Conteúdos: Fonemas e letras Encontros vocálicos Encontro consonantal Dígrafo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Conteúdos: Fonemas e letras Encontros vocálicos Encontro consonantal Dígrafo"

Transcrição

1 Conteúdos: Fonemas e letras Encontros vocálicos Encontro consonantal Dígrafo

2 Habilidades: Reconhecer fonemas e letras Identificar encontros consonantais nas palavras Saber diferenciar dígrafo e encontro consonantal nas palavras

3 PAUTA DO DIA Acolhida Memorial/Prazer de Casa Equipes Problematização Exibição do Vídeo Leitura de Imagem

4 PAUTA DO DIA Atividade com o Livro Texto Atividades Complementares Prazer de Casa Interatividades

5 MEMORIAL / PRAZER DE CASA Expresse através de um adjetivo os conceitos abaixo: a) aquilo que não se pode descrever é b) o que não se pode corrigir é

6 MEMORIAL / PRAZER DE CASA c) o que não se pode ler é d) o que não se pode tocar é e) o que não se pode tragar é

7 MEMORIAL / PRAZER DE CASA e) o que não se pode perdoar é f) o que não é possível é

8 VIVÊNCIA DAS EQUIPES Coordenação Socialização Síntese Avaliação

9 PROBLEMATIZAÇÃO a) Observe os pares de palavras. A - lua, rua B - mata, nata Quantas letras tem cada par? A - B -

10 PROBLEMATIZAÇÃO b) Alguns sons permitem a distinção entre as palavras. Por quais letras são representadas? A- B-

11 LEITURA DE IMAGEM a) Você acabou de assistir ao vídeo fonemas e letras. Dos assuntos abordados, quais você já conhecia? E quais está vendo pela primeira vez?

12 LEITURA DE IMAGEM b) O que você entendeu sobre: - fonemas e letras - encontro vocálico - encontro consonantal e dígrafo?

13 ATIVIDADE COM O LIVRO TEXTO Fonemas e Letras Letra é a representação gráfica dos sons da fala. Ex: H-O-R-A (4 letras) Fonema é a unidade mínima sonora. Ex: Táxi/Taksi (4 letras- 5 fonemas) Passarinho/Paçariño (10 letras- 8 fonemas)

14 ATIVIDADE COM O LIVRO TEXTO Ex: T-á-x-i / T-a-k-s-i 5-letras / 5 fonemas P-a-s-s-a-r-i-n-h-o / P-a-ç-a-r-i-ñ-o 10-letras / 8 fonemas

15 ATIVIDADE COM O LIVRO TEXTO Nem sempre o número de letras será igual ao número de fonemas: casa = / kasa / 4 letras e 4 fonemas - hora = / ora / 4 letras e 3 fonemas - táxi = / taksi / 4 letras e 5 fonemas

16 ATIVIDADE COM O LIVRO TEXTO Classificação dos fonemas - vogais -semivogais -consoantes

17 ATIVIDADE COM O LIVRO TEXTO ENCONTROS VOCÁLICOS: é a união de fonemas vocálicos (semivogais e vogais) na mesma sílaba ou em sílabas diferentes. Podem ser: a) Hiato: vogal + vogal Ex.: di-a sa-í-da

18 ATIVIDADE COM O LIVRO TEXTO b) Ditongo: vogal + semivogal pronunciadas numa só sílaba. Que pode ser: crescente / decrescente Ex.: rei ditongo decrescente água ditongo crescente

19 ATIVIDADE COM O LIVRO TEXTO c) Tritongo: semivogal + vogal + semivogal Ex.: Uruguai, Paraguai

20 ATIVIDADE COM O LIVRO TEXTO Atividades 1. Identifique o número de letras e fonemas das palavras abaixo: Peso: letras fonemas Que: letras fonemas Fixo: letras fonemas Hora: letras fonemas

21 ATIVIDADE COM O LIVRO TEXTO 2. Circule os encontros vocálicos das palavras: peneira - coração - fêmea -besouro - joelho - poeta - iguais - gaiola

22 ATIVIDADE COM O LIVRO TEXTO 3. Separe as sílabas das palavras e classifique os encontros vocálicos em: ditongo, tritongo ou hiato.

23 ATIVIDADE COM O LIVRO TEXTO Uruguai padeiro lua água saúde

24 ATIVIDADES COMPLEMENTARES ENCONTROS CONSONANTAIS: é a sequência de sons consonantais na palavra, sem vogal intermediária.

25 ATIVIDADES COMPLEMENTARES O encontro consonantal pode ocorrer: na mesma sílaba. pe - dra pla - no cla - ro pneu em sílabas diferentes. por - ta rit - mo lis - ta

26 ATIVIDADES COMPLEMENTARES DÍGRAFO: duas letras que representam um só fonema. São dígrafos em língua portuguesa:

27 ATIVIDADES COMPLEMENTARES Letras:

28 ATIVIDADES COMPLEMENTARES Atividades Damos o nome de dígrafo a um grupo de duas letras que representam um só fonema e nos encontros consonantais, cada letra representa um fonema.

29 ATIVIDADES COMPLEMENTARES Atividades 1. No trecho: Ele vivia cercado de animais, plantas, flores, enfim de todas as coisas lindas que Deus criou. As palavras grifadas possuem:

30 ATIVIDADES COMPLEMENTARES a. ( ) dígrafo b. ( ) encontro consonantal c. ( ) encontro consonantal e dígrafo d. ( ) não possui encontro consonantal

31 ATIVIDADES COMPLEMENTARES 2. Marque a opção em que todas as palavras possuem dígrafo. a) ( ) flores, chamando, galinheiro. b) ( ) velha, guerras, cresceu. c) ( ) descer, Fabrício, correnteza. d) ( ) manhãs, grande, desça.

32 ATIVIDADES COMPLEMENTARES 3. Separe as palavras em duas colunas: 1 - dígrafo 2 - encontro consonantal queimada- grama-machado-galinheirocravo- flor- telha-massa-tronco- cheiogarra-velho- captar-cobra- assado

33 PRAZER DE CASA 1. No trecho: A notícia se espalhou e veio gente de todo canto para ver o que ia nascer da montanha. As palavras destacadas possuem:

34 PRAZER DE CASA a) ( ) somente hiato. b) ( ) somente ditongo. c) ( ) somente tritongo. d) ( ) hiato e ditongo.

35 PRAZER DE CASA 2. Marque a opção em que todas as palavras possuem hiato: a) ( ) poeira, apareceu, ingênuo. b) ( ) curiosidade, dias, pessoas. c) ( ) veio, notícia, meio. d) ( ) começou, aumentava, tremeu.

