Zope Alta Performance

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Zope Alta Performance"

Transcrição

1 Zope Alta Performance Jorge Krishna Resumo Este documento apresenta uma alternativa de topologia para obtenção performace de servidores Zope 2.7 em ambientes multi-processados. Tratase de nossa experiência prática com um servidor de páginas que resultou em um modelo escalável de ótimo desempenho. Apresentaremos as vantagens e as desvantagens decorrente do modelo uma vez que para a melhoria de desempenho algumas características tiveram que ser alteradas na forma original de utilização do produto. Creative Commons versão brasileira 1

2 Sumário 1 Sobre este HOWTO Introdução O que é Python Zope Problemática Integração Python & Zope Cache Experimentação Forma padrão Modelo de várias instâncias Balanceamento de Carga Conclusão 8 3 Anexos conf: Apache VirtualHost conf: Zope conf: ZEO Client conf: ZEO Bibliograa 25 2

3 1 Sobre este HOWTO 1.1 Introdução Para compreendermos melhor este artigo e a proposta, iniciamos com a explicação do que é python e zope. Assim agregamos informações de base para o conhecimento coletivo sobre esse assunto O que é Python Python é uma linguagem fácil e agradável de ser utilizada. Foi elaborada por Guido Van Rossum em 1991 para o ensino de programação. Ela é orientada a objetos sem lhe forçar a programar desta maneira. É intuitiva e quem aprende uma vez, nunca se esquece pois é muito próxima de um pseudo-código. Ela não ca no seu caminho na hora de programar, formada por grandes comunidades 1 e é amplamente utilizada nos meios acadêmico, software livre, pesquisa (Google, NASA), jogos (Disney) dentre outros. Contém uma vasta biblioteca de funcionalidades incluídas que consiste de implementações diversas, chegando até ao manuseio de conexões HTTP seguras, processamento de XML e HTML, bancos de dados e muito mais. Com módulos extras para coisas mais especícas como engines de jogos e processamento de imagens. Possui módulos para chamadas entre-processos com RPC, RPC-XML e outros, incluindo até o RMI Zope Criado em 1996 pelo americano Jim Fulton na Digital Creations (DC), USA. Jim Fulton, o CTO da Digital Creations e Python guru, foi ensinar uma turma de programadores CGI, que não sabiam muito sobre Python e orientação a objeto. Comentou a turma o que ele considerava sobre os tradicionais ambiente de programação CGI: eles são fracos, falta orientação à objetos, e expõe detalhes dos servidores Web. A partir dessa reexão inicial, o coração do Zope foi escrito com base no plano de aulas daquela turma. O DevGuide do Zope, dene o Zope como um framework Open Source para aplicações Web: Um ambiente para o desenvolvimento e gerenciamento de aplicações Web. Interpretador de códigos ZPT, DTML, Python. Todas as páginas em um servidor Zope são geradas dinamicamente. 1.2 Problemática É reconhecido pela comunidade de usuários do Zope que este produto embora apresentando vantagens em suas funcionalidades, não apresenta 1 2Exclusivo para implementações com Jython, pois é necessário uma máquina virtual Java 3

4 na conguração padrão bom desempenho para sites que exigem desempenho com elevadas taxas de consulta. Para desenvolver os ajustes de performace e otimização, primeiro é necessário entender a arquitetura de composição e funcionamento do Zope. 1.3 Integração Python & Zope O que poucas pessoas explicam, como ocorre a integração do Zope como(s) sistema(s) operacional(ais) e outros programas? Como sabemos, o Zope foi desenvolvido em Python cujo interpretador de python é nativo/compilado para diversas plataformas (Linux, Windows,MacOs, etc). É por este motivo que o Zope herda e se benifícia desta portabilidade. A visibilidade do Zope sobre o sistema operacional é restrita as APIs do python e ao próprio python, assim tornando o servidor de aplicação mais seguro. Figura 1: Arquitetura Python & Zope A problemática começa aqui, ou seja, não basta fazermos ajustes no servidor Zope, é importante tornar o seu interpretador mais poderoso. Os recursos mais comuns quando precisamos de mais poder de processamento são: multi-thread e multicpu. O python nasceu com multi-thread, porém não com multi-cpu. Isto tem um preço quando a performace é requisito. Na prática quando executamos o Zope, zope.conf padrão, vericamos que é criado 4 threads sob o controle de um único processo python, controlado pelo Global interpreter lock ou GIL Em um ambiente multi-cpu 4

5 o GIL restringe a cada thread utilizar a mesma área de memória Zope/python, não tirando proveito do multi-processamento. Figura 2: Intel - Hyper-Threading Technology O lock usado pelo Python assegurar que somente uma thread pode ser executada em um dado momento. Isto simplica o gerenciamento de theads do Python, assegurando que nenhum dos dois processos possam acessar o mesmo endereço de memória ao mesmo tempo. O que justica restringir o intérpretador para tornar o ambiente multi-threads, contudo não deixa de utilizar o paralelismo de máquinas com multi-processadores. Na história do python tentou-se desenvolver um "free-thread", porém a performace em ambiente uni-processo foi muito baixa. 1.4 Cache Outro ponto importante é a velocidade com que o usuário navega no site, ou seja, qual a taxa de download da página? Em um site estático isso pode ser resolvido fazendo simples caches das imagens e dos textos pelo próprio servidor Web (ex.: Apache ou por um proxy reverso (ex.: SquidSquid Quando lidamos com conteúdo dinâmico, ou seja, constantemente atualizado, o cache é renovado em períodos mais curtos. O objetivo é consumir a menor carga de processamento com a melhor velocidade possível. Para isso funcionar temos que evitar ao máximo os acessos direto ao servidor de aplicação (Zope) e tornar distribuição do conteúdo via cache o mais eciênte possível, com o menor consumo de processamento. 1.5 Experimentação A arquitetura modular do Zope permite inúmeras congurações para obter a melhor performace. 1.6 Forma padrão A aplicação deste estudo foi realizada em um ambiente multi-processador, com a estimativa de 20 milhões de acessos mês de visitantes. O equipamento utilizado é um IBM xserver 4 Xeon HT, 4G ram, 2x36G HD SCSI e o sistema operacional Debian Woody GNU/Linux Kernel SMP version A sigla HT signica que neste caso o sistema operacional SMP irá identicar 2x 5

6 Figura 3: Arquitetura do Zope o número de processadores HT, ou seja, 2x4=8 processadores Xeon. Este é um ambiente multi-processador com 8 processadores. Inicialmente conguramos o zope (2.7.0) na sua forma padrão, 4 threads, sistema de armazenamento com o ZODB e depois alteramos para: armazenamento em Berkley DB alteração do zope.conf para 8 threads Realizamos varios experimentos utilizando o programa AB (Apache HTTP server benchmarking tool) para avaliação de tempos de respostas e consumo de processamento. Neste momento percebemos claramente que o uso geral dos processadores foi resumido a um só processador. Quando nos deparamos com o problema pela primeira vez, percebemos então que o Zope nunca rodava em mais do que um processador, cou claro que o efeito do GIL (Global Interpreter Lock) compromete a utilização dos processadores em um ambiente multiprocessado. Este efeito passou a ser o calcanhar de Aquiles para a escalabilidade do servidor. Como usar os outros processadores? Esta foi a questão que fez acreditarmos que o modelo de arquitetura com a implementação do ZEO (Zope Enterprise Objects) fosse a resposta. 6

7 1.7 Modelo de várias instâncias Montamos um novo cenário com um ZEO, 8 Zopes Clients e um Servidor Web Apache para rotacionar os acessos entre os Zope clients. Porquê 8 Zopes? Simples um para cada processador. A nova conguração foi alterada para 4 threads 8 instâncias Zope 1 instância ZEO com Berkley DB Figura 4: Arquitetura do Zope Apache2 com mod_rewrite, mod_proxy, mod_deate e mod_cache A implementação do Apache2 com mod_cache foi fundamental para aumentar o número de acessos diretos ao site Balanceamento de Carga O Balanceamento de Carga - Load Balance promove o aumento de performance através da distribuição da carga de forma balanceada. Distribui o tráfego das chamadas fazendo com que as diferentes máquinas Zope Client que compõe o cluster funcionem como uma única. Mantém o tempo de resposta das requisições e oferece escalabilidade de serviços e recursos, ou seja, à medida em que houver aumento de demanda (novas aplicações, maior número de usuários conectados), mais máquinas 3 podem ser incorporadas ao modelo, multiplicando assim o seu poder de resposta. 3Neste caso pode ser máquina física ou virtual 7

