INTRODUÇÃO À PSICOLOGIA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INTRODUÇÃO À PSICOLOGIA"

Transcrição

1 INTRODUÇÃO À PSICOLOGIA Prof. Arlindo F. Gonçalves Jr. Psicologia Aplicada à Comunicação Social 1

2 ACEPÇÕES DO TERMO PSICOLOGIA PSICOLOGIA PRÉ-REFLEXIVA MITOLOGIA SENSO COMUM PSICOLOGIA REFLEXIVA RACIONAL CIENTÍFICA Psicologia Aplicada à Comunicação Social 2

3 PSICOLOGIA CIENTÍFICA COMPREENSÃO DO HOMEM FILOGÊNESE ONTOGÊNESE SOCIOGÊNESE HISTÓRIA DA ESPÉCIE HUMANA Psicologia Aplicada à Comunicação Social 3

4 PSICOLOGIA CIENTÍFICA COMPREENSÃO DO HOMEM FILOGÊNESE ONTOGÊNESE SOCIOGÊNESE HISTÓRIA DO INDIVÍDUO DA ESPÉCIE Psicologia Aplicada à Comunicação Social 4

5 PSICOLOGIA CIENTÍFICA COMPREENSÃO DO HOMEM FILOGÊNESE ONTOGÊNESE SOCIOGÊNESE HISTÓRIA CULTURAL EM QUE O SUJEITO ESTÁ INSERIDO Psicologia Aplicada à Comunicação Social 5

6 PSICOLOGIA CIENTÍFICA COMPORTAMENTO CONSCIÊNCIA OBJETO DE ESTUDO INCONSCIENTE SUBJETIVIDADE Psicologia Aplicada à Comunicação Social 6

7 PSICOLOGIA CIENTÍFICA PRINCIPAIS CORRENTES DA PSICOLOGIA CONTEMPORÂNEA BEHAVIORISMO GESTALT PSICANÁLISE Psicologia Aplicada à Comunicação Social 7

8 CONDICIONAMENTO CLÁSSICO [...] Os pais nunca devem abraçar e beijar, jamais as deixem sentar no colo. Quando estritamente necessário, beijem apenas uma vez na testa ao lhes dar boa noite. Pela manhã, cumprimentem-nas com um aperto de mão. Afaguem-lhes a cabeça, caso realizem muito bem uma tarefa extremamente difícil [...] JOHN B. WATSON ( ) Psicologia Aplicada à Comunicação Social 8

9 CONDICIONAMENTO CLÁSSICO COMPORTAMENTO RESPONDENTE (REFLEXO): ESTÍMULO: variáveis ambientais que interagem com o sujeito S R RESPOSTA: aquilo que o organismo faz Psicologia Aplicada à Comunicação Social 9

10 CONDICIONAMENTO CLÁSSICO COMPORTAMENTO RESPONDENTE (REFLEXO): CONDICIONAMENTO REFLEXO quando tais estímulos são temporalmente pareados com estímulos eliciadores condicionamento reflexo: condicionados devido a uma história de pareamento, o qual levou o organismo a responder a estímulos que antes não respondia. Psicologia Aplicada à Comunicação Social 10

11 CONDICIONAMENTO CLÁSSICO COMPORTAMENTO RESPONDENTE (REFLEXO): EXEMPLO: mão mergulhada em água gelada emparelhada com uma campainha Água fria Som Queda da temperatura da mão (eliciada pela água fria) Queda da temperatura da mão (eliciada pelo som da campainha) estímulo incondicionado estímulo condicionado resposta incondicionada resposta condicionada Psicologia Aplicada à Comunicação Social 11

12 CONDICIONAMENTO OPERANTE Caixa de Skinner B. F. SKINNER ( ) Psicologia Aplicada à Comunicação Social 12

13 CONDICIONAMENTO OPERANTE RESPOSTA: pressionar a barra R S ESTÍMULO: água (leva a) AGIMOS OU OPERAMOS SOBRE O MUNDO EM FUNÇÃO DAS CONSEQUÊNCIAS CRIADAS PELA NOSSA AÇÃO Psicologia Aplicada à Comunicação Social 13

14 CONDICIONAMENTO OPERANTE REFORÇO o que aumenta a probabilidade de uma resposta REFORÇO PRIMÁRIO: tendem a ser reforçadores para toda uma espécie EX.: água, alimento, afeto REFORÇO SECUNDÁRIO: são aqueles que adquiriram a função quando pareados temporalmente com os primários. Psicologia Aplicada à Comunicação Social 14

15 CONDICIONAMENTO OPERANTE REFORÇO o que aumenta a probabilidade de uma resposta REFORÇO POSITIVO: é todo evento que aumenta a probabilidade futura da resposta que o produz REFORÇO NEGATIVO: é todo evento que aumenta a probabilidade futura da resposta que o remove ou atenua Psicologia Aplicada à Comunicação Social 15

16 CONDICIONAMENTO OPERANTE ESQUIVA Comportamento que nos permite antecipadamente evitar uma situação de confronto e ansiedade REFORÇO NEGATIVO: FUGA O comportamento reforçado é aquele que termina com um estímulo aversivo já em andamento. Psicologia Aplicada à Comunicação Social 16

17 CONDICIONAMENTO OPERANTE EXTINÇÃO: PUNIÇÃO: CONTROLE DE ESTÍMULOS : DISCRIMINAÇÃO: Processo de diminuição gradual da probabilidade de uma resposta condicionada GENERALIZAÇÃO: Psicologia Aplicada à Comunicação Social 17

18 CONDICIONAMENTO OPERANTE EXTINÇÃO: PUNIÇÃO: CONTROLE DE ESTÍMULOS : DISCRIMINAÇÃO: GENERALIZAÇÃO: procedimento que envolve a conseqüência de uma resposta quando há apresentação de um estímulo aversivo ou remoção de um reforçador positivo presente. Psicologia Aplicada à Comunicação Social 18

19 CONDICIONAMENTO OPERANTE EXTINÇÃO: PUNIÇÃO: CONTROLE DE ESTÍMULOS : DISCRIMINAÇÃO: GENERALIZAÇÃO: procedimento que envolve a conseqüência de uma resposta quando há apresentação de um estímulo aversivo ou remoção de um reforçador positivo presente. Psicologia Aplicada à Comunicação Social 19

20 CONDICIONAMENTO OPERANTE EXTINÇÃO: PUNIÇÃO: CONTROLE DE ESTÍMULOS : DISCRIMINAÇÃO: GENERALIZAÇÃO: quando a freqüência ou a forma da resposta é diferente sob estímulos diferentes, diz-se que o comportamento está sob controle de estímulos Psicologia Aplicada à Comunicação Social 20

