CONSELHO DE TURISMO DA CONFEDERAÇÃO NACIONAL DO COMÉRCIO 50 ANOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONSELHO DE TURISMO DA CONFEDERAÇÃO NACIONAL DO COMÉRCIO 50 ANOS"

Transcrição

1 CONSELHO DE TURISMO DA CONFEDERAÇÃO NACIONAL DO COMÉRCIO 50 ANOS

2 CONSELHO DE TURISMO DA CONFEDERAÇÃO NACIONAL DO COMÉRCIO 50 ANOS Rio de Janeiro, 2005

3 Conselho de Turismo da Confederação Nacional do Comércio, 50 Anos. - - Rio de Janeiro : Confederação Nacional do Comércio, p. 1. CNC. Conselho de Turismo

4 3 Apresentação Antonio Oliveira Santos Presidente da Confederação Nacional do Comércio Engana-se quem acredita que o Conselho de Turismo está comemorando apenas 50 anos de existência. Na verdade, essas cinco décadas marcam muito mais do que isso. Marcam a evolução de uma atividade, de um campo de estudo, de uma política de articulação e integração setorial. Para nós, empresários do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, esse Conselho é um exemplo a ser seguido por outros setores produtivos nacionais. Sua composição plural e competente deu a este Conselho oportunidade de ser o celeiro de idéias e de projetos em prol do desenvolvimento econômico e social do nosso País. Diálogo e difusão de conhecimentos foram as ferramentas utilizadas nessa missão estratégica de se pensar e repensar o Turismo no Brasil, a cada ano, a cada mês, a cada momento. Nesta publicação, convidamos o leitor a conhecer não apenas esses 50 anos da história do Conselho de Turismo da Confederação Nacional do Comércio, mas 50 anos de história da atividade turística no Brasil. Gostaríamos de levá-lo a uma viagem no tempo onde personagens de ontem e de hoje fizeram e fazem do Turismo uma atividade tão dinâmica e pujante.

5 4 As palavras são vivas Oswaldo Trigueiros Jr. Presidente do Conselho de Turismo da CNC As palavras são vivas e se imortalizam na troca de idéias, no compartilhar de pensamentos, sentimentos e sonhos. Por isso comemoramos, com tamanho regozijo, os 50 anos de vida do Conselho de Turismo da Confederação Nacional do Comércio. Afinal, esse é um Conselho, criado e operado sob a égide das palavras compartilhadas, do diálogo, da articulação que transcende as fronteiras setoriais e econômicas. Seus conselheiros são como membros de uma fraternidade onde todos, uníssonos, pensam e trabalham pelo engrandecimento do Turismo e da Nação. Todos irmanados no interesse comum de ver crescer a atividade turística no Brasil. Todos dispostos a dar sua contribuição para a defesa do Turismo como atividade vocacionada ao desenvolvimento econômico, social e humano. Instrumento gerador de divisas, empregos e renda, o Turismo guarda uma enorme força renovadora, capaz de contribuir para a melhoria da qualidade de vida de milhões de brasileiros. Mas esse fomento não cai do céu, não vem de fórmulas mágicas. A modernização e crescimento do Turismo no País depende do diálogo, da troca de experiências, da democrática difusão de conhecimentos. E é essa a maior missão do Conselho de Turismo da CNC: promover o diálogo e o conhecimento. Finalizando lembro as palavras de Victor Hugo: O futuro tem muitos nomes. Para os fracos, é o inatingível. Para os temerosos, o desconhecido. Para os valentes, é a oportunidade. Para nós, que acreditamos na força do diálogo, o futuro é o Turismo, tanto quanto o nosso passado, que, com palavras vivas, imortalizamos nesta publicação.

6 5 Conselho de Turismo da Confederação Nacional do Comércio 50 anos de debate idéias e de geração de conhecimento No dia 11 de agosto de 2005, o Conselho de Turismo da Confederação Nacional do Comércio (CNC) completa 50 anos de atividades. Ao longo de cinco décadas, o órgão colegiado, que reúne dirigentes empresariais, representantes do meio acadêmico, jornalistas especializados, executivos de órgãos do Poder Público, consultores e especialistas em Turismo, destacou-se como palco democrático de debates e troca de experiências na busca por soluções para a modernização e o desenvolvimento da atividade turística do Brasil. Plural e diversificado Com o objetivo de manter um diálogo amplo e permanente com todas as esferas decisórias do País, com vista a elaborar e/ou recomendar propostas em favor do crescimento do turismo, o Conselho de Turismo desenvolveu suas atividades a partir de uma composição plural. Para tanto reuniu profissionais e representantes de entidades empresariais de diferentes segmentos da atividade turística, instituições educacionais e organizações governamentais. No centro dos debates promovidos, estiveram temas fundamentais para o fomento do Turismo, como: a qualificação profissional, a empregabilidade, a ecologia, as inovações tecnológicas e mercadológicas, a infra-estrutura, o patrimônio histórico-cultural, a política e gestão pública, a legislação, o marketing e as oportunidades de negócios. Vale ressaltar que desde sua criação, o Conselho vem suscitando, de forma pioneira, a discussão

7 6 nacional de temas recorrentes que se mostram gargalos ou oportunidades do Turismo no Brasil. Na primeira sessão do Conselho, realizada em 10 de agosto de 1955, por exemplo, era colocado em debate os obstáculos de ordem prática ao bom turismo, quais sejam a legislação inadequada e a rotina burocrática que envolviam a atividade turística. Já naquela época, discutiam-se a isenção dos vistos consulares, a redução de impostos para os empreendimentos turísticos, a melhoria da qualidade no atendimento ao turista durante eventos nacionais, em especial no carnaval e a cooperação entre o Poder Público e a iniciativa privada para o desenvolvimento do setor. Todo esse pensamento estratégico e científico gerado durante os momentos de debates do Conselho de Turismo é transmitido ao meio acadêmico, ao segmento empresarial e à sociedade por meio da promoção de encontros e palestras, da edição de publicações. Além disso, desde 1994, o Conselho vem editando, bianualmente, a Coletânea Turística, um mosaico de idéias, opiniões e estudos sobre o mundo do turismo e atividades relacionadas. Outra obra de grande êxito editorial é Turismo pelo Brasil. Lançado em 2001, o livro reúne projetos e realizações dos gestores oficiais de Turismo do Brasil, configurando-se como uma ferramenta de benchmarking entre as empresas do setor com vista ao fortalecimento da atividade turística no País. A celebração de convênios de cooperação técnica têm sido outro importante recurso para o intercâmbio de experiências e de informações no setor. Assim, o Conselho de Turismo celebrou, nas últimas décadas, diversos convênios de cooperação técnica com órgãos estaduais de Turismo, a destacar: a Empresa de Turismo da Bahia S.A. (Bahiatursa), a Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur), a Empresa Sergipana de Turismo S.A. (Emsetur), a Empresa de Promoção e Desenvolvimento do Turismo do Rio Grande do Norte S.A. (hoje Secretaria de Estado de Turismo) e a Secretaria de Cultura, Desportos e Turismo do Rio Grande do Sul (atual Secretaria de Estado do Turismo, Esporte e Lazer).

8 Criado o Conselho de Turismo da Confederação Nacional do Comércio e a Federação Nacional dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares. A Varig inaugura a linha para Nova Iorque/EUA, com os confortáveis Super Constellation. Fundada a Sadia Transportes Aéreos, que, mais tarde (em 1972) se tornaria a Transbrasil.

9 Juscelino Kubitschek toma posse como Presidente da República do Brasil. Realizado em Berna, o primeiro Congresso Internacional do Turismo Social. Começam as obras de construção de Brasília. A primeira construção a ser concluída é a residência presidencial provisória, o futuro Catetinho. Aprovado o Decreto Federal n o , que cria a Comissão Brasileira de Turismo (Combratur), responsável pela coordenação das atividades destinadas ao desenvolvimento do turismo interno e ao afluxo do estrangeiro. Ocorre o vôo inaugural do primeiro Boeing ligando Nova Iorque à Paris, em comemoração aos 30 anos da Pan Am. O homem de Estado tem de ter uma visão de Estado, ou seja, do que interessa ao Estado 50 anos à frente. Juscelino teve essa visão e a herança dele está aí. Horácio Neves Editor do Brasilturis Journal (março/2003) 1959 Realizado em São Paulo o 1 o Congresso Brasileiro das Agências de Viagens Inauguração de Brasília, nova capital da República. Simultaneamente, no dia 21 de abril, os Três Poderes se instalam na capital.