8 RewriteEngine On lb - variável dinâmica rnd - organiza o acesso randomico e retorna um só valor lista.txt - contém uma lista com "dynamic " RewriteMap lb rnd:/etc/apache2/lista.txt RewriteCond %{REQUEST_URI} ^/.* RewriteRule ^/(.+)$ 1}/\ VirtualHostBase/http/www.localhost.net:80/$1 [P,L] No entanto, chama-se atenção para o fato de que o este modelo está implementando um load sharing e não um load balance, ou seja, congurando o Apache com o recurso de RewriteMap juntamente com o parametro rnd 4, irá compartilhar os acessos entre os diferentes Zope Clients sem levar em conta nenhum critério de balanceamento de carga ou performance dos servidores em si. 2 Conclusão Para uma aplicação, site com muitos acessos onde há necessidade de processamento é natural em grandes empresas investir em equipamentos que proporcione os resultados desejados. O custo de equipamentos com a tecnologia Hyper-Threading da Intel é relativamente mais baixo que equipamentos com N processadores. No estilo For Dumms o HT sicamente corresponde a um só processador, contudo quando observamos a visão de um sistema operacional SMP (Symmetric multi-processing support) percebemos a apreseça de dois processadores lógicos. Com a preocupação de saber quantos processadores estão sendo utlizados durante os teste, descobrimos um programa chamado slmon, A realização dos teste foram feitos Durante os experimentos 4RND é responsável pela leitura sequencial da lista numerada do endereço de rede do Zope Client 8

9 3 Anexos 3.1 conf: Apache VirtualHost <VirtualHost :80> ServerAdmin ServerName DocumentRoot /var/www/ <Directory /> Options FollowSymLinks AllowOverride None </Directory> <Directory /var/www/> Options Indexes FollowSymLinks MultiViews AllowOverride None Order allow,deny allow from all </Directory> ScriptAlias /cgi-bin/ /usr/lib/cgi-bin/ <Directory "/usr/lib/cgi-bin"> AllowOverride None Options ExecCGI -MultiViews +SymLinksIfOwnerMatch Order allow,deny Allow from all </Directory> ErrorLog /var/log/apache2/error.log Possible values include: debug, info, notice, warn, error, crit, alert, emerg. LogLevel warn CustomLog /var/log/apache2/access.log combined ServerSignature Off Alias /icons/ "/usr/share/apache2/icons/" <Directory "/usr/share/apache2/icons"> Options Indexes MultiViews AllowOverride None Order allow,deny Allow from all </Directory> Alias /doc/ "/usr/share/doc/" RedirectMatch ^/doc/apache2-doc/manual(.*)$ /manual$1 <Directory "/usr/share/doc/"> Options Indexes MultiViews FollowSymLinks AllowOverride None Order deny,allow Deny from all Allow from / ::1/128 </Directory> Compressao de HTTP <IfModule mod_deflate.c> SetOutputFilter DEFLATE DeflateFilterNote ratio LogFormat '"%r" = (%{ratio}n) ' deflate CustomLog /var/log/apache2/deflate.log deflate AddOutputFilterByType DEFLATE text/html text/plain 9

10 </IfModule> Proxy e ReWrite ProxyRequests Off ProxyReceiveBufferSize RewriteEngine On RewriteMap lb rnd:/etc/apache2/lista.txt RewriteCond %{REQUEST_URI} ^/.* RewriteRule ^/(.+)$ 1}/\ VirtualHostBase/http/www.localhost.net:80/$1 [P,L] </VirtualHost> 3.2 conf: Zope Welcome to Zope 2. This is the Zope configuration file. The Zope configuration file shows what the default configuration directives are, and show examples for each directive. To declare a directive, make sure that you add it to a line that does not begin with ''. Note that comments are only allowed at the beginning of a line: you may not add comments after directive text on the same line. ZConfig "defines" used for later textual substitution %define INSTANCE /var/lib/zope/instance/default %define ZOPE /usr/lib/zope %define ZOPECLIENT default Directive: instancehome Description: The path to the data files, local product files, import directory, and Extensions directory used by Zope. Required (no default) Example: instancehome /home/chrism/projects/sessions instancehome $INSTANCE Directive: clienthome Description: The directory in which a running Zope's process identifier files are placed. Default: $INSTANCE/var Example: clienthome /home/chrism/projects/sessions/var 10

11 Directive: path Description: Name of a directory which should be inserted into the the beginning of Python's module search path. This directive may be specified as many times as needed to insert additional directories. The set of directories specified is inserted into the beginning of the module search path in the order which they are specified here. Note that the processing of this directive may happen too late under some circumstances; it is recommended that you use the PYTHONPATH environment variable if using this directive doesn't work for you. Default: $INSTANCE/lib/python Example: path $INSTANCE/mypymodules Directive: products Description: Name of a directory that contains additional Product packages. This directive may be used as many times as needed to add additional collections of products. Each directory identified will be added to the path of the Products package. All Products are initialized in ascending alphabetical order by product name. If two products with the same name exist in two Products directories, the order in which the packages appear here defines the load order. The master Products directory exists in Zope's software home, and cannot be removed from the products path (and should not be added to it here). Default: $INSTANCE/Products Example: products /home/chrism/projects/myproducts Directive: environment Description: A section which can be used to define arbitrary key-value pairs for use as environment variables during Zope's run cycle. It is not recommended to set system-related environment variables such as PYTHONPATH within this section. Default: unset Example: <environment> MY_PRODUCT_ENVVAR foobar </environment> Directive: debug-mode Description: A switch which controls several aspects of Zope operation useful for developing under Zope. When debug mode is on: - The process will not detach from the controlling terminal - Errors in product initialization will cause startup to fail (instead of writing error messages to the event log file). 11

12 - Filesystem-based scripts such as skins, PageTemplateFiles, and DTMLFiles can be edited while the server is running and the server will detect these changes in real time. When this switch is off, you must restart the server to see the changes. Setting this to 'off' when Zope is in a production environment is encouraged, as it speeds execution (sometimes dramatically). Default: on Example: debug-mode on Directive: effective-user Description: If you intend to run Zope as the "root" user, you must supply this directive with an effective username or userid number to which Zope will 'suid' after the server ports are bound. This directive only has effect under UNIX and if Zope is started as the root user. Default: unset Example: effective-user zope Directive: enable-product-installation Description: If this directive is turned on, Zope performs 'product installation' (the registration of Python modules in various Products directories) at startup. Turning this off can speed Zope/ZEO startup time, but it can also cause your Control_Panel Product list to become desynchronized with the contents of your Products directories. NOTE: Zope *must* be started at least once with this directive set to "on" or you will receive an error. If using ZEO, at least one ZEO client must be run with this directive set to "on" once, the others can have it turned off. NOTE: If your main storage is mounted read-only, you must set this directive to "off". Default: on Example: enable-product-installation off Directive: locale Description: Enable locale (internationalization) support by supplying a locale name to be used. See your operating system documentation for locale information specific to your system. If your Python module does not support the locale module, or if the requested locale is not supported by your system, an error will be raised and Zope will not start. Default: unset Example: locale fr_fr 12

