Linhas de orientação de salvamentos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Linhas de orientação de salvamentos"

Transcrição

1 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 1 of 68 BMW Linhas de orientação de salvamentos Informação para operadores Janeiro de 2015 Introdução Fundamento Aspectos da medicina Aspectos técnicos Chamada de emergência da BMW Assist Comportamento dos sistemas de retenção e segurança após um acidente Indicações sobre a aplicação de equipamento de salvamento Abrir as portas da viatura Abrir as portas da viatura Afastar o tablier Afastar o tablier Ajuste eléctrico do banco Protecção de veículos Conceitos e sistemas de segurança Identificação dos sistemas de segurança Airbag - Informações técnicas Airbag do condutor

2 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 2 of 68 Airbag do acompanhante Airbag lateral Airbag de cabeça ITS Airbag de cabeça AITS Airbag de cabeça Airbag para joelhos Mecanismos de segurança Tensor do cinto de segurança - Informações técnicas Tensor mecânico do cinto de segurança Tensor pirotécnico do cinto de segurança Tensor pirotécnico de enrolamento / da ferragem terminal Sistema de cintos de segurança integrados no banco Encosto activo de cabeça Sistema de protecção de capotamento Capot activo Carroçaria e material vidros Sistema eléctrico - Gestão da bateria Desligar baterias Bateria de alta voltagem Actuadores alternativos Combustíveis e depósitos de combustível Questões colocadas com frequência relativas ao sistema de airbags Alta voltagem / tecnologia híbrida BMW i - segurança do edrive é o componente principal de todos os veículos BMW i O que significa "Sistema de alta tensão" no veículo? Que componentes fazem parte de um veículo híbrido? protecção de alta voltagem bateria de alta voltagem inclusive terminal de salvamento de alta voltagem Sistema electrónico das máquinas eléctricas Máquina eléctrica Cabos de alta tensão Marcação das baterias de alta voltagem Marcação dos restantes componentes de alta tensão Suporte em caso de acidente & resgate nos veículos com sistemas de alta tensão conforme VDA (Agremiação da industria automóvel) Guia para especialistas BMW I01 1 Introdução 2 Básicos 3 Salvar & resgatar 4 Rebocar Guia para especialistas BMW I12 1 Introdução 2 Básicos 3 Salvar & resgatar 4 Rebocar Guia para especialistas BMW 530Le F18PHEV 1 Introdução 2 Básicos 3 Salvar & resgatar 4 Rebocar Guia para especialistas BMW F15PHEV 1 Introdução

3 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 3 of 68 2 Básicos 3 Salvar & resgatar 4 Rebocar Introdução Segurança optimizada em todas as condições é uma das metas principais do desenvolvimento e da implementação na BMW Através de uma estratégia integral, os sistemas de segurança activos e passivos, coordenados de forma precisa, excedem as exigências legais Além disso, têm em consideração os requisitos técnicos para a aplicação de salvamentos Para tal contribui igualmente a disponibilização de informações objectivas sobre o manuseamento dos sistemas de retenção e segurança da BMW, bem como as indicações sobre a aplicação do equipamento de salvamento Esta brochura é uma linha de orientação para o pessoal de salvamento habilitado Adicionalmente, é necessário possuir conhecimentos sobre as funções e modo de funcionamento dos sistemas de segurança, bem como conhecer as características do veículo Para o pessoal de salvamento a primeira prioridade é salvar a vida de sinistrados sem expor os expor ou a si próprio a um perigo adicional A linha de orientação dos salvamentos contém informações, tais como as que se referem à forma de facilitar o acesso rápido e seguro aos sinistrados Com base nos materiais e técnicas de fabrico utilizados através do desenvolvimento contínuo da indústria automóvel, recomenda-se que seja assegurado o equipamento de salvamento respectivamente actual Esta linha de orientação de salvamento foi criada em colaboração com a BMW Werkfeuerwehr München (bombeiros da BMW Munique) Por norma, a linha de orientação de salvamento é reformulada duas vezes por ano Além disso, estão disponíveis mapas de salvamento de modelos específicos com informações detalhadas Adicionalmente devem ser observadas as directivas de salvamento e directivas da segurança no trabalho específicas do país A versão respectivamente mais actual pode ser encontrada em: https://ossbmwde/indexjsp BMW Werkfeuerwehr München Fundamento O procedimento de salvamento tem de ser coordenado tanto pela parte médica como também pela técnica e ser realizado em conjunto! Aspectos da medicina Em primeiro lugar, deve-se criar um acesso (abertura para assistência médica) às pessoas (fechadas ou presas) Como em todas as outras medidas, além disso, devem ser aplicados métodos que poupem e sejam adequados ao paciente Em cada situação deve-se evitar puxar as pessoas Partindo do princípio que não existe qualquer tipo de perigo imediato para ele nem para os socorristas, o sinistrado deverá, em primeiro lugar, ser deixado no veículo As medidas imediatas de salvamento da vida e o exame prévio (verificação básica), por norma, ainda são efectuados na viatura acidentada As medidas da medicina que são efectuadas no veículo deverão limitar-se ao que for imprescindível, podendo, no entanto, ser muito abrangentes consoante o estado do sinistrado Deve ser permitido o acesso ao paramédico ou pessoal dos serviços de emergência (abertura para tratamento) à respectiva pessoa, de forma a que as medidas imediatas de salvamento possam ser executadas Em caso de padrões de ferimentos correspondentes, as pessoas que sofreram o acidente devem ser principalmente imobilizadas, ou seja, tratadas através dos respectivos processos de imobilização, antes de serem retiradas do veículo (abertura para salvamento) A abertura para salvamento deve ter dimensões suficientes e ser adaptada à situação geral Durante as medidas técnicas de salvamento deve ser assegurada uma assistência médica contínua às pessoas que sofreram o acidente Durante a assistência médica devem ser preparadas medidas técnicas de salvamento o mais abrangentes possível Excepções que um salvamento de colisão torna necessárias Perigo imediato devido a uma ameaça extrema, como por ex fogo ou acidentes secundários

4 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 4 of 68 Motivos médicos Aspectos técnicos Identificação do modelo da viatura Exame visual em sistemas de retenção e segurança instalados Especificidades da carroçaria relativamente à aplicação de aparelhos hidráulicos de salvamento Chamada de emergência da BMW Assist Nos veículos da BMW com um sistema de chamadas de emergência da BMW Assist activado e um contrato de serviços em vigor, uma chamada de emergência pode ser automática ou manualmente efectuada Por norma, esta é transmitida a um centro de chamadas da BMW que processa a chamada e, em caso de necessidade, informa o local de salvamento competente A partir de um determinado nível de gravidade do acidente, o sistema activa a chamada de emergência de forma automática Em caso de uma chamada de emergência com maior duração, são transmitidos detalhes adicionais ao centro de chamadas da BMW, por ex relativos à gravidade do acidente Estes dados são automaticamente analisados pela BMW com base em inquéritos médicos e dados do estudo de acidentes, sendo igualmente convertidos numa ferramenta de avaliação de fácil compreensão para o Centro de Coordenação de Salvamento Estas informações podem ser utilizadas pelo Centro de Coordenação de Salvamento para a selecção adequada dos meios de salvamento correctos O centro de chamadas da BMW, baseado nos dados de GPS, determina um endereço, fazendo-o chegar ao local do acidente e transmitindo-o ao Centro de Coordenação de Salvamento, juntamente com as indicações sobre o trajecto Além disso, são transmitidos detalhes adicionais do titular do contrato e, em particular, do veículo para apoiar o pessoal de salvamento Este sistema de chamadas de emergência funciona de forma independente em relação ao telemóvel do cliente Caso não exista um centro de chamadas da BMW no local ou não esteja acessível na rede móvel GSM registada, em certas circunstâncias, é efectuada uma chamada de emergência directamente através do número de chamada de emergência 112 Comportamento dos sistemas de retenção e segurança após um acidente Num veículo imobilizado os sistemas de retenção não são activados em situações normais! Excepções Aquecimento do propelente sólido no gerador de gás (airbag) superior a 200 C Esforço mecânico enorme dos módulos de airbag (serrar, furar, rectificar, soldar) Curto-circuito do cabo eléctrico de activação das cápsulas de ignição Um veículo imobilizado é abalroado por um outro veículo (se os critérios de activação forem cumpridos, os sistemas de retenção são activados) Utilização dos rádio-comunicadores A utilização de radiotelefones na proximidade directa de sistemas de retenção não disparados não tem inconveniente Indicações sobre a aplicação de equipamento de salvamento Suporte de veículos

5 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 5 of 68 Exemplo: Suporte de veículos Os veículos podem ser suportados por baixo da área total da embaladeira lateral A posição exacta e o número de pontos de suporte têm de ser estabelecidos individualmente consoante a aplicação Idealmente devem ser utilizados os apoios para o macaco Abrir as portas da viatura Variante 1

6 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 6 of 68 Pontos de aplicação para a abertura das portas no pilar A 1 Com o expansor hidráulico comprimir o painel lateral à frente Assim, é criada uma abertura maior entre o painel lateral e a porta da frente 2 Com o expansor aumentar a abertura à altura das dobradiças A posição exacta das dobradiças do respectivo veículo está desenhada nos mapas de salvamento, 3 Com o aparelho de corte hidráulico cortar as dobradiças e abrir a porta Em alternativa, as dobradiças ou as cavilhas também podem ser abertas à força com o expansor Abrir as portas da viatura Variante 2

7 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 7 of 68 Pontos de aplicação para a abertura das portas nos pilares A e B 1 Com o expansor hidráulico afastar o aro do vidro Graças a isso, surge uma abertura maior entre a porta da frente e o pilar B ou entre o painel lateral dianteiro e a porta da frente 2 Com o expansor aumentar a abertura à altura das dobradiças A posição exacta das dobradiças do respectivo veículo está identificada nos mapas de salvamento 3 Abrir a porta pelo lado das dobradiças ou da fechadura (no lado da fechadura em veículos sem protecção horizontal contra impacto lateral) A posição exacta das dobradiças, fechaduras das portas e barra de protecção lateral para o respectivo veículo está identificada nos mapas de salvamento Afastar o tablier Existem diversas variantes para afastar o tablier Qual a variante a aplicar depende, entre outros, do que se segue: Mecanismo de acidente Existência de tubo de suporte do tablier Variante 1

8 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 8 of 68 Risco de lesão! O equipamento de salvamento pode sair do sítio ou escorregar Atenção! 1 Proteger o chão da viatura com material de suporte antes de dobrar 2 Efectuar a gestão do vidro (entre outros, cortar horizontalmente o pára-brisas na área 2 ou 3 ) 3 Cortar a porta junto às dobradiças com a tesoura hidráulica 4 Cortar embaladeira lateral 1 com a tesoura hidráulica à frente do ocupante, em direcção ao chão 5 Cortar ambos os pilares A da área inferior 2 ou da área superior 3 com a tesoura hidráulica 6 Colocar o suporte angular como representado no pilar B Indicação: Aplicar o suporte angular pousado se o cilindro de salvamento for muito curto 7 Colocar o cilindro de salvamento o mais possível entre o apoio central e o tablier 8 Afastar a carroçaria dianteira Afastar o tablier Variante 2

9 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 9 of 68 Risco de lesão! O equipamento de salvamento pode sair do sítio ou escorregar Atenção! 1 Proteger o chão da viatura com material de suporte antes de dobrar 2 Efectuar a gestão do vidro (entre outros, cortar horizontalmente o pára-brisas na área 2 ou 3 ) 3 Remover as portas em ambos os lados da viatura 4 Cortar ambas as embaladeiras laterais 1 com o aparelho de corte hidráulico à frente do ocupante, em direcção à carroçaria dianteira Para atingir o efeito pretendido pode ser necessário, em certas circunstâncias, efectuar o corte até este terminar na cava da roda dianteira ("técnica de corte grosseiro") 5 Cortar ambos os pilares A da área inferior 2 ou da área superior 3 com a tesoura hidráulica 6 Colocar o suporte angular como representado no pilar B Indicação: Aplicar o suporte angular pousado se o cilindro de salvamento for muito curto 7 Colocar o cilindro de salvamento o mais possível entre o apoio central e o tablier 8 Afastar a carroçaria dianteira Ajuste eléctrico do banco

10 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 10 of 68 Relativamente ao ajuste eléctrico do banco, uma vez que os bancos deixam de poder ser ajustados após a bateria ter sido desligada, recomenda-se, em certas circunstâncias, uma separação na área assinalada Protecção de veículos Exemplo: Possibilidades de fixação calço da roda Calço da roda junto ao lado em que o veículo é elevado, colocar à frente e atrás da roda do eixo traseiro Idealmente devem ser utilizados os apoios para o macaco Cabo de lingagem sem fim

11 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 11 of 68 Conduzir o cabo de lingagem sem fim através das aberturas das janelas para a parte de trás ou da frente e fixar num contra-apoios adequado Eixo dianteiro e traseiro Para protecção do veículo reunir o maior número possível de componentes do eixo (suporte dos eixos, braço de suspensão, veio primário) Argola de reboque A argola de reboque não pode ser utilizada para recuperação ou protecção do veículo! Atenção! Conceitos e sistemas de segurança Visão geral dos sistemas de retenção e segurança 1 Airbag do condutor 6 Bateria 2 Airbag do acompanhante 7 Protecção contra impacto lateral 3 Airbag lateral 8 Tensor do cinto de segurança 4 Airbag de cabeça 9 Encosto activo de cabeça 5 Cabo positivo da bateria 10 capot activo Identificação dos sistemas de segurança Sistema de airbags Airbag do condutor Sigla "SRS", "airbag SRS" ou "airbag" sobre o volante (placa divisória do volante) Airbag do acompanhante Sigla "SRS", "airbag SRS" ou "airbag" sobre o tablier (lado do acompanhante) Airbag lateral Airbag lateral no caixilho interior da porta (quase todos os modelos BMW): Sigla "SRS", "airbag SRS" ou " airbag" sobre o revestimento da porta (à frente e atrás), na área da fechadura da porta Airbag lateral nos bancos dianteiros (todos os modelos MINI e alguns modelos BMW): Sigla "airbag" no lado exterior do encosto do banco do condutor e do acompanhante Airbag de cabeça Sigla "SRS", "airbag SRS" ou "airbag" sobre o revestimento dos pilares A e C

12 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 12 of 68 Airbag para joelhos Mensagem do Check Control "airbag" sobre a tampa do porta-luvas (em cima à direita) e/ou sobre o revestimento da coluna da direcção (em cima à esquerda) Tensor do cinto de segurança Nenhuma identificação Nos veículos encontram-se instaladas quatro variantes de sistemas para a redução da designada folga: Tensor mecânico do cinto de segurança Tensor pirotécnico do cinto de segurança Tensor de enrolamento / tensor da ferragem terminal pirotécnico Sistema de cinto de segurança integrado no banco SGS Apoios para cabeça activos Nenhuma identificação Os apoios para cabeça activos estão integrados no banco do condutor e do acompanhante Os apoios para cabeça activos não despoletados não necessitam de procedimentos específicos Sistema de protecção de capotamento Série 3 (E36): Nenhuma identificação Série 3 (E46): Identificação "Sistema de protecção de capotamento" sobre o lado superior do apoio para cabeça existente nos bancos traseiros Série 1(E88), série 3(E93), série 6(E64): Identificação "Sistema de protecção de capotamento" O sistema de protecção de capotamento apenas está instalado em Cabrios da série 1(E88), da série 3(E36, E46, E93) Cabrio e série 6(E64) O aro de protecção de capotamento que não tenha sido activado não requer nenhum modo de procedimento especial Capot activo Nenhuma identificação Montagem dependendo da série e da versão de país Capots que não tenham sido activados não requerem nenhum modo de procedimento especial Sistemas de retenção para crianças Os airbags laterais e do acompanhante podem ser desactivados durante a utilização de sistemas de retenção para crianças Neste caso estão colocados autocolantes na proximidade do respectivo airbag Airbag - Informações técnicas Introdução Com base na legislação diferente na Europa e EUA são aplicadas diferentes variantes de airbags nos veículos BMW Airbag dianteiro Condutor I Almofada de ar grande em equipamento de série (volumes diferentes nos EUA e na versão Europa com base na legislação) Airbag dianteiro Condutor II Almofada de ar pequena (airbag compacto; Eurobag) no equipamento com volante desportivo Airbag dianteiro Acompanhante Almofada de ar, por baixo do tablier, sobre o lado do acompanhante Airbag lateral Almofada de ar pequena, junto ao caixilho interior da porta (portas dianteiras e traseiras) ou nos lados exteriores dos bancos dianteiros Airbag de cabeça ITS Tubos de ar desde a extremidade inferior do pilar A, ao longo da estrutura interior do tejadilho, até um pouco antes do pilar C Airbag de cabeça AITS (Advanced Inflatable Tubular Structure) Airbag de cabeça com livre passagem desde o pilar A até ao pilar C; Expansão do airbag de cabeça ITS através de uma vela entre o airbag ITS e a estrutura do tejadilho Airbag de cabeça Airbag de cabeça com livre passagem desde o pilar A até ao pilar C; Área a cobrir expandida para os vidros laterais dianteiros e traseiros Airbag de cabeça, traseiro Almofada de ar pequena na estrutura do tejadilho acima do pilar C Airbag para joelhos Almofada de ar pequena, atrás da tampa do porta-luvas e atrás do revestimento da coluna da direcção (apenas pode ser obtida na versão EUA) Airbag do condutor

13 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 13 of 68 Airbag do condutor activado O airbag do condutor encontra-se na cabeça de impacto do volante A aceleração é detectada e medida por um sensor Caso seja ultrapassado o limite do disparo, a unidade de comando Airbag ou o sensor satélite correspondente (= sensor inteligente) envia uma tensão de ignição à cápsula de ignição que dispara então o airbag O gás que se forma durante a ignição escapa-se para o airbag, que se abre completamente Airbag do acompanhante Airbag do acompanhante não activado O airbag do acompanhante encontra-se no tablier por cima do porta-luvas no lado do acompanhante Para evitar um disparo desnecessário do airbag do acompanhante em caso de acidente, quando o banco do acompanhante não está ocupado, está integrado há anos uma detecção de ocupação do banco Através dos sensores no banco do condutor e da avaliação dos dados na unidade de comando do airbag ou no sensor satélite (= sensor inteligente), o banco do acompanhante é identificado como ocupado a partir de um peso de 12 kg e é activado o sistema Airbag lateral

14 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 14 of 68 Airbag lateral não activado Os airbags laterais encontram-se, na maioria dos modelos BMW, por detrás do revestimento lateral na porta Em alguns modelos da BMW assim como em todos os modelos MINI, os airbags laterais encontram-se na parte lateral dos encostos do banco do condutor e do acompanhante Em caso de impacto lateral, a aceleração transversal consequente é detectada pelos respectivos sensores Caso seja ultrapassado o limite de disparo, a unidade de comando do airbag ou os sensores satélite correspondentes (sensores inteligentes) accionam os airbags laterais, se existirem, também o airbag de cabeça Airbag de cabeça ITS ITS não activado (na zona do tejadilho) e activado No airbag de cabeça ITS, ao contrário dos outros airbags, trata-se de um sistema tubular que está fixo com cintas à carroçaria Na ignição do gerador, o diâmetro do airbag de cabeça aumenta e diminui consequentemente o seu comprimento total Este processo faz com que o airbag da cabeça se estique entre a extremidade inferior do pilar A e a peça de fixação traseira na estrutura do tejadilho Ao contrário dos airbags dianteiros e laterais, que se esvaziam relativamente rápido, depois de insuflados, o airbag de cabeça retém o volume de gás e, por isso, oferece protecção mesmo se o veículo capotar ou em caso de acidentes secundários O airbag de cabeça pode ser cortado nas cintas ou a meio Airbag de cabeça AITS