10 9 O Conselho de Turismo da CNC congrega talentos e atrai a criatividade de idéias, reunindo lideranças e promovendo ações em torno dos seus objetivos. É pólo aglutinador de iniciativas para a ampliação dos conhecimentos e para o aprendizado constante, caminhos, que levam à consolidação do turismo como peça essencial à expansão econômica e cultural brasileira. Deputado Federal Alex Canziani Presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Turismo, em requerimento à Presidência da Câmara dos Deputados para Sessão Solene em homenagem ao Conselho de Turismo da CNC (Brasília-DF, 20 de abril de 2005)

11 10 Agência JB 1961 Reorganizado o Ministério da Indústria e Comércio, que ganha a Divisão de Turismo e Certames, cujas atribuições só seriam regulamentadas em Enfrentávamos àquela época esta situação paradoxal: o Brasil, recordista na multiplicidade crescente de setores aos quais o Governo dá sua atenção, era talvez o único país do mundo ocidental a não possuir um órgão que cuidasse do turismo Um dos nossos maiores empenhos foi o da criação desse órgão, e constitui para nós motivo de imensa alegria o nascimento da COMBRATUR praticamente nesta Casa, que lhe ofereceu teto e serviços em sua fase inicial de vida, e com a qual tem cooperado estreitamente desde então. Charles Edgar Moritz Então presidente da Confederação Nacional do Comércio (novembro/1961) Golpe militar Decretada a falência da Panair do Brasil e suas linhas aéreas cassadas e transferidas à Varig Fundada a Embratur Empresa Brasileira de Turismo, autarquia federal voltada à atividade turística nacional (Decreto n o 55/1966) e criado o Conselho Nacional do Turismo, órgão com função normativa. Voando nas asas da imaginação, vejo e ouço os atores que aqui discutiam as idéias que deram origem à criação da Embratur [1966], e muitas outras proposições que serviram de orientação a empresários e gestores da coisa pública. Orlando Machado Sobrinho Conselheiro e jornalista (agosto/1999)

12 Inaugurado o Hotel Senac Grogotó, em Barbacena/MG, o primeiro hotel-escola da América Latina Entra em funcionamento a ARPANET, uma rede de computadores que interliga os centros de pesquisas das grandes universidades americanas. Essa rede será o ponto de partida para a criação da Internet. O Senac São Paulo assume a gestão do Grande Hotel São Pedro, instalado na estância de Águas de São Pedro. A Internet não acabou e provavelmente não vai acabar com o agente de viagem. Pelo contrário. Se o agente de viagem souber utilizar a internet e ele ainda não tem idéia da arma que tem na mão (...) poderá dar ao seu passageiro informações on-line, daquele dia. É uma arma enorme. Tasso Gadzanis Ex-presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagem (julho/2004) 1971 Corintho de Arruda Falcão assume a presidência do Conselho de Turismo da CNC Inaugurada a 1 a Faculdade de Turismo do País, a então Organização Bandeirante de Tecnologia e Cultura. Aprovado o Decreto-lei n o que cria o Fungetur - Fundo Geral do Turismo, administrado pela Embratur. Começa a operar no Brasil a primeira rede internacional de hotelaria com inauguração do Hotel Hilton, em São Paulo. Sesc comemora 25 anos e seu complexo turístico hoteleiro conta com 8 colônias de férias e 2 centros de veraneio.

13 12 É uma grata satisfação associar a logomarca Pará: a obra-prima da Amazônia, às comemorações dos 50 anos de atividades do Conselho de Turismo da Confederação Nacional do Comércio. Enquanto presidente da Companhia Paraense de Turismo - PARATUR, e ex-presidente do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo, pude testemunhar a atualidade e importância dos debates desenvolvidos no âmbito do Conselho, com discussões sempre oportunas e abalizadas, atestando na prática o compromisso da Confederação Nacional do Comércio para que o negócio do turismo no Brasil se torne de fato uma realidade prioritária. Adenauer Góes Diretor-Presidente da PARATUR

14 13 Um dos conselheiros daquela época [1973], José Tjurs, dizia: Sem infra-estrutura não há desenvolvimento turístico; não existe desenvolvimento turístico sem hotel; se não tiver hotel não tem onde a pessoa dormir. [...] E este Conselho no qual José Tjurs esteve sentado começou a mostrar para o governo que tinham de ser estabelecidas políticas de incentivo para dotar o País de infra-estrutura. Esse jovem argentino, que chegou ao Brasil como chofer de táxi, passando depois a guia de turismo, construiu um império de hotéis com linhas de incentivo. Construiu [...] uma grande rede hoteleira que veio a profissionalizar o setor. Antonio Henrique Borges Paula Gerente de Projetos Estratégicos do Senac Nacional (novembro/1991) 1975 A União Internacional de Organismos Oficiais de Propaganda Turística (UIOOPT), criada em 1925 em La Haya, é sucedida pela Organização Mundial do Turismo (OMT), entidade com a chancela da ONU Aprovada a Lei n o 6.505, que regulamenta, pela primeira vez no Brasil, os serviços turísticos Sesc São Paulo desenvolve as primeiras excursões organizadas de Turismo Social A OMT institui o Dia Mundial do Turismo. Sesc São Paulo é nomeado membro do Bureau International du Tourisme Social (BITS). Em sua primeira viagem ao Brasil, o Papa João Paulo II visita 12 cidades. Evandro Teixeira - Agência JB

15 14 turismo nasceu na Igreja, no sentido de que das peregrinações religiosas vêm tudo O aquilo que tenha ligação direta com o que hoje nós chamamos turismo (...) A vinda do Papa foi de grande importância, apesar que podia ter sido mais ainda, mas foi de grande importância para a parte de turismo. Dom Eugênio Salles Arcebispo Emérito do Rio de Janeiro (março/1998) A invasão das Ilhas Malvinas (Falklands, para os britânicos) pela Argentina A Campanha pelas Diretas Já toma as ruas do Brasil. Tancredo é indicado pela oposição para disputar a presidência com o candidato do regime, Paulo Maluf. Faltando apenas 9h para sua posse na Presidência do Brasil, no dia 14 de março, Tancredo Neves, o primeiro civil eleito presidente após o regime militar, é levado às pressas para um hospital de Brasília. No dia 21 de abril, morre Tancredo Neves. Em seu lugar assume o vice eleito, José Sarney Ocorre o pior acidente atômico da história na Usina Nuclear de Chernobyl, na Ucrânia. Trinta e uma pessoas morrem, 135 mil são removidas de suas casas e milhares ficam com câncer. A ABIH comemora 50 anos de fundação. Criada a Associação Brasileira de Restaurantes e Empresas de Entretenimento, conhecida como Abrasel Promulgada a nova Constituição Federal do Brasil. Em seu art. 180, o turismo é reconhecido como fator de desenvolvimento social e econômico. Começa a operar, comercialmente, a Internet no Brasil.

16 15 O Conselho de Turismo da CNC é hoje um importante fórum de debates e de aprimoramento turístico. Tem permitido a discussão de temas pertinentes ao desenvolvimento sustentável do turismo e apresentado algumas propostas. Vê-se também que tem evoluído em suas práticas e pode ser considerado como um grande difusor de conhecimento, já que edita coletâneas e abre suas portas para o mundo acadêmico. Bayard Boiteux Diretor do Curso de Turismo da UniverCidade e representante do Ciret-Centre de Recherches et Etudes Touristiques, no Brasil.

17 Implantado o curso de Tecnologia em Hotelaria, marcando o ingresso do Senac São Paulo no ensino superior. Cai o muro de Berlim. As Alemanhas são reunificadas. Fernando Collor de Melo assume como primeiro presidente do Brasil eleito pelo voto direto e promove o confisco da poupança para tentar controlar a inflação. O turismo, objetivo institucional deste Conselho, é fator de desenvolvimento social e econômico, segundo o mandamento constitucional do artigo 180 da nossa Carta Magna.[...] Daí, a responsabilidade deste Conselho. Oswaldo Trigueiros Jr. Presidente do Conselho de Turismo da CNC (agosto/1991)

18 Oswaldo Trigueiros Jr. assume a presidência do Conselho de Turismo da CNC. As reformas de Gorbachev, a glasnost (transparência) e a perestroika (reestruturação) culminam com o fim da União Soviética. Chega ao fim o apartheid na África do Sul. O Papa João Paulo II retorna ao Brasil e visita nove capitais A Lei n o aprova nova denominação para EMBRATUR, atual Instituto Brasileiro de Turismo. Os presidentes da Argentina, do Brasil, do Paraguai e do Uruguai, assinam o Tratado de Assunção, que determina a criação do bloco econômico Mercosul. solenidade de transmissão [do cargo Esta de presidente do Conselho de Turismo/CNC] é um marco da história deste Conselho. Na cronologia desta Entidade encerra-se uma fase. O ciclo de sua expansão, da sua maior projeção no meio empresarial e no cenário turístico do País. José Paulo de Castro Siqueira Ex-presidente do Conselho de Turismo da CNC (agosto/1991)

19 18 Um cinqüentenário sempre é digno de comemoração. Ainda mais quando se trata do operoso e fecundo Conselho de Turismo da Confederação Nacional do Comércio. Lembro de inúmeros caminhos apontados por seus membros, nas conversas com a figura impecável de Oswaldo Trigueiros. Um deles, do meu particular agrado, refere-se ao turismo cultural, nele incluído o que se pode fazer para entender melhor nossa responsabilidade com relação à ecologia. O Rio de Janeiro é muito rico na matéria, o Brasil também. Isso, estruturado, como se busca fazer, pode atrair multidões ao nosso País, rendendo preciosas divisas. No Conselho de Turismo há enorme know-how, acumulado ao longo dos seus primeiros 50 anos. Temos certeza absoluta de que essa trilha será seguida. Arnaldo Niskier Secretário de Estado de Cultura do Rio de Janeiro e membro da Academia Brasileira de Letras (ABL).