36 MEMORIAL

37 MEMORIAL Vamos registrar o que foi significativo na aula de hoje? Escreva sobre o que você aprendeu na aula de hoje e registre no seu memorial.

Fonética e Fonologia. Profa. Me. Luana Lemos. llemos@salesiano.org.br

Fonética e Fonologia. Profa. Me. Luana Lemos. llemos@salesiano.org.br Fonética e Fonologia Profa. Me. Luana Lemos 1 Fonética e Fonologia Fonética é a parte da gramática que estuda os sons da fala (física) Fonologia estuda os fonemas da língua nas diversas combinações (linguística)

Leia mais

Disciplina:Português Professor (a): Cristiane Souto Ano: 6º Turmas: 6.1 e 6.2

Disciplina:Português Professor (a): Cristiane Souto Ano: 6º Turmas: 6.1 e 6.2 Rede de Educação Missionárias Servas do Espírito Santo Colégio Nossa Senhora da Piedade Av. Amaro Cavalcanti, 2591 Encantado Rio de Janeiro / RJ CEP: 20735042 Tel: 2594-5043 Fax: 2269-3409 E-mail: cnsp@terra.com.br

Leia mais

ATIVIDADES PARA RECUPERAÇÃO PARALELA PORTUGUÊS PROFESSOR (A): Renan Andrade TURMA: 6º ANO Vespertino

ATIVIDADES PARA RECUPERAÇÃO PARALELA PORTUGUÊS PROFESSOR (A): Renan Andrade TURMA: 6º ANO Vespertino ATIVIDADES PARA RECUPERAÇÃO PARALELA PORTUGUÊS PROFESSOR (A): Renan Andrade TURMA: 6º ANO Vespertino REVISÃO 1) Coloque em ordem alfabética as seguintes palavras abaixo. Dinamarquês sono caprichosas autor

Leia mais

Disciplina:Português Professor (a): Cristiane Souto Ano: 6º Turmas: 6.1 e 6.2

Disciplina:Português Professor (a): Cristiane Souto Ano: 6º Turmas: 6.1 e 6.2 Rede de Educação Missionárias Servas do Espírito Santo Colégio Nossa Senhora da Piedade Av. Amaro Cavalcanti, 2591 Encantado Rio de Janeiro / RJ CEP: 20735042 Tel: 2594-5043 Fax: 2269-3409 E-mail: cnsp@terra.com.br

Leia mais

FONÉTICA. qualquer unidade sonora capaz de estabelecer distinção entre palavras de uma língua.

FONÉTICA. qualquer unidade sonora capaz de estabelecer distinção entre palavras de uma língua. FONÉTICA 1. FONEMA: qualquer unidade sonora capaz de estabelecer distinção entre palavras de uma língua. 2. LETRA: representação gráfica do fonema. 3. FONEMAS E LETRAS COMPARAÇÕES 3.1. Uma palavra pode

Leia mais

ACENTO GRÁFICO E ACENTO TÔNICO

ACENTO GRÁFICO E ACENTO TÔNICO ACENTO GRÁFICO E ACENTO TÔNICO O acento gráfico é um mero sinal de escrita, que não deve ser confundido com o acento tônico, que é a maior intensidade de voz apresentada por uma sílaba quando pronunciamos

Leia mais

1) Informe o número de letras e fonemas das palavras abaixo. d) Ansiedade 9L/8F e) Cansado - 7L/6F f) Amarrotado 10L/9F

1) Informe o número de letras e fonemas das palavras abaixo. d) Ansiedade 9L/8F e) Cansado - 7L/6F f) Amarrotado 10L/9F Orientações: Só serão aceitas as atividades feitas por completo e de acordo com o que foi pedido nos enunciados. Todos os exercícios deverão ser resolvidos no caderno. A perda desta lista implicará em

Leia mais

Equipe de Língua Portuguesa PORTUGUÊS

Equipe de Língua Portuguesa PORTUGUÊS Aluno (a): Série: 3ª TUTORIAL 13R Ensino Médio Data: Turma: Equipe de Língua Portuguesa PORTUGUÊS FONÉTICA E FONOLOGIA 1. FONOLOGIA É a parte da Gramática que estuda o comportamento dos fonemas de uma

Leia mais

Fonologia. A Fonética estuda os sistemas sonoros das línguas.

Fonologia. A Fonética estuda os sistemas sonoros das línguas. Fonologia A Fonética estuda os sistemas sonoros das línguas. Número de fonemas e número de letras Letra: É o sinal gráfico da escrita. Exemplos: pipoca tem 6 letras hoje tem 4 letras Fonema: É o som da

Leia mais

LÍNGUA INTERATIVIDADE REVISÃO 2 INTERATIVIDADE. Unidade II. Cultura- A pluralidade na expressão humana. Aula 20. Revisão e avaliação da unidade II.

LÍNGUA INTERATIVIDADE REVISÃO 2 INTERATIVIDADE. Unidade II. Cultura- A pluralidade na expressão humana. Aula 20. Revisão e avaliação da unidade II. Unidade II Cultura- A pluralidade na expressão humana. Aula 20 Revisão e avaliação da unidade II. 2 Ervas O caule das ervas (plantas herbáceas) é geralmente verde, ao contrário das árvores e arbustos.

Leia mais

Recuperação. - Mecânica: ramo da Física que estuda os movimentos;

Recuperação. - Mecânica: ramo da Física que estuda os movimentos; Recuperação Capítulo 01 Movimento e repouso - Mecânica: ramo da Física que estuda os movimentos; - Um corpo está em movimento quando sua posição, em relação a um referencial escolhido, se altera com o

Leia mais

Sandra Duarte Tavares Sara de Almeida Leite. Gramática Descomplicada para Pais e Filhos, Alunos e Professores e muitos mais

Sandra Duarte Tavares Sara de Almeida Leite. Gramática Descomplicada para Pais e Filhos, Alunos e Professores e muitos mais Sandra Duarte Tavares Sara de Almeida Leite Gramática Descomplicada para Pais e Filhos, Alunos e Professores e muitos mais Índice Apresentação... 9 Letras e sons Alfabeto........................................................

Leia mais

Pequena História do meu Estágio de Português orientado pelo Senhor Dr. Virgílio Couto na Escola Comercial de Veiga Beirão

Pequena História do meu Estágio de Português orientado pelo Senhor Dr. Virgílio Couto na Escola Comercial de Veiga Beirão Pequena História do meu Estágio de Português orientado pelo Senhor Dr. Virgílio Couto na Escola Comercial de Veiga Beirão Ano Primeiro (1948-1949) Janeiro, 11 Para começar, falou connosco durante uma hora

Leia mais

DICAS PARA APRENDER A ACENTUAR AS PALAVRAS.

