Filtragem no Domínio da Frequência

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Filtragem no Domínio da Frequência"

Transcrição

1 Filtragem no Domínio da Frequência Disciplina: Tópicos em Computação (Processamento Digital de Imagens) 1 / 48

2 Algumas considerações A frequência é diretamente relacionada a taxas espaciais de variação; Não é difícil associar intuitivamente frequências na transformada com padrões de variações de intensidade em uma imagem; O componente de variação mais lenta (µ = ν = 0) é proporcional à intensidade média de uma imagem; 2 / 48

3 Algumas considerações À medida que nos distanciamos da origem da transformada, as baixas frequências correspondem aos componentes de intensidade de variação lenta em uma imagem; mudanças suaves de intensidade na parede e no piso da imagem de uma sala À medida que nos distanciamos da origem da transformada, as frequências mais altas começam a corresponder a variações de intensidade cada vez mais ráapidas; bordas de objetos e outros elementos, mudanças abruptas de intensidade Kelson Aires Tóp. em Computação - Filtragem Frequência 3 / 48

4 Algumas considerações As técnicas de filtragem no domínio da frequência se baseiam na modificação da transformada de Fourier para atingir um objetivo específico e calcular a DFT inversa para retornar ao domínio da imagem; 4 / 48

5 Visualização da Transformada em 2D A transformada de Fourier Discreta bidimensional é frequentemente visualizada como uma função de intensidade; Para facilitar a visualização, ao invés de se apresentar F(µ, ν), o que se apresenta é a função: D(µ, ν) = clog[1 + F(µ, ν) ], onde c é uma constante arbitrária. 5 / 48

6 Filtragem no Domínio da Frequência Consiste em modificar a Transformada de Fourier (DFT) de uma imagem e depois calcular a transformada inversa (IDFT) para obter o resultado processado; Dada uma imagem digital, f(x, y), de tamanho M N, a equação básica de filtragem tem a forma: g(x, y) = I 1 [H(µ, ν)f(µ, ν)] onde I 1 é a IDFT, F(µ, ν) é a DFT da imagem de entrada e H(µ, ν) é uma função filtro \ (função de transferência\ ). 6 / 48

7 Filtragem no Domínio da Frequência Graficamente: H(u,v) f(x,y) DFT X IDFT g(x,y) H(u,v) G(u,v) 7 / 48

8 Filtro Básico: Notch Um dos filtros mais simples é um filtro H(µ, ν) que é 0 no centro da transformada e 1 em todos os outros termos de F(µ, ν); Tem a propriedade de zerar o termo dc \ (responsável pela intensidade média da imagem): uma média zero implica a existência de intensidades negativas H(µ, ν) = { 0 se (µ, ν) = (0, 0) 1 c.c. 8 / 48

9 Filtros Básicos Filtro Passa-Baixas (FPB) Baixas frequências estão relacionadas a intensidades de variação lenta FPB tem a propriedade de borra uma imagem Filtro Passa-Altas (FPA) Altas frequências estão relacionadas a mudanças abruptas de intensidade Realçam detalhes abruptos de uma imagem 9 / 48

10 Filtros Básicos: exemplos de FPB e FPA 10 / 48

11 O Erro de wraparound A convolução: 11 / 48

12 O Erro de wraparound A convolução considerando a periodicidade implícita da DFT: 12 / 48

13 O Erro de wraparound Para contornar o problema, acrescentam-se zeros (zero padding): 13 / 48

14 O Erro de wraparound 14 / 48

15 O Erro de wraparound 15 / 48

16 Zero Padding em Filtros 16 / 48

17 FIltragem no Domínio Espacial e da Frequência: relação 17 / 48

18 FIltragem no Domínio Espacial e da Frequência: relação 18 / 48

19 FIltragem no Domínio Espacial e da Frequência: relação 19 / 48

20 Filtro Passa-Baixa Ideal (ILPF) Um filtro passa-baixa 2D que deixa passar, sem atenuação, todas as frequências em um círculo de raio D 0 a partir da origem e "recorta"todas as frequências fora desse círculo; Determinado pela função: H(µ, ν) = { 1 se D(µ, ν) D0 0 se D(µ, ν) > D 0 sendo que D 0 é uma constante positiva, e D(µ, ν) é a distância entre um ponto (µ, ν) no domínio da frequência e o centro do retângulo de frequência. 20 / 48

21 Filtro Passa-Baixa Ideal (ILPF) 21 / 48

22 Filtro Passa-Baixa Ideal (ILPF) 22 / 48

23 Filtro Passa-Baixa Ideal (ILPF) 23 / 48

24 Filtro Passa-Baixa Butterworth A função de transferência do filtro passa-baixa Butterworth (BLFP) de ordem n, e com frequência de corte a uma distância D 0 da origem é definida como H(µ, ν) = 1 1+[D(µ, ν)/d 0 ] 2n onde D(µ, ν) é a distância entre um ponto (µ, ν) no domínio da frequência e o centro da função de frequência; Diferente do filtro ideal, a função de transferência BLFP não tem uma descontinuidade abrupta que resulta em um corte bem definido; 24 / 48

25 Filtro Passa-Baixa Butterworth 25 / 48

26 Filtro Passa-Baixa Butterworth 26 / 48

27 Filtro Passa-Baixa Butterworth Comparando com os resultados do ILFP: Transição suave do borramento em função do aumento da frequência de corte; Nenhum ringing é visível em qualquer uma das imagens processadas; 27 / 48

28 Filtro Passa-Baixa Gaussiano Os filtros passa-baixa gaussianos (GLPF) de duas dimensões têm a forma: H(µ, ν) = e D2 (µ,ν)/2d 2 0 sendo D(µ, ν) a distância a partir do centro do triângulo de frequência e D 0 a frequência de corte. quando D(µ, ν) = D 0, o GLPF é reduzido para 0, 607 de seu valor máximo A transformada inversa do GLPF também é uma gaussiana; Não apresenta efeito de ringing. 28 / 48

