Função de segurança: Monitoração e travamento de porta Produtos: Relés de segurança TLSZR-GD2/Guardmaster

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Função de segurança: Monitoração e travamento de porta Produtos: Relés de segurança TLSZR-GD2/Guardmaster"

Transcrição

1 Função de segurança: Monitoração e travamento de porta Produtos: Relés de segurança TLSZR-GD2/Guardmaster Classificação de segurança: PLe, Cat. 4 para EN ISO

2 Sumário Introdução 3 Informações importantes do usuário 3 Realização da função de segurança 4 Informações gerais de segurança 5 Ajuste e fiação 7 Configuração 9 Cálculo do nível de desempenho 10 Plano de verificação e de validação 14 Recursos adicionais 17

3 3 Introdução Esta observação de aplicação de função de segurança explica como fazer a fiação, configurar e integrar um GSR DI e EMD para monitorar um TLSZR-GD2 e impedir o acesso enquanto o movimento perigoso está presente na área protegida. Uma função de segurança de parada de emergência também é integrada no sistema de segurança. O GSR DI monitora o TLSZR-GD2 e a parada de emergência para detectar quaisquer falhas no seu estado operacional ou falhas nos circuitos. O GSR DI e EMD monitoram seus circuitos internos para quaisquer falhas. As falhas não levarão o sistema a realizar suas funções de segurança sob solicitação, parando o movimento perigoso. O sistema não pode ser reinicializado uma vez que a função de segurança foi realizada até que a falha tenha sido corrigida. Informações importantes do usuário Equipamento de estado sólido possui características operacionais diferentes daquelas do equipamento eletromecânico. As Orientações de segurança para Aplicação, Instalação e Manutenção de Controles de estado sólido (publicação SGI-1.1 disponível no escritório de vendas local Rockwell Automation ou online no endereço descrevem algumas diferenças importantes entre equipamento de estado e dispositivos eletromecânicos conectados. Devido à esta diferença e também porque uma ampla variedade de usos para equipamento de estado sólido, todas as pessoas responsáveis pela aplicação deste equipamento devem ter certeza de que cada aplicação desejada deste equipamento é aceitável. Em nenhuma circunstância a Rockwell Automation, Inc. se responsabilizará ou assumirá danos indiretos ou consequentes que resultem do uso ou aplicação deste equipamento. Os exemplos e diagramas neste manual estão inclusos apenas para fins de ilustração. Devido às diversas variáveis e especificações associadas à qualquer instalação em particular, a Rockwell Automation, Inc. não assumirá a responsabilidade ou obrigação pelo uso real com base nos exemplos e diagramas. A Rockwell Automation, Inc., não assume nenhuma obrigação patente com relação ao uso das informações, circuitos, equipamentos ou software descritos neste manual. A reprodução do conteúdo deste manual, ao todo ou em parte, sem o consentimento escrito da Rockwell Automation, Inc., é proibido.

4 4 Realização da função de segurança: Avaliação de risco O nível de desempenho requerido é o resultado de uma avaliação de risco e refere-se ao volume da redução de risco a ser executada pelas partes relacionadas à segurança do sistema de controle. Parte do processo de redução de risco é determinar as função de segurança da máquina. Para os fins deste documento, o nível de desempenho requerido considerado (PLr), para cada função de segurança é PLe, Categoria 4. Um sistema de segurança que alcança PLe, Categoria 4, ou acima, pode ser considerado de controle confiável. De: Avaliação de risco (ISO 12100) 1 Identificação das funções de segurança 2 Especificação das características de cada função de segurança 3 Determinação do PL (PLr) necessário para cada função de segurança A: Realização e PL Avaliação Função de segurança de intertravamento de proteção Esta observação de aplicação inclui duas funções de segurança: 1. Prevenção do acesso ao movimento perigoso na área protegida. 2. Parada de emergência do movimento perigoso iniciada pelo botão de parada de emergência. Este sistema fornece uma parada de categoria 0, a alimentação é removida e o movimento perigoso para por inércia. Especificações funcionais de segurança O acesso ao movimento perigoso é impedido pelo uso de uma porta de guarda intertravada com o travamento de proteção. Uma vez que a alimentação do motor tenha sido removida, a porta de guarda permanecerá fechada e travada por uma quantidade de tempo predeterminada para confirmar que o movimento perigoso está parado. Neste momento, permite-se que o operador destrave a porta aplicando alimentação ao travamento de proteção usando a chave. Enquanto a porta estiver aberta, ela é monitorada para evitar uma partida inesperada. Mediante o fechamento da porta, o movimento perigoso e a alimentação do motor serão retomados até que uma ação secundária (pressionar o botão PARTIDA) ocorra. As falhas na chave de intertravamento da porta, terminais de fiação ou controlador de segurança serão detectadas antes da próxima solicitação de segurança. O tempo de parada da máquina deve ser estabelecido de tal forma que o movimento perigoso seja parado antes que o usuário possa alcançar o perigo. A função de segurança neste exemplo é capaz de conectar e interromper a alimentação para os motores com classificação de até 9 A, 600 Vca. A função de segurança atenderá às especificações para a Categoria 4, Nível de desempenho e (Cat 4, PLe), de acordo com a ISO e SIL3 de acordo com IEC e a operação confiável de controle da ANSI B11.19.

5 5 Em todo este manual, quando necessário, usamos observações para informá-lo sobre considerações de segurança. Advertência: Identifica informações sobre práticas ou circunstâncias que podem causar uma explosão em uma área classificada, o que pode levar a ferimentos pessoais ou morte, prejuízos a propriedades ou perda econômica. IMPORTANTE Identifica informações que são críticas para uma aplicação correta e para conhecer o produto. Atenção: Identifica informações sobre práticas ou circunstâncias que podem levar a ferimentos pessoais ou morte, prejuízos a propriedades ou perda econômica. Atenções ajudam a identificar um perigo, evitar um perigo e reconhecer a consequência. Perigo de choque: As etiquetas podem estar no equipamento ou dentro dele, por exemplo, um inversor ou motor, para alertar as pessoas sobre a possível presença de tensão perigosa. Perigo de queimadura: As etiquetas podem estar no equipamento ou dentro dele, por exemplo, um inversor ou motor, para alertar as pessoas que as superfícies podem atingir temperaturas perigosas. Informações gerais de segurança Entre em contato com a Rockwell Automation para saber mais sobre os serviços de avaliação de risco segurança. IMPORTANTE Este exemplo de aplicação é para usuários avançados e pressupõe que você é treinado e experiente em especificações de sistema de segurança. Atenção: Uma avaliação de risco deve ser realizada para certificar-se de que todas as tarefas e combinações perigosas foram identificadas e endereçadas. A avaliação de risco pode necessitar de circuitos adicionais para reduzir o risco a um nível tolerável. Os circuitos de segurança devem levar em consideração os cálculos de distância segura os quais não são parte do escopo deste documento.

