Assumiu em 2002 um novo desafio profissional como empreendedor e Presidente do Teleco.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Assumiu em 2002 um novo desafio profissional como empreendedor e Presidente do Teleco."

Transcrição

1 Roteiro de Estudo: Telefonia Celular - Tecnologias Básicas I O Portal Teleco passa a apresentar periodicamente Roteiros de Estudo sobre os principais temas das Telecomunicações. Os roteiros apresentam uma sugestão de tutoriais publicados para compor o estudo de cada tema, de forma a abranger os tópicos mais importantes. O roteiro deste mês trata das Tecnologias Básicas de Telefonia Celular, e apresenta a cada semana um conjunto de tutoriais em destaque, de acordo com a sugestão dos autores do roteiro, para organizar o conhecimento a ser adquirido. Engenheiro de Teleco (IME 78) e Mestre em Teleco (INPE 81) tendo atuado nas áreas de Redes Ópticas, Sistemas Celulares e Comunicações por Satélite. Ocupou várias posições de Direção em empresas de Teleco como VP de Operações da BMT, Diretor de Operações da Pegasus Telecom e Gerente de Planejamento Celular da Ericsson. Pioneiro no desenvolvimento de Satélites no Brasil (INPE), tem vasta experiência internacional, é detentor de uma patente na área e tem participado constantemente como palestrante em seminários. Assumiu em 2002 um novo desafio profissional como empreendedor e Presidente do Teleco. Huber Bernal Filho Engenheiro de Teleco (MAUÁ 79), tendo atuado nas áreas de Redes de Dados e Multisserviços, Sistemas 1

2 Celulares e Sistemas de Supervisão e Controle. Ocupou posições de liderança na Pegasus Telecom (Gerente - Planejamento de Redes), na Compaq (Consultor - Sistemas Antifraude) e na Atech (Coordenador - Projeto Sivam). Atuou também na área de Sistemas de Supervisão e Controle como coordenador de projetos em empresas líderes desse mercado. Tem vasta experiência internacional, tendo trabalhado em projetos de Teleco nos EUA e de Sistemas de Supervisão e Controle na Suécia. Atualmente dedica-se à Teleco e à prestação de serviços de consultoria em telecomunicações. Categoria: Telefonia Celular Nível: Intermediário Enfoque: Técnico Duração: 30 minutos Publicado em: 12/06/2010 2

3 Roteiro de Estudo: Telefonia Celular - Tecnologias Básicas I Este roteiro apresenta a seqüência sugerida de estudo das tecnologias básicas de Telefonia Celular, indicando os tutoriais existentes no portal Teleco e a seqüência em que devem ser lidos. A figura a seguir apresenta a evolução dessas tecnologias e a sua relação com o que se convencionou chamar de gerações de tecnologias. Evolução das Tecnologias de Telefonia Celular Para acessar um resumo das tecnologias de Telefonia Celular, acessa a página do Teleco Tecnologias de Celular. Para acessar os tutoriais listados abaixo, basta clicar no nome do tutorial. Ao finalizar a leitura do tutorial, basta retornar a esta lista para selecionar o tutorial seguinte. Caso queira conhecer o currículo do autor, o mesmo procedimento deve ser adotado e, ao finalizar a leitura, basta retornar a esta lista. Os tutoriais indicados em vermelho são os destaques desta semana, para fins de estudo. Na seção Teste o seu entendimento encontram-se os testes relativos aos tutoriais em destaque. Tutoriais AMPS/TDMA (IS-136) GSM Rede GSM: Conceitos Erick Fabiano Rezende Silva CDMA (IS-95) 3

4 GPRS EDGE Marilson Duarte Soares 1x EV-DO (cdma2000) Eduardo Esteves, Hugo Swart UMTS HSDPA: A Banda Larga do UMTS HSDPA: Transmissão de Dados em Telefonia Móvel Anderson Clayton de Oliveira HSPA: Conceitos Básicos White Paper Ericsson HSPA+: Evolução do Release 7 Para Banda Larga Móvel White Paper Qualcomm HSPA+: O que vem a seguir? White Paper Qualcomm LTE (Long Term Evolution): A Evolução das Redes 3G White Paper Ericsson LTE: Solução OFDMA Otimizada para Espectro com Maior Largura de Banda White Paper Qualcomm 4

5 Roteiro de Estudo: Telefonia Celular - Tecnologias Básicas I > Teste seu Entendimento 1. Assinale a alternativa falsa. As Bandas A e B só podem ser utilizadas por sistemas AMPS. As interfaces de sinalização para roaming em uma rede AMPS são baseadas no protocolo IS 41. Os canais de controle do TDMA (IS-136) são digitais. A maioria dos telefones celulares em operação no Brasil no final de 2002 era dual com TDMA (IS-136) e AMPS. 2. Assinale a alternativa correta. A capacidade de um sistema GSM é maior que a do TDMA pois têm 8 canais por portadora enquanto o TDMA tem 3. Os sistemas GSM nos Estados Unidos e Europa utilizam a mesma faixa de freqüências. 270,833 kbit/s é a taxa de um canal de voz no GSM. 13 kbit/s é a taxa de um canal de voz no GSM. 3. Qual das alternativas abaixo representa uma fase do desenvolvimento do padrão GSM? Fase I: desenvolvimento dos serviços básicos de telefonia móvel, tais como voz, roaming internacional, serviços básicos de dados, bloqueio de chamada, encaminhamento de chamadas e short message (SMS). Fase 2: desenvolvimento de novos serviços, tais como aviso de cobrança, chamada retida, identificador de chamadas, chamada em espera, conferência, grupos fechados de usuários e comunicação de dados adicional (GPRS - General Packet Radio Service). Fase 2+: desenvolvimento dos serviços de perfil de multi serviços e plano de números privados e serviços fax, além do início da utilização da banda de 1800 MHz. Todas as alternativas anteriores. 4. Assinale a alternativa falsa As Bandas do CDMA são divididas em canais de RF com 1,25 MHz de banda cada. As interfaces de sinalização para roaming em uma rede CDMA são baseadas no protocolo IS-41. A estrutura de codificação dos canais CDMA é a mesma nos dois sentidos de comunicação entre ERB e Estação Móvel. Os canais de piloto e sincronismos são necessários para decodificação quando se utiliza códigos de Walsh. 5. Assinale a alternativa verdadeira Os canais de RF do TDMA e o AMPS utilizam o mesmo tipo de modulação. O CDMA, TDMA e AMPS utilizam o IS-41 para roaming. O consumo de bateria é o mesmo no AMPS e no TDMA. Os sistemas AMPS e TDMA (IS-136) utilizam geralmente planos de freqüência com reuso diferente de 7 por 21. 5