13 Directives: port-base Description: Offset applied to the port numbers used for ZServer configurations. For example, if the http-server port is 8080 and the port-base is 1000, the HTTP server will listen on port This makes it easy to change the complete set of ports used by a Zope server process Default: 0 Example: port-base 9673 Directive: datetime-format Description: Set this variable either to "us" or "international" to force the DateTime module to parse date strings either with month-before-days-before-year ("us") or days-before-month-before-year ("international"). The default behaviour of DateTime (when this setting is left unset) is to parse dates as US dates. Default: us Example: datetime-format international Directive: zserver-threads Description: Specify the number of threads that Zope's ZServer web server will use to service requests. The default is 4. Default: 4 Example: zserver-threads 10 Directive: python-check-interval Description: Specify an integer representing the Python interpreter "check interval" This interval determines how often the interpreter checks for periodic things such as thread switches and signal handlers. The Zope default is 500, but you may want to experiment with other values in order to attempt to increae performance in your particular environment. Default: 500 Example: python-check-interval 1000 Directive: zserver-read-only-mode Description: 13

14 If this directive is set to 'on', it will cause Zope to inhibit the creation of log files and pid files. Access and event log files will be presented on standard output. Setting this directive 'on' causes pcgi, fastcgi, and daemon-related directives to have no effect. Default: off Example: zserver-read-only-mode on Directive: pid-filename Description: The path to the file in which the Zope process id(s) will be written. This defaults to client-home/z2.pid. Default: CLIENT_HOME/Z2.pid Example: pid-filename /home/chrism/projects/sessions/var/z2.pid Directive: lock-filename Description: The path to a "lock file" which will be locked by Zope while it's running. This file is used by zopectl.py to determine if Zope is currently running. This defaults to CLIENT_HOME/Z2.lock. Default: CLIENT_HOME/Z2.lock Example: lock-filename /home/chrism/projects/sessions/var/z2.lock Directive: mime-types Description: Tells Zope about additional mime.types files that should be loaded. The files have the same format as the mime.types file distributed with Apache. The "mime-types" setting may be given more than once in the configuration file. Example: mime-types $INSTANCE/etc/mime.types Directive: structured-text-header-level Description: Set the default starting HTML header level for structured text documents. The default is 3, which implies that top-level headers will be created with an <H3> tag. Default: 3 Example: structured-text-header-level 1 Directive: rest-input-encoding Description: 14

15 Specifies the input encoding of re-structuredtext documents (e.g. 'utf-8', 'iso ' or any other valid encoding recognized by Python). The default is your Python's default encoding. Default: unset (uses system default) Example: rest-input-encoding iso Directive: rest-output-encoding Description: Specifies the output encoding of re-structuredtext documents (e.g. 'utf-8', 'iso ' or any other valid encoding recognized by Python). The default is your Python's default encoding. Default: unset (uses system default) Example: rest-output-encoding iso Directive: rest-header-level Description: Set the default starting HTML header level for restructured text documents. The default is 3, which implies that top-level headers will be created with an <H3> tag. Default: 3 Example: rest-header-level 2 Directive: rest-language-code Description: Language code used for some internal translations inside of the docutils package and for DTD bibliographic elements mapping. See lib/python/docutils/languages/ for a list of supported language codes. Default: en Example: rest-language-code de Directive: cgi-environment Description: A section which allows a user to define arbitrary key-value pairs for use as the initial CGI environment variables. This is useful when you want to proxy requests from another web server to Zserver, and would like Zserver's CGI environment to reflect the CGI environment of the other web server. Default: unset Example: <cgi-environment> HTTPS_SERVER Foobar Server 1.0 HTTPS_PORT 443 </cgi-environment> 15

16 Directive: dns-server Description: Specify the IP address of your DNS server in order to cause resolved hostnames to be written to Zope's access log. By default, Zope will not resolve hostnames unless this is set. Default: unset Example: dns-server Directive: ip-address Description: The default IP address on which Zope's various server protocol implementations will listen for requests. If this is unset, Zope will listen on all IP addresses supported by the machine. This directive can be overridden on a per-server basis in the servers section. Default: unset Example: ip-address Directive: http-realm Description: The HTTP "Realm" header value sent by this Zope instance. This value often shows up in basic authentication dialogs. Default: Zope Example: http-realm Slipknot Directive: automatically-quote-dtml-request-data Description: Set this directive to 'off' in order to disable the autoquoting of implicitly retrieved REQUEST data by DTML code which contains a '<' when used in <dtml-var> construction. When this directive is 'on', all data implicitly retrieved from the REQUEST in DTML (as opposed to addressing REQUEST.somevarname directly) that contains a '<' will be HTML-quoted when interpolated via a <dtml-var> or &dtml- construct. This mitigates the possibility that DTML programmers will leave their sites open to a "client-side trojan" attack. Default: on Example: automatically-quote-dtml-request-data on Directive: trusted-proxy Description: Define one or more 'trusted-proxies' directives, each of which is a hostname or an IP address. The set of definitions comprises a list of front-end proxies that are trusted to supply an accurate 16

17 X-Forwarded-For header to Zope. If a connection comes from a trusted proxy, Zope will trust any X-Forwarded header to contain the user's real IP address for the purposes of address-based authentication restriction. Default: unset Example: trusted-proxy trusted-proxy Directive: publisher-profile-file Description: Names a file on the filesystem which causes Zope's Python profiling capabilities to be enabled. For more information, see the Debug Information - > Profiling tab of Zope's Control_Panel via the Zope Management Interface. IMPORTANT: setting this filename will cause Zope code to be executed much more slowly than normal. This should not be enabled in production. Default: unset Example: publisher-profile-file $INSTANCE/var/profile.dat Directive: security-policy-implementation Description: The default Zope security machinery is implemented in C. Change this to "python" to use the Python version of the Zope security machinery. This impacts performance but is useful for debugging purposes and required by Products such as VerboseSecurity, which need to "monkey-patch" the security machinery. Default: C Example: security-policy-implementation python Directive: skip-authentication-checking Description: Set this directive to 'on' to cause Zope to skip checks related to authentication, for servers which serve only anonymous content. Only works if security-policy-implementation is 'C'. Default: off Example: skip-authentication-checking on Directive: skip-ownership-checking Description: Set this directive to 'on' to cause Zope to ignore ownership checking when attempting to execute "through the web" code. By default, this directive is on in order to prevent 'trojan horse' security problems whereby a user with less privilege can cause a user with more privilege to execute dangerous code. 17

18 Default: off Example: skip-ownership-checking on Directive: maximum-number-of-session-objects Description: An integer value representing the number of items to use as a "maximum number of subobjects" value of the '/temp_folder/session_data' transient object container. Default: 1000 Example: maximum-number-of-session-objects Directive: session-add-notify-script-path Description: An optional fill Zope path name of a callable object to be set as the "script to call on object addition" of the session_data transient object container created in the /temp_folder folder at startup. Default: unset Example: session-add-notify-script-path /scripts/add_notifier Directive: session-delete-notify-script-path Description: An optional fill Zope path name of a callable object to be set as the "script to call on object deletion" of the session_data transient object container created in the /temp_folder folder at startup. Default: unset Example: session-delete-notify-script-path /scripts/del_notifier Directive: session-timeout-minutes Description: An integer value representing the number of minutes to be used as the "data object timeout" of the '/temp_folder/session_data' transient object container. Default: 20 Example: session-timeout-minutes 30 Directive: session-resolution-seconds Description: An integer value representing the number of seconds to be used as the "timeout resolution" of the '/temp_folder/session_data' transient 18

19 object container. Default: 20 Example: session-resolution-seconds 60 Directive: suppress-all-access-rules Description: If this directive is set to on, no access rules in your Zope site will be executed. This is useful if you "lock yourself out" of a particular part of your site by setting an improper access rule. Default: off Example: suppress-all-access-rules on Directive: suppress-all-site-roots Description: If this directive is set to on, no site roots in your Zope site will be effective. This is useful if you "lock yourself out" of a particular part of your site by setting an improper site root. Default: off Example: suppress-all-site-roots on Directive: database-quota-size Description: Set this directive to an integer in bytes in order to place a hard limit on the size which the default FileStorage-backed Zope database can grow. Additions to the database will not be permitted once this filesize is exceeded. Default: unset Example: database-quota-size Directive: read-only-database Description: This causes the main Zope FileStorage-backed ZODB to be opened in read-only mode. Default: off Example: read-only-database on Directive: zeo-client-name Description: 19

