A COPA DE 2014: IMPACTOS OU LEGADO PARA AS CIDADES-SEDES DO NORDESTE?.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A COPA DE 2014: IMPACTOS OU LEGADO PARA AS CIDADES-SEDES DO NORDESTE?."

Transcrição

1 A COPA DE 2014: IMPACTOS OU LEGADO PARA AS CIDADES-SEDES DO NORDESTE?.

2 AS CIDADES-SEDES DO NORDESTE. Hipótese: Os processos de reestruturação urbana implementados para as cidades sedes da região Nordeste impulsionados pelo megaevento esportivo - a Copa do Mundo, no qual o capital privado tem papel preponderante, implicam em mais impactos do que legado para as cidades e para a sociedade.

3 AS CIDADES-SEDES DA COPA NO NORDESTE. 6 Cidades candidatas; Eleitos os polos mais dinâmicos; Desigualdades intraregionais.

4 NATAL Fonte: Portal da Copa Governo Federal

5 3º maior número de leitos de hotéis do Brasil; COPA EM NATAL /// PRINCIPAIS INVESTIMENTOS: Projetos de mobilidade, ampliação e reforma do aeroporto e porto, Aumento da rede hoteleira, centro de atendimento ao turista; Projeto de mobilidade; outros Arena Multiuso - PPP Governo Estadual e Construtora OAS; PRINCIPAIS EFEITOS: Machadão Solicitação de setores da sociedade para tombar o antigo estádio Machadão ginásio poliesportivo, centro administrativo e creche.

6 COPA EM NATAL /// Demolição de todo complexo poliesportivo; Arena das Dunas Projeto de mobilidade corta o Parque das Dunas de Natal - Unidade de Conservação de Proteção Integral; Remoção de famílias pobres. Arena das Dunas

7 . FORTALEZA Fonte: Portal da Copa Governo Federal

8 COPA EM FORTALEZA /// PRINCIPAIS INVESTIMENTOS Construção de corredores exclusivos de ônibus, Linha de VLT Veículo Leve sobre Trilhos Duas estações de metrô. Reforma e ampliação do terminal de passageiros no aeroporto, Terminal marítimo de passageiros; Fonte: Portal da Copa Governo Federal Antigo estádio - Arena Multiuso Castelão, passou por reforma e adequações;

9 COPA EM FORTALEZA /// PPP - Governo do Estadual e Consórcio Galvão Engenharia S/A e Andrade Mendonça Construtora; PRICIPAIS EFEITOS: Mudanças no Plano Diretor da Cidade ZEIS; Processos de remoções de famílias Pobres: VLT - VAI LEVANDO TUDO. Fonte: Portal da Copa Governo Federal

10 . SALVADOR Fonte: Portal da Copa Governo Federal

11 COPA EM SALVADOR// PRINCIPAIS INVESTIMENTOS: Ampliação e reforma do aeroporto; Construção no terminal marítimo de passageiros; Melhorias de acesso aos principais atrativos turísticos, Implantação de centros de atendimento ao turista, de hotéis e de sinalização turística; Infraestrutura viária e equipamentos urbanos; Arena Multiuso Fonte Nova; PPP - Governo estadual concessionária formada pelas empresas Odebrecht Participações e Investimentos e Construtora OAS;

12 COPA EM SALVADOR// PRINCIPAIS EFEITOS: Demolição da Vila Olímpica estádio, ginásio e piscina; Tentativas de mudanças no Plano Diretor; Dinamização econômica das áreas do entorno; Proibição de venda de produtos típicos acarajé (tombado pelo Iphan) - McDonald s patrocinadora FIFA. Fonte: Portal da Copa Governo Federal

13 RECIFE

14 Pólo Farmacoquímico de Goiana/FIAT A COPA EM RECIFE /// REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE Cidade da Copa Suape - Momento de grande crescimento econômico; - Crescimento Intensivo: NORTE SUL - Extender os investimentos e crescimento Para o vetor Oeste. - Distribuição extensiva dos investimentos do Governo; - Atração de novas indústrias e novos investimentos para o Estado;

15 Jaboatão dos Guararapes A COPA EM RECIFE ///

16 SÃO LOURENÇO CAMARAGIBE Estação Timbi Estação Cosme e Damião RECIFE JABOATÃO Alphaville Estação TIP Empreendimento Estação Cosme e Damião METROREC Linha Oeste Duplicação BR-408

17 A COPA EM RECIFE /// A Cidade da Copa Localização: São Lourenço da Mata. Área: 247 hectares Custo da obra: 532 milhões (sendo 289 financiados pelo BNDES ao governo do Estado).

18 A COPA EM RECIFE /// ASPECTOS POTENCIALIZADORES DO EMPREENDIMENTO: POSIÇÃO ESTRATÉGICA DE EXPANSÃO Nova centralidade Urbana metropolitana (vetor de expansão Oeste) PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA (PPP) Governo do Estado e Consórcio Arena Pernambuco (Odebrechet Investimentos em Infraestrutura Ltda e Odebrechet Serviços de Engenharia e Construção S.A) TERRENO DO GOVERNO DO ESTADO (247 ha) CONCESSÃO DE EXPLORAÇÃO DA ARENA PERNAMBUCO - 33 ANOS CONCESSÃO DEFINITIVA DE TODO O TERRENO PARA EXPLORAÇÃO DO CONSÓRCIO.

19 A COPA EM RECIFE /// "A PRIMEIRA 'SMART CITY' DA AMÉRICA LATINA : - Cidade Inteligente, Cidade Verde e Sustentabilidade Urbana... - lugar para morar, trabalhar, aprender e se divertir - Atração de 100 mil novos habitantes (nº moradores de SLM). INSPIRADO PELA CIDADE DE MINATO MIRAI, DISTRITO DE YOKOHAMA - 1ª CIDADE INTELIGENTE DO JAPÃO. MASTERPLAN ELABORADO E EXECUTADO PELO CONSÓRCIO Plano Urbanístico escritório americano Aecom; Projeto Imobiliário Grupo americano AEG Development;

20 A COPA EM RECIFE /// COMPETÊNCIA DO CONSÓRCIO Definição dos parâmetros urbanístico; Controle Urbano; Gestão dos serviços públicos. PARCERIAS COM A CISCO, NEC E ERICSSON Central de Controle para monitora desde a segurança até o fluxo de veículos e o consumo de energia. PLANO DIRETOR DE SLM Adaptação do zoneamento existente para viabilizar a Cidade da Copa ZEIS 2 - ->ZUP 3

21 A Cidade da Copa A COPA EM RECIFE ///

22 A COPA EM RECIFE /// LAZER FONTE: Site Odebrecht < >

23 COPA EM RECIFE /// MORADIA FONTE: Site Odebrecht < >

24 A COPA EM RECIFE /// TRABALHO FONTE: Site Odebrecht < >

25 A COPA EM RECIFE /// ESTUDO FONTE: Site Odebrecht < >

26 SÃO LOURENÇO DA MATA ///

27 SÃO LOURENÇO DA MATA ///

28 MOBILIDADE ///

29 MOBILIDADE ///

30 MOBILIDADE ///

31 PROJETO DE NAVEGABILIDADE DO RIO CORREDOR NORTE/SUL MOBILIDADE /// CORREDOR LESTE/OESTE VIA MANGUE

32 REMOÇÕES E REASSENTAMENTOS ///

33 REMOÇÕES /// REMOÇÕES: Cidade da Copa -320 famílias de baixa renda; Projetos de mobilidade / Estação de Metrô / Terminal Integrado MAIS DE 1000 FAMÍLIAS DESAPROPRIADAS (outras em processos de desapropriação) ÁREA HABITACIONAL NA CIDADE DA COPA : unidades habitacionais pela iniciativa privada Projetos não divulgados;