6 6 Descrição de segurança funcional Neste exemplo de aplicação, o portão de acesso está travado durante a operação normal. O GSR DI usa a verificação de pulso para monitorar a parada de emergência para atuação e falhas. O TLSZR se automonitora para falhas, status de trava e atuação do gate. Quando uma falha for detectada ou o gate for destravado ou aberto, o TLSZR desliga ambas as saídas OSSD. O GSR DI desenergiza os contatores de segurança redundantes (K1 e K2) desenergizando o movimento perigoso pela atuação da parada de emergência ou o desligamento de suas saídas OSSD pelo TLSZR. O movimento perigoso para por inércia em um máximo de 20 segundos (Parada Categoria 0). O EMD atrasa a alimentação à chave de liberação do gate de acesso enquanto o movimento perigoso está em operação normal e por 30 segundos depois que a alimentação for removida do movimento perigoso em resposta à atuação da parada de emergência. Uma vez que a alimentação foi fornecida à chave de liberação do gate via contatos auxiliares NF K1, K2 e K3, quando se girar a chave para a direta, o solenoide é energizado, destravando o TLSZR-GD2, e o gate pode ser aberto. O operador remove a chave de forma que o gate não possa ser travado nem o sistema reinicializado com o operador na área perigosa. O sistema não pode ser reinicializado até que o gate seja fechado e travado pela inserção da chave e que ela seja girada para a esquerda e a parada de emergência seja liberada. O botão de reset deve ser pressionado por mais de um quarto de segundo e menos de três segundos. Uma pressão mais curta será ignorada; uma pressão mais longa será ignorada. Lista de materiais Código de catálogo Descrição Quantidade 800F-1YP3 Estação de parada de emergência de gabinete de um furo 800F, plástico, PG, do tipo girar para destravar 40 mm, não iluminado, 2 N.F G-TZS21UPRH GuardLock, monitoração de porta RFID, alimentação para liberar 1 440G-A27143 Atuador/chave flexível 1 440G-ATZAExxxx Alvo RFID 1 800FM-G611MX10 800F Botão pulsador metal, protegido, azul, R, instalação de trava de metal, 1 contato N.A. reset 1 800FM-KM22MX11 Chave seletora com tecla de 2 posições 800F, remoção de chave direita, 1 N.A., 1 N.F. liberação de gate 1 440R-D22R2 Relé de segurança Guardmaster, 2 entradas universais de canal duplo, 1 saída auxiliar de estado sólido N.F R-EM4R2D Relé de segurança Guardmaster, módulo de expansão (segurança de fiação simples é somente de entrada), saídas auxiliares N/A 1 100S-C09ZJ23C Contator de segurança MCS 100S-C, 9 A, 24 Vcc HPS2Z24 Relé de segurança 700-HPS, DPDT, 8 A, 24 Vcc K3 & K HN123 Soquete, instalação DIN K3 & K HN119 Trava K3 & K EP-G24Y3L5 Torre luminosa Control Tower, pré-montada, instalação de polo de 10 cm com tampa, invólucro cinza, tensão total de 24 Vca/cc, LED verde constante, luz âmbar intermitente 1

7 7 Ajuste e fiação Para informações detalhadas sobre a instalação e a fiação, consulte os manuais do produto listados em Recursos adicionais. Características gerais do sistema O GSR DI monitora a parada de emergência pela operação das suas saídas de pulso S11 e S21 através dos dois canais da parada de emergência para as entradas S12 e S22, respectivamente. Um fio frouxo, um contato em curto-circuito, um curto para 24 V, um curto para 0 V ou uma falha cruzada entre os canais serão detectados pelo DI. O TLSZR é um dispositivo de totalmente automonitorado. Quando as falhas forem detectadas, o TLSZR responde desligando ambas as suas saídas OSSD. O GSR DI que monitora tanto a parada de emergência como as saídas TLSZR responde a quaisquer falhas ou solicitações dos dispositivos pela desenergização dos seus contatos de segurança, desenergizando as bobinas dos contatores de segurança redundantes 100S (K1 e K2). Ao mesmo tempo, através da conexão de segurança de fiação simples (SWS), o GSR DI inicia a função de atraso de 30 segundos de EMD. O movimento perigoso para por inércia em até 20 segundos. Depois do atraso de 30 segundos, o EMD desenergiza os seus contatos de segurança, desenergizando a bobina dos relés de interposição K3 e K4. Com o K1, K2, K3 e K4 desenergizados, 24 V estão disponíveis na chave de liberação do gate. Com a chave girada para a direita, o solenoide do TLSZR é energizado, destravando o gate. A chave pode ser removida quando está na posição direita. Uma vez que a chave foi removida, o gate não pode ser travado, nem o sistema reiniciado. O gate deve ser fechado, a chave inserida e girada para a esquerda, travando o gate, antes que o botão de reset volte a funcionar. A chave não pode ser removida quando está na posição esquerda. Neste exemplo, o movimento perigoso parou antes que possa ocorrer o acesso à área protegida. Em essência, não há perigo.

8 Esquema elétrico 8

9 9 Configuração

10 10 Cálculo do nível de desempenho Quando configuradas e instaladas adequadamente, as duas funções de segurança deste sistema de segurança, prevenção do acesso ao movimento perigoso na área protegida e parada de emergência de movimento perigoso iniciada por um botão de parada de emergência, podem alcançar uma classificação de segurança de PLe, Cat. 4 de acordo com EN ISO , conforme calculado usando a ferramenta SISTEMA. As Especificações de segurança funcional do projeto pedem um Nível de desempenho no PLd (mínimo) e uma estrutura Cat 3 (mínima). Um PFHd inferior a 1.0 E-06 para toda a função de segurança é necessário para PLd. Projeto de travamento e monitoração de porta Prevenção do acesso ao movimento perigoso na área protegida da função de segurança. Parada de emergência do movimento perigoso iniciada por um botão de função de segurança de parada de emergência.

11 11 A prevenção do acesso ao movimento perigoso na área protegida da função de segurança pode ser modelada como a seguir. Os dados de segurança da função para o subsistema de entrada da parada de emergência são: Os dados de segurança funcional para o subsistema de lógica GSR DI são:

12 12 Os dados de segurança funcional para o subsistema de lógica EMD são: Os dados de segurança funcional para o subsistema de saída 100S são: Os dados de segurança funcional para o subsistema de saída 700HPS são:

13 13 A parada de emergência do movimento perigoso iniciada por um botão de função de segurança de parada de emergência pode ser modelada como a seguir. Os dados de segurança funcional para o subsistema de entrada da parada de emergência são: Os dados de segurança funcional para o subsistema de lógica GSR DI são: Os dados de segurança funcional para o subsistema de saída 100S são:

14 14 Observe que os dados da parada de emergência, do contator 100S e do relé 700HPS incluem os dados de MTTFd, DCavg e CCF. Isto ocorre porque estes são dispositivos eletromecânicos. As avaliações de segurança funcional dos dispositivos eletromecânicos incluem a frequência com que são operados, se são efetivamente monitorados para falhas e adequadamente especificados e instalados. O SISTEMA calcula o MTTFd usando os dados B10d fornecidos para os contatores juntamente com a frequência estimada de uso inserida durante a criação do projeto SISTEMA. Este exemplo de aplicação presume que a parada de emergência seja operada ou testada uma vez por dia ou 365 vezes por ano. O DCavg (99%) para os contatores foi selecionado a partir da tabela de dispositivo de saída do Anexo E da EN ISO Monitoração direta. O DCavg (99%) para a parada de emergência foi selecionado a partir da tabela de dispositivo de entrada do Anexo E da EN ISO Monitoração cruzada. O valor (CCF) é gerado usando o processo de pontuação descrito no Anexo F da ISO O processo completo de pontuação CCF deve ser realizado ao se implementar de fato uma aplicação. Uma pontuação mínima de 65 pontos deve ser alcançada. Um CCF de 65 foi inserido para propósitos práticos em cada caso para este exemplo de aplicação. Plano de verificação e de validação Verificação e validação desempenham um importante papel para evitar falhas por todo o projeto de sistema de segurança e o processo de desenvolvimento. ISO/EN estabelece as especificações para verificação e validação. Ele pede um plano documento para confirmar que todas as Especificações funcionais de segurança foram atendidas. Verificação é uma análise do sistema de controle de segurança resultante. O Nível de desempenho (PL) do sistema de controle de segurança é calculado para confirmar se ele atende o Nível de desempenho (PLr) necessário especificado. A ferramenta de software SISTEMA é geralmente usada para desempenhar cálculos e auxiliar no cumprimento das especificações da ISO Validação é um funcional do sistema de controle de segurança para demonstrar que ele atende as especificações da função de segurança. O sistema de controle de segurança é testado para confirmar se todas as saídas relacionadas à segurança respondem apropriadamente às suas correspondentes entradas relacionadas à segurança. O funcional deve incluir condições de operação normal além de falha em potencial dos modos de falha. Geralmente é usada uma lista de verificação para documentar a validação do sistema de controle de segurança. Antes de validar o sistema de relé de segurança GSR, é necessário confirmar que o relé GSR foi conectado e configurado de acordo com as instruções de instalação.

