COBRANÇA SEM REGISTRO CONVÊNIO 7 DÍGITOS LAYOUT TÉCNICO Os campos dos boletos de cobrança devem conter as informações conforme o anexo 02.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COBRANÇA SEM REGISTRO CONVÊNIO 7 DÍGITOS LAYOUT TÉCNICO. 1.1. Os campos dos boletos de cobrança devem conter as informações conforme o anexo 02."

Transcrição

1 1

2 SVIÇ D Ç Ç S GIST VÊI 7 DÍGITS LYUT TÉI 1. LTS D Ç 1.1. s campos dos boletos de cobrança devem conter as informações conforme o anexo 02. spécie Doc.: Tipos de spécie de Documento Sigla Descrição D Duplicata mercantil DS Duplicata de serviço ecibo osso número: é composto por 17 dígitos, contendo os seguintes dados: omposição do osso número Posição onteúdo 7 primeiros dígitos º. do convenio (Verificar anexo 02) 4 dígitos seguintes (Verificar anexo 02) 6 dígitos restantes osso número do boleto (seqüencial) x.: onde : > º. convênio (fixo); > (fixo); > osso número do boleto (seqüencial). bs.: nosso número será único, não podendo se repetir a cada remessa boleto deve obedecer as seguintes dimensões: ltura... : 95 a 108 mm; Largura... : 210 a 216 mm ódigo de arras deve respeitar as dimensões a seguir: ltura... : 13 mm; Largura... : 103 mm Informar na margem inferior direita, a expressão FIH D PSÇÃ s dimensões do ecibo do Sacado são livres. 2

3 bs.: Para a montagem dos dados do código de barras e para a composição da linha digitável, verificar o anexo LYUT PDÃ 240 PSIÇÕS - SS arquivo de remessa deve ser formatado no padrão F 240. rquivo (anexo 01 do manual F) é composto de: Um registro Header de rquivo; Lotes de Serviço; Um registro Trailer de rquivo. Um Lote de Serviço (anexo 01 - manual F) é constituído de: Um registro Header de Lote; egistros Detalhes - Segmentos P e Q; Um registro Trailer de Lote. s Detalhes (anexo 01 - manual F) são compostos de: ampos fixos - comuns a todos os Tipos de Serviço; ampos específicos - padrões para cada um dos Tipos de Serviço. Um registro Detalhe é composto de 02 (dois) tipos de Segmento P e Q. egistro Header do rquivo egistro Header do Lote rquivo Lotes egistros de Detalhe - Segmentos P egistros de Detalhe - Segmentos Q egistro Trailer do Lote egistro Trailer do rquivo bs.: s campos devem ser preenchidos conforme orientação no anexo 03. 3

4 3. HLGÇÃ D LTS SS 3.1. pós concluir o desenvolvimento do boleto e do layout, enviar um arquivo com 10 boletos em formato pdf com datas de vencimento e valores diferentes e um arquivo remessa em txt (Layout 240 anexo 01 deste manual), com as informações referente aos 10 boletos, para o da ooperativa (Verificar com a ooperativa). 4. PILIZÇÃ D SVIÇ D Ç 4.1. pós a homologação, o sistema estará apto a gerar os boletos de cobrança, como segue: 4.2. os dias em que existir geração de boletos em seu sistema, deverá ser enviado por (Verificar o da ooperativa) o arquivo de remessa para cadastramento desses boletos na cooperativa nome do arquivo de remessa deverá ser formatado da seguinte maneira: " DD". Sendo que "" é fixo, o primeiro grupo numérico refere-se ao número do convênio (anexo 02), o segundo grupo, à contacorrente do cedente na cooperativa (anexo 02) e o último grupo corresponde a data, onde "DD" refere-se ao dia, "" ao mês e "" ao ano Sempre que for liquidado algum boleto, a cooperativa enviará, via , os arquivos de retorno no mesmo dia que ocorreu o crédito, podendo ser da seguinte forma: Liquidados no caixa da cooperativa: T-IX DD Liquidados através da ompensação T-P DD. Sendo que "T" é fixo, o primeiro grupo numérico refere-se ao número do convênio (anexo 02), o segundo grupo, à conta-corrente do cedente na cooperativa (anexo 02) e o último grupo corresponde a data, onde "DD" refere-se ao dia, "" ao mês e "" ao ano. 4

5 X 01 - Layout 240 PSIÇÕS - F. GIST HD D QUIV ota Posição PS º. Formato onteúdo Dig De té Descrição 1 ódigo do anco um ontrole Lote de Serviço um Tipo de egistro um lfa rancos 1 5 Tipo de documento um 2 Inscrição 6 º. do PF/PJ um º. PF/PJ 7 úmero convênio lfa 3 8 ódigo um gencia 9 mpresa Digito Verificador lfa 7 10 onta orrente da úmero + 11 ooperativa Digito Verificador um 4 12 Digito Verificador gencia/onta lfa rancos 1 13 ome do ooperado lfa ome do ooperado 14 ome da ooperativa lfa ome da ooperativa lfa rancos 1 16 ódigo emessa um 1 17 Data de Geração um Data de criação em DD 18 rquivo Hora de Geração um Horário de criação em HHSS 19 umero Seqüencial do rquivo um 5 20 Versão do Layout do arquivo um Densidade um eservado para ooperativa lfa rancos 1 23 eservado para mpresa lfa rancos lfa rancos 1 5

6 GIST HD D LT Posição PS º. Format Dig o De té Descrição onteúdo 1 ódigo do anco um ontrole Lote de Serviço um Tipo de egistro um. 1 4 Tipo de peração um. ota 5 Tipo de Serviço um. 01 Serviço lfa rancos 1 7 º. versão do layout do lote um lfa rancos 1 9 Tipo de documento um 2 Inscrição 10 º. do PF/PJ um º. PF/PJ 11 úmero convênio lfa 3 12 ódigo um gencia 13 mpresa Digito Verificador lfa 7 14 onta orrente da úmero um 4 15 ooperativa Digito Verificador 16 Digito Verificador gencia/onta lfa rancos 1 17 ome do ooperado lfa ome do ooperado lfa rancos 1 19 ontrole umero Seqüencial do rquivo um obranç Data de criação em 20 Data de Geração um a DD um lfa rancos 1 GIST TIL D LT ota Posição PS º. Formato onteúdo Dig De té Descrição 1 ódigo do anco um ontrole Lote de Serviço um Tipo de egistro um lfa rancos 1 5 Quantidade de egistros do Lote um. 7 6 Quantidade de Títulos um. Quantidade de títulos do lote. Totais Soma de todos os títulos Valor Total dos Títulos um. do lote um. Preencher com zeros lfa rancos 1 6

7 GIST DTLH D SGT P Posição PS º. Format Dig o De té Descrição onteúdo 1 ódigo do anco um ontrole Lote de Serviço um Tipo de egistro um. 3 4 umero Seqüencial do egistro no Lote um. 9 5 Segmento lfa P Serviço lfa rancos 1 7 ódigo de ovimento emessa um ódigo um gencia 9 Digito Verificador lfa 7 10 mpresa onta orrente da úmero + 11 ooperativa Digito Verificador um 4 12 Digito Verificador gencia/onta lfa rancos 1 13 osso umero lfa º. do osso úmero 14 ódigo da arteira um Forma de adastramento um. 1 aracter 16 Tipo de Documento lfa 1 ísticas 17 Identificação de missão do oleto um Identificação de Distribuição do oleto lfa 2 19 umero do Documento do oleto lfa umero do oleto 20 Vencimento do oleto um. Data de vencimento em DD 21 Valor do oleto um. Valor do oleto 22 gencia obradora um Digito Verificador lfa spécie de oleto um ceite lfa = ceite ou = ão ceite 26 Data missão do oleto um. Data de emissão em DD 27 ódigo de Juros um. 0 Data limite p/ desconto 28 Juros Data do Juros um. em DD ou zeros 29 Juros por dia/taxa um. Juros por dia ou zeros 30 ódigo de Desconto um. 0 Data limite p/ desconto 31 Data do Desconto um. em DD ou Descto zeros 32 Desconto por dia/taxa um. Descontos por dia ou zeros 33 Valor IF um. Valor do IF ou zeros 34 Valor batimento um. Valor de abatimentos ou zeros 35 Uso da mpresa/ooperado lfa rancos 1 36 ódigo Protesto um Prazo Protesto um ódigo p/ aixa um Prazo p/ aixa lfa rancos 1 40 ódigo da oeda um úmero do ontrato um lfa rancos ota 7

