Aplicação da versatilidade do aparelho pré-ajustado MBT, nos casos que apresentam os incisivos laterais superiores em linguoversão

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Aplicação da versatilidade do aparelho pré-ajustado MBT, nos casos que apresentam os incisivos laterais superiores em linguoversão"

Transcrição

1 Caso Clínico Aplicação da versatilidade do aparelho pré-ajustado MBT, nos casos que apresentam os incisivos laterais superiores em linguoversão Reginaldo César Zanelato*, Sáverio Mandetta**, Cássia Terezinha de Alcântara Gil*** Resumo O aparelho Versátil MBT apresenta como característica um total de sete versatilidades, que constituem uma inovação no conceito dos aparelhos pré-ajustados. Essas características criam uma diretriz que possibilita aos arcos ortodônticos e ao sistema de braquetes e tubos produzirem certas individualizações e compensações necessárias em alguns casos clínicos, com o objetivo de se obter um perfeito posicionamento dentário. A intenção deste artigo é descrever a versatilidade utilizada nos tratamentos ortodônticos, onde os incisivos laterais superiores se encontram em linguoversão. Palavras-chave: MBT. Versatilidade. Incisivo Lateral Superior. Torque. * Professor do Curso de Especialização de Ortodontia da APCD (Presidente Prudente). Aluno do Programa de Pós-Graduação em Odontologia, Área de Concentração Ortodontia da UMESP. ** Professor do Programa de Pós-Graduação em Odontologia, Área de Concentração Ortodontia da UMESP. *** Professora do Programa de Pós-Graduação em Odontologia, Área de Concentração Ortodontia da UMESP.

2 Aplicação da versatilidade do aparelho pré-ajustado MBT, nos casos que apresentam os incisivos laterais superiores em linguoversão Introdução É rotina encontrarmos pacientes que apresentam os incisivos laterais em linguoversão. A etiologia dessa má oclusão está relacionada com a falta de espaço no arco dentário superior, ou com o excesso de tamanho dentário na região ântero-superior, tendo também, maior ocorrência nas relações interarcos de Classe I e Classe III. Em 1911 Lisher 7 sugere um modo de classificar individualmente o mau posicionamento dentário. O autor utiliza um nome que define a alteração do dente em relação a sua posição normal, acrescentando o sufixo versão ao termo indicativo da direção do desvio. Segundo essa classificação, quando a coroa dentária estiver lingualizada em relação a sua posição ideal denominamos linguoversão. Em condições normais na dentição decídua, os incisivos permanentes se desenvolvem por lingual em relação aos seus sucessores. As coroas dos incisivos centrais permanentes superiores guardam certa distância entre si separados pela sutura palatina mediana. Os laterais superiores permanentes estão localizados por lingual aos centrais, e suas bordas incisais situam-se mais para incisal em relação aos centrais. Os incisivos laterais não iniciam a sua irrupção antes de os centrais terem alcançado o plano de oclusão. Então, esses dentes iniciam a irrupção a partir de suas posições mais lingual (em relação aos centrais), para uma posição mais vestibular no sentido do plano oclusal. Se as coroas dos incisivos laterais fizerem contatos com as dos centrais, o diastema central se reduz. Quando os incisivos laterais superiores alcançam o plano oclusal, o primeiro período transicional estará completo 6. Assim, quando ocorrer falta de espaço na região anterior da maxila para a irrupção dos dentes permanentes, é esperado que os incisivos laterais fiquem em linguoversão, pois se desenvolvem atrás dos centrais e irrompem posteriormente. Segundo McLaughlin, Bennett e Trevisi 8, nos casos que apresentam os incisivos laterais em linguoversão, pode ser difícil obter uma correção radicular estável. Há um risco em movimentar a coroa para vestibular, deixando a raiz palatinizada. Em situações dessa natureza, ocorre sempre a necessidade de se inserir dobras adicionais nos arcos retangulares e, conseqüentemente, o tempo de tratamento tende a prolongar-se. Um bom recurso é utilizar a versatilidade do aparelho MBT, considerada uma manobra simples e eficaz, pois consiste na modificação do torque de coroa do incisivo lateral superior de + 10º para -10º (colocando o braquete girado em 180º), a fim de movimentá-la para vestibular, colocando-a em uma posição anatomicamente estável, evitando possíveis recidivas. Considerando-se que todo tratamento deve ser individualizado de acordo com o biótipo facial, a forma do arco dentário e as características peculiares das más oclusões, as versatilidades do aparelho MBT constituem método prático de detalharmos o tratamento ortodôntico, visando maior estabilidade dos resultados obtidos. Administração do Espaço Em razão da etiologia da má oclusão estar relacionada com a falta de espaço no arco dentário superior, se faz importante utilizar manobras eficazes para se obter espaço. A obtenção do espaço pode ser realizada: por meio do aumento do comprimento do arco dentário com o movimento vestibular dos incisivos; por desgaste interproximal ou extrações dentárias. A escolha do melhor método é peculiar a cada caso e dependerá da quantidade de apinhamento existente e do padrão facial do paciente. Os pacientes que apresentam tendência horizontal de crescimento podem se beneficiar com o aumento do comprimento dos arcos dentários, evitando assim extrações dentárias. Nesse padrão facial, os incisivos superiores e inferiores ao final do tratamento, podem ficar mais vestibularizados, em razão da rotação anti-horária da mandíbula. As condutas de tratamentos para esses pacientes são absolutamente individuais e normalmente requerem indicações de tratamentos ortodônticos e ortopédicos sem extrações dentárias 5. A região anterior da maxila, e principalmente a sínfise mandibular são mais largas nos indivíduos face curta, permitindo um manejo mais extenso dos incisivos. O aumento do comprimento do arco dentário poderá ser feito utilizando-se aparelhos fixos e manobras que permitam o movimento vestibular dos incisivos. Um dos recursos utilizados são os arco de protrusão. Esses arcos são de aço inoxidável, de secção redonda.014 ou.016 que possuem alças tipo ômega ativadas, como mostra a figura 1. Esse arco, quando ativado, estará distante (aproximadamente 2mm) do fundo da canaleta dos incisivos e deverá ser forçado para encaixar. Na região dos pré-molares não deverá conter braquetes, em razão da deformação do arco, que foi forçado na região anterior. Se os pré-molares estivessem com Figura 1 - Arco.016 de aço com alça tipo ômega, utilizado para aumentar o comprimento do arco dentário.

3 Reginaldo César Zanelato, Sáverio Mandetta, Cássia Terezinha de Alcântara Gil Figura 2 - Mola espiral aberta utilizada para criar espaço para o incisivo lateral. Figura 3 - Dobra distal realizada com certa folga para permitir o aumento do comprimento do arco dentário. Fonte: (McLaughlin; Bennett; Trevisi 2002). Figura 4 - Conjugado individual de canino (lace back), utilizado para a retração individual dos caninos em casos com extrações de pré-molares. Figura 5 - Mantenedor de espaço confeccionado com fio.020 e instalado no arco de alinhamento.016 nitinol. braquetes, poderiam sofrer movimentos indesejados. A mola espiral aberta também é muito utilizada para criar espaços localizados. A mola é colocada na fase de alinhamento e nivelamento, quando estiver sendo utilizado o arco.016 nitinol ou.018 de aço. Recomenda-se, também, utilizar amarrilhos metálicos nos braquetes adjacentes à mola para evitar possíveis rotações dentárias. Os arcos de nivelamento não deverão conter dobras justas, na distal do último molar bandado, pois isso restringiria o movimento vestibular dos incisivos. Deve haver sim, uma folga para dar liberdade e permitir o aumento do comprimento do arco dentário. As extrações dentárias, principalmente de pré-molares, são outro método de obtenção de espaço no arco superior. Os indivíduos que apresentam tendência vertical de crescimento com pequena mordida aberta, ou que tenham um bom padrão de crescimento com apinhamento maior ou igual a 7mm, podem se beneficiar com as extrações de pré-molares. O espaço resultante da extração deverá ser transferido mecanicamente, por meio da retração individual do canino, para a região do incisivo lateral, para que se possa realizar o movimento vestibular da coroa. Existem vários métodos para realização desse procedimento, tais como: mola de verticalização de canino; alças; molas super elásticas; elásticos de corrente; etc. Uns dos métodos mais utilizados são os lace backs, ou conjugados individuais de caninos (Fig. 4). Esses conjugados foram desenvolvidos para evitar a vestibularização dos dentes anteriores, que ocorria nos primórdios do aparelho pré-ajustado, em razão de os braquetes anteriores terem compensações angulares que causavam aumento do comprimento do arco dentário. Com o passar do tempo, e a diminuição ocorrida na prescrição de angulação dos braquetes dos dentes anteriores, esses conjugados se mostraram muito eficientes na retração individual dos caninos nos casos com extrações dentárias. São confeccionados com fio de amarrilho.008 e instalados nos arcos iniciais de alinhamento, pois assim o conjugado moverá a coroa e o arco levará a raiz para distal. Molas espirais abertas poderão ser colocadas juntamente com os lace backs, para a localizar o espaço na região desejada. A colagem direta do lateral em linguoversão deverá ser realizada quando existir espaço suficiente para propiciar o movimento desse dente para vestibular. A manutenção do espaço pode ser realizada com um mantenedor de espaço confeccionado com fio de

