Estrutura organizacional.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Estrutura organizacional."

Transcrição

1 Estrutura organizacional. 1

2 Fluxo MM Req.compra direta Criada manualmente, pelo departamento que necessita do material/serviço. Req.compra indireta Criada automaticamente por outro componente SAP No MRP Com ordens de manutenção Com ordens de produção Com diagramas de rede SAP SCM SAP SRM Outra requisição de compra O material pode ou não ter um registro mestre de material, também pode ser selecionado de um catálogo da Web Contrato básico Recusa Reg.Info das condições das cotações Tipos de fornecimento Fornecedor externo Outro centro Documentos gerados Documento de material Documento contábil (somente para materiais avaliados) Tipos de estoque (entrada) Estoque de utilização livre Estoque de controle de qualidade (disponível para MRP) Estoque bloqueado (disponível para MRP) Avaliação (customizing / mestre de materiais por empresa / por centro) Ao criar o material o campo tipo de material determina se o material deve ser avaliado ou não. O tipo de material também controla se o estoque deve ser administrado em uma base de quantidade e/ou de valor e se esta atualização pode ser controlada no nível da área de avaliação. A classe de avaliação determina qual a conta de estoque que deve ser atualizada durante os movimentos de mercadorias de um material. O controle de preço pode ser efetuada por preço standard (S) ou preço médio móvel (V) Preço standard ( S ): Se o material é definido como preço standard, a valorização é sempre efetuada por este preço, se a entrada física (MIGO) ou entrada de fatura (MIRO) contiverem um preço diferente do definido, as diferenças são lançadas em uma conta de diferença de preço e o desvio não é levado em conta na avaliação do material. O preço standar deve ser definido antes que haja qualquer movimentação para o material. Formula:Valor total = preço standard * estoque atual. Impacto: O saldo das contas PRDs pode não zerar / O estoque não está valorizado pelo custo real. Preço médio móvel ( V ): O sistema avalia as entradas de mercadorias com o preço do pedido e as saídas pelo preço médio móvel atual. As diferenças entre o preço do pedido e a fatura são lançadas diretamente na conta de estoque relevante, quando existe cobertura de estoque suficiente. Formula: Valor total = Valor total do estoque / quantidade total do estoque Requisição de compra (ME51N) Sem suprimento Contrato básico Solicitação de cotação Cotação (ME41) Requisição de compra sem EM Contrato (ME21N) Nota de remessa Entrada de mercadorias (MIGO) Docto EM Fatura / / Nota Remessa / Arquivo XML / limitado / Folha de serviço Revisão de fatura (MIRO) FI Documentos gerados Documento de faturamento (MM) Documento contábil (FI) Material estocável ( EM avaliada ) Necessário entrar código do material Sem categoria de classificação contábil Lançamento em contas de estoque Quantidade, valor e consumo atualizados no registro mestre de materiais Ajuste do preço médio móvel, se aplicável Material de consumo (Avaliada / não avaliada / Sem EM) Entrada do código do material desnecessária, más possivel. Categoria de classificação contábil obrigatória EM opcional Se avaliada há o lançamento em contas de consumo, usa-se contas de classes de custo ou contas de ativo. Se não avaliada, não há nenhum lançamento FI Sem atualização do valor, atualização de quantidade e consumo é possível Tipos de material de consumo Material não estocável: com RM não sujeito a administração de estoque seja com base em quantidade ou em valor Material não avaliado: com RM que está sujeito a administração de estoque em base de quantidade más não de valor Atualizações Atualiza valor e quantidade, se pertinente; Contabiliza movto nas contas de estoque e de consumo Atualiza pedido e histórico do pedido Cria lote de controle de qualidade, para QM, se pertinente Gera necessidade de transferência para o WM, se pertinente Gera cópia impressa da EM opcional Gera notificação de entrada de mercadorias, opcional Saída Somente pode-se lançar retirada para consumo do estoque de utilização livre. Pode-se retirar para amostras, refugo ou inventário para controle de qualidade e estoque bloqueado. No tipo de movimento de saída de mercadoria, você pode definir em quais transações este tipo de movimento é permitido, o tipo de estorno para este tipo de movimento ea a tualização de consumo. Estoque negativo Estoques negativos são permitidos nos níveis da área de avaliação e do depósito e a permissão para estoque negativo é acionada no registro mestre de materiais. A possibilidade de estoque negativo para estoque em conexão com estoques especiais, é permitido nos níveis de avaliação e do centro. 2

3 Registro Info 3

4 MRP 4

5 Requisição de compras Dados Cabeçalho Síntese de itens Detalhe de item Síntese de documento Req.compra direta Criada manualmente, pelo departamento que necessita do material/serviço. Contrato básico Req.compra indireta Criada automaticamente por outro componente SAP No MRP Com ordens de manutenção Com ordens de produção Com diagramas de rede Outra requisição de compra Requisição de compra (ME51N) Cotação (ME41) SAP SCM e SAP SRM Material (MM01) O material pode ou não ter um registro mestre de material, também pode ser selecionado de um catálogo da Web. Serviço (AC03) Registro mestre de prestação de serviços Não existe suprimento para depósito Classificação contábil Se requisitar material ou serviço diretamente para um objeto de classificação contábil, deve-se indicar a categoria da classificação conatábil conrrespondente na síntese de itens. A entrada de classificação contábil padrão é a simples e pode ser alterada para múltipla, neste caso pode se distribuir o custo de um item para vários centros de custo, pode ser com base na quantidade, com base em porcentagem e, a partir da versão 6.0, com base no valor. Se não souber para qual objeto de classificação contábil o material está sendo suprido, utilize a categoria de classificação contábil U (desconhecida). Avaliação Se o material selecionado for avaliado, o preço de avaliação é obtido do RMM. Para material não avaliado ou sem RM, deve-se entrar manualmente o preço de avaliação. Lembre-se, ainda não temos o fornecedor selecionado, portanto a requisição não envolve registro info de compra 5