20 Saem de operação as últimas Lockheed Electra. Por 30 anos, essas aeronaves fizeram a ponte aérea Rio-São Paulo. O Congresso Nacional destitui o presidente Collor; em seu lugar assume o vice-presidente, Itamar Franco. Estados Unidos, Canadá e México formam o Nafta. Realizada, no Rio de Janeiro, a ECO Formada oficialmente a União Européia. Uma reunião das Nações Unidas, que poderia acontecer na sede da ONU, em Nova Iorque, foi transferida para o Riocentro, no Rio de Janeiro [ECO 92]. Não é preciso dizer dos ganhos diretos e indiretos que nós teremos com essa conferência. Para os senhores terem uma idéia, [...] durante 12 dias, nós teremos aqui de dois a três mil jornalistas do mundo inteiro. Roberto D Ávila Jornalista (fevereiro/1992)

21 Lançado pelo Governo Federal o Programa Nacional de Municipalização do Turismo (PNMT). Aprovada as diretrizes para uma Política Nacional de Ecoturismo. Começa a operar no Brasil o Sistema Amadeus o principal software mundial de reservas aéreas on-line. Conselho de Turismo da CNC lança a primeira Coletânea Turística, publicação que tem como objetivo ser uma painel científico de estudos e opiniões em debate pelo trade turístico. O Amadeus é a maior multinacional do setor, possuindo a preferência de cerca de 60% dos agentes de viagens do Brasil, e tem hoje mais de equipamentos instalados em cerca de agências de viagens. [...] Entre 1998 e 1999 foram lançados cerca de 20 novos produtos, só para dar o tamanho do Amadeus aqui no Brasil, através de uma equipe de 110 funcionários para o apoio aos agentes de viagens nos nossos seis escritórios no País. Gilson Gomes Novo Presidente do Amadeus Brasil (novembro/1999)

22 21 Bem poucas instituições de nosso País podem se orgulhar de completar 50 anos. Menos instituições ainda, de chegar ao meio século com o vigor, o prestígio e a influência do Conselho de Turismo da Confederação Nacional do Comércio. Seu papel tem sido essencial para o contínuo desenvolvimento da atividade turística no Brasil atividade em que cada vez mais são decisivos a agilidade, a criatividade e o espírito empreendedor. Associando-me às justas comemorações, tenho certeza de que, fiel aos princípios que nortearam seus fundadores, o Conselho de Turismo continuará como inspirador, orientador e referência de todos os que se dedicam ao setor, contribuindo, assim, para a sua crescente importância no âmbito da economia brasileira. George Ermakoff Presidente do Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (SNEA)

23 BNDES lança o Programa Nacional de Financiamento do Turismo Fernando Henrique Cardoso assume a presidência do Brasil. Chile passa a integrar o Mercosul. Sesc e Senac completam 50 anos de atividades. Tem início o Projeto Sesc Pantanal. Realizado na parte norte do Pantanal, o projeto visa estimular o desenvolvimento sustentável, a preservação e a conservação, a educação ambiental, a pesquisa científica e o ecoturismo social. Estância Ecológica é o projeto Pantanal, é o nome interno do Projeto [Sesc] Pantanal. [...] No mundo de hoje, a consciência ambiental não é moda, nem é uma coisa passageira, ela se incorporou à preocupação mundial. Tanto que o Sesc que é um órgão de educação para a cidadania, incorporou a variável ambiental no conceito de cidadania. Leopoldo Brandão Consultor especial do Sesc (julho/1999)

24 Cientistas escoceses clonam a ovelha Dolly. O Papa João Paulo II participa no Rio de Janeiro do II Encontro Mundial das Famílias É constituída a Federação Brasileira de Convention & Visitors Bureaux. Criado o Ministério do Esporte e Turismo. Senac Minas Gerais desenvolve o Programa Educativo de Desenvolvimento do Ecoturismo na Estrada Real, ajudando assim a desenhar um dos mais importantes roteiros turísticos nacionais, formado por 177 cidades. Fernando Henrique Cardoso é reeleito no Brasil A OMT aprova o Código Mundial de Ética do Turismo. Lançado oficialmente o euro Realizado, em Caldas Novas/GO, o I Congresso Brasileiro da Atividade Turística (CBRATUR). Criado o Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo Conselho de Turismo da CNC lança a obra Turismo pelo Brasil, comemorativa dos 46 anos de fundação da entidade.

25 24 Temos mais do que motivos para comemorar esses 50 anos do Conselho de Turismo da CNC pois esse é um time formado de pessoas gabaritadas e importantes no cenário nacional do turismo. São essas pessoas que ajudam a motivar o turismo, buscando uma política íntegra e integradora que atenda e beneficie a todos. Ações ousadas são necessárias para o desenvolvimento de nichos turísticos. Para alcançar as metas traçadas, precisamos de uma política de diversificação do produto Brasil em todos os segmentos onde existam potenciais para as diversas formas de turismo. O objetivo é desenvolver o setor como uma atividade econômica sustentável, com papel relevante na geração de postos de trabalho e na inclusão social. E é muito gratificante saber que existe uma entidade como o Conselho de Turismo da CNC disposto a arregaçar as mangas e trabalhar em prol do desenvolvimento do setor. Parabéns ao presidente da CNC, Antonio Oliveira Santos, parabéns ao presidente do Conselho de Turismo, Oswaldo Trigueiros e a todos os conselheiros participantes. Norton Luiz Lenhart Presidente da Federação Nacional de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares, presidente da Câmara Empresarial de Turismo da CNC, membro da Organização Mundial do Turismo

26 é definitivamente o ano em que a indústria brasileira do turismo atinge a idade da razão. Caio Luiz de Carvalho Ex-ministro do Turismo (2001) Realizadas duas edições do Congresso Brasileiro da Atividade Turística (CBRATUR), uma em Blumenau/ SC, e outra em Brasília/DF. Sesc São Paulo passa a ser membro do Conselho Administrativo do BITS para as Américas. Na manhã do dia 11 de setembro, quatro aviões são seqüestrados nos Estados Unidos e três deles usados em atos terroristas, que causam a morte de pessoas. Houve dois 11 de setembro, um foi o ataque terrorista nos Estados Unidos e o outro, a crise cambial da Argentina, que nos atingiu da mesma maneira que o ataque terrorista afetou outras companhias do mundo. Comandante Carlos Luiz Martins Presidente da Varig (maio/2004) 2002 Cinco fóruns regionais mapearam a situação da atividade turística no Brasil e contribuíram para a elaboração do Programa Brasileiro da Atividade Turística - Emprego, Renda e Desenvolvimento, documento lançado durante o IV Congresso Brasileiro da Atividade Turística.

27 Luiz Inácio Lula da Silva é eleito Presidente da República. Criado o Ministério do Turismo. O V Congresso Brasileiro da Atividade Turística é realizado simultaneamente ao I Seminário Internacional de Turismo e Desenvolvimento, tendo como tema central O transporte aéreo como vetor de desenvolvimento do turismo cenários, experiências e políticas. A Subcomissão de Turismo da Câmara dos Deputados é transformada em Comissão Permanente de Turismo e Desporto. Lançado o Programa Nacional do Turismo (PNT) para o horizonte Firmada parceria entre o Ministério do Turismo e o Sistema CNC-Sesc-Senac envolvendo do Programa de Regionalização do Turismo Roteiros do Brasil. Um Plano não é difícil de fazer. Temos cabeças no Brasil. O difícil é você envolver um país dessa dimensão, dessa magnitude, com essas distâncias. Eu sempre achei que o Brasil era mais longo, mas agora descobri que o Brasil é mais largo. Foi uma surpresa: o Brasil de São Gabriel da Cachoeira até João Pessoa é mais largo do que o do Oiapoque ao Chuí. [...] Temos que nos articular. Temos que estar pensando, dentro de uma idéia de componente integrado, regional, pensando todo componente da cadeia produtiva. Milton Zuanazzi Secretário de Políticas de Turismo do Ministério do Turismo (novembro/2003) 2004 VI Congresso Brasileiro da Atividade Turística (CBRATUR) discute a Lei Geral do Turismo. Realizado, em Salvador/BA, o Fórum Mundial de Turismo para a Paz e o Desenvolvimento Sustentável. Criada pela CNC a Câmara Empresarial do Turismo. Aprovada a filiação do Senac à Organização Mundial de Turismo. Ondas gigantes arrasam as costas de vários países do Oceano Índico, levando a morte de mais de 280 mil pessoas, entre elas: milhares de turistas estrangeiros.

