SISTEMA DE IDENTIFICAÇÃO PENITENCIARIA APRESENTAÇÃO, FORMAS DE ACESSO, CONSULTAS EM GERAL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SISTEMA DE IDENTIFICAÇÃO PENITENCIARIA APRESENTAÇÃO, FORMAS DE ACESSO, CONSULTAS EM GERAL"

Transcrição

1 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA DE IDENTIFICAÇÃO PENITENCIARIA APRESENTAÇÃO, FORMAS DE ACESSO, CONSULTAS EM GERAL

2 APRESENTAÇÃO Sr. Usuário, O Sistema de Identificação Penitenciária (SIPEN) foi inicialmente disponibilizado ao Tribunal de Justiça com a finalidade de agilizar o procedimento de agendamento de apresentações de internos da SEAP, por parte dos Juízos Criminais de 1ª instância. Atualmente, a sua utilização vem sendo estendida aos procedimentos de cumprimento de alvarás de soltura, passando a integrar a rotina de Varas de Família, Câmaras Criminais e Cíveis e Oficiais de Justiça de todo o Estado. Neste documento estão descritas as principais informações necessárias para possibilitar a realização das operações de consulta e consulta geral, através do SIPEN. Estes recursos estarão disponíveis para todos os usuários do sistema e possuem as seguintes características: Consulta: tem como objetivo a pesquisa de interno para verificação das suas informações, com busca por RG ou parâmetros combinados da qualificação como nome, data de nascimento e filiação. Além disso, a tela de consulta informa, em destaque, o grau de periculosidade atribuído ao interno; Consulta geral: tem como objetivo a pesquisa de interno para verificação da sua trajetória dentro do sistema penitenciário, de forma que se pode observar quando e onde ele teve passagem, funcionando em complemento ao recurso consulta; Pág. 2

3 FORMAS DE ACESSO O interessado na utilização do SIPEN deverá preencher o formulário ACESSO SIPEN disponível na tela inicial do sistema e encaminhar por malote (código 2086) ou entregar pessoalmente ao Serviço de Informações e Apoio a Convênios com Intercâmbio de Dados SEIAC da Corregedoria Geral da Justiça, situado à sala 710, Lâmina I do Fórum Central. Atualmente, o acesso ao SIPEN está autorizado para serventias com competência na área criminal e de família (até 04 servidores, além do Magistrado), câmaras cíveis e criminais (até 04 servidores, além do Desembargador), Plantão Judiciário (até 30 servidores) e todos os Oficiais de Justiça Avaliadores. Pág. 3

4 OPERAÇÕES DE CONSULTA E CONSULTA GERAL Desde o início da operação do SIPEN, o usuário deverá estar atento quanto à possibilidade de divergências relativas à identificação do interno (dados declarados x dados certificados). Ocorrendo a detecção pela SEAP, da existência de divergências entre a qualificação declarada de um interno (constante da Guia de Recolhimento de Preso - GRP) e a sua identificação certificada, este poderá ser facilmente encontrado no módulo consulta do SIPEN, utilizando por parâmetro quaisquer dos dados qualificativos. Abaixo, segue um tutorial resumido para orientar a realização das operações consulta e consulta geral: I) Consulta: 1) No menu principal, no módulo "Presos" selecionar a opção "Consulta. Qualquer um dos campos é passível de busca, sendo que: A busca por RG será efetuada tanto nos Dados Declarados na GRP, como nos Dados certificados pelo SEI, o que permite a localização de mais de um registro; Já na busca por NOME, além dos Dados Declarados na GRP e dos Dados Certificados pelo SEI, pode-se encontrar resultados também como Outros Nomes. Ao menos dois nomes precisam ser inseridos no campo de consulta; A busca por Nome: Requer no mínimo 2 nomes; Faz a procura iniciando com (necessário respeitar a ordem de prenomes e sobrenomes na pesquisa) É possível utilizar mais de um campo como filtro para executar a pesquisa. Pág. 4

5 BOTÕES Pesquisar Efetua a pesquisa de acordo com o parâmetro mencionado; Limpar Limpa os campos, deixando a tela pronta para uma nova pesquisa. 2) Caso não seja localizado nenhum interno, o sistema exibirá a mensagem: Nenhum interno satisfaz os critérios de pesquisa informados.. Dessa forma a tela estará em branco, pronta para realizar uma nova consulta. 3) Se a pesquisa localizar mais de um registro, o sistema exibirá uma lista de Cadastrados, que pode ser paginada de 10 em 10 resultados, de acordo com a quantidade de itens localizados, com o intuito de diferenciá-los, principalmente em caso de homônimos. Nesse caso é necessário clicar no botão, da coluna Consultar, para abrir a tela com os dados do interno correspondente. Pág. 5

6 4) Na tela de consulta detalhada, é possível visualizar informações do prontuário do interno, bastando para isso, clicar no título da aba correspondente. Além disso, a informação do grau de periculosidade atribuído ao interno será apresentada em destaque na tela. Atenção O destaque conferido à informação da periculosidade varia de acordo com o grau atribuído. Nos casos de periculosidade alta ou altíssima, a informação é apresentada com a fonte na cor vermelha, conforme o exemplo acima. II) Consulta geral: 1) No menu principal, no módulo "Movimentação" selecionar a opção "Consulta Geral". A pesquisa pode ser feita pelo RG ou pelo Nome do interno, com as seguintes características: A busca será efetuada somente nos Dados Declarados na GRP ; A busca por Nome: Requer no mínimo 2 nomes; Faz a procura iniciando com (necessário respeitar a ordem de prenomes e sobrenomes na pesquisa). Pág. 6