6 de compra 6

7 Entrada de mercadorias Tipos de estoque (entrada) Estoque de utilização livre Estoque de controle de qualidade (disponível para MRP) Estoque bloqueado (disponível para MRP) Documentos gerados Documento de material Documento contábil (somente para materiais avaliados) (ME21N) Entrada de mercadorias (MIGO) Avaliação (customizing / mestre de materiais por empresa / por centro) Ao criar o material o campo tipo de material determina se o material deve ser avaliado ou não. O tipo de material também controla se o estoque deve ser administrado em uma base de quantidade e/ou de valor e se esta atualização pode ser controlada no nível da área de avaliação. A classe de avaliação determina qual a conta de estoque que deve ser atualizada durante os movimentos de mercadorias de um material. O controle de preço pode ser efetuada por preço standard (S) ou preço médio móvel (V) Preço standard ( S ): Se o material é definido como preço standard, a valorização é sempre efetuada por este preço, se a entrada física (MIGO) ou entrada de fatura (MIRO) contiverem um preço diferente do definido, as diferenças são lançadas em uma conta de diferença de preço e o desvio não é levado em conta na avaliação do material. O preço standar deve ser definido antes que haja qualquer movimentação para o material. Formula:Valor total = preço standard * estoque atual. Impacto: O saldo das contas PRDs pode não zerar / O estoque não está valorizado pelo custo real. Preço médio móvel ( V ): O sistema avalia as entradas de mercadorias com o preço do pedido e as saídas pelo preço médio móvel atual. As diferenças entre o preço do pedido e a fatura são lançadas diretamente na conta de estoque relevante, quando existe cobertura de estoque suficiente. Formula: Valor total = Valor total do estoque / quantidade total do estoque Nota de remessa Material estocável ( Avaliada ) Necessário entrar código do material Sem categoria de classificação contábil Lançamento em contas de estoque Quantidade, valor e consumo atualizados no registro mestre de materiais Ajuste do preço médio móvel, se aplicável Material de consumo (Avaliada / não avaliada / Sem EM) Entrada do código do material desnecessária, más possivel. Categoria de classificação contábil obrigatória EM opcional Se avaliada há o lançamento em contas de consumo, usa-se contas de classes de custo ou contas de ativo. Se não avaliada, não há nenhum lançamento FI Sem atualização do valor, atualização de quantidade e consumo é possível Tipos de material de consumo Material não estocável: com RM não sujeito a administração de estoque seja com base em quantidade ou em valor Material não avaliado: com RM que está sujeito a administração de estoque em base de quantidade más não de valor Atualizações Atualiza valor e quantidade, se pertinente; Contabiliza movto nas contas de estoque e de consumo Atualiza pedido e histórico do pedido Cria lote de controle de qualidade, para QM, se pertinente Gera necessidade de transferência para o WM, se pertinente Gera cópia impressa da EM opcional Gera notificação de entrada de mercadorias, opcional Saída Somente pode-se lançar retirada para consumo do estoque de utilização livre. Pode-se retirar para amostras, refugo ou inventário para controle de qualidade e estoque bloqueado 7

8 Registro de service prestado Folha de registro de serviços Os serviços que foram prestados são gravados em folha de reg.serviços, com referência ao pedido. Serviços não planejados tem a quantidade e preço indicados somente quando o serviço realizado seja registrado. Devem ficar dentro dos limites definidos no pedido. Não são efetuados lançamentos na contabilidade quando as folhas de registro de serviços são gravadas. Aceitação de serviços São efetuados lançamentos na contabilidade financeira e na contabilidade de custo. Aceitação de serviços coletivamente Através da transação ML85 As folhas de reg.de serviços podem ser entradas e aceitas em uma ou duas etapas, dependendo da autorização Requisição de compra (ME51N) (ME21N) Registro de serviço (ML81N) Conjunto de relações de serviços modelo Serviço (AC03) Registro mestre de prestação de serviços Não existe suprimento para depósito Entrada manual 8

9 Revisão de faturas 9

10 LIS 10

NATSOLUTIONS RESUMO ACADEMIA SAP SD

NATSOLUTIONS RESUMO ACADEMIA SAP SD NATSOLUTIONS RESUMO ACADEMIA SAP SD SAP SD - Módulo de Vendas e Distribuição ABRANGÊNCIA: TSCM60 7.0 - Participantes Português Parte 1 TSCM60 7.0 - Participantes Português Parte 2 TSCM62 7.0 - Participantes

Leia mais

Bem-vindo ao tópico sobre devolução e devoluções da nota fiscal de entrada.

Bem-vindo ao tópico sobre devolução e devoluções da nota fiscal de entrada. Bem-vindo ao tópico sobre devolução e devoluções da nota fiscal de entrada. Neste tópico, vamos analisar como e quando você deve criar uma devolução ou devolução de nota fiscal de entrada para compras.

Leia mais

TREINAMENTO - MM ÍNDICE

TREINAMENTO - MM ÍNDICE ÍNDICE 1. Introdução... 3 2. Estrutura Organizacional... 3 2.1. Empresa... 4 2.2. Filial... 4 2.3. Centro... 5 2.4. Organização de Compras... 6 2.5. Depósito... 6 2.6. Grupo de Compras... 7 2.7. Sistema

Leia mais

Treinamento de Utilização da Produção Repetitiva

Treinamento de Utilização da Produção Repetitiva Treinamento de Utilização da Produção Repetitiva Glossário Introdução 03 Conceitos 05 PP.002.000 - Dados Mestre 07 PP.002.010 - MRP 1 09 PP.002.010 - MRP 2 10 PP.002.010 - MRP 4 11 PP.002.010 - Esquematização

Leia mais

Como Cadastrar Crédito ICMS Simples Nacional? - FS45

Como Cadastrar Crédito ICMS Simples Nacional? - FS45 Como Cadastrar Situação Tributária? - FS41 Caminho: Cadastros>Fiscal>Substituição Tributaria Referência: FS41 Versão: 2015.5.4 Como Funciona: A tela de Situação Tributária contém os códigos e as descrições

Leia mais

ERP-8115 Nota Fiscal Eletrônica v2.0 (XML) Erro "Elemento inválido" emitido pelo sistema na transmissão da Nota Fiscal Eletrônica.

