ESCLARECIMENTO Nº 1. Seguem abaixo, solicitações formuladas por empresas participantes da Licitação supra e as respectivas respostas de FURNAS:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESCLARECIMENTO Nº 1. Seguem abaixo, solicitações formuladas por empresas participantes da Licitação supra e as respectivas respostas de FURNAS:"

Transcrição

1 PE.DAQ.G /5 ESCLARECIMENTO Nº 1 Seguem abaixo, solicitações formuladas por empresas participantes da Licitação supra e as respectivas respostas de FURNAS: 1. Pergunta: Qual a quantidade mês de realização de check-in nos aeroportos? Resposta: Todas as passagens necessitam de check in. Quanto à necessidade de check in para a Diretoria de FURNAS, não chega a 1% das passagens emitidas mensalmente. 2. Pergunta: Qual a estimativa mês de solicitações de atendimento emergencial através do 24 horas? Resposta: Aproximadamente 20 atendimentos emergenciais por mês. 3. Pergunta: Em relação ao posto físico, todos os itens de custo para atendimento é por conta da CONTRATADA? FURNAS fornece algum desses itens, por exemplo: mesas, cadeiras, consumo de linhas fixas, aparelho de fax e impressora? Resposta: Somente o mobiliário fixo, como mesas e estantes estarão à disposição. Todos os outros equipamentos serão de responsabilidade da Contratada. 4. Pergunta: Caso ocorra atraso no pagamento das faturas por parte da CONTRATANTE, esta pagará por juros e multas, exemplo 1% de multa e 2% de juros? Resposta: Conforme disposto no Edital e na Lei 8.666/ Pergunta: Em relação ao item C da descrição e especificação dos serviços pág.28, qual será o prazo para interligar o SAP ao sistema de viagens, poderá ser acordado entre as partes? Resposta: O Prazo será definido entre a equipe de TI de FURNAS e da Contratada. 6. Pergunta: Possuímos um Call Center por meio do fone 4004 ao invés de 0800, existe alguma objeção por parte de Furnas? Resposta: Conforme o Edital é obrigatório o atendimento através de Pergunta: Em relação ao item gg obrigações da Contratada pág.35, o reembolso de passagens aéreas é realizado deduzindo as taxas e multas aplicadas pela Cias. Aéreas, devolvendo o saldo restante ao cliente. Favor informar se o entendimento do item é este. Resposta: O Reembolso será efetuado conforme a legislação e a regulamentação em vigor no momento da emissão do bilhete. 8. Pergunta: Em relação aos itens i e j pág.34, as figuras não são mais existentes, estas podem ser substituídas por um texto no voucher?

2 PE.DAQ.G /5 9. Pergunta: Em relação ao item III pág.31, sobre o relatório de pendências do dia anterior, necessitamos de maiores esclarecimentos sobre este item. Resposta: Este relatório deverá apresentar as solicitações não atendidas no dia anterior, por solicitante da passagem e uma visão das requisições totais não atendidas. 10. Pergunta: Quanto às emissões de bilhetes aéreos nacionais e internacionais (ida e volta) 19200, exposto na página 55 do presente edital, solicitamos esclarecimentos para compreender se todas as viagens (19.200) foram de ida e volta ou se é considerado para o alcance deste volume todos os trechos emitidos no período de julho/2009 a julho/2010? Resposta: Ida e volta no período citado. 11. Pergunta: Em se tratando de bilhete ida e volta, o Transaction Fee é cobrado por trecho? Resposta: O Transaction Fee será cobrado por requisição. 12. Pergunta: Termo Contratual, cláusula garantia de cumprimento do termo contratual, descreve que a contratada deverá no prazo de 10 (dez) dias apresentar garantia de 5% (cinco por cento) do valor do Instrumento contratual, sendo que não localizamos esse valor. Favor informar. Resposta: Valor a ser definido dependendo da taxa vencedora que será somada ao montante de gastos previsto para os serviços. 13. Pergunta: Termo Contratual, cláusula descrição e especificações dos serviços I - item i, favor especificar qual a política de viagens adotada. Resposta: A política será informada na parametrização do sistema self booking. 14. Pergunta: Termo Contratual, cláusula descrição e especificações dos serviços I - item n, se imediata geração de gráficos e relatórios gerenciais significa inclusive as transações efetuadas no mesmo dia da prestação de serviço, da(s) emissão(ões) da(s) passagem(ens) aérea(s) e da(s) reserva(s) de hotel(is)? 15. Pergunta: Termo Contratual, cláusula descrição e especificações dos serviços II - significa dizer que Furnas poderá não utilizará o sistema de gestão de viagens corporativas, fazendo através de pedido normal (papel) para os funcionários da Contratada? Resposta:Sim, como atendimento emergencial, ou enquanto o sistema não estiver totalmente parametrizado. 16. Pergunta: Termo Contratual, cláusula descrição e especificações dos serviços, item f, ressaltamos que algumas empresas aéreas não fazem marcação de assento em classes de tarifas promocionais, a exemplo temos: Ibéria, Delta, US Airways, United, Continental e American. Portanto, não há como a contratada fazer o solicitado no item. Resposta: Caso não seja técnicamente possível, não será exigido durante a vigência contratual. 17. Pergunta: Termo Contratual, cláusula descrição e especificações dos serviços II item h e i, o pedido de cancelamento do bilhete só pode ser realizado na data de sua emissão, pois do contrário não poderá ser cancelado, gerando a Furnas obrigação de pagar e após o pagamento, solicitar o reembolso respeitando as regras da empresa aérea para o mesmo.

3 PE.DAQ.G /5 18. Pergunta: Termo Contratual, cláusula descrição e especificações dos serviços III, o sistema de gestão de viagens corporativas deverá permitir a imediata geração de gráficos e relatórios gerenciais, a partir dos dados disponíveis no sistema, inclusive as emissões do próprio dia? E se os dados só estiverem disponíveis um, dois ou três dias após a emissão? Resposta: Se os dados não estiverem disponíveis o sistema oferecido não atende ao Edital. 19. Pergunta: Termo Contratual, cláusula descrição e especificações dos serviços III item i, a que desconto Furnas se refere neste item já que essa licitação é por taxa de transação? Resposta: Caso a Companhia Aérea ainda efetue desconto para a agência de viagem, não tendo acordo comercial com FURNAS, será necessário repassar o incentivo para FURNAS, conforme a prática de remuneração conhecida no mercado como "transaction fee". 20. Pergunta: Termo Contratual, cláusula descrição e especificações dos serviços III item j, favor esclarecer matrícula e órgão. Resposta: As informações dos empregados de FURNAS deverão constar no relatório. 21. Pergunta: Termo Contratual, cláusula descrição e especificações dos serviços IV item a, a que desconto Furnas se refere neste item já que essa licitação é por taxa de transação? Resposta: Caso a Companhia Aérea ainda efetue desconto para a agência de viagem, não tendo acordo comercial com FURNAS, será necessário repassar o incentivo para FURNAS, conforme a prática de remuneração conhecida no mercado como "transaction fee". 22. Pergunta: Termo Contratual, cláusula descrição e especificações dos serviços IV item e, favor esclarecer status: solicitados, disponíveis e realizados. Resposta: Reembolsos SOLICITADOS por FURNAS; Reembolsos que já estão DISPONÍVEIS para devolução pela companhia aérea; Reembolsos já REALIZADOS/creditados para FURNAS. 23. Pergunta: Termo Contratual, cláusula descrição e especificações dos serviços IV item g, até que data do mês subseqüente a contratada deverá apresentar os relatórios? Resposta: A periodicidade será definida conforme a necessidade de FURNAS. 24. Pergunta: Termo Contratual, cláusula nível de qualidade dos serviços item g, como se formalizará a entrega dos serviços a Furnas? Resposta: Conforme descrito no Edital. 25. Pergunta: Termo Contratual, cláusula nível de qualidade dos serviços item h, caso na prática os serviços de urgência alta superem 2% (dois por cento) dos serviços existirá alguma penalidade para Furnas ou compensação financeira para a contratada? 26. Pergunta: Termo Contratual, cláusula obrigações do termo contratual item e, não há como garantir preço na validade da reserva, já que empresas aéreas e hotéis, reais prestadores do serviço, não a garantem enquanto não forem efetivamente emitidos os documentos passagem/voucher. Resposta: A inviabilidade descrita não é o que ocorre na prática, principalmente no que se refere a hotéis.

