FEDERAÇÃO NACIONAL DE KARATE PORTUGAL

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FEDERAÇÃO NACIONAL DE KARATE PORTUGAL"

Transcrição

1 Assunto: Fase II de Procedimentos Online Exmos. Srs. A TODAS AS ASSOCIAÇÕES A introdução em Setembro de 2011 da FASE I do novo método de registo de inscrições/renovações de atletas, treinadores e inscrições nas provas, através da plataforma Online, teve como objectivo agilizar e desburocratizar o funcionamento da FNK-P. Terminada essa fase, e tendo alcançado os objectivos a que nos propusemos, cabe-nos referir que tal foi apenas possível pela compreensão e ajuda demonstrada por todas as Associações e Clubes. Enaltecemos publicamente tal facto e agradecemos. Dando continuidade, lançamos agora a Fase II da plataforma online, que actualiza o modo de funcionamento tendo em conta o novo regulamento de Taxas. Mais uma vez a FNK-P, as Associações e os Clubes têm que estar em sintonia, tendo em vista a eficácia do processo, bem como o bom funcionamento administrativo e de tesouraria. Face a esta nova realidade a FNK-P vem por esta forma orientar as Associações e Clubes relativamente aos novos processos e requisitos obrigatórios, salientando-se as inovações de Recibos Online e Certificados Online. As páginas seguintes contêm informação detalhada, sendo recomendada leitura atenta. Resta ainda transmitir, que falta a Fase III relativa à inscrição de atletas em prova bem como em acções de formação - será em breve divulgada. Estes procedimentos são considerados obrigatórios por parte do IPDJ, Auditorias e Sistema Nacional de Contabilidade, já que só assim será possível registar de forma inequívoca o correcto e fidedigno movimento contabilístico de identificação da proveniência de recebimentos da FNK-P. É portanto uma obrigação legal. Apelamos à compreensão de todos para esta nova etapa e para o seu cumprimento integral. Estaremos ao dispor para esclarecer qualquer dúvida através de dirigido à FNK-P. Os nossos cumprimentos e votos de um excelente época desportiva, Lisboa, 16 de Setembro de 2012 O Tesoureiro da FNK-P Carlos Silva

2 PROCESSO DE REGISTOS DE INSCRIÇÕES ONLINE Com a remodelada Plataforma, relembramos os renovados processos de REGISTOS DE INSCRIÇÕES ONLINE, bem como o novo processo de EMISSÃO DE RECIBOS DIRECTOS, nos requisitos obrigatórios de PAGAMENTOS e o procedimento de pedido de CERTIFICADOS ONLINE e sua impressão. Assim, os procedimentos a seguir serão os seguintes: 1 - REGISTO DE INSCRIÇÕES ONLINE Procedimento 1.1 INSCRIÇÃO DA ASSOCIAÇÃO E CERTIFICADO (Taxa Associativa) As Associações em Setembro terão que efectuar o pagamento da Taxa Associativa E enviar para a FNK-P o comprovativo, pedindo o acesso à plataforma. Após a validação de pagamento pela FNK-P, devem aceder à plataforma, com os códigos anteriormente emitidos e obrigatoriamente têm que: No menu Associações devem efectuar o preenchimento da ficha Associativa; (sem a qual não é emitido o Certificado de Sócio Ordinário ) Efectuar no menu Pagamentos à FNK-P um registo de transacção e mencionar num único registo e como finalidade o pagamento da Taxa Associativa; Notas importantes : Imprimir o recibo no menu Pagamentos à FNK-P / Recibo de transacção ; Só será emitido o Certificado de Sócio Ordinário se a ficha de Associação for correctamente preenchida e após a validação do pagamento; Será disponibilizado à Associação um Certificado de Sócio Ordinário no menu Associações / Certificados que terão que imprimir.

3 Será após esta etapa disponibilizada a sua identificação mais completa e de acordo com a ficha Associativa, no site da FNK-P; O registo da transacção da Taxa Associativa tem de ser único já que corresponderá ao recibo de Taxa Associativa; O acesso à base de dados para inscrições por parte da Associação ou dos seus clubes só será possível após a validação do pagamento da Taxa Associativa; O Recibo pode ser alterado se forem ao menu Pagamentos à FNK-P / Editar Transacção e escolher o número do recibo em causa. No entanto, só poderão fazê-lo até à validação do Tesoureiro. Procedimento INSCRIÇÃO DE CLUBE E CERTIFICADO (Certificação de Clube) As associações e ou clubes, após o procedimento 1.1 têm que aceder à plataforma da FNK-P e: ASSOCIAÇÃO QUE GERE OS SEUS CLUBES Entrar com a password do clube e no menu Clubes efectuar o preenchimento da ficha desse ou desses clubes; Efectuar um registo de transacção e mencionar nela o pagamento de Certificação de clubes; (não está vedado o acesso a inscrição de atletas ou outras inscrições ao mesmo tempo, assim, esta transacção pode conter pagamento de certificações, inscrições e revalidações ou outras referências) Imprimir o recibo correspondente; Efectuar o pagamento no montante único do recibo; CLUBES QUE FAZEM A SUA GESTÃO Entrar com a password do clube e no menu Clubes efectuar o preenchimento da ficha desse clube; Efectuar um registo de transacção e mencionar nela o pagamento de Certificação de clubes,

4 (não está vedado o acesso a inscrição de atletas ou outras inscrições ao mesmo tempo, assim, esta transacção pode conter pagamento de certificações, inscrições e revalidações ou outras referências); Imprimir o recibo correspondente; Efectuar o pagamento no montante único do recibo; Notas importantes Só será emitido um Certificado de clube se a ficha de clube for correctamente preenchida e após a validação do pagamento; Será disponibilizado ao Clube a Certificação de Clube no menu Clubes / Certificados que terão que imprimir, bem como disponibilizado a sua identificação no site da FNK-P na área de Onde posso treinar Karaté? (o acesso a inscrições e outras referências online poderá ser feito em simultâneo com o pedido de certificação de clube, no entanto, só será validada e emitido o Certificado após boa cobrança do Registo de transacção em causa); O pagamento deverá ser único e correspondente ao que mencionar no registo de transacção efectuado, que será o transcrito para o recibo imitido na hora; No cumprimento do regulamento em vigor, não poderão inscrever atletas em prova se não efectuarem a certificação do Clube correspondente; O Recibo pode ser alterado se forem ao menu Pagamentos à FNK-P / Editar transacção e escolher o número do recibo em causa. No entanto, só poderão fazê-lo até à validação do Tesoureiro.