4 Aplicação da versatilidade do aparelho pré-ajustado MBT, nos casos que apresentam os incisivos laterais superiores em linguoversão aço.020 e instalado no arco de alinhamento.016, ficando mantido sobre pressão nos braquetes dos dentes adjacentes. Utilizando esse sistema, haverá grande extensão de fio, que aumentará a flexibilidade do arco e com isso a eficiência da movimentação. Planos de levantamento de mordida poderão ser utilizados, quando necessário, para liberar a intercuspidação e evitar traumas oclusais com ou dentes inferiores. Especificações de Braquetes As especificações da angulação e torque dos braquetes são derivadas das pesquisas com amostra de oclusão natural, ou da experiência clínica dos autores. Uns dos marcos da Ortodontia Contemporânea foi a introdução do aparelho pré-ajustado, por ANDREWS, nos inícios dos anos 70. A idéia do autor foi buscar em oclusões naturais características que fossem comuns e constantes, e que pudessem ser reproduzidas com certa fidelidade nos tratamentos ortodônticos. A inclinação das coroas dentárias era uma dessas características. Considera-se a inclinação lingual da coroa como o ângulo formado entre uma linha perpendicular ao plano oclusal e outra tangente ao centro da coroa clínica, variando em grau positivo e negativo de acordo com o grupo de dentes. Assim, a inclinação das coroas dos dentes anteriores superiores é positiva, ou seja, a porção incisal da coroa está mais a vestibular em relação a cervical, e a inclinação se torna lingual de caninos até molares. No arco superior, essa inclinação lingual é constante e similar de canino até segundo pré-molar, e ligeiramente mais pronunciada nos molares; já no arco inferior, a inclinação lingual aumenta progressivamente dos caninos até os segundos molares. No capítulo apêndice, do livro Straight-Wire O conceito e o aparelho, estão contidos os resultados das medições dos 120 modelos de oclusão ótima utilizados por Andrews no desenvolvimento do aparelho pré-ajustados. Para os incisivos laterais superiores a média das angulações das coroas dentárias foi 8,04º, com valor máximo de 15º e mínimo -2º, e para a inclinação das coroas dentárias o valor médio encontrado foi 4,42º, com valor máximo de 17º e mínimo de -6º. Ao analisarmos esses dados, fica evidente a grande variabilidade das medidas, ratificando que o aparelho pré-ajustado estará bem recomendado na maioria dos casos, entretanto em algumas situações se faz necessária a incorporação de dobras nos arcos para compensar e sobrecorrigir o posicionamento dentário, quando a resposta à prescrição não for precisa. Em 2003, Zanelato 13 realizou uma pesquisa objetivando estudar os valores numéricos da angulação e inclinação das coroas dentárias em brasileiros leucodermas e comparar com os valores médios apresentados por Andrews 3. A amostra constituiu-se de 60 indivíduos, com faixa etária entre 12 e 21 anos, de ambos os sexos. Esses indivíduos apresentavam oclusão normal e nunca haviam sido submetidos a qualquer tipo de intervenção ortodôntica. Os resultados das medições das coroas dos incisivos laterais superiores foram os seguintes: a angulação média das coroas foi de 6,19º com valor máximo de 19º e mínimo de -2º; a inclinação média das coroas foi de 4,48º, com valor máximo de 17º e mínimo de -5º. Esses valores obtidos se aproximam dos encontrados por Andrews 3. Ao observarmos no quadro as recomendações de angulação e torque dos incisivos laterais superiores, percebemos que existe certa concordância nos valores da angulação nas diversas prescrições, apresentando uma variabilidade de 2º. Já nas recomendações de torque, existe uma discordância, pois a variabilidade é de 11º, desde 3º sugerido por Andrews até 14º recomendado por Ricketts. A razão para essa grande variabilidade de recomendações de torque é que o aparelho Straight-Wire Original, traz na sua essência as posições finais dos dentes encontradas nas oclusões naturais, e nas demais prescrições foram incorporados torque adicional nos braquetes dos dentes anteriores, para que não ocorresse perda de inclinação frente às mecânicas de tratamento, como o que ocorre, por exemplo, no tratamento compensatório da má oclusão de Classe II. A prescrição da técnica MBT traz grandes modificações em relação ao aparelho Straight-Wire Original. A angulação das coroas dentárias foi bastante diminuída, para minimizar o aumento do comprimento do arco que ocorria nas fases iniciais de tratamento com os aparelhos pré-ajustados. Em relação ao torque, foi sugerida uma sobrecorreção nos dentes anteriores superiores, para que esse torque adicional trabalhe como um torque resistente em alguns casos, devido a iminente perda de torque. Para os incisivos laterais PRESCRIÇÃO I.L.S. ANGULAÇÃO TORQUE Ricketts 8º 14º Andrews 9º 3º Roth 9º 8º Alexander 8º 7º Viazis 10º 10º MBT 8º 10º Quadro 1 - Recomendações de angulação e torque para os incisivos laterais em diversas prescrições.

5 Reginaldo César Zanelato, Sáverio Mandetta, Cássia Terezinha de Alcântara Gil foi recomendado 8º de angulação e 10º de torque. Na introdução da técnica MBT, foram alteradas as prescrições dos braquetes para os incisivos superiores e inferiores, numa flagrante individualização para a movimentação. Novamente a justificativa baseada na vasta e reconhecida experiência clínica dos autores parece acertada, pois o contato entre a canaleta do braquete e o fio retangular (.019 x.025 ) é muito pequena e, conseqüentemente, grande parte dessa prescrição de inclinação não é introduzida ao dente. Nessa perspectiva, eles recomendam como padrão para os incisivos superiores, o uso de inclinações muito maiores que o padrão original do Straight-Wire de Andrews. Dessa forma, dentes anteriores superiores submetidos a mecânica de retração, apresentariam ao final do movimento posição potencialmente mais ideal, visto que a perda de torque ocasionada pela pequena área de contato entre o fio retangular e o braquete estaria compensada pela maior inclinação contida nos braquetes. Funcionaria como um torque vestibular resistente, que na mecânica edgewise é adicionado ao fio e aqui seria introduzido no braquete 4. Nos casos em que encontrarmos os incisivos laterais em linguoversão recomenda-se colar o braquete desse dente girado em 180º (ponta cabeça). Desta forma a angulação é mantida e o torque de coroa é alterado, passando de +10º para -10º de torque de coroa. A intenção é mover a raiz que está palatinizada para vestibular, colocando-a em uma posição mais estável, evitando prováveis recidivas. É importante salientar que o uso dessa manobra reduz, mas não evita a inserção de dobras de terceira ordem nos arcos retangulares, em razão da magnitude do movimento radicular não ser suficiente em alguns casos. Então, na fase de detalhes e acabamento do tratamento, devemos fazer uma observação cuidadosa da inclinação da coroa do incisivo lateral e da necessidade ou não de se fazerem compensações. Caso Clínico nº 1 O paciente M.C.Y. do sexo masculino, 15 anos e 9 meses de idade. Relação interarcos de Classe I, com apinhamento significativo na região anterior dos arcos dentários superior e inferior. Na análise facial em normal frontal, pode-se perceber a simetria da face e a presença da proporcionalidade dos terços faciais, caracterizando o padrão mesofacial. Na norma lateral observa-se um ângulo da convexidade facial de Classe I, e o ângulo nasolabial encontra-se dentro dos padrões de normalidade. A análise cefalométrica confirmou o bom padrão facial através das medidas GnSN = 67º e MM = 28º, e o bom relacionamento intermaxilar confirmado nas medidas ANB = 1º e Wits = -1mm. Os incisivos superiores se encontravam levemente vestibularizados e os inferiores verticalizados. As raízes dos incisivos superiores e inferiores se encontravam bem posicionadas na região anterior da maxila e na sínfise mandibular. Decidiu-se, então, conduzir o tratamento com extrações de primeiros pré-molares superiores e inferiores. Para o arco superior foi escolhido o sistema de ancoragem moderada, utilizando-se a barra palatina até o final da fase de nivelamento. A ancoragem recíproca foi escolhida para o arco inferior, em razão de não haver a necessidade de corrigir a protrusão dos incisivos, pois os mesmo já se encontram bem posicionados. Aparelhos fixos prescrição MBT TM.022 x.028 foram instalados, iniciando-se o alinhamento com o arco.016 nitinol. Os caninos foram distalizados individualmente por meio de conjugados metálicos denominados lace back, e a mola espiral aberta foi utilizada para localizar o espaço na região do incisivo lateral superior direito. Após a obtenção do espaço, foi realizada a colagem direta do dente 12, utilizando-se a versatilidade MBT (braquete colado de ponta cabeça), e a instalação do plano de levantamento de mordida. Assim que o incisivo lateral foi alinhado, seguiu-se o tratamento com a fase de nivelamento e posteriormente fechamento dos espaços, com o arco retangular.019 x.025 e a técnica do deslizamento. Terminando a mecânica, foi realizada a fase de detalhes de acabamento e a remoção dos aparelhos ortodônticos. TIP 8º TORQUE +10º TIP 8º TORQUE -10º Figura 5, 6, 7 - Especificação do braquete do incisivo lateral superior na técnica MBT. À esquerda a recomendação normal e à direita o braquete posicionado de ponta cabeça.