28 27 Desde a década de 1980, mantenho relações de amizade com este Conselho de Turismo. Conheci pessoas muito especiais, como Corinto de Arruda Falcão, Oswaldo Trigueiros Jr., Hélio Souza, recém-falecido, entre tantos outros. Todos, cada um em sua época, contribuindo para a dinâmica desse importante órgão de assessoramento da Confederação Nacional do Comércio. Estive neste Conselho quatro vezes: duas, na década de 1980, uma em 1994, e outra em março de 2004, sendo que esta última teve um caráter de prestação de contas aos amigos conselheiros, acerca do que alcançamos nesses 12 anos. A minha experiência com este Conselho é motivo de orgulho, por se tratar de um órgão proativo, que tanto contribui para o fortalecimento da cultura do turismo. Paulo Renato Dantas Gaudenzi Secretário da Cultura e Turismo do Estado da Bahia

29 Publicado o Decreto n o 5.406, que regulamenta o cadastro obrigatório para fins de fiscalização das sociedades empresariais, das sociedades simples e dos empresários individuais que prestam serviços turísticos remunerados, e dá outras providências. Para o turismo o futuro foi ontem, o infinito é nossa meta. José Francisco Lopes Diretor de Estudos e Pesquisas do Instituto Embratur (dezembro/2004) O Senado Federal aprova a inclusão do Setor Turismo na Comissão de Desenvolvimento Regional, passando esta a se chamar Comissão Permanente de Desenvolvimento Regional e Turismo. Realizado em São Paulo, o I Salão do Turismo Roteiros do Brasil. Para o turismo o futuro foi ontem, o infinito é a nossa meta. José Francisco de Sales Lopes Diretor de Estudos e Pesquisas do Instituto Embratur (dezembro/2004)

30 29 Nos meios empresariais e acadêmicos persiste a cultura da referência histórica do turismo pautada na Europa e nos acontecimentos que se tornaram marcos dos destinos tradicionais e da evolução da atividade turística mundial. No Brasil, acumulamos décadas de acontecimentos e ações próprias; evoluímos nas nossas legislações; implantamos órgãos e entidades representativas do setor; fizemos personalidades mercadológicas, políticas e profissionais; construímos saberes e escrevemos tanto sobre Turismo que alimentamos um número expressivo de publicações nacionais, de tal monta que apresentamos números editoriais incomuns aos destinos mais tradicionais do mundo. Toda essa bela história do Turismo brasileiro está por ser reconhecida e tem no Conselho de Turismo da CNC seu maior banco de acervos, reflexões e profissionais, personalidades do setor que fizeram e que detêm essa história em suas mãos e memórias. Tânia Omena Presidente da Associação Brasileira dos Bacharéis em Turismo Seccional Rio de Janeiro

31 30 O Turismo e a Confederação Nacional do Comércio Contando com 34 federações filiadas, sendo 27 entidades estaduais e 7 nacionais, a Confederação Nacional do Comércio (CNC) é a representante máxima do empresariado do comércio de bens e serviços do Brasil, no qual se inclui o Turismo, que é visto pela CNC como um dos caminhos mais efetivos para o desenvolvimento social e econômico do País em bases sustentáveis. Na qualidade de atividade multissetorial que envolve mais de 50 segmentos de negócios (como transportes, lazer, hotéis, restaurantes, bares, entre outros), o Turismo tem, com efeito, merecido uma especial atenção da CNC. Ao longo de sua história, a Entidade montou infra-estrutura específica para a promoção do diálogo, o estudo e o fomento da atividade turística: Conselho de Turismo órgão de assessoramento técnico da CNC, responsável pela promoção do diálogo setorial e o estudo dos problemas relativos à atividade turística nacional e ações afins. Câmara Empresarial do Turismo órgão formado por lideranças empresariais do setor, a Câmara funciona como um centro de inteligência para a definição de ações empresariais voltadas ao fomento do Turismo no País e na busca de soluções criativas para o atendimento das demandas turísticas.

A transparência como base da gestão

A transparência como base da gestão A transparência como base da gestão Um Sistema em sintonia com o Brasil. Esta é a síntese da avaliação dos usuários dos serviços da CNC, do SESC e do SENAC. Afinal, desde que foram criados, há mais de

Leia mais

ENCONTRO NACIONAL DE CAMPISMO

ENCONTRO NACIONAL DE CAMPISMO ENCONTRO NACIONAL DE CAMPISMO MTUR/DEAOT/CGQT Campinas, 20 de março de 2010 ENCONTRO NACIONAL DE CAMPISMO POLÍTICAS DE INCENTIVO AO TURISMO NORMATIZAÇÃO DE CAMPINGS COPA DO MUNDO E OLIMPÍADAS REGISTRO

Leia mais

INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE DE DESTINOS TURÍSTICOS. Novembro de 2014

INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE DE DESTINOS TURÍSTICOS. Novembro de 2014 INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE DE DESTINOS TURÍSTICOS Novembro de 2014 1 Competitividade de Destinos Emergência nos estudos sobre estratégia empresarial Indústria, empresas, países, organizações Diferentes

Leia mais

METODOLOGIA SEBRAE BAHIA PARA PÓLOS DE EMPREENDEDORISMO CULTURAL

METODOLOGIA SEBRAE BAHIA PARA PÓLOS DE EMPREENDEDORISMO CULTURAL Trabalho apresentado no III ENECULT Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura, realizado entre os dias 23 a 25 de maio de 2007, na Faculdade de Comunicação/UFBa, Salvador-Bahia-Brasil. METODOLOGIA

Leia mais

Participação da União em Projetos de Infra-estrutura Turística no Âmbito do PRODETUR SUL

Participação da União em Projetos de Infra-estrutura Turística no Âmbito do PRODETUR SUL Programa 0410 Turismo: a Indústria do Novo Milênio Objetivo Aumentar o fluxo, a taxa de permanência e o gasto de turistas no País. Público Alvo Turistas brasileiros e estrangeiros Ações Orçamentárias Indicador(es)

Leia mais

APL DE TURISMO NO LITORAL DO PIAUÍ

APL DE TURISMO NO LITORAL DO PIAUÍ APL DE TURISMO NO LITORAL DO PIAUÍ (A) Teresina; (B) Cajueiro da Praia; (C) Luis Correia; (D) Parnaíba; (E) Ilha Grande Rota das Emoções: Jericoacoara (CE) - Delta (PI) - Lençóis Maranhenses (MA) Figura

Leia mais

Carta de São Paulo 1º FEIRATUR Feira Nacional de Turismo Rural

Carta de São Paulo 1º FEIRATUR Feira Nacional de Turismo Rural Carta de São Paulo 1º FEIRATUR Feira Nacional de Turismo Rural No período compreendido entre os dias 16 e 19 do mês de setembro de 2004, realizou-se a Primeira Feira Nacional do Turismo Rural - 1º FEIRATUR,

Leia mais

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS PEQUENOS negócios no BRASIL 99% 70% 40% 25% 1% do total de empresas brasileiras da criação de empregos formais da massa salarial do PIB das exportações

Leia mais

MARKETING PARA TURISMO RODOVIÁRIO. Rosana Bignami Outubro_2015

MARKETING PARA TURISMO RODOVIÁRIO. Rosana Bignami Outubro_2015 MARKETING PARA TURISMO RODOVIÁRIO Rosana Bignami Outubro_2015 ATRATIVOS CIDADES PESSOAS TRANSPORTES SISTEMA DE TRANSPORTE VEÍCULO ATENDE LOCAIS E ATENDE A MINHA EMPRESA ESTÁ PRONTA PARA O MARKETING? OUÇA

Leia mais

PANORAMA EMPRESARIAL DO TURISMO RURAL BRASILEIRO 2010 TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES

PANORAMA EMPRESARIAL DO TURISMO RURAL BRASILEIRO 2010 TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES PANORAMA EMPRESARIAL DO TURISMO RURAL BRASILEIRO 2010 TENDÊNCIAS E OPORTUNIDADES Organizador Patrocínio Apoio PANORAMA EMPRESARIAL DO TURISMO RURAL BRASILEIRO 2010 O Turismo é uma das maiores fontes de

Leia mais

DISCURSO DE POSSE. Sinto-me extremamente honrado ao assumir a Presidência da ACISB/CDL nesta cerimônia, agradeço a Deus por este momento.