6 6. Assinale a alternativa errada. As interfaces de sinalização em uma rede GSM são baseadas no protocolo MAP com suporte do SS7. A rede de roaming de um sistema GSM utiliza o protocolo IS-41. Os assinantes de um sistema GSM são autenticados no AuC. Sem o SIM Card a Estação Móvel não pode fazer nem receber chamadas. 7. Quais são os elementos que compõem a camada Base Station System (BSS) da rede GSM? Base Transceiver Station (BTS) e Base Station Controller (BSC). Base Transceiver Station (BTS) e Mobile Switching System (MSC). Base Station Controller (BSC) e Home Location Register (HLR). Mobile Switching System (MSC) e Home Location Register (HLR). 8. Assinale a Alternativa verdadeira O 3GPP (Third Generation Partnership Project) é responsável pela padronização da evolução do CDMA (IS-95) para 3G. O CDMA (IS-95) não suporta SMS. O IS-41 é suportado pelo SS7 (ANSI). O CDMA e o TDMA (IS-136) tem a mesma capacidade. 9. Assinale o elemento que não faz parte da arquitetura de uma rede CDMA (IS-45). CCC SIM Card ERB HLR VLR 10. Para que serve o recurso de Paging na rede GSM? Serve para fornecer um recurso de paginação no navegador do celular do assinante. Serve para enviar uma mensagem SMS para todos os terminais celulares da rede. Serve para localizar um determinado assinante, ou seja, para saber em que área da rede se encontra o seu terminal celular. Serve para determinar se existe algum nó da rede GSM em condição adversa. 11. Assinale o serviço que não é suportado por uma rede GSM. Telefonia SMS Conexão a Internet via GPRS TV por assinatura Localização 6

7 12. Um assinante de uma operadora no Brasil que adota a tecnologia TDMA (IS-136). está na Bahia em uma cidade que só é coberta pela Banda A. Em que sistema o seu terminal irá operar. TDMA CDMA AMPS GSM Não irá operar 7

Assumiu em 2002 um novo desafio profissional como empreendedor e Presidente do Teleco.

Assumiu em 2002 um novo desafio profissional como empreendedor e Presidente do Teleco. Roteiro de Estudo: Telefonia Celular - Tecnologias Básicas IV O Portal Teleco passa a apresentar periodicamente Roteiros de Estudo sobre os principais temas das Telecomunicações. Os roteiros apresentam

Leia mais

Assumiu em 2002 um novo desafio profissional como empreendedor e Presidente do Teleco.

Assumiu em 2002 um novo desafio profissional como empreendedor e Presidente do Teleco. Roteiro de Estudo: Telefonia Celular - Tecnologias Básicas III O Portal Teleco passa a apresentar periodicamente Roteiros de Estudo sobre os principais temas das Telecomunicações. Os roteiros apresentam

Leia mais

UMTS. www.teleco.com.br 1

UMTS. www.teleco.com.br 1 UMTS Este tutorial apresenta os conceitos básicos do Universal Mobile Telecommunications System (UMTS) padrão de 3ª Geração de sistemas celulares para evolução de redes GSM. Autor: Eduardo Tude Engenheiro

Leia mais

HSDPA: A Banda Larga do UMTS

HSDPA: A Banda Larga do UMTS HSDPA: A Banda Larga do UMTS Este tutorial apresenta os conceitos básicos do High Speed Downlink Packet Access (HSDPA), extensão do WCDMA para implementação de um enlace de descida banda larga no UMTS.

Leia mais

Este tutorial apresenta os conceitos básicos sobre Sistemas Celulares e sua regulamentação no Brasil.

Este tutorial apresenta os conceitos básicos sobre Sistemas Celulares e sua regulamentação no Brasil. Telefonia Celular no Brasil Este tutorial apresenta os conceitos básicos sobre Sistemas Celulares e sua regulamentação no Brasil. (Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 09/12/2002).

Leia mais

Segurança de Rede Sem Fio

Segurança de Rede Sem Fio Segurança de Rede Sem Fio Dilson Catói Felipe Boeira João Cancelli Marcelo Dieder Rafael Dreher Universidade do Vale do Rio dos Sinos UNISINOS dilsoncatoi@gmail.com, felipecboeira@gmail.com, jvcancelli@gmail.com,

Leia mais

Atualmente dedica-se à Teleco e à prestação de serviços de consultoria em telecomunicações.

Atualmente dedica-se à Teleco e à prestação de serviços de consultoria em telecomunicações. Roteiro de Estudos Redes PAN II O Portal Teleco apresenta periodicamente Roteiros de Estudo sobre os principais temas das Telecomunicações. Os roteiros apresentam uma sugestão de tutoriais publicados para

Leia mais

26. O sistema brasileiro de televisão digital adota os seguintes parâmetros para HDTV:

26. O sistema brasileiro de televisão digital adota os seguintes parâmetros para HDTV: IFPB Concurso Público/Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (Edital 24/2009) CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CÓDIGO 06 UCs de Comunicações Móveis e/ou de Processamento de Sinais de Áudio e Vídeo

Leia mais

Introdução. Sistemas de Comunicação Wireless. Sumário. Visão Geral de Redes Móveis "#$%%% Percentual da população com telefone celular

Introdução. Sistemas de Comunicação Wireless. Sumário. Visão Geral de Redes Móveis #$%%% Percentual da população com telefone celular Sumário Sistemas de Comunicação Wireless! #$%%% & Visão Geral de Redes Móveis Introdução Percentual da população com telefone celular Brasil 19% 34% 2001 2005 Fonte: Global Mobile, Goldman Sachs, DiamondCluster

Leia mais

Assumiu em 2002 um novo desafio profissional como empreendedor e Presidente do Teleco.