34 REMOÇÕES E REASSENTAMENTOS ///

35 REMOÇÕES E REASSENTAMENTOS ///

36 DINÂMICA IMOBILIÁRIA ///

37 DINÃMICA IMOBILIÁRIA ///

38 DINÂMICA IMOBILIÁRIA /// Novos Empreendimentos Imobiliários (Camaragibe e São Lourenço da Mata)

39 DINÂMICA IMOBILIÁRIA ///

40 DINÂMICA IMOBILIÁRIA ///

41 DINÂMICA IMOBILIÁRIA /// FONTE:

42 MEIO AMBIENTE ///

43 MEIO AMBIENTE ///

44 MEIO AMBIENTE ///

45 Fonte: Boletim Informativo da UFPE, Outubro de MEIO AMBIENTE ///

46 MEIO AMBIENTE /// RECIFE ANA MARIA RAMALHO GERMANA SANTIAGO MARCELO ALLGAYER

47 MEIO AMBIENTE /// RECIFE ANA MARIA RAMALHO GERMANA SANTIAGO MARCELO ALLGAYER

48

49

50

51

52

53 CONFIGURAÇÃO SOCIOESPACIAL ///

54

55

56

57

58

59

60 FONTE: Arquivo Pessoal

61 GOVERNANÇA URBANA ///

62 GOVERNANÇA /// CRIAÇÃO DO COMITÊ PERNAMBUCO NA COPA Decreto /11 - Compete a concepção e o planejamento das ações necessárias para a consecução do empreendimento Pernambuco na Copa; - avaliar e executar os projetos e ações relacionadas ao projeto em questão. - Representantes das secretarias e órgãos estaduais; - Poderão integrar o Comitê na qualidade de convidados permanentes, representantes da Assembleia Legislativa do Estado, do Tribunal de Justiça do Estado, do Tribunal de Contas da União, do Tribunal de Contas do Estado, da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária - INFRAERO, da Federação Pernambucana de Futebol e das Prefeituras do Recife e de São Lourenço da Mata. - Reuniões de caráter informativo; SEM PARTICIPAÇÃO SOCIAL COMITÊ POPULAR DA COPA.

63 A COPA NO NORDESTE: IMPACTOS OU LEGADO?. LEGADO Obras de infraestrutura urbana e turística que estão sendo realizadas em tão curto espaço de tempo. IMPACTOS Pouca participação do poder executivo municipal nos projetos da Copa - responsabilidade pelas alterações urbanísticas e aprovações de projetos. Flexibilização ou alteração dos instrumentos do planejamento urbano: Planos Diretores e modificações no zoneamento - ZEIS, parâmetros construtivos.

64 A COPA NO NORDESTE: IMPACTOS OU LEGADO?. Violação aos direitos humanos - processos de remoções forçados, afastando prioritariamente famílias pobres para as periferias. Falta de transparência, mecanismos de participação e de controle social quanto aos projetos e recursos financeiros empregados. Privatização dos espaços públicos; Endividamento público para beneficiar alguns setores da sociedade; Repercussões na cultura e economia locais - festas juninas no Nordeste. FIFA proibi festas de ruas antes, durante e depois dos jogos da Copa. Indícios de que Copa do Mundo no Nordeste promoverá maiores impactos e maiores desigualdades sociais. Vários fatores: ausência de planejamento e governança urbana.

65 REFLEXÕES / / / Faltam políticas públicas para as cidades brasileiras? Estatuto da Cidade, criação da Política Nacional de Habitação e do Sistema Nacional de Habitação de Interesse Social, Lei de Consórcios Públicos, nova Política de Saneamento Ambiental, recém-criada Lei da Mobilidade, bem como, dos conselhos gestores, canais institucionais de participação e controle social, entre outros. Necessidade de implementação dos instrumentos; Planejamento global Copa ações pontuais em lugares estratégicos;

66 REFLEXÕES /// Processos de governança urbana e metropolitana: - Fortalecimento dos governos municipais para implementar novos mecanismos de gestão tão necessários à reforma urbana; - Fortalecimento dos mecanismos de participação e controle social (Política pública exitosa só com a participação da sociedade); - Sociedade nos processos de decisão; - Incorporar a participação social na cultura da sociedade;

67 REFLEXÕES /// - Analfabetismo urbanístico - ignorância generalizada sobre o espaço geográfico e urbano no Brasil, o que exigiria criar uma nova cultura e um novo patamar de conhecimento sobre as cidades e os instrumentos de planejamento resultantes do Movimento de Reforma Urbana (MARICATO, 2011).

68 OBRIGADA! Observatório das Metrópoles Recife/PE Ana Maria Filgueira Ramalho

OBSERVATÓRIO DAS METRÓPOLES: Núcleo Recife

OBSERVATÓRIO DAS METRÓPOLES: Núcleo Recife OBSERVATÓRIO DAS METRÓPOLES: Núcleo Recife A Copa e a Região Metropolitana do Recife MARIA ÂNGELA SOUZA (Coord. Observatório) ANA RAMALHO (Coord. Pesquisa) GERMANA SANTIAGO MARCELO ALLGAYER. ALINE SOUZA

Leia mais

Copa do Mundo de 2014. em Brasília. Prof. Dr. Rômulo Ribeiro PPG-FAU e FUP/UnB

Copa do Mundo de 2014. em Brasília. Prof. Dr. Rômulo Ribeiro PPG-FAU e FUP/UnB Copa do Mundo de 2014 em Brasília Prof. Dr. Rômulo Ribeiro PPG-FAU e FUP/UnB A Escolha A pergunta que nos move: Por que escolher cidades sem tradição em futebol? Brasília por ser capital do Brasil Será

Leia mais

Projeto PERNAMBUCO NA COPA 2014

Projeto PERNAMBUCO NA COPA 2014 Projeto PERNAMBUCO NA COPA 2014 4º Fórum de Direito do Turismo 20 de Maio de 2011 ARRANJO INSTITUCIONAL - GOVERNO DE PERNAMBUCO SECOPA-PE Atribuições Planejar, coordenar e gerir as iniciativas dos órgãos

Leia mais

Natal - RN Os impactos, processos e dinâmicas na Cidade do Natal

Natal - RN Os impactos, processos e dinâmicas na Cidade do Natal Natal - RN Os impactos, processos e dinâmicas na Cidade do Natal Metropolização e Megaeventos Seminário Nacional Rio de Janeiro, 11 de dezembro de 2013 Equipe do Projeto Núcleo RMNatal Prof. Alexsandro

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES

MINISTÉRIO DAS CIDADES MINISTÉRIO DAS CIDADES Mobilidade Urbana Sustentável Seminário Infraestrutura turística, megaeventos e promoção da imagem do Brasil no exterior 16 e 17 de agosto de 2011 MINISTÉRIO DAS CIDADES MISSÃO Combate

