Estado do Ceará PREFEITURA MUNICIPAL DE CEDRO PROVA PARA INSTRUTOR DE CAPOEIRA CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Estado do Ceará PREFEITURA MUNICIPAL DE CEDRO PROVA PARA INSTRUTOR DE CAPOEIRA CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS."

Transcrição

1 PROVA PARA INSTRUTOR DE CAPOEIRA CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS. 01- Os escravos utilizavam dos ritmos e dos movimentos de suas danças africanas, adaptando a um tipo de luta. Como forma de resistência e de preservação de sua identidade étnica e cultural. Surgia assim a capoeira, uma arte marcial disfarçada de dança. A capoeira tem como objetivo, EXCETO. a) Desenvolver noção de ritmo musical e corporal. b) Desenvolver o lado agressivo para que a pessoa possa se defender. c) Realizar combinação de elementos da Capoeira. d) Desenvolver a expressão corporal. 02- A prática da Capoeira foi um instrumento importante da resistência cultural e física dos escravos no período do Brasil escravista. Contudo, no jogo da Capoeira, além da resistência e da identidade étnica e cultural, são evidenciadas qualidades físicas tais como? a) Agressividade. b) Violência. c) Expressão corporal. d) Agilidade, Destreza, coordenação e flexibilidade. 03- A prática da capoeira ocorria em terreiros próximos às senzalas (galpões que serviam de dormitório para os escravos) e tinha como funções principais à manutenção da cultura, o alívio do estresse do trabalho e a manutenção da saúde física. Qual a característica primordial numa roda de capoeira? a) O respeito entre os dois jogadores. b) Agressividade. c) Agilidade. d) Todas as alternativas estão corretas. 04- A capoeira possui três estilos que se diferenciam nos movimentos e no ritmo musical de acompanhamento. Portanto sendo a Capoeira uma atividade que necessita de musica, quais os primeiros instrumentos que foram usados:

2 a) Macumba, atabaque, tambor. b) Colchões e Bastões. c) Atabaque, Pandeiros, Berimbaus, Reco-reco, Agogô, Cordas. d) Todas estão corretas. 05- Trata-se de um golpe no qual o praticante agacha-se sobre a perna da frente e, com a outra perna livre, faz um movimento de rotação, varrendo ou na horizontal ou na diagonal. No momento do movimento de rotação as duas mãos vão ao solo, e atinge-se o adversário violentamente com o calcanhar: a) Martelo em pé. b) Meia Lua de Compasso. c) Rabo de arraia. d) Asfixiante. 06- Na capoeira o importante é o capoeirista mostrar que pode bater e não bater, demonstrando o seu domínio sobre os movimentos e consequentemente sobre o seu corpo. Respondendo corretamente. Em que consiste a cintura desprezada? a) É uma sequência de golpes ligados e balões (movimentos de projeção da capoeira), que projetam o parceiro a cair em pé ou agachado. b) É uma sequência de golpes ligados e balões (movimentos de projeção da capoeira), que projetam o parceiro a cair sentado. c) É o nome do alongamento dado após o término da aula. d) É um golpe no qual um pé fica firme ao chão, enquanto o outro sobe, através de um movimento de rotação, varrendo a horizontal, atingindo o adversário com a parte externa do pé. 07- Os movimentos de pernas, o gingado do corpo e as acrobacias fazem da capoeira parecer um exercício possível somente para adultos ou adolescentes. Mas cada vez mais as escolas e os Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos SCFV, oferecem a modalidade para crianças acima de um ano de idade. Diante do exposto assinale a opção CORRETA. a) A atividade pode começar a ser praticada na infância. Mesmo sem o prévio acompanhamento de um profissional. b) É errado ofertar este esporte às crianças acima de 01 ano de idade. c) Sim, é possível começar na infância, no entanto cabe a cada profissional estabelecer os limites para as crianças. d) Nenhuma das alternativas esta correta.

3 08- A prática da capoeira, como esporte, além do fortalecimento dos laços culturais e sociohistórico de nossas origens africanas. Corrobora para: a) Desenvolver a coordenação. b) Resgata a cultura. c) Aumenta a coragem de aceitar desafios. d) Todas as alternativas estão corretas. 09- Por ser um jogo, a capoeira estimula o instinto natural de competitividade e interação com outras pessoas. Com base nas afirmações abaixo, assinale a opção correta. I. Permite o entrosamento com outras pessoas. II. Valoriza a memorização e análise dos movimentos. III. Possibilita a aquisição de novas habilidades intelectuais e de convivência com seus pares. IV. Estimula o desejo de vencer o outro sempre. a) I e IV. b) II e I. c) III, II e I. d) II e III 10- Um dos principais instrumentos da Capoeira é o berimbau, este é confeccionado a a partir de quais elementos? a) Pedaço de pau, com tira de arame e um chocalho. b) Cabaça, graveto e náilon preso a um cano. c) Pedaço de pau, um pedaço de arame e uma cabaça. d) Pedaço de bambu, com fio de algodão e uma cabaça. 11- A Capoeira, inicialmente criada como luta. De origem 100% brasileira foi criada no século? a) XV (quinze). b) XVII (dezessete). c) XX (vinte). d) XVIII (dezoito).

4 12- Desde sua criação, por escravos africanos, da etnia banta, a capoeira por causa da origem, ficou proibida oficialmente até, embora nunca tenha deixado de ser praticada. Assinale a opção que completa a lacuna. a) b) c) d) Nos anos 30, o baiano Manuel dos Reis Machado, tirou os capoeiristas do chão, quebrou o gingado e incorporou golpes de outras lutas. Sua criação, a capoeira regional, se diferencia até hoje da capoeira angola, mais tradicional e difundida a partir da década de 1910 pelo baiano Vicente Ferreira, o mestre Pastinha. Por qual nome o idealizador da Capoeira brasileira, o baiano Manuel dos Reis é conhecido? a) Mestre Manuel. b) Mestre Bimba. c) Mestre D Angola. d) Mestre Reis. 14- Qual a origem da palavra Capoeira? a) Lutas de escravos. b) Dança de negros. c) Ritual de umbanda realizada por negros. d) A palavra Capoeira vem do Tupi Guarani, que significa Área de Vegetação Rasteira, local onde os Escravos fugitivos se escondiam e formavam os Quilombos. 15- Na África fica localizado um País, com um passado histórico que ainda hoje influencia todo mundo. Tendo um de seus principais pontos de sua história as pirâmides. Assinale a alternativa correta. a) Iraque b) Israel c) Egito d) Caíro

