PROGRAMA DRE PJ. Diretoria de Programas Especiais Educação Integral/Saúde Escolar

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROGRAMA DRE PJ. Diretoria de Programas Especiais Educação Integral/Saúde Escolar"

Transcrição

1 PROGRAMA DRE PJ Diretoria de Programas Especiais Educação Integral/Saúde Escolar

2 Treinamento Visão do Futuro Avaliação 1º anos O Programa Visão do Futuro é destinado à prevenção e recuperação da saúde ocular dos alunos matriculados no 1º ano do ensino fundamental da Rede Pública de Educação. (Decreto nº , de 29 de abril de 2009). Procedimentos: Os professores deverão ser informados do programa, pois como estão diretamente com os alunos, conseguem perceber as suas dificuldades. É importante que os alunos sejam preparados para fazer o teste. 1. Apresentar para os alunos o Programa Visão do Futuro: a) o que é; b) para que serve e sua importância para que os mesmos possam entender o que ocorrerá na classe; 2. Apresentar a Tabela de Snellen, Optotipos e Oclusores para os alunos antes de proceder o teste; 3. Realizar atividades para exercitar a lateralidade; 4. Realizar exposições e murais com as atividades trabalhadas em sala de aula. Organizar uma reunião com os pais antes do Teste de Snellen. Os pais dos alunos dos 1ºs anos deverão ser chamados para uma Reunião com o Professor e o Representante de Saúde da escola. O Programa e seus objetivos deverão ser apresentados aos pais. Os pais deverão ser informados sobre todas as fases do programa e da responsabilidade quanto ao comparecimento do filho na consulta oftalmológica. Assinarão o TERMO DE COMPROMISSO de adesão ao programa, cientes da importância do comparecimento do aluno nos mutirões. É importante fazer uma sensibilização: Vídeo Cocoricó. Convidar alunos e ou pais, que participaram dos mutirões anteriores, para prestarem depoimento sobre o Programa, Apresentar a Tabela de Snellem e realizar testes com os pais. Orientar os pais que a criança com problemas de visão possui dificuldades no processo ensino aprendizagem; 2

3 Realização do TAV Teste de Acuidade Visual. 1. Preparação do local para aplicação do teste: o ambiente calmo o cuidados com a Tabela de Snellen não plastificar não riscar não dobrar colocação da tabela na parede distância da Tabela e da cadeira 5 metros o apontamento dos optotipos, na tabela, deverá ser feito com lápis, mas nunca com a ponta para não rasurar a mesma. 2. Aplicação do TAV (Teste de Acuidade Visual): o Se o aluno usa óculos, testá-lo com os mesmos. o Se o aluno usar tampão, retirá-lo para aplicação do teste. o Se possível, o teste deverá ser realizado por duas pessoas. o O examinador, em posição correta, deve iniciar o teste pelos optótipos maiores e salteadamente apontá-los com firmeza. o Registrar todos os dados no Mapa TAV (Anexo I): código do aluno/ nome do aluno /sexo/ teste OD e OE (o valor da última linha que o aluno enxergou). o Os alunos com dificuldades, que não conseguirem responder ao testes, deverão ser encaminhados ao mutirão. o Todos os alunos deverão fazer o teste. Caso o aluno tenha faltado no dia do teste, deverá ser agendada outra data. o Caso seja solicitado reteste, deverá ser feito por outra pessoa, em outra data. o Após a conclusão dos testes, fazer a digitação do Mapa TAV no Sistema TAV Visão do Futuro (Anexo II). Procedimentos pós-teste: Após a seleção dos alunos que serão encaminhados para o mutirão, os pais deverão ser comunicados (sugerimos que sejam chamados na Unidade). Entregar o COMUNICADO (Anexo III) para os pais com dia, horário e local do mutirão (o comunicado está no Sistema TAV) Orientar os pais que, nos mutirões, os alunos deverão estar uniformizados e com crachá que será fornecido pela escola. Solicitar aos pais que levem lanche complementar, água e agasalho para os filhos. Informar que, embora haja uma hora marcada, poderá demorar, pois, várias escolas da cidade estarão participando do mutirão. Os pais que não puderem acompanhar os filhos ao mutirão deverão indicar outro responsável, maior de 18 anos, para acompanhar a consulta. Caso o responsável vá direto para o mutirão, sem utilizar o transporte da DRE, deverá procurar o responsável pela unidade assim que chegar ao local. (O representante da U.E. deverá deixar o nome e telefone com o responsável do aluno). 3

4 Orientações para as Unidades participantes dos Mutirões: 1) O responsável pelo mutirão, da U.E., deverá ter em mãos: A - Planilha de ônibus; B - Atestado de Realização de Serviço dos ônibus, solicitando a assinatura do motorista, enviada pela DRE-PJ; 2) Todos os ônibus deverão ser identificados, conforme modelo que será enviado pela DRE; 3) O Responsável pela U.E. deverá anotar o nome e o telefone do motorista do ônibus; 4) Cada aluno deverá ser acompanhado de um único responsável; 5) Todos os alunos deverão estar uniformizados e identificados com crachá; 6) Lanche Seguir as orientações da DRE; 7) Levar no ônibus: papel higiênico e saco de lixo; 8) O representante da escola deverão procurar os representantes da DRE (ANA CAUHY ou ALEXANDRE ), ao chegarem no local e, em seguida, se dirigirem à recepção e se identificar como consulta do Programa Visão do Futuro; 9) O retorno do ônibus dar-se-á após a realização de todas as consultas dos presentes no ônibus; 10) Avisar os pais que, caso queiram retornar por conta própria, deverão avisar o representante da escola e entregar a 3ª via do encaminhamento para o mesmo. 11) Os representantes das U.E. deverão recolher, após o término da consulta, a 3ª via da Ficha de encaminhamento e alimentar os dados no sistema na 2ª feira; 12) Local e horário das consultas ainda não estão determinados, porém, todas as consultas serão aos sábados. Aguardar informação a respeito; 13) ATENÇÃO: IMPRIMIR AS 3 VIAS DAS FICHAS DE ATENDIMENTO. Não serão aceitas fichas manuscritas e nenhum aluno poderá ser atendido sem as mesmas. 1ª via Ficha que deverá ser entregue para atendimento do aluno. 2º via Ficha será preenchida pelo médico. Caso o aluno receba prescrição para os óculos, o pai deverá entregá-la na ótica para escolha da armação. 3º via Deverá ser entregue para o responsável da U.E. no dia do mutirão. ATENÇÃO: TERMO DE COMPROMISSO, COMUNICADO E FICHAS encontram-se no sistema TAV (site: visaofuturo.fde.sp.gov.br). 4

