XV JOGOS ARI DE SÁ. Ensino Fundamental I 2015 REGULAMENTO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "XV JOGOS ARI DE SÁ. Ensino Fundamental I 2015 REGULAMENTO"

Transcrição

1 XV JOGOS ARI DE SÁ Ensino Fundamental I 2015 REGULAMENTO

2 ABERTURA 1. DIA: 26/09/2015 ( Sábado ) 9h 2. LOCAL: Manhã Ginásio Concentração Manhã: galeria do Ensino Fundamental I Desfile de abertura Manhã: Ginásio 3. PARTICIPAÇÃO Alunos do Ensino Fundamental I Turmas manhã e tarde 4. PROGRAMA DE ABERTURA Desfile dos alunos Hasteamento das Bandeiras e Hino Nacional Acendimento da Pira Olímpica Apresentação de dança Escolinha de Dança Juramento dos atletas Palavra da direção CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO DAS EQUIPES 1. RESULTADO DOS JOGOS: 1.1 Vitória: 10 pontos 1.2 Empate: 05 pontos 1.3 Derrota: 02 pontos CRITÉRIOS DE DESEMPATE NA FASE FINAL Voleibol, Peguebol: Será realizado um 3 set. Bola Boliche: Será realizado um 3 tempo. Jogo dos Número do Basquete: Será realizado uma 3ª partida. Carimba: Será realizado um 3 tempo. Futsal: Em caso de empate no tempo regulamentar, será designado quatro jogadores (2 meninos e 2 meninas) de cada equipe para executar os pênaltis. Os batedores de pênaltis chutarão para o goleiro do mesmo sexo. Permanecendo o empate serão designados mais um de cada equipe até que ocorra o desempate. Handebol: Em caso de empate no tempo regulamentar, será designado quatro jogadores (2 meninos e 2 meninas) de cada equipe para executar os tiros livres. Os batedores de tiros livres arremessarão para o goleiro do mesmo sexo. Permanecendo o empate serão designados mais um de cada equipe até que ocorra o desempate. Basquete: Em caso de empate no tempo regulamentar, será designado quatro jogadores (2 meninos e 2 meninas) de cada equipe para executar os lances livres. Permanecendo o empate serão designados mais um de cada equipe até que ocorra o desempate. Quebra-cabeça: Será realizada uma segunda partida. Dama: Será realizada uma segunda partida. Xadrez: Será realizada uma segunda partida. Tênis de Mesa: Será realizado um 3 set. 2. TABELA DE CONTAGEM DE RESULTADOS: Para cada turma haverá uma tabela onde serão registrados todos os resultados obtidos. 2

3 ARBITRAGEM 1. Para cada jogo será designado um juiz e um anotador para auxiliá-lo na arbitragem. 2. Cabe ao juiz punir devidamente quaisquer infrações ocorridas durante o jogo. 3. O jogo de cada turma será devidamente anotado na súmula, devendo constar todo o histórico da partida. 4. Serão atribuídos cartões amarelos (advertência): 4.1 Quando o jogador infringir persistentemente às regras do jogo. 4.2 Quando o jogador demonstrar por palavras ou atos, divergências nas decisões tomadas pelos árbitros. 4.3 Quando o jogador entrar ou sair do campo sem autorização do árbitro (salvo em caso de acidentes). 5. Serão atribuídos cartões vermelhos (expulso): 5.1 Quando a conduta do jogador for violenta e praticar atos grosseiros. 5.2 Após o jogador ter sido advertido e continuar com conduta violenta. Obs.: Jogador que for expulso, não poderá ser substituído e nem voltar ao mesmo jogo. PREMIAÇÃO 1. Medalhas para os campeões de cada modalidade por série e turno. SUBSTITUIÇÕES 1. Nos jogos mistos as substituições deverão ocorrer ao término de cada tempo. 2. Torna-se obrigatória a participação de todos. 3. Se algum aluno inscrito numa modalidade faltar ou se machucar no dia do jogo, ele será substituído por alguém que está fora do time e que deseja jogar. Se houver mais de uma criança para ocupar a vaga, será feito um sorteio. RELAÇÃO DOS JOGOS E Nº DE PARTICIPANTES ( MANHÃ E TARDE ) SÉRIE TURNO MODALIDADE Nº DE PARTICIPANTES 1º TEMPO 2º TEMPO TOTAL DE PARTICIPANTES BANDEIRA 4 (masc) e 4 ( fem ) 4 (masc) e 4 ( fem ) 16 CARIMBA 5 (masc) e 5 ( fem ) 5 (masc) e 5 ( fem ) 20 1º e 2º MANHÃ E TARDE BOLA BOLICHE 4 (masc) e 4 ( fem ) 4 (masc) e 4 ( fem ) 16 JOGO DOS NÚMEROS (PERGUNTAS) 10 ( 5 masc e 5 fem ) 10 HANDEBOL 5 ( fem ) 5 ( fem ) 10 FUTSAL (MASCULINO) 5 (masc) 5 (masc) 10 QUEBRA-CABEÇA 1 ( masc ) e 1 ( fem ) 02 DAMA 1 ( masc ) e 1 ( fem ) 02 TOTÓ 1 ( masc ) e 1 ( fem ) 02 3

4 NATAÇÃO 2 ( masc ) e 2 ( fem ) 04 PEGUEBOL 4 (masc) e 4 ( fem ) 4 (masc) e 4 ( fem ) 16 BANDEIRA 4 (masc) e 4 ( fem ) 4 (masc) e 4 ( fem ) 16 JOGO DOS NÚMEROS (BASQUETE) 4 (masc) e 4 ( fem ) 4 (masc) e 4 ( fem ) 16 3º e 4º 5º T 5º MANHÃ E TARDE MANHÃ HANDEBOL 5 (masc) e 5 ( fem ) 5 (masc) e 5 ( fem ) 20 FUTSAL 5 (masc) e 5 ( fem ) 5 (masc) e 5 ( fem ) 20 CARIMBA 8 ( fem ) 8 (masc) 16 TÊNIS DE MESA 1 ( masc ) e 1 ( fem ) 02 DAMA 1 ( masc ) e 1 ( fem ) 02 TOTÓ 1 ( masc ) e 1 ( fem ) 02 NATAÇÃO 2 ( masc ) e 2 ( fem ) 04 VOLEIBOL 4 (masc) e 4 ( fem ) 4 (masc) e 4 ( fem ) 16 BASQUETE 4 (masc) e 4 ( fem ) 4 (masc) e 4 ( fem ) 16 VOLEIBOL 4 (masc) e 4 ( fem ) 4 (masc) e 4 ( fem ) 16 HANDEBOL 5 (masc) e 5 ( fem ) 5 (masc) e 5 ( fem ) 20 BANDEIRA 4 (masc) e 4 ( fem ) 4 (masc) e 4 ( fem ) 16 HAND - CARIMBA 5 (masc) e 5 ( fem ) 5 (masc) e 5 ( fem ) 20 CARIMBA 8 ( fem ) 8 (masc) 16 BASQUETE 5 (masc) e 5 ( fem ) ; 5 (masc) e 5 ( fem ) 20 FUTSAL 5 (masc) e 5 ( fem ) 5 (masc) e 5 ( fem ) 20 TÊNIS DE MESA 1 ( masc ) e 1 ( fem ) 02 XADREZ 1 ( masc ) e 1 ( fem ) 02 NATAÇÃO 2 ( masc ) e 2 ( fem ) 04 REGULAMENTO DOS JOGOS 1º e 2º ANOS I. BOLA BOLICHE: (1º e 2º anos) 1.1. Cada equipe deverá derrubar o maior número de garrafas do time adversário no tempo determinado, respeitando as regras pré-estabelecidas Os alunos deverão arremessar as bolas em direção às garrafas dos adversários para derrubá-las. 4

5 2.2. Não podem ultrapassar a linha do elástico As garrafas serão colocadas logo após a linha do elástico A partida poderá terminar antes dos 10 minutos, caso uma das equipes consiga derrubar todas as garrafas do seu adversário Ao final de cada tempo serão contadas o número de garrafas derrubadas, a equipe que tiver derrubado mais garrafas do adversário ganha a partida O aluno que ultrapassar o elástico será excluído da partida. 3. Infrações: 3.1. Invadir a área das garrafas Lançar bolas após o término do tempo Chutar a bola Levantar as garrafas que já foram derrubadas. 4. Tempo de jogo: 4.1. Dois tempos de 10 (dez) minutos cada. 5. Número de participantes: 1º tempo 4 (masc) e 4 (fem) 2º tempo 4 (masc) e 4 (fem) II. JOGO DOS NÚMEROS COM PERGUNTAS (1º e 2º anos) Acertar o maior nu mero de perguntas. 2. Regras do jogo : 2.1. Cada participante receberá um número e ficará na lateral da quadra esperando ser chamado No final da quadra ficará o professor O aluno que corresponde ao número chamado pelo professor, deverá alcançá-lo primeiro para responder a pergunta realizada Marcará um ponto para sua equipe o aluno que acertar a pergunta ou caso o aluno que chegar primeiro ao professor responder errado. 3. Número de participantes: 3.1. Jogo Misto 5 meninos e 5 meninas ( numerados de 1 a 10 ) Cada aluno será chamado duas vezes. III. CARIMBA : (1º e 2º anos) 1.1. Cada equipe deverá carimbar o maior número de adversários, respeitando as regras pré-estabelecidas. 2. Regras do jogo : 2.1. Será considerada carimbado o alunaoque não conseguir segurar a bola. No caso da bola tocar em duas jogadoras antes de ir ao chão, será carimbada a primeira jogadora que tocou na bola A partida poderá terminar antes dos 10 minutos, caso uma das equipes consiga carimbar todos os seus adversárioso 2.3. Será considerada invasão a ultrapassagem feita pelos alunas nas linhas limites do seu campo. Caso esteja de posse da bola, esta passará a pertencer ao time adversário Não será permitida a substituição de alunas carimbadas ( manda ) nem tão pouco a volta das mesmas para seu campo após carimbarem alguma adversária ( volta ). 5

6 2.5. A bola, ao sair da quadra pelos limites laterais e de fundo de uma equipe, pertencerá ao morto da equipe adversária. 3. Infrações: 3.1. Invadir (passar o pé por completo) o campo do adversário no momento que for jogar a bola. 4. Tempo de jogo: 4.1. Duas partidas de 10 (dez) minutos cada. Obs: Somente na fase final será realizado um 3 (terceiro) tempo, caso ocorra empate entre as equipes. 5. Número de participantes: 1º Tempo 10 meninas 2º Tempo 10 meninos IV. FUTSAL ( MASCULINO ): (1º e 2º anos) Fazer o maior número de gols na meta do adversário Saída do goleiro: Não é permitido ao goleiro tocar na bola com as mãos fora da área de gol Caso aconteça, será marcada falta com barreira a três passos da linha que demarca a área de gol, levando em consideração o local da infração Tiro de meta: Será cobrado quando a bola atravessar inteiramente a linha de fundo, após ter sido tocada pela última vez por um atleta atacante Batida de centro: Será cobrada no início do jogo, a cada gol efetuado e em situações de reversão Os jogadores adversários devem se posicionar na linha pontilhada do seu campo de defesa Os jogadores de ataque devem se posicionar até a linha central do seu campo de defesa Pênalti: Ocorrerá pênalti quando: O jogador sofrer falta dentro da área de gol adversária Um jogador, em sua pequena área, segurar, golpear ou de alguma forma impedir a trajetória da bola com a mão O goleiro deverá se posicionar na linha de gol, só podendo sair após o chute do jogador adversário. Obs.: O não cumprimento desta condição acarretará em uma nova cobrança Cobrança de lateral: Quando a bola atravessar inteiramente as linhas laterais, quer pelo solo, quer pelo alto Será cobrada com o pé, estando a bola em cima da linha lateral, devendo tocá-la para outro jogador Não será considerado gol caso, na cobrança de lateral, a bola entre no gol sem tocar outro jogador com exceção do goleiro O jogador adversário deverá posicionar-se no mínimo de 3 passos da bola Cobrança de escanteio: Será cobrada escanteio quando a bola ultrapassar a linha de fundo ocasionada pelo goleiro ou jogador de defesa Cobrança: A bola deverá estar posicionada em um dos cantos da linha de fundo (determinado pela trajetória da bola) Cobrança de faltas: Tiro livre: Acontecerá a partir da 6ª falta sofrida por uma equipe num tempo de jogo. 6

