Laboratório de robótica

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Laboratório de robótica"

Transcrição

1 Alarme de Presença Em vários projetos desenvolvidos, o uso de sensores é muito interessante. Através de sensores, podemos fazer a leitura de determinadas características do ambiente, tais como a presença de um obstáculo no caminho de um robô, o acionamento de um motor ou o fato de uma porta estar fechada ou não, e responder de acordo com elas, ou seja, criar um sistema capaz de interagir com o ambiente. E neste projeto usaremos o sensor LDR (Light Dependent Resistor Resistor Dependente de Luz), com o seguinte propósito; de ao acender à luz ocorrerá a sua atuação transmitindo um sinal (som). Mas antes de darmos início, teremos que entender o que cada componente elétrico significa. Para isto veja: Guia de Uso dos Componentes Elétricos contidos neste produto. Após o entendimento, iniciaremos a prática destes componentes, baseando na teoria apresentada. Fixaremos os componentes de uma maneira de fácil acesso às conexões, para um melhor aproveitamento dos fios. A fim de evitar rompimento dos conectores. Vamos aprender como conduzir um experimento seguro! 1 Parte: Criação da base Nesta primeira etapa, será feito à criação da base, observamos a estrutura mostrada abaixo: 1

2 2 Parte: Alimentação dos Componentes Nesta segunda etapa, serão feitas as conexões para o funcionamento do experimento. Podemos notar que dois componentes (BUZZ, SEN- SOR LDR), necessitam de uma alimentação, ou seja, teremos que efetuar uma alimentação independente. Utilizando dois INTS será feita a alimentação dos componentes, com seis volts (6V). Para isto, será feita uma alimentação paralela, ou seja, as tensões iguais para os consumidores. Tome Nota: Para uma conexão sem falhas observem no conector INT as três entradas (BAT, MOTOR, INT). Analisando estas três entradas, ligaremos os cabos, sendo BAT à entrada da bateria a ser distribuída, MOTOR o componente que irá consumir energia e INT o interruptor que irá abrir e fechar o circuito para ativação dos motores. O INT do componente BUZZ receberá as informações do RELE que por sua vez receberá as informações do SENSOR LDR. Observe passo a passo a conexão: Nesta imagem observamos a alimentação sendo feito com componente HUB, ele nos proporciona uma alimentação paralela, nesta ocasião uma para o SENSOR LDR e a outra para o BUZZ. Mas sempre respeitando as polarizações dos fios, fios positivos (vermelhos e azuis), fios negativos (pretos e brancos). 2

3 Laboratório Realizadas as alimentações paralelas com componente HUB, com a outra extremidade do cabo de condução conecte para o componente INT do SENSOR LDR respeitando as marcações vistas anteriormente. Com a conexão feita, será conectado o SENSOR LDR ao INT com outro cabo como mostra a figura, sempre respeitando a polarização e a marcação existente ao SENSOR LDR, 6 V (entrada da tensão) e sinal (saída de tensão). Vamos transferir outro cabo de condução para o componente INT do BUZZ, depois de conectado, alimentaremos o BUZZ com outro cabo, sempre respeitando a posição e a polarização. Mostramos aqui como ficarão as conexões prontas. 3

4 3 Parte: As Conexões dos Componentes Podemos observar que falta fechar o circuito, vamos entender como será a atuação deste experimento. Como explicado anteriormente este experimento será atuado por uma luz intensa ou um ambiente claro, tendo isto como base, podemos considerar o SENSOR LDR o componente central para o funcionamento deste projeto. Pois a sua atuação liberará um sinal de 6V para o RELE que por sua vez fechará o circuito transmitindo um sinal em uma de suas saídas para a atuação do componente BUZZ. Como foi estudado no Guia de Uso dos Componentes Elétricos, o componente RELE obtém várias possibilidades de sua atuação. No experimento apresentado utilizaremos sua saída NF (normalmente fechada), pois queremos que o sinal seja transmitido quando ele receber um sinal do SENSOR LDR. Vamos às conexões. Utilizaremos um interruptor gangorra para ligar ou desligar o circuito, que será conectado no INT do SENSOR LDR. Já com outro cabo de conexão alimentaremos o RELE, conectando na saída do SENSOR LDR (sinal) sempre respeitando as polarizações e a outra extremidade na entrada do RELE (6V). Em uma das saídas NF do RELE conectaremos outro cabo de conexão para transmitir um sinal para o componente BUZZ, conectando no INT do BUZZ. Veja passo a passo: 4

5 Laboratório Nesta imagem mostra a conexão com o interruptor gangorra para ligar ou desligar o circuito do SENSOR LDR. Alimentação do componente RELE pela saída do SENSOR LDR. O Fechamento do circuito que possibilitará a atuação do BUZZ, pois foi conectado um cabo em uma saída NF do RELE e sua outra extremidade no INT do componente BUZZ. 5

6 As conexões efetuadas, projeto pronto. 4 Parte: Teste do Projeto Para efetuar este teste mantenha o experimento em um ambiente escuro e ao ascender à luz ou abrir as janelas ele irá efetuar suas funções liberando um sinal (som). Tendo este experimento como base crie novas situações para obter um melhor conhecimento dos componentes. 6

1) Entendendo a eletricidade

1) Entendendo a eletricidade 1) Entendendo a eletricidade 1 2) Circuitos Modelix 2 3) Utilizando o Sistema Esquemático Modelix-G (Modelix-Grafix) 6 4) Fazendo montagens com os Circuitos Modelix 7 5) Exercícios para treinar 8 Objetivo:

Leia mais

www.modelix.com.br Página 01

www.modelix.com.br Página 01 OBJETIVO Este guia tem como objetivo a capacitação ao uso dos componentes mais específicos e o entendimento de seus modos de funcionamento. A Modelix está disponibilizando este guia junto a uma vasta gama

Leia mais

PdP. Autor: Luís Fernando Patsko Nível: Intermediário Criação: 22/05/2006 Última versão: 18/12/2006

PdP. Autor: Luís Fernando Patsko Nível: Intermediário Criação: 22/05/2006 Última versão: 18/12/2006 TUTORIAL Montagem da Barra de LEDs Autor: Luís Fernando Patsko Nível: Intermediário Criação: 22/05/2006 Última versão: 18/12/2006 PdP Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos http://www.maxwellbohr.com.br

Leia mais

Laboratório de robótica

Laboratório de robótica CAMINHÃO TRANSPORTADOR 1. Introdução Laboratório Em uma região muito arborizada da cidade, há muitas árvores altas que perdem algumas folhas durante o dia, derrubando-as nos telhados das casas. Como as

Leia mais

Professor Ventura Ensina Tecnologia

Professor Ventura Ensina Tecnologia Professor Ventura Ensina Tecnologia Experimento PV008-d VM3 Carrinho Mecatrônico Parte Eletrônica Ensino Médio Direitos Reservados Newton C. Braga 1 Mecatrônica Prof. Newton C. Braga Prof. Ventura, Beto

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO TETROS MOTO V2. N de Homologação: 1702-09-2791. Versão 1.00

MANUAL DE INSTALAÇÃO TETROS MOTO V2. N de Homologação: 1702-09-2791. Versão 1.00 MANUAL DE INSTALAÇÃO TETROS MOTO V2 N de Homologação: 1702-09-2791 Versão 1.00 Manual de Instalação TETROS MOTO V2 2 Índice 1. Introdução... 3 2. Especificações técnicas... 3 3. Conhecendo o equipamento...

Leia mais

Laboratório de Física UVV

Laboratório de Física UVV 1/9 arga e Descarga de apacitores Objetivos: Levantar as curvas características de carga e descarga de capacitores; Determinar a capacitância através das curvas ln( i) tempo na carga e descarga. Equipamentos:

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. RELÓGIO ESPIÃO Elegance

MANUAL DE INSTRUÇÕES. RELÓGIO ESPIÃO Elegance MANUAL DE INSTRUÇÕES RELÓGIO ESPIÃO Elegance Antes de manusear leia atentamente todas as instruções deste manual: Este aparelho é constituído de mecanismos internos muito sensíveis e delicados, sendo que

Leia mais

CENTRAL DE ALARME COM FIO AW-211 CONTROLE REMOTO

CENTRAL DE ALARME COM FIO AW-211 CONTROLE REMOTO CENTRAL DE ALARME COM FIO AW2 CONTROLE REMOTO CARACTERÍSTICAS DO APARELHO Central de alarme de setor com fio; Caixa plástica com alojamento para bateria selada de 7 A/H; Carregador de bateria incorporado;

Leia mais

Circuitos eléctricos

Circuitos eléctricos Um circuito eléctrico µu^u]vz}_ }Œ}v passa a corrente eléctrica. É constituído obrigatoriamente por um gerador e um receptor, podendo-se também intercalar outros componentes como interruptores, motores

Leia mais

Manual de utilização do módulo NSE METH 3E4RL

Manual de utilização do módulo NSE METH 3E4RL INSTALAÇÃO 1 - Baixe o arquivo Software Configurador Ethernet disponível para download em www.nse.com.br/downloads-manuais e descompacte-o em qualquer pasta de sua preferência. 2 - Conecte a fonte 12Vcc/1A

Leia mais

SENSOR DE LUMINOSIDADE Com indicador de intervalo

SENSOR DE LUMINOSIDADE Com indicador de intervalo SENSOR DE LUMINOSIDADE Com indicador de intervalo Este projeto refere-se à construção de um sensor de luminosidade com o uso de um LDR (Light Dependent Resistor), com as seguintes características: 1. Luminosidade

Leia mais

MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL FÊNIX-20L

MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL FÊNIX-20L MANUAL TÉCNICO SUMÁRIO CARACTERÍSTICAS GERAIS... 3 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS... 3 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS... 3 PAINEL... 4 FUNÇÕES DO PAINEL... 4 FUNÇÕES INTERNAS PLACA DE CONTROLE... 6 FUNÇÕES INTERNAS

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Sensor / Detector de Gás Natural e Derivados de Metano Com Saída Relé NA / NF Código: AFNB983N O Detector de Gás, código AFNB893N é um equipamento que deve ser instalado na parede de cozinhas, salas e

Leia mais

Armadilha Eletrônica

Armadilha Eletrônica Manual de Instalação Armadilha Eletrônica Produtos Inteligentes www.sertam.com.br e-mail: sertam@sertam.com.br cód. ARM-MI rev.0 1 ANTESDECOMEÇAR Recomenda-se a leitura completa deste manual. A leitura

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO TESTADOR DE CABOS MODELO CT-200

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO TESTADOR DE CABOS MODELO CT-200 MANUAL DE INSTRUÇÕES DO TESTADOR DE CABOS MODELO CT-200 Leia atentamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso do aparelho ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 1 2. REGRAS DE SEGURANÇA... 1 3.