21 CONDICIONAMENTO OPERANTE EXTINÇÃO: PUNIÇÃO: CONTROLE DE ESTÍMULOS : DISCRIMINAÇÃO: GENERALIZAÇÃO: Se desenvolve uma discriminação de estímulos quando uma resposta se mantém na presença de um estímulo, mas sofre certo grau de extinção na presença de outro. Psicologia Aplicada à Comunicação Social 21

22 CONDICIONAMENTO OPERANTE EXTINÇÃO: PUNIÇÃO: CONTROLE DE ESTÍMULOS : DISCRIMINAÇÃO: GENERALIZAÇÃO: Respondemos de forma semelhante a um conjunto de estímulos percebidos como semelhantes. Psicologia Aplicada à Comunicação Social 22

ITECH Instituto de Terapia e Ensino do Comportamento Humano. Abuso e dependência de álcool e substâncias psicoativas. Cristina Belotto da Silva

ITECH Instituto de Terapia e Ensino do Comportamento Humano. Abuso e dependência de álcool e substâncias psicoativas. Cristina Belotto da Silva ITECH Instituto de Terapia e Ensino do Comportamento Humano Abuso e dependência de álcool e substâncias psicoativas Cristina Belotto da Silva Tainara Claudio Maciel O abuso e a dependência de álcool e

Leia mais

TERAPIA POR CONTINGÊNCIAS DE REFORÇAMENTO (TCR) 1. HÉLIO JOSÉ GUILHARDI 2 Instituto de Terapia por Contingências de Reforçamento Campinas - SP

TERAPIA POR CONTINGÊNCIAS DE REFORÇAMENTO (TCR) 1. HÉLIO JOSÉ GUILHARDI 2 Instituto de Terapia por Contingências de Reforçamento Campinas - SP 1 TERAPIA POR CONTINGÊNCIAS DE REFORÇAMENTO (TCR) 1 HÉLIO JOSÉ GUILHARDI 2 Instituto de Terapia por Contingências de Reforçamento Campinas - SP A Terapia por Contingências de Reforçamento (TCR), sistematizada

Leia mais

INTRODUÇÃO À PSICOLOGIA. Prof. Saulo Almeida

INTRODUÇÃO À PSICOLOGIA. Prof. Saulo Almeida INTRODUÇÃO À PSICOLOGIA Prof. Saulo Almeida Psicologia = Psykhé (Alma) + Lógos (Estudo) - Ciência Psicologia - Disciplina Acadêmica - Profissão Psicologia - Ciência que estuda os processos mentais (sentimentos,

Leia mais

Compreendendo o controle aversivo

Compreendendo o controle aversivo Compreendendo o controle aversivo setembro 2012 Maura Alves Nunes Gongora [Universidade Estadual de Londrina] Justificativa: Controle aversivo constitui um amplo domínio do corpo teórico-conceitual da

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR IV BIGUAÇU CURSO DE PSICOLOGIA RITA DE CÁSSIA VALÉRIO

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR IV BIGUAÇU CURSO DE PSICOLOGIA RITA DE CÁSSIA VALÉRIO 1 UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR IV BIGUAÇU CURSO DE PSICOLOGIA RITA DE CÁSSIA VALÉRIO A COMPULSÃO POR COMPRAS NA PERSPECTIVA DA TEORIA COMPORTAMENTAL COGNITIVA BIGUAÇU 2005

Leia mais

Psicologia no Gerenciamento de Pessoas

Psicologia no Gerenciamento de Pessoas Psicologia no Gerenciamento de Pessoas Capítulo 3 Behaviorismo, o controle comportamental nas organizações Profª. Márcia Ms. Regina Márcia Banov Regina 3 1. A escola Behaviorista Escola norte-americana.

Leia mais

UFPB PRG X ENCONTRO DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA

UFPB PRG X ENCONTRO DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA 4CCHLADPMT03 A TÉCNICA DE CONDICIONAMENTO OPERANTE DENTRO DO LABORATÓRIO Katiuscia de Azevedo Barbosa (1) ; Ellen Dias Nicácio da Cruz (1) ; Jandilson Avelino da Silva (2) ; Thyala Maria Alexandre Lourenço

Leia mais

REVISÃO PARA A PROVA CONCEITOS

REVISÃO PARA A PROVA CONCEITOS REVISÃO PARA A PROVA CONCEITOS COMPORTAMENTO OPERANTE Comportamento operante é uma ação (ou reação) voluntária do sujeito que opera sobre o ambiente, o alterando e sofrendo as atuações do mesmo, estando

Leia mais

Análise de Discurso Poético: Uma Leitura Comportamental da Música Vambora de Adriana Calcanhotto

Análise de Discurso Poético: Uma Leitura Comportamental da Música Vambora de Adriana Calcanhotto TEXTO DIDÁTICO Análise de Discurso Poético: Uma Leitura Comportamental da Música Vambora de Adriana Calcanhotto NEAC ES 1 2008/1 Filipe Moreira Vasconcelos 2 Talvez 1 seja estranho, para alguns, notarem

Leia mais

Psicologia da Educação

Psicologia da Educação Psicologia da Educação Faculdade de Humanidades e Direito Curso de Filosofia EAD VI semestre Módulo Formação Docente Prof. Dr. Paulo Bessa da Silva Objetivo O objetivo desta teleaula é apresentar os fundamentos

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA GERAL E ANÁLISE DO COMPORTAMENTO PSICOLOGIA CLÍNICA NA ANÁLISE DO COMPORTAMENTO ANSIEDADE

CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA GERAL E ANÁLISE DO COMPORTAMENTO PSICOLOGIA CLÍNICA NA ANÁLISE DO COMPORTAMENTO ANSIEDADE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA GERAL E ANÁLISE DO COMPORTAMENTO PSICOLOGIA CLÍNICA NA ANÁLISE DO COMPORTAMENTO ANSIEDADE Gabriele Gris Kelly Cristina da Silva Cardoso Luciana

Leia mais

1. explicar os princípios do condicionamento clássico, do condicionamento operante e a teoria da aprendizagem social;

1. explicar os princípios do condicionamento clássico, do condicionamento operante e a teoria da aprendizagem social; Após o estudo desta teoria, você deve estar apto a: 1. explicar os princípios do condicionamento clássico, do condicionamento operante e a teoria da aprendizagem social; 2. Fazer comparações entre o condicionamento

Leia mais

Psicologia Aplicada à Educação

Psicologia Aplicada à Educação DISCIPLINA SEMIPRESENCIAL Psicologia Aplicada à Educação Elaborado por Weber Alves Junior Maria Estela Módulo IV - Psicologia Aplicada à Educação - 2 Professor: Disciplina: Carga Horária: Maria Estela

Leia mais

AUTO-ESTIMA NA PERSPECTIVA DO BEHAVIORISMO RADICAL

AUTO-ESTIMA NA PERSPECTIVA DO BEHAVIORISMO RADICAL CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA - UNICEUB FACULDADE CIÊNCIAS DA SAÚDE - FACS CURSO: PSICOLOGIA AUTO-ESTIMA NA PERSPECTIVA DO BEHAVIORISMO RADICAL BRUNO ALVES CAIXETA BRASÍLIA JULHO/2009 BRUNO ALVES CAIXETA

Leia mais

Psicologia Social. É a área da Psicologia que procura estudar a interação social.