15 15 Nome da máquina/número do modelo Número de série da máquina Nome do cliente Data do Nome(s) do(s) testador(es) Número do diagrama esquemático Modelo de relé de segurança Guardmaster Lista de validação e verificação da função de segurança de monitoração da porta GSR Informações gerais da máquina Verificação da fiação de segurança e configuração do relé Verificação Verifique visualmente que o circuito do relé de segurança está conectado conforme documentado nos esquemas. Verifique visualmente que as configurações da chave rotativa de relé de segurança estão corretas conforme a documentação. Verificação de operação normal O sistema de relé de segurança responde adequadamente a todos os comandos normais de partida, parada, parada de emergência e reset Verificação Inicie um comando de partida. Ambos os contatores devem energizar para uma condição de operação normal da máquina. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança. Inicie um comando de parada. Ambos os contatores devem desenergizar para uma condição de parada normal da máquina. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança. Durante a operação, abra a porta de proteção monitorada. Ambos os contatores devem desenergizar e abrir para uma condição de segurança normal. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança. Repita para todas as portas de proteção. Durante a parada, com a porta de proteção aberta, inicie um comando de partida. Ambos os contatores devem permanecer desenergizados e abertos para uma condição de segurança normal. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança. Repita para todas as travas da porta. Inicie o comando de reset. Ambos os contatores devem permanecer desenergizados. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança. Verificação de operação anormal O sistema de relé de segurança responde adequadamente a todas as falhas previsíveis com diagnóstico correspondente. Testes de entrada de monitoração da porta Validação Durante a operação, remova a fiação do canal 1 do relé de segurança. Ambos os contatores devem desenergizar. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança. Repita para o canal 2. Durante a operação, faça um curto no canal 1 do relé de segurança para +24 Vcc. Ambos os contatores devem desenergizar. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança. Repita para o canal 2. Durante a operação, faça um curto no canal 1 do relé de segurança para ( ) 0 Vcc. Ambos os contatores devem desenergizar. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança. Repita para o canal 2. Durante a operação, faça um curto nos canais 1 & 2 do relé de segurança. Ambos os contatores devem desenergizar. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança. Testes de Logic Solver GSR Validação Durante a operação, remova a conexão de segurança de fiação simples entre dois relés de segurança contíguos no sistema. Todos os contatores devem desenergizar. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança. Repita para todas as conexões de segurança. Este não é aplicável para circuitos de relé simples. Durante a operação, gire a chave rotativa da lógica no relé de segurança. Todos os contatores devem permanecer desenergizados. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança. Repita para todos os relés de segurança no sistema. Testes de saída do contator de segurança Validação Durante a operação, remova a realimentação do contator do relé de segurança. Todos os contatores devem permanecer energizados. Inicie um comando de parada seguido de um comando de reset. O relé não deve rearmar nem reiniciar. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança.

16 16 Nome da máquina/número do modelo Número de série da máquina Nome do cliente Data do Nome(s) do(s) testador(es) Número do diagrama esquemático Modelo de relé de segurança Guardmaster Lista de validação e verificação da função de segurança de parada de emergência GSR Informações gerais da máquina Verificação da fiação de segurança e configuração do relé Verificação Verifique visualmente que o circuito do relé de segurança está conectado conforme documentado nos esquemas. Verifique visualmente que as configurações da chave rotativa do relé de segurança estão corretas conforme a documentação. Verificação de operação normal O sistema de relé de segurança responde adequadamente a todos os comandos normais de partida, parada, parada de emergência e reset Verificação Inicie um comando de partida. Ambos os contatores devem energizar para uma condição de operação normal da máquina. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança. Inicie um comando de parada. Ambos os contatores devem desenergizar para uma condição de parada normal da máquina. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança. Durante a operação, pressione o botão pulsador de parada de emergência. Ambos os contatores devem desenergizar e abrir para uma condição de segurança normal. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança. Repita para todos os botões pulsadores de parada de emergência. Durante a parada, pressione o botão pulsador de parada de emergência, inicie um comando de partida. Ambos os contatores devem permanecer desenergizados e abertos para uma condição de segurança normal. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança. Repita para todos os botões pulsadores de parada de emergência. Inicie o comando de reset. Ambos os contatores devem permanecer desenergizados. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança. Verificação de operação anormal O sistema de relé de segurança responde adequadamente a todas as falhas previsíveis com diagnóstico correspondente. Testes de entrada de parada de emergência Validação Durante a operação, remova a fiação do canal 1 do relé de segurança. Ambos os contatores devem desenergizar. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança. Repita para o canal 2. Durante a operação, faça um curto no canal 1 do relé de segurança para +24 Vcc. Ambos os contatores devem desenergizar. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança. Repita para o canal 2. Durante a operação, faça um curto no canal 1 do relé de segurança para ( ) 0 Vcc. Ambos os contatores devem desenergizar. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança. Repita para o canal 2. Durante a operação, faça um curto nos canais 1 & 2 do relé de segurança. Ambos os contatores devem desenergizar. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança. Testes de Logic Solver GSR Validação Durante a operação, remova a conexão de segurança de fiação simples entre dois relés de segurança contíguos no sistema. Todos os contatores devem desenergizar. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança. Repita para todas as conexões de segurança. Este não é aplicável para circuitos de relé simples. Durante a operação, gire a chave rotativa da lógica no relé de segurança. Todos os contatores devem permanecer desenergizados. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança. Repita para todos os relés de segurança no sistema. Testes de saída do contator de segurança Validação Durante a operação, remova a realimentação do contator do relé de segurança. Todos os contatores devem permanecer energizados. Inicie um comando de parada seguido de um comando de reset. O relé não deve rearmar nem reiniciar. Verifique as indicações adequadas do status da máquina e do LED do relé de segurança.

17 17 Documento Recursos adicionais Para mais informações sobre os produtos usados neste exemplo consulte estes recursos. Você pode visualizar ou fazer download das publicações no endereço Para solicitar cópias impressas da documentação técnica, entre em contato com seu distribuidor local Allen-Bradley ou representante de vendas Rockwell Automation. Para mais informações sobre os recursos de função de segurança, visite: discover.rockwellautomation.com/safety Publicação número. Descrição Instruções de instalação da chave de travamento de proteção 440G-IN007 Como instalar, comissionar, operar e manter o 440G-TZS21UPRH Instruções de instalação de relé de segurança Guardmaster Como instalar, comissionar, operar e manter os relés de segurança 440R-D22R2 Guia de localização de falhas do relé de segurança Guardmaster 440R-TG002 Como localizar as falhas dos relés de segurança 440RD22R2 Instruções de instalação de relé de expansão Guardmaster 440R-IN045 Como instalar, comissionar, operar e manter o relé de expansão 440R-EM4R2D Guia de localização de falhas do relé de expansão Guardmaster 440R-TG001 Como instalar, comissionar, operar e manter o relé de expansão 440R-EM4R2D Catálogo de produtos de segurança S117-CA001A Características gerais de produtos de segurança, especificações de produto e exemplos de aplicação Manual do usuário GuardShield Tipo 4 440L-UM003 Como instalar, operar e manter as cortinas de luz de proteção 440L Relés de segurança Guardmaster da próxima geração SAFETY-WD001 Descrições funcionais, orientação e fiação para relés de segurança Instruções de instalação de chave de proteção de intertravamento para aplicação pesada Instruções de instalação da chave de intertravamento Trojan T15 440K-IN K-IN003 Como instalar, configurar, comissionar, operar e manter as chaves de intertravamento MT-GD2 Como instalar, configurar, comissionar, operar e manter as chaves de intertravamento Trojan T15 Folheto das chaves de intertravamento de segurança EUSAFE-BR001 Características gerais das chaves de intertravamento Instruções de instalação SI do relé de segurança Guardmaster 440R-IN042 Como instalar, configurar, comissionar, operar e manter relés de segurança GSR SI Guia de seleção de relés de segurança Guardmaster 440R-SG001 Características gerais dos relés de segurança Guardmaster Instruções de instalação do sensor fotoelétrico RightSight 42EF-IN003 Como instalar, comissionar, operar e manter os sensores fotoelétricos 42EF Manual do usuário do módulo de controle MSR42 440R-UM008 Como instalar, comissionar, operar e manter os sistemas MSR42 Manual do usuário do módulo de expansão do relé de segurança MSR45E Instruções de instalação com código único de trava integrada SensaGuard 440R-UM N-IN011 Como instalar, comissionar, operar e manter o módulo de expansão MSR45E Como instalar, comissionar, operar e manter a SensaGuard Instruções de instalação da proteção e botão de toque 800Z-IN001-MU Como instalar o botão de toque 800Z Folheto da família Zero-Force Touch Buttons 800Z-BR002 Folheto que descreve todos os botões de palma 800Z Instruções de instalação dos relés de segurança MSR12T MINOTR-IN010 Como instalar, configurar, comissionar, operar e manter relés de segurança MSR12T Instruções de instalação do relé de segurança Guardmaster 440R-IN042 Como instalar, comissionar, operar e manter os relés de segurança 440R-S12R2 Rockwell Automation, Allen-Bradley, GuardLogix, RSLogix 5000, CompactLogix, Stratix 2000, e POINT Guard I/são marcas comerciais da Rockwell Automation, Inc. As marcas comerciais que não pertencem à Rockwell Automation são propriedade de suas respectivas empresas. Publicação SAFETY-AT063B-PT-E Janeiro de 2013 Copyright 2013 Rockwell Automation, Inc. Todos os direitos reservados.