7 Será cobrado a um palmo da linha central (caso a falta aconteça em seu campo de defesa) ou no local da infração ocorrida no campo de ataque Os jogadores que não participam da cobrança devem posicionar-se de forma a não prejudicar o chute. Obs.: Nas cobranças de faltas, os jogadores, que não participam diretamente da cobrança, devem estar no mínimo a 3 passos da bola Algumas observações: Será considerado bola na mão (não ocorrerá falta) quando a bola tocar no jogador Será considerado mão na bola (ocorrerá falta) quando o jogador intencionalmente tocar na bola A lei da vantagem ocorrerá quando um jogador ao sofrer uma falta, seu time continuar de posse da bola favorecendo uma boa jogada. 3. Infração e indisciplina: Será falta quando o atleta: 3.1. Der ou tentar dar pontapés no adversário Saltar sobre um adversário Segurar um adversário Calçar um adversário Segurar a bola, golpeá-la com a mão ou com o braço Jogar deitado ou sentado. 4. Tempo de jogo: Dois tempos de 10 (dez) minutos. 5. Número de participantes: 1º tempo 5 meninos 2º tempo 5 meninos Obs: Participarão somente os meninos. V. QUEBRA-CABEÇA : (1º e 2º anos) Montar um quebra-cabeça rapidamente Haverá uma disputa entre dois jogadores para ver quem monta primeiro o quebra-cabeça Os quebra-cabeças serão iguais para ambos os jogadores Será considerado vencedor o jogador que montar primeiro o quebra-cabeça Ao término do tempo estabelecido, será considerado vencedor o jogador que estiver em vantagem na partida (com maior número de peças montadas). 3. Tempo: 3.1. A partida será realizada em 20 minutos. 1 menino 1 menina VI. DAMA : (1º e 2º anos) Capturar todas as peças do time adversário Será sorteado qual jogador iniciará a partida Cada jogador movimenta uma peça na sua vez de jogo O jogador terá sua peça capturada ("soprada") se surgir uma possibilidade de capturar ("comer") a peça adversária e assim não o fizer Será permitido capturar ("comer") a peça adversária para trás. 7

8 2.5. É obrigatória a movimentação de uma das suas peças na sua vez de jogo Será formada dama quando o jogador conseguir chegar com sua(s) peça(s) no lado oposto ao seu do tabuleiro A partida será considerada empatada quando os jogadores estiverem com as mesmas condições de jogo e/ou número de peças sem possibilidades de derrotar o adversário Será considerado vencedor, o jogador que capturar todas as peças do adversário ou que deixe o adversário sem saída. 3. Tempo: 3.1. A partida será realizada em 20 minutos Ao término do tempo estabelecido, será considerado vencedor o jogador que estiver em vantagem na partida (com maior número de peças capturadas). 1 menino 1 menina VII. HANDEBOL: (1º e 2º anos) 1.1. Fazer gol na meta adversária usando as mãos Batida de centro: Os jogadores de posse da bola deverão posicionar-se em sua meia quadra. Os defensores deverão posicionar-se a pelo menos 3 passos da bola. Executado no início da partida e a cada gol do adversário Área de gol: A área de gol é restrita ao goleiro. Os jogadores atacantes e defensores não poderão invadir a linha amarela. A violação da área de gol, por um jogador atacante de posse da bola, acarretará na perda da mesma. A violação da área de gol, por um jogador defensor, é punida da seguinte forma: Tiro livre se um jogador defensor a invade com bola. Tiro livre se um jogador defensor a invade sem bola e disso leva vantagem no jogo. Tiro de 7m se um jogador que defende a invade intencionalmente e desta maneira coloca em desvantagem o jogador atacante Não é permitido ao jogador: Dar mais de 3 (três) passos com a bola sem quicá-la no chão. Usar os pés ou pernas para apoderar-se da bola. Invadir a área de gol. Barrar o caminho do adversário com braços, mãos ou pernas. Empurrar o adversário. Arrancar a bola do adversário. Ficar com a bola na mão por mais de 3 segundos Tiro de meta: Executado quando a bola ultrapassa a linha de gol por fora da baliza, tanto por jogadores atacantes ou defensores como também pelo goleiro. Caso a bola seja lançada propositadamente para linha de fundo pela defesa, será executado tiro livre Tiro livre: Executado quando houver: Faltas do goleiro Faltas dos jogadores defensores na linha da área de gol Invasão da área de gol Atitude antidesportiva Faltas com adversário O tiro livre deverá ser marcado no local onde ocorreu a infração Caso seja entre a linha pontilhada e a área de gol este deverá ter barreira e ser executado da linha pontilhada, estando a barreira a distância de 3m da bola Tiro de 7m: Executado quando houver conduta anti-regulamentar que impeça uma clara ocasião de marcar gol em toda a quadra É permitido ao goleiro: Utilizar mãos e pés na tentativa de defesa Ao colocar a bola em jogo só poderá fazê-la com as mãos. 3. Tempo de jogo: 8

9 Dois tempos de 10 (dez) minutos. 1º tempo 5 meninas 2º tempo 5 meninas Obs: Participarão somente as meninas. VIII. PULA CORDA: (1º e 2º anos) 1.1. Pular a corda que gira Cada participante pulará a corda seguindo a ordem da fila A professora ajudará a rodar a corda A contagem deverá ser feita em voz alta por toda a equipe Será vencedora a equipe que realizar primeiro 100 pulos. 3. Infrações: 3.1. Não seguir a ordem da fila 3.2. Permanecer pulando logo após o erro 3.3. No caso da corda parar, recomeça a contagem. 1º tempo 5 meninas e 5 meninos IX. TOTÓ: (1º e 2º anos) 1.1. Marcar o maior número de gols Será sorteado qual jogador iniciará a partida Cada jogador deverá atacar e defender o seu jogo. 3. Tempo: 3.1. A partida será realizada em 10 minutos Ao término do tempo estabelecido, será considerado vencedor o jogador que estiver com o maior número de gols. 1 menino 1 menina X. NATAÇÃO: (1º e 2º anos) 1.1. Menor tempo no revezamento Não poderar sair sem autorização do arbitro Cada participante deverá tocar a parede final da piscina. 3. Número de participantes: 2 meninos 2 meninas XI. BANDEIRA: (1º e 2º anos) 1.1. Resgatar a bandeira com campo adversário Os participantes deverão posicionar-se na linha central da quadra. 9

10 2.2. Ao sinal do professor, os participantes poderão ultrapassar o campo do avdersário Não poderá ser pegue o participante no local onde esta a bandeira Caso o participante seja pegue antes de ultrapassar a linha central, a bandeira retorna ao lugar de origem e o mesmo poderá ser salvo por outro participante atraves de um toque. 3. Número de participantes: 1º tempo 4 meninas e 4 meninos 2º tempo 4 meninas e 4 meninos 3º ANOS; 2º ANO TARDE I. PEGUEBOL: (3º anos, 2º ano - T) 1. Objetivo: Enviar a bola de vôlei por cima da rede. 2. Procedimento de jogo: 2.1. O árbitro deverá desenhar com giz no chão da quadra 8 (oito) círculos, sendo 4 (quatro) antes da linha dos 3 metros e 4 (quatro) após a linha dos 3 metros, designando assim o local dos jogadores em quadra A cada cinco pontos de uma das equipes, os alunos que estão atrás virão para frente e os que estão na frente virão para trás A bola deverá ser tocada três vezes entre os jogadores antes de passá-la sobre a rede para equipe adversária Cada jogador terá a sua vez de sacar a bola seguindo a ordem do número estabelecido. O direito de saque será da equipe que marcar o ponto O saque deverá ser realizado de qualquer lugar da quadra atrás da linha de 3 metros Não será permitido ao jogador andar com a bola Não será permitido o jogador passar mais que 3 (três) segundos com a bola na mão Será marcado 1 ponto a cada erro da equipe adversária A partida será de 20 (vinte) pontos. 3. Infrações: 3.1. Invadir a quadra adversária para pegar a bola Tocar na rede intencionalmente Deixar a bola cair no chão. 4. Número de participantes 1º SET 4 meninos 4 meninas 2º SET 4 meninos 4 meninas II. CARIMBA : (3º anos, 2º ano - T) 1.1. Cada equipe deverá carimbar o maior número de adversários, respeitando as regras pré-estabelecidas. 2. Regras do jogo : 2.1. Será considerada carimbado o alunaoque não conseguir segurar a bola. No caso da bola tocar em duas jogadoras antes de ir ao chão, será carimbada a primeira jogadora que tocou na bola A partida poderá terminar antes dos 10 minutos, caso uma das equipes consiga carimbar todos os seus adversárioso 2.3. Será considerada invasão a ultrapassagem feita pelos alunas nas linhas limites do seu campo. Caso esteja de posse da bola, esta passará a pertencer ao time adversário Não será permitida a substituição de alunas carimbadas ( manda ) nem tão pouco a volta das mesmas para seu campo após carimbarem alguma adversária ( volta ). 10

11 2.5. A bola, ao sair da quadra pelos limites laterais e de fundo de uma equipe, pertencerá ao morto da equipe adversária. 3. Infrações: 3.1. Invadir (passar o pé por completo) o campo do adversário no momento que for jogar a bola. 4. Tempo de jogo: 4.1. Duas partidas de 10 (dez) minutos cada. 5. Número de participantes: 1º Tempo 8 meninas 2º Tempo 8 meninos V. FUTSAL: (3º anos, 2º ano - T) Fazer o maior número de gols na meta do adversário Saída do goleiro: Não é permitido ao goleiro tocar na bola com as mãos fora da área de gol Caso aconteça, será marcada falta com barreira a três passos da linha que demarca a área de gol, levando em consideração o local da infração Tiro de meta: Será cobrado quando a bola atravessar inteiramente a linha de fundo, após ter sido tocada pela última vez por um atleta atacante Batida de centro: Será cobrada no início do jogo, a cada gol efetuado e em situações de reversão Os jogadores adversários devem se posicionar na linha pontilhada do seu campo de defesa Os jogadores de ataque devem se posicionar até a linha central do seu campo de defesa Pênalti: Ocorrerá pênalti quando: O jogador sofrer falta dentro da área de gol adversária Um jogador, em sua pequena área, segurar, golpear ou de alguma forma impedir a trajetória da bola com a mão O goleiro deverá se posicionar na linha de gol, só podendo sair após o chute do jogador adversário. Obs.: O não cumprimento desta condição acarretará em uma nova cobrança Cobrança de lateral: Quando a bola atravessar inteiramente as linhas laterais, quer pelo solo, quer pelo alto Será cobrada com o pé, estando a bola em cima da linha lateral, devendo tocá-la para outro jogador Não será considerado gol caso, na cobrança de lateral, a bola entre no gol sem tocar outro jogador com exceção do goleiro O jogador adversário deverá posicionar-se no mínimo de 3 passos da bola Cobrança de escanteio: Será cobrada escanteio quando a bola ultrapassar a linha de fundo ocasionada pelo goleiro ou jogador de defesa Cobrança: A bola deverá estar posicionada em um dos cantos da linha de fundo (determinado pela trajetória da bola) Cobrança de faltas: Tiro livre: Acontecerá a partir da 6ª falta sofrida por uma equipe num tempo de jogo. Será cobrado a um palmo da linha central (caso a falta aconteça em seu campo de defesa) ou no local da infração ocorrida no campo de ataque Os jogadores que não participam da cobrança devem posicionar-se de forma a não prejudicar o chute. Obs.: Nas cobranças de faltas, os jogadores, que não participam diretamente da cobrança, devem estar no mínimo a 3 passos da bola. 11

