0009/04-GEA. LEI Nº 0822, DE 03 DE MAIO DE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "0009/04-GEA. LEI Nº 0822, DE 03 DE MAIO DE"

Transcrição

1 Referente ao Projeto de Lei nº 0009/04-GEA. LEI Nº 0822, DE 03 DE MAIO DE Publicada no Diário Oficial do Estado nº 3268, de 05/05/2004. Autor: Poder Executivo (Alterada pela Lei nº 0949, de ; Lei nº 0977, de 03/04/2006;) Altera a Lei nº 0618, de 17 de julho de 2001, e reestrutura o Plano de Cargos e Salários do Estado do Amapá, aprovado pelo Decreto (N) nº 0319, de 18 de dezembro de 1991 e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DO AMAPÁ, Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Amapá aprovou e eu, nos termos do art. 107 da Constituição Estadual, sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - A Lei nº 0618 de 17 de julho de 2001 e seus anexos passam a vigorar com a seguinte redação: Art. 1º - O salário dos servidores públicos civis do Estado do Amapá, ora composto por gratificações e adicionais de caráter permanente e vencimento básico, ficam transformados em vencimento, conforme os anexos das categorias que integram o quadro de servidores civis da Administração Direta do Estado do Amapá, observadas as classes e os padrões respectivos, sem prejuízo das gratificações temporárias. 1º - As gratificações temporárias manterão o seu valor nominal vigente em 31 de julho de 2001 e no caso de alteração serão calculadas sobre percentual do vencimento a ser estabelecido em regulamento. 2º - Ficam mantidas da transformação de que trata este artigo as gratificações de regência de classe, de titulação, de desempenho, de produtividade fiscal e de Atividade de Auditoria, bem como a Parcela Compensatória e, o Programa de Remuneração Variável. 3º - As vantagens nominalmente identificadas, de caráter individual, já incorporadas pelo exercício de função gratificada ou cargo em comissão, de que tratavam os 3º, 4º e 5º, do artigo 80, da Lei nº 0066/93, revogados pela Lei nº 0420, de 25 de maio de 1998, não integrarão o valor do salário, de que trata esta Lei. Art. 2º - Fica terminantemente proibido, na transformação de que trata o artigo 1º desta Lei, redução do salário vigente na data da publicação desta Lei. Art. 3º - A quantidade de cargos por grupos que compõem a Administração são os constantes no Anexo XII desta Lei. Art. 4º - Revoga-se o Decreto (N) nº 0319, de 18 de dezembro de Art. 2º - As despesas decorrentes da execução desta Lei correrão à conta do orçamento vigente. Art. 3º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, com efeitos a partir de 01 de abril de Macapá - AP, 07 de abril de ANTÔNIO WALDEZ GÓES DA SILVA Governador 1

2 ANEXO I PARTE I CONSIDERAÇÕES E CONCEITOS 1 Considerações: O Plano de Cargos e Salários - PCS dos Servidores Públicos Civis do Quadro de Pessoal do Estado do Amapá, visa propiciar ao Governo meios eficientes e racionais para o recrutamento, seleção, retenção e motivação da mão-de-obra necessária à execução de suas atribuições governamentais. São também objetivos específicos deste Plano os seguintes: 1.1 Orientar a realização de estudos, ações e a tomada de decisões no âmbito da administração dos recursos humanos do Estado; 1.2 possibilitar o reconhecimento dos cargos através da observação das respectivas descrições, bem como dos requisitos indispensáveis ao seu exercício e ao enquadramento dos servidores; 1.3 por condições para aplicação de uma política de promoção e remuneração justa, que corresponda aos anseios dos servidores do Estado; 1.4 propiciar à unidade responsável pelo recrutamento e seleção, elementos para o provimento adequados dos cargos; 1.5 subsidiar o aperfeiçoamento e a implantação dos sistemas de avaliação de desempenho e de acompanhamento. 2 Conceitos: Para administração do plano, considera-se: 2.1 Cargo, o conjunto de atribuições e responsabilidades que devem ser concedidas a um servidor; 2.2 Classe, a unidade básica do cargo, integrada por padrões; 2.3 Padrão, o nível de vencimento correspondente à posição dos servidores; 2.4 Quadro de Pessoal, a força de trabalho necessária à execução das atividades dos órgãos ou entidades do Governo do Estado; 2.5 Progressão, é o avanço gradual do servidor de um padrão para o seguinte, na mesma classe, desde que, no período aquisitivo não tenha ausência injustificada ao serviço, sofrido pena disciplinar e tenha sido avaliado de acordo com os critérios de desempenho a serem regulamentados pelo Governo do Estado; 2.6 Promoção, é a passagem do servidor estável de uma classe para a imediatamente superior aquela que ocupa na respectiva carreira, obedecidos os critérios de avaliação de desempenho, qualificação profissional, tempo de serviço e cumprimento adequado de interstício a ser regulamentado na forma do item anterior. 3 Do ingresso: PARTE II NORMAS Para administração do plano, considera-se: 3.1 O ingresso dar-se-á mediante aprovação em concurso público de provas ou de provas e títulos de acordo com a natureza e a complexidade do cargo ou emprego, na forma prevista em Lei, no primeiro padrão de salário da classe inicial; 2

