AVISO DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 001/2015

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AVISO DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 001/2015"

Transcrição

1 1 AVISO DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 001/2015 A Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia CAERD, através da Comissão Permanente de Licitação de Materiais e Obras CPLM-O, designada por força das disposições contidas na Portaria Nº. 059/DE/2015, de 19/02/15, publicada no DOE de nº em vêm comunica aos interessados, que estão abertas as inscrições no Certame Licitatório na Modalidade de CONCORRÊNCIA PÚBLICA de nº 001/2015, do tipo TÉCNICA E PREÇO POR LOTE, instaurado através do Processo Administrativo nº 1316/2014, para os fins que seguem: OBJETO: O presente instrumento tem por objeto a realização de processo licitatório na modalidade de Concorrência Pública Nacional visando à contratação de serviços especializados de informática para Registro de Preços para eventual contratação: - Manutenção/operação e a evolução tecnológico-funcional do GSAN Sistema Integrado de Gestão de Serviços de Saneamento, incluindo-se sistemas auxiliares do modelo de gestão da Caerd que contribuem com elementos de estudos, dados, processos, informações para o suporte e evolução da infraestrutura de tecnologia, com foco nas atividades do Setor Comercial. O GSAN é um software público (www.softwarepublico.gov.br) utilizado na Contratante desde novembro/2013. Implantação / migração / manutenção / customização / treinamento / suporte técnico assistido e suporte técnico online do direito de uso do software de Geoprocessamento (GIS) incluindo software de rastreamento para equipamento móvel de dados com GPS. Implantação / migração / manutenção /customização / treinamento / suporte técnico assistido e suporte técnico online do direito de uso do software Sistema integrado de Gestão Empresarial (ERP), Solução Inteligente de Negócio (BI), software adicionais. Analise de requisitos / estudo dos casos de uso para a adequação dos processos de negócios administrativos aderente ao sistema a ser implantado, conforme Especificação no contidas no anexo I Termo de Referência do Edital. RECURSOS São provenientes de Recursos Orçamentários da Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia - CAERD, do exercício de 2015, através dos Elementos de Despesas nº SOFTWARE. VALOR TOTAL ESTIMADO R$ ,96 (sete milhões, quatrocentos e setenta e sete mil, quatrocentos e noventa e sete reais e noventa e seis centavos). Sendo distribuídos da seguinte forma: Lote I R$ ,31 (três milhão, duzentos e trinta e um mil, oitenta e seis reais e trinta e um centavos); Lote II R$ ,94 (setecentos e treze mil, quatrocentos e oitenta e dois reais e noventa e quatro centavos) e Lote III R$ ,71 (três milhões, quinhentos e trinta e dois mil, novecentos e vinte e oito reais e setenta e um centavos). DISPONIBILIDADE DO EDITAL No horário comercial das 07h30 às 13h30 de segunda a sexta feira, na sede da Companhia de Água e Esgotos de Rondônia - CAERD, sito à Rua: Pinheiro Machado, nº 2112 Bairro: São Cristóvão CEP: PORTO VELHO-RO, bem como no site da CAERD, site: ou solicitado pelo VALOR DO EDITAL Deverá ser recolhido na Tesouraria da CAERD, o valor de R$ 10,00 (dez reais) ou mediante documento de deposito bancário em nome da Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia CAERD, no Banco de Brasil, Agência nº 2757-X, Conta Corrente nº (somente para retirada do impresso na CAERD/CPLMO). ABERTURA DA LICITAÇÃO Será aberto ao Público no dia 28 de Agosto de 2015 às 09:00 horas. LOCAL Na Companhia de Água e Esgotos de Rondônia - CAERD, sito à Rua: Pinheiro Machado, nº 2112 Bairro: São Cristóvão CEP: PORTO VELHO-RO. Porto Velho RO, 24 de Junho de Adm. Jamil Manasfi da Cruz Presidente e Pregoeiro da CAERD/RO Mat

2 2 CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº. 001/2015. O presente instrumento tem por objeto a realização de processo licitatório na modalidade de Concorrência Pública Nacional visando a contratação de serviços especializados de informática, relacionados com: - Manutenção/operação e a evolução tecnológico-funcional do GSAN Sistema Integrado de Gestão de Serviços de Saneamento, incluindo-se sistemas auxiliares do modelo de gestão da Caerd que contribuem com elementos de estudos, dados, processos, informações para o suporte e evolução da infraestrutura de tecnologia, com foco nas atividades do Setor Comercial. O GSAN é um software público (www.softwarepublico.gov.br) utilizado na Contratante desde novembro/2013. Implantação / migração / manutenção / customização / treinamento / suporte técnico assistido e suporte técnico online do direito de uso do software de Geoprocessamento (GIS) incluindo software de rastreamento para equipamento móvel de dados com GPS. Implantação / migração / manutenção /customização / treinamento / suporte técnico assistido e suporte técnico online do direito de uso do software Sistema integrado de Gestão Empresarial (ERP), Solução Inteligente de Negócio (BI), software adicionais. Analise de requisitos / estudo dos casos de uso para a adequação dos processos de negócios administrativos aderente ao sistema a ser implantado.

3 3 COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DE MATERIAIS E OBRAS CPLMO/CAERD CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 001/2015 INDICE GERAL 1 - PREAMBULO 2 - LOCAL, DATA E HORA PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DA DOCUMENTAÇÃO E PROPOSTAS 3 - DO OBJETO DA LICITAÇÃO 4 - DO PRAZO, LOCAL DE ENTREGA DOS SERVIÇOS 5 - DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO 6 - DA APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA 7 - CREDENCIAMENTO 8 - ENVELOPE 01 DA HABILITAÇÃO 9 - ENVELOPE 02 PROPOSTA TÉCNICA 10 - ENVELOPE 03 - PROPOSTA COMERCIAL 11 - PROCESSAMENTO DA LICITAÇÃO 12 - CRITÉRIOS PARA JULGAMENTO DAS PROPOSTAS 13 - DOS RECURSOS ADMINISTRATIVOS 14 - DA CLASSIFICAÇÃO FINAL 15 - DA HOMOLOGAÇÃO E ADJUDICAÇÃO 16 - DO PRAZO E CONDIÇÕES PARA ASSINATURA DO CONTRATO 17 - DA RESCISÃO DO CONTRATO 18 - DAS PENALIDADES 19 - DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA 20 - DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATANTE 21 - DO EXAME, ENTREGA E RECEBIMENTO DOS SERVIÇOS 22 - DAS CONDIÇÕES DE FATURAMENTO E PAGAMENTO 23 - DO REAJUSTAMENTO DE PREÇOS 24 - ATRASO DE PAGAMENTO 25 - DISPOSIÇÕES GERAIS 26 - DO FORO

4 4 CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 001/2015 CAERD 1 - PREAMBULO A Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia CAERD, através da Comissão Permanente de Licitação de Materiais e Obras CPLM-O, designada por força das disposições contidas na Portaria Nº. 059/DE/2015, de 19/02/15, publicada no DOE de nº em , torna público, para conhecimento de interessados, que se encontra instaurada a LICITAÇÃO, na modalidade de CONCORRÊNCIA PÚBLICA N 001/2015, tipo TÉCNICA E PREÇO POR LOTES, entre interessados que, na fase inicial de habilitação preliminar, comprovem possuir os requisitos mínimos de qualificação exigidos no edital para execução de seu objeto, Conforme 1º do Art. 22 da Lei Federal nº 8.666/93 e suas alterações e ainda a Lei Complementar n. 123/ Os procedimentos licitatórios desta CONCORRÊNCIA PÚBLICA, são regidos pelas disposições da Lei nº 8.666/93 com suas alterações e demais normas legais e regulamentos pertinentes, sujeitando a proponente, incondicionalmente e irrestritamente, as mesmas Os recursos destinados para pagamento do objeto licitado, são provenientes dos Recursos Orçamentários da Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia - CAERD, exercício de 2015, dos Elementos de Despesas nº SOFTWARE, cujo valor orçado, conforme MAPA DE PREÇOS MÉDIO REALIZADO PELA DACP, foi estimado e distribuídas para cada Lote abaixo discriminado, instaurado através do Processo Administrativo nº 1316/ Os interessados na aquisição do Edital deverão procurar a CPLM-O/CAERD, sito a Av. Pinheiro Machado, 2112 Bairro São Cristóvão CEP Porto Velho RO, a partir do dia 13 de Julho de 2015, no horário comercial de 07:30h às 13:30 horas, de segunda a sexta feira, recolhendo à Tesouraria da CAERD, o valor de R$ 10,00 (DEZ REAIS), ou mediante documento de deposito bancário em nome da Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia CAERD, no Banco de Brasil, Agência nº 2757-X, Conta Corrente nº (Somente para retirada do impresso na CAERD/CPLMO), bem como no site da CAERD, site: ou solicitado pelo Os adendos esclarecedores poderão ser sanados através de ou carta até 03 (três) dias antes da abertura do certame licitatório, estes endereçados a CPLM- O/CAERD no endereço discriminado no item acima, ou através do telefone (69) e Respostas às consultas sobre o Edital, bem como as informações que se tornarem necessárias durante o período de elaboração das propostas, ou qualquer modificação introduzida no Edital no mesmo período, serão encaminhadas em forma de ADENDOS às empresas que tenham adquirido o Edital, em até, no máximo 03 (três) dias úteis antes da data fixada para entrega da documentação para habilitação e das propostas No caso de emissão de ADENDO MODIFICADOR (documento emitido pela administração, que contenha informações que implique em alteração na formulação das propostas), será publicado Aviso de Prorrogação da Sessão de Abertura, e o prazo original para entrega dos Documentos de Habilitação e da Proposta Comercial, será modificado No caso de emissão de ADENDO ESCLARECEDOR (documento emitido pela administração, que contenha informações que não cause alteração na formulação das propostas), o prazo original para entrega dos documentos de Habilitação e da Proposta Comercial, inicialmente informado será mantido Integram o presente Edital os seguintes anexos: ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. ANEXO II MINUTA DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS. ANEXO III MINUTA DE CONTRATO. 2 - LOCAL, DATA E HORA PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DA DOCUMENTAÇÃO E PROPOSTAS Os documentos e propostas serão recebidas e abertas pela CPLM-O/CAERD, na AV. PINHEIRO MACHADO, 2112 BAIRRO SÃO CRISTÓVÃO CEP: PORTO VELHO/RO, no dia 28 de Agosto de 2015, às 09:00 horas.