12 2.8. Algumas observações: Será considerado bola na mão (não ocorrerá falta) quando a bola tocar no jogador Será considerado mão na bola (ocorrerá falta) quando o jogador intencionalmente tocar na bola A lei da vantagem ocorrerá quando um jogador ao sofrer uma falta, seu time continuar de posse da bola favorecendo uma boa jogada. 3. Infração e indisciplina: Será falta quando o atleta: 3.1. Der ou tentar dar pontapés no adversário Saltar sobre um adversário Segurar um adversário Calçar um adversário Segurar a bola, golpeá-la com a mão ou com o braço Jogar deitado ou sentado. 4. Tempo de jogo: Quatro tempos de 5 (cinco) minutos. 5. Número de participantes: 1º tempo 5 meninas 2º tempo 5 meninos 3º tempo 5 meninas 4º tempo 5 meninos VI. TÊNIS DE MESA: (3º anos, 2º ano - T) Rebater a bola por cima da rede do tênis de mesa para o campo adversário, obedecendo às regras préestabelecidas A bola é posta em jogo por intermédio do saque Será considerado queima de saque quando a bola, ao ser sacada, tocar na rede e não chegar no campo adversário Caso a partida apresente os seguintes resultados: 6 x 0 / 7 x 1 / 8 x 2, o jogador em desvantagem no placar será considerado perdedor da partida O jogador que conseguir 12 pontos primeiro será considerado vencedor da partida. Caso a partida chegue a 11 x 11 serão necessários 2 pontos de diferença até o placar chegar no máximo a 20 pontos Será permitido apenas um toque na bola no campo de jogo de cada time, caso contrário, será ponto para o time adversário A partida será realizada em 2 (dois) sets. 3. Número de participantes: 1 menino 1 menina V. DAMA : (3º anos, 2º ano - T) Capturar todas as peças do time adversário Será sorteado qual jogador iniciará a partida Cada jogador movimenta uma peça na sua vez de jogo O jogador terá sua peça capturada ("soprada") se surgir uma possibilidade de capturar ("comer") a peça adversária e assim não o fizer Será permitido capturar ("comer") a peça adversária para trás É obrigatória a movimentação de uma das suas peças na sua vez de jogo Será formada dama quando o jogador conseguir chegar com sua(s) peça(s) no lado oposto ao seu do tabuleiro A partida será considerada empatada quando os jogadores estiverem com as mesmas condições de jogo e/ou número de peças sem possibilidades de derrotar o adversário Será considerado vencedor, o jogador que capturar todas as peças do adversário ou que deixe o adversário sem saída. 12

13 3. Tempo: 3.1. A partida será realizada em 30 minutos Ao término do tempo estabelecido, será considerado vencedor o jogador que estiver em vantagem na partida (com maior número de peças capturadas). 1 menino 1 menina VI. BANDEIRA: (3º anos, 2º ano - T) 1.1. Resgatar a bandeira com campo adversário Os participantes deverão posicionar-se na linha central da quadra Ao sinal do professor, os participantes poderão ultrapassar o campo do avdersário Não poderá ser pegue o participante no local onde esta a bandeira Caso o participante seja pegue antes de ultrapassar a linha central, a bandeira retorna ao lugar de origem e o mesmo poderá ser salvo por outro participante atraves de um toque. 3. Número de participantes: 1º tempo 4 meninas e 4 meninos 2º tempo 4 meninas e 4 meninos VII. TOTÓ: (3º anos, 2º ano - T) 1.1. Marcar o maior número de gols Será sorteado qual jogador iniciará a partida Cada jogador deverá atacar e defender o seu jogo. 3. Tempo: 3.1. A partida será realizada em 10 minutos Ao término do tempo estabelecido, será considerado vencedor o jogador que estiver com o maior número de gols. 1 menino 1 menina VIII. NATAÇÃO: (3º anos, 2º ano - T) 1.1. Menor tempo no revezamento. 3. Regras do jogo: 2.1. Não poderar sair sem autorização do arbitro Cada participante deverá tocar a parede final da piscina. 3. Número de participantes: 2 meninos 2 meninas IV. JOGO DOS NÚMEROS DO BASQUETE (3º, 2ºano - T) Marcar o maior número de pontos nas cestas de basquete. 2. Regras do jogo : 2.1. Cada participante receberá um número e ficará na lateral da quadra esperando ser chamado. 13

14 2.2. No centro da quadra ficará duas bolas de basquete O aluno que corresponde ao número chamado pelo professor, deverá pegar uma das bolas de basquete no centro e quicando-a no chão deverá fazer duas cestas, uma em cada tabela Marcará um ponto para sua equipe o aluno que acertar primeiro as duas cestas. 3. Infrações: 3.1. Não quicar a bola no chão Ir para a outra tabela sem ter acertado a primeira cesta Jogo Misto 5 meninos e 5 meninas ( numerados de 1 a 10 ) Cada aluno será chamado duas vezes. 4 e 5º ANOS MANHÃ e TARDE I. VOLEIBOL: ( 4º e 5º anos ) Enviar a bola por cima da rede de vôlei para o time adversário, obedecendo a regras pré-estabelecidas. 2. Regras do jogo : 2.1. Cada set será de 10 pontos A bola é posta em jogo por intermédio do saque no centro da quadra O direito de saque será dá equipe que marcar o ponto seguindo a ordem do rodízio Será permitido quatros toques para enviar a bola para o lado adversário Será considerada rede quando, numa jogada, o aluno tocar na mesma Será considerada invasão quando o aluno ultrapassar os limites superior e inferior da rede, bem como a linha divisória do meio da quadra com alguma parte do corpo Será considerado válido quando, numa jogada normal, a bola tocar na rede e cair no campo adversário Será marcado ponto para a equipe,a cada erro do time adversário Caso numa partida haja empate 9 a 9, o vencedor será a equipe que obtiver uma vantagem de dois pontos, chegando no máximo a 20 pontos A cada vez que a bola passar por cima da rede para o campo adversário, será permitido a este time 01 pinga. 3. Tempo de jogo: Dois sets de 10 pontos. 4. Número de participantes º SET 4 meninos 4 meninas º SET 4 meninos 4 meninas II. HANDEBOL: (4º e 5º anos ) 1.1. Fazer gol na meta adversária usando as mãos Batida de centro: Os jogadores de posse da bola deverão posicionar-se em sua meia quadra. Os defensores deverão posicionar-se a pelo menos 3 passos da bola. Executado no início da partida e a cada gol do adversário. 14

15 2.2. Área de gol: A área de gol é restrita ao goleiro. Os jogadores atacantes e defensores não poderão invadir a linha amarela. A violação da área de gol, por um jogador atacante de posse da bola, acarretará na perda da mesma. A violação da área de gol, por um jogador defensor, é punida da seguinte forma: Tiro livre se um jogador defensor a invade com bola. Tiro livre se um jogador defensor a invade sem bola e disso leva vantagem no jogo. Tiro de 7m se um jogador que defende a invade intencionalmente e desta maneira coloca em desvantagem o jogador atacante Não é permitido ao jogador: Dar mais de 3 (três) passos com a bola sem quicá-la no chão. Usar os pés ou pernas para apoderar-se da bola. Invadir a área de gol. Barrar o caminho do adversário com braços, mãos ou pernas. Empurrar o adversário. Arrancar a bola do adversário. Ficar com a bola na mão por mais de 3 segundos Tiro de meta: Executado quando a bola ultrapassa a linha de gol por fora da baliza, tanto por jogadores atacantes ou defensores como também pelo goleiro. Caso a bola seja lançada propositadamente para linha de fundo pela defesa, será executado tiro livre Tiro livre: Executado quando houver: Faltas do goleiro Faltas dos jogadores defensores na linha da área de gol Invasão da área de gol Atitude antidesportiva Faltas com adversário O tiro livre deverá ser marcado no local onde ocorreu a infração Caso seja entre a linha pontilhada e a área de gol este deverá ter barreira e ser executado da linha pontilhada, estando a barreira a distância de 3m da bola Tiro de 7m: Executado quando houver conduta anti-regulamentar que impeça uma clara ocasião de marcar gol em toda a quadra É permitido ao goleiro: Utilizar mãos e pés na tentativa de defesa Ao colocar a bola em jogo só poderá fazê-la com as mãos. 3. Tempo de jogo: Quatro tempos de 6 (seis) minutos. 1º Tempo: 5 meninas 2º Tempo: 5 meninos 3º Tempo: 5 meninas 4º Tempo: 5 meninos III. BASQUETE: (4º e 5º anos) Fazer cesta no campo adversário utilizando as mãos. 2. Regras do jogo : 2.1. Faltas: Serão consideradas faltas: Bloquear o caminho do adversário. Segurar o adversário. Puxar o adversário. Atitudes antidesportivas. Chutar a bola Cada falta será anotada, na sexta falta por tempo, será creditado 2 lances livre para o aluno que sofreu a falta. 15

16 2.2. Punições das faltas: Lançamento lateral: Empurrar, bloquear, puxar sem ser proposital ou estar em ato de arremesso lances livres: Quando a falta for cometida propositadamente e de maneira rude (falta anti-desportiva). Quando o jogador receber a falta no ato do arremesso à cesta. OBS: O aluno que sofreu a falta no ato do arremesso convertido terá direito a apenas 1 lance livre Lance livre: Infração de jogo violento contra as regras, serão impostos 2 lances livres Cada lance livre convertido conta um ponto A bola é considerada em jogo após o segundo lance livre A bola está em jogo no momento em que ela sair da mão do arremessador, só então os jogadores de ambas as equipes poderão saltar atrás da bola e pisar no garrafão. Se um jogador da equipe atacante pisar no garrafão antes da bola sair da mão do arremessador, haverá um lançamento lateral para a equipe adversária. Se um jogador da equipe adversária pisar no garrafão o lançamento será repetido, se não for convertido Se a bola não tocar o aro, haverá um lançamento lateral para a equipe adversária Arremesso à cesta: É considerado válido quando a bola passar pelo aro por cima Um arremesso à cesta convertido durante o jogo conta 2 pontos Um arremesso à cesta com lance livre conta 1 ponto Lateral: Após cada apito do árbitro, a bola será recolocada em campo pela lateral (exceção nos lances livres, e após os arremessos convertidos em cesta) Drible: Deslocamento com a bola: ela tem que ser batida no chão com uma mão por vez Ao parar de quicar a bola o jogador não poderá mais quicá-la no chão Bola presa: A reposição da bola será feita na lateral da quadra alternando as equipes Bola ao alto: Acontece ao iniciar o jogo. 3. Tempo de jogo: 4 tempos de 6 (seis) minutos. 4. Números de participantes: 1º Tempo: 5 meninas 2º Tempo: 5 meninos 3º Tempo: 5 meninas 4º Tempo: 5 meninos V. FUTSAL: (4º e 5º anos ) Fazer o maior número de gols na meta do adversário Saída do goleiro: Não é permitido ao goleiro tocar na bola com as mãos fora da área de gol Caso aconteça, será marcada falta com barreira a três passos da linha que demarca a área de gol, levando em consideração o local da infração Tiro de meta: Será cobrado quando a bola atravessar inteiramente a linha de fundo, após ter sido tocada pela última vez por um atleta atacante Batida de centro: Será cobrada no início do jogo, a cada gol efetuado e em situações de reversão Os jogadores adversários devem se posicionar na linha pontilhada do seu campo de defesa Os jogadores de ataque devem se posicionar até a linha central do seu campo de defesa. 16