5 PROVA DE CONHECIMENTOS GERAIS 16 A cidade de Cedro- Ceará teve como marco inicial uma fazenda que pertenceu ao Senhor: a) Antônio Bitu dos Santos b) João Cândido da Costa c) Luiz Gonzaga de Moura d) José Gabriel Diniz 17 Em que dia comemora-se o aniversário da Cidade de Cedro Ceará? a) 20 de Outubro b) 12 de Outubro c) 21 de Outubro d)23 de Outubro 18 Que países da América do Sul não fazem fronteira com o Brasil a) Chile e Equador b) Equador e Bolívia c) Chile e Peru. d) Bolívia e Uruguai 19 Qual o nome do primeiro Presidente Civil Brasileiro Eleito após o fim da ditadura militar? a) Getúlio Vargas b) Fernando Collor c) Tancredo Neves d) José Sarney 20 Qual a duração do mandato de um Senador da República Brasileira a) 4 anos b) 8 anos c) 6 anos d) 10 anos

A Capoeira é uma arte marcial afro-brasileira que iria encontrar suas raízes nos métodos de guerra e danças dos povos africanos no tempo da

A Capoeira é uma arte marcial afro-brasileira que iria encontrar suas raízes nos métodos de guerra e danças dos povos africanos no tempo da CAPOEIRA A Capoeira é uma arte marcial afro-brasileira que iria encontrar suas raízes nos métodos de guerra e danças dos povos africanos no tempo da escravatura no Brasil. No século XVI, Portugal tinha

Leia mais

8º Ano 2015 4º Bimestre Artes Prof. Juva

8º Ano 2015 4º Bimestre Artes Prof. Juva 8º Ano 2015 4º Bimestre Artes Prof. Juva Manifestações de Arte Popular No Brasil a arte popular é aquela produzida por alguém que não possui uma instrução acadêmica em arte, mas produz obras que contém

Leia mais

PATRIMÔNIO IMATERIAL: OLHARES DA HISTÓRIA SOBRE A ARTE & MANHA DA CAPOEIRA

PATRIMÔNIO IMATERIAL: OLHARES DA HISTÓRIA SOBRE A ARTE & MANHA DA CAPOEIRA PATRIMÔNIO IMATERIAL: OLHARES DA HISTÓRIA SOBRE A ARTE & MANHA DA CAPOEIRA Maria Aparecida Carbonar * Novas pesquisas e trabalhos acadêmicos nos permitem remontar aos primórdios de nossa história, buscando

Leia mais

PLANEJAMENTO ATELIER CULTURAL FULL DAY COLÉGIO FARROUPILHA 2015

PLANEJAMENTO ATELIER CULTURAL FULL DAY COLÉGIO FARROUPILHA 2015 PLANEJAMENTO ATELIER CULTURAL FULL DAY COLÉGIO FARROUPILHA 2015 A Lezanfan apresenta a programação de atividades de Capoeira, Yoga e Artes para o Full Day 2015 Capoeira Professor Maicon Vieira Técnico

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE DIVINÓPOLIS INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE DIVINÓPOLIS. PROJETO CAPOEIRA Das senzalas à universidade

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE DIVINÓPOLIS INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE DIVINÓPOLIS. PROJETO CAPOEIRA Das senzalas à universidade FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE DIVINÓPOLIS INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE DIVINÓPOLIS PROJETO CAPOEIRA Das senzalas à universidade DIVINÓPOLIS, MARÇO 2013 PROGRAMA DE APOIO À EXTENSÃO - PAEx Projeto Capoeira:

Leia mais

Estado do Ceará PREFEITURA MUNICIPAL DE CEDRO CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Estado do Ceará PREFEITURA MUNICIPAL DE CEDRO CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 1. O paciente João compareceu ao consultório odontológico uma semana depois de realizar uma exodontia do segundo molar inferior esquerdo. Qual das alternativas abaixo contém os

Leia mais

Da musicalidade à malícia corporal: um projeto de extensão de Capoeira Angola

Da musicalidade à malícia corporal: um projeto de extensão de Capoeira Angola Da musicalidade à malícia corporal: um projeto de extensão de Capoeira Angola Eduardo Luis Mathias Medeiros (Unemat) Fabrício José Celso de Camargo (UFMT) Éverton Luis Mathias Medeiros (UFMT) Resumo -

Leia mais

Disponível em : http://www.portacurtas.com.br/filme.asp?cod=4683

Disponível em : http://www.portacurtas.com.br/filme.asp?cod=4683 Filme: Maré capoeira Gênero Ficção Diretor Paola Barreto Elenco Felipe Satos, Isabela Faberezza, Mestre Chamine Ano 2005 Duração 14 min Cor Colorido Bitola vídeo País Brasil Disponível em : http://www.portacurtas.com.br/filme.asp?cod=4683

Leia mais

Jogando as capoeiras... Berimbau já deu chamada vem pra roda jogar. Carin, Marcos Ribeiro, Ronaldo, Tiago

Jogando as capoeiras... Berimbau já deu chamada vem pra roda jogar. Carin, Marcos Ribeiro, Ronaldo, Tiago Jogando as capoeiras... Berimbau já deu chamada vem pra roda jogar Carin, Marcos Ribeiro, Ronaldo, Tiago Sr. Delegado eu vi uma briga onde um homem morre foi um negro malvado que matou o homem e depois

Leia mais

Capoeira: metáforas em movimento

Capoeira: metáforas em movimento Capoeira: metáforas em movimento Eliane Dantas dos Anjos...PRA GANHAR SEU AMOR FIZ MANDINGA FUI A GINGA DE UM BOM CAPOEIRA DEI RASTEIRA NA SUA EMOÇÃO COM O SEU CORAÇÃO FIZ ZUEIRA... (VERDADE: NELSON RUFINO

Leia mais

Congada PROJETOS CULTURAIS. e ucáçá~o I fa til. Justificativa

Congada PROJETOS CULTURAIS. e ucáçá~o I fa til. Justificativa Congada e ucáçá~o I fa til Justificativa PROJETOS CULTURAIS O Brasil é um país com grande diversidade étnica e cultural. É preciso dar importância e valorizar a cultura dentro e fora da escola, criando

Leia mais

2ª FASE Prof.ª JEANNE ARAÚJO E SILVA

2ª FASE Prof.ª JEANNE ARAÚJO E SILVA 2ª FASE Prof.ª JEANNE ARAÚJO E SILVA 4º BIMESTRE 2ª Avaliação - Área de Ciências Humanas. Aula 196 Revisão e avaliação de Ciências Humanas. 2 Hidrografia 3 A hidrografia é o ramo da geografia física que