6 Aplicação da versatilidade do aparelho pré-ajustado MBT, nos casos que apresentam os incisivos laterais superiores em linguoversão Figura 8,9 - Vista da face do paciente em norma frontal e lateral. Figuras Modelos de estudos iniciais do paciente.

7 Reginaldo César Zanelato, Sáverio Mandetta, Cássia Terezinha de Alcântara Gil Figura Fase de alinhamento do tratamento, utilizando-se arcos.016 com os conjugados para a retração dos caninos e mola espiral aberta na região do dente 12. TIP 8º TORQUE -10º Figura 18, 19 - Colagem invertida do braquete do dente 12 (ponta cabeça) para alterar a prescrição de torque. Uso de plano de levantamento de mordida e do mantenedor de espaço. Figura Arcos retangulares.019 x.025 com os conjugados passivos. Figura Fase de contenção do tratamento, onde se observa uma boa inclinação da coroa do incisivo lateral direito.

8 Aplicação da versatilidade do aparelho pré-ajustado MBT, nos casos que apresentam os incisivos laterais superiores em linguoversão Figura 26, 27 - Vista oclusal dos arcos dentários na fase de contenção. Figura 28, 29 - Fotografias da face no final do tratamento ortodôntico. Caso Clínico nº 2 Paciente G.A.S.O. do sexo feminino, 16 anos e 6 meses de idade, apresentava a relação interarcos de Classe I com apinhamento na região anterior dos arcos dentários, e o incisivo lateral superior esquerdo em linguoversão. Apresentava uma relação intermaxilar de Classe I, comprovada pelas medidas cefalométricas ANB= 2º e Wits= 2mm. A face é simétrica e proporcional caracterizando o padrão mesofacial. Os incisivos superiores encontravam-se levemente inclinados para vestibular e protruídos e os inferiores estavam levemente inclinados para lingual e bem posicionados. O tratamento foi realizado sem extrações dentárias, e a obtenção de espaço para corrigir o apinhamento foi realizada por meio de desgastes interproximais (stripping). Aparelhos fixos prescrição MBT (3M Unitek), canaleta.022 x.028 foram instalados. A fase de alinhamento foi realizada com os arcos nitinol.014 e.016, procurando evitar o aumento do comprimento

9 Reginaldo César Zanelato, Sáverio Mandetta, Cássia Terezinha de Alcântara Gil do arco dentário com as dobras distais nos últimos molares bandados e com desgastes interproximais. A mola de espiral aberta foi colocada no arco.016 nitinol, com o cuidado de amarrar os braquetes dos dentes adjacentes com ligaduras metálicas para evitar rotações. Após a obtenção do espaço, foi realizada a colagem do braquete do incisivos lateral em linguoversão, utilizando-se a versatilidade MBT. Um mantenedor de espaço foi utilizado, junto com um plano horizontal para levantar a mordida e evitar traumas oclusais durante o movimento vestibular da coroa dentária. Após esta etapa, o tratamento teve continuidade com os arcos retangulares.019 x.025, para assentamento dos torques e em seguida realizou-se a remoção dos aparelhos ortodônticos. Figura 30, 31 - Fotografias da face em norma frontal e lateral. Figura Modelos de estudos iniciais.

10 Aplicação da versatilidade do aparelho pré-ajustado MBT, nos casos que apresentam os incisivos laterais superiores em linguoversão Figura Fase de alinhamento do tratamento ortodôntico, utilizando-se arcos.016 como mola de espiral aberta. Figura Colagem do braquete do dente 22 (ponta cabeça), arco.016 nitinol com mantenedor de espaço e plano horizontal. Figura Arcos retangulares.019 x.025 com conjugados ativos. Figura Vista da colusão após a remoção dos aparelhos ortodônticos. 10

11 Reginaldo César Zanelato, Sáverio Mandetta, Cássia Terezinha de Alcântara Gil Figura 51, 52 - Face no final do tratamento ortodôntico. Conclusão As versatilidades do aparelho MBT possibilitam, em alguns casos clínicos, as sobrecorreções necessárias para manter a estabilidade do posicionamento dentário no final do tratamento ortodôntico. A utilização da versatilidade MBT, quando os incisivos laterais superiores se encontram em linguoversão, reduz a necessidade de se introduzirem dobras de terceira ordem nos arcos retangulares. Todavia, nos casos em que as raízes dos incisivos laterais se encontram muito lingualizadas, ainda se faz necessária a torção dos arcos retangulares, em razão de a quantidade de torque presente nos braquetes não ser suficiente. Application of the versatility of the MBT preadjusted appliance system in cases presenting upper lateral incisor in linguoversion Abstract The MBT preadjusted appliance system has as characteristics seven versatility possibilities, being an innovation in the concept of the preadjusted appliance. These characteristics establish a guideline enabling orthodontic arch wires and bracket and tube systems to create some individualization and off set when necessary in some clinical cases, aiming at achieving a perfect dental positioning. The goal of this article is describing the versatility applied to orthodontic treatments when upper lateral incisors are in linguoversion. KEY WORDS: MBT. Versatility. Upper Lateral Incisor. Torque. 11

12 Aplicação da versatilidade do aparelho pré-ajustado MBT, nos casos que apresentam os incisivos laterais superiores em linguoversão Referências 1. ALEXANDER, R.G. The vari-simplex discipline comcept and appliance desing, Part 1, J Clin Orthodont, v.17, n.6, p , Jun ANDREWS, L. F. The six keys to normal occlusion. Amer. J. Orthodont., v.62, n.3, p , Sept ANDREWS, L. F. Straight-wire O conceito e o aparelho. Trad. de Hugo José Trevisi, San Diego: L. A. Wells Co., p. 4. CAPELOZZA FILHO, L. Individualização de braquetes na técnica straight-wire: revisão de conceitos e sugestões das indicações para o uso. R. Dental Press Ortodon Ortop Facial, v.4, n.4, p , jun./ago CAPELOZZA FILHO, L. Diagnóstico em Ortodontia. Maringá: Dental Press Editora, p. 6. LINDEN, F.P.G.M. van der. Desenvolvimento da Dentição. Tradução Francisco Ajalmar Maia. São Paulo: Editora Santos, p. 7. LISCHER, B.E. The diagnosis of malocclusion. Dent. Cosmos 53:412-22, McLAUGHLIN, R. P.; BENNETT, J. C; TREVISI, H. J. Mecânica sistematizada de tratamento ortodôntico. São Paulo: Artes Médicas, p. 9. RICKETTS, R. M. Diferenças entre as técnicas com arco contínuo e a filosofia bioprogressiva. Tradução: Centro Mineiro de Estudos Ortodônticos. Belo Horizonte: Editora Kelps, ROTH, R. H. (1975) Apud. ROTH, R. H. Mecânica do tratamento para aparelho straight-wire. In: GRABER, T. M.; VANARSDALL Jr., R. L. Ortodontia: princípios e técnicas atuais, 2. ed, Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1996, p FERREIRA, F.V. Ortodontia diagnóstico e planejamento clínico. São Paulo: Artes médicas, p. 12. VIAZIS, A. Bioefficient therapy. J. Clin. Orthodont., v.29, n.9, p.36-52, Sept ZANELATO, A. C. T. Estudo das angulações e inclinações dentárias em brasileiros, leucodermas com oclusão natural. São Bernardo do Campo, 2003, 152 p. Dissertação (Mestrado) Universidade Metodista de São Paulo, Faculdade de Odontologia, Curso de Pós-Graduação em Ortodontia. Endereço para correspondência Reginaldo César Zanelato Av. Washington Luiz, Vila Estádio CEP: Presidente Prudente/SP 12