5 Procedimento OUTRAS INSCRIÇÕES ( Inscrições e revalidações de atletas, treinadores e Homologações) INSCRIÇÕES DE ATLETAS E TREINADORES No caso de inscrições de atletas e treinadores na FNK-P, estas devem reportarse ao actualizado regulamento de Taxas e o preenchimento da base de dados é igual ao ano anterior; Executar um registo de transacção, mencionando nele as inscrições efectuadas por item e o modo de pagamento. Devem imprimir o recibo que será validado após boa cobrança; Efectuar o pagamento no montante único do recibo; HOMOLOGAÇÕES Preencher online um Registo de transacção e referir, o(s) nome(s) da(s) homologações efectuadas em observações; Imprimir o recibo correspondente; Enviar o pedido de Homologação com o impresso actual, o diploma de graduação, a cópia do recibo correspondente e o comprovativo de pagamento, (ao mesmo tempo podem executar outras inscrições, assim, esta transacção pode conter pagamento de certificações, inscrições e revalidações ou outras referências); Efectuar o pagamento no montante único do recibo; Notas Importantes Nestes dois casos (1.3.1 e 1.3.2) o recibo pode conter várias referências, tais como inscrição de atletas, ou outras inscrições, bem como pagamento de certificações.

6 2 RECIBOS Os recibos são impressos directamente da plataforma, tendo para tal de aceder ao menu PAGAMENTOS À FNK-P / efectuar registo de transacção. Neste menu escolher Efectuar Registo de transacção, preencher correctamente o valor e as finalidades que estão disponíveis, e no final carregar Aceitar dados. Para imprimir voltar ao menu Pagamentos à FNK-P e seleccionar Recibo de Transacção, escolher de seguida o número ou números de recibo a imprimir e carregar no botão imprimir; O pagamento deve ser obrigatoriamente no valor de cada recibo. Ou seja, se tiver criado 10 recibos de transacção, deve fazer 10 transferências diferentes; Notas importantes Caso queiram um recibo em nome de uma pessoa ou várias deverão executar uma transacção só com um único motivo ( ex. Treinadores colocar o nome do treinador ou treinadores primeiro e último nome em observações) e pagar só nesse montante; A validação do recibo pela tesouraria só será feita após boa cobrança; O Recibo pode ser alterado se forem ao menu Pagamentos à FNK-P / Editar transacção e escolher o número do recibo em causa. No entanto, só poderão fazê-lo até à validação do Tesoureiro.

7 3 PAGAMENTOS O recibo correctamente preenchido e identificado a que se refere o seu montante e a sua finalidade, deve ser impresso e pago em dinheiro, cheque ou transferência bancária. Obrigatoriamente e sempre no valor do montante do recibo; Para o caso de ser pago em dinheiro ou cheque, deve chegar a Federação acompanhado com a cópia do recibo correspondente; Para o caso de ser pago por transferência bancária devem na transferência mencionar o número do recibo e enviar o comprovativo à FNK-P por ; Os pagamentos não podem dizer respeito a mais do que um recibo/registo de transacção. Notas importantes O recibo só será considerado válido, após confirmação de boa cobrança pela tesouraria da FNK-P.

8 Para que as inscrições e recibos sejam correctamente efectuados, bem como a emissão do recibo e o seu pagamento, devem as Associações e Clubes relembrar os passos necessários a qualquer inscrição: 1 EFECTUAR LOGIN NA PLATAFORMA FNK-P (por Associação ou Clube) 2 MENU ASSOCIAÇÕES PREENCHER FICHA DE ASSOCIAÇÃO 3 MENU CLUBES EFECTUAR FICHA DE CLUBE 4 MENU FEDERADOS EFECTUAR REGISTO DE ATLETAS E TREINADORES (por Associação ou Clube) 5 EFECTUAR REGISTO DE TRANSAÇÃO / RECIBO (menu PAGAMENTOS À FNK-P, preencher correctamente com o valor e finalidades definidas o registo da transacção, dos passos 3, 4 e 5 e HOMOLOGAÇÔES devidamente identificadas) 6 IMPRIMIR RECIBO (Menu PAGAMENTOS À FNK-P, efectuar Registo de transacção, voltar ao menu PAGAMENTOS À FNK-P / Recibo de Transacção imprimir o recibo que deseja, sendo que só é valido após boa cobrança) 7 EFECTUAR PAGAMENTO NO VALOR DO RECIBO (Dinheiro, Transferência, Cheque) Após boa cobrança serão validadas as inscrições e homologações, no caso de certificados serão disponibilizados no espaço da Associação a certidão de sócio ordinário e nos Clubes a certificação de clube.

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PLATAFORMA DE INSCRIÇÕES ONLINE

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PLATAFORMA DE INSCRIÇÕES ONLINE A época de 2012/2013 terá um novo recurso para a Filiação e Inscrições em Provas para os Clubes, Equipas e Agentes Desportivos, tendo sido criada para o efeito uma nova Plataforma de Inscrições Online.

Leia mais

Manual de Utilizador Plataforma de Estágios TIC. www.estagiostic.gov.pt

Manual de Utilizador Plataforma de Estágios TIC. www.estagiostic.gov.pt Manual de Utilizador Plataforma de Estágios TIC www.estagiostic.gov.pt 1 Índice 1 Introdução 3 1.1 Programa de Estágios TIC 3 1.2 Objectivo da plataforma 3 1.3 Perfis 4 1.3.1 Escola 4 1.3.2 Empresa 4 1.3.3

Leia mais

Aplicação de RMAs - Instruções

Aplicação de RMAs - Instruções Aplicação de RMAs - Instruções 1 - Registo do Utilizador na Plataforma Existem duas possibilidades de um utilizador se registar na plataforma de RMAs. Utilizador com acesso ao site Utilizador sem acesso

Leia mais

Certidão Permanente. Manual de Procedimentos

Certidão Permanente. Manual de Procedimentos Certidão Permanente Manual de Procedimentos Procedimentos da Certidão Permanente On-line Sim 2. Elaborar Pedido de Subscrição 1. Autenticar apresentante / Login 1.1. Subscrição da Certidão? 4. Efectuar

Leia mais

COMUNICADO OFICIAL N.º 1 ÉPOCA 2015/2016 Associação de Andebol do Algarve

COMUNICADO OFICIAL N.º 1 ÉPOCA 2015/2016 Associação de Andebol do Algarve Distribuição: FAP e Clubes Filiados 1. Direcção 1.1 A época desportiva 2014/2015 termina no dia 31/07/2015. A época desportiva 2015/2016 inicia-se no dia 01/08/2015. 1.2 Informamos que o horário de funcionamento

Leia mais

Este documento tem como objetivo esclarecer algumas questões colocadas pelos Notários

Este documento tem como objetivo esclarecer algumas questões colocadas pelos Notários Este documento tem como objetivo esclarecer algumas questões colocadas pelos Notários Geral G1. Gostaria de assinar o protocolo com a MULTICERT. O que devo fazer? Lista de Perguntas Com o certificado da

Leia mais

Índice. Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação?