4 PE.DAQ.G /5 27. Pergunta: Termo Contratual, cláusula obrigações do termo contratual item f, a que impostos e descontos Furnas se refere? Resposta: FURNAS é substituto tributário, logo efetuará todas as retenções necessárias. 28. Pergunta: Furnas usará cartão corporativo? 29. Pergunta: Favor esclarecer as estatísticas sobre reservas de hotéis. Resposta: As estatísticas referem-se aos serviços que foram efetuados pela Agência de Viagem, contratada atualmente. 30. Pergunta: Para Furnas quais são os status possíveis/necessários em cada processo de reembolso? Resposta: Solicitados, disponíveis e realizados. 31. Pergunta: Termo Contratual, cláusula obrigações do termo contratual item h, a que normas Furnas se refere. Resposta: Durante a parametrização do sistema serão disponibilizadas as normas internas de FURNAS. Quanto às normas legais deverão ser de conhecimento prévio da contratada. 32. Pergunta: Termo Contratual, cláusula obrigações do termo contratual item k, favor esclarecer desembaraço de documentação e check in antecipado. Resposta: Acompanhamento de processos de vistos e passaportes. Quanto ao "check in", somente quando possível, ou junto a atendimento em sala VIP. 33. Pergunta: Termo Contratual, cláusula obrigações do termo contratual item n, Furnas informará em suas requisições de viagens o correio eletrônico de cada funcionário, viabilizando a entrega eletrônica dos bilhetes e vouchers? 34. Pergunta: Termo Contratual, cláusula obrigações do termo contratual item q, o que Furnas entende por serviços de atendimento nos aeroportos? Favor descrever quais serviços deverão ser prestados. Resposta: Serviços que podem ser oferecidos em SALA VIP. 35. Pergunta: Termo Contratual, cláusula obrigações do termo contratual item gg, as taxas e multas cobradas é uma regra da empresa aérea descritas no bilhete emitido. Resposta: Conforme descrito no Edital. 36. Pergunta: Termo Contratual, cláusula obrigações do termo contratual item zz, favor esclarecer o formulário PPP. Resposta: Exigência para contratação de empregados - procedimentos admissionais de saúde e segurança do trabalho. 37. Pergunta: Termo Contratual, cláusula obrigações do termo contratual item ccc, favor esclarecer aposentadoria especial. Resposta: Conforme legislação previdenciária nacional.

5 PE.DAQ.G /5 38. Pergunta: Termo Contratual, cláusula Preço, qual a previsão/ estimativa de valor para que se possa elaborar o custo de transação a ser proposto? Qual o valor gasto nos últimos 12 (doze) meses? Resposta: Com relação às estimativas, ver item 4, Seção V do Edital. Quanto ao valor, a legislação do Pregão Eletrônico não prevê a obrigatoriedade da publicação do orçamento no Edital, porém ele encontra-se à disposição no processo. 39. Pergunta: Termo Contratual, cláusula Reajustamento, em caso de atraso de pagamento, Furnas atualizará financeiramente o valor a pagar à contratada? Considerando ser a remuneração da contratada com base em taxa de transação e sabedores que existe variação de custos mensalmente, qual o critério para Reequilíbrio Econômico Financeiro? Resposta: Conforme Clausula - REAJUSTAMENTO, constante do Edital. 40. Pergunta: Termo Contratual, cláusula condições de faturamento e pagamento itens k e m são contraditórios. Resposta: Não há contradições. 41. Pergunta: Termo Contratual, cláusula controvérsia sobre serviços, favor esclarecer Diário de Ocorrências. Resposta: Diário da contratada sobre as ocorrências diárias, referentes ao Contrato com FURNAS. 42. Pergunta: Termo Contratual, cláusula Subcontratação, cessão, transferência e dação em garantia, relacionamento agências consolidadas x agências consolidadoras são consideradas subcontratação? - Caso positivo, há contratação no Edital que permite a figura da agência consolidada com esta cláusula, porque veda a subcontratação? 43. Pergunta: Termo Contratual, cláusula sanções administrativas, já existe punição de nível de qualidade dos serviços c, d e f, punição não é dupla punição? Resposta: Não, apenas escalonamento da gravidade da falta cometida. 44. Pergunta: Termo Contratual, seção V condições específicas de proposta estimativa das quantidades dos serviços, o número de transações não decrescem a partir do Decreto Presidencial que limitou as despesas em até 50% (cinqüenta por cento) em 2011? Resposta: Não há como efetuar tal previsão, face o número de empreendimentos de FURNAS. O que se espera é uma redução de 50% das despesas e não dos vôos. Marcelo Thompson Tavares DEPARTAMENTO DE AQUISIÇÃO

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo ANEXO VII PREGÃO PRESENCIAL Nº. 054/2015 Termo de Referência 1. OBJETO 1.1. Contratação de empresa do ramo visando o agenciamento de viagem na prestação de serviços para cotação, reserva, emissão, cancelamento,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO segim@jfes.jus.br

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO segim@jfes.jus.br PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESPÍRITO SANTO segim@jfes.jus.br T E R M O DE R E F E R Ê N C I A Aquisição de Passagens Aéreas 1. OBJETO 1.1. Contratação de empresa

Leia mais

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO CFN N. REGIME DE EXECUÇÃO: Menor Preço Global (maior percentual de desconto)

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO CFN N. REGIME DE EXECUÇÃO: Menor Preço Global (maior percentual de desconto) Página 1 de 7 ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO CFN N LICITAÇÃO/MODALIDADE: Pregão Presencial nº 06/2008 REGIME DE EXECUÇÃO: Menor Preço Global (maior percentual de desconto) 1. DO ORGÃO INTERESSADO