5 Após o recebimento dos óculos as unidades deverão alimentar o sistema com a data da entrega dos óculos. Anexo I - Modelo MAPA TAV MAPA DO TESTE DE ACUIDADE VISUAL (MAPA-TAV) VISÃO DO FUTURO 2014 Escola: EMEF Endereço: Diretoria Regional de Educação: PIRITUBA/JARAGUÁ Turma: Turno: Série: Nº Código do Aluno Nome do Aluno Sexo Data de Nascimento Teste Reteste Sinal e Sintoma * OD OE OD OE * Sinal e Sintoma: S = tem sinal ou sintoma / N = não tem sinal ou sintoma / E = aluno especial * Encaminhamento: S = necessita consulta / N = não necessita consulta / T = aluno transferido / D = aluno desistente F = faltou no dia do teste / R = aluno remanejado (certificar-se que ele foi testado na outra classe) Responsável pelo teste: Data: / / Enc am. * Responsável pelo reteste: Data: / / 5

6 Anexo II ACESSO AO SISTEMA TAV - VISÃO DO FUTURO - Entrar no site visaofuturo.fde.sp.gov.br - Usuário - Senha 1º passo Consultas e Relatórios - Impressão de Ficha de Encaminhamento/Comunicado Selecionar: ANO, TURMA e TURNO Clicar em gerar termo de compromisso Imprimir Termo Folha A4 clicar no desenho da impressora que aparece na tela. A impressão deverá ser 100%. Irá imprimir todos os alunos listados O Termo será entregue na reunião de pais 2º passo Operações - Registrar MAPA TAV - Registrar Teste Selecionar: ANO, TURMA e TURNO Pesquisar Conferir o nome dos alunos que aparecem na tela; Selecionar situação (Presente/Faltou); Selecionar fez teste/características (S/N) *Selecionar N caso a criança tenha alguma deficiência ou use óculos (selecionar uma destas opções que aparece abaixo do N), neste caso não será preciso digitar o teste nem o reteste; Digitar os valores dos testes OD e OE; Selecionar Sintoma ( Nenhum/ Dor/ Dor de cabeça/ Estrabismo/ Dor no olho/ Olho Grande/ Olho Grande/ Olho Vermelho/ Caspa nos cílios/outros); Preencher o nome da pessoa responsável pelo teste; Clicar em finalizar; Quando aparecer a caixa Deseja realmente finalizar?, clicar finalizar. Após finalizar não será possível fazer qualquer alteração; Imprimir Importante: Enquanto houver uma criança com falta o sistema será fechado parcialmente. Atenção: Após finalizar, observar na parte superior da tela à esquerda se há alguma inconsistência. O sistema só será finalizado se não houver nenhuma inconsistência. Reteste = o próprio sistema determina as turmas que deverão fazer reteste. O reteste ocorrerá quando menos de 10% ou mais de 30% dos alunos forem encaminhados. Caso, seja menos de 10% o reteste ocorrerá com toda a turma, se for mais de 30% ocorrerá apenas com os alunos que foram encaminhados. 6

7 Se o reteste não for realizado nenhum aluno da turma será encaminhado para o mutirão. - Registrar MAPA TAV - Registrar reteste Selecionar: ANO, TURMA e TURNO Pesquisar Digitar os valores dos testes OD e OE Preencher o nome da pessoa responsável pelo reteste Clicar finalizar/imprimir 3º Passo: Consultas/Relatórios Impressão de Comunicado/Termo de compromisso/ficha de encaminhamento Clicar em gerar Ficha de encaminhamento e Comunicado para os pais Listar Selecionar a data do mutirão (Aparecerão todos os alunos que foram encaminhados ao mutirão) Imprimir Comunicado, 100%, (Clicar no desenho da impressora no lado superior direito da tela) 4º Passo: Consultas/Relatórios Impressão de Comunicado/Termo de compromisso/ficha de encaminhamento Clicar em gerar Ficha de encaminhamento e Comunicado para os pais Listar Selecionar a data do mutirão (Aparecerão todos os alunos que foram encaminhados ao mutirão) Imprimir Ficha de encaminhamento, 100%,, Imprimir Clicar no desenho da impressora no lado superior direito da tela) (Atenção: Serão impressas 03 vias diferentes para cada aluno) Obs: O Comunicado aos Pais e as Fichas de Encaminhamento só poderão ser impressos quando a data do mutirão for marcada. Após mutirão, cadastrar os resultados no sistema em Operações/Mutirões/Cadastro de Resultados. Após entrega de óculos cadastrar em Operações/Registrar entrega de óculos. 7

8 TERMO DE COMPROMISSO (Imprimir sistema TAV) Senhor pai ou responsável, Você participou da orientação sobre o Programa Visão do Futuro para a Recuperação da saúde ocular dos alunos de 1º ano do ensino fundamental, matriculados na Rede Pública Estadual e Municipal A partir deste encontro, o(a) aluno(a) fará parte do Programa para a realização do atendimento oftalmológico, que será realizado nos Mutirões Visão do Futuro Portanto, é de sua responsabilidade acompanhar o(a) aluno(a) no desenvolvimento de todas as fases do programa, até o momento do atendimento oftalmológico. Diante do exposto, eu, (pai e/ou responsável), ciente de minhas obrigações: ( ) autorizo a participação do (a) aluno (a) no programa. ( ) não autorizo a participação do (a) aluno (a) no programa. Justifique. Justificativa: São Paulo,.../.../15. (Assinatura do pai e/ou responsável) 8

9 Anexo III COMUNICADO AOS PAIS (Imprimir sistema TAV) Seu (a) filho (a), foi submetido (a) a teste de acuidade visual e terá nova oportunidade de passar por consulta com médico especialista para verificar a necessidade de uso de óculos ou de algum outro tratamento. Para tanto comunicamos que foi agendada consulta para o dia _/_/_, a ser realizado no Mutirão de Saúde que acontecerá no, localizada. Como é de seu conhecimento, esta será a última oportunidade de atendimento nos mutirões e o (a) aluno (a) será encaminhado durante o período de aula com o transporte e lanche por responsabilidade da escola. Caberá ao pai ou responsável a autorização para realização dos procedimentos indicados a seguir: ( ) AUTORIZO a saída do meu filho (a) da escola, com transporte escolar para a consulta ao Mutirão de Saúde, a ser realizado nos hospitais especializados indicados, e a dilatação pupilar, caso necessário, para complementação da consulta; escolha da armação de óculos, caso necessário, para a confecção e posterior entrega e assumo a responsabilidade de acompanhá-lo(a), para posterior atendimento ambulatorial, por orientação médica, caso necessário.; ( ) Não autorizo a participação de meu filho no mutirão de saúde ocular do programa VISÃO DO FUTURO, me responsabilizando em levalo no prazo de 30 dias para consulta oftalmológica custeada por mim e posteriormente providenciar os óculos caso necessário. São Paulo, de de. (Assinatura do pai e/ou responsável) 9

