MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO. Universidade Federal do Mato Grosso UNIDADE SIASS - UFMT

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO. Universidade Federal do Mato Grosso UNIDADE SIASS - UFMT"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO Universidade Federal do Mato Grosso UNIDADE SIASS - UFMT

2 O que significa: Subsistema Integrado de Atenção a Saúde e Segurança do Trabalho do Servidor Como surgiu: A nível nacional, surgiu no ano de 2008 a partir da equipe do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, tendo no comando o Dr. Sergio Carneiro. A nível estadual, surgiu em fevereiro de 2010 a partir da criação do GT/SIASS-MT, tendo como Coordenador o Prof. Elias Nogueira Peres; e em dezembro de 2011 com a implantação das Unidades do SIASS-UFMT e do SIASS-M.F

3 Principal Objetivo Padronizar e uniformizar as seguintes ações: Perícia Oficial em Saúde; Vigilância aos Ambientes de Trabalho e Promoção à Saúde do Servidor

4 De acordo com o Decreto nº 7.003, de 09/11/2009, a Perícia Oficial em Saúde compreende 02 modalidades: 1ª - Perícia Oficial Singular em Saúde: perícia oficial em saúde realizada por apenas 01 médico ou 01 cirurgião dentistas; 2ª - Junta Oficial em Saúde: perícia oficial em saúde realizada por 03 médicos ou 03 cirurgiões dentistas, juntos;

5 Licença para tratamento de saúde do servidor; Licença por motivo de doença em pessoa da família; Licença por motivo de acidente em serviço, doença profissional ou do trabalho; Aposentadoria por invalidez; Constatação de invalidez de dependente ou pessoa designada e constatação de deficiência do dependente; Remoção por motivo de saúde do servidor ou pessoa de sua família; Horário especial para servidor portador de deficiência física e para o servidor com familiar portador de deficiência física;

6 Constatação de deficiência dos candidatos aprovados em concurso publico nas vagas de portadores de deficiência; Avaliação de sanidade mental do servidor para fins de Processo Administrativo Disciplinar (PAD); Readaptação funcional de servidor por redução de capacidade laboral; Reversão de servidor aposentado por invalidez; Avaliação de servidor aposentado para constatação de invalidez por doença especificada no 1º do arts. 186 e 190; Avaliação para isenção do imposto de renda

7 A licença de 1 a 14 dias poderá ser dispensada de perícia, desde que sejam atendidos os seguintes pré-requisitos: 1. O número total de dias de licença, consecutivos ou não, seja inferior a 15 dias, a contar da data do primeiro afastamento no interstício de 12 meses, na mesma espécie (licença para tratamento da própria doença ou por motivo de doença em pessoa da família) 2. Os atestados médicos ou odontológicos sejam de até 05 dias corridos e conste no atestado o nome da doença ou agravo, codificados ou não, de forma legível e o carimbo com CRM/CRO do médico/dentista assistente.

8 3. O atestado deve ser apresentado a Unidade SIASS-UFMT no prazo máximo de 05 (cinco) dias, contados da data de inicio do afastamento do servidor; 4. Caso o prazo de entrega do atestado exceda os cinco dias, o servidor deverá ser submetido a exame pericial presencial; 5. No caso do atestado não atender as regras estabelecidas no Decreto nº 7.003/2009, ou no caso do servidor optar por não especificar o diagnostico de sua doença no atestado, o servidor deverá se submeter a exame pericial ainda que se trate de atestados inferiores ou iguais a cinco dias; 6. A perícia de até 120 dias, ininterruptos ou não, no interstício de 12 meses, será avaliada por perícia singular e acima deste número de dias, obrigatoriamente, por junta composta por 03 médicos ou cirurgiões dentistas

9 Para efeito de concessão deste tipo de licença, considera-se pessoa da família: 1. cônjuge ou companheiro; 2. padrasto ou madrasta; 3. pais; 4. filhos; 5. enteados; 6. dependente que viva as suas expensas e conste de seu assentamento funcional

10 A licença e suas prorrogações poderão ser concedidas a cada período de 12 meses nas seguintes condições: 1. por até 60 dias, consecutivos ou não, mantida a remuneração do servidor; 2. por mais 90 dias, consecutivos ou não, sem remuneração.

11 O simples comparecimento a consulta ou exame NÃO gera licença declaração de comparecimento Todos os documentos deverão ser entregues em envelopes lacrados e identificados como confidencial etiqueta Os documentos deverão estar legíveis e só serão aceitos se emitidos por MÉDICOS ou CIRURGIÕES DENTISTAS, contendo, período de afastamento, carimbo e assinatura do profissional, nome do assistido bem como do servidor acompanhante Atestados emitidos por profissionais como PSICÓLOGO ou FISIOTERAPEUTA serão aceitos apenas como documentos complementares (subsidio a perícia)

12 É de responsabilidade do servidor, telefonar a sua chefia imediata, mesmo que seja através de um familiar, para avisar de seu afastamento É de responsabilidade do servidor, familiar ou responsável identificar e lacrar o envelope, passando por sua chefia imediata no prazo de 48 horas É de responsabilidade da chefia imediata receber o envelope, registrar o período de afastamento contido na parte externa do envelope lacrado, e encaminhar ao SSO (HUJM), às Pró Reitorias (Campi do Interior) ou ao RH,nos casos dos Órgãos Partícipes, os quais encaminharão à Unidade SIASS-UFMT/CASS

13 Não há mais a necessidade de montar processos nos casos de licença para tratamento de saúde, para acompanhar familiar doente, à gestante e prorrogação, sendo necessário apenas que nos envie, em envelope lacrado e com a ciência da chefia imediata, os documentos comprobatórios da necessidade da licença, bem como do vínculo familiar (acompanhamento)

14 Todo servidor tem o direito de não especificar no atestado a sua doença ou de não codificá-la através da CID, desde que agende para realizar sua perícia num prazo máximo de 05 dias a contar do 1º dia do seu afastamento, apresentando exames e receitas É vedado a chefia imediata abrir o envelope lacrado pelo servidor quando da apresentação do mesmo para ciência Em caso de acidente de trabalho, o servidor deverá apresentar a RAT (Registro de Acidente de Trabalho) juntamente com o atestado.