Leia mais

RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTO

RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTO RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Ref.: Processo Administrativo nº. 141445/2014 Pregão Eletrônico nº. 056/2014 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE AGENCIAMENTO E FORNECIMENTO

Leia mais

JUSTIÇA DO TRABALHO DIVISÃO DE DOCUMENTO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA

JUSTIÇA DO TRABALHO DIVISÃO DE DOCUMENTO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA DIVISÃO DE DOCUMENTO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA Objeto: Contratação de empresa para prestação do serviço de agenciamento de viagens (emissão, remarcação e cancelamento de passagens aéreas nacionais

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA TOMADA DE PREÇOS N 003/2013 PROCESSO Nº 013/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA I DO OBJETO 1.1 Contratação de empresa especializada na prestação de serviços de reserva, emissão, marcação, remarcação, endosso

Leia mais

ENERI XVI 2011 Brasília. XVI Encontro Nacional de Estudantes de Relações Internacionais 18 a 21 de Maio de 2011

ENERI XVI 2011 Brasília. XVI Encontro Nacional de Estudantes de Relações Internacionais 18 a 21 de Maio de 2011 ENERI XVI 2011 Brasília XVI Encontro Nacional de Estudantes de Relações Internacionais 18 a 21 de Maio de 2011 HOTEL SAN MARCO O Hotel San Marco está localizado no Setor Hoteleiro Sul, junto ao centro

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS FAVOR LER COM ATENÇÃO ESTAS CONDIÇÕES POIS NELAS CONSTAM INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE SUA VIAGEM

CONDIÇÕES GERAIS FAVOR LER COM ATENÇÃO ESTAS CONDIÇÕES POIS NELAS CONSTAM INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE SUA VIAGEM CONDIÇÕES GERAIS FAVOR LER COM ATENÇÃO ESTAS CONDIÇÕES POIS NELAS CONSTAM INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE SUA VIAGEM 1 1. RESPONSABILIDADE A Bon Voyage Operadora, registrada na Embratur nr 07921-00-41-5,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO Secretaria de Administração TERMO DE REFERÊNCIA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO Secretaria de Administração TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA n OBJETO 1.1- Contratação de empresa especializada para FORNECIMENTO 0E PASSAGENS AÉREAS EM ÂMBITO NACIONAL E INTERNACIONAL PARA ESTE, mediante menor preço, apurado pelo menor valor

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 001/2007 ANEXO VI MINUTA DE CONTRATO. PREGÃO ELETRÔNICO N o 09/2010 PROCESSO Nº 079/2010

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 001/2007 ANEXO VI MINUTA DE CONTRATO. PREGÃO ELETRÔNICO N o 09/2010 PROCESSO Nº 079/2010 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 001/2007 ANEXO VI MINUTA DE CONTRATO PREGÃO ELETRÔNICO N o 09/2010 PROCESSO Nº 079/2010 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE FORNECIMENTO DE PASSAGENS AÉREAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS,

Leia mais

RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Nº 001/2015 APRESENTADO PELO ITAÚ UNIBANCO

RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Nº 001/2015 APRESENTADO PELO ITAÚ UNIBANCO RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Nº 001/2015 APRESENTADO PELO ITAÚ UNIBANCO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 066/2015 PREGÃO PRESENCIAL Nº 050/2015 OBJETO: CONTRATAÇAO DE INSTITUIÇAO BANCARIA PARA OPERAR OS

Leia mais

PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO

PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO Data: A partir do dia 22/06/2011 Local: FAPEU SETOR DE LICITAÇÃO (Campus Universitário s/nº, Trindade,

Leia mais

Resposta: Sim, em sendo os bilhetes adquiridos através de agência consolidadora, as faturas deverão ser emitidas em nome desta.

Resposta: Sim, em sendo os bilhetes adquiridos através de agência consolidadora, as faturas deverão ser emitidas em nome desta. Campinas, 26 de fevereiro de 2015. Of. 18.188 O.E. À LNX TRAVEL VIAGENS E TURISMO EIRELE Assunto: Esclarecimentos Pregão Presencial NLP 003/2015 Prezados Senhores, Em resposta à solicitação de esclarecimentos

Leia mais

Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço

Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço Plano Nº 102 - PLANO OI MAIS CELULAR Requerimento de Homologação Nº 11514 (R1), 11488(R2) e 11490 (R3) 1. Aplicação Este Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço é aplicável

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA CMC/ IFAM CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA FORNECIMENTO DE PASSAGENS AÉREAS, FLUVIAIS E TERRESTRES.

TERMO DE REFERÊNCIA CMC/ IFAM CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA FORNECIMENTO DE PASSAGENS AÉREAS, FLUVIAIS E TERRESTRES. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DOAMAZONAS CAMPUS MANAUS CENTRO - CMC DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Diretoria: Diretoria de Administração e Finanças Área de origem: Gerência Administrativa Assunto: VIAGEM DE PESSOAL NO PAÍS

Diretoria: Diretoria de Administração e Finanças Área de origem: Gerência Administrativa Assunto: VIAGEM DE PESSOAL NO PAÍS SISTEMA DE NORMALIZAÇÃO CORPORATIVA SUBSISTEMA NORMAS ORGANIZACIONAIS Diretoria: Diretoria de Administração e Finanças Área de origem: Gerência Administrativa Assunto: VIAGEM DE PESSOAL NO PAÍS Número:

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE FORNECIMENTO DE PASSAGENS AÉREAS PROCESSO Nº 261-09.00/13-3 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 03/13 CONTRATO AJDG N 25/2013 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA-

Leia mais

Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço

Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço 1 - Aplicação Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço Plano Nº 045 - Claro Online Sem internet Requerimento de Homologação Nº 8879 Este Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço é aplicável pela autorizatária

Leia mais

NORMAS GERAIS PARA RECEBIMENTO E CONFERÊNCIA DE DOCUMENTOS

NORMAS GERAIS PARA RECEBIMENTO E CONFERÊNCIA DE DOCUMENTOS NORMAS GERAIS PARA RECEBIMENTO E CONFERÊNCIA DE DOCUMENTOS PROCEDIMENTO PADRÃO Nº. 001/2006. Teresina, Março 2008 ATUALIZADO EM MARÇO DE 2008 NORMAS GERAIS PARA RECEBIMENTO E CONFERÊNCIA DE DOCUMENTOS

Leia mais

Instruções para Candidatos a Bolsa de Mestrado Sanduíche vinculados a Projetos Conjuntos da Coordenação-Geral de Cooperação Internacional

Instruções para Candidatos a Bolsa de Mestrado Sanduíche vinculados a Projetos Conjuntos da Coordenação-Geral de Cooperação Internacional Instruções para Candidatos a Bolsa de Mestrado Sanduíche vinculados a Projetos Conjuntos da Coordenação-Geral de Cooperação Internacional 1. APRESENTAÇÃO Este documento orienta a apresentação de candidaturas

Leia mais

SUMÁRIO EXECUTIVO Resumo do Regulamento de Utilização do seu Cartão de Crédito Bradesco