10 Imprimir Sistema TAV Ano base: 2014 Serviço de saúde: Instituto Tadeu Cvintal Data: 00/00/2014 Nome do Aluno: ALEFER FELIPE DA SILVA Rede: Estadual DRE/DE: CENTRO OESTE Escola: ADOLFO TRIPOLI PROFESSOR RA: Data de Nascimento: 14/07/2003 Idade: 8 Sexo: Masculino Características: Sinal/Sintoma: Nenhum Anamnese: Acuidade Visual: O.D.=: O.E.=: Motilidade Ocular Externa: Refração Estática: O.D.= O.E.= Fundo de Olho: Biomicroscopia: Estrabismo: ( ) Sim ( ) Não Diagnóstico: Médico: Assinatura, CRM e carimbo 1ª Via - O médico deverá preencher, carimbar e orientar o responsável pelo aluno para que se dirija até a sala onde está localizada a Ótica do Mutirão munido da 2ª Via - Prescrição do Óculos deverá entregar a 3ª Via para devolução na unidade escolar. Esta 1ª Via ficará arquivada no Serviço de Saúde que realizou o atendimento. 10

11 Imprimir Sistema TAV Ano Base: 2014 Serviço de saúde: Instituto Tadeu Cvintal Data: 00/00/2014 Nome do Aluno: ALEFER FELIPE DA SILVA Rede Estadual DRE/Diretoria: CENTRO OESTE Escola: ADOLFO TRIPOLI PROFESSOR RA: Data de nascimento: 14/07/2003 Idade: 8 Sexo: Masculino Esférico Cilíndrico Eixo OD OE Médico: Assinatura, CRM e carimbo ANOTAÇÕES DA ÓTICA: DIP: Modelo do óculos escolhido pelo aluno: Técnico : Assinatura e carimbo 2ª. Via - Esta 2ª. Via servirá para que a Ótica do Mutirão anote o modelo dos óculos escolhido pelo aluno. Após a confecção dos óculos esta via servirá de controle individual de entrega dos óculos aos alunos nas unidades escolares devendo ser restituída pela Ótica na Central do Programa no FUSSESP, acompanhada do respectivo óculos 11

12 Imprimir Sistema TAV Ano Base: 2014 Serviço de saúde: Instituto Tadeu Cvintal Data: 00/00/2014 Nome do Aluno: ALEFER FELIPE DA SILVA Rede Estadual DRE/Diretoria: CENTRO OESTE Escola: ADOLFO TRIPOLI PROFESSOR RA: Data de nascimento: 14/07/2003 Idade: 8 Sexo: Masculino CONDUTA: ( ) Avaliado em consulta e dispensado de outro atendimento ( ) Prescrição de Óculos ( ) Necessita de consulta em ambulatório especializado Médico: Assinatura, CRM e carimbo 3ª. Via - O médico deverá preencher, carimbar e devolver para o responsável pelo aluno no dia do Mutirão orientando-o a devolver esta 3ª. Via ou para o responsável da unidade escolar que acompanhou os alunos até o Serviço de Saúde ou para o Professor diretamente na escola. Esta 3ª Via será arquivada no prontuário do aluno logo após a Unidade Escolar lançar os dados de CONDUTA no sistema Visão do Futuro e para fins de controle, resultado e entrega dos óculos. 12

13 REAVALIAÇÃO 2º ANOS Mutirão de reavaliação ocorrerá no dia 21/03/15 Local a definir Deverão participar do mutirão todos os alunos que receberam óculos e/ou foram encaminhados para consultas ambulatoriais. Os alunos deverão levar os óculos (caso o aluno tenha quebrado o óculos deverá comparecer sem os óculos) O aluno que continuará usando óculos mesmo que não tenha tido alteração no grau, deverá receber um novo óculos. Orientar os pais a levarem um documento. Caso o médico não indique uma nova prescrição, entrar em contato com a representante da DRE imediatamente. ATENÇÃO: As crianças com necessidades especiais que não conseguem fazer o teste participarão de um atendimento especial com outra data de agendamento. Informar todos os casos a DRE. Observação: Acompanhar o sistema mensalmente para verificar se foram incluídos novos alunos. O sistema será atualizado até o dia 10 de cada mês. O tempo em que uma tela ficará aberta para inserção dos dados será de 30min. Ana Paula Cauhy RF Assistente Técnico De Educação I DRE-PJ Setor de Programas Especiais (11) / /

14 14

1. Objetivos dos Laboratórios de Informática fixo e móveis; Os Laboratórios de Informática têm como objetivo atender às seguintes necessidades da IES:

1. Objetivos dos Laboratórios de Informática fixo e móveis; Os Laboratórios de Informática têm como objetivo atender às seguintes necessidades da IES: REGULAMENTO PARA USO DOS LABORATORIOS DE INFORMATICA E DA INTERNET NA FACULDADE REDENTOR POR PARTE DE PROFESSORES E ALUNOS 1. Objetivos dos Laboratórios de Informática fixo e móveis; Os Laboratórios de

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE NUTRIÇÃO CURRÍCULO 2 I INTRODUÇÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE NUTRIÇÃO CURRÍCULO 2 I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE NUTRIÇÃO CURRÍCULO 2 I INTRODUÇÃO O estágio curricular do curso de Nutrição é uma atividade obrigatória, em consonância com as Diretrizes Curriculares Nacionais

Leia mais

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA. Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) GUIA SISTEC

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA. Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) GUIA SISTEC MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (SISTEC) GUIA SISTEC FEVEREIRO / 2010 GUIA SISTEC INTRODUÇÃO...03 PRÉ-CADASTRO

Leia mais

Ensino Médio Cursos Extracurriculares 2015

Ensino Médio Cursos Extracurriculares 2015 Ensino Médio Cursos Extracurriculares 2015 2 O Colégio Santa Maria oferece diversos cursos extracurriculares para as diferentes faixas etárias que visam e favorecem o desenvolvimento de habilidades esportivas,

Leia mais

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TECNOLÓGICOS 1 SUMÁRIO 3 INTRODUÇÃO 4 DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO 6 RESCISÃO DO CONTRATO DE ESTÁGIO 7 CONCLUSÃO DE CURSO 7 RELATÓRIO TÉCNICO 8 AVALIAÇÃO DE

Leia mais

Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD

Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD Para acessar sua senha: 1. Entrar no portal Metodista online Acesse o site www.bennett.br. No lado superior direito aparecerá a janela da área de login,

Leia mais

EDITAL ESMPU n. 148/2008

EDITAL ESMPU n. 148/2008 EDITAL ESMPU n. 148/2008 A Escola Superior do Ministério Público da União ESMPU comunica que está aberto o processo seletivo para membros do Ministério Público Federal MPF e do Ministério Público do Trabalho

Leia mais

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TÉCNICOS

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TÉCNICOS GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TÉCNICOS 1 SUMÁRIO 3 INTRODUÇÃO 3 DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO 5 RESCISÃO DO CONTRATO DE ESTÁGIO 6 CONCLUSÃO DE CURSO 6 RELATÓRIO TÉCNICO 7 AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE DESPORTOS COORDENADORIA DE EXTENSÃO Fone (48) 3721-9925 extensao.cds@contato.ufsc.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE DESPORTOS COORDENADORIA DE EXTENSÃO Fone (48) 3721-9925 extensao.cds@contato.ufsc. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE DESPORTOS COORDENADORIA DE EXTENSÃO Fone (48) 3721-9925 extensao.cds@contato.ufsc.br CRONOGRAMA E EDITAL ATIVIDADES DE EXTENSÃO 2016/1 A Coordenadoria de