20 If you want a persistent ZEO client cache which retains cache contents across ClientStorage restarts, you need to define a zeo-client-name. If you use ZEO and you don't set a zeo-client-name, the client cache is stored in temporary files which are removed when the ClientStorage shuts down. The value of zeo-client-name is used to uniquely identify the local cache files created if this Zope is a ZEO client. Default: unset Example: zeo-client-name zeo1 Directives: logger Description: This area should define one or more "logger" sections of the names "access", "event", and "trace". The "access" logger logs Zope server access. The "event" logger logs Zope event information. The "trace" logger logs detailed server request information (for debugging purposes only). Each logger section may contain a "level" name/value pair which indicates the level of logging detail to capture for this logger. The default level is INFO. Level may be any of "CRITICAL", 'ERROR", WARN", "INFO", "DEBUG", and "ALL". Each logger section may additionally contain one or more "handler" sections which indicates a types of log "handlers" (file, syslog, NT event log, etc) to be used for the logger being defined. There are 5 types of handlers: logfile, syslog, win32-eventlog, http-handler, -notifier. Each handler type has its own set of allowable subkeys which define aspects of the handler. All handler sections also allow for the specification of a "format" (the log message format string), a "dateformat" (the log message format for date strings), and a "level", which has the same semantics of the overall logger level but overrides the logger's level for the handler it's defined upon. XXXX much more detail necessary here Default: The access log will log to the file <instancehome>/log/z2.log at level INFO, the event log will log to the file <instancehome>/log/event.log at level INFO, and the trace log will not be written anywhere. <eventlog> level all <logfile> path $INSTANCE/log/event.log level info </logfile> </eventlog> <logger access> level WARN <logfile> path $INSTANCE/log/Z2.log format %(message)s </logfile> </logger> <logger trace> level WARN <syslog-handler> host localhost port 514 </syslog-handler> 20

Instalando servidor Apache

Instalando servidor Apache Instalando servidor Apache Apache é um software livre de código aberto que corre mais de 50% dos servidores web do mundo. Para instalar o apache, abra um terminal e digite o comando: 1- # yum install httpd

Leia mais

Capítulo 3. Os servidores web foram projetados para atender a diversas necessidades do mundo WEB, dentre as quais podemos destacar:

Capítulo 3. Os servidores web foram projetados para atender a diversas necessidades do mundo WEB, dentre as quais podemos destacar: Servidores Web 19 Capítulo 3 Servidores Web Visão Geral Os servidores web foram projetados para atender a diversas necessidades do mundo WEB, dentre as quais podemos destacar: HTTP (o mais comum) Servidor

Leia mais

Para iniciar um agente SNMP, usamos o comando snmpd. Por padrão, aceita requisições na porta 161 (UDP).

Para iniciar um agente SNMP, usamos o comando snmpd. Por padrão, aceita requisições na porta 161 (UDP). EN3610 Gerenciamento e interoperabilidade de redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática SNMP 1 MIBs RMON No Linux os arquivos MIB são armazenados no diretório /usr/share/snmp/mibs. Cada arquivo MIB

Leia mais

Para iniciar um agente SNMP, usamos o comando snmpd. Por padrão, aceita requisições na porta 161 (UDP).

Para iniciar um agente SNMP, usamos o comando snmpd. Por padrão, aceita requisições na porta 161 (UDP). EN3610 Gerenciamento e interoperabilidade de redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática SNMP Net-SNMP (http://www.net-snmp.org) é um conjunto de aplicações usado para implementar SNMPv1, SNMPv2 e SNMPv3.

Leia mais

Métodos Formais em Engenharia de Software. VDMToolTutorial

Métodos Formais em Engenharia de Software. VDMToolTutorial Métodos Formais em Engenharia de Software VDMToolTutorial Ana Paiva apaiva@fe.up.pt www.fe.up.pt/~apaiva Agenda Install Start Create a project Write a specification Add a file to a project Check syntax

Leia mais

Serviços: API REST. URL - Recurso

Serviços: API REST. URL - Recurso Serviços: API REST URL - Recurso URLs reflectem recursos Cada entidade principal deve corresponder a um recurso Cada recurso deve ter um único URL Os URLs referem em geral substantivos URLs podem reflectir

Leia mais

LICENCIATURA EM ENG. DE SISTEMAS E INFORMÁTICA Redes e Serviços de Banda Larga. Laboratório 4. OSPF Backbone

LICENCIATURA EM ENG. DE SISTEMAS E INFORMÁTICA Redes e Serviços de Banda Larga. Laboratório 4. OSPF Backbone Laboratório 4 OSPF Backbone Equipamento necessário: Três OmniSwitches Objectivo: Este laboratório tem como objectivo familiarizar os alunos com as configurações RIP em comutadores OmniSwitch. Sintaxe dos

Leia mais

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainware» company www.iportalmais.pt. Manual IPortalMais: a «brainware» company FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL Easy Linux! Title: Subject: Client: Reference: Funambol Client for Mozilla Thunderbird Doc.: Jose Lopes Author: N/Ref.: Date: 2009-04-17 Rev.:

Leia mais

para que Software www.aker.com.br Produto: Página: 6.0 Introdução O Aker Firewall não vem com Configuração do PPPoE Solução

para que Software www.aker.com.br Produto: Página: 6.0 Introdução O Aker Firewall não vem com Configuração do PPPoE Solução 1 de 6 Introdução O não vem com a opção de configuração através do Control Center, para a utilização de discagem/autenticação via PPPoE. Este documento visa demonstrar como é feita a configuração do PPPoE

Leia mais

Tutorial AwStats Indice

Tutorial AwStats Indice Tutorial AwStats Indice Introdução...2 Funcionamento:...3 Pré-Requisitos:...3 Instalação:...4 Configurações:...7 Utilização:...11 Sobre o Autor:...11 Introdução AwStats Como saber se seu site é um sucesso

Leia mais

Sistemas Operacionais Livres. Servidor Web Apache

Sistemas Operacionais Livres. Servidor Web Apache Sistemas Operacionais Livres Servidor Web Apache Apache Implementação do protocolo HTTP(80) e HTTPS(443) Arquitetura Client / Server Proviemento de páginas WEB Open Source Servidor Web mais utilizado no

Leia mais

Utilizando subversion como controle de versão

Utilizando subversion como controle de versão Utilizando subversion como controle de versão Heitor Rapcinski Este documento descreverá a utilização de subversion como ferramenta de controle de versão mostrando as facilidades da sua utilização para

Leia mais

Telefonia IP MOT. Prática 1

Telefonia IP MOT. Prática 1 Prática 1 Instalando o proxy SIP Kamailio, configurando os usuários e interligando proxies. Objetivo: Criar um ambiente VoIP básico utilizando o proxy SIP Kamailio que terá suas informações de usuário

Leia mais

Para o processo de instalação do servidor Apache, deve se executar o seguinte comando, como root.

