FILOSOFIA DO SERVIÇO DE PÓS-VENDA TOYOTA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FILOSOFIA DO SERVIÇO DE PÓS-VENDA TOYOTA"

Transcrição

1 FILOSOFIA DO SERVIÇO DE PÓS-VENDA TOYOTA Toyota do Brasil Pós-venda

2

3 Capítulo 1 - O que o Cliente espera do Serviço de Pós-Venda Capítulo 2 - A Filosofia do Serviço de Pós-Venda Toyota Definindo a Filosofia do Serviço de Pós-Venda da Toyota...16 Os elementos fundamentais dos serviços de pós-vendas...18 (1) Precisão...18 (2) Dedicação...22 (3) Kaizen...23 (4) Confiança...28 Posicionamento nos valores da Toyota...31 A história do Serviço de Pós-Venda na Toyota...32 Capítulo 3 - Recompensado com um sorriso Colocando a Filosofia de Serviço de Pós-Venda Toyota em Prática...37 Serviço de Pós-Venda para Clientes...38 Introdução O mercado automotivo está em constante mudança e evolução. Para assegurar que o Cliente continue a escolher a Toyota, devemos estar conscientes e responder as mudanças para garantir que sempre estejamos oferecendo Produtos e Serviços capazes de realmente satisfazer cada geração de Clientes. Desde a fundação da Toyota, o pensamento no qual está baseado o Serviço de Pós-Venda é oferecer serviços de qualidade para veículos cada vez melhores. Ao fazer isso, temos como objetivo satisfazer nosso Cliente, ganhar a sua confiança e tornar nosso Cliente um fã da marca Toyota. Neste ambiente de mudanças, a única forma de estar certo de que estamos oferecendo Serviço de Pós-Venda de qualidade é praticando o conceito de Cliente em Primeiro Lugar, o qual tem sempre guiado a Toyota. Para atingir este objetivo, é essencial que todos os colaboradores da Toyota, sejam eles do Distribuidor, da Toyota do Brasil e da Toyota Motor Corporation, trabalhem em conjunto e com o mesmo alinhamento. Este livreto explica os fundamentos do conceito de Cliente em Primeiro Lugar aplicados na prática do dia-a-dia. Compartilhando esta Filosofia com os colaboradores da Rede de Distribuidores será possível estabelecer um entendimento comum dos valores do Serviço de Pós-Venda e estimular um sentimento de grupo para promover um grande aprimoramento da qualidade do Serviço de Pós-Venda para atingir um nível de qualidade de serviço que somente a Toyota pode oferecer. Trabalhando juntos, vamos pensar sempre em como podemos oferecer o melhor para nosso Cliente.

4 Clientes querem estilos de vida com mobilidade e reconhecimento Para nossos Clientes, seus veículos são bens preciosos. Os Clientes desejam estilos de vida com recompensas e reconhecimento, e seus veículos tem grande importância nisto. Os Clientes podem assumir o incômodo de levar seus veículos a um Distribuidor para revisão ou reparo afim de mantê-los em boas condições para desfrutar dos benefícios da mobilidade. Para ilustrar isso, imagine como um Cliente se sentiria se experimentasse uma das seguintes situações: O Cliente levou o veículo ao Distribuidor Toyota porque ele estava fazendo um barulho. O Distribuidor identificou a razão disso e reparou o veículo na primeira vez. Depois disso, o veículo não fez mais o ruído. Quando o Cliente levou o veículo ao Distribuidor Toyota para uma visita de manutenção, os colaboradores da recepção o chamaram pelo nome! O que os Clientes esperam do Serviço de Pós-Venda Embora o Distribuidor Toyota não tivesse em estoque algumas peças indispensáveis para reparar seu veículo, ele explicou a situação ao Cliente e as peças necessárias foram providenciadas o mais rápido possível e o serviço foi realizado no prazo prometido. Oferecer sempre, um Serviço de Pós-Venda de alta qualidade convencerá o Cliente a continuar com a Toyota e dará a ele certeza de que pode falar conosco sobre qualquer necessidade e a confiança de que o Distribuidor cuidará de tudo para ele. Muito obrigado! (Trarei meu carro aqui da próxima vez!) Por outro lado, imagine o cliente em uma das situações abaixo: O Cliente levou seu veículo ao Distribuidor Toyota para reparálo, mas depois de algum tempo, o mesmo problema voltou a acontecer. Embora o Cliente tenha levado seu veículo de volta ao Distribuidor Toyota, ele não está confiante de que o Distribuidor será capaz de resolver adequadamente o problema. O Cliente foi buscar o veículo no Distribuidor Toyota no prazo prometido, mas o serviço ainda estava sendo realizado. Fizeram com que ele esperasse um longo tempo. 11

5 Quando uma peça diferente daquela pedida pelo Distribuidor for enviada, ou seja, o serviço não pode ser concluido a tempo e o cliente teve que esperar ainda mais. Em experiências como estas, talvez o Cliente não queira mais ter seu veículo reparado em um Distribuidor Toyota, ou até mesmo não deseje mais ter um Toyota. Não importa o quão satisfeito o Cliente estava com seu Toyota até o momento, basta uma pequena experiência negativa para afetar a sua satisfação. Além disso, ainda existe o risco de que toda a confiança construída seja destruída. Para agravar o problema, é provável que o Cliente insatisfeito conte aos amigos e familiares sobre sua experiência negativa. (Nunca mais trarei meu carro aqui!) O que os Clientes esperam do Serviço de Pós-Venda Serviço de Pós-Venda: ajudando os Clientes a desfrutarem de seus veículos ao máximo. O relacionamento da Toyota com os Clientes começa quando um veículo novo é vendido, e inclui várias outras ocasiões de contato. A maioria desses contatos ocorre através dos Serviços de Pós-Venda. Por isso, é essencial que cada colaborador do Pós-Venda coloque o Cliente em Primeiro Lugar a cada contato, sempre se perguntando: o Cliente ficará satisfeito com o Serviço que estou oferecendo? Considerando que muitos dos contatos com o Cliente ocorrem durante o Serviço de Pós-Venda, pode-se dizer que o Pós-Venda representa a cara da Toyota. 13

6

7 Definindo a Filosofia do Serviço de Pós-Venda da Toyota A Filosofia do Serviço de Pós-Venda da Toyota é o guia que orienta todos os Colaboradores para fornecer aos Clientes o serviço de qualidade que eles esperam. A Filosofia do Serviço de Pós-Venda Toyota é definida através de uma fórmula muito simples: Filosofia do Serviço de Pós-Venda da Toyota Se realmente estivermos comprometidos em satisfazer nossos Clientes e conquistar a confiança deles, devemos manter as promessas que fazemos em relação a qualidade, preços e tempo de entrega, ao mesmo tempo que devemos entregar um Serviço de Pós-Venda inigualável, sincero e com dedicação. A Filosofia do Serviço de Pós-Venda da Toyota A fim de realmente praticar O Cliente em Primeiro Lugar, cada Colaborador de Pós-Venda deve continuamente manter estes valores em mente e se perguntar se sua ação e atitude geram serviços com Precisão e Dedicação. 17

8 Os elementos fundamentais do Pós-venda para o cliente. (1) Precisão O que deve ser feito para obter a precisão no Serviço de Pós-Venda? Do ponto de vista do Cliente, o Serviço de Pós-Venda da Toyota deve ser capaz de fazer diagnóstico de problemas com precisão, realizar as revisões e reparos sem que hajam retornos e cumprir as promessas de tempo de entrega e valor de serviço. A Filosofia do Serviço de Pós-Venda da Toyota 19