Leia mais

Manual SIGEESCOLA Matrícula - 2009

Manual SIGEESCOLA Matrícula - 2009 Manual SIGEESCOLA Matrícula - 2009 GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO BÁSICA COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO DA ESCOLA PASSO A PASSO DA UTILIZAÇÃO DO SIGE ESCOLA 2009 1. PARA ACESSAR O

Leia mais

EDITAL Nº 01/2016, de 18 de janeiro de 2016 DIVULGAÇÃO

EDITAL Nº 01/2016, de 18 de janeiro de 2016 DIVULGAÇÃO EDITAL Nº 01/2016, de 18 de janeiro de 2016 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PRESENCIAL PARA O PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO DE 2016 A Faculdade Católica Recife torna público aos

Leia mais

PORTARIA FATEC / PRESIDENTE PRUDENTE Nº 90/2015 DE 08 DE SETEMBRO DE 2015. Regulamenta os trabalhos de graduação dos cursos superiores da Faculdade de Tecnologia de Presidente Prudente. O diretor da Faculdade

Leia mais

Guia de Acesso para os Cursos Online

Guia de Acesso para os Cursos Online Sumário Apresentação... 3 1. Como saber qual disciplina faz parte do meu Módulo?... 4 2. Como saber a ordem das aulas que devo assistir?... 6 3. Como faço para assistir aos vídeos e visualizar os materiais

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO Nº FCCIR: 001 Tarefa: Recebimento de mmh e medicamentos para abastecer a farmácia Executante: Farmacêutico e/ou Auxiliar de Farmácia Resultados esperados: Estoque de acordo com a transferência. Recursos

Leia mais

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES DA GESTÃO DO TRABALHO FRENQUENTLY ANSWER QUESTIONS (FAQ S) ATIVIDADES PARA FORMAÇÃO

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES DA GESTÃO DO TRABALHO FRENQUENTLY ANSWER QUESTIONS (FAQ S) ATIVIDADES PARA FORMAÇÃO PERGUNTAS MAIS FREQUENTES DA GESTÃO DO TRABALHO FRENQUENTLY ANSWER QUESTIONS (FAQ S) ATIVIDADES PARA FORMAÇÃO 1 FORMAÇÃO 1.1 O que é formação? Todas atividades relacionadas ao processo de educação, que

Leia mais

ROTEIRO DE ESTÁGIO NUTRIÇÃO CLÍNICA AMBULATORIAL

ROTEIRO DE ESTÁGIO NUTRIÇÃO CLÍNICA AMBULATORIAL FACULDADE ASSIS GURGACZ Avenida das Torres, 500 Fone: (45) 3321-3900 ramal 3852 Fax: (045) 3321-3900 CEP: 85.806-095 Cascavel Paraná E-mail: nutricao@fag.edu.br ROTEIRO DE ESTÁGIO NUTRIÇÃO CLÍNICA AMBULATORIAL

Leia mais

FESTIVAL FUNDAÇÃO DAS ARTES DE TEATRO ESTUDANTIL 2016

FESTIVAL FUNDAÇÃO DAS ARTES DE TEATRO ESTUDANTIL 2016 FESTIVAL FUNDAÇÃO DAS ARTES DE TEATRO ESTUDANTIL 2016 REGULAMENTO 1. INSTITUIÇÃO E OBJETO 1.1. A Fundação das Artes de São Caetano do Sul é uma instituição pública da Administração Indireta da Prefeitura

Leia mais

Manual dos processos de abertura de vaga, recrutamento e seleção e admissão

Manual dos processos de abertura de vaga, recrutamento e seleção e admissão T Manual dos processos de abertura de vaga, recrutamento e seleção e admissão Processos e Conformidade Janeiro/2015 Rev. 0 3/16/2015 1 SUMÁRIO 1. OBJETIVO...3 2. ABRANGÊNCIA...3 3. DESENHO (Abertura de

Leia mais

CONCURSO AGRINHO EDUCAÇÃO ESPECIAL

CONCURSO AGRINHO EDUCAÇÃO ESPECIAL CONCURSO AGRINHO EDUCAÇÃO ESPECIAL CONCURSO EDUCAÇÃO ESPECIAL CATEGORIA Desenho TEMA: As coisas que ligam o campo e a cidade e nosso papel para melhorar o mundo. O concurso é dirigido aos alunos com necessidades

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA I INTRODUÇÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA I INTRODUÇÃO O estágio curricular do curso de Engenharia Mecânica é uma atividade obrigatória, em consonância com as Diretrizes Curriculares

Leia mais

RESOLUÇÃO N 24 DE 8 DE SETEMBRO DE 2015, DA REITORA DA UFTM

RESOLUÇÃO N 24 DE 8 DE SETEMBRO DE 2015, DA REITORA DA UFTM MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO Reitoria RESOLUÇÃO N 24 DE 8 DE SETEMBRO DE 2015, DA REITORA DA UFTM Aprova a Norma Técnica NT 3/2015 que dispõe sobre os procedimentos

Leia mais

COMUNICAÇÃO INTERNA. 1-Informações importantes para o Corpo discente

COMUNICAÇÃO INTERNA. 1-Informações importantes para o Corpo discente COMUNICAÇÃO INTERNA 1-Informações importantes para o Corpo discente 1-Como devo proceder para requerer atestado de matrícula e frequência? Imprima o boleto no aluno on line referente ao atestado de matrícula.

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 22/2015

RESOLUÇÃO Nº 22/2015 RESOLUÇÃO Nº 22/2015 Dispõe sobre o processo de atribuição de classes e/ou aulas aos Professores Adjuntos Educação Básica, PAEBs, detentores de emprego público do Quadro do Magistério Municipal para o

Leia mais

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site.

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Atenção: Os dados que aparecem nas imagens abaixo, são meramente ilustrativos, naturalmente os dados que devem ser visualizados,

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO I INTRODUÇÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO I INTRODUÇÃO O estágio curricular do curso de Administração é uma atividade obrigatória, em consonância com as Diretrizes Curriculares Nacionais

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA ORGANIZAÇÃO E ENTREGA DE DOCUMENTOS NOVOS

PROCEDIMENTOS PARA ORGANIZAÇÃO E ENTREGA DE DOCUMENTOS NOVOS PROCEDIMENTOS PARA ORGANIZAÇÃO E ENTREGA DE DOCUMENTOS NOVOS Este manual foi elaborado para orientar o Cliente, Órgão/Entidade, sobre os procedimentos necessários a serem seguidos com relação à preparação

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Programa AMG Manual de Operação Conteúdo 1. Sumário 3 2. Programa

Leia mais

GERÊNCIA DE OUVIDORIA GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO

GERÊNCIA DE OUVIDORIA GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO GERÊNCIA DE OUVIDORIA GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO OUVIDORSUS Encaminhamento Automático de E-mail para Acompanhamento de Demanda. Elaborado por: Gabriel Pazelli Camillo Ao abrimos uma nova demanda no Ouvidor

Leia mais

Manual Tutorial. Disciplinas EAD

Manual Tutorial. Disciplinas EAD Rua das Palmeiras, 184 Santa Cecília Cep 01226-010 São Paulo Manual Tutorial Disciplinas EAD SÃO PAULO 2º Semestre de 2015 Grupo Educacional Hotec 2º Semestre de 2015 1 MANUAL - TUTORIAL EAD 1. Introdução

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO ESPECIAL - 2º SEMESTRE 2015

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO ESPECIAL - 2º SEMESTRE 2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO ESPECIAL - 2º SEMESTRE 2015 O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de Santa Catarina SENAI/SC, mantenedor das Faculdades de Tecnologia SENAI Blumenau, SENAI Chapecó e

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES. O que é PROINFO?