Leia mais

Os motores de CA podem ser monofásicos ou polifásicos. Nesta unidade, estudaremos os motores monofásicos alimentados por uma única fase de CA.

Os motores de CA podem ser monofásicos ou polifásicos. Nesta unidade, estudaremos os motores monofásicos alimentados por uma única fase de CA. Motores elétricos Os motores de CA podem ser monofásicos ou polifásicos. Nesta unidade, estudaremos os motores monofásicos alimentados por uma única fase de CA. Para melhor entender o funcionamento desse

Leia mais

Guia Rápido de Instalação

Guia Rápido de Instalação Biofinger 115K Guia Rápido de Instalação Apresentação O BIOFINGER 115K da CS é um controle de acesso biométrico e proximidade RFID que possui um elevado desempenho. Seu avançado algoritmo proporciona velocidade

Leia mais

Modificação do LED POWER Logic@sat L4000

Modificação do LED POWER Logic@sat L4000 Modificação do LED POWER Logic@sat L4000 Caro amigo, proprietário de um receptor Logic@sat L4000, alguma vez você já se questionou sobre o funcionamento do LED POWER do receptor? Além de ser vermelho,

Leia mais

Aula prática Como utilizar um multímetro

Aula prática Como utilizar um multímetro Aula prática Como utilizar um multímetro Definição Como o próprio nome sugere, é um equipamento que pode ser utilizado para a realização de diversas medidas, dentre as principais temos: Tensão (alternada

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Sensor / Detector de Fumaça Óptico Convencional + Módulo Endereçável Código: AFDFE. (Ideal Para Utilizar em Conjunto com a Central de Alarme de Incêndio AFSLIM). O detector de fumaça código AFDFE é um

Leia mais

Considere um alarme residencial ligado a um CLP compacto com os seguintes I/Os:

Considere um alarme residencial ligado a um CLP compacto com os seguintes I/Os: Exercícios de CLP Exercício 1 I/O Simulator Considere um alarme residencial ligado a um CLP compacto com os seguintes I/Os: I:1/1 Aciona o Alarme I:1/2 Desliga o Alarme I:1/3 Sensor de Presença I:1/4 Sensor

Leia mais

Hamtronix CONTROLE REMOTO DTMF. CRD200 - Manual de Instalação e Operação. Software V 2.0 Hardware Revisão B

Hamtronix CONTROLE REMOTO DTMF. CRD200 - Manual de Instalação e Operação. Software V 2.0 Hardware Revisão B Hamtronix CRD200 - Manual de Instalação e Operação Software V 2.0 Hardware Revisão B INTRODUÇÃO Índice...01 Suporte On-line...01 Termo de Garantia...01 Em Caso de Problemas (RESET)...01 Descrição do Produto...02

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. RELÓGIO ESPIÃO Elegance

MANUAL DE INSTRUÇÕES. RELÓGIO ESPIÃO Elegance MANUAL DE INSTRUÇÕES RELÓGIO ESPIÃO Elegance Antes de manusear leia atentamente todas as instruções deste manual: Este aparelho é constituído de mecanismos internos muito sensíveis e delicados, sendo que

Leia mais

Sistema de Detecção de Vazamento de Gás

Sistema de Detecção de Vazamento de Gás Manual do Sistema Blockgas SB330 CB530 SB330 SB80 atende normas: NBR16186 de 06/2013 NBR16069 de 04/2010 NR 36 Apresentação do sistema: Composto por 3 módulos de equipamentos eletrônicos e 1 software de

Leia mais

Pequeno livro sobre fontes de alimentação

Pequeno livro sobre fontes de alimentação 1 Pequeno livro sobre fontes de alimentação Antes de começarmos a falarmos de como funciona uma fonte de alimentação é preciso saber qual a sua função. Uma fonte de alimentação tem a função de transformar

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO RADAR DUO N de Homologação: 0723-12-2791

MANUAL DE INSTALAÇÃO RADAR DUO N de Homologação: 0723-12-2791 MANUAL DE INSTALAÇÃO RADAR DUO N de Homologação: 0723-12-2791 Versão 1.00 Manual de Instalação RADAR DUO 2 Índice 1. Introdução... 3 2. Especificações técnicas... 3 3. Conhecendo o equipamento... 4 3.1

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Comutador de Iluminação de Provisória Para Lâmpadas HQI ou Sódio, Código AFCSC250 Equipamento destinado a ser instalado em locais que são iluminados através de lâmpadas HQI ou de Sódio, geralmente estas

Leia mais

GERADORES ELÉTRICOS INTRODUÇÃO TEÓRICA

GERADORES ELÉTRICOS INTRODUÇÃO TEÓRICA GERADORES ELÉTRICOS OBJETIVOS: a) verificar o funcionamento de um gerador real; b) medir a resistência interna e a corrente de curto-circuito; c) levantar a curva característica de um gerador real. INTRODUÇÃO

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO SC 203

GUIA DE INSTALAÇÃO SC 203 GUIA DE INSTALAÇÃO SC 203 1. Instalação do equipamento 1. Fixação placa de montagem Retire uma Estação de Controle de Acesso, desmontar o parafuso entre o corpo da máquina e placa de montagem até que ele

Leia mais

1- Scilab e a placa Lab_Uino. 2- Instalação do ToolBox

1- Scilab e a placa Lab_Uino. 2- Instalação do ToolBox 1- Scilab e a placa Lab_Uino A placa Lab_Uino, é uma plataforma aberta para aprendizagem de sistemas microprocessados. Com a utilização de um firmware especifico a placa Lab_Uino é reconhecido pelo sistema

Leia mais

Trabalho sobre No-breaks

Trabalho sobre No-breaks Trabalho sobre No-breaks Grupo: Leandro Porto Cristiano Porto Diego Martins Diogo Rubin Os nobreaks protegem os equipamentos contra quatro problemas principais causados pela variação da energia elétrica.