SUMÁRIO EXECUTIVO Resumo do Regulamento de Utilização do seu Cartão de Crédito Bradesco SUMÁRIO EXECUTIVO Resumo do Regulamento de Utilização do seu Cartão de Crédito Bradesco A seguir você encontrará um resumo dos seus direitos e deveres e das principais condições e informações a respeito

Leia mais

Tarifas Certificação Orgânica segundo Regulamentos Oficiais 2016

Tarifas Certificação Orgânica segundo Regulamentos Oficiais 2016 Página: 1/5 ÍNDICE 1 BASE DE CÁLCULO PARA A DETERMINAÇÃO DE PREÇOS DOS SERVIÇOS... 2 2 OUTROS CUSTOS APLICÁVEIS AOS PROJETOS DE CERTIFICAÇÃO ORGÂNICA... 3 2.1 Certificações orgânicas para outros mercados

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E INFRAESTRUTURA Diretoria de Compras e Licitações 1 - DO OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA 1.1. Contratação

Leia mais

PREÇOS DAS ATIVIDADES DE ACREDITAÇÃO DE LABORATÓRIOS, PRODUTORES DE MATERIAIS DE REFERÊNCIA E PROVEDORES DE ENSAIOS DE PROFICIÊNCIA

PREÇOS DAS ATIVIDADES DE ACREDITAÇÃO DE LABORATÓRIOS, PRODUTORES DE MATERIAIS DE REFERÊNCIA E PROVEDORES DE ENSAIOS DE PROFICIÊNCIA PREÇOS DAS ATIVIDADES DE ACREDITAÇÃO DE LABORATÓRIOS, PRODUTORES DE MATERIAIS DE REFERÊNCIA E PROVEDORES DE ENSAIOS DE PROFICIÊNCIA NORMA Nº NIT-DICLA-011 APROVADA EM JUL/2014 Nº 01/08 SUMÁRIO 1 Objetivo

Leia mais

INFORMAÇÕES REFERENTES À RESERVA TOTAL RESPONSABILIDADE DA AGÊNCIA VERIFICAR TODOS OS ITEMS DESTE DOCUMENTO.

INFORMAÇÕES REFERENTES À RESERVA TOTAL RESPONSABILIDADE DA AGÊNCIA VERIFICAR TODOS OS ITEMS DESTE DOCUMENTO. INFORMAÇÕES REFERENTES À RESERVA TOTAL RESPONSABILIDADE DA AGÊNCIA VERIFICAR TODOS OS ITEMS DESTE DOCUMENTO. INFORMAÇÕES CORRETAS DE TODOS OS PASSAGEIROS: Nº de passaporte (cruzeiros internacionais) e

Leia mais

0281/15 São Paulo, 09 de fevereiro de 2015. Ao Instituto Brasileiro de Governança Corporativa - IBGC At.: Sr. Alexandre Tanaami

0281/15 São Paulo, 09 de fevereiro de 2015. Ao Instituto Brasileiro de Governança Corporativa - IBGC At.: Sr. Alexandre Tanaami Tel.: +55 11 3848 588o Rua Major Quedinho 90 Fax: + 55 11 3045 7363 Consolação São Paulo, SP - Brasil www.bdobrazil.com.br 01050-030 0281/15 São Paulo, 09 de fevereiro de 2015. Ao Instituto Brasileiro

Leia mais

Alamanda Resort (Duplex 2 dormitórios com vista ao mar) Saídas: Terças e Sábados (sujeito a alteração de acordo com a freqüência da companhia aérea).

Alamanda Resort (Duplex 2 dormitórios com vista ao mar) Saídas: Terças e Sábados (sujeito a alteração de acordo com a freqüência da companhia aérea). ST. MAARTEN by FLOT Índice Roteiro Hotel Número de noites Página Beach Plaza 07 noites 01 Sonesta Great Bay 07 noites 02 Sonesta Maho Beach (café da manhã) 07 noites 02 Sonesta Maho Beach (sistema All

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO ELETRÔNICO 01/2010 Processo nº 0.000.000.001735/2010-31 VALIDADE 12 (DOZE) MESES ATA Nº 1/2010 No dia 21 de dezembro do ano de dois mil e dez, no CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO

Leia mais

Rubrica Folha nº 1 / 6

Rubrica Folha nº 1 / 6 1 / 6 Ref.: Pregão Presencialº 029/10. Objeto: Serviços infra-estrutura física e lógica para implantação de link de comunicação entre os escritórios da Emplasa e o escritório da Emplasa e a internet. EMPRESA

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE AGÊNCIAMENTO DE VIAGENS

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE AGÊNCIAMENTO DE VIAGENS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE AGÊNCIAMENTO DE VIAGENS MODALIDADE: CONCORRÊNCIA ESPECIAL CRITÉRIO DE JULGAMENTO: MAIS VANTAJOSO DATA LIMITE PARA ENTREGA DE ORÇAMENTO: 01/06/2016 1.

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Representante Administrativo (AGOSTO 2010)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Representante Administrativo (AGOSTO 2010) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Representante Administrativo (AGOSTO 2010) Índice 1. Reserva Passagem...03 1.1. Remarcação de Bilhete...13 2 1. Reserva Passagem

Leia mais

Orientações para Inscrição dos Candidatos à Bolsa de Estágio Pós-Doutoral do Programa CAPES/ NUFFIC

Orientações para Inscrição dos Candidatos à Bolsa de Estágio Pós-Doutoral do Programa CAPES/ NUFFIC Orientações para Inscrição dos Candidatos à Bolsa de Estágio Pós-Doutoral do Programa CAPES/ NUFFIC 1. APRESENTAÇÃO As orientações, a seguir, buscam esclarecê-lo(a) com relação aos aspectos práticos do

Leia mais

SEGUNDA ATUALIZAÇÃO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº.006/2015 PREGÃO PRESENCIAL Nº.008/2015. VALIDADE: 01/04/2016

SEGUNDA ATUALIZAÇÃO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº.006/2015 PREGÃO PRESENCIAL Nº.008/2015. VALIDADE: 01/04/2016 SEGUNDA ATUALIZAÇÃO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº.006/2015 PREGÃO PRESENCIAL Nº.008/2015. VALIDADE: 01/04/2016 Aos três dias do mês de junho de 2015, o Município de Santo Antônio da Patrulha/RS, neste

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO PRESIDÊNCIA PORTARIA CNMP-PRESI N.º 88 DE 26 DE OUTUBRO DE 2010.

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO PRESIDÊNCIA PORTARIA CNMP-PRESI N.º 88 DE 26 DE OUTUBRO DE 2010. PORTARIA CNMP-PRESI N.º 88 DE 26 DE OUTUBRO DE 2010. Regulamenta a utilização, manutenção e controle do Sistema de Telefonia fixa e móvel, no âmbito do Conselho Nacional do Ministério Público. O PRESIDENTE

Leia mais

Impresso em 28/08/2015 13:38:28 (Sem título)

Impresso em 28/08/2015 13:38:28 (Sem título) Aprovado ' Elaborado por Fernando Cianci/BRA/VERITAS em 17/09/2014 Verificado por Mercio Sobrinho em 17/09/2014 Aprovado por Sandro de Luca/BRA/VERITAS em 18/09/2014 ÁREA GFI Tipo Procedimento Regional

Leia mais

EDITAL PUCPR Nº 11. Dele participarão até vinte (20) estudantes da PUCPR e um professor acompanhante do Programa de Pós-Graduação em Bioética.