8 GIST DTLH D SGT Q Posição PS º. Format Dig o De té Descrição onteúdo ota 1 ódigo do anco um ontrole Lote de Serviço um Tipo de egistro um. 3 4 umero Seqüencial do egistro no Lote um. 9 5 Serviço Segmento lfa Q lfa rancos 1 7 ódigo de ovimento emessa um Tipo de documento um. 2 Inscrição 9 º. do PF/PJ um. º. PF/PJ 10 ome do Sacado lfa ome do Sacado 11 ndereço lfa ndereço do Sacado Dados do 12 Sacado airro lfa airro do Sacado 13 P um. P 14 Sufixo do P um. Sufixo do P 15 idade lfa idade 16 stado - UF lfa Sigla do stado 17 Tipo de documento um 2 Sac./ Inscrição 18 º. do PF/PJ um º. PF/PJ valista 19 ome do Sacador valista lfa ome do Sacador valista 20 ódigo anco orrespondente um lfa rancos 1 8

9 TS XPLITIVS HD/TIL D QUIV 1 Deixar a quantidade de espaços em branco descritas na coluna º. Dig. 2 Tipo de documento: 1 = PF ou 2 = PJ 3 umero do onvenio da cooperativa Verificar esta informação com a cooperativa. 4 umero da conta da cooperativa no anco do rasil Verificar esta informação com a cooperativa. 5 umero seqüencial do arquivo: é de responsabilidade do gerador e serve para ordenar a disposição dos arquivos enviados. Sugerimos usar para primeiro arquivo e para os demais, usar o numero anterior acrescido de 1. xemplo: 1º arquivo = º arquivo = Quantidade de egistros do rquivo: é a quantidade de linhas do arquivo, inclusive o trailer do arquivo. 7 Quantidade de egistros do Lote: é a quantidade de linhas do arquivo, sem considerar o trailer do lote e o trailer do arquivo umero Seqüencial do egistro no Lote: Usar para o primeiro arquivo e para os demais, usar o numero anterior acrescido de 1. xemplo: 1º Detalhe = º Detalhe = ódigo adotado pela F para identificar o tipo de título de cobrança. Segue as opções disponíveis: 02 = D - Duplicata ercantil 04 = DS - Duplicata de Serviço 17 = - ecibo 9

10 5. ÓDUL 10 - ÁLUL D D (LIH DIGITÁVL) 5.1. D (Dígito de uto-onferência) módulo 10 de um número é calculado multiplicando cada algarismo, pela sequência de multiplicadores 2,1,2,1,... posicionados da direita para a esquerda soma dos algarismos do produto é dividida por 10 e o D será a diferença entre o divisor (10) e o resto da divisão: D = 10 (resto da divisão) 5.3. bservação: quando o resto da divisão for 0 (zero), o D calculado é o 0 (zero). xemplo: 5.4. alcular o D módulo 10 da seguinte sequência de números: fórmula do cálculo é: 5.5. ultiplicação pela sequência 2, 1, 2, 1,... da direita para a esquerda X Soma dos dígitos do produto = bservação: ada dígito deverá ser somado individualmente. Divisão do resultado da soma acima por 10 31:10 = 3, resto = 1 D = 10 (resto da divisão), portanto 10-1 = 9 D da sequência numérica é igual a 9. 10

11 6. ódulo 11 - ÁLUL D D (ÓDIG D S) 6.1. Por definição da F e do anco entral do rasil, na 5ª posição do ódigo de arras, deve ser indicado obrigatoriamente o dígito verificador (D), calculado através do módulo 11, conforme demonstramos a seguir: 6.2. Tomando-se os 43 algarismos que compõem o ódigo de arras (sem considerar a 5ª posição), multiplique-os, iniciando-se da direita para a esquerda, pela seqüência numérica de 2 a 9 ( 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 2, 3, 4... e assim por diante); 6.3. Some o resultado de cada produto efetuado e determine o total como (); 6.4. Divida o total () por 11 e determine o resto obtido da divisão como od 11(); 6.5. alcule o dígito verificador (D) através da expressão: D = 11 - od 11() S.: Se o resultado desta for igual a 0, 1, 10 ou 11, considere D = 1. xemplo: onsiderando o seguinte conteúdo do ódigo de arras: 0019? onde: 001 = ódigo do anco 9 = ódigo da oeda? = D do ódigo de arras 1667 Fator de Vencimento (01/05/2002) = Valor do Título (12300) = orma do (zeros) = º do convênio do anco do rasil 0030 = º do = osso úmero 18 = arteira 11

12 Temos: a) ultiplica-se a sequência do código de barras pelo módulo 11: X b) Soma-se o resultado dos produtos obtidos no item a acima: = 568 c) Determina-se o resto da Divisão: 568 / 11 = 51, resto 6 d) alcula-se o D, 11 - resto: D = 11-6 => D = 5 Portanto, a sequência correta do código de barras será:

13 nexo 2 DDS P DSVLVIT D LYUT Ç S GIST VÊI 7 DÍGITS Inserir logomarca do anco do rasil no boleto de cobrança. -anco: 001 -gência: / de obrança da ooperativa no anco do rasil: (Verificar na tela D) - ód. arteira / Variação: cód: 18 + código da variação cfme convênio (Verificar na tela D) - º do onvênio: (Verificar na tela D) - º de do ooperado: riado na tela D pela ooperativa - Local de Pagamento: Pagável em qualquer agência bancária até o vencimento. - ceite: - spécie: $ - edente: Sigla da ooperativa e o nome do cooperado conforme cadastrado no sistema da ooperativa. pós conclusão, deverá ser encaminhado 10 boletos de teste com valor qualquer e vencimento posterior para homologação juntamente com o arquivo de remessa. 13

14 ÁLUL D FT D VIT Para obter o fator de vencimento podem ser utilizadas duas fórmulas: 1ª) Data ase de , calculando o número de dias entre essa data e a do vencimento (data de vencimento menos data base = fator) VIT DT S FT D VIT ª) Tabela de correlação data X fator, iniciando pelo fator 1000, que corresponde à data de vencimento , e assim sucessivamente. FT VIT bservações: 1. Quando a primeira posição do campo valor (fator de vencimento + valor) for zero, significa que no código de barras / linha digitável desse título, não consta o fator de vencimento. 2. oletos com vencimento à vista ou na apresentação somam-se 15 dias corridos à data do processamento. resultado dessa operação representa a data do vencimento, cujo fator correspondente deve constar no código de barras (posições 6 a 9) e na linha digitável (posições 34 a 37). 14

15 15 nexo 3 Linha Digitável convênio 7 dígitos P 1 P 2 P 3 4 P D Z S D V P 1 Z Ú D T I D V D Ó D S F T V I T V Ê I D V P 2 S S Ú D V P 3 V L

16 ódigo de arras Posição Tamanho onteúdo Identificação do anco ódigo da moeda (9 eal) Dígito verificador do cód. barras (DV) Fator vencimento Valor do título Zeros (norma ) convênio no anco rasil osso úmero úmero da arteira 16