15 UFMT Universidade Federal de Mato Grosso CEPLAC Comissão Executiva de Planejamento da Lavoura Cacaueira DFDA Delegacia Federal do Desenvolvimento DPRF Departamento de Policia Rodoviária Federal FUNAI Fundação Nacional do Índio Regional Cuiabá INCRA-MT Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária MS Ministério da Saúde SRTE Superintendência Regional do Trabalho e Emprego 1º ADITIVO IBAMA Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais ICMBIO Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade ANVISA Agência Nacional de Vigilância Sanitária 2º ADITIVO IBGE Instituto Brasileiro de Geografia Estatística MPA Ministério da Pesca e Aquicultura DPF Departamento de Policia Federal de Mato Grosso 3º ADITIVO FUNAI/Barra do Garças DSEI Cuiabá DSEI Xavante DPF Departamento de Policia Federal 4º ADITIVO ANATEL Agência Nacional de Telecomunicações TRT Tribunal Regional do Trabalho DNIT Departamento Nacional de Infra estrutura e Transportes

16 Nome: CPF: Fone: Orgão/Lotação: Período da Licença: Chefia Imediata Data: / / Ciência:

17 GESTORA Indira Luiza Santos Silva Priscilla Baleroni Cajal PERITOS Paulo Falconi MS Maria Luiza Guerra MS Francisco Carlos dos Santos DPF Reginaldo Granjeiro DPF Marcelo Colognese DPF Sônia Donati - DNIT EQUIPE MULTIPROFISSIONAL Audenice Alencar - UFMT Arilce Freire da Silva Souza - MS Gisele Marques - UFMT Indira Santos Silva - UFMT Rodrigo Paulino UFMT ADMINISTRATIVOS Indira Luiza Santos Silva Felipe Douglas Pereira França Priscilla Baleroni Cajal Orlando Dorileo Caldas

18 TELEFONES (65) (65) BLOG: siass-ufmt-cabes.blogspot.com

Os procedimentos a seguir estão baseados na nova configuração legal (alteração do art. da Lei nº

Os procedimentos a seguir estão baseados na nova configuração legal (alteração do art. da Lei nº FLUXOGRAMA DE PROCEDIMENTO PARA ENTREGA DE ATESTADO DE SAÚDE OCUPACIONAL Vigência a partir de 02/Jan/2012 Os procedimentos a seguir estão baseados na nova configuração legal (alteração do art. da Lei nº

Leia mais

SIASS SISTEMA INTEGRADO DE ATENÇÃO A SÁUDE DO SERVIDOR LEGISLAÇÃO REFERENTE A LICENÇAS PARA TRATAMENTO DE SAÚDE JUNHO 2015

SIASS SISTEMA INTEGRADO DE ATENÇÃO A SÁUDE DO SERVIDOR LEGISLAÇÃO REFERENTE A LICENÇAS PARA TRATAMENTO DE SAÚDE JUNHO 2015 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE SIASS 0261 SISTEMA INTEGRADO DE ATENÇÃO A SÁUDE DO SERVIDOR LEGISLAÇÃO REFERENTE A LICENÇAS PARA TRATAMENTO DE SAÚDE JUNHO 2015 PROGEP

Leia mais

Orientações aos servidores do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) quanto aos procedimentos relativos à perícia médica e

Orientações aos servidores do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) quanto aos procedimentos relativos à perícia médica e Orientações aos servidores do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) quanto aos procedimentos relativos à perícia médica e odontológica através da UNIDADE SIASS/INSS, de que trata

Leia mais

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE RONDÔNIA, no uso de suas atribuições legais;

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE RONDÔNIA, no uso de suas atribuições legais; Publicado no Diário da Justiça nº057/2007, de 27.3.2007, p. A-3 a A-4 INSTRUÇÃO N. 005/2007-PR Revoga a Instrução 016/96-PR Revogada pela Instrução n. 003/2012-PR Dispõe sobre os procedimentos e rotinas

Leia mais

DECRETO Nº 2.108/2009

DECRETO Nº 2.108/2009 DECRETO Nº 2.108/2009 Súmula: Estabelece Procedimentos e critérios para os atestados médicos dos Servidores Públicos Municipais. O Prefeito Municipal de Colombo, no uso de suas atribuições que lhe são

Leia mais

PERÍCIA OFICIAL EM SAÚDE

PERÍCIA OFICIAL EM SAÚDE PERÍCIA OFICIAL EM SAÚDE MANUAL DE PROCEDIMENTOS DA UNIDADE SIASS/UFSC/SC SECRETARIA DE GESTÃO DE PESSOAS DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO À SAÚDE UNIDADE SIASS/UFSC O QUE É SIASS? O Subsistema Integrado de Atenção

Leia mais

PERÍCIA OFICIAL EM SAÚDE

PERÍCIA OFICIAL EM SAÚDE PERÍCIA OFICIAL EM SAÚDE MANUAL DE PROCEDIMENTOS DA UNIDADE SIASS/UFSC/SC SECRETARIA DE GESTÃO DE PESSOAS DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO À SAÚDE UNIDADE SIASS/UFSC O QUE É siass? O Subsistema Integrado de Atenção

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA PORTARIA Nº 173, DE 5 DE MARÇO DE 2015. Revogada pela Portaria PGR/MPF nº 239, de 31 de março de 2015. Regulamenta a avaliação pericial administrativa

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE PRÓ-REITORIA DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº.