FECHAMENTO DE ESPAÇOS

FECHAMENTO DE ESPAÇOS FECHAMENTO DE ESPAÇOS Rua 144, n 77 - Setor Marista - Goiânia (GO) - CEP 74170-030 - PABX: (62) 278-4123 - 1 - Introdução Podemos definir essa etapa do tratamento ortodôntico como aquela onde o principal

Leia mais

APRESENTAÇÃO DAS BANDAS TIPOS:

APRESENTAÇÃO DAS BANDAS TIPOS: 1 2 BANDAS ORTODÔNTICAS Introdução Para entendermos a real importância destes componentes de um aparelho ortodôntico, devemos inicialmente compreender qual a função da bandagem frente à um complexo sistema

Leia mais

Tratamento da Má Oclusão de Classe II com Extração de Pré -Molares Superiores

Tratamento da Má Oclusão de Classe II com Extração de Pré -Molares Superiores Tratamento da Má Oclusão de Classe II com Extração de Pré -Molares Superiores Adriano César Trevisi Zanelato Coordenador do curso de especialização em Ortodontia pela Escola de Odontologia Cuiabá (MT).

Leia mais

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL Montagem das Pastas As pastas devem estar organizadas na seguinte ordem: I- Externo Página Título: colocar na capa frontal da pasta (a capa tem um envelope plástico para esta finalidade). BOARD BRASILEIRO

Leia mais

Aparelho Arco E-1886E. Partes do aparelho

Aparelho Arco E-1886E. Partes do aparelho BRÁQUETES Aparelho Arco E-1886E Partes do aparelho Aparelho Arco E -1886 APARELHO PINO E TUBO - 1912 Arco Cinta -1915 Aparelho Edgewise - 1925 Braquete original Os primeiros bráquetes eram.022 de uma liga

Leia mais

Descrição de Técnica. Leopoldino Capelozza Filho*, José Antonio Zuega Capelozza** Palavras-chave: Diagrama. Straight-wire.

Descrição de Técnica. Leopoldino Capelozza Filho*, José Antonio Zuega Capelozza** Palavras-chave: Diagrama. Straight-wire. Descrição de Técnica DIAO: Diagrama individual anatômico objetivo. Uma proposta para escolha da forma dos arcos na técnica de Straight-Wire, baseada na individualidade anatômica e nos objetivos de tratamento

Leia mais

Extração Seriada, uma Alternativa

Extração Seriada, uma Alternativa Artigo de Divulgação Extração Seriada, uma Alternativa Serial Extraction, an Alternative Procedure Evandro Bronzi Resumo A extração seriada é um procedimento ortodôntico que visa harmonizar

Leia mais

A individualização de torque para os caninos no aparelho pré-ajustado

A individualização de torque para os caninos no aparelho pré-ajustado Caso Clínico A individualização de torque para os caninos no aparelho pré-ajustado Reginaldo César Zanelato*, Ademir Tadeu Grossi**, Sáverio Mandetta***, Marco Antonio Scanavini**** Resumo A grande maioria

Leia mais

Série Aparelhos Ortodônticos

Série Aparelhos Ortodônticos Série Aparelhos Ortodônticos Em geral, o protocolo de tratamento nos casos de Classe III, principalmente naqueles com deficiência maxilar, tem sido a disjunção, seguida pela protração da ma-xila. De acordo

Leia mais

Reginaldo César Zanelato

Reginaldo César Zanelato Reginaldo César Zanelato Nos pacientes portadores da má oclusão de Classe II dentária, além das opções tradicionais de tratamento, como as extrações de pré-molares superiores e a distalização dos primeiros

Leia mais

ANÁLISE DA DENTIÇÃO MISTA

ANÁLISE DA DENTIÇÃO MISTA 1 ANÁLISE DA DENTIÇÃO MISTA INTRODUÇÃO O período da dentição mista inicia-se por volta dos 6 anos de idade com a erupção dos primeiros molares permanentes, e termina ao redor dos 12 anos de idade, com

Leia mais

INFLUÊNCIA DA ANGULAÇÃO DOS DENTES ANTERIORES NO PERÍMETRO DO ARCO SUPERIOR

INFLUÊNCIA DA ANGULAÇÃO DOS DENTES ANTERIORES NO PERÍMETRO DO ARCO SUPERIOR INFLUÊNCIA DA ANGULAÇÃO DOS DENTES ANTERIORES NO PERÍMETRO DO ARCO SUPERIOR THE EFECT OF INCISORS AND CANINES TEETH ANGULATION ON SUPERIOR ARCH PERIMETER Capelozza,L.F e Cordeiro, A.S 1. Introdução: A

Leia mais

(VTO dentário) Resumo Este presente artigo teve por finalidade demonstrar, simplificadamente, o manejo

(VTO dentário) Resumo Este presente artigo teve por finalidade demonstrar, simplificadamente, o manejo iagnóstico Análise da Movimentação entária (VTO dentário) Adriano César Trevisi Zanelato*, Hugo José Trevisi**, Reginaldo César Trevisi Zanelato***, André César Trevisi Zanelato*, Renata Chicarelli Trevisi****

Leia mais

Aparelhos Ortodônticos Removíveis com Alta Retenção

Aparelhos Ortodônticos Removíveis com Alta Retenção Aparelhos Ortodônticos Removíveis com Alta Retenção Um novo conceito de ver e atuar com os aparelhos ortodônticos removíveis José Roberto Ramos Na maioria dos casos, o emprego dos aparelhos ortodônticos

Leia mais

Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de açoa. o superiores e splint removível vel inferior

Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de açoa. o superiores e splint removível vel inferior Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de açoa o superiores e splint removível vel inferior MORO, A.; et al. Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de aço superiores

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR COMO ANCORAGEM PARA MESIALIZAÇÃO DE MOLARES INFERIORES: RELATO DE CASO CLÍNICO RESUMO

UTILIZAÇÃO DO APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR COMO ANCORAGEM PARA MESIALIZAÇÃO DE MOLARES INFERIORES: RELATO DE CASO CLÍNICO RESUMO 474 UTILIZAÇÃO DO APARELHO DE PROTRAÇÃO MANDIBULAR COMO ANCORAGEM PARA MESIALIZAÇÃO DE MOLARES INFERIORES: RELATO DE CASO CLÍNICO Fábio André Werlang 1 Marcos Massaro Takemoto 2 Prof Elton Zeni 3 RESUMO

Leia mais

Tratamento Ortodôntico da Classe III, Subdivisão: Apresentação de um Caso Clínico (Parte 1)

Tratamento Ortodôntico da Classe III, Subdivisão: Apresentação de um Caso Clínico (Parte 1) Artigo de Divulgação Tratamento Ortodôntico da Classe III, Subdivisão: Apresentação de um Caso Clínico (Parte 1) Treatment of a Class III, Subdivision Malocclusion: A Case Report (Part 1) Guilherme R.