MANUAL TÉCNICO DE COBRANÇA GERAÇÃO DE BOLETO ATRAVÉS DO SOFTWARE DO COOPERADO

MANUAL TÉCNICO DE COBRANÇA GERAÇÃO DE BOLETO ATRAVÉS DO SOFTWARE DO COOPERADO UL TÉI D Ç GÇÃ D LT TVÉS D SFTW D PD VÊI 7 DÍGITS versão 02 - novembro/2009-1 SVIÇ D Ç Ç S GIST VÊI 7 DÍGITS LYUT TÉI 1. LTS D Ç 1.1. s campos dos boletos de cobrança devem conter as informações conforme

Leia mais

AMAZÔNIA COBRANÇA FÁCIL (CNR) Manual de Cobrança Não Registrada

AMAZÔNIA COBRANÇA FÁCIL (CNR) Manual de Cobrança Não Registrada Manual de operação AMAZÔNIA COBRANÇA FÁCIL (CNR) Manual de Cobrança Não Registrada Objetivo Orientar as empresas com relação ao fluxo operacional e funcional da Carteira de Cobrança Não Registrada: manual

Leia mais

Banco Safra S.A. Tradição Secular de Segurança MANUAL DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS. Desconto e Cessão de Crédito

Banco Safra S.A. Tradição Secular de Segurança MANUAL DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS. Desconto e Cessão de Crédito Banco Safra S.A. Tradição Secular de Segurança MANUAL DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS Desconto e Cessão de Crédito Versão: Maio/2014 Central de Suporte Pessoa Jurídica Grande São Paulo: (11) 3175-8248 - Fax

Leia mais

Manual para Cedentes com Sistema Próprio e utilização do Correspondente Bradesco Impressão Local

Manual para Cedentes com Sistema Próprio e utilização do Correspondente Bradesco Impressão Local Manual para Cedentes com Sistema Próprio e utilização do Correspondente Bradesco Impressão Local Cobrança Com Registro Com a cobrança registrada o usuário deverá enviar ao banco um registro dos documentos

Leia mais

Soluções em Recebimentos. Manual Técnico

Soluções em Recebimentos. Manual Técnico Soluções em Recebimentos CNAB400/CBR641 Manual Técnico Layout de Arquivo Remessa para convênios na faixa numérica entre 1.000.000 a 9.999.999 (Convênios de 7 posições) Orientações Técnicas Versão Set/09

Leia mais

Banco Safra S.A Tradição Secular de Segurança

Banco Safra S.A Tradição Secular de Segurança Banco Safra S.A Tradição Secular de Segurança MANUAL DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS PAGAMENTO A FORNECEDOR PRODUTO 701 LAYOUT PADRÃO SAFRA 400 Versão: Setembro 2014 Central de Suporte Pessoa Jurídica Grande

Leia mais

MANUAL TÉCNICO DE COBRANÇA BANCÁRIA GERAÇÃO DE BOLETO PELO SOFTWARE DO COOPERADO PADRÃO CNAB 400 POSIÇÕES

MANUAL TÉCNICO DE COBRANÇA BANCÁRIA GERAÇÃO DE BOLETO PELO SOFTWARE DO COOPERADO PADRÃO CNAB 400 POSIÇÕES MANUAL TÉCNICO DE COBRANÇA BANCÁRIA GERAÇÃO DE BOLETO PELO SOFTWARE DO COOPERADO PADRÃO CNAB 400 POSIÇÕES Versão 01 Novembro/2013 SUMÁRIO 1 OBJETIVO... 4 2 PÚBLICO ALVO... 4 3 GLOSSÁRIOS/DEFINIÇÕES...

Leia mais

COBRANÇA NÃO REGISTRADA

COBRANÇA NÃO REGISTRADA LAYOUT TÉCNICO - VOLUME I MANUAL DE EMISSÃO DO CLIENTE Versão: Abril/2012 HSBC BANK BRASIL S.A. Banco Múltiplo. PUBLIC ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO Pág. 02 2 CAMPOS DO BLOQUETO A SEREM PREENCHIDOS Pág. 03 3 DADOS

Leia mais

MANUAL TÉCNICO DE COBRANÇA BANCÁRIA GERAÇÃO DE BOLETO PELO SOFTWARE DO COOPERADO PADRÃO CNAB 400 POSIÇÕES

MANUAL TÉCNICO DE COBRANÇA BANCÁRIA GERAÇÃO DE BOLETO PELO SOFTWARE DO COOPERADO PADRÃO CNAB 400 POSIÇÕES MANUAL TÉCNICO DE COBRANÇA BANCÁRIA GERAÇÃO DE BOLETO PELO SOFTWARE DO COOPERADO PADRÃO CNAB 400 POSIÇÕES Versão 03 Junho/2015 SUMÁRIO 1 OBJETIVO... 4 2 PÚBLICO ALVO... 4 3 INTRODUÇÃO... 5 4 ESTRUTURA

Leia mais

Particularidades BB. Leiaute CNAB 240. julho / 2011

Particularidades BB. Leiaute CNAB 240. julho / 2011 Particularidades BB Leiaute CNAB 240 julho / 2011 Sumário Assunto página Últimas Alterações 3 Header de Arquivo 5 Header de Lote 6 Segmento P 8 Segmento Q 11 Segmento R 13 Segmento S 15 Segmento Y-01 16

Leia mais

Soluções em Recebimentos. Manual Técnico

Soluções em Recebimentos. Manual Técnico Soluções em Recebimentos Layout de Arquivo Remessa CBR454 (para convênio com 7 posições) Manual Técnico Orientações Técnicas 1. Apresentação CONCEITO: O Arquivo-Remessa é o conjunto de informações que

Leia mais

MANUAL PARA EMPRESAS ASSOCIADAS PAGAMENTOS - CNAB 240 FEBRABAN Versão: 01.1 Banco Cooperativo Sicredi S.A. Área de Cobrança e Pagamentos 07/05/2014

MANUAL PARA EMPRESAS ASSOCIADAS PAGAMENTOS - CNAB 240 FEBRABAN Versão: 01.1 Banco Cooperativo Sicredi S.A. Área de Cobrança e Pagamentos 07/05/2014 PAGAMENTOS PAG. FORNECEDORES E FOLHA DE PAGAMENTO CNAB 240 FEBRABAN Classificação da Informação: Uso Irrestrito Página 1 1 APRESENTAÇÃO Bem-vindo ao Manual para Empresas Conveniadas PAGAMENTOS - CNAB 240

Leia mais

Operações de Desconto LAYOUT TÉCNICO HSBC PADRÃO CNAB 400

Operações de Desconto LAYOUT TÉCNICO HSBC PADRÃO CNAB 400 Operações de Desconto LAYOUT TÉCNICO HSBC PADRÃO CNAB 400 Versão: JULHO/2007 01 Índice APRESENTAÇÃO Pág. 2 NOTAS PRELIMINARES Estrutura dos Arquivos Padrão CNAB Especificações Técnicas Gerais dos Arquivos

Leia mais

COBRANÇA ELETRÔNICA. Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas. Padrão FEBRABAN/CNAB SIGCB 240 Posições SETEMBRO/2007

COBRANÇA ELETRÔNICA. Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas. Padrão FEBRABAN/CNAB SIGCB 240 Posições SETEMBRO/2007 COBRANÇA ELETRÔNICA Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas Padrão FEBRABAN/CNAB SIGCB 240 Posições SETEMBRO/2007 67.118 v006 micro 1 INDICE 1.0 Introdução... 03 1.1 Apresentação do Documento...