7 BOTÕES Pesquisar Efetua a pesquisa de acordo com o parâmetro mencionado; Limpar Limpa os campos, deixando a tela pronta para uma nova pesquisa. 2) Se a pesquisa localizar mais de um registro, o sistema exibirá uma lista de Cadastrados, que pode ser paginada de 10 em 10 resultados, de acordo com a quantidade de itens localizados, com o intuito de diferenciá-los, principalmente em caso de homônimos. Nesse caso é necessário clicar no botão da coluna de Consultar, para abrir a tela com os dados do interno correspondente. 3) Ao abrir a tela com os dados do registro, além da identificação do interno, o sistema apresenta a sua localização atual e o seu histórico de movimentação. Pág. 7

8 HISTÓRICO: O histórico é formado por dados de ocorrências do prontuário de classificação e por dados de movimentação. Prontuário de Classificação Ingresso; Egresso; Reingresso; Liberdade; Fuga; Evasão Falecimento Medida de Segurança Tipos de Movimentação Apresentação Interna Apresentação Externa Transferência Interna Transferência Externa 4) Ainda é possível consultar informações detalhadas de cada ocorrência, clicando no botão, da coluna de Detalhar. Pág. 8

9 IV) Dúvidas ou sugestões: Serviço de Informações e Apoio a Convênios com Intercâmbio de Dados Divisão de Documentação e Informação Departamento de Suporte Operacional Diretoria Geral de Administração Corregedoria Geral da Justiça Tel.: /3029 Chefe do Serviço: Fernando Braga Minelli Pág. 9

Comunicado CG nº 1021/2015

Comunicado CG nº 1021/2015 Disponibilização: quinta-feira, 6 de agosto de 2015 Diário da Justiça Eletrônico - Caderno Administrativo São Paulo, Ano VIII - Edição 1940 16 DICOGE 5.1 Comunicado CG nº 1021/2015 A Corregedoria Geral

Leia mais

Ato Executivo nº 2.950/2003 RAD-DGADM-032 02 1 de 20

Ato Executivo nº 2.950/2003 RAD-DGADM-032 02 1 de 20 RESTRITOS E DE SENHAS DE SISTEMAS DE ÓRGÃOS Proposto por: Serviço de Informações e Apoio a Convênios com Intercâmbio de Dados (SEIAC) Analisado por: Departamento de Suporte Operacional (DESOP) Aprovado

Leia mais

TRF5 MANUAL DO SISTEMA JURISDIÇÃO DELEGADA MANUAL DO GESTOR

TRF5 MANUAL DO SISTEMA JURISDIÇÃO DELEGADA MANUAL DO GESTOR 1 TRF5 MANUAL DO SISTEMA JURISDIÇÃO DELEGADA MANUAL DO GESTOR Sumário 2 1 Acesso ao Sistema...3 2 Perfil do Gestor...4 2.1 Cadastros Auxiliares...4 2.1.1 Cadastro de Comarca...4 2.1.2 Cadastro de Vara...6

Leia mais

Espaço do Coordenador

Espaço do Coordenador Espaço do Coordenador Guia de utilização Versão 2.5 PARTE 6: Pedidos de pessoal 2 SUMÁRIO 8.4 PEDIDOS DE PESSOAL... 6 8.4.1 CLT... 7 8.4.2 ESTAGIÁRIO... 17 8.4.3 AUTÔNOMO... 26 8.4.4 VALE ALIMENTAÇÃO/REFEIÇÃO...

Leia mais

MANUAL EDITOR ESTRUTURADO MÓDULO 2

MANUAL EDITOR ESTRUTURADO MÓDULO 2 MANUAL EDITOR ESTRUTURADO MÓDULO 2 PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO MANUAL EDITOR ESTRUTURADO ELABORAÇÃO DE ESTRUTURA DE DOCUMENTO ADMINISTRADOR Sumário 1 Elaboração de Estrutura de Documento4 11 Cadastrar

Leia mais

Tutorial Agenda. Conteúdo. Tutorial Agenda

Tutorial Agenda. Conteúdo. Tutorial Agenda Tutorial Agenda Conteúdo 1 Criar Grupos de Agenda... 1 2 Como Visualizar Eventos Cadastrados... 3 3 Incluir Tarefas... 6 4 Incluir Funcionário Novo em uma Agenda Existente... 8 A agenda do sistema funcionará

Leia mais

CRIAÇÃO DE CURSO. 1. Criar a Disciplina

CRIAÇÃO DE CURSO. 1. Criar a Disciplina CRIAÇÃO DE CURSO 1. Criar a Disciplina 2. Incluindo o Curso Título do Curso A NATUREZA NÃO PODE SER ALTERADA 3. Criar um Programa 4. Inserindo um Programa 5. Inserindo Disciplina no Programa Se existir

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA HERMES

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA HERMES MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA HERMES 1. Introdução Esse documento tem por objetivo descrever o funcionamento e formas de utilização do módulo de Requisição de Materiais do Sistema de Controle Patrimonial

Leia mais

ORIENTAÇÃO AO TOMADOR DE SERVIÇO, QUANTO A RETENÇÃO DO ISS

ORIENTAÇÃO AO TOMADOR DE SERVIÇO, QUANTO A RETENÇÃO DO ISS 1 PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCISCO BELTRÃO SECRETARIA DE FINANÇAS / DEPARTAMENTO DE FISCALIZAÇÃO ORIENTAÇÃO AO TOMADOR DE SERVIÇO, QUANTO A RETENÇÃO DO ISS Olá Tomadores de Serviço, a Prefeitura Municipal

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line Declaração On Line Manual de Apoio à Utilização do Sistema Manual do Usuário Versão 1.0 INTRODUÇÃO... 4 AUTENTICANDO-SE NO SISTEMA... 4 EM CASO DE ESQUECIMENTO DA SENHA... 5 ALTERANDO A SENHA DE ACESSO

Leia mais

Manual e Documentação

Manual e Documentação Manual e Documentação A nova versão 2007 do E-Port teve um aumento na segurança e integridade do sistema de controle de portarias, porém ainda conta com o mesmo visual fácil, acessível e funcional de sempre.

