL DE REDE SOCIAL NA PLATAFORMA NING MANUAL DE REDE SOCIAL NA PLATAFORMA NING Frederico Sotero* Este breve manual destina-se aos participantes das redes sociais desenvolvidas pela MANTRUX na plataforma Ning. Trata-se essencialmente de um

Leia mais

Manual do Aluno. NetAula. Manual produzido pela Coordenadoria de Capacitação e Formação Continuada 1

Manual do Aluno. NetAula. Manual produzido pela Coordenadoria de Capacitação e Formação Continuada 1 Manual do Aluno NetAula Manual produzido pela Coordenadoria de Capacitação e Formação Continuada 1 Manual do Aluno NetAula Caro aluno da EAD da ULBRA Para você ter acesso às salas das disciplinas ofertadas

Leia mais

Manual do Ambiente Moodle para Alunos

Manual do Ambiente Moodle para Alunos UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL Manual do Ambiente Moodle para Alunos Versão 1.0b Setembro/2011 Direitos Autorais: Essa apostila está licenciada sob uma Licença Creative Commons 3.0 Atribuição de

Leia mais

ÍNDICE BLUELAB A UTILIZAÇÃO DO BLUELAB PELO PROFESSOR RECURSOS PARA PROFESSORES E ALUNOS...05 INICIANDO O BLUELAB PROFESSOR...06

ÍNDICE BLUELAB A UTILIZAÇÃO DO BLUELAB PELO PROFESSOR RECURSOS PARA PROFESSORES E ALUNOS...05 INICIANDO O BLUELAB PROFESSOR...06 ÍNDICE BLUELAB RECURSOS PARA PROFESSORES E ALUNOS...05 INICIANDO O BLUELAB PROFESSOR...06 ELEMENTOS DA TELA INICIAL DO BLUELAB PROFESSOR guia Meu Espaço de Trabalho...07 A INTERFACE DO BLUELAB...07 INICIANDO

Leia mais

TUTORIAL UNP VIRTUAL

TUTORIAL UNP VIRTUAL UNIVERSIDADE POTIGUAR UnP PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NEaD TUTORIAL UNP VIRTUAL Aluno Primeira edição NATAL/RN 2012 SUMÁRIO Conteúdo PREFÁCIO - BEM-VINDO(A) AO UNP VIRTUAL...

Leia mais

Sumário. 1 Tutorial: Blogs no Clickideia

Sumário. 1 Tutorial: Blogs no Clickideia 1 Tutorial: Blogs no Clickideia Sumário Introdução... 2 Objetivos... 2 Instruções para utilização do Tutorial... 2 Acesso ao Portal e a Home Blog... 3 Página Inicial da área do Blog... 4 Apresentação da

Leia mais

Manual de uso do Gerente

Manual de uso do Gerente Manual de uso do Gerente Manual do Hypnobox: www.hypnobox.com.br/manual Índice Acessar o Hypnobox Endereço o www Login e Senha Tela Principal Perfil de acesso Editar Dados pessoais Fila de corretores Gerenciar

Leia mais

Usar o Office 365 em seu telefone Android

Usar o Office 365 em seu telefone Android Usar o Office 365 em seu telefone Android Guia de Início Rápido Verificar o email Configure o seu telefone Android para enviar e receber emails de sua conta do Office 365. Verificar o seu calendário onde

Leia mais

MANUAL DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM - NETAULA CURSOS DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PERFIL ALUNO

MANUAL DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM - NETAULA CURSOS DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PERFIL ALUNO MANUAL DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM - NETAULA CURSOS DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PERFIL ALUNO MANUAL NETAULA PERFIL ALUNO Caro aluno da EAD da ULBRA Para você ter acesso às salas das disciplinas ofertadas

Leia mais

FUNCIONAMENTO DOS CURSOS

FUNCIONAMENTO DOS CURSOS 1 SUMÁRIO Funcionamento dos Cursos... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 07 Ambiente Virtual de Aprendizagem... 09 Edição do Perfil... 12 Acessando as Atividades... 14 Iniciando o Semestre...