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA GUARDIAN

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA GUARDIAN MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA GUARDIAN FUNCIONAMENTO DO SISTEMA GUARDIAN. A central de alarmes Guardian realiza o monitoramento continuo de três entradas de alarmes, fornecendo três saídas de alarmes distintas,

Leia mais

ABERTURA E FECHAMENTO DE COFRES, PORTAS E GUARITAS VIA SATÉLITE E GPRS

ABERTURA E FECHAMENTO DE COFRES, PORTAS E GUARITAS VIA SATÉLITE E GPRS ABERTURA E FECHAMENTO DE COFRES, PORTAS E GUARITAS VIA SATÉLITE E GPRS O GR TRAVA é um equipamento wireless que executa a função de recepção e transmissão de dados e voz. Está conectado à rede de telefonia

Leia mais

Datasheet Componentes Eletrônicos

Datasheet Componentes Eletrônicos Datasheet Componentes Eletrônicos Caixa de Pilhas... 2 LED (mini lâmpada)... 2 Conector INT... 3 HUB... 3 Sensor de Luz... 4 Circuito Relé... 4 Circuito Buzz... 5 Sensor de Ímã... 6 Ponte H com Relés...

Leia mais

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio.

Manual de Operação do Century BR2014 Slim. O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Manual de Operação do Century BR2014 Slim O Conteúdo deste manual pode ser alterado sem aviso prévio. Parabéns pela aquisição da mais moderna tecnologia em receptores analógicos de sinais de TV via satélite.

Leia mais

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Ultrassom. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13. www.robouno.com.br

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Ultrassom. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13. www.robouno.com.br R O B Ó T I C A Sensor Smart Ultrassom Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13 Sensor Smart Ultrassom 1. Introdução Os sensores de ultrassom ou ultrassônicos são sensores que detectam

Leia mais

PAINEL ELÉTRICO 1 INTRODUÇÃO

PAINEL ELÉTRICO 1 INTRODUÇÃO FUNDAÇÃO ESCOLA TÉCNICA LIBERATO SALZANO VIEIRA DA CUNHA Projeto de Pesquisa da Primeira Série Série: Primeira Curso: Eletrotécnica Turma: 2123 Sala: 234 Início: 02 de junho de 2009 Entrega: 26 de agosto

Leia mais

CORRENTE CONTÍNUA E CORRENTE ALTERNADA

CORRENTE CONTÍNUA E CORRENTE ALTERNADA CORRENTE CONTÍNUA E CORRENTE ALTERNADA Existem dois tipos de corrente elétrica: Corrente Contínua (CC) e Corrente Alternada (CA). A corrente contínua tem a característica de ser constante no tempo, com

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme Particionada

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme Particionada MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO AP6 Central de Alarme Particionada www.compatec.com.br 2 www.compatec.com.br 3 4. Dimensões do produto... 5. Conhecendo o seu produto... 7 5.1 Conhecendo as funções da central...

Leia mais

DISPOSITIVO DE PARTIDA E TRANSFERÊNCIA AUTOMÁTICA PARA GERADORES DE ENERGIA ELÉTRICA MANUAL DO USUÁRIO

DISPOSITIVO DE PARTIDA E TRANSFERÊNCIA AUTOMÁTICA PARA GERADORES DE ENERGIA ELÉTRICA MANUAL DO USUÁRIO DISPOSITIVO DE PARTIDA E TRANSFERÊNCIA AUTOMÁTICA PARA GERADORES DE ENERGIA ELÉTRICA MANUAL DO USUÁRIO Por favor, leia este manual com atenção para uso do equipamento. Instruções de Operação do QTA. I.

Leia mais

Cotagem de dimensões básicas

Cotagem de dimensões básicas Cotagem de dimensões básicas Introdução Observe as vistas ortográficas a seguir. Com toda certeza, você já sabe interpretar as formas da peça representada neste desenho. E, você já deve ser capaz de imaginar

Leia mais

Manual de Montagem REVISÃO 312.20. www.robouno.com.br

Manual de Montagem REVISÃO 312.20. www.robouno.com.br Manual de Montagem REVISÃO 312.20 Manual de Montagem 01 Suporte Roda Caster 01 Roda Caster Parafusos 3x8mm Porcas 11 03 2 Observe a posição dos furos 01 Chassi Lateral 01 Motor Parafusos 3x8mm Porcas 12

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO QTA-GMG

MANUAL DE INSTALAÇÃO QTA-GMG MANUAL DE INSTALAÇÃO QTA-GMG 1º verificar o nível de água do radiador, e ligue os cabos da bateria. 2º verificar o nível do óleo do motor 3º Ligação da rede ao painel.. Dentro do painel, na parte superior

Leia mais

Exemplo: Na figura 1, abaixo, temos: Clique aqui para continuar, que é a primeira atividade que você precisa realizar para iniciar seus estudos.