Leia mais

Preparação do país para a Copa do Mundo 2014 e a herança para

Preparação do país para a Copa do Mundo 2014 e a herança para Code-P0 Preparação do país para a Copa do Mundo 2014 e a herança para a engenharia brasileira O Mundial e o Desenvolvimento Federação Nacional dos Engenheiros (FNE) Manaus, 30 de março de 2012 Code-P1

Leia mais

BNDES e a Copa 2014. Rodolfo Torres. Novembro de 2011. Área de Infraestrutura Social

BNDES e a Copa 2014. Rodolfo Torres. Novembro de 2011. Área de Infraestrutura Social BNDES e a Copa 2014 Novembro de 2011 Rodolfo Torres Área de Infraestrutura Social Agenda Introdução: Eventos Esportivos no Brasil Participação do BNDES Agenda Introdução: Eventos Esportivos no Brasil Participação

Leia mais

Painel OBRAS PÚBLICAS: NOVO PATAMAR DE QUALIDADE PLANEJAMENTO E PROJETO

Painel OBRAS PÚBLICAS: NOVO PATAMAR DE QUALIDADE PLANEJAMENTO E PROJETO Painel OBRAS PÚBLICAS: NOVO PATAMAR DE QUALIDADE PLANEJAMENTO E PROJETO 83º ENIC Encontro Nacional da Indústria da Construção SP, 11 de agosto de 2011 CAMINHOS PARA O DESENVOLVIMENTO URBANO De 1986 a 2003,

Leia mais

Code-P0. 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede de Recife. Dezembro de 2012

Code-P0. 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede de Recife. Dezembro de 2012 CodeP0 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede de Recife Dezembro de 2012 Recife: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de s Referência Nov/12, Distribuição dos investimentos por

Leia mais

A dinâmica imobiliária da Região Metropolitana do Recife e perspectivas futuras. São Paulo, 13 de setembro de 2012 Marcello Chagas Gomes

A dinâmica imobiliária da Região Metropolitana do Recife e perspectivas futuras. São Paulo, 13 de setembro de 2012 Marcello Chagas Gomes A dinâmica imobiliária da Região Metropolitana do Recife e perspectivas futuras São Paulo, 13 de setembro de 2012 Marcello Chagas Gomes Dinâmica Imobiliária: Demanda Oferta Condicionantes Potencial Efetiva

Leia mais

Secretaria. de Futebol de 2014

Secretaria. de Futebol de 2014 Secretaria Especial de Articulação para a Copa do Mundo de Futebol de 2014 SECOPA Assistir direta e indiretamente ao Prefeito na condução aos assuntos referentes a Copa do Mundo; Parcerias com a sociedade

Leia mais

Mobilidade Urbana. Linhas gerais, resultados e desafios selecionados

Mobilidade Urbana. Linhas gerais, resultados e desafios selecionados Mobilidade Urbana Linhas gerais, resultados e desafios selecionados Apresentação A política de desenvolvimento urbano é estratégica para a promoção de igualdade de oportunidades, para a desconcentração

Leia mais

Copa do Mundo 2014: Oportunidades para o Brasil e para a iniciativa privada

Copa do Mundo 2014: Oportunidades para o Brasil e para a iniciativa privada BRA-MEB001-100209-0 Copa do Mundo 2014: Oportunidades para o Brasil e para a iniciativa privada São Paulo, 9 de março de 2010 0 BRA-MEB001-100209-1 O que o Brasil quer com uma Copa do Mundo FIFA Mobilizar

Leia mais

COPA 2014. 28º Reunião do Conselho Nacional de Turismo

COPA 2014. 28º Reunião do Conselho Nacional de Turismo COPA 2014 28º Reunião do Conselho Nacional de Turismo COPA 2014 CIDADES-SEDE Fortaleza Manaus Natal Recife Cuiabá Salvador Brasília Belo Horizonte Curitiba São Paulo Rio de Janeiro Porto Alegre PLANEJAMENTO

Leia mais

MINISTÉRIO DO ESPORTE

MINISTÉRIO DO ESPORTE MATRIZ DE RESPONSABILIDADES QUE ENTRE SI CELEBRAM OS ENTES FEDERATIVOS ABAIXO NOMINADOS COM O OBJETIVO DE VIABILIZAR A EXECUÇÃO DAS AÇÕES GOVERNAMENTAIS NECESSÁRIAS À REALIZAÇÃO DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES

Leia mais

CTNDT - CÂMARA TEMÁTICA NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO

CTNDT - CÂMARA TEMÁTICA NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO CTNDT - CÂMARA TEMÁTICA NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO ESTRUTURA DA APRESENTAÇÃO PAUTA HISTÓRICO CTNDT / METODOLOGIA DE TRABALHO CTNDT / PROPOSTA DE TEMAS PARA DEBATE/EIXO TEMÁTICO HISTÓRICO BRASIL

Leia mais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL. Oportunidades e Desafios

COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL. Oportunidades e Desafios COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL Oportunidades e Desafios COPA DO MUNDO - OPORTUNIDADES Um evento esportivo do porte de uma Copa do Mundo é como uma grande vitrine do país no exterior e corresponde a um

Leia mais

Abril/2016. Perspectivas para o setor de infraestrutura no Estado do Rio de Janeiro

Abril/2016. Perspectivas para o setor de infraestrutura no Estado do Rio de Janeiro Abril/2016 Perspectivas para o setor de infraestrutura no Estado do Rio de Janeiro Sumário Quem somos Cenário PPPs e Concessões Desafios do atual modelo Proposta da AEERJ Projetos do ERJ : pontos críticos

Leia mais

Projeto Metropolização e Megaeventos: os impactos da Copa do Mundo 2014 e das Olimpíadas 2016 Relatório Parcial Recife Abril de 2012

Projeto Metropolização e Megaeventos: os impactos da Copa do Mundo 2014 e das Olimpíadas 2016 Relatório Parcial Recife Abril de 2012 UFPE Universidade Federal de Pernambuco MDU Mestrado em Desenvolvimento Urbano Projeto Metropolização e Megaeventos: os impactos da Copa do Mundo 2014 e das Olimpíadas 2016 Relatório Parcial Recife Abril

Leia mais

Investimento do Governo Federal em Mobilidade Urbana

Investimento do Governo Federal em Mobilidade Urbana Investimento do Governo Federal em Mobilidade Urbana PAC 2 SÃO PAULO R$ 241,5 bilhões R$ milhões Eixo 2011-2014 Pós 2014 TOTAL Transportes 55.427 2.169 57.596 Energia 57.578 77.936 135.513 Cidade Melhor

Leia mais

O TCU e a Copa de 2014

O TCU e a Copa de 2014 O TCU e a Copa de 2014 Presidente: Benjamin Zymler Ministro Relator: Valmir Campelo Copa 2014: Objetos de Fiscalização do TCU Gestão da Copa pelo Min. Esporte Atuação dos demais Ministérios Aplicação de

Leia mais

INFRAESTRUTURA TURÍSTICA, MEGAEVENTOS ESPORTIVOS E PROMOÇÃO DE IMAGEM DO BRASIL NO EXTERIOR. Ralph Lima Terra Vice Presidente Executivo