15 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 15 of 68 AITS para o passageiro e para os ocupantes do banco traseiro (activado) O airbag de cabeça AITS é um sistema de protecção de cabeça como o ITS A sua vantagem é, porém, a protecção de superfície semelhante a uma cortina Através do AITS evita-se que a cabeça e os outros membros sejam projectados Isto provoca consideravelmente menor potência de corte sobre o pescoço e ferimentos na cabeça Características do sistema: Área a cobrir ampliada para os vidros laterais à frente e atrás Protecção contra estilhaços de vidro e a protecção de objectos Área a cobrir optimizada também para ocupantes de grande estatura Airbag de cabeça Airbag de cabeça disparado O airbag de cabeça vai do pilar A até ao pilar C e cobre toda a área lateral Abre-se entre os ocupantes, o vidro lateral fixo e os revestimentos dos pilares Características do sistema: Área a cobrir ampliada para os vidros laterais à frente e atrás Protecção contra estilhaços de vidro e a protecção de objectos Área a cobrir optimizada também para ocupantes de grande estatura O airbag de cabeça está alojado dobrado na área da estrutura do tejadilho constituído pelo gerador de gás, por duas lanças de gás e pelo airbag Em caso de impacto lateral o gerador de gás é iniciado O gás gerado passa por ambas as lanças de gás para o airbag Através do enchimento simultâneo do airbag à frente e atrás, consegue-se um enchimento mais uniforme O airbag de cabeça é colocado em posição através da fixação do airbag de cabeça no pilar A e no pilar C Neste sentido, o airbag de cabeça fica esticado entre o vidro lateral, o revestimento do pilar e os ocupantes O sistema fechado faz com que a rigidez da estrutura e estabilidade se mantenha por vários segundos Airbag para joelhos

16 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 16 of 68 Airbag para joelhos do lado do condutor e do lado do acompanhante No caso de uma colisão com o condutor ou o acompanhante sem cinto, o airbag dos joelhos assegura uma protecção dos joelhos Assim, é criado um movimento de avanço controlado do tronco que é absorvido pelo respectivo airbag O airbag para joelhos do lado do condutor está localizado sob a coluna de direcção, atrás de uma tampa O airbag dos joelhos do lado do acompanhante encontra-se na tampa do porta-luvas por detrás de uma cobertura Procedimento de disparo O disparo dos airbags é feito através da unidade de comando do airbag ou do sensor satélite correspondente (= sensor inteligente) Os sensores integrados activam os sistemas necessários ao ultrapassar o limite de disparo No gerador de gás dá-se a combustão do combustível sólido azida de sódio ou nitrocelulose principalmente para nitrogénio Em pequenas quantidades insignificantes surgem monóxido de carbono e óxido de nitrogénio Este gás flui depois para o airbag e desdobra-o Quando o airbag é desdobrado, a cobertura salta abruptamente (absorsor de impacto do airbag do condutor, cobertura do airbag do acompanhante, revestimento do airbag lateral/de cabeça) nos pontos de ruptura predefinidos As acumulações de talco do airbag que surgirem no interior do veículo não representam qualquer perigo Mecanismos de segurança O disparo dos sistemas de retenção e de segurança é feita através de sensores de aceleração electrónicos e mecânicos Para o disparo dos airbags existem sempre dois sensores que trabalham independentemente um do outro Sensores de aceleração electrónicos Airbag do condutor e do acompanhante, airbag de cabeça ou airbag lateral, tensor do cinto de segurança e borne de segurança da bateria Sensores de aceleração mecânicos (sensor saving) Os airbags do condutor e do acompanhante são activados junto com os sensores de aceleração mecânicos Sensores de colisão lateral electrónicos Os airbags do condutor e do acompanhante são activados junto com os sensores de aceleração electrónicos Unidade de comando Airbag A unidade de comando Airbag é a unidade central do sistema total de retenção e de segurança e assume as seguintes tarefas: Detecção de impacto Determinação do momento de disparo para os airbags, tensor do cinto de segurança, borne de segurança da bateria Disparo dos airbags, tensor do cinto de segurança e borne de segurança da bateria Auto-teste Indicação de erro e memória de falhas para diagnóstico Detecção de ocupação do banco e do peso do banco do acompanhante Satélites Os satélites são constituídos por uma unidade de comando com sistema de sensores integrado para comandar os actuadores (airbags, tensor do cinto de segurança, etc) Os satélites estão em condições de encontrar decisões inteligentes para o disparo selectivo e mais rápido de actuadores As funções não necessárias também não são activadas Nos modelos da série 7 (E65/66) é montado o sistema inteligente de segurança e integração (ISIS) e, a partir dos modelos da série 5 (E60/E61), série 6 (E63/E64), Z4 (E85) o Advanced Safety Electronic (ASE) com satélites Tensor do cinto de segurança - Informações técnicas

17 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 17 of 68 Nos veículos são aplicados os quatro diferentes sistemas de tensor do cinto de segurança: Tensor mecânico do cinto de segurança Tensor pirotécnico do cinto de segurança Tensor de enrolamento / tensor da ferragem terminal pirotécnico Sistema de cinto de segurança integrado no banco SGS Todos os sistemas visam o mesmo objectivo, a redução da designada folga do cinto que representa uma carga biomecânica do corpo humano após um acidente Tensor mecânico do cinto de segurança Com o tensor do cinto de segurança mecânico, um sensor mecânico detecta o impacto e acciona a libertação de energia do tensor através de um mecanismo selector Através de um elemento do mecanismo de transmissão, o fecho do cinto de segurança é puxado na diagonal para baixo e com isso o cinto ajusta-se ao corpo do ocupante Ao ser recuperada, de seguida, a força do cinto, um sistema de bloqueio trava o fecho em cada posição de aperto O ocupante está assim melhor seguro ao veículo Numa colisão frontal o sensor de impacto mecânico activa o sistema Uma mola pré-tensionada puxa o fecho para trás O ombro e cinto de segurança abdominal são tensionados Tensor pirotécnico do cinto de segurança O tensor pirotécnico do cinto de segurança é o aperfeiçoamento tensor mecânico do cinto segurança para diminuir mais rapidamente a folga do cinto

18 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 18 of 68 O tensor pirotécnico do cinto de segurança é activado pela unidade de comando Airbag ou pelo satélite do assentouma unidade pirotécnica faz com que o cinto de segurança se estique Tensor pirotécnico de enrolamento / da ferragem terminal Tensor pirotécnico de enrolamento Tensor pirotécnico da ferragem terminal No tensor pirotécnico de enrolamento, a redução do cinto folgado é obtida predominantemente na zona dos ombros, devido à fricção nas peças de inversão do cinto Através de sensores e sistema electrónico de comando é accionada uma unidade pirotécnica que coloca em rotação o veio do enrolador inercial por um cabo enrolado Para a reparação do efeito de bobina de filme, um dispositivo de aperto mantém o cinto travado durante o movimento de avanço do ocupante Os tensores pirotécnicos da ferragem terminal podem ser montados actualmente apenas nos bancos exteriores no lugar traseiro Por causa dos requisitos de espaço reduzido por baixo do banco traseiro, uma solução como a do tensor do cinto de segurança à frente não pode ser concretizada Por isso, é feita a remoção da folga do cinto ao puxá-lo na ferragem do cinto de segurança O enrolador automático forma o ponto de fixação superior, o tensor da ferragem terminal o inferior Os tensores da ferragem terminal são activados pelos satélites de assento ou pelo módulo do bancouma unidade pirotécnica faz com que o cinto de segurança se estique Sistema de cintos de segurança integrados no banco

19 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 19 of 68 No sistema de cinto integrado no banco SGS são alojados no banco todos os elementos do cinto incluindo as guias Numa colisão são direccionadas todas as forças para o agregado inferior em veículos sem pilar B Para além disso, o encosto de cabeça e a guia superior do cinto ajustam-se automaticamente, dependendo do ajuste longitudinal do banco Um tensor superior do cinto de segurança directamente na saída superior do cinto limita ainda, em caso de colisão, a impulsão do ocupante para diante Todo o procedimento reduz o comprimento disponível do cinto para um mínimo Visto que todos os três pontos do cinto se deslocam com o ajuste do banco, a geometria do cinto garante de forma automática, independentemente da posição do banco e do estatura do corpo, a melhor retenção possível do corpo Encosto activo de cabeça

20 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 20 of 68 Os apoios para cabeça activos estão integrados no banco do condutor e do acompanhante Funcionamento No caso de uma colisão traseira, incline a cabeça para trás, visto que ela se torna a parte mais inerte pela distância demasiado grande relativamente ao encosto de cabeça Através deste movimento da cabeça podem surgir ferimentos na vértebra cervical (síndrome de golpe de chicote) Para a redução da distância entre a cabeça e o encosto de cabeça, o encosto de cabeça activo vira para a frente em direcção à cabeça durante uma colisão frontal Através de dois sensores adicionais de impacto ou satélites na traseira do veículo é activado o gerador de gás no encosto do banco dianteiro durante uma colisão A haste do êmbolo do gerador de gás movimenta uma peça corrediça Esta peça corrediça movimenta para a frente o tubo de suporte onde o encosto de cabeça está fixo e reduz assim a distância entre a cabeça e o encosto Conforme o ajuste em altura do encosto de cabeça, resulta um curso de ajuste de 40 a 60 mm Sistema de protecção de capotamento O sistema de protecção de capotamento é uma função de segurança adicional em alguns modelos Cabrio da BMW Em caso de uma descarga ou outras situações que impliquem descarga, é lançado o sistema de protecção de capotamento, engata de forma adaptada à respectiva forma do perfil e sustenta assim a manutenção de um compartimento de sobrevivência suficiente para os ocupantes Em primeiro lugar, deve-se criar um acesso (abertura para assistência médica) às pessoas (fechadas ou presas) Como em todas as outras medidas, além disso, devem ser aplicados métodos que poupem e sejam adequados ao paciente Função BMW série 1 E88, Série 3 E93, série 6 E64 e MINI Cabrio R57 Protecção de capotamento da série 6 E64 na posição de referência e activada (à direita) Os dois aros de protecção de capotamento extensíveis estão alojados por detrás dos dois bancos traseiros numa

21 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 21 of 68 estrutura O sistema de protecção de capotamento é um sistema em separado e não tem ligação com a unidade de comando Airbag Nos modelos da série 3 (E93), a par do aro de protecção de capotamento direito na estrutura, integra ainda o sistema electrónico de comando (controlador de protecção de capotamento) Nos modelos da série 6 (E64) encontra-se o sensor de capotamento num dos satélites Os aros de protecção de capotamento estão recolhidos dentro da estrutura Os aros de protecção de capotamento são mantidos na direcção de deslocamento por uma mola pré-tensionada e pelo fecho no actuador Série 3 da BMW E93 e MINI Cabrio R57 Se o sistema electrónico de comando do controlador de protecção de capotamento detetar um capotamento iminente, os dois actuadores são imediatamente activados Os aros de protecção de capotamento são deslocados para fora através da força da mola e bloqueados mecanicamente na posição final BMW Série 6 E64 Se for identificado um capotamento iminente pelo sensor de capotamento no satélite, os dados são enviados através de um sistema de canal de luz até ao módulo de segurança e de acesso (SGM) Em simultâneo, o sinal para a autorização do sistema de protecção de capotamento chega ao SGM através de um cabo de cobre (cabo de armamento) Este controla ambos os actuadores através de um estágio final Os aros de protecção de capotamento são deslocados para fora através da força da mola Função da série 3 E36 e E46 Sistema de protecção de capotamento da série 3 activado E46 (A) e E36 (B) Cabrio O sistema de protecção de capotamento, relativamente aos modelos da série 3 (E36), é constituído por dois aros de protecção de capotamento atrás dos encostos de cabeça dos bancos traseiros (visíveis) e, relativamente aos modelos da série 3 (E46), é constituído por dois aros de protecção de capotamento nos encostos de cabeça dos bancos traseiros (instalado escondido) O sistema de protecção de capotamento é um sistema em separado e não tem ligação com a unidade de comando Airbag O sensor de capotamento está aparafusado directamente sobre a cobertura de protecção, atrás do assento (do banco) à direita O sensor de capotamento é constituído por: Um sensor de nível para a detecção de inclinação da viatura, aceleração transversal e longitudinal Um sensor de aceleração para a detecção da perda de contacto físico com a faixa de rodagem Um sistema electrónico de exploração com autodiagnóstico Dois condensadores para a disponibilização da energia de reserva necessária ao disparo do aro de protecção de capotamento, em caso de falha na tensão da rede de bordo O sensor de capotamento integrado, ao atingir os valores limite, dá a instrução ao actuador de validação dos bloqueios Um electroíman acciona o bloqueio e valida o aro de protecção de capotamento com suspensão a molas Os aros de protecção de capotamento são deslocados para fora e bloqueados mecanicamente na posição final

22 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 22 of 68 Capot activo No caso de ocorrer uma colisão com um peão, o capot levanta-se Este movimento forma uma zona de deformação que protege o peão Funcionamento 1 Fecho do capot à direita (com actuador) 6 Fibras ópticas (LWL) 2 Cabo Bowden 7 Sensor central (aceleração) 3 Dobradiça do capot à direita (com actuador) 8 Actuador (na dobradiça do capot) 4 Dobradiça do capot à esquerda (com actuador) 9 Sensor (fibra óptica) 5 Fecho do capot à esquerda (com actuador) 10 Estrutura interferente Entre o suporte do pára-choques e o amortecedor de impacto está integrada uma fibra óptica A fibra óptica está ligada a um sensor e é reconduzida, através de uma malha ("loop") pelo lado oposto da viatura, de volta ao sensor Através de uma força que actua sobre a fibra óptica, esta é deformada entre as estruturas interferentes Isso faz com que a luz seja atenuada no cabo de fibra óptica A força mecânica actuante é proporcional à atenuação da luz A atenuação diferenciada da luz, dependente da massa e da rigidez do objecto alvo do impacto, é gerado um sinal característico Este sinal é medido pelo sensor e transmitido para o módulo de segurança da detecção de impacto ACSM O módulo de segurança da detecção de impacto ACSM efectua um cálculo, baseado nestes dados e nos dados do sensor de aceleração central no pára-choques, para determinar se o valor-limite para a detecção de um colisão com um peão já foi alcançado ou até ultrapassado, tomando, assim, a decisão de activar os actuadores no capot Os actuadores são activados por via pirotécnica e fazem levantar o capot Adicionalmente, as molas de gás pressurizado do capot ajudam a levantar o capot O capot activo só é activado a velocidades na ordem dos km/h Por motivos de segurança, o sistema também poderá ser activado, em casos isolados, quando não for possível determinar de forma inequívoca que não se trate de uma colisão com um peão, por ex: ao ocorrer uma colisão com um barril ou um poste delimitador ao ocorrer uma colisão com um animal em situações de projecção de pedras ao embater em neve acumulada Depois de o capot activo ter sido activado, é emitida uma mensagem do Check Control no grupo de instrumentos e no

23 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 23 of 68 display de informações central (CID) Depois de activado, o capot não pode ser recolocado na sua posição inicial A protecção activa contra peões só voltará a estar disponível depois de este componente ter sido substituído Depois de a protecção contra peões ter sido activada, é possível prosseguir viagem, mas apenas com cuidado e a uma velocidade máxima de 80 km/h Carroçaria e material Estrutura da carroçaria Graças a aços altamente resistentes, uma maior espessura da parede e uma estrutura multi-camada, a estabilidade dos veículos é optimizada, aumentando, assim, a segurança dos ocupantes Um dos pré-requisitos para cortar a carroçaria é dispor de modernas tesouras de alto rendimento; os aparelhos de corte hidráulicos mais antigos podem ser insuficientes As tesouras de alto rendimento deverão ser adequadamente operadas por pessoal com a devida formação específica A interface ideal para o respectivo veículo a motor está assinalada nos cartões de resgate Materiais O tipo e a percentagem dos respectivos materiais são diferentes nas séries de modelos individuais Os reforços de estrutura nos pilares A e B estão instalados sobretudo no Cabrio, Roadster e Coupé Nesses sítios existem, no caso destes veículos, exigências de estabilidade particularmente elevadas Fundição sob pressão de magnésio Pode haver magnésio fundido sob pressão na área do compartimento do motor e no tablier vidros Risco de lesão! Antes da remoção de vidros, por norma, os ocupantes devem ser protegidos do pó e dos fragmentos Atenção! vidro simples de segurança (ESG) O vidro simples de segurança (ESG) é um vidro com pré-tratamento térmico que pode suportar cargas elevadas Quando sujeito a uma carga demasiado elevada, este quebra, originando muitos fragmentos com arestas não particularmente afiadas O vidro simples de segurança (ESG) é utilizado para vidros laterais, óculos traseiros e tejadilho de correr/deflector Indicação: Os vidros simples de segurança intactos podem quebrar repentinamente durante os trabalhos de salvamento no veículo Dependendo do acidente e do perímetro dos trabalhos de salvamento, os vidros simples de segurança devem ser retirados com antecedência Os vidros simples de segurança podem ser retirados com uma carga pontual, por ex com uma punção de mola ou um martelo de emergência Deve-se segurar os vidros simples de segurança antecipadamente Vidro de segurança laminado (VSG) O vidro de segurança laminado (VSG) é constituído por dois vidros e uma camada intermédia de película Os vidros permanecem praticamente intactos em caso de dano O VSG (Vehicle Sound Generator) é utilizado para pára-brisas e eventualmente vidros laterais Os pára-brisas são colados com a carroçaria Indicação: Dado que os vidros Vehicle Sound Generator (VSG) podem quebrar de forma não repentina, estes apenas têm de ser retirados se tal for necessário para os trabalhos de salvamento Os vidros Vehicle Sound Generator (VSG) podem ser retirados com serras para vidro especiais ou machados force Vidro de segurança especial Alguns veículos estão equipados com um vidro de segurança especial Este pode ser identificado exteriormente pela sua espessura O vidro de segurança especial não pode ser cortado com o equipamento de salvamento convencional Sistema eléctrico - Gestão da bateria Baterias de 12 V Indicações de aplicação O procedimento deve ser estabelecido com base na avaliação da situação efectuada no local de aplicação Através da utilização de sistemas eléctricos activos, como por ex vidros eléctricos, ajuste do banco ou ajuste da coluna de direcção, o salvamento pode ser apoiado de forma considerável A decisão relativamente à separação da bateria compete, por isso, ao comando dos trabalhos no local Como consequência do acidente, em casos raros, os cabos danificados nos veículos, apesar da protecção, podem tornar-se fontes de ignição Ao desligar as baterias pode-se reduzir consideravelmente o risco de incêndio O risco excepcionalmente reduzido de um disparo inadvertido do sistema de retenção (airbag, tensor do cinto de segurança) pode ser excluído ao desligar as baterias

24 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 24 of 68 A ignição deve ser desligada Posição das baterias de 12 V Possibilidade de equipamento com uma ou duas baterias As baterias de 12 V encontram-se no compartimento do motor ou na bagageira, dependendo do veículo Excepção: No caso dos modelos E34 e E32, a bateria de 12 V encontra-se no compartimento do motor ou por baixo do assento (do banco) A posição exacta das baterias de 12 V para o veículo correspondente está assinalada nos cartões de resgate Posição dos cabos positivos da bateria Caso a bateria de 12 V não se encontre no compartimento do motor, o cabo positivo vermelho da bateria passa predominantemente junto à parte inferior do veículo até ao motor Borne de segurança da bateria O borne de segurança da bateria está instalado junto ao pólo positivo da bateria A cápsula de ignição do borne de segurança da bateria não pode ser esmagada, cortada nem aquecida! O borne de segurança da bateria apenas desliga o cabo positivo da bateria, situado entre a bateria e o motor de arranque/alternador! Identificação Nenhuma identificação Funcionamento Por forma a minimizar o perigo de curto-circuito em caso de acidente, a rede de bordo está dividida em dois circuitos eléctricos nos veículos da BMW: a peça de alimentação da rede de bordo e o circuito de corrente do motor de arranque Se os critérios decisivos forem cumpridos, em caso de acidente, a unidade de comando Airbag e um dos satélites enviam a instrução de activação de ignição da carga propulsora ao borne de segurança da bateria O volume de gás gerado desta forma desloca o pino de cabo para fora do dispositivo de fixação do borne da bateria e separa, assim, a ligação de ficha entre a bateria e o motor de arranque/alternador Os restantes consumidores continuam a ser alimentados com tensão através de uma ligação própria à bateria (peça de alimentação da rede de bordo) O processo de disparo total demora aprox 3 3 milissegundos Desligar baterias Durante a desactivação das baterias deve-se ter em atenção o seguinte: Desligar a ignição Em primeiro lugar, desligar o pólo negativo, depois desligar o pólo positivo No equipamento com duas baterias desligar sempre ambas as baterias Indicação: Os tensores mecânicos do cinto de segurança não podem ser desactivados ao desligar a bateria Atenção: Se o veículo não puder ser desligado: As pessoas não devem manter-se na zona de abertura dos airbags não activados nem pousar material sobre a mesma, sobretudo quando é utilizado equipamento de salvamento pesado Cuidar do sinistrado, de preferência, de lado