DICAS PARA APRENDER A ACENTUAR AS PALAVRAS. DICAS PARA APRENDER A ACENTUAR AS PALAVRAS. Para acentuarmos bens as palavras faz-se necessário revisar alguns pontos gramaticais que nos ajudarão a compreender as regras da acentuação gráfica da Língua

Leia mais

ORTOGRAFIA E ORALIDADE

ORTOGRAFIA E ORALIDADE ORTOGRAFIA E ORALIDADE RELAÇÕES ENTRE GRAFIA E ORALIDADE NO PORTUGUÊS Lisboa, fevereiro de 2011 grafia vs. ortografia Nem todas as línguas têm sistemas de representação escrita Nem todas as representações

Leia mais

TÍTULO: Plano de Aula SÍLABAS. Ensino Fundamental I / Anos Iniciais 3 ano. Língua Portuguesa. Gramática. 2 aulas (50 min cada ) Educação Presencial

TÍTULO: Plano de Aula SÍLABAS. Ensino Fundamental I / Anos Iniciais 3 ano. Língua Portuguesa. Gramática. 2 aulas (50 min cada ) Educação Presencial Org.: Claudio André - 1 TÍTULO: SÍLABAS Nível de Ensino: Ano/Semestre de Estudo Componente Curricular: Tema: Duração da Aula: Ensino Fundamental I / Anos Iniciais 3 ano Língua Portuguesa Gramática 2 aulas

Leia mais

PRONUNCIAMENTO SOBRE LOGÍSTICA DE TRANSPORTES

PRONUNCIAMENTO SOBRE LOGÍSTICA DE TRANSPORTES PRONUNCIAMENTO SOBRE LOGÍSTICA DE TRANSPORTES Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Senadores, Amigos que nos assistem e nos ouvem pela Rádio Senado e pela TV Senado Há poucos dias, um fato foi amplamente

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO 1º PERÍODO/2015 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO 1º PERÍODO/2015 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO 1º PERÍODO/2015 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL LÍNGUA PORTUGUESA (Unidade 1) Gêneros Poema Crônica Descrição História em quadrinhos Conto de fadas Conto maravilhoso Fábula Leitura

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. 2º Ano

LÍNGUA PORTUGUESA. 2º Ano LÍNGUA PORTUGUESA 2º Ano JOSIANE DE LIMA PIRAQUARA 2015 SALADA DE FRUTA INGREDIENTES 2 MAMÕES PAPAIA PEQUENOS 1 LARANJA MÉDIA 5 BANANAS 2 MAÇÃS 5 MORANGOS MADUROS 1 PÊSSEGO 10 GRÃOS DE UVA (QUALQUER VARIEDADE)

Leia mais

SIMULADO DE MATEMÁTICA

SIMULADO DE MATEMÁTICA SIMULADO DE MATEMÁTICA 1- Qual o antecessor e o sucessor do número abaixo. 497 a) 490/550 b) 49/71 c) 496/498 d) 498/496 2- Marque a alternativa correta quando decompomos o número 1986. a) 9 centenas,

Leia mais

Sons Vocais do Inglês Americano

Sons Vocais do Inglês Americano Sons Vocais do Inglês Americano Existem mais de 40 sons vocais no inglês americano que podem ser classificados de acordo com a forma básica em que são produzidos. Classe quanto á forma Vogais Fricativas

Leia mais

Descrição e análise do sistema consonantal do português arcaico no Pergaminho Vindel

Descrição e análise do sistema consonantal do português arcaico no Pergaminho Vindel Descrição e análise do sistema consonantal do português arcaico no Pergaminho Vindel Daniel Soares da sta Av. Ferroviária nº 1420 Centro Ibitinga SP Brasil esumo. Este artigo descreve e analisa o sistema

Leia mais

HINÁRIO. Glauco O CHAVEIRÃO. www.hinarios.org. Glauco Villas Boas 1 01 HÓSPEDE

HINÁRIO. Glauco O CHAVEIRÃO. www.hinarios.org. Glauco Villas Boas 1 01 HÓSPEDE HINÁRIO O CHAVEIRÃO Tema 2012: Flora Brasileira Allamanda blanchetii Glauco Glauco Villas Boas 1 www.hinarios.org 2 01 HÓSPEDE Padrinho Eduardo - Marcha Eu convidei no meu sonho Meu mestre vamos passear

Leia mais

Aula 05. Locução Adjetiva = expressão que tem a mesma função: qualificar o substantivo.

Aula 05. Locução Adjetiva = expressão que tem a mesma função: qualificar o substantivo. RESUMÃO 2º SIMULADO DE PORTUGUÊS Aula 05 Adjetivo e suas flexões Adjetivo = palavra que qualifica o substantivo. Locução Adjetiva = expressão que tem a mesma função: qualificar o substantivo. Os adjetivos

Leia mais

33 FONOLOGIA FONÉTICA CAPÍTULO 1

33 FONOLOGIA FONÉTICA CAPÍTULO 1 33 FONOLOGIA CAPÍTULO 1 FONOLOGIA SUMÁRIO A língua portuguesa 1. Introdução 1.1. Elementos da comunicação 1.1.1. Emissor 1.1.2. Receptor 1.1.3. Mensagem 1.1.4. Referente 1.1.5. Código 1.1.6. Canal de comunicação

Leia mais

Mosaicos #7 Escolhendo o caminho a seguir Hb 13:8-9. I A primeira ideia do texto é o apelo à firmeza da fé.

Mosaicos #7 Escolhendo o caminho a seguir Hb 13:8-9. I A primeira ideia do texto é o apelo à firmeza da fé. 1 Mosaicos #7 Escolhendo o caminho a seguir Hb 13:8-9 Introdução: Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e para sempre. Não se deixem levar pelos diversos ensinos estranhos. É bom que o nosso coração seja

Leia mais

Agenda Semanal 29 de abril a 03 de maio

Agenda Semanal 29 de abril a 03 de maio PERÍODO INTEGRAL Maternal 1, 2,3 Educação Infantil 1º e 2º Ano www.ethosmg.com.br escola@ethosmg.com.br www.facebook.com/ethosmg @EscolaEthos Agenda Semanal 29 de abril a 03 de maio Maternal 1, 2, 3 Educação

Leia mais

AFONÉTICA e a FONOLOGIA estudam a articulação dos

AFONÉTICA e a FONOLOGIA estudam a articulação dos GRAMÁTICA Fonética AFONÉTICA e a FONOLOGIA estudam a articulação dos sons de uma língua. A primeira se preocupa com as variantes dos sons emitidos, estudando o modo pelo qual a fala sofre mudanças regionais

Leia mais

A Parábola dos Talentos

A Parábola dos Talentos Porque MT é assim como um homem que, ausentando-se do país, chamou os seus servos e lhes entregou os seus bens: a um deu cinco talentos, a outro dois, e a outro um, a cada um segundo a sua capacidade.