Exemplo: Na figura 1, abaixo, temos: Clique aqui para continuar, que é a primeira atividade que você precisa realizar para iniciar seus estudos. Visão Geral VISÃO GERAL Esse material abordará o acesso ao AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem) da Proativa do Pará, com intenção de ilustrar os aspectos na visão do Aprendiz. Essa abordagem dedica-se

Leia mais

Manual de Instruções. Carregador de Baterias BC800W 12V/50A A&C12V/50A A&C. A&C Automação e Controle. Rua: Itápolis nº 84 SBC.

Manual de Instruções. Carregador de Baterias BC800W 12V/50A A&C12V/50A A&C. A&C Automação e Controle. Rua: Itápolis nº 84 SBC. Manual de Instruções Carregador de Baterias BC800W 12V/50A A&C12V/50A A&C A&C Automação e Controle Rua: Itápolis nº 84 SBC. SP CEP: 09615-040 Tel: (11) 4368-4202 Fax: (11) 4368-5958 E-mail: aec@aecautomacao.com.br

Leia mais

Central de Alarme de Oito Zonas

Central de Alarme de Oito Zonas Central de Alarme de Oito Zonas R02 ÍNDICE CARACTERÍSTICAS GERAIS:... 3 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS:... 3 CONHECENDO A CENTRAL:... 4 COMO A CENTRAL FUNCIONA:... 4 COMO APAGAR A MEMÓRIA DA CENTRAL:... 4 COMO

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO. COMPOSIÇÃO DO TRANSMISSOR (Figura 1) DIVISÃO DESTE MANUAL. Este manual está dividido em duas partes:

MANUAL DE OPERAÇÃO. COMPOSIÇÃO DO TRANSMISSOR (Figura 1) DIVISÃO DESTE MANUAL. Este manual está dividido em duas partes: MANUAL DE OPERAÇÃO INTRODUÇÃO: O FLASH PRESENÇA MOTO foi desenvolvido especialmente para a utilização em Motos, porque o mercado necessita de um aparelho versátil, de pequenas dimensões e completo, que

Leia mais

1 Esfera de aço 1 Transitor BC547

1 Esfera de aço 1 Transitor BC547 CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SÃO VICENTE DO SUL ROTEIRO DE MONTAGEM DA ATIVIDADE DE AQUISIÇÃO AUTOMÁTICA DE DADOS REOMETRIA DE FLUIDOS NEWTONIANOS PROFESSOR RAFHAEL BRUM WERLANG 1.0 OBJETIVO

Leia mais

Bicicletas Elétricas MANUAL KIT ELÉTRICO

Bicicletas Elétricas MANUAL KIT ELÉTRICO MANUAL KIT ELÉTRICO Seu KIT de conversão parcial é composto por: - Módulo Controlador Eletrônico - Suporte de Bateria - Bateria de Lítio - Painel Indicador - Acelerador - Motor da roda dianteiro 250w de

Leia mais

Unidade 14. Circuitos elétricos

Unidade 14. Circuitos elétricos Unidade 14 Circuitos elétricos Pra início de conversa... Nesta aula, você vai conhecer um circuito elétrico e seus componentes, conhecer a lei de Ohm e saber como utilizá-la para os cálculos de correntes,

Leia mais

Robô UNO 1.1 REVISÃO 714.15. www.unorobotica.com.br

Robô UNO 1.1 REVISÃO 714.15. www.unorobotica.com.br ROBÓTICA Robô UNO 1.1 REVISÃO 7.15 Manual de Montagem ITEM QTDE 17 Chassi traseiro 22 Roda caster 11 04 Parafusos 8mm 04 Porcas 2 ITEM 16 04 11 QTDE 02 02 Chassi lateral Motor Parafusos 30mm Porcas 3 ITEM

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Sensor / Detector de Fumaça Óptico Endereçável BOSCH - Código: AFD7050. (Uso Conjunto à Central de Alarme de Incêndio FPD7024+D7039). O detector de fumaça código AFD7050 é um equipamento que deve ser instalado

Leia mais

Originalmente elaborado por Carlos Brancaglione Neto - 17/10/2003 Revisado por Igor Temmler e Diogo França (Kadett Clube PR) - 03/04/2010

Originalmente elaborado por Carlos Brancaglione Neto - 17/10/2003 Revisado por Igor Temmler e Diogo França (Kadett Clube PR) - 03/04/2010 Faça você mesmo: Instalação do Painel Digital no Kadett / Monza Originalmente elaborado por Carlos Brancaglione Neto - 17/10/2003 Revisado por Igor Temmler e Diogo França (Kadett Clube PR) - 03/04/2010

Leia mais

5 Montagem Circuítos

5 Montagem Circuítos Montagem 5 Circuítos Ambiente de trabalho: Para trabalhar com montagem eletrônica e reparação de equipamentos o técnico precisa de algumas ferramentas, são elas: 1 - Ferro de solda: O ferro de solda consiste

Leia mais

ELETRODINÂMICA: ASSOCIAÇÃO DE RESISTORES E EFEITO JOULE¹

ELETRODINÂMICA: ASSOCIAÇÃO DE RESISTORES E EFEITO JOULE¹ ELETRODINÂMICA: ASSOCIAÇÃO DE RESISTORES E EFEITO JOULE¹ Ana Célia Alves dos Santos² Débora da Cruz Alves² Gustavo Gomes Benevides² Júlia Fabiana de Oliveira Barboza² Stefanie Esteves da Silva² Stephanye

Leia mais

Condicionador para Sensor Lambda Banda Larga (Wide Band) Manual de Instalação e Operação

Condicionador para Sensor Lambda Banda Larga (Wide Band) Manual de Instalação e Operação Condicionador para Sensor Lambda Banda Larga (Wide Band) Manual de Instalação e Operação Sumário 1. Apresentação... 4 1.1 Características... 4 2. Aviso Termo de Garantia... 5 3. Sonda Lambda de Banda Larga...