Leia mais

Memorando nº 08/2015 Em 07 de Maio de 2015

Memorando nº 08/2015 Em 07 de Maio de 2015 DESTINATÁRIO (S): ASSUNTO: Aos Senhores Magistrados e Servidores das Varas com competência Criminal, Juizado Especial Criminal e de Execução de Penas e Medidas Alternativas Instrução Normativa Conjunta

Leia mais

F O R T A L E Z A MANUAL DO GUIA ON-LINE

F O R T A L E Z A MANUAL DO GUIA ON-LINE MANUAL DO GUIA ON-LINE Bem vindo ao Manual do Guia On-Line, aqui você irá aprender a utilizar esta eficiente ferramenta desenvolvida para facilitar e agilizar o atendimento odontológico. Tela inicial Na

Leia mais

Juiz de Fora, Maio de 2015

Juiz de Fora, Maio de 2015 GUIA DE INSCRIÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA Juiz de Fora, Maio de 2015 Apoio: SHA ACN 00031/11 Para iniciar a inscrição do projeto, o usuário deverá acessar o link: inovare.ifsudestemg.edu.br e clicar em

Leia mais

CONVÊNIO TJ-SC 10/2014

CONVÊNIO TJ-SC 10/2014 1 CONVÊNIO TJ-SC 10/2014 Sumário Acesso à aplicação... 3 Termo de Uso do Sistema... 3 Alteração de Senha... 3 Consultas Cadastrais e de crédito... 4 Histórico de Alterações Cadastrais... 4 Declarações/Jurídico...

Leia mais

Finalmente, esclarecemos que será mantido o limite de dois usuários por cada serventia, imposto pelo Provimento CGJ nº 23/2010.

Finalmente, esclarecemos que será mantido o limite de dois usuários por cada serventia, imposto pelo Provimento CGJ nº 23/2010. Informamos que a Coordenação da REDE INFOSEG estabeleceu novas normas de segurança para a concessão de acesso e cadastramento de usuários no referido programa. Desta forma, existe a necessidade de que

Leia mais

Manual do Usuário Detalhar Demonstrativo Regra Conta e Item

Manual do Usuário Detalhar Demonstrativo Regra Conta e Item Manual do Usuário Detalhar Demonstrativo Regra Conta e Item Data e hora de geração: 01/07/2016 16:34 1 - Detalhar Demonstrativo Regra Conta e Item 3 2 1 - Detalhar Demonstrativo Regra Conta e Item 3 4

Leia mais

Estabelecer critérios e procedimentos para digitação de documentos.

Estabelecer critérios e procedimentos para digitação de documentos. Proposto por: Equipe da Central de Assessoramento Criminal DIGITAR DOCUMENTOS Analisado por: Escrivão/RE da Central de Assessoramento Criminal Aprovado por: ATENÇÃO: A cópia impressa a partir da intranet

Leia mais

Manual Operacional do Assessor Jurídico

Manual Operacional do Assessor Jurídico Manual Operacional do Assessor Jurídico SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS E SERVIÇOS - MÓDULO COMPRAS - EMISSÃO DE PARECER JURÍDICO PARA PROCESSOS DE COMPRA COM EDITAL OU DE DISPENSA DE LICITAÇÃO

Leia mais

paradigma WBC Public - compra direta Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.0

paradigma WBC Public - compra direta Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.0 paradigma WBC Public - compra direta Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.0 agosto de 2007 As informações contidas neste documento, incluíndo quaisquer URLs e outras possíveis referências a

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO MANUAL DO MAGISTRADO 1ºGRAU MÓDULO 4 Sumário 1 Detalhamento 3 11 Aba Processo 4 12 Aba Assunto 8 13 Aba Partes 9 14 Aba Documentos

Leia mais

Portal de Aprendizado Tutorial do Aluno

Portal de Aprendizado Tutorial do Aluno Portal de Aprendizado Tutorial do Aluno Índice 1 Acessando o Portal... 2 1.1 Verificação do Browser... 2 1.2 Entre em contato... 3 1.3 Portal Autenticado... 5 2 Meus Cursos... 6 2.1 Matriculando-se em

Leia mais

Manual do Emissor RPS

Manual do Emissor RPS Manual do Emissor RPS Fly E-Nota 1/14 Índice 1.Instalação...3 1.1.Pré-requisitos da instalação...3 1.2.Baixar e instalar do Emissor RPS...3 1.3.Carregar as configurações do prestador...4 1.4.Instalação

Leia mais

UNIDADE DE RECURSOS HUMANOS DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE SELEÇÃO DE DOCENTES E AUXILIARES DE DOCENTE

UNIDADE DE RECURSOS HUMANOS DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE SELEÇÃO DE DOCENTES E AUXILIARES DE DOCENTE UNIDADE DE RECURSOS HUMANOS DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE SELEÇÃO DE DOCENTES E AUXILIARES DE DOCENTE MANUAL DE SOLICITAÇÃO DE ABERTURA DE SELEÇÃO PUBLICA - FATEC SÃO PAULO 2015 SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO

Leia mais

Astra LX Frases Codificadas Guia para o processo de Configuração de Frases Codificadas no Programa AstraLX.

Astra LX Frases Codificadas Guia para o processo de Configuração de Frases Codificadas no Programa AstraLX. 2011 www.astralab.com.br Astra LX Frases Codificadas Guia para o processo de Configuração de Frases Codificadas no Programa AstraLX. Equipe Documentação Astra AstraLab 24/08/2011 1 Sumário Frases Codificadas...

Leia mais

MATERIAL DE APOIO PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA SAJ DIGITAL

MATERIAL DE APOIO PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA SAJ DIGITAL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO NÚCLEO PERMANENTE DE MÉTODOS CONSENSUAIS DE SOLUÇÃO DE CONFLITOS MATERIAL DE APOIO PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA SAJ DIGITAL 1 Versão agosto/2012 Sumário 1. Introdução...