EDITAL PUCPR Nº 11. Dele participarão até vinte (20) estudantes da PUCPR e um professor acompanhante do Programa de Pós-Graduação em Bioética. PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO NA ÀREA DE BIOÉTICA ENTRE A PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ E A PONTIFÍCIA UNIVERSIDAD DE COMILLAS DE 30 DE NOVEMBRO A 8 DE DEZEMBRO DE 2013 EDITAL PUCPR Nº

Leia mais

Pagamento de Despesa por Meio de Adiantamento. DNT/SSSCI/SF Março 2013

Pagamento de Despesa por Meio de Adiantamento. DNT/SSSCI/SF Março 2013 Meio de Adiantamento DNT/SSSCI/SF Março 2013 Realização Secretaria da Fazenda Subsecretaria do Sistema de Controle Interno Departamento de Normas Técnicas Apresentação David Fabri Monique Junqueira Ferraz

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARAÇU ESTADO DE MINAS GERAIS

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARAÇU ESTADO DE MINAS GERAIS ATA DE REGISTRO DE PREÇOS/CONTRATO Nº004-B/2016 PROCESSO LICITATÓRIO Nº018/2016 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL N 006/2016 VALIDADE: 12 (doze) meses O Município de Jaguaraçu, neste ato representado por seu

Leia mais

PROTEÇÃO ACIDENTES PESSOAIS SOB MEDIDA

PROTEÇÃO ACIDENTES PESSOAIS SOB MEDIDA PROTEÇÃO ACIDENTES PESSOAIS SOB MEDIDA Í N D I C E 1. ACIONAMENTO DO SERVIÇO DE ASSISTÊNCIA.... 2 2. INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE SUA ASSISTÊNCIA 24 HORAS.... 2 3. ASSISTÊNCIA FUNERAL INDIVIDUAL. (LIMITADO

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Departamento Geral de Administração e Finanças TERMO DE REFERÊNCIA

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Departamento Geral de Administração e Finanças TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA Código de Classificação: 13.02.01.15 1 DO OBJETO: A presente licitação tem por objeto a contratação de empresa para prestação dos serviços de cobertura securitária (seguro) para assegurar

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS VENDA DE PASSAGENS AÉREAS, DOCUMENTAÇÃO E VISTOS CONSULARES

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS VENDA DE PASSAGENS AÉREAS, DOCUMENTAÇÃO E VISTOS CONSULARES INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS VENDA DE PASSAGENS AÉREAS, DOCUMENTAÇÃO E VISTOS CONSULARES Pelo presente instrumento, nesta e na melhor forma de direito, os abaixo assinados,

Leia mais

Perguntas Frequentes. Atração de Jovens Talentos BJT

Perguntas Frequentes. Atração de Jovens Talentos BJT Perguntas Frequentes Atração de Jovens Talentos BJT Diretoria de Relações Internacionais Coordenação-Geral de Bolsas e Projetos CGBP Coordenação de Acompanhamento de Bolsistas no Exterior CBE Brasília,

Leia mais

CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE PROGRAMAS DE VIAGEM INTERNACIONAL. Os passageiros: NOME NUMERO DO CPF NUMERO DO RG DATA NASC.

CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE PROGRAMAS DE VIAGEM INTERNACIONAL. Os passageiros: NOME NUMERO DO CPF NUMERO DO RG DATA NASC. CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE PROGRAMAS DE VIAGEM INTERNACIONAL Os passageiros: NOME NUMERO DO CPF NUMERO DO RG DATA NASC. 1 2 3 4 5 6 7 Estão contratando com a MUNDOJVS VIAGENS E TURISMO LTDA - a intermediação

Leia mais

Instruções para Cotação Eletrônica 152/2014

Instruções para Cotação Eletrônica 152/2014 Instruções para Cotação Eletrônica 152/2014 (Inciso II do Art. 24 da Lei nº 8.666/93 c/c Portaria nº 306, de 13 de dezembro de 2001). A União, por intermédio do Instituto Nacional de Câncer José Alencar

Leia mais

Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço

Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço 1 - Aplicação Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço Plano Nº 044 - Claro Online 5GB Requerimento de Homologação Nº 8876 Este Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço é aplicável pela autorizatária CLARO S.A.,

Leia mais

Cooperativa de Crédito Mutuo dos Praças e Oficiais da Policia Militar do Estado de São Paulo - Cooperacs - SP

Cooperativa de Crédito Mutuo dos Praças e Oficiais da Policia Militar do Estado de São Paulo - Cooperacs - SP POLÍTICA DE CRÉDITO MANUAL DE OPERAÇÕES DE CRÉDITO C.C.M. DOS PRAÇAS E OFICIAIS DA PMESP COOPERACS SP Capítulo Seção Ítem Descrição 1 Apresentação 2 Linhas de Crédito 1 Empréstimo Parcelado 1 Conceituação

Leia mais

REGULAMENTO EMPRÉSTIMO CASANPREV

REGULAMENTO EMPRÉSTIMO CASANPREV REGULAMENTO EMPRÉSTIMO CASANPREV 1 CAPÍTULO I Do Objeto Art. 1º Este documento, doravante denominado Regulamento de Empréstimo, estabelece os direitos e as obrigações da CASANPREV, dos Participantes, Assistidos

Leia mais

Tarifa Operadora GOL Procedimentos e orientações para consulta, reserva e emissão de bilhetes GOL Tarifa Operadora

Tarifa Operadora GOL Procedimentos e orientações para consulta, reserva e emissão de bilhetes GOL Tarifa Operadora Novembro/2012 Tarifa Operadora GOL Procedimentos e orientações para consulta, reserva e emissão de bilhetes GOL Tarifa Operadora Clube Turismo Matriz Av. Pres. Epitácio Pessoa, 724, Torre CEP 58040-000

Leia mais

CATEGORIA TOUR DE COMPRAS EM RIO BRANCO - URUGUAI 89 PREÇOS EM REAIS POR PESSOA, SEM REFEIÇÕES. GRUPO MÍNIMO DE 08 PESSOAS

CATEGORIA TOUR DE COMPRAS EM RIO BRANCO - URUGUAI 89 PREÇOS EM REAIS POR PESSOA, SEM REFEIÇÕES. GRUPO MÍNIMO DE 08 PESSOAS HOSPEDAGEM HOTEL Jacques Georges Tower Curi Palace Manta sob consulta DISTÂNCIA DO EVENTO Hotel Oficial 2.000 m 1,500 m 1.300 m CATEGORIA PREÇOS EM REAIS, POR PESSOA INDIVIDUAL DUPLO TRIPLO DIÁRIA DIÁRIA

Leia mais

NORMA DE TREINAMENTO (NOR-352)