17 2.4. Pênalti: Ocorrerá pênalti quando: O jogador sofrer falta dentro da área de gol adversária Um jogador, em sua pequena área, segurar, golpear ou de alguma forma impedir a trajetória da bola com a mão O goleiro deverá se posicionar na linha de gol, só podendo sair após o chute do jogador adversário. Obs.: O não cumprimento desta condição acarretará em uma nova cobrança Cobrança de lateral: Quando a bola atravessar inteiramente as linhas laterais, quer pelo solo, quer pelo alto Será cobrada com o pé, estando a bola em cima da linha lateral, devendo tocá-la para outro jogador Não será considerado gol caso, na cobrança de lateral, a bola entre no gol sem tocar outro jogador com exceção do goleiro O jogador adversário deverá posicionar-se no mínimo de 3 passos da bola Cobrança de escanteio: Será cobrada escanteio quando a bola ultrapassar a linha de fundo ocasionada pelo goleiro ou jogador de defesa Cobrança: A bola deverá estar posicionada em um dos cantos da linha de fundo (determinado pela trajetória da bola) Cobrança de faltas: Tiro livre: Acontecerá a partir da 6ª falta sofrida por uma equipe num tempo de jogo. Será cobrado a um palmo da linha central (caso a falta aconteça em seu campo de defesa) ou no local da infração ocorrida no campo de ataque Os jogadores que não participam da cobrança devem posicionar-se de forma a não prejudicar o chute. Obs.: Nas cobranças de faltas, os jogadores, que não participam diretamente da cobrança, devem estar no mínimo a 3 passos da bola Algumas observações: Será considerado bola na mão (não ocorrerá falta) quando a bola tocar no jogador Será considerado mão na bola (ocorrerá falta) quando o jogador intencionalmente tocar na bola A lei da vantagem ocorrerá quando um jogador ao sofrer uma falta, seu time continuar de posse da bola favorecendo uma boa jogada. 3. Infração e indisciplina: Será falta quando o atleta: 3.1. Der ou tentar dar pontapés no adversário Saltar sobre um adversário Segurar um adversário Calçar um adversário Segurar a bola, golpeá-la com a mão ou com o braço Jogar deitado ou sentado. 4. Tempo de jogo: Quatro tempos de 6 (seis) minutos. 5. Número de participantes: 1º tempo 5 meninas 2º tempo 5 meninos 3º tempo 5 meninas 4º tempo 5 meninos V. TÊNIS DE MESA: (4º e 5º anos) Rebater a bola por cima da rede do tênis de mesa para o campo adversário, obedecendo às regras préestabelecidas A bola é posta em jogo por intermédio do saque. 17

18 2.2. Será considerado queima de saque quando a bola, ao ser sacada, tocar na rede e não chegar no campo adversário Caso a partida apresente os seguintes resultados: 6 x 0 / 7 x 1 / 8 x 2, o jogador em desvantagem no placar será considerado perdedor da partida O jogador que conseguir 12 pontos primeiro será considerado vencedor da partida. Caso a partida chegue a 11 x 11 serão necessários 2 pontos de diferença até o placar chegar no máximo a 20 pontos Será permitido apenas um toque na bola no campo de jogo de cada time, caso contrário, será ponto para o time adversário A partida será realizada em 2 (dois) sets. 3. Número de participantes: 1 menino 1 menina VI. XADREZ: (5º anos - manhã) Dar cheque-mate no Rei adversário Será sorteado qual jogador iniciará a partida, iniciando o jogador que tirar a peça branca Cada jogador movimenta a peça na sua vez de jogo respeitando as possibilidades de movimento de cada peça Ao iniciar a partida o tabuleiro deverá estar com todas as peças arrumadas em seus devidos lugares Não será permitido ao jogador voltar uma jogada já concluída É obrigatório o aviso ao adversário quando este receber cheque A partida será considerada empatada quando: O Rei ficar encurralado sem condições de movimentar-se na vez de jogo do mesmo (na condição de única peça em jogo) O Rei sendo a única peça em jogo executar 25 movimentos Cada peão que conseguir chegar no lado oposto de seu tabuleiro poderá escolher qual peça ele irá representar Será considerado vencedor o jogador que conseguir dar cheque-mate no adversário. 3. Tempo: A partida será realizada em 30 minutos. Ao término do tempo estabelecido, será considerado vencedor o jogador que estiver em vantagem na partida, de acordo com o valor das peças capturadas. Valor das peças: Dama... 9 Torre... 5½ Bispo... 3½ Cavalo... 3 Peão menino 1 menina VII. BANDEIRA: (4º e 5º anos ) 1.1. Resgatar a bandeira com campo adversário Os participantes deverão posicionar-se na linha central da quadra Ao sinal do professor, os participantes poderão ultrapassar o campo do avdersário Não poderá ser pegue o participante no local onde esta a bandeira Caso o participante seja pegue antes de ultrapassar a linha central, a bandeira retorna ao lugar de origem e o mesmo poderá ser salvo por outro participante atraves de um toque. 3. Número de participantes: 1º tempo 4 meninas e 4 meninos 2º tempo 4 meninas e 4 meninos VIII. TOTÓ: (4º e 5º anos) 18

19 1.1. Marcar o maior número de gols Será sorteado qual jogador iniciará a partida Cada jogador deverá atacar e defender o seu jogo. 3. Tempo: 3.1. A partida será realizada em 10 minutos Ao término do tempo estabelecido, será considerado vencedor o jogador que estiver com o maior número de gols. 1 menino 1 menina IX. NATAÇÃO: (4º e 5º anos) 1.1. Menor tempo no revezamento. 3. Regras do jogo: 2.1. Não poderar sair sem autorização do arbitro Cada participante deverá tocar a parede final da piscina. 3. Número de participantes: 2 meninos 2 meninas X. CARIMBA : (4º e 5º anos) 1.2. Cada equipe deverá carimbar o maior número de adversários, respeitando as regras pré-estabelecidas. 2. Regras do jogo : 2.1. Será considerada carimbado o alunaoque não conseguir segurar a bola. No caso da bola tocar em duas jogadoras antes de ir ao chão, será carimbada a primeira jogadora que tocou na bola A partida poderá terminar antes dos 10 minutos, caso uma das equipes consiga carimbar todos os seus adversárioso 2.3. Será considerada invasão a ultrapassagem feita pelos alunas nas linhas limites do seu campo. Caso esteja de posse da bola, esta passará a pertencer ao time adversário Não será permitida a substituição de alunas carimbadas ( manda ) nem tão pouco a volta das mesmas para seu campo após carimbarem alguma adversária ( volta ) A bola, ao sair da quadra pelos limites laterais e de fundo de uma equipe, pertencerá ao morto da equipe adversária. 3. Infrações: 3.1. Invadir (passar o pé por completo) o campo do adversário no momento que for jogar a bola. 4. Tempo de jogo: 4.1. Duas partidas de 10 (dez) minutos cada. 5. Número de participantes: 1º Tempo 8 meninas 2º Tempo 8 meninos XI. HAND-CARIMBA: (5º anos - manhã) 1.1. Marcar o maior numero de gols utilizando as combinações. 19

20 2.1. Os participantes deverão posicionar-se na metade da quadra em frente a outra equipe Ao sinal do professor, os participantes deverão combinar a bola ate fazer o gol Os jogadores não poderão entrar na area do gol de seu time O goleiro não poderá sair de sua area Os jogadores não poderão ultrapassar a linha do meio da quadra Serão utilizadas quatro bolas de voleibol, durante o jogo 3. Número de participantes: 1º tempo 5 meninas e 5 meninos 2º tempo 5 meninas e 5 meninos XI. DAMA : (4º anos, 5º ano - T) Capturar todas as peças do time adversário Será sorteado qual jogador iniciará a partida Cada jogador movimenta uma peça na sua vez de jogo O jogador terá sua peça capturada ("soprada") se surgir uma possibilidade de capturar ("comer") a peça adversária e assim não o fizer Será permitido capturar ("comer") a peça adversária para trás É obrigatória a movimentação de uma das suas peças na sua vez de jogo Será formada dama quando o jogador conseguir chegar com sua(s) peça(s) no lado oposto ao seu do tabuleiro A partida será considerada empatada quando os jogadores estiverem com as mesmas condições de jogo e/ou número de peças sem possibilidades de derrotar o adversário Será considerado vencedor, o jogador que capturar todas as peças do adversário ou que deixe o adversário sem saída. 3. Tempo: 3.1. A partida será realizada em 30 minutos Ao término do tempo estabelecido, será considerado vencedor o jogador que estiver em vantagem na partida (com maior número de peças capturadas). 1 menino 1 menina 20

XXV OLIMPÍADA ECC 2014

XXV OLIMPÍADA ECC 2014 XXV OLIMPÍADA ECC 2014 CALENDÁRIO De 30/09 a 03/10 2014 Horário: de 30/09 até 02/10-7h10 às18h30 03/10-7h10 às 17h00 MODALIDADES VÔLEI BASQUETE HANDEBOL FUTEBOL DE SALÃO (FUTSAL) FUTEBOL DE CAMPO (FUTCAMPO)

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO JOGOS DE INTEGRAÇÃO REGULAMENTO TÉCNICO DO BASQUETEBOL MASCULINO

REGULAMENTO TÉCNICO JOGOS DE INTEGRAÇÃO REGULAMENTO TÉCNICO DO BASQUETEBOL MASCULINO REGULAMENTO TÉCNICO JOGOS DE INTEGRAÇÃO REGULAMENTO TÉCNICO DO BASQUETEBOL MASCULINO Art. 1 O torneio de basquetebol masculino será realizado de acordo com as regras estabelecidas pela Federação Internacional

Leia mais

PROVAS INTERNAS. Provas Internas - Período: 04 de maio de 2013. Pontuação Geral das Provas Internas: PROVA TIPO 1º 2º

PROVAS INTERNAS. Provas Internas - Período: 04 de maio de 2013. Pontuação Geral das Provas Internas: PROVA TIPO 1º 2º 1ª Etapa PROVAS INTERNAS Provas Internas - Período: 04 de maio de 2013 Pontuação Geral das Provas Internas: PROVA TIPO 1º 2º 1. Desfile de Abertura Prévia 3000 2800 2. Grito de Guerra na Gincana Prévia

Leia mais

JOGOS UNIVERSITÁRIOS CAMILIANOS - JUCAM 2013

JOGOS UNIVERSITÁRIOS CAMILIANOS - JUCAM 2013 REGULAMENTO PARA O VOLEIBOL EQUIPES Uma equipe é formada por 10 jogadores. E somente 6 jogadores podem participar do jogo tendo como obrigatoriedade 3 homens e 3 mulheres em quadra para condições de jogo.