Assumiu em 2002 um novo desafio profissional como empreendedor e Presidente do Teleco. O que é IP O objetivo deste tutorial é fazer com que você conheça os conceitos básicos sobre IP, sendo abordados tópicos como endereço IP, rede IP, roteador e TCP/IP. Eduardo Tude Engenheiro de Teleco

Leia mais

(Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 26/11/2002).

(Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 26/11/2002). Acesso à Internet Este tutorial apresenta as formas de acesso a Internet disponíveis para o usuário brasileiro, e apresenta os números atuais da Internet no Brasil. (Versão revista e atualizada do tutorial

Leia mais

Projeto Repetidor Indoor: Conceitos e Recomendações

Projeto Repetidor Indoor: Conceitos e Recomendações Projeto Repetidor Indoor: Conceitos e Recomendações Este tutorial apresenta conceitos e características de um projeto de Repetidor Celular Indoor (interno) para redes celulares que utilizam a tecnologia

Leia mais

Assumiu em 2002 um novo desafio profissional como empreendedor e Presidente do Teleco.

Assumiu em 2002 um novo desafio profissional como empreendedor e Presidente do Teleco. Código de Seleção de Prestadora (CSP) Este tutorial apresenta o Código de Seleção de Prestadora (CSP) utilizado no Brasil para chamadas de longa distância. Eduardo Tude Engenheiro de Teleco (IME 78) e

Leia mais

Telecomunicações. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Telecomunicações. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Telecomunicações Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Tecnologias de telefonia celular GSM (Global System for Mobile Communications) Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Leia mais

GSM - Global System for Mobile Communication

GSM - Global System for Mobile Communication GSM - Global System for Mobile Communication Este tutorial apresenta os conceitos básicos de Sistemas Celulares GSM. O GSM (Global System for Mobile Communication) é um padrão digital de segunda geração

Leia mais

Atualmente dedica-se à Teleco e à prestação de serviços de consultoria em telecomunicações.

Atualmente dedica-se à Teleco e à prestação de serviços de consultoria em telecomunicações. Roteiro de Estudos Redes PAN IV O Portal Teleco apresenta periodicamente Roteiros de Estudo sobre os principais temas das Telecomunicações. Os roteiros apresentam uma sugestão de tutoriais publicados para

Leia mais

Este tutorial apresenta os conceitos básicos do Multi Protocol Label Switching (MPLS) utilizado em redes IP.

Este tutorial apresenta os conceitos básicos do Multi Protocol Label Switching (MPLS) utilizado em redes IP. MPLS Este tutorial apresenta os conceitos básicos do Multi Protocol Label Switching (MPLS) utilizado em redes IP. Eduardo Tude Engenheiro de Teleco (IME 78) e Mestre em Teleco (INPE 81) tendo atuado nas

Leia mais

(Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 11/11/2002).

(Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 11/11/2002). ADSL (Speedy, Velox, Turbo) Este tutorial apresenta a tecnologia ADSL (Asymetric Digital Subscriber Line) desenvolvida para prover acesso de dados banda larga a assinantes residenciais ou escritórios através

Leia mais

A 2ª geração se caracteriza pelo advento das redes digitais. São elas o TDMA (Time Division Multiple Access), GSM e o CDMA.

A 2ª geração se caracteriza pelo advento das redes digitais. São elas o TDMA (Time Division Multiple Access), GSM e o CDMA. GERAÇÕES DA TELEFONIA MÓVEL A Telefonia móvel iniciou no final dos anos 70. A 1ª geração de telefonia era a analógica. O serviço padrão era o AMPS (Advanced Mobile Phone System). Esse sistema tinha como

Leia mais

Este dimensionamento pode ser feito utilizando os calculadores de Erlang C e Erlang B do Teleco.

Este dimensionamento pode ser feito utilizando os calculadores de Erlang C e Erlang B do Teleco. Dimensionamento de Centrais de Atendimento (Call Center) Este tutorial apresenta os conceitos básicos para dimensionamento de centrais de atendimento também conhecidas como Call Center ou Contact Center.

Leia mais

Qualidade na Telefonia Fixa

Qualidade na Telefonia Fixa Qualidade na Telefonia Fixa Este tutorial apresenta os indicadores básicos utilizados pela Anatel para acompanhar a Qualidade do Serviço prestado pelas operadoras do Serviço Telefônico Fixo Comutado no

Leia mais

Figura 1 - Arquitectura do GSM

Figura 1 - Arquitectura do GSM GSM O aparecimento das redes de comunicações no século passado veio revolucionar o nosso mundo. Com os primeiros telefones surgiu a necessidade de criar redes que os suportassem. Começaram a surgir as

Leia mais

Evolução Telefonia Móvel

Evolução Telefonia Móvel 1 Evolução Telefonia Móvel RESUMO De modo geral o artigo visa esclarecer formas de comunicações utilizadas no passado e atualmente em celulares, tablets, modens portáteis entre outras aparelhos de comunicação

Leia mais

Segurança em redes sem fios - GSM

Segurança em redes sem fios - GSM Segurança em redes sem fios - GSM Jaime Dias FEUP > DEEC > MRSC > Segurança em Sistemas e Redes v3 GSM (Global System for Mobile Communications) 1 Arquitectura de rede OMC (Operation and management Centre)

Leia mais

Assumiu em 2002 um novo desafio profissional como empreendedor e Presidente do Teleco.

Assumiu em 2002 um novo desafio profissional como empreendedor e Presidente do Teleco. VPN: Redes Privadas Virtuais O objetivo deste tutorial é apresentar os tipos básicos de Redes Privadas Virtuais (VPN's) esclarecendo os significados variados que tem sido atribuído a este termo. Eduardo

Leia mais

HISTÓRICO DA TELEFONIA CELULAR

HISTÓRICO DA TELEFONIA CELULAR HISTÓRICO DA TELEFONIA CELULAR Antes de qualquer coisa é preciso apresentar o conceito de telefone celular. Este conceito pode ser definido como um transmissor de baixa potência onde freqüências podem

Leia mais

Este tutorial apresenta os conceitos básicos sobre o que é um Service Level Agreement (SLA).