Leia mais

Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes do Banco do Nordeste Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes Cobrança BNB

Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes do Banco do Nordeste Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes Cobrança BNB Pág. 1 Sistema de Cobrança Eletrônica para Clientes Cobrança BNB Pág. 2 Instalação o o o o Baixar o Setup v3.5.38.exe disponível no site do BNB Executando o aplicativo aparecerá a imagem abaixo Clique

Leia mais

Financeiro - Boleto : Remessa e Retorno

Financeiro - Boleto : Remessa e Retorno Financeiro - Boleto : Remessa e Retorno Objetivo Configurar Arquivos de Remessa; Gerar Arquivos de Remessa; Configurar Arquivo de Retorno; Receber arquivos de retorno do banco e efetuar a baixa das Contas

Leia mais

COBRANÇA REGISTRADA / OPERAÇÕES DE DESCONTO

COBRANÇA REGISTRADA / OPERAÇÕES DE DESCONTO COBRANÇA REGISTRADA / OPERAÇÕES DE DESCONTO MANUAL TÉCNICO VOLUME VI ARQUIVO REMESSA/ RETORNO PADRÃO FEBRABAN / CNAB 240 HSBC TÍTULOS EM CARTEIRA DE COBRANÇA / OPERAÇÕES DE DESCONTO Versão: SETEMBRO /

Leia mais

Leiaute do Arquivo Padrão FEBRABAN 240 - SIACC

Leiaute do Arquivo Padrão FEBRABAN 240 - SIACC Grau de sigilo #PÚBLICO DESCRIÇÃO DOS REGISTROS DO ARQUIVO REMESSA Descrição do Registro HEADER de Arquivo - 0 Campo De Até Picture Conteúdo 0.01 001 003 9(003) Código do Banco 0.02 004 007 9(004) Lote

Leia mais

Cash Management Produtos Recebimentos. CÓDIGO DE BARRAS COBRANÇA Versão 2.3 Setembro/2012 Carteiras com ou sem registro

Cash Management Produtos Recebimentos. CÓDIGO DE BARRAS COBRANÇA Versão 2.3 Setembro/2012 Carteiras com ou sem registro Cash Management Produtos Recebimentos CÓDIGO DE BARRAS COBRANÇA Versão 2.3 Setembro/2012 Carteiras com ou sem registro ÍNDICE Introdução... 02 Especificações... 03 Instruções de preenchimento... 04 Ficha

Leia mais

Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas

Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas Padrão FEBRABAN 240 Posições Versão 08.7 21/09/2012 Um sistema financeiro saudável, ético e eficiente é condição essencial para o desenvolvimento econômico,

Leia mais

SISPAG - SISTEMA DE CONTAS A PAGAR ITAÚ

SISPAG - SISTEMA DE CONTAS A PAGAR ITAÚ SISPAG - SISTEMA DE CONTAS A PAGAR ITAÚ Intercâmbio Eletrônico de Arquivos Layout de Arquivos CNAB - Versão 080 Índice 1. Noções Básicas... 3 2. Informações Técnicas... 6 2.1 Intercâmbio de Informações...

Leia mais

3.2.1 - Descrição do Processo

3.2.1 - Descrição do Processo 3.2 - Cobrança 3.2.1 - Descrição do Processo Objetivo O produto Cobrança Bancária tem por objetivo fornecer aos clientes dos bancos, os meios para racionalizar o processo de contas a receber. O banco atua

Leia mais

DDA DÉBITO DIRETO AUTORIZADO

DDA DÉBITO DIRETO AUTORIZADO DDA DÉBITO DIRETO AUTORIZADO Intercâmbio Eletrônico de Arquivos Layout de Arquivos CNAB240 Índice 1. Noções Básicas...3 1.1 Apresentação...3 1.2 DDA Débito Direto Autorizado...3 2. Informações Técnicas...4

Leia mais

Leiaute do Arquivo Padrão FEBRABAN 150 - SIACC

Leiaute do Arquivo Padrão FEBRABAN 150 - SIACC Arquivo com registros de 150 bytes próprios do sistema SIACC DESCRIÇÃO DOS REGISTROS DO ARQUIVO DESCRIÇÃO DO REGISTRO "A" - HEADER - DÉBITO AUTOMÁTICO E FOLHA DE PAGAMENTO Obrigatório em todos os arquivos

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE PAGAMENTOS CNAB 240 FEBRABAN

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE PAGAMENTOS CNAB 240 FEBRABAN MANUAL DE INSTRUÇÕES DE PAGAMENTOS CNAB 240 FEBRABAN Versão 01 Agosto/2014 SUMÁRIO 1 Objetivo... 3 2 Público-Alvo/Aplicabilidade... 3 3 Glossário/Definições... 3 4 PAGAMENTOS... 3 4.1 Introdução... 3 4.2

Leia mais

Manual de Procedimentos Operacionais para Troca de Arquivos Cobrança Bradesco (versão em português) 4008/Comercialização de Produtos e Serviços

Manual de Procedimentos Operacionais para Troca de Arquivos Cobrança Bradesco (versão em português) 4008/Comercialização de Produtos e Serviços Manual de Procedimentos Nº 4008.524.0121 Versão 10 Manual de Procedimentos Operacionais para Troca de Arquivos Cobrança Bradesco (versão em português) 4008/Comercialização de Produtos e Serviços Elaborado

Leia mais

TUTORIAL HOMOLOGAÇÃO DE BOLETOS

TUTORIAL HOMOLOGAÇÃO DE BOLETOS Sumário Apresentação... 1 1. Cadastrar Banco... 2 2. Cadastrar Cobrança... 5 3. Permitir Acesso a Cobrança... 7 4. Inserir Dados Integração Bancária... 9 5. Importar Layout... 16 6. Gerar e imprimir boleto...

Leia mais

Soluções em Recebimentos. Cobrança BB. Manual Técnico

Soluções em Recebimentos. Cobrança BB. Manual Técnico Soluções em Recebimentos Cobrança BB Layout de Arquivo Remessa CNAB400 Manual Técnico Orientações Técnicas CONVÊNIOS COM NÚMERAÇÃO ACIMA DE 1.000.000 Versão Abril 2012 1. Apresentação CONCEITO: Arquivo

Leia mais

COBRANÇA ELETRÔNICA BANRISUL

COBRANÇA ELETRÔNICA BANRISUL COBRANÇA ELETRÔNICA BANRISUL Possibilita a Partilha dos Créditos Leiaute CNAB 400 Posições Padrão Febraban Código de Agência Com Tamanho de 03 Dígitos Unidade de Atendimento e Serviços Unidade de Gestão

Leia mais

SISTEMA DE DÉBITO ELETRÔNICO ITAÚ Intercâmbio Eletrônico de Arquivos. Layout de Arquivos CNAB VERSÃO 4.0

SISTEMA DE DÉBITO ELETRÔNICO ITAÚ Intercâmbio Eletrônico de Arquivos. Layout de Arquivos CNAB VERSÃO 4.0 SISTEMA DE DÉBITO ELETRÔNICO ITAÚ Intercâmbio Eletrônico de Arquivos Layout de Arquivos CNAB VERSÃO 4.0 Índice 1. Noções Básicas... 3 1.1 Apresentação... 4 1.2 Sistema de Débito Eletrônico Itaú... 4 2.

Leia mais

ÍNDICE. Classificação: Uso interno e externo Página 2

ÍNDICE. Classificação: Uso interno e externo Página 2 ÍNDICE 1 Objetivo:... 5 2 Orientações Iniciais... 5 2.1 Fluxo do atendimento... 5 3 Espécies de Documentos que poderão ser utilizadas:... 8 4 Carnês com emissão pelo Sicredi... 8 5 Nosso número Sicredi...