Leia mais

Chamada Pública Procedimentos para utilização da Chamada Pública no sistema SMARam Versão 1.0

Chamada Pública Procedimentos para utilização da Chamada Pública no sistema SMARam Versão 1.0 Chamada Pública Procedimentos para utilização da Chamada Pública no sistema SMARam Marcio Tomazelli Coordenador de Sistemas Gustavo Cezarino Programador Pleno Versão 1.0 Índice Índice...2 Índice de Figuras...2

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO 260/13 MANUAL DE UTILIZAÇÃO PARTE I - INTRODUÇÃO VERSÃO 2014 Junho de 2014 SIGFIS-Sistema Integrado

Leia mais

Themis Serviços On Line - Publicações

Themis Serviços On Line - Publicações Nome do documento Guia do Usuário Themis Serviços On Line - Publicações Sumário Introdução:... 3 1 - Cadastro dos Usuários do Themis Serviços On Line:... 3 2 - Acesso ao Sistema Themis Serviços On Line:...

Leia mais

2 PASSO: Depois de acessado um dos endereços acima, clicar em Serviços Eletrônicos.

2 PASSO: Depois de acessado um dos endereços acima, clicar em Serviços Eletrônicos. GUIA PARA PREENCHIMENTO DA DECLARAÇÃO TRANSMISSÃO POR DOAÇÃO 1 PASSO: Acesse o sistema ITCMD: 1) Clique no link ITCMD existente no Posto Fiscal Eletrônico, cujo endereço eletrônico é http://pfe.fazenda.sp.gov.br/

Leia mais

Resposta penhora Online. Passo 1: Acesse ao site www.oficioeletronico.com.br Passo 2: Clique em "Autenticação com certificado digital"

Resposta penhora Online. Passo 1: Acesse ao site www.oficioeletronico.com.br Passo 2: Clique em Autenticação com certificado digital Resposta penhora Online Passo 1: Acesse ao site www.oficioeletronico.com.br Passo 2: Clique em "Autenticação com certificado digital" 1 Passo 3: Clique em "Autenticar. Deve constar o nome do usuário do

Leia mais

MUNICÍPIO DE ESTEIO SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-E MANUAL DE ACESSO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO ON-LINE

MUNICÍPIO DE ESTEIO SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-E MANUAL DE ACESSO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO ON-LINE MUNICÍPIO DE ESTEIO SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-E MANUAL DE ACESSO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO ON-LINE Versão 1.0.5 Março/2014 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO... 6 2.

Leia mais

DETRAN-MG. Manual do Usuário. SIAEX Sistema de Agendamento de Exames Processos de Serviços. Versão 1.0. Autores: Mauro Stancioli. Belo Horizonte - MG

DETRAN-MG. Manual do Usuário. SIAEX Sistema de Agendamento de Exames Processos de Serviços. Versão 1.0. Autores: Mauro Stancioli. Belo Horizonte - MG DETRAN-MG Manual do Usuário SIAEX Sistema de Agendamento de Exames Processos de Serviços Versão 1.0 Autores: Mauro Stancioli Belo Horizonte - MG 18/09/2015 Copyright 2008 Prodemge. Todos os direitos reservados.

Leia mais

ACESSANDO A PÁGINA DO CADASTRO DE DEPÓSITOS

ACESSANDO A PÁGINA DO CADASTRO DE DEPÓSITOS ACESSANDO A PÁGINA DO CADASTRO DE DEPÓSITOS Localize o processo no sistema. Na capa do processo em INFORMAÇÕES ADICIONAIS clique na opção DEPÓSITO JUDICIAL. 1. CADASTRANDO CONTAS JUDICIAIS 1.1- Na tela

Leia mais

Sistema de Solicitação de Serviços

Sistema de Solicitação de Serviços UTFPR Câmpus Guarapuava Departamento de Serviços Gerais DESEG Sistema de Solicitação de Serviços Manual do Usuário Sumário Sistema de Solicitação de Serviços... 1 Login... 1 Tela inicial... 2 Home... 2

Leia mais

paradigma WBC Public - pregão eletrônico Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.1

paradigma WBC Public - pregão eletrônico Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.1 paradigma WBC Public - pregão eletrônico Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.1 agosto de 2007 As informações contidas neste documento, incluíndo quaisquer URLs e outras possíveis referências

Leia mais

2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1

2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1 2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1 2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo. Manual de utilização das Funções do Departamento de Recursos Humanos (DRH) do Portal do Servidor da UFES

Universidade Federal do Espírito Santo. Manual de utilização das Funções do Departamento de Recursos Humanos (DRH) do Portal do Servidor da UFES Universidade Federal do Espírito Santo Manual de utilização das Funções do Departamento de Recursos Humanos (DRH) do Portal do Servidor da UFES Núcleo de Processamento de Dados Maio/2012 Apresentação As

Leia mais

Prestação de Contas Eletrônica

Prestação de Contas Eletrônica TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO MANUAL DO USUÁRIO Prestação de Contas Eletrônica TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 2/17 Sumário 1- ACESSO... 3 2- TELA DE INÍCIO... 4 3- CADASTRAMENTO...

Leia mais

Cadastro de Usuário e/ou Troca de Lotação no SGP-e

Cadastro de Usuário e/ou Troca de Lotação no SGP-e SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO - SEA Sistema de Gestão de Protocolo Eletrônico Cadastro de Usuário e/ou Troca de Lotação no SGP-e Apresentação Este documento tem como objetivo auxiliar os usuários

Leia mais

TST Certificado Digital. Secretaria de Tecnologia da Informação Coordenadoria de Suporte Técnico aos Usuários. Como obter certificado digital no TST

TST Certificado Digital. Secretaria de Tecnologia da Informação Coordenadoria de Suporte Técnico aos Usuários. Como obter certificado digital no TST Secretaria de Tecnologia da Informação Coordenadoria de Suporte Técnico aos Usuários Como obter certificado digital no TST Versão 1.0 - Fevereiro/2011 Sumário 1. Apresentação... 3 2. Passo a Passo... 3