25 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 25 of 68 Bateria de alta voltagem As baterias de alta voltagem têm uma tensão de 60 a 1000 V Para mais informações detalhadas do respectivo veículo ver mapa de salvamento ActiveHybrid 7 F04, F01, F02 ver o cartão de resgate da Berlina série 7 ActiveHybrid 5 F10, ver o cartão de resgate da Berlina série 5 ActiveHybrid 5 F18PHEV, ver o cartão de resgate da Berlina série 5 ActiveHybrid 3 F30, ver o cartão de resgate da Berlina série 3 X5 ActiveHybrid F15PHEV, ver o mapa de salvamento SAV X5 X6 ActiveHybrid E72, ver o mapa de salvamento SAV X6 BMW Active E, E82, ver o mapa de salvamento da série 1 MINI E, ver o mapa de salvamento MINI E BMW edrive, ver o cartão de resgate I01, I12 Para mais informações detalhadas sobre a tecnologia de alta voltagem ver guia de emergência Actuadores alternativos veículos eléctricos Informações detalhadas sobre o MINI E, ver o mapa de salvamento MINI E Informações detalhadas sobre o BMW Active E, ver o mapa de salvamento da série 1 Informações detalhadas sobre o BMW edrive, ver o cartão de resgate I01, I12 Viaturas híbridas Informações detalhadas sobre o ActiveHybrid 7 F04, F01, F02, ver o cartão de resgate da Berlina série 7 Informações detalhadas sobre o ActiveHybrid 5 F10, F18PHEV, ver o cartão de resgate da Berlina série 5 Informações detalhadas sobre o ActiveHybrid 3 F30, ver o cartão de resgate da Berlina série 3 Informações detalhadas sobre o X5 ActiveHybrid F15PHEV, ver o mapa de salvamento SAV X5 Informações detalhadas sobre o X6 ActiveHybrid E72, ver o mapa de salvamento SAV X6 Para mais informações detalhadas sobre accionamentos alternativos ver guia de emergência Combustíveis e depósitos de combustível Combustíveis Motor a gasóleo: Gasóleo DIN EN 590 Motor a gasolina: Gasolina super, 98 ROZ (índice de octanas de ensaio) Gasolina super sem chumbo, 95 ROZ Gasolina normal sem chumbo, 91 ROZ Depósito de combustível O depósito de combustível encontra-se na área do eixo traseiro da parte inferior da viatura Excepção: Nos modelos E32 e Berlina E34 o depósito de combustível encontra-se na área da bagageira A posição exacta do depósito de combustível do respectivo veículo está desenhada nos mapas de salvamento Tampa do depósito de combustível BMW: A tampa do depósito de combustível situa-se no lado direito MINI: A tampa do depósito de combustível situa-se no lado esquerdo A posição exacta da tampa do depósito de combustível do respectivo veículo está desenhada nos mapas de salvamento Questões colocadas com frequência relativas ao sistema de airbags Como funciona um airbag? A aceleração detectada pelos sensores é integrada e avaliada Após a ultrapassagem dos respectivos patamares de disparo é efectuada a ignição dos airbags necessários A cápsula de ignição no gerador de gás obtém a tensão de ignição a partir da unidade de comando do airbag ou dos respectivos satélites O gás que se forma durante a ignição escapa-se para o airbag Como identificar se um veículo está equipado com airbags? Inscrição "AIRBAG" ou "SRS" (Supplementary Restraint System) ou "SRS-AIRBAG" sobre o volante, tablier, revestimento da porta e revestimento do pilar A, pilar C, lado exterior do encosto do banco do condutor e acompanhante Em caso de dúvida, nos veículos novos deve-se partir do princípio que existe um equipamento de airbag Durante a ignição é expelido fumo? Dá-se principalmente a formação de poeira devido ao pó de talco com o qual o airbag vem revestido de fábrica O airbag fica quente?

26 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 26 of 68 O airbag não aquece Apenas os componentes no interior do módulo do airbag atingem temperaturas elevadas através do disparo Estes componentes situam-se na área de fixação do airbag e não representam qualquer tipo de perigo para os socorristas As peças necessitam de aprox 15 min para arrefecerem Encontra-se azida de sódio nos resíduos? A azida de sódio, combustível sólido no gerador de gás, é totalmente queimada durante a ignição do gerador de gás e quimicamente convertida a 100% O produto da reacção é constituído, em grande parte, pelo gás de nitrogénio inofensivo, que totaliza aprox 80% do nosso ar de respiração Que procedimentos devem ser adoptados quando um módulo do airbag não activado é danificado mecanicamente? No caso extremamente improvável de uma destruição do gerador de gás, o propulsor comprimido na forma de pastilhas poderia cair Neste caso, deve-se evitar de imediato um contacto com a pele (usar luvas e óculos de protecção) As pastilhas têm de ser manuseadas e eliminadas separadamente Estas devem-se manter afastadas de qualquer tipo de fonte de inflamação (electricidade, fogo, etc) Em caso de um incêndio no veículo existe o perigo de uma explosão do gerador de gás? O gerador de gás está instalado de forma a ser activado normalmente quando exposto ao fogo, durante o qual a temperatura de superfície do gerador de gás ultrapassa os 200 C Pode-se utilizar água como produto de extinção? Sim Cada um dos agentes extintores efectivos também pode ser aplicado em veículos com equipamento de airbag É possível respirar sem problemas o ar no interior do veículo após um disparo do airbag? Sim Análises químicas e médicas confirmam a inocuidade No entanto, o reflexo da tosse a curto prazo não deve ser excluído Caso o airbag não tenha sido activado durante a colisão é provável que ele seja activado após a colisão? Não existem Os sensores de impacto reagem às características físicas próprias de um acidente Existe perigo para o primeiro assistente? Não existem Um primeiro assistente (assistente sem equipamento de salvamento) depara-se com a mesma situação que no regime de condução normal No caso de um veículo imobilizado, os sistemas de airbag não são activados Se o airbag não foi activado na colisão, como pode ser o sistema desactivado? Desligar a ignição Desconectar ambos os cabos da bateria (primeiro o pólo negativo, depois o pólo positivo) O risco de um disparo durante o processo de salvamento é, assim, excluído Excepções, ver capítulo "Airbag" Deverá o pessoal de salvamento suspender o salvamento até que o sistema de airbag esteja desactivado? Não existem Desligar a ignição Desconectar ambos os cabos da bateria (primeiro o pólo negativo, depois o pólo positivo) Se os pontos do tema "Comportamento dos sistemas de retenção e segurança após um acidente" forem considerados, é possível iniciar de imediato o salvamento dos ocupantes Como se deve reagir se as pessoas estiverem encarceradas, se os sistemas individuais de airbags não tenham sido activados e o veículo não possa ser desligado? Iniciar de imediato a assistência médica de emergência Criar prioritariamente uma abertura para assistência médica Verificação: Dos sistemas de airbags que ainda não foram activados quais se encontram no veículo e na zona de trabalho dos assistentes de socorro e salvamento? De preferência, não puxar a coluna de direcção com o expansor Não cortar cabos nas zonas dos sistemas de airbag (aqui existe um risco mínimo de disparo do airbag em consequência de um curto-circuito) Área de abertura de um airbag não accionado: Iniciar medidas de protecção para o ferido Cuidar do sinistrado de lado De preferência, não colocar a cabeça e o tronco na zona de actuação do airbag, caso os trabalhos sejam efectuados no veículo com um equipamento de salvamento pesado As pessoas não devem manter-se, nem o material ser pousado, na área de abertura dos airbags não activados, sobretudo quando é utilizado equipamento de salvamento pesado Podem ser igualmente utilizadas outras técnicas de salvamento? Sim, a decisão definitiva sobre os procedimentos de salvamento deve ser sempre tomada no local e deverá resultar do acordo entre o chefe, a equipa de salvamento técnico e o paramédico ou pessoal dos serviços de emergência A este respeito, deve-se considerar, em especial, as possibilidades técnicas e tácticas existentes, bem como as circunstâncias do acidente e o grau de destruição do veículo Alta voltagem / tecnologia híbrida

27 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 27 of 68 BMW i - segurança do edrive é o componente principal de todos os veículos BMW i A segurança do e-drive é o componente principal do desenvolvimento do produto Um grande número de medidas garante a segurança de funcionamento, mesmo no caso de acidente Sistema de alta voltagem totalmente isolado Desactivação de segurança (corte) automática da bateria de alta voltagem ao ocorrer um acidente envolvendo o disparo do airbag Monitorização permanente dos cabos de alta voltagem e outros critérios relevantes para a segurança, bem como processos de segurança automáticos Todos os sistemas comprovaram a sua segurança em Crash-Tests e verificações de série Os testes do sistema BMW comprovaram a sua segurança de sistema muito para além daquilo que são as exigências legais O que significa "Sistema de alta tensão" no veículo? Nos veículos com sistemas de alta voltagem estão montados componentes operados com tensão superior a 60 V com tensão contínua ou 25 V com tensão alternada Os componentes nestes veículos necessitam, em parte, de uma grande potência eléctrica A rede de bordo de alta voltagem em veículos híbridos e eléctricos funciona com uma tensão contínua de até 650 V e tem de disponibilizar uma grande quantidade de energia eléctrica Que componentes fazem parte de um veículo híbrido? Além da unidade de accionamento, um veículo híbrido é constituído pelos seguintes componentes essenciais: Bateria de alta voltagem Cabos de alta tensão Sistema electrónico das máquinas eléctricas

28 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 28 of 68 Motor(es) eléctrico(s) e alternador(es) Visão geral dos componentes de alta tensão no exemplo X6 ActiveHybrid E72: Índice Explicação 1 Sistema electrónico das máquinas eléctricas 2 Compressor eléctrico de refrigeração 3 Caixa de velocidades activa com motores/alternadores eléctricos para Full Hybrid 4 Cabos de alta tensão 5 Bateria de alta voltagem

29 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 29 of 68 Visão geral dos componentes de alta voltagem tomando como exemplo a série 3 ActiveHybrid 3 F30: Índice Explicação 1 Compressor eléctrico de refrigeração 2 Máquina eléctrica 3 Sistema electrónico das máquinas eléctricas 4 Bateria de alta voltagem protecção de alta voltagem O eventual manuseamento incorrecto tem como resultado um perigo de alta tensão no respectivo sistema O veículo dispõe, por isso, de um conceito de segurança abrangente A reparação, manutenção e o serviço de componentes de alta tensão, incluindo dos cabos de alta tensão cor-de-laranja, apenas são permitidos de acordo com os profissionais qualificados Estão proibidos os trabalhos de reparação por conta própria no sistema de alta tensão Outras informações sobre a protecção de alta voltagem A bateria de alta voltagem encontra-se na área protegida contra embate Detalhes no mapa de salvamento Ao separar a ligação de ficha do terminal de salvamento de alta voltagem, o sistema de alta voltagem é desactivado (colocado fora de tensão) O sistema de alta voltagem está separado de forma galvânica da massa Todas as ligações e fichas nos componentes de alta tensão do veículo estão executadas com protecção contra contacto O sistema de alta tensão é desactivado se: a ligação de ficha do terminal de salvamento de alta voltagem é desligada foi detectada uma colisão que conduz ao disparo de airbags e/ou do tensor do cinto de segurança, ou a ligação ao negativo da bateria de 12 V for separada no pólo negativo da bateria

30 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 30 of 68 bateria de alta voltagem inclusive terminal de salvamento de alta voltagem Exemplo, X6 ActiveHybridE72 Índice Explicação 1 Bateria de alta voltagem 2 Seccionador de alta tensão para operações de socorro 3 Cabos de alta tensão Exemplo Série 3 ActiveHybrid 3 F30: Índice Explicação 1 Bateria de alta voltagem 2 Seccionador de alta tensão para operações de socorro 3 ligação de ficha para cabos de alta tensão Nos conceitos de segurança do fabricante de automóveis o terminal de salvamento de alta tensão é muito importante Em todos os conceitos tem a mesma função, interromper o circuito eléctrico da bateria de alta voltagem para o veículo A partir do momento em que a ligação de ficha seja desligada do terminal de salvamento de alta voltagem, o circuito eléctrico encontra-se fora da bateria de alta voltagem e assim todo o sistema de alta tensão é interrompido Sistema electrónico das máquinas eléctricas

31 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 31 of 68 Na tecnologia híbrida é aplicada o EME para a conversão das correntes O EME tem a designação de dispositivo de inversão e também de inversor Esta converte a corrente trifásica, gerada no alternador de alta tensão, em corrente contínua O inversor não pode ser aberto à semelhança de todos os outros componentes de alta tensão seja qual for a circunstância, dado poder existir alta tensão no interior Máquina eléctrica A máquina eléctrica no ActiveHybrid 5 é uma máquina síncrona de activação permanente É capaz de converter a energia eléctrica da bateria de alta voltagem em energia cinética, através da qual o veículo é accionado Da mesma forma, é possível uma condução com energia eléctrica até aprox 60 km/h, bem como o auxílio do motor de combustão, por ex no caso de ultrapassagens (função "Boost" (função de impulso)) ou o auxílio do apoio activo de binário na mudança de velocidade Caso contrário, a máquina eléctrica converte, na travagem e na marcha sob efeito de travão do motor, a energia cinética

32 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 32 of 68 em energia eléctrica e armazena esta na bateria de alta voltagem (regeneração de energia) Cabos de alta tensão Os cabos de alta tensão (1) unem os componentes de alta tensão uns com os outros, p ex a bateria de alta voltagem com o sistema electrónico das máquinas ou com a máquina eléctrica Os cabos de alta tensão podem ser identificados pelo isolamento laranja (invólucro) Marcação das baterias de alta voltagem Marcação dos restantes componentes de alta tensão Informações adicionais: Informações específicas da viatura e procedimentos em veículos sinistrados têm obrigatoriamente de constar no respectivo mapa de salvamento!

33 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 33 of 68 Suporte em caso de acidente & resgate nos veículos com sistemas de alta tensão conforme VDA (Agremiação da industria automóvel) Respostas a questões frequentes / FAQ (Frequently Asked Questions) Estruturação 1 Exploração/identificação do veículo 2 Perigo devido a choque eléctrico 3 Perigo devido a acumulador de energia de alta tensão 4 Perigo químico 5 Perigo térmico (incêndio) 6 Infra-estrutura de carregamento eléctrico 7 Veículos dentro de água 8 Rebocar, resgatar, transportar, serviço de assistência em estrada BMW e armazenamento 9 Mais informações 1 Exploração/identificação do veículo 11 Como é possível reconhecer que se trata de um veículo com sistema de alta voltagem? A designação do modelo na traseira do veículo, como p ex, Hybrid, edrive ou inscrições adicionais, p ex, no painel lateral dianteiro ou semelhante remetem para tal Se o veículo não possuir uma designação do modelo, as seguintes características, podem servir de indicador de que se trata de um veículo com sistema de alta voltagem: - Conector fêmea de carga eléctrica Desde Janeiro de 2013 que, na Alemanha, passou a ser possível os centros de coordenação de salvamentos efectuarem uma consulta de matrícula dos veículos registados na Alemanha, possibilitando, assim, uma correspondência inequívoca através da ficha de segurança de salvamento 2 Perigo devido a choque eléctrico 21 Depois de um acidente, existe algum perigo de choque eléctrico ao tocar no veículo ou num componente do veículo? Por norma, as pessoas não são colocadas em perigo devido a choque eléctrico, no entanto, isso depende do tipo de acidente Os veículos estão equipados com diferentes mecanismos de protecção - O sistema de alta voltagem está encapsulado, de modo a ficar protegido contra contacto directo Em caso de dúvida, o sistema de alta voltagem do veículo deverá ser desactivado manualmente, desde que tal seja possível (ver pergunta 24) 22 É possível reconhecer num veículo eléctrico/híbrido que tenha sofrido um acidente se o sistema de alta voltagem está realmente desactivado? A indicação directa da ausência de tensão após um acidente não é possível devido à grande diversidade de cenários de acidente possíveis Em caso de dúvida, o sistema de alta voltagem do veículo deverá ser desactivado manualmente, desde que tal seja possível (ver pergunta 24) 23 Um veículo estacionado que tenha estado envolvido num acidente (colisão com veículo parado) representa qualquer perigo de ordem eléctrica? - Cabos de alta tensão cor-de-laranja - Plaquetas de advertência nos componentes eléctricos de alta voltagem - Indicador de carga no grupo de instrumentos (KOMBI) - Marcações no tablier - Inexistência de sistema de escape A ausência desta identificação não é índice claro de que não se trata de um veículo sem sistema HV - O sistema de alta voltagem está totalmente isolado da carroçaria do veículo a nível eléctrico (separação galvânica/eléctrica) - Em caso de acidentes graves com o disparo do airbag, o sistema de alta voltagem é desactivado, na maior parte dos veículosem alternativa, estão instalados mecanismos de protecção equiparáveis(detalhes ver ficha de segurança de salvamento específico da viatura) O sistema de alta voltagem do veículo também pode estar activo com o veículo parado (por ex, pelo facto de a climatização independente estar a funcionar)

34 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 34 of 68 Um disparo do airbag em veículos de alta voltagem, envolvidos num "Standcrash", não ocorre, não sendo assim desactivado o sistema de alta voltagem No caso de acidentes graves i o sistema de alta voltagem do veículo deve ser desactivado (ver ficha técnica de salvamento) Isto é válido para veículos na estação de carga eléctrica como para veículos estacionados, que não estão ligados a uma estação de carga 24 Existe alguma maneira de as equipas de intervenção desactivarem manualmente um sistema de alta voltagem? Sim, os veículos eléctrico/híbridos dispõem de várias maneiras de desactivação manual do sistema de alta voltagem A maioria dos veículos dispõe de um dispositivo de desligamento adicional para o sistema de alta voltagem, que pode ser usado por equipas de resgate e desencarceramento Trata-se de terminais do SBK de 12 V Estes também podem ser accionados por técnicos não especialistas em alta voltagem para desactivar o sistema de alta voltagem Indicação: O acumulador de energia HV assim não é descarregado mas separado do restante sistema HV O procedimento recomendado para a desactivação manual é descrito na ficha técnica de salvamento do respectivo fabricante 25 Quais os perigos que advêm de cabos de alta voltagem danificados na sequência de um acidente, quando for evidente que os airbags não dispararam? Por princípio, cabos ou componentes de alta voltagem danificados representam sempre um perigo eléctrico potencial Os cabos/componentes de alta voltagem não podem ser tocados Indicação: Os cabos HV são sempre cor-de-laranja 3 Perigo causado pelo acumulador de energia de alta voltagem 31 É possível descarregar um acumulador de energia de alta voltagem após um acidente? Não, é impraticável a descarga eléctrica dos acumuladores de alta voltagem no local do acidente 32 Qual é a forma correcta de lidar, no local de acidente, com um acumulador de energia HV no veículo danificado? Não é permitido tocar num acumulador de energia de alta voltagem que esteja danificado O estado do acumulador de energia HV deve ser observado (p ex formação de fumo) É recomendável solicitar a intervenção de pessoal electrotécnico especializado em sistemas de alta voltagem, contactando o serviço responsável, para que seja possível avaliar o perigo eléctrico real e determinar o procedimento a adoptar 33 Qual é a forma correcta de lidar com um acumulador de energia de alta voltagem, ou partes dele, que tenham sido separados do veículo na sequência do impacto sofrido durante o acidente? Neste caso muito improvável será necessário contar com perigo a nível eléctrico, químico, mecânico e térmico causado pelo acumulador de energia de alta voltagem Não é permitido tocar no acumulador de energia de alta voltagem É recomendável solicitar a intervenção de pessoal electrotécnico especializado em sistemas de alta voltagem, contactando o serviço responsável, para que seja possível avaliar o perigo eléctrico real e determinar o procedimento a adoptar 4 Perigo a nível químico 41 O que será necessário observar ao lidar com o derrame de electrólitos dos acumuladores de energia de alta voltagem após um acidente? Regra geral, os electrólitos são irritantes, inflamáveis e potencialmente cáusticos É imprescindível evitar o contacto com a pele e a inalação dos vapores Devem ser utilizados agentes aglutinantes convencionais 42 Quais são os riscos inerentes à "emissão de gases" de um acumulador de energia de alta voltagem? Nas imediações directas, os gases são irritantes, inflamáveis, potencialmente cáusticos e, por isso, não devem ser inalados de forma alguma O processo de salvamento tem de ser cancelado e os passos seguintes a tomar devem emanar da entidade coordenadora do corpo de bombeiros competente 5 Perigo a nível térmico (incêndio) 51 No caso de haver um incêndio, é possível que um acumulador de energia de alta voltagem expluda? Por norma, está excluída uma explosão dos acumuladores de energia de alta voltagem graças à respectiva tecnologia de segurança A bateria de alta voltagem e os seus elementos da bateria individuais dispõem de sistemas de segurança mecânicos, que, por ex em caso de subida de temperatura e pressão devido a incêndio, se abrem, dando início a um processo controlado de "emissão de gases" e redução de pressão

