Luiz Roberto Liza Curi Conselheiro Conselho Nacional de Educação - CNE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Luiz Roberto Liza Curi Conselheiro Conselho Nacional de Educação - CNE incolarum@hotmail.com"

Transcrição

1 Luiz Roberto Liza Curi Conselheiro Conselho Nacional de Educação - CNE 1

2 Luiz Roberto Liza Curi Sociólogo Doutor em Economia Conselheiro do Conselho Nacional de Educação Diretor LEYA Diretor Nacional de Educação Superior e Pesquisa SEB Reitor do UNIEURO Assessor Especial do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos CGEE /MCTI Membro do Comitê OEA de Avaliação da Educação Superior Membro representante do Brasil no Mercosul Educação Superior Diretor Nacional de Políticas, Avaliação, Regulação e Supervisão de Educação Superior do Ministério da Educação Presidente do Parque de Alta Tecnologia de Campinas SP Secretário de Cultura, Ciência e Tecnologia de Campinas- SP Diretor Geral de Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo Chefe de Gabinete e Assessor Especial da Presidência do CNPq 2

3 DESAFIOS E CONSEQUÊNCIAS POLÍTICAS PÚBLICAS EM EDUCAÇÃO SUPERIOR 1. EXPANSÃO 2. AVALIAÇÃO 3. DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL 3

4 Projetos e Programas Internacionais Pontes com politicas públicas 1- baixa presença de padrões internacionais nas politicas nacionais 2- Não entra na agenda 3- Ações internacionais são focadas em programas e projetos de intercâmbio cooperação ou bolsas / convênios: fomento e financiamento 4- Bons instrumentos: Ciência sem Fronteiras que já decorre de polítcas de bolsas fomento mas não agrega informações para a política Revalidação de títulos ou diplomas agregam pouca informação para a agenda 4

5 DESAFIOS E CONSEQUÊNCIAS EXPANSÃO INTERAÇÃO INTERNACIONAL 1. CONCENTRAÇÃO REGIONAL/ ÁREAS/ ORG. ACADÊMICA 2. MODALIDADES 3. COMPETÊNCIAS 5

6 DESAFIOS E CONSEQUÊNCIAS AVALIAÇÃO COOPERAÇÃO E INTERCÂMBIO 1. GOVERNANÇA 2. DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL 3. CENSITÁRIA 4. CURRICULOS / CARREIRAS E DESAFIOS CONJUNTURAIS 5. REGULAÇÃO E SUPERVISÃO 6. FINANCIAMENTO 7. QUEM MAIS PRECISA 6

7 INSTITUIÇÕES E CURSOS DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL NÚMERO, DEPENDÊNCIA E DISTRIBUIÇÃO ano total publicas % privadas % PRIV % , ,5 % ANO NORTE NORDESTE CENTRO OESTE SUL % 18% 10% 17% 49% % 20% 10 % 15% 48% SUDESTE ANO TOTAL PRESENCIAL EAD % EAD % % 7

8 MATRÍCULAS DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL ano total UNIVERSIDADES CENTROS FACULDADES IF ANO NORTE NORDESTE SUDESTE SUL CENTRO OESTE % 18% 49% 17% 10 % % 20% 48 % 16% 9 % 8

9 MATRÍCULAS DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL TOTAL PUBLICA PRIVADA % % TOTAL EAD EAD PUBLICA EAD PRIVADA EAD % PRESENCIAL % 9

10 Distribuição de Matrículas e Concluintes por Área Geral (Presencial e EAD) Censo Inep 2012/2013 Matriculas Concluintes Ciências Sociais, Negócios e Direito Educação Saúde e Bem-Estar Social Engenharia, Produção e Construção Ciências, Matemática e Computação Agricultura e Veterinária Humanidades e Artes Serviços Administração+Direito+Pedagogia+Ciências Contábeis = 40 % das 10

11 CONCLUINTES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR ANO TOTAL PRESENCIAL EAD % % % ANO INGRESSANTES CONCLUINTES > % MATRÍCULAS 3.9 MILHÕES 7.3MILHÕES 85 % CONCLUINTES 532 MIL 991 MIL 86 % 11

12 Matrículas Área Geral OCDE Total % % Acumulado Ciências sociais, negócios e direito ,6 40,6 Educação ,8 59,5 Saúde e bem estar social ,5 73,0 Engenharia, produção e construção ,0 87,0 Ciências, matemática e computação ,1 93,0 Agricultura e veterinária ,4 95,5 Humanidades e artes ,2 97,7 Serviços ,3 100,0 Concluintes Área Geral OCDE Total % % Acumulado Ciências sociais, negócios e direito ,3 44,3 Educação ,3 64,6 Saúde e bem estar social ,1 78,7 Engenharia, produção e construção ,2 86,9 Ciências, matemática e computação ,6 92,4 Agricultura e veterinária ,9 94,4 Humanidades e artes ,7 97,1 Serviços ,9 100,0 Ingressantes Área Geral OCDE Total % % Acumulado Ciências sociais, negócios e direito ,5 41,5 Educação ,2 58,7 Saúde e bem estar social ,5 71,2 Engenharia, produção e construção ,8 86,0 Ciências, matemática e computação ,5 92,5 Agricultura e veterinária ,1 94,6 Humanidades e artes ,4 96,9 Serviços ,1 100,0 MAIORES MATRÍCULAS ADMINISTRAÇÃO DIREITO PEDAGOGIA

13 Organização Acadêmica Instituições Matrículas de Graduação Total % Total % Total ,0% ,0% Universidades 195 8,2% ,4% Centros Universitários 140 5,9% ,8% Faculdades ,3% ,2% Ifs e Cefets 40 1,7% ,6% Fonte: Mec/Inep; Tabela elaborada por Inep/Deed 13

14 Distribuição de Funções Docentes na Educação Superior 2003/

15 8% - Norte 20% - Nordeste ( ) matrículas 27% em IES públicas (26%) 73% em IES privadas (74%) 9% - Centro oeste 46% - Sudeste 17% - Sul 84% ( 86,6%) Cursos Presenciais > 3,1 % ( 3,9 %) 16% ( 13,4%) Cursos EaD > 12,2 % ( 3.6 %) EaD 2002/2011 > 2.338,79% ( 2800 %) Presencial 2002/2011 > 72% ( 75 %) Matrículas Srticto Sensu