Leia mais

CONTEÚDOS. Candomblé Umbanda Xamanismo

CONTEÚDOS. Candomblé Umbanda Xamanismo CONTEÚDOS Candomblé Umbanda Xamanismo HABILIDADES Conhecer as religiões afrodescendentes e anímicas PAUTA DO DIA Acolhida Problematização Entrevista Exibição do Vídeo Leitura de Imagem Aprofundando o tema-

Leia mais

O estudo do lugar através das múltiplas manifestações da capoeira: Experiências da capoeiragem em Ourinhos-SP Rafael Rebello de Lima INTRODUÇÃO Desde

O estudo do lugar através das múltiplas manifestações da capoeira: Experiências da capoeiragem em Ourinhos-SP Rafael Rebello de Lima INTRODUÇÃO Desde O estudo do lugar através das múltiplas manifestações da capoeira: Experiências da capoeiragem em Ourinhos-SP Rafael Rebello de Lima INTRODUÇÃO Desde o período colonial o negro foi tratado com indiferença

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ CENTRO DAS CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ CENTRO DAS CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ CENTRO DAS CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA FRANCISCO EDUARDO GONÇALVES DE FRANÇA CAPOEIRA COMO INCLUSÃO SOCIAL MARINGÁ 2010 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DO VALE DO JURUENA - AJES ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E EDUCACIONAL

INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DO VALE DO JURUENA - AJES ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E EDUCACIONAL INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DO VALE DO JURUENA - AJES ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E EDUCACIONAL PSICOMOTRICIDADE: CAPOEIRA UM SUBSÍDIO PSICOMOTOR À CIDADANIA. Valdeson Paula Portela modelo_capuraginga@hotmail.com

Leia mais

As relações entre a capoeira e a educação física no decorrer do século XX

As relações entre a capoeira e a educação física no decorrer do século XX As relações entre a capoeira e a educação física no decorrer do século XX Paula Cristina da Costa Silva TAL QUAL NA RODA DE CAPOEIRA, ONDE O PÚBLICO OBSERVA AS JOGADAS, AS BRINCADEIRAS, RE- PRESENTAÇÕES

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2 º SEMESTRE DE 2015 CAPOEIRA ESCOLA DO SÍTIO / RESPONSÁVEL: MESTRE LU PIMENTA Coordenação das atividades: Ludmila Santos

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2 º SEMESTRE DE 2015 CAPOEIRA ESCOLA DO SÍTIO / RESPONSÁVEL: MESTRE LU PIMENTA Coordenação das atividades: Ludmila Santos RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2 º SEMESTRE DE 2015 CAPOEIRA ESCOLA DO SÍTIO / RESPONSÁVEL: MESTRE LU PIMENTA Coordenação das atividades: Ludmila Santos A CAPOEIRA A capoeira uma expressão cultural que se manifesta

Leia mais

TEMAS e QUANTIDADE DE AULAS. 1. Conceitos de Música - 6 aulas. 2. Criação de Canção - 6 aulas. 3. Pedal e Ostinato - 6 aulas

TEMAS e QUANTIDADE DE AULAS. 1. Conceitos de Música - 6 aulas. 2. Criação de Canção - 6 aulas. 3. Pedal e Ostinato - 6 aulas RELAÇÃO DE AULAS PUBLICADAS NO PORTAL DO PROFESSOR - MEC http://portaldoprofessor.mec.gov.br/index.html Colégio de Aplicação da UFRJ Equipe de Música Período: outubro, novembro e dezembro de 2009; maio,

Leia mais

Os negros na formação do Brasil PROFESSORA: ADRIANA MOREIRA

Os negros na formação do Brasil PROFESSORA: ADRIANA MOREIRA Os negros na formação do Brasil PROFESSORA: ADRIANA MOREIRA ESCRAVIDÃO ANTIGA A escravidão é um tipo de relação de trabalho que existia há muito tempo na história da humanidade. Na Antiguidade, o código

Leia mais

LUTAS, CAPOEIRA E PRÁTICAS CORPORAIS DE AVENTURA

LUTAS, CAPOEIRA E PRÁTICAS CORPORAIS DE AVENTURA LUTAS, CAPOEIRA E PRÁTICAS CORPORAIS DE AVENTURA LUTAS CONCEITO... Práticas corporais com importância histórica e social. Objetivo: oposição entre indivíduos. Foco: corpo da outra pessoa, a partir de ações

Leia mais

Os africanos contribuíram para a cultura brasileira em uma

Os africanos contribuíram para a cultura brasileira em uma Cultura Negra Cultura Negra Os africanos contribuíram para a cultura brasileira em uma enormidade de aspectos: dança, música, religião, culinária e idioma. Essa influência se faz notar em grande parte

Leia mais

EXPERIÊNCIA INTERDISCIPLINAR COM A CAPOEIRA NA EDUCAÇÃO FÍSICA INFANTIL: MOVIMENTO DIALÓGICO PARA A DIVERSIDADE ETNICORRACIAL

EXPERIÊNCIA INTERDISCIPLINAR COM A CAPOEIRA NA EDUCAÇÃO FÍSICA INFANTIL: MOVIMENTO DIALÓGICO PARA A DIVERSIDADE ETNICORRACIAL EXPERIÊNCIA INTERDISCIPLINAR COM A CAPOEIRA NA EDUCAÇÃO FÍSICA INFANTIL: MOVIMENTO DIALÓGICO PARA A DIVERSIDADE ETNICORRACIAL Eliton Clayton Rufino Seára 1 Resumo: Este escrito 2, que mais pode ser chamado

Leia mais

InfoReggae - Edição 26 Oficinas AfroReggae: Expressão Corporal 31 de janeiro de 2014. Coordenador Executivo José Júnior

InfoReggae - Edição 26 Oficinas AfroReggae: Expressão Corporal 31 de janeiro de 2014. Coordenador Executivo José Júnior O Grupo Cultural AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima de jovens das camadas populares.

Leia mais

COLETIVO VOLEIBOL e FUTSAL ESPORTE AVALIAÇÃO CONTEÚDO BÁSICO CONTEÚDOS ESPECÍFICOS CONTEÚDOS ESTRUTURAN TES METODOLÓGICO E RECURSOS DIDÁTICOS

COLETIVO VOLEIBOL e FUTSAL ESPORTE AVALIAÇÃO CONTEÚDO BÁSICO CONTEÚDOS ESPECÍFICOS CONTEÚDOS ESTRUTURAN TES METODOLÓGICO E RECURSOS DIDÁTICOS PLANO DE TRABALHO DOCENTE (PTD) Professora: PAULA LUÍZA SCHAFER KARPINSKI Disciplina: Educação Física Ano: 2015 Período: 1ºTRIMESTRE Série: 9º Ano C e D ESTRUTURAN TES CONTEÚDO BÁSICO ESPECÍFICOS JUSTIFICATIVA

Leia mais

ANÁLISE ANATÔMICA DA DANÇA CARIMBÓ 1. PALAVRAS CHAVES: Carimbó, dança, anatomia do movimento.