Para o processo de instalação do servidor Apache, deve se executar o seguinte comando, como root. Apresentação A servidor Web Apache é um dos mais utilizados na atualidade, além de ser um servidor Open Source, é também um dos mais fáceis de se configurar e possui uma extrema eficácia em relação a segurança

Leia mais

Caracterização dos servidores de email

Caracterização dos servidores de email Caracterização dos servidores de email Neste documento é feita a modulação de um servidor de email, com isto pretende-se descrever as principais funcionalidades e características que um servidor de email

Leia mais

Instalação e Configuração

Instalação e Configuração Instalação e Configuração INTERNET Variedade de acessos e conteúdos SERVIDOR WEB Segurança, flexibilidade e agilidade É um computador que processa solicitações HTTP (Hyper-Text Transfer Protocol), que

Leia mais

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainmoziware» company www.iportalmais.pt. Manual Jose Lopes

Easy Linux! FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL. IPortalMais: a «brainmoziware» company www.iportalmais.pt. Manual Jose Lopes IPortalMais: a «brainmoziware» company www.iportalmais.pt FUNAMBOL FOR IPBRICK MANUAL Easy Linux! Title: Subject: Client: Reference: Funambol Client for Microsoft Outlook Doc.: Author: N/Ref.: Date: 2009-04-17

Leia mais

Laboratório 3. Base de Dados II 2008/2009

Laboratório 3. Base de Dados II 2008/2009 Laboratório 3 Base de Dados II 2008/2009 Plano de Trabalho Lab. 3: Programação em Transact-SQL MYSQL Referências www.mysql.com MICROSOFT SQL SERVER - Procedimentos do Lado do Servidor (Stored Procedures)

Leia mais

Manual de Instalação. Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL. Versão 2.0

Manual de Instalação. Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL. Versão 2.0 1. Manual de Instalação do Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL Versão 2.0 Manual de Instalação Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL Versão 2.0 MS/SE/DATASUS 1/12 1. Manual de Instalação do

Leia mais

Aqui pode escolher o Sistema operativo, e o software. Para falar, faça download do Cliente 2.

Aqui pode escolher o Sistema operativo, e o software. Para falar, faça download do Cliente 2. TeamSpeak PORTUGUES ENGLISH Tutorial de registo num servidor de TeamSpeak Registration tutorial for a TeamSpeak server Feito por [WB ].::B*A*C*O::. membro de [WB ] War*Brothers - Non Dvcor Dvco Made by:

Leia mais

5/7/2010. Apresentação. Introdução. Ponto de vista do usuário. Curso Tecnologia em Telemática. Disciplina Administração de Sistemas Linux

5/7/2010. Apresentação. Introdução. Ponto de vista do usuário. Curso Tecnologia em Telemática. Disciplina Administração de Sistemas Linux Apresentação Servidor Web Administração de Sistemas Curso Tecnologia em Telemática Disciplina Administração de Sistemas Linux Professor: Anderson Costa anderson@ifpb.edu.br Assunto da aula Servidor Web

Leia mais

# openssl genrsa 2048 -config /opt/treinamento/openssl.cnf > spkey.key

# openssl genrsa 2048 -config /opt/treinamento/openssl.cnf > spkey.key Roteiro de atividades Gerência de Provedores de Serviços Sessão de Aprendizagem 6: Configuração do Shibboleth Service Provider 2.2 no Linux Tópicos e conceitos Competências técnicas desenvolvidas Tempo

Leia mais

Kemp LoadMaster Guia Prático

Kemp LoadMaster Guia Prático Kemp LoadMaster Guia Prático 2014 v1.1 Renato Pesca renato.pesca@alog.com.br 1. Topologias One Armed Balancer Figura 1: Topologia single-armed. Esta topologia mostra que as máquinas reais fazem parte da

Leia mais

Accessing the contents of the Moodle Acessando o conteúdo do Moodle

Accessing the contents of the Moodle Acessando o conteúdo do Moodle Accessing the contents of the Moodle Acessando o conteúdo do Moodle So that all the available files in the Moodle can be opened without problems, we recommend some software that will have to be installed

Leia mais

Sistema de log do Apache

Sistema de log do Apache Sistema de log do Apache O apache é bem flexível na especificação do que será registrado em seus arquivos de log, possibilitando utilizar um arquivo de log único, diversos arquivos de logs registrando

Leia mais

NOVO SISTEMA DE CORREIO ELETRONICO PARA OS DOMINIOS ic.uff.br & dcc.ic.uff.br

NOVO SISTEMA DE CORREIO ELETRONICO PARA OS DOMINIOS ic.uff.br & dcc.ic.uff.br NOVO SISTEMA DE CORREIO ELETRONICO PARA OS DOMINIOS ic.uff.br & dcc.ic.uff.br A partir de 28/07/2004 (quarta-feira), ás 17:30 hs estaremos trocando nossos servidores de correio para ambos os domínios ic.uff.br

Leia mais

SERVIDOR WEB - APACHE SERVIDOR WEB - APACHE SERVIDOR WEB - APACHE 27/02/2012

SERVIDOR WEB - APACHE SERVIDOR WEB - APACHE SERVIDOR WEB - APACHE 27/02/2012 O servidor Apache é o mais bem sucedido servidor web livre. Foi criado em 1995 por Rob McCool, então funcionário do NCSA (National Center for Supercomputing Applications). Em maio de 2010, o Apache serviu

Leia mais

Manual Técnico Sistema Rede das Redes. Ver 1.0

Manual Técnico Sistema Rede das Redes. Ver 1.0 Manual Técnico Sistema Rede das Redes Ver 1.0 Índice REQUISITOS... 4 CONFIGURAÇÕES DO APACHE... 4 CONFIGURAÇÕES DO PHP... 5 CONFIGURAÇÃO DO ARQUIVO DBCONFIG.INI... 6 CONTROLE DE EXIBIÇÃO DE CONTAINERS...

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores LAMP Gustavo Reis gustavo.reis@ifsudestemg.edu.br Acrônico para a combinação de Linux, Apache, MySQL e PHP ou Perl ou Python; Recentemente a letra P começou a fazer referência a Perl

Leia mais

9.2 MySQL A instalação do MySQL trata-se de um procedimento relativamente fácil, já que iremos realizá-lo utilizando so repositórios do Linux.

9.2 MySQL A instalação do MySQL trata-se de um procedimento relativamente fácil, já que iremos realizá-lo utilizando so repositórios do Linux. 1 Aula 09 Servidor LAMP Linux-Apache-MySQL-PHP 9.1 Definição LAMP consiste no quarteto: Linux (Sistema Operacional); Apache (Servidor Web); MySQL (Servidor de Banco de Dados); e PHP (Ferramenta de Programação

Leia mais

Prefeitura Livre. Manual de Instalação do Prefeitura Livre - Homologado para Ubuntu 8.04. Versão 1.0 06/02/2009

Prefeitura Livre. Manual de Instalação do Prefeitura Livre - Homologado para Ubuntu 8.04. Versão 1.0 06/02/2009 Prefeitura Livre Manual de Instalação do Prefeitura Livre - Homologado para Ubuntu 8.04 Versão 1.0 06/02/2009 (este documento perde a validade sempre que uma nova versão for publicada) Sumário 1.Introdução...3

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO LABORATORIO DE REDE

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO LABORATORIO DE REDE FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO LABORATORIO DE REDE PROFESSOR: Dinailton Laboratorio De Rede DISCENTES: Helton Klinthon Douglas Silva Dyonathan Rodrigues Laboratório de

Leia mais

MTM00008 - MANUAL DE INSTALAÇÃO DE ADEMPIERE NO LINUX DEBIAN

MTM00008 - MANUAL DE INSTALAÇÃO DE ADEMPIERE NO LINUX DEBIAN Processo de instalação: 1-Adicionar ao arquivo /etc/apt/sources.list os pacotes não livres: deb http://http.us.debian.org/debian/ etch main contrib non-free ou algum outro de sua escolha. 2-Instalar o

Leia mais

Versão: 1.0. Segue abaixo, os passos para o processo de publicação de artigos que envolvem as etapas de Usuário/Autor. Figura 1 Creating new user.

Versão: 1.0. Segue abaixo, os passos para o processo de publicação de artigos que envolvem as etapas de Usuário/Autor. Figura 1 Creating new user. Órgão: Ministry of Science, Technology and Innovation Documento: Flow and interaction between users of the system for submitting files to the periodicals RJO - Brazilian Journal of Ornithology Responsável:

Leia mais

SATA 3.5. hd:basic. hdd enclosure caixa externa para disco rígido

SATA 3.5. hd:basic. hdd enclosure caixa externa para disco rígido SATA 3.5 hd:basic hdd enclosure caixa externa para disco rígido hd:basic USER S GUIDE SPECIFICATIONS HDD support: SATA 3.5 Material: Aluminium Input connections: SATA HDD Output connections: USB 2.0

Leia mais

Instruções de Instalação do Agente RMON2

Instruções de Instalação do Agente RMON2 Instruções de Instalação do Agente RMON2 Débora Pandolfi Alves deborapa@terra.com.br Ricardo Nabinger Sanchez rnsanchez@cscience.org Lúcio Braga luciobraga@yahoo.com.br Luciano Paschoal Gaspary paschoal@exatas.unisinos.br

Leia mais

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) MARÇO/2012

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) MARÇO/2012 PROCEDIMENTOS BÁSICOS DE CONFIGURAÇÃO DO SERVIÇO APACHE NO SERVIDOR LINUX - DEBIAN COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) MARÇO/2012 Rua do Rouxinol, N 115 / Salvador Bahia CEP: 41.720-052 Telefone: (71) 3186-0001.