Índice. Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação? Índice Como aceder ao serviço de Certificação PME? Como efectuar uma operação de renovação da certificação? Como efectuar uma operação de confirmação de estimativas? Como aceder ao Serviço de Certificação

Leia mais

Licenciatura em Informática. - Análise e Conceção de Sistemas de Informação. Gestão de Condómino. Documento de Análise.

Licenciatura em Informática. - Análise e Conceção de Sistemas de Informação. Gestão de Condómino. Documento de Análise. Licenciatura em Informática - Gestão de Condómino Documento de Análise Realizado por: José Marcos, Nº 100118005 Pedro Santo, Nº 130118025 Marius Seres, Nº 130118012 Santarém, 20 de Janeiro 2015 Índice

Leia mais

Bem-vindo ao nosso mundo virtual! Guia do Portal de Ensino à Distância da Get Training 1

Bem-vindo ao nosso mundo virtual! Guia do Portal de Ensino à Distância da Get Training 1 Após uma experiência formativa de mais de 20 anos em formação presencial, e tendo sempre como princípios a inovação e a satisfação do cliente, é com grande satisfação que a Get Training implementa este

Leia mais

PAINEL DE ADMINISTRADOR

PAINEL DE ADMINISTRADOR PAINEL DE ADMINISTRADOR IMPORTANTE: O Painel de administrador APENAS deverá ser utilizado pelo responsável do sistema. são: Nesta aplicação, poderá configurar todo o sistema de facturação. As opções do

Leia mais

MANUAL DE REGISTO E ADESÃO AOS SERVIÇOS DO BALCÃO DIGITAL. Serviços Intermunicipalizados de Água e Saneamento de Oeiras e Amadora

MANUAL DE REGISTO E ADESÃO AOS SERVIÇOS DO BALCÃO DIGITAL. Serviços Intermunicipalizados de Água e Saneamento de Oeiras e Amadora MANUAL DE REGISTO E ADESÃO AOS SERVIÇOS DO BALCÃO DIGITAL Índice I Requisitos que devem ser cumpridos para a correta utilização das funcionalidades do Balcão Digital... 2 II Procedimentos inerentes à correta

Leia mais

CITV. Manual do Utilizador. Realização de Candidaturas de Centros de Inspecção

CITV. Manual do Utilizador. Realização de Candidaturas de Centros de Inspecção CITV Manual do Utilizador Realização de Candidaturas de Centros de Inspecção Índice 1 Introdução...3 2 Entrada/Validação...4 2.1 Descrição...4 3 Candidatura Preenchimento de Formulário...10 3.1 Descrição...10

Leia mais

Manual do Utilizador GESTFOR Gestão da Formação

Manual do Utilizador GESTFOR Gestão da Formação Manual do Utilizador GESTFOR Gestão da Formação 1. INTRODUÇÃO...1 2. MÓDULO DE GESTÃO...2 2.1. ENTIDADES...3 2.1.1. TERCEIROS...4 2.1.1.1. CONSULTAR OS TERCEIROS...4 2.1.1.2. CRIAR UM TERCEIRO...5 2.1.1.3.

Leia mais

SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL

SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL Manual de Utilização - Gestão de Utilizador Direcção dos Serviços de Economia do Governo da RAEM SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL

Leia mais

Relatório SHST - 2003

Relatório SHST - 2003 Relatório da Actividade dos Serviços de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho Relatório SHST - 2003 Programa de Recolha da Informação Manual de Operação Versão 1.0 DEEP Departamento de Estudos, Estatística

Leia mais

1 MANUAL DO CANDIDATO 2016-17

1 MANUAL DO CANDIDATO 2016-17 1 MANUAL DO CANDIDATO 2016-17 (Aconselha-se que utilize preferencialmente os browsers Firefox 3+, Safari ou Chrome ) 1.1 Acesso à plataforma Para iniciar o processo de candidatura o candidato deverá aceder

Leia mais

Manual de candidaturas online

Manual de candidaturas online Instituto Superior de Agronomia Manual de candidaturas online 20-06-2014 (Versão 1.0) O objetivo deste manual é auxiliar o candidato na apresentação da sua candidatura. Índice Introdução 1. Registo do

Leia mais

HOTELARIA SOLUÇÃO PARA O CONTROLO DA LEGISLAÇÃO. Destinatários. Benefícios

HOTELARIA SOLUÇÃO PARA O CONTROLO DA LEGISLAÇÃO. Destinatários. Benefícios HOTELARIA Destinatários Todas as empresas de Hotelaria e Turismo Empresas certificadas ( ISO 9001 ) Todas as empresas que actuam na fileira do Turismo (Restauração e Bebidas, Habitação Periódica, Animação

Leia mais

EFECTUAR FILIAÇÃO DE AGENTES DESPORTIVOS (pela 1º vez)

EFECTUAR FILIAÇÃO DE AGENTES DESPORTIVOS (pela 1º vez) 1 EFECTUAR FILIAÇÃO DE AGENTES DESPORTIVOS (pela 1º vez) Para aceder á aplicação de filiação de agentes desportivos digitar no browser www.fpnsystem.com introduzir Nome Utilizador e Password que lhe foram

Leia mais

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET MANUAL DO UTILIZADOR WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET 1. 2. PÁGINA INICIAL... 3 CARACTERÍSTICAS... 3 2.1. 2.2. APRESENTAÇÃO E ESPECIFICAÇÕES... 3 TUTORIAIS... 4 3. DOWNLOADS... 5 3.1. 3.2. ENCOMENDAS (NOVOS

Leia mais

TEOLOGIA E ESPIRITUALIDADE DA FAMÍLIA

TEOLOGIA E ESPIRITUALIDADE DA FAMÍLIA www.ft.lisboa.ucp.pt Universidade Católica Portuguesa savlita TEOLOGIA E ESPIRITUALIDADE DA FAMÍLIA SITUAÇÕES ESPECIAIS 1ª EDIÇÃO DOCUMENTO IDENTIDADE DO CURSO REGULAMENTO INFORMAÇÕES Gabinete de Apoio

Leia mais

CONTRATO a TERMO RESOLUTIVO Manual do Candidato

CONTRATO a TERMO RESOLUTIVO Manual do Candidato CONTRATO a TERMO RESOLUTIVO Manual do Lisboa, Setembro de 2007 Índice I Introdução... 3 II Inscrição Obrigatória. 4 III - Aplicação Contratação de Escola.......... 5 1. Acesso à aplicação Contratação de

Leia mais

Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Coimbra

Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Coimbra Artigo 1.º Âmbito O presente Regulamento fixa as normas gerais relativas a matrículas e inscrições nos cursos do Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Coimbra. Artigo 2.º Definições De

Leia mais

Abertura do Ano. Este documento pretende auxiliar na Abertura do Ano nos diversos Módulos do software Primavera.

