EstrelaMar e Golfilhote

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EstrelaMar e Golfilhote"

Transcrição

1 EstrelaMar e Golfilhote Autora: Rosa Quinteiro Ilustrações: Carlos Pais

2 Nome Ano Turma GUIÃO de LEITURA ORIENTADA Nome da obra Autor(a) _ Ilustração Editora A história que acabaste de ler conta-nos a aventura de uma estrelinha muito curiosa e determinada a realizar os seus sonhos Capítulo I 1. Numa constelação longínqua vivia uma estrelinha malandreca 1.1 Diz o que fazia a estrelinha todos os dias, ou melhor, todas as noites. 1.2 Qual era o seu sonho? Capítulo II 2. Procura, neste capítulo, os adjetivos que a autora usa para caracterizar as duas personagens que te apresentamos: A EstrelaMar A mãe da EstrelaMar 1

3 Capítulo III 1. Imagina que a EstrelaMar escreveu um bilhete de despedida para a sua mãe. Redige-o. 2. Enumera as transformações que a estrelinha sofreu quando caiu no oceano: 3. Escreve 6 palavras da família de Mar. Mar Capítulo IV 1. Como se chama a personagem que entra agora na história? 1.1 Relembra o seu passado. 2. Que nome deu o golfinho à EstrelaMar? 2

4 Capítulo V Afinal havia esperança 1. O e a encontraram uma solução para o regresso desta à sua constelação. Preenche os espaços em branco e obterás o resumo deste pequeno momento. Na vive uma velhinha e que concede um de cem em cem anos. Para isso é necessário serem de o merecerem. Então resolveram ir à da fada porque o Golfilhote queria ver a sua amiga. Capítulo VI 1. Descreve a Enseada das Gaivotas, utilizando o vocabulário da obra. 2.Quem encontraram lá? 2.1Que lhes disse essa personagem? Capítulo VII Estava na hora. A mãe tinha-lhe dado o sinal que ela esperara com tanta insistência. 1. A estrelinha conseguiu voltar para sua casa. Transcreve o parágrafo que melhor descreve o momento da partida. 2. Da página 45, copia: três nomes comuns: ; ;. três adjetivos: ; ;. três verbos: ; ;. 3

5 Capítulo VIII 1. Como descreverias os sentimentos da estrelinha ao regressar para junto da sua família. 2. Encontra na sopa de letras, as palavras abaixo. E C T D S H D S G Y V B D S O V I A G E M A D C G H T N T D U R C Y U J O G S R S W E D R F H F S O H U E T Q X A T V H A R C S H L E T R D S J N M T E E G I L Y F E L I C I D A D E N A E V H J F S L G N V H H Ç R S E Y J F I M O R S A Ã C Y S H J R A D I K L T O G S S O N H O S G W J C U R I O S I D A D E H Y viagem, família, estrelinha, oceano, curiosidade, constelação, saudade, felicidade, sonhos Capítulo IX Constrói um acróstico a partir da palavra AMIZADE. A M I Z A D E 4

6 Compreensão global da obra 1. Depois da leitura da obra, vais verificar se a compreendeste na sua globalidade. Coloca V ou F conforme as afirmações forem verdadeiras ou falsas. Numa constelação longínqua vivia uma estrelinha malandreca, atrevida e aventureira. Esta estrelinha desejava conhecer o planeta Marte. A sua mãe não apoiou a estrela na concretização do seu sonho. Numa certa noite, a estrela lançou-se e mergulhou num oceano algures no planeta Terra. No oceano, a estrela tem dificuldade em provar a sua origem. A estrela encontra o Golfilhote e tornam-se amigos. Golfilhote batizou a estrela de Martestrelinha. Golfilhote contou à estrelinha que outrora fora um planeta. Após várias aventuras, a EstrelaMar decidiu ficar a morar no oceano. Através da Fada dos Oceanos, a EstrelaMar teve a oportunidade de regressar ao seu lar. Golfilhote acompanhou a sua amiga e voltou a ser uma nuvem-golfinho. Os dois amigos nunca mais se encontraram. A história mostra que a amizade é a melhor forma de espalhar o brilho que há dentro de nós. 2. Este livro tem 9 capítulos. Escolhe o título adequado para cada um deles. I- II- III- IV- V- VI- VII- VIII A família reunida outra vez IX- A decisão O valor da Amizade O Sonho da EstrelaMar A viagem Ao encontro da Fada dos Oceanos Uma vida nova As aventuras com o Golfilhote O regresso a casa A família reunida outra vez 5

7 3. As imagens abaixo ilustram a sequência da aventura da estrelinha, desde que saiu de casa Legenda cada uma delas e obterás o resumo da obra. 6

Escola Secundária de Santa Maria da Feira Português 2º Ciclo. Português. Guião de Leitura. A noite de natal. Sophia de Mello Breyner Andresen

Escola Secundária de Santa Maria da Feira Português 2º Ciclo. Português. Guião de Leitura. A noite de natal. Sophia de Mello Breyner Andresen Português Guião de Leitura A noite de natal Sophia de Mello Breyner Andresen Ficha I 1. Relativamente aos elementos paratextuais procura descobrir: Título: Autora: Ilustrador: Editora: Número de capítulos:

Leia mais

Leitura. orientada. Rui Baptista

Leitura. orientada. Rui Baptista Fichas de Leitura orientada Rui Baptista INTENÇÕES CENTRAIS DO TRABALHO Encorajar o manuseamento do livro/ /objecto como forma de antecipar o conteúdo e de aprender a seleccionar o que se deseja ler. Promover

Leia mais

Projeto. Pedagógico ÁGUIA SONHADORA

Projeto. Pedagógico ÁGUIA SONHADORA Projeto Pedagógico ÁGUIA SONHADORA 1 Projeto Pedagógico Por Beatriz Tavares de Souza* Apresentação O livro narra a história de uma águia inquieta para alçar o primeiro voo; ainda criança, sai pela floresta

Leia mais

O que é esse produto? Qual é a marca do produto? Que quantidade de produto há na embalagem? Em que país foi feito o produto?