DISCURSO DE POSSE. Sinto-me extremamente honrado ao assumir a Presidência da ACISB/CDL nesta cerimônia, agradeço a Deus por este momento. DISCURSO DE POSSE Boa Noite a todos! Cumprimento o ex-diretor presidente Sebastião Calais, o Prefeito Leris Braga, o vice-prefeito Alcemir Moreira, o presidente da Câmara de Vereadores Juarez Camilo, o

Leia mais

MISSÃO TÉCNICA INTERNACIONAL SENAC TURISMO

MISSÃO TÉCNICA INTERNACIONAL SENAC TURISMO MISSÃO TÉCNICA INTERNACIONAL SENAC TURISMO ORLANDO 2013 MISSÃO TÉCNICA INTERNACIONAL SENAC TURISMO ORLANDO 2013 A busca pelas melhores práticas que conduzem uma empresa ou instituição à maximização da

Leia mais

Seminário gratuito do PROFUTURO aborda estratégias para o crescimento dos negócios

Seminário gratuito do PROFUTURO aborda estratégias para o crescimento dos negócios Seminário gratuito do PROFUTURO aborda estratégias para o crescimento dos negócios O Programa de Estudos do Futuro da FIA (Fundação Instituto de Administração) realizará no dia 24 de agosto, a partir das

Leia mais

FENEIS FEDERAÇÃO NACIONAL DE EDUCAÇÃO E INTEGRAÇÃO DOS SURDOS

FENEIS FEDERAÇÃO NACIONAL DE EDUCAÇÃO E INTEGRAÇÃO DOS SURDOS FENEIS FEDERAÇÃO NACIONAL DE EDUCAÇÃO E INTEGRAÇÃO DOS SURDOS Dia dos Surdos 2009 Apresentação No dia 26 de setembro, a Comunidade Surda Brasileira comemora o Dia Nacional do Surdo, data em que são relembradas

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Turismo, Hotelaria e Gastronomia

Universidade. Estácio de Sá. Turismo, Hotelaria e Gastronomia Universidade Estácio de Sá Turismo, Hotelaria e Gastronomia A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades

Leia mais

Descrição do Sistema de Franquia. Histórico do Setor. O Fórum Setorial de Franquia

Descrição do Sistema de Franquia. Histórico do Setor. O Fórum Setorial de Franquia Descrição do Sistema de Franquia Franquia é um sistema de distribuição de produtos, tecnologia e/ou serviços. Neste sistema uma empresa detentora de know-how de produção e/ou distribuição de certo produto

Leia mais

DECRETO Nº 46.649, DE 21 DE NOVEMBRO DE 2005. JOSÉ SERRA, Prefeito do Município de São Paulo, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei,

DECRETO Nº 46.649, DE 21 DE NOVEMBRO DE 2005. JOSÉ SERRA, Prefeito do Município de São Paulo, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei, DECRETO Nº 46.649, DE 21 DE NOVEMBRO DE 2005 Regulamenta a Lei nº 11.198, de 19 de maio de 1992, dispondo sobre o Conselho Municipal de Turismo COMTUR e o Fundo Municipal de Turismo FUTUR. JOSÉ SERRA,

Leia mais

CEPPG Coordenação de Extensão, Pesquisa e Pós Graduação 1

CEPPG Coordenação de Extensão, Pesquisa e Pós Graduação 1 1 Nome do curso: Área: O Curso: Objetivos: Diferenciais: Público Alvo: Ementa Disciplinas MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS EM TURISMO: EVENTOS, LAZER, VIAGENS E HOTELARIA. Ciências Sociais O curso foi desenvolvido

Leia mais

Rio de Janeiro Avenida General Justo, 307 CEP: 20021-130 Rio de Janeiro PABX (21) 3804-9200 E-mail: cncrj@cnc.com.br

Rio de Janeiro Avenida General Justo, 307 CEP: 20021-130 Rio de Janeiro PABX (21) 3804-9200 E-mail: cncrj@cnc.com.br Rio de Janeiro 2011 2010 Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo Qualquer parte desta publicação pode ser reproduzida, desde que citada a fonte. Confederação Nacional do Comércio

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE NITERÓI (COMCITEC)

CONSELHO MUNICIPAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE NITERÓI (COMCITEC) CONSELHO MUNICIPAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE NITERÓI (COMCITEC) COMCITEC Gestão Plenárias Conferência Eventos Legislação QUEM SOMOS? O COMCITEC é um órgão autônomo que atua em estreita articulação com

Leia mais

PROJETO: 8 - AMPLIAÇÃO DA REDE HOTELEIRA PARA COPA DO MUNDO 2014.

PROJETO: 8 - AMPLIAÇÃO DA REDE HOTELEIRA PARA COPA DO MUNDO 2014. PROJETO: 8 - AMPLIAÇÃO DA REDE HOTELEIRA PARA COPA DO MUNDO 2014. Objetivo: Acompanhar trabalhos de ampliação do número de leitos na rede hoteleira na cidade de Curitiba. Justificativa: A cidade de Curitiba

Leia mais

Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados.

Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados. O Deputado Jovair Arantes (PTB-GO) faz o seguinte pronunciamento na sessão de 06 de maio de 2008: Itumbiara Esporte Clube, Campeão Goiano de 2008. Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados. Com muito orgulho,

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 5306, DE 04 DE MAIO DE 2010. CEZAR AUGUSTO SCHIRMER, Prefeito Municipal do Município de Santa Maria, Estado do Rio Grande do Sul.

LEI MUNICIPAL Nº 5306, DE 04 DE MAIO DE 2010. CEZAR AUGUSTO SCHIRMER, Prefeito Municipal do Município de Santa Maria, Estado do Rio Grande do Sul. LEI MUNICIPAL Nº 5306, DE 04 DE MAIO DE 2010 Estabelece medidas de incentivo à inovação e à pesquisa científica e tecnológica no Município de Santa Maria e dá outras providências. CEZAR AUGUSTO SCHIRMER,

Leia mais

São Paulo, 25 de abril de 2013.

São Paulo, 25 de abril de 2013. São Paulo, 25 de abril de 2013. Discurso do diretor de Relacionamento Institucional e Cidadania, Luiz Edson Feltrim, na SME Banking Conference 2013 1 Dirijo saudação especial a Sra. Ghada Teima, IFC Manager

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 156 DE 14 DE JANEIRO DE 2010.

LEI COMPLEMENTAR Nº 156 DE 14 DE JANEIRO DE 2010. LEI COMPLEMENTAR Nº 156 DE 14 DE JANEIRO DE 2010. Dispõe sobre a transformação da Universidade Virtual do Estado de Roraima UNIVIRR, para a categoria de Fundação Pública e dá outras providências. O GOVERNADOR

Leia mais

Fomento à Inovação e Negócios em Ciências da Vida em Belo Horizonte

Fomento à Inovação e Negócios em Ciências da Vida em Belo Horizonte Fomento à Inovação e Negócios em Ciências da Vida em Belo Horizonte Atração de Investimentos, Promoção Comercial e Projeção Internacional Eduardo Bernis Secretaria Municipal de Desenvolvimento Belo Horizonte

Leia mais

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL Lei n o 9.795, de 27 de Abril de 1999. Dispõe sobre a educação ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso

Leia mais

ACS Assessoria de Comunicação Social

ACS Assessoria de Comunicação Social DISCURSO DO MINISTRO DA EDUCAÇÃO, HENRIQUE PAIM Brasília, 3 de fevereiro de 2014 Hoje é um dia muito especial para mim. É um dia marcante em uma trajetória dedicada à gestão pública ao longo de vários

Leia mais

PLANO DE GOVERNO 2015-2018 EXPEDITO JÚNIOR....o futuro pode ser melhorado por uma intervenção ativa no presente. Russel Ackoff

PLANO DE GOVERNO 2015-2018 EXPEDITO JÚNIOR....o futuro pode ser melhorado por uma intervenção ativa no presente. Russel Ackoff PLANO DE GOVERNO 2015-2018 EXPEDITO JÚNIOR...o futuro pode ser melhorado por uma intervenção ativa no presente. Russel Ackoff Julho/2014 0 APRESENTAÇÃO Se fôssemos traduzir o Plano de Governo 2015-2018

Leia mais

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL NO MARANHÃO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO: CRIAÇÃO E FUNCIONAMENTO

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL NO MARANHÃO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO: CRIAÇÃO E FUNCIONAMENTO CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL NO MARANHÃO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO: CRIAÇÃO E FUNCIONAMENTO CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL NO MARANHÃO Presidente Carmen Maria Teixeira Moreira Serra Secretário

Leia mais

O Papel do Sistema CFA/CRAs na Construção da Qualidade do Ensino de Administração

O Papel do Sistema CFA/CRAs na Construção da Qualidade do Ensino de Administração Conselho Federal de Administração Câmara de Formação Profissional O Papel do Sistema /CRAs na Construção da Qualidade do Ensino de Administração Prof. Lúcio Mariano Albuquerque Melo adm.luciomelo@gmail.com