Abertura do Ano. Este documento pretende auxiliar na Abertura do Ano nos diversos Módulos do software Primavera. Abertura do Ano Este documento pretende auxiliar na Abertura do Ano nos diversos Módulos do software Primavera. Esta configuração aplica-se na Criação de Séries, Abertura do Ano em Recursos Humanos, Criação

Leia mais

FUNCIONALIDADE MANUTENÇÃO DA CERTIFICAÇÃO Plataforma eletrónica da certificação

FUNCIONALIDADE MANUTENÇÃO DA CERTIFICAÇÃO Plataforma eletrónica da certificação FUNCIONALIDADE MANUTENÇÃO DA CERTIFICAÇÃO Plataforma eletrónica da certificação DSQA / Agosto 2015 Este documento tem como objetivo apoiar as entidades formadoras registadas na plataforma eletrónica da

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. EcclesiaSoft 2012. v.01

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. EcclesiaSoft 2012. v.01 MANUAL DE UTILIZAÇÃO EcclesiaSoft 2012 v.01 1 CONTEÚDO 1. Apresentação:... 4 2. Instalação... 5 3. Configurações iniciais... 5 4. Secretaria... 6 4.1. Criação de uma nova ficha... 8 4.2. Listagem de Pessoas...

Leia mais

B2S SISTEMAS DE INFORMAÇÃO, LDA. RUA ARTILHARIA UM, Nº 67 3º FRT. 1250-038 LISBOA TEL: 21 385 01 09 - FAX: 21 012 52 25 E-MAIL B2S@B2S.

B2S SISTEMAS DE INFORMAÇÃO, LDA. RUA ARTILHARIA UM, Nº 67 3º FRT. 1250-038 LISBOA TEL: 21 385 01 09 - FAX: 21 012 52 25 E-MAIL B2S@B2S. Procedimentos Abertura/Fecho Ano Primavera V750 B2S SISTEMAS DE INFORMAÇÃO, LDA. RUA ARTILHARIA UM, Nº 67 3º FRT. 1250-038 LISBOA TEL: 21 385 01 09 - FAX: 21 012 52 25 E-MAIL B2S@B2S.PT MCRC LISBOA 11492

Leia mais

Apresentação do VisualA

Apresentação do VisualA Propriedade Intelectual: Distribuidor Exclusivo: M. B. Santos Soares, Lda. Cruzinfor Rua João Andersen, 90 1º Dtº Rua 5 de Outubro, 3 B - Paivas 4250-242 PORTO 2840 SEIXAL Tel.: 22.8329107 Tel.: 21.2249533

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO

CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO AVISO AO UTILIZADOR Leia cuidadosamente este contrato. O acesso e uso desta plataforma implica, da sua parte uma aceitação expressa e sem reservas de todos os termos

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO Circular n.º 023/2014 Portal F.P.T. - Inscrições Exmo. Sr. Presidente, No seguimento da Circular Nº 021/2014 Inscrições em Provas F.P.T. e depois de disponibilizarmos a possibilidade de testar/treinar

Leia mais

Akropole Catequista. Todos os Ficheiros no Akropole Catequista trabalham com uma simples barra de edição, com 4 botões:

Akropole Catequista. Todos os Ficheiros no Akropole Catequista trabalham com uma simples barra de edição, com 4 botões: Akropole Catequista O Akropole Catequista em três tempos... Este texto é um pequeno manual de introdução ao Akropole Catequista. Umas das características deste programa é o facto deste não necessitar de

Leia mais

Regras de Filiação 2009/10

Regras de Filiação 2009/10 As Regras de Filiação, válidas para a época de 2009/2010 são as seguintes: 1) De acordo com o artigo 5º do Regulamento de Filiações da FPX, poderão filiar-se na FPX todos os indivíduos, independentemente

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES REVISÃO DATA SÍNTESE DA REVISÃO

HISTÓRICO DE REVISÕES REVISÃO DATA SÍNTESE DA REVISÃO HISTÓRICO DE REVISÕES REVISÃO DATA SÍNTESE DA REVISÃO ELABORAÇÃO ASSINATURA APROVAÇÃO ASSINATURA ÍNDICE CAPÍTULO 1. POLÍTICA E ESTRATÉGIA/ÂMBITO... 3 1.1 POLÍTICA E ESTRATÉGIA DA ENTIDADE... 3 1.2 OBJECTIVO

Leia mais

Manual do Utilizador. Manual do Utilizador Modelo10 no sisgep. Data última versão: 16.02.2007 Versão : 1.2. Data criação: 26.02.

Manual do Utilizador. Manual do Utilizador Modelo10 no sisgep. Data última versão: 16.02.2007 Versão : 1.2. Data criação: 26.02. Manual do Utilizador Modelo10 no sisgep Manual do Utilizador Modelo10 no sisgep Data última versão: 16.02.2007 Versão : 1.2 Data criação: 26.02.2004 Faro R. Dr. José Filipe Alvares, 31 8005-220 FARO Telf.