Este tutorial apresenta os conceitos básicos sobre o que é um Service Level Agreement (SLA). Service Level Agreement (SLA) Este tutorial apresenta os conceitos básicos sobre o que é um Service Level Agreement (SLA). Eduardo Tude Engenheiro de Teleco (IME 78) e Mestre em Teleco (INPE 81) tendo

Leia mais

Telecomunicações. Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br

Telecomunicações. Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br Telecomunicações Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br Rede de Telefonia Fixa Telefonia pode ser considerada a área do conhecimento que trata da transmissão de voz através de uma rede de telecomunicações.

Leia mais

Arquiteturas para implantação de aplicações móveis wireless

Arquiteturas para implantação de aplicações móveis wireless Arquiteturas para implantação de aplicações móveis wireless Este tutorial apresenta uma visão geral da arquitetura para implantação de aplicações móveis wireless. Eduardo Tude Engenheiro de Teleco (IME

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS Trabalho Individual Área / UFCD

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS Trabalho Individual Área / UFCD 1 de 7 Na minha opinião o telemovél na sociedade tem uma boa vantagem porque com tem uma grande mobilidade (pode-se levar para todo o lado), através dele podemos entrar em contacto com amigos ou familiares

Leia mais

Assumiu em 2002 um novo desafio profissional como empreendedor e Presidente do Teleco.

Assumiu em 2002 um novo desafio profissional como empreendedor e Presidente do Teleco. Roteiro de Estudos Redes IP Conceitos Básicos IV O Portal Teleco apresenta periodicamente Roteiros de Estudo sobre os principais temas das Telecomunicações. Os roteiros apresentam uma sugestão de tutoriais

Leia mais

Computação Móvel: Sistemas de Telefonia Móvel

Computação Móvel: Sistemas de Telefonia Móvel Computação Móvel: Sistemas de Telefonia Móvel Mauro Nacif Rocha DPI/UFV 1 Conceitos Básicos Sistema móvel celular (SMC) Estrutura em célula. Célula é uma área geográfica coberta por um transmissor de baixa

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS Trabalho Individual Área / UFCD

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS Trabalho Individual Área / UFCD 1 de 9 Desde o nascimento do telemóvel e o seu primeiro modelo vários se seguiram e as transformações tecnológicas que estes sofreram ditaram o nascimento de várias gerações. O Motorola DynaTac 8000X é

Leia mais

Dimensionamento de Centrais de Atendimento (Call Center)

Dimensionamento de Centrais de Atendimento (Call Center) 1 Dimensionamento de Centrais de Atendimento (Call Center) Este tutorial apresenta os conceitos básicos para dimensionamento de centrais de atendimento também conhecidas como Call Center ou Contact Center.

Leia mais

Telefonia Móvel Celular

Telefonia Móvel Celular Introdução à Computação Móvel Prof. Francisco José da Silva e Silva Prof. Rafael Fernandes Lopes Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação (PPGCC) Universidade Federal do Maranhão (UFMA) Telefonia

Leia mais

CDMA, 3G e Aplicações. Luiz Gustavo Nogara nogara@inf.puc-rio.br

CDMA, 3G e Aplicações. Luiz Gustavo Nogara nogara@inf.puc-rio.br CDMA, 3G e Aplicações Luiz Gustavo Nogara nogara@inf.puc-rio.br Tópicos da apresentação História CDMA Padrões 3G Aplicações História Conceito básico: reuso de frequência 1969 Primeiro sistema celular com

Leia mais

Redes sem Fio 2016.1. WMANs (IEEE 802.16) Wi-MAX. Ricardo Kléber. Ricardo Kléber

Redes sem Fio 2016.1. WMANs (IEEE 802.16) Wi-MAX. Ricardo Kléber. Ricardo Kléber Redes sem Fio 2016.1 WMANs (IEEE 802.16) Wi-MAX Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Turma: TEC.SIS.5M Redes sem Fio Onde Estamos? Sistemas de comunicação wireless Redes locais wireless

Leia mais

Conversão da Tarifação das Chamadas Locais do STFC de Pulso para Minuto. (Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 04/11/2005).

Conversão da Tarifação das Chamadas Locais do STFC de Pulso para Minuto. (Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 04/11/2005). Conversão da Tarifação das Chamadas Locais do STFC de Pulso para Minuto Este tutorial apresenta os conceitos básicos envolvidos na mudança do critério de tarifação de chamadas locais do STFC de Pulso para

Leia mais

PARTE 1 TELEFONIA CELULAR AULA 2 INTRODUÇAO. Sistemas de Telecomunicações II Prof. Flávio Ávila

PARTE 1 TELEFONIA CELULAR AULA 2 INTRODUÇAO. Sistemas de Telecomunicações II Prof. Flávio Ávila PARTE 1 TELEFONIA CELULAR AULA 2 INTRODUÇAO Sistemas de Telecomunicações II Prof. Flávio Ávila Comunicações móveis 2 Definição antiga: dispositivo móvel Definição atual: alta velocidade Exemplos Pager

Leia mais

Capítulo 2: Camada Física. Capítulo 2. A camada física

Capítulo 2: Camada Física. Capítulo 2. A camada física Capítulo 2: Camada Física Capítulo 2 A camada física slide 1 2011 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados. Computer Networks, Fifth Edition by Andrew Tanenbaum and David Wetherall, Pearson

Leia mais

Manual de Utilização Rápida Vodafone Connect Pen K5006-Z

Manual de Utilização Rápida Vodafone Connect Pen K5006-Z Manual de Utilização Rápida Vodafone Connect Pen K5006-Z Bem-vindo ao mundo da Banda Larga Móvel 1 2 3 4 5 6 8 9 9 10 12 Bem-vindo Configuração da Connect Pen Iniciar a aplicação Ligar Janela Normal Definições

Leia mais

O objetivo do tutorial é demonstrar a relação das tecnologias GSM e TDMA com o roubo de celulares, prática esta muito comum em nossos dias.