Leia mais

5/10/10. Implementação. Building web Apps. Server vs. client side. How to create dynamic contents?" Client side" Server side"

5/10/10. Implementação. Building web Apps. Server vs. client side. How to create dynamic contents? Client side Server side 5/10/10 Implementação Mestrado em Informática Universidade do Minho! 6! Building web Apps How to create dynamic contents?" Client side" Code runs on the client (browser)" Code runs on a virtual machine

Leia mais

Integração entre o IBM HTTP SERVER, APACHE WEB Server e IBM Websphere Application Server

Integração entre o IBM HTTP SERVER, APACHE WEB Server e IBM Websphere Application Server Integração entre o IBM HTTP SERVER, APACHE WEB Server e IBM Websphere Application Server Índice Resumo sobre este documento... 3 Integrando o IBM HTTP Server com o IBM WebSphere Application Server... 3

Leia mais

Select a single or a group of files in Windows File Explorer, right-click and select Panther Print

Select a single or a group of files in Windows File Explorer, right-click and select Panther Print Quick Start Guide SDI Panther Print Panther Print SDI Panther products make sharing information easier. Panther Print is an intuitive dialog box that provides a thumbnail view of the file to print, depicting

Leia mais

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Sistema Operacional Linux > Servidor Web (Apache) www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Introdução O Apache é o serviço web (http) mais popular do mundo, sendo

Leia mais

Capítulo 7. Hyper Text Transfer Protocol (HTTP). Serviço Apache. - Protocolo HTTP - Sessão HTTP - Configuração do serviço Apache

Capítulo 7. Hyper Text Transfer Protocol (HTTP). Serviço Apache. - Protocolo HTTP - Sessão HTTP - Configuração do serviço Apache Capítulo 7 Hyper Text Transfer Protocol (HTTP). Serviço Apache. - Protocolo HTTP - Sessão HTTP - Configuração do serviço Apache Gestão de Redes e Serviços (GRS) Capítulo 7 1/1 Protocolo HTTP Funciona na

Leia mais

PRO APPS Hosting Data Sheet Professional Appliance / Apresentação

PRO APPS Hosting Data Sheet Professional Appliance / Apresentação O Pro Apps Hosting O Pro Apps Hosting é um componente da suíte de Professional Appliances destinado a atividade de hospedagem de conteúdo web; para isso, oferece gerenciamento pleno dos principais recursos

Leia mais

Guia Rápido de Instalação e Configuração do Apache

Guia Rápido de Instalação e Configuração do Apache Guia Rápido de Instalação e Configuração do Apache versão 2.0, Janeiro 2007 por António Manuel Dias ammdias@gmail.com Copyright 2003-2007 António Manuel Dias Este documento pode ser copiado e distribuído

Leia mais

Instalação e configuração do Server Core - Windows Server 2008 (Longhorn) Parte 2

Instalação e configuração do Server Core - Windows Server 2008 (Longhorn) Parte 2 Autor: Bruno Leonardo MCP, MCDST, MCSA, MCTS http://brunoleonardoleal.spaces.live.com Instalação e configuração do Server Core - Windows Server 2008 (Longhorn) Parte 2 Vamos começar definindo a senha de

Leia mais

2. Execute o arquivo com o comando a seguir: sudo./alfresco-community-4.2.b-installer-linux-x64.bin

2. Execute o arquivo com o comando a seguir: sudo./alfresco-community-4.2.b-installer-linux-x64.bin Neste tutorial vamos realizar a instalação básica do Alfresco em um Servidor Linux. Usamos para este Tutorial o Alfresco CE 4.2 e Linux Ubuntu 12.10 mais o mesmo pode ser similar em diversos Linux baseasos

Leia mais

Laboratório 3. Configurando o Serviço DNS

Laboratório 3. Configurando o Serviço DNS Neste laboratório iremos falar sobre o serviço DNS (Domain Name System). O DNS é um sistema de gerenciamento de nomes hierárquico e distríbuido visando resolver nomes de domínio em endereços de rede IP.

Leia mais

É a associação de mais de um fluxo de execução em um único processo.

É a associação de mais de um fluxo de execução em um único processo. Profa. Rita Rodorigo Threads Um processo é uma abstração que reúne uma série de atributos como espaço de endereçamento descritores de arquivos abertos, quotas, etc. Um processo possui ainda uma área de

Leia mais

Performance Settings para ColdFusion MX 6.1 Alex Hubner, Novembro de 2004 http://www.cfgigolo.com

Performance Settings para ColdFusion MX 6.1 Alex Hubner, Novembro de 2004 http://www.cfgigolo.com Performance Settings para ColdFusion MX 6.1 Alex Hubner, Novembro de 2004 http://www.cfgigolo.com 1. Objetivos O presente documento tem como objetivo apresentar as configurações do servidor Macromedia

Leia mais

Tarefas práticas da disciplina

Tarefas práticas da disciplina Tarefas práticas da disciplina Objetivo: As atividades têm por objetivo consolidar os conceitos de redes de computadores, aplicando os conceitos teóricos de forma a desenvolver no estudante a capacidade

Leia mais

Laboratório 5. Base de Dados II 2008/2009

Laboratório 5. Base de Dados II 2008/2009 Laboratório 5 Base de Dados II 2008/2009 Plano de Trabalho Lab. 4: Programação em Transact-SQL Referências MICROSOFT SQL SERVER - Triggers (gatilhos). - Exercícios 1. Conceito. - Os Stored Procedures permitem

Leia mais

Slides_Java_1 !"$ % & $ ' ' Output: Run java. Compile javac. Name of program. Must be the same as name of file. Java source code.

Slides_Java_1 !$ % & $ ' ' Output: Run java. Compile javac. Name of program. Must be the same as name of file. Java source code. Slides_Java_1!"#$!" $ % & $ Sistemas Informáticos I, 2005/2006 ( Java source code Compile javac Java bytecode Run java Output:!"#) %& Name of program. Must be the same as name of file.!"#$!"$ % & $ Where

Leia mais

Hyper Text Transfer Protocol (HTTP) ADI HTTP 1/18

Hyper Text Transfer Protocol (HTTP) ADI HTTP 1/18 Hyper Text Transfer Protocol (HTTP) ADI HTTP 1/18 Protocolo HTTP Funciona na filosofia cliente-servidor sobre o protocolo TCP na porta 80 Cliente tcp 80 Servidor Web Netscape, iexplorer, opera ( apache,

Leia mais

hdd enclosure caixa externa para disco rígido

hdd enclosure caixa externa para disco rígido hdd enclosure caixa externa para disco rígido USER S GUIDE SPECIFICATONS HDD Support: SATA 2.5 Material: Aluminium and plastics Input connections: SATA HDD Output connections: USB 3.0 (up to 5.0Gbps)

Leia mais

Internet ANTES do WWW. Desde 1970 Rede militar Poucos pontos, 95% nos EUA Email, Telnet, FTP

Internet ANTES do WWW. Desde 1970 Rede militar Poucos pontos, 95% nos EUA Email, Telnet, FTP Apache, SSL e JServ Internet ANTES do WWW Desde 1970 Rede militar Poucos pontos, 95% nos EUA Email, Telnet, FTP A virada Tim Berners-Lee (1991) Sistema para encontrar informações Hipertexto HTTP e HTML

Leia mais

Breve introdução a User Dir e Senhas no Apache Uma abordagem prática (aka crash course on User Dir and Directory Authentication on Apache)