Leia mais

O AUXÍLIO DA FONÉTICA NO ENSINO DA LÍNGUA INGLESA

O AUXÍLIO DA FONÉTICA NO ENSINO DA LÍNGUA INGLESA O AUÍLIO DA FONÉTICA NO ENSINO DA LÍNGUA INGLESA Ana Beatriz Miranda Jorge UFCG/ beatrizjmiranda@gmail.com Bruna Melo do Nascimento UEPB/ bruna.melo.nascimento@gmail.com Isabelle Coutinho Ramos Benício

Leia mais

Unidade Didática Movimento Física 9 ano

Unidade Didática Movimento Física 9 ano Unidade Didática Movimento Física 9 ano Duração: 3 aulas de 50 minutos. Objetivos: Após o término dessas aulas, os alunos devem ser capazes de: Ao final desta aula o aluno deve ser capaz de: Reconhecer

Leia mais

PArte I. O ALfAbetO POrtuguês. Ouça o alfabeto português. Letra: Letra: érre ésse. jóta. dablio cápa ipsilon

PArte I. O ALfAbetO POrtuguês. Ouça o alfabeto português. Letra: Letra: érre ésse. jóta. dablio cápa ipsilon PArte I guia de fonética O ALfAbetO POrtuguês Ouça o alfabeto português. Letra: Letra: a á n éne b bê o ó c cê p pê d dê q quê e é r érre f éfe s ésse g guê t tê h agá u ú i i v vê j jóta w dablio k cápa

Leia mais

Escolha sua melhor opção e estude para concursos sem gastar nada

Escolha sua melhor opção e estude para concursos sem gastar nada Escolha sua melhor opção e estude para concursos sem gastar nada CARGO: AGENTE SANITÁRIO GH V 1 Mendigo Eu estava diante de uma banca de jornais na Avenida, quando a mão do mendigo se estendeu. Dei lhe

Leia mais

Guia do Aluno. Campo Grande MS

Guia do Aluno. Campo Grande MS 2015 Guia do Aluno Campo Grande MS Sumário Acesso ao Ambiente Virtual de Ensino e Aprendizagem (AVEA)... 2 Acesso ao curso... 3 Acesso aos Módulos... 4 Acesso às disciplinas... 5 Trilha de Aprendizagem...

Leia mais

Unidade: Os Níveis de Análise Linguística I. Unidade I:

Unidade: Os Níveis de Análise Linguística I. Unidade I: Unidade: Os Níveis de Análise Linguística I Unidade I: 0 OS NÍVEIS DE ANÁLISE LINGUÍSTICA I Níveis de análise da língua Análise significa partição em segmentos menores para melhor compreensão do tema.

Leia mais

V Domingo Tempo Comum - ANO A

V Domingo Tempo Comum - ANO A 1 Ambiente: Continuamos no contexto do sermão da montanha (Mt 5-7). Jesus está no cimo de um monte, a apresentar a nova Lei que deve reger a caminhada do novo Povo de Deus na história (já vimos, no passado

Leia mais

Bicho de sete cabeças e outros seres fantásticos, de Eucanaã Ferraz: poesia para não ter medo do desconhecido. Ana Paula Klauck

Bicho de sete cabeças e outros seres fantásticos, de Eucanaã Ferraz: poesia para não ter medo do desconhecido. Ana Paula Klauck Publicado na revista eletrônica Tigre Albino Volume 3, Número 3. 2010. ISSN: 1982-9434 Disponível em: http://www.tigrealbino.com.br/texto.php?idtitulo=08f1c7471182e83b619f12bfa4 27e1e0&&idvolume=9a2be2ed7998330d41811b14e9f81f2d

Leia mais

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai BOM DIA DIÁRIO Segunda-feira (04.05.2015) Maria, mãe de Jesus e nossa mãe Guia: 2.º Ciclo: Padre Luís Almeida 3.º Ciclo: Padre Aníbal Afonso Mi+ Si+ Uma entre todas foi a escolhida, Do#- Sol#+ Foste tu,

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL MAPA DE CONTEÚDOS E OBJETIVOS 1º BIMESTRE 4º ANO. Cruzeiro 3213-3838 Octogonal 3213-3737. Língua Portuguesa

ENSINO FUNDAMENTAL MAPA DE CONTEÚDOS E OBJETIVOS 1º BIMESTRE 4º ANO. Cruzeiro 3213-3838 Octogonal 3213-3737. Língua Portuguesa ENSINO FUNDAMENTAL Cruzeiro 3213-3838 Octogonal 3213-3737 www.ciman.com.br MAPA DE CONTEÚDOS E OBJETIVOS 1º BIMESTRE 4º ANO CPG Língua Portuguesa Leitura e interpretação de textos (características e função

Leia mais

Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD

Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD Para acessar sua senha: 1. Entrar no portal Metodista online Acesse o site www.bennett.br. No lado superior direito aparecerá a janela da área de login,

Leia mais

QUESTÕES DE LÍNGUA PORTUGUESA

QUESTÕES DE LÍNGUA PORTUGUESA QUESTÕES DE LÍNGUA PORTUGUESA TEXTO I - O Problema Ecológico (para as questões de 1 a 5) Se uma nave extraterrestre invadisse o espaço aéreo da Terra, com certeza seus tripulantes diriam que neste planeta

Leia mais

EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES

EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES ASPECTOS TEÓRICOS. POR QUE /POR QUÊ / PORQUE / PORQUÊ a) POR QUE: Equivale a POR QUAL MOTIVO ou a pelo qual e variações; vem também depois de EIS e DAÍ. b) POR QUÊ: Equivale

Leia mais

A CURA DE UM MENINO Lição 31

A CURA DE UM MENINO Lição 31 A CURA DE UM MENINO Lição 31 1 1. Objetivos: Mostrar o poder da fé. Mostrar que Deus tem todo o poder. 2. Lição Bíblica: Mateus 17.14-21; Marcos 9.14-29; Lucas 9.37-43 (Leitura bíblica para o professor)

Leia mais

EMPREGO DE R/RR, S/SS

EMPREGO DE R/RR, S/SS EMPREGO DE R/RR, S/SS ATIVIDADE 1 Acompanhe com atenção a leitura que o professor vai fazer. Depois use o banco de palavras para completar o poema. SEM BARRA ENQUANTO A FORMIGA CARREGA COMIDA PARA O FORMIGUEIRO,