5 5 3 - DO OBJETO DA LICITAÇÃO O presente instrumento tem por objeto a realização de processo licitatório na modalidade de Concorrência Pública Nacional visando à contratação de serviços especializados de informática para de Registro de Preços para eventual contratação: - Manutenção/operação e a evolução tecnológico-funcional do GSAN Sistema Integrado de Gestão de Serviços de Saneamento, incluindo-se sistemas auxiliares do modelo de gestão da Caerd que contribuem com elementos de estudos, dados, processos, informações para o suporte e evolução da infraestrutura de tecnologia, com foco nas atividades do Setor Comercial. O GSAN é um software público (www.softwarepublico.gov.br) utilizado na Contratante desde novembro/2013. Implantação / migração / manutenção / customização / treinamento / suporte técnico assistido e suporte técnico online do direito de uso do software de Geoprocessamento (GIS) incluindo software de rastreamento para equipamento móvel de dados com GPS. Implantação / migração / manutenção /customização / treinamento / suporte técnico assistido e suporte técnico online do direito de uso do software Sistema integrado de Gestão Empresarial (ERP), Solução Inteligente de Negócio (BI), software adicionais. Analise de requisitos / estudo dos casos de uso para a adequação dos processos de negócios administrativos aderente ao sistema a ser implantado, conforme Especificação no contidas no anexo I Termo de Referência do Edital. 3.2 Discriminação dos Lotes a serem licitados: LOTE I II III ESPECIFICAÇÃO Projeto de Manutenção/operação e a evolução tecnológicofuncional do GSAN Sistema Integrado de Gestão de Serviços de Saneamento, incluindo-se sistemas auxiliares do modelo de gestão da Caerd que contribuem com elementos de estudos, dados, processos, informações para o suporte e evolução da infraestrutura de tecnologia, com foco nas atividades do Setor Comercial. O GSAN é um software público (www.softwarepublico.gov.br) utilizado na Contratante desde novembro/2013. Projeto de Implantação / migração / manutenção /customização / treinamento / suporte técnico assistido e suporte técnico online do direito de uso do software de Geoprocessamento (GIS) incluindo software de rastreamento para equipamento móvel de dados com GPS. Projeto de Implantação / migração / manutenção /customização / treinamento / suporte técnico assistido e suporte técnico online do direito de uso do software Sistema integrado de Gestão Empresarial (ERP), Solução Inteligente de Negócio (BI), software adicionais. Analise de requisitos / estudo dos casos de uso para a adequação dos processos de negócios administrativos aderente ao sistema a ser implantado. 4 - DO PRAZO E LOCAL DE ENTREGA DOS SERVIÇOS O prazo máximo para execução dos serviços será de 12 (doze) meses, contado da data do recebimento da Ordem de Serviços, estabelecidas pela Lei Federal nº 8.666/ Os serviços licitados, deverão ser realizados nas dependências da CAERD, conforme especificação contida no Termo de Referência em conformidade com os Lotes licitados, anexo I e item 3.2 do Edital. 5 - DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO Somente serão consideradas para esta licitação, empresas ou representantes legais, prestadores de serviços de software requeridos no objeto desta licitação e que tenham cumprido as exigências mencionadas neste Edital Não serão aceitas as empresas que tenham sido declaradas inidôneas para licitar nas Administrações Federais, Estaduais e Municipais, ou que se encontrem em regime de falência ou concordata, além das demais previsões constantes da Lei nº 8.666/93 e suas demais alterações.

6 Não será admitida nesta licitação, à participação de empresas distintas, através de um único representante Não será permitida a participação de empresas que possuam empregados da CAERD, inclusive na condição de sócio ou dirigente, funcionários públicos da Administração Direta ou Indireta, ou membros da Comissão de Licitação Possuir Capital Social registrado igual ou superior a 10% (dez por cento) do valor estimado para cada lote de interesse dos participantes, conforme art. 31, 3 da Lei 8.666/93, sendo estes somados e acumulados de acordo com o número de lotes interessados e seus valores estimados As empresas interessadas poderão ofertar preços para quaisquer dos lotes e quantidades interessadas, observando o patamar máximo de Capital Social exigido no item As Microempresas (ME) e as Empresas de Pequeno Porte (EPP), que se enquadrem no regime especial a que se refere a Lei Complementar Federal n. 123 de 14/12/2006, para exercerem os direitos mencionados nos Artigos 43, 44 e 45 da mesma Lei, deverão: No ato de apresentação dos envelopes de propostas e documentação, apresentarem separadamente, Declaração da empresa, comprovando a condição de ME ou EPP Participar do certame por intermédio de representante, habilitado legalmente e com capacidade plena para representar a empresa no certame A empresa enquadrada no regime especial, para utilizar-se do beneficio previsto no parágrafo primeiro do Art. 43 da LC 123/06, deverá, no ato de credenciamento, apresentar a declaração a que se refere o subitem do edital Caso a licitante requeira o beneficio do 1º do Art. 43, e não apresente a documentação no prazo definido, perderá o direito a contratação e ficará sujeita a penalidade prevista em lei A falsidade da Declaração prestada, objetivando os benefícios da Lei Complementar 123/06, caracterizará o crime de que trata o art. 299 do Código penal, sem prejuízo do enquadramento em outras figuras penais e das sanções previstas neste Edital Respeitadas as demais condições legais e as constantes deste Edital, poderão participar da presente licitação somente empresas brasileiras. 6 - DA APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA As empresas interessadas, deverão apresentar suas propostas até o dia e a hora estabelecida no item 2.1 deste Edital, devendo ofertar preços para os Lotes interessados dentro do envelope 02 Proposta Comercial Os documentos e as propostas deverão ser entregues em 03 (três) envelopes para cada Lote interessado, sendo estes separados, datilografados ou digitados, datados, carimbados e assinados em formulário próprio da proponente, sem conter rasuras ou entrelinhas devidamente encadernadas e identificados ou de modo a não conter folhas soltas, em envelope lacrados e rubricados, conforme descrição abaixo: ENVELOPE 01 DOCUMENTAÇÃO DE HABILITAÇÃO A Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia CAERD Comissão Permanente de Licitação de Materiais e Obras CPLM-O Av. Pinheiro Machado, 2112 Bairro São Cristóvão. CEP Porto Velho RO LICITAÇÃO: CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 001/2015. ABERTURA: / / às horas. RAZÃO SOCIAL: ENVELOPE 02 PROPOSTA TÉCNICA A Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia CAERD Comissão Permanente de Licitação de Materiais e Obras CPLM-O Av. Pinheiro Machado, 2112 Bairro São Cristóvão.

7 7 CEP Porto Velho RO LICITAÇÃO: CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 001/2015. ABERTURA: / / às horas NÚMERO DO LOTE INTERESSADO: RAZÃO SOCIAL: ENVELOPE 03 PROPOSTA COMERCIAL A Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia CAERD Comissão Permanente de Licitação de Materiais e Obras CPLM-O Av. Pinheiro Machado, 2112 Bairro São Cristóvão. CEP Porto Velho RO LICITAÇÃO: CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 001/2015. ABERTURA: / / às horas NÚMERO DO LOTE INTERESSADO: RAZÃO SOCIAL: Observação: O proponente deve apresentar um ENVELOPE 01 HABILITAÇÃO, um ENVELOPE 02 PROPOSTA TÉCNICA e um ENVELOPE 03 PROPOSTA COMERCIAL, para cada lote interessado Não serão aceitos documentos e propostas transmitidos ou outra forma que descaracterize o sigilo de seu conteúdo. Para efeito de remessa pelo Correio, os envelopes poderão ser acondicionados em um único envelope, desde que em seu sobrescrito venha exposto seu conteúdo, que identificará a Licitação a que se refere É obrigatória à assinatura dos representantes legais das empresas com poderes de administração da PROPONENTE na PROPOSTA TÉCNICA e COMERCIAL Os Documentos de Habilitação e as Propostas Técnicas e Comerciais deverão ser apresentadas por preposto da LICITANTE com poderes de representação legal, através de procuração pública ou particular com firma reconhecida. A não apresentação, não implicará em inabilitação, no entanto, o representante não poderá pronunciar-se em nome da LICITANTE, salvo se estiver sendo representada por um de seus dirigentes, que comprove tal condição através de documento legal Qualquer pessoa poderá entregar os Documentos de Habilitação e a Proposta Comercial de uma LICITANTE, porém, nenhuma pessoa, ainda que munida de procuração, poderá representar mais de uma LICITANTE junto à COMISSÃO, sob pena de exclusão sumária das LICITANTES representadas A colocação de documento(s) de um envelope em outro, acarretará a desclassificação ou inabilitação do Licitante. 7 - CREDENCIAMENTO O licitante, para ser considerado representante legal, deverá apresentar cópia autenticada de sua Cédula de Identidade, bem como, do documento que comprove a condição de integrante da Constituição Social (contrato social). E, quando Procurador, cópia autenticada da Cédula de Identidade, e da procuração particular com firma reconhecida em Cartório, caso se faça representar por Termo de Credenciamento, deverá ser assinado por sócios com poderes de administração. 8 - ENVELOPE 01 - DA HABILITAÇÃO Cópia autenticada do Certificado de Registro de Cadastro de Fornecedores CRCF/CAERD, em conjunto com sua Ficha Cadastral, com as Certidões devidamente atualizadas, ou seja, com prazo de validade apto até à abertura do referido envelope. Considerando que o CRCF está em consonância com os artigos 28, 29, 31 e 32, 2º da Lei 8.666/93, conforme preceitua os Art. 34, 35 e 36, modificado pela Lei 8.883/ Caso a empresa não seja cadastrada na CAERD, exigir-se-á dos interessados documentação e comprovação relativo a: a) - HABILITAÇÃO JURÍDICA a.1 - Cópia da Cédula de Identidade do(s) sócio(s) gerente(s) ou Diretor(es)Responsável(eis) para conferência pela Comissão.