O objetivo do tutorial é demonstrar a relação das tecnologias GSM e TDMA com o roubo de celulares, prática esta muito comum em nossos dias. As Tecnologias TDMA e GSM Relacionadas com o Roubo de Celulares Esta Série Especial de Tutoriais apresenta os trabalhos premiados no III Concurso Teleco de Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) 2007. O

Leia mais

5. Empresa em Estudo Oi

5. Empresa em Estudo Oi 80 5. Empresa em Estudo Oi Este capítulo retrata a Oi, primeira empresa a oferecer a tecnologia GSM no Brasil, a sua origem, os serviços oferecidos, o lançamento e a escolha da marca. 5.1. A Empresa Holding

Leia mais

Soluções Móveis Corporativas Divisão de Soluções Corporativas

Soluções Móveis Corporativas Divisão de Soluções Corporativas Soluções Móveis Corporativas Divisão de Diretoria de Planejamento e Gestão Data: 09/10/2015 As informações contidas neste documento são proprietárias e para uso público. Propriedade da Vivo. Agenda Institucional

Leia mais

Numeração Telefônica no Brasil. Este tutorial apresenta a estrutura básica do plano de numeração utilizada em sistemas telefônicos no Brasil.

Numeração Telefônica no Brasil. Este tutorial apresenta a estrutura básica do plano de numeração utilizada em sistemas telefônicos no Brasil. Numeração Telefônica no Brasil Este tutorial apresenta a estrutura básica do plano de numeração utilizada em sistemas telefônicos no Brasil. Eduardo Tude Engenheiro de Teleco (IME 78) e Mestre em Teleco

Leia mais

Este tutorial apresenta os conceitos básicos de Sistemas Celulares CDMA (IS-95).

Este tutorial apresenta os conceitos básicos de Sistemas Celulares CDMA (IS-95). CDMA (IS-95) Este tutorial apresenta os conceitos básicos de Sistemas Celulares CDMA (IS-95). Eduardo Tude Engenheiro de Teleco (IME 78) e Mestre em Teleco (INPE 81) tendo atuado nas áreas de Redes Ópticas,

Leia mais

CDMA450. Planos de Negócio e Oportunidades para o Uso do 450 MHz no Brasil. FRANCISCO GIACOMINI SOARES Diretor Sênior de Relações Governamentais

CDMA450. Planos de Negócio e Oportunidades para o Uso do 450 MHz no Brasil. FRANCISCO GIACOMINI SOARES Diretor Sênior de Relações Governamentais CDMA450 Planos de Negócio e Oportunidades para o Uso do 450 MHz no Brasil FRANCISCO GIACOMINI SOARES Diretor Sênior de Relações Governamentais São Paulo, 31 de Maio de 2011. Roteiro Faixa de 450 MHz Tecnologias

Leia mais

INF-111 Redes Sem Fio Aula 06 Tecnologias para WMAN Prof. João Henrique Kleinschmidt

INF-111 Redes Sem Fio Aula 06 Tecnologias para WMAN Prof. João Henrique Kleinschmidt INF-111 Redes Sem Fio Aula 06 Tecnologias para WMAN Prof. João Henrique Kleinschmidt Santo André, outubro de 2014 Roteiro Sistemas de Telefonia Celular Evolução dos Sistemas Celulares WMAN WiMAX Arquitetura

Leia mais

GSM: Terceira Geração de Telecomunicações

GSM: Terceira Geração de Telecomunicações UFSM Artigo Científico GSM: Terceira Geração de Telecomunicações Carlos Renan Silveira Ciência da Computação Santa Maria, RS, Brasil 2003 GSM: Terceira Geração de Telecomunicações por Carlos Renan Silveira

Leia mais

INFORMAÇÃO ESTÍSTICA DOS SERVIÇOS MÓVEIS

INFORMAÇÃO ESTÍSTICA DOS SERVIÇOS MÓVEIS INFORMAÇÃO ESTÍSTICA DOS SERVIÇOS MÓVEIS Empresa: Responsáveis pelo preenchimento: Contactos dos responsáveis - Telf.: E-mail: ES ESTATÍSTICOS A. B. C. D. E. E'. F. G. ESTAÇÕES MÓVEIS E UTILIZADORES TRÁFEGO

Leia mais

Tecnologia de redes celular GSM X CDMA

Tecnologia de redes celular GSM X CDMA Tecnologia de redes celular GSM X CDMA GSM (Global Standard Mobile) GSM (Global Standard Mobile) Também baseado na divisão de tempo do TDMA, o GSM foi adotado como único sistema europeu em 1992, e se espalhou

Leia mais

Este tutorial apresenta os conceitos básicos sobre Femtocell, pequenas estações rádio base (ERB's) desenvolvidas para operar dentro de residências.

Este tutorial apresenta os conceitos básicos sobre Femtocell, pequenas estações rádio base (ERB's) desenvolvidas para operar dentro de residências. O que é Femtocell? Este tutorial apresenta os conceitos básicos sobre Femtocell, pequenas estações rádio base (ERB's) desenvolvidas para operar dentro de residências. Eduardo Tude Engenheiro de Teleco

Leia mais

Nesta mesma época os Europeus criaram um grupo de estudos para desenvolver um sistema móvel PanEuropeu afim de padronizar o sistema na Europa.

Nesta mesma época os Europeus criaram um grupo de estudos para desenvolver um sistema móvel PanEuropeu afim de padronizar o sistema na Europa. Introdução Durante os anos 80, os sistemas de celulares analógicos foram experimentados na Europa. Cada país desenvolveu seu próprio sistema, o que se tornou um problema para os Europeus, que não eram

Leia mais

Tecnologias de banda larga móvel, UMTF e WiMax

Tecnologias de banda larga móvel, UMTF e WiMax Tecnologias de banda larga móvel, UMTF e WiMax Alex Rodrigo de Oliveira - 06/30403 Danilo Gaby Andersen Trindade - 06/82039 Pedro Rogério Vieira Dias - 06/93472 26 de junho de 2009 Resumo Trabalho final

Leia mais

Redes Inteligentes e as Redes Móveis

Redes Inteligentes e as Redes Móveis Redes Inteligentes e as Redes Móveis Definições de mobilidade Recordar: Arquitecturas GSM, GPRS e UMTS Introdução dos conceitos IN na rede GSM: CAMEL Definições de mobilidade, desafios Mobilidade terminal

Leia mais

Fundamentos de Telecomunicações

Fundamentos de Telecomunicações Fundamentos de Telecomunicações LERCI_FT 1: Introdução Professor Victor Barroso vab@isr.ist.utl.pt 1 Introduzindo O tópico A terminologia A tecnologia O conteúdo... LERCI_FT - Lição 1 Fundamentos de Telecomunicações

Leia mais

HSPA: Conceitos Básicos

HSPA: Conceitos Básicos HSPA: Conceitos Básicos Este tutorial apresenta a tecnologia contida no padrão HSPA (High Speed Packet Access) para as redes celulares de 3ª geração (3G) baseada no conjunto de padrões WCDMA (Wideband

Leia mais

Este tutorial apresenta os meios disponíveis atualmente para o acesso à Internet.