ERP-8115 Nota Fiscal Eletrônica v2.0 (XML) Erro Elemento inválido emitido pelo sistema na transmissão da Nota Fiscal Eletrônica. Release 3.60 Resumo das alterações Faturamento ERP-6954 Em casos em que o usuário tentar efetivar um pedido de vendas onde um dos produtos encontra-se inativo, o sistema está efetivando normalmente. Para

Leia mais

APOSTILA NOTA FISCAL ELETRÔNICA

APOSTILA NOTA FISCAL ELETRÔNICA APOSTILA NOTA FISCAL ELETRÔNICA IMPORTAÇÃO DO XML (Entrada e Escrituração Doc. Fiscal). 1 APRESENTAÇÃO: O objetivo deste Manual e demonstrar o novo Módulo do Sistema JAD, que vai de encontro com os novos

Leia mais

Manual Espelho de NF para Materiais

Manual Espelho de NF para Materiais Manual Espelho de NF para Materiais Índice 1 Objetivo... 3 2 O Projeto e-suprir... 3 3 Introdução... 3 4 Informações Básicas... 4 4.1 Painel de Controle Vendas... 4 5 Acessando o Pedido... 5 5.1 Lista

Leia mais

Manual do. Almoxarifado

Manual do. Almoxarifado Manual do Almoxarifado Parnaíba 2013 APRESENTAÇÃO O Almoxarifado é o local destinado à guarda, localização, segurança e preservação do material adquirido, adequado à sua natureza, a fim de suprir as necessidades

Leia mais

SISTEMA WEB PARA COMÉRCIO EXTERIOR

SISTEMA WEB PARA COMÉRCIO EXTERIOR Sistema para empresas prestadoras de serviços em comércio exterior. O sistema é um ERP, desenvolvido em tecnologia web, com vários módulos todos integrados para atender aos diversos serviços de comércio

Leia mais

Manual Operacional Vendedores

Manual Operacional Vendedores Manual Operacional Vendedores Versão 1.0 Abril/2015 1. ACESSO AO SISTEMA SSE a) Localize em seu Desktop ou menu de acesso o ícone do sistema conforme abaixo. b) Após localizar, clique 2 vezes para acessar

Leia mais

Fundamentos de Teste de Software

Fundamentos de Teste de Software Núcleo de Excelência em Testes de Sistemas Fundamentos de Teste de Software Módulo 2- Teste Estático e Teste Dinâmico Aula 4 Projeto de Teste 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 ANÁLISE E PROJETO DE TESTE... 3 1.

Leia mais

Boletim Técnico. Integração Linha RM x Protheus SigaMNT DESENVOLVIMENTO/PROCEDIMENTO

Boletim Técnico. Integração Linha RM x Protheus SigaMNT DESENVOLVIMENTO/PROCEDIMENTO Integração Linha RM x Protheus SigaMNT Produto Processo Subprocesso : Integração Linha RM x Protheus SigaMNT : Abastecimento em Lote Incluir Abastecimento em Lote Data da publicação : 29/09/2013 Este documento

Leia mais

GESTÃO DE ESTOQUE. Fabiana Carvalho de Oliveira Graduanda em Administração Faculdades Integradas de Três Lagoas FITL/AEMS

GESTÃO DE ESTOQUE. Fabiana Carvalho de Oliveira Graduanda em Administração Faculdades Integradas de Três Lagoas FITL/AEMS GESTÃO DE ESTOQUE Fabiana Carvalho de Oliveira Graduanda em Administração Faculdades Integradas de Três Lagoas FITL/AEMS Higino José Pereira Neto Graduando em Administração Faculdades Integradas de Três

Leia mais

Solicitação de Reposição? FS71.1

Solicitação de Reposição? FS71.1 Como Trabalhar com Solicitação de Reposição? FS71.1 Sistema: Futura Server Caminho: Estoque>Reposição>Reposição Referência: FS71.1 Versão: 2015.9.18 Como Funciona: Esta tela é utilizada para solicitar

Leia mais

Bem-vindo ao tópico sobre administração de listas de preços.

Bem-vindo ao tópico sobre administração de listas de preços. Bem-vindo ao tópico sobre administração de listas de preços. Nesse tópico, você aprenderá a administrar listas de preços no SAP Business One. Sua empresa atualiza múltiplas listas de preços para fornecer

Leia mais

ENTRADA DE NOTA FISCAL ELETRONICA MACRO FLUXO

ENTRADA DE NOTA FISCAL ELETRONICA MACRO FLUXO 1 ENTRADA DE NOTA FISCAL ELETRONICA MACRO FLUXO 1 Pré validação de todos os dados do XML (Entrada pelo PI 17 ) (MONITOR FISCAL) 2 Entrada física do material (Entrada pelo PI 17 ) (MONITOR LOGISTICO) 2

Leia mais

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br PARÂMETROS DE LANÇAMENTOS PARAMETRIZAÅÇO PARA O MÉDULO LANÅAMENTOS NO SISTEMA ARQUIVO > LANÅAMENTOS > PARÑMETROS E CONFIGURAÅÖES PREENCHIMENTO DAS GUIAS: 1. GUIA IMPOSTOS: a) Contas relacionadas à apuração

Leia mais

Recursos adicionados para produção de fabricação de processo e logística no Microsoft Dynamics AX 2012 R2

Recursos adicionados para produção de fabricação de processo e logística no Microsoft Dynamics AX 2012 R2 Recursos adicionados para produção de fabricação de processo e logística no Dynamics AX 2012 R2 Este documento foi traduzido automaticamente, sem intervenção humana. Ele é fornecido como está e não há

Leia mais

SAP GERENCIAMENTO DE MATERIAIS O curso completo abrange quatro módulos:

SAP GERENCIAMENTO DE MATERIAIS O curso completo abrange quatro módulos: SAP GERENCIAMENTO DE MATERIAIS O curso completo abrange quatro módulos: - SAP FOUNDATIONS (40 horas EAD) - MM Gerenciamento de Materiais (40 horas presenciais), tendo como pré requisito o módulo SAP FOUNDATIONS

Leia mais

Treinamento de utilização dos processos do Módulo SD

Treinamento de utilização dos processos do Módulo SD Treinamento de utilização dos processos do Módulo SD Objetivo... 3 SD.002.020 - Criar Clientes... 4 SD.003.010 - Criar parâmetros de impostos (J1BTAX)... 14 SD.003.020 / SD.003.030 Venda de Produção (ZORB)...17

Leia mais

SiplanPRO 07.30 Novas funcionalidades e melhorias da Versão 07.30

SiplanPRO 07.30 Novas funcionalidades e melhorias da Versão 07.30 Novas funcionalidades e melhorias da Versão 07.30 1. Criada a nova tela Consulta de Procurações para visualizar as procurações digitalizadas. Nesta tela é possível pesquisar um cliente de Assessoria pelo

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Configurando o Módulo... 3 Contas... 3 Conta Caixa... 5 Aba Geral... 5 Aba Empresas... 8 Conta Banco... 9 Aba Geral... 9 Aba Conta Banco... 10 Aba Empresas... 12 Tipos de

Leia mais

Boletim Técnico. Para isto deverão ser cadastrados os Mapas de Rateio que serão utilizados no Processo de Execução do Rateio Gerencial.