3 3.2 O concurso será realizado de acordo com as necessidades e interesses do Estado; 3.3 Excepcionalmente, será permitido concurso público para ingresso em classe diferente da inicial, quando comprovado o interesse da Administração e necessidade do Estado; 3.4 Para a progressão serão exigidos avaliação de desempenho e interstício mínimo de 18 (dezoito) meses, e o máximo de 24 (vinte e quatro) meses; 3.5 Serão estáveis após 03 (três) anos de efetivo exercício, os servidores nomeados para o cargo de provimento efetivo em virtude de Concurso Público; 3.6 Como condição para a aquisição da Estabilidade, é obrigatória a avaliação especial de desempenho por comissão instituída para essa finalidade; 3.7 Os critérios de avaliação de desempenho serão adotados de acordo com a natureza das atividades desempenhadas por cada grupo de atividade aprovadas pela Secretaria de Estado da Administração; 3.8 Na hipótese de insuficiência de desempenho, a perda do cargo somente ocorrerá mediante processo administrativo, em que lhe sejam assegurados o contraditório e a ampla defesa; de acordo com a Emenda Constitucional nº 19, de 04 de junho de 1998; 3.9 O cargo de provimento efetivo, fica sujeito a 40 (quarenta) horas semanais de trabalho, salvo quando a lei estabelecer duração diversa. 4 Dos cargos: PARTE III CARGOS 4.1 Os cargos serão agrupados em 08 (oito) grupos de atividades com as seguintes denominações: - Grupo Fiscalização e Arrecadação - Grupo Polícia Civil - Grupo Técnico-Científico - Grupo Penitenciário - Grupo Administrativo - Grupo Saúde - Grupo Atividade de Estado ** os subitens 4.2, 4.3, 4.44, 4.5 e 4.6 foram excluídos pela Lei nº 0949, de O Grupo Fiscalização e Arrecadação será composto dos cargos de Auditor Fiscal da Fazenda Estadual (AFFE) e Fiscal de Tributos Auxiliar da Fazenda Estadual (FTAFE); 4.8 Os atuais ocupantes dos cargos de Fiscal de Tributos e Auxiliar de Fiscal do Estado ficam transformados em Auditor Fiscal da Fazenda Estadual (AFFE) e Fiscal de Tributos Auxiliar da Fazenda Estadual (FTAFE), sem prejuízo de sua remuneração; 4.9 Os padrões e as classes do Grupo Fiscalização e Arrecadação, estão escalonadas conforme o Anexo V; 4.10 O Grupo Polícia Civil será composto por cargos de Delegados de Polícia, Agente de Polícia, Escrivão de Polícia; 4.11 Os padrões e as classes do Grupo Polícia Civil estão escalonados conforme o Anexo VI; 4.12 O Grupo Técnico-Científico será composto por cargos de Médico Legista, Perito Criminal, Datiloscopista e Auxiliar de Perito Criminal; 4.13 Os padrões e as classes estão escalonados conforme o Anexo VII; 4.14 Os atuais integrantes do Cargo de Guarda de Presídio permanecerão no Grupo Polícia Civil, sendo considerados a partir da publicação desse ato quadro em extinção; 3

4 4.15 O Grupo Penitenciário será composto dos cargos de Agente Penitenciário, Educador Penitenciário I e Educador Penitenciário II; 4.16 Os padrões e as classes do Grupo Penitenciário estão escalonados conforme anexo VIII; 4.17 O Grupo Administrativo será composto de Cargos distribuídos em 03 (três) subgrupos: I Subgrupo Nível Superior: - Arquiteto - Assistente Social - Advogado - Administrador - Analista de Sistemas - Bibliotecário - Contador - Economista - Engenheiro Civil - Engenheiro Agrônomo - Engenheiro Florestal - Engenheiro Eletricista - Engenheiro Sanitarista - Engenheiro Agrimensor - Engenheiro Mecânico - Engenheiro de Pesca - Estatístico - Geólogo - Psicólogo - Produtor Cultural - Pesquisador I - Pesquisador II - Pesquisador III - Geógrafo - Químico - Nutricionista - Sociólogo - Secretário Executivo - Terapeuta Ocupacional - Terapeuta em Educação Especial - Tradutor e Interprete - Técnico em Assuntos Culturais - Técnico em Comunicação Social - Técnico em Recursos Ambientais - Técnico em Turismo - Técnico em Treinamento - Zootecnista II Subgrupo Nível Médio: - Agente de Comunicação Social - Agente de Telecomunicações e Eletricidade - Agente Administrativo - Agente de Defesa Florestal - Auxiliar Técnico de Treinamento - Auxiliar Técnico em Recursos Ambientais - Auxiliar Técnico de Defesa Ambiental 4