Este tutorial apresenta os meios disponíveis atualmente para o acesso à Internet. Meios de Acesso à Internet Este tutorial apresenta os meios disponíveis atualmente para o acesso à Internet. (Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 26/02/2007). Huber Bernal Filho

Leia mais

HSPA+: Evolução do Release 7 Para Banda Larga Móvel

HSPA+: Evolução do Release 7 Para Banda Larga Móvel HSPA+: Evolução do Release 7 Para Banda Larga Móvel As operadoras UMTS estão lançando rapidamente o High Speed Packet Access (HSPA) para capitalizar a capacidade de banda larga móvel e a alta capacidade

Leia mais

Prof. Othon M. N. Batista Mestre em Informática. Página 1 de 25

Prof. Othon M. N. Batista Mestre em Informática. Página 1 de 25 Mestre em Informática Página 1 de 25 Roteiro Introdução Definição História Requerimentos IMT-Advanced Padrões 4G LTE Advanced Padrões 4G WirelessMAN Advanced 4G no Brasil Perguntas Página 2 de 25 Introdução

Leia mais

General Packet Radio Service (GPRS) Aluna: Marília Veras

General Packet Radio Service (GPRS) Aluna: Marília Veras General Packet Radio Service (GPRS) Aluna: Marília Veras Tópicos O que é GPSR Arquitetura do Sistema Estados Operacionais do Celular GPRS Classes do Celular GSM/ GPRS Protocolos do GPRS Transmitindo Pacotes

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DO SALVADOR ALUNA: ANGELA PEIXOTO SANTANA CURSO: BACHARELADO EM INFORMÁTICA PROFESSOR: MARCO ANTONIO CAMARA GSM

UNIVERSIDADE CATÓLICA DO SALVADOR ALUNA: ANGELA PEIXOTO SANTANA CURSO: BACHARELADO EM INFORMÁTICA PROFESSOR: MARCO ANTONIO CAMARA GSM UNIVERSIDADE CATÓLICA DO SALVADOR ALUNA: ANGELA PEIXOTO SANTANA CURSO: BACHARELADO EM INFORMÁTICA PROFESSOR: MARCO ANTONIO CAMARA GSM SALVADOR, Outubro de 2003 UNIVERSIDADE CATÓLICA DO SALVADOR ALUNA:

Leia mais

Internet 3G - VIVO ZAP

Internet 3G - VIVO ZAP O Vivo Zap 3G é a banda larga da Vivo que você acessa no seu computador ou notebook usando o mesmo modem. E você também pode contratar o Vivo Zap 3G para acessar a internet pelo seu smartphone. VANTAGENS

Leia mais

Tecnologias de banda larga móvel, UMTS e WiMax

Tecnologias de banda larga móvel, UMTS e WiMax Tecnologias de banda larga móvel, UMTS e WiMax Alex Rodrigo de Oliveira - 06/30403 Danilo Gaby Andersen Trindade - 06/82039 Pedro Rogério Vieira Dias - 06/93472 28 de junho de 2009 Resumo Trabalho final

Leia mais

LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA ATRAVÉS DE APARELHO CELULAR

LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA ATRAVÉS DE APARELHO CELULAR LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA ATRAVÉS DE APARELHO CELULAR Allan Rangel Cordeiro Curso de Engenharia Elétrica Universidade Federal do Paraná Curitiba Paraná Brasil e-mail: al_ee@ufpr.br Resumo - Este artigo tem

Leia mais

Atualmente dedica-se à Teleco e à prestação de serviços de consultoria em telecomunicações.

Atualmente dedica-se à Teleco e à prestação de serviços de consultoria em telecomunicações. Rádio Spread Spectrum Este tutorial apresenta os aspectos técnicos dos Rádios Spread Spectrum (Técnica de Espalhamento Espectral) aplicados aos Sistemas de Transmissão de Dados. Félix Tadeu Xavier de Oliveira

Leia mais

Conceitos Básicos de Telefonia Celular

Conceitos Básicos de Telefonia Celular O curso foi elaborado especialmente para atender o profissional que atua no mercado varejista de aparelhos celulares e quer atender seus clientes com rapidez e qualidade. O treinamento é direcionado ao

Leia mais

Redes de Telefonia Móvel Celular. Sumário. Introdução

Redes de Telefonia Móvel Celular. Sumário. Introdução Redes de Telefonia Móvel Celular $OXQR &DUORV $OEHUWR 9LHLUD &DPSRV 2ULHQWDGRU /XtV )HOLSH 0DJDOKmHV GH 0RUDHV Sumário Introdução Evolução das redes celulares Comparação entra algumas tecnologias Arquitetura

Leia mais

MIGRAÇÃO DO SISTEMA DE COMUNICAÇÃO MÓVEL DE 2º GERAÇãO PARA 3º GERAÇãO PADRÃO GLOBAL IMT-2000

MIGRAÇÃO DO SISTEMA DE COMUNICAÇÃO MÓVEL DE 2º GERAÇãO PARA 3º GERAÇãO PADRÃO GLOBAL IMT-2000 MIGRAÇÃO DO SISTEMA DE COMUNICAÇÃO MÓVEL DE 2º GERAÇãO PARA 3º GERAÇãO PADRÃO GLOBAL IMT-2000 ELIÉZER SPINELLI MELO YGOR COSTA LIMA Departamento de Engenharia Instituto de Educação Superior de Brasília

Leia mais

É Presidente do Comitê de TIC - Tecnologia da Informação e Comunicação da Amcham - SP, Câmara Americana de Comércio de São Paulo.

É Presidente do Comitê de TIC - Tecnologia da Informação e Comunicação da Amcham - SP, Câmara Americana de Comércio de São Paulo. Direitos de Passagem e Termos de Permissão de Uso de Vias Públicas O objetivo deste tutorial é fazer com que você conheça os conceitos básicos sobre direitos de passagem e termos de permissão de uso de

Leia mais

Rede GSM: Conceitos. Este tutorial apresenta uma visão conceitual sobre as redes GSM e o procedimento para o estabelecimentos de chamadas nessa rede.