Boletim Técnico. Para isto deverão ser cadastrados os Mapas de Rateio que serão utilizados no Processo de Execução do Rateio Gerencial. Mapa de Rateio Produto : Totvs Gestão Contábil - Versão 11.50 Processo Subprocesso : Rateio Gerencial : Mapa de Rateio Data da publicação : 29/10/2012 O processo de Rateio Gerencial tem como finalidade

Leia mais

Documentação do produto SAP Business ByDesign, agosto 2015. Sourcing

Documentação do produto SAP Business ByDesign, agosto 2015. Sourcing Documentação do produto PUBLIC Sourcing Índice 1 Sourcing.... 5 2 Fundamentos... 7 2.1 Gerenciamento do relacionamento com fornecedores... 7 2.2 Automação do gerenciamento do relacionamento com fornecedores...

Leia mais

APOSTILA DE INTEGRAÇÃO CONTROLLER

APOSTILA DE INTEGRAÇÃO CONTROLLER APOSTILA DE INTEGRAÇÃO CONTROLLER A integração de dados do Controller com a contabilidade, seja com o sistema Contábil ou com qualquer outro sistema, é feita através de lotes. Os lançamentos seguem a estrutura

Leia mais

Manual de Uso do Módulo. MerchFinanças

Manual de Uso do Módulo. MerchFinanças Manual de Uso do Módulo MerchFinanças Bento Gonçalves Julho de 2010 Conteúdo 1. Introdução... 4 2. Menu Cadastros... 5 2.1. Bancos/Contas... 5 2.1.1. Agências... 5 2.1.2. Bancos... 6 2.1.3. Contas... 7

Leia mais

Neste tópico, você aprenderá a criar facilmente um banco de dados para uma nova empresa e a definir configurações comuns de uma empresa no SAP

Neste tópico, você aprenderá a criar facilmente um banco de dados para uma nova empresa e a definir configurações comuns de uma empresa no SAP Neste tópico, você aprenderá a criar facilmente um banco de dados para uma nova empresa e a definir configurações comuns de uma empresa no SAP Business One, em apenas uma etapa usando um assistente guiado.

Leia mais

ERP-12821 Aliquotas Medias de Impostos 1-Tratada a importação do novo campo Descrição do Arquivo fornecido pelo IBPT.

ERP-12821 Aliquotas Medias de Impostos 1-Tratada a importação do novo campo Descrição do Arquivo fornecido pelo IBPT. Release 3.76 Resumo das alterações Gerais Livros Fiscais ERP-12821 Aliquotas Medias de Impostos 1-Tratada a importação do novo campo Descrição do Arquivo fornecido pelo IBPT. ERP-12142 Registro de Entradas

Leia mais

MÓDULO COMERCIAL. OBJETIVO: Feito para gerenciar entrada e saída de notas, caixa, estoque. SAÍDAS clique na aba que deseja cadastrar ou

MÓDULO COMERCIAL. OBJETIVO: Feito para gerenciar entrada e saída de notas, caixa, estoque. SAÍDAS clique na aba que deseja cadastrar ou MÓDULO COMERCIAL OBJETIVO: Feito para gerenciar entrada e saída de notas, caixa, estoque. SAÍDAS clique na aba que deseja cadastrar ou consultar. Em Devolução de Compras, usado para realizar uma devolução

Leia mais

GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO (Sistema NFSE) Acesse nossos manuais em: ead.sempretecnologia.com.br

GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO (Sistema NFSE) Acesse nossos manuais em: ead.sempretecnologia.com.br GUIA RÁPIDO DO USUÁRIO () Acesse nossos manuais em: ead.sempretecnologia.com.br Sumário Configurações iniciais... 3 Acessando o sistema... 3 Alterando a senha de acesso... 3 Cadastrando clientes... 4 Cadastrando

Leia mais

GRUPO H. CARLOS SCHNEIDER

GRUPO H. CARLOS SCHNEIDER GRUPO H. CARLOS SCHNEIDER PROCESSO DE COMPRA DE FERRAMENTAS - 2002 Recebimento dos desenhos das ferramentas especiais impresso 01 Analise do relatório de requisição de compras no SAP 02 Abertura da solicitação

Leia mais

2. Corrigida a pesquisa e filtro por grupo de estoque nível 1 que em alguns casos fazia com que o relatório fosse exibido em branco.

2. Corrigida a pesquisa e filtro por grupo de estoque nível 1 que em alguns casos fazia com que o relatório fosse exibido em branco. Release 3.99 Resumo das alterações Gerais Faturamento ERP-22761 Nota Fiscal Eletrônica v3.0 (XML) Falha na transmissão da NF-e Ao transmitir uma NF de entrada com frete internacional do tipo "Courrier",

Leia mais

MANUAL - CONTABILIDADE

MANUAL - CONTABILIDADE MANUAL - CONTABILIDADE MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...3 2. MÓDULO CONTABILIDADE...4 2.1. PLANO CONTÁBIL...4 2.2. BOLETIM CONTÁBIL...4 2.2.1. Lançamentos Contábeis...5

Leia mais

Nome do Processo: Recebimento de produtos em consignação

Nome do Processo: Recebimento de produtos em consignação Desenvolvimento BM-1401 Recebimento de produtos em consignação Versão 5 Release 28 Autor Jaciara Silva Processo: Compras Nome do Processo: Recebimento de produtos em consignação Acesso Compras\Movimentações

Leia mais

Ello Master & Ello Gerencial PRINCIPAIS RECURSOS

Ello Master & Ello Gerencial PRINCIPAIS RECURSOS Recursos Ello & Ello PRINCIPAIS RECURSOS SPED Compra Legal Sintegra Consulta preço Consignação Controle de entregas Pedido a fornecedor Ordem de produção (produtos produzidos/indústria) Entradas simplificada

Leia mais

Service Report. Cliente: Sayerlack. Processo: Contas á Pagar FI-AP

Service Report. Cliente: Sayerlack. Processo: Contas á Pagar FI-AP Service Report Cliente: Sayerlack Processo: Contas á Pagar FI-AP 1. Dados Mestres 1.1 Exibir fornecedor Objetivo Disparador Use este procedimento para exibir os dados dos fornecedores. Execute este procedimento