Função de segurança: Controle bimanual Produtos: Botões 800Z Zero-Force Controlador GuardLogix Módulo POINT Guard Safety I/O

Função de segurança: Controle bimanual Produtos: Botões 800Z Zero-Force Controlador GuardLogix Módulo POINT Guard Safety I/O Função de segurança: Controle bimanual Produtos: Botões 800Z Zero-Force Controlador GuardLogix Módulo POINT Guard Safety I/O Classificação de segurança: PLe, Cat. 4 para EN ISO 13849.1 2008 Sumário Introdução

Leia mais

Função de segurança: Controle bimanual Produtos: Botões Zero-Force 800Z Relé de segurança MSR125/Relé de segurança GSR SI

Função de segurança: Controle bimanual Produtos: Botões Zero-Force 800Z Relé de segurança MSR125/Relé de segurança GSR SI Função de segurança: Controle bimanual Produtos: Botões Zero-Force 800Z Relé de segurança MSR125/Relé de segurança GSR SI Classificação de segurança: PLe, Cat. 4 para EN ISO 13849.1 2008 Sumário Introdução

Leia mais

Controle de Parada de Emergência Usando o Pacote do Controlador de Segurança SmartGuard 600

Controle de Parada de Emergência Usando o Pacote do Controlador de Segurança SmartGuard 600 Exemplo de Aplicação de Segurança Controle de Parada de Emergência Usando o Pacote do Controlador de Segurança SmartGuard 600 Exemplo de Rede de Segurança habilitada Classificação de Segurança: Categoria

Leia mais

Função de segurança: Monitoração de porta Produtos: Controlador Trojan 5 Switch/GuardLogix

Função de segurança: Monitoração de porta Produtos: Controlador Trojan 5 Switch/GuardLogix Função de segurança: Monitoração de porta Produtos: Controlador Trojan 5 Switch/GuardLogix Classificação de segurança: PLe, Cat. 4 para EN ISO 13849.1 2008 Sumário Introdução 3 Informações importantes

Leia mais

Proteção do Gate de Segurança Simples Usando o Pacote do Controlador de Segurança SmartGuard 600

Proteção do Gate de Segurança Simples Usando o Pacote do Controlador de Segurança SmartGuard 600 Exemplo de Aplicação de Segurança Proteção do Gate de Segurança Simples Usando o Pacote do Controlador de Segurança SmartGuard 600 Exemplo de Rede de Segurança habilitada Classificação de Segurança: Categoria

Leia mais

Função de segurança: Trava e monitoração de portas Produtos: TLS3-GD2 Controlador GuardLogix Módulos POINT Guard Safety I/O

Função de segurança: Trava e monitoração de portas Produtos: TLS3-GD2 Controlador GuardLogix Módulos POINT Guard Safety I/O Função de segurança: Trava e monitoração de portas Produtos: TLS3-GD2 Controlador GuardLogix Módulos POINT Guard Safety I/O Classificação de segurança: PLe, Cat. 4 para EN ISO 13849.1 2008 Sumário Introdução

Leia mais

Função de segurança: Velocidade zero, velocidade limitada segura, direção segura

Função de segurança: Velocidade zero, velocidade limitada segura, direção segura Técnica de aplicação Função de segurança: Velocidade zero, velocidade limitada segura, direção segura Produtos: Módulo opcional PowerFlex 750 Safe Speed Monitor / Seccionadora TLS3-GD2 / Controlador GuardLogix

Leia mais

Função de segurança: Monitoração de porta Produtos: SensaGuard /GSR DI

Função de segurança: Monitoração de porta Produtos: SensaGuard /GSR DI Função de segurança: Monitoração de porta Produtos: SensaGuard /GSR DI Classificação de segurança: PLe, Cat. 4 para EN ISO 13849.1 2008 Sumário Introdução 3 Informações importantes do usuário 3 Realização

Leia mais

Introdução de (EN) ISO 14119 Dispositivos de intertravamento associados às proteções

Introdução de (EN) ISO 14119 Dispositivos de intertravamento associados às proteções Introdução de (EN) ISO 14119 Dispositivos de intertravamento associados às proteções Derek Jones Gerente de desenvolvimento de negócios (Engenheiro de segurança funcional TÜV Rheinland) David Reade Consultor

Leia mais

Proteção de Scanner a Laser para Carro Transportador Automático Usando Relé de Segurança Modular da Série MSR200

Proteção de Scanner a Laser para Carro Transportador Automático Usando Relé de Segurança Modular da Série MSR200 Exemplo de Aplicação de Segurança Proteção de Scanner a Laser para Carro Transportador Automático Usando Relé de Segurança Modular da Série MSR200 Exemplo não conectado à rede (ligado por cabos) Classificação

Leia mais

Opção Safe Torque Off (Série B) para inversores PowerFlex 40P e PowerFlex 70 de controle aprimorado

Opção Safe Torque Off (Série B) para inversores PowerFlex 40P e PowerFlex 70 de controle aprimorado Manual do usuário Opção Safe Torque Off (Série B) para inversores PowerFlex 40P e PowerFlex 70 de controle aprimorado Código de catálogo 20-DG01 Assunto Página Generalidades 2 O que é a opção DriveGuard

Leia mais

Chaves de segurança. Segurança e produtividade aprimoradas

Chaves de segurança. Segurança e produtividade aprimoradas Chaves de segurança Segurança e produtividade aprimoradas R UMA FAMÍLIA ABRANGENTE DE CHAVES DE SEGURANÇA As chaves de segurança Guardmaster Allen-Bradley da Rockwell Automation ajudam a proteger o pessoal

Leia mais

Atualização de Revisão de Firmware do PowerMonitor 1000

Atualização de Revisão de Firmware do PowerMonitor 1000 Instruções de instalação Atualização de Revisão de Firmware do PowerMonitor 1000 Códigos de catálogo 1408-BC3, 1408-TS3, 1408-EM3 Tópico Página Acessar Revisão de Firmware de Produto 3 Atualizar a Revisão

Leia mais

Bloqueio de interface de alta frequência EtherNet/IP 13,56 MHz RFID

Bloqueio de interface de alta frequência EtherNet/IP 13,56 MHz RFID Instruções de instalação Bloqueio de interface de alta frequência EtherNet/IP 13,56 MHz RFID Códigos de catálogo 56RF-IN-IPS12, 56RF-IN-IPD22, e 56RF-IN-IPD22A Tópico Página Informações importantes ao

Leia mais

PALESTRA NR 12: Suas alterações e as mudanças de paradigmas. Eng. Almir Buganza. Grupo Rumo Engenharia 18/11/2014

PALESTRA NR 12: Suas alterações e as mudanças de paradigmas. Eng. Almir Buganza. Grupo Rumo Engenharia 18/11/2014 PALESTRA NR 12: Suas alterações e as mudanças de paradigmas Eng. Almir Buganza Grupo Rumo Engenharia 18/11/2014 Engenheiro Eletricista e de Segurança do Trabalho CREA 5060267355. Sócio do Grupo Rumo Engenharia

Leia mais

MSI-RM2 Relês de segurança

MSI-RM2 Relês de segurança MSI-RM2 Relês de segurança PT 2010/11-607402 Reservados os direitos de alterações técnicas IMPLEMENTAR E OPERAR DE MODO SEGURO Manual de instruções original Módulo relê para dispositivos optoeletrônicos

Leia mais

Atualização do Código de Catálogo do PowerMonitor 1000

Atualização do Código de Catálogo do PowerMonitor 1000 Instruções de instalação Atualização do Código de Catálogo do PowerMonitor 1000 Códigos de catálogo 1408-UPT1-E3, 1408-UPT2-E3, 1408-UPE1-E3, 1408-UPE2-E3, 1408-UP485-ENT, 1408-UPT3-E3 Tópico Página Informações

Leia mais

Soluções em sinalização. Um portfólio completo para monitoração otimizada

Soluções em sinalização. Um portfólio completo para monitoração otimizada Soluções em sinalização Um portfólio completo para monitoração otimizada As soluções em sinalização com qualidade Allen-Bradley da Rockwell Automation podem ajudá-lo a atingir seus objetivos de chão de

Leia mais

MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL FÊNIX-20L

MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL FÊNIX-20L MANUAL TÉCNICO SUMÁRIO CARACTERÍSTICAS GERAIS... 3 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS... 3 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS... 3 PAINEL... 4 FUNÇÕES DO PAINEL... 4 FUNÇÕES INTERNAS PLACA DE CONTROLE... 6 FUNÇÕES INTERNAS

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme Particionada

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme Particionada MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO AP6 Central de Alarme Particionada www.compatec.com.br 2 www.compatec.com.br 3 4. Dimensões do produto... 5. Conhecendo o seu produto... 7 5.1 Conhecendo as funções da central...