O que é esse produto? Qual é a marca do produto? Que quantidade de produto há na embalagem? Em que país foi feito o produto? RÓTULOS Rótulo é toda e qualquer informação referente a um produto que esteja transcrita em sua embalagem. O Rótulo acaba por ser uma forma de comunicação visual, podendo conter a marca do produto e informações

Leia mais

Colégio Cenecista Dr. José Ferreira 4 o ano Ensino Fundamental Data da entrega: 17/04/2015. Nome: n o :

Colégio Cenecista Dr. José Ferreira 4 o ano Ensino Fundamental Data da entrega: 17/04/2015. Nome: n o : Colégio Cenecista Dr. José Ferreira 4 o ano Ensino Fundamental Data da entrega: 17/04/2015 Nome: n o : Créditos distribuídos: 8,0 Créditos obtidos: 1) A personagem Gabriela, que conta a história do planetário,

Leia mais

SOBRE A HISTÓRIA BOM TRABALHO PARA TODOS!

SOBRE A HISTÓRIA BOM TRABALHO PARA TODOS! As pistas e propostas de trabalho que se seguem são apenas isso mesmo: propostas e pistas, pontos de partida, sugestões, pontapés de saída... Não são lições nem fichas de trabalho, não procuram respostas

Leia mais

A folha e o pirilampo

A folha e o pirilampo Ficha de Avaliação Trimestral (dezembro) PORTUGUÊS Nome Data 10.dez.2013 Classificação O Professor Enc. de Educação I PARTE Lê, com muita atenção, o texto seguinte: A folha e o pirilampo 5 10 15 20 25

Leia mais

Caderno 1. Língua Portuguesa. Teste Intermédio de Língua Portuguesa. Caderno 1. Teste Intermédio. 2.º Ano de Escolaridade

Caderno 1. Língua Portuguesa. Teste Intermédio de Língua Portuguesa. Caderno 1. Teste Intermédio. 2.º Ano de Escolaridade Teste Intermédio de Língua Portuguesa Caderno 1 Teste Intermédio Língua Portuguesa 2.º Ano de Escolaridade Duração do Teste: 45 min (Caderno 1) + 30 min (pausa) + 45 min (Caderno 2) 31.05.2012 Nome do

Leia mais

Livro com atividades para colorir, desenhar, construir, e muito mais! Este livro pertence a

Livro com atividades para colorir, desenhar, construir, e muito mais! Este livro pertence a Livro com atividades para colorir, desenhar, construir, e muito mais! Este livro pertence a CENTRO DE PSICOLOGIA APLICADA DO EXÉRCITO NÚCLEO DE APOIO PSICOLÓGICO E INTERVENÇÃO NA CRISE Edição - Julho 2014

Leia mais

PROJETO DE LEITURA A PEDRA NO SAPATO DO HERÓI ORÍGENES LESSA INTENÇÃO: INSTIGAR A CURIOSIDADE E AMPLIAR O REPERTÓRIO DO ALUNO

PROJETO DE LEITURA A PEDRA NO SAPATO DO HERÓI ORÍGENES LESSA INTENÇÃO: INSTIGAR A CURIOSIDADE E AMPLIAR O REPERTÓRIO DO ALUNO PARTE 1 PROJETO DE LEITURA A PEDRA NO SAPATO DO HERÓI ORÍGENES LESSA PRÉ-LEITURA ATIVIDADES ANTERIORES À LEITURA INTENÇÃO: INSTIGAR A CURIOSIDADE E AMPLIAR O REPERTÓRIO DO ALUNO 1. Conhecendo o autor...

Leia mais

Notícias da Quinta do Outeiro

Notícias da Quinta do Outeiro 5ª Edição 03 de Agosto de 2014 Notícias da Quinta do Outeiro Editorial Apresentamos a quinta edição das Notícias da Quinta do Outeiro - Lar para Idosos, Lda, que estará disponível em formato digital e

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BS) 70 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BS) 70 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BS) 70 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

30 Rapazes 70 Raparigas Gráfico 1 Talvez seja também interessante referir que, sendo a capacidade de imaginação e o sonho, duas componentes fundamentais no desenvolvimento da personalidade das crianças

Leia mais

Leya Leituras Projeto de Leitura

Leya Leituras Projeto de Leitura Leya Leituras Projeto de Leitura Nome do livro: A árvore da vida Coleção: Aldeia Autor: Roni Wasiry Guará Nacionalidade do autor: Brasileira Currículo do autor: Professor da escola CFR Casa Familiar Rural,

Leia mais

A classificação do teste deve respeitar integralmente os critérios gerais e os critérios específicos a seguir apresentados.

A classificação do teste deve respeitar integralmente os critérios gerais e os critérios específicos a seguir apresentados. Teste Intermédio de Língua Portuguesa Teste Intermédio Língua Portuguesa Duração do Teste: 45 min (Caderno 1) + 30 min (pausa) + 45 min (Caderno 2) 31.05.2012 2.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 6/2001,

Leia mais

PROVAS DE ADMISSÃO (PROVA MODELO) 5º ANO

PROVAS DE ADMISSÃO (PROVA MODELO) 5º ANO PROVAS DE ADMISSÃO (PROVA MODELO) 5º ANO PARTE I PORTUGUÊS Grupo I Lê com atenção o texto A. O Beijo da Palavrinha Era uma vez uma menina que nunca vira o mar. Chamava-se Maria Poeirinha. Ela e a sua família

Leia mais

Caderno 1. 45 minutos. Prova de Aferição de Língua Portuguesa. 1.º Ciclo do Ensino Básico. prova de aferição do ensino básico.