16 17% jovens de 18 a 24 anos no Ensino Superior (incluindo os que já concluiram) Bolívia: 21% Venezuela: 26% Argentina: 40% Chile: 27% Europa: 62% Colômbia: 33% EUA: 80%. América Latina: abaixo do Brasil Haiti. Jovens de 15 a 17 anos: 50% fora do Ensino Médio - 8 milhões de jovens que nem trabalham nem estudam (geração nem/nem) 400 mil professores da educação básica pública sem formação superior adequada à LDB/ milhões de trabalhadores com escolaridade < 4 anos. Produtividade do trabalhador brasileiro = 1/3 do coreano, 1/4 do alemão e 1/5 do americano (CNI: 22/5/2013). 16

17 Oferta de Educação Superior nos Municípios Municípios brasileiros : SEM oferta de Educação Superior - 66% com oferta de Educação Superior - 34% Censo INEP 2012 in Jorge Messias 17

18 PNE (2011/2020) Para o alcance destas metas a taxa de crescimento de matrículas na educação superior deverá ser superior a 7% ao ano. (7.2 milhões de jovens) Para o alcance destas metas a taxa de crescimento de matrículas na educação superior deverá ser superior a 7% ao ano. PNE in Jorge Messias 18

19 Evolução das Taxas de Escolarização da Educação Superior Brasil /

20 Meta 13: Elevar a qualidade da educação superior pela ampliação da atuação de mestres e doutores nas instituições de educação superior para 75%, no mínimo, do corpo docente em efetivo exercício, sendo, do total, 35% doutores. 20

21 Meta 14: Elevar gradualmente o número de matrículas na pósgraduação stricto sensu de modo a atingir a titulação anual de 60 mil mestres e 25 mil doutores. 21

22 ásicas Total Geral Pública Total Federal Estadual ituições raduação equencial de Formação Específica ós-graduação Scricto Sensu TOTAL Exercício o

23 Instâncias de Avaliação Ministério da Educação Conselho Nacional de Educação Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Conselhos Profissionais Comissão Técnica de Acompanhamento da Avaliação 23

24 Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - SINAES - Lei /2004 Total de Avaliações in loco realizadas no período de 2004 a Total de avaliações in loco : Série

25 Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - SINAES - Lei /2004 Total de cursos avaliados pelo Enade Série Censitário Ingres. e 25

26 QS ) Universidade de São Paulo (USP) 206) Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) 271) Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) ) Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp) e Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) ) Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) ) Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) ) Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) ) Pontificia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Universidade de Brasília (UnB) e Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) ) Universidade Federal da Bahia (Ufba) ) Pontificia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Universidade Federal do Paraná (UFPR) ) Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), Universidade Estadual de Londrina (UEL), Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Universidade Federal de Viçosa (UFV), Universidade Federal do Ceará (UFC), Universidade Federal do Pernambuco (UFPE) e Universidade Federal Fluminense (UFF) 26

Luiz Roberto Liza Curi Conselheiro Conselho Nacional de Educação - CNE incolarum@hotmail.com

Luiz Roberto Liza Curi Conselheiro Conselho Nacional de Educação - CNE incolarum@hotmail.com Luiz Roberto Liza Curi Conselheiro Conselho Nacional de Educação - CNE incolarum@hotmail.com 1 Instâncias de Avaliação MEC CNE CONAES SERES INEP CTAA 2 Desafios da educação superior brasileira 1. Como

Leia mais

Luiz Roberto Liza Curi. Sociólogo / Doutor em Economia. Conselheiro Conselho Nacional de Educação - CNE incolarum@hotmail.com

Luiz Roberto Liza Curi. Sociólogo / Doutor em Economia. Conselheiro Conselho Nacional de Educação - CNE incolarum@hotmail.com Luiz Roberto Liza Curi Sociólogo / Doutor em Economia Conselheiro Conselho Nacional de Educação - CNE incolarum@hotmail.com 1 Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional 9394/96 Art. 8 A União, os Estados

Leia mais

INTERNACIONAL: DESAFIOS SOB A VISÃO DA ACADEMIA E DA PROFISSÃO CONTÁBIL PROF. DR. JORGE KATSUMI NIYAMA

INTERNACIONAL: DESAFIOS SOB A VISÃO DA ACADEMIA E DA PROFISSÃO CONTÁBIL PROF. DR. JORGE KATSUMI NIYAMA I.F.R.S - CONVERGÊNCIA INTERNACIONAL: DESAFIOS SOB A VISÃO DA ACADEMIA E DA PROFISSÃO CONTÁBIL PROF. DR. JORGE KATSUMI NIYAMA ÁREA DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Contextualização Quantos somos? Número de cursos

Leia mais

As universidades do Brasil mais respeitadas por empregadores Os diplomas mais valorizados pelas empresas

As universidades do Brasil mais respeitadas por empregadores Os diplomas mais valorizados pelas empresas As universidades do Brasil mais respeitadas por empregadores Os diplomas mais valorizados pelas empresas Camila Pati, de EXAME.com São Paulo - Para elaborar seus rankings de melhores universidades, a Quacquarelli

Leia mais

Foz do Iguaçu PR Novembro de 2013. Willians Kaizer dos Santos Maciel Coordenador de Indicadores e Controle de Qualidade da Educação Superior Inep/MEC

Foz do Iguaçu PR Novembro de 2013. Willians Kaizer dos Santos Maciel Coordenador de Indicadores e Controle de Qualidade da Educação Superior Inep/MEC Foz do Iguaçu PR Novembro de 2013 Willians Kaizer dos Santos Maciel Coordenador de Indicadores e Controle de Qualidade da Educação Superior Inep/MEC Renan Carlos Dourado Técnico em Informações Educacionais

Leia mais

gica Thiago Renault thiagorenault@producao.uff.br

gica Thiago Renault thiagorenault@producao.uff.br Tema: Como incorporar técnicas t modernas de apoio à comercialização e como o modelo de incubação fomenta o surgimento de empresas de base tecnológica gica Thiago Renault thiagorenault@producao.uff.br

Leia mais

Ministério da Educação Censo da Educação Superior 2012

Ministério da Educação Censo da Educação Superior 2012 Ministério da Educação Censo da Educação Superior 2012 Aloizio Mercadante Ministro de Estado da Educação Quadro Resumo- Estatísticas Gerais da Educação Superior por Categoria Administrativa - - 2012 Categoria