ANÁLISE ANATÔMICA DA DANÇA CARIMBÓ 1. PALAVRAS CHAVES: Carimbó, dança, anatomia do movimento. ANÁLISE ANATÔMICA DA DANÇA CARIMBÓ 1 MARTINS, Gabriela de Oliveira 1 ; ALVES, Marcus Vinícius Sena 2 ; CINTRA, Évelyn Salatiel 3 ; KAGUEYAMA,Cristina Do Espírito Santo 4 ; LIMA, Kisleu Dias Maciel de Almeida

Leia mais

Recorde: Revista de História de Esporte volume 1, número 2, dezembro de 2008

Recorde: Revista de História de Esporte volume 1, número 2, dezembro de 2008 CAPOEIRA THE HISTORY OF AN AFRO-BRAZILIAN MARTIAL ART RESENHA Prof. Vivian Luiz Fonseca Fundação Getúlio Vargas - PPHPBC CPDOC/FGV Rio de Janeiro, Brasil vivianluizfonseca@gmail.com Recebido em 9 de setembro

Leia mais

COMPREENSÃO DA SUBJETIVIDADE QUE ENVOLVE A ESCOLHA ENTRE CAPOEIRA ANGOLA E REGIONAL

COMPREENSÃO DA SUBJETIVIDADE QUE ENVOLVE A ESCOLHA ENTRE CAPOEIRA ANGOLA E REGIONAL COMPREENSÃO DA SUBJETIVIDADE QUE ENVOLVE A ESCOLHA ENTRE CAPOEIRA ANGOLA E REGIONAL Luiz Augusto Normanha Lima 1 ; André Magaldi Suguihura 2, 1 D.E.F./I.B./UNESP; 2 Aluno formado/d.e.f./i.b./unesp RESUMO

Leia mais

Album Capoeira Antiga Geração Africana volume 4 CD1. 2 Água doce

Album Capoeira Antiga Geração Africana volume 4 CD1. 2 Água doce Album Capoeira Antiga Geração Africana volume 4 CD1 1 - Guarda Prisional Iê Verdade faz o olho vermelho mas não fura Tu gosta de cão, tu gosta de pulga (Bis) Folha que cai não apodrece no mesmo dia O mau

Leia mais

Coordenadoria de Educação. I CADERNO DE APOIO PEDAGÓGICO 2010 Música Professor (a) África do Sul 1º. ao 3º. ano

Coordenadoria de Educação. I CADERNO DE APOIO PEDAGÓGICO 2010 Música Professor (a) África do Sul 1º. ao 3º. ano I CADERNO DE APOIO PEDAGÓGICO 2010 Música Professor (a) África do Sul 1º. ao 3º. ano Eduardo Paes Prefeito da Cidade do Rio de Janeiro Profª Claudia Costin Secretária Municipal de Educação Profª Regina

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA

PLANEJAMENTO ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA SÉRIE: 6º ANO PROFESSORA:

Leia mais

Capoeira. uma herança cultural afro brasileira. Elisabeth Vidor Letícia Vidor de Sousa Reis

Capoeira. uma herança cultural afro brasileira. Elisabeth Vidor Letícia Vidor de Sousa Reis Capoeira uma herança cultural afro brasileira Elisabeth Vidor Letícia Vidor de Sousa Reis CAPOEIRA Uma herança cultural afro-brasileira Copyright 2013 by Elisabeth Vidor e Letícia Vidor de Sousa Reis Direitos

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO 9. A constituição do Centro de Cultura e Arte Negra 17 O Coral Crioulo, o grupo teatral e o Cecan 22

Sumário INTRODUÇÃO 9. A constituição do Centro de Cultura e Arte Negra 17 O Coral Crioulo, o grupo teatral e o Cecan 22 Sumário INTRODUÇÃO 9 1. A PRIMEIRA FASE DO CECAN (1971-1974) O TEATRO FALANDO POR NÓS 17 A constituição do Centro de Cultura e Arte Negra 17 O Coral Crioulo, o grupo teatral e o Cecan 22 2. A SEGUNDA FASE

Leia mais

A capoeira e sua linguagem de expressão

A capoeira e sua linguagem de expressão A capoeira e sua linguagem de expressão Letieli Reis Pospichil 1 Luana Rocha de Lima 1 Natália Wildner de Lemos 1 Leandro de Andrade Miranda 2 Christiane Jaroski Barbosa 3 Resumo: Este estudo é resultado

Leia mais

Fernando Moura MÚSICO, COMPOSITOR, ARRANJADOR E PRODUTOR MUSICAL

Fernando Moura MÚSICO, COMPOSITOR, ARRANJADOR E PRODUTOR MUSICAL A música sempre foi a herança mais visível que os negros africanos escravizados trouxeram para o Brasil. Diversa, rica, rítmica, a tradição africana se misturou e se transformou aqui no Brasil. É sobre

Leia mais

A influência da prática da capoeira na postura dos capoeiristas: aspectos biomecânicos e fisiológicos.

A influência da prática da capoeira na postura dos capoeiristas: aspectos biomecânicos e fisiológicos. A influência da prática da capoeira na postura dos capoeiristas: aspectos biomecânicos e fisiológicos. Autores: Ft Mariana Machado Signoreti Profa. Msc. Evelyn Cristina Parolina A capoeira é uma manifestação

Leia mais

CAPOEIRA: INTERVENÇÃO E CONHECIMENTO NO ESPAÇO ESCOLAR

CAPOEIRA: INTERVENÇÃO E CONHECIMENTO NO ESPAÇO ESCOLAR CAPOEIRA: INTERVENÇÃO E CONHECIMENTO NO ESPAÇO ESCOLAR José Santana Sobrinho* Luís Vítor de Castro Júnior** Pedro Rodolpho JungersAbib*** RESUMO: Esse trabalho pretende discutir a importância da Capoeira

Leia mais

01 - Minha Luz. 02 - Sal e Pimenta

01 - Minha Luz. 02 - Sal e Pimenta 01 - Minha Luz Eu cheguei com minha luz Eu cheguei com minha luz Eu vou te encandear Minha luz é muito forte Tu não pode suportar E a minha energia Não tem como é comparar Eu vim pra fazer o bem E não

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA CAPOEIRA COMO CONTEÚDO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR

A IMPORTÂNCIA DA CAPOEIRA COMO CONTEÚDO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR A IMPORTÂNCIA DA CAPOEIRA COMO CONTEÚDO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR BARROS, Lucas Costa Discente do curso de Educação Física da Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva SANTOS, Mariol Siqueira