Leia mais

CRA-RJ (Central de Remessa de Arquivos)

CRA-RJ (Central de Remessa de Arquivos) MANUAL DE ORIENTAÇÃO AOS CONVENIADOS PASSO A PASSO Atualizado em maio-2014 CRA-RJ (Central de Remessa de Arquivos) (21) 2507-1012 / (21) 2507-1498 / (21) 2507-1304 IEPTB-RJ (Instituto de Estudos de Protesto

Leia mais

ÍNDICE. Classificação: Uso interno e externo Página 2

ÍNDICE. Classificação: Uso interno e externo Página 2 ÍNDICE 1 Objetivo:... 5 2 Orientações Iniciais... 5 2.1 Fluxo do atendimento... 5 3 Espécies de Documentos que poderão ser utilizadas:... 8 4 Carnês com emissão pelo Sicredi... 8 5 Nosso número Sicredi...

Leia mais

Soluções em Recebimentos. Manual Técnico

Soluções em Recebimentos. Manual Técnico Soluções em Recebimentos CNAB400/CBR641 Manual Técnico Layout de Arquivo Remessa para convênios na faixa numérica entre 000.001 a 999.999 (Convênios de até 6 posições) Orientações Técnicas Versão Set/09

Leia mais

MANUAL TÉCNICO MÓDULO I I EMISSÃO DO CLIENTE

MANUAL TÉCNICO MÓDULO I I EMISSÃO DO CLIENTE COBRANÇA REGISTRADA MANUAL TÉCNICO MÓDULO I I EMISSÃO DO CLIENTE COBRANÇA DIRETIVA Versão: Abril/2012 HSBC Bank Brasil S.A. Banco Múltiplo. APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO Pág. 4 NOTAS PRELIMINARES O que é a

Leia mais

1 2 9, i n c i s o I I, d a C F ; e a r t i g o 5 º, i n c i s o V, a l í n e a s a e

1 2 9, i n c i s o I I, d a C F ; e a r t i g o 5 º, i n c i s o V, a l í n e a s a e P O R T A R I A n 2 0 1, d e 1 8 d e j u l h o d e 2 0 1 3. A P r o c u r a d o r a d a R e p ú b l i c a q u e e s t a s u b s c r e v e, e m e x e r c í c i o n a P r o c u r a d o r i a d a R e p ú

Leia mais

ORDENS BANCÁRIAS ESTADOS E MUNICÍPIOS MANUAL DO USUÁRIO

ORDENS BANCÁRIAS ESTADOS E MUNICÍPIOS MANUAL DO USUÁRIO ORDENS BANCÁRIAS ESTADOS E MUNICÍPIOS MANUAL DO USUÁRIO Ordens Bancárias Estados e Municípios Sumário 1. Introdução... 3 2. Público Alvo... 3 3. Características... 4 3.1. Modalidades e tipos de ordens

Leia mais

Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas

Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas - Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas Padrão FEBRABAN 240 Posições 17/04/2013 - PROJETOS E CONSULTORIA LTDA. Tópicos do Documento 1.0 Introdução 2.0 Estrutura do Arquivo 3.0 Cobrança 4.0

Leia mais

DDA Débito Direto Autorizado. Manual de utilização Perguntas e respostas Maio_2016

DDA Débito Direto Autorizado. Manual de utilização Perguntas e respostas Maio_2016 DDA Débito Direto Autorizado Manual de utilização 1. O que é o DDA Débito Direto Autorizado Uniprime? É um serviço para cooperados Uniprime, Pessoa Física e Jurídica, que permite receber eletronicamente

Leia mais

MANUAL PARA CEDENTES DO SICREDI COBRANÇA PADRÃO 240 POSIÇÕES

MANUAL PARA CEDENTES DO SICREDI COBRANÇA PADRÃO 240 POSIÇÕES MANUAL PARA CEDENTES DO SICREDI COBRANÇA PADRÃO 240 POSIÇÕES Abril 2007 1 MENU 1 Apresentação 5 2 Público-alvo do manual 6 3 Manual para cedentes do SICREDI Cobrança padrão 240 posições 7 3.1 Introdução

Leia mais

COBRANÇA BANCÁRIA. Intercâmbio Eletrônico de Arquivos. Layout de Arquivos CNAB 400

COBRANÇA BANCÁRIA. Intercâmbio Eletrônico de Arquivos. Layout de Arquivos CNAB 400 COBRANÇA BANCÁRIA Intercâmbio Eletrônico de Arquivos Layout de Arquivos CNAB 400 Índice 1. Noções Básicas...32 1.1 Apresentação... 3 1.2 Cobrança Itaú... 3 2. Informações Técnicas... 4 2.1 Meios de intercâmbio...

Leia mais

MANUAL DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS

MANUAL DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS MANUAL DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS PAGAMENTO A FORNECEDOR PRODUTO 701 LAYOUT PADRÃO SAFRA 400 Versão: Dezembro/ 2009 Central de Suporte Pessoa Jurídica Grande São Paulo: (11) 3175-8248 - Fax (11) 3175-7918

Leia mais

Manual de uso do Borderô Credix

Manual de uso do Borderô Credix Manual de uso do Borderô Credix Após efetuar o download do aplicativo siga os passos para a instalação do sistema, ao final será criado um atalho na área de trabalho, como ilustra a figura 1. Figura 1

Leia mais

Layout Padrão Febraban 240 posições V08.4 http://www.febraban.org.br. 3.5 - Vendor

Layout Padrão Febraban 240 posições V08.4 http://www.febraban.org.br. 3.5 - Vendor 3.5 - Vendor 89 3.5.1 - Descrição do Processo Objetivo O produto Vendor tem por objetivo disponibilizar, aos clientes (Vendedores) do Banco, os meios de viabilizar o processo de financiamento de suas vendas,

Leia mais

CARTÃO DE CRÉDITO BANRISUL

CARTÃO DE CRÉDITO BANRISUL 1 CARTÃO DE CRÉDITO BANRISUL Layout Para Arquivo de Cobrança de Parcelas de Cartão de Crédito Sistema BDL Carteira de Letras Troca de Informações Via Arquivo Magnético Unidade Atendimento e Serviços Unidade

Leia mais

Emissão de Boletos de Locação - Sami ERP++

Emissão de Boletos de Locação - Sami ERP++ Emissão de Boletos de Locação - Sami ERP++ 1. Tabela de I.R.R.F. Acesse o módulo DIVERSOS/ CADASTROS/ TABELA DE I.R.R.F. Este programa destina-se ao cadastramento da tabela do Imposto de Renda na Fonte

Leia mais

COBRANÇA ELETRÔNICA. Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas. Padrão FEBRABAN/CNAB. SICOB 240 Posições SETEMBRO/2008

COBRANÇA ELETRÔNICA. Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas. Padrão FEBRABAN/CNAB. SICOB 240 Posições SETEMBRO/2008 COBRANÇA ELETRÔNICA Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas Padrão FEBRABAN/CNAB SICOB 240 Posições SETEMBRO/2008 caixa.gov.br 1 INDICE Pág. 1.0 Introdução... 03 1.1 Apresentação do Documento...