Leia mais

Guia de Apoio à Candidatura Online

Guia de Apoio à Candidatura Online Recomendações gerais: Consultar as Normas e as Perguntas Frequentes - FAQ disponíveis no sítio eletrónico http://rehabitarlisboa.cm-lisboa.pt, menu COMO FAZER / Programa O Bairro (com)vida ; Certificar-se

Leia mais

INSCRIÇÕES E RENOVAÇÕES ÉPOCA 2013/2014

INSCRIÇÕES E RENOVAÇÕES ÉPOCA 2013/2014 11 INSCRIÇÕES E RENOVAÇÕES ÉPOCA 2013/2014 CONDIÇÕES OBRIGATÓRIAS: (Baseado nas NORMAS REGULAMENTARES para a época 2011/2012 e seguintes, Aprovado na ASSEMBLEIA GERAL de 26 Novembro 2011) I FILIAÇÃO/ RENOVAÇÃO:

Leia mais

Guia de Apoio ao Formando. Formação à distância

Guia de Apoio ao Formando. Formação à distância Regras&Sugestões- Formação e Consultoria, Lda. Guia de Apoio ao Formando Data de elaboração: abril de 2014 CONTACTOS Regras & Sugestões Formação e Consultoria, Lda. Av. General Vitorino laranjeira, Edifício

Leia mais

JURINFOR JURIGEST Facturação e Mapas

JURINFOR JURIGEST Facturação e Mapas JURINFOR JURIGEST Facturação e Mapas Índice Índice 1. Facturação...1 1.1. Gestão de Notas de Honorários...2 1.1.1. Emitir uma Nota de Honorários...3 1.1.2. Consultar Notas de Honorários Emitidas... 18

Leia mais

CANDIDATURAS PÓS-GRADUAÇÃO (2º CICLO, 3º CICLO, CFA) Mestrados, Doutoramentos, Especializações

CANDIDATURAS PÓS-GRADUAÇÃO (2º CICLO, 3º CICLO, CFA) Mestrados, Doutoramentos, Especializações CANDIDATURAS PÓS-GRADUAÇÃO (2º CICLO, 3º CICLO, CFA) Mestrados, Doutoramentos, Especializações A formalização de candidatura a curso de pós-graduação (2º ciclo, 3º ciclo, cfa) pressupõe o acesso à respetiva

Leia mais

Guia de iniciação Bomgar B400

Guia de iniciação Bomgar B400 Guia de iniciação Bomgar B400 Documento: 043010.15 Publicado: maio de 2010 Guia de iniciação Bomgar B400 Documento: 043010.15 Publicado: maio 2010 Obrigado por utilizar a Bomgar. Na Bomgar, o atendimento

Leia mais

Manual Encarregado de Educação

Manual Encarregado de Educação Manual Encarregado de Educação Sistema Integrado de Gestão e Aprendizagem Município Lousã Data: 01/10/2015 Versão: 02 Índice 1 Introdução... 1 2 Área de Encarregado de Educação... 1 2.1 Módulo Área Pessoal...

Leia mais

Tutorial: criação de uma Ficha de Voluntário online

Tutorial: criação de uma Ficha de Voluntário online Tutorial: criação de uma Ficha de Voluntário online A pedido da Coordenação Nacional, o grupo de Coordenação Distrital de Coimbra elaborou este pequeno tutorial que ensina como criar um formulário online

Leia mais

GUIA DE INSCRIÇÃO PCAND 2015-2016

GUIA DE INSCRIÇÃO PCAND 2015-2016 GUIA DE INSCRIÇÃO PCAND 2015-2016 INTRODUÇÃO À semelhança das épocas desportivas anteriores, o processo de inscrição na PCAND para a Época Desportiva 2015/2016 será realizado on-line, no site da PCAND

Leia mais

Bolsa Emprego IPL - FAQS

Bolsa Emprego IPL - FAQS Bolsa Emprego IPL - FAQS EMPRESAS Para poder colocar uma oferta na Bolsa de Emprego tenho que estar registado? Sim. O primeiro passo deverá ser o registo da empresa/instituição. Posteriormente, e após

Leia mais

Facturação Guia do Utilizador

Facturação Guia do Utilizador Facturação Guia do Utilizador Facturação Como se utiliza 2 1 Como se utiliza Todas as opções do sistema estão acessíveis através do menu: ou do menu: O Menu caracteriza-se pelas seguintes funcionalidades:

Leia mais

REGULAMENTO DO PASSATEMPO DE RECEITAS O NOVO SAI BEM

REGULAMENTO DO PASSATEMPO DE RECEITAS O NOVO SAI BEM REGULAMENTO DO PASSATEMPO DE RECEITAS O NOVO SAI BEM 1. Descrição 1.1 O Passatempo O NOVO SAI BEM, adiante designado por "Passatempo", é promovido pela Pescanova Portugal Lda e tem como objectivo publicar

Leia mais

Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES. Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde. Contacto: taxa.04@infarmed.

Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES. Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde. Contacto: taxa.04@infarmed. Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde Contacto: taxa.04@infarmed.pt 2008/Setembro NOTAS EXPLICATIVAS 1. As Declaração de Vendas a que se referem

Leia mais

Introdução. A comunicação dos elementos dos documentos de transporte pode ser realizada através de serviço telefónico automático, nos seguintes casos:

Introdução. A comunicação dos elementos dos documentos de transporte pode ser realizada através de serviço telefónico automático, nos seguintes casos: Introdução O novo regime de bens em circulação entrará em vigor no dia 1 de julho de 2013. A Portaria nº 161/2013, publicada a 23 de abril no Diário da República, veio regulamentar o modo de cumprimento

Leia mais

REGULAMENTO FINANCEIRO 2015/2016. Cursos de Especialização Tecnológica Cursos de 1º e 2º Ciclo

REGULAMENTO FINANCEIRO 2015/2016. Cursos de Especialização Tecnológica Cursos de 1º e 2º Ciclo REGULAMENTO FINANCEIRO 2015/2016 Cursos de Especialização Tecnológica Cursos de 1º e 2º Ciclo CANDIDATURAS 1. O pagamento da taxa de candidatura (quando aplicável) só se efetua uma única vez, desde que

Leia mais

Manual do Fénix. Portal Secretaria da Escola Portal Conselho Científico Portal Direcção de Curso. Candidatura Online para o 2.

Manual do Fénix. Portal Secretaria da Escola Portal Conselho Científico Portal Direcção de Curso. Candidatura Online para o 2. Manual do Fénix Portal Secretaria da Escola Portal Conselho Científico Portal Direcção de Curso Candidatura Online para o 2. º Ciclo SI (Versão 1.0) Maio 2011 Este manual tem como objectivo auxiliar na

Leia mais

Manual de utilização da Plataforma Electrónica dedicada à Taxa Municipal Turística de Dormida

Manual de utilização da Plataforma Electrónica dedicada à Taxa Municipal Turística de Dormida Manual de utilização da Plataforma Electrónica dedicada à Taxa Municipal Turística de Dormida Versão III: Fevereiro 206 Normais gerais de preenchimento:. Preenchimento dos campos de texto (Designação de

Leia mais

1.1 Candidaturas on-line

1.1 Candidaturas on-line 1.1 Candidaturas on-line Para efectuar o processo de candidatura o candidato deverá aceder ao portal da ESML (este link está posicionado na área do Concurso local de acesso, mas existirá o mesmo noutro

Leia mais

Regulamento Interno da PROMUNDO Associação de Educação, Solidariedade e Cooperação Internacional

Regulamento Interno da PROMUNDO Associação de Educação, Solidariedade e Cooperação Internacional Regulamento Interno da PROMUNDO Associação de Educação, Solidariedade e Cooperação Internacional Capítulo I Objecto e Âmbito do Regulamento Interno Artigo 1º O presente Regulamento tem como objecto a PROMUNDO

Leia mais

O PEDIDO DE TPTD E A FORMAÇÃO ACADÉMICA

O PEDIDO DE TPTD E A FORMAÇÃO ACADÉMICA Versão 1.00 Regulamento O PEDIDO DE TPTD E A FORMAÇÃO ACADÉMICA Versão 1.00 Regulamento O PEDIDO DE TPTD E A FORMAÇÃO ACADÉMICA Edição: Coordenação: Data: Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P.