Leia mais

Data 23/01/2008. Guia do Professor. Introdução

Data 23/01/2008. Guia do Professor. Introdução Guia do Professor Data 23/01/2008 Introdução A inserção de tópicos da Eletricidade nas escolas de nível básico e médio é fundamental para a compreensão de alguns fenômenos da vida moderna. Você já imaginou

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR CENTRAL DE DETECÇÃO DE FUGAS DE GÁS E ÁGUAS ERAG V1.1

MANUAL DO UTILIZADOR CENTRAL DE DETECÇÃO DE FUGAS DE GÁS E ÁGUAS ERAG V1.1 MANUAL DO UTILIZADOR CENTRAL DE DETECÇÃO DE FUGAS DE GÁS E ÁGUAS ERAG V1.1 CONVENÇÕES: As funções serão referenciadas entre -, teclas entre -, sensores entre -, indicadores visuais entre - e sinais sonoros

Leia mais

CONTROLADOR LÓGICO PROGRAMAVEL

CONTROLADOR LÓGICO PROGRAMAVEL CONTROLADOR LÓGICO PROGRAMAVEL Controlador Lógico Programável ( Hardware ) Para aprendermos como funciona um CLP, é necessário uma análise de seus componentes básicos, utilizados por todos os CLPs disponíveis

Leia mais

AUXILIAR AUXILIAR AUXILIAR. Depende onde o fio cinza estiver ligado, pode abrir porta malas, baixar vidros, fechar retrovisores...

AUXILIAR AUXILIAR AUXILIAR. Depende onde o fio cinza estiver ligado, pode abrir porta malas, baixar vidros, fechar retrovisores... AUXILIAR ** AUXILIAR AUXILIAR ** AUXILIAR por 3 s Ativa a saída auxiliar Depende onde o fio cinza estiver ligado, pode abrir porta malas, baixar vidros, fechar retrovisores...* AUXILIAR ** Quando estiver

Leia mais

Controlo de servomotores com o microcontrolador BX-24

Controlo de servomotores com o microcontrolador BX-24 Controlo de servomotores com o microcontrolador BX-24 Introdução Este documento descreve como se podem controlar servomotores através do BX- 24. É exemplificado o controlo de servomotores normais, assim

Leia mais

Leitor MaxProx-Lista

Leitor MaxProx-Lista Leitor MaxProx-Lista O leitor de cartões de proximidade MaxProx-Lista é destinado aos Integradores de Controle de Acesso. Ele foi especialmente projetado para controle de acesso, para ser usado Stand Alone

Leia mais

INTRODUÇÃO A ROBÓTICA

INTRODUÇÃO A ROBÓTICA INTRODUÇÃO A ROBÓTICA RODRIGO PENIDO DE AGUIAR COLÉGIO SÃO PAULO 2015 O que é robótica? A robótica é ciência que estuda a construção de robôs e computação. Ela trata de sistemas compostos por partes mecânicas

Leia mais

Professor: Fernando Krein Pinheiro

Professor: Fernando Krein Pinheiro Professor: Fernando Krein Pinheiro Quem sou eu: Fernando Krein Pinheiro, bacharel em Ciência da Computação e Especialista em Educação Técnica e Tecnológica. Possui conhecimento nas áreas de algoritmos

Leia mais

MANUAL REDE CABEADA UTP

MANUAL REDE CABEADA UTP MANUAL REDE CABEADA UTP volt.ind.br 1-QUADRO COMPLETO 2-DISJUNTOR 3-PROTETOR ELÉTRICO 4-FONTE PRIMÁRIA VT 800 5-BATERIAS 6-PD (PONTO DE DISTRIBUIÇÃO) volt.ind.br Pág. 1 1-QUADRO COMPLETO: Equipado por

Leia mais

Instalação e uso da placa XYZ XYZ

Instalação e uso da placa XYZ XYZ Instalação e uso da placa XYZ XYZ Fabricada para trabalhar com diversos programas de controle encontrados na internet, a placa XYZ comanda dois ou três motores de passo diretamente através da porta paralela.

Leia mais

APOSTILA ZELIO SOFT 2

APOSTILA ZELIO SOFT 2 APOSTILA ZELIO SOFT 2 Prof. Maycon Max Kopelvski Fev/2010 rev.01 Página 1 de 20 1) Clique no ícone para abrir o programa Zelio Soft 2 2) Abrirá a tela inicial do Programa: Clique em Criar um novo programa.

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Temporizador Automático / Relógio Programador de Horário Para Acionamento Automático de Sirenes e Outros Equipamentos Código: AFKITPROG 2 O REGISTRADOR ELETRÔNICO DE PONTO REP O Relógio Acionador Automático

Leia mais

Controle de Acesso Stand Alone Biofinger 22K

Controle de Acesso Stand Alone Biofinger 22K Imagem meramente ilustrativa Controle de Acesso Stand Alone Biofinger 22K 1 Sumário Apresentação... 3 1. Fixação do Equipamento... 3 2. Estrutura e Funções... 4 3. Conexões... 4 4. Conexão com outros acessórios...

