MARÇO Sexta -Feira 19 Horas PEC-Ombro,Cotovelo e Artroscopia PEC-Ombro,Cotovelo e Artroscopia

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MARÇO.2013. 22-Sexta -Feira 19 Horas PEC-Ombro,Cotovelo e Artroscopia PEC-Ombro,Cotovelo e Artroscopia"

Transcrição

1 MARÇO Sexta-Feira 17 Horas MD. Rodrigo A. Tisot Revisão de Rx - Coluna 04 - Segunda-Feira 17 Horas MD. CÉSAR MARTINS REVISÃO DE RX - JOELHO 05 - Terça- Feira 17 Horas MD. GASTON / JOÃO MARCUS REVISÃO DE RX - PÉ TORNOZELO 05 - Terça- Feira 18 Horas MD. Rodrigo A. Tisot Estenose Degenerativa da Coluna Vertebral 06 - Quarta -Feira 17 Horas MD. ANTERO,BRUNO,MILTON REVISÃO DE RX - QUADRIL 07- Quinta- Feira 18 Horas MD. Rodrigo Algarve Lesões ligamentares crônicas do joelho 08-Sexta -Feira 17 Horas MD.ALEXANDRE MICHELIN REVISÃO DE RX - JOELHO 11 - Segunda-Feira 17 Horas MD. FRANCISCO NETO REVISÃO DE RX - OMBRO 12 - Terça- Feira 18 Horas MD. Michelle Zanferari Anatomia da coluna Vertebral e vias de acesso cirúrgico 13 - Quarta -Feira 17 Horas MD. GASTON / JOÃO MARCUS REVISÃO DE RX - PÉ TORNOZELO 14- Quinta- Feira 18 Horas MD. Éder Martel Tendinite calcárea e do bíceps 15-Sexta -Feira 17 Horas MD. ÉDER MARTEL REVISÃO DE RX - OMBRO 18 - Segunda-Feira 17 Horas MD. JULIANO VIEIRA REVISÃO DE RX - COLUNA 19 - Terça- Feira 18 Horas MD. César Martins Patologia fêmoro-patelar 20 - Quarta -Feira 17 Horas MD. ANTERO, BRUNO, MILTON REVISÃO DE RX - QUADRIL 21- Quinta- Feira 17 Horas MD.CAROLINA SAMPAIO REVISÃO DE RX - MÃO 21- Quinta- Feira 18 Horas MD. Augusto Badotti Exame Físico da coluna Vertebral 22-Sexta -Feira 19 Horas PEC-Ombro,Cotovelo e Artroscopia PEC-Ombro,Cotovelo e Artroscopia 23-Sábado 09 Horas PEC-Ombro,Cotovelo e Artroscopia PEC-Ombro,Cotovelo e Artroscopia 25- Segunda-Feira 17 Horas MD.MICHELLE ZANFERARI REVISÃO DE RX - INFANTIL 26 - Terça- Feira 17 Horas MD. FABIO LHAMBY REVISÃO DE RX - MÃO 26 - Terça- Feira 18 Horas MD. Alexandre Michelin Menisco discóide, meniscorrafia e cisto poplíteo 27-Quarta-Feira 18 Horas MD.RODRIGO A. / RODRIGO TISOT PROVA ORAL I 28- Quinta-Feira 18 Horas MD. RODRIGO ALGARVE PROVA ESCRITA I ABRIL Segunda-Feira 17 Horas MD. FRANCISCO NETO REVISÃO DE RX - OMBRO 02-Terça-Feira 17 Horas MD. GASTON / JOÃO MARCUS REVISÃO DE RX - PÉ TORNOZELO 02-Terça-Feira 18 Horas MD. César Martins Cirurgia de reconstrução do LCP e canto LP 03- Quarta -Feira 17 Horas MD. AIRTON RODRIGUES REVISÃO DE RX - OMBRO 04- Quinta- Feira 18 Horas MD.MARCELO ASSIS Deformidades angulares e rotacionais dos membros inferiores 05-Sexta -Feira 17 Horas MD. ANTERO,BRUNO,MILTON REVISÃO DE RX - QUADRIL 08- Segunda-Feira 17 Horas MD. RENATO SANTOS REVISÃO DE RX - COLUNA

2 09-Terça-Feira 17 Horas MD. GASTON / JOÃO MARCUS REVISÃO DE RX - PÉ TORNOZELO 09-Terça-Feira 18 Horas MD. Michelle Zanferari Anatomia do ombro e vias de acesso cirúrgico 10- Quarta -Feira 17 Horas MD. ANTERO, BRUNO, MILTON REVISÃO DE RX - QUADRIL 11- Quinta- Feira 18 Horas MD. Alexandre Michelin Artroplastia de revisão do joelho 12-Sexta -Feira 17 Horas MD. ALEXANDRE MICHELIN REVISÃO DE RX - JOELHO 15- Segunda-Feira 17 Horas MD. AUGUSTO BADOTTI REVISÃO DE RX - COLUNA 16-Terça-Feira 18 Horas MD. Éder Martel Exame físico do Ombro 17- Quarta -Feira 17 Horas MD. MARCELO ASSIS REVISÃO DE RX - INFANTIL 18- Quinta- Feira 18 Horas MD. Francisco Neto Ombro congelado 19-Sexta -Feira 19 Horas AMEPLAN AMEPLAN 20-Sábado 09 Horas PEC do Trauma PEC do Trauma 22- Segunda-Feira 17 Horas MD. CÉSAR MARTINS REVISÃO DE RX - JOELHO 23-Terça-Feira 18 Horas MD. Airton Rodrigues Instabilidade do Ombro/Mesma do dia 06/08/ Quarta -Feira 17 Horas MD. ANTERO, BRUNO, MILTON REVISÃO DE RX - QUADRIL 25- Quinta- Feira 17 Horas CAROLINA SAMPAIO REVISÃO DE RX - MÃO 25- Quinta- Feira 18 Horas MD. Michelle Zanferari Paralisia Obstétrica 26-Sexta -Feira 17 Horas MD. AIRTON RODRIGUES REVISÃO DE RX -OMBRO 29- Segunda-Feira 17 Horas MD. ÉDER MARTEL REVISÃO DE RX - OMBRO 30-Terça-Feira 17 Horas MD. GASTON / JOÃO MARCUS REVISÃO DE RX - PÉ TORNOZELO 30-Terça-Feira 18 Horas MD. Carlos Oliveira Síndromes compressivas dos nervos periféricos dos membros superiores MAIO Quinta- Feira 17 Horas MD. CÉSAR MARTINS REVISÃO DE RX - JOELHO 02- Quinta- Feira 18 Horas MD. Fábio Lhamby Kienbock, impacto ulnocarpal, Dupuytren, De Quervain e cistos 02- Quinta- Feira 18 Horas MD. MICHELLE ZANFERARI Paralisia Obstétrica 03-Sexta -Feira 17 Horas MD. ALEXANDRE MICHELIN REVISÃO DE RX - JOELHO 06- Segunda-Feira 17 Horas MD. MICHELLE ZANFERARI REVISÃO DE RX - INFANTIL 07-Terça-Feira 18 Horas MD. Rodrigo Algarve Fraturas Expostas 08- Quarta -Feira 17 Horas MD. ANTERO, BRUNO, MILTON REVISÃO DE RX - QUADRIL 09- Quinta- Feira 18 Horas MD. Carlos Oliveira Afecções da articulação rádio-ulnar distal 10-Sexta -Feira 17 Horas MD. AUGUSTO BADOTTI REVISÃO DE RX - COLUNA 13- Segunda-Feira 17 Horas MD. FRANCISCO NETO REVISÃO DE RX - OMBRO 13- Segunda-Feira 18 Horas MD.AUGUSTO BADOTTI Exame Físico da Coluna Vertebral 14-Terça-Feira 18 Horas MD. Michelle Zanferari Anatomia do cotovelo e antebraço e vias de acesso cirúrgico