5 - Agente de Defesa Ambiental - Educador Sócio Ambiental - Datilógrafo - Desenhista - Instrutor Musical - Instrutor de Artes - Metrologista - Operador de Computação - Operador de Áudio e Transmissor - Digitador - Programador de Computador - Técnico em Contabilidade - Técnico Agrícola - Técnico em Agrimensura - Técnico em Eletrônica - Técnico em Estradas - Técnico em Edificações - Técnico em Saneamento - Técnico em Secretariado - Telefonista III Subgrupo Nível Básico: - Agente de Portaria - Auxiliar Operacional de Serviços Diversos A - Auxiliar Operacional de Engenharia - Artífice - Operador de Máquinas Pesadas - Motorista de Veículos Terrestres 4.18 Os atuais integrantes de cargos de Agente de Vigilância e Agente de Limpeza e Conservação permanecerão no Grupo Administrativo, sendo considerados como integrantes de Quadro em Extinção, e seus atuais ocupantes, sem prejuízos do vencimento e vantagens, permanecerão com suas lotações nos órgãos e entidades de origem; 4.19 Os padrões e as classes do Grupo Administrativo estão escalonados no Anexo IX; 4.20 O Grupo Saúde será composto de 02 (dois) subgrupos: I Subgrupo Nível Superior (NS) Médico Veterinário - Médicos: - Alergologista - Anestesiologista - Angiologista - Cardiologista - Cardiologista Infantil - Cirurgião Geral - Cirurgião Pediatra - Cirurgião Plástico - Cirurgião Vascular - Clínico Geral - Dermatologista - Endocrinologista - Fisiatra - Gastroenterologista - Geriatra 5

6 - Gineco-Obstetra - Hematologista - Homeopata - Hemoterapeuta - Infectologista - Intensivista - Nefrologista - Neonatologista - Neurocirurgião - Neurologista - Neurologista Infantil - Oftalmologista - Oncologista - Otorrinolaringologista - Pediatra - Pneumologista - Proctologista - Psiquiatra - Radiologista - Reumatologista - Traumato/Ortopedista - Ultrasonografista - Urologista Outras atividades de Nível Superior - Biólogo - Biomédico - Bioquímico - Enfermeiro - Enfermeiro Sanitarista - Farmacêutico - Farmacêutico/Bioquímico - Fisioterapeuta - Fonoaudiólogo - Odontólogo - Odontólogo Buco-Maxilo Facial - Odontólogo Periodontista - Tecnólogo em Radiologia II - Subgrupo Nível Médio (NM) - Auxiliar de Enfermagem - Agente de Saúde Pública enfermagem - Auxiliar Operacional de Serviços Diversos: Área de atendimento em - Técnico em Enfermagem - Técnico em Radiologia - Citotécnico - Técnico em Nutrição e Dietética - Técnico em Higiene Dental - Técnico em Laboratório - Auxiliar de Laboratório 6

7 4.21 Os padrões e as classes do Grupo Saúde estão escalonados conforme o Anexo X; 4.22 O Grupo de Atividade de Estado será integrado pelos cargos de Defensor Público e Procurador do Estado Os padrões e as classes estão escalonadas conforme o Anexo XI; 5 Das disposições finais: PARTE V DISPOSIÇÕES FINAIS Os servidores nomeados a partir da publicação desta Lei serão enquadrados nas classes e padrões iniciais, de acordo com os vencimentos correspondentes dos Anexos II a XI; 5.2 Os servidores ocupantes dos cargos dos Grupos Administrativo, Fiscalização e Arrecadação e, Saúde - Subgrupos Nível Superior e Nível Médio, serão enquadrados na Classe, Padrão I, das Tabelas Salariais correspondentes anexas Para as categorias funcionais do Grupo Saúde, Subgrupo Nível Superior Médico Veterinário e outros médicos, submetidos ao regime de 20 (vinte) horas semanais de trabalho que estão acumulando licitamente 02 (dois) cargos, aplica-se à tabela salarial correspondente em dobro, de acordo com o enquadramento estabelecido no subitem anterior Os servidores ocupantes dos cargos do Grupo Técnico Cientifico, Subgrupos Nível Superior e Médio, serão enquadrados de acordo com o ano de admissão, conforme abaixo discriminado: Nível Superior Perito Criminal: - admitidos em 1994 enquadrados na Classe Especial, Padrão I; Nível Superior - Médico Legista: a) admitidos em 1994 enquadrados na Classe Especial, Padrão I; b) admitidos em 1996 enquadrados na Classe, Padrão V; c) admitidos em 1997 enquadrados na Classe, Padrão IV; d) admitidos em 1998 enquadrados na Classe, Padrão III; Nível Médio Datiloscopista: - admitidos em 1994 enquadrados na Classe Especial, Padrão I; Nível Médio Auxiliar de Perito Criminal: a) admitidos em 1994 enquadrados na Classe Especial, Padrão I; b) admitidos em 1995 enquadrados na Classe, Padrão VI; 5.3 Os servidores ocupantes dos cargos do Grupo Policia Civil, Subgrupos Nível Superior e Nível Médio, serão enquadrados de acordo com o ano de admissão, conforme abaixo discriminado: Nível Superior Delegado de Polícia a) admitidos em 1992 enquadrados na Classe Especial, Padrão II; b) admitidos em 1994 enquadrados na Classe Especial, Padrão I; c) admitidos em 1995 enquadrados na Classe, Padrão VI; d) admitidos em 1996 enquadrados na Classe, Padrão V Nível Médio Agente de Polícia, Escrivão de Polícia e Guarda de Presídio: a) admitidos em 1992 enquadrados na Classe Especial, Padrão II; b) admitidos em 1994 enquadrados na Classe Especial, Padrão I; c) admitidos em 1995 enquadrados na Classe, Padrão VI; d) admitidos em 1996 enquadrados na Classe, Padrão V; 7