9 21

10 (2) Dedicação O outro elemento fundamental da Filosofia de Serviço de Pós-Venda da Toyota é a Dedicação. No contexto de Serviço de Pós-Venda da Toyota, Dedicação significa oferecer ambientes agradáveis e acolhedores. Comprometer-se com a solução do problema do Cliente e dar-lhe a hospitalidade que exceda suas expectativas. A Filosofia do Serviço de Pós-Venda da Toyota 23

11 A Filosofia do Serviço de Pós-Venda da Toyota (3) Prática contínua e Perseverança no Kaizen Prática contínua Prática contínua significa que cada Colaborador deve entregar um serviço preciso e com dedicação a cada Cliente em cada contato com ele. 25

12 Perseveransa no Kaizen Perseverança no Kaizen refere-se à necessidade de manter a evolução através da melhoria contínua para consistentemente oferecer a qualidade de serviço que supere as expectativas do Cliente. Com as expectativas dos Clientes não param de aumentar, é necessário continuar a elevar o nível de qualidade de nossos serviços para satisfazer os Clientes. A Filosofia do Serviço de Pós-Venda da Toyota O compromisso honesto, consistente e devotado à Prática contínua e A Relação Os elementos entre filosofia fundamentais e o método de vendas de precisão e atenção à Perseverança no Kaizen é o caminho para entregar um serviço com precisão e dedicação, elevando a qualidade do Serviço de Pós-Venda a um ponto que somente a Toyota pode chegar. A relação entre Definição a Filosofia de precisão de Atendimento em atendimento ao Cliente ao cliente. da Toyota e o Método Toyota em Vendas e Marketing Uma palavra sobre Segurança e 5S Quais são os elementos fundamentais que se combinam para alcançar Pra que a compreensão a precisão no fique atendimento ainda mais ao fácil, cliente? Segurança e 5S (segregar, descartar, identificar, criamos organizar, um simples manter) mé- são os todo fundamentos para descrever mais o básicos processo para pelos criar quais um o ambiente cliente compra que possa um veículo: o Método É Toyota simples: em basta Vendas fazermos e Marketing. nossa O parte processo diagnosticando é mostrado problemas nos gerar um Serviço de Pós-Venda com precisão e dedicação. abaixo. veículos precisamente, realizando a manutenção e os reparos de forma confiável e mantermos as promessas que fazemos aos clientes. Segurança sempre deve ser a prioridade número um. Nada é mais importante. Coloque-se no lugar do cliente. Some isso ao esforço do atendente para colocar O em atual prática Programa a o princípio da Toyota do Fix-it-Right Cliente em (reparo Primeiro Primo correto Lugar. na primeira vez) Pronto, agora é você um exemplo já sabe como de como é ser colocar um cliente em prática satisfeito. o princípio Assim ga- da precisão. Implementar o 5S cria um ambiente de trabalho seguro e confortável, além rantimos de que garantir eles se que tornem o trabalho clientes seja por realizado toda a vida. de forma natural e eficiente. Atendimento ao cliente contribui principalmente na etapa propriedade, garantindo que clientes possuam seus veículos com confiança. (4) Confiança A filosofia de atendimento ao cliente da Toyota é o pensamento que toda a equipe deve ter em mente durante todo o passo propriedade, a fim de fornecer produtos e serviços que satisfaçam os clientes. O que acontece quando o Cliente fica satisfeito? Ao executar o serviço de forma precisa e com dedicação, o Cliente fica satisfeito e nos recompensa com um sorriso. 27

13 Se continuarmos a satisfazer nossos Clientes, nossa relação com eles se tornará mais próxima e eles se sentirão mais seguros quanto a qualidade do serviço de Pós-venda que a Toyota oferece. Se continuarmos a manter um elevado nível de serviço, sempre observando a precisão de nosso trabalho e a dedicação no atendimento, o sentimento de segurança dos Clientes crescerá gradualmente e eles confiarão mais e mais nos Distribuidores da Toyota. Os Clientes que confiam na Toyota saberão que podem falar conosco sobre qualquer coisa. Em outras palavras, teremos criado um vínculo duradouro. Se pudermos estabelecer relacionamentos fortes e duradouros, os Clientes se tornarão fiéis a Toyota por toda a vida. O que vem após a confiança? Ao conquistar a confiança do Cliente, aumentamos o número de Clientes fiéis, que por sua vez aumentará o número de fãs da Toyota. Isso traz a estabilidade para as vendas de veículos e aumenta as receitas do Pós-Venda. Além disso, a longo prazo, os lucros obtidos podem ser reinvestidos no desenvolvimento de veículos e serviços ainda melhores. Neste processo, os Distribuidores devem ser os cinco sentidos da Toyota, detectando as necessidades dos Clientes e as transmitindo à Fábrica. Através deste ciclo, colocaremos sorrisos nos rostos de mais Clientes, ampliaremos a confiança deles na Toyota e aumentaremos o número de Clientes por toda a vida. A Filosofia do Serviço de Pós-Venda da Toyota Os Valores Toyota na Visão Global A fim de cumprir nossas responsabilidades como cidadãos e membros da sociedade, no início de 2011 a Toyota Motor Corporation estabeleceu a Visão Global como uma declaração dos ideais para serem compartilhados com os Colaboradores da Toyota em todo o mundo. 29

14 A Visão Global diz que nossa meta é sermos recompensados com um sorriso de nosso Cliente, por exceder suas expectativas. Na visão global, os valores da Toyota são representados pelas raízes da árvore. Compartilhar os mesmos valores e trabalhar para os mesmos objetivos são fatores vitais para concretizar a nossa visão Sistema de Valores da Toyota Na base dos valores da Toyota está o Cliente em Primeiro Lugar, o pensamento fundamental que é a base para tudo o que a Toyota faz. O Sistema de Valores da Toyota começa com os Preceitos Toyota no topo. A seguir estão os Princípios da Toyota e o Toyota Way. Sob ele está a aplicação do Toyota Way em cada área da Empresa. A Filosofia do Serviço de Pós-Venda da Toyota No Toyota Way em Vendas e Marketing, a Filosofia do Serviço de Pós- Venda reflete a forma de pensar para satisfazer as necessidades do Cliente no Pós-Venda. 31

15 Esperamos que todos os Colaboradores do Serviço de Pós-Venda se dediquem a praticar a Filosofia do Serviço de Pós-Venda da Toyota, e, assim, ofereçam o nível de satisfação de serviço que coloca um sorriso no rosto de cada Cliente. 4. A História da Filosofia do Serviço de Pós-Venda da Toyota O Nascimento da Filosofia do Serviço de Pós-Venda da Toyota: Precisão + Dedicação = Confiança A Filosofia do Serviço de Pós-Venda da Toyota (Precisão + Dedicação = Confiança) foi desenvolvida no Japão na década de 1970, a partir do princípio do Cliente em Primeiro Lugar. Na época, a demanda por veículos no Japão era crescente, com as vendas e passagens de oficina crescendo rapidamente. Os colaboradores de Pós-Venda dos Distribuidores tinham dificuldades para dar conta do volume de revisões e reparos. Era um mercado de vendas fáceis, e a consciência do Cliente em Primeiro Lugar ainda não estava implantada em todas as operações dos Distribuidores. A Filosofia do Serviço de Pós-Venda da Toyota Dada essa situação, a Toyota percebeu a necessidade de voltar às suas raízes e examinar cuidadosamente as atividades de Serviço de Pós-Venda. A partir daí nasceu a Filosofia do Serviço de Pós-Venda da Toyota. Esses valores, compartilhados com cada membro da Família Toyota, são os pilares que sustentam o Serviço de Pós-Venda da Toyota. Temos que buscar exaustivamente as questões eternas Considerações sobre de como satisfazer as expectativas dos clientes e o que beneficiaria as concessionárias. o Serviço de Pós-Venda Shoichiro Toyoda Estamos conscientes de que todos trabalham duro para fazer um serviço de alta qualidade e correto. Porém fazer o serviço não é o propósito de seu trabalho, o propósito é exceder as expectativas do cliente. Shotaro Kamiya 33