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE PRÓ-REITORIA DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE PRÓ-REITORIA DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº. 01/2013 Dispõe sobre LICENÇA PARA TRATAMENTO DE SAÚDE, LICENÇA PARA

Leia mais

ORIENTAÇÕES SOBRE AFASTAMENTOS DE SAÚDE

ORIENTAÇÕES SOBRE AFASTAMENTOS DE SAÚDE ORIENTAÇÕES SOBRE AFASTAMENTOS DE SAÚDE É direito do servidor ausentar-se, se, sem prejuízo da remuneração a que fizer jus, por motivo de tratamento da própria saúde ou de pessoa de sua família, enquanto

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA N o 18, DE 05 DE MARÇO DE 2010

PORTARIA NORMATIVA N o 18, DE 05 DE MARÇO DE 2010 INSTITUTO CHICO MENDES DE CO NSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE PORTARIA NORMATIVA N o 18, DE 05 DE MARÇO DE 2010 Estabelece os procedimentos relativos à emissão de certificados em eventos de capacitação e desenvolvimento

Leia mais

O que faz o Departamento Técnico de Medicina e Segurança do Trabalho?

O que faz o Departamento Técnico de Medicina e Segurança do Trabalho? O que faz o Departamento Técnico de Medicina e Segurança do Trabalho? O DTMST é responsável pela realização dos exames médicos admissional, demissional e periódico, emissão dos abonos de atestados médicos

Leia mais

PREFEITURA DE BELO HORIZONTE

PREFEITURA DE BELO HORIZONTE PREFEITURA DE BELO HORIZONTE Gerência de Saúde e Segurança do Trabalho GSST À Gerência de Saúde do Servidor e Perícia Médica compete supervisionar e subsidiar a formulação e proposição de diretrizes, normas

Leia mais

INFORMATIVO AOS FUNCIONÁRIOS DE PARNAMIRIM

INFORMATIVO AOS FUNCIONÁRIOS DE PARNAMIRIM ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE PREFEITURA MUNICIPAL DE PARNAMIRIM SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E DOS RECURSOS HUMANOS COORDENADORIA DE GESTÃO DE PESSOAS INFORMATIVO AOS FUNCIONÁRIOS DE PARNAMIRIM

Leia mais

CAT COMUNICAÇÃO DE ACIDENTE DE TRABALHO

CAT COMUNICAÇÃO DE ACIDENTE DE TRABALHO Nome: CAT COMUNICAÇÃO DE ACIDENTE DE TRABALHO Data da ocorrência: / / Tipo de CAT: ( ) Inicial ( ) Reabertura ( ) Comunicação de óbito Tipo: ( ) Típico ( ) Doença ( ) Trajeto I - IDENTIFICAÇÃO DO SERVIDOR

Leia mais

PORTARIA Nº 2.113, DE 09 DE NOVEMBRO DE 2010

PORTARIA Nº 2.113, DE 09 DE NOVEMBRO DE 2010 PORTARIA Nº 2.113, DE 09 DE NOVEMBRO DE 2010 O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO, no uso de suas atribuições legais e, CONSIDERANDO o disposto no Decreto nº 7003,

Leia mais

CARTILHA DO SERVIDOR. Procedimentos para Perícia Médica. Unidade SIASS UFMA

CARTILHA DO SERVIDOR. Procedimentos para Perícia Médica. Unidade SIASS UFMA CARTILHA DO SERVIDOR Procedimentos para Perícia Médica Unidade SIASS UFMA Prof. Dr. Natalino Salgado Filho Reitor Prof. Dr. Antonio José Silva Oliveira Vice-Reitor Maria Elisa Cantanhede Lago Braga Borges

Leia mais

REGULAMENTO/DIGEP Nº 003, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014. considerando o Decreto nº 7.003/2009, de 9 de novembro de 2009;

REGULAMENTO/DIGEP Nº 003, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014. considerando o Decreto nº 7.003/2009, de 9 de novembro de 2009; REGULAMENTO/DIGEP Nº 003, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014. Estabelece orientações sobre a LICENÇA PARA TRATAMENTO DE SAÚDE E RESSARCIMENTO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE SUPLEMENTAR dos servidores do Instituto Federal

Leia mais

Faço saber, que a Câmara Municipal de Mangueirinha, Estado do Paraná aprovou e eu, ALBARI GUIMORVAM FONSECA DOS SANTOS, sanciono a seguinte lei:

Faço saber, que a Câmara Municipal de Mangueirinha, Estado do Paraná aprovou e eu, ALBARI GUIMORVAM FONSECA DOS SANTOS, sanciono a seguinte lei: LEI Nº 1524/2009 Altera a Lei Municipal nº 1032 de 29 de Junho de 1998 e a Lei Municipal nº 1030 de 29 de Junho de 1998 e dá outras providências: Faço saber, que a Câmara Municipal de Mangueirinha, Estado

Leia mais

Nota Técnica nº 446/2010/COGES/DENOP/SRH/MP. ASSUNTO: Averbação de tempo de serviço. Referência: Processo Administrativo nº 10176.

