CAMPEONATO BRASILEIRO DE PADEL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CAMPEONATO BRASILEIRO DE PADEL"

Transcrição

1 CAMPEONATO BRASILEIRO DE PADEL REGULAMENTO 2015 O Campeonato Brasileiro de Padel é promovido, implantado e administrado pela Confederação Brasileira de Padel COBRAPA. O presente regulamento é válido para o ano de 2015, com alguns itens tendo validade superior ao prazo previamente citado, e poderá ser modificado pela Diretoria Técnica da COBRAPA. Etapas O campeonato Brasileiro de Padel de 2015 será composto de 5 (cinco) etapas, todas com pontuação máxima para o Ranking Brasileiro de Padel. As sedes e as datas das etapas serão definidas no calendário da COBRAPA pela Presidência e Diretoria Técnica, que a seu critério poderá realiza-las diretamente ou ceder à realização do evento a terceiros. A organização das etapas será realizada pela COBRAPA, que contratará equipe competente para isso. As etapas para o ano de 2015 são as seguintes: Etapa Local Data 1ª Etapa Porto Alegre 13/14/15 de março 2ª Etapa Curitiba 15/16/17 de maio 3ª Etapa Joinville 3/4/5 de julho 4ª Etapa Curitiba 14/15/16 de agosto 5ª Etapa Novo Hamburgo 6/7/8 de novembro Ranking O ranking brasileiro de Padel sofrerá algumas modificações. O ranking não será mais zerado em nenhum momento. As etapas do Campeonato Brasileiro de Padel terão a pontuação de 100% da tabela de pontos. As Etapas dos Estaduais, dos Estados federados a COBRAPA, terão a pontuação de 25% da tabela de pontos. As demais etapas oficializadas pela COBRAPA terão a pontuação de 10% da tabela de pontos. Os pontos de uma etapa ficam vigentes por 1 ano a contar da data da realização da etapa, expirando automaticamente após essa data.

2 O ranking será formado pelos 5 resultados das Etapas do Campeonato Brasileiro de Padel, mais os 5 melhores resultados entre as etapas dos Estaduais e demais etapas oficializadas pela COBRAPA. Abaixo a pontuação das etapas do Brasileiro. Fase Pontuação Campeões 2000 Vice-Campeões 1500 Semi Finalistas 1250 Quartas de Final 1000 Oitavas de Final 750 Décimas Sextas de Final 500 Chaves 250 O ranking será disponibilizado no site da COBRAPA. Somente constarão do ranking atletas com a anuidade em dia com a COBRAPA. Seletiva para Competições Internacionais Os rankings masculino, feminino, Sênior e Infantil servirão para classificar os atletas de cada categoria para compor a Seleção Brasileira de Padel e representar o Brasil no cenário internacional. Para isso os classificados deverão ser brasileiros natos ou naturalizados. Serão convocadas sempre a primeira dupla do Ranking. Caso possua convocação por critério técnico além das convocações por ranking, essa seleção ficará a critério dos técnicos junto a Diretoria Técnica. Para o Campeonato Mundial Adulto por equipes a seletiva seguirá o seguinte critério, sendo convocados os 2 primeiros atletas do ranking (desde que não tenham nenhuma sanção disciplinar), mais 5 atletas por indicação. Em casos excepcionais a Comissão Técnica junto à Diretoria Técnica terão autonomia para tomar uma decisão que fuja às regras estabelecidas pelo presente regulamento. A convocação dos atletas selecionados para integrarem as Seleções Masculina e Feminina Adultas será divulgada e estará a disposição no site da COBRAPA. Em caso de convocação para outras seleções, como Sênior e Infantil, todos os convocados devem estar filiados. As categorias cujos atletas serão automaticamente escalados para compor a Seleção Brasileira de Padel serão as seguintes: Seleção Masculina Adulta Ranking da 1ª Categoria Masculina Seleção Feminina Adulta Ranking da 1ª Categoria Feminina Seleção Sênior Masculina Ranking das Categorias 35/45 anos Seleção Infantil Masculina Ranking das Categorias 14/16/18 anos Seleção Infantil Feminina Ranking das Categorias 14/16/18 anos

3 Mudança de Categoria Os 4 primeiros atletas de uma categoria no final do ano, serão automaticamente impossibilitados de jogar juntos no próximo ano (caso o aproveitamento seja superior a 75% nas etapas jogadas), caso desejem jogar juntos, deverão subir de categoria, jogando em uma categoria superior, exceto a 1ª Categoria Masculina, a 1ª Categoria Feminina e a categorias por idade. Caso os atletas desejem continuar jogando na mesma categoria, deverão se emparceirar com atletas que não estejam entre os 4 primeiros do ranking. Se durante o ano um atleta deseja trocar de categoria, deve fazer para uma categoria imediatamente superior. As inscrições em duas categorias não serão aceitas, com exceção das categorias sênior, desde que a outra categoria inscrita seja uma categoria Adulta. Não serão aceitas inscrições de duplas mistas. Nas categorias por idade, podem participar quaisquer jogadores, mesmo da 1ª Categoria Masculina. No entanto, não será permitida uma dupla com dois jogadores da 1ª Categoria Masculina.

4 Premiação Anual Ao final do ano, de acordo com a pontuação do ranking, e contando apenas com etapas do ano vigente, serão definidos os atletas 1º (primeiros) colocados de cada Categoria. Esses atletas receberão 1 (um) certificado, a ser entregue em um evento especial, em data a ser definida pela Comissão Organizadora da COBRAPA. Em caso de empate de 2 (dois) ou mais atletas, o Certificado será entregue a todos os atletas empatados. Todas as categorias receberão troféus para campeões e vice-campeões. Considera-se o teto mínimo de premiação o valor de R$ 3.000,00 (três mil reais) para a 1ª Categoria Masculina e de R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais) para a 1ª Categoria Feminina. Essa premiação será condicionada a inscrição de 12 duplas na 1ª Categoria Masculina e de 9 duplas na 1ª Categoria Feminina, com atletas ranqueados na respectiva categoria. No caso de se inscreverem menos duplas que as citadas acima, os valores serão proporcionais. Nas etapas que se realizem o Circuito Profissional de Padel, a premiação será a seguinte: 1ª Masculino: Oitavas : R$ 140,00 por dupla Quartas: R$ 200,00 por dupla Semi-Final: R$ 350,00 por dupla Vice-Campeão : R$ 700 por dupla Campeão : R$ 1.300,00 por dupla. Caso não tenham todas as Oitavas ou Quartas o valor ficará para o organizador. 1ª Feminino: Quartas : R$ 140,00 por dupla Semi-Final: R$ 200,00 por dupla Vice-Campeã: R$ 500,00 por dupla Campeã: R$ 900,00 por dupla. Caso não tenha todas as Quartas de final o valor ficará com o organizador.

5 Inscrições As inscrições somente poderão ser realizadas pelo site da COBRAPA. As inscrições encerrar-se-ão 2 dias antes do inicio de cada etapa, exceto para as categorias do Circuito Profissional, que se encerram 7 dias antes do inicio de cada etapa. A anuidade para o ano de 2015 terá o valor de R$ 60,00 para pagamento até o dia 10 de fevereiro de 2015, e após essa data terá o valor de R$ 75,00. A anuidade terá a vigência de 1 ano a partir da data de pagamento. Esse pagamento de anuidade poderá ser realizado a qualquer momento. Essa anuidade dará direito a participar do ranking da COBRAPA, a carteirinha de filiado da COBRAPA, que concederá descontos em estabelecimentos conveniados além de valores menores de inscrição nas etapas do Campeonato Brasileiro. O valor de inscrição em cada etapa do Campeonato Brasileiro de Padel será de R$ 70,00 para atletas com a anuidade vigente, e de R$ 100,00 para atletas com a anuidade expirada ou sem anuidade. Categorias a serem disputadas As categorias a serem disputadas no Campeonato Brasileiro de Padel são as seguintes: Circuito Profissional 1ª Masculina e 1ª Feminina Categorias Masculinas 2ª, 3ª, 4ª e 5ª Categorias Femininas 2ª, 3ª, 4ª e Iniciantes Categorias Sênior 35 anos e 45 anos As categorias infantis serão disputadas em eventos separados, apenas com categorias infantis. As datas serão divulgadas no site da COBRAPA. Horários dos Jogos Os jogos serão disputados a partir das 19h00min de sexta-feira, até as 18h00min do Domingo, em cada etapa, exceto para as Categorias do Circuito Profissional, que seguirão horários pré-definidos.