NORMA DE TREINAMENTO (NOR-352) COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO DOS VALES DO SÃO FRANCISCO E DO PARNAÍBA Vinculada ao Ministério da Integração Nacional - MI NORMA DE TREINAMENTO (NOR-352) FOR-101/01 MANUAL DE RECURSOS HUMANOS CÓDIGO: 350

Leia mais

POLÍTICA DE VIAGENS. Andressa Lippi

POLÍTICA DE VIAGENS. Andressa Lippi POLÍTICA DE VIAGENS Andressa Lippi 03 de Março de 2016 POLÍTICA DE VIAGENS SUMÁRIO 1. Objetivo... 3 2. Autorizações... 3 3. Diretrizes da Política de Viagens... 3 4. Serviços de Agência de Viagens e utilização

Leia mais

PROTOCOLO DE ENTREGA

PROTOCOLO DE ENTREGA 1 ESCLARECIMENTO DE DÚVIDAS N.º 002/ADSE 07/02/2012 PREGÃO N 241/ADSE/SBCF/2011 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NA PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS DE ADMINISTRAÇÃO, GERENCIAMENTO, OPERAÇÃO, MANUTENÇÃO E LIMPEZA

Leia mais

Demonstrativo da Composição e Diversificação da Carteira

Demonstrativo da Composição e Diversificação da Carteira Demonstrativo da Composição e Diversificação da Carteira Mês/Ano: 31 de março de 2016 Nome do Fundo: Alfa I - Fundo Mútuo de CNPJ: 03.919.892/0001-17 Administrador: Banco Alfa de Investimento S.A. CNPJ:

Leia mais

Câmara Municipal de Barão do Triunfo ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

Câmara Municipal de Barão do Triunfo ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CONTRATO Nº 009/11 CONTRATO EMERGENCIAL DE LOCAÇÃO DE SISTEMAS E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Pelo presente contrato Emergencial, a CÂMARA MUNICIPAL DE BARÃO DO TRIUNFO, pessoa jurídica de direito público, inscrita

Leia mais

EDITAL Nº 158, DE 11 de OUTUBRO DE 2012 SELEÇÃO DE DOCENTES ELABORAÇÃO DE QUESTÕES DAS PROVAS DO PROCESSO SELETIVO 2013/1

EDITAL Nº 158, DE 11 de OUTUBRO DE 2012 SELEÇÃO DE DOCENTES ELABORAÇÃO DE QUESTÕES DAS PROVAS DO PROCESSO SELETIVO 2013/1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA REITORIA Rua Esmeralda, 430 Faixa Nova Camobi - 97110-767 Santa

Leia mais

Proposta Técnica-comercial Nº 1011/2012_A_Rev.1 ELBI ELÉTRICA INDUSTRIAL LTDA Meio Ambiente, Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional

Proposta Técnica-comercial Nº 1011/2012_A_Rev.1 ELBI ELÉTRICA INDUSTRIAL LTDA Meio Ambiente, Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional 1 Proposta Técnica-comercial Nº 1011/2012_A_Rev.1 ELBI ELÉTRICA INDUSTRIAL LTDA Meio Ambiente, Segurança do Trabalho e Saúde Ocupacional 1. Objeto Constitui objeto desta Proposta a execução pela IUS NATURA

Leia mais

A u t o B r a s i l F r a n q u i a s

A u t o B r a s i l F r a n q u i a s CONTRATO DE COMODATO DE EQUIPAMENTO, MONITORAMENTO DE VEÍCULO E OUTRAS AVENÇAS. OBJETO: 1. O objeto deste contrato é o comodato de equipamentos e sistema de monitoramento e de bloqueio de veículo automotor

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE GOIÁS TERMO DE REFERÊNCIA

ESTADO DE GOIÁS DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE GOIÁS TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM SERVIÇOS DE FORNECIMENTO DE PASSAGENS AÉREAS, NACIONAIS E INTERNACIONAIS, TRASLADOS, RESERVAS, HOSPEDEGENS E ALIMENTAÇÃO EM HÓTEIS, PARA

Leia mais

PROCEDIMENTO DE VIAGEM

PROCEDIMENTO DE VIAGEM PG.GAF.001 003 01/11/2015 1 de 16 CENTRO INTERNACIONAL DE ENERGIAS RENOVÁVEIS BIOGÁS Novembro 2015 PG.GAF.001 003 01/11/2015 2 de 16 Sumário 1. OBJETIVO...3 2. DEFINIÇÕES E SIGLAS...3 3. FLUXO DO PROCESSO

Leia mais

Para não correntistas, as compras e saques no Brasil e exterior serão realizados na função crédito, a débito da fatura do cartão de crédito.

Para não correntistas, as compras e saques no Brasil e exterior serão realizados na função crédito, a débito da fatura do cartão de crédito. BRB MasterCard Gold O cartão BRB MasterCard Gold é um dos mais completos cartões de crédito internacionais do mercado. Aceito em mais de 32 milhões de estabelecimentos credenciados à Rede MasterCard.Conheça

Leia mais

1 OBJETIVO Estabelecer diretrizes e procedimentos para o pagamento de pequenas despesas, através do Fundo Fixo.

1 OBJETIVO Estabelecer diretrizes e procedimentos para o pagamento de pequenas despesas, através do Fundo Fixo. PS 02/28 1 OBJETIVO Estabelecer diretrizes e procedimentos para o pagamento de pequenas despesas, através do. 2 ABRANGÊNCIA. 3 CONCEITOS E DEFINIÇÕES 3.1 Valor disponibilizado em Caixa da SEDE Seccional

Leia mais

REGULAMENTO DO SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA

REGULAMENTO DO SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA REGULAMENTO DO SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA ESTE REGULAMENTO DISPÕE SOBRE A IMPLANTAÇÃO E OPERAÇÃO DO SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA NA REDE DE TRANSPORTE COLETIVO NÃO INTEGRADA DA REGIÃO METROPOLITANA

Leia mais

Apresentar recibo original emitido pela organização do evento, constando inclusive à assinatura do recebedor.

Apresentar recibo original emitido pela organização do evento, constando inclusive à assinatura do recebedor. Apresentar recibo original emitido pela organização do evento, constando inclusive à assinatura do recebedor. acompanhado dos cartões de embarque originais utilizados; f) A FAPERJ não aceitará o pagamento

Leia mais

MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº120/2013

MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº120/2013 Ressaltamos a necessidade de contratação pelas distribuidoras no Leilão A-1 de 2013da quantidade de energia correspondente à exposição involuntária decorrente do cancelamento do Leilão A-1 de 2012 e da

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL

CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL 24170-3 (FL. 1/4) SF 06/11 Via única CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL Estas são as condições gerais do Empréstimo Pessoal, solicitado e contratado por você. Leia atentamente estas condições

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO 1.1. Registro de preço, POR LOTES, para eventual aquisição de adesivos e recipientes (lixeiras) para acondicionamento de materiais recicláveis e materiais não recicláveis

Leia mais

ANEXO IV DO SERVIÇO. 1.4. Informará aos consumidores, a qual setor da empresa deve se dirigir, quando suas solicitações não forem pertinentes.