Leia mais

GUIA DE PREENCHIMENTO

GUIA DE PREENCHIMENTO GUIA DE PREENCHIMENTO CARTA DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE DA EMPRESA Leia atentamente a Chamada antes do preenchimento. A primeira etapa da CHAMADA PÚBLICA MCT/FINEP/Ação Transversal Cooperação ICTs-Empresas

Leia mais

INFORME TÉCNICO Nº 04: INSTRUÇÕES PARA OPERACIONALIZAÇÃO DO MÓDULO GRUPO GESTOR DO SISTEMA BPC NA ESCOLA

INFORME TÉCNICO Nº 04: INSTRUÇÕES PARA OPERACIONALIZAÇÃO DO MÓDULO GRUPO GESTOR DO SISTEMA BPC NA ESCOLA MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DEPARTAMENTO DE BENEFÍCIOS ASSISTENCIAIS COORDENAÇÃO GERAL DE ACOMPANHAMENTO DE BENEFICIÁRIOS INFORME TÉCNICO

Leia mais

1. REGISTRO DE PROJETOS

1. REGISTRO DE PROJETOS 1. REGISTRO DE PROJETOS Nesta aplicação será feito o registro dos projetos/ ações de extensão, informando os dados iniciais do projeto, as classificações cabíveis, os participantes, a definição da região

Leia mais

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO MANUAL DO SERVIDOR 1ºGRAU MÓDULO 3 Sumário 1 Cadastros Básicos3 11 Documento3 111 Modelo3 112 Tipo6 12 Pessoa10 121 Conciliador10

Leia mais

Manual do Usuário. Cálculo de Custas - Internet. Versão 3

Manual do Usuário. Cálculo de Custas - Internet. Versão 3 Cálculo de Custas - Internet Versão 3 HISTÓRICO DE REVISÕES Data Versão Descrição Autor 17/01/2011 1 Elaboração do Documento 29/04/2011 2 04/07/2012 3 Inclusão das funcionalidades de cálculo de custas

Leia mais

MATRÍCULAS ON LINE MANUAL DO DISCENTE

MATRÍCULAS ON LINE MANUAL DO DISCENTE MATRÍCULAS ON LINE MANUAL DO DISCENTE 1 1. Acessar o site da FMB, clicar em Pós-Graduação stricto sensu, Portal de Sistemas (matrícula on line e validação) 2. O aluno será direcionado para tela ACESSO

Leia mais

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I.

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. MILI S.A. - D.T.I. Índice 1 ACESSANDO O PORTAL IPEDIDOS... 3 1.1 Login...5 1.2 Tela Principal, Mensagens e Atendimento On-line...6 2 CADASTRAR... 10 2.1 Pedido...10

Leia mais

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO MANUAL DO ADVOGADO E DO PROCURADOR MÓDULO 2 Sumário 1 Processos Não Protocolados3 11 Consultar Petições Não Protocoladas3 12 Remover

Leia mais

Astra LX Registro de Pacientes e Médicos Guia para o acesso aos registros de Pacientes e Médicos e eliminação de dados duplicados no AstraLX

Astra LX Registro de Pacientes e Médicos Guia para o acesso aos registros de Pacientes e Médicos e eliminação de dados duplicados no AstraLX Astra LX Registro de Pacientes e Médicos Guia para o acesso aos registros de Pacientes e Médicos e eliminação de dados duplicados no AstraLX 2011 Equipe Documentação Astra AstraLab 27/10/2011 Sumário Registro

Leia mais

Tutorial Módulo Frequência

Tutorial Módulo Frequência Tutorial Módulo Frequência Sumário 1. Módulo Frequência... 2 1.1. Perfis Envolvidos... 2 2. Operações realizadas pelo Servidor... 2 2.1 Solicitar Afastamento... 2 2.2 Consultar Afastamentos... 4 2.3. Enviar

Leia mais

SLEA SISTEMA DE LICENCIAMENTO ELETRÔNICO DE ATIVIDADES DA PREFEITURA DE SÃO PAULO

SLEA SISTEMA DE LICENCIAMENTO ELETRÔNICO DE ATIVIDADES DA PREFEITURA DE SÃO PAULO SLEA SISTEMA DE LICENCIAMENTO ELETRÔNICO DE ATIVIDADES DA PREFEITURA DE SÃO PAULO Manual passo-a-passo para obtenção do Auto de Licença de Funcionamento/ Auto de Licença de Funcionamento Condicionado Eletrônico

Leia mais

ATUALIZAÇA O DA TABELA DE CUSTAS DO SIPLANTN/SIPLANRC VIGE NCIA DE 13/03/2015

ATUALIZAÇA O DA TABELA DE CUSTAS DO SIPLANTN/SIPLANRC VIGE NCIA DE 13/03/2015 ATUALIZAÇA O DA TABELA DE CUSTAS DO SIPLANTN/SIPLANRC VIGE NCIA DE 13/03/2015 ATENÇÃO: Implementamos nos sistemas SiplanTN e SiplanRC uma rotina onde a nova tabela de Custas com a Nova Verba do ISSQN,

Leia mais

Tutorial para emissão de NF-e

Tutorial para emissão de NF-e Tutorial para emissão de NF-e Conteúdo 1.Configuração do Módulo de NF-e... 2 1.1.Códigos Fiscais... 3 1.2.Contas Contábeis... 4 1.3.Conta corrente... 6 2.Emissão de NF-e... 8 2.1.Gerar NF-e... 9 2.2.NF-e

Leia mais

Guia do Fornecedor. WBC Public Pregão eletrônico

Guia do Fornecedor. WBC Public Pregão eletrônico Guia do Fornecedor WBC Public Pregão eletrônico As informações contidas neste documento, incluindo quaisquer URLs e outras possíveis referências a web sites, estão sujeitas a mudança sem aviso prévio.