INFRAESTRUTURA TURÍSTICA, MEGAEVENTOS ESPORTIVOS E PROMOÇÃO DE IMAGEM DO BRASIL NO EXTERIOR. Ralph Lima Terra Vice Presidente Executivo INFRAESTRUTURA TURÍSTICA, MEGAEVENTOS ESPORTIVOS E PROMOÇÃO DE IMAGEM DO BRASIL NO EXTERIOR Ralph Lima Terra Vice Presidente Executivo Brasília / DF 16-17 de Agosto de 2011 ÁREAS ATENDIDAS SETORES DA INFRAESTRUTURA

Leia mais

A Década de Ouro para o Gerenciamento de Projetos no Brasil Alessandro Prudêncio Lukosevicius, M.Sc, PMP Dinsmore Associates

A Década de Ouro para o Gerenciamento de Projetos no Brasil Alessandro Prudêncio Lukosevicius, M.Sc, PMP Dinsmore Associates A Década de Ouro para o Gerenciamento de Projetos no Brasil Alessandro Prudêncio Lukosevicius, M.Sc, PMP Dinsmore Associates Brasil, país do futuro? 2 Para o país do futuro, finalmente é amanhã O Brasil

Leia mais

Apresentação Metropoli- zação e Megaeventos: impactos da Copa do Mundo/2014 e das Olimpía- das/2016

Apresentação Metropoli- zação e Megaeventos: impactos da Copa do Mundo/2014 e das Olimpía- das/2016 Apresentação O presente livro apresenta os resultados nacionais do projeto Metropolização e Megaeventos: impactos da Copa do Mundo/2014 e das Olimpíadas/2016. Ele foi executado como uma das linhas do programa

Leia mais

Grupo de Trabalho Copa do Mundo Brasil 2014. Mobilidade Urbana e a Copa 2014

Grupo de Trabalho Copa do Mundo Brasil 2014. Mobilidade Urbana e a Copa 2014 Grupo de Trabalho Copa do Mundo Brasil 2014 Mobilidade Urbana e a Copa 2014 Novembro de 2009 Participação do Gov. Fed. na Copa de 2014 Setor hoteleiro Estádio Aeroporto Investimentos Federais Porto Mobilidade

Leia mais

Mobilidade Urbana PROMOB

Mobilidade Urbana PROMOB Licitação Programa do Sistema de Estadual Transporte de Público de Passageiros da Região Metropolitana do Recife Mobilidade Urbana PROMOB STPP/RMR ARAÇOIABA 15.108 90 IGARASSU 82.277 323 ITAPISSUMA 20.116

Leia mais

PROJETOS DE INFRAESTRUTURA EM 6 EIXOS

PROJETOS DE INFRAESTRUTURA EM 6 EIXOS PROJETOS DE INFRAESTRUTURA EM 6 EIXOS PAC Cidade Melhor Enfrentar os principais desafios das grandes aglomerações urbanas, propiciando melhor qualidade de vida PAC Comunidade Cidadã Presença do Estado

Leia mais

Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social

Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social Missão do Instituto Ethos Mobilizar, sensibilizar e ajudar as empresas a gerir seus negócios de forma socialmente responsável, tornando-as parceiras

Leia mais

balanço 1Oº março >> junho 2014 A gente FAZ um brasil de oportunidades

balanço 1Oº março >> junho 2014 A gente FAZ um brasil de oportunidades balanço 1Oº março >> junho 2014 A gente FAZ um brasil de oportunidades Metrô de Salvador Linha 1 Trecho Lapa - Acesso Norte Salvador BA apresentação O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) completa

Leia mais

Operação de Arenas Multiuso. Danielle Senatore. Primeiro Fórum de Gestão de Arenas e Estádios

Operação de Arenas Multiuso. Danielle Senatore. Primeiro Fórum de Gestão de Arenas e Estádios Operação de Arenas Multiuso Danielle Senatore Odebrecht Properties Entretenimento Primeiro Fórum de Gestão de Arenas e Estádios São Paulo, Dezembro de 2013 Investimentos em ativos diferenciados e otimizados

Leia mais

Programa Copa 2014 na Bahia Planejamento, Realizações e Legados do Mundial na Bahia. SINAENCO 18 de Maio de 2012

Programa Copa 2014 na Bahia Planejamento, Realizações e Legados do Mundial na Bahia. SINAENCO 18 de Maio de 2012 Programa Copa 2014 na Bahia Planejamento, Realizações e Legados do Mundial na Bahia SINAENCO 18 de Maio de 2012 AGENDA 1. Linha do Tempo 2. A Copa em números 3. Programa Copa 2014 na Bahia 4. Plano Diretor

Leia mais

-Esta apresentação foi realizada no âmbito do projeto Moradia é Central durante a Oficina 3 - Financiamento para habitação social em Centros.

-Esta apresentação foi realizada no âmbito do projeto Moradia é Central durante a Oficina 3 - Financiamento para habitação social em Centros. -Esta apresentação foi realizada no âmbito do projeto Moradia é Central durante a Oficina 3 - Financiamento para habitação social em Centros. -Data: 05/12/2008 -Local: Instituto Pólis MORADIA É CENTRAL

Leia mais

PROGRAMAÇÃO FNE 2010 Adendo ao FNE PROATUR Programa de Apoio ao Turismo Regional (item 8.7)

PROGRAMAÇÃO FNE 2010 Adendo ao FNE PROATUR Programa de Apoio ao Turismo Regional (item 8.7) PROGRAMAÇÃO FNE 2010 Adendo ao FNE PROATUR Programa de Apoio ao Turismo Regional (item 8.7) PROPOSTA FNE-PROATUR INCLUSÃO DO APOIO A PROJETOS DE ARENAS MULTI-USOS NAS FINALIDADES DE FINANCIAMENTO A - Fundamentação

Leia mais

Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014. O que o Brasil já ganhou com a Copa

Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014. O que o Brasil já ganhou com a Copa Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014 O que o Brasil já ganhou com a Copa 2 O que o Brasil já ganhou com a Copa Investimentos A Copa do Mundo é um grande investimento para todos brasileiros Os únicos

Leia mais

Code-P0. 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede de Porto Alegre. Dezembro de 2012

Code-P0. 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede de Porto Alegre. Dezembro de 2012 CodeP0 4º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede de Porto Alegre Dezembro de 2012 CodeP1 CODE1 Porto Alegre: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de s Referência Nov/12, Distribuição

Leia mais

O Plano Diretor como instrumento do Desenvolvimento dos Municípios Oficina 13 2º Congresso Pernambucano de Municípios

O Plano Diretor como instrumento do Desenvolvimento dos Municípios Oficina 13 2º Congresso Pernambucano de Municípios O Plano Diretor como instrumento do Desenvolvimento dos Municípios Oficina 13 2º Congresso Pernambucano de Municípios Área Técnica Planejamento Urbano e Habitação Confederação Nacional de Municípios (CNM)

Leia mais

Organizadoras: Mônica de Carvalho e Clarissa M. R. Gagliardi. Megaprojetos, megaeventos, megalópole: a produção de uma nova centralidade em São Paulo

Organizadoras: Mônica de Carvalho e Clarissa M. R. Gagliardi. Megaprojetos, megaeventos, megalópole: a produção de uma nova centralidade em São Paulo Organizadoras: Mônica de Carvalho e Clarissa M. R. Gagliardi Megaprojetos, megaeventos, megalópole: a produção de uma nova centralidade em São Paulo M496 Megaprojetos, megaeventos, megalópole : a produção