Leia mais

PHC Factoring. A solução para a gestão dos contratos de Factoring, respectivas cessões, adiantamentos e recibos das entidades aderentes.

PHC Factoring. A solução para a gestão dos contratos de Factoring, respectivas cessões, adiantamentos e recibos das entidades aderentes. PHCFactoring DESCRITIVO Este módulo permite aos aderentes fazer a gestão integrada dos vários Contratos de Factoring, nomeadamente das respectivas cessões, adiantamentos e recibos, bem como o controlo

Leia mais

Comunicação de Dados de Autenticação e Credenciais de Acesso para Resposta ao Inquérito

Comunicação de Dados de Autenticação e Credenciais de Acesso para Resposta ao Inquérito Mais informação Acesso ao Sistema de Transferência Electrónica de dados de Inquéritos (STEDI). Onde se acede ao sistema de entrega de Inquéritos? Deverá aceder ao sistema através do site do GEP www.gep.mtss.gov.pt

Leia mais

Manual de Utilizador. //Internet Banking. BNI Online. www.bni.ao

Manual de Utilizador. //Internet Banking. BNI Online. www.bni.ao ÍNDICE Introdução Informações Gerais Acesso ao Serviço Fazer Login Documentos Electrónicos Posição Integrada Agenda Vencimentos Contas à Ordem Transferências Personalizar Financiamentos Moeda Estrangeira

Leia mais

REGULAMENTO DA ACTIVIDADE FORMATIVA

REGULAMENTO DA ACTIVIDADE FORMATIVA A CadSolid tem como missão contribuir para a modernização da indústria portuguesa, mediante o desenvolvimento e comercialização de produtos e serviços inovadores, personalizados e concebidos para satisfazer

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR

MANUAL DO UTILIZADOR MANUAL DO UTILIZADOR Índice 1 Apresentação... 3 2 Registo no ClinicBase... 3 3 Login... 3 4 Área Privada... 3 4.1 Os meus pacientes... 3 4.1.1 Criar novo Paciente... 3 4.1.2 Procura Paciente... 4 4.1.3

Leia mais

Regulamento Financeiro do Partido Social Democrata (Aprovado na Comissão Política Nacional de 11.12.2006)

Regulamento Financeiro do Partido Social Democrata (Aprovado na Comissão Política Nacional de 11.12.2006) Regulamento Financeiro do Partido Social Democrata (Aprovado na Comissão Política Nacional de 11.12.2006) PREÂMBULO O presente regulamento define as normas relacionadas com a actividade financeira a observar

Leia mais

OFICIAL DA ORDEM MILITAR DE CRISTO MEDALHA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E BONS SERVIÇOS. Circular n.º 029/2014 PORTAL FPT Abertura aos atletas

OFICIAL DA ORDEM MILITAR DE CRISTO MEDALHA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E BONS SERVIÇOS. Circular n.º 029/2014 PORTAL FPT Abertura aos atletas Circular n.º 029/2014 PORTAL FPT Abertura aos atletas Exmo. Sr. Presidente, Após muitos meses de desenvolvimento e melhorias contínuas na nova plataforma informática onde se inclui o amplamente divulgado

Leia mais

Manual de Utilização - Backoffice

Manual de Utilização - Backoffice Manual de Utilização - Backoffice ÍNDICE 1. LOGIN DE ACESSO 2. SEPARADORES 2.1 PROMOÇÕES 2.2 GESTÃO DE CENTROS E LOJAS 2.3 GESTÃO DE PÁGINA DO LOJISTA 2.4 GESTÃO DE UTILIZADORES 2.5 ALERTAS 3. VALIDAÇÃO

Leia mais

Procedimento para requisição de pedidos de materiais - kits e contentores. 1. Registo da entidade (sem o qual não é possível realizar pedidos)

Procedimento para requisição de pedidos de materiais - kits e contentores. 1. Registo da entidade (sem o qual não é possível realizar pedidos) Procedimento para requisição de pedidos de materiais - kits e contentores 1. Registo da entidade (sem o qual não é possível realizar pedidos) Resumo A requisição de materiais implica, em primeiro lugar,

Leia mais

Guião de Ajuda. Inscrição. Instituto Português da Juventude Departamento de Associativismo

Guião de Ajuda. Inscrição. Instituto Português da Juventude Departamento de Associativismo Guião de Ajuda Inscrição Instituto Português da Juventude Departamento de Associativismo ÍNDICE Títulos Pág. Apresentação do Roteiro do Associativismo 3 Aceder ao Roteiro do Associativismo 4 Inscrever/Atualizar

Leia mais

Curso SGQ. Formação Elearning. Guia de Acesso ao Curso. * Sensibilização para a Qualidade * 1 - Acesso à Plataforma Studio

Curso SGQ. Formação Elearning. Guia de Acesso ao Curso. * Sensibilização para a Qualidade * 1 - Acesso à Plataforma Studio 1 Formação Elearning Curso SGQ * Sensibilização para a Qualidade * Guia de Acesso ao Curso 1 - Acesso à Plataforma Studio 2 - Acesso ao Curso Sensibilização SGQ 3 - Áreas Principais da Plataforma 4 - Sessões

Leia mais

Condições Gerais Programa de fidelidade O CLUBE FITNESSBOUTIQUE Junho 2011

Condições Gerais Programa de fidelidade O CLUBE FITNESSBOUTIQUE Junho 2011 Condições Gerais Programa de fidelidade O CLUBE FITNESSBOUTIQUE Junho 2011 O programa de fidelidade O Clube Fitnessboutique foi criado pela Sociedade Netquattro SAS, Sociedade anónima com um capital de

Leia mais

O CARTÃO DE GESTÃO DE FROTAS QUE LHE OFERECE MUITO MAIS!