8 5.4 Os demais ocupantes de cargos efetivos no Quadro de Pessoal Civil do Estado do Amapá serão enquadrados nas tabelas salariais previstas nos Anexos a esse Plano, de acordo com o padrão remuneratório que atualmente estão posicionados; 5.5 O processo de implantação do presente plano será coordenado pela Secretaria de Administração do Estado; 5.6 Para provimento dos cargos de Auditor Fiscal da Fazenda Estadual (AFFE) e Fiscal de Tributos Auxiliar da Fazenda Estadual (FTAFE), serão exigidos escolaridade de Nível Superior e Médio respectivamente; 5.7 A escolaridade exigida para o ingresso no Grupo Polícia Civil é a seguinte: Nível Superior: - Delegado de Polícia: Bacharel em Direito. Nível Médio: - Agente de Polícia, Escrivão de Polícia: Curso de Ensino Médio Completo. 5.8 A escolaridade exigida para o ingresso no Grupo Técnico-Científico é a seguinte: Nível Superior: - Médico Legista: Médico. - Perito Criminal: Contador, Médico, Farmacêutico, Engenheiro, Químico, Biólogo e Odontólogo Nível Médio: - Datiloscopista e Auxiliar de Perito Criminal: Curso de Ensino Médio Completo. 5.9 A escolaridade exigida para o ingresso no Grupo Penitenciário é a seguinte: Nível Superior: - Educador Penitenciário I: Curso de Nível Superior Nível Médio: - Agente Penitenciário: Curso de Ensino Médio completo. - Educador Penitenciário II: Curso de Ensino Médio completo A escolaridade exigida para ingresso no Grupo de Atividade de Estado é a seguinte: Nível Superior: - Procurador e Defensor Público do Estado: Bacharel em Direito Ficam criados os cargos constantes do Anexo XII; 5.11 O cargo de Especialista em Educação será provido por portadores de habilitação em Licenciatura Plena nas seguintes especialidades: I Supervisor Escolar; II Inspetor Escolar; III Orientador Educacional; IV Planejador Escolar; V Administrador Escolar; VI Outras especialidades da área de educação na forma da legislação educacional vigente. 8

9 ANEXO V FISCALIZAÇÃO E ARRECADAÇÃO SUB-GRUPO NÍVEL SUPERIOR 40 H GFS24 VI 2.719,62 GFS23 V 2.653,28 GFS22 IV 2.588,57 GFS21 III 2.525,43 GFS20 II 2.463,84 GFS19 I 2.403,74 GFS18 VI 2.345,12 GFS17 V 2.287,92 GFS16 IV 2.232,12 GFS15 III 2.177,67 GFS14 II 2.124,56 GFS13 I 2.072,74 GFS12 VI 2.022,19 GFS11 V 1.972,87 GFS10 IV 1.924,75 GFS09 III 1.877,80 GFS08 II 1.832,00 GFS07 I 1.787,32 GFS06 VI 1.743,73 GFS05 V 1.701,20 GFS04 IV 1.659,70 GFS03 III 1.619,22 GFS02 II 1.579,73 GFS01 I 1.541,20 9

10 FISCALIZAÇÃO SUB-GRUPO NÍVEL MÉDIO GFM24 VI 1.909,92 GFM23 V 1.863,33 GFM22 IV 1.817,89 GFM21 III 1.773,55 GFM20 II 1.730,29 GFM19 I 1.688,09 GFM18 VI 1.646,92 GFM17 V 1.606,75 GFM16 IV 1.567,56 GFM15 III 1.529,32 GFM14 II 1.492,02 GFM13 I 1.455,63 GFM12 VI 1.420,13 GFM11 V 1.385,49 GFM10 IV 1.351,70 GFM09 III 1.318,73 GFM08 II 1.286,57 GFM07 I 1.255,19 GFM06 VI 1.224,57 GFM05 V 1.194,71 GFM04 IV 1.165,57 GFM03 III 1.137,14 GFM02 II 1.109,40 GFM01 I 1.082,34 10

11 ANEXO VI POLÍCIA CIVIL SUB-GRUPO NÍVEL SUPERIOR GPS24 VI 5.541,22 GPS23 V 5.406,06 GPS22 IV 5.274,21 GPS21 III 5.145,57 GPS20 II 5.020,07 GPS19 I 4.897,63 GPS18 VI 4.778,17 GPS17 V 4.661,63 GPS16 IV 4.547,93 GPS15 III 4.437,01 GPS14 II 4.328,79 GPS13 I 4.223,21 GPS12 VI 4.120,20 GPS11 V 4.019,71 GPS10 IV 3.921,67 GPS09 III 3.826,02 GPS08 II 3.732,70 GPS07 I 3.641,66 GPS06 VI 3.552,84 GPS05 V 3.466,18 GPS04 IV 3.381,64 GPS03 III 3.299,16 GPS02 II 3.218,70 GPS01 I 3.140,19 11

12 POLÍCIA CIVIL SUB-GRUPO NÍVEL MÉDIO GPM24 VI 2.198,16 GPM23 V 2.144,55 GPM22 IV 2.092,24 GPM21 III 2.041,21 GPM20 II 1.991,43 GPM19 I 1.942,85 GPM18 VI 1.895,47 GPM17 V 1.849,24 GPM16 IV 1.804,13 GPM15 III 1.760,13 GPM14 II 1.717,20 GPM13 I 1.675,32 GPM12 VI 1.634,46 GPM11 V 1.594,59 GPM10 IV 1.555,70 GPM09 III 1.517,76 GPM08 II 1.480,74 GPM07 I 1.444,62 GPM06 VI 1.409,39 GPM05 V 1.375,01 GPM04 IV 1.341,47 GPM03 III 1.308,76 GPM02 II 1.276,83 GPM01 I 1.245,69 12