35 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 35 of No caso de um veículo eléctrico/híbrido se incendiar, pode partir-se do princípio de que o fumo de combustão é tóxico? Sim, tal como acontece também no caso dos veículos convencionais, quando veículos eléctricos/híbridos ardem, também é gerado um fumo de combustão nocivo à saúde, causado pela combustão de materiais como, por ex, os plásticos 53 Existe o risco de o acumulador de energia de alta voltagem se poder incendiar mais tarde após um acidente? Sim, tal como também acontece com veículos convencionais sinistrados, não é de excluir o risco residual de um incêndio retardado Isto é válido especilamente nos acumuladores de energia HV danificados (ver também questão 85) 54 Um veículo com acumulador de energia HV pode ser apagado ou pode ser utilizado produto de extinção? Normalmente sim Deve-se preferir água como produto de extinção, pois o mesmo também actua como arrefecimento sobre o acumulador de energia de alta voltagem Deve ser usada muita água ou ser bastante refrigerado 6 Infraestrutura de carga eléctrica 61 A que se deve prestar atenção quando um veículo eléctrico/veículo híbrido se envolver num acidente enquanto estiver a ser carregado nana coluna de carregamento (Standcrash)? Se for possível, retirar o cabo de carga da coluna de carregamento/veículo ou desactivar a coluna de carregamento Por princípio, separar sempre o cabo de carga do veículo Antes da separação, os cabos e fichas devem ser verificados visualmente quanto a possíveis danos No caso de acidentes graves, o sistema de alta voltagem do veículo deve ser desactivado (ver ficha técnica de salvamento) Indicação: O sistema de alta voltagem do veículo também pode estar activo com o veículo parado, independentemente da estação de carga (por ex, pelo facto de a climatização independente estar a funcionar) 62 O que acontece se um cabo de carga de uma estação de carga pública for cortado por um acto de vandalismo durante o processo de carga de um veículo eléctrico? Esta situação está salvaguardada pela infra-estrutura técnica da estação de carga pública e provoca a desactivação do processo de carga A entidade exploradora da estação de carga pública deverá ser informada 7 Veículos na água 71 No caso de veículos eléctricos/híbridos que se encontrem dentro de água, existem riscos específicos? Por norma, o sistema de alta tensão não constitui um maior risco de choque eléctrico quando está dentro de água Aplicam-se as mesmas indicações dadas nos capítulos 2 e 3 O modo de salvamento é idêntico ao dos veículos convencionais Isto também se aplica a carroçarias de compostos de fibra de carbono (carbono) 72 Se um veículo eléctrico/híbrido cair à água, existe algum perigo de contaminação das águas, sempre que se trate de uma zona de protecção de água potável (por ex, uma barragem)? Por norma, não existe nenhum perigo adicional para a água potável quando comparado com veículos convencionais 8 Rebocar, resgatar, transportar, serviço de assistência em estrada BMW e armazenamento 81 A que se deve prestar atenção quando se torna necessário retirar um veículo eléctrico/híbrido de uma zona de perigo (por ex, obras na autoestrada) usando uma corda/barra de reboque? Por norma, é sempre permitido remover o veículo da zona de perigo imediata a velocidade de passo Mais informações sobre o modo de rebocar poderão ser consultadas nas instruções de utilização do fabricante de automóveis 82 A que se deve prestar atenção ao carregar um veículo eléctrico/veículo híbrido para um veículo de transporte após um acidente grave? O sistema de alta tensão deve ser desactivado antes da colocação em cima de um pronto-socorro As respectivas indicações encontram-se nas instruções de utilização do veículo ou na ficha técnica de salvamento Ao entregar o veículo a representantes das entidades oficiais ou da entidade de salvamento, é recomendável comunicar quais foram as medidas tomadas pelos bombeiros (desactivação da alta voltagem) Especialmente no que se refere ao potencial perigo devido a componentes de alta voltagem danificados (por ex, electrocussão ou risco de incêndio causado pelo acumulador de energia) Os procedimentos de carregamento e transporte do veículo sinistrado estão sujeitos às prescrições/normas nacionais aplicáveis BGI 800 e BGI 8664, BGI 8686 e BGI 5065) Se o veículo é entregue a terceiros, recomenda-se transmitir as medidas tomadas e de confirmar o mesmo por escrito

36 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 36 of 68 Ao levantar com uma grua/macaco ou transbordo recomenda-se, a observação do seguinte: Nos trabalhos com o guincho de cabo observar, que não seja(m) danificado(s) componente(s) HV 83 A que se deve prestar atenção ao transportar/rebocar veículos eléctricos/híbridos? O transporte dos veículos deverá ser sempre efectuado usando um veículo com plataforma ou de acordo com as prescrições do fabricante do automóvel Ao rebocar no dispositivo de elevação podem ocorrer danos no sistema eléctrico/híbrido, se o(s) eixo(s) de accionamento ficar/ficarem na rua Indicação: Atenção aos veículos com tracção integral! Os veículos com bateria danificada devem ser transportados o quanto antes para o concessionário BMW mais próximo ou para um parque fechado (ver também questão 85) 84 Em se tratando de um veículo de reboque que transporte um veículo eléctrico/híbrido sinistrado, existem algumas normas que imponham quaisquer restrições de circulação por túneis? Não, os veículos movidos a bateria e os veículos híbridos não estão sujeitos aos regulamentos da ADR durante o reboque (Accord européen relatif au transport international des merchandises Dangereuses par Route - Convenção Europeia sobre o transporte rodoviário de mercadorias perigosas) Tendo em consideração as medidas anteriores (consulte 82) e o grau de danos, a entidade de salvamento tem de garantir a segurança do transporte na estrada Deve-se ter atenção ao potencial perigo devido a componentes de alta voltagem danificados (por ex, electrocussão ou risco de incêndio causado pelo acumulador de energia) Deve-se ter atenção aos regulamentos específicos do país e da empresa em relação aos túneis 85 Como se devem estacionar e armazenar veículos eléctricos/híbridos sinistrados? Os veículos eléctricos/híbridos sinistrados, tal como no caso dos veículos convencionais, também devem ser estacionados dentro de uma área vedada, por motivos de protecção contra incêndio, num local de estacionamento ao ar livre e a uma distância suficiente de outros veículos, edifícios e outros objectos inflamáveis O veículo deve ser identificado de forma correspondente Trata-se de um procedimento que deverá ser respeitado especialmente em situações em que o veículo seja entregue fora do horário de funcionamento normal 9 Outras informações Para facilitar a identificação de sistemas de propulsão alternativos há algumas regras de procedimento para os bombeiros (regras AUTO): A = fluídos de funcionamento a verter U = analisar parte inferior da viatura T = abrir tampão do depósito de combustível O = verificar superfície Versão mais recente das FAQ (Frequently Asked Questions) conforme VDA, ver em baixo: Para mais indicações referentes a perigos eléctricos no local de salvamento, consultar a documentação BGI/GUV-I 8677 (perigos de natureza eléctrica no loca de utilização) Guia para especialistas BMW I01

37 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 37 of 68 1 Introdução Estas instruções de procedimento devem ser usadas após um acidente grave, quando os socorristas estiverem na dúvida relativamente ao estado do sistema de alta tensão Devem ser observadas as directivas específicas do país Se existir a suspeita a prória segurança do veículo é inexistente e existe risco para os socorristas, deve ser chamado um electricista pela linha de apoio ao local do acidente Em caso de acidentes graves, em que não se pode excluir danos na bateria de alta tensão, a bateria de alta tensão é desconectada automaticamente do sistema de alta tensão Segundo especificação da BMW, o veículo tem de ser examinado pelo pessoal técnico especializado devidamente qualificado, antes de ser sujeito a um tratamento posterior (p ex, reparação, reciclagem) O sistema de alta tensão deve ser considerado seguro No caso de ocorrer um disparo do airbag, existem dois mecanismos de desactivação no veículo que desligam o sistema de alta voltagem A desactivação é feita através da separação do borne de segurança da bateria no pólo positivo de 12 V da bateria, bem como através de uma mensagem CAN que separa a alimentação eléctrica dos contactores da bateria de alta voltagem e que leva à desactivação do sistema O sistema de alta voltagem (rede de tecnologia da informação) é constituído por dois circuitos eléctricos separados (HV+, HV-), que estão completamente desacoplados da rede de bordo de 12 V A massa eléctrica (-) não tem potencial de alta voltagem Apenas as caixas dos componentes estão conectadas à massa para compensação de potencial Para induzir uma situação de risco eléctrico é necessário ligar os circuitos negativo e positivo de alta voltagem (HV) em ponte Se não se tocar em cabos de alta tensão danificados (cabos cor-de-laranja) ou em componentes de alta voltagem, fica excluído o risco de um choque eléctrico Atenção: As instruções descritas de seguida destinam-se a ser utilizadas exclusivamente pela BMW I01 2 Básicos 21 Definição veículo com danos graves devido a acidente Um veículo é considerado gravemente acidentado, se existir pelo menos uma das seguintes condições: - Intrusões ou deformações superiores a 5 mm na caixa da bateria de alta voltagem - Veículo encontra-se parcialmente ou por completo na água (pex no porto, rio, canal) - Veículo totalmente ou parcialmente incendiado 3 Salvar & resgatar 31 Assegurar sistema de alta tensão Ao separar a ligação de ficha do terminal de salvamento de alta voltagem e desligar a bateria de 12 V (pólo negativo), o sistema de alta voltagem deve ser desligado (modo de procedimento, ver o cartão de resgate) Aquando do disparo do airbag pode-se supor a desactivação do sistema de alta voltagem O toque nos componentes de alta tensão e cabos de

38 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 38 of 68 alta tensão deve ser evitado regra geral Fitas de ligação à massa (compensação de potencial) dos componentes de alta tensão não podem ser separadas A isenção de tensão pode ser lida no grupo de instrumentos (a bateria de 12 V ainda tem de estar conectada) ou pode ser determinada por um electricista através de medições específicas 311 Desactivar sistema de alta tensão (comutar para isento de tensão) Por baixo do capot encontram-se terminais de salvamento de alta voltagem e a bateria de 12 V Ao separar a ligação de ficha do terminal de salvamento de alta voltagem e desconectar a bateria de 12 V (pólo negativo), o sistema de alta voltagem é desativado (ver o cartão de resgate) Se não for possível aceder ao terminal de salvamento de alta voltagem por baixo do capot, a desconexão do sistema de alta voltagem pode ser executada nas grandes fichas de alta voltagem do sistema electrónico das máquinas eléctricas na bagageira por baixo da tampa de acesso A desactivação do sistema de alta voltagem deve ser realizada puxando (1) a ficha pequena Ver capítulo seguinte, subponto Determinar liberdade de tensão Um sistema de alta voltagem desactivado é detectável na mensagem do Check Control "Sistema de alta tensão desactivado" no grupo de instrumentos Indicação: Para a indicação tem de estar conectada a bateria de 12 V e deve ser realizada a mudança de bornes (desligar e ligar novamente o veículo através da tecla Start/Stop) Se não for possível determinar a liberdade de tensão com a indicação dos instrumentos, a liberdade de tensão pode ser determinada por um electricista com equipamento de protecção pessoal com as seguintes medições Operações: 1 Desligar veículo Através do botão START-STOP retirar o veículo do seu estado activo 2 Retirar chave do veículo para fora do veículo 3 Abrir porta da bagageira 4 Desconectar a bateria de 12 V

39 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 39 of 68 5 Retirar cobertura do chão da bagageira 6 Retirar tampa de acesso Para isso soltar 8 parafusos (setas) e retirar cobertura do compartimento do motor Por baixo da abertura encontra-se do lado esquerdo o sistema electrónico das máquinas eléctricas (1) com a máquina eléctrica que se encontra por baixo e do lado direito (caso instalado) o Range-Extender (2)

40 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 40 of 68 7 Desconectar ficha de alta tensão Pressionar o bloqueio na ficha (1) da ficha de alta tensão (2) e retirar ficha (1) Retirar bloqueio (1) da ficha de alta tensão (2) em sentido da seta até ao batente

41 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 41 of 68 Retirar para cima a ficha de alta tensão (1) 8 Medir liberdade de tensão na ficha de alta tensão O cabo de alta tensão desconectado está conectado directamente na bateria de alta voltagem Ao medir deve observar, que os contactos sejam alcançados com as pontas de medição

42 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 42 of 68 Noutro passo pode ser medido em ambos os contactos para a caixa do sistema electrónico da máquina eléctrica As caixas de todos os componentes alta voltagem estão conectadas por cabos de compensação de potencial através da massa (módulo de condução de alumínio) Se existir um potencial de alta voltagem nas caixas ou massa devido a danos, este pode ser medido Se não for medida nenhuma tensão, é provável que o sistema não é fonte de perigo 9 Ligação da ficha de alta tensão Para excluir outro tratamento de eliminação de falhas, a ficha de alta tensão deve ser ligada e bloqueada novamente A ficha pequena (desconexão HV) não deve ser reconectada 10 Fechar compartimento do motor com tampa de acesso 32 Incêndio no veículo Basicamente devem ser observadas todas as indicações legais relativas a um incêndio no veículo Numa reacção da bateria de alta voltagem de iões de lítio, accionada por um incêndio no veículo, não ocorre nenhuma

43 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 43 of 68 explosão Ocorre uma reacção térmica rápida Aconselha-se uma monitorização da bateria de alta voltagem com uma câmara de imagem térmica As pessoas aprisionadas podem ser libertadas mediante a utilização do respectivo equipamento de protecção dos bombeiros O BMW I01 é constituído por um habitáculo em fibra carbónica num módulo de condução em alumínio As fibras carbónicas não são inflamáveis Como estas fibras estão revestidas a resina, em temperaturas elevadas a resina pode incendiar Deve observar, que um incêndio leva ao enfraquecimento da estrutura do veículo O veículo, após incêndio, é constituído apenas pela estrutura do módulo de condução Ao resgatar deve ser considerado o capítulo 323! - Equipamento de protecção pessoal analógico num incêndio do veículo! - Pode ocorrer um risco eléctrico mesmo após o incêndio! 321 Extinção Num incêndio a bateria de alta voltagem deve ser refrigerada com muita água, para evitar mais reacções na bateria de alta voltagem Durante o processo de extinção podem ocorrer no interior da bateria de alta voltagem acontecimentos audíveis Estes provêm das válvulas de segurança dos elementos da bateria Não apresenta nenhum risco Estes acontecimentos audíveis podem ocorrer também depois de apagar o incêndio no veículo - BGI/GUV-I 8677 Riscos eléctricos no local de utilização - Durante a extinção, observar a seguinte distância de segurança \n 1 m - Jacto de névoa 5 m - Jacto cheio 322 determinar liberdade de tensão no veículo queimado Pode existir um potencial de risco eléctrico mesmo após o incêndio O isolamento dos cabos de alta tensão pode ter ficado danificado ou mesmo solto pelo calor Nestes casos deve-se aproximar do veículo apenas com equipamento de protecção pessoal Tal como descrito no capítulo 312, subponto 8, aqui também é medida a ausência de tensão em ambos os cabos No próximo passo é medido a partir dos dois cabos para a caixa da bateria de alta voltagem Se necessário, podem ser medidos outros cabos na área dianteira do veículo Se ainda existe um potencial de tensão, os cabos de alta tensão que saem da bateria de alta voltagem da bateria de alta voltagem Devem ser isolados os cabos de cobre e devem ser separados individualmente para evitar um curto-circuito No seguimento deve ser medido um curto-circuito contra a terra Indicação: Os cabos de alta tensão da bateria de alta voltagem são reconhecíveis através da sua secção transversal maior Caso o isolamento derreter devido ao incêndio, são detectáveis apenas os cabos de cobre 323 Procedimento resíduos do incêndio no veículo Os resíduos do incêndio devem ser eliminados utilizando o equipamento de protecção pessoal Em caso de incêndio pode ocorrer uma colagem da bateria de alta voltagem à faixa de rodagem devido à elevada temperatura Neste caso, não devem ser utilizados objectos metálicos, para soltar a bateria de alta voltagem do piso Como a estrutura de fibra carbónica não apresenta resistência, o veículo é levantado directamente por baixo da bateria de alta voltagem A elevação pelas rodas não provoca o efeito desejado A unidade de accionamento seria arrancada ara fora A unidade de accionamento (eixo dianteiro/eixo traseiro) separar-se-ia do módulo Life Os resíduos do veículo devem ser soltos com cunhas em material não condutor (p ex madeira seca) do piso Para além disso, a bateria de alta voltagem deve ser alicerçada com um material não condutor, de forma a possibilitar a utilização de cintas de elevação Se estiver disponível um empilhador, este pode levantar a bateria de alta voltagem (com apoio isolante entre a bateria de alta voltagem e o garfo de elevação) e o veículo Os resíduos do veículo podem ser carregados para um camião, com um isolamento na superfície de carga, e tapados com uma cobertura não condutora Deve ser afixada uma marcação adequada indicadora de alta voltagem (plaqueta de advertência) O primeiro contacto com os resíduos do veículo com bateria de alta voltagem danificada está assegurado pelo legislação de resgate 33 Veículo dentro e por baixo de água Ao puxar a ficha de protecção de alta voltagem e desconectar a bateria 12 V (pólo negativo), o sistema de alta voltagem deve ser desconectado depois de resgatar o veículo da água Aquando do disparo do airbag pode-se supor a desactivação do sistema de alta voltagem O toque nos componentes de alta tensão e cabos de alta tensão deve ser evitado regra geral Após resgate da água: - Observar veículo - Colocar o veículo ao ar livre longe de materiais inflamáveis! - Assegurar o acesso livre para os bombeiros

44 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 44 of Bateria de alta voltagem fraccionada ou separada do veículo A tensão dentro da bateria de alta voltagem em princípio não pode ser desactivada Contudo, o interior da bateria de alta voltagem do BMW I01 está concebido de modo intrinsecamente seguro Este inclui, entre outros, uma protecção contra contacto Todos os cabos de alta tensão são encaixáveis e cor-de-laranja Devido à bateria de alta voltagem danificada, deve-se supor uma protecção contra toque danificada Neste caso improvável deve-se supor riscos eléctricos e térmicos provenientes da bateria de alta voltagem Deve usarse um equipamento de protecção pessoal adequado Os componentes da bateria de alta voltagem devem ser levantados do piso com material isolante Se determinados componentes estão unidos por cabos individuais, recomenda-se, se necessário, a desconexão ou separação dos cabos Desconectar ou separar os cabos individualmente para evitar curto-circuitos perigosos Os componentes podem ser carregados para um camião, com base isolante na superfície de carga, e tapados com uma cobertura não condutora Colocar uma placa de aviso de alta tensão O primeiro contacto com os resíduos do veículo com bateria de alta voltagem danificada está assegurado pelo legislação de resgate 4 Rebocar Ao rebocar um veículo pesado devem ser observados os seguintes pontos: - Observar indicações relativas ao reboque no guia de emergência e ficha de dados de salvamento ou manual de instruções do veículo - O reboque apenas pode ser realizado por pessoas instruídas - O sistema de alta tensão deve ser desconectado antes do transporte (tornar isento de tensão) - Devem ser usadas cintas de retenção e dispositivos de elevação não condutores - Devem ser mantidas longe as pessoas não instruídas - Se um veículo não se suportar em cima das próprias rodas, deve ser usado um material isolante apropriado A carroçaria do veículo não pode estar em contacto metálico com a superfície de carga - Os componente da bateria de alta voltagem podem ser carregados para um camião, com base isolante na superfície de carga, e tapados com uma cobertura não condutora - O veículo deve ser protegido suficientemente para evitar danos adicionais ao mover a bateria de alta voltagem - Se ainda for possível reparar o veículo, este deve ser transportado, se possível, para o concessionário BMW mais próximo O veículo não pode ser puxado ou rebocado O transporte apenas é possível num veículo transportador Todas as