3 15- Quarta -Feira 17 Horas MD. MARCELO ASSIS REVISÃO DE RX - INFANTIL 16- Quinta- Feira 17 Horas MD. CAROLINA SAMPAIO REVISÃO DE RX - MÃO 16- Quinta- Feira 18 Horas MD. Alexandre Michelin Fraturas do planalto Tibial 16- Quinta- Feira 18 Horas MD. Fábio Lhamby Kienbock, impacto ulnocarpal, Dupuytren, De Quervain e cistos 17-Sexta -Feira 17 Horas MD. RODRIGO ALGARVE REVISÃO DE RX - JOELHO 20- Segunda-Feira 17 Horas MD. MICHELLE ZANFERARI REVISÃO DE RX - INFANTIL 21-Terça-Feira 17 Horas MD. GASTON / JOÃO MARCUS REVISÃO DE RX - PÉ TORNOZELO 21-Terça-Feira 18 Horas MD. Rodrigo Tisot Cervicobraquialgias 22- Quarta -Feira 17 Horas MD. ANTERO, BRUNO, MILTON REVISÃO DE RX - QUADRIL 23 Quinta- Feira 18 Horas MD. Éder Martel Exame físico do cotovelo 27- Segunda-Feira 17 Horas MD. FRANCISCO NETO REVISÃO DE RX - TUMORES 28-Terça-Feira 17 Horas MD. GASTON / JOÃO MARCUS REVISÃO DE RX - PÉ TORNOZELO 28-Terça-Feira 18 Horas MD. Celso Scorssato Histologia e Consolidação de Fraturas 29- Quarta -Feira 17 Horas MD. JULIANO VIEIRA/RODRIGO TISOT REVISÃO DE RX - COLUNA 31-Sexta -Feira 17 Horas MD. CARLOS OLIVEIRA REVISÃO DE RX - MÃO JUNHO Segunda-Feira 17 Horas MD. AUGUSTO BADOTTI REVISÃO DE RX - COLUNA 04-Terça-Feira 17 Horas MD. FÁBIO LHAMBY/CAROLINA SAMPAIO REVISÃO DE RX - MÃO 04-Terça-Feira 18 Horas MD. Fábio Lhamby/CAROLINA SAMPAIO Microcirurgia e reimplantes 05- Quarta -Feira 17 Horas MD. ANTERO, BRUNO, MILTON REVISÃO DE RX - QUADRIL 06- Quinta- Feira 18 Horas MD. Michelle Zanferari/CAROLINA SAMPAIO Anatomia da mão e punho e vias de acesso cirúrgico 07-Sexta -Feira 17 Horas MD. RODRIGO ALGARVE REVISÃO DE RX - JOELHO 07-Sexta -Feira 19 Horas PEC DO QUADRIL PEC DO QUADRIL 08- Sábado 09 Horas PEC DO QUADRIL PEC DO QUADRIL 10- Segunda-Feira 17 Horas MD. RODRIGO TISOT REVISÃO DE RX - COLUNA 11-Terça-Feira 17 Horas MD. GASTON / JOÃO MARCUS REVISÃO DE RX - PÉ TORNOZELO 11-Terça-Feira 18 Horas MD. Fábio Lhamby/CAROLINA SAMPAIO Lesão de ponta do dedo e cobertura cutânea da mão 12- Quarta -Feira 17 Horas MD. MARCELO ASSIS REVISÃO DE RX -INFANTIL 13- Quinta- Feira 17 Horas MD. CAROLINA SAMPAIO/Fábio Lhamby REVISÃO DE RX - MÃO 13- Quinta- Feira 18 Horas MD. CAROLINA SAMPAIO/Fábio Lhamby Exame físico da mão e punho 14-Sexta -Feira 17 Horas MD. CÉSAR MARTINS REVISÃO DE RX - JOELHO 17- Segunda-Feira 17 Horas MD. RENATO DOS SANTOS REVISÃO DE RX - COLUNA 18-Terça-Feira 17 Horas MD. FÁBIO LHAMBY REVISÃO DE RX - MÃO 18-Terça-Feira 18 Horas MD. Celso Scorssato Princípios do tratamento das fraturas fechadas e princípios de osteossíntese 19- Quarta -Feira 17 Horas MD. ANTERO, BRUNO, MILTON REVISÃO DE RX - QUADRIL

4 20- Quinta- Feira 18 Horas MD. Rodrigo Algarve Artrodese do Joelho 21-Sexta -Feira 17 Horas MD. ÉDER MARTEL REVISÃO DE RX - OMBRO 24- Segunda-Feira 17 Horas MD. FRANCISCO NETO REVISÃO DE RX - OMBRO 24- Segunda-Feira 18 Horas MD. CÉSAR MARTINS/Celso Scorssato REVISÃO DE RX - JOELHO 25-Terça-Feira 18 Horas MD. Alexandre Michelin Luxações do Joelho 26- Quarta -Feira 17 Horas MD. AIRTON RODRIGUES REVISÃO DE RX - OMBRO 27- Quinta- Feira 17 Horas MD. ÉDER MARTEL REVISÃO DE RX - OMBRO 27- Quinta- Feira 18 Horas MD. Rodrigo Algarve Fraura Exposta 28-Sexta -Feira 17 Horas MD.EDUARDO LUDTKE REVISÃO DE RX - JOELHO 28-Sexta -Feira 19 Horas PEC da Pediátrica PEC da Pediátrica 29-Sábado 09 Horas PEC da Pediátrica PEC da Pediátrica JULHO Segunda-Feira 17 Horas MD. CAROLINA SAMPAIO REVISÃO DE RX - MÃO 01- Segunda-Feira 18 Horas MD. AIRTON RODRIGUES REVISÃO DE RX - OMBRO 02-Terça-Feira 17 Horas MD. GASTON / JOÃO MARCUS REVISÃO DE RX - PÉ TORNOZELO 02-Terça-Feira 18 Horas MD. João M. do Prado Fixadores externos 03- Quarta -Feira 17 Horas MD. ANTERO, BRUNO, MILTON REVISÃO DE RX - QUADRIL 03- Quarta -Feira 18 Horas MD. Rodrigo Algarve Fraturas Expostas 04- Quinta- Feira 17 Horas MD.MICHELLE ZANFERARI REVISÃO DE RX- INFANTIL 04- Quinta- Feira 18 Horas MD. Marcelo Assis Descolamento Epifisário 05-Sexta -Feira 17 Horas MD. CÉSAR MARTINS REVISÃO DE RX - JOELHO 08- Segunda-Feira 17 Horas MD. JULIANO VIEIRA REVISÃO DE RX - COLUNA 08- Segunda-Feira 18 Horas MD. AIRTON RODRIGUES REVISÃO DE RX -OMBRO 09-Terça-Feira 18 Horas MD. Michelle Zanferari Anatomia e vias de acesso da pelve e fêmur proximal 10- Quarta -Feira 17 Horas MD. MARCELO ASSIS REVISÃO DE RX - INFANTIL 10- Quarta -Feira 18 Horas MD. João M. do Prado Fixadores externos 11- Quinta- Feira 17 Horas MD. CARLOS OLIVEIRA REVISÃO DE RX - MÃO 11- Quinta- Feira 18 Horas MD. Marcelo Assis Osteocondrites e Osteocondroses 12-Sexta -Feira 17 Horas MD. CÉSAR MARTINS REVISÃO DE RX - JOELHO 12-Sexta -Feira 18 Horas MD. Marcelo Assis Osteocondrites e Osteocondroses 15- Segunda-Feira 17 Horas MD. AUGUSTO BADOTTI REVISÃO DE RX - COLUNA 16-Terça-Feira 17 Horas MD. FÁBIO LHAMBY REVISÃO DE RX - MÃO 16-Terça-Feira 18 Horas MD. Bruno Roos Exame físico da pelve e ariculação coxo-femural

5 17- Quarta -Feira 17 Horas MD. ANTERO, BRUNO, MILTON REVISÃO DE RX - QUADRIL 17- Quarta -Feira 18 Horas CARLOS OLIVEIRA Sindromes Compressivas dos Nervos periféricos dos membros superiores 18- Quinta- Feira 18 Horas MD. Michelle Zanferari Osteomielite hematogênica aguda 19-Sexta -Feira 17 Horas MD.RODRIGO ALGARVE/EDUARDO LUDTKE REVISÃO DE RX - JOELHO 19-Sexta -Feira 18 Horas MD. AIRTON RODRIGUES REVISÃO DE RX -OMBRO 22- Segunda-Feira 17 Horas MD.RENATO T. SANTOS REVISÃO DE RX - COLUNA 22- Segunda-Feira 18 Horas MD. Michelle Zanferari Anatomia e vias de acesso da pelve e fêmur proximal 23-Terça-Feira 17 Horas MD. GASTON/JOÃO MARCUS REVISÃO DE RX - PÉ E TORNOZELO 23-Terça-Feira 18 Horas MD. JOANA ROVANI ORTESES E PROTESE 24- Quarta -Feira 17 Horas MD. AIRTON RODRIGUES REVISÃO DE RX -OMBRO 24- Quarta -Feira 17 Horas MD.CÉSAR MARTINS REVISÃO DE RX- JOELHO 25- Quinta- Feira 18 Horas MD.MARCELO ASSIS MARCHA NORMAL E PATOLÓGICA 26-Sexta -Feira 17 Horas MD. ALEXANDRE MICHELIN REVISÃO DE RX - JOELHO 29- Segunda-Feira 17 Horas MD. AIRTON RODRIGUES REVISÃO DE RX - OMBRO 29- Segunda-Feira 18 Horas MD. Michelle Zanferari Osteomielite hematogênica aguda 30-Terça-Feira 17 Horas MD. FÁBIO LHAMBY REVISÃO DE RX - MÃO 30-Terça-Feira 18 Horas MD. ÉDER MARTEL FRATURAS DE CLAVÍCULA E ESCÁPULA 31- Quarta -Feira 17 Horas MD.AIRTON RODRIGUES REVISÃO DE RX - OMBRO 31- Quarta -Feira 18 Horas REUNIÃO CORPO CLÍNICO REUNIÃO CORPO CLÍNICO AGOSTO Quinta- Feira 17 Horas MD. CAROLINA SAMPAIO REVISÃO DE RX- MÃO 01- Quinta- Feira 18 Horas MD. ÉDER MARTEL LUXAÇÃO ACRÔMIOCLAVICULAR E GLENOUMERAL 02-Sexta -Feira 17 Horas MD.RODRIGO ALGARVE REVISÃO DE RX - JOELHO 05- Segunda-Feira 17 Horas MD. FRANCISCO NETO REVISÃO DE RX - OMBRO 06-Terça-Feira 17 Horas MD. GASTON/JOÃO MARCUS REVISÃO DE RX - PÉ E TORNOZELO 06-Terça-Feira 18 Horas MD. AIRTON RODRIGUES INSTABILIDADE GLENOUMERAL 07- Quarta -Feira 17 Horas MD. MICHELLE ZANFERARI REVISÃO DE RX - INFANTIL 08- Quinta- Feira 18 Horas MD.MICHELLE ZANFERARI Anatomia do joelho e vias de acesso cirúrgico do joelho e perna 09-Sexta -Feira 19 Horas PEC -Joelho e Artroscopia PEC -Joelho e Artroscopia 10-Sábado 09 Horas PEC -Joelho e Artroscopia PEC -Joelho e Artroscopia 12- Segunda-Feira 17 Horas MD. CAROLINA SAMPAIO REVISÃO DE RX - MÃO 12- Segunda-Feira 18 Horas MD.CÉSAR MARTINS Cirurgia de reconstrução do LCP e canto LP