Leia mais

Pequena Discografia da Capoeira! Texto de Leiteiro

Pequena Discografia da Capoeira! Texto de Leiteiro Pequena Discografia da Capoeira! Texto de Leiteiro AZnº 666 Há muitos anos atrás, (1990) eu e meu irmão resolvemos catalogar quantos discos de Capoeira havia. Começamos pelo livro de Capoeira Angola de

Leia mais

Modalidades esportivas Sesc

Modalidades esportivas Sesc Faça sua carteira COMERCIÁRIO: TITULAR: CPTS atualizada, Comp. de residência, GFIP (Guia de Recolhimento e Informações do FGTS), Taxa CONVENIADOS: TITULAR: Comp.de residência, documento que comp. de vínculo

Leia mais

CONSIDERAÇÕES GERAIS:

CONSIDERAÇÕES GERAIS: CONSIDERAÇÕES GERAIS: Esta é a etapa na qual a Capoeira será apresentada ao aluno. Neste nível o aluno irá adquirir os conhecimentos básicos da Capoeira. A corda crua é uma corda intermediária dada ao

Leia mais

PROJETO JOGOS DA BOA EDUCAÇÃO PROFESSOR FERNANDO GIANNANGELO DE OLIVEIRA CEASLAS

PROJETO JOGOS DA BOA EDUCAÇÃO PROFESSOR FERNANDO GIANNANGELO DE OLIVEIRA CEASLAS PROJETO JOGOS DA BOA EDUCAÇÃO PROFESSOR FERNANDO GIANNANGELO DE OLIVEIRA CEASLAS SÃO PAULO 2012 Jogos La Salle da Boa Educação O projeto dos jogos da Boa Educação surgiu em 2009 com o objetivo de atender

Leia mais

Flavia Candusso 2 Escola de Música da Ufba RESUMO

Flavia Candusso 2 Escola de Música da Ufba RESUMO A construção da identidade cultural e musical no projeto João, Capoeira Angola e Cidadania da Academia João Pequeno de Pastinha - Centro Esportivo de Capoeira Angola, coordenado por Mestre Faísca 1 Flavia

Leia mais

Grupo Samba de Roda SUSPIRO DO IGUAPE

Grupo Samba de Roda SUSPIRO DO IGUAPE Santiago do Iguape fica localizado no distrito rural do Município de Cachoeira. No entorno desse povoado fica concentrado o maior numero de ruínas de engenhos e Comunidades quilombolas do Recôncavo Baiano

Leia mais

EVENTOS COMO FORMA DE MEMÓRIA

EVENTOS COMO FORMA DE MEMÓRIA 1 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( x ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA EVENTOS COMO FORMA DE MEMÓRIA Apresentador 1 Merylin Ricieli

Leia mais

SINCRETISMO RELIGIOSO, NATAL FESTEJA IEMANJÁ 1

SINCRETISMO RELIGIOSO, NATAL FESTEJA IEMANJÁ 1 SINCRETISMO RELIGIOSO, NATAL FESTEJA IEMANJÁ 1 Antônio da Silva PINTO Netto 2 Joabson Bruno de Araújo COSTA 3 Giovana Alves ARQUELINO 4 Sebastião Faustino PEREIRA Filho 5 Universidade Federal do Rio Grande

Leia mais

Prefeitura Municipal de Ponte Alta Processo Seletivo Edital 001/2014 Monitor Desportivo

Prefeitura Municipal de Ponte Alta Processo Seletivo Edital 001/2014 Monitor Desportivo 1 CONHECIMENTOS GERAIS (5 questões) 1. Em seu Artigo 1º, a Lei Orgânica da Assistência Social LOAS, explica que a assistência social é: a. Uma política de seguridade social que provê os mínimos sociais

Leia mais

Palavras-chave: capoeira angola; candomblé; samba de roda; trânsito musical; identidade.

Palavras-chave: capoeira angola; candomblé; samba de roda; trânsito musical; identidade. 892 TRÂNSITO MUSICAL E IDENTIDADE NA CAPOEIRA ANGOLA Flávia Diniz Universidade Federal da Bahia UFBA Mestrado em Etnomusicologia SIMPOM: Subárea de Etnomusicologia Resumo Neste artigo apresento resultado

Leia mais

ATIVIDADE DE FIXAÇÃO: ELEMENTOS DA MÚSICA. I. Leia a partitura musical Ciranda da Lia e faça os itens a seguir (ver no portal):

ATIVIDADE DE FIXAÇÃO: ELEMENTOS DA MÚSICA. I. Leia a partitura musical Ciranda da Lia e faça os itens a seguir (ver no portal): ELEMENTOS DA MÚSICA I. Leia a partitura musical Ciranda da Lia e faça os itens a seguir (ver no portal): 1. O tipo de compasso é... 2. A figura de ritmo de maior duração nesta música chama se... 3. Discrimine

Leia mais

ANEXO 2 UNIDADE DIDÁTICA GINÁSTICA ACROBÁTICA. Parâmetros Gerais

ANEXO 2 UNIDADE DIDÁTICA GINÁSTICA ACROBÁTICA. Parâmetros Gerais ANEXO 2 UNIDADE DIDÁTICA GINÁSTICA ACROBÁTICA ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO DO FUNDÃO ANO LECTIVO 2011 / 2012 DISCIPLINA: EDUCAÇÃO FÍSICA Plano de unidade didáctica Ginástica acrobática (complemento da

Leia mais

INTRODUÇÃO. 11 3507.0500 / 11 3742.0691 www.rentapro.com.br

INTRODUÇÃO. 11 3507.0500 / 11 3742.0691 www.rentapro.com.br MENU DE MODALIDADES INTRODUÇÃO O Rent a Pro é uma empresa que disponibiliza aulas de esportes em diferentes locais, entre eles: escolas, condomínios residenciais e empresas, além de organizar eventos esportivos

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA

PLANEJAMENTO ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA SÉRIE: 7º ANO PROFESSORA:

Leia mais

HISTÓRIA - 6º AO 9º ANO

HISTÓRIA - 6º AO 9º ANO A FORMAÇÃO DO CURRÍCULO DA REDE O solicitou-nos uma base para colocar em discussão com os professores de história da rede de São Roque. O ponto de partida foi a grade curricular formulada em 2008 pelos

Leia mais

Curso de Formação de Conselheiros em Direitos Humanos Abril Julho/2006

Curso de Formação de Conselheiros em Direitos Humanos Abril Julho/2006 Curso de Formação de Conselheiros em Direitos Humanos Abril Julho/2006 Realização: Ágere Cooperação em Advocacy Apoio: Secretaria Especial dos Direitos Humanos/PR Módulo II: Conselhos dos Direitos no Brasil