Leia mais

I Encontro de Prefeitos e Secretários de Finanças dos Municípios do Estado da Bahia

I Encontro de Prefeitos e Secretários de Finanças dos Municípios do Estado da Bahia I Encontro de Prefeitos e Secretários de Finanças dos Municípios do Estado da Bahia A Associação Transparência Municipal ATM foi fundada em 5 de abril de 2008 DEFINIÇÃO A ASSOCIAÇÃO TRANSPARÊNCIA MUNICIPAL

Leia mais

DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA 52, 102, CEP

DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA 52, 102, CEP DADOS JURÍDICOS O Instituto SAVIESA DE INOVAÇÃO E TECNOLOGIA é uma associação, pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, com sede no município de Vitória, Estado do Espírito Santo, à Rua

Leia mais

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município Estrutura Administrativa e Principais 01. Câmara Municipal - Lei Orgânica do Município de Teresina, de 05 de abril de 1991. - Votar o Orçamento Anual e o Plano Plurianual, bem como autorizar abertura de

Leia mais

CANAVIEIRAS E SEBRAE. Parceria entre Canavieiras e Sebrae. objetiva ampliar a qualificação

CANAVIEIRAS E SEBRAE. Parceria entre Canavieiras e Sebrae. objetiva ampliar a qualificação Diário Oficial Ano: 2 Edição: 189 Páginas: 8 CANAVIEIRAS E SEBRAE Parceria entre Canavieiras e Sebrae objetiva ampliar a qualificação O secretário do Turismo e Esportes de Canavieiras, Fernando Volpi,

Leia mais

APRESENTAÇÃO... 2 1. ESTUDO DE COMPETITIVIDADE... 4 2. RESULTADOS... 6. 2.1 Total geral... 6. 2.2 Infraestrutura geral... 7. 2.3 Acesso...

APRESENTAÇÃO... 2 1. ESTUDO DE COMPETITIVIDADE... 4 2. RESULTADOS... 6. 2.1 Total geral... 6. 2.2 Infraestrutura geral... 7. 2.3 Acesso... PORTO SEGURO APRESENTAÇÃO Qualquer forma de desenvolvimento econômico requer um trabalho de planejamento consistente para atingir o objetivo proposto. O turismo é apresentado hoje como um setor capaz de

Leia mais

MERCOCIUDADES / UNIDADE TEMÁTICA DE TURISMO / ATA Nº 02/2011 REUNIÃO DA UNIDADE TEMÁTICA DE TURISMO DA REDE MERCOCIDADES

MERCOCIUDADES / UNIDADE TEMÁTICA DE TURISMO / ATA Nº 02/2011 REUNIÃO DA UNIDADE TEMÁTICA DE TURISMO DA REDE MERCOCIDADES MERCOCIUDADES / UNIDADE TEMÁTICA DE TURISMO / ATA Nº 02/2011 REUNIÃO DA UNIDADE TEMÁTICA DE TURISMO DA REDE MERCOCIDADES Celebrou-se na cidade de Porto Alegre, RS, Brasil, entre os dias 03 e 04 do mês

Leia mais

Lançamento do relatório - Mercados Inclusivos no Brasil: Desafios e Oportunidades do Ecossistema de Negócios

Lançamento do relatório - Mercados Inclusivos no Brasil: Desafios e Oportunidades do Ecossistema de Negócios Lançamento do relatório - Mercados Inclusivos no Brasil: Desafios e Oportunidades do Ecossistema de Negócios Ana Cecília de Almeida e Nathália Pereira A Iniciativa Incluir, promovida pelo PNUD Programa

Leia mais

CDL Jovem, há 25 anos gerando bons frutos

CDL Jovem, há 25 anos gerando bons frutos CDL Jovem, há 25 anos gerando bons frutos Carta do Presidente Parabéns! Agora você faz parte de um time vencedor! Mais que um grupo, o CDL Jovem é a reunião de jovens empresários preocupados com seu desenvolvimento

Leia mais

A competitividade é um fenômeno dinâmico. Um recurso estratégico pode ficar obsoleto com o passar do tempo

A competitividade é um fenômeno dinâmico. Um recurso estratégico pode ficar obsoleto com o passar do tempo A competitividade é um fenômeno dinâmico. Um recurso estratégico pode ficar obsoleto com o passar do tempo Acompanhar o desenvolvimento dos destinos (série histórica) Reunir informações que subsidiem o

Leia mais

Autora: MARIA HELENA CAVALCANTI DA SILVA

Autora: MARIA HELENA CAVALCANTI DA SILVA PERSPECTIVAS PARA OS CURSOS TÉCNICOS DO EIXO HOSPITALIDADE E LAZER: um estudo de caso aplicável ao Curso Técnico de Nível Médio em Eventos da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente de Pernambuco.

Leia mais

FÓRUM DO AUDIOVISUAL PARANAENSE Curitiba/PR 13 e 14 de junho de 2015

FÓRUM DO AUDIOVISUAL PARANAENSE Curitiba/PR 13 e 14 de junho de 2015 FÓRUM DO AUDIOVISUAL PARANAENSE Curitiba/PR 13 e 14 de junho de 2015 ÁREA: PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL Os representantes de preservação audiovisual, presentes ao Fórum do Audiovisual Paranaense, reconhecendo

Leia mais

TEXTO BASE PARA UM POLÍTICA NACIONAL NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PATRIMONIAL

TEXTO BASE PARA UM POLÍTICA NACIONAL NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PATRIMONIAL TEXTO BASE PARA UM POLÍTICA NACIONAL NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PATRIMONIAL Eixos Temáticos, Diretrizes e Ações Documento final do II Encontro Nacional de Educação Patrimonial (Ouro Preto - MG, 17 a 21 de julho

Leia mais

RESUMO DO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO

RESUMO DO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO Diário Oficial da União RESUMO DO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO ATOS PUBLICADOS DE INTERESSE DO TRABALHADOR De 29 a 03 de julho Destaques da semana Lei 11.958, de 26 de junho de 2009. Altera as Leis nos 7.853,

Leia mais

ONDE TEM TURISMO, TEM CNC SESC SENAC CNC SESC SENAC. www.cnc.org.br www.sesc.com.br www.senac.br

ONDE TEM TURISMO, TEM CNC SESC SENAC CNC SESC SENAC. www.cnc.org.br www.sesc.com.br www.senac.br ONDE TEM TURISMO, TEM CNC SESC SENAC CNC SESC SENAC www.cnc.org.br www.sesc.com.br www.senac.br ONDE TEM TURISMO, TEM CNC SESC SENAC A CNC Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.405, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2010. Institui o Programa Pró-Catador, denomina Comitê Interministerial para Inclusão Social

Leia mais

Observatório do Turismo

Observatório do Turismo USUS 2012 Observatório do Turismo Cidade de São Paulo Brasil Turismo no Mundo 9,0% Representatividade no PIB Mundial em 2011 US$ 6,3 TRILHÕES Movimentação Financeira em 2011 980 MILHÕES Viagens no Mundo,

Leia mais

A Escola. Com uma média de 1.800 alunos por mês, a ENAP oferece cursos presenciais e a distância

A Escola. Com uma média de 1.800 alunos por mês, a ENAP oferece cursos presenciais e a distância A Escola A ENAP pode contribuir bastante para enfrentar a agenda de desafios brasileiros, em que se destacam a questão da inclusão e a da consolidação da democracia. Profissionalizando servidores públicos

Leia mais

SLCVB participa de feiras internacionais

SLCVB participa de feiras internacionais SLCVB participa de feiras internacionais O superintendente do São Luís Convention & Visitors Bureau, Liviomar Macatrão, e o presidente do São Luís Convention & Visitors Bureau, Nan Souza, embarcaram nesta

Leia mais

O papel dos conselhos na afirmação do Pacto pela Saúde

O papel dos conselhos na afirmação do Pacto pela Saúde Informativo interativo eletrônico do CNS aos conselhos de Saúde Brasília, junho de 2006 Editorial O papel dos conselhos na afirmação do Pacto pela Saúde A aprovação unânime do Pacto pela Saúde na reunião

Leia mais

Um pouco da História da Educação Ambiental. Década de 60

Um pouco da História da Educação Ambiental. Década de 60 Um pouco da História da Educação Ambiental Década de 60 1962 Livro Primavera Silenciosa de Rachel Carson - alertava sobre os efeitos danosos de inúmeras ações humanas sobre o ambiente, como por exemplo

Leia mais

Fecomércio-RJ realiza festa de confraternização no hotel Sheraton

Fecomércio-RJ realiza festa de confraternização no hotel Sheraton dezembro 2007, nº 014 Fecomércio-RJ realiza festa de confraternização no hotel Sheraton DESTAQUES: Secovi Rio recebe Medalha Tiradentes da Alerj Fecomércio-RJ discute a nova metodologia dos PIBs estaduais