Caderno 1. 45 minutos. Prova de Aferição de Língua Portuguesa. 1.º Ciclo do Ensino Básico. prova de aferição do ensino básico. prova de aferição do ensino básico 2011 A preencher pelo aluno Rubrica do Professor Aplicador Nome A preencher pelo agrupamento Número convencional do Aluno Número convencional do Aluno A preencher pela

Leia mais

Anexo II - Guião (Versão 1)

Anexo II - Guião (Versão 1) Anexo II - Guião (Versão 1) ( ) nº do item na matriz Treino História do Coelho (i) [Imagem 1] Era uma vez um coelhinho que estava a passear no bosque com o pai coelho. Entretanto, o coelhinho começou a

Leia mais

Toca a trocar as histórias de encantar

Toca a trocar as histórias de encantar Toca a trocar as histórias de encantar Autora: Teresa Adão Ilustrações: Manuela Câmara GUIÃO de LEITURA ORIENTADA Nome Ano Turma Antes de ler: Nome da obra Autor(a) Ilustração Editora Assim começa a história

Leia mais

JONAS RIBEIRO. ilustrações de Suppa

JONAS RIBEIRO. ilustrações de Suppa JONAS RIBEIRO ilustrações de Suppa Suplemento do professor Elaborado por Camila Tardelli da Silva Deu a louca no guarda-roupa Supl_prof_ Deu a louca no guarda roupa.indd 1 02/12/2015 12:19 Deu a louca

Leia mais

Agora que já sabes que em qualquer BIBLIOTECA existem vários documentos (livros, filmes, jogos, música, revistas/ jornais, computadores).

Agora que já sabes que em qualquer BIBLIOTECA existem vários documentos (livros, filmes, jogos, música, revistas/ jornais, computadores). À DESCOBERTA DA BIBLIOTECA Agora que já sabes que em qualquer BIBLIOTECA existem vários documentos (livros, filmes, jogos, música, revistas/ jornais, computadores). Também já sabes como os livros estão

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A2 Prova B (13A2BA) 70 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

CONSTRUÇÃO DO EU LÍRICO E O RETRATO NA POETICA CECÍLIA MEIRELES

CONSTRUÇÃO DO EU LÍRICO E O RETRATO NA POETICA CECÍLIA MEIRELES CONSTRUÇÃO DO EU LÍRICO E O RETRATO NA POETICA CECÍLIA MEIRELES Silvia Eula Muñoz¹ RESUMO Neste artigo pretendo compartilhar os diversos estudos e pesquisas que realizei com orientação do Prof. Me. Erion

Leia mais

SOCIEDADE ASTRONÔMICA BRASILEIRA SAB VII Olimpíada Brasileira de Astronomia VII OBA - 2004 Gabarito do nível 2 (para alunos da 3ª à 4ª série)

SOCIEDADE ASTRONÔMICA BRASILEIRA SAB VII Olimpíada Brasileira de Astronomia VII OBA - 2004 Gabarito do nível 2 (para alunos da 3ª à 4ª série) SOCIEDADE ASTRONÔMICA BRASILEIRA SAB VII Olimpíada Brasileira de Astronomia VII OBA - 2004 Gabarito do nível 2 (para alunos da 3ª à 4ª série) Questão 1) (1 ponto) Como você já deve saber o sistema solar

Leia mais

Orientações para Professores. Prezado professor,

Orientações para Professores. Prezado professor, Orientações para Professores Prezado professor, No ano em que a Oficina do texto comemora 10 anos, todos os olhares se voltam para um país em especial: a África do Sul sede da Copa do Mundo de Futebol.

Leia mais

ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 42 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 PLANO DE AULA

ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 42 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 09/10 PLANO DE AULA ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA Nº 42 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) II CICLO B IDADES: 09/10 1. TEMA: O Espírita e a Família. PLANO DE AULA 2. OBJETIVO: Levar

Leia mais

Descubra os Anjos em Família

Descubra os Anjos em Família María Elvira Pombo Marchand Descubra os Anjos em Família Manual para que pais e filhos vivam juntos a espiritualidade Tradução Maria Mateus Para o meu marido, Daniel, por ser o meu companheiro de vida

Leia mais

Anexo 1. Materiais Didácticos Fase de Diagnóstico. Documento 1 Teste de compreensão oral de texto (COT)

Anexo 1. Materiais Didácticos Fase de Diagnóstico. Documento 1 Teste de compreensão oral de texto (COT) Anexo 1 Materiais Didácticos Fase de Diagnóstico Documento 1 Teste de compreensão oral de texto (COT) Transcrição do estímulo oral do teste de COT (quatro ano e sexto ano) Experiências em Animais Por causa

Leia mais

Conteúdos: Leitura e interpretação de texto Produção de texto.

Conteúdos: Leitura e interpretação de texto Produção de texto. Conteúdos: Leitura e interpretação de texto Produção de texto. Habilidades: Ler as entrelinhas, deduzir, criar e relacionar informações; Partilhar sentimentos e experiências através das produções textuais.