6 Resultados e Ranking de Cada Etapa A equipe organizadora indicada pela COBRAPA se encarregará de atualizar o ranking. Os nomes dos atletas deverão ser completos conforme o que consta no RG (Carteira de Identidade ou Passaporte), e deverá constar obrigatoriamente o CPF. Em etapas dos Estaduais e demais etapas serão disponibilizadas para o organizador da etapa, um acesso ao site para lançamento dos resultados e pontos para o ranking. Os resultados de cada etapa do Campeonato Brasileiro serão disponibilizados no site da COBRAPA. Penalização de Atletas Indisciplinados Durante a realização de cada Etapa caberá primeiramente ao Arbitro a aplicação do Regulamento Disciplinar aos atletas infratores. A Comissão Disciplinar poderá se reunir no local de cada etapa para julgar casos excepcionais. Regulamento Disciplinar Esse Regulamento deverá ser aplicado e respeitado pelos Atletas que participarem das Etapas do Campeonato Brasileiro de Padel, visando manter o Esporte como o mais elevado nível de comportamento possível. Esse Regulamento deve ser amplamente divulgado pelos Organizadores das Etapas, pois as sanções previstas deverão ser rigorosamente aplicadas aos Atletas que infringirem suas Normas e Condutas desejáveis. São objetivos desse regulamento: Manter os princípios esportivos, o mais elevado possível Criar um ambiente, dentro e fora das quadras, de cordialidade e respeito Desestimular qualquer tipo de atitude imprópria referente à como deve atuar um verdadeiro esportista Instruir atletas, familiares e públicos em geral Colaborar, ao ensinar, com a formação do cidadão, dando ênfase especial, às crianças e aos jovens São normas e atitudes desejáveis dos atletas: Apresentar-se na quadra com roupa adequada e completa Saudar os adversários, no inicio e fim da partida, independente do resultado

7 Demonstrar tolerância, frente a pontos e situações duvidosas Cumprir as determinações do Arbitro Ter como conduta padrão, a repetição do ponto, quando persistir duvidas entre os atletas Realizar corretamente o aquecimento junto ao Adversário, lançando bolas adequadas aos distintos golpes Zelar pelas instalações esportivas, evitando estragos Adaptar-se ao calendário do torneio em que se inscrever Submeter-se aos horários das etapas Estimular e zelar pelo cumprimento de todas essas normas Demonstrar esforço nas disputas São atitudes desejáveis do publico: Fazer silêncio durante o jogo nas arquibancadas ou zonas próximas da quadra Aplaudir ou expressar aprovação frente aos acertos dos atletas Reconhecer o direito de torcida para todos São condutas anti desportivas sancionáveis: Não cumprimentar os adversários ao término da partida Roupas inadequadas ou incompletas Emitir sons ou realizar atitudes inconvenientes para os adversários ou ao companheiro Chutar as bolinhas, bater a raquete contra a tela, parede, piso ou rede Não alcançar as bolinhas de forma correta para o adversário Atirar bolas para o alto ou fora da quadra, de forma violenta, como expressão de desacordo, desaprovação ou irritação Irritar o adversário com atitudes ou gestos Insultar ou ofender os adversários, companheiro ou público Não acatar as decisões do Arbitro Agredir fisicamente integrantes do publico, adversário ou companheiro, dentro da quadra e/ou dentro das dependências do clube Não se fazer presente ao jogo Distrair os adversários, com expressões ou movimentos alheios ao jogo Não acatar sanções impostas pela organização Não respeitar os tempos para sacar, para receber o saque, tempo de virada, atendimento médico, etc Sanções : Advertência verbal na quadra Advertência verbal fora da quadra, no intervalo de jogo Perder na sequencia, pontos, games, set, jogo

8 Desclassificação do torneio Perder os pontos conquistados para o ranking Suspensão da próxima etapa Suspensão por duas ou mais etapas Suspensão por 1 ano, do direito de disputar o Campeonato Brasileiro de Padel Sugestão formal as Federações de outros Estados de não aceitação de inscrição em competições oficiais Extinção do Registro do jogador, no Campeonato Brasileiro de Padel, impossibilitando-o a participar dos eventos da COBRAPA Comissão Organizadora/Disciplinar A Comissão Organizadora e Disciplinar do Campeonato Brasileiro de Padel para o ano de 2015 é composta pelos seguintes membros: Jean Paul Steiner Denise Ohlweiler André Baldini Gilberto Ferreira Geraldo Brunholi Formas de Disputa Para as categorias do Circuito Profissional, todos os jogos serão eliminatórios. Os jogos iniciarão nos seguintes horários: Oitavas de Final: Inicio Sábado as 10h Quartas de Final: Inicio Sábado a partir das 18h Semi-Finais: Inicio Domingo as 10h Finais : Domingo as 15h Todos os jogos dessas duas categorias serão disputados em melhor de 3 sets. Em caso de empate em 6 games, será disputado um tie-break em 7 pontos. Na Chave feminina haverá uma repescagem para aquelas duplas que perderem na 1ª rodada.

9 Para todas as outras categorias, os jogos da Fase Classificatória e os jogos da Fase Eliminatória até as Quartas de Final, serão realizados em 1 set de 9 games, e no caso de empate em 8 games, o desempate será em um tie-break de 7 pontos. Os jogos semifinais e finais serão disputados em 2 sets de 6 games, e no caso de empate, haverá um tie-break de 10 pontos. O desempate de 1 set de 6 games, será disputado através de 1 tie-break de 7 pontos. Por motivos de chuva e/ou força maior (falta de energia, viagem de atletas, quadras alagadas, etc) os organizadores da etapa, poderão em condições excepcionais, alterar a forma de disputa dos jogos. Antes do inicio de cada partida, os participantes terão direito a 5 minutos de aquecimento dentro da quadra. Haverá tolerância máxima de 15 minutos de atraso, sendo que, após esse prazo, poderá ser definida a partida em favor da dupla presente, por WO. A definição sobre a aplicação do WO ficará a cargo da Comissão Organizadora. Formação do Draw (Chaves) Nas categorias do Circuito Profissional, caso tenhamos mais de 16 duplas inscritas, será realizada uma fase prévia na 6ª feira à noite para definir os classificados, além do que o organizador poderá solicitar 2 vagas para duplas locais (Wild Card) entrarem na chave principal diretamente. Em caso de não contar com o numero de duplas suficiente(16) os primeiros cabeças de series irão avançando na chave, por ordem de classificação. Em todas as Etapas, os cabeças de series 3 e 4 serão sorteados, uma na parte de cima da chave e outro na parte de baixo, bem como os cabeças de series 5 a 8. As outras 8 duplas serão sorteadas nas vagas restantes. Em caso de empate na pontuação de duas ou mais duplas, será considerado como desempate a pontuação da última etapa do Brasileiro. Para as outras categorias, a fase Classificatória será composta por chaves de duas a quatro duplas, formada com a observância do sistema S invertido, para a montagem das chaves. Classificam-se para a Fase Eliminatória as 1ªs e 2ªs duplas de cada chave As duplas serão classificadas levando-se em conta a soma dos pontos do ranking dos seus integrantes. A dupla nº 1 será aquela que obtiver a maior soma de pontos. No caso de duas ou mais duplas apontarem com a mesma pontuação, o critério de desempate será o seguinte : 1º Quantidade de Etapas jogadas dos jogadores da dupla 2º Sorteio.