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DEPARTAMENTO DE MODERNIZAÇÃO E PROGRAMAS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DEPARTAMENTO DE MODERNIZAÇÃO E PROGRAMAS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DEPARTAMENTO DE MODERNIZAÇÃO E PROGRAMAS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL - PET 7 INSTITUIÇÕES 370 GRUPOS REGIÃO NORTE - 8 INSTITUIÇÕES

Leia mais

Universidade Federal. do Acre. Universidade Federal. do Amazonas. Universidade Federal. do Amapá. Universidade Federal. do Pará. Universidade Federal

Universidade Federal. do Acre. Universidade Federal. do Amazonas. Universidade Federal. do Amapá. Universidade Federal. do Pará. Universidade Federal UF CATEGORIA ADMINISTRATIVA SIGLA IES AC FEDERAL UFAC AM FEDERAL UFAM AP FEDERAL UNIFAP PA FEDERAL UFPA PA FEDERAL UFRA RO FEDERAL UNIR RR FEDERAL UFRR TO FEDERAL UFT MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA

Leia mais

META NACIONAL 15: garantir, em regime de colaboração entre a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, no prazo de 1 (um) ano de vigência deste PNE, política nacional de formação dos profissionais

Leia mais

1 of 5 04/24/2012 03:16 PM

1 of 5 04/24/2012 03:16 PM inicio países del mundo ranking mundial ranking por país ranking europeo ranking latino americano > inicio > top Latino América Datos del Ranking Top Latino América Universidades 1 a 100 de 100 Acerca

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Censo da Educação Superior 2013

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Censo da Educação Superior 2013 Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Censo da Educação Superior 2013 Quadro Resumo- Estatísticas gerais da Educação Superior, por Categoria Administrativa-

Leia mais

Políticas de Educação de Jovens e

Políticas de Educação de Jovens e Ministério da Educação Políticas de Educação de Jovens e Adultos Junho de 2011 Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão Documentos de Referência Legislação Constituição

Leia mais

ENSINO SUPERIOR: PRIORIDADES, METAS, ESTRATÉGIAS E AÇÕES

ENSINO SUPERIOR: PRIORIDADES, METAS, ESTRATÉGIAS E AÇÕES ENSINO SUPERIOR: PRIORIDADES, METAS, ESTRATÉGIAS E AÇÕES Introdução Paulo Speller 1 Nos anos recentes, diversos países vem debatendo a possibilidade de promoverem alterações em seus sistemas de educação

Leia mais

Propostas de Cursos Novos

Propostas de Cursos Novos Ministério da Educação - MEC Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Capes Diretoria de Avaliação - DAV Coordenação Geral de Avaliação e Acompanhamento - CGAA Período 2010

Leia mais

O PNE E OS DESAFIOS ATUAIS DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA

O PNE E OS DESAFIOS ATUAIS DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA O PNE E OS DESAFIOS ATUAIS DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA Lívia M. Fraga Vieira Associação Nacional de Pós Graduação e Pesquisa em Educação ANPED Faculdade de Educação Universidade Federal de Minas Gerais liviafraga@globo.com

Leia mais

REFLEXÕES SOBRE NOVAS METODOLOGIAS DE ENSINO

REFLEXÕES SOBRE NOVAS METODOLOGIAS DE ENSINO REFLEXÕES SOBRE NOVAS METODOLOGIAS DE ENSINO Prof. Luiz Capraro, MSc. Engenheiro Civil Sec. Geral da ABENC Presd CEP/CREA-PR Coord Nacional Adj da CNCEP/CONFEA Decretos Lei de 1933 23... (Agronomia) 23...

Leia mais

ANEXO II INDICADORES PARA MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DA EVOLUÇÃO DAS METAS DO PDME

ANEXO II INDICADORES PARA MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DA EVOLUÇÃO DAS METAS DO PDME ANEXO II INDICADORES PARA MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DA EVOLUÇÃO DAS METAS DO PDME No presente documento, estão listados os indicadores básicos que serão utilizados para monitoramento e avaliação das metas

Leia mais

INDICADORES DE INTERNACIONALIZAÇÃO NO BRASIL

INDICADORES DE INTERNACIONALIZAÇÃO NO BRASIL INDICADORES DE INTERNACIONALIZAÇÃO NO BRASIL Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul 20 de outubro de 2014 Denise de Menezes Neddermeyer Diretora de Relações Internacionais Principais Tópicos

Leia mais

Contexto. Educação para o mundo do trabalho. Por Mozart Neves Ramos - Todos Pela Educação em 01/03/2013

Contexto. Educação para o mundo do trabalho. Por Mozart Neves Ramos - Todos Pela Educação em 01/03/2013 META NACIONAL 11 - Educação Profissional- Triplicar as matrículas da Educação Profissional Técnica de nível médio, assegurando a qualidade da oferta e pelo menos 50% da expansão no segmento público. Contexto

Leia mais

GEOCIÊNCIAS ÁREA: TRIÊNIO DE AVALIAÇÃO 2007-2009. Coordenador: Roberto Dall Agnol Coordenador-Adjunto: Ministério da Educação

GEOCIÊNCIAS ÁREA: TRIÊNIO DE AVALIAÇÃO 2007-2009. Coordenador: Roberto Dall Agnol Coordenador-Adjunto: Ministério da Educação Ministério da Educação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Diretoria de Avaliação ÁREA: GEOCIÊNCIAS TRIÊNIO DE AVALIAÇÃO 2007-2009 2009 COORDENAÇÃO 2008-2010 2010 Coordenador: Roberto

Leia mais

Tecnológicos Corpo docente Atendimento especial Licenciaturas Educação a distância Graduações mais procuradas -

Tecnológicos Corpo docente Atendimento especial Licenciaturas Educação a distância Graduações mais procuradas - Matrículas no ensino superior crescem 3,8% Texto-síntese do portal no INEP (http://portal.inep.gov.br/visualizar/-/asset_publisher/6ahj/content/matriculas-no-ensino-superior-crescem-3-8? redirect=http%3a%2f%2fportal.inep.gov.br%2f)

Leia mais

A participação da PUC-Rio em avaliações externas outubro/2016

A participação da PUC-Rio em avaliações externas outubro/2016 A participação da PUC-Rio em avaliações externas outubro/2016 Modalidades de Avaliações Externas Avaliações Nacionais Avaliações Internacionais MEC Conceito CAPES CPC Conceito Preliminar de Curso Indicador

Leia mais

inclusão O desafio da

inclusão O desafio da CAPA CENSO O desafio da inclusão Censo do indica que, apesar do crescimento, ainda é baixo o percentual de jovens universitários e revela o que ainda falta para colocar na faculdade o potencial contingente

Leia mais

O Plano nacional de Educação e a Expansão da Educação Superior

O Plano nacional de Educação e a Expansão da Educação Superior O Plano nacional de Educação e a Expansão da Educação Superior Luiz Cláudio Costa Brasília - novembro 2012 Contexto Indicadores de acompanhamento: taxa líquida: percentual da população de 18-24 anos na

Leia mais

O QUE É O ENADE? Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - INEP

O QUE É O ENADE? Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - INEP O QUE É O ENADE? É um dos procedimentos de avaliação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior SINAES, instituído pelo Decreto-Lei 10.861/04 Realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas

Leia mais

As notícias, nos dias 4 e 5, foram tumultuadas. Ontem, dia 6, a publicação da Portaria no DOU e mais notícias.