O CARTÃO DE GESTÃO DE FROTAS QUE LHE OFERECE MUITO MAIS! 1234 5678 9312 3456 VÁLIDO ATÉ 03/12 PUMANGOL LD-99-99-ZZ GASÓLEO O CARTÃO DE GESTÃO DE FROTAS QUE LHE OFERECE MUITO MAIS! Segurança Controle Poupança Edifício Sede Pumangol: R. Dr. Agostinho Neto, Edifício

Leia mais

Manual de candidatura por via electrónica

Manual de candidatura por via electrónica 2 Concursos de Pessoal Docente regulados pelo Decreto Legislativo Regional n.º /2009/M de de Junho. Ano Escolar 2009/2010 Manual de candidatura por via electrónica É essencial que leia este manual antes

Leia mais

Produto Generali Condomínio

Produto Generali Condomínio Departamento: Marketing Digital & Process Development País: Portugal Produto Generali Condomínio Guia Enquadramento 2 Enquadramento A GENERALI disponibiliza aos condomínios subscritores do serviço o produto

Leia mais

Perguntas mais frequentes

Perguntas mais frequentes Perguntas mais frequentes O que tenho que fazer para antecipar as minhas facturas? 1. Registar-se no BBVA net advance...4 2. Activar/assinar o contrato de adiantamento de facturas de cada cliente 5 3.

Leia mais

GIGrecibos. Sistema de Emissão de Recibos de Donativos. Para Igrejas. Produzido e distribuído por: VIBISinfor Rua Nova, 10 7490-250 MORA

GIGrecibos. Sistema de Emissão de Recibos de Donativos. Para Igrejas. Produzido e distribuído por: VIBISinfor Rua Nova, 10 7490-250 MORA wgig GIGrecibos Sistema de Emissão de Recibos de Donativos Para Igrejas Produzido e distribuído por: VIBISinfor Rua Nova, 10 7490-250 MORA tel: 266403273 www.vibis.com 1 Conteúdo wgig... 1 Avisos legais...

Leia mais

Instruções para o participante no Curso de e-learning. Esquizofrenia Questões Aprofundadas

Instruções para o participante no Curso de e-learning. Esquizofrenia Questões Aprofundadas Instruções para o participante no Curso de e-learning CONTEÚDO Pág. 1 Introdução 3 2 - Aceder ao site 2.1 Entrar em www.saude-mental.net 3 2.2 Aceder ao e-learning Saúde Mental 4 2.3 Introdução do seu

Leia mais

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária)

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) http://curriculum.degois.pt Março de 2012 Versão 1.5 1 Introdução O objectivo deste guia é auxiliar o utilizador

Leia mais

Manual de Utilização MU001-2.0/2015. Secretaria Virtual/e-SCA(Perfil utilizador - Estudante)

Manual de Utilização MU001-2.0/2015. Secretaria Virtual/e-SCA(Perfil utilizador - Estudante) Manual de Utilização MU001-2.0/2015 Secretaria Virtual/e-SCA(Perfil utilizador - Estudante) 1. Introdução I 2. Primeiros passos I 3. Unidade Curricular I 4. Recursos e actividades I 5. Atualizações e Serviços

Leia mais

Contabilidade Finanças para Não Financeiros

Contabilidade Finanças para Não Financeiros Contabilidade Finanças para Não Financeiros DATAS A definir (assim que seja atingido o número mínimo de inscrições) HORÁRIO Pós-Laboral, à 2ª, 3ª e 5ª, das 19h00 às 23h00 ou Sábado, das 9h30 às 13h00 e

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO E MBA EXECUTIVO

GUIA DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO E MBA EXECUTIVO GUIA DE FUNCIONAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO E MBA EXECUTIVO INÍCIO DO CURSO - Por se tratar de um modelo de ensino individualizado e exclusivo, não é necessário a formação de turmas, e o Aluno pode

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR DO CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO

MANUAL DO UTILIZADOR DO CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO MANUAL DO UTILIZADOR DO CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO ÍNDICE Introdução 3 1. COMO ENTRAR NA BASE DE DADOS BIBLIOGRÁFICOS? 4 2. PESQUISAR 5 2.1. Pesquisa Simples 5 2.2. Pesquisa Avançada 5 3. ÍNDICES 7 4. NOVIDADES

Leia mais

RENT versão web. Manual de Utilizador para empresa Versão 2.0.0

RENT versão web. Manual de Utilizador para empresa Versão 2.0.0 RENT versão web Manual de Utilizador para empresa Versão 2.0.0 @ Copyright 2015 Desenvolvido pela Dória Software versão manual 2.0.0 Última actualização 16.03.2016 @Copyright 2015 Sobre o RENT I. O que

Leia mais

Regulamento de Formação: CURSO DE GRAU I Treinador / Monitor de Natação Évora, Novembro de 2015

Regulamento de Formação: CURSO DE GRAU I Treinador / Monitor de Natação Évora, Novembro de 2015 Regulamento de Formação: CURSO DE GRAU I Treinador / Monitor de Natação Évora, Novembro de 2015 1. ORGANIZAÇÃO DA FORMAÇÃO O curso de Treinadores de Grau I / Monitor de Natação integrará duas fases: Curricular

Leia mais

REGULAMENTO Regulamento do programa de Aprendizagem ao Longo da Vida (LLP) ERASMUS Mobilidade de Alunos Missão de Estudos e Estágios

REGULAMENTO Regulamento do programa de Aprendizagem ao Longo da Vida (LLP) ERASMUS Mobilidade de Alunos Missão de Estudos e Estágios RG- 10-01 Data: 2010-01-06 INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA ESAC Escola Superior Agrária de Coimbra ESEC Escola Superior de Educação de Coimbra ESTeSC Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra

Leia mais

MANUAL EXTRACTOS GALP/BP

MANUAL EXTRACTOS GALP/BP MANUAL EXTRACTOS GALP/BP Acesso O acesso é efectuado através do Portal de Recursos Humanos, no link Expenses Report: Breve explicação da ferramenta. À semelhança do que acontece com os cartões de crédito,

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO. Capítulo I Princípios Gerais. Artigo Primeiro Objecto

REGULAMENTO INTERNO. Capítulo I Princípios Gerais. Artigo Primeiro Objecto REGULAMENTO INTERNO Capítulo I Princípios Gerais Artigo Primeiro Objecto O presente Regulamento define o regime de funcionamento interno do Centro de Formação Ciência Viva reconhecido pelo Ministério da