Psicologia Social. É a área da Psicologia que procura estudar a interação social. Psicologia Social Psicologia Social É a área da Psicologia que procura estudar a interação social. Aroldo Rodrigues, afirma que a psicologia social é uma das manifestações comportamentais suscitada pela

Leia mais

A TEORIA BEHAVIORISTA DE SKINNER: ANALISE ACERCA DE SUAS IMPLICAÇÕES NA EDUCAÇÃO DO CEARÁ

A TEORIA BEHAVIORISTA DE SKINNER: ANALISE ACERCA DE SUAS IMPLICAÇÕES NA EDUCAÇÃO DO CEARÁ A TEORIA BEHAVIORISTA DE SKINNER: ANALISE ACERCA DE SUAS IMPLICAÇÕES NA EDUCAÇÃO DO CEARÁ Introdução: Antonio Wescla Vasconcelos Braga wescla-vasconcelos@hotmail.com Mariana Lira Ibiapina mariliraibiapina@hotmail.com

Leia mais

Teóricos da abordagem fenomenológica. Prof. Roberto Peres Veras

Teóricos da abordagem fenomenológica. Prof. Roberto Peres Veras Teóricos da abordagem fenomenológica Prof. Roberto Peres Veras Psicologia Fenomenológica Técnica Método Teoria Concepção de homem Concepção de mundo Filosofia Fenomenologia - Escola Filosófica Edmund Husserl

Leia mais

Disciplina de Psicologia B 12 o Ano Turma A

Disciplina de Psicologia B 12 o Ano Turma A Disciplina de Psicologia B 12 o Ano Turma A Resolução da Ficha Formativa de Trabalho de Grupo nº1 1 Desde a antiguidade que a psicologia era entendida, morfologicamente, como no estudo da alma e da mente,

Leia mais

RESPOSTAS E EVENTOS SUBSEQÜENTES: CONTINGÊNCIA E CONTIGUIDADE 1 PUC-SP

RESPOSTAS E EVENTOS SUBSEQÜENTES: CONTINGÊNCIA E CONTIGUIDADE 1 PUC-SP RESPOSTAS E EVENTOS SUBSEQÜENTES: CONTINGÊNCIA E CONTIGUIDADE 1 MARIA AMALIA ANDERY E TEREZA MARIA SÉRIO 2 PUC-SP Desde a aula passada estamos discutindo relações entre respostas e alterações ambientais

Leia mais

Principais Teoria Psicológicas da Aprendizagem. aquiles-2003 pea5900 1

Principais Teoria Psicológicas da Aprendizagem. aquiles-2003 pea5900 1 Principais Teoria Psicológicas da Aprendizagem aquiles-2003 pea5900 1 Principais Correntes Comportamentalista Skinner Cognitivista Piaget e Ausubel Humanística Rogers Híbridos Gagné e Bruner aquiles-2003

Leia mais

Reflexão crítica sobre as teorias e os métodos de aprendizagem comportamentalista

Reflexão crítica sobre as teorias e os métodos de aprendizagem comportamentalista Universidade de Évora Psicologia Reflexão crítica sobre as teorias e os métodos de aprendizagem comportamentalista Psicologia da Aprendizagem Docente: Profª Drª. Heldemerina Samutelela Pires Discentes:

Leia mais

MEDO E SISTEMA VESTIBULAR Hipóteses fisiopatológicas para a ansiedade relacionada a vertigem

MEDO E SISTEMA VESTIBULAR Hipóteses fisiopatológicas para a ansiedade relacionada a vertigem MEDO E SISTEMA VESTIBULAR Hipóteses fisiopatológicas para a ansiedade relacionada a vertigem INTRODUÇÃO 1. APRESENTAÇÃO A associação entre vertigem e ansiedade é reconhecida há séculos, mas ainda hoje

Leia mais

ANÁLISE DO COMPORTAMENTO APLICADA A PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

ANÁLISE DO COMPORTAMENTO APLICADA A PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL ANÁLISE DO COMPORTAMENTO APLICADA A PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL 2011 Johnatan da Silva Costa Bacharel em Administração. Graduado em Psicologia pela Faculdade Santo Agostinho (FSA) / Teresina

Leia mais

O setor de psicologia do Colégio Padre Ovídio oferece a você algumas dicas para uma escolha acertada da profissão. - Critérios para a escolha

O setor de psicologia do Colégio Padre Ovídio oferece a você algumas dicas para uma escolha acertada da profissão. - Critérios para a escolha O setor de psicologia do Colégio Padre Ovídio oferece a você algumas dicas para uma escolha acertada da profissão. - Critérios para a escolha profissional a) Realização Pessoal Que você se sinta feliz

Leia mais

BASES PSICOLÓGICAS DO PACTO SOCIAL

BASES PSICOLÓGICAS DO PACTO SOCIAL BASES PSICOLÓGICAS DO PACTO SOCIAL GESTALT Max WERTHEIMER (1880 1943) Kurt KOFFKA (1886 1941) Wolfgang KÖHLER (1887 1967) Alemanha, 1912 O TERMO ALEMÃO QUER DIZER FORMA OU CONFIGURAÇÃO. Os gestaltistas

Leia mais

Principais Teorias da Aprendizagem

Principais Teorias da Aprendizagem Universidade Federal de Santa Maria Unidade de Apoio Pedagógico Principais Teorias da Aprendizagem Venice T. Grings vgrings@hotmail.com Para compreender como se dá o processo de aprendizagem faz-se necessário

Leia mais

Antropologia Religiosa

Antropologia Religiosa Antropologia Religiosa Quem somos nós? De onde viemos? Para onde vamos? Qual é a nossa missão no universo? O que nos espera? Que sentido podemos dar a nossa vida? Qual o sentido da história e do mundo?