Leia mais

Precision. A sua Solução de Gestão Empresarial. Características do Sistema: Principais Recursos:

Precision. A sua Solução de Gestão Empresarial. Características do Sistema: Principais Recursos: A sua Solução de Gestão Empresarial O Precision é a solução de Gestão Empresarial de baixo custo que a Maggiore Sistemas disponibiliza para pequenas e médias empresas. Desenvolvido e comercializado em

Leia mais

COMUNICADO SIAD 44/2005 ASSUNTO: Material de Consumo Decreto de encerramento de exercício 2005

COMUNICADO SIAD 44/2005 ASSUNTO: Material de Consumo Decreto de encerramento de exercício 2005 SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO Rua Bernardo Guimarães, 2731. Tel.: (31) 3290-4600 CEP: 30.180-140 Belo Horizonte Minas Gerais Brasil CGC: 18.715.607 / 0001-13 Inscrição Estadual: Isento

Leia mais

FAQ: Parametrização para Contabilização

FAQ: Parametrização para Contabilização TDN > Softwares de Gestão > RM > Recursos Humanos > Administração de Pessoal > FAQ FAQ: Parametrização para Contabilização Produto: Ambiente: RM Unspecified Versão: 11.0 Avaliação A principal finalidade

Leia mais

Alterações liberadas no período 21/09 a 06/10

Alterações liberadas no período 21/09 a 06/10 Alterações liberadas no período 21/09 a 06/10 Foram criados os seguintes relatórios para listagem de comissões de consultores e produtivos: o "Relatório 2058 - Comissão de Serviços por Consultor": Efetua

Leia mais

CADERNO DE QUESTÕES PROCESSO SELETIVO TRANSFERÊNCIA VOLUNTÁRIA (TRV) 2ª ETAPA EDITAL 02/2015-COPESE DATA: 08/02/2015. HORÁRIO: das 09 às 12 horas

CADERNO DE QUESTÕES PROCESSO SELETIVO TRANSFERÊNCIA VOLUNTÁRIA (TRV) 2ª ETAPA EDITAL 02/2015-COPESE DATA: 08/02/2015. HORÁRIO: das 09 às 12 horas Realização: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CADERNO DE QUESTÕES PROCESSO SELETIVO TRANSFERÊNCIA VOLUNTÁRIA (TRV) 2ª ETAPA EDITAL 02/2015-COPESE CURSO: BACHARELADO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Relatórios...3 Mix de Compra...3 Peças >> Relatórios >> Mix de Compra Peças...3 Mix de Vendas...4 Peças >> Relatórios >> Mix de Venda Peças...4 Tabela de Preços...6 Peças

Leia mais

Quando as pessoas trabalham em equipe concretizam tarefas inteiras num menor espaço de tempo e com menor esforço.

Quando as pessoas trabalham em equipe concretizam tarefas inteiras num menor espaço de tempo e com menor esforço. Quando as pessoas trabalham em equipe concretizam tarefas inteiras num menor espaço de tempo e com menor esforço. O sistema Megga Fransys trabalha em equipe com o revendedor permitindo a execução das rotinas

Leia mais

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Versão Fevereiro/2013 Índice PCS - Módulo de Prestação de Contas...3 Acesso ao Módulo PCS...3 1. Contas financeiras...5 1.1. Cadastro de

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PROCEDIMENTO DE CONTABILIDADE

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PROCEDIMENTO DE CONTABILIDADE 6/06/205 PCO-0. INTRODUÇÃO O Manual de tem por objetivo estabelecer procedimento para registro e análise das informações contábeis, bem como, a elaboração e divulgação das Demonstrações Financeiras da

Leia mais

Nova tela de relatórios

Nova tela de relatórios Nova tela de relatórios A tela de Relatórios do sistema foi remodelada com a finalidade de deixá-la mais intuitiva. Agora são menos agrupamentos de relatórios e cores separam os tipos de relatórios. Além

Leia mais

Relatórios. Manual. Pergamum

Relatórios. Manual. Pergamum Relatórios Manual Pergamum Manual PER-MAN-005 Estatísticas Circulação de Materiais - Geral Sumário 1. APRESENTAÇÃO... 1-4 1.1 PESQUISANDO ESTATÍSITICAS E RELATÓRIOS... 1-10 1.2 UTILIZANDO O MÓDULO RELATÓRIOS...

Leia mais

Caderno de Exercícios Localização Brasil MM

Caderno de Exercícios Localização Brasil MM Caderno de Exercícios Localização Brasil MM Page 1 of 45 01 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL Criar/Atribuir Local de Negócio 1.1 Criar Local de Negócio (Filial) IMG > F5 > Componentes Válidos para Várias Aplicações

Leia mais

Sistema Normativo Corporativo

Sistema Normativo Corporativo Sistema Normativo Corporativo PROCEDIMENTO VERSÃO Nº ATA Nº APROVAÇÃO DATA DATA DA VIGÊNCIA 08 20/06/2013 28/06/2013 LOGÍSTICA FSL DANIEL DE SOUZA SANTIAGO FSL SUMÁRIO 1. RESUMO... 3 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES...

Leia mais

ANEXO C MANUAL DE POLÍTICA DE FORNECIMENTO PARA ATENDIMENTO ÀS LOJAS DA REDE PRÓPRIA

ANEXO C MANUAL DE POLÍTICA DE FORNECIMENTO PARA ATENDIMENTO ÀS LOJAS DA REDE PRÓPRIA ANEXO C MANUAL DE POLÍTICA DE FORNECIMENTO PARA ATENDIMENTO ÀS LOJAS DA REDE PRÓPRIA Prezados Senhores, Face à constante processo de melhoria contínua nos procedimentos da Rede de Valor Le Postiche, elaboramos

Leia mais

Manual de Utilização do PDV Klavix

Manual de Utilização do PDV Klavix Manual de Utilização do PDV Klavix Página 1/20 Instalando a partir do CD Se você recebeu um CD de instalação, rode o programa Instalador que se encontra no raiz do seu CD. Ele vai criar a pasta c:\loureiro

Leia mais

SAD Gestor ERP. Manual Venda Futura. treinamento@worksoft.inf.br

SAD Gestor ERP. Manual Venda Futura. treinamento@worksoft.inf.br treinamento@worksoft.inf.br Venda futura, o que é? A venda futura é aquela utilizada geralmente em vendas que o cliente tem a necessidade de retirar posteriormente a mercadoria, onde o comprador realiza