Breve introdução a User Dir e Senhas no Apache Uma abordagem prática (aka crash course on User Dir and Directory Authentication on Apache) Breve introdução a User Dir e Senhas no Apache Uma abordagem prática (aka crash course on User Dir and Directory Authentication on Apache) Prof. Rossano Pablo Pinto Novembro/2012 - v0.1 Abril/2013 - v0.3

Leia mais

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Licenciatura em Engenharia Informática Degree in Computer Science Engineering Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Performance analysis of large distributed

Leia mais

FAM - Monitorar alteração de arquivos

FAM - Monitorar alteração de arquivos 1 of 5 23/6/2010 22:38 FAM - Monitorar alteração de arquivos Autor: Paulo Roberto Junior - WoLF Data: 09/02/2010 Introdução Neste artigo, o foco não será estilo receita de bolo,

Leia mais

Manual de instruções

Manual de instruções RELATÓRIO DE PROJETO versão 2.1 Manual de instruções 1.Termo de Referência Esse relatório diz respeito ao edital número 46, OBJ-REL - Camada de Persistência Objeto-Relacional, publicado entre os dias 04

Leia mais

Figura 1: VHDL - Exemplo de uso do construto generic: componente mult_se_neg com valor default de n=16 bits.

Figura 1: VHDL - Exemplo de uso do construto generic: componente mult_se_neg com valor default de n=16 bits. OBJETIVOS: Projeto de componentes em VHDL. Projeto e simulação de uma biblioteca de componentes em VHDL no ambiente Quartus II Altera para construção de um caminho de dados (ou bloco operacional) e de

Leia mais

Tarefas práticas da disciplina

Tarefas práticas da disciplina Tarefas práticas da disciplina Objetivo: As atividades têm por objetivo consolidar o conhecimento de redes de computadores adquirido em aula, aplicando os conceitos teóricos com vistas a desenvolver no

Leia mais

Manual do Usuário. Instalação via Terminal. SIGA-ADM versão 12.06

Manual do Usuário. Instalação via Terminal. SIGA-ADM versão 12.06 Manual do Usuário Instalação via Terminal SIGA-ADM versão 12.06 Projeto SIGA-EPT Manual do Usuário Instalação via Terminal Introdução Este manual objetiva explicitar os procedimentos e ferramentas necessárias

Leia mais

Instalação do cliente VPN Cisco em Linux

Instalação do cliente VPN Cisco em Linux 1 de 5 12/12/2008 12:03 Instalação do cliente VPN Cisco em Linux De SordWiki Tabela de conteúdo 1 Introdução 2 Pré-Requisitos 3 Instalação 4 Utilização Introdução A instalação do cliente de VPN da CISCO

Leia mais

Leonardo Godinho da Cunha. Modelos de Concorrência e Sandboxes Aplicados a Servidores HTTP em Lua. Dissertação de Mestrado

Leonardo Godinho da Cunha. Modelos de Concorrência e Sandboxes Aplicados a Servidores HTTP em Lua. Dissertação de Mestrado Leonardo Godinho da Cunha Modelos de Concorrência e Sandboxes Aplicados a Servidores HTTP em Lua Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre pelo

Leia mais

Strings. COM10615-Tópicos Especiais em Programação I edmar.kampke@ufes.br 2014-II

Strings. COM10615-Tópicos Especiais em Programação I edmar.kampke@ufes.br 2014-II Strings COM10615-Tópicos Especiais em Programação I edmar.kampke@ufes.br Introdução Uma estrutura de dados fundamental Crescente Importância Aplicações: Busca do Google Genoma Humano 2 Caracteres Codificação

Leia mais

SENADO FEDERAL Secretaria Especial do Interlegis - SINTER Subsecretaria de Tecnologia da Informação - SSTIN. Produto: ATU-PM

SENADO FEDERAL Secretaria Especial do Interlegis - SINTER Subsecretaria de Tecnologia da Informação - SSTIN. Produto: ATU-PM Produto: ATU-PM Jacson Tiola da Silva Termo de Referência no 128543 Contrato Número no 2008/000485 Brasília, 30 de Outubro de 2008 1 Sumário 1) Introdução...3 2) Migração do Portal Modelo...3 2.1) Script

Leia mais

INTRODUÇÃO À OTIMIZAÇÃO

INTRODUÇÃO À OTIMIZAÇÃO INTRODUÇÃO À OTIMIZAÇÃO ZOPE / PLONE Escalando o Zope Definida configuração de hardware, existem três maneiras de aumentar o desempenho de um site Plone: Diminuir a carga no Zope usando mecanismos de cache

Leia mais

Ciclo de Webcasts de Exchange Server 2007

Ciclo de Webcasts de Exchange Server 2007 Ciclo de Webcasts de Exchange Server 2007 Cristina Carvalho cristina.carvalho@microsoft.com Technet Miguel Teixeira miguel.teixeira@microsoft.com Exchange Server Maior Controlo Administrativo no Exchange

Leia mais

Instalação de PlaySMS E Ferramentas SMS Server 3 Server Em Debian Antes de começar

Instalação de PlaySMS E Ferramentas SMS Server 3 Server Em Debian Antes de começar Segue em português: Instalação de PlaySMS E Ferramentas SMS Server 3 Server Em Debian Antes de começar Este tutorial irá mostrar como você pode configurar um servidor de SMS no Debian com playsms e smstools.

Leia mais

Instalação e Configuração do Servidor HTTPD Apache

Instalação e Configuração do Servidor HTTPD Apache Instalação e Configuração do Servidor HTTPD Apache Aqui iremos utilizar uma distribuição Linux no caso o CentOS, após a instalação do CentOS, iremos para a parte de instalação e configuração do Servidor

Leia mais

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt.

NORMAS PARA AUTORES. As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. NORMAS PARA AUTORES As normas a seguir descritas não dispensam a leitura do Regulamento da Revista Portuguesa de Marketing, disponível em www.rpm.pt. COPYRIGHT Um artigo submetido à Revista Portuguesa

Leia mais

Configurando e Instalando o TRAC

Configurando e Instalando o TRAC Configurando e Instalando o TRAC Projeto LibertasBR http://www.libertasbr.org.br 27 de outubro de 2005 É comum a projetos, independente da natureza dos mesmos, passar por diversas fases de desenvolvimento.

Leia mais

Inscrições em Eventos

Inscrições em Eventos Inscrições em Eventos Manual de Instalação Configuração Módulo de certificados Videira(SC), 05/01/2016 Sumário 1Tecnologias Utilizadas...3 1.1Sistema Operacional...3 1.2Servidor Web...3 1.3Linguagem de

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS FUNDAMENTOS DE Visão geral sobre o Active Directory Um diretório é uma estrutura hierárquica que armazena informações sobre objetos na rede. Um serviço de diretório,

Leia mais

manualdepsiquiatriainfant il manual de psiquiatria infantil

manualdepsiquiatriainfant il manual de psiquiatria infantil manualdepsiquiatriainfant il manual de psiquiatria infantil These guides possess a lot information especially advanced tips such as the optimum settings configuration for manualdepsiquiatriainfantil manual

Leia mais

PROTOCOLOS DE COMUNICAÇÃO

PROTOCOLOS DE COMUNICAÇÃO PROTOCOLOS DE COMUNICAÇÃO 3º ANO / 2º SEMESTRE 2014 INFORMÁTICA avumo@up.ac.mz Ambrósio Patricio Vumo Computer Networks & Distribution System Group Descrição do File Transfer Protocol - FTP FTP significa

Leia mais

Guião M. Descrição das actividades

Guião M. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Inovação Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do trabalho Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO Guião M Intervenientes

Leia mais

Cisco ASA Firewall Guia Prático

Cisco ASA Firewall Guia Prático Cisco ASA Firewall Guia Prático 2014 v1.0 Renato Pesca 1 Sumário 2 Topologia... 3 3 Preparação do Appliance... 3 3.1 Configurações de Rede... 7 3.2 Configurações de Rotas... 8 3.3 Root Básico... 9 3.4

Leia mais

Compartilhamento de arquivos e diretórios

Compartilhamento de arquivos e diretórios Compartilhamento de arquivos e diretórios O compartilhamento de arquivos e diretórios foi uma das aplicações que motivou o desenvolvimento inicial da rede de computadores. 19 E xistem dois protocolos de

Leia mais

11g Wireless Broadband Router (Roteador banda-larga sem fio- Wireless G) Quick Installation Guide

11g Wireless Broadband Router (Roteador banda-larga sem fio- Wireless G) Quick Installation Guide LevelOne WBR-3408 11g Wireless Broadband Router (Roteador banda-larga sem fio- Wireless G) Quick Installation Guide English Português Table of Contents English... 3 Português... 16 2 English Package Contents

Leia mais

Passos Preliminares: Acessando a máquina virtual via ssh.