Leia mais

Bases Psicológicas, Teoria de Sistemas e de Comunicação para a Tecnologia da Educação. aquiles-2003 pea5900 1

Bases Psicológicas, Teoria de Sistemas e de Comunicação para a Tecnologia da Educação. aquiles-2003 pea5900 1 Bases Psicológicas, Teoria de Sistemas e de Comunicação para a Tecnologia da Educação aquiles-2003 pea5900 1 Teoria do Conexionismo - Thorndike Conexão : Estimulo Resposta Experiência gatos, cachorros

Leia mais

Stress. Saúde Mental. ão.

Stress. Saúde Mental. ão. Saúde Mental Stress Se dura o tempo necessário para proteger o organismo de uma situação de risco, é saudável. Quando passa dias e dias sem controle, vira doença. O Stress, além de ser ele próprio e a

Leia mais

EXPERIMENTO 11: DEMONSTRAÇÕES SOBRE ELETROMAGNETISMO. Observar, descrever e explicar algumas demonstrações de eletromagnetismo.

EXPERIMENTO 11: DEMONSTRAÇÕES SOBRE ELETROMAGNETISMO. Observar, descrever e explicar algumas demonstrações de eletromagnetismo. EXPERIMENTO 11: DEMONSTRAÇÕES SOBRE ELETROMAGNETISMO 11.1 OBJETIVOS Observar, descrever e explicar algumas demonstrações de eletromagnetismo. 11.2 INTRODUÇÃO Força de Lorentz Do ponto de vista formal,

Leia mais

comportamento e causalidade

comportamento e causalidade Laboratório de Psicologia Experimental Programa de Estudos Pós-graduados em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento 2009 comportamento e causalidade Organizadores Maria Amalia Andery, Tereza

Leia mais

O Alcoolismo na Perspectiva da Análise do Comportamento: A Importância do Autocontrole

O Alcoolismo na Perspectiva da Análise do Comportamento: A Importância do Autocontrole CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA UniCEUB FACULDADE DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO E SAÚDE FACES CURSO DE PSICOLOGIA DISCIPLINA: MONOGRAFIA ORIENTADOR: CARLOS AUGUSTO DE MEDEIROS O Alcoolismo na Perspectiva da

Leia mais

VI Seminário de Pós-Graduação em Filosofia da UFSCar 20 a 24 de setembro de 2010

VI Seminário de Pós-Graduação em Filosofia da UFSCar 20 a 24 de setembro de 2010 Fundamentos metodológicos da teoria piagetiana: uma psicologia em função de uma epistemologia Rafael dos Reis Ferreira Universidade Estadual Paulista (UNESP)/Programa de Pós-Graduação em Filosofia FAPESP

Leia mais

PSICOLOGIA Prof. Thiago P. de A Sampaio

PSICOLOGIA Prof. Thiago P. de A Sampaio PSICOLOGIA Prof. Thiago P. de A Sampaio Percepção Sensação Visão, Audição, Tato, Olfato e Paladar Captação de estímulos pelos sentidos Sinais eletroquímicos Condução dos sinais até o córtex sensorial Impulsos

Leia mais

* O presente artigo foi apresentado a ABPMC em 2010 em forma de comunicação oral e originou este artigo em caráter autônomo por iniciativa dos

* O presente artigo foi apresentado a ABPMC em 2010 em forma de comunicação oral e originou este artigo em caráter autônomo por iniciativa dos Sobre Comportamento e Cognição: Um levantamento bibliográfico sobre a prática da terapia analítico comportamental de casais nos últimos anos* Eduardo Tadeu da Silva Alencar GRUPO KSI BRASIL / Redepsi /

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ANHANGUERA DE SANTO ANDRÉ. Ana Paula Valera RA 2135001778. Hellen Cruz RA 1053004695. Roseli Cristina RA 2135006467

CENTRO UNIVERSITÁRIO ANHANGUERA DE SANTO ANDRÉ. Ana Paula Valera RA 2135001778. Hellen Cruz RA 1053004695. Roseli Cristina RA 2135006467 CENTRO UNIVERSITÁRIO ANHANGUERA DE SANTO ANDRÉ Ana Paula Valera RA 2135001778 Hellen Cruz RA 1053004695 Roseli Cristina RA 2135006467 RELAÇÃO RESPOSTA-CONSEQUÊNCIA: POSSÍVEIS EFEITOS DE EVENTOS CONSEQÜENTES

Leia mais

- Introdução à Natação - Princípios físicos aplicados ao meio líquido - Adaptação ao meio líquido

- Introdução à Natação - Princípios físicos aplicados ao meio líquido - Adaptação ao meio líquido - Introdução à Natação - Princípios físicos aplicados ao meio líquido - Adaptação ao meio líquido Como introdução, VAMOS REFLETIR SOBRE ALGUNS CONCEITOS O QUE SÃO ATIVIDADES AQUÁTICAS? O QUE É NADAR? O

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO GERAL MOTIVAÇÃO

ADMINISTRAÇÃO GERAL MOTIVAÇÃO ADMINISTRAÇÃO GERAL MOTIVAÇÃO Atualizado em 11/01/2016 MOTIVAÇÃO Estar motivado é visto como uma condição necessária para que um trabalhador entregue um desempenho superior. Naturalmente, como a motivação

Leia mais

PSICOLOGIA B 12º ANO

PSICOLOGIA B 12º ANO PSICOLOGIA B 12º ANO TEXTO DE APOIO ASSUNTO: Piaget Piaget apresenta uma teoria que privilegia o aspecto cognitivo do desenvolvimento, encarado como processo descontínuo, uma evolução por 4 estádios que

Leia mais

ENSINO: As abordagens do processo

ENSINO: As abordagens do processo ENSINO: As abordagens do processo Maria da Graça Nicoletti Mizukami INTRODUÇÃO O Conhecimento humano, dependendo dos diferentes referencias, é explicado diversamente em sua gênese e desenvolvimento, o

Leia mais

Semana Espírita de Governador Valadares - MG. Claudio C. Conti www.ccconti.com

Semana Espírita de Governador Valadares - MG. Claudio C. Conti www.ccconti.com Semana Espírita de Governador Valadares - MG Claudio C. Conti www.ccconti.com Relevância da obra Considerada difícil; Pouco conhecida; Obra de estudo e não de leitura; Comparação dos fenômenos mediúnicos