Nota Técnica nº 446/2010/COGES/DENOP/SRH/MP. ASSUNTO: Averbação de tempo de serviço. Referência: Processo Administrativo nº 10176. MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO Secretaria de Recursos Humanos Departamento de Normas e Procedimentos Judiciais Coordenação-Geral de Elaboração, Sistematização e Aplicação das Normas Nota

Leia mais

INDICE Da Pericia Oficial em Saúde...3. Das Ações da Pericia Oficial em Saúde...4. Do Envio de Atestados.5. Algumas Regras...6

INDICE Da Pericia Oficial em Saúde...3. Das Ações da Pericia Oficial em Saúde...4. Do Envio de Atestados.5. Algumas Regras...6 Cuiabá 2015 INDICE Da Pericia Oficial em Saúde...3 O que é Modalidades Compreendidas Das Ações da Pericia Oficial em Saúde...4 Do Envio de Atestados.5 Algumas Regras...6 Da Licença para Tratamento da Saúde

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA N 119, DE 29 DE NOVEMBRO DE 2010

PORTARIA NORMATIVA N 119, DE 29 DE NOVEMBRO DE 2010 INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE PORTARIA NORMATIVA N 119, DE 29 DE NOVEMBRO DE 2010 Dispõe sobre o horário de funcionamento do Instituto Chico Mendes, jornada de trabalho e controle

Leia mais

Fatec de São Carlos. A Faculdade de Tecnologia de São Carlos será a última parte envolvida a assinar o termo de compromisso e demais documentos.

Fatec de São Carlos. A Faculdade de Tecnologia de São Carlos será a última parte envolvida a assinar o termo de compromisso e demais documentos. Memo 04/15 Coordenação São Carlos, 26 de Fevereiro de 2015. Orientações Gerais aos Discentes Assunto: Estágio obrigatório e não obrigatório O estágio é regulamentado pela legislação através da LEI DO ESTÁGIO

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO 1 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001 de 29 de Abril de 2011. FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO Disciplina no âmbito da UDESC o controle dos serviços de postagem e remessa

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA n.º 11, de 21 de maio de 2012.

INSTRUÇÃO NORMATIVA n.º 11, de 21 de maio de 2012. INSTRUÇÃO NORMATIVA n.º 11, de 21 de maio de 2012. INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO MUNICÍPIO DE CARAGUATATUBA CARAGUAPREV Regulamenta as atribuições do Serviço de Saúde Ocupacional da Divisão de Medicina e

Leia mais

ATO Nº 20/2011. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

ATO Nº 20/2011. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, ATO Nº 20/2011 Disciplina a concessão de licenças-médicas aos servidores em exercício neste Regional e dá outras providências. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS EDITAL CGDP/PRH Nº 005/2013

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS EDITAL CGDP/PRH Nº 005/2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS EDITAL CGDP/PRH Nº 005/2013 ABERTURA E DISPOSIÇÕES GERAIS DO CURSO DE GESTÃO DE

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS ORIENTAÇÕES GERAIS PARA POSSE NO CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE CARGOS DA CARREIRA DE PROFESSOR DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS - UNIMONTES EDITAL

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA 006/2014-UNEMAT

INSTRUÇÃO NORMATIVA 006/2014-UNEMAT INSTRUÇÃO NORMATIVA 006/2014-UNEMAT Dispõe sobre o registro de ponto e controle de frequência dos Profissionais Técnicos da Educação Superior da Universidade do Estado de Mato Grosso. CONSIDERANDO o disposto

Leia mais

EDITAL Nº 024/2014 PRAP PREENCHIMENTO DE VAGAS DE ESTÁGIO

EDITAL Nº 024/2014 PRAP PREENCHIMENTO DE VAGAS DE ESTÁGIO EDITAL Nº 024/24 PRAP PREENCHIMENTO DE VAGAS DE ESTÁGIO O Pró-Reitor de Administração e Planejamento da Fundação Universidade do Contestado FUnC, no uso de suas atribuições torna publico, para conhecimento

Leia mais

ATO DA PRESIDÊNCIA N 20/15

ATO DA PRESIDÊNCIA N 20/15 0,1lCIPAL OF...- ATO DA PRESIDÊNCIA N 20/15 Municipal de Limeira, estado de São Paulo; NILTON CESAR DOS SANTOS, Presidente da Câmara USANDO das atribuições que lhe são conferidas por Lei, CONSIDERANDO

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/14 -Processo nº 1.120-

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/14 -Processo nº 1.120- EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/14 -Processo nº 1.120- O SEPREM Serviço de Previdência Municipal de Itapetininga, com sede na Rua Monsenhor Soares, 65, centro, no Município de Itapetininga, Estado de

Leia mais

DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO Data 1 BIM Boletim de Inspeção Médica Nome JOÃO DA SILVA Matrícula 10/012.345-6 Diretoria SMSDC Faltando ao serviço? SIM Cargo Agente de Administração Divisão S/SUBPAV,

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires DECRETO Nº 5.672, DE 02 DE ABRIL 2015 Dispõe sobre as inspeções de saúde física e mental no Poder Executivo Municipal. AIRTON LUIZ ARTUS, PREFEITO MUNICIPAL DE VENÂNCIO AIRES, no uso de suas atribuições

Leia mais

DOCUMENTO NORTEADOR PARA O ESTÁGIO SUPERVISIONADO

DOCUMENTO NORTEADOR PARA O ESTÁGIO SUPERVISIONADO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO PROJETO ALUNO EMPREENDEDOR DOCUMENTO NORTEADOR PARA O ESTÁGIO SUPERVISIONADO São Paulo 2015 PROJETO ALUNO EMPREENDEDOR DOCUMENTO NORTEADOR

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MUNIZ FREIRE - ES

PREFEITURA MUNICIPAL DE MUNIZ FREIRE - ES DECRETO Nº 6.106/2013 REGULAMENTA AS LICENÇAS PARA TRATAMENTO DE SAÚDE, DE QUE TRATAM OS ARTS. 80, I; 82 A 100, DA LEI MUNICIPAL Nº 1.132, DE 02 DE JULHO DE 1990 (ESTATUTO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO

Leia mais

DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA CONTRAÇÃO (INSTRUÇÕES AO CANDIDATO)

DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA CONTRAÇÃO (INSTRUÇÕES AO CANDIDATO) DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA CONTRAÇÃO (INSTRUÇÕES AO CANDIDATO) 1 Passo: Quando convocado, o interessado deverá providenciar os seguintes exames abaixo: 1. Hemograma Completo; 2. Dosagem de Colesterol;

Leia mais

REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ARQUIVOLOGIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ARQUIVOLOGIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ARQUIVOLOGIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 Este regulamento fixa as normas para o estágio do Curso de Graduação

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 396, DE 02 DE OUTUBRO DE 2014.