Leia mais

CURSOS PROFISSIONAIS Ficha de Planificação Modular

CURSOS PROFISSIONAIS Ficha de Planificação Modular CURSOS PROFISSIONAIS Ficha de Planificação Modular Ano Lectivo: 2015-2016 Curso: Técnico de Gestão Ano: 11º Turma: Q Disciplina: Educação Física Módulo nº: 7 Data de início: 28/09/2011 TEMA do MÓDULO:

Leia mais

CAPOEIRA NA ESCOLA MODULO I

CAPOEIRA NA ESCOLA MODULO I CAPOEIRA NA ESCOLA Carmem Lúcia Altomar Mattos (*) Haron Crisóstomo Castanon Mattos (**) Marina Altomar Mattos (***) EMENTA Conhecer a capoeira nos seus mais variados aspectos: dança e arte, defesa pessoal,

Leia mais

Chulas Per chula si intende un componimento in cui la parte solista è di molto superiore al coro che comunque, risponde.

Chulas Per chula si intende un componimento in cui la parte solista è di molto superiore al coro che comunque, risponde. Ass. Cult. Sport. Dilettantistica Palmares Chulas Per chula si intende un componimento in cui la parte solista è di molto superiore al coro che comunque, risponde. Luanda é Luanda é pandeiro Luanda é para

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE- CAMPUS SANTA ROSA DO SUL GOLPES DE CAPOEIRA. Camila Padilha. Lara Silveira Maggi

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE- CAMPUS SANTA ROSA DO SUL GOLPES DE CAPOEIRA. Camila Padilha. Lara Silveira Maggi INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE- CAMPUS SANTA ROSA DO SUL GOLPES DE CAPOEIRA Comissão de elaboração: Camila Padilha Lara Silveira Maggi Leonardo Bauer Munari Geovane Jacob

Leia mais

AMÉRICA LATINA Professor: Gelson Alves Pereira

AMÉRICA LATINA Professor: Gelson Alves Pereira Disciplina - Geografia 3 a Série Ensino Médio AMÉRICA LATINA Professor: Gelson Alves Pereira 1- INTRODUÇÃO Divisão do continente americano por critério físico por critérios culturais Área da América Latina:

Leia mais

por Brígida Carla Malandrino * [brigidamalandrino por Ênio José da Costa Brito ** [brbrito

por Brígida Carla Malandrino * [brigidamalandrino por Ênio José da Costa Brito ** [brbrito PEREIRA, Edimilson de Almeida Os tambores estão frios: herança cultural e sincretismo religioso de Candombe. Juiz de Fora Belo Horizonte: Funalfa Edições Mazza Edições, 2005, ISBN 85-7160- 323-5. por Brígida

Leia mais

AUTO DE NATAL OUTRO NATAL

AUTO DE NATAL OUTRO NATAL AUTO DE NATAL OUTRO NATAL Escrito em conjunto com Cristina Papa para montagem pelo curso Técnico Ator 2007/2008 do SENAC Araraquara-SP, sob supervisão do professor Carlos Fonseca. PERSONAGENS: CORO / NARRADORES

Leia mais

INTRODUÇÃO E OBJETIVO O improviso sempre esteve presente em toda a história do jazz. Isso se dava em um

INTRODUÇÃO E OBJETIVO O improviso sempre esteve presente em toda a história do jazz. Isso se dava em um Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 1222 O JAZZ E A EDUCAÇÃO MUSICAL DO SÉCULO XX Fernando Vieira da Cruz 1, Joana Sanches Justo 2 1 Graduando do curso

Leia mais

ARTE E CULTURA AFRO-BRASILEIRA

ARTE E CULTURA AFRO-BRASILEIRA ARTE E CULTURA AFRO-BRASILEIRA Cultura afro-brasileira é o resultado do desenvolvimento da cultura africana no Brasil, incluindo as influências recebidas das culturas portuguesa e indígena que se manifestam

Leia mais

Um breve histórico da GA

Um breve histórico da GA Ginástica Artística Um breve histórico da GA Séc. XIX Alemanha O nome que mais se destaca na história da formação da ginástica moderna foi do alemão Friedrich Ludwig Jahn (1778-1852), grande nacionalista

Leia mais

HISTÓRIA 7 O ANO FUNDAMENTAL. PROF. ARTÊMISON MONTANHO PROF. a ISABEL SARAIVA

HISTÓRIA 7 O ANO FUNDAMENTAL. PROF. ARTÊMISON MONTANHO PROF. a ISABEL SARAIVA 7 O ANO FUNDAMENTAL PROF. ARTÊMISON MONTANHO PROF. a ISABEL SARAIVA Unidade I Identidades, Diversidades e Direitos Humanos Aula 1.1 Conteúdos Apresentação do Componente A formação da Europa feudal Os germanos:

Leia mais

Profª. Esp. Maria Helena Carvalho

Profª. Esp. Maria Helena Carvalho Profª. Esp. Maria Helena Carvalho HISTÓRIA DO VOLEIBOL Criação nos EUA; Dia 09 de fevereiro de 1895; Pelo diretor de Educação Física da ACM William George Morgan; Era conhecido como mintonette. Obs.: Nessa

Leia mais

Capoeira. A Capoeira e o Maculelê. A Canoa Virou

Capoeira. A Capoeira e o Maculelê. A Canoa Virou Capoeira A Canoa Virou A Capoeira É A Capoeira e o Maculelê A Capoeira, Meu Amor A Hora É Essa A Manteiga Derramou A Maré Tá Cheia A Onda Rolou na Praia A Palma de Bimba Abalou Capoeira Abalou Adão, Adão

Leia mais

PROFESSORA: GISELE GELMI. LOCAL: SÍTIO BANDEIRANTES

PROFESSORA: GISELE GELMI. LOCAL: SÍTIO BANDEIRANTES EMEF ANTÔNIO ANDRADE GUIMARÃES PROJETO CONSCIÊNCIA NEGRA: EDUCAÇÃO NÃO TEM COR. PROFESSORA: GISELE GELMI. LOCAL: SÍTIO BANDEIRANTES Todo brasileiro, mesmo o alvo, de cabelo louro, traz na alma, quando

Leia mais

Chants de capoeira. page 1 Quem vem la, sou eu Canarinho da Alemanha Luanda ê Pomba avuô

Chants de capoeira. page 1 Quem vem la, sou eu Canarinho da Alemanha Luanda ê Pomba avuô Chants de capoeira page 1 Quem vem la, sou eu Canarinho da Alemanha Luanda ê page 2 São Bento me chama Angola ê, ê ê Dá no nêgo page 3 Dona Maria como vai você u Meu berimbau, instrumento genial Ligeiro,

Leia mais

Metodologia do Ensino de Educação Física. Teleaula 3. Abordagens Pedagógicas do Ensino Aberto. Contextualização. Conceitualização.