Leia mais

Reconhecida como uma das maiores autoridades no campo da análise infantil na

Reconhecida como uma das maiores autoridades no campo da análise infantil na 48 1.5. Aberastury: o nascimento de um neo-kleinianismo Reconhecida como uma das maiores autoridades no campo da análise infantil na Argentina, Arminda Aberastury fazia parte do grupo de Angel Garma, que

Leia mais

INTRODUÇÃO A PSICOLOGIA

INTRODUÇÃO A PSICOLOGIA INTRODUÇÃO A PSICOLOGIA Objetivos Definir Psicologia Descrever a trajetória historica da psicologia para a compreensão de sua utilização no contexto atual Definir Psicologia da Educação A relacão da Psicologia

Leia mais

Psicologia da Educação

Psicologia da Educação Psicologia da Educação Aprendizagem na sala de aula DEFINIÇÃO GERAL DE APRENDIZAGEM APRENDIZAGEM E TRANSFERÊNCIA TEORIAS DE APRENDIZAGEM CONDICIONAMENTO OPERANTE A APRENDIZAGEM SOCIAL O ENSINO PROGRAMADO

Leia mais

Introdução à Psicologia

Introdução à Psicologia Introdução à Psicologia O QUE É PSICOLOGIA? É o estudo científico do comportamento e dos processos mentais. Está interessada nos comportamentos funcionais e disfuncionais (normais e patológicos) Engloba

Leia mais

Skinner: condicionamento e aprendizagem

Skinner: condicionamento e aprendizagem Skinner: condicionamento e aprendizagem Ensino é o arranjo das contingências de reforço que acelera a aprendizagem. Um aluno aprende sem que lhe ensinem, mas aprenderá mais eficientemente sob condições

Leia mais

Psicologia UFES - 2014. Universidade Federal do Espírito Santo. Departamento de Ciências Fisiológicas. Psicofisiologia.

Psicologia UFES - 2014. Universidade Federal do Espírito Santo. Departamento de Ciências Fisiológicas. Psicofisiologia. Universidade Federal do Espírito Santo Departamento de Ciências Fisiológicas Psicofisiologia Sistema Límbico Experiência e Expressão emocional Prof. Dr. Leonardo dos Santos O sistema nervoso e a homeostasia

Leia mais

PARA A MUDANÇA COMPORTAMENTAL

PARA A MUDANÇA COMPORTAMENTAL CENTRO UNIVERSITARIO DE BRASILIA UniCEUB FACULDADE DE CIENCIAS DA SAUDE FaCS CURSO DE PSICOLOGIA AUTOCONHECIMENTO COMO TÉCNICA PSICOTERAPÊUTICA PARA A MUDANÇA COMPORTAMENTAL JACQUELINE SANTOS DA SILVA

Leia mais

A CONTRIBUIÇÃO DOS CONTOS DE FADAS NA FORMAÇÃO HUMANA

A CONTRIBUIÇÃO DOS CONTOS DE FADAS NA FORMAÇÃO HUMANA A CONTRIBUIÇÃO DOS CONTOS DE FADAS NA FORMAÇÃO HUMANA Maria Elizabete Nascimento de Oliveira 1 PPGE /IE UFMT m.elizabte@gmail.com RESUMO A pesquisa em foco refere-se à relevância dos contos de fadas na

Leia mais

DISCIPLINA: FUNDAMENTOS PSICOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

DISCIPLINA: FUNDAMENTOS PSICOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO COLÉGIO ESTADUAL VITAL BRASIL E.F.M.N. DISCIPLINA: FUNDAMENTOS PSICOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO PROFESSORA: SILVANA MAILHO CARGA HORÁRIA: 2 aulas semanais 80 horas/aulas ANO: 2014 1. APRESENTAÇÃO GERAL DA DISCIPLINA

Leia mais

DESCARGAS ELÉTRICAS ATMOSFÉRICAS

DESCARGAS ELÉTRICAS ATMOSFÉRICAS CENTRO UNIVERSITÁRIO DE LAVRAS DESCARGAS ELÉTRICAS ATMOSFÉRICAS HENRIQUE RAMOS VILELA LARISSA MARIA ELIAS SOARES Lavras 2016 Em uma tempestade, as fortes correntes de convecção elevam as menores gotículas

Leia mais

A opinião pública é uma tirana débil, se comparada à opinião que temos de nós mesmos. (Thoreau)

A opinião pública é uma tirana débil, se comparada à opinião que temos de nós mesmos. (Thoreau) 1 ANÁLISE COMPORTAMENTAL DO SENTIMENTO DE CULPA 1 HÉLIO JOSÉ GUILHARDI 2 Instituto de Análise de Comportamento Instituto de Terapia por Contingências de Reforçamento Campinas - SP A opinião pública é uma

Leia mais

EXTINÇÃO 1 PUC-SP. Keller e Schoenfeld (1968), por exemplo, referem-se à extinção da seguinte maneira:

EXTINÇÃO 1 PUC-SP. Keller e Schoenfeld (1968), por exemplo, referem-se à extinção da seguinte maneira: EXTINÇÃO 1 MARIA AMALIA ANDERY E TEREZA MARIA SÉRIO PUC-SP Quando falamos em comportamento operante estamos falando de uma relação entre uma classe de respostas, as conseqüências por ela produzidas e as

Leia mais

O BEHAVIORISMO RADICAL E AS AGÊNCIAS DE CONTROLE

O BEHAVIORISMO RADICAL E AS AGÊNCIAS DE CONTROLE O BEHAVIORISMO RADICAL E AS AGÊNCIAS DE CONTROLE INTRODUÇÃO Um dos conceitos no livro "Ciência e Comportamento Humano", de Skinner (1981), é o controle. Ele trata, neste livro, do controle exercido pela

Leia mais

A APRENDIZAGEM COMPORTAMENTAL POR REGRAS NO TRANSTORNO OBSESSIVO-COMPULSIVO

A APRENDIZAGEM COMPORTAMENTAL POR REGRAS NO TRANSTORNO OBSESSIVO-COMPULSIVO UniCEUB CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA FACS FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE PSICOLOGIA A APRENDIZAGEM COMPORTAMENTAL POR REGRAS NO TRANSTORNO OBSESSIVO-COMPULSIVO ANA LUIZA RABELLO MENDES DUARTE

Leia mais

À medida que o ser humano aprende qualquer coisa, as ligações entre grupos de neurônios mudam a sua composição química.