ANEXO IV DO SERVIÇO. 1.4. Informará aos consumidores, a qual setor da empresa deve se dirigir, quando suas solicitações não forem pertinentes. 1 ANEXO IV DO SERVIÇO 1. A empresa CONTRATADA: 1.1. Executará os serviços objeto deste edital, através do atendimento telefônico e mensagem eletrônica, com base na consulta à banco de dados e registro

Leia mais

CHAMADA DE SELEÇÃO 006 2016 PROGRAMA DE APOIO A PROJETOS DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL (PAPCI)

CHAMADA DE SELEÇÃO 006 2016 PROGRAMA DE APOIO A PROJETOS DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL (PAPCI) CHAMADA DE SELEÇÃO 006 2016 PROGRAMA DE APOIO A PROJETOS DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL (PAPCI) O Diretor de Relações Internacionais da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Professor Fabio Alves da

Leia mais

GUIA DO COORDENADOR DE PROJETOS

GUIA DO COORDENADOR DE PROJETOS GUIA DO COORDENADOR DE PROJETOS Sumário 1. Introdução... 2 2. Início Portal Coordenador... 2 2.1. Novos Pedidos... 2 2.2. Pendências... 3 2.3. Menu... 4 2.4. Sair... 4 3. Saldo de Projetos... 5 4. Extrato

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 026/2010

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 026/2010 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 026/2010 EDITAL DE LICITAÇÃO N.º 112/2010 MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL PROCESSO Nº 2010 0000 5017 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES ATA Nº 026/2010 Ao 1º (primeiro) dia do mês de outubro

Leia mais

CAPÍTULO XI FINANÇAS

CAPÍTULO XI FINANÇAS CAPÍTULO XI FINANÇAS A. INVESTIMENTO DOS FUNDOS DA ASSOCIAÇÃO As decisões referentes aos investimentos da associação deverão tomar como base as declarações sobre normas de investimentos para o Fundo Geral

Leia mais

Norma do Empréstimo Pré-fixado Plano Prece III

Norma do Empréstimo Pré-fixado Plano Prece III Norma do Empréstimo Pré-fixado Plano Prece III Sumário - Objetivo -1/6 - Conceitos Básicos -1/6 - Competências - 2/6 - Condições para o Financiamento - 2/6 - Disposições Gerais - 6/6 - Vigência - 6/6 Objetivo.

Leia mais

VIPMAIS. CAPEMISA SEGURADORA DE VIDA E PREVIDÊNCIA S/A Manual do Cliente VIP Mais Versão Out./12

VIPMAIS. CAPEMISA SEGURADORA DE VIDA E PREVIDÊNCIA S/A Manual do Cliente VIP Mais Versão Out./12 VIPMAIS 2 VIP MAIS MANUAL DO CLIENTE Bem-vindo à CAPEMISA. Parabéns, você acaba de adquirir um produto garantido pela CAPEMISA Seguradora de Vida e Previdência S/A que protege a sua família, caso algum

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE-FURG PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE-FURG PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE-FURG PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO Av. Itália, Km8 Campus Carreiros Rio Grande, RS Brasil 96201-900 fone: 53.32336772 e-mail:prograd@furg.br

Leia mais

Doc. 01 Depósito passagem em salas matutino

Doc. 01 Depósito passagem em salas matutino Doc. 01 Depósito passagem em salas matutino Doc. 02 Comprovante passagem Natal Recife Comprovante de emissão Empresa: AGENCIA AEROTUR LTDA Usuário: JOSE NOALDO SILVA Telefone: 84 3220-2992 E-mail: noaldo@aerotur.com.br

Leia mais

EDITAL FAPERGS 02/2012 PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO NO INSTITUTO PASTEUR DA COREIA DO SUL

EDITAL FAPERGS 02/2012 PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO NO INSTITUTO PASTEUR DA COREIA DO SUL EDITAL FAPERGS 02/2012 PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO NO INSTITUTO PASTEUR DA COREIA DO SUL A FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL FAPERGS torna público o presente Edital aos estudantes

Leia mais

CONSIDERANDO as contribuições apresentadas nas Audiências Públicas nº 063/2007 e nº 083/2008, RESOLVE:

CONSIDERANDO as contribuições apresentadas nas Audiências Públicas nº 063/2007 e nº 083/2008, RESOLVE: AGÊNCIA NACIONAL DE TRANSPORTES TERRESTRES RESOLUÇÃO Nº 2885, DE 09 DE SETEMBRO DE 2008 DOU de 23 DE SETEMBRO DE 2008 Estabelece as normas para o Vale-Pedágio obrigatório e institui os procedimentos de

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços.

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. 1 Sumário: Tópico: Página: 2 Apresentação: O Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços ou SIG-ISS é um sistema para gerenciamento

Leia mais

Termo de Compromisso e Adesão ao Sistema de Emissão e Reserva de Bilhete Aéreo

Termo de Compromisso e Adesão ao Sistema de Emissão e Reserva de Bilhete Aéreo Termo de Compromisso e Adesão ao Sistema de Emissão e Reserva de Bilhete Aéreo PICCHIONI VIAGENS E TURISMO LTDA, estabelecida à Avenida Bernardo Monteiro, 1539, em Belo Horizonte- MG- CEP: 30.150-281,

Leia mais

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR Projeto Básico da Contratação de Serviços: Prestação de serviços de elaboração, formatação e acompanhamento como proponente do Projeto Cultural NATAL LUZ DE GRAMADO 30ª edição,

Leia mais

RIVIERA DE SANTA CRISTINA XIII REGULAMENTO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E DA DISPOSIÇÃO DOS EFLUENTES SANITÁRIOS DO LOTEAMENTO (SAADES)

RIVIERA DE SANTA CRISTINA XIII REGULAMENTO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E DA DISPOSIÇÃO DOS EFLUENTES SANITÁRIOS DO LOTEAMENTO (SAADES) RIVIERA DE SANTA CRISTINA XIII REGULAMENTO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E DA DISPOSIÇÃO DOS EFLUENTES SANITÁRIOS DO LOTEAMENTO (SAADES) 1. Objetivo e Definições 1.1. O presente Regulamento objetiva

Leia mais

REGULAMENTO DE CREDENCIAMENTO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROFISSIONAIS DE CONSULTORIA, INSTRUTORIA EM PROJETOS.

REGULAMENTO DE CREDENCIAMENTO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROFISSIONAIS DE CONSULTORIA, INSTRUTORIA EM PROJETOS. REGULAMENTO DE CREDENCIAMENTO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROFISSIONAIS DE CONSULTORIA, INSTRUTORIA EM PROJETOS. TOLEDO-PR Página 2 de 6 1. OBJETIVO 1.1 O presente regulamento objetiva

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. desenvolvimento das atividades do SEBRAE/RO.