Leia mais

Megôhmetro/Teste de Isolamento Modelo 380260 GUIA DO USUÁRIO

Megôhmetro/Teste de Isolamento Modelo 380260 GUIA DO USUÁRIO Megôhmetro/Teste de Isolamento Modelo 380260 GUIA DO USUÁRIO Introdução Parabéns por sua compra do Megôhmetro/Teste de Isolamento da Extech. O Modelo 380260 fornece três faixas de teste de medição de tensão

Leia mais

NORMAS DE SEGURANÇA SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS CONDIÇÃOES E MEIO AMBIENTE DE TRABALHO NA INDUSTRIA DA CONSTRUÇÃO

NORMAS DE SEGURANÇA SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS CONDIÇÃOES E MEIO AMBIENTE DE TRABALHO NA INDUSTRIA DA CONSTRUÇÃO NORMAS DE SEGURANÇA SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS NBR 16200 - ELEVADORES DE CANTEIROS DE OBRAS PARA PESSOAS E MATERIAIS COM CABINA GUIADA VERTICALMENTE - REQUISITOS DE SEGURANÇA PARA

Leia mais

www.siemens.com/sion Disjuntores a vácuo SION 3AE5 e 3AE1 Equipamento de média tensão Catálogo HG 11.02 2014 Answers for infrastructure and cities.

www.siemens.com/sion Disjuntores a vácuo SION 3AE5 e 3AE1 Equipamento de média tensão Catálogo HG 11.02 2014 Answers for infrastructure and cities. www.siemens.com/sion Disjuntores a vácuo SION AE5 e AE1 Equipamento de média tensão Catálogo HG 11.0 014 Answers for infrastructure and cities. Disjuntores a vácuo SION AE5 e AE1 R-HG11-8.tif Siemens HG

Leia mais

DECIBEL Indústria e Comércio Ltda RELÉ DE SEGURANÇA D 195 MANUAL DO USUÁRIO. www.decibel.com.br

DECIBEL Indústria e Comércio Ltda RELÉ DE SEGURANÇA D 195 MANUAL DO USUÁRIO. www.decibel.com.br DECIBEL Indústria e Comércio Ltda RELÉ DE SEGURANÇA D 195 MANUAL DO USUÁRIO www.decibel.com.br ATENÇÃO É de fundamental importância a leitura completa deste manual antes de ser iniciada qualquer atividade

Leia mais

Sumário Serra Fita FAM

Sumário Serra Fita FAM Sumário Serra Fita FAM 1 Componentes... 1 Painel de controle... 1 Sensores de segurança... 2 Especificações... 2 Instalação... 3 Condições Gerais do Local... 3 Rede Elétrica... 3 Instalação da Tomada...

Leia mais

Aviso. Para evitar risco de incêndio ou choque elétrico, não exponha este PRODUTO à chuva ou à umidade.

Aviso. Para evitar risco de incêndio ou choque elétrico, não exponha este PRODUTO à chuva ou à umidade. Este símbolo destina-se a alertar o usuário quanto à presença de tensão perigosa não isolada dentro do gabinete do produto, a qual pode ser de magnitude suficiente para constituir risco de choque elétrico.

Leia mais

TREINAMENTO DE CERTIFICAÇÃO QTEK Bomber

TREINAMENTO DE CERTIFICAÇÃO QTEK Bomber TREINAMENTO DE CERTIFICAÇÃO QTEK Bomber O QTEK Bomber é um dispositivo de separação de camada independente, projetado para remover ou adicionar camadas de produtos sobre um palete. O Bomber também pode

Leia mais

SMART Control Manual de Instruções

SMART Control Manual de Instruções SMART Control Manual de Instruções Para utilizar corretamente esse dispositivo, leia este manual de instruções cuidadosamente antes de usar. precauções de segurança Este símbolo, juntamente com uma das

Leia mais

Programa de troca de flash cards compactos internos

Programa de troca de flash cards compactos internos Dados técnicos Programa de troca de flash cards compactos internos Número(s) de catálogo: 2711P-RW1, 2711P-RW2, 2711P-RW3, 6189-RW2, 6189-RW3, 6189-RW4 Conteúdo... Para Consulte a página Sobre esta publicação

Leia mais

Instruções de Instalação do Rack

Instruções de Instalação do Rack Instruções de Instalação do Rack Revise a documentação fornecida com o gabinete do rack para obter informações de segurança e cabeamento. Antes de instalar o servidor em um gabinete do rack, revise as

Leia mais

A unidade Energise inclui a tecnologia sem fios SimplyWorks, permitindo a ativação de aparelhos até 10 metros de distância.

A unidade Energise inclui a tecnologia sem fios SimplyWorks, permitindo a ativação de aparelhos até 10 metros de distância. Instruções Descrição do Produto Um regulador de funcionalidades de alimentação elétrica que permite que os utilizadores possam controlar até dois aparelhos elétricos com manípulos com ou sem fio. A unidade

Leia mais

110,5 x 22,5 x 114 (term. mola)

110,5 x 22,5 x 114 (term. mola) Supervisão de parada de emergência e monitoramento de portas Supervisão de sensores de segurança magnéticos codificados Entrada para 1 ou 2 canais Categoria de Segurança até 4 conforme EN 954-1 Para aplicações

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Sensor / Detector de Fumaça Óptico Convencional + Módulo Endereçável Código: AFDFE. (Ideal Para Utilizar em Conjunto com a Central de Alarme de Incêndio AFSLIM). O detector de fumaça código AFDFE é um

Leia mais

Segurança. Guia do Usuário

Segurança. Guia do Usuário Segurança Guia do Usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Microsoft é uma marca registrada da Microsoft Corporation nos Estados Unidos. As informações contidas neste documento

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Sensor / Detector de Gás Natural e Derivados de Metano Com Saída Relé NA / NF Código: AFNB983N O Detector de Gás, código AFNB893N é um equipamento que deve ser instalado na parede de cozinhas, salas e

Leia mais

110228-002. MICROFLASH 2Te. Guia do usuário

110228-002. MICROFLASH 2Te. Guia do usuário 110228-002 Guia do usuário Impressora microflash 2te: visão superior... 1 Utilização da bateria: orientações gerais... 2 Carregamento da bateria... 2 Determinação da condição da bateria... 2 Instalação

Leia mais

Módulo do contador de alta velocidade ControlLogix

Módulo do contador de alta velocidade ControlLogix Manual do usuário Módulo do contador de alta velocidade ControlLogix Código de catálogo1756-hsc Informações Importantes ao Usuário Equipamentos de estado sólido apresentam características operacionais

Leia mais

Soluções de controle distribuído de motores. Soluções ArmorStart para suas necessidades de aplicação industrial leves e pesadas

Soluções de controle distribuído de motores. Soluções ArmorStart para suas necessidades de aplicação industrial leves e pesadas Soluções de controle distribuído de motores Soluções ArmorStart para suas necessidades de aplicação industrial leves e pesadas VANTAGENS DA: ARQUITETURA ON-MACHINE FABRICANTE DE MÁQUINAS AUMENTE A PRODUTIVIDADE

Leia mais

Manual de Instruções 98310 BALANÇA DE CARGA DE REFRIGERANTE SEM FIO 98315 BALANÇA DE CARGA DE REFRIGERANTE SEM FIO COM SOLENOIDE