29 Filtro Passa-Baixa Gaussiano 29 / 48

30 Filtro Passa-Baixa Gaussiano 30 / 48

31 Filtros Passa-Baixa: resumo 31 / 48

32 Filtragem Passa-Baixa: exemplos adicionais 32 / 48

33 Filtragem Passa-Baixa: exemplos adicionais 33 / 48

34 Filtragem Passa-Baixa: exemplos adicionais 34 / 48

35 Filtros Passa-Alta Aguçamento de imagens: realça componentes de alta frequência da imagem; Os filtros passa-alta são obtidos a partir dos filtros passa-baixa: Filtro passa-alta ideal: Filtro passa-alta Butterworth: H IHPF = 1 H ILPF Filtro passa-alta gaussiano: H BHPF = 1 H BLPF H GHPF = 1 H GLPF 35 / 48

36 Filtros Passa-Alta 36 / 48

37 Filtros Passa-Alta 37 / 48

38 Filtro Passa-Alta Ideal Um filtro passa-alta ideal 2D é definido como: { 0 se D(µ, ν) D0 H(µ, ν) = 1 se D(µ, ν) > D 0 onde D 0 é a frequência de corte. 38 / 48

39 Filtro Passa-Alta Butterworth Um filtro passa-alta Butterworth 2D de ordem n é definido como: onde D 0 é a frequência de corte. 1 H(µ, ν) = 1+[D 0 /D(µ, ν)] 2n 39 / 48

40 Filtro Passa-Alta Gaussiano Um filtro passa-alta gaussiano 2D é definido como: onde D 0 é a frequência de corte. H(µ, ν) = 1 e D2 (µ,ν)/2d / 48

41 Filtros Passa-Alta: resumo 41 / 48

42 Filtros Rejeita-Faixa 42 / 48

43 Filtro Passa-Faixa Gaussiano 43 / 48

44 Filtro Passa-Faixa Butterworth 44 / 48

45 A Transformada Rápida de Fourier - FFT Implementar as equações da DFT não constitui tarefa simples; FFT proporciona uma redução nos cálculos envolvidos; Ex.: Transformada de Fourier de uma imagem DFT-2D: + 1 trilhão de operações FFT: aprox. 20 milhões Matlab: fft 45 / 48

46 A Transformada Rápida de Fourier 46 / 48

47 Filtragem no Domíinio da Frequência: implementação 47 / 48

48 Filtragem no Domíinio da Frequência: implementação 48 / 48

Universidade Federal do Rio de Janeiro - IM/DCC & NCE

Universidade Federal do Rio de Janeiro - IM/DCC & NCE Universidade Federal do Rio de Janeiro - IM/DCC & NCE Processamento de Imagens Tratamento da Imagem - Filtros Antonio G. Thomé thome@nce.ufrj.br Sala AEP/033 Sumário 2 Conceito de de Filtragem Filtros

Leia mais

Filtragem Espacial. (Processamento Digital de Imagens) 1 / 41

Filtragem Espacial. (Processamento Digital de Imagens) 1 / 41 Filtragem Espacial (Processamento Digital de Imagens) 1 / 41 Filtragem Espacial Filtragem espacial é uma das principais ferramentas usadas em uma grande variedade de aplicações; A palavra filtro foi emprestada

Leia mais

Capítulo 5 Filtragem de Imagens

Capítulo 5 Filtragem de Imagens Capítulo 5 Filtragem de Imagens Capítulo 5 5.1. Filtragem no Domínio da Frequência 5.2. Filtragem no Domínio Espacial 2 Objetivo Melhorar a qualidade das imagens através da: ampliação do seu contraste;

Leia mais

FILTRAGEM ESPACIAL. Filtros Digitais no domínio do espaço

FILTRAGEM ESPACIAL. Filtros Digitais no domínio do espaço FILTRAGEM ESPACIAL Filtros Digitais no domínio do espaço Definição Também conhecidos como operadores locais ou filtros locais Combinam a intensidade de um certo número de piels, para gerar a intensidade

Leia mais

Filtragem. pixel. perfil de linha. Coluna de pixels. Imagem. Linha. Primeiro pixel na linha

Filtragem. pixel. perfil de linha. Coluna de pixels. Imagem. Linha. Primeiro pixel na linha Filtragem As técnicas de filtragem são transformações da imagem "pixel" a "pixel", que dependem do nível de cinza de um determinado "pixel" e do valor dos níveis de cinza dos "pixels" vizinhos, na imagem

Leia mais

Operações Algébricas e Lógicas. Guillermo Cámara-Chávez

Operações Algébricas e Lógicas. Guillermo Cámara-Chávez Operações Algébricas e Lógicas Guillermo Cámara-Chávez Operações Aritméticas São aquelas que produzem uma imagem que é a soma, diferença, produto ou quociente pixel a pixel Operações Aritméticas Fig A

Leia mais

Resposta em Frequência de Sistemas LTI 1

Resposta em Frequência de Sistemas LTI 1 Resposta em Frequência de Sistemas LTI A resposta em frequência de um sistema LTI fornece a caracterização intuitiva do comportamento entrada-saída do sistema. Isto ocorre porque a convolução no domínio

Leia mais

REALCE DE MICROCALCIFICAÇÕES EM IMAGENS DE MAMOGRAFIA UTILIZANDO FILTROS PASSA-ALTA

REALCE DE MICROCALCIFICAÇÕES EM IMAGENS DE MAMOGRAFIA UTILIZANDO FILTROS PASSA-ALTA REALCE DE MICROCALCIFICAÇÕES EM IMAGENS DE MAMOGRAFIA UTILIZANDO FILTROS PASSA-ALTA Caio Cesar Amorim Borges e Danilo Rodrigues de Carvalho Universidade Federal de Goiás, Escola de Engenharia Elétrica

Leia mais

Restauração de Imagens

Restauração de Imagens Restauração de Imagens Disciplina: Tópicos em Computação (Processamento Digital de Imagens) 1 / 30 Conceitos Preliminares O principal objetivo das técnicas de restauração é melhorar uma imagem em algum

Leia mais

Restauração de Imagens. Tsang Ing Ren George Darmiton da Cunha Cavalcanti UFPE - Universidade Federal de Pernambuco CIn - Centro de Informática

Restauração de Imagens. Tsang Ing Ren George Darmiton da Cunha Cavalcanti UFPE - Universidade Federal de Pernambuco CIn - Centro de Informática Restauração de Imagens Tsang Ing Ren George Darmiton da Cunha Cavalcanti UFPE - Universidade Federal de Pernambuco CIn - Centro de Informática 1 Tópicos Introdução Modelo de degradação/restauração Modelo