PERGUNTAS FREQUENTES. O que é PROINFO? PERGUNTAS FREQUENTES O que é PROINFO? O Programa Nacional de Tecnologia Educacional (ProInfo) é um programa educacional criado pela Portaria nº 522/MEC, de 9 de abril de 1997, para promover o uso pedagógico

Leia mais

O que faz o Departamento Técnico de Medicina e Segurança do Trabalho?

O que faz o Departamento Técnico de Medicina e Segurança do Trabalho? O que faz o Departamento Técnico de Medicina e Segurança do Trabalho? O DTMST é responsável pela realização dos exames médicos admissional, demissional e periódico, emissão dos abonos de atestados médicos

Leia mais

Passo a passo para cadastramento

Passo a passo para cadastramento Passo a passo para cadastramento Siga passo a passo, será mais fácil do que imagina! INSTALAÇÃO DOS PROGRAMAS Firebird e SCNES - Antes de dar início ao processo de cadastramento, realize uma pesquisa no

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE EMISSÃO DE PARECER TÉCNICO

MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE EMISSÃO DE PARECER TÉCNICO MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE EMISSÃO DE PARECER TÉCNICO CADASTRO NO SISTEMA 1 INÍCIO Para dar início ao cadastro de solicitação, digite o número do CNPJ da

Leia mais

MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DO CERTIFICADO DIGITAL

MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DO CERTIFICADO DIGITAL MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DO CERTIFICADO DIGITAL Agosto / 2015 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 IMPORTANTE ANTES DE SOLICITAR O CERTIFICADO DIGITAL... 3 SOLICITAÇÃO DO CERTIFICADO DIGITAL... 4 APRESENTAÇÃO DOS

Leia mais

MANUAL DO DENTISTA VOLUNTÁRIO E TERMO DE COMPROMISSO DO DENTISTA DO BEM

MANUAL DO DENTISTA VOLUNTÁRIO E TERMO DE COMPROMISSO DO DENTISTA DO BEM MANUAL DO DENTISTA VOLUNTÁRIO E TERMO DE COMPROMISSO DO DENTISTA DO BEM 2008 TURMA DO BEM Fundada em 2002, a Turma do Bem é uma OSCIP - Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, que tem como

Leia mais

Manual de Instruções ISS WEB SISTEMA ISS WEB. Sil Tecnologia LTDA

Manual de Instruções ISS WEB SISTEMA ISS WEB. Sil Tecnologia LTDA SISTEMA ISS WEB Sil Tecnologia LTDA Sumário INTRODUÇÃO 3 1. ACESSO AO SISTEMA 4 2. AUTORIZAR USUÁRIO 5 3. TELA PRINCIPAL 6 4. ALTERAR SENHA 7 5. TOMADORES DE SERVIÇO 7 5.1 Lista de Declarações de Serviços

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR 1 1 2 1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR Razão Social: FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR CNPJ: 12.838.821/0001-80 Registro ANS: 41828-5 Inscrição Municipal: 130973/001-6 Inscrição Estadual:

Leia mais

Passo a passo Aditamento a Contrato de Arrendamento Mercantil Cessão de Direitos e Obrigações.

Passo a passo Aditamento a Contrato de Arrendamento Mercantil Cessão de Direitos e Obrigações. Passo a passo Aditamento a Contrato de Arrendamento Mercantil Cessão de Direitos e Obrigações. Para dar início ao processo de transferência do contrato primeiramente é necessário preencher a proposta para

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS I INTRODUÇÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS I INTRODUÇÃO O estágio curricular do curso de Engenharia de Alimentos é uma atividade obrigatória, em consonância com as Diretrizes

Leia mais

EDITAL PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS PARA 2016. 1º ano do Ensino Fundamental

EDITAL PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS PARA 2016. 1º ano do Ensino Fundamental EDITAL PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS PARA 2016 1º ano do Ensino Fundamental O Diretor Geral do Colégio Santo Inácio, no uso de suas atribuições regimentais e em consonância com a legislação em vigor,

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1 - O discente ingressante no Curso de Direito da Faculdade Zumbi dos Palmares deverá cumprir obrigatoriamente 240 (duzentas e quarenta) de atividades complementares.

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ARTICULAÇÃO PEDAGÓGICA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO BÁSICA

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ARTICULAÇÃO PEDAGÓGICA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO BÁSICA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ARTICULAÇÃO PEDAGÓGICA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO BÁSICA Curitiba, 13 de março de 2015. Orientação referente aos Programas de Ampliação

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE OCARA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO

ESTADO DO CEARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE OCARA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EDITAL N. 002/2013 do Processo de seleção para Alfabetizadores e Alfabetizadores - Coordenadores de Turma do Programa Brasil Alfabetizado ABERTURA A Secretaria Municipal da Educação torna público a realização

Leia mais

ORIENTAÇÕES SOBRE O SISTEMA DE CADASTRO DE ALUNOS

ORIENTAÇÕES SOBRE O SISTEMA DE CADASTRO DE ALUNOS ORIENTAÇÕES SOBRE O SISTEMA DE CADASTRO DE ALUNOS Elaboração: Lilian Guilhoto Salazar Histórico CETEC Unidade de Ensino Médio e Técnico O Sistema de Cadastro de Alunos do Estado de São Paulo foi instituído

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ REITORIA DE GRADUAÇÃO COLÉGIO UNIVERSITÁRIO GERALDO REIS EDITAL Nº 002/ 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ REITORIA DE GRADUAÇÃO COLÉGIO UNIVERSITÁRIO GERALDO REIS EDITAL Nº 002/ 2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ REITORIA DE GRADUAÇÃO COLÉGIO UNIVERSITÁRIO GERALDO REIS EDITAL Nº 002/ 2015 SORTEIO PARA ADMISSÃO DE ALUNOS AO COLÉGIO UNIVERSITÁRIO GERALDO

Leia mais

As pessoas jurídicas deverão promover a solicitação de mais de um cadastramento. O qual deverá ser realizado em duas etapas:

As pessoas jurídicas deverão promover a solicitação de mais de um cadastramento. O qual deverá ser realizado em duas etapas: CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Versão 1.0 Atualizado em 16/01/2012 APRESENTAÇÃO Este manual apresenta a estrutura e a forma de utilização do módulo Cadastro eletrônico de Contribuintes CeC, o

Leia mais

Informações inerentes à renovação de matrícula para o ano letivo de 2016.