Manual de Instruções 98310 BALANÇA DE CARGA DE REFRIGERANTE SEM FIO 98315 BALANÇA DE CARGA DE REFRIGERANTE SEM FIO COM SOLENOIDE Manual de Instruções 98310 BALANÇA DE CARGA DE REFRIGERANTE SEM FIO 98315 BALANÇA DE CARGA DE REFRIGERANTE SEM FIO COM SOLENOIDE INSTRUÇÕES OPERACIONAIS BALANÇA SEM FIO DE CARGA DE REFRIGERANTE BALANÇA

Leia mais

M150SP MANUAL DO UTILIZADOR / INSTALADOR. v1.0 REV. 10/2015

M150SP MANUAL DO UTILIZADOR / INSTALADOR. v1.0 REV. 10/2015 M150SP MANUAL DO UTILIZADOR / INSTALADOR v1.0 REV. 10/2015 00. CONTEÚDO 01. AVISOS DE SEGURANÇA ÌNDICE 01. AVISOS DE SEGURANÇA NORMAS A SEGUIR 02. O DISPOSITIVO CARACTERISTICAS TÉCNICAS ASPETO VISUAL LEGENDA

Leia mais

Console Bimanual CBM-W

Console Bimanual CBM-W Fabricado por Sensores Eletrônicos Instrutech 11 5031-5188 CBM CONSOLE BIMANUAL PULSO AJUSTE POWER S1 OUTPUT S2 MANUAL DO USUÁRIO Console Bimanual CBM-W Console Bimanual para acionamento em máquinas operatrizes

Leia mais

Instruções de Operação. Sistema de avaliação para sensores de fluxo VS3000

Instruções de Operação. Sistema de avaliação para sensores de fluxo VS3000 Instruções de Operação Sistema de avaliação para sensores de fluxo VS3000 Conteúdo Instruções de segurança... pág. 03 Função e características... pág. 04 Montagem... pág. 04 Conexão elétrica... pág. 05

Leia mais

Descrição do Serviço Serviços Dell System Track

Descrição do Serviço Serviços Dell System Track Visão geral dos Termos e Condições Descrição do Serviço Serviços Dell System Track Este contrato ( Contrato ou Descrição do Serviço ) é firmado entre o cliente ( você ou Cliente ) e a entidade Dell identificada

Leia mais

DICAS TÉCNICAS S100/105/120/125

DICAS TÉCNICAS S100/105/120/125 Chamada de serviço: Nível de plataforma inoperante Subida/descida da lança inoperantes P22 - P22R código de rolagem na tela Ferramentas necessárias: Multímetro Chave de 7/16 2º técnico de serviço Modelo:

Leia mais

Proteção do Scanner a Laser para Carro Transportador Automático Usando o Pacote do Controlador de Segurança SmartGuard 600

Proteção do Scanner a Laser para Carro Transportador Automático Usando o Pacote do Controlador de Segurança SmartGuard 600 Exemplo de Aplicação de Segurança Proteção do Scanner a Laser para Carro Transportador Automático Usando o Pacote do Controlador de Segurança SmartGuard 600 Exemplo de Rede de Segurança habilitada Classificação

Leia mais

Manual de instruções Chave de segurança TP...

Manual de instruções Chave de segurança TP... Uso correto As caves de segurança da série TP são dispositivos de travamento com bloqueio (modelo 2). O atuador possui um baixo estágio de codificação. Em combinação com um dispositivo a proteção móvel

Leia mais

Disjuntores a vácuo SION 3AE5 e 3AE1. Equipamento de média tensão. Totally Integrated Power SION. Catálogo HG 11.02. Edição 2015. siemens.

Disjuntores a vácuo SION 3AE5 e 3AE1. Equipamento de média tensão. Totally Integrated Power SION. Catálogo HG 11.02. Edição 2015. siemens. Disjuntores a vácuo SION AE5 e AE1 Equipamento de média tensão Totally Integrated Power SION Catálogo HG 11.0 Edição 015 siemens.com/sion Disjuntores a vácuo SION AE5 e AE1 R-HG11-8.tif Siemens HG 11.0

Leia mais

Sensores de proximidade e chaves fim de curso. Controle confiável, robusto e testado pelo tempo

Sensores de proximidade e chaves fim de curso. Controle confiável, robusto e testado pelo tempo Sensores de proximidade e chaves fim de curso Controle confiável, robusto e testado pelo tempo SENSOR INDUTIVO DESTAQUES DO PRODUTO Os sensores de proximidade Allen-Bradley definem o padrão para robustez,

Leia mais

Controle remoto Sensor de ar externo

Controle remoto Sensor de ar externo Guia de Instalação Acessórios sem fio RedLINK Controle remoto Sensor de ar externo Termostato Sensor de ar externo Controle remoto EIM Equipamento de HVAC MPCR28484 Procedimento de instalação 1 2 3 Módulo

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO SC 203

GUIA DE INSTALAÇÃO SC 203 GUIA DE INSTALAÇÃO SC 203 1. Instalação do equipamento 1. Fixação placa de montagem Retire uma Estação de Controle de Acesso, desmontar o parafuso entre o corpo da máquina e placa de montagem até que ele

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO RADAR DUO N de Homologação: 0723-12-2791

MANUAL DE INSTALAÇÃO RADAR DUO N de Homologação: 0723-12-2791 MANUAL DE INSTALAÇÃO RADAR DUO N de Homologação: 0723-12-2791 Versão 1.00 Manual de Instalação RADAR DUO 2 Índice 1. Introdução... 3 2. Especificações técnicas... 3 3. Conhecendo o equipamento... 4 3.1

Leia mais

Controle de Acesso Stand Alone Biofinger 22K

Controle de Acesso Stand Alone Biofinger 22K Imagem meramente ilustrativa Controle de Acesso Stand Alone Biofinger 22K 1 Sumário Apresentação... 3 1. Fixação do Equipamento... 3 2. Estrutura e Funções... 4 3. Conexões... 4 4. Conexão com outros acessórios...

Leia mais

GuardShield PAC Tipo 4 (Controle de acesso ao perímetro) Cortina de luz de proteção Manual do Usuário

GuardShield PAC Tipo 4 (Controle de acesso ao perímetro) Cortina de luz de proteção Manual do Usuário GuardShield PAC Tipo 4 (Controle de acesso ao perímetro) Cortina de luz de proteção Manual do Usuário Informações importantes para o usuário Devido à variedade de usos dos produtos descritos nesta publicação,

Leia mais

Inspiron 14. Manual de serviço. 5000 Series. Modelo do computador: Inspiron 5448 Modelo normativo: P49G Tipo normativo: P49G001

Inspiron 14. Manual de serviço. 5000 Series. Modelo do computador: Inspiron 5448 Modelo normativo: P49G Tipo normativo: P49G001 Inspiron 14 5000 Series Manual de serviço Modelo do computador: Inspiron 5448 Modelo normativo: P49G Tipo normativo: P49G001 Notas, avisos e advertências NOTA: uma NOTA indica informações importantes que

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MAC 155ED +55 (16) 3383

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MAC 155ED +55 (16) 3383 A SSISTÊNCIAS T ÊCNICAS AUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 3383 3818 bambozzi Manual de Instruções BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 Centro CEP 15990-668

Leia mais

Parte V Linguagem de Programação

Parte V Linguagem de Programação www.spei.br Sociedade Paranaense de Ensino e Informática Parte V Linguagem de Programação 2 1 Linguagens de Programação de CLPs As linguagens de programação permitem aos usuários se comunicar com o CLP

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Engenharia

Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Engenharia 1 Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Engenharia Departamento de Engenharia Eletrônica Laboratório de Informática Industrial 3ª AULA - Programação Convencional de CLP - Parte I Objetivos: Analisar

Leia mais

Comece aqui. Este manual vai ajudá-lo a:

Comece aqui. Este manual vai ajudá-lo a: Leia isto primeiro Comece aqui Este manual vai ajudá-lo a: Carregar e configurar o dispositivo. Instalar o software Palm Desktop e outros softwares para sincronização, movimentação de arquivos e outras

Leia mais

Manutenção Elétrica. Entre os elementos de processamento de sinais podemos citar:

Manutenção Elétrica. Entre os elementos de processamento de sinais podemos citar: Manutenção Elétrica Elementos de Processamento de Sinais Os componentes de processamento de sinais elétricos são aqueles que analisam as informações emitidas ao circuito pelos elementos de entrada, combinando-as

Leia mais

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MAC 155ED +55 (16) 33833818

bambozzi Manual de Instruções Fonte de Energia para Soldagem MAC 155ED +55 (16) 33833818 A SSISTÊNCIAS T ÊCNICAS AUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 33833818 bambozzi Manual de Instruções BAMBOZZI SOLDAS LTDA. Rua Bambozzi, 522 Centro CEP 15990-668

Leia mais

Blackbox B890 LTE Guia de Referência Rápida

Blackbox B890 LTE Guia de Referência Rápida Blackbox B890 LTE Guia de Referência Rápida HUAWEI TECHNOLOGIES CO., LTD. Todas as imagens deste manual são meramente ilustrativas. Para detalhes sobre modelos específicos, contate seu provedor de serviços.