10 No caso de, na apuração dos classificados de uma chave, duas ou mais duplas apontarem o mesmo numero de vitorias/derrotas, será observado, para desempate: No caso de duas duplas, confronto direto No caso de três duplas, saldo de games dos jogos realizados entre os empatados Se persistir o empate, será realizado um sorteio para a definição das duplas classificadas A troca de 1 dos parceiros da dupla dependerá da anuência da comissão organizadora, desde que não seja realizado nenhum jogo. Obrigações do Atletas do Circuito Profissional Os 16 primeiros colocados no ranking serão obrigados a participar de no mínimo 5 etapas no ano, com pena de multa na premiação da etapa seguinte, salvo lesões ou motivo justificável verificado pela junta diretiva. Em caso de alguma dupla inscrita não se apresentar para a disputa após as chaves divulgadas, os dois jogadores estarão sujeitos a multa de 100% da premiação da etapa. Caso o Circuito Profissional tenha algum patrocinador máster, os jogadores terão que usar a marca em seu uniforme, sem custo para o patrocinador nesse ano de Junta Diretiva do Circuito Profissional Será formada uma junta diretiva para o Circuito Profissional, que será composto da seguinte forma : Denise Ohlweiler Jean Steiner Gilberto Ferreira André Baldini Geral do Brunholi Jogador da 1ª Masculina Jogador da 1ª Masculina Jogadora da 1ª Feminina Jogadora da 1ª Feminina

III Virada Esportiva ATC Gênesis - 2013

III Virada Esportiva ATC Gênesis - 2013 III Virada Esportiva ATC Gênesis - 2013 CIRCUITO INTERNO DE TÊNIS ATC RANKING GERAL 2013 REGULAMENTO 4ª ETAPA VIRADA ESPORTIVA DO TORNEIO: O Ranking Geral do Alphaville Tênis Clube objetiva a melhor integração

Leia mais

COPA DAS FEDERAÇÕES REGULAMENTO GERAL PARA 2014

COPA DAS FEDERAÇÕES REGULAMENTO GERAL PARA 2014 COPA DAS FEDERAÇÕES REGULAMENTO GERAL PARA 2014 1. DO CAMPEONATO Anualmente a CBT - Confederação Brasileira de Tênis promoverá a Copa das Federações, para definir o Estado Campeão Brasileiro. A Copa das

Leia mais

CAMPEONATO BRASILEIRO INFANTO-JUVENIL CIRCUITO NACIONAL CORREIOS ETAPA BRASÍLIA

CAMPEONATO BRASILEIRO INFANTO-JUVENIL CIRCUITO NACIONAL CORREIOS ETAPA BRASÍLIA CAMPEONATO BRASILEIRO INFANTO-JUVENIL CIRCUITO NACIONAL CORREIOS ETAPA BRASÍLIA REGULAMENTO GERAL PARA 2014 1. DO CAMPEONATO O Campeonato será realizado no mês de julho, regendo-se pelo presente regulamento,

Leia mais

Regulamento do Circuito das Estações para o 6º Open de Beach Tennis ASBT primavera 2015 04 05 e 06 de setembro

Regulamento do Circuito das Estações para o 6º Open de Beach Tennis ASBT primavera 2015 04 05 e 06 de setembro Regulamento do Circuito das Estações para o 6º Open de Beach Tennis ASBT primavera 2015 04 05 e 06 de setembro As inscrições para o 6º OPEN DE BEACH TENNIS ASBT PRIMAVERA 2015 deverão ser feitas através

Leia mais

III CAMPEONATO DE VOLEIBOL MASCULINO OAB SP/CAASP 2015 RGC - REGULAMENTO GERAL DA COMPETIÇÃO

III CAMPEONATO DE VOLEIBOL MASCULINO OAB SP/CAASP 2015 RGC - REGULAMENTO GERAL DA COMPETIÇÃO III CAMPEONATO DE VOLEIBOL MASCULINO OAB SP/CAASP 2015 RGC - REGULAMENTO GERAL DA COMPETIÇÃO CAPITULO I Da Denominação e Participação Art. 1º - O Campeonato de Voleibol Masculino 2015 OAB SP/CAASP, organizado

Leia mais

REGULAMENTO D0 CAMPEONATO FLUMINENSE DE RUGBY

REGULAMENTO D0 CAMPEONATO FLUMINENSE DE RUGBY REGULAMENTO D0 CAMPEONATO FLUMINENSE DE RUGBY 2012-2ª DIVISÃO 1. Disposições Gerais Todas as partidas serão disputadas de acordo com as Leis do jogo em vigor conforme estipulado pelo IRB. Se surgirem dúvidas

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO BASQUETE

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO BASQUETE REGULAMENTO ESPECÍFICO DO BASQUETE 1. As competições de basquete serão realizadas de acordo com as regras internacionais da FIBA e os regulamentos e normas do Novo Desporto Universitário 2012 NDU. 2. Cada

Leia mais

www.ndu.net.br Sede Social Rua Luís Góis, 2.187 Mirandópolis São Paulo SP Cep: 04043-400 Fone: (11) 7708-7429

www.ndu.net.br Sede Social Rua Luís Góis, 2.187 Mirandópolis São Paulo SP Cep: 04043-400 Fone: (11) 7708-7429 Organização, compromisso e qualidade em prol do esporte universitário paulista www.ndu.net.br Sede Social Rua Luís Góis, 2.187 Mirandópolis São Paulo SP Cep: 04043-400 Fone: (11) 7708-7429 REGULAMENTO

Leia mais

1ª / 2ª DIVISÃO, E SUB-18. REGULAMENTO E FORMA DE DISPUTA-2015

1ª / 2ª DIVISÃO, E SUB-18. REGULAMENTO E FORMA DE DISPUTA-2015 19º CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTEBOL AMADOR DE NOVO GAMA-GO DE 2015 1ª / 2ª DIVISÃO, E SUB-18. REGULAMENTO E FORMA DE DISPUTA-2015 PROMOÇÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO GAMA - GO REALIZAÇÃO: SECRETARIA

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DA 3ª LUANDA COPA DE FUTEBOL JÚNIOR - 2015

REGULAMENTO ESPECÍFICO DA 3ª LUANDA COPA DE FUTEBOL JÚNIOR - 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO DA 3ª LUANDA COPA DE FUTEBOL JÚNIOR - 2015 I - DAS FINALIDADES Art.º 1º - A 3ª LUANDA COPA DE FUTEBOL JÚNIOR, Competição não-profissional coordenada e organizada pela Decathlon Marketing

Leia mais

BARRAGEM TENNIS OPEN 2015

BARRAGEM TENNIS OPEN 2015 REGULAMENTO BARRAGEM TENNIS OPEN 2015 I - Da barragem: Art. 1 - Os Torneios e a Barragem têm como principal objetivo a integração dos alunos e maior variedade de parceiros, bem como a manutenção e garantia

Leia mais

DA FINALIDADE: Homens só poderão substituir homens e mulheres só poderão substituir mulheres.

DA FINALIDADE: Homens só poderão substituir homens e mulheres só poderão substituir mulheres. DA FINALIDADE: Art. 1º - Os JOGOS DE VERÃO ARCO SPM 2013 MODALIDADE VOLEIBOL 4X4, tem como finalidade principal, promover o congraçamento das equipes e o aumento da adesão à prática de exercícios físicos

Leia mais

REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL GIRA-PRAIA (SUB. 16,18 e 20)

REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL GIRA-PRAIA (SUB. 16,18 e 20) REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL GIRA-PRAIA (SUB. 16,18 e 20) I DISPOSIÇÔES GERAIS ARTIGO 1º O Campeonato Nacional Gira-Praia é uma competição de Voleibol de Praia de âmbito nacional, organizada pela

Leia mais

FEDERAÇÃO PAULISTA DE RUGBY

FEDERAÇÃO PAULISTA DE RUGBY REGULAMENTO CIRCUITO PAULISTA UNIVERSITÁRIO DE RUGBY SEVENS FEMININO E COPA SP M19 Capítulo I - Disposições Gerais O Circuito Paulista Universitário de Rugby Sevens Feminino Adulto e a Copa M19 ou é um

Leia mais

REGULAMENTO CIRCUITO BANCO DO BRASIL VÔLEI DE PRAIA OPEN /NACIONAL

REGULAMENTO CIRCUITO BANCO DO BRASIL VÔLEI DE PRAIA OPEN /NACIONAL REGULAMENTO DO CIRCUITO BANCO DO BRASIL VÔLEI DE PRAIA OPEN /NACIONAL Etapas de Cuiabá/MT e Goiânia/GO ÍNDICE CAPÍTULO 1: 1.1 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE VOLEIBOL...04 1.2 DIREITOS DA CBV SOBRE OS EVENTOS