Leia mais

A ARENA PERNAMBUCO COMO NOVO ELEMENTO DE REESTRUTURAÇÃO URBANA E DINÂMICAS NA CIDADE

A ARENA PERNAMBUCO COMO NOVO ELEMENTO DE REESTRUTURAÇÃO URBANA E DINÂMICAS NA CIDADE A ARENA PERNAMBUCO COMO NOVO ELEMENTO DE REESTRUTURAÇÃO URBANA E DINÂMICAS NA CIDADE Marcelo Allgayer de Holanda Cavalcanti Bacharel em Geografia - UFPE Mestrando do Programa em Pós-Graduação em Desenvolvimento

Leia mais

PROGRAMA COMPROMISSO META INICIATIVA

PROGRAMA COMPROMISSO META INICIATIVA Secretaria de 1 Produtivo 1. Ampliar a oferta de infraestrutura adequada para promover a segurança no consumo de gêneros alimentícios em mercados municipais 1. Oferecer espaços adequados para comercialização

Leia mais

MODELO DE GOVERNANÇA CTNDT AÇÕES EM CURSO NOMTur LINHAS DE FINANCIAMENTO

MODELO DE GOVERNANÇA CTNDT AÇÕES EM CURSO NOMTur LINHAS DE FINANCIAMENTO CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - CDES PLANO ESTRATÉGICO DO A COPA DO MUNDO FIFA 24/11/2010 PLANO ESTRATÉGICO DO TURISMO TURISMO BRASILEIRO BRASILEIRO PARA PARA A A COPA COPA DO DO MUNDO

Leia mais

O que o Brasil já ganhou com a Copa. Secretaria-Geral da Presidência da República

O que o Brasil já ganhou com a Copa. Secretaria-Geral da Presidência da República O que o Brasil já ganhou com a Copa COPA DO MUNDO NO BRASIL um momento histórico e de oportunidades A Copa do Mundo é um momento histórico para o Brasil, que vai sediar, em conjunto com as Olimpíadas em

Leia mais

CORREDOR LESTE-OESTE: LIGAÇÃO ENTRE A ÁREA CENTRAL DO RECIFE E A CIDADE DA COPA EM SÃO LOURENÇO DA MATA 1

CORREDOR LESTE-OESTE: LIGAÇÃO ENTRE A ÁREA CENTRAL DO RECIFE E A CIDADE DA COPA EM SÃO LOURENÇO DA MATA 1 Andresa Maria Mendes da Silva¹ Ana Regina Marinho Dantas Barboza da Rocha Serafim² ¹ Graduanda do Curso de Licenciatura em Geografia do Campus Mata Norte da Universidade de Pernambuco. Bolsista PFA/UPE.

Leia mais

Oportunidades de Negócios com a Copa do Mundo 2014. Salvador 04/11/10

Oportunidades de Negócios com a Copa do Mundo 2014. Salvador 04/11/10 Oportunidades de Negócios com a Copa do Mundo 2014 Salvador 04/11/10 É a vez do Brasil! Linha do Tempo Eventos Esportivos Copa das Confederações 2013 Copa do Mundo FIFA 2014 Olimpíadas e Paraolimpíadas

Leia mais

Etapas do PLHIS PROPOSTAS

Etapas do PLHIS PROPOSTAS Plano Local de Habitação de Interesse Social de Boituva Seminário de Homologação do PLHIS de Boituva 25 de Fevereiro de 2010 Etapas do PLHIS etapa 1 etapa 2 etapa 3 METODOLOGIA DIAGNÓSTICO PROPOSTAS Princípios

Leia mais

Luiz Carlos Bueno de Lima

Luiz Carlos Bueno de Lima A política nacional de transporte t e da mobilidade urbana Luiz Carlos Bueno de Lima Secretário Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana Ministério das Cidades Secretaria Nacional de Transporte e

Leia mais

Salvador na Copa das Confederações e Copa do Mundo FIFA 2014

Salvador na Copa das Confederações e Copa do Mundo FIFA 2014 Salvador na Copa das Confederações e Copa do Mundo FIFA 2014 18/05/2012 Ana Cláudia Nascimento e Sousa Diretora de Mobilidade Urbana e Interurbana ACESSIBILIDADE À ARENA FONTE NOVA LEGADO PARA A CIDADE

Leia mais

COPA DO MUNDO DA FIFA BRASIL 2014 Cidade-sede Natal RN

COPA DO MUNDO DA FIFA BRASIL 2014 Cidade-sede Natal RN GT - INFRAESTRUTURA GT - INFRAESTRUTURA Grupo de Trabalho INFRAESTRUTURA Responsável pela proposição de projetos e operações de infraestrutura, além do acompanhamento na execução destes, necessários à

Leia mais

O mercado imobiliário no Rio de Janeiro

O mercado imobiliário no Rio de Janeiro O mercado imobiliário no Rio de Janeiro Índice 1- Potencial do Setor Imobiliário População Demanda Financiamento e taxa de juros 2- Mercado do Rio de Janeiro Evolução do Setor Grandes Investimentos Programa

Leia mais

Políticas de moradia: entre o direito e a violação de direitos humanos. Demian Garcia Castro

Políticas de moradia: entre o direito e a violação de direitos humanos. Demian Garcia Castro Políticas de moradia: entre o direito e a violação de direitos humanos Demian Garcia Castro Hipótese central: a nova rodada de mercantilização da cidade vem ampliando os processos de segregação socioespacial

Leia mais

INTERVENÇÕES URBANÍSTICAS COMO AGENTES DE REDUÇÃO DA VIOLÊNCIA

INTERVENÇÕES URBANÍSTICAS COMO AGENTES DE REDUÇÃO DA VIOLÊNCIA INTERVENÇÕES URBANÍSTICAS COMO AGENTES DE REDUÇÃO DA VIOLÊNCIA HUMBERTO COSTA Secretário das Cidades Governo de Pernambuco 17 de setembro Recife / PE Prevenção da violência x ESPAÇO URBANO AS ESTATÍSTICAS

Leia mais

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO LICENCIAMENTO AMBIENTAL BAIXADA DE JACAREPAGUÁ O LICENCIAMENTO AMBIENTAL E AS NOVAS INTERVENÇÕES URBANAS NA BAIXADA DE JACAREPAGUÁ PROJETOS - OS GRANDES EVENTOS O LIC ENC IAM ENT O AMB IENT AL E AS NOV

Leia mais

Estádios. 1 Revista LIBERDADE e CIDADANIA Ano IV n. 15 janeiro / março, 2012 www.flc.org.br. Por Sen. Demóstenes Torres *

Estádios. 1 Revista LIBERDADE e CIDADANIA Ano IV n. 15 janeiro / março, 2012 www.flc.org.br. Por Sen. Demóstenes Torres * 1 Revista LIBERDADE e CIDADANIA Ano IV n. 15 janeiro / março, 2012 www.flc.org.br ARTIGO COPA 2014 - Falta tudo para o Brasil Por Sen. Demóstenes Torres * No dia 30 de outubro, completou-se quatro anos

Leia mais

COOPERAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO E MORADA HUMANA - CDM APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

COOPERAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO E MORADA HUMANA - CDM APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL COOPERAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO E MORADA HUMANA - CDM APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Abril 2008 1. DADOS JURÍDICOS E ADMINISTRATIVOS Nome: CDM Cooperação para o e Morada Humana Endereço: Rua Almirante Barroso

Leia mais

PROGRAMA DE JAIR PEDRO AO GOVERNO DO ESTADO.