13 ANEXO VII TÉCNICO-CIENTÍFICO SUB-GRUPO NÍVEL SUPERIOR GTS24 VI 4.250,23 GTS23 V 4.146,57 GTS22 IV 4.045,43 GTS21 III 3.946,76 GTS20 II 3.850,50 GTS19 I 3.756,58 GTS18 VI 3.664,96 GTS17 V 3.575,57 GTS16 IV 3.488,36 GTS15 III 3.403,28 GTS14 II 3.320,27 GTS13 I 3.239,29 GTS12 VI 3.160,28 GTS11 V 3.083,20 GTS10 IV 3.008,00 GTS09 III 2.934,64 GTS08 II 2.863,06 GTS07 I 2.793,23 GTS06 VI 2.725,10 GTS05 V 2.658,64 GTS04 IV 2.593,79 GTS03 III 2.530,53 GTS02 II 2.468,81 GTS01 I 2.408,59 13

14 TÉCNICO-CIENTÍFICO SUB-GRUPO NÍVEL MÉDIO GTM24 VI 2.198,16 GTM23 V 2.144,55 GTM22 IV 2.092,24 GTM21 III 2.041,21 GTM20 II 1.991,43 GTM19 I 1.942,85 GTM18 VI 1.895,47 GTM17 V 1.849,24 GTM16 IV 1.804,13 GTM15 III 1.760,13 GTM14 II 1.717,20 GTM13 I 1.675,32 GTM12 VI 1.634,46 GTM11 V 1.594,59 GTM10 IV 1.555,70 GTM09 III 1.517,76 GTM08 II 1.480,74 GTM07 I 1.444,62 GTM06 VI 1.409,39 GTM05 V 1.375,01 GTM04 IV 1.341,47 GTM03 III 1.308,76 GTM02 II 1.276,83 GTM01 I 1.245,69 14

15 ANEXO VIII GRUPO PENITENCIÁRIO SUB-GRUPO NÍVEL SUPERIOR CPS24 VI 2.025,02 CPS23 V 1.975,63 CPS22 IV 1.927,45 CPS21 III 1.880,44 CPS20 II 1.834,57 CPS19 I 1.789,83 CPS18 VI 1.746,17 CPS17 V 1.703,58 CPS16 IV 1.662,03 CPS15 III 1.621,49 CPS14 II 1.581,94 CPS13 I 1.543,36 CPS12 VI 1.505,72 CPS11 V 1.468,99 CPS10 IV 1.433,16 CPS09 III 1.398,21 CPS08 II 1.364,11 CPS07 I 1.330,84 CPS06 VI 1.298,38 CPS05 V 1.266,71 CPS04 IV 1.235,81 CPS03 III 1.205,67 CPS02 II 1.176,26 CPS01 I 1.147,58 15

16 PENITENCIÁRIO SUB-GRUPO NÍVEL MÉDIO CPM24 VI 1.417,50 CPM23 V 1.382,92 CPM22 IV 1.349,19 CPM21 III 1.316,29 CPM20 II 1.284,18 CPM19 I 1.252,86 CPM18 VI 1.222,30 CPM17 V 1.192,49 CPM16 IV 1.163,41 CPM15 III 1.135,03 CPM14 II 1.107,35 CPM13 I 1.080,34 CPM12 VI 1.053,99 CPM11 V 1.028,28 CPM10 IV 1.003,20 CPM09 III 978,73 CPM08 II 954,86 CPM07 I 931,57 CPM06 VI 908,85 CPM05 V 886,68 CPM04 IV 865,06 CPM03 III 843,96 CPM02 II 823,37 CPM01 I 803,29 16

17 ANEXO IX ADMINISTRATIVO SUB-GRUPO NÍVEL SUPERIOR GAS24 VI 1.949,32 GAS23 V 1.901,78 GAS22 IV 1.855,39 GAS21 III 1.810,14 GAS20 II 1.765,99 GAS19 I 1.722,92 GAS18 VI 1.680,89 GAS17 V 1.639,90 GAS16 IV 1.599,90 GAS15 III 1.560,88 GAS14 II 1.522,81 GAS13 I 1.485,67 GAS12 VI 1.449,43 GAS11 V 1.414,08 GAS10 IV 1.379,59 GAS09 III 1.345,94 GAS08 II 1.313,11 GAS07 I 1.281,08 GAS06 VI 1.249,84 GAS05 V 1.219,35 GAS04 IV 1.189,61 GAS03 III 1.160,60 GAS02 II 1.132,29 GAS01 I 1.104,68 17

18 ADMINISTRATIVO SUB-GRUPO NÍVEL MÉDIO GAM24 VI 1.364,51 GAM23 V 1.331,23 GAM22 IV 1.298,76 GAM21 III 1.267,08 GAM20 II 1.236,18 GAM19 I 1.206,03 GAM18 VI 1.176,61 GAM17 V 1.147,91 GAM16 IV 1.119,91 GAM15 III 1.092,60 GAM14 II 1.065,95 GAM13 I 1.039,95 GAM12 VI 1.014,59 GAM11 V 989,84 GAM10 IV 965,70 GAM09 III 942,14 GAM08 II 919,17 GAM07 I 896,75 GAM06 VI 874,88 GAM05 V 853,54 GAM04 IV 832,72 GAM03 III 812,41 GAM02 II 792,59 GAM01 I 773,26 18