À medida que o ser humano aprende qualquer coisa, as ligações entre grupos de neurônios mudam a sua composição química. 2 Índice 1 - Objetivo... 3 2 Arquivo Mental... 4 3 - Filtros Cerebrais... 9 4 - Paradigmas e Percepções... 13 5 - Alterações do Mapa Mental... 16 Resumo... 22 Saiba mais...... 24 3 1 - OBJETIVO Este texto

Leia mais

Universidade Federal da Bahia UFBA Instituto de Psicologia IPsi Programa de Pós-Graduação em Psicologia PPGPSI. Janaína Nascimento Teixeira

Universidade Federal da Bahia UFBA Instituto de Psicologia IPsi Programa de Pós-Graduação em Psicologia PPGPSI. Janaína Nascimento Teixeira 0 Universidade Federal da Bahia UFBA Instituto de Psicologia IPsi Programa de Pós-Graduação em Psicologia PPGPSI Janaína Nascimento Teixeira A Relação entre o Controle Psicológico Materno e a Ansiedade

Leia mais

Módulo 3 - Psicologia da Aprendizagem. Unidade 1: Aprendizagem: conceitos básicos, componentes e características da aprendizagem.

Módulo 3 - Psicologia da Aprendizagem. Unidade 1: Aprendizagem: conceitos básicos, componentes e características da aprendizagem. Módulo 3 - Psicologia da Aprendizagem Unidade 1: Aprendizagem: conceitos básicos, componentes e características da aprendizagem. 1. O que é aprendizagem? Como aprendemos? 1.1. A Psicologia e a Educação

Leia mais

Psicologia Organizacional MOTIVAÇÃO HUMANA

Psicologia Organizacional MOTIVAÇÃO HUMANA Psicologia Organizacional MOTIVAÇÃO HUMANA Profa. Márcia R.Banov Teorias Motivacionais Teoria das Necessidades, A. Maslow Teoria dos dois Fatores, F. Herzberg Teoria da Eqüidade, J.S.Adams Teoria do Reforço,

Leia mais

Legado evolutivo vital que leva um organismo a evitar ameaças, tendo um valor óbvio na sobrevivência.

Legado evolutivo vital que leva um organismo a evitar ameaças, tendo um valor óbvio na sobrevivência. ANSIEDADE E TRANSTORNOS DE ANSIEDADE MEDO E ANSIEDADE MEDO Legado evolutivo vital que leva um organismo a evitar ameaças, tendo um valor óbvio na sobrevivência. É uma emoção produzida pela percepção de

Leia mais

Controle de Acesso Stand Alone Biofinger 22K

Controle de Acesso Stand Alone Biofinger 22K Imagem meramente ilustrativa Controle de Acesso Stand Alone Biofinger 22K 1 Sumário Apresentação... 3 1. Fixação do Equipamento... 3 2. Estrutura e Funções... 4 3. Conexões... 4 4. Conexão com outros acessórios...

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO POSITIVO NÚCLEO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE PSICOLOGIA RELAÇÕES ENTRE PRÁTICAS PARENTAIS E ANSIEDADE INFANTIL

CENTRO UNIVERSITÁRIO POSITIVO NÚCLEO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE PSICOLOGIA RELAÇÕES ENTRE PRÁTICAS PARENTAIS E ANSIEDADE INFANTIL CENTRO UNIVERSITÁRIO POSITIVO NÚCLEO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE PSICOLOGIA RELAÇÕES ENTRE PRÁTICAS PARENTAIS E ANSIEDADE INFANTIL CURITIBA 2006 ANA PAULA ZANARDI RELAÇÕES ENTRE PRÁTICAS

Leia mais

A PERCEPÇÃO DAS SENSAÇÕES DO CORPO NA FLEXIBILIDADE DA POSTURA E NO CONTATO COM O AMBIENTE

A PERCEPÇÃO DAS SENSAÇÕES DO CORPO NA FLEXIBILIDADE DA POSTURA E NO CONTATO COM O AMBIENTE 1 A PERCEPÇÃO DAS SENSAÇÕES DO CORPO NA FLEXIBILIDADE DA POSTURA E NO CONTATO COM O AMBIENTE RESUMO Luciana Gandolfo O objetivo da prática da eutonia é orientar a pessoa a focalizar a atenção em um segmento

Leia mais

Encontro 7 26 de agosto de 2015

Encontro 7 26 de agosto de 2015 PROGRAMA DE ORIENTAÇÃO FAMILIAR Serviço de Atendimento Psicopedagógico SILVANY BRASIL Serviço Socioeducacional DIVANEID ARAÚJO Serviço de Orientação Educacional CINTHYA GUERRA Encontro 7 26 de agosto de

Leia mais

HOMEM B. F. SKINNER 1

HOMEM B. F. SKINNER 1 1 HOMEM B. F. SKINNER 1 O Homem sempre se esforçou para explicar seu comportamento procurando suas causas. Os historiadores e biógrafos buscaram as origens das conquistas humanas nas condições de nascimento,

Leia mais

Análise Funcional do Transtorno Compulsivo (TOC): Implicações Clínicas e Relações com a Neuropsicologia

Análise Funcional do Transtorno Compulsivo (TOC): Implicações Clínicas e Relações com a Neuropsicologia 3º Encontro de Análise do Comportamento do Vale do São Francisco Petrolina, Pernambuco. 2012 Análise Funcional do Transtorno Compulsivo (TOC): Implicações Clínicas e Relações com a Neuropsicologia Sandro

Leia mais

Curso de Psicologia CÓDIGO B108478 PROGRAMA

Curso de Psicologia CÓDIGO B108478 PROGRAMA Curso de Psicologia 1º período DISCIPLINA: ELEMENTOS DE ANATOMIA B108478 EMENTA: - Estudo de todos os órgãos e sistemas do organismo humano, destacando as funções pertinentes a cada estrutura. DISCIPLINA:

Leia mais

"A ansiedade competitiva"

A ansiedade competitiva "A ansiedade competitiva" Dr. Rolando Andrade, Psicólogo da Seleção Nacional/Liberty Seguros "A mais injusta das condições da guerra está no facto de que as proezas são atribuídas a todos e as derrotas

Leia mais

DESAFIOS PARA A FUNDAMENTAÇÃO CIENTÍFICA DA LEGISLAÇÃO DE BEM-ESTAR ANIMAL

DESAFIOS PARA A FUNDAMENTAÇÃO CIENTÍFICA DA LEGISLAÇÃO DE BEM-ESTAR ANIMAL II Congresso Internacional Transdisciplinar de Proteção à Fauna, Goiânia-GO 25 e 26 de Abril de 2013 DESAFIOS PARA A FUNDAMENTAÇÃO CIENTÍFICA DA LEGISLAÇÃO DE BEM-ESTAR ANIMAL Mateus Paranhos da Costa

Leia mais

Autor(es) PAULA CRISTINA MARSON. Co-Autor(es) FERNANDA TORQUETTI WINGETER LIMA THAIS MELEGA TOMÉ. Orientador(es) LEDA R.