16 Implementando o conceito Precisão + Dedicação = Confiança Durante os anos 80, as vendas da Toyota fora do Japão cresceram rapidamente, e os veículos Toyota começaram a ser fabricados em outros países. A medida em que as vendas dos veículos cresciam, as expectativas dos Clientes também cresciam e se diversificavam. Naquela época, nos Estados Unidos, o foco começou a ser dado na Satisfação do Cliente, com indicadores divulgados nos meios de comunicação. Como consequência, iniciaram-se vários esforços para melhorar o Serviço de Pós-Venda com o objetivo de buscar índices de satisfação superiores aos dos concorrentes. Foi realizado um trabalho em conjunto com os Distribuidores sob o slogan TQS Toyota Quality Service (Serviço de Qualidade Toyota) e aos poucos, a conscientização sobre a importância da satisfação do cliente começou a crescer. Como vemos, o crescimento da Toyota em outros mercados necessitou cuidados especiais para manter a Satisfação do Cliente. No Brasil, a situação não será diferente, com uma concorrência forte e competidores que também trabalham duro para assegurar a Satisfação de seus Clientes e atraírem o Cliente Toyota para suas marcas. A Filosofia do Serviço de Pós-Venda da Toyota As raízes do Cliente em Primeiro Lugar. A imagem ao lado retrata um episódio acontecido na vida de Kiichiro Toyoda, o fundador da Toyota Motor Corporation, e demonstra o princípio do Cliente em Primeiro Lugar. Na década de 1930, o primeiro modelo de produção em massa da Toyota, o caminhão G1, foi lançado. Quando um desses veículos quebrou, o próprio Kiichiro e os engenheiros da Toyota imediatamente correram para ver o Cliente. Juntamente com os membros do Distribuidor, eles trabalharam incansavelmente para reparar o caminhão. Essa atitude em relação ao Cliente, o princípio do Cliente em Primeiro Lugar, tem sido passada de geração a geração como princípio fundamental desde a fundação da Toyota. 35

17

18 2. Serviço de Pós-Venda para Clientes Antes de terminar gostaríamos de compartilhar com vocês uma breve história. Os Três pedreiros Um dia, um viajante encontrou três pedreiros trabalhando sob um sol muito forte. O viajante perguntou a cada um dos três pedreiros o que eles estavam fazendo e cada um deles lhe deu uma resposta diferente. O primeiro pedreiro disse: Isso é bastante óbvio, não é? Estou assentando tijolos como meu chefe me disse para fazer. O segundo pedreiro disse Eu? Estou assentando tijolos para um templo. O terceiro pedreiro, no entanto, teve uma resposta um tanto quanto diferente. Eu estou construindo um lugar para as pessoas rezarem, dando paz e conforto para as pessoas no mundo, disse ele. Embora todos os três estivessem fazendo o mesmo trabalho, era o terceiro pedreiro que estava trabalhando com mais energia e demonstrando a maior criatividade e dedicação. Recompensado com um sorriso Se a mesma pergunta for feita sobre o seu trabalho? Como seria a resposta? 39

19

O papel da gerência em um ambiente de manufatura lean. Gary Convis, Presidente, Toyota Motor Manufacturing de Kentucky

O papel da gerência em um ambiente de manufatura lean. Gary Convis, Presidente, Toyota Motor Manufacturing de Kentucky O papel da gerência em um ambiente de manufatura lean Gary Convis, Presidente, Toyota Motor Manufacturing de Kentucky Tradução: Diogo Kosaka Gostaria de compartilhar minha experiência pessoal como engenheiro

Leia mais

Estratégia de Desenvolvimento de Pessoas em Ação

Estratégia de Desenvolvimento de Pessoas em Ação Estratégia de Desenvolvimento de Pessoas em Ação Caros colegas, orienta o modo como nossa organização trabalha para selecionar, desenvolver, motivar e valorizar o bem mais importante da Bausch + Lomb nossas

Leia mais

05/12/2006. Discurso do Presidente da República

05/12/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, no encerramento da 20ª Reunião Ordinária do Pleno Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social Palácio do Planalto, 05 de dezembro de 2006 Eu acho que não cabe discurso aqui,

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante cerimônia de assinatura de atos e declaração à imprensa

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante cerimônia de assinatura de atos e declaração à imprensa , Luiz Inácio Lula da Silva, durante cerimônia de assinatura de atos e declaração à imprensa Porto Príncipe-Haiti, 28 de maio de 2008 Meu caro amigo, presidente René Préval, presidente da República do

Leia mais

21 sacadas para levar o seu negócio para o próximo nível

21 sacadas para levar o seu negócio para o próximo nível Para quem é este livro? Este livro é para todas aquelas pessoas que fazem o que amam em seu trabalho mas não estão tendo o retorno que gostariam. Este mini guia com 21 sacadas é um resumo dos atendimentos

Leia mais

www.belcorp.biz VIII/09

www.belcorp.biz VIII/09 CÓDIGO DE ÉTICA www.belcorp.biz VIII/09 Na Belcorp acreditamos que cada pessoa tem o poder de transformar seus sonhos em realidade. Assumir este poder significa reconhecer que nossas ações e decisões têm

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

5º. Dia 3 de Março. Enxergando a vida do ponto de vista dedeus. Que é a sua vida? Tiago 4.14b; nvi

5º. Dia 3 de Março. Enxergando a vida do ponto de vista dedeus. Que é a sua vida? Tiago 4.14b; nvi 5º. Dia 3 de Março Enxergando a vida do ponto de vista dedeus Que é a sua vida? Tiago 4.14b; nvi Nós não vemos as coisas como são, mas como nós somos.anaïs Nin O modo de você enxergar sua vida molda sua

Leia mais

OBJETIVO VISÃO GERAL SUAS ANOTAÇÕES

OBJETIVO VISÃO GERAL SUAS ANOTAÇÕES OBJETIVO Assegurar a satisfação do cliente no pós-venda, desenvolvendo um relacionamento duradouro entre o vendedor e o cliente, além de conseguir indicações através de um sistema de follow-up (acompanhamento).