Leia mais

INSTRUCIONAL. Língua Portuguesa Fonologia. Conteudista: Profa. Ana Lúcia dos Prazeres Costa. Titulação: Doutorado em Lingüística / UFRJ

INSTRUCIONAL. Língua Portuguesa Fonologia. Conteudista: Profa. Ana Lúcia dos Prazeres Costa. Titulação: Doutorado em Lingüística / UFRJ INSTRUCIONAL Língua Portuguesa Fonologia Conteudista: Profa. Ana Lúcia dos Prazeres Costa Titulação: Doutorado em Lingüística / UFRJ SUMÁRIO Quadro-síntese do conteúdo programático Contextualização da

Leia mais

01. Dinâmica: do 1, 2, 3

01. Dinâmica: do 1, 2, 3 01. Dinâmica: do 1, 2, 3 Objetivo: Quebra-gelo 1º momento: Formam-se duplas e então solicite para que os dois comecem a contar de um a três, ora um começa, ora o outro. Fica Fácil. 2º momento: Solicite

Leia mais

Práticas da Antiguidade para a Espiritualidade Contemporânea. Campos dos Sonhos

Práticas da Antiguidade para a Espiritualidade Contemporânea. Campos dos Sonhos Campos dos Sonhos Mateus 6.5-13 A Prática da Adoração ou da Contemplação Consiste no exercício de nos colocar na presença de Deus, deixando que nossas mentes e corações sejam envolvidos por tudo quanto

Leia mais

DISCIPLINA: CIÊNCIAS DATA DA REALIZAÇÃO: 23/11/2015. Montando um folheto educativo

DISCIPLINA: CIÊNCIAS DATA DA REALIZAÇÃO: 23/11/2015. Montando um folheto educativo FICHA DA SEMANA 1. Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue a professora no dia seguinte; 2. As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno, de acordo com a disciplina

Leia mais

48 QUESTÕES E RESPOSTA DISCUTIDAS A PARTIR DO LIVRO LÍNGUA DE EULÁLIA. BAGNO, Marcos. A língua de Eulália novela sociolinguística. Ed. Contexto, 1998.

48 QUESTÕES E RESPOSTA DISCUTIDAS A PARTIR DO LIVRO LÍNGUA DE EULÁLIA. BAGNO, Marcos. A língua de Eulália novela sociolinguística. Ed. Contexto, 1998. 48 QUESTÕES E RESPOSTA DISCUTIDAS A PARTIR DO LIVRO LÍNGUA DE EULÁLIA BAGNO, Marcos. A língua de Eulália novela sociolinguística. Ed. Contexto, 1998. 1) Comentar a citação inicial de William Labov. R:

Leia mais

Microsoft Excel. Formulários PARTE 8 SUMÁRIO

Microsoft Excel. Formulários PARTE 8 SUMÁRIO Microsoft Excel Formulários PARTE 8 SUMÁRIO 1-) Formulários Personalizados no Excel... 2 1.1-) Botão Caixa de combinação.... 4 1.2-) Botão Caixa de opção.... 8 1.3-) Caixa de Grupo.... 11 1-) Formulários

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE LÍNGUA PORTUGUESA UNIDADE

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE LÍNGUA PORTUGUESA UNIDADE PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE LÍNGUA PORTUGUESA 1. ano - 1. volume UNIDADE 1 Símbolos Letras do alfabeto UNIDADE 2 Alfabeto (vogais e consoantes) Crachá Letras do próprio nome, do nome do professor e dos colegas

Leia mais

EXAME INTELECTUAL AOS CURSOS DE FORMAÇÃO DE SARGENTOS 2011-12 SOLUÇÃO DAS QUESTÕES DE PORTUGUÊS

EXAME INTELECTUAL AOS CURSOS DE FORMAÇÃO DE SARGENTOS 2011-12 SOLUÇÃO DAS QUESTÕES DE PORTUGUÊS dessa Escoladessa Escola MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx DFA ESCOLA DE SARGENTOS DAS ARMAS ESCOLA SARGENTO MAX WOLFF FILHO EXAME INTELECTUAL AOS CURSOS DE FORMAÇÃO DE SARGENTOS 2011-12 SOLUÇÃO

Leia mais

Esta revista foi elaborada para ser usada em casa durante a semana.

Esta revista foi elaborada para ser usada em casa durante a semana. Devocionais 1 Esta revista foi elaborada para ser usada em casa durante a semana. Deus escolhe pessoas para transmitir a sua mensagem. No entanto, essas mensagens algumas vezes contêm mistérios e significados

Leia mais

Aula 6 Tema: Tecnologia: corpo, movimento e linguagem na era da informação. LÍNGUA PORTUGUESA FORTALECENDO SABERES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA

Aula 6 Tema: Tecnologia: corpo, movimento e linguagem na era da informação. LÍNGUA PORTUGUESA FORTALECENDO SABERES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 6 Tema: Tecnologia: corpo, movimento e linguagem na era da informação. 3 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula

Leia mais

Colégio Visconde de Porto Seguro

Colégio Visconde de Porto Seguro Colégio Visconde de Porto Seguro Unidade I 2011 AULA 1 Ensino Fundamental e Ensino Médio Atividade de Recuperação Contínua Nome do (a) Aluno (a): Atividade de Recuperação Contínua de Ciências Nível I Classe:

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL 22 DE ABRIL PROFESSORA AMÍSSIA DA SILVA ANOS DE ESCOLARIZAÇÃO: 1, 2, 3, 4 E 5

ESCOLA MUNICIPAL 22 DE ABRIL PROFESSORA AMÍSSIA DA SILVA ANOS DE ESCOLARIZAÇÃO: 1, 2, 3, 4 E 5 ESCOLA MUNICIPAL 22 DE ABRIL PROFESSORA AMÍSSIA DA SILVA ANOS DE ESCOLARIZAÇÃO: 1, 2, 3, 4 E 5 MARCOS ANUAIS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA ESTRANGEIRA INGLÊS 1º ANO DE ESCOLARIZAÇÃO REPETIR E PRONUNCIAR PALAVRAS

Leia mais

Práticas pedagógicas de português como língua estrangeira Anita de Melo Joshua Alma Enslen Mariana Torres University of Geórgia

Práticas pedagógicas de português como língua estrangeira Anita de Melo Joshua Alma Enslen Mariana Torres University of Geórgia Práticas pedagógicas de português como língua estrangeira Anita de Melo Joshua Alma Enslen Mariana Torres University of Geórgia Resumo: Este artigo apresenta umas atividades para usar na aula de português

Leia mais

Conteúdos: Sílabas Classificação das palavras quanto ao número de sílabas Classificação das palavras quanto à posição da sílaba tônica