Leia mais

Nancy Rue. Nancy Rue é autora de

Nancy Rue. Nancy Rue é autora de todo mundo fala_seja voce mesma.pdf mais de cem livros, a maioria voltada para adolescentes. Ela editou as meditações e os recursos adicionais da Bíblia da garota de fé e escreveu todos os livros da série

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO

CADERNO DE ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO COLÉGIO ARNALDO 2015 CADERNO DE ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO LÍNGUA PORTUGUESA Aluno (a): Turma: 2º Ano Professora: Data de entrega: Valor: 20 pontos CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Leitura e interpretação de textos

Leia mais

ESTUDO DIRIGIDO - 5º Ano EF- JULHO/ 2015 5º ANO: DATA DE ENTREGA: Queridos alunos e alunas

ESTUDO DIRIGIDO - 5º Ano EF- JULHO/ 2015 5º ANO: DATA DE ENTREGA: Queridos alunos e alunas 1 NOME: Nº: 5º ANO: DATA DE ENTREGA: Queridos alunos e alunas As férias chegaram e com elas a vontade de passear, viajar, brincar com os amigos e curtir o merecido descanso, mas não podemos esquecer que

Leia mais

Leya Leituras Projeto de Leitura

Leya Leituras Projeto de Leitura Leya Leituras Projeto de Leitura Nome do livro: JAPĨĨ E JAKÃMĨ Uma história de amizade Autor: Yaguarê Yamã Nacionalidade do autor: Brasileira Currículo do autor: Escritor, professor e artista plástico

Leia mais

LEITURA ORIENTADA NA SALA DE AULA

LEITURA ORIENTADA NA SALA DE AULA LEITURA ORIENTADA NA SALA DE AULA Uma Aventura na Serra da Estrela Coleção UMA AVENTURA Atividades Propostas Leitura em voz alta de um ou dois capítulos por aula. Preenchimento das fichas na sequência

Leia mais

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral Advento 2014 (Campanha de Preparação para o Natal) A ALEGRIA E A BELEZA DE VIVER EM FAMÍLIA. O tempo do Advento, que devido ao calendário escolar

Leia mais

TROVAS DO CORAÇÃO FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER CORNÉLIO PIRES

TROVAS DO CORAÇÃO FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER CORNÉLIO PIRES TROVAS DO CORAÇÃO FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER CORNÉLIO PIRES ÍNDICE 2 Afirmativa, Alegria, Beneficência, Candeia Viva, Caso Triste, Criação... 03 Desengano, Deserção, Despedida, Destaque, Disciplina, Divino

Leia mais

Eclipse e outros fenômenos

Eclipse e outros fenômenos Eclipse e outros fenômenos Oficina de CNII/EF Presencial e EAD Todos os dias vários fenômenos ocorrem ao nosso redor, muito próximo de nós. Alguns são tão corriqueiros que nem percebemos sua ocorrência.

Leia mais

Geografia/15 6º ano Turma: 1º trimestre Nome: Data: / / RECUPERAÇÃO FINAL 2015 GEOGRAFIA 6º ano

Geografia/15 6º ano Turma: 1º trimestre Nome: Data: / / RECUPERAÇÃO FINAL 2015 GEOGRAFIA 6º ano Geografia/15 6º ano Turma: 1º trimestre Nome: Data: / / 6ºgeo301r RECUPERAÇÃO FINAL 2015 GEOGRAFIA 6º ano Querido(a) Aluno(a) No primeiro trimestre buscamos entender o surgimento da Geografia, sua contribuição

Leia mais

O livro que falava com o vento e outros contos

O livro que falava com o vento e outros contos LER a partir dos 10 anos GUIA DE LEITURA MARIAALZIRACABRAL O livro que falava com o vento e outros contos JOSÉ JORGE LETRIA Ilustrações de Alain Corbel Apresentação da obra O Livro Que Falava com o Vento

Leia mais

SILVA, Mylton Severiano da. Realidade - História da revista que virou lenda. Florianópolis: Editora Insular, 2013. 320 p.

SILVA, Mylton Severiano da. Realidade - História da revista que virou lenda. Florianópolis: Editora Insular, 2013. 320 p. 219 SILVA, Mylton Severiano da. Realidade - História da revista que virou lenda. Florianópolis: Editora Insular, 2013. 320 p. 220 Não é lenda; é Realidade It's not legend; it's Reality Joaquim Francisco

Leia mais

Cópia autorizada. II

Cópia autorizada. II II Sugestões de avaliação Português Compreensão de texto 2 o ano Unidade 5 5 Unidade 5 Compreensão de texto Nome: Data: Leia este texto expositivo e responda às questões de 1 a 5. As partes de um vulcão

Leia mais

anos GUIA DE LEITURA Manuela Lapa Gosto deles porque sim Lara Xavier Ilustrações de Rute Reimão

anos GUIA DE LEITURA Manuela Lapa Gosto deles porque sim Lara Xavier Ilustrações de Rute Reimão GUIA DE LEITURA Manuela Lapa Gosto deles porque sim Lara Xavier Ilustrações de Rute Reimão +8 anos Apresentação da obra Uma criança fala-nos de companheiros de escola por quem sente particular admiração.

Leia mais

Unidade 2 Do fundo do baú

Unidade 2 Do fundo do baú Unidade 2 Do fundo do baú As necessidades educativas especiais para as quais foram criadas atividades adaptadas com base no conteúdo da Unidade 2 da obra Aprender Juntos Português, volume 3, são dislexia

Leia mais

6 Estimular a Criatividade

6 Estimular a Criatividade OZARFAXINARS N.2 DEZEMBRO 2005 121 6 Estimular a Criatividade Como aspecto menos valorizado pela Escola, a criatividade pode estimular novas formas de o jovem se relacionar com o mundo, desenvolvendo atitudes

Leia mais

APOSTILAS DO QUARTO BIMESTRE 8 ANO. TURMA 801 4º Bimestre. Aula 13

APOSTILAS DO QUARTO BIMESTRE 8 ANO. TURMA 801 4º Bimestre. Aula 13 APOSTILAS DO QUARTO BIMESTRE 8 ANO. TURMA 801 4º Bimestre Aula 13 Identidade Visual Embora você possa nunca ter ouvido falar em identidade visual, todos nós estamos sempre sendo bombardeados pelas identidades