Leia mais

REGULAMENTO DANONE COPA DAS NAÇÕES

REGULAMENTO DANONE COPA DAS NAÇÕES REGULAMENTO DANONE COPA DAS NAÇÕES Capítulo 1 Da Finalidade Artigo 1º - A DANONE COPA DAS NAÇÕES tem como objetivo incentivar a prática esportiva no meio estudantil e comunitário e promover o intercâmbio,

Leia mais

COPA DOS CAMPEÕES UNILIGAS 2015 REGULAMENTO

COPA DOS CAMPEÕES UNILIGAS 2015 REGULAMENTO COPA DOS CAMPEÕES UNILIGAS 2015 REGULAMENTO DA DENOMINAÇÃO E PARTICIPAÇÃO Art. 1º Á COPA DOS CAMPEÕES UNILIGAS 2015, será disputada pelas 7 (sete) equipes Campeãs e as 7(sete) equipes Vice Campeãs das

Leia mais

REGULAMENTO DE FORMAÇÃO DA SELEÇÃO BRASILEIRA 2015 SUB-14, CADETE, JUNIOR E SUB-21

REGULAMENTO DE FORMAÇÃO DA SELEÇÃO BRASILEIRA 2015 SUB-14, CADETE, JUNIOR E SUB-21 REGULAMENTO DE FORMAÇÃO DA SELEÇÃO BRASILEIRA 2015 SUB-14, CADETE, JUNIOR E SUB-21 Este regulamento tem por finalidade determinar as condições e os critérios seletivos gerais para formar e compor a Seleção

Leia mais

Poderá participar qualquer Tenista residente ou não residente na cidade de Paulínia-SP, que esteja de acordo com o regulamento do ranking Itapoan.

Poderá participar qualquer Tenista residente ou não residente na cidade de Paulínia-SP, que esteja de acordo com o regulamento do ranking Itapoan. REGULAMENTO DO RANKING TÊNIS ITAPOAN Versão 3.0 Sumário 1. ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DO RANKING 2 2. PARTICIPAÇÃO NO RANKING 2 2.1. Nível Técnico dos Jogadores 2 3. RANKING 2 3.1. Ingresso ao Ranking 3 3.2.

Leia mais

REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL DE GIRA-PRAIA DE SUB. 16,18 e 20-2014

REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL DE GIRA-PRAIA DE SUB. 16,18 e 20-2014 REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL DE GIRA-PRAIA DE SUB. 16,18 e 20-2014 ARTIGO 1º O Campeonato Nacional de Gira- Praia de Subs é uma competição de Voleibol de Praia de âmbito nacional, organizada pela

Leia mais

CIRCUITO NACIONAL CORREIOS DE BEACH TENNIS REGULAMENTO GERAL PARA 2014 1. DO CAMPEONATO

CIRCUITO NACIONAL CORREIOS DE BEACH TENNIS REGULAMENTO GERAL PARA 2014 1. DO CAMPEONATO CIRCUITO NACIONAL CORREIOS DE BEACH TENNIS REGULAMENTO GERAL PARA 2014 1. DO CAMPEONATO O Campeonato será realizado nos meses de Junho, Agosto,Outubro e a Etapa Master final do ano(local e data a confirmar),

Leia mais

XXIV INTERAMIZADE. Carta Convite

XXIV INTERAMIZADE. Carta Convite XXIV INTERAMIZADE Carta Convite O Colégio São Luís tem o prazer de convidar esta conceituada instituição de ensino a participar dos XXIV Interamizade 2014, principal evento esportivo de nosso calendário.

Leia mais

1ºTorneio Bancário Society de Clubes Paulista REGULAMENTO 2015

1ºTorneio Bancário Society de Clubes Paulista REGULAMENTO 2015 REGULAMENTO 2015 1º Torneio Bancário Society de Clubes Paulista 2015, é uma promoção da Secretaria de Esporte do Sindicato dos Bancários, e tem por finalidade efetuar o congraçamento entre os bancários

Leia mais

LIGA PAULISTANA DE FUTEBOL AMADOR

LIGA PAULISTANA DE FUTEBOL AMADOR COPA LIGA PAULISTANA REGULAMENTO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Artigo 1º - Este Regulamento é o conjunto das disposições que regem a Copa Liga Paulistana. Artigo 2º - A Copa tem por finalidade promover

Leia mais

REGULAMENTO GERAL CAMPEONATO BRASILEIRO ESCOLAR GINÁSTICA ARTÍSTICA - 2016

REGULAMENTO GERAL CAMPEONATO BRASILEIRO ESCOLAR GINÁSTICA ARTÍSTICA - 2016 REGULAMENTO GERAL CAMPEONATO BRASILEIRO ESCOLAR DE GINÁSTICA ARTÍSTICA - 2016 0 Sumário TÍTULO I - DA ORGANIZAÇÃO E EXECUÇÃO... 2 Seção I Organização e Execução:... 2 TÍTULO II - PERÍODO DE REALIZAÇÃO...

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE 2016

REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE 2016 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE 2016 DOS PARTICIPANTES Art. 1º - Integrarão o Campeonato Estadual de Futebol da Primeira

Leia mais

REGULAMENTO TORNEIO POR EQUIPES CURITIBA TENNIS CLASSIC 2013

REGULAMENTO TORNEIO POR EQUIPES CURITIBA TENNIS CLASSIC 2013 REGULAMENTO TORNEIO POR EQUIPES CURITIBA TENNIS CLASSIC 2013 1. DO CONCEITO O Curitiba TennisClassic é um série de eventos competitivos disputada entre as melhores equipes nas categorias por idade, de

Leia mais

COPA FEEVALE - 11ª EDIÇÃO - 2015

COPA FEEVALE - 11ª EDIÇÃO - 2015 COPA FEEVALE - 11ª EDIÇÃO - 2015 OBJETIVOS - PROMOVER UMA COMPETIÇÃO COM CUSTOS BAIXOS; - PROPORCIONAR JOGOS EM AMBIENTES FAVORÁVEIS AO CRESCIMENTO TÉCNICO, TÁTICO E EMOCIONAL, UTILIZANDO O ESPORTE COMO

Leia mais

COPA SUL DOS CAMPEÕES DE 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I. Disposições Preliminares

COPA SUL DOS CAMPEÕES DE 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I. Disposições Preliminares LIGA IMBITUBENSE DE FUTEBOL - LIF DEPARTAMENTO TÉCNICO COPA SUL DOS CAMPEÕES DE 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I Disposições Preliminares Art. 1º - A Copa Sul dos Campeões de 2015, será promovida

Leia mais

Nota Oficial 008/2013 Ref.: PETECA

Nota Oficial 008/2013 Ref.: PETECA Nota Oficial 008/2013 Ref.: PETECA A Coordenação Técnica da Copa FECEMG 2013 no uso de suas atribuições legais especificadas no Regulamento Geral da competição, torna público as normas de realização dos

Leia mais

LIGA ATLÉTICA DA REGIÃO MINEIRA

LIGA ATLÉTICA DA REGIÃO MINEIRA CAMPEONATO REGIONAL DA LARM DE FUTEBOL NÃO PROFISSIONAL DA 1ª DIVISÃO DE 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO Disposições Preliminares: CAPÍTULO I Art. 1º - O campeonato Regional da Liga Atlética da Região Mineira

Leia mais

2ª ETAPA NACIONAL 2016 Curitiba (PR)

2ª ETAPA NACIONAL 2016 Curitiba (PR) 2ª ETAPA NACIONAL 2016 Curitiba (PR) A Confederação Brasileira de Badminton e a Badminton Federação Paranaense (BFP) tem a honra de convidá-los para competir na 2ª etapa do Campeonato Nacional de Badminton

Leia mais

VII TORNEIO DE FUTSAL MENORES 2015 REGULAMENTO GERAL. OBJETIVO Proporcionar à criança a integração social através do futsal.