Leia mais

AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM MOODLE - VERSÃO 2.7 MANUAL DO PROFESSOR

AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM MOODLE - VERSÃO 2.7 MANUAL DO PROFESSOR AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM MOODLE - VERSÃO 2.7 MANUAL DO PROFESSOR Organização Equipe do Suporte Pedagógico às plataformas de EAD Secretaria de Educação a Distância Universidade Federal do Rio Grande

Leia mais

mbiente Virtua de Aprendizagem

mbiente Virtua de Aprendizagem mbiente Virtua de Aprendizagem Apresentação Este é o Ambiente Virtual de Aprendizagem - o AVA da Unisuam Online. É nosso desejo que a UNISUAM lhe proporcione uma qualificação acadêmica condizente com suas

Leia mais

MOODLE NA PRÁTICA PEDAGÓGICA

MOODLE NA PRÁTICA PEDAGÓGICA Carmen Mathias Agosto - 2009 I. CADASTRO 1. Acessar o site de treinamento (teste): http://moodle_course.unifra.br/ 2. Faça o login, clicando em acesso no lado direito superior da tela: 3. Coloque seu nome

Leia mais

Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal)

Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal) Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal) Acessando o Sistema Para acessar a interface de colaboração de conteúdo, entre no endereço http://paginapessoal.utfpr.edu.br. No formulário

Leia mais

Sistemas Enturma: Manual de Ferramentas do Usuário

Sistemas Enturma: Manual de Ferramentas do Usuário versão do manual: 1 1 Apresentação A evolução da tecnologia vem provocando uma revolução no ensino. O acesso à Internet e a disseminação do uso do computador vêm mudando a forma de produzir, armazenar

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA MANUAL DO MOODLE PROFESSOR

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA MANUAL DO MOODLE PROFESSOR 1 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA MANUAL DO MOODLE PROFESSOR Rose Mary Almas de Carvalho 1 Adriane Camilo Costa 2 Vera Lúcia de Siqueira

Leia mais

UNIVERSIDADE DO MINDELO. Unidade de Gestão de Investigação Desenvolvimento e Inovação UG I+D+i MANUAL DE UTILIZAÇÃO MOODLE PARA ALUNOS

UNIVERSIDADE DO MINDELO. Unidade de Gestão de Investigação Desenvolvimento e Inovação UG I+D+i MANUAL DE UTILIZAÇÃO MOODLE PARA ALUNOS UNIVERSIDADE DO MINDELO Unidade de Gestão de Investigação Desenvolvimento e Inovação UG I+D+i MANUAL DE UTILIZAÇÃO MOODLE PARA ALUNOS Apresentação e Utilização Rápida da Plataforma Versão Zero Março de

Leia mais

Sumário 1. O acesso ao ambiente virtual de aprendizagem da FSMA...4 2. A sala de aula virtual...5 3. A rotina do estudante...8 3.1.

Sumário 1. O acesso ao ambiente virtual de aprendizagem da FSMA...4 2. A sala de aula virtual...5 3. A rotina do estudante...8 3.1. Guia do estudante Sumário 1. O acesso ao ambiente virtual de aprendizagem da FSMA...4 2. A sala de aula virtual...5 3. A rotina do estudante...8 3.1. Participando dos fóruns...8 3.1.1. Passo a Passo: Postando

Leia mais

Moodle - Guia de Utilização para Estudos Complementares

Moodle - Guia de Utilização para Estudos Complementares Moodle - Guia de Utilização para Estudos Complementares por Prof. Maurício Lima 1 março de 2010 Objetivo Este documento apresenta aos professores da Faculdade Novos Horizontes os primeiros passos na utilização

Leia mais

Copyright 2010, MundoClick Produtora de Internet. Todos os Direitos Reservados

Copyright 2010, MundoClick Produtora de Internet. Todos os Direitos Reservados 1 Apresentação Este manual tem o intuito de orientar a utilização da ferramenta Loja Virtual. Através de descrições, passo a passo e imagens o objetivo é facilitar o uso, oferecer dicas e mostrar os pontos