Leia mais

Sistema Comercial G3.ss. Tabela de Clientes. Tabela de Representantes. Tabela de Fornecedores

Sistema Comercial G3.ss. Tabela de Clientes. Tabela de Representantes. Tabela de Fornecedores Tabela de Clientes Além de registrar os dados principais do cliente, pode-se registrar vários contatos, endereço de cobrança e de entrega (se forem diferentes do principal). Cada cliente tem um registro

Leia mais

Processo: Vendas. Acesso. Motivação. Parâmetros. Nome do Processo: Faturamento de Serviço (licenciado) - emissão NF Eletrônica Serviço

Processo: Vendas. Acesso. Motivação. Parâmetros. Nome do Processo: Faturamento de Serviço (licenciado) - emissão NF Eletrônica Serviço Desenvolvimento 26700 Versão 2006 Release 96 Autor Francisca Cruz Processo: Vendas Nome do Processo: Faturamento de Serviço (licenciado) - emissão NF Eletrônica Serviço Acesso Vendas Movimentações Motivação

Leia mais

ASSUNTO: SISTEMA OPERACIONAL NO ALMOXARIFADO DO SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO SAAE

ASSUNTO: SISTEMA OPERACIONAL NO ALMOXARIFADO DO SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO SAAE 1/6 1) DOS OBJETIVOS: 1.1) Normatizar os procedimentos de entrada e saída de materiais adquiridos pela autarquia SAAE; 1.2) Garantir recebimento dos materiais no que se refere a quantidade, qualidade e

Leia mais

Release Notes. [Julho/2014]

Release Notes. [Julho/2014] [Julho/2014] Sumário Prefácio... 3 1. Implementações... 4 1.1. First... 4 1.2. Faturamento... 4 1.3. Estoque... 5 1.4. Ferramentas... 5 2. Correções... 6 2.1. Cadastros... 6 2.2. Compras... 7 2.3. Estoque...

Leia mais

Contas a Pagar: Pagamento de Contas. Este procedimento descreve como realizar o pagamento de contas e a definição das regras que envolvem o processo.

Contas a Pagar: Pagamento de Contas. Este procedimento descreve como realizar o pagamento de contas e a definição das regras que envolvem o processo. Contas a Pagar: Pagamento de Contas Este procedimento descreve como realizar o pagamento de contas e a definição das regras que envolvem o processo. PAGAMENTO DE CONTAS ACESSOS: Corporativo / Financeiro

Leia mais

Manual. Sistema Venus. (Introdução)

Manual. Sistema Venus. (Introdução) Manual Do Sistema Venus (Introdução) 1 Este Manual tem com o objetivo demonstrar os padrões utilizados no sistema, e o início para usar o Vênus com sucesso. Ícone para acesso ao Vênus, para entrar, basta

Leia mais

Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL

Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL Superintendência de Gestão Técnica da Informação SGI Superintendência de Fiscalização Econômica e Financeira SFF MANUAL DE INSTRUÇÃO PARA ELABORAÇÃO E ENVIO DE

Leia mais

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO CONTROLADORIA GERAL DO MUNICÍPIO SUBCONTROLADORIA DE INTEGRAÇÃO DE CONTROLES AUDITORIA GERAL

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO CONTROLADORIA GERAL DO MUNICÍPIO SUBCONTROLADORIA DE INTEGRAÇÃO DE CONTROLES AUDITORIA GERAL PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO CONTROLADORIA GERAL DO MUNICÍPIO SUBCONTROLADORIA DE INTEGRAÇÃO DE CONTROLES AUDITORIA GERAL ÓRGÃO/ENTIDADE: TÍTULO DO TRABALHO: Análise contábil das operações, saldos

Leia mais

Ref.: NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA ENCERRAMENTO DO EXERCÍCIO DE 2009

Ref.: NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA ENCERRAMENTO DO EXERCÍCIO DE 2009 Universidade Federal de Minas Gerais Pro - Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Departamento de Contabilidade e Finanças e-mail: dcf@dcf.ufmg.br Tel. (031) 3409-4102 1 OFÍCIO CIRCULAR DCF 028/2009

Leia mais

SSPlus (8.0) REA Relatório Explicativo de Alterações. REA SSPlus 8.0 1

SSPlus (8.0) REA Relatório Explicativo de Alterações. REA SSPlus 8.0 1 REA SSPlus 8.0 1 REA Relatório Explicativo de Alterações SSPlus (8.0) Autor : Alana Trindade Criado em 30/09/2015 Impresso Arquivo REA Relatório Explicativo de Alterações Versão 8.0.125a REA SSPlus 8.0

Leia mais

MODULO: PECAS PROCEDIMENTOS ESPECIAIS ASSUNTO: PCPEINVE - VS. 3.702 INVENTARIO COM CONTAGEM DE ESTOQUE ----------------------------------

MODULO: PECAS PROCEDIMENTOS ESPECIAIS ASSUNTO: PCPEINVE - VS. 3.702 INVENTARIO COM CONTAGEM DE ESTOQUE ---------------------------------- MODULO: PECAS PROCEDIMENTOS ESPECIAIS ASSUNTO: PCPEINVE - VS. 3.702 INVENTARIO COM CONTAGEM DE ESTOQUE ---------------------------------- OBJETIVO: Permitir a contagem física e a comparação com os saldos

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA COORDENAÇÃO DE COMPRAS COSCOM (GESUS) 1 de 9 OBJETIVO: Este Termo de Referência tem por objetivo definir o escopo do processo licitatório de constituição de Registro de Preço para eventual contratação

Leia mais

1. Público-Alvo... 2. 2. Política de Crédito... 4. 3. Documentação para analise da proposta... 4

1. Público-Alvo... 2. 2. Política de Crédito... 4. 3. Documentação para analise da proposta... 4 1. Público-Alvo... 2 2. Política de Crédito... 4 3. Documentação para analise da proposta... 4 4. Fluxo operacional - Nova contratação e Renegociação... 5 5. Fluxo operacional - Compra de Dívida... 7 6.