VII TORNEIO DE FUTSAL MENORES 2015 REGULAMENTO GERAL. OBJETIVO Proporcionar à criança a integração social através do futsal. VII TORNEIO DE FUTSAL MENORES 2015 REGULAMENTO GERAL OBJETIVO Proporcionar à criança a integração social através do futsal. ORGANIZAÇÃO O torneio será organizado e dirigido por uma Comissão Organizadora

Leia mais

APOIO EVIDÊNCIA PROMOTIONS CERVEJARIA FEMSA

APOIO EVIDÊNCIA PROMOTIONS CERVEJARIA FEMSA II COPA CINQUENTÃO BOTAFOGO DE FUTEBOL AMADOR APOIO EVIDÊNCIA PROMOTIONS CERVEJARIA FEMSA Acesse o site WWW.BOTAFOGODEGUAIANASES.COM.BR REALIZAÇÃO: ACOCESP: Promoções de Eventos e Coordenação de Esporte

Leia mais

1ª ETAPA NACIONAL 2016 São Bernardo do Campo (SP)

1ª ETAPA NACIONAL 2016 São Bernardo do Campo (SP) 1ª ETAPA NACIONAL 2016 São Bernardo do Campo (SP) A Confederação Brasileira de Badminton e a Federação de Badminton do Estado de São Paulo (FEBASP) tem a honra de convidá-los para competir na 1ª etapa

Leia mais

Art. 3º - No Novo Desporto Universitário NDU serão reconhecidos os seguintes poderes:

Art. 3º - No Novo Desporto Universitário NDU serão reconhecidos os seguintes poderes: REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I DA FINALIDADE DO EVENTO Art. 1º - O Novo Desporto Universitário NDU tem por finalidade reunir as Associações Atléticas Acadêmicas fundadoras e associadas a participar de atividades

Leia mais

O CAMPEONATO SAMBERNARDENSE DE FUTEBOL JUNIORES 2011 R E G U L A M E N T O / TEMPORADA 2011 = = = = = = = = = = = = DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

O CAMPEONATO SAMBERNARDENSE DE FUTEBOL JUNIORES 2011 R E G U L A M E N T O / TEMPORADA 2011 = = = = = = = = = = = = DISPOSIÇÕES PRELIMINARES CAMPEONATO SAMBERNARDENSE DE FUTEBOL JUNIORES 2011 R E G U L A M E N T O / TEMPORADA 2011 = = = = = = = = = = = = DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ARTIGO 1º O CAMPEONATO SAMBERNARDENSE DE FUTEBOL JUNIORES/2011,

Leia mais

R E G U L A M E N T O

R E G U L A M E N T O R E G U L A M E N T O CAMPEONATO PAULISTA DE CLUBES E CAMPEONATO PAULISTA DE EQUIPES 2012 1. DA REALIZAÇÃO DO CAMPEONATO: Evento promovido, realizado e coordenado pela Federação Paulista de Boliche (FPBOL).

Leia mais

FEDERAÇÃO PAULISTA DE RUGBY

FEDERAÇÃO PAULISTA DE RUGBY REGULAMENTO COPA SÃO PAULO DE RUGBY SEVENS FEMININO ADULTO 2015 Capítulo I - Disposições Gerais A Copa São Paulo de Rugby Sevens Feminino Adulto ou ( Copa SP ) é um evento promovido pela Federação Paulista

Leia mais

REGULAMENTO CIRCUITO BANCO DO BRASIL VÔLEI DE PRAIA TEMPORADA 2009 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA VOLEIBOL

REGULAMENTO CIRCUITO BANCO DO BRASIL VÔLEI DE PRAIA TEMPORADA 2009 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA VOLEIBOL REGULAMENTO DO CIRCUITO BANCO DO BRASIL VÔLEI DE PRAIA TEMPORADA 2009 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE VOLEIBOL Regulamento do Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia 2009 1 Sumário I - ÓRGÃOS GOVERNANTES...pág.

Leia mais

Regulamento para Seletiva de Arco Composto Campeonato das Américas 2014 de Tiro com Arco, Rosário - Argentina

Regulamento para Seletiva de Arco Composto Campeonato das Américas 2014 de Tiro com Arco, Rosário - Argentina Regulamento para Seletiva de Arco Composto Campeonato das Américas 2014 de Tiro com Arco, Rosário - Argentina Local: Centro de Treinamento CBTARCO Maricá, RJ Data: 30 e 31 de agosto de 2014. A seletiva

Leia mais

Local: Praia do Porto da Barra, Salvador-BA. Dias: 25, 26 e 27 de outubro de 2013. Promotora e total responsável pelo evento: Rinha Comunicação Total.

Local: Praia do Porto da Barra, Salvador-BA. Dias: 25, 26 e 27 de outubro de 2013. Promotora e total responsável pelo evento: Rinha Comunicação Total. Circuito Open de Polo Aquático Campeonato de Polo Aquático realizado em águas abertas, com abrangência nacional e apoio da CBDA - Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos. Local: Praia do Porto da

Leia mais

REGULAMENTO COPA NOVOS HORIZONTES DE FUTSAL 2014

REGULAMENTO COPA NOVOS HORIZONTES DE FUTSAL 2014 REGULAMENTO COPA NOVOS HORIZONTES DE FUTSAL 2014 I - FINALIDADES ARTIGO 1º - A COPA NOVOS HORIZONTES DE FUTSAL, na categoria masculino/adulto, tem por finalidade congregar os alunos das unidades do Santo

Leia mais

REGULAMENTO CURITIBA TENNIS CLASSIC 2013

REGULAMENTO CURITIBA TENNIS CLASSIC 2013 REGULAMENTO CURITIBA TENNIS CLASSIC 2013 1. DO CONCEITO O Curitiba Tennis Classic é uma competição aberta composta de uma série de eventos competitivos disputado por equipes de tenistas amadores. O evento

Leia mais

EDITAL Nº. 001/2015 PROCESSO SELETIVO DO PROJETO BOLSA-ESPORTE DA SECRETARIA DO ESPORTE DO CEARÁ

EDITAL Nº. 001/2015 PROCESSO SELETIVO DO PROJETO BOLSA-ESPORTE DA SECRETARIA DO ESPORTE DO CEARÁ EDITAL Nº. 001/2015 PROCESSO SELETIVO DO PROJETO BOLSA-ESPORTE DA SECRETARIA DO ESPORTE DO CEARÁ O Estado do Ceará, através da Secretaria do Esporte, torna público, para conhecimento dos interessados,

Leia mais

11º CAMPEONATO BRASILEIRO DE TERCETOS - 2015

11º CAMPEONATO BRASILEIRO DE TERCETOS - 2015 11º CAMPEONATO BRASILEIRO DE TERCETOS - 2015 R E G U L A M E N T O 1. Datas, horários e locais de disputa O 11º Campeonato Brasileiro de Tercetos será realizado em Minas Gerais, no período de 4 a 7 de

Leia mais

REGULAMENTO DO FUTSAL MASCULINO E FEMININO

REGULAMENTO DO FUTSAL MASCULINO E FEMININO REGULAMENTO DO FUTSAL MASCULINO E FEMININO I - DOS LOCAIS DOS JOGOS Art. 1º - Os jogos serão realizados nos seguintes locais: Quadras 01,02 e 03 - térreo do Prédio 80 Quadras 01,02 e 03-4º andar do Prédio

Leia mais

XIII Copa FUTEL de Futebol de Campo 2014 Regulamento

XIII Copa FUTEL de Futebol de Campo 2014 Regulamento XIII Copa FUTEL de Futebol de Campo Regulamento 1 CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º - A XIII COPA FUTEL DE FUTEBOL DE CAMPO tem por objetivo principal o congraçamento geral dos participantes e criar alternativas

Leia mais

MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO Secretaria de Esportes SESP COPA DE FUTSAL CIDADE DE SÃO BERNARDO 2016 R E G U L A M E N T O. Da Organização e Fins

MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO Secretaria de Esportes SESP COPA DE FUTSAL CIDADE DE SÃO BERNARDO 2016 R E G U L A M E N T O. Da Organização e Fins COPA DE FUTSAL CIDADE DE SÃO BERNARDO 2016 Atualizado em 02/02/2016 R E G U L A M E N T O Da Organização e Fins Art. 1º A COPA DE FUTSAL CIDADE DE SÃO BERNARDO 2016, realizada pela Prefeitura, através

Leia mais

XX Copa PMU/ Futel de Futsal 2015 Regulamento Geral MASCULINO

XX Copa PMU/ Futel de Futsal 2015 Regulamento Geral MASCULINO XX Copa PMU/ Futel de Futsal Regulamento Geral MASCULINO UBERLÂNDIA MG 1 XX COPA PMU/ FUTEL DE FUTSAL MASCULINO CAPÍTULO I - DOS OBJETIVOS Art. 1º - A XX COPA PMU/FUTEL DE FUTSAL MASCULINO tem por objetivo