Leia mais

1 CIRCUITOS COMBINACIONAIS

1 CIRCUITOS COMBINACIONAIS Curso Técnico em Eletrotécnica Disciplina: Automação Predial e Industrial Professor: Ronimack Trajano 1 CIRCUITOS COMBINACIONAIS Um circuito digital é dito combinacional quando em um dado instante de tempo

Leia mais

Manual de montagem. Equipamento básico ISOBUS com tomada de cabine ISOBUS

Manual de montagem. Equipamento básico ISOBUS com tomada de cabine ISOBUS Manual de montagem Equipamento básico ISOBUS com tomada de cabine ISOBUS Última atualização: V1.20150220 30322575-02-PT Leia e respeite este manual de instruções. Guarde este manual de instruções para

Leia mais

Uma Fonte de Alimentação para a Bancada de Eletronica

Uma Fonte de Alimentação para a Bancada de Eletronica 1 Uma Fonte de Alimentação para a Bancada de Eletronica João Alexandre da Silveira autor do livro Experimentos com o Arduino Apresentação Uma bancada de Eletronica é um pequeno laboratório de montagens

Leia mais

ÍNDICE anual de instruções e operações.............................3

ÍNDICE anual de instruções e operações.............................3 GÊNESY PASSIVO R04 ÍNDICE Manual de instruções e operações...3 Características Técnicas:... 3 Conhecendo o Sensor:... 4 Instalação:... 4 Efetuando a Conexão:... 4 Terminais de Conexão:... 4 Ajustando a

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO F 19

GUIA DE INSTALAÇÃO F 19 GUIA DE INSTALAÇÃO F 19 1. Instalação do equipamento (1)Cole o modelo de montagem na (2) Remova o parafuso na parte (3) Tire a placa traseira. parede, Faça os furos de acordo inferior do dispositivo com

Leia mais

Laboratório de Física Experimental I

Laboratório de Física Experimental I Laboratório de Física Experimental I Centro Universitário de Vila Velha Multímetro e Fonte DC Laboratório de Física Prof. Rudson R. Alves 2012 2/10 Sumário Multímetro Minipa ET-1001...3 TERMINAIS (1)...3

Leia mais

REDE CABEADA UTP MINI MANUAL DO USUÁRIO

REDE CABEADA UTP MINI MANUAL DO USUÁRIO REDE CABEADA UTP MINI MANUAL DO USUÁRIO Quadro de Distribuição Completo 1 DISJUNTOR 2 FONTE PRIMÁRIA VT200 3 BATERIAS (4) 4 PD 02 MINI 5 PD 03 MINI QUADRO COMPLETO: Equipado por, uma Fonte Primária nobreak

Leia mais

Manual do Leitor ATG-Basic

Manual do Leitor ATG-Basic Manual do Leitor ATG-Basic O leitor ATG-Basic foi desenvolvido para uso em controle de acesso veicular. Esse leitor é para ser usado conectado à uma controladora através das interfaces Wiegand, Abatrack,

Leia mais

AJUDANDO-TE A CONHECER MELHORAR O BOM FUNCIONAMENTO DO TEU COMPUTADOR

AJUDANDO-TE A CONHECER MELHORAR O BOM FUNCIONAMENTO DO TEU COMPUTADOR AJUDANDO-TE A CONHECER MELHORAR O BOM FUNCIONAMENTO DO TEU COMPUTADOR Talegal Services +258 820271343 +258 848162924 +258 844459500 www.deogracio-e-raquinha.webnode.pt Aprenda a usar um pen drive como

Leia mais

Instalações Elétricas

Instalações Elétricas Instalações Elétricas Eletricidade Instalações Elétricas Aula 01 Prof. Luiz Fernando Laguardia Campos 2 Modulo Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina Cora Coralina Concessionária

Leia mais

Testador de cabos de rede

Testador de cabos de rede Testador de cabos de rede Elias Bernabé Turchiello Técnico responsável Este manual se destina unicamente a orientar o montador interessado neste projeto, portanto não se encontram neste manual: detalhes

Leia mais

PORTEIROS ELETRÔNICOS RESIDÊNCIAIS - KITs

PORTEIROS ELETRÔNICOS RESIDÊNCIAIS - KITs RESIDÊNCIAIS KITs 26.0 INTRODUÇÃO AOS PORTEIROS ELETRÔNICOS RESIDÊNCIAIS KITs O porteiro eletrônico residencial é um sistema constituído por quatro componentes básicos. 3 S Figura 1 KIT NR30 Figura 2 KIT

Leia mais

PARADOXO DA REALIZAÇÃO DE TRABALHO PELA FORÇA MAGNÉTICA

PARADOXO DA REALIZAÇÃO DE TRABALHO PELA FORÇA MAGNÉTICA PARADOXO DA REALIZAÇÃO DE TRABALHO PELA FORÇA MAGNÉTICA Marcelo da S. VIEIRA 1, Elder Eldervitch C. de OLIVEIRA 2, Pedro Carlos de Assis JÚNIOR 3,Christianne Vitor da SILVA 4, Félix Miguel de Oliveira

Leia mais

Índice. Apresentação. Características técnicas

Índice. Apresentação. Características técnicas P27055 - Rev. 1 Apresentação Índice Apresentação... 04 Características técnicas... 04 Central Electra 8K RF... 05 Instalação... 05 Fiação, isoladores e hastes... 06 Conexão do eletrificador com a cerca...