Leia mais

PROCEDIMENTO DE CADASTRO DE BANCOS E GERAÇÃO DE BOLETOS NO SINAI ALUGUEL

PROCEDIMENTO DE CADASTRO DE BANCOS E GERAÇÃO DE BOLETOS NO SINAI ALUGUEL O sistema SINAI ALUGUEL possui duas formas de emissão de boletos aos locatários: a) Impressão própria; b) Remessa. A primeira opção, a impressão é feita localmente e a imobiliária é responsável pelo envio

Leia mais

COBRANÇA ELETRÔNICA BNB

COBRANÇA ELETRÔNICA BNB COBRANÇA ELETRÔNICA BNB Compensação Eletrônica (Código de Barras) Manual de Instruções e Preenchimento de Boletos Cobrança BNB Julho de 2011 Contatos: Central de Orientação ao Cliente Fone: (085) 3299-3121

Leia mais

Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas

Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas Padrão FEBRABAN 240 Posições Versão 08.4 01/09/2009 1 Índice 1.0 Introdução...05 1.1 Apresentação do Documento...06 1.2 Fluxo Geral de Informações...10

Leia mais

CARTÃO SERVIÇO EMPRESA ITAÚ. Intercâmbio Eletrônico de Arquivos Layout de Arquivos Versão 2.99

CARTÃO SERVIÇO EMPRESA ITAÚ. Intercâmbio Eletrônico de Arquivos Layout de Arquivos Versão 2.99 CARTÃO SERVIÇO EMPRESA ITAÚ Intercâmbio Eletrônico de Arquivos Layout de Arquivos Versão 2.99 Índice 1. Noções Básicas... 3 1.1 Apresentação... 4 2. Informações Técnicas... 5 2.1 Meios de intercâmbio...

Leia mais

Layout Padrão Febraban 240 posições V08.4 http://www.febraban.org.br. 3.8 Empréstimo por Consignação/Retenção

Layout Padrão Febraban 240 posições V08.4 http://www.febraban.org.br. 3.8 Empréstimo por Consignação/Retenção 3.8 mpréstimo por Consignação/etenção 119 3.8.1 - Descrição do Processo bjetivo produto mpréstimo por Consignação/etenção tem por objetivo fornecer aos Funcionários das mpresas e Beneficiários do NSS,

Leia mais

Anexo 1 - Resolução nº 188 1157/2013 - Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2013 Tribunal Superior do Trabalho 1

Anexo 1 - Resolução nº 188 1157/2013 - Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2013 Tribunal Superior do Trabalho 1 1 - Resolução nº 188 1157/2013 - Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2013 Tribunal Superior do Trabalho 1 TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO ÓRGÃO ESPECIAL ANEXO I Guia depósito judicial Acolhimento do depósito

Leia mais

COBRANÇA ELETRÔNICA BANRISUL MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO PROGRAMA

COBRANÇA ELETRÔNICA BANRISUL MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO PROGRAMA COBRANÇA ELETRÔNICA BANRISUL MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO PROGRAMA Unidade de Atendimento e Serviços INDICE Requisitos para instalação... 4 Inclusão do Código do Cedente... 5 Inclusão do Sacado... 6 Inclusão

Leia mais

Manual de Noções Básicas de Cobrança

Manual de Noções Básicas de Cobrança Este manual tem como finalidade explicar o que é uma cobrança através de boleto bancário, o que a constitui e outras informações pertinentes a mesma. Para maiores informações entre em contato com o gerente

Leia mais

Arquivo leiaute de importação de Notas Fiscais Eletrônicas

Arquivo leiaute de importação de Notas Fiscais Eletrônicas Arquivo leiaute de importação de Notas Fiscais Eletrônicas TSE Tribunal Superior Eleitoral SEPEL2 / CSELE / STI / TSE 08 de setembro de 2014 Criação: SEPEL2 contas_sepel2@tse.jus.br Versão 1.0.0 Arquivo

Leia mais

COBRANÇA BANRISUL. Possibilita a Partilha dos Créditos. Leiaute CNAB 400 Posições Padrão Febraban Código de Agência Com Tamanho de 04 Dígitos

COBRANÇA BANRISUL. Possibilita a Partilha dos Créditos. Leiaute CNAB 400 Posições Padrão Febraban Código de Agência Com Tamanho de 04 Dígitos COBRANÇA BANRISUL Possibilita a Partilha dos Créditos Leiaute CNAB 400 Posições Padrão Febraban Código de Agência Com Tamanho de 04 Dígitos Unidade de Atendimento e Serviços Unidade de Gestão Corporativa

Leia mais

FOLHA DE PAGAMENTO. LAYOUT TROCA DE ARQUIVOS (Padrão Banco Real - Migrado) 200 posições

FOLHA DE PAGAMENTO. LAYOUT TROCA DE ARQUIVOS (Padrão Banco Real - Migrado) 200 posições FOLHA DE PAGAMENTO LAYOUT TROCA DE ARQUIVOS (Padrão Banco Real - Migrado) 200 posições Data desta Versão : Setembro de 2010 APRESENTAÇÃO Esse manual apresenta o novo layout 200 de Folha de Pagamento que

Leia mais

Sair da tela Contas a Receber. Limpa todos os filtros marcados, para uma nova busca. Altera dados da parcela selecionada.

Sair da tela Contas a Receber. Limpa todos os filtros marcados, para uma nova busca. Altera dados da parcela selecionada. CONTAS A RECEBER CONSULTA E DE TÅTULOS ARQUIVOS > FINANCEIRO > CONTAS A RECEBER 1. ÅCONES PRINCIPAIS: SAIR LIMPAR LOCALIZAR ALTERAR PARCELA FINANCEIRO IMPRIMIR DESCONTAR BOLETOS ABRIR DOCUMENTO Sair da

Leia mais

LAYOUT TÉCNICO DEPÓSITO IDENTIFICADO TVD TRANSFERÊNCIA DE VALORES E DADOS

LAYOUT TÉCNICO DEPÓSITO IDENTIFICADO TVD TRANSFERÊNCIA DE VALORES E DADOS LAYOUT TÉCNICO DEPÓSITO IDENTIFICADO TVD TRANSFERÊNCIA DE VALORES E DADOS Layout Técnico do Arquivo Retorno Diário (Batch) Fórmula de Cálculo da Identificação do Depositante Versão: Abril/2008 HSBC Bank

Leia mais

MANUAL DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS

MANUAL DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS MANUAL DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS COBRANÇA PRODUTO 001 LAYOUT PADRÃO SAFRA 400 Versão: Dezembro/ 2009 Central de Suporte Pessoa Jurídica Grande São Paulo: (11) 3175-8248 - Fax (11) 3175-7918 Demais Localidades:

Leia mais

Resposta penhora Online. Passo 1: Acesse ao site www.oficioeletronico.com.br Passo 2: Clique em "Autenticação com certificado digital"

Resposta penhora Online. Passo 1: Acesse ao site www.oficioeletronico.com.br Passo 2: Clique em Autenticação com certificado digital Resposta penhora Online Passo 1: Acesse ao site www.oficioeletronico.com.br Passo 2: Clique em "Autenticação com certificado digital" 1 Passo 3: Clique em "Autenticar. Deve constar o nome do usuário do

Leia mais

Banco Safra S.A. Tradição Secular de Segurança

Banco Safra S.A. Tradição Secular de Segurança Banco Safra S.A. Tradição Secular de Segurança MANUAL DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS COBRANÇA PRODUTO 001 LAYOUT PADRÃO SAFRA 400 Versão: Setembro/ 2010 Central de Suporte Pessoa Jurídica Grande São Paulo:

Leia mais

REDES DE NOVA GERAÇÃO. m a i o r q u a l i d a d e, m a i s r a p i d e z, mais inovação;

REDES DE NOVA GERAÇÃO. m a i o r q u a l i d a d e, m a i s r a p i d e z, mais inovação; R E D E S D E N O V A G E R A Ç Ã O D E S A F I O e O P O R T U N I D A D E A P D C, 3 1 D E M A R Ç O D E 2 0 0 9 A S O N A E C O M A C R E D I T A Q U E A S R d N G S Ã O U M A O P O R T U N I D A D

Leia mais

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. 11 2699-0008 www.rms.com.br

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. 11 2699-0008 www.rms.com.br BOLETO BANCÁRIO RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo.