Passos Preliminares: Acessando a máquina virtual via ssh. CIn/UFPE Sistemas de Informação Redes de Computadores Professor: Kelvin Lopes Dias Monitor: Edson Adriano Maravalho Avelar {kld,eama}@cin.ufpe.br Instalando/Configurando Servidor DNS. Este tutorial irá

Leia mais

Programação para Internet I. 1. Servidores web. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt

Programação para Internet I. 1. Servidores web. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Programação para Internet I 1. Servidores web Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Quando pretendemos aceder a uma página web, utilizamos um browser, independentemente da plataforma de hardware/software,

Leia mais

Gerência de Quotas de Impressão com CUPS e Pykota

Gerência de Quotas de Impressão com CUPS e Pykota Gerência de Quotas de Impressão com CUPS e Pykota Projeto LibertasBR http://www.libertasbr.org.br 16 de junho de 2005 Direcionado para administradores de laboratórios de informática, este documento tem

Leia mais

INSTALANDO E CONFIGURANDO O ACTIVE DIRECTORY NO WINDOWS SERVER 2008

INSTALANDO E CONFIGURANDO O ACTIVE DIRECTORY NO WINDOWS SERVER 2008 INSTALANDO E CONFIGURANDO O ACTIVE DIRECTORY NO WINDOWS SERVER 2008 Objetivo Esse artigo tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o Active Directory no Windows Server 2008. Será também apresentado

Leia mais

Alarmes e Erros CNC Proteo

Alarmes e Erros CNC Proteo Alarmes e Erros CNC 1 Códigos de Erro 1.1 Erro ( 0 ) : NO ERROR Texto: "Código de erro inválido" "Invalid Error Code" 1.2 Erro ( 1 ) : ERROR_BP_WAS_UNABLE_TO_OPEN_INPUT_FILE Texto: "Não foi possível abrir

Leia mais

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Portuguese Lesson A Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Story Time is a program designed for students who have already taken high school or college courses or students who have completed other

Leia mais

Arquivo smb.conf comentado

Arquivo smb.conf comentado Arquivo smb.conf comentado ######## Seção global #### Define configurações como nome do servidor, grupo de trabalho, e outras. #### Opções definidas aqui tem efeito em todos compartilhamentos, exceto quando

Leia mais

Redes de Computadores Grupo de Redes de Computadores

Redes de Computadores Grupo de Redes de Computadores Redes de Computadores Grupo de Redes de Computadores HTTP HyperText Transport Protocol Introdução ao protocolo HTTP Origem Definido na iniciativa da WWW HTML e HTTP Modelo cliente servidor Protocolo sem

Leia mais

Hitachi Unified Storage. Família HUS 100. Henrique Leite! henrique.leite@hds.com! Tuesday, 4 de September de 12! Solutions Consultant!

Hitachi Unified Storage. Família HUS 100. Henrique Leite! henrique.leite@hds.com! Tuesday, 4 de September de 12! Solutions Consultant! Hitachi Unified Storage Família HUS 100 Henrique Leite! Solutions Consultant! henrique.leite@hds.com! Tuesday, 4 de September de 12! 1 Hitachi Data Systems 2011. All rights reserved. AGENDA Direção do

Leia mais

Ataques Polimorficos

Ataques Polimorficos Ataques Polimorficos Rodrigo Rubira Branco rodrigo@firewalls.com.br bsdaemon@bsdaemon.org - Resumo: Ha alguns anos, uma nova ideia foi inserida no mundo dos virus: Codigos polimorficos. Esta ideia consistia

Leia mais

Capítulo 4. Programação em ASP

Capítulo 4. Programação em ASP Índice: CAPÍTULO 4. PROGRAMAÇÃO EM ASP...2 4.1 REGISTRAR...2 4.1.1 Códigos para configuração do objeto...2 4.1.2 Formulário para transferir dados da impressão digital...3 4.1.3 Código Javascript para registro

Leia mais

Redes de Computadores Aula 4

Redes de Computadores Aula 4 Redes de Computadores Aula 4 Aula passada Protocolo em camadas Aplicações C/S x P2P Aula de hoje DNS Sockets Programação com sockets Web DNS: Domain Name System Pessoas: muitos idenftificadores: CPF, passaporte,

Leia mais

TCP/IP - NÍVEL APLICAÇÃO (utilizador)

TCP/IP - NÍVEL APLICAÇÃO (utilizador) Protocolos de Aplicação (Telnet, FTP, SMTP, POP, HTTP) TCP/IP - NÍVEL APLICAÇÃO (utilizador) TCP UDP ICMP IP ARP Acesso à rede Secção de Redes de Comunicação de Dados Redes de Computadores Correio Electrónico

Leia mais

Faculdade de Tecnologia Senac Goiás. Goiânia, 28 de novembro de 2014.

Faculdade de Tecnologia Senac Goiás. Goiânia, 28 de novembro de 2014. Faculdade de Tecnologia Senac Goiás. Goiânia, 28 de novembro de 2014. Nomes: Luis Henrique Oliveira Luciana Carvalho Thiago Pereira Santos Vitor Massaki Y. Yakushiji Profº: Dinailton LABORATORIO DE REDES

Leia mais

A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing

A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing Marcello de Lima Azambuja A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing Dissertação de Mestrado Dissertation presented to the Postgraduate Program in Informatics of the Departamento

Leia mais

Cluster com MPICH2 no UBUNTU

Cluster com MPICH2 no UBUNTU Cluster com MPICH2 no UBUNTU NOV/2010 Este documento é apenas um resumo, caso seja necessário, ver com mais detalhes os arquivos: mpich2-doc-user.pdf e mpich2-doc-install.pdf. Estes docs vem junto com

Leia mais

ALARM REPORT ALARM TYPE = (A)... ALARM-NUMBER = 1 (1)... STATUS AT ABORTION: (3)... (4)... ERROR REASON: (6)... (7)...

ALARM REPORT ALARM TYPE = (A)... ALARM-NUMBER = 1 (1)... STATUS AT ABORTION: (3)... (4)... ERROR REASON: (6)... (7)... Informe de Alarme RRN 05835 Causa de Ativação da Mensagem Informe de alarme gerado nas seguintes condições: D algum erro ocorreu durante o Backup Contínuo de Dados o que leva a um cancelamento dessa função

Leia mais

HMI Caracteristicas e extensões utilizando FT View ME v6.1 e PanelView Plus 6

HMI Caracteristicas e extensões utilizando FT View ME v6.1 e PanelView Plus 6 HMI Caracteristicas e extensões utilizando FT View ME v6.1 e PanelView Plus 6 Dangelo Ávila Gerente de Produto Email: dmavila@ra.rockwell.com Cel: (021) 98207-5700 PUBLIC PUBLIC - 5058-CO900H Agenda 1.

Leia mais

Replicação de Bases de Dados do Zope Object Database

Replicação de Bases de Dados do Zope Object Database Replicação de Bases de Dados do Zope Object Database Dirceu Pereira Tiegs 1, Daniel Pezzi da Cunha 2 1 Weimar Consultoria Criciúma, SC Brazil 2 Departamento de Ciência da Computação Universidade do Extremo

Leia mais