Leia mais

Série Aparelhos Ortodônticos: Barra Transpalatina

Série Aparelhos Ortodônticos: Barra Transpalatina Série Aparelhos Ortodônticos barra transpalatina INTRODUÇÃO A barra transpalatina (BTP) tem sido aplicada na mecânica ortodôntica de forma crescente e em muitas situações clínicas. Isto pela característica

Leia mais

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL. http://www.bbo.org.br [acesso em 15/02/2009, 07h30] Especificação dos Casos quanto às Categorias

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL. http://www.bbo.org.br [acesso em 15/02/2009, 07h30] Especificação dos Casos quanto às Categorias BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL http://www.bbo.org.br [acesso em 15/02/2009, 07h30] Especificação dos Casos quanto às Categorias A escolha dos casos a serem apresentados deverá seguir

Leia mais

O setup ortodôntico como método auxiliar de diagnóstico e planejamento

O setup ortodôntico como método auxiliar de diagnóstico e planejamento Dica Clínica O setup ortodôntico como método auxiliar de diagnóstico e planejamento Hallissa Simplício*, Ary dos Santos-Pinto**, Marcus Vinicius Almeida de Araújo***, Sergei Godeiro Fernandes Rabelo Caldas****,

Leia mais

O aparelho de Herbst com Cantilever (CBJ) Passo a Passo

O aparelho de Herbst com Cantilever (CBJ) Passo a Passo O aparelho de Herbst com Cantilever (CBJ) Passo a Passo çã APARELHO DE HERBST COM CANTILEVER (CBJ) MAYES, 1994 Utiliza quatro coroas de açoa o nos primeiros molares e um cantilever,, a partir dos primeiros

Leia mais

RECUPERADORES DE ESPAÇO

RECUPERADORES DE ESPAÇO RECUPERADORES DE ESPAÇO Conceito Recuperadores de espaço são usados para recuperar o espaço perdido nas arcadas dentárias. Eles verticalizam os dentes que inclinaram, depois que outros foram perdidos.

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO APARELHO Componentes do aparelho extrabucal 3

APRESENTAÇÃO DO APARELHO Componentes do aparelho extrabucal 3 Série Aparelhos Ortodônticos EXTRABUCAL INTRODUÇÃO A ancoragem extrabucal ainda é um dos recursos mais utilizados e recomendados no tratamento da má oclusão de Classe II, primeira divisão, caracterizada

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE/ SOEBRAS ALINE LOPES GÓS

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE/ SOEBRAS ALINE LOPES GÓS 1 INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE/ SOEBRAS ALINE LOPES GÓS BRAQUETES: TIPOS E PRESCRIÇÕES SANTO ANDRÉ 2013 2 ALINE LOPES GÓS BRAQUETES: TIPOS E PRESCRIÇÕES Monografia apresentada ao colegiado de

Leia mais

Mini-implantes ortodônticos como auxiliares da fase de retração anterior

Mini-implantes ortodônticos como auxiliares da fase de retração anterior A r t i g o In é d i t o Mini-implantes ortodônticos como auxiliares da fase de retração anterior Carlo Marassi*, Cesar Marassi** Resumo Introdução: os mini-implantes ortodônticos se estabeleceram como

Leia mais

O tipo facial e a morfologia do arco dentário no planejamento ortodôntico

O tipo facial e a morfologia do arco dentário no planejamento ortodôntico Caso Clínico O tipo facial e a morfologia do arco dentário no planejamento ortodôntico Alexandre de Almeida Ribeiro* Resumo A morfologia do arco dentário está relacionada diretamente com as demais partes

Leia mais

Padrões cefalométricos de Ricketts aplicados a indivíduos brasileiros com oclusão excelente

Padrões cefalométricos de Ricketts aplicados a indivíduos brasileiros com oclusão excelente T ÓPICO ESPECIAL Padrões cefalométricos de Ricketts aplicados a indivíduos brasileiros com oclusão excelente Masato Nobuyasu**, Minol Myahara***, Tieo Takahashi****, Adélqui Attizzani****, Hiroshi Maruo*****,

Leia mais

Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso

Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso Caso Clínico Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso José Euclides Nascimento* Luciano da Silva

Leia mais

Avaliação da Precisão da Acuidade Visual no Posicionamento dos Acessórios Ortodônticos

Avaliação da Precisão da Acuidade Visual no Posicionamento dos Acessórios Ortodônticos Artigo Inédito Avaliação da Precisão da Acuidade Visual no Posicionamento dos Acessórios Ortodônticos Accuracy Assessment of Visual Acuity in Orthodontic Accessories Placement Arnaldo Pinzan Resumo O propósito

Leia mais

Programa Laboratorial (hands on em Manequim)

Programa Laboratorial (hands on em Manequim) PROGRAMA DE CURSO DE EXCELÊNCIA EM ORTODONTIA COM 8 MÓDULOS DE 2 DIAS MENSAIS Prof. ROQUE JOSÉ MUELLER - Tratamento Ortodôntico de alta complexidade em adultos : diagnóstico, planejamento e plano de tratamento.

Leia mais

Mordida Profunda Definição. Trespasse vertical

Mordida Profunda Definição. Trespasse vertical Mordida Profunda Definição Trespasse vertical Mordida Profunda Diagnóstico Os fatores que contribuem variam de acordo com a oclusão: u Em boas oclusões é determinda por fatores dentários: t Comprimento

Leia mais

PRISCILLA MENDES CORREA VICTOR

PRISCILLA MENDES CORREA VICTOR FUNORTE-FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS NÚCLEO NITERÓI-SMILE ODONTOLOGIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA TRATAMENTO DA SOBREMORDIDA: RELATO DE CASO CLÍNICO PRISCILLA MENDES CORREA VICTOR Monografia

Leia mais

Setup: um Auxílio no Diagnóstico Ortodôntico

Setup: um Auxílio no Diagnóstico Ortodôntico Setup: um Auxílio no Diagnóstico Ortodôntico CASO CLÍNICO Setup: a Diagnosis Assistance in Orthodontics Michelle Santos VIANNA* Armando Yukio SAGA** Fernando Augusto CASAGRANDE*** Elisa Souza CAMARGO****

Leia mais

Tratamento ortodôntico-cirúrgico da má oclusão de Classe III

Tratamento ortodôntico-cirúrgico da má oclusão de Classe III Caso Clínico Tratamento ortodôntico-cirúrgico da má oclusão de Classe III Eloísa Marcântonio Boeck*, Silvia Amelia S. Vedovello**, Adriana Simoni Lucato***, Maria Beatriz Borges de Araújo Magnani****,

Leia mais

Hugo Trevisi Reginaldo Trevisi Zanelato. O Estado da arte na. Ortodontia APARELHO AUTOLIGADO, MINI-IMPLANTE E EXTRAÇÕES DE SEGUNDOS MOLARES

Hugo Trevisi Reginaldo Trevisi Zanelato. O Estado da arte na. Ortodontia APARELHO AUTOLIGADO, MINI-IMPLANTE E EXTRAÇÕES DE SEGUNDOS MOLARES Hugo Trevisi Reginaldo Trevisi Zanelato O Estado da arte na Ortodontia APARELHO AUTOLIGADO, MINI-IMPLANTE E EXTRAÇÕES DE SEGUNDOS MOLARES O estado da arte na Ortodontia o estado da arte na Ortodontia

Leia mais

CURSOS ICMDS INICIAÇÃO Á ORTODONTIA COM APARELHOS AUTOLIGÁVEIS

CURSOS ICMDS INICIAÇÃO Á ORTODONTIA COM APARELHOS AUTOLIGÁVEIS CURSOS ICMDS INICIAÇÃO Á ORTODONTIA COM APARELHOS AUTOLIGÁVEIS OBJECTIVOS O curso básico de ortodontia tem por objetivo possibilitar o médico dentista, por meio de conhecimento e treinamento técnico científico,

Leia mais

Angulação dos Caninos em Indivíduos Portadores de Má Oclusão de Classe I e

Angulação dos Caninos em Indivíduos Portadores de Má Oclusão de Classe I e Angulação dos Caninos em Indivíduos Portadores de Má Oclusão de Classe I e de Classe III- Análise comparativa através de um novo método utilizando imagens digitalizadas. Antonio David Corrêa Normando *

Leia mais

1. Introdução. 2. Fios ortodônticos. Centro de Pós Graduação em Ortodontia

1. Introdução. 2. Fios ortodônticos. Centro de Pós Graduação em Ortodontia 1. Introdução O alinhamento e o nivelamento é o primeiro estágio do tratamento ortodôntico com aparelho fixo. Alinhamento significa colocar os braquetes e os tubos alinhados no sentido vestibulolingual.