8 8 a.2 - Registro comercial, no caso de Empresa Individual; a.3 - Ato Constitutivo, Estatuto ou contrato social em vigor, devidamente registrados, em se tratando de sociedades comerciais e, no caso de sociedades por ações, acompanhadas de documentos de eleição de seus administradores. a.4 - Inscrição do Ato Constitutivo, no caso de sociedade civil, acompanhada de prova de diretoria em exercício. a.5 - Decreto de autorização devidamente arquivado, em se tratando de empresa ou sociedade estrangeira em funcionamento no País, e ato de registro ou autorização para funcionamento expedido pelo órgão competente, quando a atividade assim o exigir. b) - RELATIVOS À REGULARIDADE FISCAL/TRABALHISTA: b.1) Certidão de Regularidade perante a Fazenda Federal (da Secretaria da Receita Federal e da Procuradoria da Fazenda Nacional); podendo ser Certidão Negativa ou Certidão Positiva com efeitos de negativa. b.2) Certidão de Regularidade perante a Fazenda Estadual, expedida na sede ou domicílio da Licitante; podendo ser Certidão Negativa ou Certidão Positiva com efeitos de negativa. b.3) Certidão de Regularidade perante a Fazenda Municipal, expedida na sede ou domicílio da Licitante; podendo ser Certidão Negativa ou Certidão Positiva com efeitos de negativa. b.4) Certificado de Regularidade do FGTS, admitida comprovação também por meio de certidão positiva, com efeito, de negativa diante da existência de débito confesso, parcelado e em fase de adimplemento; b.5) Certidão de Regularidade perante o INSS - relativa às Contribuições Sociais fornecida pelo INSS - Instituto Nacional do Seguro Social, admitida comprovação também por meio de certidão negativa ou certidão positiva, com efeito, de negativa diante da existência de débito confesso, parcelado e em fase de adimplemento; b.6) Prova de Inscrição no Cadastro de Contribuintes Estadual ou Municipal, se houver, relativo ao domicílio ou sede da Licitante, pertinente ao seu ramo de atividade e compatível com o objeto contratual. NÃO CONTEMPLADA PELO SICAF podendo o (a) Pregoeiro (a) emitir via on-line caso as participantes deixem de apresentar; b.7) Certidão de Regularidade perante a Justiça do Trabalho CNDT (Lei Federal n.º /2011, de 07/07/2011, Art. 642-A). Esta certidão poderá ser emitida gratuitamente nas páginas eletrônicas do Tribunal Superior do Trabalho, do Conselho Superior da Justiça do Trabalho e dos Tribunais Regionais do Trabalho, mediante indicação do CPF ou CNPJ do interessado; podendo ser Certidão Negativa ou Certidão Positiva com efeitos de negativa. b.8 Prova de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica- CNPJ, devidamente atualizado. b.9)as certidões acima mencionadas, que não indicarem prazo de validade, só serão aceitas pelo (a) Pregoeiro (a), se emitidas nos últimos 60 (sessenta) dias corridos. c) - QUALIFICAÇÃO ECONÔMICA-FINANCEIRA c.1 - Balanço Patrimonial, demonstração do resultado do último exercício e demonstração de lucros ou prejuízos acumulados do último exercício social, já exigíveis e apresentados na forma da Lei. É vedada a sua substituição por balancetes ou balanços provisórios. c.2 - Certidão (ões) Negativa (s) de Recuperação Judicial Lei n /05 (falência e concordatas) expedida (s) pelo (s) distribuidor (es) de sua sede, expedida nos últimos 90 (noventa) dias. c No caso de empresas de capital aberto, cópia autenticada do balanço patrimonial e demonstrações contábeis publicados no Diário Oficial do Estado, e, se houver, no do Município da sede da Empresa.

9 9 c No caso de empresas de capital fechado, cópia das páginas do livro diário contendo o Termo de Abertura, Balanço Patrimonial, Demonstrações Contábeis e Termo de Encerramento, juntamente com o Termo de Autenticação da Junta Comercial. c Comprovação que possuir Capital Social registrado igual ou superior a 10% (dez por cento) do valor estimado para cada lote de interesse dos participantes, conforme art. 31, 3 da Lei 8.666/93, sendo estes somados, e acumulados de acordo com o número de lotes interessados e seus valores estimados. Se, o somatório dos valores de todos os lotes interessados excederem o valor do capital social da empresa, a mesma será automaticamente desclassificada dos lotes de menores valores subseqüentes, até que seu Capital Social cubra os valores estimados dos lotes interessados Declaração de plena submissão às condições e exigências deste Edital em toda a fase da licitação, e que, fornecerá a documentação complementar que lhe for solicitada, e que autoriza a CAERD a proceder quaisquer diligências junto às instalações da empresa e sua contabilidade e a terceiros, os quais o licitante mantém transações Declaração de superveniência de fato impeditivo, e que responderá pela veracidade das informações constantes da documentação e proposta que apresentar Declaração da licitante de que não possui em seu quadro de pessoal empregado(s) com menos de 18 (dezoito) anos em trabalho noturno, perigoso ou insalubre e de 14 (quatorze) anos em qualquer trabalho, salvo na condição de aprendiz, nos termos do inciso XXXIII, do art. 7º, da Constituição Federal de 1988; (apresentação em modelo próprio da licitante); Atestado de capacidade técnica fornecido por pessoas jurídicas de direito público ou privado, de características semelhantes ao objeto desta licitação. Observações: 9 - ENVELOPE 02 - PROPOSTA TÉCNICA. Caso o licitante não atender as exigências acima discriminadas, automaticamente será desclassificado e devolvido o Envelope 02 e 03 ao mesmo. A CPLM-O reserva-se o direito de verificar na fonte emissora, a autenticidade do (s) documento (s) apresentado (s) As Propostas Técnicas conterão, no mínimo, os documentos: Conhecimento do local de atuação e considerações; Metodologia que será utilizada na execução das atividades; Plano de Trabalho Conteúdo dos Documentos das Propostas Técnicas Conhecimento do local de atuação e considerações: i) A Proponente deverá elaborar documento com descrição de forma clara, de fácil leitura, objetiva e sintética como fundamentos; ii) A apresentação de figuras, fotos, layouts, cronograma serão consideradas na medida em que essas ilustrações esclareçam pontos duvidosos para interpretação objetiva; iii) Do pleno entendimento da natureza das atividades licitadas, da responsabilidade da prestação adequada dos serviços, da oportunidade do desenvolvimento de ações isoladas ou conjuntas para soluções de problemas que possam ocorrer no ato da implantação dos sistemas.

10 Metodologia que será utilizada na execução das atividades: i) A proponente deverá apresentar descrição de forma clara, de fácil leitura, objetiva e sintética como fundamentos; ii) A apresentação de fluxos e diagramas será considerada na medida em que essas ilustrações derem sentido e forma, ou ainda, esclareçam pontos duvidosos para permitir uma interpretação objetiva; iii) A proponente deverá apresentar a metodologia a ser utilizada, detalhando os métodos ou processos a serem empregados para execução dos serviços de SOFTWARE, conforme especificações contidas nos itens 13.0 e 15.0 do anexo I Termo Referencia do edital. É livre a abordagem de justificativa de experiência da empresa ou membros de sua equipe em programas semelhantes, comprovando tal fato através de documentos; iv) As bases metodológicas deverão evidenciar quais diretrizes e estratégias estão sendo propostas, sua coerência com os termos de referência; v) Proposição de diretrizes e metodologias estruturantes aplicáveis para período além do contrato a fim de dotar os gestores de instrumento de acompanhamento e continuidade Plano de Trabalho: i) A proponente deverá apresentar o seu Plano de Trabalho com descrições claras, de fácil leitura, objetiva e sintética como fundamentos, conforme especificações contidas no item 10.0 do anexo I Termo Referência do edital. ii) A apresentação de organogramas, cronogramas, fluxos, diagramas, serão consideradas na medida em que essas ilustrações derem sentido, forma e evidência, ou ainda, esclareçam pontos duvidosos para permitir uma interpretação objetiva. iii) O Plano de Trabalho deverá indicar como a coordenação e a equipe técnica utilizarão a metodologia, suas diretrizes e estratégias delineadas, evidenciando sua coerência com o termo de referência e sua pertinência com o contexto. iv) No Plano deverá estar bem identificado quem será o coordenador dos trabalhos, a quantificação e qualificação da equipe que complementarão a coerência junto à metodologia proposta. v) A Proponente deverá demonstrar a capacidade e facilidade logística disponível para realização dos trabalhos. vi) Os pontos críticos que possam interferir no planejamento da empresa proponente, sem meios de solução, devem ser anunciados. vii) serviço. Deverá apresentar cronograma físico de participação nos módulos de Experiência Empresa, da Coordenação e Equipe Técnica Experiência Técnica da Empresa Experiência Técnica da Empresa - LOTE I Comprovação de experiência na implantação e manutenção do GSAN; Comprovação de experiência de suporte técnico ao ambiente operacional do GSAN; Tempo de experiência técnica em informática na área de Saneamento; Comprovação de experiência em consultoria e desenvolvimento de modelos de templates para implantação de um Sistema de Business Inteligence(BI) para empresas de saneamento; Comprovação de experiência de integração do sistema comercial com o ERP para empresas de saneamento Experiência Técnica da Empresa - LOTE II Comprovação de experiência na implantação e manutenção do GIS para empresas de saneamento;

11 11 Comprovação de experiência de suporte técnico ao ambiente operacional do GIS; Tempo de experiência técnica em informática na área de Saneamento; Comprovação de experiência de integração de sistemas de geoprocessamento com o Sistema Comercial em empresas de saneamento; Experiência Técnica da Empresa - LOTE III Comprovação de experiência na implantação e manutenção do ERP para empresas de saneamento; Comprovação de experiência de suporte técnico ao ambiente operacional do ERP; Tempo de experiência técnica em informática na área de Saneamento; Comprovação de experiência em consultoria e desenvolvimento de modelos de templates para implantação de um Sistema de Business Inteligence(BI) para empresas de saneamento Experiência da Equipe Técnica (Lote I, Lote II, Lote III) A equipe técnica abaixo, apresentada pela proponente, deverá ter experiência em trabalhos técnicos compatíveis com o objeto da presente licitação, comprovada mediante a apresentação dos atestados e certificado de conclusão de graduação completa em qualquer área de formação. É exigido um Termo de Compromisso de cada profissional declarando a sua concordância em participar da equipe. Experiência do Coordenador de Negócios Conhecimento em coordenação de equipes de implantação, manutenção e atendimento de sistemas de gestão comercial e/ou gestão empresarial e/ou em geoprocessamento e/ou BI. Experiência do Analista de Negócios Conhecimento das regras de negócio de gestão comercial de saneamento e/ou gestão empresarial e/ou em geoprocessamento e/ou BI. Experiência dos Analistas de Sistemas Ferramentas de Desenvolvimento utilizadas no Sistema GSAN e/ou gestão empresarial e/ou em geoprocessamento e/ou BI. Desenvolvimento, implantação, manutenção, operação e atendimento de sistemas de gestão comercial e/ou gestão empresarial e/ou em geoprocessamento e/ou BI. Experiência do Coordenador de Suporte e Tecnologia Conhecimento de suporte técnico ao ambiente operacional do GSAN e/ou gestão empresarial e/ou em geoprocessamento e/ou BI ENVELOPE 03 - PROPOSTA COMERCIAL O(s) atestado(s) deverá(ão) conter: I. Identificação da pessoa jurídica emitente; II. Nome e cargo do signatário; III. Endereço completo do emitente. A proposta comercial deverá obedecer aos requisitos desta licitação contendo, no mínimo, as seguintes informações: Carta de apresentação da Proposta Comercial endereçada à Comissão Permanente de Licitação, devendo estar assinada em sua parte final, bem como rubricada em todas as folhas pelo representante legal da licitante, nome da empresa Proponente, endereço e número de inscrição no CNPJ, , telefone;