Leia mais

O TURISMO SOB A ÓTICA DA PLATAFORMA DE SUSTENTABILIDADE DO LITORAL NORTE

O TURISMO SOB A ÓTICA DA PLATAFORMA DE SUSTENTABILIDADE DO LITORAL NORTE Contratantes: O TURISMO SOB A ÓTICA DA PLATAFORMA DE SUSTENTABILIDADE DO LITORAL NORTE Tópicos da apresentação: Turismo Sustentável sob a Ótica da PSLN. Tópicos: I Informações gerais sobre a PSLN; II Diagnóstico

Leia mais

Carta da Indústria 2014 (PDF 389) (http://arquivos.portaldaindustria.com.br/app/conteudo_18/2013/06/06/481/cartadaindstria_2.pdf)

Carta da Indústria 2014 (PDF 389) (http://arquivos.portaldaindustria.com.br/app/conteudo_18/2013/06/06/481/cartadaindstria_2.pdf) www.cni.org.br http://www.portaldaindustria.com.br/cni/iniciativas/eventos/enai/2013/06/1,2374/memoria-enai.html Memória Enai O Encontro Nacional da Indústria ENAI é realizado anualmente pela CNI desde

Leia mais

Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte Eunápolis Bahia

Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte Eunápolis Bahia Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte Eunápolis Bahia PORTARIA Nº 14/2009 Aprova o Regulamento da I Conferência Municipal de Cultura de Eunápolis-BA e dá outras providências. A SECRETÁRIA

Leia mais

NOVOS ASSOCIADOS DO MÊS DE ABRIL

NOVOS ASSOCIADOS DO MÊS DE ABRIL Maio de 2009 NOVOS ASSOCIADOS DO MÊS DE ABRIL GRUPO FITTA CÂMBIO E TURISMO Segmento: Câmbio e Turismo Desde 1999, o Grupo Fitta oferece os mais completos produtos de câmbio no Brasil: cartões bandeira

Leia mais

Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo

Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo Brasília, 02 de janeiro de 2015. Ministra Miriam Belchior, demais autoridades, parentes e amigos aqui presentes.

Leia mais

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA LEGISLATIVA NATAL, 25.03.2008 BOLETIM OFICIAL 2423 ANO XIX TERÇA-FEIRA

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA LEGISLATIVA NATAL, 25.03.2008 BOLETIM OFICIAL 2423 ANO XIX TERÇA-FEIRA A MESA DIRETORA Deputado ROBINSON FARIA PRESIDENTE Deputada MÁRCIA MAIA 1 VICE-PRESIDENTE Deputado RICARDO MOTTA 1 SECRETÁRIO Deputado LUIZ ALMIR 3 SECRETÁRIO Deputado EZEQUIEL FERREIRA 2 VICE-PRESIDENTE

Leia mais

Profissionais formados em Cursos Superiores de Tecnologia ligados à área de Administração podem obter seu registro profissional no CRA/RJ

Profissionais formados em Cursos Superiores de Tecnologia ligados à área de Administração podem obter seu registro profissional no CRA/RJ 19/11/2009 Profissionais formados em Cursos Superiores de Tecnologia ligados à área de Administração podem obter seu registro profissional no CRA/RJ (fonte: CFA) Nos últimos anos cresceu significativamente

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 15 Discurso em almoço oferecido ao

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Página 1 de 5 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.405, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2010. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84,

Leia mais

FECOMÉRCIO FALTOU NO CLIPPING VEÍCULO: GAZETA DO OESTE DATA: 08.02.15 EDITORIA: CIDADES

FECOMÉRCIO FALTOU NO CLIPPING VEÍCULO: GAZETA DO OESTE DATA: 08.02.15 EDITORIA: CIDADES FECOMÉRCIO FALTOU NO CLIPPING VEÍCULO: GAZETA DO OESTE DATA: 08.02.15 EDITORIA: CIDADES VEÍCULO: GAZETA DO OESTE DATA: 08.02.15 EDITORIA: LISTZ MADRUGA VEÍCULO: GAZETA DO OESTE DATA: 08.02.15 EDITORIA:

Leia mais

DECLARAÇÃO EMPRESARIAL DE LUANDA

DECLARAÇÃO EMPRESARIAL DE LUANDA DECLARAÇÃO EMPRESARIAL DE LUANDA Por iniciativa da Confederação Empresarial da CPLP e das associações empresariais dos PALOP, realizou-se em Luanda, República de Angola, a 17 de Julho de 2014, o Fórum

Leia mais

A ABRESI fomenta o desenvolvimento econômico do setor. A CNTur é a representante oficial do setor do Turismo no Brasil QUEM SOMOS

A ABRESI fomenta o desenvolvimento econômico do setor. A CNTur é a representante oficial do setor do Turismo no Brasil QUEM SOMOS A CNTur é a representante oficial do setor do Turismo no Brasil A Confederação Nacional do Turismo é entidade sindical patronal, de grau máximo, que congrega em todo território nacional 7 federações e

Leia mais

Metas e Linhas de Ação do CRESESB

Metas e Linhas de Ação do CRESESB Metas e Linhas de Ação do CRESESB Missão do CRESESB Promover o desenvolvimento das energias solar e eólica através da difusão de conhecimentos, da ampliação do diálogo entre as entidades envolvidas e do

Leia mais

Prefeito Empreendedor. Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios

Prefeito Empreendedor. Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios Prefeito Empreendedor Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios Março/2012 Expediente Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior MDIC Fernando

Leia mais

RELATÓRIO DE CONCLUSÃO PLANO DE TRABALHO ACORDO DE COOPERAÇÃO FEDERATIVA MINISTÉRIO DA CULTURA E PREFEITURA DE PALMAS FUNDAÇÃO CULTURAL DE PALMAS

RELATÓRIO DE CONCLUSÃO PLANO DE TRABALHO ACORDO DE COOPERAÇÃO FEDERATIVA MINISTÉRIO DA CULTURA E PREFEITURA DE PALMAS FUNDAÇÃO CULTURAL DE PALMAS RELATÓRIO DE CONCLUSÃO PLANO DE TRABALHO ACORDO DE COOPERAÇÃO FEDERATIVA MINISTÉRIO DA CULTURA E PREFEITURA DE PALMAS FUNDAÇÃO CULTURAL DE PALMAS Palmas/TO, setembro 2013 Relatório de conclusão: Plano

Leia mais

www.idestur.org.br - info@idestur.org.br

www.idestur.org.br - info@idestur.org.br ROTEIROS PAULISTAS DE TURISMO EQUESTRE O Turismo Eqüestre que tem nos eqüídeos o principal atrativo ou, pelo menos, uma das principais motivações, já é reconhecido em diferentes países como um importante

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2013

Anuário Estatístico de Turismo - 2013 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2013 Volume 40 Ano base 2012 Guia de leitura Guia de leitura O Guia de Leitura tem o propósito de orientar

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Diretoria de Comunicação Social (Dirco) Políticas Públicas de Comunicação

Universidade Federal de Uberlândia Diretoria de Comunicação Social (Dirco) Políticas Públicas de Comunicação Universidade Federal de Uberlândia Diretoria de Comunicação Social Políticas Públicas de Comunicação...a presença ativa duma universidade, revigorada ao contato de seu núcleo mais vivo e ciosa do seu espaço

Leia mais

MARCO REGULATÓRIO DA ENGENHARIA AMBIENTAL E ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA NO BRASIL

MARCO REGULATÓRIO DA ENGENHARIA AMBIENTAL E ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA NO BRASIL MARCO REGULATÓRIO DA ENGENHARIA AMBIENTAL E ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA NO BRASIL 2015 ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS ENGENHEIROS AMBIENTAIS - ANEAM Marco Regulatório da Engenharia Ambiental e Engenharia

Leia mais

Promover maior integração

Promover maior integração Novos horizontes Reestruturação do Modelo de Gestão do SESI leva em conta metas traçadas pelo Mapa Estratégico Promover maior integração entre os departamentos regionais, as unidades de atuação e os produtos

Leia mais

MOVIMENTO LONDRINA CRIATIVA

MOVIMENTO LONDRINA CRIATIVA MOVIMENTO LONDRINA CRIATIVA Mostra Local de: Londrina Categoria do projeto: I Projetos em Implantação (projetos que estão em fase inicial) Nome da Instituição/Empresa: "Profissional Autonoma Abril 2009

Leia mais

EIXO I GESTÃO CULTURAL DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA

EIXO I GESTÃO CULTURAL DEMOCRÁTICA E PARTICIPATIVA PLANO MUNICIPAL DE CULTURA DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ Comissão de Elaboração do Plano Municipal de Cultura: Anderson Beluzzo, Celso Peixoto, Dagma Castro, Elias Alcides Luciano, Guilhermina Stuker, João Alexandre