Autor(es) PAULA CRISTINA MARSON. Co-Autor(es) FERNANDA TORQUETTI WINGETER LIMA THAIS MELEGA TOMÉ. Orientador(es) LEDA R. 9º Simposio de Ensino de Graduação INVESTIGANDO OS CONHECIMENTOS PRÉVIOS SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DOS PROFESSORES DE UMA ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL DO INTERIOR DE SÃO PAULO Autor(es) PAULA CRISTINA MARSON

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FACS CURSO: PSICOLOGIA A IMPORTÂNCIA DOS SENTIMENTOS NO ATENDIMENTO A CRIANÇAS. LILIAN ALVES ARAUJO

FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FACS CURSO: PSICOLOGIA A IMPORTÂNCIA DOS SENTIMENTOS NO ATENDIMENTO A CRIANÇAS. LILIAN ALVES ARAUJO FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FACS CURSO: PSICOLOGIA A IMPORTÂNCIA DOS SENTIMENTOS NO ATENDIMENTO A CRIANÇAS. LILIAN ALVES ARAUJO BRASÍLIA - DF NOVEMBRO/ 2006 LILIAN ALVES ARAUJO A IMPORTÂNCIA DOS SENTIMENTOS

Leia mais

CAPÍTULO 4 O COGNITIVO SEGUNDO SKINNER

CAPÍTULO 4 O COGNITIVO SEGUNDO SKINNER CAPÍTULO 4 O COGNITIVO SEGUNDO SKINNER B.F. Skinner começou a trabalhar em psicologia depois de graduar-se em Letras e ter tentado, por um ano, seguir a carreira literária. Nesta época, entrou em contato

Leia mais

Resolução da Ficha de trabalho de grupo 12

Resolução da Ficha de trabalho de grupo 12 Resolução da Ficha de trabalho de grupo 12 1. A aprendizagem é um processo cognitivo que, numa perspetiva psicológica, consiste em modificar, de forma estável, o comportamento, ou o conhecimento, através

Leia mais

O USO DE INSTRUMENTOS PADRONIZADOS DE AVALIAÇÃO COMPORTAMENTAL NAS SESSÕES DE TERAPIA

O USO DE INSTRUMENTOS PADRONIZADOS DE AVALIAÇÃO COMPORTAMENTAL NAS SESSÕES DE TERAPIA 1 O USO DE INSTRUMENTOS PADRONIZADOS DE AVALIAÇÃO COMPORTAMENTAL NAS SESSÕES DE TERAPIA HÉLIO JOSÉ GUILHARDI Instituto de Análise de Comportamento e Instituto de Terapia por Contingências de Reforçamento

Leia mais

Elétricos. Prof. Josemar dos Santos prof.josemar@gmail.com

Elétricos. Prof. Josemar dos Santos prof.josemar@gmail.com Controle de Motores Elétricos Diodo Retificador Prof. Josemar dos Santos prof.josemar@gmail.com Constituição Um diodo retificador é constituído por uma junção PN de material semicondutor (silício ou germânio)

Leia mais

A sua revista eletrônica CONTEMPORANEIDADE E PSICANÁLISE 1

A sua revista eletrônica CONTEMPORANEIDADE E PSICANÁLISE 1 A sua revista eletrônica CONTEMPORANEIDADE E PSICANÁLISE 1 Patrícia Guedes 2 Comemorar 150 anos de Freud nos remete ao exercício de revisão da nossa prática clínica. O legado deixado por ele norteia a

Leia mais

A Pessoa e o Contexto Ocupacional na Prevenção do Burnout. Marcos Ricardo Datti Micheletto

A Pessoa e o Contexto Ocupacional na Prevenção do Burnout. Marcos Ricardo Datti Micheletto A Pessoa e o Contexto Ocupacional na Prevenção do Burnout Marcos Ricardo Datti Micheletto 1 Níveis de Prevenção 22.361 Job Burnout: 11.544 18.829 Job Burnout: 9.618 SIPAT - REITORIA UNESP Burnout Burnout

Leia mais

Atividades de Psicologia do Trabalho

Atividades de Psicologia do Trabalho Atividades de Psicologia do Trabalho Aula 1 1 - Explique o conceito de psicologia. Psicologia é uma ciência que estuda o comportamento humano e animal e os processos mentais (razão, sentimentos, pensamentos,

Leia mais

Material de apoio Professor Coriceu Bachmann - Jun/2016

Material de apoio Professor Coriceu Bachmann - Jun/2016 MBA Executivo em Gestão de Negócios GESTÃO DE PROJETOS Material de apoio Professor Coriceu Bachmann - Jun/2016 Livro texto: VIANA, Ricardo Vargas. Manual prático do plano de projetos: utilizando o PMBOK

Leia mais

EEG Research Day. Individual investors repurchasing behavior: preference for stocks previously owned Cristiana Cerqueira Leal 19 Abril 2013

EEG Research Day. Individual investors repurchasing behavior: preference for stocks previously owned Cristiana Cerqueira Leal 19 Abril 2013 EEG Research Day Individual investors repurchasing behavior: preference for stocks previously owned Cristiana Cerqueira Leal 19 Abril 2013 Doutoramento em Ciências Empresariais defendido em 15 Fevereiro

Leia mais

Escola Básica e Secundária de Velas. Planificação Anual Psicologia 10º Ano de Escolaridade Curso Profissional. Ano Letivo 2013/2014

Escola Básica e Secundária de Velas. Planificação Anual Psicologia 10º Ano de Escolaridade Curso Profissional. Ano Letivo 2013/2014 Escola Básica e Secundária de Velas Planificação Anual Psicologia 10º Ano de Escolaridade Curso Profissional Ano Letivo 2013/2014 Professor Mário Miguel Ferreira Lopes PRIMEIRO PERÍODO MÓDULO 1: DESCOBRINDO

Leia mais

PRINCÍPIOS BÁSICOS DO COMPORTAMENTO

PRINCÍPIOS BÁSICOS DO COMPORTAMENTO PRINCÍPIOS BÁSICOS DE A N Á L I S E DO COMPORTAMENTO Moreira_Iniciais.p65 1 M838p Moreira, Márcio Borges Princípios básicos de análise do comportamento / Márcio Borges Moreira, Carlos Augusto de Medeiros.