Leia mais

SOCIEDADE ASTRONÔMICA BRASILEIRA SAB VII Olimpíada Brasileira de Astronomia VII OBA - 2004 Gabarito do nível 3 (para alunos da 5ª à 8ª série)

SOCIEDADE ASTRONÔMICA BRASILEIRA SAB VII Olimpíada Brasileira de Astronomia VII OBA - 2004 Gabarito do nível 3 (para alunos da 5ª à 8ª série) SOCIEDADE ASTRONÔMICA BRASILEIRA SAB VII Olimpíada Brasileira de Astronomia VII OBA - 2004 Gabarito do nível 3 (para alunos da 5ª à 8ª série) Questão 1) (1 ponto) Como você já deve saber o sistema solar

Leia mais

Humano-Computador (IHC)

Humano-Computador (IHC) 1 INF1403 Introdução a Interação Humano-Computador (IHC) Turma 3WA Professora: Clarisse Sieckenius de Souza Uso de Cenários no Design de IHC 19/05/2010 2 O que é um CENÁRIO? O design de interação pode

Leia mais

Criar perfil de personagens literários na rede

Criar perfil de personagens literários na rede Criar perfil de personagens literários na rede Que tal aliar as leituras literárias da turma ao uso das redes sociais digitais? A proposta desta atividade é que os alunos criem, em rede social, perfis

Leia mais

Sophia, a Fada Azul Ana Margarida de Carvalho. Sophia de Mello Breyner Andresen GUIÃO DE LEITURA 4. A. A obra e a autora

Sophia, a Fada Azul Ana Margarida de Carvalho. Sophia de Mello Breyner Andresen GUIÃO DE LEITURA 4. A. A obra e a autora GUIÃO DE LEITURA 4 A Menina do Mar Sophia de Mello Breyner Andresen (Porto Editora, 202) A. A obra e a autora. Observa cuidadosamente o livro e preenche, no teu caderno, a ficha bibliográfica que se segue.

Leia mais

Texto 2. Julinho, o sapo

Texto 2. Julinho, o sapo Texto 2 Nós vamos ler um texto bem diferente do texto 1. Também tem princesa, sapo, mas o que acontece é difícil de imaginar. Nestes versos você vai encontrar uma pista. Lá no brejo tem um sapo que canta

Leia mais

Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava

Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava O Príncipe das Histórias Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava histórias. Ele gostava de histórias de todos os tipos. Ele lia todos os livros, as revistas, os jornais, os

Leia mais

Histórias Tradicionais Portuguesas. Alice Vieira AS MOEDAS DE OURO. Autora: Lina. Publicado em: www.escolovar.org

Histórias Tradicionais Portuguesas. Alice Vieira AS MOEDAS DE OURO. Autora: Lina. Publicado em: www.escolovar.org Histórias Tradicionais Portuguesas Alice Vieira AS MOEDAS DE OURO DE PINTO PINTÃO VAMOS CONHECER O LIVRO A CAPA A CONTRACAPA A LOMBADA Observa a capa do livro e responde: 1.Título 2. Nome da autora 3.

Leia mais

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Carnaval 2014 A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Nesta noite vamos fazer uma viagem! Vamos voltar a um tempo que nos fez e ainda nos faz feliz, porque afinal como

Leia mais

DICAS PARA UM ESTUDO EFICAZ

DICAS PARA UM ESTUDO EFICAZ 1 DICAS PARA UM ESTUDO EFICAZ PRESSUPOSTOS DA TÉCNICA Muitos problemas de insucesso escolar devem-se ao facto de os alunos não saberem estudar de modo eficiente. Existem alguns aspetos que devem ser levados

Leia mais

09/09/2004. Discurso do Presidente da República

09/09/2004. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na solenidade de recepção da delegação brasileira que participou das Olimpíadas de Atenas Palácio do Planalto, 09 de setembro de 2004 Meu caro Grael, Meu querido René Simões,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 218, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2012.

RESOLUÇÃO Nº 218, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2012. RESOLUÇÃO Nº 218, DE 28 DE FEVEREIRO DE 2012. Estabelecer procedimentos para divulgação de percentuais de atrasos e cancelamentos de voos do transporte aéreo público regular de passageiros. A DIRETORIA

Leia mais

THALES GUARACY. Liberdade para todos. Leitor iniciante. Leitor em processo. Leitor fluente ILUSTRAÇÕES: AVELINO GUEDES

THALES GUARACY. Liberdade para todos. Leitor iniciante. Leitor em processo. Leitor fluente ILUSTRAÇÕES: AVELINO GUEDES Leitor iniciante Leitor em processo Leitor fluente THALES GUARACY Liberdade para todos ILUSTRAÇÕES: AVELINO GUEDES PROJETO DE LEITURA Maria José Nóbrega Rosane Pamplona Liberdade para todos THALES GUARACY

Leia mais

Material Didáctilo Raul Ventura o Cosmonauta!

Material Didáctilo Raul Ventura o Cosmonauta! Raul Ventura o Cosmonauta! Narrador: Raul era um menino muito curioso! Adorava fazer experiências, conhecer coisas novas! Já tinha efectuado várias viagens a volta de sua casa, na companhia do seu gato

Leia mais

RESOLUÇÃO. Santa Rosa, RS, 29 de fevereiro de 2012.