Leia mais

Inversor de frequência de média tensão PowerFlex 6000

Inversor de frequência de média tensão PowerFlex 6000 Manual do usuário Inversor de frequência de média tensão PowerFlex 6000 Publicação 6000-UM001B-PT-P Informações importantes para o Usuário Antes de instalar, configurar, colocar em funcionamento ou fazer

Leia mais

Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title

Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title Additional Manual do Information Produto be certain. 100-238-343 A Informações sobre Direitos Autorais Informações sobre Marca Registrada Informação

Leia mais

Instalação do software e de opções da Série Polycom RealPresence Group e acessórios. Visão geral

Instalação do software e de opções da Série Polycom RealPresence Group e acessórios. Visão geral Instalação do software e de opções da Série Polycom RealPresence Group e acessórios Visão geral Quando você atualiza o software Polycom ou adquire opções adicionais do sistema, sua organização pode continuar

Leia mais

GEAPS EXCHANGE 99 Sessão Educacional. O que há de novo: Watchdog Elite da 4B Elevator Components Ltd. Monitor de Elevador de Caçamba para o Século 21

GEAPS EXCHANGE 99 Sessão Educacional. O que há de novo: Watchdog Elite da 4B Elevator Components Ltd. Monitor de Elevador de Caçamba para o Século 21 GEAPS EXCHANGE 99 Sessão Educacional Visita 4B no Stand # 500 O que há de novo: Watchdog Elite da 4B Elevator Components Ltd. Monitor de Elevador de Caçamba para o Século 21 Uma apresentação por Johnny

Leia mais

SERVICE. Segurança de máquinas e processos

SERVICE. Segurança de máquinas e processos Segurança de máquinas e processos Levantamento de riscos NBR 14153 PPRPS - Prensas e Similares Normas Regulamentadoras Safety Integrated Level - SIL. Choice: divisão de segurança, Safety First! SERVICE.

Leia mais

Figura 1 3M Portable Labeler PL100

Figura 1 3M Portable Labeler PL100 Visor LCD Saída de etiquetas Cortador Alimentação PL100 Imprimir/cópias Navegação Excluir/apagar Teclas de acesso rápido Idioma/unidades Tamanho CAPS Estilo Função/Shift Normal Enter Indicador Comprimento

Leia mais

Manual; Módulo de Alarme com Sirene Piezo Elétrica Dedicada; Dois Transmissores com Bateria; Chicote de Potência.

Manual; Módulo de Alarme com Sirene Piezo Elétrica Dedicada; Dois Transmissores com Bateria; Chicote de Potência. COMPOSIÇÃO DO SISTEMA DE ALARME Manual; Módulo de Alarme com Sirene Piezo Elétrica Dedicada; Dois Transmissores com Bateria; Chicote de Potência. INFORMAÇÕES AO PROPRIETÁRIO 1. OPERAÇÕES BÁSICAS DO ALARME

Leia mais

Tecnologias de Construção Produtos de segurança contra incêndio. Módulo de Entrada/Saída FDCIO181-2 Manual do Produto.

Tecnologias de Construção Produtos de segurança contra incêndio. Módulo de Entrada/Saída FDCIO181-2 Manual do Produto. Módulo de Entrada/Saída FDCIO181-2 Manual do Produto Característica Avaliação do sinal controlada por microprocessador Configuração automática de endereço sem definições do codificador ou chave DIP 2 entradas

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Central de Detecção e Alarme Contra Incêndio V260 Imagem Central V260 36 Laços Manual de Instalação Leia atentamente o manual antes do manuseio do equipamento ÍNDICE 1 COMANDOS E SINALIZAÇÕES DA CENTRAL

Leia mais

Segurança de Máquina Simples (Parada de Emergência, Chave de Porta, Cortina de Luz) Elemento Fundamental de Componentes Conectados

Segurança de Máquina Simples (Parada de Emergência, Chave de Porta, Cortina de Luz) Elemento Fundamental de Componentes Conectados Segurança de Máquina Simples (Parada de Emergência, Chave de Porta, Cortina de Luz) Elemento Fundamental de Componentes Conectados Segurança de Máquina Simples (Parada de Emergência, Chave de Porta, Cortina

Leia mais

Série EN Manual de instalação

Série EN Manual de instalação Série EN Manual de instalação Documento controlado por órgão regulador. Nenhuma alteração está autorizada sem a prévia aprovação do órgão StoneL Corporation One StoneL Drive 67 US Highway 9 Fergus Falls,

Leia mais

AVAL 3000 PORTA GIRATÓRIA. 8 áreas. Rod. Sc434, Cx postal 01-88495.000 - Garopaba - SC - Brasil 48 3254 8800 - www.mineoro.com.br

AVAL 3000 PORTA GIRATÓRIA. 8 áreas. Rod. Sc434, Cx postal 01-88495.000 - Garopaba - SC - Brasil 48 3254 8800 - www.mineoro.com.br PORTA GIRATÓRIA AVAL 3000 8 áreas Rod. Sc434, Cx postal 01-88495.000 - Garopaba - SC - Brasil 48 3254 8800 - www.mineoro.com.br 2014 - MINEORO - Indústria Eletrônica Ltda. Todos os direitos reservados.

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO CD PLAYER MP3 PORTÁTIL DZ-65269 CÓD.: 6526-9

MANUAL DO USUÁRIO CD PLAYER MP3 PORTÁTIL DZ-65269 CÓD.: 6526-9 MANUAL DO USUÁRIO CD PLAYER MP3 PORTÁTIL DZ-65269 CÓD.: 6526-9 CD Player MP3 Portátil Manual do usuário Cabo de Energia 1. CONTEÚDO DA EMBALAGEM 2. CARACTERÍSTICAS Reproduz CDs de MP3, CD e CD-RW Entrada

Leia mais

Atualização, backup e recuperação de software

Atualização, backup e recuperação de software Atualização, backup e recuperação de software Guia do usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca registrada nos Estados Unidos da Microsoft Corporation. As informações

Leia mais

Guia Rápido Monitor CFX-750

Guia Rápido Monitor CFX-750 Guia Rápido TELA EXECUTAR O CFX-750 da Trimble possui tela touch screen, onde todas as funções de trabalho e configurações são realizadas tocando-se a tela do monitor. Os ícones na tela irão alterar conforme

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO

MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO MANUAL DE OPERAÇÃO MÁQUINA DE LAVAR LOUÇA LAVA RÁPIDO 1 1. AVISOS Leia este manual cuidadosamente antes de instalar e operar o equipamento. A operação da máquina deve estar de acordo com as instruções

Leia mais

Epson SureColor F6070 Manual de instalação

Epson SureColor F6070 Manual de instalação Epson SureColor F6070 Manual de instalação 2 Remoção da embalagem e montagem da impressora Leia todas estas instruções antes de usar a sua impressora. Também siga todos os alertas e instruções indicados

Leia mais

Sistema Multibombas Controle Fixo CFW-11

Sistema Multibombas Controle Fixo CFW-11 Motores Energia Automação Tintas Sistema Multibombas Controle Fixo CFW-11 Manual de Aplicação Idioma: Português Documento: 10000122700 / 01 Manual de Aplicação para Sistema Multibombas Controle Fixo Série:

Leia mais

Motorola Phone Tools. Início Rápido

Motorola Phone Tools. Início Rápido Motorola Phone Tools Início Rápido Conteúdo Requisitos mínimos...2 Antes da instalação Motorola Phone Tools...3 Instalar Motorola Phone Tools...4 Instalação e configuração do dispositivo móvel...6 Registro

Leia mais

O não cumprimento dessas instruções bem como as de todo!manual e termo de garantia acarretará a perda total da mesma.