As notícias, nos dias 4 e 5, foram tumultuadas. Ontem, dia 6, a publicação da Portaria no DOU e mais notícias. SIC 31/08 Belo Horizonte, 07 de agosto de 2008. AVALIAÇÃO.CICLO AVALIATIVO DO SINAES.RENOVAÇÃO DE RE- CONHECIMENTO DE CURSOS SUPERIORES. CONCEITO PRELIMI- NAR DE CURSOS/CPC.PORTARIA NORMATIVA Nº 4, DE

Leia mais

Inserção social... o que é, como foi avaliada nesse triênio e, o que deverá ser feito para o próximo?

Inserção social... o que é, como foi avaliada nesse triênio e, o que deverá ser feito para o próximo? IX Fórum Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação Stricto Sensu em Fisioterapia Londrina / PR Inserção social... o que é, como foi avaliada nesse triênio e, o que deverá ser feito para o próximo? Rinaldo R

Leia mais

Análise da oferta e da qualidade dos cursos de Administração na educação superior brasileira

Análise da oferta e da qualidade dos cursos de Administração na educação superior brasileira Elisabeth Cristina Drumm Formada em Administração, Especialista em Gestão Empresarial, Mestre em Processos e Manifestações Culturais. Professora da Urcamp. Análise da oferta e da qualidade dos cursos de

Leia mais

Propostas de Cursos Novos 149 a Reunião CTC/ES 9 a 13 de setembro de 2013

Propostas de Cursos Novos 149 a Reunião CTC/ES 9 a 13 de setembro de 2013 Ministério da Educação - MEC Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Capes Diretoria de Avaliação - DAV Coordenação Geral de Avaliação e Acompanhamento - CGAA Propostas de

Leia mais

1º CINFOTEC Unicamp. Comunicação, Informação e Tecnologia na Unicamp

1º CINFOTEC Unicamp. Comunicação, Informação e Tecnologia na Unicamp 1º CINFOTEC Unicamp Comunicação, Informação e Tecnologia na Unicamp Engº Ms. Gilberto Oliani Coordenador de Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDIC) da Faculdade de Educação da Unicamp 11/06/12

Leia mais

Conheça as 20 metas aprovadas para o Plano Nacional da Educação _PNE. Decênio 2011 a 2021. Aprovado 29/05/2014

Conheça as 20 metas aprovadas para o Plano Nacional da Educação _PNE. Decênio 2011 a 2021. Aprovado 29/05/2014 Conheça as 20 metas aprovadas para o Plano Nacional da Educação _PNE Decênio 2011 a 2021. Aprovado 29/05/2014 Meta 1 Educação Infantil Universalizar, até 2016, o atendimento escolar da população de 4 e

Leia mais

AVALIAÇÃO DO ENADE 2011 NOTAS DOS CURSOS DE CIÊNCIAS SOCIAIS

AVALIAÇÃO DO ENADE 2011 NOTAS DOS CURSOS DE CIÊNCIAS SOCIAIS AVALIAÇÃO DO ENADE 2011 NOTAS DOS CUOS DE Cursos com avaliação 1 ou 2 (sujeitos a encerramento/reestruturação de suas atividades) Cursos com avaliação 5 Públicas Cursos com avaliação 5 no Enade, mas com

Leia mais

Ranking das Universidades Brasileiras

Ranking das Universidades Brasileiras Ranking das Universidades Brasileiras Rogerio Meneghini Diretor Científico, SciELO Scientific Electronic Library Online Julho / 2016 Se o ser humano sempre procurou padrões que unem ou diferenciam tudo

Leia mais

1 Catálogo de Teses em CD Rom. Bireme. Ação Educativa. INEP, 1998 e 1999.

1 Catálogo de Teses em CD Rom. Bireme. Ação Educativa. INEP, 1998 e 1999. A PRODUÇÃO CIENTÍFICA SOBRE EDUCAÇÃO INFANTIL NO BRASIL NOS PROGRAMAS DE PÓS GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO ENTRE OS ANOS DE 1983 E 1998. Giandréa Reuss Strenzel Universidade Federal de Santa Catarina RESUMO: O

Leia mais

Siglas, termos e expressões

Siglas, termos e expressões Siglas, termos e expressões Abrabe ANCEFN Andifes AUIP BAM CAp/Uerj Capes CGEE CIB Cieps CNE CNPq COFECUB Conaes CONICET Coppe/UFRJ DED DO ENBT EHESS EPGE ERC Esal ESDI/Uerj Associação Brasileira de Bebidas

Leia mais

Políticas de Regulação e Supervisão da SERES: A garantia da Qualidade na Educação Superior

Políticas de Regulação e Supervisão da SERES: A garantia da Qualidade na Educação Superior Políticas de Regulação e Supervisão da SERES: A garantia da Qualidade na Educação Superior Marta Abramo Secretária de Regulação e Supervisão da Educação Superior Setembro/2015 Cenário da Educação Superior

Leia mais

A EVOLUÇÃO DO DESEMPENHO DA ENGENHARIA DE PRODUÇÃO NO ENADE

A EVOLUÇÃO DO DESEMPENHO DA ENGENHARIA DE PRODUÇÃO NO ENADE A EVOLUÇÃO DO DESEMPENHO DA ENGENHARIA DE PRODUÇÃO NO ENADE Vanderli Fava de Oliveira (UFJF ) vanderli@acessa.com Marcos Vinicius de Oliveira Costa (UFJF ) marcos.vinicius@engenharia.ufjf.bru O objetivo