6 13-Terça-Feira 17 Horas MD. CAROLINA SAMPAIO REVISÃO DE RX - MÃO 13-Terça-Feira 18 Horas MD. ÉDER MARTEL FRATURAS PROXIMAIS DO ÚMERO 14- Quarta -Feira 17 Horas MD. ANTERO, BRUNO, MILTON REVISÃO DE RX - QUADRIL 15- Quinta- Feira 18 Horas MD.RODRIGO ALGARVE Exame físico do joelho 16-Sexta -Feira 17 Horas MD. CELSO SCORSATTO REVISÃO DE RX - JOELHO 16-Sexta -Feira 18 Horas MD. ÉDER MARTEL LUXAÇÃO ACRÔMIOCLAVICULAR E GLENOUMERAL 19- Segunda-Feira 17 Horas MD. AUGUSTO BADOTTI REVISÃO DE RX - COLUNA 19- Segunda-Feira 18 Horas REUNIÃO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REUNIÃO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 20-Terça-Feira 17 Horas MD. FÁBIO LHAMBY REVISÃO DE RX - MÃO 20-Terça-Feira 18 Horas MD. FRANCISCO NETO FRATURAS DIAFISARIAS DO ÚMERO 21- Quarta -Feira 17 Horas MD. MARCELO ASSIS REVISÃO DE RX - INFANTIL 22 Quinta- Feira 18 Horas MD. AIRTON RODRIGUES FRATURA DISTAIS DO ÚMERO E LUXAÇÕES DO COTOVELO EM ADULTOS 23-Sexta -Feira 17 Horas MD. RODRIGO ALGARVE REVISÃO DE RX - JOELHO 26- Segunda-Feira 17 Horas MD. CAROLINA SAMPAIO REVISÃO DE RX - MÃO 27-Terça-Feira 17 Horas MD. GASTON / JOÃO MARCUS REVISÃO DE RX - PÉ E TORNOZELO 27-Terça-Feira 18 Horas MD. ÉDER MARTEL FRATURAS DA CABEÇA DO RÁDIO E OLÉCRANO 28- Quarta -Feira 17 Horas MD. ANTERO, BRUNO, MILTON REVISÃO DE RX - QUADRIL 28- Quarta -Feira 18 Horas REUNIÃO CORPO CLÍNICO/REUNIÃO CLÍNICA REUNIÃO CORPO CLÍNICO/REUNIÃO CLÍNICA 29- Quinta- Feira 18 Horas MD. RODRIGO ALGARVE FRATURA DISTAL DO FÊMUR E DA PATELA 30-Sexta -Feira 17 Horas MD. CARLOS OLIVEIRA REVISÃO DE RX - MÃO SETEMBRO Segunda-Feira 17 Horas MD. FRANCISCO NETO REVISÃO DE RX - TUMORES 03-Terça-Feira 17 Horas MD.FÁBIO LHAMBY REVISÃO DE RX - MÃO 03-Terça-Feira 18 Horas MD. MICHELLE ZANFERARI FRATURAS AO NIVEL DO COTOVELO NA CRIANÇA 04- Quarta -Feira 17 Horas MD. ANTERO, BRUNO, MILTON REVISÃO DE RX - QUADRIL 05- Quinta- Feira 18 Horas MD.MICHELLE ZANFERARI Anatomia do pé e tornozelo e vias de acesso cirúrgico 06-Sexta -Feira 17 Horas MD. ALEXANDRE MICHELIN REVISÃO DE RX - JOELHO 09- Segunda-Feira 17 Horas MD. RODRIGO TISOT REVISÃO DE RX - COLUNA 10-Terça-Feira 17 Horas MD. GASTON / JOÃO MARCUS REVISÃO DE RX - PÉ E TORNOZELO 10-Terça-Feira 18 Horas MD. FÁBIO LHAMBY FRATURAS DISTAIS DO RÁDIO ADULTO

7 11- Quarta -Feira 17 Horas MD. ANTERO, BRUNO, MILTON REVISÃO DE RX - QUADRIL 13-Sexta -Feira 17 Horas MD.ÉDER MARTEL REVISÃO DE RX - OMBRO 16- Segunda-Feira 17 Horas MD. RENATO T. DOS SANTOS REVISÃO DE RX - COLUNA 16- Segunda-Feira 18 Horas REUNIÃO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REUNIÃO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 17-Terça-Feira 17 Horas MD. FÁBIO LHAMBY REVISÃO DE RX - MÃO 17-Terça-Feira 18 Horas MD. FÁBIO LHAMBY FRATURAS DO ESCAFÓIDE E OSSOS CARPO 18- Quarta -Feira 17 Horas MD. AIRTON RODRIGUES REVISÃO DE RX - OMBRO 19- Quinta- Feira 18 Horas MD. MARCELO ASSIS FRATURAS DO PUNHO DA CRIANÇA 20-Sexta -Feira 17 Horas MD. ALEXANDRE MICHELIN REVISÃO DE RX - JOELHO 23- Segunda-Feira 17 Horas MD. AUGUSTO BADOTTI REVISÃO DE RX - COLUNA 24-Terça-Feira 17 Horas MD.Marcelo de Assis REVISÃO DE RX - INFANTIL 24-Terça-Feira 18 Horas MD. CARLOS OLIVEIRA INSTABILIDADE CÁRPICA 25- Quarta -Feira 17 Horas MD. ANTERO, BRUNO, MILTON REVISÃO DE RX - QUADRIL 25- Quarta -Feira 18 Horas REUNIÃO CORPO CLÍNICO/REUNIÃO CLÍNICA REUNIÃO CORPO CLÍNICO/REUNIÃO CLÍNICA 26- Quinta- Feira 18 Horas MD. FÁBIO LHAMBY FRATURAS DA MÃO (DEDOS) 27-Sexta -Feira 19 Horas PEC - Mão e Microcirurgia PEC - Mão e Microcirurgia 28-Sábado 09 Horas PEC - Mão e Microcirurgia PEC - Mão e Microcirurgia 30- Segunda-Feira 17 Horas MD. FRANCISCO NETO REVISÃO DE RX- TUMORES OUTUBRO Terça-Feira 17 Horas MD. FÁBIO LHAMBY REVISÃO DE RX - MÃO 01-Terça-Feira 18 Horas MD. FÁBIO LHAMBY LUXAÇÕES DA MÃO 02- Quarta -Feira 17 Horas MD. ANTERO, BRUNO, MILTON REVISÃO DE RX - QUADRIL 03- Quinta- Feira 18 Horas MD. CARLOS OLIVEIRA LESÕES DOS TENDÕES FLEXORES E EXTENSORES DO PUNHO E MÃO 04-Sexta -Feira 17 Horas MD.RODRIGO ALGARVE REVISÃO DE RX - JOELHO 07- Segunda-Feira 17 Horas MD. CÉSAR MARTINS REVISÃO DE RX - JOELHO 08-Terça-Feira 17 Horas MD. GASTON / JOÃO MARCUS REVISÃO DE RX - PÉ TORNOZELO 09- Quarta -Feira 17 Horas MD. JULIANO VIEIRA REVISÃO DE RX - COLUNA 10- Quinta- Feira 18 Horas MD. FÁBIO LHAMBY LESÕES DOS NERVOS PERIFÉRICOS 11-Sexta -Feira 17 Horas MD. ÉDER MARTEL REVISÃO DE RX - OMBRO 14- Segunda-Feira 17 Horas MD. CAROLINA SAMPAIO REVISÃO DE RX - MÃO

8 15-Terça-Feira 18 Horas MD. FÁBIO LHAMBY LESÕES DO PLEXO BRAQUIAL 16- Quarta -Feira 17 Horas MD. ANTERO, BRUNO, MILTON REVISÃO DE RX - QUADRIL 17- Quinta- Feira 18 Horas MD. RODRIGO TISOT FRATURAS COLUNA TÓRACO-LOMBAR E SACRO 18-Sexta -Feira 17 Horas MD. CARLOS OLIVEIRA REVISÃO DE RX - MÃO 18-Sexta -Feira 19 Horas PEC - Coluna PEC - Coluna 19-Sábado 09Horas PEC - Coluna PEC - Coluna 21- Segunda-Feira 17 Horas MD. FRANCISCO NETO REVISÃO DE RX - OMBRO 21- Segunda-Feira 18 Horas REUNIÃO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REUNIÃO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 22-Terça-Feira 18 Horas MD. JULIANO VIEIRA FRATURAS E LUXAÇÕES DA COLUNA CERVICAL 23- Quarta -Feira 17 Horas MD. ANTERO, BRUNO, MILTON REVISÃO DE RX - QUADRIL 24- Quinta- Feira 18 Horas MD. AUGUSTO BADOTTI TRAUMATISMO RAQUIMEDULAR 25-Sexta -Feira 17 Horas MD. RODRIGO ALGARVE REVISÃO DE RX - JOELHO 28- Segunda-Feira 17 Horas MD. RENATO T. DOS SANTOS REVISÃO DE RX - COLUNA 29-Terça-Feira 17 Horas MD. GASTON / JOÃO MARCUS REVISÃO DE RX - PÉ TORNOZELO 29-Terça-Feira 18 Horas MD. ANTERO C. JUNIOR FRATURAS DO ANEL PÉLVICO 30- Quarta -Feira 17 Horas MD. ÉDER MARTEL REVISÃO DE RX - OMBRO 30- Quarta -Feira 18 Horas REUNIÃO CORPO CLÍNICO/REUNIÃO CLÍNICA REUNIÃO CORPO CLÍNICO/REUNIÃO CLÍNICA 31- Quinta- Feira 18 Horas MD. BRUNO ROOS FRATURAS E LUXAÇÕES DO ACETÁBULO NOVEMBRO Sexta-Feira 17 Horas MD. ALEXANDRE MICHELIN REVISÃO DE RX - JOELHO 04 - Segunda-Feira 17 Horas MD. FRANCISCO NETO REVISÃO DE RX - TUMORES 05 - Terça- Feira 17 Horas MD. GASTON / JOÃO MARCUS REVISÃO DE RX - PÉ TORNOZELO 05 - Terça- Feira 18 Horas MD. BRUNO ROOS SEQUELAS DAS DISPLASIAS DO DESENVOLVIMENTO DO QUADRIL NO ADULTO 06 - Quarta -Feira 17 Horas MD. MICHELLE ZANFERARI REVISÃO DE RX - INFANTIL 07- Quinta- Feira 19 Horas PEC- Tumores PEC- Tumores 11 - Segunda-Feira 17 Horas MD. JULIANO VIEIRA REVISÃO DE RX - COLUNA 12 - Terça- Feira 18 Horas MD. RODRIGO A / TODRIGO TISOT PROVA ORAL II 13 - Quarta -Feira 18 Horas MD. RODRIGO ALGARVE PROVA ESCRITA II 14- Quinta- Feira 18 Horas MD. ANTERO C. JUNIOR FRATURAS DO COLO DO FÊMUR 18 - Segunda-Feira 17 Horas MD. RODRIGO TISOT REVISÃO DE RX - COLUNA