Informações inerentes à renovação de matrícula para o ano letivo de 2016. Vitória/ES, 02 de outubro de 2015. Informações inerentes à renovação de matrícula para o ano letivo de 2016. Senhores Pais ou Responsáveis, Informamos que o Contrato de Prestação de Serviços Educacionais

Leia mais

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Usuário Anônimo Versão 1.2 13/10/2010 Sumário Apresentação... 3 Objetivo... 3 1. Solicitação de CeC... 4 1.1. Cadastro de Pessoas Físicas... 6 1.1.1 Cadastro de

Leia mais

EDITAL 006/2013 DG/CEPR

EDITAL 006/2013 DG/CEPR EDITAL 006/2013 DG/CEPR CONCESSÃO DE VAGAS GRATUITAS POR PROCESSO SELETIVO ELETRÔNICO (VIA INTERNET) PARA A 1ª SÉRIE (ANO) DO CURSO BÁSICO DO CENTRO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS MODERNAS (CELEM) PARA O ANO

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ON LINE DE CONTROLE ACADÊMICO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ON LINE DE CONTROLE ACADÊMICO MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ON LINE DE CONTROLE ACADÊMICO 009 SUMÁRIO ACESSANDO O SISTEMA ON LINE... ACESSANDO SEUS RECADOS... 4. Lendo um Recado Recebido... 5. Excluindo um Recado Recebido... 6. Recuperando

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO

PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO Acesse o site www.teubilhete.com.br, selecione a opção Teu Online, e clique no botão, preencha o formulário com os dados de sua empresa. Reúna duas vias impressas do Contrato

Leia mais

MANUAL DO SERIE ALIMENTAÇÃO

MANUAL DO SERIE ALIMENTAÇÃO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO SECRETÁRIO ADJUNTO DIRETORIA DE APOIO AO ESTUDANTE ASSESSORIA DE ANÁLISE E ESTATÍSTICA GERÊNCIA DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR 3 SUMÁRIO 1. ACESSO... 05 1.1 Alterar

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE EAD (Educação a Distância) ÍNDICE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE EAD (Educação a Distância) ÍNDICE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE EAD (Educação a Distância) ÍNDICE FORMAS DE ACESSO AO AMBIENTE EAD... 2 O AMBIENTE EAD... 2 TERMO DE COMPROMISSO... 3 CONHECENDO A HOME PAGE DO TREINAMENTO EAD... 3 ETAPAS

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÃO. 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo:

GUIA DE ORIENTAÇÃO. 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo: GUIA DE ORIENTAÇÃO 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo: 1.1 - ACESSAR O SITE DA PREFEITURA: 1.2 - CLICAR NA OPÇÃO: SERVIÇOS >> NOTA FISCAAL ELETRÔNICA 1.3 - Aguarde carregar

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES ESTÁGIO

PERGUNTAS FREQUENTES ESTÁGIO PERGUNTAS FREQUENTES ESTÁGIO 1. O que é estágio? É um período de aprendizado para o futuro profissional, permitindo a integração da formação à prática. O estágio proporciona a aplicação dos conhecimentos

Leia mais

XI MOSTRA DE TEATRO DO COLÉGIO SANTA CRUZ

XI MOSTRA DE TEATRO DO COLÉGIO SANTA CRUZ XI MOSTRA DE TEATRO DO COLÉGIO SANTA CRUZ REGULAMENTO 1. OBJETO 1.1. A MOSTRA DE TEATRO DO COLÉGIO SANTA CRUZ 2016 tem caráter não competitivo e é realizada pelo Núcleo de Teatro do Colégio Santa Cruz

Leia mais

PROJETO PILOTO. Setembro 2015

PROJETO PILOTO. Setembro 2015 PROJETO PILOTO Setembro 2015 Manual completo de funcionamento do projeto: Instruções Iniciais, Perguntas Frequentes e Tutorial de Utilização 1 Projeto Piloto - Aplicativo Di@rio de Classe 1) Instruções

Leia mais

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Manual CeC

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Manual CeC CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Manual CeC Atualizado em 21/02/2013 APRESENTAÇÃO Este manual apresenta a estrutura e a forma de utilização do módulo Cadastro eletrônico de Contribuintes CeC, o

Leia mais

Requisição incompleta, inadequada ou ilegível não será aceita pelo Serviço de Hemoterapia

Requisição incompleta, inadequada ou ilegível não será aceita pelo Serviço de Hemoterapia 1 1 - REQUISIÇÃO DE HEMOCOMPONENTES A enfermagem deve checar se a requisição de transfusão (MA5-036) foi preenchida corretamente, em duas ou mais vias, com os seguintes itens: - Nome completo do paciente

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015 1º SIMULADO SAS ENEM

EDITAL Nº 01/2015 1º SIMULADO SAS ENEM EDITAL Nº 01/2015 1º SIMULADO SAS ENEM O Sistema Ari de Sá torna público que estarão abertas, no período indicado no item 1, as inscrições para o 1º Simulado SAS ENEM 2015, para alunos da 3ª série do Ensino

Leia mais

autorizados terão acesso ao preenchimento do check list eletrônico. do evento deverá solicitar ajuda ao Apoio à Coordenação dos Cursos.

autorizados terão acesso ao preenchimento do check list eletrônico. do evento deverá solicitar ajuda ao Apoio à Coordenação dos Cursos. A PUC Minas no São Gabriel em seus sete anos de existência tem desenvolvido, por meio dos seus cursos de graduação, grande número de eventos acadêmicos e institucionais. Devido à complexidade dos eventos,

Leia mais

EDITAL Nº 010, DE 08 DE SETEMBRO DE 2014

EDITAL Nº 010, DE 08 DE SETEMBRO DE 2014 EDITAL Nº 010, DE 08 DE SETEMBRO DE 2014 CURSOS DE CAPACITAÇÃO PARA SERVIDORES NA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EAD) O Departamento de Recursos Humanos do MPT, por intermédio da Coordenação de Desenvolvimento

Leia mais

EDITAL Nº 2/2015 TÍTULO I DO PROCESSO SELETIVO

EDITAL Nº 2/2015 TÍTULO I DO PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº 2/2015 O Diretor da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV), no uso de suas atribuições, torna público o presente Edital contendo as normas referentes ao Processo Seletivo para o

Leia mais

REGULAMENTO DA MONITORIA DOS CURSOS SUPERIORES

REGULAMENTO DA MONITORIA DOS CURSOS SUPERIORES REGULAMENTO DA MONITORIA DOS CURSOS SUPERIORES Considerando o artigo 84 da LDB nº 9.394/96 o qual estabelece que: Os discentes da educação superior poderão ser aproveitados em tarefas de ensino e pesquisa

Leia mais

CRIAÇÃO DE CURSO. 1. Criar a Disciplina

CRIAÇÃO DE CURSO. 1. Criar a Disciplina CRIAÇÃO DE CURSO 1. Criar a Disciplina 2. Incluindo o Curso Título do Curso A NATUREZA NÃO PODE SER ALTERADA 3. Criar um Programa 4. Inserindo um Programa 5. Inserindo Disciplina no Programa Se existir

Leia mais

Norma de Procedimento

Norma de Procedimento PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA Código Secretaria Municipal de Administração Assessoria de Planejamento Organizacional Assunto CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO/RENOVAÇÃO/RESCISÃO DE TERMO DE COMPROMISSO 1. Finalidade:

Leia mais

1.2. O acompanhamento de Editais e comunicados referentes a este Processo Seletivo é de responsabilidade exclusiva do candidato.