Leia mais

CENTRAL DE ALARME COM FIO AW-201

CENTRAL DE ALARME COM FIO AW-201 CENTRAL DE ALARME COM FIO AW201 CARACTERÍSTICAS DO APARELHO Central de alarme de 1 setor com fio; Caixa plástica com alojamento para bateria selada de 7 A/H; Carregador de bateria incorporado; Tempo de

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Sensor / Detector de Gás Natural e Derivados de Metano Com Saída Relé NA / NF Código: ALM1224BR O Detector de Gás, código ALM1224BR é um equipamento que deve ser instalado na parede de cozinhas, salas

Leia mais

Fração como porcentagem. Sexto Ano do Ensino Fundamental. Autor: Prof. Francisco Bruno Holanda Revisor: Prof. Antonio Caminha M.

Fração como porcentagem. Sexto Ano do Ensino Fundamental. Autor: Prof. Francisco Bruno Holanda Revisor: Prof. Antonio Caminha M. Material Teórico - Módulo de FRAÇÕES COMO PORCENTAGEM E PROBABILIDADE Fração como porcentagem Sexto Ano do Ensino Fundamental Autor: Prof. Francisco Bruno Holanda Revisor: Prof. Antonio Caminha M. Neto

Leia mais

PROGRAMAÇÃO BÁSICA DE CLP

PROGRAMAÇÃO BÁSICA DE CLP PROGRAMAÇÃO BÁSICA DE CLP Partindo de um conhecimento de comandos elétricos e lógica de diagramas, faremos abaixo uma revisão para introdução à CLP. Como saber se devemos usar contatos abertos ou fechados

Leia mais

REDE CABEADA CFTV MANUAL DO USUÁRIO

REDE CABEADA CFTV MANUAL DO USUÁRIO REDE CABEADA CFTV MANUAL DO USUÁRIO Sumário Página 4: Quadro completo Disjuntores Transformador isolador Protetor elétrico Fonte primária VT CFTV Funcionalidades Baterias Página 6: Ponto de distribuição

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

Conhecendo o Decoder

Conhecendo o Decoder Conhecendo o Decoder O Decoder da sua ion TV, ou receptor, também é chamado de STB, sigla em inglês para Set Top Box, que é o aparelho responsável por receber o sinal de TV, decodificá-lo e enviá-lo para

Leia mais

Manual de Atualização dos Móveis Make-up - Nova Iluminação Fev/08

Manual de Atualização dos Móveis Make-up - Nova Iluminação Fev/08 Manual de Atualização dos Móveis Make-up - Nova Iluminação Fev/08 bandeja de metal que fica na 1ª prateleira. Os Móveis Make-up estão passando por uma atualização. Ganharam um novo display e uma nova iluminação.

Leia mais

TESTES DE SENSORES E ATUADORES E FIAÇÃO NO CONECTOR DA FIAÇÃO:

TESTES DE SENSORES E ATUADORES E FIAÇÃO NO CONECTOR DA FIAÇÃO: CHECKUP RÁPIDO EM SISTEMAS DE INJEÇÃO ELETRÔNICA ATRAVÉS DO CONECTOR DA CENTRALINA, USANDO A METODOLOGIA DE CONSERTOS DE PLACAS ELETRÔNICAS SEM ESQUEMAS. Com o Tracer Curver e mais um Osciloscópio Digital,

Leia mais

Módulo Rastreador Veicular Manual de Instalação

Módulo Rastreador Veicular Manual de Instalação Módulo Rastreador Veicular Manual de Instalação Última atualização: Maio de 2010 www.trackmaker.com ÍNDICE 1 - Instalação 1.1 - Detalhes do Módulo... 3 Descrição dos Pinos... 3,4 1.2 - Instalando o Chip

Leia mais

Seleção de comprimento de onda com espectrômetro de rede

Seleção de comprimento de onda com espectrômetro de rede Seleção de comprimento de onda com espectrômetro de rede Fig. 1: Arranjo do experimento P2510502 O que você vai necessitar: Fotocélula sem caixa 06779.00 1 Rede de difração, 600 linhas/mm 08546.00 1 Filtro

Leia mais

DATA: / / 2014 ETAPA: 3ª VALOR: 20,0 pontos NOTA:

DATA: / / 2014 ETAPA: 3ª VALOR: 20,0 pontos NOTA: DISCIPLINA: Física PROFESSORES: Fabiano Vasconcelos Dias DATA: / / 2014 ETAPA: 3ª VALOR: 20,0 pontos NOTA: NOME COMPLETO: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 3ª SÉRIE EM TURMA: Nº: I N S T R

Leia mais

REPRESENTAÇÃO DE DADOS EM SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO AULA 03 Arquitetura de Computadores Gil Eduardo de Andrade

REPRESENTAÇÃO DE DADOS EM SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO AULA 03 Arquitetura de Computadores Gil Eduardo de Andrade REPRESENTAÇÃO DE DADOS EM SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO AULA 03 Arquitetura de Computadores Gil Eduardo de Andrade O conteúdo deste documento é baseado no livro Princípios Básicos de Arquitetura e Organização

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO CATEGORIA: SIRENES ELETROMECÂNICAS Sirene Eletromecânica Industrial Convencional Para Médias e Grandes Áreas - Código: AFRT12. A sirene de alarme código AFRT12 é um equipamento que deve ser instalado no

Leia mais

CONTROLE DE ACESSO Modelo PP-360/N

CONTROLE DE ACESSO Modelo PP-360/N CONTROLE DE ACESSO Modelo PP-360/N Imagem Ilustrativa Características: 1. Leitura de 125 khz do cartão de proximidade com o EM chip acoplado internamente para o modelo padrão. 2. Os parâmetros do sistema

Leia mais