Leia mais

1ºTorneio Bancário Society de Clubes Paulista REGULAMENTO 2015

1ºTorneio Bancário Society de Clubes Paulista REGULAMENTO 2015 REGULAMENTO 2015 1º Torneio Bancário Society de Clubes Paulista 2015, é uma promoção da Secretaria de Esporte do Sindicato dos Bancários, e tem por finalidade efetuar o congraçamento entre os bancários

Leia mais

Regulamento da Olimpíada Santo Inácio

Regulamento da Olimpíada Santo Inácio Colégio Antônio Vieira Regulamento da Olimpíada Santo Inácio A Olimpíada Santo Inácio de Loyola é um conjunto de atividades esportivas, destinada aos alunos do 6º ano EF, 6ª, 7ª e 8ª série do Ensino Fundamental

Leia mais

Anexo I REGRA 01 - NÚMERO DE ATLETAS

Anexo I REGRA 01 - NÚMERO DE ATLETAS Anexo I REGRA 01 - NÚMERO DE ATLETAS 01 - A partida será disputada por duas equipes, cada uma composta por sete atletas, onde um dos quais, obrigatoriamente, será o goleiro. É obrigatório para se iniciar

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO BASQUETE

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO BASQUETE REGULAMENTO ESPECÍFICO DO BASQUETE 1. As competições de basquete serão realizadas de acordo com as regras internacionais da FIBA e os regulamentos e normas do Novo Desporto Universitário 2012 NDU. 2. Cada

Leia mais

1 JOGOS ESCOLARES DE INTEGRAÇÃO DA EMDAR 9 a 14 de julho de 2012 PROGRAMAÇÃO

1 JOGOS ESCOLARES DE INTEGRAÇÃO DA EMDAR 9 a 14 de julho de 2012 PROGRAMAÇÃO 1 Ministério da Educação Universidade Federal de Viçosa Campus Florestal Educação Física (Licenciatura) Prefeitura Municipal de Florestal Secretaria Municipal de Educação Escola Municipal Derci Alves Ribeiro

Leia mais

Jogos de Integração do Instituto Federal/ Araranguá JIIF

Jogos de Integração do Instituto Federal/ Araranguá JIIF Jogos de Integração do Instituto Federal/ Araranguá JIIF DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Para efeito de classificação, a pontuação será a seguinte: I - 1º lugar: 10 pontos. II - 2º lugar: 7 pontos. III - 3º

Leia mais

Regulamento 7ª Olimpíada TJPE

Regulamento 7ª Olimpíada TJPE Regulamento 7ª Olimpíada TJPE A Secretaria de Gestão de Pessoas do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco FAZ SABER que nos dias 17 e 18 de outubro de 2015 realizará a 7ª OLIMPÍADA TJPE, mediante

Leia mais

APOSTILA DE FUTSAL. 6º, 7º, 8º e 9º ANO. HISTÓRICO No Brasil

APOSTILA DE FUTSAL. 6º, 7º, 8º e 9º ANO. HISTÓRICO No Brasil APOSTILA DE FUTSAL 6º, 7º, 8º e 9º ANO HISTÓRICO No Brasil O Futebol de Salão tem duas versões sobre o seu surgimento, como em outros esportes, há divergências quanto a sua invenção. Há uma versão que

Leia mais

www.ndu.net.br Sede Social Rua Luís Góis, 2.187 Mirandópolis São Paulo SP Cep: 04043-400 Fone: (11) 7708-7429

www.ndu.net.br Sede Social Rua Luís Góis, 2.187 Mirandópolis São Paulo SP Cep: 04043-400 Fone: (11) 7708-7429 Organização, compromisso e qualidade em prol do esporte universitário paulista www.ndu.net.br Sede Social Rua Luís Góis, 2.187 Mirandópolis São Paulo SP Cep: 04043-400 Fone: (11) 7708-7429 REGULAMENTO

Leia mais

IV JOGOS MUNICIPAIS DA TERCEIRA IDADE DE PORTO ALEGRE 1, 2 e 3 de julho de 2005 - Ginásio Tesourinha REGULAMENTO ESPECÍFICO. Módulo Competitivo

IV JOGOS MUNICIPAIS DA TERCEIRA IDADE DE PORTO ALEGRE 1, 2 e 3 de julho de 2005 - Ginásio Tesourinha REGULAMENTO ESPECÍFICO. Módulo Competitivo PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTES, RECREAÇÃO E LAZER IV JOGOS MUNICIPAIS DA TERCEIRA IDADE DE PORTO ALEGRE 1, 2 e 3 de julho de 2005 - Ginásio Tesourinha REGULAMENTO

Leia mais

* Regulamento Técnico 2016 * FUTSAL

* Regulamento Técnico 2016 * FUTSAL * Regulamento Técnico 2016 * FUTSAL 1. DOS JOGOS: Os jogos de Futsal serão regidos pelas Regras Oficiais vigentes da Confederação Brasileira de Futsal, observadas as exceções previstas neste Regulamento

Leia mais

REGULAMENTO PROVAS ESPORTIVAS. 11ª Gincana do Calouro Solidário Univille 2014

REGULAMENTO PROVAS ESPORTIVAS. 11ª Gincana do Calouro Solidário Univille 2014 REGULAMENTO PROVAS ESPORTIVAS 11ª Gincana do Calouro Solidário Univille 2014 Como parte das atividades, a Univille, em parceria com o Departamento de Educação Física, realizará, na 11ª Gincana do Calouro

Leia mais

1 Regras dos Esportes de Verao da Special Olympics Basketball BASQUETEBOL

1 Regras dos Esportes de Verao da Special Olympics Basketball BASQUETEBOL 1 BASQUETEBOL As Regras Oficiais da Special Olympics devem governar todas as competições de Basquete da Special Olympics. Como um programa de esportes internacional, a Special Olympics criou estas regras

Leia mais

DISCIPLINA. Regulamento Geral

DISCIPLINA. Regulamento Geral REGULAMENTO GERAL ENSINA-ME A SER OBEDIENTE ÀS REGRAS DO JOGO ENSINA-ME A NÃO PROFERIR NEM RECEBER ELOGIO IMERECIDO ENSINA-ME A GANHAR, SE ME FOR POSSÍVEL MAS, SE EU PERDER, ACIMA DE TUDO ENSINA-ME A PERDER

Leia mais

EMENDAS ÀS REGRAS DO JOGO 2016/2017

EMENDAS ÀS REGRAS DO JOGO 2016/2017 EMENDAS ÀS REGRAS DO JOGO 2016/2017 EMENDAS ÀS REGRAS DO JOGO 2016/2017 INTRODUÇÃO OBSERVAÇÕES SOBRE AS REGRAS DO JOGO AS REGRAS DO JOGO EXPLICADAS AS MUDANÇAS ÀS REGRAS PARA 2016/17 - TEXTO ANTIGO -

Leia mais

Novas regras do futsal

Novas regras do futsal Novas regras do futsal 2011 Confederação Brasileira de Futebol de Salão - Futsal Futsal do Brasil passa a adotar novidades na regra em 2011 A temporada de 2011 ainda nem começou, mas o futsal brasileiro

Leia mais

17/02/2016. Mestrando Dagnou Pessoa de Moura - Dog. A partida é supervisionada por três árbitros

17/02/2016. Mestrando Dagnou Pessoa de Moura - Dog. A partida é supervisionada por três árbitros Mestrando Dagnou Pessoa de Moura - Dog Formado em Educação Física Unisalesiano Lins Especialista em Fisiologia do Exercício UFSCar Especialista em Biomecânica, Avaliação Física e Prescrição de Exercícios

Leia mais

PROJETO E REGULAMENTO GERAL

PROJETO E REGULAMENTO GERAL OLIMPÍADAS DO INSTITUTO EDUCACIONAL NOVOS TEMPOS PROJETO E REGULAMENTO GERAL Ensino Fundamental II e Médio OUTUBRO DE 2015 APRESENTAÇÃO: As Olimpíadas do Instituto Educacional Novos Tempos (OLIENT), visam

Leia mais

FUTEBOL DE CAMPO CATEGORIA / IDADE - MASCULINO: CATEGORIAS / IDADE - FEMININO:

FUTEBOL DE CAMPO CATEGORIA / IDADE - MASCULINO: CATEGORIAS / IDADE - FEMININO: FUTEBOL DE CAMPO Todos os atletas deverão apresentar o Documento Original (conforme Art.do Regulamento Geral) É obrigatório (e indispensável) o uso de caneleiras para todos os atletas participantes das

Leia mais

Prof. Mst. Sandro de Souza. Disciplinas: Futebol e Futsal e Aprofundamento em Futebol

Prof. Mst. Sandro de Souza. Disciplinas: Futebol e Futsal e Aprofundamento em Futebol Prof. Mst. Sandro de Souza Disciplinas: Futebol e Futsal e Aprofundamento em Futebol Desenhe um campo de Futebol com as suas dimensões e marcações. Qual o número mínimo de jogadores, em um time, para iniciar

Leia mais

9º. ANO APOSTILA ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA COLÉGIO DOM PEDRO II

9º. ANO APOSTILA ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA COLÉGIO DOM PEDRO II COLÉGIO DOM PEDRO II APOSTILA ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA 9º. ANO 2013 Professores responsáveis: Marta Cristina Thompson Valkiria S. Takahashi Vladimir Antônio da Fonseca 1 1 º TR TRIMESTRE HANDEBOL BASQUETEBOL

Leia mais

REGULAMENTO GERAL QUANDO PENSO QUE CHEGUEI AO MEU LIMITE, DESCUBRO QUE TENHO FORÇAS PARA IR ALEM

REGULAMENTO GERAL QUANDO PENSO QUE CHEGUEI AO MEU LIMITE, DESCUBRO QUE TENHO FORÇAS PARA IR ALEM REGULAMENTO GERAL QUANDO PENSO QUE CHEGUEI AO MEU LIMITE, DESCUBRO QUE TENHO FORÇAS PARA IR ALEM AYRTON SENNA DISCIPLINA 1. Os jogos e atividades começarão rigorosamente no horário previsto; não haverá

Leia mais

XXIV INTERAMIZADE. Carta Convite

XXIV INTERAMIZADE. Carta Convite XXIV INTERAMIZADE Carta Convite O Colégio São Luís tem o prazer de convidar esta conceituada instituição de ensino a participar dos XXIV Interamizade 2014, principal evento esportivo de nosso calendário.

Leia mais

Diagrama das dimensões de uma quadra oficial Diagrama das dimensões de uma tabela oficial Equipe - Existem duas equipes que são compostas por 5

Diagrama das dimensões de uma quadra oficial Diagrama das dimensões de uma tabela oficial Equipe - Existem duas equipes que são compostas por 5 Basquetebol O basquetebol é um desporto colectivo inventado em 1891 pelo professor de Educação Física canadense James Naismith, na Associação Cristã de Moços de Springfield (Massachusetts), EUA. É jogado

Leia mais

II Jogos Estudantis do Colégio Vital Brazil

II Jogos Estudantis do Colégio Vital Brazil II Jogos Estudantis do Colégio Vital Brazil Antes da pretensão de promover um campeonato, deve-se promover o homem em sua infinita potencialidade e complexidade, REVERDITO, SCAGLIA E MONTAGNER 2013....