19 ADMINISTRATIVO SUB-GRUPO NÍVEL BÁSICO GAB24 VI 1.050,47 GAB23 V 1.024,85 GAB22 IV 999,85 GAB21 III 975,47 GAB20 II 951,67 GAB19 I 928,46 GAB18 VI 905,82 GAB17 V 883,72 GAB16 IV 862,17 GAB15 III 841,14 GAB14 II 820,63 GAB13 I 800,61 GAB12 VI 781,08 GAB11 V 762,03 GAB10 IV 743,45 GAB09 III 725,31 GAB08 II 707,62 GAB07 I 690,36 GAB06 VI 673,53 GAB05 V 657,10 GAB04 IV 641,07 GAB03 III 625,44 GAB02 II 610,18 GAB01 I 595,30 19

20 ANEXO X SAÚDE SUB-GRUPO NÍVEL SUPERIOR GSS24 VI 2.043,95 GSS23 V 1.994,10 GSS22 IV 1.945,46 GSS21 III 1.898,01 GSS20 II 1.851,72 GSS19 I 1.806,55 GSS18 VI 1.762,49 GSS17 V 1.719,50 GSS16 IV 1.677,56 GSS15 III 1.636,65 GSS14 II 1.596,73 GSS13 I 1.557,78 GSS12 VI 1.519,79 GSS11 V 1.482,72 GSS10 IV 1.446,56 GSS09 III 1.411,28 GSS08 II 1.376,85 GSS07 I 1.343,27 GSS06 VI 1.310,51 GSS05 V 1.278,55 GSS04 IV 1.247,36 GSS03 III 1.216,94 GSS02 II 1.187,26 GSS01 I 1.158,30 20

21 GRUPO SAÚDE SUB-GRUPO NÍVEL MÉDIO GSM24 VI 1.430,74 GSM23 V 1.395,85 GSM22 IV 1.361,80 GSM21 III 1.328,59 GSM20 II 1.296,18 GSM19 I 1.264,57 GSM18 VI 1.233,73 GSM17 V 1.203,64 GSM16 IV 1.174,28 GSM15 III 1.145,64 GSM14 II 1.117,70 GSM13 I 1.090,43 GSM12 VI 1.063,84 GSM11 V 1.037,89 GSM10 IV 1.012,58 GSM09 III 987,88 GSM08 II 963,79 GSM07 I 940,28 GSM06 VI 917,34 GSM05 V 894,97 GSM04 IV 873,14 GSM03 III 851,85 GSM02 II 831,07 GSM01 I 810,80 21

22 ANEXO XI GRUPO DE ATIVIDADES DE ESTADO GAT 18 VI 9.060,51 GAT 17 V 8.839,52 GAT 16 IV 8.623,92 GAT 15 III 8.413,59 GAT 14 II 8.208,38 GAT 13 I 8.008,18 GAT 12 VI 7.812,85 GAT 11 V 7.622,29 GAT 10 IV 7.436,39 GAT 09 III 7.255,01 GAT 08 II 7.078,06 GAT 07 I 6.905,42 GAT 06 VI 6.737,00 GAT 05 V 6.572,68 GAT 04 IV 6.412,37 GAT 03 III 6.255,97 GAT 02 II 6.103,38 GAT 01 I 5.954,52 ** os Anexos II, III, IV e XII, foram excluídos pela Lei nº. 0954, de 23 de dezembro de ** o Anexo XI foi alterado pela Lei 0977, de

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE SERVIÇOS LEGISLATIVOS LEI Nº 6.170, DE 06 DE JANEIRO DE 1993 - D.O. 06.01.93.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE SERVIÇOS LEGISLATIVOS LEI Nº 6.170, DE 06 DE JANEIRO DE 1993 - D.O. 06.01.93. Autor: Poder Executivo LEI Nº 6.170, DE 06 DE JANEIRO DE 1993 - D.O. 06.01.93. * Dispõe sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Salários do Sistema Único de Saúde do Estado de Mato Grosso, e dá outras providências.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO SEMAD SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE SMS

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO SEMAD SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE SMS PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO SEMAD SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE SMS CONCURSO PÚBLICO 004/2016 A Secretaria Municipal de Administração

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO SEMAD SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE SMS

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO SEMAD SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE SMS PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO SEMAD SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE SMS CONCURSO PÚBLICO 004/2016 A Secretaria Municipal de Administração

Leia mais

ANEXO I-D PODER EXECUTIVO RELAÇÃO DE CARGOS AGLUTINADOS

ANEXO I-D PODER EXECUTIVO RELAÇÃO DE CARGOS AGLUTINADOS ANEXO I-D PODER EXECUTIVO RELAÇÃO DE S AGLUTINADOS ATUAL ALTERAR PARA: Auxiliar de Cozinha Cozinheira AGENTE DE ALIMENTAÇÃO Auxiliar de Mecânico Borracheiro Chapeador/Lanterneiro Lavador/Lubrificador Soldador