Leia mais

Conceito de Regras e Comportamento Modelado pelas Contingências e sua Aplicação na Clínica

Conceito de Regras e Comportamento Modelado pelas Contingências e sua Aplicação na Clínica Conceito de Regras e Comportamento Modelado pelas Contingências e sua Aplicação na Clínica Patrícia Piazzon Queiroz Instituto de Análise Aplicada de Comportamento IAAC Comportamento Modelado por Contingências

Leia mais

TIPO 1. IFC Concurso Público Edital 048/2015 Cargo: 1732 - Psicologia - 40h-DE

TIPO 1. IFC Concurso Público Edital 048/2015 Cargo: 1732 - Psicologia - 40h-DE Atenção: Nas próximas três questões, considera-se uso correto da Língua Portuguesa o que está de acordo com a norma padrão escrita. Texto I A arte pós-moderna vai se diferenciar dos movimentos do alto

Leia mais

INTRODUÇÃO À PSICOLOGIA SOCIAL. Prof. Arlindo F. Gonçalves Jr. http://classevirtual.sites.uol.com.br

INTRODUÇÃO À PSICOLOGIA SOCIAL. Prof. Arlindo F. Gonçalves Jr. http://classevirtual.sites.uol.com.br INTRODUÇÃO À PSICOLOGIA SOCIAL Prof. Arlindo F. Gonçalves Jr. http://classevirtual.sites.uol.com.br PSICOLOGIA SOCIAL STANLEY MILGRAM Obediência à autoridade ANÚNCIO Pagaremos a você US$ 4,00 por uma hora

Leia mais

ABA: uma intervenção comportamental eficaz em casos de autismo

ABA: uma intervenção comportamental eficaz em casos de autismo ABA: uma intervenção comportamental eficaz em casos de autismo Por Sabrina Ribeiro O autismo é uma condição crônica, caracterizado pela presença de importantes prejuízos em áreas do desenvolvimento, por

Leia mais

Capítulo 16 - Motivação

Capítulo 16 - Motivação Capítulo 16 - Motivação Objetivos de aprendizagem Após estudar este capítulo, você deverá estar capacitado para: Definir o processo motivacional. Descrever a hierarquia das necessidades humanas. Diferenciar

Leia mais

Teorias de Aprendizagem

Teorias de Aprendizagem Mestrado Profissional em Ciências e Tecnologias na Educação Disciplina: Ensino e Aprendizagem Teorias de Aprendizagem Prof. Nelson Luiz Reyes Marques Estrutura da dissertação 1. Introdução 2. Revisão da

Leia mais

TEORIAS DE AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM

TEORIAS DE AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM TEORIAS DE AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM Ronice Müller de Quadros Ingrid Finger julho 2007 Aos nossos companheiros e filhos Delamar e Raquel Eduardo e Lucas 2 Sumário Prefácio Capítulo 1 A aquisição da linguagem

Leia mais

3ªsérie 2º período B I O L O G I A QUESTÃO 1 QUESTÃO 3 QUESTÃO 2 2.3

3ªsérie 2º período B I O L O G I A QUESTÃO 1 QUESTÃO 3 QUESTÃO 2 2.3 2.3 QUESTÃO 1 Observe estas figuras, em que estão representados alguns aspectos da organização estrutural de um tecido. B I O L O G I A 3ªsérie 2º período Figura I Y X Explique a relação entre o megacariócito

Leia mais

TERAPIA DE CASAIS. A Terapia Comportamental de Casais (TCC) é uma prática clínica

TERAPIA DE CASAIS. A Terapia Comportamental de Casais (TCC) é uma prática clínica CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA GERAL E ANÁLISE DO COMPORTAMENTO 5PAC016 PSICOLOGIA CLÍNICA NA ANÁLISE DO COMPORTAMENTO Prof.ª Dra. Maria Luiza Marinho Casanova 1 TERAPIA DE CASAIS

Leia mais

Filmes. Filmes. Gestão de RH. Medicina e segurança no trabalho. Prof. Rafael Marcus Chiuzi

Filmes. Filmes. Gestão de RH. Medicina e segurança no trabalho. Prof. Rafael Marcus Chiuzi Gestão de RH Prof. Rafael Marcus Chiuzi Medicina e segurança no trabalho Filmes Vídeo humorístico sobre segurança no trabalho. Duração: 3 20 Filmes Sequência de vídeos de acidente de trabalho. Duração:

Leia mais

Objetivo. Aumentar sua Qualidade de Vida, utilizando a Ansiedade de forma Saudável e Produtiva.

Objetivo. Aumentar sua Qualidade de Vida, utilizando a Ansiedade de forma Saudável e Produtiva. Objetivo Aumentar sua Qualidade de Vida, utilizando a Ansiedade de forma Saudável e Produtiva. Definição da palavra Ansiedade Comoção aflitiva de quem receia que uma coisa suceda ou não. Sofrimento de

Leia mais

Ciências E Programa de Saúde

Ciências E Programa de Saúde Governo do Estado de São Paulo Secretaria de Estado da Educação Ciências E Programa de Saúde 13 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE SP Vai e avisa a todo mundo que encontrar que ainda existe um sonho

Leia mais

ISSN: 1981-3031 A EDUCAÇÃO E A FAMÍLIA

ISSN: 1981-3031 A EDUCAÇÃO E A FAMÍLIA ISSN: 1981-3031 A EDUCAÇÃO E A FAMÍLIA Nivan ferreira de lima 1 Sandra da silva soares 2 RESUMO: Este artigo tem como objetivo trazer questionamentos a cerca da educação e a família, em como a família

Leia mais

Manual de Operação BALANÇA ELETRÔNICA US 30/2

Manual de Operação BALANÇA ELETRÔNICA US 30/2 Manual de Operação BALANÇA ELETRÔNICA US 30/2 1- CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Prato em aço inoxidável 340 x 310 mm. Saída serial para impressora matricial Urano USE-PII. Temperatura de operação: 0 a 50 ºC.

Leia mais

Combate ao mosquito Aedes aegypti no ambiente de trabalho

Combate ao mosquito Aedes aegypti no ambiente de trabalho Combate ao mosquito Aedes aegypti no ambiente de trabalho Coordenação Geral Programa Nacional de Controle da Dengue, Chikungunya e Zika - CGPNCD Secretaria de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde dengue@saude.gov.br

Leia mais

Reflexão Pessoal. A Aprendizagem

Reflexão Pessoal. A Aprendizagem Reflexão Pessoal A Aprendizagem No decorrer da nossa vida aprendemos a falar, a utilizar os talheres, a atar os cordões dos sapatos, a ler, a utilizar eletrodomésticos, a cumprimentar pessoas, entre muitas

Leia mais