Rede GSM: Conceitos. Este tutorial apresenta uma visão conceitual sobre as redes GSM e o procedimento para o estabelecimentos de chamadas nessa rede. Rede GSM: Conceitos Este tutorial apresenta uma visão conceitual sobre as redes GSM e o procedimento para o estabelecimentos de chamadas nessa rede. Erick Fabiano Rezende Silva Formação pela Universidade

Leia mais

Evolução das Redes de Telecomunicação: Arquitetura IMS

Evolução das Redes de Telecomunicação: Arquitetura IMS Evolução das Redes de Telecomunicação: Arquitetura IMS Samuel R. Lauretti Graduado em Engenharia Elétrica pela USP-São Carlos em 1987, com Mestrado em Telecomunicações pela UNICAMP em 1993. Completou o

Leia mais

Este tutorial apresenta os conceitos básicos de Sistemas Celulares AMPS e TDMA (IS-136).

Este tutorial apresenta os conceitos básicos de Sistemas Celulares AMPS e TDMA (IS-136). AMPS/TDMA (IS-136) Este tutorial apresenta os conceitos básicos de Sistemas Celulares AMPS e TDMA (IS-136). Eduardo Tude Engenheiro de Teleco (IME 78) e Mestre em Teleco (INPE 81) tendo atuado nas áreas

Leia mais

HSDPA: Transmissão de Dados em Telefonia Móvel

HSDPA: Transmissão de Dados em Telefonia Móvel HSDPA: Transmissão de Dados em Telefonia Móvel O conteúdo deste tutorial foi obtido do artigo de autoria do Anderson Clayton de Oliveira para a etapa de classificação do II Concurso Teleco de Trabalhos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ DISSERTAÇÃO DE MESTRADO Desenvolvimento de um Amplificador CMOS Totalmente Integrado para Operar em 1.8GHz Autor : Felipe Ribeiro Campos Vilasboas Orientador : Prof. Tales

Leia mais

Telefonia Móvel: do Analógico ao 3G+

Telefonia Móvel: do Analógico ao 3G+ Telefonia Móvel: do Analógico ao 3G+ Guilherme Pimentel Diretor TIM Regional Sul 10 de Setembro de 2008 Tecnologia de celular, capaz de trafegar dados em alta velocidade É a banda larga móvel Videochamada,

Leia mais

Assumiu em 2002 um novo desafio profissional como empreendedor e Presidente do Teleco.

Assumiu em 2002 um novo desafio profissional como empreendedor e Presidente do Teleco. Tarifas de Uso de Rede Este tutorial apresenta os conceitos básicos de Tarifas de Uso de Rede das Operadoras de Telefonia Fixa e Celular. Eduardo Tude Engenheiro de Teleco (IME 78) e Mestre em Teleco (INPE

Leia mais

Interface Acesso Rádio Informação e normas aplicáveis ao desenvolvimento e testes de equipamento terminal

Interface Acesso Rádio Informação e normas aplicáveis ao desenvolvimento e testes de equipamento terminal Interface Acesso Rádio Informação e normas aplicáveis ao desenvolvimento e testes de equipamento terminal Versão: 1.5 Vodafone 2009. Reservados todos os direitos. A reprodução e uso escrito ou verbal de

Leia mais

NETCOM 2007 PALESTRA:

NETCOM 2007 PALESTRA: NETCOM 2007 PALESTRA: SOLUÇÕES DE COBERTURA INDOOR PARA APLICAÇÕES WIMAX Marcelo Yamaguchi RFS Radio Frequency Systems Página 1 de (6) INTRODUÇÃO A demanda cada vez maior por portabilidade, mobilidade,

Leia mais

Capítulo 2 Sistemas Rádio Móveis

Capítulo 2 Sistemas Rádio Móveis Capítulo 2 Sistemas Rádio Móveis 2.1. Histórico e Evolução dos Sistemas Sem Fio A comunicação rádio móvel teve início no final do século XIX [2], quando o cientista alemão H. G. Hertz demonstrou que as

Leia mais

Este tutorial apresenta algumas características técnicas da plataforma MMS e suas aplicações.

Este tutorial apresenta algumas características técnicas da plataforma MMS e suas aplicações. O Mercado de Wireless Messaging Este tutorial apresenta algumas características técnicas da plataforma MMS e suas aplicações. Além disso, mostra qual o impacto e as oportunidades geradas que poderão ser

Leia mais

Este tutorial apresenta os conceitos básicos do General Packet Radio Services (GPRS) que permite a transmissão de dados em sistemas GSM.

Este tutorial apresenta os conceitos básicos do General Packet Radio Services (GPRS) que permite a transmissão de dados em sistemas GSM. GPRS Este tutorial apresenta os conceitos básicos do General Packet Radio Services (GPRS) que permite a transmissão de dados em sistemas GSM. Eduardo Tude Engenheiro de Teleco (IME 78) e Mestre em Teleco

Leia mais

INFORMAÇÃO ESTÍSTICA DOS SERVIÇOS MÓVEIS

INFORMAÇÃO ESTÍSTICA DOS SERVIÇOS MÓVEIS INFORMAÇÃO ESTÍSTICA DOS SERVIÇOS MÓVEIS Empresa: Responsáveis pelo preenchimento: Contactos dos responsáveis - Telf.: E-mail: ES ESTATÍSTICOS A. B. C. D. E. E'. ESTAÇÕES MÓVEIS E UTILIZADORES TRÁFEGO

Leia mais

TELEFONIA MÓVEL: EVOLUÇÃO E DEPENDÊNCIA

TELEFONIA MÓVEL: EVOLUÇÃO E DEPENDÊNCIA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FLUMINENSE CAMPUS CAMPOS CENTRO GRADUAÇÃO EM TECNOLOGIA EM SISTEMAS DE TELECOMUNICAÇÕES DANUSA DOS SANTOS RODRIGUES DOUGLAS BENTO FARIA JONATHAN PESSANHA

Leia mais

Atualmente ocupa o cargo de Especialista de RF III na Alcatel-Lucent, onde é responsável pela Otimização de Redes de Telefonia Celular 3G/2G.