Leia mais

Comparação entre a Máscara de Nitidez Cúbica e o Laplaciano para Realce de Imagens Digitais

Comparação entre a Máscara de Nitidez Cúbica e o Laplaciano para Realce de Imagens Digitais Comparação entre a Máscara de Nitidez Cúbica e o Laplaciano para Realce de Imagens Digitais Wesley B. Dourado, Renata N. Imada, Programa de Pós-Graduação em Matemática Aplicada e Computacional, FCT, UNESP,

Leia mais

Séries de Fourier Aplicações em Geral Transformada de Fourier (TF) Aplicações específicas da TF Conclusões

Séries de Fourier Aplicações em Geral Transformada de Fourier (TF) Aplicações específicas da TF Conclusões Sinais e Sistemas Aplicações das séries e transformadas de Fourier Séries de Fourier Aplicações em Geral Transformada de Fourier (TF) Aplicações específicas da TF Conclusões Baseado no seguinte material:

Leia mais

FILTRAGEM NO DOMÍNIO DAS FREQUÊNCIAS (TRANSFORMADA DE FOURIER) Daniel C. Zanotta 04/06/2015

FILTRAGEM NO DOMÍNIO DAS FREQUÊNCIAS (TRANSFORMADA DE FOURIER) Daniel C. Zanotta 04/06/2015 FILTRAGEM NO DOMÍNIO DAS FREQUÊNCIAS (TRANSFORMADA DE FOURIER) Daniel C. Zanotta 04/06/2015 FREQUÊNCIA EM IMAGENS DIGITAIS Análise da intensidade dos NCs da imagem Banda 7 Landsat TM ao longo da distância:

Leia mais

Processamento de Imagem. Prof. MSc. André Yoshimi Kusumoto

Processamento de Imagem. Prof. MSc. André Yoshimi Kusumoto Processamento de Imagem Prof. MSc. André Yoshimi Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Filtragem de Imagens A utilização de filtros tem como objetivo melhorar a qualidade das imagens através da: ampliação

Leia mais

As técnicas de filtragem podem ser divididas em dois tipos: filtragem no domínio

As técnicas de filtragem podem ser divididas em dois tipos: filtragem no domínio %ODYLR9LROD ),/75$*(012'20Ë1,2'$)5(4hÇ1&,$ Pode-se entender filtragem de uma imagem, como sendo técnicas de transformações aplicadas a cada SL[HO da imagem, levando em conta os níveis de cinza de uma região

Leia mais

CAP. 5 FILTROS ATIVOS TE 054 CIRCUITOS ELETRÔNICOS LINEARES

CAP. 5 FILTROS ATIVOS TE 054 CIRCUITOS ELETRÔNICOS LINEARES CAP. 5 FILTROS ATIVOS 5.1 CONCEITOS BÁSICOS Filtros são circuitos lineares projetados para deixar passar determinadas frequências e atenuar outras São baseados em elementos reativos (C e L) Podem ser passivos

Leia mais

Filtragem de imagens fixas usando Matlab

Filtragem de imagens fixas usando Matlab Televisão digital EEC5270 Relatório Filtragem de imagens fixas usando Matlab Bruno Filipe Sobral de Oliveira - ee01084@fe.up.pt Filipe Tiago Alves de Magalhães - ee01123@fe.up.pt Porto, 20 de Novembro

Leia mais

Análise espectral das simulações do modelo atmosférico regional Eta/CPTEC RELATÓRIO FINAL DE PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA.

Análise espectral das simulações do modelo atmosférico regional Eta/CPTEC RELATÓRIO FINAL DE PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. Análise espectral das simulações do modelo atmosférico regional Eta/CPTEC RELATÓRIO FINAL DE PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PIBIC/CNPq/INPE) Fernando de Oliveira Lima (Universidade do Estado do Rio de

Leia mais

Amplificadores lineares e filtros

Amplificadores lineares e filtros Instrumentação de Controle - 167347 Departamento de Engenharia Elétrica (ENE) Universidade de Brasília (UnB) Amplificadores lineares e filtros Tópicos Características de amplificadores operacionais Amplificadores

Leia mais

p. 1/2 Resumo Especificação de Filtros Filtro de Butterworth Filtro de Chebyshev Filtros de Primeira Ordem Filtros de Segunda Ordem

p. 1/2 Resumo Especificação de Filtros Filtro de Butterworth Filtro de Chebyshev Filtros de Primeira Ordem Filtros de Segunda Ordem p. 1/2 Resumo Especificação de Filtros Filtro de Butterworth Filtro de Chebyshev Filtros de Primeira Ordem Filtros de Segunda Ordem Introdução Os primeiros filtros construídos eram circuitos LC passivos.

Leia mais

MODULAÇÃO AM E DEMODULADOR DE ENVELOPE

MODULAÇÃO AM E DEMODULADOR DE ENVELOPE 204/ MODULAÇÃO AM E DEMODULADOR DE ENVELOPE 204/ Objetivos de Estudo: Desenvolvimento de um modulador AM e um demodulador, utilizando MatLab. Visualização dos efeitos de modulação e demodulação no domínio

Leia mais

)LJXUD8PGRVSDUHV'SDUDFRQYROXomRTXHWHPRPHVPRHIHLWRGR NHUQHOGD)LJXUD

)LJXUD8PGRVSDUHV'SDUDFRQYROXomRTXHWHPRPHVPRHIHLWRGR NHUQHOGD)LJXUD )LOWURJDXVVLDQR O filtro Gaussiano pode ser usado como um filtro SDVVDEDL[D. Usando a função Gaussiana para obter valores de uma máscara a ser definida digitalmente. O Filtro de Gaussiano em 1-D tem a

Leia mais

Trabalho 2 Fundamentos de computação Gráfica

Trabalho 2 Fundamentos de computação Gráfica Trabalho 2 Fundamentos de computação Gráfica Processamento de Imagens Aluno: Renato Deris Prado Tópicos: 1- Programa em QT e C++ 2- Efeitos de processamento de imagens 1- Programa em QT e C++ Para o trabalho

Leia mais

RUÍDOS EM IMAGENS FILTRAGEM DE RUÍDOS. o Flutuações aleatórias ou imprecisões em dados de entrada, precisão numérica, arredondamentos etc...