45 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 45 of 68 outras variantes de reboque são proibidas É possível puxar por breves instantes o veículo para fora da zona de perigo Recomenda-se uma protecção do veículo através das rodas Ao levantar o veículo, as áreas com margem vermelha, não devem ser utilizadas como zona de apoio (excepção caso de incêndio) Guia para especialistas BMW I12 1 Introdução Estas instruções de procedimento devem ser usadas após um acidente grave, quando os socorristas estiverem na

46 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 46 of 68 dúvida relativamente ao estado do sistema de alta tensão Devem ser observadas as directivas específicas do país Se existir a suspeita a prória segurança do veículo é inexistente e existe risco para os socorristas, deve ser chamado um electricista pela linha de apoio ao local do acidente Em caso de acidentes graves, em que não se pode excluir danos na bateria de alta tensão, a bateria de alta tensão é desconectada automaticamente do sistema de alta tensão Segundo especificação da BMW, o veículo tem de ser examinado pelo pessoal técnico especializado devidamente qualificado, antes de ser sujeito a um tratamento posterior (p ex, reparação, reciclagem) O sistema de alta tensão deve ser considerado seguro No caso de ocorrer um disparo do airbag, existem dois mecanismos de desactivação no veículo que desligam o sistema de alta voltagem A desactivação é feita através da separação do borne de segurança da bateria no pólo positivo de 12 V da bateria, bem como através de uma mensagem CAN que separa a alimentação eléctrica dos contactores da bateria de alta voltagem e que leva à desactivação do sistema O sistema de alta voltagem (rede de tecnologia da informação) é constituído por dois circuitos eléctricos separados (HV+, HV-), que estão completamente desacoplados da rede de bordo de 12 V A massa eléctrica (-) não tem potencial de alta voltagem Apenas as caixas dos componentes estão conectadas à massa para compensação de potencial Para induzir uma situação de risco eléctrico é necessário ligar os circuitos negativo e positivo de alta voltagem (HV) em ponte Se não se tocar em cabos de alta tensão danificados (cabos cor-de-laranja) ou em componentes de alta voltagem, fica excluído o risco de um choque eléctrico Atenção: As instruções descritas de seguida destinam-se a ser utilizadas exclusivamente pela BMW I12 2 Básicos 21 Definição veículo com danos graves devido a acidente Um veículo é considerado gravemente acidentado, se existir pelo menos uma das seguintes condições: - Intrusões ou deformações superiores a 5 mm na caixa da bateria de alta voltagem - Veículo encontra-se parcialmente ou por completo na água (pex no porto, rio, canal) - Veículo totalmente ou parcialmente incendiado 3 Salvar & resgatar 31 Assegurar sistema de alta tensão Ao separar a ligação de ficha do terminal de salvamento de alta voltagem e desligar a bateria de 12 V (pólo negativo), o sistema de alta voltagem deve ser desligado (modo de procedimento, ver o cartão de resgate) Aquando do disparo do airbag pode-se supor a desactivação do sistema de alta voltagem O toque nos componentes de alta tensão e cabos de alta tensão deve ser evitado regra geral Fitas de ligação à massa (compensação de potencial) dos componentes de alta tensão não podem ser separadas A isenção de tensão pode ser lida no grupo de instrumentos (a bateria de 12 V ainda tem de estar conectada) 311 Desactivar sistema de alta tensão (comutar para isento de tensão) Por baixo do capot encontram-se terminais de salvamento de alta voltagem e a bateria de 12 V (ver o cartão de resgate) Ao separar a ligação de ficha do terminal de salvamento de alta voltagem e desconectar a bateria de 12 V (pólo negativo), o sistema de alta voltagem é desativado (ver o cartão de resgate) Terminal de salvamento de alta voltagem fechado

47 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 47 of 68 Terminal de salvamento de alta voltagem aberto 312 Determinar liberdade de tensão Um sistema de alta voltagem desactivado é detectável na mensagem do Check Control "Sistema de alta tensão desactivado" no grupo de instrumentos Indicação: Para a indicação tem de estar conectada a bateria de 12 V e deve ser realizada a mudança de bornes (desligar e ligar novamente o veículo através da tecla Start/Stop) 32 Incêndio no veículo Basicamente devem ser observadas todas as indicações legais relativas a um incêndio no veículo Numa reacção da bateria de alta voltagem de iões de lítio, accionada por um incêndio no veículo, não ocorre nenhuma explosão Ocorre uma reacção térmica rápida Aconselha-se uma monitorização da bateria de alta voltagem com uma câmara de imagem térmica As pessoas aprisionadas podem ser libertadas mediante a utilização do respectivo equipamento de protecção dos bombeiros O BMW I12 é constituído por um habitáculo em fibra carbónica As fibras carbónicas não são inflamáveis Como estas fibras estão revestidas a resina, em temperaturas elevadas a resina pode incendiar Deve observar, que um incêndio leva ao enfraquecimento da estrutura do veículo O veículo, após incêndio, é constituído apenas pela estrutura do módulo de condução Ao resgatar deve ser considerado o capítulo 323! - Equipamento de protecção pessoal analógico num incêndio do veículo! - Pode ocorrer um risco eléctrico mesmo após o incêndio! 321 Extinção

48 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 48 of 68 Num incêndio a bateria de alta voltagem deve ser refrigerada com muita água, para evitar mais reacções na bateria de alta voltagem Durante o processo de extinção podem ocorrer no interior da bateria de alta voltagem acontecimentos audíveis Estes provêm das válvulas de segurança dos elementos da bateria Não apresenta nenhum risco Estes acontecimentos audíveis podem ocorrer também depois de apagar o incêndio no veículo - BGI/GUV-I 8677 Riscos eléctricos no local de utilização - Durante a extinção, observar a seguinte distância de segurança \n 1 m - Jacto de névoa 5 m - Jacto cheio 322 determinar liberdade de tensão no veículo queimado Pode existir um potencial de risco eléctrico mesmo após o incêndio O isolamento dos cabos de alta tensão pode ter ficado danificado ou mesmo solto pelo calor Nestes casos deve-se aproximar do veículo apenas com equipamento de protecção pessoal Depois de concluídos os trabalhos de extinção de incêndio, separar os cabos de alta tensão, caso estejam acessíveis, que saem da bateria de alta voltagem, da mesma Devem ser isolados os cabos de cobre e devem ser separados individualmente para evitar um curto-circuito No seguimento deve ser medido um curto-circuito contra a terra Indicação: Os cabos de alta tensão são identificáveis pela sua secção transversal consideravelmente maior Se o isolamento tiver derretido devido ao incêndio, são identificáveis apenas os cabos de cobre Posição dos componentes de alta voltagem 323 Procedimento resíduos do incêndio no veículo Os resíduos do incêndio devem ser eliminados utilizando o equipamento de protecção pessoal Em caso de incêndio pode ocorrer uma colagem da bateria de alta voltagem à faixa de rodagem devido à elevada temperatura Neste caso, não devem ser utilizados objectos metálicos, para soltar a bateria de alta voltagem do piso Como a estrutura de fibra carbónica não apresenta resistência, o veículo é levantado directamente por baixo da bateria de alta voltagem A elevação pelas rodas não provoca o efeito desejado A unidade de accionamento (eixo dianteiro/eixo traseiro) separar-se-ia do módulo Life Os resíduos do veículo devem ser soltos com cunhas em material não condutor (p ex madeira seca) do piso Para além disso, a bateria de alta voltagem deve ser alicerçada com um material não condutor, de forma a possibilitar a utilização de cintas de elevação Se estiver disponível um empilhador, este pode levantar a bateria de alta voltagem (com apoio isolante entre a bateria de alta voltagem e o garfo de elevação) e o veículo Os resíduos do veículo podem ser carregados para um camião, com um isolamento na superfície de carga, e tapados com uma cobertura não condutora Deve ser afixada uma marcação adequada indicadora de alta voltagem (plaqueta de advertência)

49 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 49 of 68 O primeiro contacto com os resíduos do veículo com bateria de alta voltagem danificada está assegurado pelo legislação de resgate 33 Veículo dentro e por baixo de água Ao puxar a ficha de protecção de alta voltagem e desconectar a bateria 12 V (pólo negativo), o sistema de alta voltagem deve ser desconectado depois de resgatar o veículo da água Aquando do disparo do airbag pode-se supor a desactivação do sistema de alta voltagem O toque nos componentes de alta tensão e cabos de alta tensão deve ser evitado regra geral Após resgate da água: - Observar veículo - Colocar o veículo ao ar livre longe de materiais inflamáveis! - Assegurar o acesso livre para os bombeiros 34 Bateria de alta voltagem fraccionada ou separada do veículo A tensão dentro da bateria de alta voltagem em princípio não pode ser desactivada Contudo, o interior da bateria de alta voltagem do BMW I12 está concebido de modo intrinsecamente seguro Este inclui, entre outros, uma protecção contra contacto Todos os cabos de alta tensão são encaixáveis e cor-de-laranja Devido à bateria de alta voltagem danificada, deve-se supor uma protecção contra toque danificada Neste caso improvável deve-se supor riscos eléctricos e térmicos provenientes da bateria de alta voltagem Deve usarse um equipamento de protecção pessoal adequado Os componentes da bateria de alta voltagem devem ser levantados do piso com material isolante Se determinados componentes estão unidos por cabos individuais, recomenda-se, se necessário, a desconexão ou separação dos cabos Desconectar ou separar os cabos individualmente para evitar curto-circuitos perigosos Os componentes podem ser carregados para um camião, com base isolante na superfície de carga, e tapados com uma cobertura não condutora Colocar uma placa de aviso de alta tensão O primeiro contacto com os resíduos do veículo com bateria de alta voltagem danificada está assegurado pelo legislação de resgate 4 Rebocar Ao rebocar um veículo pesado devem ser observados os seguintes pontos: - Observar indicações relativas ao reboque no guia de emergência e ficha de dados de salvamento ou manual de instruções do veículo - O reboque apenas pode ser realizado por pessoas instruídas - O sistema de alta tensão deve ser desconectado antes do transporte (tornar isento de tensão) - Devem ser usadas cintas de retenção e dispositivos de elevação não condutores - Devem ser mantidas longe as pessoas não instruídas - Se um veículo não se suportar em cima das próprias rodas, deve ser usado um material isolante apropriado A carroçaria do veículo não pode estar em contacto metálico com a superfície de carga - Os componente da bateria de alta voltagem podem ser carregados para um camião, com base isolante na superfície de carga, e tapados com uma cobertura não condutora - O veículo deve ser protegido suficientemente para evitar danos adicionais ao mover a bateria de alta voltagem - Se ainda for possível reparar o veículo, este deve ser transportado, se possível, para o concessionário BMW mais próximo

50 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 50 of 68 O veículo não pode ser puxado ou rebocado O transporte apenas é possível num veículo transportador Todas as outras variantes de reboque são proibidas É possível puxar por breves instantes o veículo para fora da zona de perigo Recomenda-se uma protecção do veículo através das rodas Ao levantar o veículo, as áreas com margem vermelha, não devem ser utilizadas como zona de apoio (excepção caso de incêndio) Guia para especialistas BMW 530Le F18PHEV

51 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 51 of 68 1 Introdução Estas instruções de procedimento devem ser usadas após um acidente grave, quando os socorristas estiverem na dúvida relativamente ao estado do sistema de alta tensão Devem ser observadas as directivas específicas do país Se existir a suspeita a prória segurança do veículo é inexistente e existe risco para os socorristas, deve ser chamado um electricista pela linha de apoio ao local do acidente Em caso de acidentes graves, em que não se pode excluir danos na bateria de alta tensão, a bateria de alta tensão é desconectada automaticamente do sistema de alta tensão Segundo especificação da BMW, o veículo tem de ser examinado pelo pessoal técnico especializado devidamente qualificado, antes de ser sujeito a um tratamento posterior (p ex, reparação, reciclagem) O sistema de alta tensão deve ser considerado seguro No caso de ocorrer um disparo do airbag, existem dois mecanismos de desactivação no veículo que desligam o sistema de alta voltagem A desactivação é feita através da separação do borne de segurança da bateria no pólo positivo de 12 V da bateria, bem como através de uma mensagem CAN que separa a alimentação eléctrica dos contactores da bateria de alta voltagem e que leva à desactivação do sistema O sistema de alta voltagem (rede de tecnologia da informação) é constituído por dois circuitos eléctricos separados (HV+, HV-), que estão completamente desacoplados da rede de bordo de 12 V A massa eléctrica (-) não tem potencial de alta voltagem Apenas as caixas dos componentes estão conectadas à massa para compensação de potencial Para induzir uma situação de risco eléctrico é necessário ligar os circuitos negativo e positivo de alta voltagem (HV) em ponte Se não se tocar em cabos de alta tensão danificados (cabos cor-de-laranja) ou em componentes de alta voltagem, fica excluído o risco de um choque eléctrico Atenção: As instruções descritas de seguida destinam-se a ser utilizadas exclusivamente pela BMW F18PHEV 2 Básicos 21 Modelo da viatura O BMW 530Le é um chamado veículo híbrido eléctrico plug-in (PHEV)A sigla PHEV significa "Plug-in Hybrid Electric Vehicle", um veículo a motor com transmissão híbrida, cuja bateria de alta voltagem pode adicionalmente ser carregada externamente pela rede eléctrica 22 Definição veículo com danos graves devido a acidente Um veículo é considerado gravemente acidentado, se existir pelo menos uma das seguintes condições: - Intrusões ou deformações superiores a 5 mm na caixa da bateria de alta voltagem - Veículo encontra-se parcialmente ou por completo na água (pex no porto, rio, canal) - Veículo totalmente ou parcialmente incendiado 3 Salvar & resgatar 31 Assegurar sistema de alta tensão Ao separar a ligação de ficha do terminal de salvamento de alta voltagem e desligar as baterias de 12 V (pólo negativo), o sistema de alta voltagem deve ser desligado (modo de procedimento, ver o cartão de resgate) Aquando do disparo do airbag pode-se supor a desactivação do sistema de alta voltagem O toque nos componentes de alta tensão e cabos de alta tensão deve ser evitado regra geral Fitas de ligação à massa (compensação de potencial) dos componentes de alta tensão não podem ser separadas A isenção de tensão pode ser lida no grupo de instrumentos (as baterias de 12 V ainda têm de estar conectadas) ou pode ser determinada por um electricista através de medições específicas 311 Desactivar sistema de alta tensão (comutar para isento de tensão) Na bagageira encontra-se o chamado Service Disconnect (ficha de protecção de alta voltagem) (local de instalação:do lado direito, atrás do revestimento do compartimento da mala), bem como as duas baterias de 12 V (bateria de bordo e bateria auxiliar)

52 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 52 of 68 A desactivação do sistema de alta voltagem é feita através de: - Destrancamento da ligação de ficha (retirar ficha de protecção de alta voltagem puxando no sentido da seta) do terminal de salvamento de alta voltagem (consultar gráfico), bem como - Desligamento da bateria de 12 V no pólo negativo (ver o cartão de resgate) Se o terminal de salvamento de alta voltagem não estiver acessível na bagageira, a desactivação do sistema de alta voltagem pode ser feita na ficha grande da bateria de alta voltagem por trás do banco traseiro Posição de montagem da bateria de alta voltagem atrás do banco traseiro A desactivação do sistema de alta voltagem deve ser realizada puxando a ficha pequena (Interlock do sistema de alta voltagem) (consultar o capítulo 312, subponto 8)

53 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 53 of Determinar liberdade de tensão Um sistema de alta voltagem desactivado é detectável na mensagem "Sistema de alta tensão desactivado" no grupo de instrumentos Indicação: Para a indicação têm de estar conectadas as baterias de 12 V e deve ser realizada a mudança de bornes (desligar e ligar novamente o veículo através da tecla Start/Stop) Se não for possível determinar a ausência de tensão com a indicação dos instrumentos (sem mensagem), a ausência de tensão pode ser determinada por um electricista com equipamento de protecção pessoal, através das seguintes medições Operações: 1 Desligar veículo Através do botão START-STOP retirar o veículo do seu estado activo 2 Retirar chave do veículo para fora do veículo 3 Abrir porta da bagageira 4 Desligar as baterias de 12 V Posições de montagem das baterias de 12 V - do lado direito, atrás do revestimento do compartimento da mala (bateria auxiliar) - central, por baixo da chapeleira (bateria de bordo)

54 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 54 of 68 5 Retirar a ficha pequena (ficha de protecção de alta voltagem) no terminal de salvamento de alta voltagem, puxando-a 6 Desmontagem do banco traseiro agarrando-o por baixo e puxando com força 7 Desmontagem do encosto do banco traseiro

55 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 55 of 68 - Soltar as uniões roscadas (Torx T50) - Desengatar o encosto do banco traseiro elevando-o Por trás do encosto do banco traseiro encontra-se a bateria de alta voltagem

56 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 56 of 68 8 Desconectar ficha de alta voltagem - Retirar o fusível "Interlock HV" (1) - Extrair o bloqueio (2) no sentido da seta até ao batente - Retirar a ficha de alta voltagem (3) 9 Medir a ausência de tensão na ficha de alta voltagem O cabo de alta tensão desconectado está conectado directamente na bateria de alta voltagem Ao medir deve observar, que os contactos sejam alcançados com as pontas de medição Noutro passo, pode ser medida em ambos os contactos em relação à caixa da bateria de alta voltagem As caixas de

57 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 57 of 68 todos os componentes alta voltagem estão conectadas por cabos de compensação de potencial através da massa Se existir um potencial de alta voltagem nas caixas ou massa devido a danos, este pode ser medido Se não for medida nenhuma tensão, é provável que o sistema não é fonte de perigo 10 Ligação da ficha de alta tensão Para excluir outro tratamento de eliminação de falhas, a ficha de alta tensão deve ser ligada e bloqueada novamente Nesse processo, a ficha pequena (Interlock HV) não deve ser novamente conectada 32 Incêndio no veículo Basicamente devem ser observadas todas as indicações legais relativas a um incêndio no veículo Numa reacção da bateria de alta voltagem de iões de lítio, accionada por um incêndio no veículo, não ocorre nenhuma explosão Ocorre uma reacção térmica rápida Aconselha-se uma monitorização da bateria de alta voltagem com uma câmara de imagem térmica As pessoas aprisionadas podem ser libertadas mediante a utilização do respectivo equipamento de protecção dos bombeiros Tal como no caso dos veículos convencionais, em caso de incêndio no veículo pode formar-se fumo de combustão nocivo (p ex, devido a plástico queimado) - Equipamento de protecção pessoal analógico num incêndio do veículo! - Pode ocorrer um risco eléctrico mesmo após o incêndio! 321 Extinção Num incêndio a bateria de alta voltagem deve ser refrigerada com muita água, para evitar mais reacções na bateria de alta voltagem Durante o processo de extinção podem ocorrer no interior da bateria de alta voltagem acontecimentos audíveis Estes provêm das válvulas de segurança dos elementos da bateria Não apresenta nenhum risco Estes acontecimentos audíveis podem ocorrer também depois de apagar o incêndio no veículo - BGI/GUV-I 8677 Riscos eléctricos no local de utilização - Durante a extinção, observar a seguinte distância de segurança:\n 1 m - Jacto de névoa 5 m - Jacto cheio 322 determinar liberdade de tensão no veículo queimado Pode existir um potencial de risco eléctrico mesmo após o incêndio O isolamento dos cabos de alta tensão pode ter ficado danificado ou mesmo solto pelo calor Nestes casos deve-se aproximar do veiculo apenas com equipamento de protecção pessoal Tal como descrito no capítulo 312, subponto 9, aqui também é medida a ausência de tensão em ambos os cabos No próximo passo é medido a partir dos dois cabos para a caixa da bateria de alta voltagem Se necessário, podem ser medidos outros cabos na área dianteira do veículo Se ainda existe um potencial de tensão, os cabos de alta tensão que saem da bateria de alta voltagem da bateria de alta voltagem Devem ser isolados os cabos de cobre e devem ser separados individualmente para evitar um curto-circuito No seguimento deve ser medido um curto-circuito contra a