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Geral Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema de Almoxarifado

Leia mais

1223o TUTORIAL INVENTÁRIO. Realização: DEPARTAMENTO DE IMPLANTAÇÃO EQUIPE DE DOCUMENTAÇÃO

1223o TUTORIAL INVENTÁRIO. Realização: DEPARTAMENTO DE IMPLANTAÇÃO EQUIPE DE DOCUMENTAÇÃO 1223o TUTORIAL INVENTÁRIO Realização: DEPARTAMENTO DE IMPLANTAÇÃO EQUIPE DE DOCUMENTAÇÃO TUTORIAL INVENTÁRIO O inventário é um procedimento operacional/contábil que deve ser feito sempre que solicitado

Leia mais

CATÁLOGO DE APLICAÇÕES Disponibilidade de Estoque

CATÁLOGO DE APLICAÇÕES Disponibilidade de Estoque CATÁLOGO DE APLICAÇÕES Disponibilidade de Estoque Objetivo(s) do projeto Este orçamento pretende alcançar os seguintes objetivos: Analise de Disponibilidade tem por objetivo proporcionar uma visão geral

Leia mais

NBC TA 500 - DISPOSIÇÕES. RESOLUÇÃO CFC Nº. 1.217, de 03.12.2009

NBC TA 500 - DISPOSIÇÕES. RESOLUÇÃO CFC Nº. 1.217, de 03.12.2009 NBC TA 500 - DISPOSIÇÕES RESOLUÇÃO CFC Nº. 1.217, de 03.12.2009 Aprova a NBC TA 500 Evidência de Auditoria. O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, CONSIDERANDO

Leia mais

Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA... 2

Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA... 2 Tutorial UltraPDV - GERAÇÃO DO ARQUIVO ELETRÔNICO DE NOTA FISCAL ULT-027-GERAÇÃO DO ARQUIVO ELETRÔNICO DE NOTA FISCAL Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA.... 2 1.1 - GERAR UMA

Leia mais

2 Bloco K: Controle da Produção e do Estoque

2 Bloco K: Controle da Produção e do Estoque Bloco K - Inventário Físico e Controle de Produção Desenvolvido o processo de geração do Bloco K para o EFD. DLL: fiscal.dll Comando: Ex_F_ApuracaoIcmsIPI 1 Apuração ICMS e IPI No cadastro de Apuração

Leia mais

TUTORIAL. Gerenciamento de Estoque. Rua Visconde do Rio Branco, 174-1º Andar - Mercês - Curitiba - PR www.mfi.com.br

TUTORIAL. Gerenciamento de Estoque. Rua Visconde do Rio Branco, 174-1º Andar - Mercês - Curitiba - PR www.mfi.com.br TUTORIAL Atualizado 22.06.2011 Alimentar o estoque utilizando a ferramenta "AJUSTE DE ESTOQUE para que posteriormente o produto seja baixado pela Nota Fiscal de saída. Esse ajuste deve ser efetuado conforme

Leia mais

2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1

2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1 2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1 2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Aqui seus Resultados Aparecem

Aqui seus Resultados Aparecem Aqui seus Resultados Aparecem 2 Benefícios do Módulo Comercial Permite a visualização em tempo real e o acompanhamento do fechamento de novos negócios, através do controle de cotações e pedidos de venda.

Leia mais

Curso Contas a Pagar / Receber Avançado

Curso Contas a Pagar / Receber Avançado MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Curso Contas a Pagar / Receber Avançado [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] Material Desenvolvido para a Célula

Leia mais

Manual de Conciliação Bancária

Manual de Conciliação Bancária Manual de Conciliação Bancária Índice Conciliação Bancária... 2 O módulo de Conciliação Bancária no SIGEF... 3 Conciliação Bancária Extrato Bancário... 5 Fazendo a Conciliação Bancária Extrato Bancário...

Leia mais

COMERCIAL) 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. E-

COMERCIAL) 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. E- 2014 ÍNDICE 1. Cadastros básicos 2. Módulos básicos (Incluso em todas as versões) CMC BASE 3. Agenda 4. Arquivos 5. Empresas ou Cadastros de empresas 6. Pessoas ou cadastro de pessoas 7. Módulos que compõem

Leia mais

Caso de uma Central de distribuição. Fluxos e roteiros de processamento. Injeção de plásticos

Caso de uma Central de distribuição. Fluxos e roteiros de processamento. Injeção de plásticos Max-Prod SIMULADORES DE PLANEJAMENTO E PROGRAMAÇÃO DE ALTA PERFORMANCE OTIMIZAÇÃO NO SEQUENCIAMENTO DE OP S E CARGA DE MÁQUINAS OTIMIZAÇÃO NA ESCOLHA DE MATERIAS DE PRODUTOS E COMPONENTES OTIMIZAÇÃO NA

Leia mais

Guia Rápido ORION SNGPC - Versão 2.0

Guia Rápido ORION SNGPC - Versão 2.0 Guia Rápido ORION SNGPC - Versão 2.0 1. Introdução...2 2. Acessando o programa...2 3. Parâmetros de Configuração do Sistema...2 4. Aprendendo como Utilizar o Sistema...5 5. Cadastro de Médicos/Veterinários...9

Leia mais

Bom trabalho. Módulo Contabilidade Caixa e Contas Bancárias

Bom trabalho. Módulo Contabilidade Caixa e Contas Bancárias Sistema Pastoral Tecnologia a Serviço das Comunidades Help on line - acione a tecla F1 quando tiver dúvida. Este roteiro foi elaborado para servir de auxílio às pessoas que estão iniciando a utilização

Leia mais

Parametrização Itens para Movimentação

Parametrização Itens para Movimentação Parametrização Itens para Movimentação Sumário Manutenção Itens... 4 Filtro... 5 Movimentações de Entrada... 8 Movimentações de Saída... 10 Configurações de Inventário de Item... 11 Código de Barras e

Leia mais

Como Emitir uma Nota Fiscal? - FS82

Como Emitir uma Nota Fiscal? - FS82 Como Emitir uma Nota Fiscal? - FS82 Sistema: Futura Server Caminho: Fiscal>Nfe Cadastro>Nfe Digitação Referência: FS82 Versão: 2016.05.09 Como funciona: A tela de Nfe Digitação é utilizada para registrar

Leia mais

Processo de Compras GENS

Processo de Compras GENS Processo de Compras GENS Manual do Colaborador Versão 2.0 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO... 3 1.1 Objetivos... 3 1.1.1 Objetivo da definição do Processo de Compras... 3 1.1.2 Objetivo deste Manual... 3 2. PROCESSO

Leia mais

Sistema de Gerenciamento de Projetos V 1.01 MANUAL DO COORDENADOR

Sistema de Gerenciamento de Projetos V 1.01 MANUAL DO COORDENADOR Roteiro para utilização do GEP Versão de referência: GEP V1.00 Índice analítico I Apresentação... 2 I.1 Controles básicos do sistema;... 2 I.2 Primeiro acesso... 2 I.3 Para trocar a senha:... 3 I.4 Áreas

Leia mais

Abaixo, questionamentos referentes ao certame supracitado e respostas conforme área técnica da CESAMA.