Atualmente ocupa o cargo de Especialista de RF III na Alcatel-Lucent, onde é responsável pela Otimização de Redes de Telefonia Celular 3G/2G. Interoperabilidade UMTS-to-GSM (IRAT Inter-Radio Access Technology) Este tutorial apresenta os conceitos básicos do processo de Interoperabilidade entre os sistemas UMTS e GSM (IRAT Inter-Radio Access

Leia mais

Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço

Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço 1 - Aplicação Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço Plano Nº 044 - Claro Online 5GB Requerimento de Homologação Nº 8876 Este Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço é aplicável pela autorizatária CLARO S.A.,

Leia mais

Rádio Troncalizado Terrestrial Trunked Radio (TETRA): Fatores Relevantes na Integração entre Redes

Rádio Troncalizado Terrestrial Trunked Radio (TETRA): Fatores Relevantes na Integração entre Redes Rádio Troncalizado Terrestrial Trunked Radio (TETRA): Fatores Relevantes na Integração entre Redes Este tutorial apresenta o padrão de rádio troncalizado TETRA (Terrestrial Trunked Radio), desenvolvido

Leia mais

SSC0748 - Redes Móveis

SSC0748 - Redes Móveis - Redes Móveis Introdução Redes sem fio e redes móveis Prof. Jó Ueyama Agosto/2012 1 Capítulo 6 - Resumo 6.1 Introdução Redes Sem fo 6.2 Enlaces sem fo, características 6.3 IEEE 802.11 LANs sem fo ( wi-f

Leia mais

ADSL. Esta tecnologia é utilizada pelo Speedy da Telefonica, Turbo da Brasil Telecom, Velox da Telemar e Turbonet da GVT.

ADSL. Esta tecnologia é utilizada pelo Speedy da Telefonica, Turbo da Brasil Telecom, Velox da Telemar e Turbonet da GVT. ADSL Este tutorial apresenta a tecnologia ADSL (Asymetric Digital Subscriber Line) desenvolvida para prover acesso de dados banda larga a assinantes residenciais ou escritórios através da rede de pares

Leia mais

sua melhor parceria para o Sucesso... CelPlan Wireless Global Technologies Outubro / 2001 1

sua melhor parceria para o Sucesso... CelPlan Wireless Global Technologies Outubro / 2001 1 CelPlan Wireless Global Technologies Outubro / 2001 1 CelPlan Estabelecida desde 1992 Fornecendo Tecnologia para um Mercado Globalizado Outubro / 2001 2 Organização Celplan Wireless Global Technologies

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA APLICAÇÃO: 14/9/2014

PADRÃO DE RESPOSTA APLICAÇÃO: 14/9/2014 DISSERTAÇÃO Espera-se que o candidato redija texto dissertativo acerca da evolução das redes de comunicação e da infraestrutura destinada para a provisão de novos serviços, abordando, necessariamente,

Leia mais

Software de Telecomunicações. GSM Global System for Mobile communications

Software de Telecomunicações. GSM Global System for Mobile communications Software de Telecomunicações GSM Global System for Mobile communications Prof RG Crespo Software de Telecomunicações GSM : 1/10 Introdução (1) O GSM- Global System for Mobile communications é o sistema

Leia mais

Modo Dual, Banda Dual: Tecnologia para Expansão de Mercado

Modo Dual, Banda Dual: Tecnologia para Expansão de Mercado Contribuição do Universal Wireless Communications Consortium (UWCC) [Consórcio de Comunicações Sem Fio Universais] em resposta à Consultoria Pública 198, Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL) Anexo

Leia mais

Anexo I - DEFINIÇÕES. Em relação ao presente Acordo, os seguintes termos terão os significados expressos em suas respectivas definições:

Anexo I - DEFINIÇÕES. Em relação ao presente Acordo, os seguintes termos terão os significados expressos em suas respectivas definições: Anexo I - DEFINIÇÕES Em relação ao presente Acordo, os seguintes termos terão os significados expressos em suas respectivas definições: 1. 3G: terceira geração; 2. AA.13: documento da GSMA que contém os

Leia mais

Transmissão de dados através de telefonia celular: arquitetura das redes GSM e GPRS

Transmissão de dados através de telefonia celular: arquitetura das redes GSM e GPRS Transmissão de dados através de telefonia celular: arquitetura das redes GSM e GPRS Resumo Rodolfo Pedó Pirotti 1 Marcos Zuccolotto 2 O padrão de telefonia celular mais difundido no Brasil e no mundo é,

Leia mais

1 Sistemas de telefonia celular no Brasil

1 Sistemas de telefonia celular no Brasil 1 Sistemas de telefonia celular no Brasil Em 1984, deu-se início à análise de sistemas de tecnologia celular sendo definido o padrão americano, analógico, AMPS Advanced Mobile Phone System, como modelo

Leia mais

Futuro das comunicações ópticas e. sistemas de mobilidade

Futuro das comunicações ópticas e. sistemas de mobilidade Futuro das comunicações ópticas e a convergência com sistemas de mobilidade Convivência de Redes Móveis com as Fixas FORA E DENTRO DA CASA DENTRO DA CASA Mercado de Tablet deverá explodir nos próximos

Leia mais

Ensino Técnico. Plano de Trabalho Docente 2012. ETE Monsenhor Antônio Magliano. Área Profissional: Industria

Ensino Técnico. Plano de Trabalho Docente 2012. ETE Monsenhor Antônio Magliano. Área Profissional: Industria Plano de Trabalho Docente 2012 Ensino Técnico ETE Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça Área Profissional: Industria Habilitação Profissional: Técnico de Nível Médio de Técnico em Eletrônica

Leia mais

NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO

NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO Profª. Kelly Hannel Novas tecnologias de informação 2 HDTV WiMAX Wi-Fi GPS 3G VoIP Bluetooth 1 HDTV 3 High-definition television (também conhecido por sua abreviação HDTV):

Leia mais

Anatomia de uma rede de acesso banda-larga (Parte I) GTER 33

Anatomia de uma rede de acesso banda-larga (Parte I) GTER 33 Anatomia de uma rede de acesso banda-larga (Parte I) GTER 33 2012 Grupo Algar Negócios Algar Setor TI/Telecom Setor Agro Setor Serviços Turismo Algar Telecom Negócios & Atuação: Varejo Empresas Dados &

Leia mais