TERMO DE REFERÊNCIA. desenvolvimento das atividades do SEBRAE/RO. Contratação de empresa especializada para desenvolver software de gestão de viagens, visando providenciar ferramenta de tecnologia capaz de gerenciar o fluxo de aquisição de passagens, e/ou locação de

Leia mais

TERMO DE CONTRATO: Nº 011/2004 CONTRATANTE: TRIBUNAL DE CONTAS DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO

TERMO DE CONTRATO: Nº 011/2004 CONTRATANTE: TRIBUNAL DE CONTAS DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO 1 TERMO DE CONTRATO: Nº 011/2004 CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE SÃO PAULO CONTRATADA: KENTA INFORMÁTICA LTDA. OBJETO DO CONTRATO: AQUISIÇÃO DE LICENÇA DE USO DO SOFTWARE PSS PROCESS & STORAGE SOUND, INCLUINDO

Leia mais

Município de Oliveira do Hospital PROJETO DO REGULAMENTO DE APOIO A INICIATIVAS EMPRESARIAIS

Município de Oliveira do Hospital PROJETO DO REGULAMENTO DE APOIO A INICIATIVAS EMPRESARIAIS PROJETO DO REGULAMENTO DE APOIO A INICIATIVAS EMPRESARIAIS O Município de Oliveira do Hospital entende como de interesse municipal as iniciativas empresariais que contribuem para o desenvolvimento e dinamização

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS EDITAL Nº 01/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO A Universidade Federal do Tocantins UFT, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação PROPESQ, torna pública a abertura de inscrições para selecionar candidatos

Leia mais

Resolvem, na melhor forma de direito, celebrar o presente Contrato de Mútuo ( Contrato ), de acordo com os seguintes termos e condições:

Resolvem, na melhor forma de direito, celebrar o presente Contrato de Mútuo ( Contrato ), de acordo com os seguintes termos e condições: CONTRATO DE MÚTUO Prelo presente instrumento particular, [O Estudante, pessoa física proponente de empréstimo com determinadas características ( Proposta )], identificado e assinado no presente contrato

Leia mais

Versão: Consulta Pública Início de Vigência: XX.XX.XXX Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº XXXX, de XX de mês de 200X

Versão: Consulta Pública Início de Vigência: XX.XX.XXX Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº XXXX, de XX de mês de 200X Procedimento de Comercialização LIQUIDAÇÃO FINANCEIRA RELATIVA À CONTRATAÇÃO DE ENERGIA DE RESERVA Versão: Consulta Pública Início de Vigência: XX.XX.XXX Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº XXXX,

Leia mais

POLÍTICA DE VIAGEM FSB

POLÍTICA DE VIAGEM FSB FSB ÍNDICE 1. ABRANGÊNCIA... 2 2. OBJETIVO... 2 3. DEFINIÇÕES GERAIS... 2 3.1. Solicitações de adiantamento, passagens aéreas e reservas de hotéis... 2 3.2. Aquisição, cancelamento e não utilização de

Leia mais

Processo de Solicitação de Viagem GENS S.A. Manual do Colaborador

Processo de Solicitação de Viagem GENS S.A. Manual do Colaborador Processo de Solicitação de Viagem GENS S.A. Manual do Colaborador 1 Apresentação Apresentamos o Processo de Viagens GENS Manual do Colaborador. Este Manual é parte integrante do Processo de Viagens GENS.

Leia mais

COTAÇÃO ELETRÔNICA N 108/2014 CONDIÇÕES GERAIS DE CONTRATAÇÃO Processo n.º 23370.000471.2014-19

COTAÇÃO ELETRÔNICA N 108/2014 CONDIÇÕES GERAIS DE CONTRATAÇÃO Processo n.º 23370.000471.2014-19 COTAÇÃO ELETRÔNICA N 108/2014 CONDIÇÕES GERAIS DE CONTRATAÇÃO Processo n.º 23370.000471.2014-19 1 - OBJETO: Cotação Eletrônica para Aquisição de Mesas de Xadrez para a Direção de Extensão do do IFRS. 2

Leia mais

Auxílio Financeiro a Estudantes (Mestrado e Doutorado)

Auxílio Financeiro a Estudantes (Mestrado e Doutorado) Auxílio Financeiro a Estudantes (Mestrado e Doutorado) Encaminhar ao Decor/PROPG a Requisição de Auxílio Financeiro a Estudantes devidamente assinada e carimbada pela Coordenação do Programa de Pós-Graduação

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA 1.2. QUALIFICAÇÃO TÉCNICA DOS EMPREGADOS DESIGNADOS PARA O SERVIÇO

TERMO DE REFERÊNCIA 1.2. QUALIFICAÇÃO TÉCNICA DOS EMPREGADOS DESIGNADOS PARA O SERVIÇO TERMO DE REFERÊNCIA FONTE DE RECURSO: CONVÊNIO 4500023751 CENTRO DE CUSTOS: 1060815 FONTE: 000121 NATUREZA DE GASTO: 68 OBJETO: Suporte técnico em Ambientes Virtuais de Aprendizagem Moodle; OBJETIVO GERAL:

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE LOCAÇÃO DE VEÍCULOS

CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE LOCAÇÃO DE VEÍCULOS CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE LOCAÇÃO DE VEÍCULOS CONTRATO DE GESTÃO IGAM/ABHA N 002/2009 = TERMO DE REFERÊNCIA = PROCESSO SELETIVO 010/2012 ARAGUARI - MG SETEMBRO / 2012 1. OBJETIVO 1.1. Este Termo de Referência

Leia mais

Resumo do Regulamento da Utilização do Cartão de Crédito Bradesco

Resumo do Regulamento da Utilização do Cartão de Crédito Bradesco Sumário Executivo Resumo do Regulamento da Utilização do Cartão de Crédito Bradesco A seguir você encontrará um resumo dos seus direitos e deveres e das principais condições e informações a respeito do

Leia mais

Manual Cartão de Pagamento do Governo Federal. Banco do Setor público

Manual Cartão de Pagamento do Governo Federal. Banco do Setor público Manual Cartão de Pagamento do Governo Federal Banco do Setor público 2 Sumário Introdução 04 Cartão de Pagamento do Governo Federal CPGF 04 Passo a Passo 10 Perguntas e Respostas 12 Legislação I Ementa

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS EDITAL Nº 02/2015

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS EDITAL Nº 02/2015 MIISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS DIRETORIA DE RELAÇÕES ITERACIOAIS EDITAL º 02/2015 O DIRETOR DE RELAÇÕES ITERACIOAIS e o COORDEADOR DO PROJETO DE ITERACIOALIZAÇÃO da UIVERSIDADE FEDERAL

Leia mais

Matemática Financeira. Flávio Rodrrigues

Matemática Financeira. Flávio Rodrrigues Matemática Financeira Flávio Rodrrigues Desconto de Títulos de Crédito Conceito: O Desconto é a diferença entre o valor futuro de um título (duplicata, nota promissória, letra de câmbio, cheque pré- datado

Leia mais

Resumo do Regulamento de Utilização do seu Cartão de Crédito Bradesco Básico Standard.

Resumo do Regulamento de Utilização do seu Cartão de Crédito Bradesco Básico Standard. SUMÁRIO EXECUTIVO Resumo do Regulamento de Utilização do seu Cartão de Crédito Bradesco Básico Standard. A seguir, você encontrará um resumo dos seus direitos e deveres e das principais condições e informações

Leia mais