Leia mais

PROCESSO VIRTUAL TRT 22ª REGIÃO

PROCESSO VIRTUAL TRT 22ª REGIÃO 11 PROCESSO VIRTUAL TRT 22ª REGIÃO Magistrados/Procuradores PRT/Servidores Presidente Desembargador Manoel Edilson Cardoso Vice-Presidente Desembargador Wellington Jim Boavista Diretor-Geral Francisco

Leia mais

Manual do Usuário. Menus: Produtor Rural, Propriedade Rural e GTA Módulo: Produtor Rural. dezembro de 13

Manual do Usuário. Menus: Produtor Rural, Propriedade Rural e GTA Módulo: Produtor Rural. dezembro de 13 Manual do Usuário Menus: Produtor Rural, Propriedade Rural e GTA Módulo: Produtor Rural dezembro de 13 Este documento foi produzido por Praça dos Açorianos, s/n CEP 90010-340 Porto Alegre, RS (51) 3210-3100

Leia mais

M A N U A L D O U S U Á R I O

M A N U A L D O U S U Á R I O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte Secreta ria de Informática Departamento de Desenvolvimento de Sistemas e Aplicativos Última atualização: Abril/2007 Este Manual foi elaborado pelo Departamento

Leia mais

POLIEDUC - SOLUÇÕES PARA EDUCAÇÃO CAU - GUIA DO ATENDENTE AMBIENTE ESCOLA PERFIL SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO - SMEC ELABORADO: CRISTIANE MOTA

POLIEDUC - SOLUÇÕES PARA EDUCAÇÃO CAU - GUIA DO ATENDENTE AMBIENTE ESCOLA PERFIL SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO - SMEC ELABORADO: CRISTIANE MOTA POLIEDUC - SOLUÇÕES PARA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE PROJETOS DE INTEGRAÇÃO CAU - GUIA DO ATENDENTE AMBIENTE ESCOLA PERFIL SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO - SMEC ELABORADO: CRISTIANE MOTA Brasília - 2011 Ambiente

Leia mais

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO MANUAL DO SERVIDOR 1ºGRAU MÓDULO 1 Sumário 1 Acesso ao Sistema...3 2 Quadro de Aviso...4 3 Menu...8 3.1 Audiência...8 3.1.1 Tempo

Leia mais

ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO. 04 2 ACESSO. 05 3 CONSULTA DE PROTOCOLO. 07 4 PROTOCOLOS PENDENTES. 08 5 CONFIRMAÇÃO DE RECEBIMENTO. 09 6 ANDAMENTO DE PROTOCOLO

ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO. 04 2 ACESSO. 05 3 CONSULTA DE PROTOCOLO. 07 4 PROTOCOLOS PENDENTES. 08 5 CONFIRMAÇÃO DE RECEBIMENTO. 09 6 ANDAMENTO DE PROTOCOLO ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 04 2 ACESSO... 05 3 CONSULTA DE PROTOCOLO... 07 4 PROTOCOLOS PENDENTES... 08 5 CONFIRMAÇÃO DE RECEBIMENTO... 09 6 ANDAMENTO DE PROTOCOLO... 10 1 INTRODUÇÃO SISTEMA DE CONTROLE DE

Leia mais

1 PASSO Acesse o link: http://www.siapec.emdagro.se.gov.br/siapecest/. Abrirá a tela de login a seguir:

1 PASSO Acesse o link: http://www.siapec.emdagro.se.gov.br/siapecest/. Abrirá a tela de login a seguir: MANUAL DE EMISSÃO DE e-gta PELO PRODUTOR Caro Produtor, para acessar o SIAPEC primeiro é necessário que você tenha o Nº do seu CPF e uma senha cadastrada no sistema. O cadastro é feito pelo órgão de defesa.

Leia mais

Criação da etiqueta para os cartões

Criação da etiqueta para os cartões Criação da etiqueta para os cartões O sistema Fidelizar! oferece um recurso para criação de etiquetas que poderão ser impressas e coladas nos cartões a serem entregues aos clientes. Assim, os cartões poderão

Leia mais

TUTORIAL HOMOLOGAÇÃO DE BOLETOS

TUTORIAL HOMOLOGAÇÃO DE BOLETOS Sumário Apresentação... 1 1. Cadastrar Banco... 2 2. Cadastrar Cobrança... 5 3. Permitir Acesso a Cobrança... 7 4. Inserir Dados Integração Bancária... 9 5. Importar Layout... 16 6. Gerar e imprimir boleto...

Leia mais

Sistema de Logística Reversa

Sistema de Logística Reversa Sistema de Logística Reversa Manual de Utilização do Sistema Índice 1 Acessando o Sistema...3 1.1 Alterando a Senha...3 2 Tela Principal...4 3 Inserindo uma nova solicitação de coleta...4 4 Pesquisar solicitações

Leia mais

Manual de utilização

Manual de utilização Manual de utilização 1 Índice Calendário... 3 Usuários... 4 Contato... 5 Alterar... 5 Excluir... 5 Incluir... 5 Feriados... 9 Nacionais... 9 Regionais... 9 Manutenção... 9 Obrigações... 9 Obrigações Legais...

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

Manual do Usuário. Protocolo

Manual do Usuário. Protocolo Manual do Usuário Protocolo Índice de capítulos Parte I - Processos............................... 01 1 - Buscar................................ 01 2 - Listar................................ 02 3 - Abertura..............................