RUÍDOS EM IMAGENS FILTRAGEM DE RUÍDOS. o Flutuações aleatórias ou imprecisões em dados de entrada, precisão numérica, arredondamentos etc... RUÍDOS EM IMAGENS FILTRAGEM DE RUÍDOS RUÍDOS EM IMAGENS Em Visão Computacional, ruído se refere a qualquer entidade em imagens, dados ou resultados intermediários, que não são interessantes para os propósitos

Leia mais

Tal como no caso dos filtros passivos, os filtros ativos de 1 a ordem só produzem resposta passa-baixa ou passa-alta, com apenas um capacitor.

Tal como no caso dos filtros passivos, os filtros ativos de 1 a ordem só produzem resposta passa-baixa ou passa-alta, com apenas um capacitor. FILTOS ATIVOS FILTOS ATIVOS DE a ODEM Tal como no caso dos filtros passivos, os filtros ativos de a ordem só produzem resposta passa-baixa ou passa-alta, com apenas um capacitor. Filtros passa-banda ou

Leia mais

Filtragem de Imagens no Domínio da Freqüência. 35M34 Sala 3D5 Bruno Motta de Carvalho DIMAp Sala 15 Ramal 227

Filtragem de Imagens no Domínio da Freqüência. 35M34 Sala 3D5 Bruno Motta de Carvalho DIMAp Sala 15 Ramal 227 Filtragem de Imagens no Domínio da Freqüência 35M34 Sala 3D5 Bruno Motta de Carvalho DIMAp Sala 15 Ramal 227 Introdução Fourier formulou no início do século XVIII a teoria de que qualquer função que se

Leia mais

FEN- 06723 Processamento Digital de Imagens. Projeto 3 Utilizando filtragem rejeita faixa para tirar ruído de imagem

FEN- 06723 Processamento Digital de Imagens. Projeto 3 Utilizando filtragem rejeita faixa para tirar ruído de imagem FEN- 06723 Processamento Digital de Imagens Projeto 3 Utilizando filtragem rejeita faixa para tirar ruído de imagem Marcelo Musci Mestrado Geomática/UERJ-2004 Abstract Frequency space offers some attractive

Leia mais

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS ENG JR ELETRON 2005 29 O gráfico mostrado na figura acima ilustra o diagrama do Lugar das Raízes de um sistema de 3ª ordem, com três pólos, nenhum zero finito e com realimentação de saída. Com base nas

Leia mais

Processamento de Imagem. Convolução Filtragem no Domínio da Frequência (Fourier) Professora Sheila Cáceres

Processamento de Imagem. Convolução Filtragem no Domínio da Frequência (Fourier) Professora Sheila Cáceres Processamento de Imagem Convolução Filtragem no Domínio da Frequência (Fourier) Professora Sheila Cáceres Lembrando Filtragem Correlação A correlação e a convolução sãos dois conceitos relacionados a filtragem.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE ENGENHARIA ELÉTRICA E INFORMÁTICA UNIDADE ACADEMICA DE ENGENHARIA ELÉTRICA ELETRÔNICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE ENGENHARIA ELÉTRICA E INFORMÁTICA UNIDADE ACADEMICA DE ENGENHARIA ELÉTRICA ELETRÔNICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE ENGENHARIA ELÉTRICA E INFORMÁTICA UNIDADE ACADEMICA DE ENGENHARIA ELÉTRICA ELETRÔNICA LISTA DE EXERCÍCIOS #11 (1) O circuito a seguir é usado como pré-amplificador

Leia mais

2.1.2 Definição Matemática de Imagem

2.1.2 Definição Matemática de Imagem Capítulo 2 Fundamentação Teórica Este capítulo descreve os fundamentos e as etapas do processamento digital de imagens. 2.1 Fundamentos para Processamento Digital de Imagens Esta seção apresenta as propriedades

Leia mais

Análise de Sinais no Domínio da Frequência

Análise de Sinais no Domínio da Frequência Centro de Pesquisas de Energia Elétrica Análise de Sinais no Domínio da Frequência Apresentador: André Tomaz de Carvalho Área: DLE Fourrier vs. Lagrange 1807: Fourrier submete um artigo ao Institute de

Leia mais

Capítulo 4 Resposta em frequência

Capítulo 4 Resposta em frequência Capítulo 4 Resposta em frequência 4.1 Noção do domínio da frequência 4.2 Séries de Fourier e propriedades 4.3 Resposta em frequência dos SLITs 1 Capítulo 4 Resposta em frequência 4.1 Noção do domínio da

Leia mais

Filtragem no Domínio da Freqüência Transformada de Fourier

Filtragem no Domínio da Freqüência Transformada de Fourier Filtragem no Domínio da Freqüência Transformada de Fourier Adair Santa Catarina Curso de Ciência da Computação Unioeste Campus de Cascavel PR Abr/2013 Material de referência: Conci, A; Azevedo, E.; Leta,

Leia mais

Tratamento da Imagem Transformações (cont.)

Tratamento da Imagem Transformações (cont.) Universidade Federal do Rio de Janeiro - IM/DCC & NCE Tratamento da Imagem Transformações (cont.) Antonio G. Thomé thome@nce.ufrj.br Sala AEP/133 Tratamento de Imagens - Sumário Detalhado Objetivos Alguns

Leia mais

Filtro FIR: Estudo, Projeto e Simulação

Filtro FIR: Estudo, Projeto e Simulação Filtro FIR : Características Projeto de um Filtro FIR 1/38 Filtro FIR: Estudo, Projeto e Simulação Fabrício Simões IFBA 28 de Novembro de 2011 Filtro FIR : Características Projeto de um Filtro FIR 2/38

Leia mais

Processamento de Imagens Digitais

Processamento de Imagens Digitais Processamento de Imagens Digitais Redução de Ruídos - Filtros Espaciais "Passa-Baixa" Glaucius Décio Duarte Instituto Federal Sul-rio-grandense Engenharia Elétrica 1 de 7 Ruído em Imagens Digitais As imagens

Leia mais

Tratamento de Imagens

Tratamento de Imagens José Luiz de Souza Pio Karla Albuquerque de Vasconcelos Borges Disciplina: Processamento digital de Imagens 07/2001 Tratamento de Imagens 1. Imagem com ruído eliminação de ruído com técnicas do domínio