PROGRAMA DE JAIR PEDRO AO GOVERNO DO ESTADO. 1 PROGRAMA DE JAIR PEDRO AO GOVERNO DO ESTADO. Propostas para construir um Pernambuco para os trabalhadores Introdução As eleições, com financiamento de empresas, tornam-se um jogo de cartas marcadas,

Leia mais

COPA DO MUNDO FIFA OPORTUNIDADES

COPA DO MUNDO FIFA OPORTUNIDADES COPA DO MUNDO FIFA OPORTUNIDADES COPA DO MUNDO FIFA 2014 MAIOR EVENTO ESPORTIVO DO MUNDO VITRINE DO PAÍS NO EXTERIOR OPORTUNIDADE DE GERAR O DESENVOLVIMENTO DA CIDADE BRASIL PAÍS SEDE 2007 64 jogos RECIFE

Leia mais

Mecanismos de Financiamento

Mecanismos de Financiamento Mecanismos de Financiamento Parauapebas, 14 de novembro de 2014. Apoio: Realização: Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana Ministério das Cidades Mecanismos de Financiamento PAC: principal

Leia mais

Investimento Global (R$ mi) 1 Belo Horizonte BRT: Antônio Carlos / Pedro I 726,4 382,3-344,2 -

Investimento Global (R$ mi) 1 Belo Horizonte BRT: Antônio Carlos / Pedro I 726,4 382,3-344,2 - Anexo A - Mobilidade Urbana Empreendimento (obra, projeto e desapropriação) 1 Belo Horizonte BRT: Antônio Carlos / Pedro I 726,4 382,3-344,2-2 Belo Horizonte Corredor Pedro II e Obras Complementares nos

Leia mais

Empresários debatem obras de mobilidade urbana no RN em Foco

Empresários debatem obras de mobilidade urbana no RN em Foco 22.05.13 No Minuto.com Empresários debatem obras de mobilidade urbana no RN em Foco Projeto da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN aconteceu nesta quarta-feira (22), no Versailles Tirol.

Leia mais

REQUALIFICAÇÃO URBANA - O DESAFIO DA MOBILIDADE URBANA NA REFORMULAÇÃO DAS CIDADES BRASILEIRAS PARA A COPA DE 2014

REQUALIFICAÇÃO URBANA - O DESAFIO DA MOBILIDADE URBANA NA REFORMULAÇÃO DAS CIDADES BRASILEIRAS PARA A COPA DE 2014 1 REQUALIFICAÇÃO URBANA - O DESAFIO DA MOBILIDADE URBANA NA REFORMULAÇÃO DAS CIDADES BRASILEIRAS PARA A COPA DE 2014 GEORGE HARRILSON SILVA RAGÃO 1 EDUARDO NOGUEIRA PEIXOTO 2 ELISÂNGELA MARIA DA SILVA

Leia mais

Metodologia. Resultados

Metodologia. Resultados ENCONTRO INTERNACIONAL PARTICIPAÇÃO, DEMOCRACIA E POLÍTICAS PÚBLICAS: APROXIMANDO AGENDAS E AGENTES UNESP SP 23 a 25 de abril de 2013, UNESP, Araraquara (SP) AGENTES SOCIAIS E A PRODUÇÃO DO ESPAÇO URBANO

Leia mais

FÓRUM NACIONAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL Prêmio Selo Mérito 2013

FÓRUM NACIONAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL Prêmio Selo Mérito 2013 FÓRUM NACIONAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL Prêmio Selo Mérito 2013 Programa de Regularização Fundiária Sustentável de São Bernardo do Campo: Cidadania e Inclusão Social Urbana ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO

Leia mais

LIMITES E POSSIBILIDADES DO PLANO DIRETOR DO RIO DE JANEIRO PARA O ACESSO À MORADIA E A TERRA URBANIZADA

LIMITES E POSSIBILIDADES DO PLANO DIRETOR DO RIO DE JANEIRO PARA O ACESSO À MORADIA E A TERRA URBANIZADA Curso de Capacitação e formação de agentes sociais, lideranças comunitárias e conselheiros(as) municipais de habitação para a elaboração, monitoramento e acompanhamento do PLHIS LIMITES E POSSIBILIDADES

Leia mais

REVISÃO E ATUALIZAÇÃO

REVISÃO E ATUALIZAÇÃO PREFEITURA DE SOROCABA 1ª AUDIÊNCIA PÚBLICA REVISÃO E ATUALIZAÇÃO PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO FÍSICOTERRITORIAL 1 OBJETIVO 1ª Audiência Pública APRESENTAÇÃO DAS PRINCIPAIS PROPOSTAS DE REVISÃO E ATUALIZAÇÃO

Leia mais

Rua Correia Dias, 184 Paraíso - São Paulo SP CEP: 04104-000. Promorar-constru@bol.com.br l www.promorar-constru.com

Rua Correia Dias, 184 Paraíso - São Paulo SP CEP: 04104-000. Promorar-constru@bol.com.br l www.promorar-constru.com O objetivo do programa PROMORAR é reforçar a importância da sustentabilidade social para projetos habitacionais. A proposta nasce, em um momento muito propício e favorável, a oferta de unidades de interesse

Leia mais

Mesa 1 O TRABALHO SOCIAL NA POLÍTICA DE HABITAÇÃO

Mesa 1 O TRABALHO SOCIAL NA POLÍTICA DE HABITAÇÃO TRABALHO SOCIAL EM HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL: PERSPECTIVAS POLÍTICAS Mesa 1 O TRABALHO SOCIAL NA POLÍTICA DE HABITAÇÃO Tássia Regino tassia.regino@saobernardo.sp.gov.br São Paulo, Novembro de 2015

Leia mais

3º Balanço das ações do Governo Brasileiro para a Copa- Abril 2012

3º Balanço das ações do Governo Brasileiro para a Copa- Abril 2012 Code-P0 3º Balanço das ações do Governo Brasileiro para a Copa- Abril 2012 Brasília, Maio de 2012 Code-P1 Conteúdo do documento Visão geral das ações Visão por tema 1 Code-P2 Ciclos dos preparativos do

Leia mais

Luciano Coutinho Presidente

Luciano Coutinho Presidente Atratividade do Brasil: avanços e desafios Fórum de Atratividade BRAiN Brasil São Paulo, 03 de junho de 2011 Luciano Coutinho Presidente O Brasil ingressa em um novo ciclo de desenvolvimento A economia

Leia mais

Operação Urbana Porto Maravilha: Transformações Urbanas, Sustentabilidade e Inclusão Socioprodutiva

Operação Urbana Porto Maravilha: Transformações Urbanas, Sustentabilidade e Inclusão Socioprodutiva Operação Urbana Porto Maravilha: Transformações Urbanas, Sustentabilidade e Inclusão Socioprodutiva Rio de Janeiro, Setembro de 2012 RIO: MOMENTO ÚNICO Rio + 20 450 Anos da Cidade do Rio de Janeiro 2012