9 18 - Segunda-Feira 18 Horas REUNIÃO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REUNIÃO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO 19 - Terça- Feira 18 Horas MD. BRUNO ROOS DEMAIS FRATURAS PROXIMAIS DO FÊMUR 20 - Quarta -Feira 17 Horas MD. AIRTON RODRIGUES REVISÃO DE RX - OMBRO 21- Quinta- Feira 18 Horas MD. MARCELO ASSIS FRATURAS PROXIMAIS DO FÊMUR DA CRIANÇA 22-Sexta -Feira 17 Horas MD. ALEXANDRE MICHELIN REVISÃO DE RX - JOELHO 25- Segunda-Feira 17 Horas MD. FRANCISCO NETO REVISÃO DE RX - OMBRO 26 - Terça- Feira 17 Horas MD. MARCELO ASSIS REVISÃO DE RX - INFANTIL 26 - Terça- Feira 18 Horas MD. BRUNO ROOS FRATURA DIÁFISE DO FÊMUR 27 - Quarta -Feira 17 Horas MD. MICHELI ZANFERARI REVISÃO DE RX - INFANTIL 27 - Quarta -Feira 18 Horas REUNIÃO CORPO CLÍNICO/REUNIÃO CLÍNICA REUNIÃO CORPO CLÍNICO/REUNIÃO CLÍNICA 28- Quinta- Feira 18 Horas MD. ALEXANDRE MICHELIN LESÕES LIGAMENTARES AGUDAS DO JOELHO 29-Sexta -Feira 17 Horas MD. ÉDER MARTEL REVISÃO DE RX - OMBRO

PROGRAMAÇÃO AULAS - R1 (2 as Feiras)

PROGRAMAÇÃO AULAS - R1 (2 as Feiras) 1 PROGRAMAÇÃO AULAS - R1 (2 as Feiras) DATA TEMA ASSISTENTE 07/02/2011 Embriologia e Histologia Óssea Dr. Ricardo 14/02/2011 Fisiologia e Consolidação das Fraturas Dr. Evandro 21/02/2011 Fixadores Externos

Leia mais

ECO - ONLINE (EDUCAÇÃO CONTINUADA EM ORTOPEDIA ONLINE)

ECO - ONLINE (EDUCAÇÃO CONTINUADA EM ORTOPEDIA ONLINE) ECO - ONLINE (EDUCAÇÃO CONTINUADA EM ORTOPEDIA ONLINE) DESCRIÇÃO: Aulas interativas ao vivo pela internet. Participe ao vivo, respondendo as enquetes e enviando suas perguntas. Vale pontos para a Revalidação

Leia mais

COMISSÃO DE ENSINO E TREINAMENTO DA SBOT Programa de Ensino e Treinamento em Ortopedia e Traumatologia

COMISSÃO DE ENSINO E TREINAMENTO DA SBOT Programa de Ensino e Treinamento em Ortopedia e Traumatologia 1 COMISSÃO DE ENSINO E TREINAMENTO DA SBOT Programa de Ensino e Treinamento em Ortopedia e Traumatologia INTRODUÇÃO Um serviço de especialização em Ortopedia e Traumatologia tem como MISSÂO Especializar

Leia mais

PONTO-FINAL CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA

PONTO-FINAL CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA PONTO-FINAL CUO DE ATUALIZAÇÃO EM ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA DERIÇÃO: Cursos presenciais Vale 3,0 pontos para a Revalidação do TEOT PROGRAMAÇÃO: OSTEONECROSE DA CABEÇA BELÉM/ PA 18.05.2007 SEXTA-FEIRA 20:00-20:20

Leia mais

Resolução CNRM Nº 02, de 20 de agosto de 2007

Resolução CNRM Nº 02, de 20 de agosto de 2007 Resolução CNRM Nº 02, de 20 de agosto de 2007 Dispõe sobre a duração e o conteúdo programático da Residência Médica de Cirurgia da Mão O PRESIDENTE DA COMISSÃO NACIONAL DE RESIDÊNCIA MÉDICA, no uso das

Leia mais

Prefeitura da Estãncia de Atibaia

Prefeitura da Estãncia de Atibaia Prefeitura da Estãncia de Atibaia 4 ANEXO I A5 a A9 Tuberculose Somente quando em tratamento 6 meses A30 Hanseníase Somente durante tratamento B24 Doença pelo Virus da Imunodeficiência Humana (HIV) Somente

Leia mais

SECRETARIA DE SAÚDE DE PERNAMBUCO PROCESSO SELETIVO À RESIDÊNCIA MÉDICA ATENÇÃO

SECRETARIA DE SAÚDE DE PERNAMBUCO PROCESSO SELETIVO À RESIDÊNCIA MÉDICA ATENÇÃO SECRETARIA DE SAÚDE DE PERNAMBUCO PROCESSO SELETIVO À RESIDÊNCIA MÉDICA DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO Não deixe de preencher as informações a seguir. Prédio Sala Nome do Candidato Nº de Identidade

Leia mais

RESUMO DO PROGRAMA DE RESIDENCIA MÉDICA EM CIRURGIA DA MÃO DO IOT PASSO FUNDO - RS

RESUMO DO PROGRAMA DE RESIDENCIA MÉDICA EM CIRURGIA DA MÃO DO IOT PASSO FUNDO - RS RESUMO DO PROGRAMA DE RESIDENCIA MÉDICA EM CIRURGIA DA MÃO DO IOT PASSO FUNDO - RS UNIDADE DIAS E HORÁRIOS PERÍODO A programação de aulas pode ser IOT alterada devido a feriados e datas Início: 2 de março

Leia mais

Diretrizes Assistenciais. UPA Ortopedia

Diretrizes Assistenciais. UPA Ortopedia Diretrizes Assistenciais UPA Ortopedia Versão eletrônica atualizada em fev/2012 DIRETRIZ DE ATENDIMENTO ORTOPÉDICO NAS UNIDADES DE PRIMEIRO ATENDIMENTO (UPAs) DO HOSPITAL ISRAELITA ALBERT EINSTEIN As Unidades

Leia mais

SOCIEDADE BRASILEIRA DE ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA REGIMENTO INTERNO DA CET

SOCIEDADE BRASILEIRA DE ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA REGIMENTO INTERNO DA CET SOCIEDADE BRASILEIRA DE ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA REGIMENTO INTERNO DA CET CAPÍTULO 1 Objetivos e Finalidades 1.1. Regulamentar a atividade dos Programas de Residência e Especialização em Ortopedia e Traumatologia.

Leia mais

O SECRETÁRIO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE. no uso de suas atribuições, RESOLVE:

O SECRETÁRIO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE. no uso de suas atribuições, RESOLVE: PORTARIA N 42/MS/SAS DE 17 DE MARÇO DE 1994 O SECRETÁRIO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE. no uso de suas atribuições, RESOLVE: 1. Estabelecer os procedimentos de Alta Complexidade da área de Ortopedia. constantes

Leia mais

PROCESSO SELETIVO FUNCAMP Nº 043/2009

PROCESSO SELETIVO FUNCAMP Nº 043/2009 PROCESSO SELETIVO FUNCAMP Nº 043/2009 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PARA O AMBULATÓRIO MÉDICO DE ESPECIALIDADES - AME- RIO CLARO A Fundação de Desenvolvimento da Unicamp - FUNCAMP

Leia mais

Abril / 2016. 25 Segunda-feira 17h, 18h e 19h 25 e 26/04. 27 Quarta-feira 17h, 18h e 19h 27 e 28/04. 29 Sexta-feira 17h, 18h e 19h 29/04 e 02/05

Abril / 2016. 25 Segunda-feira 17h, 18h e 19h 25 e 26/04. 27 Quarta-feira 17h, 18h e 19h 27 e 28/04. 29 Sexta-feira 17h, 18h e 19h 29/04 e 02/05 Cursos Abril / 2016 25 Segunda-feira 17h, e 19h 25 e 26/04 27 Quarta-feira 17h, e 19h 27 e 28/04 29 Sexta-feira 17h, e 19h 29/04 e 02/05 Cursos Maio / 2016 02 Segunda-feira 17h, e 19h 02 e 03/05 04 Quarta-feira

Leia mais

Sobre as propriedades da laserterapia de baixa potência, relacione as colunas abaixo: I. Monocromaticidade. II. Colimação. III. Coerência.