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA PPGEE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO VISUALIZAÇÃO E PROCESSAMENTO DIGITAL DE IMAGENS MÉDICAS

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA PPGEE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO VISUALIZAÇÃO E PROCESSAMENTO DIGITAL DE IMAGENS MÉDICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA PPGEE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO VISUALIZAÇÃO E PROCESSAMENTO DIGITAL DE IMAGENS MÉDICAS MESTRANDO: Carlos Alberto Zaffari Área de concentração: Tecnologia

Leia mais

Processamento Digital de Imagens

Processamento Digital de Imagens Processamento Digital de Imagens Israel Andrade Esquef a Márcio Portes de Albuquerque b Marcelo Portes de Albuquerque b a Universidade Estadual do Norte Fluminense - UENF b Centro Brasileiro de Pesquisas

Leia mais

Introdução ao processamento de imagens e OCTAVE. Julio C. S. Jacques Junior juliojj@gmail.com

Introdução ao processamento de imagens e OCTAVE. Julio C. S. Jacques Junior juliojj@gmail.com Introdução ao processamento de imagens e OCTAVE Julio C. S. Jacques Junior juliojj@gmail.com Octave www.gnu.org/software/octave/ Linguagem Interpretada (similar ao MATLAB... portabilidade) Voltada para

Leia mais

6. Geometria, Primitivas e Transformações 3D

6. Geometria, Primitivas e Transformações 3D 6. Geometria, Primitivas e Transformações 3D Até agora estudamos e implementamos um conjunto de ferramentas básicas que nos permitem modelar, ou representar objetos bi-dimensionais em um sistema também

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE ENGENHARIA ELÉTRICA E INFORMÁTICA UNIDADE ACADEMICA DE ENGENHARIA ELÉTRICA ELETRÔNICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE ENGENHARIA ELÉTRICA E INFORMÁTICA UNIDADE ACADEMICA DE ENGENHARIA ELÉTRICA ELETRÔNICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE ENGENHARIA ELÉTRICA E INFORMÁTICA UNIDADE ACADEMICA DE ENGENHARIA ELÉTRICA ELETRÔNICA LISTA DE EXERCÍCIOS #12 (1) FILTRO PASSA-FAIXA Mostre que o circuito

Leia mais

Transformada de Hough. Cleber Pivetta Gustavo Mantovani Felipe Zottis

Transformada de Hough. Cleber Pivetta Gustavo Mantovani Felipe Zottis Transformada de Hough Cleber Pivetta Gustavo Mantovani Felipe Zottis A Transformada de Hough foi desenvolvida por Paul Hough em 1962 e patenteada pela IBM. Originalmente, foi elaborada para detectar características

Leia mais

Restauração de Imagens

Restauração de Imagens Restauração de Imagens Prof. Luiz Otavio Murta Jr. Informática Biomédica Depto. de Computação e Matemática (FFCLRP/USP) 1 2 Objetivos: - Melhorar a imagem em algum aspecto. - Recuperar uma imagem que foi

Leia mais

Filtros de sinais. Conhecendo os filtros de sinais.

Filtros de sinais. Conhecendo os filtros de sinais. Filtros de sinais Nas aulas anteriores estudamos alguns conceitos importantes sobre a produção e propagação das ondas eletromagnéticas, além de analisarmos a constituição de um sistema básico de comunicações.

Leia mais

Conforme explicado em 2.4.3, o sinal de voz x(n) às vezes é alterado com a adição de ruído r(n), resultando num sinal corrompido y(n).

Conforme explicado em 2.4.3, o sinal de voz x(n) às vezes é alterado com a adição de ruído r(n), resultando num sinal corrompido y(n). 4 Wavelet Denoising O capítulo 3 abordou a questão do ruído durante a extração dos atributos as técnicas do SSCH e do PNCC, por exemplo, extraem com mais robustez a informação da voz a partir de um sinal

Leia mais

Aliasing. Introdução à Computação Gráfica Aliasing e Ray Tracing Distribuído. Amostragem e Reconstrução. Teorema da Amostragem de Shannon

Aliasing. Introdução à Computação Gráfica Aliasing e Ray Tracing Distribuído. Amostragem e Reconstrução. Teorema da Amostragem de Shannon Aliasing Introdução à Computação Gráfica Aliasing e Ray Tracing Distribuído É o nome que se dá ao efeito decorrente de se amostrar de forma insuficiente um sinal contínuo qualquer Importante em Computação

Leia mais

Filtragem. Processamento digital de imagens. CPGCG/UFPR Prof. Dr. Jorge Centeno

Filtragem. Processamento digital de imagens. CPGCG/UFPR Prof. Dr. Jorge Centeno Filtragem Processamento digital de imagens CPGCG/UFPR Prof. Dr. Jorge Centeno Operações de vizinhança (Filtros) Filtros lineares Filtro passa-baixas (suavização) Filtro passa-altas (realce) Filtros direcionais

Leia mais

Prof. Dr. Charlie Antoni Miquelin. Reconstrução de Imagens

Prof. Dr. Charlie Antoni Miquelin. Reconstrução de Imagens Reconstrução de Imagens Princípios Básicos ALGORITMOS! Conjunto de instruções para gerar um resultado a partir de uma entrada específica.! Em tomografia computadorizada quase todas as instruções são operações

Leia mais

Análise de Fourier. Imagens no Domínio da Freqüência

Análise de Fourier. Imagens no Domínio da Freqüência Análise de Fourier Imagens no Domínio da Freqüência Todas as imagens deste trabalho foram obtidas de R. C. Gonzalez and R. E. Woods - Digital Image Processing, Addison Wesley Pub. Co. 1993 - ISBN 0-201-60078-1

Leia mais

Prof. Daniel Hasse. Multimídia e Hipermídia

Prof. Daniel Hasse. Multimídia e Hipermídia Prof. Daniel Hasse Multimídia e Hipermídia AULA 02 Agenda: Algoritmos de Codificação/Decodificação; Codec de Áudio. Atividade complementar. Algoritmos de Codificação/Decodificação - Comunicação tempo real,

Leia mais

Filtros em Telecomunicações

Filtros em Telecomunicações MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - Campus São José Área de Telecomunicações Filtros em Telecomunicações Marcos Moecke São José - SC, 006 SUMÁRIO. FILTROS....1 RESPOSTA EM FREQUÊNCIA DE CIRCUITOS.1 R. LEVANTAMENTO