Leia mais

DESAFIOS PARA O CRESCIMENTO

DESAFIOS PARA O CRESCIMENTO educação para o trabalho Equipe Linha Direta DESAFIOS PARA O CRESCIMENTO Evento realizado na CNI apresentou as demandas da indústria brasileira aos principais candidatos à Presidência da República Historicamente

Leia mais

Gestão 2013-2017. Plano de Trabalho. Colaboração, Renovação e Integração. Eduardo Simões de Albuquerque Diretor

Gestão 2013-2017. Plano de Trabalho. Colaboração, Renovação e Integração. Eduardo Simões de Albuquerque Diretor Gestão 2013-2017 Plano de Trabalho Colaboração, Renovação e Integração Eduardo Simões de Albuquerque Diretor Goiânia, maio de 2013 Introdução Este documento tem por finalidade apresentar o Plano de Trabalho

Leia mais

28 de setembro de 2005 Clube Concórdia Rolândia/PR

28 de setembro de 2005 Clube Concórdia Rolândia/PR Planejamento Estratégico Terra Roxa Investimentos Agência de Desenvolvimento do Norte do Paraná 28 de setembro de 2005 Clube Concórdia Rolândia/PR Participantes Nome Entidade Principal Atividade Expectativa

Leia mais

PANORAMA DO MERCADO Asiático

PANORAMA DO MERCADO Asiático Boletim PANORAMA DO MERCADO Asiático Edição nº 1 Julho/2015 Coordenação Geral de Mercados Americanos/Asiático - CGMA Diretoria de Mercados Internacionais - DMINT Apresentação A série Boletim Panorama dos

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO PROGRAMAÇÃO DO EVENTO Dia 08/08 // 09h00 12h00 PLENÁRIA Nova economia: includente, verde e responsável Nesta plenária faremos uma ampla abordagem dos temas que serão discutidos ao longo de toda a conferência.

Leia mais

Agenda Nacional de Apoio à Gestão Municipal

Agenda Nacional de Apoio à Gestão Municipal SECRETARIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS SUBCHEFIA DE ASSUNTOS FEDERATIVOS Agenda Nacional de Apoio à Gestão Municipal Mapa de obras contratadas pela CEF, em andamento com recursos do Governo Federal 5.048

Leia mais

REGISTRO PROFISSIONAL

REGISTRO PROFISSIONAL REGISTRO PROFISSIONAL 19/11/2009 Profissionais formados em Cursos Superiores de Tecnologia ligados à área de Administração podem obter seu registro profissional no CRA/RJ (fonte: CFA) Nos últimos anos

Leia mais

DOCUMENTO 03 ENSINO SUPERIOR NO BRASIL

DOCUMENTO 03 ENSINO SUPERIOR NO BRASIL DOCUMENTO 03 ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Com o advento da nova Constituição em 1988 e a promulgação e da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional em fins de 1996, novas perspectivas foram colocadas

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 Even e Junior Achievement de Minas Gerais UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO Resultados Conquistados... 3 Resultados do Projeto... 4 Programa Finanças Pessoais... 5 Conceitos

Leia mais

SECRETARIA NACIONAL DE PROGRAMAS DE DESENVOLVIMENTO DO TURISMO. Departamento de Financiamento e Promoção de Investimentos no Turismo

SECRETARIA NACIONAL DE PROGRAMAS DE DESENVOLVIMENTO DO TURISMO. Departamento de Financiamento e Promoção de Investimentos no Turismo SECRETARIA NACIONAL DE PROGRAMAS DE DESENVOLVIMENTO DO TURISMO Departamento de Financiamento e Promoção de Investimentos no Turismo Desenvolvimento do Turismo Promoção de Investimentos ESTRUTURA ORGANIZACIONAL

Leia mais

PROJETO: REDUÇÃO DA INFORMALIDADE POR MEIO DO DIÁLOGO SOCIAL RELATÓRIO CIRCUNSTANCIADO:

PROJETO: REDUÇÃO DA INFORMALIDADE POR MEIO DO DIÁLOGO SOCIAL RELATÓRIO CIRCUNSTANCIADO: PROJETO: REDUÇÃO DA INFORMALIDADE POR MEIO DO DIÁLOGO SOCIAL CONVÊNIO FOMIN/BID ATN/ME 11684-BR RELATÓRIO CIRCUNSTANCIADO: VISITAS DE SENSIBILIZAÇÃO AOS ATORES SOCIAIS DO POLOTO DE BARES E RESTAURANTES

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE A COPA FIFA 2014

INFORMAÇÕES SOBRE A COPA FIFA 2014 INFORMAÇÕES SOBRE A COPA FIFA 2014 Por Milton Karam 06.outubro.2010 COPA FIFA 2014 CRONOLOGIA 2003 03 de junho - a Confederação Sul-Americana de Futebol CONMEBOL anuncia Argentina, Brasil e Colômbia 2006

Leia mais

mudanças qualitativas radicais na vida econômica, social e política das nações.

mudanças qualitativas radicais na vida econômica, social e política das nações. PRONUNCIAMENTO DO MINISTRO EDUARDO CAMPOS NA SOLENIDADE DE INSTALAÇÃO DA III ASSEMBLÉIA GERAL DA ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DE PARLAMENTARES PARA A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (IPAIT), NA CÂMARA DOS DEPUTADOS,

Leia mais

Plano de Negócio EON. Escola Digital

Plano de Negócio EON. Escola Digital Plano de Negócio EON Escola Digital Resumo Executivo A EON é uma startup de educação que tem como principal objetivo capacitar profissionais do mundo digital, levando conhecimento específico, relevante

Leia mais

CONSELHEIROS EFETIVOS (2016-218)

CONSELHEIROS EFETIVOS (2016-218) Chapa: TRABALHANDO SEMPRE CONSELHEIROS EFETIVOS (2016-218) ANA CLÁUDIA ARRUDA LAPROVÍTERA SEBRAE É doutora em Desenvolvimento Urbano MDU/UFPE e mestre em Economia pela Universidade Federal de Minas Gerais-

Leia mais

ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE GARÇA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO RA: 31.951

ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE GARÇA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO RA: 31.951 ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE GARÇA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO RA: 31.951 A ATIVIDADE TURÍSTICA E O SEGMENTO DE EVENTOS. PERSPECTIVAS DE CRESCIMENTO GRAÇAS À COPA

Leia mais

Financiamento em Turismo de Desenvolvimento

Financiamento em Turismo de Desenvolvimento Financiamento em Turismo de Desenvolvimento Serviço Social do Comércio Instituição privada, criada em 1946 por empresários do comércio, para atender às necesidades sociais urgentes dos seus trabalhadores.

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM TURISMO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM TURISMO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS História da Cultura CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM TURISMO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO Repassar ao alunado a compreensão do fenômeno da cultura e sua relevância para

Leia mais

Ações com profissionais de turismo (Blogueiros e Agentes de Viagem) Fam Tours Press Trips Notícias

Ações com profissionais de turismo (Blogueiros e Agentes de Viagem) Fam Tours Press Trips Notícias Embarque na Viagem Seu portal de Turismo, Lazer, Entretenimento e Gastronomia. Media Kit Redes Sociais Palestras Viagens de inspeção Publicidade Difenciada Ações com profissionais de turismo (Blogueiros

Leia mais

ORGANIZAÇÕES DO 3º SETOR

ORGANIZAÇÕES DO 3º SETOR CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES ASSOCIADAS DE ENSINO São João da Boa Vista Mestrado Acadêmico em Desenvolvimento Sustentável ORGANIZAÇÕES DO 3º SETOR ORGANIZAÇÕES SOCIAIS (O.S.) Titulação de ORGANIZAÇÃO

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

Reunião na Federação das Unimeds do Rio apresenta ações para o ramo

Reunião na Federação das Unimeds do Rio apresenta ações para o ramo Reunião na Federação das Unimeds do Rio apresenta ações para o ramo 27 de FEVEREIRO A Federação das Unimeds do Estado do Rio de Janeiro promoveu, em sua sede, reunião do Conselho Federativo. O presidente

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária Área de Comunicação Tecnologia em Produção Publicitária Curta Duração Tecnologia em Produção Publicitária CARREIRA EM PRODUÇÃO PUBLICITÁRIA Nos últimos anos, a globalização da economia e a estabilização

Leia mais

200 4 Anuário Estatístico

200 4 Anuário Estatístico 2004 Anuário Estatístico REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA Presidente MINISTÉRIO DO TURISMO WALFRIDO SILVINO DOS MARES GUIA Ministro INSTITUTO BRASILEIRO DE TURISMO EMBRATUR EDUARDO

Leia mais

Escola de Políticas Públicas

Escola de Políticas Públicas Escola de Políticas Públicas Política pública na prática A construção de políticas públicas tem desafios em todas as suas etapas. Para resolver essas situações do dia a dia, é necessário ter conhecimentos

Leia mais