Abaixo, questionamentos referentes ao certame supracitado e respostas conforme área técnica da CESAMA. Juiz de Fora, 17 de maio de 2013. Referência: Concorrência 009/12 Objeto: Contratação de empresa especializada para fornecimento de licenças de uso perpétuo, implantação, customização, treinamento e manutenção

Leia mais

TELA INICIAL: BOTÕES INICIAIS:

TELA INICIAL: BOTÕES INICIAIS: Sumário 1. Tela Inicial... 02 2. Venda [F1]... 03 a. Cliente [F2]... 03 b. Importar [F9]... 04 c. Produtos [F3]... 04 d. Fechamento [F4]... 05 e. Impressão, Ponto de Referência e Observações... 07 f. Consulta

Leia mais

Release 3.83. Resumo das alterações. Gerais. Contabilidade. Estoque. ERP-7113 Lançamentos Erros ao alterar lançamentos contábeis.

Release 3.83. Resumo das alterações. Gerais. Contabilidade. Estoque. ERP-7113 Lançamentos Erros ao alterar lançamentos contábeis. Release 3.83 Resumo das alterações Gerais Contabilidade ERP-7113 Lançamentos Erros ao alterar lançamentos contábeis. 1. Corrigido processo de alteração do lançamento contábil em lotes manuais, nos casos

Leia mais

IS - INSTRUÇÃO DE SERVIÇO

IS - INSTRUÇÃO DE SERVIÇO INSTRUÇÃO DE SERVIÇO: Lançamento de notas fiscais de entradas de mercadoria no sistema com geração do contas a pagar. OBJETIVO: Realizar lançamentos de notas fiscais de entradas de mercadoria seguido de

Leia mais

Manual NOV - PDV. Versão 1.0

Manual NOV - PDV. Versão 1.0 Manual NOV - PDV Versão 1.0 Sumário 01 Captura de Nota Fiscal...3 02 Remessa de Entrada...6 03 Remessa de Saída......9 04 Pedido Normal...12 05 Pedido Especial...16 06 Nota Fiscal Avulsa...18 07 Controle

Leia mais

www.lzt.com.br Página 1 de 19

www.lzt.com.br Página 1 de 19 1 ESTOQUE 1.1 ENTRADA DE NOTA FISCAL Adicione os dados do fornecedor conforme a nota fiscal de entrada das mercadorias. Nesta tela você pode: Adicionar Adiciona os produtos da nota fiscal de entrada. Editar

Leia mais

MANUAL DE GESTÃO DE MATERIAIS 1

MANUAL DE GESTÃO DE MATERIAIS 1 É a uniformidade de procedimentos na aquisição, controle, armazenamento, fornecimento e identificação de materiais, com objetivo de controlar despesas, apurar o estoque ideal, visando à otimização dos

Leia mais

Pode-se assim obter uma comparação entre o que foi previsto e o que realmente foi executado.

Pode-se assim obter uma comparação entre o que foi previsto e o que realmente foi executado. UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS - UNICAMP INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS - IFCH DEPARTAMENTO DE ECONOMIA E PLANEJAMENTO ECONÔMICO - CENTRO TÉCNICO ECONÔMICO DE ASSESSORIA EMPRESARIAL - O GRAFICO

Leia mais

MANUAL DE DISCREPÂNCIAS SISTEMA SOI - C3

MANUAL DE DISCREPÂNCIAS SISTEMA SOI - C3 Liaison GTO/LS Ago/15 01 1 (19) MANUAL DE DISCREPÂNCIAS SISTEMA SOI - C3 Liaison GTO/LS Ago/15 01 2 (19) ÍNDICE 1.INCLUSÃO DE DISCREPÂNCIA...03 2.ALTERAÇÃO DOS DADOS DA DISCREPÂNCIA...05 3.CONSULTA ÀS

Leia mais

MODULO: PECAS PROCEDIMENTOS ESPECIAIS ASSUNTO: PCPEINVE - VS. 3.702 INVENTARIO COM CONTAGEM DE ESTOQUE ----------------------------------

MODULO: PECAS PROCEDIMENTOS ESPECIAIS ASSUNTO: PCPEINVE - VS. 3.702 INVENTARIO COM CONTAGEM DE ESTOQUE ---------------------------------- MODULO: PECAS PROCEDIMENTOS ESPECIAIS ASSUNTO: PCPEINVE - VS. 3.702 INVENTARIO COM CONTAGEM DE ESTOQUE ---------------------------------- OBJETIVO: Permitir a contagem física e a comparação com os saldos

Leia mais

SSPlus (8.0) REA Relatório Explicativo de Alterações. REA SSPlus 8.0 1

SSPlus (8.0) REA Relatório Explicativo de Alterações. REA SSPlus 8.0 1 REA SSPlus 8.0 1 REA Relatório Explicativo de Alterações SSPlus (8.0) Autor : Alana Trindade Criado em 08/12/2015 Impresso Arquivo REA Relatório Explicativo de Alterações Versão 8.0.148a REA SSPlus 8.0

Leia mais

Instalação - Primeiros Passos

Instalação - Primeiros Passos O CIAF Hotelaria, é um sistema que permite ao administrador, gerenciar completamente sua empresa que presta serviço de hospedagem como hotéis e pousadas por exemplo. Facilmente você poderá cadastrar suas

Leia mais

COTAÇÃO DE COMPRAS COM COTAÇÃO WEB

COTAÇÃO DE COMPRAS COM COTAÇÃO WEB COTAÇÃO DE COMPRAS COM COTAÇÃO WEB RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de

Leia mais

MÓDULO 5 Movimentações

MÓDULO 5 Movimentações MÓDULO 5 Movimentações Bem-vindo(a) ao quinto módulo do curso. Agora que você já conhece as entradas no HÓRUS, aprenderá como são feitas as movimentações. As movimentações do HÓRUS são: Requisição ao Almoxarifado:

Leia mais