RESOLUÇÃO Nº 396, DE 02 DE OUTUBRO DE 2014. RESOLUÇÃO Nº 396, DE 02 DE OUTUBRO DE 2014. O PRESIDENTE DO CONSELHO DE CÂMPUS DO CÂMPUS DO PANTANAL, da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições legais, e Considerando

Leia mais

Processo Seletivo CAp 2016 1º ano

Processo Seletivo CAp 2016 1º ano Edital de convocação A Universidade do Estado do Rio de Janeiro torna público o presente Edital, com normas, rotinas e procedimentos relativos ao processo seletivo, por meio de Sorteio Público, para ingresso

Leia mais

considerando o Decreto nº 6.114, de 15 de maio de 2007; considerando a Portaria/MEC nº 1.084 de 02 de setembro de 2008;

considerando o Decreto nº 6.114, de 15 de maio de 2007; considerando a Portaria/MEC nº 1.084 de 02 de setembro de 2008; Dispõe sobre os critérios e valores para pagamento de Gratificações por Encargo de Cursos ou Concursos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul (IFMS). A COORDENADORA-GERAL

Leia mais

PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO DE REMOÇÃO TÉCNICO- ADMINISTRATIVO P.A. - 02/2013

PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO DE REMOÇÃO TÉCNICO- ADMINISTRATIVO P.A. - 02/2013 PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO DE REMOÇÃO TÉCNICO- ADMINISTRATIVO P.A. - 02/2013 O Pró-Reitor de Desenvolvimento Institucional do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás, no uso de suas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAUDE COLEGIADO DO CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAUDE COLEGIADO DO CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAUDE COLEGIADO DO CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Instrução normativa Nº 01/2011 Revoga a Instrução Normativa N 02/2008 da comissão

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Núcleo de Educação Aberta e a Distância Ne@ad EDITAL Nº 11/2013

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Núcleo de Educação Aberta e a Distância Ne@ad EDITAL Nº 11/2013 Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Núcleo de Educação Aberta e a Distância Ne@ad EDITAL Nº 11/2013 EDITAL DE SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS E A DISTÂNCIA PARA PROVIMENTO DAS

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO SISTEMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL/UAB. EDITAL nº027/2013

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO SISTEMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL/UAB. EDITAL nº027/2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO SISTEMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL/UAB EDITAL nº07/0 EDITAL DE SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS PARA PROVIMENTO DAS VAGAS EXISTENTES E PARA

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DO NORTE MT CNPJ.: 03.238.672/0001-28

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DO NORTE MT CNPJ.: 03.238.672/0001-28 DECRETO Nº. 810/2015, DE 03 DE FEVEREIRO DE 2015 Regulamenta o estágio de estudantes em órgãos municipais, com base na Lei Federal nº 11.788, de 25 de setembro de 2008, e dá outras providências. O PREFEITO

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PIAUÍ PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PIAUÍ PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PIAUÍ PORTARIA Nº 307 /2009 Dispõe sobre os procedimentos admissionais a serem adotados pela Procuradoria Geral de Justiça aos candidatos aprovados e nomeados no 1ºConcurso

Leia mais

CONSIDERAÇÕES SOBRE ATESTADOS MÉDICOS. Caxias do Sul, 23 de julho de 2015

CONSIDERAÇÕES SOBRE ATESTADOS MÉDICOS. Caxias do Sul, 23 de julho de 2015 CONSIDERAÇÕES SOBRE ATESTADOS MÉDICOS Caxias do Sul, 23 de julho de 2015 Conceito de Atestado Declaração escrita e assinada que uma pessoa devidamente qualificada faz sobre a verdade de um fato, e que

Leia mais

DIVULGAÇÃO DAS NORMAS DO PROCESSO SELETIVO

DIVULGAÇÃO DAS NORMAS DO PROCESSO SELETIVO Edital UNDB Nº 13/2015 Processo Seletivo para Ingresso por Transferência Externa e Graduado DIVULGAÇÃO DAS NORMAS DO PROCESSO SELETIVO A Unidade de Ensino Superior Dom Bosco - UNDB, por meio da Diretoria

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA PARA FORMAÇÃO DE LISTA DE INTERESSADOS EM REDISTRIBUIÇÃO

CHAMADA PÚBLICA PARA FORMAÇÃO DE LISTA DE INTERESSADOS EM REDISTRIBUIÇÃO CHAMADA PÚBLICA PARA FORMAÇÃO DE LISTA DE INTERESSADOS EM REDISTRIBUIÇÃO O Instituto Federal de Goiás (IFG) comunica que receberá Propostas de Interessados no preenchimento de cargos de docentes e técnicos-administrativos

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Núcleo de Educação Aberta e a Distância Ne@ad EDITAL Nº 022 /2013

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Núcleo de Educação Aberta e a Distância Ne@ad EDITAL Nº 022 /2013 Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Núcleo de Educação Aberta e a Distância Ne@ad EDITAL Nº 022 /2013 EDITAL DE SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS E A DISTÂNCIA PARA PROVIMENTO DAS

Leia mais

Orientações Gerais. Acordo de Cooperação Técnica

Orientações Gerais. Acordo de Cooperação Técnica Orientações Gerais Acordo de Cooperação Técnica Está disponível neste Portal SIASS uma nova minuta que visa orientar os órgãos e os GT's de Implantação das Unidades do SIASS quanto à elaboração do documento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO E EDUCAÇÃO FÍSICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO E EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO E EDUCAÇÃO FÍSICA EDITAL Nº 3/2013 PPGEF/CEFD/UFES A COORDENAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO E EDUCAÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 08/2013

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 08/2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 08/2013 Regulamenta os critérios de concessão, no âmbito da UFBA, da gratificação por encargos de cursos e concursos e dá outras providencias.