Leia mais

CERTIFICAÇÃO ISO PARA EMPRESÁRIOS. Um guia fácil para preparar e certificar sua empresa. Ricardo Pereira

CERTIFICAÇÃO ISO PARA EMPRESÁRIOS. Um guia fácil para preparar e certificar sua empresa. Ricardo Pereira CERTIFICAÇÃO ISO PARA EMPRESÁRIOS Um guia fácil para preparar e certificar sua empresa Ricardo Pereira Antes de começar por Ricardo Pereira Trabalhando na Templum Consultoria eu tive a rara oportunidade

Leia mais

O Círculo de Kaizen para a sustentação do Lean. I. Círculo de Kaizen: objetivos, estrutura, vínculos com os negócios e benefícios

O Círculo de Kaizen para a sustentação do Lean. I. Círculo de Kaizen: objetivos, estrutura, vínculos com os negócios e benefícios O Círculo de Kaizen para a sustentação do Lean Marino Kishida* As empresas que iniciaram a jornada lean frequentemente empolgam-se com os ganhos iniciais de produtividade, produção, qualidade, redução

Leia mais

www.poderdocoachingemgrupos.com.br

www.poderdocoachingemgrupos.com.br Pesquisa de Mercado A condução de pesquisas de mercado é uma das atividades mais eficazes e importantes que você pode fazer quando você estiver projetando seu coaching em grupo. Você vai se surpreender

Leia mais

O guia do profissional de Recursos Humanos. Como melhorar o desenvolvimento da equipe

O guia do profissional de Recursos Humanos. Como melhorar o desenvolvimento da equipe O guia do profissional de Recursos Humanos Como melhorar o desenvolvimento da equipe 1 Introdução 03 Conhecendo as dores do seu time 05 Investir nos colaboradores! 08 Estabelecendo metas 11 A meditação

Leia mais

GUIA DE AVALIAÇÃO DE CLIENTES PARA PROGRAMA DE RECUPERAÇÃO PÓS-DESASTRE

GUIA DE AVALIAÇÃO DE CLIENTES PARA PROGRAMA DE RECUPERAÇÃO PÓS-DESASTRE GUIA DE AVALIAÇÃO DE CLIENTES PARA PROGRAMA DE RECUPERAÇÃO PÓS-DESASTRE Este documento é uma tradução do crioulo haitiano e alguns termos foram adaptados para facilitar sua relevância para um público mais

Leia mais

E-book Grátis Como vender mais?

E-book Grátis Como vender mais? E-book Grátis Como vender mais? Emissão: 27/01/2015 Responsável: Luiz Carlos Becker Filho Cargo: Diretor Executivo E-book Grátis Como vender mais? Esse conteúdo pode realmente lhe ajudar: Premissas: Olá,

Leia mais

Medindo a Produtividade do Desenvolvimento de Aplicativos

Medindo a Produtividade do Desenvolvimento de Aplicativos Medindo a Produtividade do Desenvolvimento de Aplicativos Por Allan J. Albrecht Proc. Joint SHARE/GUIDE/IBM Application Development Symposium (October, 1979), 83-92 IBM Corporation, White Plains, New York

Leia mais

Compartilhando a Sua Fé

Compartilhando a Sua Fé Livrinho 2 Pàgina 4 Lição Um Compartilhando a Sua Fé O Propósito desta Lição Agora que você descobriu a alegria de pecados perdoados e de uma nova vida em Cristo, sem dúvida quer que os seus familiares

Leia mais

COMO FAZER PARA MANTER SEU CLIENTE SEMPRE ATIVO

COMO FAZER PARA MANTER SEU CLIENTE SEMPRE ATIVO COMO FAZER PARA MANTER SEU CLIENTE SEMPRE ATIVO COMO FAZER PARA MANTER SEU CLIENTE SEMPRE ATIVO! A FÓRMULA DEFINITIVA DE FIDELIZAÇÃO Parabéns pela opção que você fez de ler este livro digital. Tenha certeza

Leia mais

O sucesso de hoje não garante o sucesso de amanhã

O sucesso de hoje não garante o sucesso de amanhã Com certeza, esse final de século XX e começo de século XXI mudarão nossas vidas mais do que elas mudaram há 30-40 anos atrás. É muito difícil avaliar como será essa mudança, mas é certo que ela virá e

Leia mais

GESTÃO DA QUALIDADE E CERTIFICAÇÕES FUNDAMENTOS DA QUALIDADE

GESTÃO DA QUALIDADE E CERTIFICAÇÕES FUNDAMENTOS DA QUALIDADE GESTÃO DA QUALIDADE E CERTIFICAÇÕES FUNDAMENTOS DA QUALIDADE Roteiro Visão sobre Qualidade Cinco abordagens da Qualidade Expectativa e percepção Possíveis lacunas (GAPs) O que dizem os gurus da Qualidade

Leia mais

MEU PLANO DE AÇÃO EM MASSA 7 PASSOS PARA UM INCRÍVEL 2015!

MEU PLANO DE AÇÃO EM MASSA 7 PASSOS PARA UM INCRÍVEL 2015! MEU PLANO DE AÇÃO EM MASSA 7 PASSOS PARA UM INCRÍVEL 2015! Você sabia que 95% das pessoas que traçam planos de Ano Novo NUNCA os seguem adiante? A razão é que a maioria das pessoas não entende o processo

Leia mais

A APAE E A EDUCAÇÃO INCLUSIVA

A APAE E A EDUCAÇÃO INCLUSIVA A APAE E A EDUCAÇÃO INCLUSIVA - APRESENTAÇÃO 1- COMO SURGIU A IDÉIA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA? 2- O QUE SIGNIFICA INCLUSÃO ESCOLAR? 3- QUAIS AS LEIS QUE GARANTEM A EDUCAÇÃO INCLUSIVA? 4- O QUE É UMA ESCOLA

Leia mais

Transcrição de Entrevista n º 24

Transcrição de Entrevista n º 24 Transcrição de Entrevista n º 24 E Entrevistador E24 Entrevistado 24 Sexo Feminino Idade 47 anos Área de Formação Engenharia Sistemas Decisionais E - Acredita que a educação de uma criança é diferente

Leia mais

O maior desafio do Sistema Único de Saúde hoje, no Brasil, é político

O maior desafio do Sistema Único de Saúde hoje, no Brasil, é político O maior desafio do Sistema Único de Saúde hoje, no Brasil, é político Jairnilson Paim - define o SUS como um sistema que tem como característica básica o fato de ter sido criado a partir de um movimento

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt São Paulo-SP, 05 de dezembro de 2008 Presidente: A minha presença aqui

Leia mais

Sumário. Introdução - O novo hábito... 1. Capítulo 1 - Pra que serve tudo isso?... 3. Sobre o vocabulário... 4. Benefícios... 7

Sumário. Introdução - O novo hábito... 1. Capítulo 1 - Pra que serve tudo isso?... 3. Sobre o vocabulário... 4. Benefícios... 7 Sumário Introdução - O novo hábito... 1 Capítulo 1 - Pra que serve tudo isso?... 3 Sobre o vocabulário... 4 Benefícios... 7 Perguntas Frequentes sobre o Orçamento Doméstico... 10 Capítulo 2 - Partindo

Leia mais

Capítulo II O QUE REALMENTE QUEREMOS

Capítulo II O QUE REALMENTE QUEREMOS Capítulo II O QUE REALMENTE QUEREMOS Neste inicio de curso de Formação em Coaching e Mentoring do Sistema ISOR, eu quero fazer a seguinte pergunta: o que vocês mais querem da vida hoje? Alguém pode começar?

Leia mais

Desempenho de Operações. EAD 0763 Aula 2 Livro Texto Cap.2 Leonardo Gomes

Desempenho de Operações. EAD 0763 Aula 2 Livro Texto Cap.2 Leonardo Gomes Desempenho de Operações EAD 0763 Aula 2 Livro Texto Cap.2 Leonardo Gomes Agenda da aula 1 Desempenho de operações 2 Estudo de caso Capítulo 2- Desempenho de Operações Desempenho de operações Como avaliar

Leia mais

Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957.

Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957. Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957. FORMAÇÃO

Leia mais

Top Guia In.Fra: Perguntas para fazer ao seu fornecedor de CFTV

Top Guia In.Fra: Perguntas para fazer ao seu fornecedor de CFTV Top Guia In.Fra: Perguntas para fazer ao seu fornecedor de CFTV 1ª Edição (v1.4) 1 Um projeto de segurança bem feito Até pouco tempo atrás o mercado de CFTV era dividido entre fabricantes de alto custo

Leia mais

3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online. Por Tiago Bastos, Criador da Máquina de Vendas Online

3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online. Por Tiago Bastos, Criador da Máquina de Vendas Online Por Tiago Bastos 1 Se não pode subir a montanha, torne-se uma. Por Tiago Bastos 2 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online! Por Tiago Bastos Declaração De Ganhos Com O Uso De Nossos Produtos A empresa

Leia mais

COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS. Capítulo II: Metas de atividade

COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS. Capítulo II: Metas de atividade COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS Capítulo II: Metas de atividade Índice Introdução Defina o tipo certo de metas 03 5 2 Introdução Olá, Nessa segunda parte vamos comentar sobre como definir metas

Leia mais

Capítulo 15: TÉCNICAS PARA UMA ENTREVISTA DE TRABALHO

Capítulo 15: TÉCNICAS PARA UMA ENTREVISTA DE TRABALHO Capítulo 15: TÉCNICAS PARA UMA ENTREVISTA DE TRABALHO 15.1 Como se Preparar para as Entrevistas É absolutamente essencial treinar-se para as entrevistas. Se você não praticar, poderá cometer todos os tipos

Leia mais

Existe espaço para os covers mostrarem seus trabalhos? As pessoas dão oportunidades?

Existe espaço para os covers mostrarem seus trabalhos? As pessoas dão oportunidades? A Estação Pilh@ também traz uma entrevista com Rodrigo Teaser, cover do Michael Jackson reconhecido pela Sony Music. A seguir, você encontra os ingredientes da longa história marcada por grandes shows,

Leia mais

Seja um Consultor de Excelência Diretora de Vendas Independente Laís Vieira O Começo Um pouco da minha história profissional antes de Mary Kay 04/10/2014 Cadastro 01/07/2015 disse SIM Vantagens do meu

Leia mais

Padrão exclusivo para sua empresa. nsanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar

Padrão exclusivo para sua empresa. nsanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar especial gestão Padrão exclusivo para sua empresa nsanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes. A frase consagrada de Albert Einstein não poderia ser mais clara: quer

Leia mais

http://www.comoorganizarcasamento.com

http://www.comoorganizarcasamento.com Como Planejar seu Casamento Sem Stress Copyright 2014 Este e- book é protegido pela Lei dos Direitos Autorais (Lei 9.610/98), é proibida a reprodução do livro por meio eletrônico ou impresso. O e- book

Leia mais

NEGOCIAÇÃO DE CONSULTORIA EM VENDAS ONLINE

NEGOCIAÇÃO DE CONSULTORIA EM VENDAS ONLINE 2 NEGOCIAÇÃO DE CONSULTORIA EM VENDAS ONLINE Quando uma empresa vai pra internet e investe em marketing digital, essas são as 3 coisas que precisam ser feitas: 1- GERAR LEADS 2- TRANSFORMAR LEADS EM CLIENTES

Leia mais

BSC Balance Score Card

BSC Balance Score Card BSC (Balance Score Card) BSC Balance Score Card Prof. Gerson gerson.prando@fatec.sp.gov.br Uma das metodologias mais visadas na atualidade éobalanced ScoreCard, criada no início da década de 90 por Robert

Leia mais

UNIDADE 1: A ARMADURA DE DEUS O CAPACETE DA SALVAÇÃO (MENSAGEM DA SALVAÇÃO)

UNIDADE 1: A ARMADURA DE DEUS O CAPACETE DA SALVAÇÃO (MENSAGEM DA SALVAÇÃO) Frutos-3 Impact0 LIÇÃO 1 VIVENDO A VIDA COM DEUS UNIDADE 1: A ARMADURA DE DEUS O CAPACETE DA SALVAÇÃO (MENSAGEM DA SALVAÇÃO) 9-11 Anos CONCEITO CHAVE O primeiro passo para se ganhar a batalha é escolher

Leia mais

processos de qualidade como um todo. Este conceito, muitas vezes como parte de uma iniciativa mais ampla "gestão enxuta", muitas organizações abraçam

processos de qualidade como um todo. Este conceito, muitas vezes como parte de uma iniciativa mais ampla gestão enxuta, muitas organizações abraçam 2 1 FILOSOFIA KAIZEN Segundo IMAI, MASAAKI (1996) KAIZEN é uma palavra japonesa que traduzida significa melhoria continua, que colabora em melhorias sequenciais na empresa como um todo, envolvendo todos

Leia mais

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos Lição 3: Alegria LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos RESUMO BÍBLICO Gálatas 5:23; Gálatas 6:1; 2 Timóteo 2:25; Tito 3; 1 Pedro 3:16 Como seres humanos estamos sempre à mercê de situações sobre

Leia mais

personal cool brand anouk pappers & maarten schäfer

personal cool brand anouk pappers & maarten schäfer personal cool brand Os holandeses Anouk Pappers e Maarten Schäfer, da CoolBrands, trabalham há 12 anos fazendo storytelling para marcas, que se trata de extrair histórias sobre elas por meio de conversas

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

Modelo de Gestão Estratégica para Resultados da SEFAZ

Modelo de Gestão Estratégica para Resultados da SEFAZ Modelo Estratégica para Resultados da SEFAZ Treinamento Gestores Conhecendo nosso Modelo Maio 2015 Modelo Estratégico para Resultados Assuntos previstos para esta oficina... Aprofundar no conceito de Gestão

Leia mais

Ferreira Barros & Filhos, Lda.

Ferreira Barros & Filhos, Lda. Ferreira Barros & Filhos, Lda. Metalomecânica & Manutenção Indústrial O sucesso comercial de uma empresa está efetivamente ligado a um plano estratégico que ajuda os clientes a alcançar a excelência, a

Leia mais

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa Olhando as peças Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse 3 a 6 anos Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa História Bíblica: Gênesis 41-47:12 A história de José continua com ele saindo da prisão

Leia mais

OS VALORES E OS PRINCÍPIOS DA SIKA

OS VALORES E OS PRINCÍPIOS DA SIKA OS VALORES E OS PRINCÍPIOS DA SIKA SIKA UM LÍDER GLOBAL COM PRINCÍPIOS E TRADIÇÃO Fundada na Suíça pelo inventor visionário Kaspar Winkler há mais de 100 anos, a Sika tornou-se numa empresa global de sucesso

Leia mais

São Paulo, 17 de Junho de 2009.

São Paulo, 17 de Junho de 2009. São Paulo, 17 de Junho de 2009. Questionário: Orientação para marketing Sua empresa é orientada para marketing? Análise das respostas turma T4 Berrini Pós Adm FGV Número de respondentes: 17 Introdução

Leia mais

PRINCÍPIOS CORPORATIVOS

PRINCÍPIOS CORPORATIVOS PRINCÍPIOS CORPORATIVOS Os princípios corporativos do grupo Witzenmann Witzenmann GmbH Östliche Karl-Friedrich-Str. 134 75175 Pforzheim Telefone +49 7231 581-0 Fax +49 7231 581-820 wi@witzenmann.com www.witzenmann.de

Leia mais

Como IDENTIFICAr AS oportunidades E CoNqUISTAr o ClIENTE

Como IDENTIFICAr AS oportunidades E CoNqUISTAr o ClIENTE Como IDENTIFICAr AS oportunidades E CoNqUISTAr o ClIENTE A abertura de empresas tem uma grande importância na sociedade em que vivemos, pois gera diversos benefícios, como empregos e riquezas para o país.