RESOLUÇÃO. Santa Rosa, RS, 29 de fevereiro de 2012. RESOLUÇÃO CAS Nº 03/2012, DISPÕE A CRIAÇÃO E REGULAMENTAÇÃO DO NÚCLEO DE PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DAS FACULDADES INTEGRADAS MACHADO DE ASSIS FEMA. O CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

NÃO SE ENCONTRA O QUE SE PROCURA

NÃO SE ENCONTRA O QUE SE PROCURA NÃO SE ENCONTRA O QUE SE PROCURA Do Autor: ficção Não te deixarei morrer, David Crockett (Contos e Crónicas), 2001 Equador (Romance), 2003 Premio Grinzane Cavour Narrativa Straniera (Itália) Rio das Flores

Leia mais

Informações e instruções para os candidatos

Informações e instruções para os candidatos A preencher pelo candidato: Nome: N.º de inscrição: Documento de identificação: N.º: Local de realização da prova: A preencher pelo avaliador: Classificação final: Ass: Informações e instruções para os

Leia mais

EXPLORANDO A OBRA (ALUNOS SENTADOS EM CÍRCULO)

EXPLORANDO A OBRA (ALUNOS SENTADOS EM CÍRCULO) Explorando a obra EXPLORANDO A OBRA (ALUNOS SENTADOS EM CÍRCULO) INTRODUÇÃO Antes da leitura Peça para que seus alunos observem a capa por alguns instantes e faça perguntas: Qual é o título desse livro?

Leia mais

GUIÃO DO PROFESSOR. Alice nos País das Maravilhas. Exploração de conteúdos Preparação da visita Caderno do professor

GUIÃO DO PROFESSOR. Alice nos País das Maravilhas. Exploração de conteúdos Preparação da visita Caderno do professor GUIÃO DO PROFESSOR Exploração de conteúdos Preparação da visita Caderno do professor Era Uma Vez Enquadramento Curricular Preparação da visita Matemática Relações e regularidades Geometria descritiva Elementos

Leia mais

Um na Estrada Caio Riter

Um na Estrada Caio Riter Um na Estrada Caio Riter PROJETO DE LEITURA 1 O autor Caio Riter nasceu em 24 de dezembro, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. É bacharel em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Pontifícia

Leia mais

UNIDADE 1. Escreva um relatório sobre a visita à locadora.

UNIDADE 1. Escreva um relatório sobre a visita à locadora. 2 UNIDADE 1 Escreva um relatório sobre a visita à locadora. 3 UNIDADE 2 Entrevista Escreva nesse espaço as 2 perguntas que sua equipe elaborou e registre a resposta dada pelo entrevistado. 4 UNIDADE 3

Leia mais

Sistema de Ensino CNEC 2014-07a-07s-ac-05 Português: Interpretação de texto, construção de frase

Sistema de Ensino CNEC 2014-07a-07s-ac-05 Português: Interpretação de texto, construção de frase 2 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Ciências (Recortar e colar no caderno de Matemática e Ciências.) Nome: A leitura nos faz viajar! Pegue carona com a Estrela Tinim e descubra grandes aventuras!

Leia mais

- Descrever oralmente um espaço natural e um espaço urbano, fazendo uma apresentação dos mesmos para o resto da turma.

- Descrever oralmente um espaço natural e um espaço urbano, fazendo uma apresentação dos mesmos para o resto da turma. Nome da actividade: MAIS UMA ILHA NOS AÇORES Objectivos: - Descrever oralmente um espaço natural e um espaço urbano, fazendo uma apresentação dos mesmos para o resto da turma. - Redigir um texto narrativo

Leia mais

A planificação de atividades para a leitura e educação literária:

A planificação de atividades para a leitura e educação literária: A planificação de atividades para a leitura e educação literária: Apresentação do professor-leitor ao leitor em formação Um percurso de leitura Maria Vitória de Sousa Do professor ao aluno 1. Ler o texto

Leia mais

A. Das hipóteses apresentadas (A, B, C e D), assinala a correcta.

A. Das hipóteses apresentadas (A, B, C e D), assinala a correcta. Língua Portuguesa 8º ano EBI da Charneca de Caparica FICHA DE AVALIAÇÃO FORMATIVA ESCOLA BÁSICA INTEGRADA Nome: N.º: Turma: Data: / / Enc. Educação: Apreciação: Professor: Lê atentamente as questões que

Leia mais

Agrupamento Vertical de Escolas do Viso. Escola E. B. 2.3 do Viso. A vida é uma folha de papel

Agrupamento Vertical de Escolas do Viso. Escola E. B. 2.3 do Viso. A vida é uma folha de papel 1.º Prémio A vida é uma folha de papel A vida pode ser Escura como a noite, Ou clara como as águas cristalinas Que brilham ao calor do sol. A vida pode ser Doce como o mel Ou amarga como o fel. A vida

Leia mais

Iracema estava na brinquedoteca

Iracema estava na brinquedoteca Estórias de Iracema Maria Helena Magalhães Ilustrações de Veridiana Magalhães Iracema estava na brinquedoteca com toda a turma quando recebeu a notícia de que seu sonho se realizaria. Era felicidade que

Leia mais

10 segredos para falar inglês

10 segredos para falar inglês 10 segredos para falar inglês ÍNDICE PREFÁCIO 1. APENAS COMECE 2. ESQUEÇA O TEMPO 3. UM POUCO TODO DIA 4. NÃO PRECISA AMAR 5. NÃO EXISTE MÁGICA 6. TODO MUNDO COMEÇA DO ZERO 7. VIVA A LÍNGUA 8. NÃO TRADUZA

Leia mais

Leya Leituras Projeto de Leitura

Leya Leituras Projeto de Leitura Leya Leituras Projeto de Leitura Nome do livro: O ciclo do Mel Autoras: Cristina Quental e Mariana Magalhães Currículo das autoras: Cristina Quental é educadora infantil e alterna o trabalho na escola