Leia mais

R P A Convênio Débito Automático

R P A Convênio Débito Automático R P A Convênio Débito Automático MANUAL DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PADRÃO FEBRABAN/CNAB Versão 4.8 Dezembro/2013 HSBC Bank Brasil S.A. Banco Múltiplo PUBLIC ÍNDICE Item Assunto Página 1 INTRODUÇÃO. 02

Leia mais

Soluções em Recebimentos. Manual Técnico

Soluções em Recebimentos. Manual Técnico Soluções em Recebimentos CNAB400/CBR643 Manual Técnico Layout de Arquivo Retorno para convênios na faixa numérica entre 1.000.000 a 9.999.999 (Convênios de 7 posições) Orientações Técnicas Versão Jan/2014

Leia mais

o tipo da conta, por exemplo 13.01216-8 sendo que neste caso 13 indica o tipo da conta e o restante o número da conta.

o tipo da conta, por exemplo 13.01216-8 sendo que neste caso 13 indica o tipo da conta e o restante o número da conta. 1 de 12 15/03/2012 09:10 INSTRUÇÕES INICIAIS Para executar as rotinas de administração de condominios e de bens o usuário deverá ter um código de função igual ou superior ao número mostrado na linha correspondente.

Leia mais

VARREDURA DE SACADO - BOLETO ELETRÔNICO. Intercâmbio Eletrônico de Arquivos

VARREDURA DE SACADO - BOLETO ELETRÔNICO. Intercâmbio Eletrônico de Arquivos VARREDURA DE SACADO - BOLETO ELETRÔNICO Intercâmbio Eletrônico de Arquivos Índice 1. Noções Básicas... 3 1.1 Apresentação... 4 2. Informações Técnicas... 5 2.1 Meios de intercâmbio... 6 2.2 Explicações

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO MANUAL PARA CONVERSÃO DE RECIBOS PROVISÓRIOS DE SERVIÇO EM NF-E

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO MANUAL PARA CONVERSÃO DE RECIBOS PROVISÓRIOS DE SERVIÇO EM NF-E PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO MANUAL PARA CONVERSÃO DE RECIBOS PROVISÓRIOS DE SERVIÇO EM NF-E (Modelo II) 1 Introdução Este manual apresenta e detalha os procedimentos para a realização do processo

Leia mais

ÍNDICE. Classificação da informação: uso interno Página 2

ÍNDICE. Classificação da informação: uso interno Página 2 ÍNDICE 1 Objetivo:... 4 2 Orientações Iniciais... 4 2.1 Fluxo do atendimento... 4 3 Espécies de Documentos que poderão ser utilizadas:... 5 4 Carnês com emissão pelo Sicredi... 6 5 Nosso número Sicredi...

Leia mais

Manual de Procedimentos Nº 4008.524.0339 Versão 02

Manual de Procedimentos Nº 4008.524.0339 Versão 02 Manual de Procedimentos Nº 4008.524.0339 Versão 02 Manual de Procedimentos Operacionais para Troca de Arquivos 240 Posições (versão em português) 4008/Comercialização de Produtos e Serviços Elaborado em:

Leia mais

SIM Sistema de Informação Monitorada Ltda. Vise Boletos

SIM Sistema de Informação Monitorada Ltda. Vise Boletos Vise Boletos O Vise Boletos é um aplicativo que gera o arquivo de remessa e lê o arquivo de retorno de títulos que foram enviados e retornados pelo Banco. Esses processos são todos vinculados ao sistema

Leia mais

BLOQUETOS DE COBRANÇA

BLOQUETOS DE COBRANÇA BLOQUETOS DE COBRANÇA Federação Brasileira das Associações de Bancos 1 BLOQUETO DE COBRANÇA Invista alguns minutos para ler este manual e evite problemas com seus clientes (sacados) e transtornos no gerenciamento

Leia mais

MANUAL PARA CEDENTES DO SICREDI COBRANÇA PADRÃO 400 POSIÇÕES

MANUAL PARA CEDENTES DO SICREDI COBRANÇA PADRÃO 400 POSIÇÕES MANUAL PARA CEDENTES DO SICREDI COBRANÇA PADRÃO 400 POSIÇÕES Abril 2007 MENU 1 Apresentação 5 2 Público-alvo do manual 6 3 Manual para cedentes de títulos do SICREDI Cobrança 7 3.1 Introdução 7 3.2 Objetivos

Leia mais

MANUAL PARA EMPRESAS CONVENIADAS PAGAMENTOS - CNAB 240 FEBRABAN Versão: 01 Banco Cooperativo Sicredi S.A. Área de Cobrança e Pagamentos 10/10/2013

MANUAL PARA EMPRESAS CONVENIADAS PAGAMENTOS - CNAB 240 FEBRABAN Versão: 01 Banco Cooperativo Sicredi S.A. Área de Cobrança e Pagamentos 10/10/2013 MANUAL PARA EMPRESAS CONVENIADAS PAGAMENTOS CNAB 240 FEBRABAN < Uso Interno e Externo > Página 1 1 APRESENTAÇÃO Bem-vindo ao Manual para Empresas Conveniadas PAGAMENTOS - CNAB 240 FEBRABAN. O manual tem

Leia mais

Estabelecer a rotina, diretrizes e prazos para processamento da folha de pagamento do Grupo.

Estabelecer a rotina, diretrizes e prazos para processamento da folha de pagamento do Grupo. 1/8 1. OBJETIVO Estabelecer a rotina, diretrizes e prazos para processamento da folha de pagamento do Grupo. 2. DEFINIÇÃO E CONCEITO DHO Desenvolvimento Humano Organizacional; SISTEMA RUBI Sistema operacional

Leia mais

Manual do Software de Cobrança Itaú

Manual do Software de Cobrança Itaú Banco Itaú SA Manual do Software de Cobrança Itaú Última atualização: agosto/2006 Índice 1 Visão Geral 03 2 Instalação 03 3 Inserindo os dados de sua empresa 03 4 Inserindo os dados dos títulos de Cobrança

Leia mais

Especificação do Código de Barras Para Bloquetos de Cobrança Rápida e Sem Registro SICOB - Nosso Número 11 posições 1 INTRODUÇÃO

Especificação do Código de Barras Para Bloquetos de Cobrança Rápida e Sem Registro SICOB - Nosso Número 11 posições 1 INTRODUÇÃO 1 INTRODUÇÃO 1.1 - Este manual foi elaborado para Clientes Cedentes da CAIXA que queiram emitir/imprimir bloquetos de cobrança CAIXA com código de barras para as Carteiras Rápida e/ou Sem Registro. 1.2

Leia mais

V01_00 (09/04/2015) 04/2008

V01_00 (09/04/2015) 04/2008 V01_00 (09/04/2015) 04/2008 1 CONVÊNIO (Versão 1_00) Abr/2015 Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor Abr/2015 1 Início JVC 2 Í N D I C E INTRODUÇÃO... 4 APRESENTAÇÃO DO SERVIÇO DE TRANSFERÊNCIA

Leia mais

MANUAL DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. Nossa Caixa. Banco Nossa Caixa 06/05 10/0810-2

MANUAL DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS. Nossa Caixa. Banco Nossa Caixa 06/05 10/0810-2 CONECTIVIDADE CONSIGNAÇÃO EM FOLHA Nossa Caixa Banco Nossa Caixa 06/05 10/0810-2 ÍNDICE 1. FINALIDADE... 2 2. COMPOSIÇÃO DO ARQUIVO... 2 2.1 Informações Complementares... 2 2.2 Layout Arquivo... 3 3. MEIOS

Leia mais

Internet Banking. Outubro - 2012

Internet Banking. Outubro - 2012 Internet Banking Outubro - 2012 1 Índice 1. Início... Pg. 4 2. Menu Home... Pg. 5 3. Menu Conta Corrente... Pg. 7 3.1 Extratos Conta Corrente... Pg. 8 3.2 Extratos de Tarifas...Pg. 9 3.3 Informações Complementares...