Leia mais

LIGA ATLÉTICA DA REGIÃO MINEIRA

LIGA ATLÉTICA DA REGIÃO MINEIRA CAMPEONATO REGIONAL DA LARM DE FUTEBOL JÚNIOR DE 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO Disposições Preliminares: CAPÍTULO I Art. 1º - O campeonato Regional da Liga Atlética da Região Mineira de Futebol Júnior de

Leia mais

COPA-SINDI-CLUBE METROPOLITANA DE VOLEIBOL 2012

COPA-SINDI-CLUBE METROPOLITANA DE VOLEIBOL 2012 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO PRIMEIRO SOBRE O PEPAC E A COPA SINDI-CLUBE METROPOLITANA ARTIGO 1.1 O SINDI-CLUBE (Sindicato dos Clubes do Estado de São Paulo), promove o PEPAC (Programa Esportivo para Associados

Leia mais

8 8 COPA CAPELINHA DE FUTEBOL AMADOR

8 8 COPA CAPELINHA DE FUTEBOL AMADOR 8 8 COPA CAPELINHA DE FUTEBOL AMADOR Resolve publicar as seguintes normas para disputa da COPA CAPELINHA DE FUTEBOL AMADOR 2014 INICIO DIA 09 fevereiro DE 2014 DA FORMA DE DISPUTA Art.01- a Copa capelinha

Leia mais

I CAMPEONATO DE FUTEBOL DOS ADVOGADOS DO MARANHÃO

I CAMPEONATO DE FUTEBOL DOS ADVOGADOS DO MARANHÃO I CAMPEONATO DE FUTEBOL DOS ADVOGADOS DO MARANHÃO REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I DA FINALIDADE O I CAMPEONATO DE FUTEBOL DOS ADVOGADOS DO MARANHÃO (SOCIETY), visa incrementar a prática de futebol de sete

Leia mais

EDITAL DE EXTENSÃO Nº 09/2016 CHAMADA INTERNA PARA PARTICIPAÇÃO DE EQUIPES ESPORTIVAS PARA OS III JOGOS INTERCAMPI DO IFRJ

EDITAL DE EXTENSÃO Nº 09/2016 CHAMADA INTERNA PARA PARTICIPAÇÃO DE EQUIPES ESPORTIVAS PARA OS III JOGOS INTERCAMPI DO IFRJ EDITAL DE EXTENSÃO Nº 09/2016 CHAMADA INTERNA PARA PARTICIPAÇÃO DE EQUIPES ESPORTIVAS PARA OS III JOGOS INTERCAMPI DO IFRJ O Pró-Reitor de Extensão, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

XI COPA PAULISTA DE FUTEBOL DE BASE

XI COPA PAULISTA DE FUTEBOL DE BASE XI COPA PAULISTA DE FUTEBOL DE BASE REGULAMENTO OFICIAL - 2015 Da Finalidade Art. 01 - A XI Copa Paulista de Futebol de Base, tem por finalidade o estimulo à prática esportiva saudável, ao caráter formativo

Leia mais

As Informações serão divulgadas no site www.faculdedemental.com.br e na www.unihorizontes.br. REGULAMENTO I- FINALIDADES

As Informações serão divulgadas no site www.faculdedemental.com.br e na www.unihorizontes.br. REGULAMENTO I- FINALIDADES As Informações serão divulgadas no site www.faculdedemental.com.br e na www.unihorizontes.br. Após todos os jogos REGULAMENTO I- FINALIDADES ARTIGO 1º - O TORNEIO FUTSAL DA FACULDADE NOVOS HORIZONTES,

Leia mais

PROJETO E REGULAMENTO GERAL

PROJETO E REGULAMENTO GERAL OLIMPÍADAS DO INSTITUTO EDUCACIONAL NOVOS TEMPOS PROJETO E REGULAMENTO GERAL Ensino Fundamental II e Médio OUTUBRO DE 2015 APRESENTAÇÃO: As Olimpíadas do Instituto Educacional Novos Tempos (OLIENT), visam

Leia mais

Regulamento do Tênis de Campo

Regulamento do Tênis de Campo Regulamento do Tênis de Campo R a n k i n g I n t e r n o T ê n i s C l u b e S ã o J o s é d o s C a m p o s A v. N o v e d e J u l h o, 2 3 - V i l a A d y a n a S ã o J o s é d o s C a m p o s - S P

Leia mais

II CAMPEONATO DE FUTEBOL SUIÇO BEIRA RIO CLUBE DE CAMPO 2014 TAÇA FIFA 2014 Troféu Álvaro Wischral Tuti

II CAMPEONATO DE FUTEBOL SUIÇO BEIRA RIO CLUBE DE CAMPO 2014 TAÇA FIFA 2014 Troféu Álvaro Wischral Tuti II CAMPEONATO DE FUTEBOL SUIÇO BEIRA RIO CLUBE DE CAMPO 2014 TAÇA FIFA 2014 Troféu Álvaro Wischral Tuti Regulamento Geral I Das Disposições Gerais Obs: A COMISSÃO É COMPOSTA pelos integrantes: Rafael Rangel,

Leia mais

REGULAMENTO APRESENTAÇÃO

REGULAMENTO APRESENTAÇÃO REGULAMENTO APRESENTAÇÃO O Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado do Espírito Santo SESCOOP/ES está promovendo o 1º FUTCOOP INFANTIL MASCULINO, que será realizado no mês de julho

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE - 2014

REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE - 2014 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE - 2014 DOS PARTICIPANTES Art. 1º - Integrarão o Campeonato Estadual de Futebol da Primeira

Leia mais

REGULAMENTO da TAÇA PAULO ROBERTO TRIVELLI 2015 SELETIVA FASE ESTADUAL TITULO I DAS FINALIDADES

REGULAMENTO da TAÇA PAULO ROBERTO TRIVELLI 2015 SELETIVA FASE ESTADUAL TITULO I DAS FINALIDADES REGULAMENTO da TAÇA PAULO ROBERTO TRIVELLI 2015 SELETIVA FASE ESTADUAL TITULO I DAS FINALIDADES Artigo 1 - A TAÇA PAULO ROBERTO TRIVELLI 2015 é promovida, organizada e dirigida pela FEDERAÇÃO UNIVERSITÁRIA

Leia mais

LIGA REGIONAL 2016 / REGULAMENTO

LIGA REGIONAL 2016 / REGULAMENTO LIGA REGIONAL 2016 / REGULAMENTO 1-CALENDÁRIO: DATA INSC. INÍCIO TÉRMINO TORNEIO E CIDADE ATÉ 06/01 16/01 à 06/02 TÊNIS CLUBE DE SOROCABA ATÉ 03/02 13/02 à 13/03 ST/RICARDO MIRANDA/CERQUILHO ATÉ 09/03

Leia mais

SELETIVA NACIONAL DA BASE SUB18 E SUB21

SELETIVA NACIONAL DA BASE SUB18 E SUB21 SELETIVA NACIONAL DA BASE SUB18 E SUB21 1. Organização e realização: Confederação Brasileira de Judô Endereço: Avenida 20 de Janeiro, S/N Terminal 1-3o. Piso - Setor A Aeroporto Internacional do Rio de

Leia mais

REALIZAÇÃO: NOVE DE JULHO CASA VERDE

REALIZAÇÃO: NOVE DE JULHO CASA VERDE 6ª COPA NOVE DE JULHO DE FUTEBOL AMADOR 2016 REALIZAÇÃO: NOVE DE JULHO CASA VERDE 1 REGULAMENTO DA 6ª COPA NOVE DE JULHO 2016 CAPITULO I Da PARTICIPAÇÃO Esta copa contará com a participação de 48 (quarenta

Leia mais

CAMPEONATO CATARINENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL DA DIVISÃO PRINCIPAL DE 2010 REGULAMENTO ESPECÍFICO

CAMPEONATO CATARINENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL DA DIVISÃO PRINCIPAL DE 2010 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO CATARINENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL DA DIVISÃO PRINCIPAL DE 2010 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO E DA PARTICIPAÇÃO Art. 1º O CAMPEONATO CATARINENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL DA

Leia mais

Campeonato Estadual de Verão dos Clubes do Interior 2013 Regulamento

Campeonato Estadual de Verão dos Clubes do Interior 2013 Regulamento Campeonato Estadual de Verão dos Clubes do Interior 2013 Regulamento 01 e 02 de novembro de 2013 Local : Clube Recreativo Atlântico de Erechim ( CERA ) Rua Valentim Zambonato, 323 Centro / Erechim - RS.