Leia mais

Segmentação de Imagens

Segmentação de Imagens Segmentação de Imagens (Processamento Digital de Imagens) 1 / 36 Fundamentos A segmentação subdivide uma imagem em regiões ou objetos que a compõem; nível de detalhe depende do problema segmentação para

Leia mais

FILTRAGEM NO DOMÍNIO ESPACIAL. Daniel C. Zanotta 10/06/2016

FILTRAGEM NO DOMÍNIO ESPACIAL. Daniel C. Zanotta 10/06/2016 FILTRAGEM NO DOMÍNIO ESPACIAL Daniel C. Zanotta 10/06/2016 Passa-Baixas O efeito visual de um filtro passa-baixa é o de suavização da imagem e a diminuição de mudanças abruptas de níveis de cinza. As altas

Leia mais

2. Estude o sinal da função f cujo gráfico é a reta de inclinação 3 e que passa pelo ponto ( 5, 2).

2. Estude o sinal da função f cujo gráfico é a reta de inclinação 3 e que passa pelo ponto ( 5, 2). MAT1157 Cálculo a uma Variável A - 2014.1 Lista de Exercícios 7 PUC-Rio Função afim: 1. (a) Qual é a inclinação de uma reta horizontal (paralela ao eixo-x)? (b) Qual é a expressão da função cujo gráfico

Leia mais

Filtros Digitais. Capítulo 6.0 PDS Prof. César Janeczko (2 o semestre 2009) 10 A

Filtros Digitais. Capítulo 6.0 PDS Prof. César Janeczko (2 o semestre 2009) 10 A Capítulo 6.0 PDS Prof. César Janeczko (2 o semestre 2009) Filtros Digitais Filtros digitais são usados em geral para dois propósitos: 1 o separação de sinais que foram combinados, por exemplo, modulados;

Leia mais

Universidade Federal de Juiz de Fora Laboratório de Eletrônica CEL 037 Página 1 de 6

Universidade Federal de Juiz de Fora Laboratório de Eletrônica CEL 037 Página 1 de 6 Universidade Federal de Juiz de Fora Laboratório de Eletrônica CEL 037 Página 1 de 6 1. Titulo: Prática 12 Filtros ativos 2. Objetivos: Estudo de montagem de filtros ativos passa-baixa e passa-alta. 3.

Leia mais

Introdução a Processamento de Imagens e Visão Computacional usando OpenCV. Tutorial 2

Introdução a Processamento de Imagens e Visão Computacional usando OpenCV. Tutorial 2 Introdução a Processamento de Imagens e Visão Computacional usando OpenCV Tutorial 2 Resumo 1 Introdução à Visão Computacional usando OpenCV Este tutorial apresenta conceitos introdutórios de processamento

Leia mais

Estudos Iniciais do Sistema didático para análise de sinais no domínio da frequência DSA-PC: tipos de janelas temporais.

Estudos Iniciais do Sistema didático para análise de sinais no domínio da frequência DSA-PC: tipos de janelas temporais. Estudos Iniciais do Sistema didático para análise de sinais no domínio da frequência DSA-PC: tipos de janelas temporais. Patricia Alves Machado Telecomunicações, Instituto Federal de Santa Catarina machadopatriciaa@gmail.com

Leia mais

Processamento de Imagens COS756 / COC603

Processamento de Imagens COS756 / COC603 Processamento de Imagens COS756 / COC603 aula 03 - operações no domínio espacial Antonio Oliveira Ricardo Marroquim 1 / 38 aula de hoje operações no domínio espacial overview imagem digital operações no

Leia mais

RESTAURAÇÃO DE IMAGENS DIGITAIS UTILIZANDO FILTRAGEM INVERSA E FILTRAGEM WIENER

RESTAURAÇÃO DE IMAGENS DIGITAIS UTILIZANDO FILTRAGEM INVERSA E FILTRAGEM WIENER UNICEUB - CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA FAET FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGIA CURSO DE ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO RESTAURAÇÃO DE IMAGENS DIGITAIS UTILIZANDO FILTRAGEM INVERSA E FILTRAGEM WIENER

Leia mais

Amplificadores Operacionais: Circuitos típicos e aplicações

Amplificadores Operacionais: Circuitos típicos e aplicações Amplificadores Operacionais: Circuitos típicos e aplicações Prof. Alberto de Lima alberto.lima@cefet-rj.br Educação Profissional de Nível Médio Curso: Eletrônica 1 Características gerais As aplicações

Leia mais

Princípios de Telecomunicações. PRT60806 Aula 10: Efeitos da FT / Diagrama de Bode Professor: Bruno Fontana da silva 2014

Princípios de Telecomunicações. PRT60806 Aula 10: Efeitos da FT / Diagrama de Bode Professor: Bruno Fontana da silva 2014 Princípios de Telecomunicações PRT686 Aula 1: Efeitos da FT / Diagrama de Bode Professor: Bruno Fontana da silva 214 1 Análise em frequência de sinais filtrados EFEITOS DE UM CANAL OU FILTRO SOBRE O SINAL

Leia mais

1 Moldando Pulso para reduzir a largura de banda

1 Moldando Pulso para reduzir a largura de banda 1 Moldando Pulso para reduzir a largura de banda Pulsos quadrados não são práticos. São difíceis de serem gerados e requerem grande largura de banda. Além disso, em razão da largura de banda limitada do

Leia mais

Processamento de sinais eletrocardiográficos João Luiz Azevedo de Carvalho, Ph.D. http://www.ene.unb.br/~joaoluiz Universidade de Brasília Faculdade UnB-Gama Especialização em Engenharia Clínica 3 de março

Leia mais

Universidade Estadual do Ceará. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará

Universidade Estadual do Ceará. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará Universidade Estadual do Ceará Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará MESTRADO PROFISSIONAL EM COMPUTAÇÃO APLICADA MPCOMP Sistema Automático para Detecção de Capacetes em Motociclistas

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Instituto de Informática Processamento Digital de Imagens

Universidade Federal de Goiás Instituto de Informática Processamento Digital de Imagens Universidade Federal de Goiás Instituto de Informática Processamento Digital de Imagens Prof Fabrízzio Alphonsus A M N Soares 2012 Capítulo 2 Fundamentos da Imagem Digital Definição de Imagem: Uma imagem