Leia mais

APL (Avaliação de Potencial para Liderança)

APL (Avaliação de Potencial para Liderança) APL (Avaliação de Potencial para Liderança) Relatório para: Suzanne Example Data concluida: 14 de junho de 2012 14:41:14 2012 PsychTests AIM Inc. Índice analítico Índice analítico 1/13 Índice analítico

Leia mais

A técnica a serviço da aproximação com os doadores: Marketing de relacionamento nos Doutores da Alegria

A técnica a serviço da aproximação com os doadores: Marketing de relacionamento nos Doutores da Alegria Agentes Financiadores Notícias e atualidades sobre Agentes Financiadores nacionais e internacionais página inicial A técnica a serviço da aproximação com os doadores: Marketing de relacionamento nos Doutores

Leia mais

Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro

Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro Histórias do Velho Testamento 3 a 6 anos Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro O Velho Testamento está cheio de histórias que Deus nos deu, espantosas e verdadeiras.

Leia mais

Um caminho para cuidar daqueles que colaboram no cuidado de outros, com mais serenidade.

Um caminho para cuidar daqueles que colaboram no cuidado de outros, com mais serenidade. APHILAV 10 ENCONTRO DE HIGIENIZAÇÃO E LAVANDERIA HOSPITALAR DA REGIÃO SUL Um caminho para cuidar daqueles que colaboram no cuidado de outros, com mais serenidade. Rejania Guido Dias rejania@terra.com.br

Leia mais

Alta Performance Como ser um profissional ou ter negócios de alta performance

Alta Performance Como ser um profissional ou ter negócios de alta performance Sobre o autor: Meu nome é Rodrigo Marroni. Sou apaixonado por empreendedorismo e vivo desta forma há quase 5 anos. Há mais de 9 anos já possuía negócios paralelos ao meu trabalho e há um pouco mais de

Leia mais

LANXESS AG. Werner Breuers Membro da Diretoria. Inovações e Borracha. Discurso Série de Apresentações. LANXESS Rubber Day São Paulo

LANXESS AG. Werner Breuers Membro da Diretoria. Inovações e Borracha. Discurso Série de Apresentações. LANXESS Rubber Day São Paulo LANXESS AG Werner Breuers Membro da Diretoria Inovações e Borracha Discurso Série de Apresentações LANXESS Rubber Day São Paulo (Favor verificar em relação à apresentação) 23 de setembro de 2010 São Paulo,

Leia mais

Manifeste Seus Sonhos

Manifeste Seus Sonhos Manifeste Seus Sonhos Índice Introdução... 2 Isso Funciona?... 3 A Força do Pensamento Positivo... 4 A Lei da Atração... 7 Elimine a Negatividade... 11 Afirmações... 13 Manifeste Seus Sonhos Pág. 1 Introdução

Leia mais

Aprenda a Gerar Renda Utilizando Seus Conhecimentos em Promob e Projetos 3D.ACDEMY.COM.BR COMO GERAR RENDA COM PROJETO VERSÃO 1.0

Aprenda a Gerar Renda Utilizando Seus Conhecimentos em Promob e Projetos 3D.ACDEMY.COM.BR COMO GERAR RENDA COM PROJETO VERSÃO 1.0 Aprenda a Gerar Renda Utilizando Seus Conhecimentos em Promob e Projetos CAIO HENRIQUE TEODORO DOS SANTOS Página 1 Versão 1.0 2013 Esforcei-me ao máximo para transmitir em poucas páginas algumas dicas

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SOROCABA

UNIVERSIDADE DE SOROCABA UNIVERSIDADE DE SOROCABA PRÓ REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE GESTÃO EM RECURSOS HUMANOS Alessandra dos Santos Silva Helenice Moraes Rosa Roseneia Farias Gazoli Valdilene Batista de Lima O QUE PODEMOS APRENDER

Leia mais

Os rumos do Email Marketing

Os rumos do Email Marketing Marketing Os rumos do Email Marketing Confira alguns pontos que podem fazer a diferença na utilização desta ferramenta, como um maior investimento na equipe De 1 a 3 de fevereiro, tive a oportunidade de

Leia mais

ORIENTADOR(ES): JANAÍNA CARLA LOPES, JOÃO ANGELO SEGANTIN, KEINA POLIANA PIVARRO DALMOLIN PAGLIARIN

ORIENTADOR(ES): JANAÍNA CARLA LOPES, JOÃO ANGELO SEGANTIN, KEINA POLIANA PIVARRO DALMOLIN PAGLIARIN Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: MOTIVAÇÃO HUMANA - UM ESTUDO NA EMPRESA MAHRRY CONFECÇÕES CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS

Leia mais

Funções do processo de certificação florestal

Funções do processo de certificação florestal Funções do processo de certificação florestal Celso Foelkel www.celso-foelkel.com.br O que queremos com a certificação? um certificado? um aval para vender melhor? melhorar a imagem institucional? diminuir

Leia mais

I - Você e a DBA. II - Construir relacionamentos

I - Você e a DBA. II - Construir relacionamentos O código de ética DBA representa a necessidade de reforço aos valores e à cultura da empresa através da ética. Assim, é fundado nos valores essenciais da corporação e pode ser definido pelas normas padrões

Leia mais

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO Por que ler este livro? Você já escutou histórias de pessoas que ganharam muito dinheiro investindo, seja em imóveis ou na Bolsa de Valores? Após ter escutado todas essas

Leia mais

Produção de Texto 5º ano

Produção de Texto 5º ano Produção de Texto 5º ano Quando pequenos, aprendemos que, para conviver em grupo, sempre as coisas vão acontecer conforme as nossas pretensões. Aos poucos, nos relacionamentos com a nossa família, vamos

Leia mais

MOBILIZAÇÃO SOCIAL 1. A mobilização é uma forma de intervenção social. Toda intervenção social parte do pressuposto

MOBILIZAÇÃO SOCIAL 1. A mobilização é uma forma de intervenção social. Toda intervenção social parte do pressuposto MOBILIZAÇÃO SOCIAL 1 Denise Carrera A mobilização é uma forma de intervenção social. Toda intervenção social parte do pressuposto de que a ordem social não é natural e por isso pode ser transformada. A

Leia mais

Os Sete Centros de Energia Guia de Debate 4. TERCEIRO CENTRO DE ENERGIA: PLEXO SOLAR Páginas 60-87

Os Sete Centros de Energia Guia de Debate 4. TERCEIRO CENTRO DE ENERGIA: PLEXO SOLAR Páginas 60-87 TERCEIRO CENTRO DE ENERGIA: PLEXO SOLAR Páginas 60-87 Compartilhar: Tudo bem com vocês? Alguém teve alguma idéia ou inspiração que queira nos contar? 1. O chakra do plexo solar (pp. 60-62) De onde este

Leia mais

Motivando Equipes em Tempos de Crise. Rackel Valadares Maio/2013

Motivando Equipes em Tempos de Crise. Rackel Valadares Maio/2013 Motivando Equipes em Tempos de Crise Rackel Valadares Maio/2013 Motivando Equipes em Tempos de Crise O que é Motivação? August 26, 2013 Slide 2 2009 GXS, Inc. Motivando Equipes em Tempos de Crise Motivação

Leia mais

Planejamento Financeiro e Você. Ferramentas para a Conquista de Sonhos! Semana da Estratégia Nacional de Educação Financeira

Planejamento Financeiro e Você. Ferramentas para a Conquista de Sonhos! Semana da Estratégia Nacional de Educação Financeira Planejamento Financeiro e Você Ferramentas para a Conquista de Sonhos! Semana da Estratégia Nacional de Educação Financeira 2015 Hoje estamos aqui para falar de SONHOS e como realizá-los Você está Vivendo

Leia mais

O PAPEL EMPREENDEDOR NO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE * PALAVRAS-CHAVE: Sistema de Gestão da Qualidade. Representante da Diretoria. ISO 9001.