Sobre as propriedades da laserterapia de baixa potência, relacione as colunas abaixo: I. Monocromaticidade. II. Colimação. III. Coerência. LASER Sobre as propriedades da laserterapia de baixa potência, relacione as colunas abaixo: I. Monocromaticidade. II. Colimação. III. Coerência. ( ) A luz emitida pelos aparelhos laser apresenta a mesma

Leia mais

ERGONOMIA. Anatomia e Fisiologia - Limitações do Organismo Humano

ERGONOMIA. Anatomia e Fisiologia - Limitações do Organismo Humano Verificamos um exemplo, da operária, de como é importante para o profissional de Segurança e Higiene do Trabalho conhecer as limitações do corpo humano e como este pode se sobrecarregar, com o intuito

Leia mais

Testes para o Joelho

Testes para o Joelho Testes para o Joelho Teste de compressão de Apley Pcte em dec. ventral, fletir a perna a 90º. Segurar o tornozelo, aplicar pressão para baixo e girar a perna lateral//e emedial//e. Teste de compressão

Leia mais

Capsulite Adesiva ou Ombro Congelado Congelado

Capsulite Adesiva ou Ombro Congelado Congelado 1 Consiste em uma articulação do ombro com dor e rigidez que não pode ser explicada por nenhuma alteração estrutural. Obs: Embora seja comum o uso destes termos nas aderências pós traumáticas do ombro,

Leia mais

E S T U D O D O M O V I M E N T O - V

E S T U D O D O M O V I M E N T O - V 1 Pronação A pronação corresponde ao movimento que coloca a face palmar da mão virada para trás, colocando o 1º dedo (polegar) da mão mais próximo do plano sagital. Supinação A supinação corresponde ao

Leia mais

Índice CUIDADOS PRIMÁRIOS EM ORTOPEDIA CAPÍTULO 1

Índice CUIDADOS PRIMÁRIOS EM ORTOPEDIA CAPÍTULO 1 Índice CUIDADOS PRIMÁRIOS EM ORTOPEDIA CAPÍTULO 1 Coluna Cervical, 1 Anatomia, 1 Estrutura Óssea, 1 Nervos Cervicais e Função Neurológica, 3 Musculatura e Estrutura dos Tecidos Moles, 4 Exame da Coluna

Leia mais

SÍNDROMES DOLOROSAS 1 de 5 FATORES PREDISPONENTES QUADRO CLÍNICO EXAMES PARA DIAGNÓSTICO ESTRUTURA COMPROMETIDA PATOLOGIA

SÍNDROMES DOLOROSAS 1 de 5 FATORES PREDISPONENTES QUADRO CLÍNICO EXAMES PARA DIAGNÓSTICO ESTRUTURA COMPROMETIDA PATOLOGIA SÍNDROMES DOLOROSAS 1 de 5 Impacto Tendão do Manguito Rotador Tipos de Acrômio e Artrose Acrômio- Clavicular Dor periarticular e impotência funcional a partir de 30º de abdução, sendo clássico, o arco

Leia mais

PRÉ-REQUISITO EM ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA OU CIRURGIA PLÁSTICA

PRÉ-REQUISITO EM ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA OU CIRURGIA PLÁSTICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE MEDICINA / HOSPITAL DAS CLÍNICAS COMISSÃO DE RESIDÊNCIA MÉDICA / COREME RESIDÊNCIA MÉDICA SUPLEMENTAR 2015 PRÉ-REQUISITO EM ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA OU CIRURGIA

Leia mais

... (NOME COMPLETO EM LETRA DE FORMA) INSTRUÇÕES

... (NOME COMPLETO EM LETRA DE FORMA) INSTRUÇÕES UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA SECRETARIA MUNICIPAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS CONCURSO PÚBLICO PARA MÉDICO ESPECIALISTA ORTOPEDISTA 08 DE NOVEMBRO DE 2009... (NOME COMPLETO EM LETRA DE FORMA)

Leia mais

Espanhol Nara. Prod. Texto. Jullyana

Espanhol Nara. Prod. Texto. Jullyana Horário de aulas do 6 Ano Ensino Fundamental ao 3ª Ensino Médio Segunda- feira Segunda - feira Ed. Ed. 4 aula Ed. Ed. Ed. Terça- feira - Terçafeira Ed. Ed. 4 aula Ed. Ed. Ed. Quarta-feira Quartafeira Ed.

Leia mais

Lista Provisória de Comunicações Livres Propostas a Passarem para Poster. 1 de 5

Lista Provisória de Comunicações Livres Propostas a Passarem para Poster. 1 de 5 12 A propósito de um caso clínico: Encurtamento isolado dos isquio-tibiais 53 A utilização do VEPTR no tratamento das deformidades da coluna pediátrica. Mª Teresa Combalia Pedro Fernandes 73 Abordagem

Leia mais

Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta.

Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta. 1 Prezado(a) candidato(a): Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta. Nº de Inscrição Nome ASSINALE A

Leia mais

Residência em Ortopedia e Traumatologia

Residência em Ortopedia e Traumatologia Residência em Ortopedia e Traumatologia FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE FURG NOVO COLEGA DR. ARTUR CRUZ 05 MAIO - 2008 CURSO AO RIO GRANDE 27º NÚMERO UNIDADE DO TRAUMA TELEFONES DA URGENCIA

Leia mais

Anatomia - Coluna Cervical

Anatomia - Coluna Cervical Anatomia - Coluna Cervical C1 e C2 diferem das demais vértebras da coluna por particularidades anatômicas. Massas laterais. Dente do áxis. Coluna Cervical Alta Ligamento do ápice do dente Ligamento alar

Leia mais

Reumatismos de Partes Moles Diagnóstico e Tratamento

Reumatismos de Partes Moles Diagnóstico e Tratamento Reumatismos de Partes Moles Diagnóstico e Tratamento MARINA VERAS Reumatologia REUMATISMOS DE PARTES MOLES INTRODUÇÃO Também denominado de reumatismos extra-articulares Termo utilizado para definir um

Leia mais

SISTEMA LOCOMOTOR OSSOS E MÚSCULOS. Profa. Cristiane Rangel Ciências 8º ano

SISTEMA LOCOMOTOR OSSOS E MÚSCULOS. Profa. Cristiane Rangel Ciências 8º ano SISTEMA LOCOMOTOR OSSOS E MÚSCULOS Profa. Cristiane Rangel Ciências 8º ano O esqueleto FOTOS: ROGER HARRIS / SCIENCE PHOTO LIBRARY / LATINSTOCK Como saber se um esqueleto é de homem ou de mulher? Que funções

Leia mais

EXERCÍCIOS SISTEMA ESQUELÉTICO

EXERCÍCIOS SISTEMA ESQUELÉTICO EXERCÍCIOS SISTEMA ESQUELÉTICO 1. Quais as funções do esqueleto? 2. Explique que tipo de tecido forma os ossos e como eles são ao mesmo tempo rígidos e flexíveis. 3. Quais são as células ósseas e como

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS MÉDICO ORTOPEDISTA. Referentemente à avaliação do paciente vítima de politrauma, é correto afirmar, EXCETO:

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS MÉDICO ORTOPEDISTA. Referentemente à avaliação do paciente vítima de politrauma, é correto afirmar, EXCETO: 12 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS MÉDICO ORTOPEDISTA QUESTÃO 21 Referentemente à avaliação do paciente vítima de politrauma, é correto afirmar, EXCETO: a) O politrauma é a uma das principais causas

Leia mais

Programa de Especialização em Ortopedia e Traumatologia Pediátrica (R4)

Programa de Especialização em Ortopedia e Traumatologia Pediátrica (R4) SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE HOSPITAL INFANTIL JOANA DE GUSMÃO Florianópolis SERVIÇO DE ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA Programa de Especialização em Ortopedia e Traumatologia Pediátrica (R4) Florianópolis,

Leia mais

Anatomia Geral. http://d-nb.info/1058614592. 1 Filogênese e Ontogênese Humanas. 5 Músculos. 6 Vasos. 2 Visão Geral do Corpo Humano

Anatomia Geral. http://d-nb.info/1058614592. 1 Filogênese e Ontogênese Humanas. 5 Músculos. 6 Vasos. 2 Visão Geral do Corpo Humano Anatomia Geral 1 Filogênese e Ontogênese Humanas 1.1 Filogênese Humana 2 1.2 Ontogênese Humana: Visão Geral, Fecundação e Estágios Iniciais do Desenvolvimento 4 1.3 Gastrulação, Neurulação e Formação dos

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES ESTÁGIO OBRIGATÓRIO I E II DO CURSO DE FISIOTERAPIA

PLANO DE ATIVIDADES ESTÁGIO OBRIGATÓRIO I E II DO CURSO DE FISIOTERAPIA 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 714. Alfenas/MG. CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1000. Fax: (35) 3299-1063 PLANO DE ATIVIDADES ESTÁGIO OBRIGATÓRIO

Leia mais

Cinesioterapia\UNIME Docente:Kalline Camboim

Cinesioterapia\UNIME Docente:Kalline Camboim Cinesioterapia\UNIME Docente:Kalline Camboim Cabeça do fêmur com o acetábulo Articulação sinovial, esferóide e triaxial. Semelhante a articulação do ombro, porém com menor ADM e mais estável. Cápsula articular

Leia mais

DISCIPLINA DE EMERGÊNCIAS EM ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA 6º ANO

DISCIPLINA DE EMERGÊNCIAS EM ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA 6º ANO DISCIPLINA DE EMERGÊNCIAS EM ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA 6º ANO - 2012 - Período: 04/06/2012 a 24/06/2012 Coordenador: Prof. Dr. Carga Horária: 3 semanas 120 horas Grupo: 2C OBJETIVOS Os alunos do último