Metodologia do Ensino de Educação Física. Teleaula 3. Abordagens Pedagógicas do Ensino Aberto. Contextualização. Conceitualização. Metodologia do Ensino de Educação Física Teleaula 3 Prof. Me. Marcos Ruiz da Silva tutoriapedagogia@grupouninter.com.br Abordagens Pedagógicas do Ensino Aberto Pedagogia Análise da aula de Educação Física

Leia mais

Cultura Juvenil e as influências musicais: pensando a música afro-brasileira e a sua utilização entre os jovens na escola

Cultura Juvenil e as influências musicais: pensando a música afro-brasileira e a sua utilização entre os jovens na escola Cultura Juvenil e as influências musicais: pensando a música afro-brasileira e a sua utilização entre os jovens na escola Patrícia Cristina de Aragão Araújo 1 Thaís de Oliveira e Silva 2 A escola existe

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E TREINAMENTO FUNCIONAL: APLICAÇÃO NAS AULAS DE ENSINO MÉDIO

EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E TREINAMENTO FUNCIONAL: APLICAÇÃO NAS AULAS DE ENSINO MÉDIO EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E TREINAMENTO FUNCIONAL: APLICAÇÃO NAS AULAS DE ENSINO MÉDIO CAMILA APARECIDA DE SOUZA BATISTA DANIELLY MEDEIROS DA SILVA FELIPE ROCHA DOS SANTOS (ORIENTADOR) EEFD UFRJ - RIO DE

Leia mais

EJA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

EJA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS PREFEITURA MUNICIPAL DE COLINA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E.M.E.F. CEL. JOSÉ VENÂNCIO DIAS EJA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Ninguém educa ninguém. Ninguém se educa sozinho. Os homens se educam em

Leia mais

A Dança é a arte de mexer o corpo, através de uma cadência de movimentos e ritmos, criando uma harmonia própria. Não é somente através do som de uma

A Dança é a arte de mexer o corpo, através de uma cadência de movimentos e ritmos, criando uma harmonia própria. Não é somente através do som de uma Dança Desde 1982, no dia 29 de abril, comemora-se o dia internacional da dança, instituído pela UNESCO em homenagem ao criador do balé moderno, Jean- Georges Noverre. A Dança é a arte de mexer o corpo,

Leia mais

História do Brasil Colônia. Profª Maria Auxiliadora

História do Brasil Colônia. Profª Maria Auxiliadora História do Brasil Colônia Profª Maria Auxiliadora O PERÍODO PRÉ-COLONIAL (1500 1530) Pau-Brasil Extrativismo Vegetal Fabricação de tintura para tecidos. Exploração nômade e predatória. Escambo com índios.

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA MÚSICA NA ESTIMULAÇÃO DA MEMÓRIA EM IDOSOS PAULA, Mery Helen Feleizari de, (FECILCAM)meeryhelen@hotmail.com

A IMPORTÂNCIA DA MÚSICA NA ESTIMULAÇÃO DA MEMÓRIA EM IDOSOS PAULA, Mery Helen Feleizari de, (FECILCAM)meeryhelen@hotmail.com A IMPORTÂNCIA DA MÚSICA NA ESTIMULAÇÃO DA MEMÓRIA EM IDOSOS PAULA, Mery Helen Feleizari de, (FECILCAM)meeryhelen@hotmail.com SCHERER, Cleudet de Assis, (OR), (FECILCAM)cleudet@yahoo.com RESUMO: o objetivo

Leia mais

VII FESTIVAL DE CANTIGAS

VII FESTIVAL DE CANTIGAS VII FESTIVAL DE CANTIGAS Novembro 2010 VII Festival de Cantigas da Companhia Pernas Pro Ar O VII Festival de Cantigas da CPPA aconteceu no dia 18 de novembro de 2010, no Clube Mineiro da Cachaça, em Belo

Leia mais

AS ARTES E O LÚDICO: UMA PROPOSTA ATRAVÉS DA HISTÓRIA DO CARNAVAL

AS ARTES E O LÚDICO: UMA PROPOSTA ATRAVÉS DA HISTÓRIA DO CARNAVAL AS ARTES E O LÚDICO: UMA PROPOSTA ATRAVÉS DA HISTÓRIA DO CARNAVAL Fernanda de Paula Alves de Oliveira Professora da Rede Municipal de Ensino de Londrina fernandadepaula.fp@hotmail.com Gleisse Cristiane

Leia mais

Mundo Mágico do Circo

Mundo Mágico do Circo ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR LÉO KOLHER ENSINO FUNDAMENTAL II MOSTRA CULTURAL E CIENTÍFICA LÉO KOHLER 50 ANOS CONSTRUINDO HISTÓRIA PROJETO: Mundo Mágico do Circo Professora Orientadora: Simone Aparecida Ribeiro

Leia mais

ESCOLA PROFESSOR AMÁLIO PINHEIRO ENSINO FUNDAMENTAL PROJETO EQUIPE MULTIDISCIPLINAR CULTURA AFRO-DESCENDENTES

ESCOLA PROFESSOR AMÁLIO PINHEIRO ENSINO FUNDAMENTAL PROJETO EQUIPE MULTIDISCIPLINAR CULTURA AFRO-DESCENDENTES ESCOLA PROFESSOR AMÁLIO PINHEIRO ENSINO FUNDAMENTAL PROJETO EQUIPE MULTIDISCIPLINAR CULTURA AFRO-DESCENDENTES JUSTIFICATIVA Este projeto tem como objetivo maior: Criar mecanismos para efetivar a implementação

Leia mais

VERIFICAÇÃO GLOBAL 4 HISTÓRIA 2ª ETAPA 7 a SÉRIE OLÍMPICA ENSINO FUNDAMENTAL

VERIFICAÇÃO GLOBAL 4 HISTÓRIA 2ª ETAPA 7 a SÉRIE OLÍMPICA ENSINO FUNDAMENTAL 1. Analise os quesitos a seguir e assinale, nos itens I e II, a única opção correta: (1,0 ponto) I. Observe a tirinha do Hagar e o texto de Alberto Caeiro: Da minha aldeia vejo quanto da terra se pode

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO EDUCAÇÃO FÍSICA

DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO EDUCAÇÃO FÍSICA CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN ENSINO FUNDAMENTAL 2014 DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO EDUCAÇÃO FÍSICA OBJETIVO GERAL Favorecer o desenvolvimento corporal e mental harmônicos, consolidar hábitos