Leia mais

Seropédica, 2015 (1ª edição)

Seropédica, 2015 (1ª edição) Fonte da imagem: http://www.prevencao360graus.com/2014/03/exames-medicos-ocupacionais-e.html Seropédica, 2015 (1ª edição) Informações Prof.ª Ana Maria Dantas Soares Reitora Prof. Eduardo Mendes Callado

Leia mais

EDITAL Nº 18/2014 PROCESSO SELETIVO DE TUTORES A DISTANCIA PARA O BANCO DE TALENTOS DA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS

EDITAL Nº 18/2014 PROCESSO SELETIVO DE TUTORES A DISTANCIA PARA O BANCO DE TALENTOS DA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS DIVISÃO DE EDUCAÇÃO E CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL EDITAL Nº 18/2014 PROCESSO SELETIVO DE TUTORES

Leia mais

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS RESOLUÇÃO Nº 002/00 - COPLAD Dispõe sobre a avaliação de desempenho em estágio probatório do servidor técnico-administrativo e do docente. O CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO da Universidade Federal do Paraná,

Leia mais

EDITAL Nº 510/UFFS/2013 - SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS - ESTÁGIOS NÃO OBRIGATÓRIOS

EDITAL Nº 510/UFFS/2013 - SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS - ESTÁGIOS NÃO OBRIGATÓRIOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL Gabinete do Reitor EDITAL Nº 510/UFFS/2013 - SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS - ESTÁGIOS NÃO OBRIGATÓRIOS O REITOR PRO TEMPORE DA UNIVERSIDADE FEDERAL

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS CHAMADA PARA PROCESSO DE SELEÇÃO DE CURSISTAS 03/2015 A Escola de Administração da Universidade

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015-ESDPU/DPGU

EDITAL Nº 01/2015-ESDPU/DPGU EDITAL Nº 01/2015-ESDPU/DPGU PROCESSO SELETIVO DE CONTEUDISTA E TUTOR DOS CURSOS DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO O Diretor da Escola Superior da Defensoria Pública da União torna pública a realização de Processo

Leia mais

2. ESPECIFICAÇÃO DAS METAS E ETAPAS

2. ESPECIFICAÇÃO DAS METAS E ETAPAS Cotação Prévia de Preço n 004/2011 Convênio 751723/2010 Menor Preço e melhor técnica Cotação prévia de Preços na modalidade melhor técnica e preço para contratação de serviços contábeis para a prestação

Leia mais

TIRA-DÚVIDAS DE PERÍCIA. Ajudando o Servidor. Unidade SIASS UFMA

TIRA-DÚVIDAS DE PERÍCIA. Ajudando o Servidor. Unidade SIASS UFMA TIRA-DÚVIDAS DE PERÍCIA Ajudando o Servidor Unidade SIASS UFMA Prof. Dr. Natalino Salgado Filho Reitor Prof. Dr. Antonio José Silva Oliveira Vice-Reitor Maria Elisa Cantanhede Lago Braga Borges Pró-Reitora

Leia mais

EXAME PRÉ-ADMISSIONAL

EXAME PRÉ-ADMISSIONAL 1 - DEFINIÇÃO É o estabelecimento da capacidade plena do indivíduo ao desempenho de sua função. 2 - REQUISITOS BÁSICOS Candidato aprovado em Concurso Público ou Processo Seletivo para Temporários que tenha

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO COLÉGIO UNIVERSITÁRIO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966-São Luís-MA.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO COLÉGIO UNIVERSITÁRIO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966-São Luís-MA. UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO COLÉGIO UNIVERSITÁRIO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966-São Luís-MA. EDITAL Nº 08 de 15 DE Dezembro DE 2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE EDITAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE EDITAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE EDITAL PRORROGAÇÃO DO PERÍODO DE INSCRIÇÃO PARA O PROGRAMA DE PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO)

Leia mais

Inscrições: 06 de JULHO a 16 de JULHO de 2015 (das 13:30 ás 17 horas)

Inscrições: 06 de JULHO a 16 de JULHO de 2015 (das 13:30 ás 17 horas) UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE EDITAL PRORROGAÇÃO DO PERÍODO DE INSCRIÇÃO PARA O PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO)

Leia mais

1 DO CARGO: Entrevistador de Campo 2 REQUISITOS:

1 DO CARGO: Entrevistador de Campo 2 REQUISITOS: Universidade Federal da Bahia - UFBA Instituto de Saúde Coletiva Rua Basílio da Gama. s/no. 2º. Andar. Canela Salvador Bahia CEP 40.040-110 tel.: 3283-7448 EDITAL DE CADASTRO RESERVA DO PROCESSO SELETIVO

Leia mais

CAPITULO I Disposições Preliminares

CAPITULO I Disposições Preliminares Portaria Unesp nº 499, de 06 de novembro de 2006. Estabelece normas relativas a Exames Médicos de Saúde Ocupacional, Exames Médico-Periciais e Exames de Juntas Médicas, de observância no âmbito da Universidade

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO ESTÁGIOS CURRICULARES OBRIGATÓRIOS E NÃO- OBRIGATÓRIOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNISC

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO ESTÁGIOS CURRICULARES OBRIGATÓRIOS E NÃO- OBRIGATÓRIOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNISC UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO ESTÁGIOS CURRICULARES OBRIGATÓRIOS E NÃO- OBRIGATÓRIOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNISC CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º O presente Regulamento

Leia mais

2. Direitos do contratado

2. Direitos do contratado b) consulta do PAEC: dados pessoais; c) consulta PAPC: 11.2.1; d) termo de ciência e de notificação (mesma data que o contrato); e) contrato preenchido em 3 (três) vias; f) ofício de encaminhamento carimbado

Leia mais

Decreto Nº 13.840 de 21/09/2009

Decreto Nº 13.840 de 21/09/2009 Decreto Nº 13.840 de 21/09/2009 Dispõe sobre estágios no âmbito da Administração Pública Direta e Indireta do Estado do Piauí para estudantes regularmente matriculados e com frequência efetiva, vinculados

Leia mais

EMBAIXADA DO BRASIL EM CAMBERRA PROCESSO SELETIVO EDITAL 02/2014

EMBAIXADA DO BRASIL EM CAMBERRA PROCESSO SELETIVO EDITAL 02/2014 EMBAIXADA DO BRASIL EM CAMBERRA PROCESSO SELETIVO EDITAL 02/2014 A Comissão de Seleção designada pelo Embaixador do Brasil em Camberra, no uso de sua competência, faz público que estarão abertas, de 13

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal do Pampa Pró-Reitoria de Gestão de Pessoal FOLHA PONTO

Ministério da Educação Universidade Federal do Pampa Pró-Reitoria de Gestão de Pessoal FOLHA PONTO FOLHA PONTO Abrangência: Técnicos Administrativos É de responsabilidade da Chefia imediata, o acompanhamento através da folha ponto da situação de Frequência do Servidor, sobre o que estabelece a presente

Leia mais

PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS E COMPUTACIONAIS LICENÇA POR MOTIVO DE DOENÇA EM PESSOA DA FAMÍLIA

PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS E COMPUTACIONAIS LICENÇA POR MOTIVO DE DOENÇA EM PESSOA DA FAMÍLIA PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS E COMPUTACIONAIS LICENÇA POR MOTIVO DE DOENÇA EM PESSOA DA FAMÍLIA 1 CONCEITO Ao servidor efetivo que, por motivo de doença do cônjuge, parente (pais, irmãos, avós, filhos

Leia mais

CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO, CLASSIFICAÇÃO E RELAÇÕES DE ESTÁGIO

CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO, CLASSIFICAÇÃO E RELAÇÕES DE ESTÁGIO LEI N.º 11.788, DE 25 DE SETEMBRO DE 2008. Dispõe sobre o estágio de estudantes; altera a redação do art. 428 da Consolidação das Leis do Trabalho CLT, aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1o de maio

Leia mais

MANUAL DE ROTINAS E PROCEDIMENTOS DA PERÍCIA MÉDICA

MANUAL DE ROTINAS E PROCEDIMENTOS DA PERÍCIA MÉDICA MANUAL DE ROTINAS E PROCEDIMENTOS DA PERÍCIA MÉDICA UNIDADE SIASS/UFPR SIASS O QUE É? É um Subsistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor SIASS tem por objetivo desenvolver ações conjuntas nos campos

Leia mais

DADOS PESSOAIS. Endereço: Município: Bairro: CEP: Complemento:

DADOS PESSOAIS. Endereço: Município: Bairro: CEP: Complemento: SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL DADOS PESSOAIS Sexo: ( ) Masculino ( ) Feminino Data de Nascimento: / / Naturalidade:

Leia mais

ACIDENTE DE TRABALHO

ACIDENTE DE TRABALHO 1 - DEFINIÇÃO 1.1 - Acidente de trabalho Qualquer prejuízo à saúde ou integridade física do trabalhador ocorrida no trabalho ou em decorrência do trabalho. 1.1.1 - Acidente Típico Acidente que ocorre numa

Leia mais

Gabinete do Procurador-Geral de Justiça ATO PGJ Nº 571/2016

Gabinete do Procurador-Geral de Justiça ATO PGJ Nº 571/2016 Gabinete do Procurador-Geral de Justiça ATO PGJ Nº 571/2016 Institui e regulamenta o Programa de Serviço Voluntário no âmbito do Ministério Público do Estado do Piauí. O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 066 CONSUPER/2013

RESOLUÇÃO Nº. 066 CONSUPER/2013 RESOLUÇÃO Nº. 066 CONSUPER/2013 Dispõe sobre o Regulamento sobre Movimentação de servidores no âmbito do Instituto Federal Catarinense. O Presidente do do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 003/2009

EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 003/2009 EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 003/2009 Convoca aprovados em concurso público de que trata o Edital Nº 001/2009, e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE PORTO REAL, Estado do Rio de Janeiro, no uso

Leia mais

1.2. O acompanhamento de Editais e comunicados referentes a este Processo Seletivo é de responsabilidade exclusiva do candidato.

1.2. O acompanhamento de Editais e comunicados referentes a este Processo Seletivo é de responsabilidade exclusiva do candidato. EDITAL Nº 11/2015, de 28 de abril de 2015 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA SERVIDORES PÚBLICOS DE ENSINO PARA INGRESSO NO CURSO TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQUENTE AO ENSINO MÉDIO, DO PROFUNCIONÁRIO CURSOS A DISTÂNCIA

Leia mais

RESOLUÇÃO CEG nº 12/2008

RESOLUÇÃO CEG nº 12/2008 RESOLUÇÃO CEG nº 12/2008 Normas para o Estágio 1) Considerando a Lei 11.788 de 25 de setembro de 2008, que trata de Estágios de Estudantes; 2) Considerando a não existência de resolução geral que normatize

Leia mais

Brasília, 16 de julho de 2015. Boletim de Serviço da FUNAI Ano 28 Número 07. SUMÁRIO Presidência... 01 Coordenações Regionais...