Leia mais

Processamento de Sinais Biológicos

Processamento de Sinais Biológicos Processamento de Sinais Biológicos Adson Ferreira da Rocha, João Luiz Azevedo de Carvalho, Pedro de Azevedo Berger, Francisco Assis de Oliveira Nascimento 1. Introdução A rápida evolução das técnicas de

Leia mais

Realce de Imagens Domínio da Frequência. Tsang Ing Ren - tir@cin.ufpe.br UFPE - Universidade Federal de Pernambuco CIn - Centro de Informática

Realce de Imagens Domínio da Frequência. Tsang Ing Ren - tir@cin.ufpe.br UFPE - Universidade Federal de Pernambuco CIn - Centro de Informática Realce de Imagens Domínio da Freqência Tsang Ing Ren - tir@cin.fpe.br UFPE - Universidade Federal de Pernambco CIn - Centro de Informática Tópicos Introdção Série de Forier. Transformada de Forier. Transformada

Leia mais

Transmissão e comunicação de dados. Renato Machado

Transmissão e comunicação de dados. Renato Machado Renato Machado UFSM - Universidade Federal de Santa Maria DELC - Departamento de Eletrônica e Computação renatomachado@ieee.org renatomachado@ufsm.br 03 de Maio de 2012 Sumário 1 2 Modulação offset QPSK

Leia mais

Laboratório de Circuitos Elétricos II

Laboratório de Circuitos Elétricos II PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ ESCOLA POLITÉCNICA CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO DISCIPLINA DE CIRCUITOS ELÉTRICOS II NOME DO ALUNO: Laboratório de Circuitos Elétricos II Prof. Alessandro

Leia mais

INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL 1. INTRODUÇÃO / DEFINIÇÕES

INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL 1. INTRODUÇÃO / DEFINIÇÕES 1 INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL 1. INTRODUÇÃO / DEFINIÇÕES 1.1 - Instrumentação Importância Medições experimentais ou de laboratório. Medições em produtos comerciais com outra finalidade principal. 1.2 - Transdutores

Leia mais

Redução de imagem no domínio espacial

Redução de imagem no domínio espacial Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto Licenciatura em Engenharia Electrotécnica e de Computadores 5º Ano, 1º Semestre Televisão Digital - 2002/2003 Redução de imagem no domínio espacial Armando

Leia mais

Circuitos Elétricos Capacitores e Indutores

Circuitos Elétricos Capacitores e Indutores Introdução Circuitos Elétricos e Alessandro L. Koerich Engenharia de Computação Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e indutores: elementos passivos, mas e indutores não dissipam energia

Leia mais

REPRESENTAÇÃO DA IMAGEM DIGITAL

REPRESENTAÇÃO DA IMAGEM DIGITAL REPRESENTAÇÃO DA IMAGEM DIGITAL Representação da imagem Uma imagem é uma função de intensidade luminosa bidimensional f(x,y) que combina uma fonte de iluminação e a reflexão ou absorção de energia a partir

Leia mais

Capítulo I Processamento de Sinal

Capítulo I Processamento de Sinal Capítulo I Processamento de Sinal Mestrado de Informática Médica Miguel Tavares Coimbra Resumo 1. Sinal biomédico 2. Analógico vs Digital 3. Quantização e amostragem 4. Ruído 5. Convolução 6. Introdução

Leia mais

Expansão de Imagem #2

Expansão de Imagem #2 Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto Engenharia Electrotécnica e de Computadores Expansão de Imagem #2 Televisão Digital António Alberto da Silva Marques Pedro Ricardo dos Reis Porto, 2004

Leia mais

Estudo Básico sobre CROSSOVERS

Estudo Básico sobre CROSSOVERS Estudo Básico sobre CROSSOVERS Departamento de Engenharia ETELJ Autor: João Rossi Filho Jales, SP, 22 de maio de 2013 Introdução A separação do sinal de audio full-range em em sub-bandas (vias) é um processo

Leia mais

Capítulo II Imagem Digital

Capítulo II Imagem Digital Capítulo II Imagem Digital Proc. Sinal e Imagem Mestrado em Informática Médica Miguel Tavares Coimbra Resumo 1. Formação de uma imagem 2. Representação digital de uma imagem 3. Cor 4. Histogramas 5. Ruído

Leia mais

Engenheiro de Telecomunicações pelo Instituto de Estudos Superiores da Amazônia IESAM (Belém, Pará).

Engenheiro de Telecomunicações pelo Instituto de Estudos Superiores da Amazônia IESAM (Belém, Pará). Transmissão Digital em Banda Base: Modelagem do Canal Este tutorial apresenta a implementação da formatação de um pulso para transmissão digital em banda base que simule a resposta ao impulso de um canal

Leia mais

Filtros espaciais. Processamento e Recuperação de Imagens Médicas. Prof. Luiz Otavio Murta Jr. Depto. De Computação e Matemática (FFCLRP/USP)

Filtros espaciais. Processamento e Recuperação de Imagens Médicas. Prof. Luiz Otavio Murta Jr. Depto. De Computação e Matemática (FFCLRP/USP) Processamento e Recuperação de Imagens Médicas Prof. Luiz Otavio Murta Jr. Depto. De Computação e Matemática (FFCLRP/USP) 1 Propriedades Operadores de suavização os elementos da máscara são positivos e

Leia mais

FEN- 06723 Processamento Digital de Imagens. Projeto 2 Utilização de máscaras laplacianas

FEN- 06723 Processamento Digital de Imagens. Projeto 2 Utilização de máscaras laplacianas FEN- 06723 Processamento Digital de Imagens Projeto 2 Utilização de máscaras laplacianas Marcelo Musci Mestrado Geomática/UERJ-2004 Abstract The Laplacian is also called as second difference function,

Leia mais

Compressão de Imagens

Compressão de Imagens Compressão de Imagens Compressão de Imagens Geradas por Computador (Gráficos) Armazenamento (e transmissão) como um conjunto de instruções (formato de programa) que geram a imagem Utilização de algum esquema