Leia mais

CARGOS / ESPECIALIDADES: Auxiliar de Serviços Gerais 101. Gabarito

CARGOS / ESPECIALIDADES: Auxiliar de Serviços Gerais 101. Gabarito Auxiliar de Serviços Gerais 101 Questão 01: B Questão 02: B Questão 03: C Questão 04: B Questão 05: D Questão 06: D Questão 07: B Questão 08: A Questão 09: D Questão 10: D Questão 11: C Questão 12: C Questão

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAURO DE FREITAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAURO DE FREITAS LEI MUNICIPAL Nº. 1.491, DE 17 DE MAIO DE 2013. Define os vencimentos dos Servidores Públicos do Município de Lauro de Freitas, no ano de 2013, na forma que indica e dá outras providências. O PREFEITO

Leia mais

TABELA GERAL DE VENCIMENTOS - ANEXO IV 01/03/2013 I - QUADRO PERMANENTE: SERVIDORES EFETIVOS

TABELA GERAL DE VENCIMENTOS - ANEXO IV 01/03/2013 I - QUADRO PERMANENTE: SERVIDORES EFETIVOS TABELA GERAL DE VENCIMENTOS - ANEXO IV 01/03/2013 I - QUADRO PERMANENTE: SERVIDORES EFETIVOS Referência 1 2 3 4 5 6 7 FUNÇÕES Nível I 1.256,00 1.366,00 1.489,00 1.625,00 1.774,00 1.935,00 2.119,00 Inspetor

Leia mais

40 horas semanais Taxa de inscrição R$ 50,00

40 horas semanais Taxa de inscrição R$ 50,00 2.1 ARTÍFICE Ensino Fundamental Completo e experiência comprovada na área de atuação, quando da Salário R$ 622,00 Taxa de inscrição R$ 50,00 2.2 ASSISTENTE SOCIAL Salário R$ 2.223,74 30 horas semanais

Leia mais

ANEXO I - QUADRO DE CARGOS

ANEXO I - QUADRO DE CARGOS COD NÍVEL ELEMENTAR CARGO CARGA HORÁRIA SEMANAL ANEXO I - QUADRO DE CARGOS VAGAS ÓRGÃO REQUISITO SALÁRIO BASE INICIAL E0 Auxiliar de Serviços Gerais Perfil Serviço de Copa e DAE Fundamental Incompleto

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº... (Autoria: Poder Executivo) CAPÍTULO I DA CARREIRA

PROJETO DE LEI Nº... (Autoria: Poder Executivo) CAPÍTULO I DA CARREIRA PROJETO DE LEI Nº... (Autoria: Poder Executivo) Dispõe sobre a carreira Assistência à Educação do Distrito Federal e dá outras providências CAPÍTULO I DA CARREIRA Art. 1. Carreira Assistência à Educação

Leia mais

OSMAR DE LIMA MAGALHÃES Secretário do Governo Municipal

OSMAR DE LIMA MAGALHÃES Secretário do Governo Municipal PREFEITURA DE GOIÂNIA 1 GABINETE DO PREFEITO DECRETO Nº 076, DE 08 DE JANEIRO DE 2013. Aprova a distribuição de cargos, por função e especialidade, do Quadro Permanente de Pessoal da Administração Direta

Leia mais

ANEXO I (VAGAS E REQUISITOS) QUADRO SETORIAL DA SAÚDE

ANEXO I (VAGAS E REQUISITOS) QUADRO SETORIAL DA SAÚDE ANEXO I (VAGAS E REQUISITOS) QUADRO SETORIAL DA SAÚDE CARGO CÓDIGO REQUISITOS VAGAS VAGA DEFICIENTE Curso Superior, em nível de graduação, em Enfermagem, ENFERMEIRO DO TRABALHO SE-503 registro profissional

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA GRANDE RETIFICAÇÃO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2011/ PMVG/MT, DE 21 DE SETEMBRO DE 2011.

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA GRANDE RETIFICAÇÃO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2011/ PMVG/MT, DE 21 DE SETEMBRO DE 2011. ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA GRANDE RETIFICAÇÃO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO Nº 00/0/ PMVG/MT, DE DE SETEMBRO DE 0. A Prefeitura Municipal de Várzea Grande, no uso de suas atribuições

Leia mais

ANEXO III QUADRO DE PROVAS QUADRO SETORIAL DA SAÚDE

ANEXO III QUADRO DE PROVAS QUADRO SETORIAL DA SAÚDE 1 ANEXO III QUADRO DE PROVAS QUADRO SETORIAL DA CARGO AGENTE DE HIGIENIZAÇÃO DE CÓDIGO DE INSCRIÇÃO AUXILIAR DE COZINHA 2. COPEIRO 3. COZINHEIRO 4. GUARDA PATRIMONIAL 5. ATENDENTE DE CONSULTORIO DENTARIO

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil

GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil . Minuta de Lei n o de de de 2013 Dispõe sobre o Plano de Carreiras, Cargos e Remuneração dos servidores efetivos a Secretaria e Estado da Saúde SES-GO e dá outras providências. A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA

Leia mais

ANEXO I DEMONSTRATIVO DE CARGOS, QUALIFICAÇÃO, CARGA HORÁRIA, VAGAS E VENCIMENTOS ÁREA DE EDUCAÇÃO. Ensino médio completo com curso