1.2. O acompanhamento de Editais e comunicados referentes a este Processo Seletivo é de responsabilidade exclusiva do candidato. EDITAL Nº 11/2015, de 28 de abril de 2015 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA SERVIDORES PÚBLICOS DE ENSINO PARA INGRESSO NO CURSO TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQUENTE AO ENSINO MÉDIO, DO PROFUNCIONÁRIO CURSOS A DISTÂNCIA

Leia mais

Passo a Passo Educação Especial

Passo a Passo Educação Especial Passo a Passo Educação Especial Objetivo Orientar as escolas que trabalham com Educação Especial na execução das atividades de criação e inclusão de alunos nas classes de AEE Atendimento Educacional Especializado

Leia mais

Para melhor atendê-lo, seguem abaixo todos os formulários e documentos necessários, juntamente com a orientação de como proceder ao envio.

Para melhor atendê-lo, seguem abaixo todos os formulários e documentos necessários, juntamente com a orientação de como proceder ao envio. Prezado (a) cliente: Para melhor atendê-lo, seguem abaixo todos os formulários e documentos necessários, juntamente com a orientação de como proceder ao envio. Procedimentos para envio dos documentos de

Leia mais

2 Não possuo o e-mail institucional. Como devo proceder? Resposta: Dirija-se ao RH do câmpus e solicite a criação do seu e-mail institucional.

2 Não possuo o e-mail institucional. Como devo proceder? Resposta: Dirija-se ao RH do câmpus e solicite a criação do seu e-mail institucional. SUMÁRIO 1 Como obter o login e a senha para acesso ao Portal do Professor?... 3 2 Não possuo o e-mail institucional. Como devo proceder?... 3 3 Como acessar o Portal do Professor?... 3 4 Como proceder

Leia mais

Manual de utilização do EAD SINPEEM. EaD Sinpeem

Manual de utilização do EAD SINPEEM. EaD Sinpeem 2015 Manual de utilização do EAD SINPEEM EaD Sinpeem 2 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2. COMO ACESSAR UM CURSO... 3 3. COMO ALTERAR MINHA SENHA... 5 4. COMO EDITAR MEU PERFIL... 5 5. COMO ACESSAR O CURSO...

Leia mais

FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS NÚCLEO DE PSICOLOGIA

FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS NÚCLEO DE PSICOLOGIA 1. Do Horário: O NUPFAI funciona de segunda a sexta- feira das 8h 00 às 19h00 e aos sábados das 8h00 às 12h00. O horário poderá ser revisto pela coordenação do curso quando justificada a necessidade e

Leia mais

MANUAL DO PROFESSOR. Suporte: SISTEMA DE GESTÃO EDUCACIONAL VIRTUALCLASS. EMAIL: suporte@virtualclass.com.br Skype: suportetisoebras

MANUAL DO PROFESSOR. Suporte: SISTEMA DE GESTÃO EDUCACIONAL VIRTUALCLASS. EMAIL: suporte@virtualclass.com.br Skype: suportetisoebras SISTEMA DE GESTÃO EDUCACIONAL VIRTUALCLASS MANUAL DO PROFESSOR Suporte: EMAIL: suporte@virtualclass.com.br Skype: suportetisoebras Nas unidades: Departamento de Tecnologia e Informação DTI Responsáveis

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO. EDITAL ESMPU n. 198/2008

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO. EDITAL ESMPU n. 198/2008 ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO EDITAL ESMPU n. 198/2008 A Escola Superior do Ministério Público da União ESMPU comunica que estão abertas as inscrições no período de 3 a 10 de dezembro

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÕES AO CREDENCIADO

GUIA DE ORIENTAÇÕES AO CREDENCIADO GUIA DE ORIENTAÇÕES AO CREDENCIADO Com o objetivo de tornar o processo de autorização, faturamento e pagamento dos atendimentos odontológicos mais eficiente, recomendamos a leitura completa e minuciosa

Leia mais

O sistema CNEs/MJ é composto pelo CNEs/Web e CNEs/ Prestação de contas.

O sistema CNEs/MJ é composto pelo CNEs/Web e CNEs/ Prestação de contas. Material de apoio Material de apoio Informações Gerais O sistema CNEs/MJ é composto pelo CNEs/Web e CNEs/ Prestação de contas. O acesso ao CNEs/Web é realizado pelo site do CNES no endereço: www.mj.gov.br/cnes

Leia mais

1Ò&/(2'(('8&$d 2$',67Æ1&,$1($' PROCEDIMENTOS PARA DISCIPLINAS A DISTÂNCIA MANUAL DO ALUNO

1Ò&/(2'(('8&$d 2$',67Æ1&,$1($' PROCEDIMENTOS PARA DISCIPLINAS A DISTÂNCIA MANUAL DO ALUNO 1Ò&/(2'(('8&$d 2$',67Æ1&,$1($' PROCEDIMENTOS PARA DISCIPLINAS A DISTÂNCIA MANUAL DO ALUNO 2 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 03 2 PROCEDIMENTOS PARA MATRÍCULA...04 3. PARTICIPAÇÃO NAS DISCIPLINAS EAD...04 4 AVALIAÇÃO

Leia mais

Sistemas Corporativos da USP (Web)

Sistemas Corporativos da USP (Web) Sistemas Corporativos da USP (Web) O sistema de estágios remunerados da USP é fruto da colaboração das seguintes áreas da Reitoria da Universidade de São Paulo: Departamento de Recursos Humanos, Departamento

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL UFU/PROGRAD Nº 01 - Edital de Solicitação de Matrícula

EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL UFU/PROGRAD Nº 01 - Edital de Solicitação de Matrícula EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL UFU/PROGRAD Nº 01 - Edital de Solicitação de Matrícula A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) torna pública a divulgação do Edital Complementar ao Edital UFU/PROGRAD Nº

Leia mais

Mais informações podem ser obtidas na Coordenação do curso.