Leia mais

Experiência 04: FILTRO RC PASSA ALTA E PASSA BAIXA

Experiência 04: FILTRO RC PASSA ALTA E PASSA BAIXA ( ) Prova ( ) Prova Semestral ( ) Exercícios ( ) Prova Modular ( ) Segunda hamada ( ) Exame Final ( ) Prática de Laboratório ( ) Aproveitamento Extraordinário de Estudos Nota: Disciplina: Turma: Professor:

Leia mais

1 Modulação digital para comunicações móveis

1 Modulação digital para comunicações móveis 1 Modulação digital para comunicações móveis Tabela 1: Algumas modulações empregadas em telefonia celular Sistema Forma de Largura da Critério de Razão celular modulação portadora qualidade sinal-ruído

Leia mais

1 Transmissão digital em banda base

1 Transmissão digital em banda base 1 Transmissão digital em banda base A transmissão digital oferece algumas vantagens no que diz respeito ao tratamento do sinal, bem como oferecimento de serviços: Sinal pode ser verificado para avaliar

Leia mais

A Transformada de Fourier

A Transformada de Fourier A Transformada de Fourier Disciplina: Tópicos em Computação (Processamento Digital de Imagens) 1 / 30 A Função Impulso Fundamental no estudo dos sistemas lineares e da transformada de Fourier; Um impulso

Leia mais

Reconhecimento de Objectos

Reconhecimento de Objectos Dado um conjunto de características, relativas a uma região (objecto), pretende-se atribuir uma classe essa região, seleccionada de um conjunto de classes cujas características são conhecidas O conjunto

Leia mais

Controle Inteligente de Robôs Móveis Autônomos utilizando Sistemas Inteligentes

Controle Inteligente de Robôs Móveis Autônomos utilizando Sistemas Inteligentes Controle Inteligente de Robôs Móveis Autônomos utilizando Sistemas Inteligentes Aluno: Gabriel Lins Tenório Orientadoras: Roxana Jiménez e Marley Rebuzzi Vellasco Introdução A aplicação de robôs móveis

Leia mais

Classificação da imagem (ou reconhecimento de padrões): objectivos Métodos de reconhecimento de padrões

Classificação da imagem (ou reconhecimento de padrões): objectivos Métodos de reconhecimento de padrões Classificação de imagens Autor: Gil Gonçalves Disciplinas: Detecção Remota/Detecção Remota Aplicada Cursos: MEG/MTIG Ano Lectivo: 11/12 Sumário Classificação da imagem (ou reconhecimento de padrões): objectivos

Leia mais

Disciplina: Processamento Digital de Sinais Aula 04 - Análise Tempo-Frequência

Disciplina: Processamento Digital de Sinais Aula 04 - Análise Tempo-Frequência de Disciplina: Processamento Digital de Sinais Aula 04 - Prof. (eduardo.simas@ufba.br) Departamento de Engenharia Elétrica Universidade Federal da Bahia Conteúdo de 1 2 de 3 4 5 6 de Em muitos casos práticos

Leia mais

Tópicos Imagens Médicas Ultrassonografia Ultrassonografia Ultrassonografia Doppler Ecocardiografia Doppler espectral fluxo a cores

Tópicos Imagens Médicas Ultrassonografia Ultrassonografia Ultrassonografia Doppler Ecocardiografia Doppler espectral fluxo a cores Tópicos Imagens Médicas Prof. João Luiz Azevedo de Carvalho, Ph.D. Aula na disciplina Processamento de Imagens Universidade de Brasília 17 de novembro de 2011 http://pgea.unb.br/~joaoluiz/ joaoluiz@pgea.unb.br

Leia mais

INSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL PARA AQUISIÇÃO DE SINAIS E ANÁLISE DE FALHAS EM MÁQUINAS ROTATIVAS

INSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL PARA AQUISIÇÃO DE SINAIS E ANÁLISE DE FALHAS EM MÁQUINAS ROTATIVAS Universidade Federal de São João Del-Rei MG 26 a 28 de maio de 2010 Associação Brasileira de Métodos Computacionais em Engenharia INSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL PARA AQUISIÇÃO DE SINAIS E ANÁLISE DE FALHAS EM

Leia mais

Introdução ao Processamento Digital de Imagens. Aula 9 Restauração de Imagens. Prof. Dr. Marcelo Andrade da Costa Vieira

Introdução ao Processamento Digital de Imagens. Aula 9 Restauração de Imagens. Prof. Dr. Marcelo Andrade da Costa Vieira Introdução ao Processamento Digital de Imagens Aula 9 Restauração de Imagens Prof. Dr. Marcelo Andrade da Costa Vieira mvieira@sc.usp.br Realce x Restauração Realce: Processar a Imagem para obter um resultado

Leia mais

Processamento de Imagem. Prof. MSc. André Yoshimi Kusumoto

Processamento de Imagem. Prof. MSc. André Yoshimi Kusumoto Processamento de Imagem Prof. MSc. André Yoshimi Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Filtragem de Imagens A utilização de filtros tem como objetivo melhorar a qualidade das imagens através da: ampliação

Leia mais

Processamento de Imagens e Fotografia Digital

Processamento de Imagens e Fotografia Digital Processamento de Imagens e Fotografia Digital Images Alive: Manipulação de gradientes Eric Jardim ericjardim@gmail.com IMPA - Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada Prof. Luiz Velho 1 Tema: Images

Leia mais

Encontrando a Linha Divisória: Detecção de Bordas

Encontrando a Linha Divisória: Detecção de Bordas CAPÍTULO 1 Encontrando a Linha Divisória: Detecção de Bordas Contribuíram: Daniela Marta Seara, Geovani Cássia da Silva Espezim Elizandro Encontrar Bordas também é Segmentar A visão computacional envolve

Leia mais

Introdução aos circuitos seletores de frequências. Sandra Mara Torres Müller

Introdução aos circuitos seletores de frequências. Sandra Mara Torres Müller Introdução aos circuitos seletores de frequências Sandra Mara Torres Müller Aqui vamos estudar o efeito da variação da frequência da fonte sobre as variáveis do circuito. Essa análise constitui a resposta

Leia mais

Apresentação do Curso e da Área de Processamento de Imagem Digital

Apresentação do Curso e da Área de Processamento de Imagem Digital Apresentação do Curso e da Área de Processamento de Imagem Digital Instituto de Computação - UNICAMP afalcao@ic.unicamp.br Introdução Este curso abordará conceitos e técnicas de processamento de imagem

Leia mais