O não cumprimento dessas instruções bem como as de todo!manual e termo de garantia acarretará a perda total da mesma. Manual do Usuário Manual do Usuário 1 A GPTRONICS desenvolve soluções em produtos eletrônicos microcontrolados. É uma empresa 100% nacional, inovadora e focada na satisfação de seus clientes. Oferece um

Leia mais

SISTEMAS DE SEGURANÇA EM MÁQUINAS INDUSTRIAIS

SISTEMAS DE SEGURANÇA EM MÁQUINAS INDUSTRIAIS SISTEMAS DE SEGURANÇA EM MÁQUINAS INDUSTRIAIS Erickson Puchta¹; Luiz Fernando Janke²; Marcelo Granza³ ¹ Centro de Ensino Superior dos Campos Gerais, Curso de Engenharia Elétrica, Ponta Grossa/PR, Brasil;

Leia mais

Válvulas de Segurança 5/2 vias para o Comando de Cilindros Pneumáticos. 2012 ROSS South America Ltda

Válvulas de Segurança 5/2 vias para o Comando de Cilindros Pneumáticos. 2012 ROSS South America Ltda Válvulas de Segurança 5/2 vias para o Comando de Cilindros Pneumáticos Prensa Pneumática Comandada por Válvula Convencional 5/2 vias Simples Solenóide Escape Área de pilotagem conectada à atmosfera através

Leia mais

LBH-1790A,1795A PRECAUÇÕES DE SEGURANÇA

LBH-1790A,1795A PRECAUÇÕES DE SEGURANÇA LBH-1790A,1795A PRECAUÇÕES DE SEGURANÇA PARA GARANTIR O USO SEGURO DA SUA MÁQUINA DE COSTURA Para operar uma máquina de costura, máquina automática e dispositivos auxiliares (daqui por diante denominados

Leia mais

Guia de Instalação do Powerline 500 Nano PassThru (2-pack) XAVB5602

Guia de Instalação do Powerline 500 Nano PassThru (2-pack) XAVB5602 Guia de Instalação do Powerline 500 Nano PassThru (2-pack) XAVB5602 2012 NETGEAR, Inc. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida, transmitida, transcrita, armazenada

Leia mais

2400 Series Primeiros passos

2400 Series Primeiros passos Conteúdo 2400 Series Primeiros passos Consute o Guia do usuário completo no CD para obter informações mais detalhadas sobre as seguintes tarefas: Configurando a impressora Conhecendo a impressora Colocando

Leia mais

Manual de utilização do módulo NSE METH 3E4RL

Manual de utilização do módulo NSE METH 3E4RL INSTALAÇÃO 1 - Baixe o arquivo Software Configurador Ethernet disponível para download em www.nse.com.br/downloads-manuais e descompacte-o em qualquer pasta de sua preferência. 2 - Conecte a fonte 12Vcc/1A

Leia mais

Fundamentos de Automação. Atuadores e Elementos Finais de Controle

Fundamentos de Automação. Atuadores e Elementos Finais de Controle Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Rio Grande Fundamentos de Automação Atuadores

Leia mais

CM8000TC. Manual do Usuário

CM8000TC. Manual do Usuário CM8000TC Manual do Usuário R Descrição Geral O CM8000TC é um temporizador microprocessado com 2 setpoints. Possui display a LED de 6 dígitos com escala em horas, minutos e segundos. A programação dos setpoints

Leia mais

CA Clarity PPM. Guia do Usuário de Gestão de Demanda. Release 14.2.00

CA Clarity PPM. Guia do Usuário de Gestão de Demanda. Release 14.2.00 CA Clarity PPM Guia do Usuário de Gestão de Demanda Release 14.2.00 A presente documentação, que inclui os sistemas de ajuda incorporados e os materiais distribuídos eletronicamente (doravante denominada

Leia mais

Voyager AOM-713WP MONITOR DE OBSERVAÇÃO COLORIDO TELA PLANA DE 7 POLEGADAS MANUAL DO PROPRIETÁRIO. Características do modelo AOM-713WP:

Voyager AOM-713WP MONITOR DE OBSERVAÇÃO COLORIDO TELA PLANA DE 7 POLEGADAS MANUAL DO PROPRIETÁRIO. Características do modelo AOM-713WP: Voyager AOM-713WP MONITOR DE OBSERVAÇÃO COLORIDO TELA PLANA DE 7 POLEGADAS MANUAL DO PROPRIETÁRIO Características do modelo AOM-713WP: Painel de LCD colorido padrão automotivo de alto desempenho de 7 polegadas

Leia mais

Eletroímã VERSÃO DO MANUAL

Eletroímã VERSÃO DO MANUAL Eletroímã VERSÃO DO MANUAL 1.4 de 19/02/2013 3045 Sumário 1. Apresentação... 3 2. Itens que Acompanham... 3 2.1. FECHBEM SUPER FS 150 e FS 200... 3 2.2. AUTOMAG F300 E F600... 4 3. Especificações Técnicas...

Leia mais

FOGÃO ELÉTRICO. Manual de Instruções SIEMSEN. (0xx) 47 255 2000 LINHA DIRETA

FOGÃO ELÉTRICO. Manual de Instruções SIEMSEN. (0xx) 47 255 2000 LINHA DIRETA Manual de Instruções METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Fone: +55 (0 )47 255 2000 - Fax: +55 (0 )47 255 2020 Rua: Anita Garibaldi, nº 262 - Bairro: São Luiz - CP: 52 CEP: 88351-410 - Brusque - Santa Catarina -

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO TETROS MOTO V2. N de Homologação: 1702-09-2791. Versão 1.00

MANUAL DE INSTALAÇÃO TETROS MOTO V2. N de Homologação: 1702-09-2791. Versão 1.00 MANUAL DE INSTALAÇÃO TETROS MOTO V2 N de Homologação: 1702-09-2791 Versão 1.00 Manual de Instalação TETROS MOTO V2 2 Índice 1. Introdução... 3 2. Especificações técnicas... 3 3. Conhecendo o equipamento...

Leia mais

Aula prática 01 Partida direta de motor monofásico

Aula prática 01 Partida direta de motor monofásico Curso de Tecnologia em Manutenção Industrial Disciplina de Instalações Elétricas Industriais Parte Prática Turma: ET32K N12. Professor Clovis Aula prática 01 Partida direta de motor monofásico OBJETIVO:

Leia mais

Fechadura Digital. Manual de Instruções YDF40. Português

Fechadura Digital. Manual de Instruções YDF40. Português Fechadura Digital anual de Instruções YDF40 Português ATENÇÃO, LEIA AS INSTRÇÕES ANTES DE TILIZAR O PRODTO. As funções e design deste produto podem ser modificadas sem aviso prévio visando a qualidade

Leia mais

Guia Rápido de Instalação

Guia Rápido de Instalação Biofinger 115K Guia Rápido de Instalação Apresentação O BIOFINGER 115K da CS é um controle de acesso biométrico e proximidade RFID que possui um elevado desempenho. Seu avançado algoritmo proporciona velocidade

Leia mais

NX- USB MANUAL DO USUARIO V1.2

NX- USB MANUAL DO USUARIO V1.2 NX- USB MANUAL DO USUARIO V1.2 NEVEX Tecnologia Ltda Copyright 2014 - Todos os direitos Reservados Atualizado em: 24/09/2014 IMPORTANTE Máquinas de controle numérico são potencialmente perigosas. A Nevex

Leia mais

3.1.2 CONTROLE REMOTO * Alimentação: 12V - 1 pilha A23. * Alcance: 15 metros sem obstáculos.

3.1.2 CONTROLE REMOTO * Alimentação: 12V - 1 pilha A23. * Alcance: 15 metros sem obstáculos. 1. CARACTERÍSTICAS CONTROLADOR DE TEMPERATURA PARA AQUECIMENTO SOLAR E AUTOMAÇÃO DE PISCINA MTZ621R - 90~240VCA - P551 MANUAL DE INSTRUÇÕES VERSÃO 1.2 - JAN/2014 2.2 CONTROLE REMOTO 3.3 SENSOR DE TEMPERATURA

Leia mais