Leia mais

PRÓ-REITORIA ADJUNTA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

PRÓ-REITORIA ADJUNTA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PRÓ-REITORIA ADJUNTA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Compõe a PRAPPG, neste ano de 2010, o Pró-Reitor Adjunto de Pesquisa e Pós-Graduação, a Comissão Pró-tempore de Avaliação de Programas e Projetos de Pesquisa

Leia mais

Censo da Educação Superior 2011

Censo da Educação Superior 2011 Censo da Educação Superior 2011 Quadro Resumo - Estatísticas Gerais da Educação Superior por Categoria Administrativa Categoria Administrativa Estatísticas Básicas Total Geral Pública Total Federal Estadual

Leia mais

12-13/03/200913/03/2009

12-13/03/200913/03/2009 Ministério da Educação - MEC Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - INEP Diretoria de Avaliação da Educação Superior - DAES Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes

Leia mais

PALESTRANTES. Conferência de abertura: O Plano Nacional de Educação, regime de colaboração e os desafios para a gestão educacional.

PALESTRANTES. Conferência de abertura: O Plano Nacional de Educação, regime de colaboração e os desafios para a gestão educacional. PALESTRANTES Conferência de abertura: O Plano Nacional de Educação, regime de colaboração e os desafios para a gestão educacional Conferencista:Raimundo Luís Araújo UNB/USP/Assessor Parlamentar Possui

Leia mais

Departamento de Engenharia. ENG 1090 Introdução à Engenharia de Produção

Departamento de Engenharia. ENG 1090 Introdução à Engenharia de Produção Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Engenharia Curso de Graduação em Engenharia de Produção ENG 1090 Introdução à Engenharia de Produção Prof. Gustavo Suriani de Campos Meireles Neste

Leia mais

VAGAS OCIOSAS NO ENSINO SUPERIOR BRASILEIRO. Silvana Santos Almeida 1 RESUMO

VAGAS OCIOSAS NO ENSINO SUPERIOR BRASILEIRO. Silvana Santos Almeida 1 RESUMO VAGAS OCIOSAS NO ENSINO SUPERIOR BRASILEIRO Silvana Santos Almeida 1 RESUMO A proposta desse artigo é elencar as possíveis causas para a existência das vagas ociosas nas instituições de ensino superior

Leia mais

PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO ATRIBUIÇÕES E PRAZOS INTERMEDIÁRIOS DA LEI Nº 13.005, DE 2014

PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO ATRIBUIÇÕES E PRAZOS INTERMEDIÁRIOS DA LEI Nº 13.005, DE 2014 ESTUDO PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO ATRIBUIÇÕES E PRAZOS INTERMEDIÁRIOS DA LEI Nº 13.005, DE 2014 Ana Valeska Amaral Gomes Paulo Sena Consultores Legislativos da Área XV Educação, Cultura e Desporto Nota

Leia mais

Projeto 10 Milhões de Alunos no Ensino Superior. Ações/Objetivos Estratégicos

Projeto 10 Milhões de Alunos no Ensino Superior. Ações/Objetivos Estratégicos Projeto 10 Milhões de Alunos no Ensino Superior Ações/Objetivos Estratégicos Projeção do Crescimento das Matrículas Graduação + CST + EAD 10.500.000 10.547.911 10.356.984 10.556.460 10.183.395 9.500.000

Leia mais

Plano Nacional de Educação 201? 202?: Desafios e Perspectivas. Fernando Mariano fmariano@senado.leg.br Consultoria Legislativa

Plano Nacional de Educação 201? 202?: Desafios e Perspectivas. Fernando Mariano fmariano@senado.leg.br Consultoria Legislativa Plano Nacional de Educação 201? 202?: Desafios e Perspectivas Fernando Mariano fmariano@senado.leg.br Consultoria Legislativa Panorama População com idade até 24 anos: 63 milhões Taxa de alfabetização:

Leia mais

Ficha de Avaliação do Programa

Ficha de Avaliação do Programa Ficha de Ficha de do Programa Período de : 2010 a 2012 Etapa: Trienal 2013 Área de : 10 - ENGENHARIAS I IES: 42002010 - UFSM - UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA Programa: 42002010020P0 - ENGENHARIA CIVIL

Leia mais

Panorama da Educação em Enfermagem no Brasil

Panorama da Educação em Enfermagem no Brasil Panorama da Educação em Enfermagem no Brasil Rede ABEn de Pesquisa em Educação em Enfermagem GT EDUCAÇÃO 2012 Portaria Nº 17/2012 Realizar a Pesquisa Panorama da Formação em Enfermagem no Brasil no período

Leia mais

EDUCAÇÃO BÁSICA NO BRASIL TEMAS EM DISCUSSÃO

EDUCAÇÃO BÁSICA NO BRASIL TEMAS EM DISCUSSÃO EDUCAÇÃO BÁSICA NO BRASIL TEMAS EM DISCUSSÃO José Francisco Soares Presidente do Inep Brasília-DF maio 2015 SUMÁRIO Fórum Educacional Mundial Direito à educação: PNE Aprendizado: Base Nacional Comum Financiamento

Leia mais

ENSINO MÉDIO DIFERENCIAIS PEDAGÓGICOS ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO. Processo de Admissão

ENSINO MÉDIO DIFERENCIAIS PEDAGÓGICOS ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO. Processo de Admissão ENSINO MÉDIO PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ESTUDANTES PARA 2015 PROPOSTAS PEDAGÓGICAS A fase da escolha de qual carreira seguir acontece, normalmente, durante o ensino médio. Tendo de vivenciar mudanças

Leia mais

Tema: Práticas Inovadoras de formação: caminhos e propostas dos cursos de graduação em Engenharia da Produção

Tema: Práticas Inovadoras de formação: caminhos e propostas dos cursos de graduação em Engenharia da Produção Tema: Práticas Inovadoras de formação: caminhos e propostas dos cursos de graduação em Engenharia da Produção XX Encontro Nacional de Coordenadores de Curso de Engenharia da Produção (ABEPRO) Rio de Janeiro,

Leia mais

Extensão Universitária: Mapeamento das Instituições que Fomentam Recursos para Extensão Universitária RESUMO

Extensão Universitária: Mapeamento das Instituições que Fomentam Recursos para Extensão Universitária RESUMO Extensão Universitária: Mapeamento das Instituições que Fomentam Recursos para Extensão Universitária SILVA, Valdir Ricardo Honorato da (discente bolsista) SOUTO, Geane de Luna (Técnico orientador) RESUMO