Leia mais

Manual do Usuário Cyber Square

Manual do Usuário Cyber Square Manual do Usuário Cyber Square Criado dia 27 de março de 2015 as 12:14 Página 1 de 48 Bem-vindo ao Cyber Square Parabéns! Você está utilizando o Cyber Square, o mais avançado sistema para gerenciamento

Leia mais

Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes)

Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes) Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes) 1. Sobre o Microsoft Dynamics CRM - O Microsoft Dynamics CRM permite criar e manter facilmente uma visão clara dos clientes,

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

SIAP - Sistema de Apoio ao Professor

SIAP - Sistema de Apoio ao Professor Introdução O SIAP, Sistema de Apoio ao Professor, é um programa que vai contribuir, de forma decisiva, com o cotidiano escolar de alunos, professores, gestores e funcionários administrativos. Com a implantação

Leia mais

MANUAL DO ALUNO MOODLE

MANUAL DO ALUNO MOODLE MANUAL DO ALUNO MOODLE 1. Primeiros passos 1.1. Tornando-se um usuário No ambiente Moodle alunos e tutores são usuários do sistema. Assim, o primeiro passo, para todos, é tornar-se usuário. Este manual

Leia mais

Diveo Exchange OWA 2007

Diveo Exchange OWA 2007 Diveo Exchange OWA 2007 Manual do Usuário v.1.0 Autor: Cícero Renato G. Souza Revisão: Antonio Carlos de Jesus Sistemas & IT Introdução... 4 Introdução ao Outlook Web Access 2007... 4 Quais são as funcionalidades

Leia mais

Tutorial do administrador do HelpCenterLive (Sistema de Ajuda)

Tutorial do administrador do HelpCenterLive (Sistema de Ajuda) Tutorial do administrador do HelpCenterLive (Sistema de Ajuda) Sumário Introdução...3 Entrar (Login)...3 Página Inicial (Home Page)...4 Ajuda...5 Conversação (Chat)...6 Mensagens Registradas...7 Registros...8

Leia mais

MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO MOODLE FACULDADE INTERAÇÃO AMERICANA VIRTUAL - Versão: Aluno

MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO MOODLE FACULDADE INTERAÇÃO AMERICANA VIRTUAL - Versão: Aluno 1 MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO MOODLE FACULDADE INTERAÇÃO AMERICANA VIRTUAL - Versão: Aluno Acessando o sistema 1- Para acessar a Faculdade Interação Americana Virtual digite o seguinte endereço: http://ead.fia.edu.br/

Leia mais

DRIVE CONTÁBIL NASAJON

DRIVE CONTÁBIL NASAJON DRIVE CONTÁBIL NASAJON Módulo Gestão de Documentos Versão 1.0 Manual do Usuário 1 Sumário Os Módulos do Gerenciador de NFe: Informações Básicas Primeiro Acesso: Requisitos Acesso ao Drive Contábil Nasajon

Leia mais

Google Sites. A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1

Google Sites. A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1 Google Sites A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1 1. Google Sites A Google veio anunciar que, para melhorar as funcionalidades centrais do Grupos Google, como listas de discussão

Leia mais

Sumário. Guia do Aluno

Sumário. Guia do Aluno Sumário Guia do Aluno 1. Roteiro de estudo...3 2. Acessando seu ambiente acadêmico...5 3. Ferramentas...6 3.1 Avisos...6 3.2 Calendário...7 3.3 Tarefas...8 3.4 Informações pessoais...9 3.5 Minhas notas

Leia mais

INTRODUÇÃO. A Claireconference agradece pela escolha!

INTRODUÇÃO. A Claireconference agradece pela escolha! 1 ÍNDICE 1. IMPLEMENTAÇÃO 4 1.1 PAINEL DE CONTROLE 4 1.1.1 SENHA 4 1.1.2 CRIAÇÃO DE USUÁRIOS DO LYNC 5 1.1.3 REDEFINIR SENHA 7 1.1.4 COMPRAR COMPLEMENTOS 9 1.1.5 UPGRADE E DOWNGRADE 10 1.1.5.1 UPGRADE

Leia mais