58 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 58 of 68 terra Indicação: Os cabos de alta tensão da bateria de alta voltagem são reconhecíveis através da sua secção transversal maior Caso o isolamento derreter devido ao incêndio, são detectáveis apenas os cabos de cobre 33 Veículo dentro e por baixo de água Ao puxar a ficha de protecção de alta voltagem e desligar as baterias de 12 V (pólo negativo), o sistema de alta voltagem deve ser desconectado depois de resgatar o veículo da água Aquando do disparo do airbag pode-se supor a desactivação do sistema de alta voltagem O toque nos componentes de alta tensão e cabos de alta tensão deve ser evitado regra geral Após resgate da água: - Observar veículo - Colocar o veículo ao ar livre longe de materiais inflamáveis! - Assegurar o livre acesso para os bombeiros 34 Bateria de alta voltagem fraccionada ou separada do veículo A tensão dentro da bateria de alta voltagem em princípio não pode ser desactivada Contudo, o interior da bateria de alta voltagem está concebido de modo intrinsecamente seguro Este inclui, entre outros, uma protecção contra contacto Todos os cabos de alta tensão são encaixáveis e cor-de-laranja Devido à bateria de alta voltagem danificada, deve-se supor uma protecção contra toque danificada Neste caso improvável deve-se supor riscos eléctricos e térmicos provenientes da bateria de alta voltagem Deve usarse um equipamento de protecção pessoal adequado Os componentes da bateria de alta voltagem devem ser levantados do piso com material isolante Se determinados componentes estão unidos por cabos individuais, recomenda-se, se necessário, a desconexão ou separação dos cabos Desconectar ou separar os cabos individualmente para evitar curto-circuitos perigosos Os componentes podem ser carregados para um camião, com base isolante na superfície de carga, e tapados com uma cobertura não condutora Colocar uma placa de aviso de alta tensão O primeiro contacto com os resíduos do veículo com bateria de alta voltagem danificada está assegurado pelo legislação de resgate 4 Rebocar Ao rebocar um veículo pesado devem ser observados os seguintes pontos: - Observar indicações relativas ao reboque no guia de emergência e ficha de dados de salvamento ou manual de instruções do veículo - O reboque apenas pode ser realizado por pessoas instruídas - O sistema de alta tensão deve ser desconectado antes do transporte (tornar isento de tensão) - Devem ser usadas cintas de retenção e dispositivos de elevação não condutores - Devem ser mantidas longe as pessoas não instruídas - Se um veículo não se suportar em cima das próprias rodas, deve ser usado um material isolante apropriado A carroçaria do veículo não pode estar em contacto metálico com a superfície de carga - Os componente da bateria de alta voltagem podem ser carregados para um camião, com base isolante na superfície de carga, e tapados com uma cobertura não condutora - O veículo deve ser protegido suficientemente para evitar danos adicionais ao mover a bateria de alta voltagem - Se ainda for possível reparar o veículo, este deve ser transportado, se possível, para o concessionário BMW mais próximo

59 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 59 of 68 O veículo não pode ser puxado ou rebocado O transporte apenas é possível num veículo transportador Todas as outras variantes de reboque são proibidas É possível puxar por breves instantes o veículo para fora da zona de perigo Recomenda-se uma protecção do veículo através das rodas Ao levantar o veículo, as áreas com margem vermelha, não devem ser utilizadas como zona de apoio (excepção caso de incêndio) Guia para especialistas BMW F15PHEV 1 Introdução

60 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 60 of 68 Estas instruções de procedimento devem ser usadas após um acidente grave, quando os socorristas estiverem na dúvida relativamente ao estado do sistema de alta tensão Devem ser observadas as directivas específicas do país Se existir a suspeita a prória segurança do veículo é inexistente e existe risco para os socorristas, deve ser chamado um electricista pela linha de apoio ao local do acidente Em caso de acidentes graves, em que não se pode excluir danos na bateria de alta tensão, a bateria de alta tensão é desconectada automaticamente do sistema de alta tensão Segundo especificação da BMW, o veículo tem de ser examinado pelo pessoal técnico especializado devidamente qualificado, antes de ser sujeito a um tratamento posterior (p ex, reparação, reciclagem) O sistema de alta tensão deve ser considerado seguro No caso de ocorrer um disparo do airbag, existem dois mecanismos de desactivação no veículo que desligam o sistema de alta voltagem A desactivação é feita através da separação do borne de segurança da bateria no pólo positivo de 12 V da bateria, bem como através de uma mensagem CAN que separa a alimentação eléctrica dos contactores da bateria de alta voltagem e que leva à desactivação do sistema O sistema de alta voltagem (rede de tecnologia da informação) é constituído por dois circuitos eléctricos separados (HV+, HV-), que estão completamente desacoplados da rede de bordo de 12 V A massa eléctrica (-) não tem potencial de alta voltagem Apenas as caixas dos componentes estão conectadas à massa para compensação de potencial Para induzir uma situação de risco eléctrico é necessário ligar os circuitos negativo e positivo de alta voltagem (HV) em ponte Se não se tocar em cabos de alta tensão danificados (cabos cor-de-laranja) ou em componentes de alta voltagem, fica excluído o risco de um choque eléctrico Atenção: As instruções descritas de seguida destinam-se a ser utilizadas exclusivamente pela BMW F15PHEV 2 Básicos 21 Modelo da viatura O BMW F15PHEV é um chamado veículo híbrido eléctrico plug-ina sigla PHEV significa "Plug-in Hybrid Electric Vehicle", um veículo a motor com transmissão híbrida, cuja bateria de alta voltagem pode adicionalmente ser carregada externamente pela rede eléctrica 22 Definição veículo com danos graves devido a acidente Um veículo é considerado gravemente acidentado, se existir pelo menos uma das seguintes condições: - Intrusões ou deformações superiores a 5 mm na caixa da bateria de alta voltagem - Veículo encontra-se parcialmente ou por completo na água (pex no porto, rio, canal) - Veículo totalmente ou parcialmente incendiado 3 Salvar & resgatar 31 Assegurar sistema de alta tensão Ao separar a ligação de ficha do terminal de salvamento de alta voltagem e desligar as baterias de 12 V (pólo negativo), o sistema de alta voltagem deve ser desligado (modo de procedimento, ver o cartão de resgate) Aquando do disparo do airbag pode-se supor a desactivação do sistema de alta voltagem O toque nos componentes de alta tensão e cabos de alta tensão deve ser evitado regra geral Fitas de ligação à massa (compensação de potencial) dos componentes de alta tensão não podem ser separadas A isenção de tensão pode ser lida no grupo de instrumentos (as baterias de 12 V ainda têm de estar conectadas) ou pode ser determinada por um electricista através de medições específicas 311 Desactivar sistema de alta tensão (comutar para isento de tensão) Na bagageira encontra-se o chamado Service Disconnect (ficha de protecção de alta voltagem) (local de instalação:do lado direito, atrás do revestimento do compartimento da mala), bem como as duas baterias de 12 V (bateria de bordo e bateria auxiliar) A desactivação do sistema de alta voltagem é feita através de: - Extração da ficha de retenção vermelha (1) e separação puxando a ligação de ficha do terminal de salvamento de alta voltagem (2) (ficha de protecção de alta voltagem), bem como

61 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 61 of 68 - Desligamento das baterias de 12 V no pólo negativo (ver o cartão de resgate) Se o terminal de salvamento de alta voltagem não estiver acessível atrás do revestimento, a desactivação do sistema de alta voltagem pode ser realizada na ficha grande da bateria de alta voltagem (posição de montagem por baixo da cobertura do piso de carga) A desactivação do sistema de alta voltagem deve ser realizada puxando a ficha pequena (Interlock do sistema de alta voltagem) (consultar o capítulo 312, subponto 9) 312 Determinar liberdade de tensão Um sistema de alta voltagem desactivado é detectável na mensagem "Sistema de alta tensão desactivado" no grupo de instrumentos

62 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 62 of 68 Indicação: Para a indicação têm de estar conectadas as baterias de 12 V e deve ser realizada a mudança de bornes (desligar e ligar novamente o veículo através da tecla Start/Stop) Se não for possível determinar a ausência de tensão com a indicação dos instrumentos (sem mensagem), a ausência de tensão pode ser determinada por um electricista com equipamento de protecção pessoal, através das seguintes medições Operações: 1 Desligar veículo Através do botão START-STOP retirar o veículo do seu estado activo 2 Retirar chave do veículo para fora do veículo 3 Abrir a porta da bagageira e levantar a cobertura do piso de carga (1) 4 Retirar as peças de revestimento Depois de levantar a cobertura do piso de carga: - Soltar as molas de expansão (1) e os parafusos (2), retirar o compartimento de arrumo - Abrir o revestimento lateral direito (4)

63 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 63 of 68 5 Desligar a bateria de 12 V no pólo negativo 6 Retirar a ficha de retenção vermelha (1) e extrair a ligação de ficha do terminal de salvamento de alta voltagem (2) (ficha de protecção de alta voltagem) puxando-a 7 Desmontagem do piso de carga: - Levantar a parte dianteira, soltar os parafusos Torx T50 (1), remover o amortecedor (2) e retirar a cobertura do piso de carga (3)

64 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 64 of 68 - Retirar a parte traseira levantando-a, a ficha de alta voltagem (1) fica visível 8 Desconectar ficha de alta voltagem - Retirar o fusível "Interlock HV" (1) - Extrair o bloqueio (2) no sentido da seta até ao batente - Retirar a ficha de alta voltagem (3)

65 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 65 of 68 9 Medir a ausência de tensão na ficha de alta voltagem O cabo de alta tensão desconectado está conectado directamente na bateria de alta voltagem Ao medir deve observar, que os contactos sejam alcançados com as pontas de medição Noutro passo, a tensão é medida em ambos os contactos em relação à caixa do sistema electrónico da máquina eléctrica As caixas de todos os componentes alta voltagem estão conectadas por cabos de compensação de potencial através da massa Se existir um potencial de alta voltagem nas caixas ou massa devido a danos, este pode ser medido

66 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 66 of 68 Se não for medida nenhuma tensão, é provável que o sistema não é fonte de perigo 10 Ligação da ficha de alta tensão Para excluir outro tratamento de eliminação de falhas, a ficha de alta tensão deve ser ligada e bloqueada novamente Nesse processo, a ficha pequena (Interlock HV) não deve ser novamente conectada 32 Incêndio no veículo Basicamente devem ser observadas todas as indicações legais relativas a um incêndio no veículo Numa reacção da bateria de alta voltagem de iões de lítio, accionada por um incêndio no veículo, não ocorre nenhuma explosão Ocorre uma reacção térmica rápida Aconselha-se uma monitorização da bateria de alta voltagem com uma câmara de imagem térmica As pessoas aprisionadas podem ser libertadas mediante a utilização do respectivo equipamento de protecção dos bombeiros Tal como no caso dos veículos convencionais, em caso de incêndio no veículo pode formar-se fumo de combustão nocivo (p ex, devido a plástico queimado) - Equipamento de protecção pessoal analógico num incêndio do veículo! - Pode ocorrer um risco eléctrico mesmo após o incêndio!

67 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 67 of Extinção Num incêndio a bateria de alta voltagem deve ser refrigerada com muita água, para evitar mais reacções na bateria de alta voltagem Durante o processo de extinção podem ocorrer no interior da bateria de alta voltagem acontecimentos audíveis Estes provêm das válvulas de segurança dos elementos da bateria Não apresenta nenhum risco Estes acontecimentos audíveis podem ocorrer também depois de apagar o incêndio no veículo - BGI/GUV-I 8677 Riscos eléctricos no local de utilização - Durante a extinção, observar a seguinte distância de segurança:\n 1 m - Jacto de névoa 5 m - Jacto cheio 322 determinar liberdade de tensão no veículo queimado Pode existir um potencial de risco eléctrico mesmo após o incêndio O isolamento dos cabos de alta tensão pode ter ficado danificado ou mesmo solto pelo calor Nestes casos deve-se aproximar do veiculo apenas com equipamento de protecção pessoal Tal como descrito no capítulo 312, subponto 9, aqui também é medida a ausência de tensão em ambos os cabos No próximo passo é medido a partir dos dois cabos para a caixa da bateria de alta voltagem Se necessário, podem ser medidos outros cabos na área dianteira do veículo Se ainda existe um potencial de tensão, os cabos de alta tensão que saem da bateria de alta voltagem da bateria de alta voltagem Devem ser isolados os cabos de cobre e devem ser separados individualmente para evitar um curto-circuito No seguimento deve ser medido um curto-circuito contra a terra Indicação: Os cabos de alta tensão da bateria de alta voltagem são reconhecíveis através da sua secção transversal maior Caso o isolamento derreter devido ao incêndio, são detectáveis apenas os cabos de cobre 33 Veículo dentro e por baixo de água Ao puxar a ficha de protecção de alta voltagem e desligar as baterias de 12 V (pólo negativo), o sistema de alta voltagem deve ser desconectado depois de resgatar o veículo da água Aquando do disparo do airbag pode-se supor a desactivação do sistema de alta voltagem O toque nos componentes de alta tensão e cabos de alta tensão deve ser evitado regra geral Após resgate da água: - Observar veículo - Colocar o veículo ao ar livre longe de materiais inflamáveis! - Assegurar o livre acesso para os bombeiros 34 Bateria de alta voltagem fraccionada ou separada do veículo A tensão dentro da bateria de alta voltagem em princípio não pode ser desactivada Contudo, o interior da bateria de alta voltagem está concebido de modo intrinsecamente seguro Este inclui, entre outros, uma protecção contra contacto Todos os cabos de alta tensão são encaixáveis e cor-de-laranja Devido à bateria de alta voltagem danificada, deve-se supor uma protecção contra toque danificada Neste caso improvável deve-se supor riscos eléctricos e térmicos provenientes da bateria de alta voltagem Deve usarse um equipamento de protecção pessoal adequado Os componentes da bateria de alta voltagem devem ser levantados do piso com material isolante Se determinados componentes estão unidos por cabos individuais, recomenda-se, se necessário, a desconexão ou separação dos cabos Desconectar ou separar os cabos individualmente para evitar curto-circuitos perigosos Os componentes podem ser carregados para um camião, com base isolante na superfície de carga, e tapados com uma cobertura não condutora Colocar uma placa de aviso de alta tensão O primeiro contacto com os resíduos do veículo com bateria de alta voltagem danificada está assegurado pelo legislação de resgate 4 Rebocar Ao rebocar um veículo pesado devem ser observados os seguintes pontos: - Observar indicações relativas ao reboque no guia de emergência e ficha de dados de salvamento ou manual de instruções do veículo - O reboque apenas pode ser realizado por pessoas instruídas

68 file://c:\users\qx54891\appdata\local\temp\14\dw_temp_qx54891\vul-rel-bm Page 68 of 68 - O sistema de alta tensão deve ser desconectado antes do transporte (tornar isento de tensão) - Devem ser usadas cintas de retenção e dispositivos de elevação não condutores - Devem ser mantidas longe as pessoas não instruídas - Se um veículo não se suportar em cima das próprias rodas, deve ser usado um material isolante apropriado A carroçaria do veículo não pode estar em contacto metálico com a superfície de carga - Os componente da bateria de alta voltagem podem ser carregados para um camião, com base isolante na superfície de carga, e tapados com uma cobertura não condutora - O veículo deve ser protegido suficientemente para evitar danos adicionais ao mover a bateria de alta voltagem - Se ainda for possível reparar o veículo, este deve ser transportado, se possível, para o concessionário BMW mais próximo O veículo não pode ser puxado ou rebocado O transporte apenas é possível num veículo transportador Todas as outras variantes de reboque são proibidas É possível puxar por breves instantes o veículo para fora da zona de perigo Recomenda-se uma protecção do veículo através das rodas Ao levantar o veículo, as áreas com margem vermelha, não devem ser utilizadas como zona de apoio (excepção caso de incêndio) 2015 BMW AG München, Deutschland (Alemanha) Cópia, impressão ou duplicação, mesmo que de excertos, apenas com autorização por escrito da BMW AG München 01/2015

Linhas de orientação de salvamentos. Informação para operadores Novembro de 2013

Linhas de orientação de salvamentos. Informação para operadores Novembro de 2013 Linhas de orientação de salvamentos Informação para operadores Novembro de 2013 2013 BMW AG München, Deutschland (Alemanha) Cópia, impressão ou duplicação, mesmo que de excertos, apenas com autorização

Leia mais

NÃO HÁ DUAS SEM TRÊS: CARTÃO, MANUAL E DIRETRIZES PARA OS SERVIÇOS DE EMERGÊNCIA.

NÃO HÁ DUAS SEM TRÊS: CARTÃO, MANUAL E DIRETRIZES PARA OS SERVIÇOS DE EMERGÊNCIA. NÃO HÁ DUAS SEM TRÊS: CARTÃO, MANUAL E DIRETRIZES PARA OS SERVIÇOS DE EMERGÊNCIA. Diretrizes com uma visão geral. Cartão e manual para os serviços de emergência com instruções detalhadas e vinculativas

Leia mais

Instruções de montagem de uma coluna da direção para:

Instruções de montagem de uma coluna da direção para: TRW Automotive Aftermarket Instruções de montagem de uma coluna da direção para: Renault Clio III PUBLICATION XZB1212PT PERIGO! A unidade de airbag pode acionar-se involuntariamente! A unidade do airbag

Leia mais

Nível 3 Nível Tático; Nível 4 Nível Operacional. Tema 6 Domínio das Situações de Trânsito Tema 7 Controlo do Veículo

Nível 3 Nível Tático; Nível 4 Nível Operacional. Tema 6 Domínio das Situações de Trânsito Tema 7 Controlo do Veículo FICHA TÉCNICA SISTEMAS DE SEGURANÇA PASSIVA Níveis GDE: Nível 3 Nível Tático; Nível 4 Nível Operacional Temas Transversais: Tema 6 Domínio das Situações de Trânsito Tema 7 Controlo do Veículo Síntese informativa:

Leia mais

TROFÉU CLUBE DESPORTIVO NACIONAL PROMERCH PUBLICIDADE 2011 REGULAMENTO TÉCNICO

TROFÉU CLUBE DESPORTIVO NACIONAL PROMERCH PUBLICIDADE 2011 REGULAMENTO TÉCNICO TROFÉU CLUBE DESPORTIVO NACIONAL PROMERCH PUBLICIDADE 2011 REGULAMENTO TÉCNICO 1. TODAS AS VIATURAS DEVERÃO ESTAR OBRIGATORIAMENTE EQUIPADAS COM: 1.1. - Armação de Segurança constituída por: a) Arco Principal:

Leia mais

Instruções de instalação

Instruções de instalação Instruções de instalação Acessórios Cabos de ligação do acumulador da caldeira de aquecimento Para técnicos especializados Ler atentamente antes da montagem. Logano plus GB225-Logalux LT300 6 720 642 644

Leia mais

Manual de Montagem e Utilização Conforme EN 131-3: 2007 (D)

Manual de Montagem e Utilização Conforme EN 131-3: 2007 (D) Manual de Montagem e Utilização Conforme EN 131-3: 2007 (D) Escadas Simples? Escadotes? Escadas Duplas e Triplas Escadas Telescópicas? Torres Multiusos Indice 1. Introdução 2. Informação para o Utilização

Leia mais

3 CC 2010, Passat 2006, Passat CC 2009, Passat Variant 2006

3 CC 2010, Passat 2006, Passat CC 2009, Passat Variant 2006 69 - Protecção para ocupantes 102 CC 2010, Passat 2006, Passat CC 2009, Passat Variant 2006 3 1 Cintos de segurança 1.1 Regras gerais de segurança em trabalhos no airbag, nos pré-tensores dos cintos e

Leia mais

Sistemas de Accionamento Electromecânico

Sistemas de Accionamento Electromecânico Sistemas de Accionamento Electromecânico Comando e protecção de motores Introdução SISTEMAS de ACCIONAMENTO ELECTROMECÂNICO, O que são? Sistemas capazes de converter energia eléctrica em energia mecânica

Leia mais

Este manual de instruções é parte integrante do produto e deve ficar na posse do cliente final. Imagem 1: Vista frontal

Este manual de instruções é parte integrante do produto e deve ficar na posse do cliente final. Imagem 1: Vista frontal Painel de comando e sinalização N.º art. MBT 2424 Manual de instruções 1 Indicações de segurança A instalação e a montagem de aparelhos eléctricos apenas devem ser realizadas por electricistas especializados.