12 Discriminação completa dos serviços e outras especificações conforme o(s) Lote(s) interessado(s); tais como: planilha de quantitativos custos unitários, conforme anexo II do Termo de Referencia; Preço total e discriminado por extenso em moeda corrente nacional para cada Lote interessado; No preço proposto deverão estar incluídos todos encargos, (sociais, trabalhistas e previdenciários / acidentários) e tributos incidentes sobre a prestação dos serviços, bem como todas e quaisquer despesas diretas e indiretas (incluindo transporte e alimentação, dos profissionais envolvidos na prestação dos serviços) e demais dispêndios necessários à perfeita execução do objeto licitado, de tal sorte que o montante proposto será a única e completa remuneração a ser paga pela execução completa dos serviços; Deverá ser informada a alíquota do ISS para o(s) Lote(s) interessado(s), atendendo a legislação onde o serviço será efetivamente realizado; Prazo de validade da proposta para o(s) Lote(s) interessado, não inferior a 60 (sessenta) dias, contados a partir da data estipulada para Sessão de Abertura Indicação do Banco, Número da Agência, Número da Conta Corrente no qual deverão ser creditados os pagamentos das faturas pelos serviços executados Caso o licitante não atender as exigências acima discriminadas, automaticamente será desclassificado PROCESSAMENTO DA LICITAÇÃO No local, dia e hora fixados neste Edital, serão iniciados os trabalhos, lendo o Presidente da CPLM-O, os objetivos da licitação Os trabalhos da sessão pública para recebimento dos Documentos de Habilitação e Propostas Técnicas e Comerciais, obedecerão aos trâmites estabelecidos nos subitens seguintes: Será solicitado pelo Presidente, as credenciais de cada representante legal das empresas proponentes, onde serão recebidos os Envelopes 01, 02 e 03 dos concorrentes, os quais serão rubricados pela Comissão e pelos Participantes Na presença das PROPONENTES e demais pessoas que quiserem assistir à sessão, a COMISSÃO receberá os invólucros devidamente fechados, contendo os Documentos de Habilitação e as Propostas Técnicas e Comerciais; Após a entrega dos invólucros contendo os Documentos de Habilitação e das Propostas Técnicas e Comerciais, nenhum documento adicional será aceito ou considerado no julgamento, e nem serão permitidos quaisquer adendos, acréscimos ou retificações É facultada a COMISSÃO, através de ofício ou mediante requerimento do interessado, em qualquer fase da licitação, realizar diligências, destinadas a esclarecer ou complementar a instrução do processo Encerrada a fase de credenciamento dos representantes, serão abertos pela Comissão o Envelope 01 HABILITAÇÃO, na presença de todos os concorrentes, cujos documentos serão examinados e rubricados pela Comissão e pelos representantes, permanecendo fechados e lacrados, sob guarda da Comissão, o Envelope 02 PROPOSTA TÉCNICA e o Envelope 03 PROPOSTA COMERCIAL, até a conclusão da fase de habilitação A COMISSÃO poderá a seu exclusivo critério, proclamar na mesma sessão, o resultado da habilitação, ou convocar outra para esse fim, ficando cientificados os interessados; Proclamado o resultado da habilitação, e decorrido o prazo para interposição de recurso, ou no caso de renúncia do prazo recursal, a COMISSÃO procederá à abertura das Propostas Técnicas das LICITANTES habilitadas; A COMISSÃO devolverá os envelopes de Propostas Técnicas às LICITANTES inabilitadas, se não houver recursos ou, se houver, após sua denegação;

13 Proclamado o resultado da avaliação das Propostas Técnicas das LICITANTES habilitadas, e decorrido o prazo para interposição de recurso, ou no caso de renúncia do direito recursal, a COMISSÃO procederá à abertura das Propostas Comerciais das LICITANTES classificadas na fase técnica; A COMISSÃO devolverá os envelopes de Propostas Comerciais às LICITANTES desclassificadas na fase técnica, se não houver recursos ou, se houver, após sua denegação; Analisadas as Propostas Comerciais, a COMISSÃO divulgará o resultado e, decorrido o prazo para interposição de recursos, ou no caso de renúncia ao prazo recursal, proclamará a vencedora do certame De cada sessão realizada será lavrada à respectiva ata circunstanciada, a qual será assinada pela COMISSÃO e pelos representantes das LICITANTES O resultado de julgamento final da Licitação será comunicado na mesma sessão ou posteriormente através de notificação aos interessados CRITÉRIOS PARA JULGAMENTO DAS PROPOSTAS A habilitação será julgada com base nos Documentos de Habilitação apresentados Decorrido o prazo recursal referente à habilitação, a Comissão procederá ao julgamento das Propostas Técnicas AVALIAÇÃO DAS PROPOSTAS TÉCNICAS - ENVELOPE "2" Atestado comprovando experiência na implantação, treinamento e manutenção do GSAN em empresas do segmento de água e saneamento. Experiência implantação, treinamento e manutenção de sistema GSAN para empresas de saneamento. Comprovar ter implantado e mantido o GSAN para empresas de saneamento com a quantidade de ligações superior a 500 mil Comprovar ter fornecido, implantado e mantido o GSAN para empresas de saneamento com quantidade de ligações acima de 200 mil e 500 mil, inclusive. Comprovar ter fornecido, implantado e mantido o GSAN para empresas de saneamento com quantidade de ligações entre 50 mil e 200 mil, inclusive. NOTA PESO 30 Não comprovar 0 Obs.: A Licitante será pontuada em até dois itens acima b) Experiência em Suporte e Tecnologia; A experiência da LICITANTE será comprovada através de atestado de empresa de saneamento. Atestado comprovando experiência de suporte ao ambiente do GSAN Comprovar ter fornecido suporte para o ambiente do GSAN para empresas de saneamento com a quantidade de ligações superior a 500 mil Comprovar ter fornecido suporte para o ambiente do GSAN para empresas de saneamento com quantidade de ligações entre 200 mil e 500 mil, inclusive. Comprovar ter fornecido suporte para o ambiente do GSAN para empresas de saneamento com quantidade de ligações menor que mil. Não comprovar 0 NOTA 10 6 PESO 20 Obs.: A Licitante será pontuada em apenas um dos itens acima

14 14 c) Atestado comprovação que a empresa LICITANTE possui experiência de implantação, treinamento, atendimento e manutenção do sistema ERP ofertado em empresas de Utilities. Fornecimento, implantação, treinamento, atendimento e manutenção do sistema ERP ofertado para empresas de Utilities Comprovar ter implantado e mantido o ERP para empresas de saneamento com a quantidade de ligações superior a 500 mil Comprovar ter fornecido, implantado e mantido o ERP para empresas de saneamento com quantidade de ligações acima de 200 mil e 500 mil, inclusive. Comprovar ter fornecido, implantado e mantido o GSAN para empresas de saneamento com quantidade de ligações entre 50 mil e 200 mil, inclusive. Nota Empresa de Saneamento Nota Empresa de Gás, Energia ou Telefonia PESO 30 Não comprovar 0 0 Obs.: A Licitante será pontuada em até dois itens acima d) Quanto ao tempo de experiência técnica em informática; Serão relevantes os anos de experiência da licitante nos serviços especializados em informática para área de água e saneamento, energia ou gás canalizado, comprovados através de atestados emitidos por empresas, comprovando a execução de serviços. Tempo de experiência na área Nota Outras Empresas Até 5 anos 1 2 Nota Empresa de Saneamento Peso > 5 e até 10 anos > 10 e até 15 anos 3 6 > 15 anos 5 10 Obs.: A Licitante será pontuada em apenas um dos itens acima e) Atestado comprovando que a empresa LICITANTE possui experiência na integração de sistemas de geoprocessamento com Sistema Comercial em empresas de saneamento. Integração com sistemas de GIS em empresa de saneamento Não possui experiência 0 Possui experiência integrado com outro Sistema Possui experiência integrado com o GSAN Nota Empresa de Saneamento 5 10 Peso 20 Obs.: A Licitante será pontuada em apenas um dos itens acima. f) Atestado comprovando que a empresa LICITANTE possui experiência em consultoria e desenvolvimento de modelos de templates para implantação de um Sistema de Business Inteligence(BI) para empresas de saneamento.

15 15 Consultoria e desenvolvimento de modelos de templates para implantação de um sistema de BI Comprovar ter fornecido, implantado e mantido o GSAN para empresas de saneamento com a quantidade de ligações superior a 500 mil Comprovar ter fornecido, implantado e mantido o GSAN para empresas de saneamento com quantidade de ligações acima de 200 mil e 500 mil, inclusive. Comprovar ter fornecido, implantado e mantido o GSAN para empresas de saneamento com quantidade de ligações entre 50 mil e 200 mil, inclusive. Não comprovar NOTA PESO 10 Obs.: A Licitante será pontuada em apenas um dos itens acima. g) Atestado comprovando que a empresa LICITANTE possui experiência em integração do GSAN com o sistema ERP ofertado. Integração do GSAN com ERP Nota Empresa de Saneamento Não possui experiência 0 Possui experiência com outro ERP 5 Possui experiência com o ERP ofertado 10 Peso 20 Obs.: A Licitante será pontuada em apenas um dos itens acima Experiência da Equipe Técnica a) Experiência do Coordenador de Negócios A experiência do coordenador de negócios do projeto será pontuada considerando atestado emitido por empresas do segmento de água e saneamento, energia ou gás canalizado referente à coordenação de implantação, manutenção, treinamento e atendimento do sistema ERP ofertado. Atestados comprovando experiência Empresas de energia ou gás canalizado Empresas saneamento de Peso Comprovar ter coordenado a implantação e manutenção em empresas de saneamento, energia ou gás canalizado com a quantidade de ligações superior a 500 mil Comprova ter coordenado a implantação e manutenção em empresas de saneamento, energia ou gás canalizado com a quantidade de ligações acima de 200 mil e 500 mil, inclusive. Comprovar ter coordenado a implantação e manutenção em empresas de saneamento, energia ou gás canalizado com a quantidade de ligações entre 50 mil e 200 mil, inclusive Não comprovar 0 0 Obs.: A Licitante será pontuada em apenas um dos itens acima 20 b) Experiência do Analista de Negócios Gestão Comercial A experiência do analista de negócios será pontuada considerando a quantidade de atestados emitidos por empresas do segmento de água e saneamento, energia ou gás canalizado referente à sua atuação em implantação, manutenção e atendimento de sistemas de gestão comercial.