O PAPEL EMPREENDEDOR NO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE * PALAVRAS-CHAVE: Sistema de Gestão da Qualidade. Representante da Diretoria. ISO 9001. O PAPEL EMPREENDEDOR NO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE * Adalberto Luiz de Souza ** RESUMO: Este texto tem por finalidade descrever o papel do representante da direção, referente ao atendimento de requisito

Leia mais

Olá, meu nome é Fred Silveira, eu sou coach empresarial e ajudo pequenos e médios empresários a conseguirem melhores resultados de suas empresas.

Olá, meu nome é Fred Silveira, eu sou coach empresarial e ajudo pequenos e médios empresários a conseguirem melhores resultados de suas empresas. Autor Olá, meu nome é Fred Silveira, eu sou coach empresarial e ajudo pequenos e médios empresários a conseguirem melhores resultados de suas empresas. Neste e-book, irei compartilhar com você 5 caminhos

Leia mais

Gestão de Ambientes de Saúde

Gestão de Ambientes de Saúde Gestão de Ambientes de Saúde É sempre tempo de melhorar a performance do seu ambiente de saúde Não adianta você ter um avião rápido e seguro se não dispõe de um piloto capacitado para viajar. O mesmo ocorre

Leia mais

UM GUIA RÁPIDO ORIENTADO A RESULTADOS (vigência: 29 JUN 2009)

UM GUIA RÁPIDO ORIENTADO A RESULTADOS (vigência: 29 JUN 2009) GESTÃO DE PROCESSOS UM GUIA RÁPIDO ORIENTADO A RESULTADOS (vigência: 29 JUN 2009) 1. O QUE É PROCESSO? Processos têm sido considerados uma importante ferramenta de gestão, um instrumento capaz de aproximar

Leia mais

Uso estratégico do Twitter: como usar o microblogging a favor da sua empresa. www.talk2.com.br

Uso estratégico do Twitter: como usar o microblogging a favor da sua empresa. www.talk2.com.br Uso estratégico do Twitter: como usar o microblogging a favor da sua empresa www.talk2.com.br 04 Introdução 4 05 08 10 16 Por que as pessoas seguem uma conta 5 O que você precisa ter e saber antes de criar

Leia mais

Para alcançar o Sucesso é preciso que você tenha a plena convicção de que nossos produtos e nossa Oportunidade podem realmente transformar a vida das

Para alcançar o Sucesso é preciso que você tenha a plena convicção de que nossos produtos e nossa Oportunidade podem realmente transformar a vida das Querida Estrela do Bem, Aqui estão alguns Passos para aplicarmos no dia a dia São passos diários para o sucesso do seu negócio MK. Faça o Plano das 100 CARITAS em 4 semanas com todas as Consultoras de

Leia mais

COMO INICIAR O RELACIONAMENTO COM OS LEADS? 8 passos para TER UMA SEQUÊNCIA DE EMAILS BEM SUCEDIDA.

COMO INICIAR O RELACIONAMENTO COM OS LEADS? 8 passos para TER UMA SEQUÊNCIA DE EMAILS BEM SUCEDIDA. COMO INICIAR O RELACIONAMENTO COM OS LEADS? 8 passos para TER UMA SEQUÊNCIA DE EMAILS BEM SUCEDIDA. Uma sequência de e-mail, follow-up ou auto responder é um sistema de resposta automática em uma série

Leia mais

Pedro Mizutani acredita que setor sucroenergético deve sentir uma recuperação mais acelerada da crise

Pedro Mizutani acredita que setor sucroenergético deve sentir uma recuperação mais acelerada da crise Pedro Mizutani acredita que setor sucroenergético deve sentir uma recuperação mais acelerada da crise A crise econômica afeta o setor sucroenergético principalmente, dificultando e encarecendo o crédito

Leia mais

3 Dicas Poderosas Para Investir Em Ações. "A única maneira de fazer um grande trabalho é. amar o que você faz." Steve Jobs. Por Viva e Aprenda 2

3 Dicas Poderosas Para Investir Em Ações. A única maneira de fazer um grande trabalho é. amar o que você faz. Steve Jobs. Por Viva e Aprenda 2 "A única maneira de fazer um grande trabalho é amar o que você faz." Steve Jobs Por Viva e Aprenda 2 Por Viva e Aprenda Declaração De Ganhos Com O Uso De Nossos Produtos A empresa O Segredo Das Ações"

Leia mais

CUSTOS DA QUALIDADE EM METALURGICAS DO SEGMENTOS DE ELEVADORES PARA OBRAS CÍVIS - ESTUDO DE CASO

CUSTOS DA QUALIDADE EM METALURGICAS DO SEGMENTOS DE ELEVADORES PARA OBRAS CÍVIS - ESTUDO DE CASO CUSTOS DA QUALIDADE EM METALURGICAS DO SEGMENTOS DE ELEVADORES PARA OBRAS CÍVIS - ESTUDO DE CASO José Roberto Santana Alexandre Ripamonti Resumo: Com a globalização da economia, as empresas, enfrentam

Leia mais

A Torre de Hanói e o Princípio da Indução Matemática

A Torre de Hanói e o Princípio da Indução Matemática A Torre de Hanói e o Princípio da Indução Matemática I. O jogo A Torre de Hanói consiste de uma base com três pinos e um certo número n de discos de diâmetros diferentes, colocados um sobre o outro em

Leia mais

36. DÚVIDAS NA ESCOLHA DE UMA NOVA RESIDÊNCIA. DECIDIR É DIFÍCIL. UMA LUTA DA CONVENIÊNCIA COM O CORAÇÃO

36. DÚVIDAS NA ESCOLHA DE UMA NOVA RESIDÊNCIA. DECIDIR É DIFÍCIL. UMA LUTA DA CONVENIÊNCIA COM O CORAÇÃO 36. DÚVIDAS NA ESCOLHA DE UMA NOVA RESIDÊNCIA. DECIDIR É DIFÍCIL. UMA LUTA DA CONVENIÊNCIA COM O CORAÇÃO AQUI TEM UM FATO INUSITADO. QUE PASSA DESPERCEBIDO PELA MAIORIA DAS PESSOAS, NÃO TREINADAS NA ARTE

Leia mais

30/09/2008. Entrevista do Presidente da República

30/09/2008. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em conjunto com o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, com perguntas respondidas pelo presidente Lula Manaus-AM,