Leia mais

O setor hoteleiro do Brasil às portas da Copa do Mundo. Roberto Rotter 20 de setembro de 2013

O setor hoteleiro do Brasil às portas da Copa do Mundo. Roberto Rotter 20 de setembro de 2013 O setor hoteleiro do Brasil às portas da Copa do Mundo Roberto Rotter 20 de setembro de 2013 Panorama atual da hotelaria - Brasil Total de hotéis: 10 mil Total de UH s: 460 mil Fonte: Hotelaria em Números

Leia mais

COPA. Copa de 2014, Desafios e Oportunidades JOÃO ALBERTO VIOL. Vice-Presidente Nacional ABECE - ABCIC. 29 de Outubro 2009

COPA. Copa de 2014, Desafios e Oportunidades JOÃO ALBERTO VIOL. Vice-Presidente Nacional ABECE - ABCIC. 29 de Outubro 2009 COPA Copa de 2014, Desafios e Oportunidades JOÃO ALBERTO VIOL Vice-Presidente Nacional ABECE - ABCIC 29 de Outubro 2009 1 SINAENCO Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva

Leia mais

Modernos conceitos de acessibilidade (estacionamento, assentos, banheiros, rampas e elevadores para o Portadores de Necessidades Especiais);

Modernos conceitos de acessibilidade (estacionamento, assentos, banheiros, rampas e elevadores para o Portadores de Necessidades Especiais); ARENA DAS DUNAS ARENA DAS DUNAS Descrição da Obra Construção de ARENA MULTIUSO para utilização na Copa 2014; PPP (Participação Público Privada) entre Governo do Estado do Rio Grande do Norte e a Arena

Leia mais

MARÇO DE 2010 JORGE WILHEIM CONSULTORIAS

MARÇO DE 2010 JORGE WILHEIM CONSULTORIAS MARÇO DE 2010 CONSULTORIAS CONSULTORIAS E CONFERÊNCIAS CONSULTORIAS cliente: antt - Agência nacional de transportes terrestres 2009-2010 Estudos urbanísticos para implantação do Trem de Alta Velocidade

Leia mais

Copa do Mundo 2014: ações da Prefeitura de São Paulo. 12ª Câmara Temática de Transparência Copa 2014

Copa do Mundo 2014: ações da Prefeitura de São Paulo. 12ª Câmara Temática de Transparência Copa 2014 : ações da Prefeitura de São Paulo 12ª Câmara Temática de Transparência Copa 2014 Copa em São Paulo: a gestão municipal SPCOPA: Comitê Integrado de Gestão Governamental Especial para a Copa do Mundo de

Leia mais

Operação Urbana Porto Maravilha Permanências e Mudanças Alberto Silva Cdurp

Operação Urbana Porto Maravilha Permanências e Mudanças Alberto Silva Cdurp Operação Urbana Porto Maravilha Permanências e Mudanças Alberto Silva Cdurp Rio de Janeiro, outubro, 2012 RIO: MOMENTO ÚNICO Rio + 20 450 Anos da Cidade do Rio de Janeiro 2012 2013 2014 2015 2016 LOCALIZAÇÃO

Leia mais

PRODUTO 1 METODOLOGIA Plano Local de Habitação de Interesse Social PLHIS Município de Teresópolis - RJ

PRODUTO 1 METODOLOGIA Plano Local de Habitação de Interesse Social PLHIS Município de Teresópolis - RJ PRODUTO 1 METODOLOGIA Plano Local de Habitação de Interesse Social PLHIS Município de Teresópolis - RJ Setembro/2010 APRESENTAÇÃO Este documento denominado Metodologia é o primeiro produto apresentado

Leia mais

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social Maio de 2010 Paulo Moreira da Fonseca Agenda Introdução Arenas Hotéis Mobilidade Urbana Demais Investimentos Agenda Introdução Arenas Hotéis Mobilidade

Leia mais

Audiência Pública Inaugural 28 de março, 2014 IPPUC

Audiência Pública Inaugural 28 de março, 2014 IPPUC Audiência Pública Inaugural 28 de março, 2014 Revisão do Plano Diretor O Plano Diretor de 1966 Lei municipal 2828/66 A concepção do plano, diferente do modelo tradicional de crescimento radiocêntrico,

Leia mais

Projeto Cidade da Copa : influência na mobilidade da Zona da Mata Norte do Estado de Pernambuco

Projeto Cidade da Copa : influência na mobilidade da Zona da Mata Norte do Estado de Pernambuco Danilo Corsino de Queiróz Albuquerque¹ Ana Regina Marinho Dantas Barboza da Rocha Serafim² ¹Graduando do 5º Período no Curso de Licenciatura em Geografia pela Universidade de Pernambuco (UPE), E-mail:

Leia mais

Política de mobilidade urbana: integração ou segregação social?

Política de mobilidade urbana: integração ou segregação social? Política de mobilidade urbana: integração ou segregação social? Panorama das ações e projetos e hipóteses gerais da pesquisa Juciano Martins Rodrigues Aumento no tempo de deslocamento Crescimento do número

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Fortaleza. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Fortaleza. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: Fortaleza Setembro/2013 Fortaleza: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de s CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos investimentos

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 2.750/12 - DE 14 DE DEZEMBRO DE 2012

LEI MUNICIPAL Nº 2.750/12 - DE 14 DE DEZEMBRO DE 2012 LEI MUNICIPAL Nº 2.750/12 - DE 14 DE DEZEMBRO DE 2012 Institui o Plano Municipal de Habitação de Interesse Social - PMHIS, e dá outras providências A CÂMARA MANICIPAL DE GOIATUBA, Estado de Goiás, APROVOU

Leia mais

PARTIDO DOS TRABALHADORES DIRETÓRIO ESTADUAL DO CEARÁ

PARTIDO DOS TRABALHADORES DIRETÓRIO ESTADUAL DO CEARÁ REUNIÃO DA EXECUTIVA ESTADUAL RESOLUÇÃO PT CEARÁ: DIRETRIZES PARA O MODO PETISTA DE GOVERNAR O CEARÁ Após 32 (trinta e dois) anos da primeira disputa ao governo do estado, com a candidatura do inesquecível

Leia mais

Operação Urbana Porto Maravilha

Operação Urbana Porto Maravilha Operação Urbana Porto Maravilha versão janeiro de 2016 Localização estratégica Aeroporto Internacional Tom Jobim 11 km Oceano Atlântico Maracanã 5 km Aeroporto Santos Dumont 2 km Corcovad o 7 km Copacabana

Leia mais

Curitiba. Organizadoras OLGA LÚCIA CASTREGHINI DE FREITAS FIRKOWSKI PATRÍCIA BALISKI

Curitiba. Organizadoras OLGA LÚCIA CASTREGHINI DE FREITAS FIRKOWSKI PATRÍCIA BALISKI Observatório das Metrópoles Finep Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Curitiba Organizadoras OLGA LÚCIA CASTREGHINI DE FREITAS FIRKOWSKI PATRÍCIA BALISKI Curitiba OS IMPACTOS DA COPA DO MUNDO

Leia mais

NATAL: Transformações na Ordem Urbana

NATAL: Transformações na Ordem Urbana NATAL: Transformações na Ordem Urbana Observatório das Metrópoles Núcleo RMNatal Editores : Maria do Livramento M. Clementino Observatório das Metrópoles Núcleo Natal Universidade Federal do Rio Grande

Leia mais

Gestão de contratos de PPP

Gestão de contratos de PPP Gestão de contratos de PPP Workshop Aperfeiçoando as PPP no Brasil Bruno Ramos Pereira Salvador 26 de fevereiro de 2014 Estrutura Apresentação do PPP Brasil CenáriodasPPPsnoBrasil Contexto Riscos e desafios

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S.A. TELEBRAS

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S.A. TELEBRAS TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S.A. TELEBRAS (Vinculada ao Ministério das Comunicações) INDICE página 1. Eleição de Conselheiros Fiscais, efetivo e suplente, representantes do Ministério das Comunicações,

Leia mais

Em R$ milhões. empresas empresas. fiscal. fiscal 5.723 5.440 4.824 3.469 1.398 15.769 16.474 15.797 1.281 1.634 11.535 8.067 6.491 5.266 22.197 21.