Leia mais

PNE NO EVENTO ACERCA DO PDI PROEG-16/9/2015

PNE NO EVENTO ACERCA DO PDI PROEG-16/9/2015 PNE NO EVENTO ACERCA DO PDI PROEG-16/9/2015 PNE 2014-2024 Lei 13.0005, aprovada em junho de 2014 Diretrizes do PNE (artigo 2º): Erradicação do analfabetismo Universalização do atendimento escolar Superação

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA NO BRASIL: REALIDADE E PERSPECTIVAS GO TANI UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA NO BRASIL: REALIDADE E PERSPECTIVAS GO TANI UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO PÓSGRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA NO BRASIL: REALIDADE E PERSPECTIVAS GO TANI UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO PÓSGRADUAÇÃO RH PARA DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR RH PARA DESENVOLVIMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA INDISSOCIABILIDADE

Leia mais

Edital 049/2012/CAPES/INEP Programa Observatório da Educação. Resultado preliminar

Edital 049/2012/CAPES/INEP Programa Observatório da Educação. Resultado preliminar Nº Nº do Projeto Sigla IES Sede Título do Projeto 1 12987 FEEVALE PROJETO OBEDUC 2 21097 FEEVALE PROJETO OBEDUC DIVERSIDADE, ACESSO E PERMANÊNCIA: PRÁTICAS SOCIAIS E PEDAGÓGICAS NA EDUCAÇÃO BÁSICA 3 23969

Leia mais

A Avaliação e a nota 4 do curso de Licenciatura em Física

A Avaliação e a nota 4 do curso de Licenciatura em Física A Avaliação e a nota 4 do curso de Licenciatura em Física Para quem tiver curiosidade, entre os 310 cursos em atividade em todo o país (segundo a estranha tabela do E-MEC), são poucas as instituições que

Leia mais

Sistema de Educación Superior en Brasil: Panorama, perspectivas y desafíos.

Sistema de Educación Superior en Brasil: Panorama, perspectivas y desafíos. Sistema de Educación Superior en Brasil: Panorama, perspectivas y desafíos. CLAUDIA MAFFINI GRIBOSKI Directora de Evaluación del INEP Instituto Nacional de Estudos e Pesquizas Educacionais Ainísio Teixeria

Leia mais

As políticas de avaliação da educação superior

As políticas de avaliação da educação superior VI FÓRUM DA EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ESTADO DE GOIÁS: A AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR COMO INDUTORA DE QUALIDADE As políticas de avaliação da educação superior Abril 2015 Panorama da educação superior no

Leia mais

Sinproja, Jaboatão dos Guararapes, PE. 27 de maio de 2011

Sinproja, Jaboatão dos Guararapes, PE. 27 de maio de 2011 Projeto de Lei 8035 / 2010 Plano Nacional de Educação 2011-2020 Sinproja, Jaboatão dos Guararapes, PE 27 de maio de 2011 Paulo Rubem Santiago - Deputado Federal PDT - PE www.paulorubem.com.br Titular da

Leia mais

MEC e MCTI. Programa Quero ser professor Quero ser cientista

MEC e MCTI. Programa Quero ser professor Quero ser cientista MEC e MCTI Programa Quero ser professor Quero ser cientista Contexto: Censo da Educação Superior 2012 Posição Nome OCDE Total % Matrícula % Acumulado 1 Administração 833.042 11,9 11,9 2 Direito 737.271

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO (PNPG) 2011-2020

PÓS-GRADUAÇÃO (PNPG) 2011-2020 PLANO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO (PNPG) 2011-2020 Documentos Setoriais Volume II Brasília, dezembro de 2010 Proposições sobre Educação Profissional em nível de Pós-Graduação para o PNPG 2011-2020 Profª.

Leia mais

A EVOLUÇÃO E OS EDUCAÇÃO SUPERIOR DESAFIOS DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AO LONGO DO SINAES A AS MUDANÇAS NA REGULAÇÃO E SUPERVISÃO DA

A EVOLUÇÃO E OS EDUCAÇÃO SUPERIOR DESAFIOS DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AO LONGO DO SINAES A AS MUDANÇAS NA REGULAÇÃO E SUPERVISÃO DA Suzana Schwerz Funghetto Coordenadora-Geral de Avaliação de Cursos de Graduação e Instituições de Ensino Superior/DAES/INEP A EVOLUÇÃO E OS DESAFIOS DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AO LONGO DO SINAES A AS MUDANÇAS

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Janeiro de 2011

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Janeiro de 2011 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2009 Janeiro de 2011 PRINCIPAIS RESULTADOS - CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR GRADUAÇÃO

Leia mais

Doutores Titulados Aquém das Necessidades do Brasil

Doutores Titulados Aquém das Necessidades do Brasil 1 Doutores Titulados Aquém das Necessidades do Brasil Clóvis Pereira da Silva UFPR Neste texto abordaremos o problema que diz respeito ao número de doutores titulados anualmente em Matemática Pura, no

Leia mais

Luiz Roberto Liza Curi. Conselheiro do Conselho Nacional de Educação incolarum@hotmail.com

Luiz Roberto Liza Curi. Conselheiro do Conselho Nacional de Educação incolarum@hotmail.com Luiz Roberto Liza Curi Conselheiro do Conselho Nacional de Educação incolarum@hotmail.com 1 Luiz Roberto Liza Curi Sociólogo Doutor em Economia Conselheiro do Conselho Nacional de Educação Diretor Nacional

Leia mais

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 798, DE 2015 (DE INICIATIVA DA COMISSÃO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA)

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 798, DE 2015 (DE INICIATIVA DA COMISSÃO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA) SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 798, DE 2015 (DE INICIATIVA DA COMISSÃO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA) O Congresso Nacional decreta: Institui o Programa Ciência

Leia mais

ENCAMINHAMENTOS FINAIS Ao longo das discussões alguns encaminhamentos foram indicados em torno dos diferentes temas constantes da pauta.