Leia mais

Valores & Princípios. Grupo Freudenberg

Valores & Princípios. Grupo Freudenberg Valores & Princípios Grupo Freudenberg C o n d u ta e C o m p o r ta m e n t o C o n d u ta e C o m p o r ta m e n t o Nossos Princípios & Conduta e Comportamento 3 Os Nossos Princípios e o documento de

Leia mais

Trabalhando em equipes e resolvendo problemas: a aplicação do PBL em sala de aula

Trabalhando em equipes e resolvendo problemas: a aplicação do PBL em sala de aula Trabalhando em equipes e resolvendo problemas: a aplicação do PBL em sala de aula Prof. Ana Cláudia Fleck Coordenadora da Academia de Professores da ESPM-Sul São Paulo, 17 de junho de 2015. Agenda Introdução

Leia mais

CONHECENDO-SE MELHOR DESCOBRINDO-SE QUEM VOCÊ É? 13 PASSOS QUE VÃO AJUDÁ-LO PARA SE CONHECER MELHOR E DESCOBRIR QUE VOCÊ REALMENTE É

CONHECENDO-SE MELHOR DESCOBRINDO-SE QUEM VOCÊ É? 13 PASSOS QUE VÃO AJUDÁ-LO PARA SE CONHECER MELHOR E DESCOBRIR QUE VOCÊ REALMENTE É CONHECENDO-SE MELHOR DESCOBRINDO-SE QUEM VOCÊ É? 13 PASSOS QUE VÃO AJUDÁ-LO PARA SE CONHECER MELHOR E DESCOBRIR QUE VOCÊ REALMENTE É Descobrindo-se... Fácil é olhar à sua volta e descobrir o que há de

Leia mais

Desejamos a você um completo sucesso, construindo sua verdadeira riqueza.

Desejamos a você um completo sucesso, construindo sua verdadeira riqueza. PROGRAMA MASTER 72h MASTER 72h Prezado Consultor, Nós da família Hinode preparamos esse material com muito carinho para você, pois temos um sonho de fazer desse mundo, um mundo melhor. Nosso objetivo é

Leia mais

Felipe Oliveira, JPMorgan:

Felipe Oliveira, JPMorgan: Felipe Oliveira, JPMorgan: Bom dia a todos. Minha pergunta é em relação ao nível de despesa operacional, se você acredita conseguir, ao longo dos próximos trimestres, capturar no seu resultado operacional

Leia mais

meses e de ganhos financeiros muito maiores do que quando se é empregado é um erro comum. Além disso, a idéia de não ter chefe é extremamente

meses e de ganhos financeiros muito maiores do que quando se é empregado é um erro comum. Além disso, a idéia de não ter chefe é extremamente DICAS PARA ABRIR UM ESCRITÓRIO CONTÁBIL Começar um empreendimento requer coragem. Estar preparado para esse momento é fundamental, pois não vale, em hipótese alguma, aplicar o seu dinheiro no desconhecido.

Leia mais

ATENDIMENTO AO CLIENTE: DIFERENCIE-SE DA CONCORRÊNCIA E VENDA MAIS

ATENDIMENTO AO CLIENTE: DIFERENCIE-SE DA CONCORRÊNCIA E VENDA MAIS DIFERENCIE-SE DA CONCORRÊNCIA E VENDA MAIS DIFERENCIE-SE DA CONCORRÊNCIA E VENDA MAIS Visa a ampliar a visão de empresários quanto à necessidade de aperfeiçoar o atendimento a clientes como forma de construir

Leia mais

Sobre Este Livro. O Que Você Não Lerá. 2 Dieta Para Leigos, 2 a Edição

Sobre Este Livro. O Que Você Não Lerá. 2 Dieta Para Leigos, 2 a Edição 2 Dieta Para Leigos, 2 a Edição depois do nascimento). Engordei e emagreci 110 quilos em meus 50 anos e passei 30 anos fazendo dietas. Mas não fiz mais dieta desde que meu filho se afastou, 11 anos atrás.

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração do Centro de Especialidades Odontológicas de Campo Limpo

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração do Centro de Especialidades Odontológicas de Campo Limpo , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração do Centro de Especialidades Odontológicas de Campo Limpo São Paulo-SP, 20 de outubro de 2004 Meus queridos companheiros e minhas queridas companheiras

Leia mais

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da Escola Municipal Jornalista Jaime Câmara e alusiva à visita às unidades habitacionais do PAC - Pró-Moradia no Jardim do Cerrado e Jardim Mundo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CENTRO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO MAX ALEXANDRE AMERICO CANAL DE VENDA - INTERNET

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CENTRO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO MAX ALEXANDRE AMERICO CANAL DE VENDA - INTERNET UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CENTRO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO MAX ALEXANDRE AMERICO CANAL DE VENDA - INTERNET CURITIBA 2014 MAX ALEXANDRE AMERICO CANAL DE VENDA - INTERNET Monografia

Leia mais

COMO PARTICIPAR EM UMA RODADA DE NEGÓCIOS: Sugestões para as comunidades e associações

COMO PARTICIPAR EM UMA RODADA DE NEGÓCIOS: Sugestões para as comunidades e associações COMO PARTICIPAR EM UMA RODADA DE NEGÓCIOS: Sugestões para as comunidades e associações R E A L I Z A Ç Ã O A P O I O COMO PARTICIPAR EM UMA RODADA DE NEGÓCIOS: Sugestões para as comunidades e associações

Leia mais

Mais que um Negócio, a Profissão dos seus Sonhos

Mais que um Negócio, a Profissão dos seus Sonhos Mais que um Negócio, a Profissão dos seus Sonhos Erros e Dicas para Vender seus Serviços MElina Kunifas 2010 WWW. M E L I N A K U N I F A S. C O M Caro leitor, este livreto tem o propósito de educar e

Leia mais

Semana 2: Estenda um Convite

Semana 2: Estenda um Convite Semana 2: Estenda um Convite Incluído: 1. Preparação do líder 2. Guia da lição 1. PREPARAÇÃO DO LÍDER VISÃO GERAL DA LIÇÃO Como podem adolescentes dar a conehcer à seus amigos que querem desesperadamente

Leia mais

FILOSOFIA BUDISTA APLICADA A EMPRESA:

FILOSOFIA BUDISTA APLICADA A EMPRESA: FILOSOFIA BUDISTA APLICADA A EMPRESA: CRESCENDO PESSOAL E PROFISSIONALMENTE. 08 a 11 de outubro de 2014 08 a 11 de outubro de 2014 Onde você estiver que haja LUZ. Ana Rique A responsabilidade por um ambiente

Leia mais

Transcrição aula inaugural Professor Irineu Mario Colombo, reitor do Instituto Federal do Paraná Fevereiro de 2013

Transcrição aula inaugural Professor Irineu Mario Colombo, reitor do Instituto Federal do Paraná Fevereiro de 2013 Transcrição aula inaugural Professor Irineu Mario Colombo, reitor do Instituto Federal do Paraná Fevereiro de 2013 Olá Pessoal Quero desejar as boas-vindas a todos os nossos estudantes, alunos, alunas,

Leia mais

COMO TER TEMPO PARA COMEÇAR MINHA TRANSIÇÃO DE CARREIRA?

COMO TER TEMPO PARA COMEÇAR MINHA TRANSIÇÃO DE CARREIRA? COMO TER TEMPO PARA COMEÇAR MINHA TRANSIÇÃO DE CARREIRA? Um guia de exercícios para você organizar sua vida atual e começar a construir sua vida dos sonhos Existem muitas pessoas que gostariam de fazer

Leia mais