Leia mais

GA-2 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante com dois sensores Instruções de instalação e funcionamento

GA-2 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante com dois sensores Instruções de instalação e funcionamento Labkotec Oy Myllyhaantie 6 FI-33960 PIRKKALA FINLAND Tel: + 358 29 006 260 Fax: + 358 29 006 1260 19.1.2015 Internet: www.labkotec.fi 1/12 GA-2 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante

Leia mais

FUNÇÃO FICHA DE SEGURANÇA EMPILHADORES DE GARFOS

FUNÇÃO FICHA DE SEGURANÇA EMPILHADORES DE GARFOS FICHA DE SEGURANÇA EMPILHADORES DE GARFOS Fonte: Acedido em http://saudeambiental13.blogspot.pt/ julho 2014 Legenda: 1. Chassis; 2. Contrapeso; 3. Eixo motriz; 4. Eixo de direção; 5. Mastro (que serve

Leia mais

Seminário Mobilidade Eléctrica : o Veículo

Seminário Mobilidade Eléctrica : o Veículo Seminário Mobilidade Eléctrica : o Veículo 8 de Março de 2010 Regulamentação técnica para a aprovação de veículos eléctricos 1 ÍNDICE 1 2 3 4 5 6 7 HOMOLOGAÇÃO DE VEÍCULOS ELÉCTRICOS - ENQUADRAMENTO LEGAL

Leia mais

Cadeira voltada para trás Manual de instruções. Grupo Peso Idade. 0+ 0-13 kg 0-12 m

Cadeira voltada para trás Manual de instruções. Grupo Peso Idade. 0+ 0-13 kg 0-12 m Cadeira voltada para trás Manual de instruções ECE R44 04 Grupo Peso Idade 0+ 0-13 kg 0-12 m 1 !! Obrigado por optar pela BeSafe izi Sleep A BeSafe desenvolveu esta cadeira com todo o cuidado, para proteger

Leia mais

1 Indicações de segurança

1 Indicações de segurança Actuador regulador universal 1 canal, 50-210 W com entrada binária N.º art. 3210 UP Manual de instruções 1 Indicações de segurança A instalação e a montagem de aparelhos eléctricos apenas devem ser realizadas

Leia mais

Dados Técnicos e Equipamentos. Golf Variant

Dados Técnicos e Equipamentos. Golf Variant Dados Técnicos e Equipamentos Golf Variant GOLF VARIANT Motores 1.4 (80cv) 1.4 TSI (122cv) 1.6 TDI (105cv) 2.0 TDI (140cv) Motor, Tipo de motor 4 cilindros, Gasolina 4 cilindros, Gasolina 4 cilindros,

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE AUTOMOBILISMO E KARTING 001 / 2008. VÁLIDA A PARTIR DE 01 de Junho de 2008

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE AUTOMOBILISMO E KARTING 001 / 2008. VÁLIDA A PARTIR DE 01 de Junho de 2008 Ficha Técnica Nº FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE AUTOMOBILISMO E KARTING FICHA TÉCNICA PARA O FIATUNO 45 S FIRE VÁLIDA A PARTIR DE 01 de Junho de 2008 A) Viatura vista de ¾ frente B) Viatura vista de ¾ trás 1

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO TROFÉU DE RESISTÊNCIA DO CLUBE AUTOMÓVEL DE LOUSADA

REGULAMENTO TÉCNICO TROFÉU DE RESISTÊNCIA DO CLUBE AUTOMÓVEL DE LOUSADA REGULAMENTO TÉCNICO TROFÉU DE RESISTÊNCIA DO CLUBE AUTOMÓVEL DE LOUSADA VISA Nº 17/TRF/2015/A em 11/02/2015 ALTERADO EM 15/09/2015 Art. 1 e 16 ALTERADO EM 18/09/2015 ##### 1 #####Os concorrentes, que pretendam,

Leia mais

Ficha Técnica Designação Especificação Especialidade

Ficha Técnica Designação Especificação Especialidade Nº Definir os criterios de aceitação /rejeição das instalações de Eléctricos. Lista de Deficiências - Orgão - Quadro de Serviços omuns A alimentação do Quadro da asa das Máquinas não possui protecção contra

Leia mais

INTRODUÇÃO. Bem-vindo à solução de financiamento automóvel da Locarent.

INTRODUÇÃO. Bem-vindo à solução de financiamento automóvel da Locarent. Project1 24/01/06 14:58 Page 1 INTRODUÇÃO Bem-vindo à solução de financiamento automóvel da Locarent. Este Manual pretende clarificar responsabilidades referentes a eventuais reparações de danos causados

Leia mais

OPEL MOVANO (X62) 112 SINAL DO TRAVÃO DE MÃO TRAVÃO DE MÃO

OPEL MOVANO (X62) 112 SINAL DO TRAVÃO DE MÃO TRAVÃO DE MÃO OPEL MOVANO (X6) SINAL DO TRAVÃO DE MÃO Antes de qualquer intervenção no veículo, deve ser consultada a ficha técnica "Ligações eléctricas". O sinal para o travão de mão está na massa com o travão de mão

Leia mais

ESCOLA DE CONDUÇÃO INVICTA (Conduzir em Segurança)

ESCOLA DE CONDUÇÃO INVICTA (Conduzir em Segurança) Condução consciente A condução consciente e tranquila depende em grande parte de quem está ao volante. Cada um tem a responsabilidade de melhorar a sua segurança e a dos outros. Basta estar atento e guiar

Leia mais

VÁLVULAS DE RETENÇÃO MANUAL DE INSTRUÇÕES E MANUTENÇÃO SÉRIE: R

VÁLVULAS DE RETENÇÃO MANUAL DE INSTRUÇÕES E MANUTENÇÃO SÉRIE: R 22/04/2013 MANUAL DE INSTRUÇÕES E MANUTENÇÃO SÉRIE: R cmo@cmo.es http://www.cmo.es pág. 1 MONTAGEM DESCRIÇÃO Directiva sobre máquinas: DIR 2006/42/CE (MÁQUINAS). Directiva sobre equipamentos sob pressão:

Leia mais

FICHA TÉCNICA CARROCERIA Hatchback em monobloco, 4 lugares, 2 portas AERODINÂMICA Coeficiente aerodinâmico. Cx 0,38

FICHA TÉCNICA CARROCERIA Hatchback em monobloco, 4 lugares, 2 portas AERODINÂMICA Coeficiente aerodinâmico. Cx 0,38 FICHA TÉCNICA CARROCERIA Hatchback em monobloco, 4 lugares, 2 portas AERODINÂMICA Coeficiente aerodinâmico Área frontal Cw x A MOTOR Cx 0,38 2.17 m2 0.82 m2 Dianteiro, transversal, 2.0 litros, 4 cilindros

Leia mais

CINTO DE SEGURANÇA. Engº MARCUS ROMARO, MSc Consultoria Automotiva Fone: (19) 9654.8013 E-Mail: mr.romaro@gmail.com

CINTO DE SEGURANÇA. Engº MARCUS ROMARO, MSc Consultoria Automotiva Fone: (19) 9654.8013 E-Mail: mr.romaro@gmail.com CINTO DE SEGURANÇA SEGURANÇA VEICULAR Durante muito tempo, Segurança e Automóvel não eram considerados parceiros Consumidores, vendedores e usuários não se lembravam disto na ocasião da compra de um veículo

Leia mais

Gama Honda. Conseguir uma identidade única é o que justifica a existência da Honda. Soichiro Honda

Gama Honda. Conseguir uma identidade única é o que justifica a existência da Honda. Soichiro Honda Gama Honda Conseguir uma identidade única é o que justifica a existência da Honda. Soichiro Honda A Honda Portugal, S.A., reserva-se o direito de mudar ou modificar equipamentos, especificações técnicas

Leia mais

THERMOCUT 230/E. Instruções de Serviço

THERMOCUT 230/E. Instruções de Serviço Instruções de Serviço PT CARO CLIENTE! Para poder manusear o aparelho cortador de arame quente THERMOCUT da PROXXON em segurança e de acordo com as regras de funcionamento, solicitamos-lhe que leia atentamente

Leia mais

Marcação máxima. Observar as informações na placa de características. II 1/2 G. Ex d + e/d IIC Ga/Gb I M 1. Ex d + e I Ma. Certificado Conformidade

Marcação máxima. Observar as informações na placa de características. II 1/2 G. Ex d + e/d IIC Ga/Gb I M 1. Ex d + e I Ma. Certificado Conformidade s relativas às instruções Ao trabalhar em zonas com risco de explosão, a segurança de pessoas e equipamentos depende do cumprimento dos regulamentos de segurança relevantes. As pessoas que são responsáveis

Leia mais

InformaçãodeServiço. Informação de produto sobre os Camiões da Volvo para bombeiros e equipas de emergência Combustível alternativo FM FE

InformaçãodeServiço. Informação de produto sobre os Camiões da Volvo para bombeiros e equipas de emergência Combustível alternativo FM FE InformaçãodeServiço Volvo Truck Corporation Informação de produto sobre os Camiões da Volvo para bombeiros e equipas de emergência Combustível alternativo FM FE Prefácio As descrições e procedimentos de

Leia mais

Carony TRANSFERÊNCIA DO BANCO DO SISTEMA CARONY. Carony 12" 214 426 919. www.automobilidade.pt. info@automobilidade.pt.

Carony TRANSFERÊNCIA DO BANCO DO SISTEMA CARONY. Carony 12 214 426 919. www.automobilidade.pt. info@automobilidade.pt. Carony é um sistema de cadeira de rodas simples e confortável tanto para o utilizador como para a pessoa que o auxilia. Nas operações de entrada e saída do veículo o sistema Carony elimina a necessidade

Leia mais

ANTES DE UTILIZAR A PLACA EM VIDRO CERÂMICO

ANTES DE UTILIZAR A PLACA EM VIDRO CERÂMICO MANUAL DE UTILIZAÇÃO ANTES DE UTILIZAR A PLACA EM VIDRO CERÂMICO INSTALAÇÃO LIGAÇÃO ELÉCTRICA SUGESTÕES PARA POUPANÇA DE ENERGIA SUGESTÕES PARA A PROTECÇÃO DO AMBIENTE PRECAUÇÕES E RECOMENDAÇÕES GERAIS

Leia mais

Segurança e Higiene no Trabalho. Volume XIII Trabalho em Espaços Confinados. Guia Técnico. um Guia Técnico de O Portal da Construção

Segurança e Higiene no Trabalho. Volume XIII Trabalho em Espaços Confinados. Guia Técnico. um Guia Técnico de O Portal da Construção Guia Técnico Segurança e Higiene no Trabalho Volume XIII Trabalho em Espaços Confinados um Guia Técnico de Copyright, todos os direitos reservados. Este Guia Técnico não pode ser reproduzido ou distribuído

Leia mais

Instruções de operação

Instruções de operação Instruções de Ventiladores radiais Modelo com motor standard Printed in Germany Reserva-se o direito a alterações, devido ao desenvolvimento técnico, respeitantes às indicações e ilustrações das presentes

Leia mais

ANEXO IV EQUIPAMENTOS RELATIVOS AO SISTEMA AUTOMÁTICO DE DETECÇÃO DE INCÊNDIOS

ANEXO IV EQUIPAMENTOS RELATIVOS AO SISTEMA AUTOMÁTICO DE DETECÇÃO DE INCÊNDIOS ANEXO IV EQUIPAMENTOS RELATIVOS AO SISTEMA AUTOMÁTICO DE DETECÇÃO DE INCÊNDIOS A - DETECTORES AUTOMÁTICOS Segundo [2], os detectores de incêndio são os aparelhos de detecção de incêndio que registam, comparam

Leia mais

TRANSPORTE DO RECÉM-NASCIDO NO AUTOMÓVEL

TRANSPORTE DO RECÉM-NASCIDO NO AUTOMÓVEL TRANSPORTE DO RECÉM-NASCIDO NO AUTOMÓVEL As crianças são seres humanos delicados, que confiam em nós para que cuidemos delas com toda a segurança. E nós adultos, será que correspondemos a essa confiança?

Leia mais

Dados Técnicos e Equipamentos. Scirocco. Nota: Reservado o direito de alterações

Dados Técnicos e Equipamentos. Scirocco. Nota: Reservado o direito de alterações Dados Técnicos e Equipamentos Scirocco Nota: Reservado o direito de alterações Motores 1.4 TSI (122cv) 1.4 TSI (160cv) 2.0 TSI (210cv) 2.0 TSI (265cv) Motor, Tipo de motor 4 cilindros, Gasolina 4 cilindros,

Leia mais

302.7D Mini-escavadora hidráulica

302.7D Mini-escavadora hidráulica 302.7D Mini-escavadora hidráulica Motor Potência líquida 15,2 kw 20,7 hp Potência bruta 17,9 kw 24,3 hp Peso Peso de transporte 2670 kg 5890 lb Dimensões compactas Danos reduzidos Confiança do operador

Leia mais

NOTA TÉCNICA. Diagnóstico com Osciloscópio. Diagnóstico na Caixa de Fusíveis INTRODUÇÃO. Com a colaboração do

NOTA TÉCNICA. Diagnóstico com Osciloscópio. Diagnóstico na Caixa de Fusíveis INTRODUÇÃO. Com a colaboração do NOTA TÉCNICA Diagnóstico com Osciloscópio www.iberequipe.com N.º 5-2015 Com a colaboração do Diagnóstico na Caixa de Fusíveis INTRODUÇÃO Os osciloscópios são usados intensivamente no diagnóstico pela simples

Leia mais

302.2D. Miniescavadora hidráulica. Motor Potência bruta (ISO 14396) 17,9 kw 24,3 hp

302.2D. Miniescavadora hidráulica. Motor Potência bruta (ISO 14396) 17,9 kw 24,3 hp 302.2D Miniescavadora hidráulica Motor Potência bruta (ISO 14396) 17,9 kw 24,3 hp Pesos Peso em operação com cabina 2135 kg 4707 lb Peso em operação com tejadilho 2025 kg 4464 lb Flexibilidade e eficiência

Leia mais

Regulamento Técnico - Regras Gerais/Segurança

Regulamento Técnico - Regras Gerais/Segurança Regulamento Técnico - Regras Gerais/Segurança As normas e regras aqui estabelecidas são complementares aos regulamentos técnicos de cada categoria, portanto devem ser seguidas e obedecidas por competidores

Leia mais

EPS ABS AIRBAG CINTO DE SEGURANÇA CAPACETE CADEIRA DE BEBES

EPS ABS AIRBAG CINTO DE SEGURANÇA CAPACETE CADEIRA DE BEBES EPS ABS AIRBAG CINTO DE SEGURANÇA CAPACETE CADEIRA DE BEBES O Travão ABS encontra-se presente na maioria dos veículos modernos e contribui bastante para aumentar a eficiência da travagem, diminuindo a

Leia mais

Física Geral. Série de problemas. Unidade II Mecânica Aplicada. Departamento Engenharia Marítima

Física Geral. Série de problemas. Unidade II Mecânica Aplicada. Departamento Engenharia Marítima Física Geral Série de problemas Unidade II Mecânica Aplicada Departamento Engenharia Marítima 2009/2010 Módulo I As Leis de movimento. I.1 Uma esfera com uma massa de 2,8 10 4 kg está pendurada no tecto

Leia mais

Características da Lt408

Características da Lt408 Lt408 Guia Rápido Características da Lt408 A Lt408 a geração de impressoras industriais robustas de alto rendimento com alta resolução. A Lt408 é uma impressora fácil de usar, com um rendimento e velocidade

Leia mais

Parte 3: Manual de serviço Cl. 271-275

Parte 3: Manual de serviço Cl. 271-275 Conteúdo Página: Parte : Manual de serviço Cl. 7-75. Generalidades............................................. Conjunto de calibres......................................... 4. Descriço e regulaço do disco

Leia mais

CHICCO AUTO FIX. Grupo 0+ 0 a 13 kg

CHICCO AUTO FIX. Grupo 0+ 0 a 13 kg CHICCO AUTO FIX Grupo 0+ 0 a 13 kg NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO AUTO-FIX COMPONENTES: (Fig. A, B, C, D) 01. Base 02. Estrutura 03. Alça de transporte 04. Manopla (trava) de desencaixe 05. Forro 06.

Leia mais

no sentido inverso ao da marcha Manual de utilização Grupo Peso Idade 0+-1 0-18 kg 6m-4a

no sentido inverso ao da marcha Manual de utilização Grupo Peso Idade 0+-1 0-18 kg 6m-4a no sentido inverso ao da marcha Manual de utilização ECE R44 04 Grupo Peso Idade 0+-1 0-18 kg 6m-4a 1 Obrigado por escolher Besafe izi Kid. A BeSafe desenvolveu esta cadeira com muito cuidado, para proteger

Leia mais

SPOT BATTERY EXCHANGER

SPOT BATTERY EXCHANGER SPOT BATTERY ECHANGER SBE FOOT V1.0 MANUAL DE INSTRUÇÕES SPOT JET Serviços de Manutenção Industrial, Sociedade Unipessoal, Lda. Rua D. Luís de Noronha 22, 4 Dto. 1050-072 Lisboa Portugal Tel / Fax. (+351)

Leia mais

Painel sinóptico BAT 100 LSN. Guia de instruções

Painel sinóptico BAT 100 LSN. Guia de instruções Painel sinóptico BAT 100 LSN pt Guia de instruções Painel sinóptico Índice pt 3 Índice 1 Instruções de segurança 4 2 Descrição funcional 4 3 Vista geral do sistema 6 4 Instalação 7 5 Ligação 11 6 Manutenção

Leia mais

Descrição. Método de construção Tubular Alumínio extrudado. Opções de bomba Hale, Darley ou Waterous Hale, Darley ou Waterous

Descrição. Método de construção Tubular Alumínio extrudado. Opções de bomba Hale, Darley ou Waterous Hale, Darley ou Waterous CAMINHÕES-TANQUE CAMINHÕES-TANQUE Os caminhões-tanque da Spartan Emergency Response são uma parte crítica de qualquer frota de serviços completos de resgate no combate a incêndios. O nosso amplo conhecimento

Leia mais

GUIÃO DA ACÇÃO. Promover o trabalho que a RENAULT tem desenvolvido no campo da segurança;

GUIÃO DA ACÇÃO. Promover o trabalho que a RENAULT tem desenvolvido no campo da segurança; GUIÃO DA ACÇÃO Objectivos: Promover o trabalho que a RENAULT tem desenvolvido no campo da segurança; Divulgar o Programa Segurança para todos, iniciativa que a RENAULT desenvolve desde 2000 junto das escolas,

Leia mais

VIESMANN VITOSOLIC. Dados técnicos VITOSOLIC 100 VITOSOLIC 200. Controlador para sistemas de energia solar

VIESMANN VITOSOLIC. Dados técnicos VITOSOLIC 100 VITOSOLIC 200. Controlador para sistemas de energia solar VIESMANN VITOSOLIC Controlador para sistemas de energia solar Nº de referência e preços: ver lista de preços VITOSOLIC 100 Controlador electrónico por diferença de temperatura Para sistemas com produção

Leia mais

Instruções de montagem e de manutenção

Instruções de montagem e de manutenção Instruções de montagem e de manutenção Acumulador combinado Logalux P750 S Para técnicos especializados Ler atentamente antes da montagem e da manutenção 6 720 619 324-03/2001 PT Ficha técnica Para a montagem