Em R$ milhões. empresas empresas. fiscal. fiscal 5.723 5.440 4.824 3.469 1.398 15.769 16.474 15.797 1.281 1.634 11.535 8.067 6.491 5.266 22.197 21. Evolução dos Investimentos Em R$ milhões 20.593 22.197 21.237 15.004 4.824 5.723 5.440 7.772 6.900 1.281 1.634 6.491 5.266 9.465 1.398 8.067 3.469 11.535 15.769 16.474 15.797 empresas empresas fiscal fiscal

Leia mais

TRANSFORMANDO O RIO! ADVANCING ENTREPRENEURSHIP AND INNOVATION 04/11/2013 1/31

TRANSFORMANDO O RIO! ADVANCING ENTREPRENEURSHIP AND INNOVATION 04/11/2013 1/31 TRANSFORMANDO O RIO! ADVANCING ENTREPRENEURSHIP AND INNOVATION 04/11/2013 1/31 QUEM SOMOS Empresa pública, vinculada ao gabinete do Prefeito; Criada em agosto de 2011 para coordenar os projetos da Prefeitura

Leia mais

Balanço 2012 - Copa do Mundo Cidade-sede Belo Horizonte Brasília, Abril de 2012

Balanço 2012 - Copa do Mundo Cidade-sede Belo Horizonte Brasília, Abril de 2012 CodeP0 Balanço 2012 Copa do Mundo Cidadesede Belo Horizonte Brasília, CodeP1 Valores Consolidados R$ mi, abr/12 Total Empreendimentos Investimento Total Federal Local Federal Estádio 1 695,0 400,0 295,0

Leia mais

OUC Região Porto do Rio de Janeiro

OUC Região Porto do Rio de Janeiro OUC Região Porto do Rio de Janeiro Seminário Construção Sustentável Propostas de Diálogo e de Ação para a Sustentabilicade Salvador - Outubro/2011 Objetivo da Operação Urbana Consorciada O Porto Maravilha

Leia mais

PARTICIPAÇÃO E CONTROLE SOCIAL NO SISTEMA NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO URBANO - SNDU

PARTICIPAÇÃO E CONTROLE SOCIAL NO SISTEMA NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO URBANO - SNDU PARTICIPAÇÃO E CONTROLE SOCIAL NO SISTEMA NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO URBANO - SNDU EIXO 1 PARTE 1 - A PARTICIPAÇÃO E O CONTROLE SOCIAL NO SNDU DEVERÃO SER EXERCIDOS: (i) no âmbito federal, pelo Conselho

Leia mais

06 de agosto de 2014, Natal/RN. 1 Trabalho apresentado na 29ª Reunião Brasileira de Antropologia, realizada entre os dias 03 e

06 de agosto de 2014, Natal/RN. 1 Trabalho apresentado na 29ª Reunião Brasileira de Antropologia, realizada entre os dias 03 e DESAPROPRIAÇÕES E RESISTÊNCIAS DECORRENTES DAS OBRAS PARA A COPA DO MUNDO DE 2014 EM CAMARAGIBE E RECIFE (PE), ANÁLISE DOS IMPACTOS DE UM MEGAEVENTO. 1 Alice Bezerra de Mello Moura (Mestranda - PPGA/UFPE)

Leia mais

Balanço 2012 - Copa do Mundo Cidade-sede Curitiba Brasília, Abril de 2012

Balanço 2012 - Copa do Mundo Cidade-sede Curitiba Brasília, Abril de 2012 CodeP0 Balanço 2012 Copa do Mundo Cidadesede Curitiba Brasília, CodeP1 Valores Consolidados R$ mi, abr/12 Total Empreendimentos Investimento Total Financiamento Federal Local Federal Privado Estádio 1

Leia mais

Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre. Anexo V Diretrizes Futuras para o Sistema de Transporte Coletivo por Ônibus do Município de Porto Alegre

Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre. Anexo V Diretrizes Futuras para o Sistema de Transporte Coletivo por Ônibus do Município de Porto Alegre Licitação do Sistema Ônibus de Porto Alegre Anexo V Diretrizes Futuras para o Sistema de Transporte Coletivo por Ônibus do Município de Porto Alegre Anexo V Diretrizes Futuras para o Sistema de Transporte

Leia mais

Esta apresentação foi realizada no âmbito do projeto Moradia é Central durante o seminário do projeto em Recife.

Esta apresentação foi realizada no âmbito do projeto Moradia é Central durante o seminário do projeto em Recife. Esta apresentação foi realizada no âmbito do projeto Moradia é Central durante o seminário do projeto em Recife. Data: dia 29 de abril de 2009 Local: sede da ONG Etapas no Recife PROGRAMA REABILITAÇÃO

Leia mais

Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. Arena da Amazônia

Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. Arena da Amazônia Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 Arena da Amazônia Janeiro de 2010 Arena da Amazônia 2 O Governo do Estado do Amazonas construirá uma ARENA multiuso denominada ARENA DA AMAZÔNIA que comportará jogos regionais

Leia mais

19 22 de Outubro de 2014, MINASCENTRO, Belo Horizonte MG

19 22 de Outubro de 2014, MINASCENTRO, Belo Horizonte MG 2º Simpósio Brasileiro de Saúde e Ambiente 19 22 de Outubro de 2014, MINASCENTRO, Belo Horizonte MG Eixo 1. Desenvolvimento socioeconômico e conflitos territoriais DESENVOLVIMENTO CAPITALISTA E SEUS IMPACTOS

Leia mais

Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. MANAUS A Copa da Amazônia

Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. MANAUS A Copa da Amazônia Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 MANAUS A Copa da Amazônia Janeiro de 2009 ÍNDICE Agenda proposta a FIFA e CBF em 04/02 e 05/02/09 Introdução ao Amazonas ( Lima Projeto Básico de Arquitetura e Engenharia

Leia mais

LEGADO DE DIMENSÃO INFRAESTRUTURA E SERVIÇOS ESSENCIAIS

LEGADO DE DIMENSÃO INFRAESTRUTURA E SERVIÇOS ESSENCIAIS LEGADO DE DIMENSÃO INFRAESTRUTURA E SERVIÇOS ESSENCIAIS ÁREA DE ATUAÇÃO OBRAS/CAPACITAÇÃO O QUE É LEGADO INFRAESTRUTURA URBANA INFRAESTRUTURA EDUCACIONAL MACRODRENAGEM E MEIO AMBIENTE Aeroporto de São

Leia mais