16 16 Atestados comprovando experiência Empresas outro segmento Empresas de saneamento Peso Comprovar ter coordenado a implantação e manutenção em empresas de saneamento, energia ou gás canalizado com a quantidade de ligações superior a 500 mil Comprova ter coordenado a implantação e manutenção em empresas de saneamento, energia ou gás canalizado com a quantidade de ligações acima de 200 mil e 500 mil, inclusive Comprovar ter coordenado a implantação e manutenção em empresas de saneamento, energia 2 6 ou gás canalizado com a quantidade de ligações entre 50 mil e 200 mil, inclusive. Não comprovar 0 0 Obs.: A Licitante será pontuada por até 2(dois) técnicos no item acima c) Experiência dos analistas de sistemas em Sistemas de Gestão Comercial Experiência no desenvolvimento, implantação e manutenção do sistema GSAN; Atestado comprovando o tempo de experiência dos analistas de sistemas nas Ferramentas de Desenvolvimento utilizadas no Sistema GSAN: Apache Ant, Hibernate, JasperReposts, IReport, Struts, Eclipse, Postgree e/ou Oracle, Quartz, JBOSS. Atestados comprovando tempo de experiência nas ferramentas Nota Peso De 0 a 1 ano 0 > 1 a 2 anos 5 > 2 10 Obs.: A Licitante será pontuada por até 2(dois) técnicos nos itens acima Atestado comprovando a experiência dos analistas de sistemas em desenvolvimento, implantação e manutenção de sistemas de gestão comercial em empresas de saneamento, energia ou gás canalizado. 10 Atestado comprovando tempo de experiência na área e 0 a 1 ano 1 a 2 anos 2 a 5 anos Nota Empresas Gás, Energia ou Telefonia Nota de Empresa de Saneamento Nota de Empresa de Saneamento que usa o GSAN > 5 anos Obs.: A Licitante será pontuada por até 3(três) técnicos nos itens acima Peso 10 d) Experiência do Coordenador de Suporte e Tecnologia A experiência do Coordenador de Suporte e Tecnologia do projeto será pontuada considerando atestado emitido por empresa de saneamento referente à experiência como coordenador de equipes de suporte e tecnologia no ambiente de software e de hardware da plataforma disponível na empresa, como indicado abaixo: Quantidade de atestados comprovando o tempo de experiência do coordenador de suporte e tecnologia em ambiente operacional semelhante ao Ambiente Operacional da CAERD.

17 17 Atestados comprovando tempo de experiência no ambiente Nota Peso De 0 a 1 ano 0 > 1 a 2 anos 5 > 2 10 Obs.: A Licitante será pontuada em apenas um dos itens acima Qualidade dos serviços prestados: atribuída com base na qualificação técnica da empresa quanto à certificação de Qualidade com reconhecimento nacional ou internacional. Nq1 Certificação ISO 9000 nos processos de COMERCIALIZAÇÃO, DESENVOLVIMENTO, MANUTENÇÃO, IMPLANTAÇÃO e TREINAMENTO DE SOFTWARE DE GESTÃO EMPRESARIAL. Certificado emitido por empresa ou instituto devidamente credenciado, certificando que a empresa possui a certificação ISO 9000 para os processos de DESENVOLVIMENTO, MANUTENÇÃO, IMPLANTAÇÃO e TREINAMENTO DE SOFTWARE DE GESTÃO. Certificação ISO 9000 Nota Não apresentou cópia da certificação 0 Apresentou cópia da certificação 10 Pe so 5 Nq2 Comprovação de que a proponente tem os processos avaliados, no mínimo, nível E MPS-BR (Melhoria de Processos de Software Brasileiro) nos processos de desenvolvimento e manutenção. Como comprovação de que a empresa proponente é avaliada satisfatoriamente no mínimo nível E MPS-BR, a mesma deve constar no site oficial do Softex (entidade responsável pelo modelo), na seção MPS.BR -> Implementações. Avaliação MPS BR Nota Peso Não apresentou link internet de comprovação 0 Apresentou link internet de comprovação 10 5 AVALIAÇÃO DAS PROPOSTAS COMERCIAIS - ENVELOPE "3" Serão desclassificadas as Propostas Comerciais que apresentarem: a) Condições ilegais, omissões, erros e divergência ou conflito com as exigências deste Edital; a) Proposta em função da oferta de outro competidor na licitação; b) Preço unitário simbólico ou irrisório, havido assim como aquele incompatível com os preços praticados no mercado, conforme a Lei 8.666/93 e suas alterações; c) Preço excessivo, assim entendido como aquele superior ao orçado pela CAERD para o valor do contrato; d) Preços globais inexeqüíveis na forma do Art. 48 da Lei das Licitações Na proposta prevalecerão, em caso de discordância entre os valores numéricos e por extenso, estes últimos Os erros de soma e/ou multiplicação, bem como os valores totais propostos, eventualmente configurados nas Propostas Comerciais das PROPONENTES, serão devidamente corrigidos, não se constituindo, de forma alguma, como motivo para desclassificação da proposta Devolução dos Envelopes 02 de Proposta Comercial, aos licitantes inabilitados, desde que não tenha havido recurso ou a sua denegação A CPLM-O/CAERD, poderá suspender a reunião a fim de que tenha melhores condições de analisar os documentos apresentados, marcando na oportunidade, nova data e horário em que voltará a reunir-se com os interessados para prosseguimento do processo licitatório.

18 Ocorrendo o caso assim previsto, a Comissão e os participantes terão que rubricar os documentos apresentados e os envelopes lacrados contendo as propostas, que ficarão em poder da Comissão até a ocasião da nova reunião APURAÇÃO DA PONTUAÇÃO TÉCNICA As Licitantes serão relacionadas em ordem decrescente de classificação de acordo com a pontuação total das PROPOSTAS TÉCNICAS (PT) obtidas para cada uma, conforme quadro apresentado a seguir: Nº DE ORDEM EMPRESA LICITANTE PROPOSTA TÉCNICA (PT) As Licitantes relacionadas no quadro acima terão seus ÍNDICES TÉCNICOS (IT1) calculados dividindo-se a pontuação total da PROPOSTA TÉCNICA (PT) de cada uma pelo maior PT apurado entre as Licitantes, conforme fórmula apresentada a seguir: IT1 = (PT) / (PT Máximo) Onde: IT1 = ÍNDICE TÉCNICO da Proposta Técnica da Licitante em avaliação; PT = pontuação total da PROPOSTA TÉCNICA (PT) da Licitante em avaliação; PT Máximo = Maior pontuação total da PROPOSTA TÉCNICA (PT) obtido entre as Licitantes em avaliação. Observação: Os cálculos serão realizados considerando-se 02 (duas) casas decimais, desprezando-se a fração remanescente Os resultados obtidos com os cálculos dos ÍNDICES TÉCNICOS serão apontados, em ordem decrescente, no quadro apresentado a seguir: Nº DE ORDEM EMPRESA LICITANTE ÍNDICE TÉCNICO (IT I) APURAÇÃO DA PROPOSTA COMERCIAL Na avaliação da Proposta Comercial, a CONTRATANTE adotará os seguintes critérios para apuração do ÍNDICE DE PREÇO (IP): Os Preços Globais das Propostas Comerciais, cujas Licitantes estejam relacionadas no quadro definido no subitem 4.3 APURAÇÃO DA PONTUAÇÃO TÉCNICA, serão preenchidos no quadro a seguir de acordo com a ordem decrescente da classificação obtida pelas Licitantes na Proposta Técnica: EMPRESA LICITANTE VALOR DA PROPOSTA (R$) a) Em seguida, as Licitantes terão seus ÍNDICES DE PREÇO (IPi) calculados dividindo-se o menor valor das PROPOSTAS COMERCIAIS apresentadas (P Mínimo) pelo valor da PROPOSTA COMERCIAL da Licitante em avaliação, conforme fórmula apresentada a seguir: IPi = (P Mínimo) / Pi Onde: IPi = ÍNDICE DE PREÇO da Proposta Comercial em avaliação; P Mínimo = Menor valor das Propostas Comerciais apresentadas pelas Licitantes em avaliação; Pi = Valor da Proposta Comercial da Licitante em avaliação. Observação: Os cálculos serão realizados considerando-se 02 (duas) casas decimais,desprezandose a fração remanescente. b) Os resultados obtidos com os cálculos dos ÍNDICES DE PREÇO serão apontados, de acordo com a ordem definida na alínea a deste ANEXO, conforme quadro apresentado a seguir: EMPRESA LICITANTE ÍNDICE DE PREÇO (IP i)

19 AVALIAÇÃO FINAL DAS PROPOSTAS TÉCNICA E COMERCIAL A Licitante que não tenha sido eliminada do Processo Licitatório após a avaliação de sua Proposta Técnica e Comercial, terá sua AVALIAÇÃO FINAL realizada pela CONTRATANTE de acordo com os seguintes critérios: a) Ponderação: 1 PROPOSTA TÉCNICA: Peso 6 2 PROPOSTA COMERCIAL: Peso 4 b) O valor da AVALIAÇÃO FINAL (AF) das propostas Técnica e Comercial de cada Licitante será obtido aplicando-se a seguinte fórmula: AFi = (ITi x 6) + (IPi x 4) Onde: AFi = AVALIAÇÃO FINAL da Licitante em avaliação; ITi = ÍNDICE TÉCNICO obtido pela Licitante em avaliação; IPi = ÍNDICE DE PREÇO obtido pela Licitante em avaliação. Observação: Os cálculos serão realizados considerando-se 02 (duas) casas decimais, desprezandose a fração remanescente. c) Em seguida, as Licitantes serão relacionadas em ordem decrescente de acordo com o valor obtido na AVALIAÇÃO FINAL (AFi) de cada uma, conforme quadro apresentado a seguir: EMPRESA LICITANTE AVALIAÇÃO FINAL (AF i) d) Será considerada vencedora do Processo Licitatório, a Licitante que obtiver o maior valor na sua AVALIAÇÃO FINAL (Afi) Serão, também, desclassificadas as propostas que: a) Tenham inobservado o presente Edital ou sejam incompatíveis com as normas e parâmetros nele estabelecidos, inclusive as que contenham cotação para serviços não previstos nas Instruções; b) Estejam incompletas ou apresentem emendas, rasuras, entrelinhas ou linguagem que dificulte a exata compreensão do enunciado; c) Cujos preços unitários forem zero; d) Ofereçam preços ou vantagens baseados nas ofertas das demais licitantes; e) Excedam o valor orçado pela CAERD; f) Cujos preços sejam manifestamente inexequíveis, ou seja, proposta cujo valor global seja inferior a 70% (setenta por cento) do menor dos seguintes valores: Média aritmética dos valores das propostas superiores a 50%(cinquenta por cento) do valor orçado pela CAERD, ou Valor orçado pela CAERD Não será considerada qualquer oferta de vantagem não prevista neste Edital.

20 20 PLANILHA DE QUANTITATIVOS CUSTOS UNITÁRIOS ITEM Discriminação do Serviço Unidade Quantidade PREÇO Valor Unitário Total 1 GSAN - Manutenção Corretiva, Preventiva, Evolutiva e Suporte Técnico; Atendimento Remoto. Custo Mensal 12 meses 2 GSAN- Gestão Comercial - Desenvolvimento de Novas Funções e Serviços Correlatos - por demanda. HH Mensal 12 meses 3 GSAN Visita Analista de Negócio de Gestão Comercial / Gerente de Projeto Local Mensal (Bimensal) 4 Operação do GSAN Custo Mensal 5 Licenciamento para usuários simultâneos Sistema ERP Unidade meses 6 Serviço de Implantação ERP Custo Mensal 1 Serviço de Manutenção Corretiva, 7 Preventiva e Suporte Técnico / Custo Atendimento Remoto do ERP Mensal 12 meses HH 8 ERP - Manutenção Evolutiva Mensal 12 meses ERP - Desenvolvimento de Novas 9 Funções/Módulos, Serviços Correlatos HH/MM 12 meses Custo 10 Serviço de Implantação GIS Mensal 1 Licenciamento para usuários simultâneos 11 Custo Sistema GIS Mensal 60 Serviço de Manutenção Corretiva, 12 Preventiva e Suporte Técnico / Custo Atendimento Remoto do GIS. Mensal 12 meses Custo 13 GIS Manutenção Evolutiva Mensal 12 meses

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL 1. DA ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO 1.1. Os interessados em se inscrever e/ou renovar o Registro Cadastral junto ao GRB deverão encaminhar a documentação a seguir estabelecida,

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO 1 CARTA CONVITE n.º 001/2011 São Paulo, 20 de outubro de 2011. O CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA - 1ª REGIÃO, nos termos da autorização constante no Processo Administrativo em epígrafe, vem, por intermédio

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014.