Leia mais

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO, ACTUALIZAÇÃO E AVALIAÇÃO ÁRBITROS ASSISTENTES DE 2.ª CATEGORIA Futebol de 11 TESTE ESCRITO PERGUNTAS

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO, ACTUALIZAÇÃO E AVALIAÇÃO ÁRBITROS ASSISTENTES DE 2.ª CATEGORIA Futebol de 11 TESTE ESCRITO PERGUNTAS FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL CONSELHO DE ARBITRAGEM CURSO DE APERFEIÇOAMENTO, ACTUALIZAÇÃO E AVALIAÇÃO ÁRBITROS ASSISTENTES DE 2.ª CATEGORIA Futebol de 11 Fátima, 6 de Agosto de 2006 ÉPOCA 2006/2007

Leia mais

Regras do Jogo. Perguntas e Respostas 91

Regras do Jogo. Perguntas e Respostas 91 Regras do Jogo Perguntas e Respostas 2006 91 Perguntas e Respostas 91 5/30/06 11:17:38 PM Índice Regra 1 O Campo de Jogo Perguntas e Respostas 2006 Assunto Página O Campo de Jogo...93 A Bola...94 O Número

Leia mais

TEMA: COPA DAS CONFEDERAÇÕES. Regulamento Geral Ensino Fundamental II e Ensino Médio (Primeira etapa)

TEMA: COPA DAS CONFEDERAÇÕES. Regulamento Geral Ensino Fundamental II e Ensino Médio (Primeira etapa) PROJETO J BA 2013 I - OBJETIVOS TEMA: COPA DAS CONFEDERAÇÕES Regulamento Geral Ensino Fundamental II e Ensino Médio (Primeira etapa) - Promover a integração e a participação dos alunos do CBB, permitindo

Leia mais

II CAMPEONATO DE FUTEBOL SUIÇO BEIRA RIO CLUBE DE CAMPO 2014 TAÇA FIFA 2014 Troféu Álvaro Wischral Tuti

II CAMPEONATO DE FUTEBOL SUIÇO BEIRA RIO CLUBE DE CAMPO 2014 TAÇA FIFA 2014 Troféu Álvaro Wischral Tuti II CAMPEONATO DE FUTEBOL SUIÇO BEIRA RIO CLUBE DE CAMPO 2014 TAÇA FIFA 2014 Troféu Álvaro Wischral Tuti Regulamento Geral I Das Disposições Gerais Obs: A COMISSÃO É COMPOSTA pelos integrantes: Rafael Rangel,

Leia mais

REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I

REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I I MACEIÓ-AL, 2015 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I DA FINALIDADE DO EVENTO Art. 1º - O esporte é considerado um fenômeno cultural da humanidade capaz de propiciar inúmeros benefícios aos seus praticantes.

Leia mais

III CAMPEONATO DE FUTEBOL SUIÇO BEIRA RIO CLUBE DE CAMPO 2015 Troféu Álvaro Wischral Tuti

III CAMPEONATO DE FUTEBOL SUIÇO BEIRA RIO CLUBE DE CAMPO 2015 Troféu Álvaro Wischral Tuti III CAMPEONATO DE FUTEBOL SUIÇO BEIRA RIO CLUBE DE CAMPO 2015 Troféu Álvaro Wischral Tuti Regulamento Geral I Das Disposições Gerais Obs: A COMISSÃO É COMPOSTA pelos integrantes: Rafael Rangel, Sidnei

Leia mais

"Senhor, eu te darei graças no meio das nações; eu te louvarei entre os povos." Salmo 57.9

Senhor, eu te darei graças no meio das nações; eu te louvarei entre os povos. Salmo 57.9 PROJETO J BA 2014 TEMA: COPA DO MUNDO FESTA DAS NAÇÕES "Senhor, eu te darei graças no meio das nações; eu te louvarei entre os povos." Salmo 57.9 I - OBJETIVOS Regulamento Geral Ensino Fundamental II e

Leia mais

JOGOS INTERNOS 2012. Eu faço parte desta história! Regulamento. Colégio Santa Dorotéia BH.

JOGOS INTERNOS 2012. Eu faço parte desta história! Regulamento. Colégio Santa Dorotéia BH. Colégio Santa Dorotéia BH. Departamento de Educação Física e Artes DEFA SEGMENTO: 6ª a 8ª séries Ensino Fundamental JOGOS INTERNOS 2012 Eu faço parte desta história! Regulamento Colégio Santa Dorotéia

Leia mais

VOLEIBOL. 11. O Jogador que executa o saque, deve estar em qual posição? 1) Em que ano foi criado o voleibol? a) 1997. a) posição número 6.

VOLEIBOL. 11. O Jogador que executa o saque, deve estar em qual posição? 1) Em que ano foi criado o voleibol? a) 1997. a) posição número 6. VOLEIBOL 1) Em que ano foi criado o voleibol? a) 1997 b) 2007 c) 1996 d) 1975 e)1895 2. Quem inventou o voleibol? a) William G. Morgan b) Pelé c) Roberto Carlos d) Ronaldinho Gaúcho e) Michael Jackson

Leia mais

DA FINALIDADE: Homens só poderão substituir homens e mulheres só poderão substituir mulheres.

DA FINALIDADE: Homens só poderão substituir homens e mulheres só poderão substituir mulheres. DA FINALIDADE: Art. 1º - Os JOGOS DE VERÃO ARCO SPM 2013 MODALIDADE VOLEIBOL 4X4, tem como finalidade principal, promover o congraçamento das equipes e o aumento da adesão à prática de exercícios físicos

Leia mais

VII JOGOS DOS APOSENTADOS FENACEF 2016

VII JOGOS DOS APOSENTADOS FENACEF 2016 REGULAMENTO TÉCNICO CANASTRA Art. 1º. O torneio de Canastra do VII JOGOS FENACEF, será realizado de acordo com as regras estabelecidas pela FENACEF no Regulamento Geral do VII JOGOS FENACEF, combinado

Leia mais

Iº JOGOS ABERTOS DA MELHOR IDADE

Iº JOGOS ABERTOS DA MELHOR IDADE Iº JOGOS ABERTOS DA MELHOR IDADE REGULAMENTO TÉCNICO DAS MODALIDADES O presente Regulamento Técnico está sendo construído pelo coletivo de representantes dos Governos Estaduais do país, tendo como base

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL COORDENADORA SANDRA MARA KUCHNIR

ENSINO FUNDAMENTAL COORDENADORA SANDRA MARA KUCHNIR ENSINO FUNDAMENTAL COORDENADORA SANDRA MARA KUCHNIR 2014 EDUCAÇÃO FÍSICA EDUCAÇÃO FÍSICA PRODUÇÃO CULTURAL DA SOCIEDADE EXPRESSADA ATRAVÉS DO MOVIMENTO EDUCAÇÃO FÍSICA CONTEÚDOS EDUCAÇÃO FÍSICA EIXOS ESPORTE

Leia mais

Olimpíadas Especiais UBM/PMBM Regulamento Técnico 2014

Olimpíadas Especiais UBM/PMBM Regulamento Técnico 2014 Olimpíadas Especiais UBM/PMBM Regulamento Técnico 2014 I - DOS JOGOS Art.1 - A Olimpíada Especial UBM/PMBM tem por finalidade desenvolver o intercâmbio desportivo e social entre os atletas, professores

Leia mais

Período: 06/09 a 29/11 11 datas. Realização: Faculdade Anísio Teixeira Departamento de Esportes

Período: 06/09 a 29/11 11 datas. Realização: Faculdade Anísio Teixeira Departamento de Esportes Período: 06/09 a 29/11 11 datas Realização: Faculdade Anísio Teixeira Departamento de Esportes COORDENAÇÃO: Prof. Eurico Gaspar de Oliveira CREF 0124 - G/BA CONTATO: (75) 8307-1261 / 9165-4938 / 3223.4158

Leia mais

APOSTILA DE VOLEIBOL

APOSTILA DE VOLEIBOL APOSTILA DE VOLEIBOL O voleibol é praticado em uma quadra retangular dividida ao meio por uma rede que impede o contato corporal entre os adversários. A disputa é entre duas equipes compostas por seis

Leia mais

INTERSÉRIES COLÉGIO MARISTA APARECIDA 2015 REGULAMENTO GERAL

INTERSÉRIES COLÉGIO MARISTA APARECIDA 2015 REGULAMENTO GERAL INTERSÉRIES COLÉGIO MARISTA APARECIDA 2015 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º - Este regulamento é o conjunto das disposições que regem as competições da Interséries 2015. Art.

Leia mais

MATERIAL DE APOIO ED. FÍSICA PROFª. THAÍS LUCENA ALUNO(A): Nº RECIFE, DE DE 2012.

MATERIAL DE APOIO ED. FÍSICA PROFª. THAÍS LUCENA ALUNO(A): Nº RECIFE, DE DE 2012. DO INFANTIL ENSINO AO COMPLETO VESTIBULAR MATERIAL DE APOIO ED. FÍSICA PROFª. THAÍS LUCENA ALUNO(A): Nº RECIFE, DE DE 2012. 1. O sorteio do jogo - O sorteio é efetuado na presença dos dois capitães de

Leia mais

CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS DOS JOGOS UNIVERSITÁRIOS EINSTEIN

CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS DOS JOGOS UNIVERSITÁRIOS EINSTEIN CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS DOS JOGOS UNIVERSITÁRIOS EINSTEIN Artigo 1º - Os Jogos Universitários tem como objetivo: * Incentivar a participação dos jovens em atividades saudáveis do ponto de vista social,

Leia mais

1-Será disputado pelo sistema de duplas, permitindo-se a inscrição de 02 atletas por equipe, de ambos os sexos.

1-Será disputado pelo sistema de duplas, permitindo-se a inscrição de 02 atletas por equipe, de ambos os sexos. REGULAMENTO DE BURACO 1-Será disputado pelo sistema de duplas, permitindo-se a inscrição de 02 atletas por equipe, de ambos os sexos. 2-No horário estabelecido pela Comissão Organizadora para início de

Leia mais

Formação de Árbitros FUTSAL

Formação de Árbitros FUTSAL Formação de Árbitros FUTSAL O árbitro é o indivíduo responsável por fazer cumprir as regras, o regulamento e o espírito do jogo ao qual estão submetidos e intervir sempre que necessário, no caso quando

Leia mais

REGRAS OFICIAIS. 1.3. De cada lado deste quadrado será demarcada, à 7 metros da rede e paralela a esta, uma linha denominada linha da área de saque.