Leia mais

INCISIVOS INCISIVO CENTRAL SUPERIOR INCISIVO LATERAL SUPERIOR INCISIVO CENTRAL INFERIOR INCISIVO LATERAL INFERIOR CANINOS

INCISIVOS INCISIVO CENTRAL SUPERIOR INCISIVO LATERAL SUPERIOR INCISIVO CENTRAL INFERIOR INCISIVO LATERAL INFERIOR CANINOS INCISIVOS Os incisivos permanentes são o primeiro e segundo dente a contar da linha média; Juntamente com os caninos constituem os dentes anteriores; Os incisivos superiores são geralmente maiores que

Leia mais

IGC - Índice do Grau de Complexidade

IGC - Índice do Grau de Complexidade IGC - Índice do Grau de Complexidade Uma medida da complexidade do caso DI -American Board of Orthodontics Autorização American Board of Orthodon1cs- ABO Atualização: 13.05.2013 12. Outros Itens pontuados

Leia mais

TYPODONT. 1 - Partes Constituintes: 1.1 - Bases 1.2 - Plataformas de Suporte

TYPODONT. 1 - Partes Constituintes: 1.1 - Bases 1.2 - Plataformas de Suporte TYPODONT 1 - Partes Constituintes: 2 - Preparo: 3 - Finalidade: 4 - Dentes: 1.1 - Bases 1.2 - Plataformas de Suporte 1.3 - Hastes 1.4 - Parafusos de Fixação das Bases 1.5 - Parafusos de Fixação dos Guias

Leia mais

Confecção e instalação do Sky Hook

Confecção e instalação do Sky Hook Dica Clínica Confecção e instalação do Sky Hook Preparing and fitting the Sky Hook Laurindo Zanco Furquim * Resumo Nos casos de Classe III, principalmente naqueles com deficiência maxilar, o protocolo

Leia mais

Borracha Natural - conservação amônia. vulcanizado. Sintéticos carvão,petróleo e álcoois vegetais TIPOS DE ELÁSTICOS

Borracha Natural - conservação amônia. vulcanizado. Sintéticos carvão,petróleo e álcoois vegetais TIPOS DE ELÁSTICOS Curso de Aperfeiçoamento em Ortodontia Elásticos TIPOS DE ELÁSTICOS Borracha Natural - conservação amônia sensível ao ozônio vulcanizado Sintéticos carvão,petróleo e álcoois vegetais Elasticidade é a propriedade

Leia mais

REAÇÕES TECIDUAIS ÀS FORÇAS ORTODÔNTICAS

REAÇÕES TECIDUAIS ÀS FORÇAS ORTODÔNTICAS REAÇÕES TECIDUAIS ÀS FORÇAS S DENTES ORTODONTIA FORÇA MOVIMENTO -Inicialmente,na Era Cristã, preconizava-se pressões digitais nos dentes mal posicionados visando melhorar a harmonia dos arcos dentários.

Leia mais

Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior

Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior A RTIGO DE D IVULGA ÇÃO Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior Roberto M. A. LIMA FILHO*, Anna Carolina LIMA**, José H. G. de OLIVEIRA***, Antonio C. de

Leia mais

incisivos inferiores 1,3,4,6. Há também um movimento do nariz para frente, tornando o perfil facial menos côncavo e, conseqüentemente,

incisivos inferiores 1,3,4,6. Há também um movimento do nariz para frente, tornando o perfil facial menos côncavo e, conseqüentemente, Série Aparelhos Ortodônticos MÁSCARA FACIAL INTRODUÇÃO Inúmeras formas de tratamento têm sido relatadas para a correção precoce da má oclusão de Classe III. No entanto, talvez por muitos casos necessitarem

Leia mais

RODRIGO PADILHA DE CARVALHO DISTALIZAÇÃO DE MOLARES SUPERIORES

RODRIGO PADILHA DE CARVALHO DISTALIZAÇÃO DE MOLARES SUPERIORES 0 RODRIGO PADILHA DE CARVALHO DISTALIZAÇÃO DE MOLARES SUPERIORES ITAPERUNA/RJ 2011 0 RODRIGO PADILHA DE CARVALHO DISTALIZAÇÃO DE MOLARES SUPERIORES Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso de

Leia mais

Viseu, 6 de Novembro de 2008. Dentição Decidua. UBM IV 2ºano. Mestrado Integrado em Medicina Dentária Octávio Ribeiro

Viseu, 6 de Novembro de 2008. Dentição Decidua. UBM IV 2ºano. Mestrado Integrado em Medicina Dentária Octávio Ribeiro Viseu, 6 de Novembro de 2008 Dentição Decidua UBM IV 2ºano Mestrado Integrado em Medicina Dentária Octávio Ribeiro Dentição Decidua Funções Fisiológicas Funções Fisiológicas Mastigação Formação de um plano

Leia mais

Uma vez estando estabelecidos os conceitos de oclusão normal, a etapa. subseqüente do processo de aprendizado passa a ser o estudo das variações

Uma vez estando estabelecidos os conceitos de oclusão normal, a etapa. subseqüente do processo de aprendizado passa a ser o estudo das variações 1 INTRODUÇÃO Uma vez estando estabelecidos os conceitos de oclusão normal, a etapa subseqüente do processo de aprendizado passa a ser o estudo das variações desse padrão. Vale a pena relembrarmos a definição

Leia mais

Título: ALEXANDER DISCIPLINE, NOVO CONCEITO EM ORTODONTIA

Título: ALEXANDER DISCIPLINE, NOVO CONCEITO EM ORTODONTIA Título: ALEXANDER DISCIPLINE, NOVO CONCEITO EM ORTODONTIA Resumo: Sistema elaborado para se obter excelentes resultados de maneira simples e organizada, simplificando a mecânica ortodôntica reduzindo o

Leia mais

Abordagem Segmentada para Intrusão Simultânea ao Fechamento de Espaço: Biomecânica do Arco Base de Três Peças

Abordagem Segmentada para Intrusão Simultânea ao Fechamento de Espaço: Biomecânica do Arco Base de Três Peças rtigo Traduzido bordagem Segmentada para Intrusão Simultânea ao Fechamento de Espaço: iomecânica do rco ase de Três Peças Segmented pproach to Simultaneous Intrusion and Space Closure: iomechanics of the

Leia mais

Breve Panorama Histórico

Breve Panorama Histórico Análise Facial Breve Panorama Histórico Norman Kingsley Kingsley (final do séc.xix): s a articulação dos dentes secundária à aparência facial. Breve Panorama Histórico Edward Angle (in (início séc. s XX)

Leia mais

Individualização de Braquetes na Técnica de Straight-Wire: Revisão de Conceitos e Sugestão de Indicações para Uso

Individualização de Braquetes na Técnica de Straight-Wire: Revisão de Conceitos e Sugestão de Indicações para Uso Tópico Especial Individualização de Braquetes na Técnica de Straight-Wire: Revisão de Conceitos e Sugestão de Indicações para Uso Brackets Individualization in Straight-Wire Technique: Concepts Review

Leia mais

Correção da relação sagital entre os arcos dentais Classe II

Correção da relação sagital entre os arcos dentais Classe II Correção da relação sagital entre os arcos dentais Classe II CAPÍTULO 13 Karyna Martins do Valle-Corotti Danilo Furquim Siqueira INTRODUÇÃO Angle 1 definiu a maloclusão de Classe II como uma relação mesiodistal

Leia mais

CRONOGRAMA CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA. APROVADO: MEC e CFO

CRONOGRAMA CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA. APROVADO: MEC e CFO CRONOGRAMA CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA APROVADO: MEC e CFO 1º. MÓDULO: 1º. DIA: Apresentação da Especialização / Aula teórica de Classificação das Más-oclusões 2º. DIA: Aula teórica de Etiologia

Leia mais

Excelência estética obtida com diagnóstico, planejamento e tratamento integrados

Excelência estética obtida com diagnóstico, planejamento e tratamento integrados Caso Selecionado Excelência estética obtida com diagnóstico, planejamento e tratamento integrados Carlos Eduardo Francischone O caso clínico apresentado mostra resultados estéticos e funcionais excelentes,

Leia mais

Sliding Jig: confecção e mecanismo de ação

Sliding Jig: confecção e mecanismo de ação Dica Clínica Sliding Jig: confecção e mecanismo de ação Adriana Simoni Lucato* Eloísa Marcantônio Boeck* Silvia Amelia Scudeler Vedovello* João Sarmento Pereira Neto** Maria Beatriz Borges de Araújo Mangnani***

Leia mais

Instrução de Uso. Tubos. Tubo Simples Indicado para primeiros e segundos molares. Possui um único slot para alojar o arco intraoral.