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. Emissão: 09/12/2014. Abertura: 29/12/2014. Horário: 10:00 H. O Fundo de Previdência dos Servidores Municipais

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ Convite N. 004/2015 Natureza da Despesa/ OBJETIVO: Fonte do Recurso Contratação de Serviço de INSTALAÇÃO DE SERVIÇO DE LINK DE INTERNET - 5MB Dotação Orçamentária Data da Emissão 22/06/2015 Data da Licitação

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF Ref: Aviso de Edital ADG nº 003/2014 publicado em 28/10/2014. 1 1. OBJETO A

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

Câmara Municipal de Itatiba

Câmara Municipal de Itatiba DOCUMENTOS PARA EFETUAR CADASTRO PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC" INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES Razão Social: Endereço: Bairro: Cidade: CEP: CNPJ: Inscrição Estadual:

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE INTERESSADOS NA OPERAÇÃO E GESTÃO

Leia mais

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com. 1/7 INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.br) INFORMAÇÕES I. O interessado na inscrição no Cadastro de Fornecedores

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS)

CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS) CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS) ÍNDICE RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRO DE FORNECEDORES DE MATERIAL/SERVIÇOS PÁGINA 2 FICHA DE INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES PÁGINA 4 DECLARAÇÃO

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 002 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores

ATO CONVOCATÓRIO 002 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores ATO CONVOCATÓRIO 002 2013 OBJETO: Credenciamento de Consultores O INSTITUTO QUALIDADE MINAS, pessoa jurídica de Direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 O CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 7ª REGIÃO CREF7/DF, Autarquia Federal, criada pela Lei nº 9.696/98, torna público

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATO RICO ESTADO DO PARANÁ CNPJ - 95.684.510/0001-31 COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATO RICO ESTADO DO PARANÁ CNPJ - 95.684.510/0001-31 COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA REGISTRO CADASTRAL (Conf. Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993) I - Para a habilitação jurídica: a) Cédula de identidade e registro comercial na repartição competente, para

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG)

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) NORMAS DE CREDENCIAMENTO PARA INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS 1. DA FINALIDADE

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado:

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008 EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: Prezado (a) Senhor (a), O Projeto de Cooperação para Apoio às Políticas e à Participação

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls.

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls. Convite nº 081/2007 Fls. 1 CARTA CONVITE Processo nº 11784/05 Convite nº 081/2007 Entrega Envelopes até o dia: 15 de junho de 2007, às 14h00. Abertura Envelopes dia: 15 de junho de 2007, às 14h30. A COMISSÃO

Leia mais

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Processo...: 8/2015 Modalidade.: Convite Número...: 6/2015

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO CONVITE Nº 05/2013 SERVIÇOS DE ASSESSORIA CONTÁBIL O Conselho Regional de Biologia 3ª Região, através da Comissão Permanente de Licitações, convida V.S.a. a apresentar

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001 - DEPTO DE COMPRAS - 8º ANDAR. Regime

Leia mais

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES:

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES: EDITAL de LICITAÇÃO MODALIDADE: CARTA CONVITE N.º 17/2013 Data da abertura dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas Data limite para entrega dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE ÁGUA E ESGOTO AV. HUGO ALESSI Nº 50 B. NDUSTRIAL - FONE: (0**34) 3242-3579/3242-5026 ARAGUARI MG

SUPERINTENDÊNCIA DE ÁGUA E ESGOTO AV. HUGO ALESSI Nº 50 B. NDUSTRIAL - FONE: (0**34) 3242-3579/3242-5026 ARAGUARI MG SUPERINTENDENCIA DE AGUA E ESGOTO DE ARAGUARI DEPARTAMENTO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS COMISSÃO ESPECIAL DE CADASTRO/SETOR DE CADASTRO INSTRUÇÕES GERAIS 1. OBJETIVO Estabelecer normas e procedimentos para

Leia mais

EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE ÁREAS (LOJAS / TERRENOS)

EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE ÁREAS (LOJAS / TERRENOS) EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE ÁREAS (LOJAS / TERRENOS) ÍNDICE: RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRO DE EMPRESAS INTERESSADAS NA EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE TERRENOS, LOJAS E ESPAÇOS DE PROPRIEDADE DA COMPANHIA DO

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA CARTA CONVITE N 005/2015 SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL - ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SANTA CATARINA - SENAR-AR/SC Edital de Convite nº. 005/2015 1 - Preâmbulo 1.1 - O Serviço Nacional de Aprendizagem

Leia mais

MUNICÍPIO DE PORTO FERREIRA Estado de São Paulo DIVISÃO DE SUPRIMENTOS Seção de Licitações e Contratos

MUNICÍPIO DE PORTO FERREIRA Estado de São Paulo DIVISÃO DE SUPRIMENTOS Seção de Licitações e Contratos INSTRUÇÕES GERAIS PARA OBTENÇÃO DO C.R.C. (CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL), CONFORME DISPOSTO NA LEI Nº 8.666/93 1. CADASTRAMENTO 1.1 PROCEDIMENTO 1.1.1 A empresa interessada em obter o Certificado

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES E RENOVAÇÃO CADASTRAL DME DISTRIBUIÇÃO S/A - DMED DOS PROCEDIMENTOS

CADASTRO DE FORNECEDORES E RENOVAÇÃO CADASTRAL DME DISTRIBUIÇÃO S/A - DMED DOS PROCEDIMENTOS CADASTRO DE FORNECEDORES E RENOVAÇÃO CADASTRAL DME DISTRIBUIÇÃO S/A - DMED DOS PROCEDIMENTOS A Supervisão de Suprimentos é a responsável pelo cadastramento dos fornecedores, bem como pela renovação cadastral

Leia mais

Conselho Regional de Economia da Paraíba 21ª Região

Conselho Regional de Economia da Paraíba 21ª Região EDITAL DE LICITAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE CONTADOR PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROFISSIONAIS CONTÁBEIS E DE ASSESSORIA CONTÁBIL PARA O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 21ª REGIÃO PARAÍBA CONVITE Nº 002/2016

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 001 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores

ATO CONVOCATÓRIO 001 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores ATO CONVOCATÓRIO 001 2013 OBJETO: Credenciamento de Consultores O INSTITUTO QUALIDADE MINAS, pessoa jurídica de Direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2014 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 22/08/2014 HORÁRIO: 10h00min LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro Edifício

Leia mais

EMPRESA MUNICIPAL DE OBRAS E URBANIZAÇÃO

EMPRESA MUNICIPAL DE OBRAS E URBANIZAÇÃO 1 FUNDAMENTAÇÃO Este Manual contem regras para Cadastramento com fins de Licitação, nos termos da Lei 8.666/93 e alterações posteriores. e está disponível no site www.aracaju.se.gov.br/emurb. REGRAS PARA

Leia mais

RESOLUÇÃO 942 / 99. Assunto: Aprovação das "NORMAS PARA CADASTRAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA", e revogação da Resolução nº 823/94, de 13.4.94.

RESOLUÇÃO 942 / 99. Assunto: Aprovação das NORMAS PARA CADASTRAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA, e revogação da Resolução nº 823/94, de 13.4.94. RESOLUÇÃO 942 / 99 Assunto: Aprovação das "NORMAS PARA CADASTRAMENTO DE EMPRESAS DE CONSULTORIA", e revogação da Resolução nº 823/94, de 13.4.94. Referência: INFORMAÇÃO PADRONIZADA SD/CCE - 01 /99, de

Leia mais

1.3. Poderá(rão) ser escolhida(s) uma ou mais empresas para a prestação do serviço(s).

1.3. Poderá(rão) ser escolhida(s) uma ou mais empresas para a prestação do serviço(s). I MEMORIAL TÉCNICO DO XXXII CBP: 1. Objeto da Concorrência: 1.1. O objeto da presente concorrência é a contratação de empresa Prestadora de serviços para secretaria e pessoal de apoio para o XXXII Congresso

Leia mais

3. Repasse de benefícios para a Associação Brasileira de Psiquiatria, Organizadora e Promotora do XXXI CBP:

3. Repasse de benefícios para a Associação Brasileira de Psiquiatria, Organizadora e Promotora do XXXI CBP: I MEMORIAL TÉCNICO DO XXXI CBP: 1. Objeto da Concorrência: EDITAL DE CONCORRÊNCIA PARA APRESENTAÇÃO DE 4 1.1. O objeto da presente concorrência é a contratação da empresa de Prestadora de Serviços de Locação

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 08/2012 PROCESSO N.19.544/2012

EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 08/2012 PROCESSO N.19.544/2012 1 EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 08/2012 PROCESSO N.19.544/2012 1. PREÂMBULO 1.1 A FACULDADE ESTADUAL DE CIENCIAS E LETRAS DE CAMPO MOURÃO - FECILCAM, por seu diretor Antônio Carlos Aleixo, nomeado pelo

Leia mais

REVISÃO 21 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS - RENOVAÇÃO QUALIFICAÇÃO TÉCNICA PASTA AMARELA

REVISÃO 21 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS - RENOVAÇÃO QUALIFICAÇÃO TÉCNICA PASTA AMARELA REVISÃO 21 RELAÇÃO DE DOCUMENTOS - RENOVAÇÃO QUALIFICAÇÃO TÉCNICA PASTA AMARELA 1. Na renovação a empresa deverá informar, por escrito, se houve ou não alteração dos documentos de Qualificação Técnica

Leia mais

ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014

ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014 ABERTURA DE CARTA CONVITE Nº 001/2014 O CONSELHO REGIONAL DE CORRETORES DE IMÓVEIS DO ESTADO DE SANTA CATARINA CRECI - 11ª REGIÃO/SC, através da Comissão de Julgamento de Licitação, comunica que, de acordo

Leia mais

Quais são as 4 principais certidões indispensável para participar em uma licitação?