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ PROVA PRÁTICA DE RESIDÊNCIA MÉDICA 2009 CIRURGIA DE MÃO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ PROVA PRÁTICA DE RESIDÊNCIA MÉDICA 2009 CIRURGIA DE MÃO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ PROVA PRÁTICA DE RESIDÊNCIA MÉDICA 2009 CIRURGIA DE MÃO ESPECIALIDADES COM PRÉ-REQUISITO DE 2 ANOS DE ORTOPEDIA OU CIRURGIA PLÁSTICA 1 QUESTÃO 1 - Na figura abaixo:

Leia mais

BANDAGEM FUNCIONAL. Prof. Thiago Y. Fukuda

BANDAGEM FUNCIONAL. Prof. Thiago Y. Fukuda BANDAGEM FUNCIONAL Prof. Thiago Y. Fukuda INTRODUÇÃO (BANDAGEM) Refere-se à aplicação de algum tipo de fita protetora que adere à pele de determinada articulação. A bandagem quando aplicada corretamente,

Leia mais

Formação Interna Ortopedia Técnica

Formação Interna Ortopedia Técnica Formação Interna Ortopedia Técnica Maria Martins Costa 17 de Setembro de 2013 Tronco Dor lombar insuficiência muscular; Disturbios ligamentosos Dor lombar disturbios das articulações; Desequilibrio do

Leia mais

Biotecnologia Ambiental

Biotecnologia Ambiental Ambiental 1º MÓDULO 27 28 29 (AGOSTO) Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira (27/08) Sexta-feira (28/08) Sábado (29/08) //Marco //Marco Ambiental 2º MÓDULO 17 18 19 (SETEMBRO) Segunda-feira

Leia mais

C A T Á L O G O D E P R O D U T O S FIXADORES EXTERNOS

C A T Á L O G O D E P R O D U T O S FIXADORES EXTERNOS C A T Á L O G O D E P R O D U T O S FIXADORES EXTERNOS A CPMH A empresa CPMH foi fundada 2010 e está entre as empresas especializadas que oferecem pesquisa, desenvolvimento e fabricação de instrumental

Leia mais

PORTARIA Nº 772, DE 26 DE AGOSTO DE 2015

PORTARIA Nº 772, DE 26 DE AGOSTO DE 2015 PORTARIA Nº 772, DE 26 DE AGOSTO DE 2015 Concede autorização e renovação de autorização a estabelecimentos e equipes de saúde para retirada e transplante de órgãos. A Secretária de Atenção à Saúde, no

Leia mais

CRESEMS, CISCOPAR e 20ª. Regional de Saúde Toledo PR PROTOCOLOS CLÍNICOS ESPECIALIZADOS

CRESEMS, CISCOPAR e 20ª. Regional de Saúde Toledo PR PROTOCOLOS CLÍNICOS ESPECIALIZADOS CRESEMS, CISCOPAR e 20ª. Regional de Saúde Toledo PR PROTOCOLOS CLÍNICOS ESPECIALIZADOS ORTOPEDIA Pré-requisitos: História clínica detalhada; Exame físico completo; Exames complementares essenciais conforme

Leia mais

Semiologia Ortopédica Pericial

Semiologia Ortopédica Pericial Semiologia Ortopédica Pericial Prof. Dr. José Heitor Machado Fernandes 2ª V E R S Ã O DO H I P E R T E X T O Para acessar os módulos do hipertexto Para acessar cada módulo do hipertexto clique no link

Leia mais

TABELA DE PREÇOS DE EXAMES PARTICULARES

TABELA DE PREÇOS DE EXAMES PARTICULARES TABELA DE PREÇOS DE EXAMES PARTICULARES TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA CÓDIGO Descrição do exame Valor 10000090 PACOTE ABDÔMEN SUPERIOR R$ 943,59 10000137 PACOTE ABDÔMEN SUPERIOR COM CONTRASTE R$ 1.688,24

Leia mais

INSTITUTO DE ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA CID 10

INSTITUTO DE ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA CID 10 INSTITUTO DE ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA CID 10 Com base no compromisso assumido pelo Governo Brasileiro, quando da realização da 43ª Assembléia Mundial de Saúde, o Ministério da Saúde, por intermédio da

Leia mais

PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA GRUPO 35 SUBGRUPO

PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA GRUPO 35 SUBGRUPO PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA GRUPO 35 SUBGRUPO NOBEMBRO 2007 1 A TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA (TC) CARACTERIZA-SE POR SER EXAME DE ALTA COMPLEXIDADE E CUSTO ELEVADO, PORTANTO

Leia mais

SEMIOLOGIA ORTOPÉDICA PERICIAL

SEMIOLOGIA ORTOPÉDICA PERICIAL SEMIOLOGIA ORTOPÉDICA PERICIAL 2ª Versão Revisada e Ampliada Prof. Dr. José Heitor Machado Fernandes 2ª versão revisada e ampliada - 2012 Assuntos dos Módulos 1-26 Sobre o Autor Semiologia Ortopédica Pericial

Leia mais

4 TERMO ADITIVO AO EDITAL DE CREDENCIAMENTO N 0001/2012 FMS

4 TERMO ADITIVO AO EDITAL DE CREDENCIAMENTO N 0001/2012 FMS ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE FRAIBURGO 4 TERMO ADITIVO AO EDITAL DE CREDENCIAMENTO N 0001/2012 FMS OBJETO: Credenciamento de empresas do ramo interessadas na prestação de serviços de consultas

Leia mais

Das 15h30 às 17h30 Auditório do bloco 1 90 VAGAS BRAQUITERAPIA POLITRAUMA, FRATURA

Das 15h30 às 17h30 Auditório do bloco 1 90 VAGAS BRAQUITERAPIA POLITRAUMA, FRATURA I SIMPÓSIO DE FISIOTERAPIA 04 A 08 DE MAIO DE 2015 Programação Dia 04/05 - Segunda-feira Horário Local - Campus da Asa Norte Nº de vagas ESQUIZOFRENIA Das 7h40 às 9h20 Auditório do bloco 1 90 VAGAS IMOBILISMO

Leia mais

Apólice de Seguro Ciclo Macif

Apólice de Seguro Ciclo Macif Apólice de Seguro Ciclo Macif INDICE CONDIÇÕES GERAIS Cláusula Preliminar CAPÍTULO I Cláusula 1ª Cláusula 2ª Cláusula 3ª Cláusula 4ª CAPÍTULO II Cláusula 5ª Cláusula 6ª Cláusula ª Cláusula 8ª Cláusula

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRO GRANDE

PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRO GRANDE CADERNO DE PROVAS CARGO FISIOTERAPEUTA Conhecimentos Gerais Questão 01 Recentemente a França foi alvo de um sangrento atentado terrorista que feriu e matou mais de uma centena de pessoas. A autoria do

Leia mais

Apólice de Seguro de Caçadores

Apólice de Seguro de Caçadores Apólice de Seguro de Caçadores INDICE PARTE I CONDIÇÕES GERAIS Cláusula Preliminar CAPÍTULO I Cláusula 1.ª Cláusula 2.ª Cláusula 3.ª Cláusula 4.ª Cláusula 5.ª CAPÍTULO II Cláusula 6.ª Cláusula 7.ª Cláusula

Leia mais

Quinta Feira 05/06 - Os pôsteres obrigatoriamente deverão ser fixados as 07h30min horas e retirados somente após a apresentação.

Quinta Feira 05/06 - Os pôsteres obrigatoriamente deverão ser fixados as 07h30min horas e retirados somente após a apresentação. Trabalhos aprovados VIII ENCCAF Quinta Feira 05/06 - Os pôsteres obrigatoriamente deverão ser fixados as 07h30min horas e retirados somente após a apresentação. Horário 11h30min Projeto Sala de espera

Leia mais

EXAME CLÍNICO DE MEMBROS SUPERIORES E COLUNA ATIVO CONTRA-RESISTÊNCIA MOVIMENTAÇÃO ATIVA

EXAME CLÍNICO DE MEMBROS SUPERIORES E COLUNA ATIVO CONTRA-RESISTÊNCIA MOVIMENTAÇÃO ATIVA Logomarca da empresa Nome: N.º Registro ESQUERDA EXAME CLÍNICO DE MEMBROS SUPERIORES E COLUNA ATIVO CONTRA-RESISTÊNCIA MOVIMENTAÇÃO ATIVA PESCOÇO (COLUNA CERVICAL) Inclinação (flexão lateral) OMBROS Abdução

Leia mais

ARTICULAÇÕES DO MEMBRO INFERIOR

ARTICULAÇÕES DO MEMBRO INFERIOR UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Instituto de Ciências Biomédicas Departamento de Anatomia ARTICULAÇÕES DO MEMBRO INFERIOR Profa. Elen H. Miyabara elenm@usp.br OSSOS DO MEMBRO INFERIOR OSSOS DO QUADRIL FÊMUR

Leia mais

RESOLUÇÃO DA DIRETORIA Nº 001/2016

RESOLUÇÃO DA DIRETORIA Nº 001/2016 RESOLUÇÃO DA DIRETORIA Nº 001/2016 A Diretoria Administrativa do Consórcio Público Intermunicipal de Saúde do Norte Pioneiro - CISNORPI, no uso de suas atribuições legais, resolve: Regulamentar o Credenciamento

Leia mais

RETALHOS LIVRES PARA O COTOVELO E ANTEBRAÇO

RETALHOS LIVRES PARA O COTOVELO E ANTEBRAÇO RETALHOS LIVRES PARA O COTOVELO E ANTEBRAÇO Mário Yoshihide Kuwae 1, Ricardo Pereira da Silva 2 INTRODUÇÃO O antebraço e cotovelo apresentam características distintas quanto a cobertura cutânea, nas lesões

Leia mais

7/4/2011 ABORDAGEM AO PACIENTE TRAUMATIZADO GRAVE: Reconhecer as lesões músculoesqueléticas. Reconhecer a biomecânica do trauma.