Leia mais

EXPRESSO CORREIO LIVRE

EXPRESSO CORREIO LIVRE EXPRESSO CORREIO LIVRE CETEC FINALIDADE Sistema utilizado para abertura e acompanhamento de chamados, envio e recebimento de e- mails bem como acesso às notícias da CAIXA referente ao Canal Lotérico. ACESSO

Leia mais

Manual do Sistema Carteira do Idoso

Manual do Sistema Carteira do Idoso Manual do Sistema Carteira do Idoso SUMÁRIO Manual do Sistema Carteira do Idoso... 3 1. Acessando o Sistema... 3 2. Tela Inicial... 4 2.1. Início... 5 2.2. Pesquisar Idoso... 5 2.2.1. Como pesquisar o

Leia mais

MANUAL DO OFICIAL DE JUSTIÇA

MANUAL DO OFICIAL DE JUSTIÇA MANUAL DO OFICIAL DE JUSTIÇA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MATO GROSSO Janeiro 2012 Conteúdo Elaboração do projeto... 3 1. Acesso ao Sistema... 4 2. Tipo de Certificado... 4 2.1. Navegador padrão para acessar

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE INFORMÁTICA DIN MANUAL DA SALA VIRTUAL - PROCURAÇÃO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE INFORMÁTICA DIN MANUAL DA SALA VIRTUAL - PROCURAÇÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE INFORMÁTICA DIN MANUAL DA SALA VIRTUAL - PROCURAÇÃO 1 SUMÁRIO 1. CADASTRO ADVOGADO... 3 2. PROCURAÇÃO... 8 3. MINHAS PROCURAÇÕES... 9 4. RENUNCIAR

Leia mais

CLM ONLINE. Documento CLM Controller Reprodução e divulgação proibidas

CLM ONLINE. Documento CLM Controller Reprodução e divulgação proibidas CLM ONLINE Doc.: Manual do Usuário Versão: V 2.0 Data: 18 de setembro de 2014 CLM Controller Rua João Anes, 122 Lapa São Paulo SP Tel. + 55 11 36 43 56 00 Fax + 55 11 36 43 56 03 Copyright 2014 CLM Controller

Leia mais

MANUAL DE USO SERASAJUD

MANUAL DE USO SERASAJUD MANUAL DE USO SERASAJUD JULHO DE 2015 Controle de Revisão Data da Revisão Versão Documento Versão DF-e Manager Executor Assunto Revisado 08/10/2013 1.0 Rodrigo Vieira Ambar/Gigiane Martins Criação 18/03/2104

Leia mais

As diferenças apuradas entre as duas metodologias comporão ajuste específico a ser efetuado no Livro de Apuração do Lucro Real (LALUR).

As diferenças apuradas entre as duas metodologias comporão ajuste específico a ser efetuado no Livro de Apuração do Lucro Real (LALUR). 1 Geração do FCont Objetivo: Atender todas as empresas que fazem uso da entrega desta informação junto à Receita Federal do Brasil (RFB). Trata-se de empresas enquadradas no Lucro Real. Benefícios: Este

Leia mais

ORIENTAÇÕES ACERCA DAS REQUISIÇÕES DE MATERIAL ON LINE

ORIENTAÇÕES ACERCA DAS REQUISIÇÕES DE MATERIAL ON LINE PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO DIRETORIA DE INFRA-ESTRUTURA DIRETORIA DE INFORMÁTICA DIVISÃO DE SUPRIMENTOS/UNIDADE DE ALMOXARIFADO REQUISIÇÃO DE MATERIAL VIA WEB ORIENTAÇÕES ACERCA

Leia mais

www.aluminiocba.com.br Manual do Usuário Fornecedor

www.aluminiocba.com.br Manual do Usuário Fornecedor Manual do Usuário Fornecedor Manual do Usuário - Fornecedor Versão 1.2 Página 2 CBA Online Manual do Usuário Fornecedor Versão 1.2 3 de agosto de 2004 Companhia Brasileira de Alumínio Departamento de Tecnologia

Leia mais

ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11

ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11 MANUAL DE USO DO SISTEMA GOVERNO DIGITAL ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11 2.0. SOLICITAÇÕES DE AIDF E AUTORIZAÇÃO DE EMISSÃO DE NOTA

Leia mais

PROCEDIMENTO DE ENVIO DE IMÓVEIS AO SITE ALUGUEL E VENDAS

PROCEDIMENTO DE ENVIO DE IMÓVEIS AO SITE ALUGUEL E VENDAS SISTEMA VENDAS 1º Passo: Instruir o cliente para marcar no ato do cadastramento do imóvel caso seja para divulgar no site efetuar a marcação SELECIONADO PARA DIVULGAR NA INTERNET como na imagem abaixo.

Leia mais

APLICATIVO WebSIGOM *Este documento não pode ser impresso ou comercializado.

APLICATIVO WebSIGOM *Este documento não pode ser impresso ou comercializado. APLICATIVO WebSIGOM *Este documento não pode ser impresso ou comercializado. Índice: 1- Acessando o WebSIGOM pág. 03 2- Menu Cadastro pág. 04 2.1- Para inserir um novo usuário pág. 04 2.2- Para consultar

Leia mais

Sistemas - Kz_AcessoNv Manual do Usuário www.tsse.com.br. Manual do usuário XPVisitante

Sistemas - Kz_AcessoNv Manual do Usuário www.tsse.com.br. Manual do usuário XPVisitante Manual do usuário XPVisitante 1 1. Botões padrão Todas as telas de cadastro seguem o mesmo padrão de botões: Incluir Ativa opção para inclusão de novos registros no cadastro Alterar Prepara o registro

Leia mais

Tutorial: Solicitação de Transporte

Tutorial: Solicitação de Transporte Tutorial: Solicitação de Transporte Como utilizar a funcionalidade de Exportação de Solicitação de Transporte da EMTU e SPTRANS através do Portal do Aluno 16/09/2014 Fábio Neves Margarido Versão 1.0 Conteúdo

Leia mais

Manual de Instruções ISS WEB SISTEMA ISS WEB. Sil Tecnologia LTDA

Manual de Instruções ISS WEB SISTEMA ISS WEB. Sil Tecnologia LTDA SISTEMA ISS WEB Sil Tecnologia LTDA Sumário INTRODUÇÃO 3 1. ACESSO AO SISTEMA 4 2. AUTORIZAR USUÁRIO 5 3. TELA PRINCIPAL 6 4. ALTERAR SENHA 7 5. TOMADORES DE SERVIÇO 7 5.1 Lista de Declarações de Serviços