Quais são as 4 principais certidões indispensável para participar em uma licitação? Quais são as 4 principais certidões indispensável para participar em uma licitação? As certidões indispensáveis à participação nas licitações, conforme previsto no artigo 27 da Lei 8.666/93, são: certidão

Leia mais

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010

PROCESSO 005/2010 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 001/2010 INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES DO MUNICÍPIO DE SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO, Regime Próprio de Previdência Social dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião do Paraíso, autarquia municipal,

Leia mais

Edital de Credenciamento 003/2012

Edital de Credenciamento 003/2012 1/5 Edital de Credenciamento 003/2012 1 DO OBJETO: 1.1. O presente Termo tem por objetivo o credenciamento de Instituições Financeiras autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil, para prestação

Leia mais

CONVITE: 003 /08 DE 19 DEFEVEREIRO DE 2008 ENCERRAMENTO e ABERTURA: - 06 DE MARÇO DE 2008-10:00 h

CONVITE: 003 /08 DE 19 DEFEVEREIRO DE 2008 ENCERRAMENTO e ABERTURA: - 06 DE MARÇO DE 2008-10:00 h CONVITE: 003 /08 DE 19 DEFEVEREIRO DE 2008 ENCERRAMENTO e ABERTURA: - 06 DE MARÇO DE 2008-10:00 h 1.0.OBJETO 1.1 Contratação de Empresa Especializada para Locação, Implantação, Treinamento de Pessoal e

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 RASTREAMENTO E MONITORAMENTO DE VÉICULO

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 RASTREAMENTO E MONITORAMENTO DE VÉICULO INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 RASTREAMENTO E MONITORAMENTO DE VÉICULO O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos de interesse

Leia mais

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais).

DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: 41.20.02 MOBILIÁRIO EM GERAL - R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais). PROCESSO N.º 003/2013 LICITAÇÃO Nº 003/2013-CONVITE TIPO: MENOR PREÇO POR LOTE À EMPRESA: ENDEREÇO: O Conselho Regional de Administração-CRA, através de sua Comissão Permanente de Licitação, nos termos

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA COMERCIAL DE EMPRESAS CANDIDATAS À PRESTADORAS DE SERVIÇOS DE SHUTTLE E TRANSPORTE LOCAL PARA O XXXI CBP CURITIBA, 2013

APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA COMERCIAL DE EMPRESAS CANDIDATAS À PRESTADORAS DE SERVIÇOS DE SHUTTLE E TRANSPORTE LOCAL PARA O XXXI CBP CURITIBA, 2013 I CONDIÇÕES PARA A CONCORRÊNCIA: 1. Objeto da Concorrência: 1.1. O objeto da concorrência é a prestação de serviços de SHUTTLE como transportadora do XXXI Congresso Brasileiro de Psiquiatria. 1.2. A ABP

Leia mais

SP 22/2010-DF/DVCA-20 TOMADA DE PREÇOS PROCESSO 04.001301.10.48 ÍNDICE. PARTE I - Normas Especiais. PARTE II - Normas Gerais

SP 22/2010-DF/DVCA-20 TOMADA DE PREÇOS PROCESSO 04.001301.10.48 ÍNDICE. PARTE I - Normas Especiais. PARTE II - Normas Gerais SP 22/2010-DF/DVCA-20 TOMADA DE PREÇOS PROCESSO 04.001301.10.48 ÍNDICE ADVERTÊNCIAS PARTE I - Normas Especiais PARTE II - Normas Gerais ANEXO I - a) Planilha Orçamentária b) Especificação Técnica Material

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos de interesse público,

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES PROCESSO LICITATÓRIO Nº 003/2016 TOMADA DE PREÇO Nº 003/2016 Aldoir Godois Vezaro, Prefeito Municipal de São Pedro das Missões RS, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei nº 8.666,

Leia mais

apresentação da fatura na Secretaria de Administração. Macapá-AP, 23 de julho de 2013. SALIM SANTIAGO LEITE

apresentação da fatura na Secretaria de Administração. Macapá-AP, 23 de julho de 2013. SALIM SANTIAGO LEITE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CONVIDADO: CARTA CONVITE REPETIÇÃO X Carta-Convite nº: 005/2013 Processo nº : 3003838/2013 TELEFONE/FAX ENDEREÇO CIDADE ESTADO AP O Ministério Público do Estado do Amapá

Leia mais

Tomada de Preços n.º 015/2010

Tomada de Preços n.º 015/2010 Tomada de Preços n.º 015/2010 Procedimento Administrativo n.º 0848/2010 Modalidade: Tomada de Preços Tipo: Menor Preço Julgamento: global Regime de execução: empreitada por preço unitário Objeto: Contratação

Leia mais

EDITAL. Pregão Presencial Nº 000002/2014

EDITAL. Pregão Presencial Nº 000002/2014 Pregão Presencial Nº 000002 Data: 11 de março de 2014 ÀS 08:30 Processo Nº: 000002/2014 PREAMBULO A PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DE SÃO FRANCISCO, ESTADO DO ESPÍRITO SANTO, com sede na Rua Desembargador

Leia mais

Projeto Bolsa Piloto FAQ destinado aos Aeroclubes e Escolas de Aviação Civil

Projeto Bolsa Piloto FAQ destinado aos Aeroclubes e Escolas de Aviação Civil Projeto Bolsa Piloto FAQ destinado aos Aeroclubes e Escolas de Aviação Civil Como faço para concorrer a uma bolsa? O processo seletivo de alunos está sendo realizado pela Secretaria de Aviação Civil SAC/PR.

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIBLIOTECONOMIA - 8ª REGIÃO - SÃO PAULO

CONSELHO REGIONAL DE BIBLIOTECONOMIA - 8ª REGIÃO - SÃO PAULO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DO CRB/8 - SP TOMADA DE PREÇO nº 01/2015 O CONSELHO REGIONAL DE BIBLIOTECONOMIA 8ª REGIÃO, entidade autárquica federal de fiscalização da profissão de Bibliotecário, instituído

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE CONCORRÊNCIA N 5030008-01/2013 (SRP)

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE CONCORRÊNCIA N 5030008-01/2013 (SRP) 1 FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE CONCORRÊNCIA N 5030008-01/2013 (SRP) A Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia -, por meio de sua Comissão de Licitações, torna público para conhecimento

Leia mais

EDITAL DE CADASTRAMENTO FINANCEIRA BRB 2008/001

EDITAL DE CADASTRAMENTO FINANCEIRA BRB 2008/001 OBJETO: CADASTRAMENTO DE EMPRESAS OBJETIVANDO FUTURAS CONTRATAÇÕES DE PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS DE CORRESPONDENTES. 1 PREÂMBULO 1.1 A BRB CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S/A ( FINANCEIRA BRB ) torna

Leia mais

Estado do Amazonas PREFEITURA MUNICIPAL DE TONANTINS CNPJ: 04.628.608/0001-16 Endereço: Rua Leopoldo Peres, s/n Centro, Tonantins AM

Estado do Amazonas PREFEITURA MUNICIPAL DE TONANTINS CNPJ: 04.628.608/0001-16 Endereço: Rua Leopoldo Peres, s/n Centro, Tonantins AM EDITAL CONVITE Nº 002/2015 1 PREÂMBULO 1.1. A, através da COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO CML, adiante denominada simplesmente CML, CONVIDA essa firma para participar do certame licitatório, na modalidade

Leia mais

EDITAL Nº. 01/2014 DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS A SEREM FINANCIADOS PELO FUNDO DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA DO MUNICÍPIO DE MARABÁ-PARÁ.

EDITAL Nº. 01/2014 DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS A SEREM FINANCIADOS PELO FUNDO DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA DO MUNICÍPIO DE MARABÁ-PARÁ. PREÃMBULO 1994 EDITAL Nº. 01/2014 DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS A SEREM FINANCIADOS PELO FUNDO DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA DO MUNICÍPIO DE MARABÁ-PARÁ. A Prefeitura Municipal de Marabá, por intermédio

Leia mais

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014 O Município de Mariano Moro, RS, torna público, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, que no dia 30 de setembro as 14

Leia mais

AV. BRASÍLIA, 1057 FONE: 054-3356 1244. Edital de Licitação

AV. BRASÍLIA, 1057 FONE: 054-3356 1244. Edital de Licitação Edital de Licitação Modalidade.:Tomada de Preço Numero...:0006/15 DATA DA ABERTURA DA LICITAÇÃO: 11/02/2015 DATA ABERTURA DAS PROPOSTAS..: 04/03/2015 HORARIO...: 14:00 Fornecedor.: Endereço...: CGCMF...:

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE RONDÔNIA SENAR-AR/RO CNPJ Nº. 04.293.236/0001-14

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE RONDÔNIA SENAR-AR/RO CNPJ Nº. 04.293.236/0001-14 AVISO DE LICITAÇÃO O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural Administração Regional de Rondônia SENAR-AR/RO, comunica aos interessados que no dia 11/11/2010, ás 09:30 hs, ocorrerá a ABERTURA DOS ENVELOPES

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG EDITAL DE CREDENCIAMENTO SPAL 01/2014

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG EDITAL DE CREDENCIAMENTO SPAL 01/2014 COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG EDITAL DE CREDENCIAMENTO SPAL 01/2014 CAPÍTULO PRIMEIRO - DA FINALIDADE 1.1 A Companhia de Saneamento de Minas Gerais - COPASA MG, com endereço à Rua

Leia mais

Câmara Municipal De Natividade Da Serra

Câmara Municipal De Natividade Da Serra DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA A INCRIÇÃO NO REGISTRO CADASTRAL (Em conformidade com os artigos 28 a 31 da Lei Federal Nº 8.666/93 e demais alterações posteriores): PESSOA JURÍDICA 1 - Documentação Relativa

Leia mais

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 DATA DA ABERTURA: 13/11/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

Memorial Técnico para Elaboração de Proposta Comercial

Memorial Técnico para Elaboração de Proposta Comercial I MEMORIAL TÉCNICO DO XXVII CBP: 1. Objeto da Concorrência: 1.1. Selecionar a(s) Montadora(s) prestadora(s) de serviços de montagem para as diversas fases BLOCOS para a implantação do XXVII CBP no Transamérica

Leia mais

CONVITE: 008/2009 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2009 ENCERRAMENTO E ABERTURA: - 10 DE DEZEMBRO DE 2009-08:30 h

CONVITE: 008/2009 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2009 ENCERRAMENTO E ABERTURA: - 10 DE DEZEMBRO DE 2009-08:30 h CONVITE: 008/2009 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2009 ENCERRAMENTO E ABERTURA: - 10 DE DEZEMBRO DE 2009-08:30 h 1.0.OBJETO 1.1 Fornecimento e instalação de Piso Laminado de Madeira de alta resistência para Uso Comercial

Leia mais

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ. CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ. CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 1 SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ 1. DA CONVOCAÇÃO: CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO

Leia mais

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO EDITAL CONVOCATÓRIO CONVITE Nº 2013.02.18.2 1.0 EDITAL 1.1 Órgão: SECRETARIA MUNICIPAL DE AÇÃO SOCIAL 1.2 Modalidade: CONVITE 1.3 Tipo de Licitação: Menor preço Global 1.4 Torna público para conhecimento