REGRAS OFICIAIS. 1.3. De cada lado deste quadrado será demarcada, à 7 metros da rede e paralela a esta, uma linha denominada linha da área de saque. REGRAS OFICIAIS 1. A QUADRA 1.1. A área de jogo trata-se de um retângulo de 10 metros de largura por 20 metros de comprimento. 1.2. Este retângulo será dividido na sua metade por uma rede, formando em

Leia mais

3ª COPA INTER-ADVOGADOS

3ª COPA INTER-ADVOGADOS Data/ Local: Competição: Maio à Julho * início previsto para 26/maio Local: Centro Iraí Pinhais-PR www.centroirai.com.br Gustavo@centroirai.com.br DA PARTICIPAÇÃO: Artigo Primeiro: Só poderão participar

Leia mais

DOCUMENTO DE APOIO AOS ÁRBITROS DE BASQUETEBOL DO DESPORTO ESCOLAR 2015/2016 DIREÇÃO DE SERVIÇOS DO DESPORTO ESCOLAR

DOCUMENTO DE APOIO AOS ÁRBITROS DE BASQUETEBOL DO DESPORTO ESCOLAR 2015/2016 DIREÇÃO DE SERVIÇOS DO DESPORTO ESCOLAR DIREÇÃO DE SERVIÇOS DO DESPORTO ESCOLAR DOCUMENTO DE APOIO AOS ÁRBITROS DE BASQUETEBOL DO DESPORTO ESCOLAR 2015/2016 Rua D. João nº57, Quinta Olinda, 9054-510 Funchal Email: dsde@madeira-edu.pt Página

Leia mais

REGULAMENTO DOS JOGOS CARIACIQUENSES DOS IDOSOS 2014

REGULAMENTO DOS JOGOS CARIACIQUENSES DOS IDOSOS 2014 Fase Municipal Cariacica ES 2014 REGULAMENTO DOS JOGOS CARIACIQUENSES DOS IDOSOS 2014 CAPÍTULO I DA FINALIDADE Artigo 1º - Os Jogos Municipais dos Idosos tem por finalidade motivar a participação dos nossos

Leia mais

Art. 1 O presente documento regulamenta em linhas gerais os VI Jogos Internos Colégio Sólido.

Art. 1 O presente documento regulamenta em linhas gerais os VI Jogos Internos Colégio Sólido. 2015 I- DA APRESENTAÇÃO Art. 1 O presente documento regulamenta em linhas gerais os VI Jogos Internos Colégio Sólido. II- DA IDENTIFICAÇÃO Art. 2 Aos professores de Educação Física do Colégio compete a

Leia mais

REGULAMENTO DANONE COPA DAS NAÇÕES

REGULAMENTO DANONE COPA DAS NAÇÕES REGULAMENTO DANONE COPA DAS NAÇÕES Capítulo 1 Da Finalidade Artigo 1º - A DANONE COPA DAS NAÇÕES tem como objetivo incentivar a prática esportiva no meio estudantil e comunitário e promover o intercâmbio,

Leia mais

Associação de Futebol de Lisboa CONSELHO DE ARBITRAGEM

Associação de Futebol de Lisboa CONSELHO DE ARBITRAGEM ssociação de Futebol de Lisboa ONSELHO DE RITRGEM PROV TEORI REGULMENTR PR ÁRITROS DISTRITIS 2012 / 2013 22 / Setembro / 2012 Futebol 3a + 3c Esc. Sec. Miguel Torga TESTE 03 Leia atentamente as instruções

Leia mais

REGULAMENTO FUTEBOL SOCIETY

REGULAMENTO FUTEBOL SOCIETY XIII JOGOS AFFEMG Associação dos Funcionários Fiscais de Minas Gerais 1- DO LOCAL REGULAMENTO FUTEBOL SOCIETY 1.1 - Os jogos acontecerão em campos de futebol society de grama sintética ou natural, aprovados

Leia mais

Conteúdo de prova 2ª etapa 6º ano Fundamental

Conteúdo de prova 2ª etapa 6º ano Fundamental Conteúdo de prova 2ª etapa 6º ano Fundamental Jogos Populares Os jogos populares buscam resgatar jogos culturais e tradicionais de várias regiões do mundo. Vários costumes e acontecimentos na antiguidade

Leia mais

REGRAS DE FUTSAL (Principais Regras)

REGRAS DE FUTSAL (Principais Regras) REGRAS DE FUTSAL (Principais Regras) Tempo de jogo: 30 minutos (15 min. + 15 min.); Período de desconto de tempo: Cada equipa tem direito a 2 (um em cada parte) Duração: 1 minuto; Número de jogadores:

Leia mais

PRÉ-DESPORTIVOS. Pesquisa realizada na internet em junho de 2015. Material de apoio elaborado pela Profª Rosane A. B. Alves.

PRÉ-DESPORTIVOS. Pesquisa realizada na internet em junho de 2015. Material de apoio elaborado pela Profª Rosane A. B. Alves. PRÉ-DESPORTIVOS Pesquisa realizada na internet em junho de 2015. Material de apoio elaborado pela Profª Rosane A. B. Alves. JOGO DE PETECA Trata-se de um pré desportivo do Badminton. Desporto individual

Leia mais

REGRAS E REGULAMENTOS OLIMPÍADAS DE RACIOCÍNIO PROGRAMA MENTEINOVADORA MIND LAB

REGRAS E REGULAMENTOS OLIMPÍADAS DE RACIOCÍNIO PROGRAMA MENTEINOVADORA MIND LAB REGRAS E REGULAMENTOS VIII OLIMPÍADA DE RACIOCINIO MENTEINOVADORA MIND LAB (alunos de 4º ao 7º ano) VII OLIMPÍADA DE RACIOCÍNIO MENTEINOVADORA DE JOVENS (alunos de 8º e 9º ano) A cada ano, o Grupo Mind

Leia mais

IV JOGOS ANEC 2015 REGULAMENTO GERAL

IV JOGOS ANEC 2015 REGULAMENTO GERAL 1 IV JOGOS ANEC 2015 REGULAMENTO GERAL TÍTULO I - DA FINALIDADE Art. 1º Os IV JOGOS ANEC têm a finalidade de estimular a prática esportiva, tornando-se mais um meio de formar nos valores os jovens dos

Leia mais

V JOGOS DE VERÃO SESC 3ª IDADE

V JOGOS DE VERÃO SESC 3ª IDADE V JOGOS DE VERÃO SESC 3ª IDADE GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO E AÇÃO SOCIAL SESC 2013/2014 1 ÍNDICE CAPÍTULO ITEM PÁGINA I DA ORGANIZAÇÃO 3 II DOS OBJETIVOS 3 III DA COORDENAÇÃO 3 IV DA DATA E LOCAL 5 V DAS INSCRIÇÕES

Leia mais

FAZ UM SMASH À ROTINA! REGRAS OFICIAIS WWW.AROUNDTHEFUTURE.PT

FAZ UM SMASH À ROTINA! REGRAS OFICIAIS WWW.AROUNDTHEFUTURE.PT FAZ UM SMASH À ROTINA! REGRAS OFICIAIS WWW.AROUNDTHEFUTURE.PT REGRAS OFICIAIS 1. O CAMPO 1.1. A área de jogo é um rectângulo de 10 metros de largura por 20 metros de comprimento. 1.2. Este rectângulo será

Leia mais

VIII JOGOS DO COMÉRCIO De 03à12 de Agosto de 2012 REGULAMENTO

VIII JOGOS DO COMÉRCIO De 03à12 de Agosto de 2012 REGULAMENTO Promoção: VIII JOGOS DO COMÉRCIO De 03à12 de Agosto de 2012 PROMOÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE SORRISO SMEL SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTES E LAZER CDL CÂMARA DOS DIRIGENTES LOJISTAS DE SORRISO REGULAMENTO

Leia mais

7º. ano 2013 APOSTILA ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA COLÉGIO DOM PEDRO II

7º. ano 2013 APOSTILA ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA COLÉGIO DOM PEDRO II COLÉGIO DOM PEDRO II APOSTILA ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA 7º. ano 2013 Professores responsáveis: Marta Cristina Thompson Valkiria S. Takahashi Vladimir Antônio da Fonseca 1 1 º trimestre HANDEBOL BASQUETEBOL

Leia mais

VOLEIBOL 7ºano. Voleibol HISTÓRICO E REGRAS. Origem e Evolução: William Morgan 1895 ACM s Tênis Minonette 07/05/2013. Brasil 1915 Pernambuco

VOLEIBOL 7ºano. Voleibol HISTÓRICO E REGRAS. Origem e Evolução: William Morgan 1895 ACM s Tênis Minonette 07/05/2013. Brasil 1915 Pernambuco VOLEIBOL 7ºano. HISTÓRICO E REGRAS Profª SHEILA - Prof. DANIEL Origem e Evolução: William Morgan 1895 ACM s Tênis Minonette Brasil 1915 Pernambuco Colégio Marista ou ACM s São Paulo 1916 1954 CBV 1982

Leia mais

Município de Santa Helena Secretaria de Educação, Cultura e Esportes Departamento de Esportes e Lazer CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTEBOL SUÍÇO - 2013.

Município de Santa Helena Secretaria de Educação, Cultura e Esportes Departamento de Esportes e Lazer CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTEBOL SUÍÇO - 2013. CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTEBOL SUÍÇO - 2013. REGULAMENTO Santa Helena, Outubro de 2013. CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTEBOL SUIÇO 2013 I DO REGULAMENTO Art. 1º - Este regulamento se destina a regulamentar

Leia mais

REGULAMENTO DA OLIMPÍADA INTERNA UTFPR-GP 2015

REGULAMENTO DA OLIMPÍADA INTERNA UTFPR-GP 2015 REGULAMENTO DA OLIMPÍADA INTERNA UTFPR-GP 2015 REGULAMENTO DA OLIMPÍADA INTERNA UTFPR-GP TÍTULO I - PARTE GERAL Art. 1º Denomina-se OLIMPÍADA INTERNA UTFPR-GP, a competição poliesportiva realizada anualmente

Leia mais

Direção de Serviços do Desporto Escolar. Regulamento Específico Futsal

Direção de Serviços do Desporto Escolar. Regulamento Específico Futsal Direção de Serviços do Desporto Escolar Regulamento Específico Futsal Ano Lectivo 2012-2013 LEI I A SUPERFÍCIE DE JOGO ARTº 1º Os jogos de Futsal serão realizados preferencialmente nos recintos de Andebol

Leia mais

Regras de Futebol de Praia

Regras de Futebol de Praia Regras de Futebol de Praia OBJETIVO DO JOGO...2 REGRAS DE JOGO...2 1 O campo...2 1.1 Dimensões...2 1.2 Marcações do campo...2 1.3 A área de pênalti...2 1.4 A marca de pênalti...2 1.5 Bandeiras...2 1.6

Leia mais

TORNEIO ESCOLAR DE ESPORTES DE LONDRINA REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I

TORNEIO ESCOLAR DE ESPORTES DE LONDRINA REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I TORNEIO ESCOLAR DE ESPORTES DE LONDRINA REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I Atualizado em 24/02/2005 DOS OBJETIVOS Art. 1 o.- Promover o desporto educacional através de várias modalidades esportivas, dando a

Leia mais

10ª COPA QUIOSQUE NATUREZA DE FUTEBOL SUÍÇO INTER-ACADEMIAS.