Leia mais

IV JOGOS ANEC 2015 REGULAMENTO GERAL

IV JOGOS ANEC 2015 REGULAMENTO GERAL 1 IV JOGOS ANEC 2015 REGULAMENTO GERAL TÍTULO I - DA FINALIDADE Art. 1º Os IV JOGOS ANEC têm a finalidade de estimular a prática esportiva, tornando-se mais um meio de formar nos valores os jovens dos

Leia mais

CAMPEONATO MUNICIPAL DE SÃO PAULO DAS MISSÕES E SESC/RS DE FUTEBOL DE SALÃO EDIÇÃO - 2015 CMD SÃO PAULO DAS MISSÕES

CAMPEONATO MUNICIPAL DE SÃO PAULO DAS MISSÕES E SESC/RS DE FUTEBOL DE SALÃO EDIÇÃO - 2015 CMD SÃO PAULO DAS MISSÕES CAMPEONATO MUNICIPAL DE SÃO PAULO DAS MISSÕES E SESC/RS DE FUTEBOL DE SALÃO EDIÇÃO - 2015 CMD SÃO PAULO DAS MISSÕES O PRINCÍPIO DO ESPORTE É A LEALDADE. VAMOS PRATICÁ-LA REGULAMENTO Esse Regulamento é

Leia mais

COPA INTERBAIRROS 2ª Edição Taça Ricardo Peixoto (ROLINHA)

COPA INTERBAIRROS 2ª Edição Taça Ricardo Peixoto (ROLINHA) COPA INTERBAIRROS 2ª Edição Taça Ricardo Peixoto (ROLINHA) REGULAMENTO CAPITULO I DISPOSICÕES PRELIMINARES Art. 1º - A Copa Interbairros de Futebol tem como finalidade despertar entre os comunitários a

Leia mais

Art. 02 Este Regulamento Geral é o conjunto das disposições que regem as modalidades que integram a COPA SENAI 2010.

Art. 02 Este Regulamento Geral é o conjunto das disposições que regem as modalidades que integram a COPA SENAI 2010. COPA SENAI 2010 REGULAMENTO GERAL SESI SENAI - SP 2010 REGULAMENTO GERAL FASE INTERCLASSES I DOS OBJETIVOS Art. 01 A COPA SENAI 2010, tem por finalidade o bem estar e a integração do aluno perante a sociedade

Leia mais

ÍNDICE. I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º - Âmbito

ÍNDICE. I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º - Âmbito ÍNDICE I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º - Âmbito II. ORGANIZAÇÃO DE PROVAS Artigo 2º - Modelo Competitivo Artigo 3º - Sistema Competitivo Artigo 4º - Ordem dos Jogos Artigo 5º - Duração dos Jogos Artigo

Leia mais

3ª ETAPA NACIONAL 2015 CAXIAS DO SUL (RS)

3ª ETAPA NACIONAL 2015 CAXIAS DO SUL (RS) 3ª ETAPA NACIONAL 2015 CAXIAS DO SUL (RS) A Confederação Brasileira de Badminton, a Federação Gaúcha de Badminton - FGB, a Prefeitura Municipal de Caxias do Sul e Universidade de Caxias do Sul UCS tem

Leia mais

GRUPOS CAMPO (02) SHOW DE BOLA CATEGORIA SUB: 13 CATEGORIA SUB: 15

GRUPOS CAMPO (02) SHOW DE BOLA CATEGORIA SUB: 13 CATEGORIA SUB: 15 GRUPOS CAMPO (01) 1º BPM CAMPO (02) SHOW DE BOLA CATEGORIA SUB: 09 1. Associação Teotônio Segurado- 1º BPM 2. Associação Aureny III 3. Instituto Fernandes Futebol Clube 4. Escolinha FLA CAMPO (03) 606

Leia mais

CABO FRIO VOLEI MASTER 2015 CIDADE DE CABO FRIO - RJ Dias 04, 05, 06 e 07 de Junho de 2015 VOLEIBOL DO RIO DE JANEIRO CABO FRIO VOLEI MASTER 2015

CABO FRIO VOLEI MASTER 2015 CIDADE DE CABO FRIO - RJ Dias 04, 05, 06 e 07 de Junho de 2015 VOLEIBOL DO RIO DE JANEIRO CABO FRIO VOLEI MASTER 2015 REALIZAÇÃO APOIO ASSOCIAÇÃO MASTER DE VOLEIBOL DO RIO DE JANEIRO AMAVOLEI CABO FRIO VOLEI MASTER 2015 VOLEIBOL DE QUADRA PREFEITURA MUNICIPAL DE CABO FRIO SECRETARIA DE ESPORTES DE CABO FRIO Regulamento

Leia mais

* Regulamento Técnico 2016 * FUTSAL

* Regulamento Técnico 2016 * FUTSAL * Regulamento Técnico 2016 * FUTSAL 1. DOS JOGOS: Os jogos de Futsal serão regidos pelas Regras Oficiais vigentes da Confederação Brasileira de Futsal, observadas as exceções previstas neste Regulamento

Leia mais

CARTA CONVITE CIRCUITO PARANAENSE DE BADMINTON 2016 2ª ETAPA LONDRINA PARANÁ BADMINTON E PARABADMINTON

CARTA CONVITE CIRCUITO PARANAENSE DE BADMINTON 2016 2ª ETAPA LONDRINA PARANÁ BADMINTON E PARABADMINTON CARTA CONVITE CIRCUITO PARANAENSE DE BADMINTON 2016 2ª ETAPA LONDRINA PARANÁ BADMINTON E PARABADMINTON Data: Local: 04 e 05 de Junho. GINASIO DE ESPORTES DA UNIFIL RUA: ALAGOAS N 2050 - LONDRINA/PR Inscrições

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DOS JOGOS MULTIVIX

REGULAMENTO GERAL DOS JOGOS MULTIVIX ART. 1º - DA FINALIDADE REGULAMENTO GERAL DOS JOGOS MULTIVIX Os JOGOS MULTIVIX modalidade Beach Soccer fazem parte do CIRCUITO VIDA SAUDÁVEL MULTIVIX, torneio universitário que tem por finalidade integrar

Leia mais

REGULAMENTO. XXX CAMPEONATO SUL BRASILEIRO MASTERS DE NATAÇÃO - 2011 Dias 08 e 09 de Outubro de 2010 Palhoça - SC

REGULAMENTO. XXX CAMPEONATO SUL BRASILEIRO MASTERS DE NATAÇÃO - 2011 Dias 08 e 09 de Outubro de 2010 Palhoça - SC REGULAMENTO XXX CAMPEONATO SUL BRASILEIRO MASTERS DE NATAÇÃO - 2011 Dias 08 e 09 de Outubro de 2010 Palhoça - SC Art. 1º - A Federação Aquática de Santa Catarina realizará o Campeonato acima descrito,

Leia mais

Regulamento. Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia Sub 23

Regulamento. Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia Sub 23 Regulamento Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia Sub 23 2014 ÍNDICE CAPÍTULO 1: INTRODUÇÃO...7 1.1 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE VOLEIBOL (CBV)... 7 1.2 DIREITOS DA CBV SOBRE OS EVENTOS PREVISTOS NO CALENDÁRIO

Leia mais

R e g u l a m e n t o Q u a d r a n g u l a r d e A s c e n s o / D e s c e n s o N B B - 2 0 1 2 / 2 0 1 3 Página 1

R e g u l a m e n t o Q u a d r a n g u l a r d e A s c e n s o / D e s c e n s o N B B - 2 0 1 2 / 2 0 1 3 Página 1 R e g u l a m e n t o Q u a d r a n g u l a r d e A s c e n s o / D e s c e n s o N B B - 2 0 1 2 / 2 0 1 3 Página 1 1. Competição: Quadrangular de Ascenso e Descenso do NBB 2012/2013 2. Bases legais a.