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO REDE SIRIUS Rede de Bibliotecas UERJ NProtec - Núcleo de Processos Técnicos

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO REDE SIRIUS Rede de Bibliotecas UERJ NProtec - Núcleo de Processos Técnicos UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO REDE SIRIUS Rede de Bibliotecas UERJ NProtec - Núcleo de Processos Técnicos TDELine Modelo de Padronização On-line para Teses e Dissertações Eletrônicas Guia do

Leia mais

FORMAÇÃO CURRICULAR MANUAL DE PROCEDIMENTOS

FORMAÇÃO CURRICULAR MANUAL DE PROCEDIMENTOS GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO COORDENADORIA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL CENTRO DE INGRESSO E MOVIMENTAÇÃO FORMAÇÃO CURRICULAR

Leia mais

COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML. Após abrir o sistema, localize o menu no canto superior esquerdo e clique em Movimentação > Entrada Material

COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML. Após abrir o sistema, localize o menu no canto superior esquerdo e clique em Movimentação > Entrada Material COMO FAZER ENTRADA DE MATERIAL POR XML Observação: O arquivo XML da nota fiscal deve estar salvo em seu computador. Se o seu fornecedor não enviou o arquivo por e-mail, você pode obter o arquivo pela internet,

Leia mais

Ordem de Serviços. Abaixo será informado o procedimento passo a passo para emissão da ordem de serviço no CIAF.

Ordem de Serviços. Abaixo será informado o procedimento passo a passo para emissão da ordem de serviço no CIAF. Ordem de Serviços. Abaixo será informado o procedimento passo a passo para emissão da ordem de serviço no CIAF. 1 -Abertura da Ordem de Serviços: 1.1 Entre em Serviços + Ordem de Serviço + Abertura de

Leia mais

Eventos MT-611-00005 Última Atualização 25/04/2012

Eventos MT-611-00005 Última Atualização 25/04/2012 Eventos MT-611-00005 Última Atualização 25/04/2012 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: 1. Pesquisar eventos disponíveis para participação de uma empresa; 2. Confirmar presença

Leia mais

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE 2 1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE ATENDIMENTO... 6 4 - A TELA AGENDA... 7 4.1 - TIPOS

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF MANUAL DE NAVEGAÇÃO MÓDULO DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS APLICATIVO UPLOAD/DOWNLOAD Versão do Guia: 1.1 Brasília, DF Abril de 2011 2011 Ministério do Desenvolvimento

Leia mais

Manual do Usuário - ProJuris Web - Biblioteca Jurídica Página 1 de 20

Manual do Usuário - ProJuris Web - Biblioteca Jurídica Página 1 de 20 As informações contidas neste documento estão sujeitas a alterações sem o prévio aviso, o que não representa um compromisso da Virtuem Informática. As pessoas, organizações ou empresas e eventos de exemplos

Leia mais

MANUAL DA SECRETARIA

MANUAL DA SECRETARIA MANUAL DA SECRETARIA Conteúdo Tela de acesso... 2 Liberação de acesso ao sistema... 3 Funcionários... 3 Secretaria... 5 Tutores... 7 Autores... 8 Configuração dos cursos da Instituição de Ensino... 9 Novo

Leia mais

Tutorial do Novo Sistema de Intimações da OAB SP

Tutorial do Novo Sistema de Intimações da OAB SP Tutorial do Novo Sistema de Intimações da OAB SP O sistema de intimações da OAB SP está de cara nova. Mais rápido, eficiente, organizado e cobrindo maior número de cadernos de diários oficiais, o serviço

Leia mais

O Sistema foi inteiramente desenvolvido em PHP+Javascript com banco de dados em MySQL.

O Sistema foi inteiramente desenvolvido em PHP+Javascript com banco de dados em MySQL. Nome do Software: Gerenciador de Projetos Versão do Software: Gerenciador de Projetos 1.0.0 1. Visão Geral Este Manual de Utilização do Programa Gerenciador de Projetos via Web, tem por finalidade facilitar

Leia mais

Manual de utilização do Sistema de Informação em Ciência e Tecnologia - SISC&T. Perfil: consultor ad-hoc Avaliação do projeto PPSUS

Manual de utilização do Sistema de Informação em Ciência e Tecnologia - SISC&T. Perfil: consultor ad-hoc Avaliação do projeto PPSUS Ministério da Saúde Manual de utilização do Sistema de Informação em Ciência e Tecnologia - SISC&T Perfil: consultor ad-hoc Avaliação do projeto PPSUS Brasília, 28 de abril de 2009 Índice: Informações

Leia mais

MALOTE DIGITAL. Autores Conselho Nacional de Justiça TRE-MG

MALOTE DIGITAL. Autores Conselho Nacional de Justiça TRE-MG MALOTE DIGITAL Este Manual foi adaptado pela Coordenadoria da Escola dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso e DAPI Departamento de Aprimoramento da 1ª Instância Autores Conselho

Leia mais

Manual do Usuário. (Perfil Subseção) Sistema de Solicitação de Indicação

Manual do Usuário. (Perfil Subseção) Sistema de Solicitação de Indicação Manual do Usuário (Perfil Subseção) Sistema de Solicitação de Indicação Sumário 1. Principal... 4 1.1 Campos Obrigatórios... 4 2. Sistema de Solicitação de Indicação (SSI)... 5 2.1 Opções do Usuário...

Leia mais

Manual do usuário Sistema de Ordem de Serviço HMV/OS 5.0

Manual do usuário Sistema de Ordem de Serviço HMV/OS 5.0 Manual do usuário Sistema de Ordem de Serviço HMV/OS 5.0 DESENVOLVEDOR JORGE ALDRUEI FUNARI ALVES 1 Sistema de ordem de serviço HMV Apresentação HMV/OS 4.0 O sistema HMV/OS foi desenvolvido por Comtrate

Leia mais