Instrução de Uso. Tubos. Tubo Simples Indicado para primeiros e segundos molares. Possui um único slot para alojar o arco intraoral. Instrução de Uso Tubos Os Tubos tem por finalidade transferir os esforços de: Arcos Intra e extra orais; Molas e Elásticos; Distalizadores; Barras transpalatinas e Quad Helix ; Placas Lábioativas. Promovem

Leia mais

TÁGIDES Saúde e Bem-Estar

TÁGIDES Saúde e Bem-Estar TÁGIDES Saúde e Bem-Estar Estrada Nacional 1,Urbanização Quinta do Cabo, lojas 8 e 9, Povos 2600-009, Vila Franca de Xira Tel; 263209176 914376214 924376162 Email: tagides.sbe@gmail.com Ortodontia- Bases

Leia mais

INCISIVOS MAXILARES IMPACTADOS

INCISIVOS MAXILARES IMPACTADOS Miguel da Nóbrega Médico Especialista em Estomatologia DUO Faculdade de Cirurgia Dentária Universidade Toulouse miguel.nobrega@ortofunchal.com INCISIVOS MAXILARES IMPACTADOS ETIOLOGIA Aos anos, na maior

Leia mais

Estudo dirigido sobre premolares

Estudo dirigido sobre premolares Estudo dirigido sobre premolares 1 Miguel Carlos Madeira e Roelf Cruz Rizzolo http://www.anatomiafacial.com Material para ser impresso, com a autorização dos autores, exclusivamente para os alunos do primeiro

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS

CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS 31) Sobre a reabsorção localizada severa, é correto afirmar que a) os dentes com dilaceração são fatores de risco. b) o tratamento ortodôntico não é o principal fator etiológico.

Leia mais

Ortho In Lab. Resumo PROSTHESIS

Ortho In Lab. Resumo PROSTHESIS Planejamento e individualização da aparatologia ortodôntica conjugada aos mini-implantes ( DATs) Parte I Sítios de instalação uma área de risco controlado. Individualization of planning and orthodontic

Leia mais

TRATAMENTO DE UMA CLASSE II COM IMPACTAÇÃO DE CANINO E DE PRÉ-MOLAR

TRATAMENTO DE UMA CLASSE II COM IMPACTAÇÃO DE CANINO E DE PRÉ-MOLAR Miguel da Nóbrega Médico Especialista em Estomatologia DUO Faculdade de Cirurgia Dentária Universidade Toulouse miguel.nobrega@ortofunchal.com TRATAMENTO DE UMA CLASSE II COM IMPACTAÇÃO DE CANINO E DE

Leia mais

Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada?

Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada? Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada? A avaliação da estética facial, bem como sua relação com a comunicação e expressão da emoção, é parte importante no

Leia mais

BARRA TRANSPALATINA 1. INTRODUÇÃO

BARRA TRANSPALATINA 1. INTRODUÇÃO 1. INTRODUÇÃO BARRA TRANSPALATINA Para o ortodontista, no planejamento do tratamento de uma má oclusão, um dos fatores importantes a ser observado é o posicionamento dos primeiros molares e as relações

Leia mais

Áurea Cristina de Oliveira Corrêa

Áurea Cristina de Oliveira Corrêa FUNORTE-FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS NÚCLEO NITERÓI-SMILE ODONTOLOGIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA TRATAMENTO MINIMALISTA DAS MÁS OCLUSÕES DO PADRÃO FACE LONGA: RELATO DE CASO Áurea Cristina

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE/SOEBRÁS

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE/SOEBRÁS INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE/SOEBRÁS A IMPORTÂNCIA DA CORRETA INSTALAÇÃO DOS STOPS NOS ARCOS PARA UMA MELHOR EFICÁCIA DOS APARELHOS AUTOLIGADOS FABRÍCIO FIGUEIREDO MENDES Monografia apresentada

Leia mais

TIP-EDGE e a TÉCNICA DIFERENCIAL DO ARCO RETO.

TIP-EDGE e a TÉCNICA DIFERENCIAL DO ARCO RETO. TIP-EDGE e a TÉCNICA DIFERENCIAL DO ARCO RETO....Tip-Edge é um braquete com um slot edgewise modificado, pré-ajustado, que permite inclinação da coroa em uma direção e ainda cria ancoragem através de movimento

Leia mais

1 INTRODUÇÃO. O apinhamento pode ser definido como uma discrepância entre o perímetro

1 INTRODUÇÃO. O apinhamento pode ser definido como uma discrepância entre o perímetro 1 1 INTRODUÇÃO O apinhamento pode ser definido como uma discrepância entre o perímetro do arco dentário presente e o tamanho do arco dentário requerido para alinhar e posicionar corretamente os dentes.

Leia mais

O posicionamento vertical dos acessórios na montagem do aparelho ortodôntico fixo*

O posicionamento vertical dos acessórios na montagem do aparelho ortodôntico fixo* A r t i g o I n é d i t o O posicionamento vertical dos acessórios na montagem do aparelho ortodôntico fixo* Valéria Fernandes Vianna**, José Nelson Mucha*** Resumo A montagem do aparelho fixo representa

Leia mais

JOÃO SABINO DE PAULA OLIVEIRA CONTENÇÃO ORTODÔNTICA

JOÃO SABINO DE PAULA OLIVEIRA CONTENÇÃO ORTODÔNTICA JOÃO SABINO DE PAULA OLIVEIRA CONTENÇÃO ORTODÔNTICA Londrina 2015 JOÃO SABINO DE PAULA OLIVEIRA CONTENÇÃO ORTODÔNTICA Londrina 2015 JOÃO SABINO DE PAULA OLIVEIRA CONTENÇÃO ORTODÔNTICA Trabalho de Conclusão

Leia mais

Técnicas radiográficas. Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia. Técnicas Radiográficas Intraorais. Técnicas Radiográficas

Técnicas radiográficas. Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia. Técnicas Radiográficas Intraorais. Técnicas Radiográficas Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia Técnicas radiográficas Divididas em dois grandes grupos: Técnicas Intraorais Profª Paula Christensen Técnicas Radiográficas Técnicas Extraorais Técnicas

Leia mais

Dr Christian Coachman. Dr Guilherme Cabral. Dr Braulio Paolucci

Dr Christian Coachman. Dr Guilherme Cabral. Dr Braulio Paolucci Protócolo Wax-up Dr Christian Coachman Dr Guilherme Cabral Dr Braulio Paolucci Volume 3D / Posicão 3D Centrais 1. Encerar sobre a linha mediana antiga!! 2. Encerar os 2 centrais em um bloco de cera 3.

Leia mais

OCLUSÃO! ! Posições mandibulares. ! Movimentos mandibulares. ! Equilíbrio de forças atuantes - vestibulolingual

OCLUSÃO! ! Posições mandibulares. ! Movimentos mandibulares. ! Equilíbrio de forças atuantes - vestibulolingual Universidade de Brasília Departamento de Odontologia OCLUSÃO! NOÇÕES DE OCLUSÃO! Estudo das relações estáticas e dinâmicas entre as estruturas do sistema mastigatório!! Movimentos mandibulares Disciplina

Leia mais

manter um dente recém- período suficientemente prolongado correção ortodôntica que se conceito polêmico.

manter um dente recém- período suficientemente prolongado correção ortodôntica que se conceito polêmico. Introdução CONTENÇÕES EM ORTODONTIA em ortodontia é o procedimento para manter um dente recém- movimentado em posição por um período suficientemente prolongado para assegurar a manutenção da correção ortodôntica

Leia mais

Boa leitura a todos e aguardamos seus comentários e sugestões. Ricardo Moresca

Boa leitura a todos e aguardamos seus comentários e sugestões. Ricardo Moresca Orthodontic Science and Practice. 2012; 5(19):261-274. 261 A Classe II é uma das más oclusões mais frequentes entre os pacientes que buscam pelo tratamento ortodôntico e a sua correção pode representar

Leia mais

Descrição do Método de Contenção Fixa, com Livre Acesso do Fio Dental

Descrição do Método de Contenção Fixa, com Livre Acesso do Fio Dental Dica Clínica Descrição do Método de Contenção Fixa, com Livre Acesso do Fio Dental Description of the Method of Fixed Retention, with Free Access of the Dental Floss Jaime Sampaio Bicalho * Karla Tonelli

Leia mais

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO ESTUDAR COM ATENÇÃO AMPLIAR AS IMAGENS PARA OBSERVAR OS DETALHES O periodonto (peri= em redor de; odontos = dente) compreende a gengiva, o ligamento periodontal,