10ª COPA QUIOSQUE NATUREZA DE FUTEBOL SUÍÇO INTER-ACADEMIAS. 10ª COPA QUIOSQUE NATUREZA DE FUTEBOL SUÍÇO INTER-ACADEMIAS. REGULAMENTO OFICIAL (atualizado em 16/09) CAPÍTULO I OBJETIVOS ART. 1º - A 10ª Copa Quiosque Natureza de Futebol Suíço Inter-Academias, que

Leia mais

XXV - Campeonato de Futebol Suíço (2º Semestre de 2.014) denominado JORGE AGUIAR, com início em 14 de Setembro de 2014

XXV - Campeonato de Futebol Suíço (2º Semestre de 2.014) denominado JORGE AGUIAR, com início em 14 de Setembro de 2014 I DAS INSCRIÇÕES E DATAS PREVISTAS: XXV - Campeonato de Futebol Suíço (2º Semestre de 2.014) denominado JORGE AGUIAR, com início em 14 de Setembro de 2014 Data das inscrições: 14/07/ 2014 Término das inscrições:16/08/2014

Leia mais

REGULAMENTO I DOS VALORES

REGULAMENTO I DOS VALORES REGULAMENTO I DOS VALORES Artigo 1º - Valores e princípios que norteiam a 6ª COPA CERTUS 2011. a) Estimular a prática do Esporte como estratégia privilegiada da Educação; b) Valorizar a Cultura Esportiva;

Leia mais

LIGA PAULISTANA DE FUTEBOL AMADOR

LIGA PAULISTANA DE FUTEBOL AMADOR COPA LIGA PAULISTANA REGULAMENTO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Artigo 1º - Este Regulamento é o conjunto das disposições que regem a Copa Liga Paulistana. Artigo 2º - A Copa tem por finalidade promover

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE PETECA CBP REGRAS OFICIAIS

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE PETECA CBP REGRAS OFICIAIS CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE PETECA CBP REGRAS OFICIAIS Regra nº 1.0 Da quadra, suas dimensões e equipamentos 1.1 A quadra tem a dimensão de 15 metros por 7,50 metros para o jogo de duplas e de 15 metros

Leia mais

2 CLASSIFICAÇÃO / PONTUAÇÃO

2 CLASSIFICAÇÃO / PONTUAÇÃO 1 CONSTITUIÇÃO DAS EQUIPAS E CONFIGURAÇÃO DOS JOGOS O número de praticantes desportivos por equipa que podem ser inscritos no boletim de jogo é os seguintes: 2º Ciclo: 4 jogadores (Jogos 2x2); 3º Ciclo

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL 001/2009 CARGO: PROFESSOR NÍVEL III EDUCAÇÃO FÍSICA CADERNO DE PROVAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL 001/2009 CARGO: PROFESSOR NÍVEL III EDUCAÇÃO FÍSICA CADERNO DE PROVAS CADERNO DE PROVAS 1 A prova terá a duração de duas horas, incluindo o tempo necessário para o preenchimento do gabarito. 2 Marque as respostas no caderno de provas, deixe para preencher o gabarito depois

Leia mais

REGULAMENTO APRESENTAÇÃO

REGULAMENTO APRESENTAÇÃO REGULAMENTO APRESENTAÇÃO O Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado do Espírito Santo SESCOOP/ES está promovendo o 1º FUTCOOP INFANTIL MASCULINO, que será realizado no mês de julho

Leia mais

XIII Copa FUTEL de Futebol de Campo 2014 Regulamento

XIII Copa FUTEL de Futebol de Campo 2014 Regulamento XIII Copa FUTEL de Futebol de Campo Regulamento 1 CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º - A XIII COPA FUTEL DE FUTEBOL DE CAMPO tem por objetivo principal o congraçamento geral dos participantes e criar alternativas

Leia mais

Núcleo de Árbitros Sequeira Teles - Peso da Régua

Núcleo de Árbitros Sequeira Teles - Peso da Régua 2013 / 2014 ESOLH MÚLTIPL - TESTE 1 NOME: ESOLH MULTIPL - TESTE 1 Leia atenta mente as instruções seguintes. Para cada questão, escolha uma (e só uma) resposta, fazendo uma cruz no quadrado pretendido.

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DOS JOSUEPAR 2015 24º Jogos dos Servidores das Universidades Estaduais do Paraná

REGULAMENTO GERAL DOS JOSUEPAR 2015 24º Jogos dos Servidores das Universidades Estaduais do Paraná Universidade Estadual de Ponta Grossa Departamento de Educação Física Coordenadoria de Desporto e Recreação - CDR REGULAMENTO GERAL DOS JOSUEPAR 2015 24º Jogos dos Servidores das Universidades Estaduais

Leia mais

6º TAÇA SAÚDE REGULAMENTO

6º TAÇA SAÚDE REGULAMENTO 6º TAÇA SAÚDE REGULAMENTO I - DOS OBJETIVOS Art. 01 - A 6º TAÇA SAÚDE DE FUTSAL E VOLEIBOL - SES é um evento promovido pelos Servidores da Secretaria de Estado da Saúde SES Art. 02 - O campeonato tem por

Leia mais

XVII JAJUCE JOGOS ABERTOS DA JUVENTUDE CRISTÃ EVANGÉLICA DE SÃO CAETANO DO SUL REGULAMENTO GERAL

XVII JAJUCE JOGOS ABERTOS DA JUVENTUDE CRISTÃ EVANGÉLICA DE SÃO CAETANO DO SUL REGULAMENTO GERAL REGULAMENTO GERAL I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Artigo 1 o ) Este Regulamento é o conjunto das disposições que regem as competições dos XVI JAJUCE. Artigo 2 o ) As igrejas evangélicas que participam

Leia mais

REGULAMENTO DE MINIVOLEIBOL

REGULAMENTO DE MINIVOLEIBOL REGULAMENTO DE MINIVOLEIBOL ÍNDICE CAPITULO I - O JOGO DE MINIVOLEIBOL - REGRA 1 - Concepção do Jogo - REGRA 2 - A quem se dirige - REGRA 3 - Finalidade do Jogo CAPITULO II - INSTALAÇÕES E MATERIAL - REGRA

Leia mais

COPA RURAL DE VETERANOS (EDIÇÃO 2014 / 2015) REGULAMENTO CAPÍTULO I DAS FINALIDADES

COPA RURAL DE VETERANOS (EDIÇÃO 2014 / 2015) REGULAMENTO CAPÍTULO I DAS FINALIDADES COPA RURAL DE VETERANOS (EDIÇÃO 2014 / 2015) REGULAMENTO CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Artigo 1º A 13ª Copa Rural de Veteranos (Futebol de Campo), tem como finalidades, contribuir para a integração sócio

Leia mais

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO, ACTUALIZAÇÃO E AVALIAÇÃO ÁRBITROS ASSISTENTES DE 2.ª CATEGORIA Futebol de 11 TESTE ESCRITO PERGUNTAS

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO, ACTUALIZAÇÃO E AVALIAÇÃO ÁRBITROS ASSISTENTES DE 2.ª CATEGORIA Futebol de 11 TESTE ESCRITO PERGUNTAS FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL CONSELHO DE ARBITRAGEM CURSO DE APERFEIÇOAMENTO, ACTUALIZAÇÃO E AVALIAÇÃO ÁRBITROS ASSISTENTES DE 2.ª CATEGORIA Futebol de 11 Tomar, 5 de Agosto de 2007 ÉPOCA 2007/2008

Leia mais

COMENTÁRIOS E INTERPRETAÇÕES

COMENTÁRIOS E INTERPRETAÇÕES COMENTÁRIOS E INTERPRETAÇÕES das Regras Oficiais de Basquetebol em Cadeiras de Rodas 2004 INTRODUÇÃO E CHAVE Pág. 1 de 39 INTRODUÇÃO As figuras antes de cada caso referem-se ao artigo equivalente das Regras

Leia mais

Regras de Futebol de Campo

Regras de Futebol de Campo Curso de Educação Física Futebol - Fundamentos Regras de Futebol de Campo Leandro Tibiriçá Burgos Regra 1: Campo de jogo Partidas Nacionais Comprimento: de 90m a 120 metros; Largura: de 45m a 90 metros.

Leia mais

REALIZAÇÃO: NOVE DE JULHO CASA VERDE

REALIZAÇÃO: NOVE DE JULHO CASA VERDE 6ª COPA NOVE DE JULHO DE FUTEBOL AMADOR 2016 REALIZAÇÃO: NOVE DE JULHO CASA VERDE 1 REGULAMENTO DA 6ª COPA NOVE DE JULHO 2016 CAPITULO I Da PARTICIPAÇÃO Esta copa contará com a participação de 48 (quarenta

Leia mais

GRUPOS CAMPO (02) SHOW DE BOLA CATEGORIA SUB: 13 CATEGORIA SUB: 15

GRUPOS CAMPO (02) SHOW DE BOLA CATEGORIA SUB: 13 CATEGORIA SUB: 15 GRUPOS CAMPO (01) 1º BPM CAMPO (02) SHOW DE BOLA CATEGORIA SUB: 09 1. Associação Teotônio Segurado- 1º BPM 2. Associação Aureny III 3. Instituto Fernandes Futebol Clube 4. Escolinha FLA CAMPO (03) 606

Leia mais

III TORNEIO DE BASQUETE 3 x 3 MASCULINO E FEMININO CEFER - USP RIBEIRÃO PRETO - 2015

III TORNEIO DE BASQUETE 3 x 3 MASCULINO E FEMININO CEFER - USP RIBEIRÃO PRETO - 2015 III TORNEIO DE BASQUETE 3 x 3 MASCULINO E FEMININO CEFER - USP RIBEIRÃO PRETO - 2015 I - OBJETIVOS: Incentivar a integração de todos como também valorizar e estimular a prática esportiva, como fator de

Leia mais

E Nas extremidades da rede existem duas antenas que delimitam o espaço aéreo de jogo.

E Nas extremidades da rede existem duas antenas que delimitam o espaço aéreo de jogo. V O L E I B O L A quadra de jogo A quadra de voleibol mede 18 x 9 metros e é demarcada por linhas de 5 centímetros de espessura. Possui uma linha central que divide a quadra em duas áreas com 9 x 9 metros.

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL 2013-2014

REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL 2013-2014 REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL 2013-2014 Índice 1. Introdução 2 2. Escalões etários 3 3. Constituição das Equipas 4 4. Regulamento Técnico Pedagógico 5 5. Classificação, Pontuação e Desempate 6 6.

Leia mais

Associação de Futebol de Lisboa CONSELHO DE ARBITRAGEM

Associação de Futebol de Lisboa CONSELHO DE ARBITRAGEM ssociação de Futebol de Lisboa ONSELHO DE ITGEM 1ª OV VLIÇÃO TEOI EGULMENT OSEVDOES DISTITIS 2012 / 2013 02 / Outubro / 2012 Futebol OS 2 ua Fanqueiros TESTE 05 Leia atentamente as instruções seguintes:

Leia mais

XX Copa PMU/ Futel de Futsal 2015 Regulamento Geral MASCULINO

XX Copa PMU/ Futel de Futsal 2015 Regulamento Geral MASCULINO XX Copa PMU/ Futel de Futsal Regulamento Geral MASCULINO UBERLÂNDIA MG 1 XX COPA PMU/ FUTEL DE FUTSAL MASCULINO CAPÍTULO I - DOS OBJETIVOS Art. 1º - A XX COPA PMU/FUTEL DE FUTSAL MASCULINO tem por objetivo

Leia mais

Rua Visconde de Aguiar Toledo, 296 - Campo Belo - São Paulo/SP - CEP 04612-100 - Tel.: (11) 3051-6688 Web site: www.tenispaulista.com.

Rua Visconde de Aguiar Toledo, 296 - Campo Belo - São Paulo/SP - CEP 04612-100 - Tel.: (11) 3051-6688 Web site: www.tenispaulista.com. R E G R A S D E T Ê N I S Regra 1 A QUADRA A quadra deve ser um retângulo de 23,77m de comprimento por 8,23m de largura, para os jogos de simples. Para os jogos de duplas e quadra deve medir 10,97m de

Leia mais

REGRAS E REGULAMENTOS

REGRAS E REGULAMENTOS REGRAS E REGULAMENTOS V OLIMPÍADA DE RACIOCINIO MENTEINOVADORA MIND LAB (alunos de 4º ao 7º ano) IV OLIMPÍADA DE RACIOCÍNIO MENTEINOVADORA DE JOVENS (alunos de 8º e 9º ano) I OLIMPÍADA DE RACIOCÍNIO MENTEINOVADORA

Leia mais