7/4/2011 ABORDAGEM AO PACIENTE TRAUMATIZADO GRAVE: Reconhecer as lesões músculoesqueléticas. Reconhecer a biomecânica do trauma. TRAUMATISMOS DOS MEMBROS Atendimento Inicial e Imobilizações ABORDAGEM AO PACIENTE TRAUMATIZADO GRAVE: Manter as prioridades da avalição ABC Não se distrair com lesões músculo-esqueléticas dramáticas que

Leia mais

AVALIAÇÃO DO OMBRO ANATOMIA DO OMBRO ANATOMIA DO OMBRO ANATOMIA DO OMBRO ANATOMIA DO OMBRO ANATOMIA DO OMBRO Articulação Sinovial Forma de sela Três graus de liberdade Posição de Repouso Posição de aproximação

Leia mais

Jornadas do OMBRO E COTOVELO 8-9 MAIO 2015

Jornadas do OMBRO E COTOVELO 8-9 MAIO 2015 X Jornadas do OMBRO E COTOVELO 8-9 MAIO 2015 PROGRAMA LOCAL: EVER CAPARICA HOTEL INFORMAÇÕES: ombro@spot.pt X JORNADAS DO OMBRO E DO COTOVELO PROGRAMA PRELIMINAR 8-9 MAIO 2015 SEXTA FEIRA - 8 MAIO OMBRO

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE GENERAL CARNEIRO

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS EFETIVOS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE GENERAL CARNEIRO CADERNO DE PROVAS Cargo Nº. DE INSCRIÇÃO DO CANDIDATO Domingo, 4 de dezembro de 2011. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 ANTES

Leia mais

Lesões Traumáticas do Membro Superior. Lesões do Ombro e Braço Lesões do Cotovelo e Antebraço Lesões do Punho e Mão

Lesões Traumáticas do Membro Superior. Lesões do Ombro e Braço Lesões do Cotovelo e Antebraço Lesões do Punho e Mão André Montillo UVA Lesões Traumáticas do Membro Superior Lesões do Ombro e Braço Lesões do Cotovelo e Antebraço Lesões do Punho e Mão e Braço Fratura da Escápula Fratura da Clavícula Luxação Acrômio-clavicular

Leia mais

MEDICINA TRADICIONAL CHINESA, ACUPUNTURA E TERAPIAS AFINS INDICAÇÕES

MEDICINA TRADICIONAL CHINESA, ACUPUNTURA E TERAPIAS AFINS INDICAÇÕES MEDICINA TRADICIONAL CHINESA, ACUPUNTURA E TERAPIAS AFINS INDICAÇÕES www.shenqui.com.br Na década de 80, após 25 anos de pesquisas, em renomadas instituições do mundo, a OMS publicou o documento Acupuncture:

Leia mais

Bases Diagnósticas e Terapêuticas de Cyriax

Bases Diagnósticas e Terapêuticas de Cyriax Bases Diagnósticas e Terapêuticas de Cyriax A Medicina Ortopédica de Cyriax Preocupa-se com o diagnóstico e tratamento de lesões de partes moles teciduais Tais afecções afetam grande parte dos pacientes

Leia mais

Biotecnologia Agroalimentar/Agroindustrial

Biotecnologia Agroalimentar/Agroindustrial /Agroindustrial 1º MÓDULO 27 28 29 (AGOSTO) Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira (27/08) Sexta-feira (28/08) Sábado (29/08) II: II: /Agroindustrial 2º MÓDULO 17 18 19 (SETEMBRO) Segunda-feira

Leia mais

Portaria 024/2011. Art. 2º Esta Portaria entra em vigor em 1º de agosto de 2011.

Portaria 024/2011. Art. 2º Esta Portaria entra em vigor em 1º de agosto de 2011. Portaria 024/2011 Estabelece protocolos operacionais para a atividade de Regulação e Auditoria no âmbito do IPSEMG. A Presidente do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais, no

Leia mais

S UMÁRIO 1 DIAGNÓSTICO DAS AFECÇÕES MUSCULO-ESQUELÉTICAS CONSIDERAÇÕES GERAIS TRAUMATOLOGIA CONSIDERAÇÕES GERAIS PREFÁCIOS...

S UMÁRIO 1 DIAGNÓSTICO DAS AFECÇÕES MUSCULO-ESQUELÉTICAS CONSIDERAÇÕES GERAIS TRAUMATOLOGIA CONSIDERAÇÕES GERAIS PREFÁCIOS... S UMÁRIO PREFÁCIOS... 1-3 1 DIAGNÓSTICO DAS AFECÇÕES MUSCULO-ESQUELÉTICAS CONSIDERAÇÕES GERAIS... 6 1.1 INTRODUÇÃO... 6 1.2 ANAMNESE... 8 1.2.1 DOR... 8 1.2.2 DEFORMIDADE... 10 1.2.3 IMPOTÊNCIA FUNCIONAL...

Leia mais

CODIFICAÇÃO PELO CID

CODIFICAÇÃO PELO CID CODIFICAÇÃO PELO CID S S. S. S. S. S. S. S.7 TRAUMATISMOS DOS NERVOS E DA MEDULA ESPINHAL INCLUINDO: divisão traumática do nervo hematomileia traumática lesão completa ou incompleta da medula espinhal

Leia mais

UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA

UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA APRESENTAÇÕES DOS TRABALHOS CIENTÍFICOS III SIMPÓSIO CIENTÍFICO DA SAÚDE DE 27/6 A 1º/7 (CURSOS EDUCAÇÃO FÍSICA E FISIOTERAPIA) PROGRAMAÇÃO DIA 27 DE JUNHO DE 2011 (SEGUNDA-FEIRA) - Educação Física 7h30

Leia mais

Alterações. Músculo- esqueléticas

Alterações. Músculo- esqueléticas Alterações Músculo- esqueléticas Sistema Neurológico Alteração no tempo de reação e equilíbrio. A instabilidade articular. Alteração da visão Sensibilidade da córnea. c Aumento ou diminuição dos sentidos

Leia mais

Anexo V - Conteúdos Programáticos. Conteúdo programático comum a todos os cargos. Conteúdo programático para os cargos de Nível Superior

Anexo V - Conteúdos Programáticos. Conteúdo programático comum a todos os cargos. Conteúdo programático para os cargos de Nível Superior Anexo V - Conteúdos Programáticos Conteúdo programático comum a todos os cargos Língua Portuguesa: Compreensão e interpretação de texto. Adequação vocabular. Linguagem figurada. Redação de frases. Reescritura

Leia mais

04 de fevereiro de 2009

04 de fevereiro de 2009 Processo Seletivo de Residência Médica da Aliança Saúde PUCPR - Santa Casa para 2009 04 de fevereiro de 2009 ESPECIALIDADES: CIRURGIA DE MÃO * Pré-Requisito: 2 anos em Ortopedia ou Cirurgia Plástica N.º

Leia mais

Apólice de Seguro de Acidentes Pessoais

Apólice de Seguro de Acidentes Pessoais Apólice de Seguro de Acidentes Pessoais INDIE ONDIÇÕES GERAIS láusula Preliminar APÍTULO I láusula 1.ª láusula.ª láusula 3.ª láusula 4.ª láusula.ª láusula.ª láusula 7.ª láusula 8.ª APÍTULO II láusula

Leia mais

1º CURSO PÓS GRADUADO PARA FISIOTERAPEUTAS

1º CURSO PÓS GRADUADO PARA FISIOTERAPEUTAS 1º CURSO PÓS GRADUADO PARA FISIOTERAPEUTAS Disseção e Técnicas Cirúrgicas Joelho, Ombro e Coluna Vertebral 17 e 18 de Fevereiro de 2015 Coordenadores Professor Doutor João Goyri O Neill Dr. Gonçalo Neto

Leia mais

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO. Não deixe de preencher as lacunas a seguir.

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO. Não deixe de preencher as lacunas a seguir. UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO Não deixe de preencher as lacunas a seguir. Prédio Sala Nome Nº de Identidade Órgão Expedidor UF Nº de Inscrição MÉDICO TRAUMATO-ORTOPEDISTA

Leia mais

Artroscopia do Cotovelo

Artroscopia do Cotovelo Artroscopia do Cotovelo Dr. Marcello Castiglia Especialista em Cirurgia do Ombro e Cotovelo Artroscopia é uma procedimento usado pelos ortopedistas para avaliar, diagnosticar e reparar problemas dentro

Leia mais

Foram estabelecidos critérios de inclusão, exclusão e eliminação. Critérios de inclusão: todos os dançarinos com síndrome da dor femoropatelar.

Foram estabelecidos critérios de inclusão, exclusão e eliminação. Critérios de inclusão: todos os dançarinos com síndrome da dor femoropatelar. Figura 11a - Posição inicial: 1ª posição paralela. Figura 11b - demi-plié: 1ª posição paralela. Figura 12a - Posição inicial: 2ª posição paralela. Figura 12b- Demi-plié: 2ª posição paralela. 35 Figura

Leia mais

Lembramos, no entanto, que a Deficiência Física, não está contemplada na sua totalidade, existindo outros CIDs não listados e que sofrerão análise.

Lembramos, no entanto, que a Deficiência Física, não está contemplada na sua totalidade, existindo outros CIDs não listados e que sofrerão análise. Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Em função de ocorrer dúvidas em relação ao encaminhamento do benefício do passe-livre intermunicipal,

Leia mais

ESTUDO RADIOLÓGICO DA PELVE

ESTUDO RADIOLÓGICO DA PELVE ESTUDO RADIOLÓGICO DA PELVE Sínfise púbica Classificação: sínfise Movimentos permitidos: mobilidade bidimensional e rotação de uns poucos milímetros em conjunto com a deformação da pelve quando na sustentação

Leia mais

Programa de Especialização Cirurgia do Quadril (R4) Treinamento Avançado em Cirurgia do Quadril. Goiânia GO / Maio de 2015.