Leia mais

Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico. Ana Paula Bonotto

Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico. Ana Paula Bonotto Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico Ana Paula Bonotto Retração anterior em massa versus retração anterior em duas fases no fechamento de espaços. CURITIBA 2013 Ana Paula Bonotto

Leia mais

Alderico Artese. Antônio Carlos Peixoto da Silva. Professor Adjunto de Ortodontia da UFRJ e UERJ

Alderico Artese. Antônio Carlos Peixoto da Silva. Professor Adjunto de Ortodontia da UFRJ e UERJ E n t r e v i s t a Foi com muita honra e satisfação que aceitamos a incumbência da coordenar esta entrevista, cujo espaço a Dental Press teve a feliz iniciativa de dedicar aos expoentes da

Leia mais

Corte total. Qualquer pessoa que já tenha visto um regis- A U L A

Corte total. Qualquer pessoa que já tenha visto um regis- A U L A A U L A 11 11 Corte total Introdução Qualquer pessoa que já tenha visto um regis- tro de gaveta, como o que é mostrado a seguir, sabe que se trata de uma peça complexa, com muitos elementos internos. Se

Leia mais

Verticalização de Molares

Verticalização de Molares Curso de Aperfeiçoamento em Ortodontia Verticalização de Molares Prof.: Paulo César Principais causas 1. Perdas precoce de molares decíduos Principais causas 2. Anodontia de 2 pré-molares !"#$"$%&'()*(+,($%-"%.+/0.+"123!

Leia mais

Mesialização de molares com ancoragem em mini-implantes

Mesialização de molares com ancoragem em mini-implantes A r t i g o In é d i t o Mesialização de molares com ancoragem em mini-implantes Marcos Janson*, Daniela Alcântara Fernandes Silva** Resumo Introdução: é muito comum, na rotina do consultório odontológico,

Leia mais

Balsamo M. Cosmética em anomalias dentais. Dental Science - Clin e Pesq Integrada 2007; 1(2); 134-140.

Balsamo M. Cosmética em anomalias dentais. Dental Science - Clin e Pesq Integrada 2007; 1(2); 134-140. Ponto de contato................... Marcelo Balsamo* Balsamo M.. - Clin e Pesq Integrada 2007; 1(2); 134-140. blemas estéticos decorrentes de anomalias dentárias, sejam elas ocasionadas por fatores de

Leia mais

A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria

A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria The importance of early diagnosis and intervention in the treatment of malocclusion in pediatric dentistry

Leia mais

Ana Sofia Mendonça Borges

Ana Sofia Mendonça Borges Ana Sofia Mendonça Borges Abordagem Ortodôntica da Gestão de Espaço em Dentição Mista ANEXOS Universidade Fernando Pessoa Faculdade de Ciências da Saúde Porto, 2011 Índice de Anexos Anexo 1 - Representação

Leia mais

AVALIAÇÃO DA OCLUSÃO DE PACIENTES TRATADOS ORTODONTICAMENTE COM APARELHO FIXO

AVALIAÇÃO DA OCLUSÃO DE PACIENTES TRATADOS ORTODONTICAMENTE COM APARELHO FIXO UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE ODONTOLOGIA THIAGO BERNARDES NUNES OBERDAM THIESEN FERREIRA AVALIAÇÃO DA OCLUSÃO DE PACIENTES TRATADOS ORTODONTICAMENTE COM APARELHO

Leia mais

Tracionamento ortodôntico de incisivos central e lateral superiores impactados: caso clínico

Tracionamento ortodôntico de incisivos central e lateral superiores impactados: caso clínico Caso Clínico Tracionamento ortodôntico de incisivos central e lateral superiores impactados: caso clínico Plínio Coutinho Vilas Boas*, Luís Antônio Alves Bernardes**, Matheus Melo Pithon***, Diogo Piacentini

Leia mais

5 Discussão dos Resultados

5 Discussão dos Resultados 87 5 Discussão dos Resultados No procedimento de análises das imagens gráficas obtidas nas simulações pelo método de elementos finitos, comparou-se a distribuição das tensões nas restaurações com material

Leia mais

Tratamento cirúrgico da má oclusão de Classe III dentária e esquelética

Tratamento cirúrgico da má oclusão de Classe III dentária e esquelética Caso Clínico BBO Tratamento cirúrgico da má oclusão de Classe III dentária e esquelética Ione Helena Vieira Portella Brunharo 1 O preparo ortodôntico para tratamento cirúrgico do padrão esquelético de

Leia mais

Extração atípica de incisivos centrais superiores: relato de caso clínico Atypical extraction of maxillary central incisors: case report

Extração atípica de incisivos centrais superiores: relato de caso clínico Atypical extraction of maxillary central incisors: case report RELATO DE CASO Extração atípica de incisivos centrais superiores: relato de caso clínico Atypical extraction of maxillary central incisors: case report MARCOS VALÉRIO FERRARI 1 JOSÉ RICARDO SCANAVINI 2

Leia mais

Proposta para a Padronização das Tomadas Fotográficas Intrabucais, com Finalidade Ortodôntica

Proposta para a Padronização das Tomadas Fotográficas Intrabucais, com Finalidade Ortodôntica Artigo Inédito Relatos clínicos e de técnicas, investigações científicas e revisões literárias Proposta para a Padronização das Tomadas Fotográficas Intrabucais, com Finalidade Ortodôntica A fotografia

Leia mais

Aula 4: TÉCNICA RADIOGRÁFICA INTRA-ORAL

Aula 4: TÉCNICA RADIOGRÁFICA INTRA-ORAL Aula 4: TÉCNICA RADIOGRÁFICA INTRA-ORAL Técnicas Radiográficas Periapical Exame do dente e osso alveolar que o rodeia; Interproximal Diagnóstico de cáries proximais, excessos marginais de restaurações;

Leia mais

MOLDAGEM E CONFECÇÃO DE MODELO DE ESTUDO

MOLDAGEM E CONFECÇÃO DE MODELO DE ESTUDO MOLDAGEM E CONFECÇÃO DE MODELO DE ESTUDO Prof. Dr. Alfredo Júlio Fernandes Neto - 2005 A obtenção do molde e posterior modelo de estudo em gesso é um procedimento crítico e, como em qualquer outro trabalho

Leia mais

Carta de formas de dentes

Carta de formas de dentes modernas obras de arte Carta de formas de dentes SR Phonares NHC SR PhonaresTyp NHC SR PhonaresLingual NHC CRITÉRIO DE SELEÇÃO DENTES ANTERIORES Diversos modelos de dentes desenvolvidos para combinar com

Leia mais

! 1. Alterar forma e/ou cor vestibular dos dentes; 2. Realinhar dentes inclinados para lingual. Restaurações estéticas anteriores diretas.

! 1. Alterar forma e/ou cor vestibular dos dentes; 2. Realinhar dentes inclinados para lingual. Restaurações estéticas anteriores diretas. Restaurações estéticas anteriores diretas. O crescente desenvolvimento de materiais resinosos e técnicas adesivas, possibilita o planejamento e execução de restaurações de resina composta na dentição anterior.

Leia mais

Utilização do Aparelho Progênico para Correção das Mordidas Cruzadas Anteriores

Utilização do Aparelho Progênico para Correção das Mordidas Cruzadas Anteriores Tópico Especial Tema desenvolvido pelo conselho editorial abordando assuntos de interesse da classe ortodôntica Utilização do Aparelho Progênico para Correção das Mordidas Cruzadas Anteriores O direcionamento

Leia mais

Kit de Teste GrandTEC

Kit de Teste GrandTEC Kit de Teste GrandTEC Cara Utilizadora, Caro Utilizador, Este Kit de Teste foi criado para que possa experimentar num modelo a aplicação das tiras GrandTEC, confeccionadas em fibra de vidro impregnadas

Leia mais

Estudo comparativo de diferentes prescrições de braquetes pré-ajustados em modelos virtuais pelo Método de Elementos Finitos

Estudo comparativo de diferentes prescrições de braquetes pré-ajustados em modelos virtuais pelo Método de Elementos Finitos A r t i g o I n é d i t o Estudo comparativo de diferentes prescrições de braquetes pré-ajustados em modelos virtuais pelo Método de Elementos Finitos Murilo Fernando Neuppmann Feres*, Ênio Tonani Mazzieiro**,

Leia mais