Brasília, 16 de julho de 2015. Boletim de Serviço da FUNAI Ano 28 Número 07. SUMÁRIO Presidência... 01 Coordenações Regionais... p. 1 SUMÁRIO Presidência... 01 Coordenações Regionais...05 PORTARIA Nº 659/PRES, de 15 de julho de 2015. PRESIDÊNCIA Dispõe sobre a regulamentação quanto à concessão de licença por motivo de doença em

Leia mais

NORMAS PARA O PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DO CAMPUS CAÇAPAVA DO SUL

NORMAS PARA O PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DO CAMPUS CAÇAPAVA DO SUL NORMAS PARA O PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DO CAMPUS CAÇAPAVA DO SUL Estabelece regras para o Programa de Monitoria Voluntária do Campus de Caçapava do Sul nas modalidades Iniciação ao Ensino, Iniciação

Leia mais

EDITAL Nº. 038/2016 - FUnC

EDITAL Nº. 038/2016 - FUnC EDITAL Nº. 038/2016 - FUnC Dispõe sobre abertura de Processo Seletivo para contratação de Estagiários vinculados ao Convênio nº 002/2008 celebrado entre a Fundação Universidade do Contestado e o Juízo

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS PRÓ-REITORIA ACADÊMICA EDITAL Nº 09/2011 PRAC SELEÇÃO PÚBLICA A Pró-Reitoria Acadêmica da Universidade Católica de Pelotas torna pública a abertura de SELEÇÃO DOCENTE,

Leia mais

Norma de Procedimento

Norma de Procedimento PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA Código Secretaria Municipal de Administração Assessoria de Planejamento Organizacional Assunto CONTRATAÇÃO DE ESTAGIÁRIO/RENOVAÇÃO/RESCISÃO DE TERMO DE COMPROMISSO 1. Finalidade:

Leia mais

PROCEDIMENTOS DE COMPRAS

PROCEDIMENTOS DE COMPRAS PROCEDIMENTOS DE COMPRAS Estas instruções têm como objetivo a padronização dos procedimentos para a realização das compras de materiais de consumo, bens permanentes e prestações de serviços necessários

Leia mais

Aposentadorias por Tempo de Contribuição e por Idade do. Segurado com Deficiência

Aposentadorias por Tempo de Contribuição e por Idade do. Segurado com Deficiência Art. 70-A. A concessão da aposentadoria por tempo de contribuição ou por idade ao segurado que tenha reconhecido, em avaliação médica e funcional realizada por perícia própria do INSS, grau de deficiência

Leia mais

1 - OBJETIVOS DO PROGRAMA

1 - OBJETIVOS DO PROGRAMA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) Campus Universitário - Lagoa Nova - 59072-970 - Natal - RN Fone: (84)

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

EDITAL DE CONVOCAÇÃO Salvador, Bahia Terça-feira 19 de Janeiro de 2016 Ano C N o 21.858 1. INFORMAÇÕES PRELIMINARES EDITAL DE CONVOCAÇÃO As Secretarias Estaduais do Meio Ambiente e da Educação, em conformidade com a Lei nº

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DO SISTEMA TERRESTRE PG-CST

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DO SISTEMA TERRESTRE PG-CST CHAMADA PRA INSCRIÇÃO À BOLSA PNPD-PG-CST/INPE A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciência do Sistema Terrestre (PG-CST) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), informa que encontra-se

Leia mais

E S T A D O D E M A T O G R O S S O Prefeitura Municipal de Jaciara

E S T A D O D E M A T O G R O S S O Prefeitura Municipal de Jaciara DECRETO EXECUTIVO MUNICIPAL Nº 3.243/2015 25.06.2015. Altera a regulamentação da Lei 1.509/2013 de 13.03.2013 em seus artigos 22 e 23, nos termos do artigo 11 da referida Lei; dá nova nomenclatura ao cargo

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONTABILIDADE PÚBLICA E LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONTABILIDADE PÚBLICA E LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONTABILIDADE PÚBLICA E LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL ÁREA DO CONHECIMENTO Administração - Gestão Pública. NOME DO CURSO Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em

Leia mais

EDITAL PRGDP Nº 29/2014

EDITAL PRGDP Nº 29/2014 EDITAL PRGDP Nº 29/2014 A PRGDP/UFLA, no uso de suas atribuições, e considerando a Lei nº 11.091, de 12/01/2005, Decreto nº 5.707, de 23/02/2006 e a Resolução CUNI nº 56 de 29/10/2013, torna público que

Leia mais

BRASIL DO CABURAÍ AO CHUÍ SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

BRASIL DO CABURAÍ AO CHUÍ SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO EDITAL N 025/2015 CONVOCAÇÃO DE CONCURSO PÚBLICO O Secretário Municipal de Administração e Gestão de Pessoas, da Prefeitura Municipal de Boa Vista RR, no uso de suas atribuições legais; Considerando a

Leia mais

11/09/2015 Dir. Previdenciário Prof. Marcos 218 Dir. Previdenciário Prof. Marcos 219 12

11/09/2015 Dir. Previdenciário Prof. Marcos 218 Dir. Previdenciário Prof. Marcos 219 12 218 219 12 220 221 13 222 223 14 224 225 15 226 227 16 228 229 17 230 231 18 232 233 19 234 235 20 236 237 21 238 239 22 Direito Adquirido a Aposentadoria antes da EC nº 20/98 240 241 23 242 Benefício

Leia mais