Leia mais

Escola Superior de Desporto de Rio Maior. Treino com Jovens - Jogos Lúdicos

Escola Superior de Desporto de Rio Maior. Treino com Jovens - Jogos Lúdicos Escola Superior de Desporto de Rio Maior Treino com Jovens - Jogos Lúdicos Docentes: António Graça Paulo Paixão Miguel Discentes: Turma 1 e 2 da UC de Teoria e Metodologia do Treino Rio Maior, 2009_10

Leia mais

Atividades Extraclasse

Atividades Extraclasse Atividades Extraclasse No Marista Ipanema, o estudante também aprende e desenvolve habilidades além da sala de aula, através de atividades esportivas, artísticas e culturais. Conheça cada uma das modalidades

Leia mais

Zumbi dos Palmares Vida do líder negro Zumbi dos Palmares, os quilombos, resistência negra no Brasil Colonial, escravidão, cultura africana

Zumbi dos Palmares Vida do líder negro Zumbi dos Palmares, os quilombos, resistência negra no Brasil Colonial, escravidão, cultura africana DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA O Dia da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro no Brasil e é dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. A data foi escolhida por coincidir

Leia mais

ARTES CIRCENSES E EDUCAÇÃO FÍSICA: APROXIMAÇÕES POSSÍVEIS

ARTES CIRCENSES E EDUCAÇÃO FÍSICA: APROXIMAÇÕES POSSÍVEIS 1 ARTES CIRCENSES E EDUCAÇÃO FÍSICA: APROXIMAÇÕES POSSÍVEIS Kárita Cabral Machado FEF/UFG RESUMO O objetivo do presente estudo foi identificar a relação entre a educação física e as artes circenses, do

Leia mais

América Latina: Herança Colonial e Diversidade Cultural. Capítulo 38

América Latina: Herança Colonial e Diversidade Cultural. Capítulo 38 América Latina: Herança Colonial e Diversidade Cultural Capítulo 38 Expansão marítima européia; Mercantilismo (capitalismo comercial); Tratado de Tordesilhas (limites coloniais entre Portugal e Espanha):

Leia mais

EJA 5ª FASE PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª LUCIA SANTOS

EJA 5ª FASE PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª LUCIA SANTOS EJA 5ª FASE PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª LUCIA SANTOS Unidade II Cultura A pluralidade na expressão humana. Aula 7 Revisão e avaliação da unidade II 2 O samba surgiu da mistura de estilos musicais de origem

Leia mais

COSTUMES, CULTURA E COMPORTAMENTO

COSTUMES, CULTURA E COMPORTAMENTO UNIFORME DA SELEÇÃO COSTUMES, CULTURA E COMPORTAMENTO SAUDAÇÕES E ATRIBUTOS CULTURAIS O "abrazo" é comumente usado ao cumprimentar amigos e parentes. Ele consiste em um aperto de mão e um abraço. Um aperto

Leia mais

HISTÓRIA 8 ANO PROF. ARTÊMISON MONTANHO DA SILVA PROF.ª ISABEL SARAIVA SILVA ENSINO FUNDAMENTAL

HISTÓRIA 8 ANO PROF. ARTÊMISON MONTANHO DA SILVA PROF.ª ISABEL SARAIVA SILVA ENSINO FUNDAMENTAL HISTÓRIA 8 ANO PROF.ª ISABEL SARAIVA SILVA ENSINO FUNDAMENTAL PROF. ARTÊMISON MONTANHO DA SILVA CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade I Produção, Circulação e Trabalho 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 2.2 Conteúdo

Leia mais

Propiciar a socialização da criança através da participação numa comunidade mais ampla, onde descubra e domine regras próprias do convívio social.

Propiciar a socialização da criança através da participação numa comunidade mais ampla, onde descubra e domine regras próprias do convívio social. EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS Conhecimento do Mundo Formação Pessoal e Social Movimento Linguagem Oral e Escrita Identidade e Autonomia Música Natureza e Sociedade Artes Visuais Matemática OBJETIVOS

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III E IV EDUCAÇÃO FÍSICA

DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III E IV EDUCAÇÃO FÍSICA CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN ENSINO INFANTIL 2013 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III E IV EDUCAÇÃO FÍSICA OBJETIVOS GERAIS Favorecer o desenvolvimento corporal e mental harmônicos, a melhoria da

Leia mais

Conteúdo Básico Comum (CBC) de HISTÓRIA do Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano Exames Supletivos/2015

Conteúdo Básico Comum (CBC) de HISTÓRIA do Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano Exames Supletivos/2015 SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS SUBSECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DO ENSINO MÉDIO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Conteúdo

Leia mais

Capacidades a desenvolver ao longo da opção de Dança

Capacidades a desenvolver ao longo da opção de Dança AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MARTIM DE FREITAS ESCOLA BÁSICA 2/3 MARTIM DE FREITAS Opção de Dança Aulas Previstas 7º ano (50 minutos) 1ºP - 14 2ºP - 13 3ºP - 7 8º ano (50+50) 1ºP - 27 2ºP - 26 3ºP - 14 Os grandes

Leia mais

Boas práticas da Gestão Municipal da Educação Seminário Regional da Educação

Boas práticas da Gestão Municipal da Educação Seminário Regional da Educação Boas práticas da Gestão Municipal da Educação Seminário Regional da Educação Parceria Coordenação Técnica Iniciativa Boas Práticas na Educação Infantil Projeto Brinquedos e Brincadeiras Tarumã Parceria

Leia mais

WWW.CONTEUDOJURIDICO.COM.BR

WWW.CONTEUDOJURIDICO.COM.BR INSTITUTO SUPERIOR DO LITORAL DO PARANÁ ISULPAR JANAINA DE SOUZA HISTÓRIA DA CAPOEIRA NO BRASIL E SEU ASPECTO JURIDICO:da marginalização a patrimônio cultural PARANAGUÁ-PR 2013 JANAINA DE SOUZA. HISTÓRIA

Leia mais

Educação Física - Colégio Adventista Professora Shimeni Guimarães Alves

Educação Física - Colégio Adventista Professora Shimeni Guimarães Alves História do Vôlei O voleibol foi criado no ano de 1895 pelo americano William C.Morgan, diretor de educação física da Associação Cristã de Moços (ACM), na cidade de Holyoke, em Massachusets, nos Estados

Leia mais

Inclusão Social da Pessoa com Deficiência Intelectual:

Inclusão Social da Pessoa com Deficiência Intelectual: Inclusão Social da Pessoa com Deficiência Intelectual: Educação Especial no Espaço da Escola Especial Trabalho, Emprego e Renda Autogestão, Autodefesa e Família APAE : INTEGRALIDADE DAS AÇÕES NO CICLO

Leia mais