Leia mais

REGULAMENTO 2015 RANKING CARIOCA SÊNIOR E PRÉ SÊNIOR 1. PARTICIPAÇÃO. 2. NÚMERO DE JOGADORES/as

REGULAMENTO 2015 RANKING CARIOCA SÊNIOR E PRÉ SÊNIOR 1. PARTICIPAÇÃO. 2. NÚMERO DE JOGADORES/as 1 O REGULAMENTO DO RANKING CARIOCA SÊNIOR E PRÉ SENIOR MASCULINO E FEMININO, terá as seguintes condições para a temporada 2015: 1. PARTICIPAÇÃO Poderão participar do Ranking Carioca Sênior e Pré Sênior

Leia mais

VIII JOGOS DO COMÉRCIO De 03à12 de Agosto de 2012 REGULAMENTO

VIII JOGOS DO COMÉRCIO De 03à12 de Agosto de 2012 REGULAMENTO Promoção: VIII JOGOS DO COMÉRCIO De 03à12 de Agosto de 2012 PROMOÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE SORRISO SMEL SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTES E LAZER CDL CÂMARA DOS DIRIGENTES LOJISTAS DE SORRISO REGULAMENTO

Leia mais

I TORNEIO CAARN OPEN DE TRIO MISTO DE VÔLEI DE PRAIA REGULAMENTO GERAL

I TORNEIO CAARN OPEN DE TRIO MISTO DE VÔLEI DE PRAIA REGULAMENTO GERAL I TORNEIO CAARN OPEN DE TRIO MISTO DE VÔLEI DE PRAIA 2015 REGULAMENTO GERAL Artigo 1º. Evento: O 1º. Torneio Estadual de Trio Misto de Vôlei de Praia CAARN OPEN será realizado no dia 15 de agosto de 2015,

Leia mais

5 a 7 de Setembro de 2014

5 a 7 de Setembro de 2014 A Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro, com a chancela da Confederação Brasileira de Judô, vem por meio deste, convidá-lo a participar da XI Copa Rio Internacional de Judô que acontecerá no Rio

Leia mais

Regulamento da. Copa UniBH de. Futsal

Regulamento da. Copa UniBH de. Futsal Regulamento da Copa UniBH de Futsal FINALIDADE O presente regulamento contêm as normas que regem na 9ª Copa UniBH de Futsal, sendo conhecedores de seu conteúdo todos os inscritos que se submetem sem ressalvas

Leia mais

3ª COPA INTER-ADVOGADOS

3ª COPA INTER-ADVOGADOS Data/ Local: Competição: Maio à Julho * início previsto para 26/maio Local: Centro Iraí Pinhais-PR www.centroirai.com.br Gustavo@centroirai.com.br DA PARTICIPAÇÃO: Artigo Primeiro: Só poderão participar

Leia mais

6º TAÇA SAÚDE REGULAMENTO

6º TAÇA SAÚDE REGULAMENTO 6º TAÇA SAÚDE REGULAMENTO I - DOS OBJETIVOS Art. 01 - A 6º TAÇA SAÚDE DE FUTSAL E VOLEIBOL - SES é um evento promovido pelos Servidores da Secretaria de Estado da Saúde SES Art. 02 - O campeonato tem por

Leia mais

4ª ETAPA NACIONAL 2014 PORTO ALEGRE (RS)

4ª ETAPA NACIONAL 2014 PORTO ALEGRE (RS) 4ª ETAPA NACIONAL 2014 PORTO ALEGRE (RS) A Confederação Brasileira de Badminton, Federação Gaúcha de Badminton e o Clube do Professor Gaúcho tem a honra de convidá-los para competir na 21ª Copa Sul de

Leia mais

IV CAMPEONATO BRASILEIRO ESCOLAR DE FUTSAL - 2015 REGULAMENTO GERAL

IV CAMPEONATO BRASILEIRO ESCOLAR DE FUTSAL - 2015 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I - DAS FINALIDADES Art. 1º - O IV Campeonato Brasileiro Escolar de Futsal é uma competição inter-colegial que tem por objetivo incentivar, no meio estudantil, a prática desportiva, enaltecendo

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE - 2013

REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE - 2013 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE - 2013 DOS PARTICIPANTES Art. 1º - Integrarão o Campeonato Estadual de Futebol da Primeira

Leia mais

CAMPEONATO DE FUTEBOL DE CAMPO MÁSTER 2013 FUTEBOL NÃO PROFISSIONAL DEPARTAMENTO TÉCNICO NOTA OFICIAL 001/13 REGULAMENTO

CAMPEONATO DE FUTEBOL DE CAMPO MÁSTER 2013 FUTEBOL NÃO PROFISSIONAL DEPARTAMENTO TÉCNICO NOTA OFICIAL 001/13 REGULAMENTO CAMPEONATO DE FUTEBOL DE CAMPO MÁSTER 2013 FUTEBOL NÃO PROFISSIONAL DEPARTAMENTO TÉCNICO NOTA OFICIAL 001/13 REGULAMENTO Dispõe sobre as normas a serem estabelecidas no Regulamento do Campeonato de MÁSTER

Leia mais

2ª ETAPA NACIONAL 2015 TOLEDO (PR)

2ª ETAPA NACIONAL 2015 TOLEDO (PR) 2ª ETAPA NACIONAL 2015 TOLEDO (PR) A Confederação Brasileira de Badminton, a Badminton Federação Paranaense (BFP) e a Prefeitura e Secretaria Municipal de Esportes de Toledo (PR) tem a honra de convidá-los

Leia mais

REGULAMENTO D0 II CAMPEONATO MINEIRO DE RUGBY SEVEN FEMININO 2012

REGULAMENTO D0 II CAMPEONATO MINEIRO DE RUGBY SEVEN FEMININO 2012 REGULAMENTO D0 II CAMPEONATO MINEIRO DE RUGBY SEVEN FEMININO 2012 1 - Disposições Gerais Todas as partidas serão disputadas de acordo com as Leis do jogo em vigor conforme estipulado pelo IRB. Se surgirem

Leia mais

GIOCHI DELLA GIOVENTU -2014

GIOCHI DELLA GIOVENTU -2014 Av.Presidente Antonio Carlos 40-3 Andar Centro Rio De Janeiro Cep 20020-010 Rio de Janeiro Tel.021-22623697 secretaria@conibrasile.org GIOCHI DELLA GIOVENTU -2014 Dando continuidade ao trabalho desenvolvido

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO JOGOS DE INTEGRAÇÃO REGULAMENTO TÉCNICO DO BASQUETEBOL MASCULINO

REGULAMENTO TÉCNICO JOGOS DE INTEGRAÇÃO REGULAMENTO TÉCNICO DO BASQUETEBOL MASCULINO REGULAMENTO TÉCNICO JOGOS DE INTEGRAÇÃO REGULAMENTO TÉCNICO DO BASQUETEBOL MASCULINO Art. 1 O torneio de basquetebol masculino será realizado de acordo com as regras estabelecidas pela Federação Internacional

Leia mais

2ª ETAPA NACIONAL 2014 Teresina (PI)

2ª ETAPA NACIONAL 2014 Teresina (PI) 2ª ETAPA NACIONAL 2014 Teresina (PI) A Confederação Brasileira de Badminton e a Federação de Badminton do Piauí (FEBAPI) tem a honra de convidá-los para competir no Campeonato Nacional de Badminton, categoria

Leia mais

CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS DOS JOGOS UNIVERSITÁRIOS EINSTEIN

CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS DOS JOGOS UNIVERSITÁRIOS EINSTEIN CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS DOS JOGOS UNIVERSITÁRIOS EINSTEIN Artigo 1º - Os Jogos Universitários tem como objetivo: * Incentivar a participação dos jovens em atividades saudáveis do ponto de vista social,

Leia mais

COPA CEPEUSP DE FUTEBOL 2016 REGULAMENTO

COPA CEPEUSP DE FUTEBOL 2016 REGULAMENTO CENTRO DE PRÁTICAS ESPORTIVAS DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO S. EVENTOS COPA CEPEUSP DE FUTEBOL 2016 REGULAMENTO I - DOS OBJETIVOS A COPA CEPEUSP DE FUTEBOL DE CAMPO tem como objetivo a integração dos docentes

Leia mais