ENCAMINHAMENTOS FINAIS Ao longo das discussões alguns encaminhamentos foram indicados em torno dos diferentes temas constantes da pauta. XXI Encontro Nacional do Fórum Nacional de Diretores de Faculdades/Centros de Educação ou Equivalentes das Universidades Públicas Brasileiras (FORUMDIR) Campinas-SP/novembro/2005 No período 24 a 26 de

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA DA UEPG SINAES ENADE 2011

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA DA UEPG SINAES ENADE 2011 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA DA UEPG SINAES ENADE 2011 Ponta Grossa 2013 REITORIA Reitor João Carlos Gomes Vice-Reitor Carlos Luciano Sant Ana Vargas PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO

Leia mais

GRADUAÇÃO EM QUÍMICA

GRADUAÇÃO EM QUÍMICA GRADUAÇÃO EM QUÍMICA DEFINIÇÃO DA PROFISSÃO: O Químico estuda a matéria, sua composição e suas propriedades. Ele analisa substâncias e compostos, identifica suas características físico-químicas, como elasticidade

Leia mais

Plano Nacional de Educação Oportunidades ou Ameaças?

Plano Nacional de Educação Oportunidades ou Ameaças? Plano Nacional de Educação Oportunidades ou Ameaças? Extrato do PL Art. 1º Fica aprovado o Plano Nacional de Educação - PNE, com vigência por 10 (dez) anos, a contar da aprovação desta Lei, na forma do

Leia mais

ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO: DA EDUCAÇÃO BÁSICA AO ENSINO SUPERIOR

ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO: DA EDUCAÇÃO BÁSICA AO ENSINO SUPERIOR ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO: DA EDUCAÇÃO BÁSICA AO ENSINO SUPERIOR Ana Lucia Lima da Costa Pimenta Monteiro Prefeitura Municipal de Biguaçu anamonteiro1970@hotmail.com INTRODUÇÃO: As políticas

Leia mais

3. ENADE. CURSOS EM AVALIAÇÃO EM 2009. PORTARIA NOR- MATIVA Nº 1, DE 29 DE JANEIRO DE 2009, PUBLICADA DIA 30 DE JANEIRO DE 2009

3. ENADE. CURSOS EM AVALIAÇÃO EM 2009. PORTARIA NOR- MATIVA Nº 1, DE 29 DE JANEIRO DE 2009, PUBLICADA DIA 30 DE JANEIRO DE 2009 SIC 05/09 Belo Horizonte, 30 de janeiro de 2009. 1. EDUCAÇÃO BÁSICA. FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS DO MAGISTÉRIO. POLÍTICA NACIONAL. DECRETO Nº 6.755, DE 29 DE JANEIRO DE 2009, PUBLICADO DIA 30 DE JANEIRO

Leia mais

TERAPIA OCUPACIONAL A TRAJETÓRIA DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO NA SAÚDE. Brasília DF Abril 2006

TERAPIA OCUPACIONAL A TRAJETÓRIA DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO NA SAÚDE. Brasília DF Abril 2006 14 A TRAJETÓRIA DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO NA SAÚDE TERAPIA OCUPACIONAL Brasília DF Abril 2006 PRESIDENTE DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Luiz Inácio Lula da Silva MINISTRO DA EDUCAÇÃO Fernando Haddad MINISTRO

Leia mais

MEC/CAPES. Portal de Periódicos

MEC/CAPES. Portal de Periódicos MEC/CAPES Portal de Periódicos A CAPES e a formação de recursos de alto nível no Brasil Criada em 1951, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) é uma agência vinculada ao

Leia mais

FÓRUM NACIONAL DE EDUCAÇÃO SUPERIOR

FÓRUM NACIONAL DE EDUCAÇÃO SUPERIOR FÓRUM NACIONAL DE EDUCAÇÃO SUPERIOR CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RELATO DO TEMA 1: DEMOCRATIZAÇÃO DO ACESSO E FLEXIBILIZAÇÃO DE MODELOS DE FORMAÇÃO Dia 25 de maio de 2009 -

Leia mais

ENADE: Perguntas e respostas

ENADE: Perguntas e respostas ENADE: Perguntas e respostas O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE), Instituído pela Lei 10.861/2004 Lei do SINAES, sua realização é efetuada pelo INEP anualmente a estudantes das áreas selecionadas,

Leia mais

Cenários da Educação Superior a Distância

Cenários da Educação Superior a Distância Cenários da Educação Superior a Distância Marta Abramo Secretária de Regulação e Supervisão da Educação Superior SERES/MEC Setembro 2015 Antes de decidir, pense no estudante. Plano Nacional de Educação

Leia mais

ID Proponente UF CURSO TIPO

ID Proponente UF CURSO TIPO PLANILHA DE CONTROLE - OFERTA DE CURSOS POR INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE ENSINO ID Proponente UF CURSO TIPO 1 CEFET-AL ALAGOAS Hotelaria Tecnólogo 2 CEFET-CE CEARÁ Hospedagem Tecnólogo 3 CEFET-CE CEARÁ Matemática

Leia mais

Diretrizes Gerais Documento Complementar

Diretrizes Gerais Documento Complementar Diretrizes Gerais Documento Complementar Agosto 2007 Apresentação A seguir apresentamos as tabelas referentes às simulações dos recursos orçamentários previstos e das metas estabelecidas pelo Decreto nº

Leia mais

Informativo da CONAES

Informativo da CONAES Informativo da CONAES Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior Julho de 2005 - Edição nº. 4.: Notícias :. :: Hélgio Trindade é reeleito presidente da Conaes :: Conaes propõe solução para os

Leia mais

XIX SEMINÁRIO NACIONAL ANGRAD/MEC/INEP/CFA/CNE Enade: Dúvidas e Soluções. Foz do Iguaçú, PR, 27 de Outubro 2015

XIX SEMINÁRIO NACIONAL ANGRAD/MEC/INEP/CFA/CNE Enade: Dúvidas e Soluções. Foz do Iguaçú, PR, 27 de Outubro 2015 XIX SEMINÁRIO NACIONAL ANGRAD/MEC/INEP/CFA/CNE Enade: Dúvidas e Soluções Foz do Iguaçú, PR, 27 de Outubro 2015 Número de IES e de Matrículas de Graduação, por Organização Acadêmica Brasil - 2013 Organização

Leia mais

UNITWIN/UNESCO Chairs Programme. Educação e Inovação para Cooperação Solidária

UNITWIN/UNESCO Chairs Programme. Educação e Inovação para Cooperação Solidária UNITWIN/UNESCO Chairs Programme Educação e Inovação para Cooperação Solidária O que são as Cátedras UNESCO? O Programa de Cátedras e Redes UNITWIN tem como principal objetivo a capacitação através da troca

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES

PERGUNTAS FREQUENTES PERGUNTAS FREQUENTES 1.1. Qual a legislação pertinente ao Enade? Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004: Criação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) Portaria nº 2.051, de 9 de

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Associação Educacional de Araras UF: SP ASSUNTO: Credenciamento do Centro Universitário de Araras Dr. Edmundo Ulson,

Leia mais

ENEM X Universidades Federais em 2012 COMO FICA?