Leia mais

A VIAGEM DO PAI NATAL AOS AÇORES

A VIAGEM DO PAI NATAL AOS AÇORES ANA ISABEL FERREIRA A VIAGEM DO PAI NATAL AOS AÇORES Teatro Para Crianças Ilustrações de Michael J:iudêc,..Letrasa...,ava as edições FICHA TÉCNICA Título - A Viagem do Pai Natal aos Açores Edição - Letras

Leia mais

RESOLVE, TITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

RESOLVE, TITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES RESOLUÇÃO COP Nº 003/2015 REGULAMENTA AS CONDIÇÕES PARA CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DAS MODALIDAES DE BOLSAS DE ESTUDO E DESCONTOS EDUCACIONAIS DA FACULDADE METROPOLITANA DE ANÁPOLIS O Presidente do Conselho

Leia mais

O PODER ESPIRITUAL E O SOBRENATURAL Por David Batty

O PODER ESPIRITUAL E O SOBRENATURAL Por David Batty O PODER ESPIRITUAL E O SOBRENATURAL Por David Batty CADERNO DE ESTUDO Estudos em Grupo Para Novos Cristãos O PODER ESPIRITUAL E O SOBRENATURAL Caderno de Estudo Primeira Edição em Português Por David Batty

Leia mais

capítulo i Perfis...21 capítulo ii Da Rússia a Maceió e Recife... 27

capítulo i Perfis...21 capítulo ii Da Rússia a Maceió e Recife... 27 Sumário Agradecimentos...13 Nota...15 Apresentação........................................................19 capítulo i Perfis...21 capítulo ii Da Rússia a Maceió e Recife... 27 A família reunida Os caminhos

Leia mais

Tema ASCENSÃO DO SENHOR

Tema ASCENSÃO DO SENHOR Encontro n. 6 ema ASCENSÃO DO SENHOR I. ACOLHIDA Ambiente: Lenço branco sobre a mesa, como sinal de despeida; uma cadeira vazia ou um banco próximo ao altar. Bíblia sobre o altar, vela acesa, com flores.

Leia mais

Escola de Português Verão de 2015 Ano 13 Nível 2 Exercícios Semana 1 Parte 2 Revisão Verbos irregulares no pretérito perfeito do indicativo:

Escola de Português Verão de 2015 Ano 13 Nível 2 Exercícios Semana 1 Parte 2 Revisão Verbos irregulares no pretérito perfeito do indicativo: Escola de Português Verão de 2015 Ano 13 Nível 2 Exercícios Semana 1 Parte 2 Revisão Verbos irregulares no pretérito perfeito do indicativo: 1) Complete as frases abaixo com o pretérito perfeito dos seguintes

Leia mais

LEITURA ORIENTADA NA SALA DE AULA

LEITURA ORIENTADA NA SALA DE AULA LEITURA ORIENTADA NA SALA DE AULA UMA AVENTURA NO BOSQUE COLEÇÃO UMA AVENTURA ATIVIDADES PROPOSTAS Leitura na aula em voz alta feita pela professora ou pelos alunos que já lêem sem dificuldade. O ritmo

Leia mais

O príncipe rã. Cuaderrnillo de Actividades correspondiente a Maestra de Primaria N 0 65. curso

O príncipe rã. Cuaderrnillo de Actividades correspondiente a Maestra de Primaria N 0 65. curso O príncipe rã Há muitos anos vivia num majestoso castelo Amália, uma princesa muito bonita e divertida. Ela passava todas as tardes a brincar com o seu brinquedo preferido: uma bolinha de ouro maciço.

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL 2015/2016 PORTUGUÊS - 3ºANO

PLANIFICAÇÃO ANUAL 2015/2016 PORTUGUÊS - 3ºANO DIREÇÃO DE SERVIÇOS DA REGIÃO ALGARVE Agrupamento de Escolas José Belchior Viegas (Sede: Escola Secundária José Belchior Viegas) PLANIFICAÇÃO ANUAL 2015/2016 PORTUGUÊS - 3ºANO METAS Domínios/ Conteúdos

Leia mais

Série 6 o ANO ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO 3º BIMESTRE / 2011

Série 6 o ANO ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO 3º BIMESTRE / 2011 Disciplina LINGUA PORTUGUESA Curso ENSINO FUNDAMENTAL II Professor MARIANA Série 6 o ANO ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO 3º BIMESTRE / 2011 Aluno (a): Número: 1 - Conteúdo: Substantivos: comum

Leia mais

Jimboê. Português. Avaliação. Projeto. 4 o ano. 4 o bimestre

Jimboê. Português. Avaliação. Projeto. 4 o ano. 4 o bimestre Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao quarto bimestre escolar ou às Unidades 7 e 8 do Livro do Aluno. Projeto Jimboê Português 4 o ano Avaliação 4 o bimestre 1 Avaliação Português NOME:

Leia mais

NOME DO ALUNO. TÍTULO DO TRABALHO FINAL DE CURSOS Projeto de Pesquisa

NOME DO ALUNO. TÍTULO DO TRABALHO FINAL DE CURSOS Projeto de Pesquisa NOME DO ALUNO TÍTULO DO TRABALHO FINAL DE CURSOS Projeto de Pesquisa Projeto de Pesquisa apresentado como exigência parcial para aprovação na disciplina Metodologia da Pesquisa no Curso de Pós-Graduação

Leia mais

Desafio para a família

Desafio para a família Desafio para a família Família é ideia de Deus, geradora de personalidade, melhor lugar para a formação do caráter, da ética, da moral e da espiritualidade. O sonho de Deus para a família é que seja um

Leia mais

Língua Portuguesa. Prova a de Aferição de. 2.º Ciclo do Ensino Básico. A preencher pelo aluno (não escrevas o teu nome): idade sexo: F M.