Leia mais

CRÉDITO CONSIGNADO ITAÚ. Procedimento de Rescisão de Funcionários

CRÉDITO CONSIGNADO ITAÚ. Procedimento de Rescisão de Funcionários Data de Atualização: 08/10/2009 CRÉDITO CONSIGNADO ITAÚ Procedimento de Rescisão de Funcionários Itaú Bankline Empresa Versão Outubro de 2009 ÍNDICE ETAPA 1 INTRODUÇÃO... 03 ETAPA 2 CADASTRO DE RESCISÃO...

Leia mais

BLOCO Nº 2 JORNAIS, BOLETINS, PANFLETOS D a N º 1. H i n o N a c i o n a l e H i n o d a I n t e r n a c i o n a l? 0 1 C U T N a c i o n a l 2. M o d i f i c a ç õ e s d o E s t a t u t o p r o p o s

Leia mais

Especificações Técnicas para Emissão de Boletos Cobrança Bancária CAIXA - SIGCB ATENÇÃO:

Especificações Técnicas para Emissão de Boletos Cobrança Bancária CAIXA - SIGCB ATENÇÃO: Especificações Técnicas para Emissão de Boletos Cobrança Bancária CAIXA - SIGCB ATENÇÃO: O Cliente Beneficiário deve enviar à CAIXA amostras dos boletos por ele emitidos, para validação, antes de sua efetiva

Leia mais

Cash Management Folha de Pagamento

Cash Management Folha de Pagamento Cash Management Folha de Pagamento Layout de Arquivo Padrão CNAB 240 Padrão 240 Folha de Pagamento Versão Atualizada Composição do Arquivo Header do arquivo (registro tipo 0) Header do lote (registro tipo

Leia mais

EXTRATO DE CONTA PARA CONCILIAÇÃO BANCÁRIA

EXTRATO DE CONTA PARA CONCILIAÇÃO BANCÁRIA MANUAL TÉCNICO Padrão Febraban 240 Versão 3.2 Fevereiro/2010 PUBLIC ÍNDICE ASSUNTO PÁGINA Apresentação 02 Características Gerais do Arquivo 03 Lote de Serviço/Produto 04 Extrato de Conta para Conciliação

Leia mais

Auditoria Financeira

Auditoria Financeira Auditoria Financeira Processo de Uso da Auditoria Financeira CADASTRO DE EMPRESA PARÂMETROS No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria

Leia mais

PAGAMENTOS ELETRÔNICOS FORNECEDORES BANCO MERCANTIL DO BRASIL, S. A.

PAGAMENTOS ELETRÔNICOS FORNECEDORES BANCO MERCANTIL DO BRASIL, S. A. PAGAMENTOS ELETRÔNICOS FORNECEDORES BANCO MERCANTIL DO BRASIL, S. A. Leiaute para troca de informações eletrônicas Padrão CNAB 240 bytes - FEBRABAN Abril de 2014. 1 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. DADOS

Leia mais

Table of Contents. WinThor 8. 1 15-Cobrança... Magnética. 1505 - Gerar Arq... Magnético Remessa CNAB 240

Table of Contents. WinThor 8. 1 15-Cobrança... Magnética. 1505 - Gerar Arq... Magnético Remessa CNAB 240 Table of Contents 8 1 15-Cobrança... Magnética 8 1501 - Gerar Arq.... Magnético Remessa CNAB 400 8 Como Gerar... Arquivo Magnético e Imprimir Relatório de Duplicatas 8 Gerar Arquivo Magnético... 10 Imprimir

Leia mais

Parcerias Negociais. CSH300 Remessa CSH310 Retorno. Versão 1.2

Parcerias Negociais. CSH300 Remessa CSH310 Retorno. Versão 1.2 Parcerias Negociais CSH300 Remessa CSH310 Retorno Versão 1.2 12/03/2014 1 - Introdução Este manual apresenta o padrão para troca de arquivos entre Empresas e o Banco para confirmação de informações na

Leia mais

Para os demais formatos, o relatório será gerado mas virá com configurações incorretas.

Para os demais formatos, o relatório será gerado mas virá com configurações incorretas. Balancete Orçamentário Produto : TOTVS Gestão Patrimonial - 12.1.6 Processo : Relatórios Subprocesso : Balancete Orçamentário Data publicação da : 17/06/2015 O Balancete é um relatório contábil oficial

Leia mais

1. Público-Alvo... 2. 2. Política de Crédito... 4. 3. Documentação para analise da proposta... 4

1. Público-Alvo... 2. 2. Política de Crédito... 4. 3. Documentação para analise da proposta... 4 1. Público-Alvo... 2 2. Política de Crédito... 4 3. Documentação para analise da proposta... 4 4. Fluxo operacional - Nova contratação e Renegociação... 5 5. Fluxo operacional - Compra de Dívida... 7 6.

Leia mais

Este programa tem a finalidade de incluir campos novos que serão utilizados na Folha de Pagamento.

Este programa tem a finalidade de incluir campos novos que serão utilizados na Folha de Pagamento. Rio de Janeiro, 18 de Junho de 2013. 2ª Circular do Ano de 2013. Ref: - Criação de um Modelo adicional de Homologet (2) - Comunicado de Dispensa em Meio Magnético - Relação de Contribuição Sindical (PIS)

Leia mais

P004.01 Boleto Bancário Configurações SICOOB

P004.01 Boleto Bancário Configurações SICOOB 1 Cadastrar o banco Sicoob. Entre no menu: Sistema -> Cadastros Básicos -> Módulo Financeiro -> Cadastro de Bancos. Você vai abrir a janela da Figura-01. Nesta Janela você deve cadastrar o Banco SICOOB

Leia mais

TROCA DE ARQUIVOS COBRANÇA MANUAL DO USUÁRIO NOVO CNAB 400

TROCA DE ARQUIVOS COBRANÇA MANUAL DO USUÁRIO NOVO CNAB 400 APRESENTAÇÃO Destina-se aos Clientes do Banco, usuários do Sistema de Cobrança AUTBANK, que se utilizam da troca de arquivos magnéticos, para remessa e retorno de seus movimentos de cobrança. Para isso,

Leia mais

Baixa Boletos de Locação - Sami ERP++

Baixa Boletos de Locação - Sami ERP++ Baixa Boletos de Locação - Sami ERP++ 1. Baixa Manual de Boletos 1.1. Recebimentos Doc s - Caixa Acesse o módulo TERMINAL DE CAIXA/ CAIXA/ ABERTURA DE CAIXA/ LOCAÇÃO LANÇAMENTOS AUTOMÁTICO/ RECEBIMENTOS

Leia mais

Layout Padrão de Arrecadação/Recebimento. com Utilização do Código de Barras VERSÃO 04

Layout Padrão de Arrecadação/Recebimento. com Utilização do Código de Barras VERSÃO 04 Layout Padrão de Arrecadação/Recebimento com Utilização do Código de Barras VERSÃO 04 Vigência: a partir de 01.04.2005 não obrigatório manter contato prévio com os bancos G:\SERVBANC\CENEABAN\Padrões\Codbar4-v28052004.doc

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS BRADESCO NO FINANCE 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pelo Bradesco... 3 Como gerar os arquivos de Remessa para o Banco pelo Finance... 14 Como enviar

Leia mais

Especificações Técnicas para Confecção de Bloqueto de Cobrança do Banco do Brasil

Especificações Técnicas para Confecção de Bloqueto de Cobrança do Banco do Brasil Especificações Técnicas para Confecção de Bloqueto de Cobrança do Banco do Brasil Versão Agosto de . Introdução.. Este manual tem como objetivo prestar aos clientes do BB as informações técnicas necessárias

Leia mais