Programa de Especialização Cirurgia do Quadril (R4) Treinamento Avançado em Cirurgia do Quadril. Goiânia GO / Maio de 2015. SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DO ESTADO DE GOIÁS HOSPITAL DE URGÊNCIA DE GOIÂNIA (HUGO) / HOSPITAL GERAL DE GOIÂNIA ALBERTO RASSI () SERVIÇO DE ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA / SERVIÇO DE CIRURGIA DO QUADRIL

Leia mais

EXMO. Sr. JUIZ DA ª VARA DO TRABALHO DE TRT 13a Região. Ref.: Ação nº (ex.: RT 0025-2007-035-13-00-0)

EXMO. Sr. JUIZ DA ª VARA DO TRABALHO DE TRT 13a Região. Ref.: Ação nº (ex.: RT 0025-2007-035-13-00-0) EXMO. Sr. JUIZ DA ª VARA DO TRABALHO DE TRT 13a Região Ref.: Ação nº (ex.: RT 0025-2007-035-13-00-0), Médico(a) (especialidade, ex: Médico do Trabalho), inscrito(a) no Conselho Regional de Medicina nº

Leia mais

DORES RECORRENTES MOMENTO II Abril 2010 DORES RECORRENTES - DENOMINADOR COMUM ETIOLOGIA: Maioria - dores primárias; Dicotomia: Orgânico x Emocional. Associação de vários tipos de dores; Presença de dores

Leia mais

Ossos - órgãos passivos do movimento. Músculos - órgãos ativos do movimento. Introdução

Ossos - órgãos passivos do movimento. Músculos - órgãos ativos do movimento. Introdução Ossos - órgãos passivos do movimento Músculos - órgãos ativos do movimento Introdução Organização dos músculos esqueléticos Sistema muscular: anatomia microscópica Porção ativa ventre muscular Porções

Leia mais

SOCIEDADE BRASILEIRA DE ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA Procedimentos videoartroscópicos Procedimentos Porte

SOCIEDADE BRASILEIRA DE ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA Procedimentos videoartroscópicos Procedimentos Porte RESOLUÇÃO NORMATIVA CNHM Nº 003/2007 AOS MÉDICOS, HOSPITAIS E ENTIDADES CONTRATANTES A Comissão Nacional de Honorários Médicos e Sociedades Brasileiras de Especialidade comunicam as seguintes alterações,

Leia mais

Fraturas e Luxações do Cotovelo em Adultos:

Fraturas e Luxações do Cotovelo em Adultos: Fraturas e Luxações do Cotovelo em Adultos: Fraturas do cotovelo em adultos: l As fraturas correspondem 31.8% dos traumas em cotovelo no adulto; l Freqüência: cabeça do rádio 39,4%; luxação do cotovelo

Leia mais

www.josegoes.com.br Prof. Ms. José Góes Página 1

www.josegoes.com.br Prof. Ms. José Góes Página 1 Página 1 A hérnia de disco se apresenta como sendo uma extrusão, isto é, um deslocamento da massa discal para fora do contorno vertebral, geralmente em direção a medula. Isso ocorre pela ruptura do anel

Leia mais

- Poderá tomar todos os outros medicamentos que usa, com pouco água ½ copo.

- Poderá tomar todos os outros medicamentos que usa, com pouco água ½ copo. PREPAROS PARA TOMOGRAFIA TOMOGRAFIA CRÂNIO - Jejum - 2 horas. - Trazer exames anteriores (tomografia, ressonância e rx de crânio, eletroencefalograma) - Clientes diabéticos e em uso de CLORIDRATO DE METFORMINA

Leia mais

Osteologia. Estudo da estrutura dos ossos oste = osso; logia = estudo de

Osteologia. Estudo da estrutura dos ossos oste = osso; logia = estudo de Osteologia Estudo da estrutura dos ossos oste = osso; logia = estudo de Ossos Ossos são orgãos esbranquiçados, muito duros, que unindo-se aos outros por meio de junturas ou articulações, constituem o esqueleto.

Leia mais

INTRODUÇÃO A ar.culação do tornozelo

INTRODUÇÃO A ar.culação do tornozelo INTRODUÇÃO A ar.culação do tornozelo Articulação sinovial do tipo gínglimo As extremidades inferiores da Tíbia e Fíbula formam um entalhe onde se ajusta a tróclea do Tálus, que tem forma de roldana. Tálus

Leia mais

PROTOCOLOS INICIAIS DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA NEURO PADI NORMA 1. convexidade e seio sagital superior

PROTOCOLOS INICIAIS DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA NEURO PADI NORMA 1. convexidade e seio sagital superior 1 de 37 PROTOCOLOS INICIAIS DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA NEURO PADI NORMA 1 1. RM Crânio Isquemia Aguda Sequências Mínimas Obrigatórias Contraste da imagem Cobertura anatômica Resolução espacial Sagital T1

Leia mais

Urgências Ortopédicas em Clínica Pediátrica. Dr. Celso Rizzi Ortopedista Pediátrico do INTO

Urgências Ortopédicas em Clínica Pediátrica. Dr. Celso Rizzi Ortopedista Pediátrico do INTO Urgências Ortopédicas em Clínica Pediátrica Dr. Celso Rizzi Ortopedista Pediátrico do INTO Placa de Crescimento Epífise Metáfise Diáfise Metáfise Placa de Crescimento Epífise Osso Imaturo na Criança Fraturas

Leia mais

Instabilidade Femuropatelar

Instabilidade Femuropatelar www.medsports.com.br Instabilidade Femuropatelar Dr. Rogério Teixeira da Silva Médico Assistente - CETE UNIFESP/EPM Introdução Patela - sesamóide 3 facetas (lateral, medial, odd facet - med) 3 tipos (Wiberg)

Leia mais

[213] 96. LESÕES MÚSCULO-ESQUELÉTICAS

[213] 96. LESÕES MÚSCULO-ESQUELÉTICAS Parte IV P R O T O C O L O S D E T R A U M A [213] rotina consiste em infundir 20 ml/kg em bolus de solução de Ringer e reavaliar o paciente em seguida. Manter a pressão sistólica entre 90 e 100 mmhg.

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Diário da República, 1.ª série N.º 143 26 de Julho de 2010 2845. só produz efeitos com a publicação da respectiva portaria:

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Diário da República, 1.ª série N.º 143 26 de Julho de 2010 2845. só produz efeitos com a publicação da respectiva portaria: Diário da República, 1.ª série N.º 143 26 de Julho de 2010 2845 só produz efeitos com a publicação da respectiva portaria: Assim: Cumpridos os preceitos legais e com fundamento no disposto na alínea a)

Leia mais

ARTROSCOPIA DO PUNHO. Henrique de Barros 1, Anita Lustosa 2 INSTRUMENTAL. O punho é tracionado pelos dedos através

ARTROSCOPIA DO PUNHO. Henrique de Barros 1, Anita Lustosa 2 INSTRUMENTAL. O punho é tracionado pelos dedos através ARTROSCOPIA DO PUNHO Henrique de Barros 1, Anita Lustosa 2 Nos últimos anos observamos uma grande evolução na técnica de artroscopia, principalmente com o desenvolvimento de novos equipamentos para as

Leia mais

GRADE CIENTÍFICA DIA 06/11/2014 - QUINTA-FEIRA (1º DIA) HORÁRIOS Anfiteatro 1 Anfiteatro 2 Teatro

GRADE CIENTÍFICA DIA 06/11/2014 - QUINTA-FEIRA (1º DIA) HORÁRIOS Anfiteatro 1 Anfiteatro 2 Teatro 08:30-09:00 ATUALIZAÇÃO EM NEUROCIRURGIA E NEUROCIÊNCIAS: 70 ANOS DO HOSPITAL DAS CLÍNICAS GRADE CIENTÍFICA DIA 06/11/2014 - QUINTA-FEIRA (1º DIA) 1. Possibilidades futuras das intervenções neurocirúrgicas

Leia mais

ANDADOR. Andadeira ou Andarilho Tubos de aço, a. montado sobre rodas ou pontos de apoio. tamanho vel Déficit na deambulação - Contar-Indica

ANDADOR. Andadeira ou Andarilho Tubos de aço, a. montado sobre rodas ou pontos de apoio. tamanho vel Déficit na deambulação - Contar-Indica MECANOTERAPIA ANDADOR - Sinonímia Andadeira ou Andarilho - Descrição Tubos de aço, a montado sobre rodas ou pontos de apoio. tamanho variável vel - Indicações Déficit na deambulação - Contar-Indica Indicações

Leia mais

Professoras: Edilene, Ana Laura e Carol

Professoras: Edilene, Ana Laura e Carol Professoras: Edilene, Ana Laura e Carol A locomoção depende da ação conjunta e integrada dos ossos e dos músculos; Os seres humanos tem coluna vertebral, que é o eixo do nosso esqueleto interno; O esqueleto

Leia mais

4) Avulsão ulnar do complexo da fibrocartilagem triangular. 5) Fratura avulsão da borda ulnar e volar da falange proximal do polegar.

4) Avulsão ulnar do complexo da fibrocartilagem triangular. 5) Fratura avulsão da borda ulnar e volar da falange proximal do polegar. 1. O nervo ulnar emite o ramo cutâneo dorsal a quantos centímetros do estiloide ulnar: 1) 2-3 cm proximal. 2) 5-6 cm proximal. 3) 8-9 cm proximal. 4) 2-3 cm distal. 5) 5-6 cm distal. 2. A tensão dos ligamentos

Leia mais