Língua Portuguesa. Prova a de Aferição de. 2.º Ciclo do Ensino Básico. A preencher pelo aluno (não escrevas o teu nome): idade sexo: F M. A preencher pelo aluno (não escrevas o teu nome): idade sexo: F M A preencher pelo GAVE: n.º convencional da escola 2004 Prova a de Aferição de Língua Portuguesa 2.º Ciclo do Ensino Básico A B C D E Observações

Leia mais

EDUCAÇÃO, LETRAMENTO E ALFABETIZAÇÃO A PARTIR DO FILME NARRADORES DE JAVÉ

EDUCAÇÃO, LETRAMENTO E ALFABETIZAÇÃO A PARTIR DO FILME NARRADORES DE JAVÉ EDUCAÇÃO, LETRAMENTO E ALFABETIZAÇÃO A PARTIR DO FILME NARRADORES DE JAVÉ Geane Apolinário Oliveira Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) - Geane-cg@hotmail.com RESUMO: Este

Leia mais

Leitor 2 Este é o dia que o Senhor fez para nós! SL 118

Leitor 2 Este é o dia que o Senhor fez para nós! SL 118 Acolhida Jubilar Recepção de todas as famílias. Acolher com cantos de boas-vindas. Abertura Jubilar Material a ser usado: Coreografia com as cores do Centenário: vermelho, laranja e verde estas cores simbolizam

Leia mais

COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 9º Ano Profº: Clécio Oliveira Língua 65 Portuguesa Aluno (a):. No.

COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 9º Ano Profº: Clécio Oliveira Língua 65 Portuguesa Aluno (a):. No. COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 9º Ano Profº: Clécio Oliveira Língua 65 Portuguesa Aluno (a):. No. Trabalho Avaliativo Valor: 30 % Nota: Minhas Férias Eu, minha mãe, meu pai, minha irmã (Su) e meu cachorro

Leia mais

Unidade Portugal. Ribeirão Preto, de de 2011. AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO II 1 o BIMESTRE

Unidade Portugal. Ribeirão Preto, de de 2011. AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO II 1 o BIMESTRE Unidade Portugal Ribeirão Preto, de de 2011. Nome: 3 o ano (2ª série) AVALIAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO II 1 o BIMESTRE Eixo temático O campo e a cidade. Disciplina/Valor Português 4,0 Matemática 4,0 Hist./Geog.

Leia mais

1ª. Apostila de Filosofia O que é Filosofia? Para que a Filosofia? A atitude filosófica. Apresentação

1ª. Apostila de Filosofia O que é Filosofia? Para que a Filosofia? A atitude filosófica. Apresentação 1 1ª. Apostila de Filosofia O que é Filosofia? Para que a Filosofia? A atitude filosófica. Apresentação O objetivo principal de Introdução Filosofia é despertar no aluno a percepção que a análise, reflexão

Leia mais

RÁDIONOVELA ALÉM DA PRODUTORA 1

RÁDIONOVELA ALÉM DA PRODUTORA 1 RESUMO RÁDIONOVELA ALÉM DA PRODUTORA 1 Felipe Montejano da SILVA 2 Juliana de Carvalho CRAVO 3 Melina Sampaio MANFRINATTI 4 Roberta POMPERMAYER 5 Stéfani Bilibio PARNO 6 Luiz VELOSO 7 Universidade Metodista

Leia mais

O Segredo do Rio. (2004). Miguel Sousa Tavares. 4º ano

O Segredo do Rio. (2004). Miguel Sousa Tavares. 4º ano O Segredo do Rio. (2004). Miguel Sousa Tavares. 4º ano Atividades delineadas para um exemplar por aluno/par. Era uma vez um rapaz que morava numa casa de campo. Era uma casa pequena e branca, com uma chaminé

Leia mais

CINEMA E PÓS-MODERNIDADE

CINEMA E PÓS-MODERNIDADE CINEMA E PÓS-MODERNIDADE Clarissa Souza Palomequé Urbano 2010 www.lusosofia.net Covilhã, 2009 FICHA TÉCNICA Título: Cinema e Pós-modernidade: Brilho eterno de uma mente sem lembranças e os relacionamentos

Leia mais

MÚSICAS. Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé

MÚSICAS. Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé MÚSICAS Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé Hino da Praznik Do Fá Gosto de aqui estar Sol Do E contigo brincar E ao fim vou arranjar

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLARES

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLARES ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLARES GOIÂNIA - 2012 1 ORIENTAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLARES Baseado nas regras da ABNT A pesquisa escolar é uma maneira inteligente de estudar

Leia mais

Módulo III Objetos de Aprendizagem ALFABETIZAÇÃO

Módulo III Objetos de Aprendizagem ALFABETIZAÇÃO ALFABETIZAÇÃO Guia do professor Introdução A leitura e a escrita são instrumentos que auxiliam a promoção da inclusão social. Sendo assim, a alfabetização é um processo relevante e imprescindível para

Leia mais

Como se festeja a Páscoa em Portugal?

Como se festeja a Páscoa em Portugal? Como se festeja a Páscoa em Portugal? É nesta altura em que se limpam muito bem as casas, se pintam (ou caiam, nas zonas em que isso é habitual) e se arranjam pois irá passar o Compasso (a Visita Pascal),

Leia mais

Nome: n.º 4ª série ATIVIDADES DE LÍNGUA PORTUGUESA 4ª SÉRIE. Três conselhos

Nome: n.º 4ª série ATIVIDADES DE LÍNGUA PORTUGUESA 4ª SÉRIE. Três conselhos Disciplina: Língua Portuguesa Professora: Barueri: / 08 / 2010 2ª postagem Nome: n.º 4ª série ATIVIDADES DE LÍNGUA PORTUGUESA 4ª SÉRIE Orientações: - Leia tudo com atenção; - Não cole as atividades no

Leia mais