Leia mais

Work Flow no EGS F&B Control

Work Flow no EGS F&B Control Work Flow no EGS F&B Control Work Flow EGS F&B Ver. 10.3.0 Página 1 1. Requisição interna Na Opção Existência / Lista de requisições deverão as secções criar os seus pedidos. Criando nova requisição. Esta

Leia mais

Prémio Santander Totta / Universidade NOVA de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento

Prémio Santander Totta / Universidade NOVA de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento Prémio Santander Totta / Universidade NOVA de Lisboa, de Jornalismo Económico Regulamento Considerando que se mostra da maior relevância: a) Reconhecer e premiar a excelência de trabalhos jornalísticos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL Manual do ITIV PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO M A N U A L D O ITIV PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL Manual do ITIV ÍNDICE INFORMAÇÕES GERAIS...3

Leia mais

Folha de Cálculo (Excel)

Folha de Cálculo (Excel) Folha de Cálculo (Excel) DATAS A definir (assim que seja atingido o número mínimo de inscrições) HORÁRIO Pós-Laboral, à 2ª, 3ª e 5ª, das 19h00 às 23h00 ou Sábado, das 9h00 às 13h00 e das 14h30 às 17h30

Leia mais

Como pagar - cidadão Atualizado em: 04-04-2016

Como pagar - cidadão Atualizado em: 04-04-2016 SEGURANÇA SOCIAL Como pagar - cidadão Atualizado em: 04-04-2016 Esta informação destina-se a que cidadãos Trabalhadores Independentes Seguro Social Voluntário O que é Os Trabalhadores Independentes e as

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO

PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO Acesse o site www.teubilhete.com.br, selecione a opção Teu Online, e clique no botão, preencha o formulário com os dados de sua empresa. Reúna duas vias impressas do Contrato

Leia mais

EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE. GestProcessos Online. Manual do Utilizador

EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE. GestProcessos Online. Manual do Utilizador EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE GestProcessos Online Manual do Utilizador GestProcessos Online GABINETE DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EAmb Esposende Ambiente, EEM Rua da Ribeira 4740-245 - Esposende

Leia mais

GUIA PRÁTICO PRESTAÇÕES DE DESEMPREGO - MONTANTE ÚNICO

GUIA PRÁTICO PRESTAÇÕES DE DESEMPREGO - MONTANTE ÚNICO GUIA PRÁTICO PRESTAÇÕES DE DESEMPREGO - MONTANTE ÚNICO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/10 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Prestações de Desemprego Montante Único

Leia mais

A uma plataforma online de gestão de condomínios permite gerir de forma fácil e simples a atividade do seu condomínio.

A uma plataforma online de gestão de condomínios permite gerir de forma fácil e simples a atividade do seu condomínio. PLATAFORMA DE GESTÃO A uma plataforma online de gestão de condomínios permite gerir de forma fácil e simples a atividade do seu condomínio. Principais funcionalidades Possui uma série de funcionalidades

Leia mais

A uma plataforma online de gestão de condomínios permite gerir de forma fácil e simples a atividade do seu condomínio.

A uma plataforma online de gestão de condomínios permite gerir de forma fácil e simples a atividade do seu condomínio. PLATAFORMA DE GESTÃO A uma plataforma online de gestão de condomínios permite gerir de forma fácil e simples a atividade do seu condomínio. Principais funcionalidades Possui uma série de funcionalidades

Leia mais

SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados INSCRIÇÃO NO SISTEMA DE ACESSO AO DIREITO. Manual de Utilizador

SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados INSCRIÇÃO NO SISTEMA DE ACESSO AO DIREITO. Manual de Utilizador SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados INSCRIÇÃO NO SISTEMA DE ACESSO AO DIREITO Manual de Utilizador INTRODUÇÃO O presente Manual tem por objectivo a descrição dos procedimentos a ter em

Leia mais

Sistema Online de Emissão de Declarações

Sistema Online de Emissão de Declarações Sistema Online de Emissão de Declarações OBJECTIVOS DO SISTEMA A ANET, satisfazendo um compromisso assumido com os Engenheiros Técnicos, passou a disponibilizar um sistema online para a emissão de declarações

Leia mais

Manual de Recibos. Manual de Recibos

Manual de Recibos. Manual de Recibos Manual de Recibos As aplicações XD dispõe de um módulo de controlo de Contas Correntes de Clientes que tem sido evoluído de forma a satisfazer as diversas necessidades dos seus clientes. As Contas Correntes

Leia mais

Câmara dos Solicitadores Conselho Geral. Curso de Empregados Forenses de Agentes de Execução. Curso de Empregados Forenses de Agentes de Execução

Câmara dos Solicitadores Conselho Geral. Curso de Empregados Forenses de Agentes de Execução. Curso de Empregados Forenses de Agentes de Execução Exame Conhecimentos Básicos Processuais e do Programa SISAAE Duração: 1 hora 16 de Março Nome completo e legível Identificação do Agente de Execução 1 Instruções de preenchimento: Resposta: A resposta

Leia mais

MATRÍCULA ELECTRÓNICA. Manual do Utilizador ESCOLAS / DRE

MATRÍCULA ELECTRÓNICA. Manual do Utilizador ESCOLAS / DRE MATRÍCULA ELECTRÓNICA Manual do Utilizador ESCOLAS / DRE ÍNDICE 1 PREÂMBULO... 2 2 UTILIZAÇÃO PELOS SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS DOS ESTABELECIMENTOS DE ENSINO... 3 2.1 Matrícula Electrónica - Acesso através

Leia mais

O Manual do ssc. Peter H. Grasch

O Manual do ssc. Peter H. Grasch Peter H. Grasch 2 Conteúdo 1 Introdução 6 2 Usar o ssc 7 2.1 Gerir os utilizadores.................................... 7 2.1.1 Adicionar um utilizador.............................. 8 2.1.1.1 Associar-se

Leia mais

Manual. Cadastro de Usuários. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008.

Manual. Cadastro de Usuários. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária Manual Cadastro de Usuários Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Gerência de Desenvolvimento de Sistemas www.anvisa.gov.br Brasília, 27

Leia mais

GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO. GESTÃO DA MEDIDA 511 Assistência Técnica FEADER

GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO. GESTÃO DA MEDIDA 511 Assistência Técnica FEADER GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO GESTÃO DA MEDIDA 511 Assistência Técnica FEADER Outubro 2010 INSTRUÇÕES PARA UMA CORRECTA UTILIZAÇÃO DO FORMULÁRIO Funcionamento genérico Os formulários estão disponíveis

Leia mais