Mais informações podem ser obtidas na Coordenação do curso. MANUAL DE MONITORIA O IBES tem interesse em gerar recursos humanos de qualidade entre seus próprios alunos para, no futuro, atuarem em função docente. Para tanto, mantém um programa de monitoria junto

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A INSTITUCIONALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO

ORIENTAÇÕES PARA A INSTITUCIONALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO ORIENTAÇÕES PARA A INSTITUCIONALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO CURSOS DE EXTENSÃO: Caracterizados como um conjunto articulado de ações pedagógicas, de caráter teórico e/ou prático, presencial ou à distância,

Leia mais

FACULDADE DE ENGENHARIA DE SOROCABA FACENS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO / 1º SEMESTRE DE 2015

FACULDADE DE ENGENHARIA DE SOROCABA FACENS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO / 1º SEMESTRE DE 2015 1 DA ABERTURA FACULDADE DE ENGENHARIA DE SOROCABA FACENS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO / 1º SEMESTRE DE 2015 O Diretor da Faculdade de Engenharia de Sorocaba FACENS, mantida pela Associação Cultural de Renovação

Leia mais

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher Manual para realização do Donwload de Arquivos. Versão 1.0.1.0

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher Manual para realização do Donwload de Arquivos. Versão 1.0.1.0 Padrão ix Q-Ware Cloud File Publisher Manual para realização do Donwload de Arquivos Versão 1.0.1.0 Copyright 2000-2013 Padrão ix Sistemas Abertos Ltda. Todos os direitos reservados. As informações contidas

Leia mais

LICENCIATURA EM MATEMÁTICA CADERNO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO ENSINO MÉDIO

LICENCIATURA EM MATEMÁTICA CADERNO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO ENSINO MÉDIO LICENCIATURA EM MATEMÁTICA CADERNO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO ENSINO MÉDIO RIBEIRÃO PRETO 2013 ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO Aluno: RA: Ano/semestre: Período letivo: 2 SUMÁRIO ORIENTAÇÕES

Leia mais

Exames Periódicos de Saúde

Exames Periódicos de Saúde Exames Periódicos de Saúde Neste informativo o servidor encontrará respostas para possíveis dúvidas a respeito do Exame Periódico de Saúde. Realização Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA Pró-Reitoria

Leia mais

e-sus Atenção Básica Manual de Utilização do Sistema Prontuário Eletrônico do Cidadão - PEC

e-sus Atenção Básica Manual de Utilização do Sistema Prontuário Eletrônico do Cidadão - PEC e-sus Atenção Básica Manual de Utilização do Sistema Prontuário Eletrônico do Cidadão - PEC PERFIL ENFERMEIRO Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ORIENTAÇÕES GERAIS... 4 3. CIDADÃO... 6 3.1 Visualizar prontuário...

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA / UESC

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA / UESC REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA / UESC CAPÍTULO I Disposições gerais Art. 1º. O presente regulamento tem por objetivo normatizar as atividades relacionadas

Leia mais

SISTEMA DE REGISTRO ELETRÔNICO

SISTEMA DE REGISTRO ELETRÔNICO SISTEMA DE REGISTRO ELETRÔNICO Prezados Srs. Transportadores O Sistema de Registro Eletrônico faz parte de um composto ( Averbação Eletrônica + Registro Eletrônico ), que propicia a Transportadora um rápido

Leia mais

Passo a Passo para Rematrícula Online 2015

Passo a Passo para Rematrícula Online 2015 1. Entrar no site do Colégio: www.riobranco.org.br a) Digitar o Login, que é o número da Matrícula do Aluno (Seta 1) Dica: O número da matrícula pode ser localizado na carteirinha, boletim do aluno, ou

Leia mais

Universidade Católica de Pelotas. Pró-Reitoria Acadêmica Edital 054/2015

Universidade Católica de Pelotas. Pró-Reitoria Acadêmica Edital 054/2015 Universidade Católica de Pelotas Pró-Reitoria Acadêmica Edital 054/2015 O Centro de Ciências Jurídicas, Econômicas e Sociais, no Programa de Pós-Graduação em Política Social, seleciona professor para o

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO Curso de Extensão a Distância Formação Continuada em Conselhos Escolares EDITAL Nº 02/FCCE/2014

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO Curso de Extensão a Distância Formação Continuada em Conselhos Escolares EDITAL Nº 02/FCCE/2014 EDITAL Nº 02/FCCE/2014 Seleção para 240 vagas do Formação Continuada em Conselhos Escolares da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, para o segundo semestre de 2014, com início previsto para 11

Leia mais

SLEA SISTEMA DE LICENCIAMENTO ELETRÔNICO DE ATIVIDADES DA PREFEITURA DE SÃO PAULO

SLEA SISTEMA DE LICENCIAMENTO ELETRÔNICO DE ATIVIDADES DA PREFEITURA DE SÃO PAULO SLEA SISTEMA DE LICENCIAMENTO ELETRÔNICO DE ATIVIDADES DA PREFEITURA DE SÃO PAULO Manual passo-a-passo para obtenção do Auto de Licença de Funcionamento/ Auto de Licença de Funcionamento Condicionado Eletrônico

Leia mais

Fluxo de elaboração e aprovação de POP s v.1 - Cód. 41366

Fluxo de elaboração e aprovação de POP s v.1 - Cód. 41366 Página 1 de 5 DETALHAMENTO DO FLUXO Fluxo de elaboração e aprovação de POP s v.1 - Cód. 41366 POP: Dispensação de Material Médico e Medicamento Requisitante: PASSO A PASSO DO FLUXO Cód. Tarefa Início Conclusão

Leia mais

Manual Protocolo Virtual Versão 1.2. Sumário

Manual Protocolo Virtual Versão 1.2. Sumário Sumário 1. Informações Iniciais 1.1. Sobre o sistema Protocolo Virtual Segunda chamada 1.2 Sobre o sistema Protocolo Virtual Trancamento 2. Procedimento do pedido de segunda chamada de Avaliação 3. Aluno

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL. Sistema Eletrônico Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação. PARTE I Seleção do município e inserção de dados cadastrais

MANUAL OPERACIONAL. Sistema Eletrônico Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação. PARTE I Seleção do município e inserção de dados cadastrais MANUAL OPERACIONAL Sistema Eletrônico Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação PARTE I Seleção do município e inserção de dados cadastrais Tela 1. Abertura do Sistema Tela 2: 1. Arquivo: Selecione

Leia mais

PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS E COMPUTACIONAIS LICENÇA POR MOTIVO DE DOENÇA EM PESSOA DA FAMÍLIA

PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS E COMPUTACIONAIS LICENÇA POR MOTIVO DE DOENÇA EM PESSOA DA FAMÍLIA PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS E COMPUTACIONAIS LICENÇA POR MOTIVO DE DOENÇA EM PESSOA DA FAMÍLIA 1 CONCEITO Ao servidor efetivo que, por motivo de doença do cônjuge, parente (pais, irmãos, avós, filhos

Leia mais

www.cpsol.com.br MODELO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES

www.cpsol.com.br MODELO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES MODELO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES CONTRATANTE: (Nome da Contratante), com sede em (...), na Rua (...), nº.

Leia mais