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICIPIO DE ITATIBA DO SUL COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 003/2013

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICIPIO DE ITATIBA DO SUL COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 003/2013 EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 003/2013 O Município de Itatiba do Sul, Estado do Rio Grande do Sul, torna público para o conhecimento dos interessados, que em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93

Leia mais

EDITAL DE DISPENSA DE LICITAÇÃO N 004/2014 TIPO: MENOR PREÇO

EDITAL DE DISPENSA DE LICITAÇÃO N 004/2014 TIPO: MENOR PREÇO EDITAL DE DISPENSA DE LICITAÇÃO N 004/2014 TIPO: MENOR PREÇO (PROCESSO N 2014/11/267) O Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Paranaguá, por sua Comissão Permanente de Licitação, designada

Leia mais

CONVITE Nº 060E/2015

CONVITE Nº 060E/2015 Processo nº 0405.1511/15-3 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 060E/2015 DATA DA ABERTURA: 16/10/2015 HORA DA ABERTURA: 10:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SERVIÇOS DO VALE DO RIO PARDO - CISVALE

CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SERVIÇOS DO VALE DO RIO PARDO - CISVALE HABILITAÇÃO JURÍDICA Documentos para Credenciamento - Registro comercial no caso de empresa individual; - Ato Constitutivo, Estatuto ou Contrato Social em vigor, devidamente registrado em se tratando de

Leia mais

ABRIGO DO MARINHEIRO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS PESQUISA DE PREÇOS (ESPECIFICAÇÕES E INSTRUÇÕES)

ABRIGO DO MARINHEIRO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS PESQUISA DE PREÇOS (ESPECIFICAÇÕES E INSTRUÇÕES) ABRIGO DO MARINHEIRO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS PESQUISA DE PREÇOS (ESPECIFICAÇÕES E INSTRUÇÕES) REFORMA DAS INSTALAÇÕES DE ATENDIMENTO AO PÚBLICO DO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS DO ABRIGO DO

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 004/2015. Objeto

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 004/2015. Objeto EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º 004/2015 O Município de Benjamin Constant do Sul - RS, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, torna público para conhecimento dos interessados a

Leia mais

OBJETO: Impressão de 5.000 (cinco mil) unidades da cartilha da cultura digital 210X297mm 4x4 couche fosco 170g dobrado com 100 páginas.

OBJETO: Impressão de 5.000 (cinco mil) unidades da cartilha da cultura digital 210X297mm 4x4 couche fosco 170g dobrado com 100 páginas. CARTA - CONVITE Nº 001/2010 (PRORROGAÇÃO) O SOYLOCOPORTI VEM POR MEIO DESTE EDITAL DE PRORROGAÇÃO APRESENTAR A NOVA DATA DE ABERTURA PARA OS ENVELOPES DE PROPOSTAS PARA FORNECIMENTO DE IMPRESSÃO GRÁFICA

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE TUBOS DE CONCRETO

EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE TUBOS DE CONCRETO PREFEITURA MUNICIPAL DE SOLEDADE SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E AGRICULTURA EDITAL TOMADA DE PREÇOS Nº 38/2015 TIPO MENOR PREÇO EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE TUBOS DE CONCRETO O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO Modalidade...: Tomada de Preços Número...: 008/2014 Número da Modalidade: 003/2014 Data de Abertura da Licitação...: 20/02/2014 Data de Abertura das Propostas..: 14/03/2014 Horário...:

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARAÇU ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARAÇU ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA PROCESSO LICITATÓRIO Nº014/2014 MODALIDADE: CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº001/2014 TIPO: MAIOR OFERTA GABINETE DO PREFEITO DATA, HORÁRIO, E LOCAL DE RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS: 11 de

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 001/2015 ASSESSORIA DE IMPRENSA. Data Evento Horário Forma Local

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 001/2015 ASSESSORIA DE IMPRENSA. Data Evento Horário Forma Local EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 001/2015 ASSESSORIA DE IMPRENSA A CBG Confederação Brasileira de Golfe, de acordo com a Lei 10.264 de 16 de julho de 2001 Lei Agnelo/Piva, regulamentada pelo

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL EDITAL DE LICITAÇÃO nº 002/2012 TOMADA DE PREÇOS PARA PRESTADORES DE SERVIÇOS E PRESTAÇÕES DE CONTAS NA GESTÃO DE PROJETOS A CBHb, de acordo com a Lei 10.264 de 16 de julho de 2001 Lei Agnelo/Piva, regulamentada

Leia mais

CARTA CONVITE 006/2013

CARTA CONVITE 006/2013 CARTA CONVITE 006/2013 O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 6ª REGIÃO, autarquia federal criada pela Lei 1.411/51, representada pelo Presidente da Comissão de Licitação, designada pela Portaria nº 002/2013,

Leia mais

PARECER TÉCNICO SOBRE DOCUMENTAÇÃO DE HABILITAÇÃO QUALIFICAÇÃO TÉCNICA DAS LICITANTES DA CONCORRÊNCIA Nº022/DALC/SEDE/2011:

PARECER TÉCNICO SOBRE DOCUMENTAÇÃO DE HABILITAÇÃO QUALIFICAÇÃO TÉCNICA DAS LICITANTES DA CONCORRÊNCIA Nº022/DALC/SEDE/2011: Brasília-DF, 22 de agosto de 2012. PARECER TÉCNICO SOBRE DOCUMENTAÇÃO DE HABILITAÇÃO QUALIFICAÇÃO TÉCNICA DAS LICITANTES DA CONCORRÊNCIA Nº022/DALC/SEDE/2011: CONSÓRCIO ATC / AIR NAV / EBCO; CONSÓRCIO

Leia mais

2.2. É vedada a participação na Licitação de pessoas jurídicas que:

2.2. É vedada a participação na Licitação de pessoas jurídicas que: SECRETARIA DA EDUCAÇÃO 6ª COORDENADORIA REGIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO 6ª CREDE RUA DR. JOSÉ EUCLIDES FERREIRA GOMES, S/N COLINA DA BOA VISTA- SOBRAL CNPJ: 00.273.843/0001-61 CARTA CONVITE Nº

Leia mais

EEEP PROFESSOR GUSTAVO AUGUSTO LIMA E-mail: eeepgustavolima@escola.ce.gov.br Lavras da Mangabeira Ceará

EEEP PROFESSOR GUSTAVO AUGUSTO LIMA E-mail: eeepgustavolima@escola.ce.gov.br Lavras da Mangabeira Ceará MINUTA DO CONVITE Nº 030/2014. Natureza da Despesa: SERVIÇOS PESSOA JURÍDICA 3390390091 - REPASSE PARA MANUTENÇÃO DE ESCOLAS Data de Emissão: 29/09/2013 Data da Licitação: 09/10/2014 Hora da Licitação:

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº. 002/2007 EDITAL

TOMADA DE PREÇOS Nº. 002/2007 EDITAL TOMADA DE PREÇOS Nº. 002/2007 EDITAL Prefeitura Municipal de Mundo Novo, Estado de Goiás, torna público, para conhecimento dos interessados que no dia 29.06.2007, às 13h:00min será aberta audiência de

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 08/2015 EDITAL PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA (ACESSIBILIDADE E DIAGRAMAÇÃO)

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 08/2015 EDITAL PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA (ACESSIBILIDADE E DIAGRAMAÇÃO) COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 08/2015 EDITAL PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA (ACESSIBILIDADE E DIAGRAMAÇÃO) Tipo: Melhor Técnica O Instituto Brasileiro de Administração Municipal - IBAM, associação

Leia mais

AVISO DE LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇO Nº 005/2014

AVISO DE LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇO Nº 005/2014 AVISO DE LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇO Nº 005/2014 A Comissão Permanente de Licitação de Materiais e Obras CPLM-O/CAERD, comunica aos interessados, que estão abertas as inscrições no Certame Licitatório na

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá/RS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá/RS ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá/RS EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 001/2014 TIPO MENOR PREÇO POR ITEM EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS PARA CONTRATAÇAO DE EMPRESA PARA FORNECIMENTO

Leia mais

CONVITE N.º 004-001/2013-CV

CONVITE N.º 004-001/2013-CV 1 CONVITE N.º 004-001/2013-CV REFERÊNCIA: Contratação de organização, associação ou empresa que preste serviço de hospedagem com local para realização de evento, destinado aos contratados e convidados

Leia mais

FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150062 TIPO: MENOR PREÇO

FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150062 TIPO: MENOR PREÇO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150062 TIPO: MENOR PREÇO A FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica do Ministério

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE RUGBY

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE RUGBY AVISO PROCESSO SELETIVO São Paulo, 23 de junho de 2014. PROCESSO SELETIVO Nº 001/2014 I. Proponente: Confederação Brasileira de Rugby CNPJ: 50.380.658/0001-44 E-mail: kaiza.cappi@brasilrugby.com.br Endereço:

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 Encerramento: às 17:00 horas do dia 30 de setembro de 2014 Abertura dos Envelopes: às 8:00 horas do dia 01 de outubro de 2014 A SANTA CASA DE

Leia mais

FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150067 TIPO: MENOR PREÇO

FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150067 TIPO: MENOR PREÇO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150067 TIPO: MENOR PREÇO A FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica do Ministério

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DIVERSOS PARA EMEI GENI TEREZINHA COLOMBO.

EDITAL TOMADA DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DIVERSOS PARA EMEI GENI TEREZINHA COLOMBO. PREFEITURA MUNICIPAL DE SOLEDADE SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E DESPORTO. EDITAL TOMADA DE PREÇOS Nº 72/2015 TIPO MENOR PREÇO EXCLUSIVO PARA ME s e EPP s, CONFORME REDAÇÃO DADA PELA LC 147/2014.

Leia mais

Edital 02/2015 Saldo Remanescente

Edital 02/2015 Saldo Remanescente Edital 02/2015 Saldo Remanescente EDITAL Nº 02/2015 CMDCA EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS PARA FINANCIAMENTO NO ANO DE 2015 O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente CMDCA, no

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 678, DE 1º DE SETEMBRO DE 2015.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 678, DE 1º DE SETEMBRO DE 2015. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 678, DE 1º DE SETEMBRO DE 2015. Estabelece os requisitos e os procedimentos atinentes à obtenção e à manutenção de autorização para comercializar

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO JABOATÃO DOS GUARARAPES SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL SECRETARIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DO JABOATÃO DOS GUARARAPES SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL SECRETARIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO EDITAL Nº 001/2012 CHAMADA PÚBLICA PARA SELECIONAR E HABILITAR INSTITUIÇÃO PÚBLICA E OU PRIVADA SEM FINS LUCRATIVOS PARA DESENVOLVER PROGRAMA DE ANIMAÇÃO CULTURAL NAS ESCOLAS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO

Leia mais