Conteúdos: Sílabas Classificação das palavras quanto ao número de sílabas Classificação das palavras quanto à posição da sílaba tônica Conteúdos: Sílabas Classificação das palavras quanto ao número de sílabas Classificação das palavras quanto à posição da sílaba tônica Habilidades: - Perceber a ligação entre tonicidade e número de sílabas

Leia mais

Profª Iris do Céu Clara Costa - UFRN iris_odontoufrn@yahoo.com.br

Profª Iris do Céu Clara Costa - UFRN iris_odontoufrn@yahoo.com.br HUMANIZAÇÃO NO SERVIÇO ODONTOLÓGICO Profª Iris do Céu Clara Costa - UFRN iris_odontoufrn@yahoo.com.br É a proposta de uma nova relação entre usuário, os profissionais que o atendem e os serviços. Todos

Leia mais

FONÉTICA E FONOLOGIA

FONÉTICA E FONOLOGIA VICE-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO E CORPO DISCENTE COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA FONÉTICA E FONOLOGIA Rio de Janeiro / 2007 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS À UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO UNIVERSIDADE

Leia mais

Palavras primitivas terminadas em S acrescenta-se INHO: Chinês = Chinesinho Um pequeno chinês é um chinesinho.

Palavras primitivas terminadas em S acrescenta-se INHO: Chinês = Chinesinho Um pequeno chinês é um chinesinho. FICHA DA SEMANA 5º ANO A e B Instruções: 1- Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue a professora no dia seguinte; 2- As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno,

Leia mais

Processo: Vendas Lista de casamento

Processo: Vendas Lista de casamento Desenvolvimento BM-1244 / 1245 Fechamento de bônus de lista de casamento Versão 2009 Release 73 Autor Jaciara Silva Processo: Vendas Lista de casamento Nome do Processo: Fechamento de bônus Acesso Vendas\Pedido

Leia mais

RELATORIA DA TROCA DE EXPERIÊNCIAS

RELATORIA DA TROCA DE EXPERIÊNCIAS 1 RELATORIA DA TROCA DE EXPERIÊNCIAS Coordenação: Augusta Rosa Relatoria: Vanduir e Cida Diorio Reciclagem e Artesanato MOVA Guarulhos Meio Ambiente, Geração de Emprego e Renda Rio de Janeiro Projeto Acare

Leia mais

ATIVIDADES RECUPERAÇÃO PARALELA

ATIVIDADES RECUPERAÇÃO PARALELA ATIVIDADES RECUPERAÇÃO PARALELA Nome: Nº Ano: 6º Data: / /2012 Bimestre: 2º Professora: Samanta Disciplina: P1 Orientações para estudo: refaça os exercícios propostos (inclusive folha extra) e as avaliações

Leia mais

- 1º ano. História: - Eu, criança; - Todos temos nomes; - O tempo passa (Nem todos os dias são iguais). Páginas: 06 até 18

- 1º ano. História: - Eu, criança; - Todos temos nomes; - O tempo passa (Nem todos os dias são iguais). Páginas: 06 até 18 - 1º ano Língua Portuguesa: - Alfabeto; - Vogais; - Famílias silábicas: BA, BE, BI, BO, BU; // CA, CO, CU; // DA, DE, DI, DO, DU; // FA, FE, FI, FO, FU; // GA, GO, GU; // HA, HE, HI, HO, HU; // JA, JE,

Leia mais

PLANEJAMENTO JULHO, AGOSTO E SETEMBRO 2014

PLANEJAMENTO JULHO, AGOSTO E SETEMBRO 2014 CENTRO EDUCACIONAL DA LAGOA PLANEJAMENTO JULHO, AGOSTO E SETEMBRO 2014 PROJETO VENCER OU PERDER: O desafio da vida JULHO Dia 26/07 : Dia dos avós INVESTIGAÇÃO SOBRE ALGUNS FENÔMENOS DA NATUREZA: Início

Leia mais

RENDIMENTO NESTE PERÍODO

RENDIMENTO NESTE PERÍODO ALUNO (A): ANO: 5º ANO FUNDAMENTAL 23/11/2012 A SEGUIR ALGUMAS ORIENTAÇÕES PARA UM MELHOR RENDIMENTO NESTE PERÍODO: ( ) MELHORAR A CALIGRAFIA. ( ) MAIS ATENÇÃO NA ORTOGRAFIA. ( ) REALIZAR AS ATIVIDADES

Leia mais

Linguística P R O F A. L I L L I A N A L V A R E S F A C U L D A D E D E C I Ê N C I A D A I N F O R M A Ç Ã O

Linguística P R O F A. L I L L I A N A L V A R E S F A C U L D A D E D E C I Ê N C I A D A I N F O R M A Ç Ã O Linguística P R O F A. L I L L I A N A L V A R E S F A C U L D A D E D E C I Ê N C I A D A I N F O R M A Ç Ã O U N I V E R S I D A D E D E B R A S Í L I A Conceito Ciência que visa descrever ou explicar

Leia mais

E, algumas vezes, a pessoa que mais precisa do seu perdão é você mesmo. Devemos nos lembrar que, ao dormirmos, o corpo astral sai do corpo físico.

E, algumas vezes, a pessoa que mais precisa do seu perdão é você mesmo. Devemos nos lembrar que, ao dormirmos, o corpo astral sai do corpo físico. MEDITAÇÃO DO PERDÃO Jesus ensinou que devemos perdoar a alma de todas as pessoas, pedindo ao Criador que detenha o lado negativo dela. Não importa o grau de negatividade de alguém, precisamos sempre perdoar,

Leia mais

RELAÇÃO DE CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ENSINO FUNDAMENTAL 1º ANO DISCIPLINAS 1º BIMESTRE 2º BIMESTRE

RELAÇÃO DE CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ENSINO FUNDAMENTAL 1º ANO DISCIPLINAS 1º BIMESTRE 2º BIMESTRE RELAÇÃO DE CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ENSINO FUNDAMENTAL 1º ANO DISCIPLINAS 1º BIMESTRE 2º BIMESTRE MATEMÁTICA Comparação de tamanho: (maior / menor / mesmo tamanho) Noções de posição: (frente / atrás / entre

Leia mais

Em um campo inabitado, cheio de flores, em

Em um campo inabitado, cheio de flores, em Para onde foi o meu dinheiro? A fábula das abelhas. Em um campo inabitado, cheio de flores, em uma terra distante, havia uma colméia diferente das demais. Tudo nessa colméia era muito bem organizado, limpo

Leia mais

PROGRAMA DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA ANOS FINAIS / SRE - CURVELO

PROGRAMA DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA ANOS FINAIS / SRE - CURVELO 61 Poema O que é: Segundo o poeta Carlos Drummond de Andrade, entre coisas e palavras principalmente entre palavras circulamos. As palavras, entretanto, não circulam entre nós como folhas soltas no ar.