Leia mais

Manual de instruções para carregadores de acumuladores. utilizados para carregar acumuladores de cadeiras de rodas e scooters

Manual de instruções para carregadores de acumuladores. utilizados para carregar acumuladores de cadeiras de rodas e scooters Manual de instruções para carregadores de acumuladores CCC 405 e CCC 410 24V/5A 24V/10A utilizados para carregar acumuladores de cadeiras de rodas e scooters Certified to EN60601-1 3 rd ed. Em conformidade

Leia mais

PLATAFORMAS DE COMBATE AÉREO A INCÊNDIOS

PLATAFORMAS DE COMBATE AÉREO A INCÊNDIOS PLATAFORMAS DE COMBATE PLATAFORMAS DE COMBATE A cada volta da chave de ignição, a cada rotação e extensão da escada e cada degrau que você sobe, o desempenho é exigido. Nós não nos acomodamos e você também

Leia mais

no sentido inverso ao da marcha Manual de utilização Grupo Peso Idade 0+/1 0-18 kg 6m-4a

no sentido inverso ao da marcha Manual de utilização Grupo Peso Idade 0+/1 0-18 kg 6m-4a no sentido inverso ao da marcha Manual de utilização ECE R44 04 Grupo Peso Idade 0+/1 0-18 kg 6m-4a 1 Obrigado por escolher Besafe izi Kid ISOfix. A BeSafe desenvolveu esta cadeira com muito cuidado, para

Leia mais

Kit de Carregador de Bicicleta Nokia. Edição 3.0

Kit de Carregador de Bicicleta Nokia. Edição 3.0 Kit de Carregador de Bicicleta Nokia 2 3 6 1 4 5 8 7 9 10 11 Edição 3.0 12 13 15 14 16 17 18 20 19 21 22 PORTUGUÊS 2010 Nokia. Todos os direitos reservados. Introdução Com o Kit de Carregador de Bicicleta

Leia mais

Bastidores para fibra óptica

Bastidores para fibra óptica Apresentação A gama de armários para fibra óptica Olirack foi concebida para a instalação, protecção e isolamento de terminadores e repartidores ópticos. A fibra óptica é um filamento feito de vidro ou

Leia mais

CX-DAB1. DAB antenna unit INSTALLATION MANUAL. Antenne DAB. Bluetooth-Antennengerät. DAB-antenne. Unità antenna DAB. Unidad de antena DAB

CX-DAB1. DAB antenna unit INSTALLATION MANUAL. Antenne DAB. Bluetooth-Antennengerät. DAB-antenne. Unità antenna DAB. Unidad de antena DAB CX-DAB1 DAB antenna unit INSTALLATION MANUAL Antenne DAB MANUEL D INSTALLATION Bluetooth-Antennengerät INSTALLATION-HANDBUCH DAB-antenne INSTALLATIEHANDLEIDING Unità antenna DAB MANUALE PER L INSTALLAZIONE

Leia mais

Relatório da inspecção preliminar dos elevadores. (Modelo) Entidade utilizadora : Equipamentos n.º : Empreiteiro dos elevadores : Inspector :

Relatório da inspecção preliminar dos elevadores. (Modelo) Entidade utilizadora : Equipamentos n.º : Empreiteiro dos elevadores : Inspector : Anexo 2 Relatório da inspecção preliminar dos elevadores (Modelo) Relatório n.º: Entidade utilizadora : Equipamentos n.º : Tipo de equipamentos: Empreiteiro dos elevadores : Inspector : Data de inspecção

Leia mais

Proposta Empresarial

Proposta Empresarial Proposta Empresarial NR 12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS ANEXO V MÁQUINAS PARA PANIFICAÇÃO E CONFEITARIA 1. Este Anexo estabelece requisitos específicos de segurança para máquinas

Leia mais

Instruções de montagem e de utilização. Motores tubulares com accionamento por manivela

Instruções de montagem e de utilização. Motores tubulares com accionamento por manivela R12/17...L120/11 Modelo: M05 pt Instruções de montagem e de utilização Motores tubulares com accionamento por manivela Informações importantes para: o instalador / o electricista especializado / o utilizador

Leia mais

TRANSPORTE RODOVIÁRIO E DIREÇÃO DEFENSIVA

TRANSPORTE RODOVIÁRIO E DIREÇÃO DEFENSIVA TRANSPORTE RODOVIÁRIO E DIREÇÃO DEFENSIVA APRESENTAÇÃO ORIENTAÇÃO DE CARGA SEGURANÇA NO TRANSPORTE A empresa A Cooperativa dos Transportadores Autônomos de Cargas do Norte Coopertan, atua há mais de 15

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS PARA LUMINÁRIAS DE UTILIZAÇÃO DOMÉSTICA

INSTRUÇÕES GERAIS PARA LUMINÁRIAS DE UTILIZAÇÃO DOMÉSTICA INSTRUÇÕES GERAIS PARA LUMINÁRIAS DE UTILIZAÇÃO DOMÉSTICA INSTRUÇÕES GERAIS PARA LUMINÁRIAS DE UTILIZAÇÃO DOMÉSTICA INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA O fabricante aconselha um uso correcto dos aparelhos de iluminação!

Leia mais

INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO

INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO INSTALAÇÕES AT E MT. SUBESTAÇÕES DE DISTRIBUIÇÃO Sistemas de iluminação, tomadas interiores, extracção de fumos, ar condicionado, centrais de intrusão e incêndio Regras de execução Elaboração: GTRPT Homologação:

Leia mais

SISTEMA I MOTION. FOX - I Motion

SISTEMA I MOTION. FOX - I Motion SISTEMA I MOTION FOX - I Motion Professor SCOPINO Técnico e Administrador da Auto Mecânica Scopino Professor do Umec Universo do Mecânico Ex-Professor do Senai Diretor do Sindirepa-SP Consultor do Jornal

Leia mais

CHICCO ZENITH. Grupo 0+ e I 0 a 18 kg

CHICCO ZENITH. Grupo 0+ e I 0 a 18 kg CHICCO ZENITH Grupo 0+ e I 0 a 18 kg NÃO NÃO NÃO NÃO INSTRUÇÕES DE UTILIZAÇÃO IMPORTANTE: ANTES DE UTILIZAR ESTA CADEIRA AUTO, LEIA COM ATENÇÃO E INTEGRALMENTE ESTE MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA EVITAR

Leia mais

1 - REGULAMENTO TÉCNICO CATEGORIA DASAFIO TURBO

1 - REGULAMENTO TÉCNICO CATEGORIA DASAFIO TURBO FEDERAÇÃO GAÚCHA DE AUTOMOBILISMO FILIADA A CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE AUTOMOBILISMO FUNDADA EM 26 DE JULHO DE 1961 Rua Comendador Azevedo, 440 Conj. 1 Fone/Fax (51)3224 4808 CEP 90220-150 Porto Alegre

Leia mais

Informação à Imprensa

Informação à Imprensa Informação à Imprensa Tecnologia e Inovação Glossário Adaptive 4x4 A transferência instantânea de binário do sistema de tracção às quatro rodas adapta-se às condições do piso, assegurando níveis óptimos

Leia mais

KEYSTONE. Válvulas de Borboleta de elevade performance Winn HiSeal Instruções de funcionamento, instalação e manutenção. www.pentair.

KEYSTONE. Válvulas de Borboleta de elevade performance Winn HiSeal Instruções de funcionamento, instalação e manutenção. www.pentair. KEYSTONE As válvulas de borboleta HiSeal, de elevada perfomance e de dupla excentricidade, estão totalmente de acordo com as classes ANSI 0 e ANSI 300. Índice 1 Armazenagem / Selecção / Protecção 1 2 Instalação

Leia mais

Jazz. O nosso objectivo é proporcionar prazer a quem compra os nossos produtos

Jazz. O nosso objectivo é proporcionar prazer a quem compra os nossos produtos O nosso objectivo é proporcionar prazer a quem compra os nossos produtos Soichiro Honda Honda Portugal, S.A. Abrunheira 2714-506 SINTRA Tel: 219 155 300 Fax: 219 258 887 e-mail: honda.automoveis@honda-eu.com

Leia mais

Purgador de condensados BK 212.. BK 212-ASME P T. Manual de Instruções 810769-01. P o r t u g u ê s

Purgador de condensados BK 212.. BK 212-ASME P T. Manual de Instruções 810769-01. P o r t u g u ê s Purgador de condensados BK 212.. BK 212-ASME P T P o r t u g u ê s Manual de Instruções 810769-01 Índice Pág. Informações Importantes Utilização... 3 Instruções de segurança... 3 Perigo... 3 Atenção...

Leia mais

SPOT BATTERY EXCHANGER

SPOT BATTERY EXCHANGER SPOT BATTERY ECHANGER SBE RACK V2.0 V2.0 MANUAL DE INSTRUÇÕES A DOERS é propriedade da: SPOT JET Serviços de Manutenção Industrial, Sociedade Unipessoal, Lda. Rua D. Luís de Noronha 22, 4º Dto. 1050-072

Leia mais

Sunny String Monitor - Cabinet

Sunny String Monitor - Cabinet Sunny String Monitor - Cabinet Dados Técnicos O Sunny String Monitor-Cabinet, ou SSM-C na sua forma abreviada, da SMA monitoriza, de forma pormenorizada, o seu gerador fotovoltaico, de acordo com os padrões

Leia mais

A Fundição Injectada de Alumínio. Princípios e Desafios

A Fundição Injectada de Alumínio. Princípios e Desafios A Fundição Injectada de Alumínio Princípios e Desafios O Passado... Os primeiros exemplos de fundição por injecção (em oposição à fundição por gravidade) ocorrem em meios do século XIX (1800). A patente

Leia mais

Motocicleta Elétrica para Crianças TF-840

Motocicleta Elétrica para Crianças TF-840 Motocicleta Elétrica para Crianças TF-840 Manual para Instalação e Operação Design de simulação de motocicleta Funções para frente e para trás Função de reprodução de música na parte frontal O produto

Leia mais

Sistema de ligação para electroválvulas e distribuidores, compatíveis com bus de terreno PROFIBUS-DP, INTERBUS-S, DEVICE-NET

Sistema de ligação para electroválvulas e distribuidores, compatíveis com bus de terreno PROFIBUS-DP, INTERBUS-S, DEVICE-NET ValveConnectionSystem Sistema de ligação para electroválvulas e distribuidores, compatíveis com bus de terreno PROFIBUS-DP, INTERBUS-S, DEVICE-NET P20.PT.R0a O SISTEMA V.C.S. O sistema VCS é um conjunto

Leia mais

Cores e estofos. Estofos (A4J) Amarelo. Cores Sólidas (A3F) Preto Brilhante. Cores Metalizadas

Cores e estofos. Estofos (A4J) Amarelo. Cores Sólidas (A3F) Preto Brilhante. Cores Metalizadas Cores e estofos Estofos (A4J) Estofos em pele Preto Preto/Castanho Preto/Vermelho Amarelo Cores Sólidas Amarelo (A4J) Preto Brilhante (A3F) (A3F) Preto Brilhante Cores Metalizadas Vermelho Revolution MC

Leia mais

40,7 kw / 54,6 CV a 2.000 rpm 8.330 kg 4.180-4.675 mm DX80R. Gama compacta

40,7 kw / 54,6 CV a 2.000 rpm 8.330 kg 4.180-4.675 mm DX80R. Gama compacta 40,7 kw / 54,6 CV a 2.000 rpm 8.330 kg 4.180-4.675 mm DX80R Gama compacta DOOSAN DX80R Escavadora Hidráulica: um novo modelo com novas funções A nova escavadora hidráulica DX80R oferece valor adicional

Leia mais

Índice geral. Apresentação. Prólogo à 2.ª edição. Sumário. Siglas. Agradecimentos. 1. Introdução. 2. O risco de incêndio

Índice geral. Apresentação. Prólogo à 2.ª edição. Sumário. Siglas. Agradecimentos. 1. Introdução. 2. O risco de incêndio Índice geral 3 Prólogo à 2.ª edição 5 Sumário 7 Siglas 9 Agradecimentos 11 1. Introdução 13 Tipificação dos incêndios... Causas de incêndio... Consequências dos incêndios... 2.3.1. Considerações gerais...

Leia mais

Linha de Empilhadeiras LEG25 e LED30

Linha de Empilhadeiras LEG25 e LED30 Linha de Empilhadeiras LEG25 e LED30 Manual de peças Empilhadeira ÍNDICE 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 Montagem Da Transmissão Transmissão

Leia mais

Manual de utilização. No sentido inverso ao da marcha e no sentido da marcha Grupo 0+ - 1. Peso 0-18 kg. Idade 6m-4a

Manual de utilização. No sentido inverso ao da marcha e no sentido da marcha Grupo 0+ - 1. Peso 0-18 kg. Idade 6m-4a 1 26 27 34 35 16 2 4 3 Manual de utilização 5 6 8 9 7 10 11 12 13 14 15 28 29 36 31 17 30 37 No sentido inverso ao da marcha e no sentido da marcha Grupo 0+ - 1 19 20 21 23 Peso 0-18 kg 18 22 38 39 Idade

Leia mais

Manual de Instruções

Manual de Instruções Manual de Instruções Especificações técnicas Voltagem de funcionamento: 12V Voltagem de reserva (Backup): 12V Frequência de funcionamento: 433MHz Sonoridade do alarme: 85dB Características de função Podem

Leia mais

Dados Técnicos e Equipamentos. Polo

Dados Técnicos e Equipamentos. Polo Dados Técnicos e Equipamentos Polo POLO Motores 1.2 (60cv) 1.2 (70cv) 1.2 TSI (90cv) 1.2 TSI (105cv) 1.4 TSI (140cv) 1.4 TSI (180cv) com sistema ACT Motor, Tipo de motor 3 cilindros, Gasolina 3 cilindros,

Leia mais

Apoios de cabeça à frente e atrás (5 no total), ajustáveis em inclinação e altura

Apoios de cabeça à frente e atrás (5 no total), ajustáveis em inclinação e altura A3 3 portas Equipamento de Série Equipamento Exterior Caixa de velocidades manual de 5 velocidades Caixa de velocidades manual de 6 velocidades Aplicação cromada na grelha dos faróis de nevoeiro Aplicações

Leia mais

UMA SOLUÇÃO DE REPORTAGEM PARA AS RÁDIOS

UMA SOLUÇÃO DE REPORTAGEM PARA AS RÁDIOS UMA SOLUÇÃO DE REPORTAGEM PARA AS RÁDIOS Introdução A Rádio Europa Lisboa (anteriormente designada Rádio Paris Lisboa) solicitou-nos uma solução para realizar reportagens de rádio sem fios em qualquer

Leia mais

DEH-X8700DAB DEH-X8700BT

DEH-X8700DAB DEH-X8700BT RECETOR RDS COM LEITOR DE CD Português DEH-X8700DAB DEH-X8700BT Manual de instalação Ligações/ Instalação Ligações Importante Ao instalar a unidade em veículos sem a posição ACC (acessório) na ignição,

Leia mais

Kit para Viatura CK-10 Manual do Utilizador. 9233639 1ª Edição

Kit para Viatura CK-10 Manual do Utilizador. 9233639 1ª Edição Kit para Viatura CK-10 Manual do Utilizador 9233639 1ª Edição DECLARAÇÃO DE CONFORMIDADE Nós, NOKIA CORPORATION, declaramos, sob a nossa única e inteira responsabilidade, que o produto HF-7 está em conformidade

Leia mais

Filtro de partículas diesel

Filtro de partículas diesel Filtro de partículas diesel 12.07 - anual de instruções P 51145778 DFG 316-320 08.10 DFG 316s-320s DFG 425-435 DFG 425s-435s Prefácio Para obter o melhor e mais seguro rendimento do veículo industrial,

Leia mais

DINÂMICA DE MÁQUINAS

DINÂMICA DE MÁQUINAS DINÂMICA DE MÁQUINAS CAPITULO 2 Momentos de inércia de componentes de máquinas com diferentes geometrias 1. O corpo composto mostrado na figura consiste em uma barra esbelta de 3 kg e uma placa fina de

Leia mais

Sistema de Tensionamento de Correias SKF. A forma da SKF apoiar a transmissão Fácil Rápido Repetitivo

Sistema de Tensionamento de Correias SKF. A forma da SKF apoiar a transmissão Fácil Rápido Repetitivo Sistema de Tensionamento de Correias SKF A forma da SKF apoiar a transmissão Fácil Rápido Repetitivo Sistema de Tensionamento de Correias SKF Uma solução inovadora para as transmissões por correias É sabido

Leia mais

Civic Type R. Sem competição a Honda não existe

Civic Type R. Sem competição a Honda não existe Civic Type R Sem competição a Honda não existe Soichiro Honda Honda Portugal, S.A. Abrunheira 2714-506 SINTRA Tel: 219 155 300 Fax: 219 258 887 e-mail: honda.automoveis@honda-eu.com www.honda.pt qual o

Leia mais

Especificações Técnicas Autologic LAND ROVER

Especificações Técnicas Autologic LAND ROVER Especificações Técnicas Autologic LAND ROVER 1. DESCRIÇÃO DO PRODUTO LANDROVER Autologic é um equipamento portátil, leve com um ecrã a cores de 12.1, programado para funcionar com ecrã táctil. O funcionamento

Leia mais

Convenção Nacional das Inspecções Veículos 2015

Convenção Nacional das Inspecções Veículos 2015 Convenção Nacional das Inspecções Veículos 2015 A Qualidade das Inspeções de Veículos na Segurança Rodoviária Presente Futuro O Contributo da Inspecção de Veículos na Segurança Rodoviária Alain Areal Centro

Leia mais

1 Indicações de segurança

1 Indicações de segurança KNX actuador persianas 4 canais DC 12-48 V KNX actuador persianas 2 canais AC 230 V, 1 canal DC 12-48 V KNX actuador persianas 4 canais AC 230 V, 2 canais DC 12-48 V KNX actuador persianas 8 canais AC

Leia mais

Trator de Rodas Derrubador-Amontoador

Trator de Rodas Derrubador-Amontoador 553 563 573 Trator de Rodas Derrubador-Amontoador 553 563 573 Motor Motor CAT C6.6 ACERT Motor CAT C7 ACERT Motor CAT C7 ACERT Comp. Classe III Comp. Classe III Comp. Classe III Potência Bruta 129 kw (173

Leia mais

www.zoje.com.br Manual ZJ8700 Montagem e Operacional

www.zoje.com.br Manual ZJ8700 Montagem e Operacional Manual ZJ8700 Montagem e Operacional MANUAL DE INSTRUÇÕES Para obter o máximo das muitas funções desta máquina e operá-la com segurança, é necessário usá-la corretamente. Leia este Manual de Instruções

Leia mais

XDS-100. Manual de segurança R9898490

XDS-100. Manual de segurança R9898490 XDS-100 Manual de segurança R9898490 R59770579PT/00 25/08/2010 Barco nv Simulation Division Noordlaan 5, B-8520 Kuurne Telefone: +32 56.36.82.11 Fax: +32 56.36.84.86 E-mail: info@barco.com Visite-nos na

Leia mais

Compressores portáteis

Compressores portáteis Compressores portáteis Mobilair M 13 M 15 M 17 Compressores de parafuso portáteis com perfil Sigma Caudal: 0,75 a 1,6 m³/min. M13 M15 M17 Compactos e potentes O nível de desempenho não depende do tamanho,

Leia mais

Ler este manual antes da instalação OHMLINE 2009 DOMUS. Motor de correr. Página 1

Ler este manual antes da instalação OHMLINE 2009 DOMUS. Motor de correr. Página 1 Ler este manual antes da instalação OHMLINE 2009 DOMUS Motor de correr Página 1 Na instalação e utilização deve ter muita Atenção 1) Cuidado! Para sua segurança, é importante seguir todas as indicações

Leia mais

Posicionador múltiplo 2/1

Posicionador múltiplo 2/1 Manual de instruções 652G-VersP01-0215 1 2 Índice 652G-VersD04-0215 Índice Indicações para o leitor... 5 Validade... 5 Imagens... 5 Destaques no texto... 5 Descrição do produto... 6 Identificação do produto...

Leia mais