ENEM X Universidades Federais em 2012 COMO FICA? ENEM X Universidades Federais em COMO FICA? SUDESTE Enem? Ufop (Universidade Federal de Ouro Preto) UFSCar (Universidade Federal de São Carlos) UFV (Universidade Federal de Viçosa) 80% das vagas serão

Leia mais

Ensino Superior e novas tecnologias: caminhos e desafios

Ensino Superior e novas tecnologias: caminhos e desafios Ensino Superior e novas tecnologias: caminhos e desafios Henrique Paim Ministro de Estado da Educação Maceió, abril de 2014 Plano Nacional de Educação PNE balizador de todas as ações do MEC. Desafios:

Leia mais

Balanço da Política de Cotas 2012-2013. Aloizio Mercadante Ministro de Estado da Educação

Balanço da Política de Cotas 2012-2013. Aloizio Mercadante Ministro de Estado da Educação Balanço da Política de Cotas 2012-2013 Aloizio Mercadante Ministro de Estado da Educação Estabelece que: Lei 12.711, de 29 de Agosto de 2012 No mínimo 50% das vagas das Instituições Federais de Educação

Leia mais

AÇÕES NOVAS FRONTEIRAS PROGRAMA DE COOPERAÇÃO ACADÊMICA Procad/NF

AÇÕES NOVAS FRONTEIRAS PROGRAMA DE COOPERAÇÃO ACADÊMICA Procad/NF Ministério da Educação Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Diretoria de Programas DPR Coordenação de Programas Especiais - CPE AÇÕES NOVAS FRONTEIRAS PROGRAMA DE COOPERAÇÃO

Leia mais

Seminário do Mestrado Profissional Gestão de Trabalho e da Educação na Saúde

Seminário do Mestrado Profissional Gestão de Trabalho e da Educação na Saúde Seminário do Mestrado Profissional Gestão de Trabalho e na Saúde Rio de Janeiro, 15 de setembro de 2009 Prof. LIVIO AMARAL DIRETOR DE AVALIAÇÃO CAPES Titulação doutores x artigos publicados (ISI) 1987-2007

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CIG-PROPLAN SETEMBRO, 2013

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CIG-PROPLAN SETEMBRO, 2013 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CIG-PROPLAN ANÁLISE DO IGC DA UFPE 2007-2012 SETEMBRO, 2013 Apresentação Este relatório contém o resultado da análise do Índice Geral de Cursos (IGC) da UFPE durante

Leia mais

Edital GCUB-ICC nº 001/2016

Edital GCUB-ICC nº 001/2016 Edital GCUB-ICC nº 001/2016 O Instituto Caro y Cuervo (ICC), a Embaixada da Colômbia no Brasil e o Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras (GCUB), no âmbito do Acordo de Cooperação firmado em 16 de

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PARA O ENSINO SUPERIOR EM RONDÔNIA

CONTRIBUIÇÕES DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PARA O ENSINO SUPERIOR EM RONDÔNIA CONTRIBUIÇÕES DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PARA O ENSINO SUPERIOR EM RONDÔNIA Ivanete Saskoski Caminha, Adriana Leônidas de Oliveira 2 Universidade de Taubaté/Programa de Mestrado em Gestão e Desenvolvimento

Leia mais

UNICAMP: 26 ANOS DE AUTONOMIA COM VINCULAÇÃO

UNICAMP: 26 ANOS DE AUTONOMIA COM VINCULAÇÃO UNICAMP: 26 ANOS DE AUTONOMIA COM VINCULAÇÃO ORÇAMENTÁRIA JOSÉ TADEU JORGE REITOR UNICAMP 26/08/2015 - ALESP 1 PRIMEIROS ANOS -CAMPUS CAMPINAS 2 MARÇO 2014 -CAMPUS CAMPINAS 3 HOJE -CAMPUS CAMPINAS UNIVERSIDADE

Leia mais

CONFIRA AS UNIVERSIDADES QUE UTILIZARÃO O ENEM 2011

CONFIRA AS UNIVERSIDADES QUE UTILIZARÃO O ENEM 2011 CONFIRA AS UNIVERSIDADES QUE UTILIZARÃO O ENEM 2011 REGIÃO SUDESTE UFU (Universidade Federal de Uberlândia): Ufes (Universidade Federal do Espírito Santo): UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais):

Leia mais

Ficha de Avaliação do Programa

Ficha de Avaliação do Programa Período de : 2007 a 2009 Etapa: Trienal 2010 Área de : 21 - EDUCAÇÃO FÍSICA IES: 33001014 - UFSCAR - UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS Programa: 33001014016P7 - FISIOTERAPIA Modalidade: Acadêmico Curso

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Érica Maio Taveira Grande

CURRICULUM VITAE. Érica Maio Taveira Grande CURRICULUM VITAE Érica Maio Taveira Grande DADOS PESSOAIS I - Identificação Nome: Érica Maio Taveira Grande Filiação: Pai: João Paulo Taveira Mãe: Cleidenéia Maio Taveira Naturalidade: Cândido Mota SP

Leia mais

Universalizar a educação primária

Universalizar a educação primária Universalizar a educação primária META 2 terminem um ciclo completo de ensino. Garantir que, até 2015, todas as crianças, de ambos os sexos, Escolaridade no Estado de São Paulo O aumento sistemático das

Leia mais

Confira as universidades da Região Sudeste do Brasil que utilizarão o Enem 2011

Confira as universidades da Região Sudeste do Brasil que utilizarão o Enem 2011 Confira as universidades da Região Sudeste do Brasil que utilizarão o Enem 2011 UFU (Universidade Federal de Uberlândia): Ufes (Universidade Federal do Espírito Santo): UFMG (Universidade Federal de Minas

Leia mais

AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL: PRESENCIAL X EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL: PRESENCIAL X EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR NO BRASIL: PRESENCIAL X EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Ribeirão Preto SP Maio de 2013 Márcia Aparecida Figueiredo Centro Universitário Barão de Mauá - e-mail: marciaead@baraodemaua.br

Leia mais