Leia mais

http://www.comoorganizarcasamento.com

http://www.comoorganizarcasamento.com Como Planejar seu Casamento Sem Stress Copyright 2014 Este e- book é protegido pela Lei dos Direitos Autorais (Lei 9.610/98), é proibida a reprodução do livro por meio eletrônico ou impresso. O e- book

Leia mais

Diversidade. Linguística. na Escola Portuguesa. Projecto Diversidade Linguística na Escola Portuguesa (ILTEC)

Diversidade. Linguística. na Escola Portuguesa. Projecto Diversidade Linguística na Escola Portuguesa (ILTEC) Diversidade Linguística na Escola Portuguesa Projecto Diversidade Linguística na Escola Portuguesa (ILTEC) www.iltec.pt www.dgidc.min-edu.pt www.gulbenkian.pt Breve caracterização fonética de sons que

Leia mais

Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 9 Ọ ANO EM 2014. Disciplina: PoRTUGUÊs TALVEZ VOCÊ TENHA SENTIDO

Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: PARA QUEM CURSA O 9 Ọ ANO EM 2014. Disciplina: PoRTUGUÊs TALVEZ VOCÊ TENHA SENTIDO Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 9 Ọ ANO EM 2014 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: Texto para as questões 1 e 2. O MELHOR DE CALVIN / Bill Watterson OI, SUSIE,

Leia mais

A relação de amor entre Deus e a humanidade

A relação de amor entre Deus e a humanidade A relação de amor entre Deus e a humanidade A reflexão acerca do amor de Deus para com a humanidade é um grande desafio, pois falar do amor pressupõe a vivência do mesmo. Não basta falar do amor é preciso

Leia mais

PROVA DE NÍVEL - 2 ANO DATA DISCIPLINA CONTEÚDO DA PROVA

PROVA DE NÍVEL - 2 ANO DATA DISCIPLINA CONTEÚDO DA PROVA PROVA DE NÍVEL - 2 ANO Coletando informações sobre a Turma; Onde usamos os números. Produção e interpretação de texto; Escrita 27/02 LINGUA PORTUGUESA cursiva/bastão; Família silábica B e D; Rimas, Símbolos

Leia mais

TÍTULO: Plano de Aula MEU CHAPÉU AZUL. Ensino Fundamental I / Anos Iniciais. 3º ano. Língua Portuguesa. Ortografia. 2 aulas (50 minutos cada)

TÍTULO: Plano de Aula MEU CHAPÉU AZUL. Ensino Fundamental I / Anos Iniciais. 3º ano. Língua Portuguesa. Ortografia. 2 aulas (50 minutos cada) Org.: Claudio André - 1 TÍTULO: MEU CHAPÉU AZUL Nível de Ensino: Ensino Fundamental I / Anos Iniciais Ano/Semestre de Estudo 3º ano Componente Curricular: Língua Portuguesa Tema: Ortografia Duração da

Leia mais

22-05-2015. Sumário. Energia em movimentos. A Energia de Sistemas em Mov. de Translação 20/05/2015

22-05-2015. Sumário. Energia em movimentos. A Energia de Sistemas em Mov. de Translação 20/05/2015 Sumário Unidade temática 2 A energia de sistemas em movimento de translação. - Teorema da energia cinética. A força com que a Terra atrai os corpos realiza trabalho. - Trabalho realizado pelo peso dum

Leia mais

EXERCÍCIOS 2ª SÉRIE - LANÇAMENTOS

EXERCÍCIOS 2ª SÉRIE - LANÇAMENTOS EXERCÍCIOS ª SÉRIE - LANÇAMENTOS 1. (Unifesp 01) Em uma manhã de calmaria, um Veículo Lançador de Satélite (VLS) é lançado verticalmente do solo e, após um período de aceleração, ao atingir a altura de

Leia mais

Série: CRESCIMENTO Preletor: Dr. Bob Harrison Cd: 1/11

Série: CRESCIMENTO Preletor: Dr. Bob Harrison Cd: 1/11 TEMA: CRESCIMENTO, AVANÇO E CONQUISTA! 1/11. PRINCIPES E PRINCESAS SE VOCÊ É UMA DAS MILHARES DE PESSOAS QUE DESEJAM CRESCER, QUE DE VERDADE QUEREM CRESCIMENTO PARA SUA VIDA, AQUI VÃO ALGUMAS BOAS NOTÍCIAS.

Leia mais

NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO 1

NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO 1 NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO 1 Sheyla Carvalho 1 Nota: As fontes de consulta desta apresentação estão citada no OBJETIVOS da palestra Informar Esclarecer Comentar Trocar ideias DEFINIÇÃO - Motivação 1 O Acordo

Leia mais

TEXTO. Visual texto em que a comunicação se dá apenas por meio de imagens. Verbal - texto em que a comunicação se dá por meio de palavras escritas.

TEXTO. Visual texto em que a comunicação se dá apenas por meio de imagens. Verbal - texto em que a comunicação se dá por meio de palavras escritas. Língua Portuguesa 1º trimestre Temas para estudo Em nossas primeiras aulas, vimos que, conforme sua configuração/diagramação, um TEXTO pode ser classificado como: Visual texto em que a comunicação se dá

Leia mais

APAGAMENTO DE SEMIVOGAIS EM DITONGOS ORAIS NO PORTUGUÊS DO SUL DO BRASIL: ESTUDO DE CASOS

APAGAMENTO DE SEMIVOGAIS EM DITONGOS ORAIS NO PORTUGUÊS DO SUL DO BRASIL: ESTUDO DE CASOS Anais do 6º Encontro Celsul - Círculo de Estudos Lingüísticos do Sul APAGAMENTO DE SEMIVOGAIS EM DITONGOS ORAIS NO PORTUGUÊS DO SUL DO BRASIL: ESTUDO DE CASOS Gerusa PEREIRA (UNISUL) ABSTRACT: The present

Leia mais

Como Passar em Química Geral*

Como Passar em Química Geral* 1 Como Passar em Química Geral* por Dra. Brenna E. Lorenz Division of Natural Sciences University of Guam * traduzido livremente por: Eder João Lenardão; acesse o original em : http://www.heptune.com/passchem.html

Leia mais

MEMÓRIAS GEOGRÁFICAS À TONA:

MEMÓRIAS GEOGRÁFICAS À TONA: MEMÓRIAS GEOGRÁFICAS À TONA: Uma retomada da história do Curso de Geografia da UFU a partir de uma entrevista com a Profa. Dra. Suely Regina Del Grossi Revista OBSERVATORIUM: Qual (ais) a (s) razão (ões)

Leia mais

Mensageiros da Cura (1 a 34)

Mensageiros da Cura (1 a 34) Mensageiros da Cura (1 a 34) 1 2 1 Mensageiro (Mestre,95) Te levanta, te levanta Levanta quem está sentado Para receber o Mensageiro Dentro do Jardim Dourado. Vai seguindo, vai seguindo Dentro do jardim

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca INAUGURAÇÃO DA NOVA CIDADE DE CANINDÉ

Leia mais

Notícias do grupo. REUNIÃO DE PAIS 1º ANO B e C 1º SEMESTRE/2011 PROFESSORAS:CRIS E JULIANA 21/3/2011

Notícias do grupo. REUNIÃO DE PAIS 1º ANO B e C 1º SEMESTRE/2011 PROFESSORAS:CRIS E JULIANA 21/3/2011 REUNIÃO DE PAIS 1º ANO B e C 1º SEMESTRE/2011 PROFESSORAS:CRIS E JULIANA Notícias do grupo QUANDO EU TINHA UM ANO, EU ESTAVA APENAS COMEÇANDO. QUANDO EU TINHA DOIS, EU ERA QUASE NOVO. QUANDO EU TINHA TRÊS,

Leia mais

VOGAIS. a [a] Em posição tônica (ga-to ['ga.tʊ]), posição átona pretônica (a-bri-go

VOGAIS. a [a] Em posição tônica (ga-to ['ga.tʊ]), posição átona pretônica (a-bri-go VOGAIS Símbolo ortográfico Símbolo fonético Transcrição e pronúncia: informações essenciais Informações complementares a a [a] Em posição tônica (ga-to ['ga.tʊ]), posição átona pretônica (a-bri-go [a'bɾi.gʊ])

Leia mais

A APRENDIZAGEM DO SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA UNIDADE 3 ANO 1. Fevereiro de 2013

A APRENDIZAGEM DO SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA UNIDADE 3 ANO 1. Fevereiro de 2013 A APRENDIZAGEM DO SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA UNIDADE 3 ANO 1 Fevereiro de 2013 SUMÁRIO / PAUTA DO ENCONTRO A APRENDIZAGEM DO SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA Iniciando a conversa (pág.5) Aprofundando o

Leia mais

Língua portuguesa: ultrapassar fronteiras, juntar culturas

Língua portuguesa: ultrapassar fronteiras, juntar culturas O ESPRAIAMENTO DO TRAÇO DE NASALIDADE NA COMUNIDADE DE FALA FORTANOGUEIRENSE Gisélia Brito dos SANTOS 1 Profª. Drª. Maria Suelí de AGUIAR 2 RESUMO: Este trabalho tem por objetivo apresentar a análise dos

Leia mais

PROJETO DE LEITURA INTENÇÃO: INSTIGAR A CURIOSIDADE E AMPLIAR O REPERTÓRIO DO ALUNO, CONTEXTUALIZAR A OBRA E A AUTORA SUGESTÕES DE ATIVIDADES

PROJETO DE LEITURA INTENÇÃO: INSTIGAR A CURIOSIDADE E AMPLIAR O REPERTÓRIO DO ALUNO, CONTEXTUALIZAR A OBRA E A AUTORA SUGESTÕES DE ATIVIDADES PROJETO DE LEITURA PASSARINHO ME CONTOU ANA MARIA MACHADO PRÉ-LEITURA ATIVIDADES ANTERIORES À LEITURA INTENÇÃO: INSTIGAR A CURIOSIDADE E AMPLIAR O REPERTÓRIO DO ALUNO, CONTEXTUALIZAR A OBRA E A AUTORA

Leia mais

SUB12 Campeonato de Resolução de Problemas de Matemática Edição 2009/2010

SUB12 Campeonato de Resolução de Problemas de Matemática Edição 2009/2010 Puxa um banco ou uma cadeira O Sr. António fabrica na sua oficina de marcenaria bancos e cadeiras de madeira. Os bancos e as cadeiras têm pés exactamente iguais. Cada banco leva 3 pés e cada cadeira tem

Leia mais

PROVA OBJETIVA LÍNGUA PORTUGUESA

PROVA OBJETIVA LÍNGUA PORTUGUESA TEXTO LÍNGUA PORTUGUESA ATLÂNTIDA, O REINO PERDIDO Marcelo Duarte As lendas da Grécia antiga falam sobre a existência de Atlântida, uma ilha gigantesca que teria existido no oceano Atlântico, a oeste do

Leia mais

Versão 4.7.2.1 Notas de lançamento

Versão 4.7.2.1 Notas de lançamento Versão 4.7.2.1 Notas de lançamento Melhorias nos menus de documentos (Caso 7416): Implementamos o campo "Resp. cadastro", identificando o usuário que cadastrou o documento, na rodapé direito da ficha do

Leia mais

Acólitos. São João da Madeira. Cancioneiro

Acólitos. São João da Madeira. Cancioneiro Acólitos São João da Madeira Cancioneiro Índice Guiado pela mão...5 Vede Senhor...5 Se crês em Deus...5 Maria a boa mãe...5 Quanto esperei por este momento...6 Pois eu queria saber porquê?!...6 Dá-nos

Leia mais

www.rockstarsocial.com.br

www.rockstarsocial.com.br 1 1 Todos os Direitos Reservados 2013 Todas As Fotos Usadas Aqui São Apenas Para Descrição. A Cópia Ou Distribuição Do Contéudo Deste Livro É Totalmente Proibida Sem Autorização Prévia Do Autor. AUTOR

Leia mais

Avaliação diagnóstica da alfabetização 1 AQUISIÇÃO DO SISTEMA DE ESCRITA

Avaliação diagnóstica da alfabetização 1 AQUISIÇÃO DO SISTEMA DE ESCRITA Avaliação diagnóstica da alfabetização 1 http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/proletr/fasciculo_port.pdf Antônio Augusto Gomes Batista Ceris S. Ribas Silva Maria das Graças de Castro Bregunci Maria

Leia mais

VOCALISMO: UMA BREVE ABORDAGEM NO PORTUGUÊS DO BRASIL

VOCALISMO: UMA BREVE ABORDAGEM NO PORTUGUÊS DO BRASIL VOCALISMO: UMA BREVE ABORDAGEM NO PORTUGUÊS DO BRASIL Flágila Marinho da Silva Lima Illa Pires Azevedo 1 94 RESUMO O presente trabalho busca refletir sobre o processo de vocalização no português brasileiro.

Leia mais