ANEXO I DEMONSTRATIVO DE CARGOS, QUALIFICAÇÃO, CARGA HORÁRIA, VAGAS E VENCIMENTOS ÁREA DE EDUCAÇÃO. Ensino médio completo com curso DEMONSTRATIVO DE CARGOS, QUALIFICAÇÃO, CARGA, E VENCIMENTOS ÁREA DE EDUCAÇÃO NÍVEL MÉDIO CARGA curso Professor Docente I - com de formação de professores ou 100. especializações em Educação curso normal,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS ADVOCACIA GERAL DO MUNICÍPIO

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS ADVOCACIA GERAL DO MUNICÍPIO ALTERADA PELA LEI Nº 1370, DE 02 DE JUNHO DE 2005. LEI Nº 1187, DE 16 DE MAIO DE 2003. Altera as Leis n.º 878, de 10 de abril de 2000, nº 980, de 9 de março de 2001 e nº 1071, de 27 de novembro de 2001

Leia mais

ANEXO III DO EDITAL DO CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2011, DE 29 DE JULHO DE 2011 DO QUADRO DE VAGAS VAGAS

ANEXO III DO EDITAL DO CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2011, DE 29 DE JULHO DE 2011 DO QUADRO DE VAGAS VAGAS ANEXO III DO EDITAL DO CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2011, DE 29 DE JULHO DE 2011 DO QUADRO DE VAGAS CÓDIGO CARGO HABILITAÇÃO TOTAL VAGAS RESERVA P/ DEFICIENTES (*) 0101 Agente de Controle de Zoonoses Ensino

Leia mais

EMENTÁRIO. (*) LEI N 1.206, DE 31 DE DEZEMBRO DE 2007. (D.O.M. 22.01.2008 N. 1886 Ano IX)

EMENTÁRIO. (*) LEI N 1.206, DE 31 DE DEZEMBRO DE 2007. (D.O.M. 22.01.2008 N. 1886 Ano IX) (*) LEI N 1.206, DE 31 DE DEZEMBRO DE 2007. (D.O.M. 22.01.2008 N. 1886 Ano IX) ALTERA o Quadro de Cargos e Carreiras da Secretaria Municipal de Saúde SEMSA e dá outras providências. O PREFEITO DE MANAUS,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IGUABA GRANDE Estado do Rio de Janeiro Gabinete do Prefeito

PREFEITURA MUNICIPAL DE IGUABA GRANDE Estado do Rio de Janeiro Gabinete do Prefeito LEI COMPLEMENTAR Nº 104/2012 DE 22 DE MARÇO DE 2012. DETERMINA IZAÇÃO DE VENCIMENTOS- BASE AOS CARGOS QUE PERCEBEM REMUNERAÇÃO ABAIXO OU PRÓXIMA AO SALÁRIO MÍNIMO NACIONALMENTE UNIFICADO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

GABARITO CONCURSO SEPLAG NÍVEL MÉDIO

GABARITO CONCURSO SEPLAG NÍVEL MÉDIO GABARITO CONCURSO SEPLAG NÍVEL MÉDIO LÍNGUA PORTUGUESA 1 E 2 - C 3 - C 4 - C 5 - C 6 - B 7 - D 8 - D 9 - E 10 - D ATUALIDADES 11 - E 12 - B 13 - A 14 - D CONHECIMENTOS DE INFORMÁTICA 15 - C 16 - C 17 -

Leia mais

O povo do Município de São Gotardo, por seus representantes, aprovou, e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei Complementar:

O povo do Município de São Gotardo, por seus representantes, aprovou, e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei Complementar: 1 LEI COMPLEMENTAR N o 22, DE 1º DE AGOSTO DE 2005. ALTERA A LEI COMPLEMENTAR Nº 21 DE 21 DE JANEIRO DE 2005, QUE DISPÕE SOBRE CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA POR EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº XXXX DE XX DE XXXXXX DE 201X ALTERA A LEI Nº 6720, DE 25 DE MARÇO DE 2014, QUE INSTITUI PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E REMUNERAÇÃO DA FUNDAÇÃO DE APOIO À ESCOLA TÉCNICA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE CAXIAS DO SUL. Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei Complementar.

O PREFEITO MUNICIPAL DE CAXIAS DO SUL. Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei Complementar. LEI COMPLEMENTAR Nº 499, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2015(ORIGINAL) (Original) Processo: PROCESSO 245/2015 Autor: Poder Executivo Data de Publicação: 30/12/2015 (jornal Jornal do Município) Data de Promulgação:

Leia mais

ANEXO I-D - RELAÇÃO DE CARGOS AGLUTINADOS DO PODER EXECUTIVO Lei Municipal nº 3.428, de 04 de abril de 2012

ANEXO I-D - RELAÇÃO DE CARGOS AGLUTINADOS DO PODER EXECUTIVO Lei Municipal nº 3.428, de 04 de abril de 2012 ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ SECRETARIA DE GESTÃO ADMINISTRATIVA DIVISÃO DE GESTÃO DE PESSOAL ANEXO I-D - RELAÇÃO DE S AGLUTINADOS DO PODER EXECUTIVO Lei Municipal nº 3.428,

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, FAÇO SABER que o Poder Legislativo decreta e eu sanciono a seguinte Lei Complementar: CAPÍTULO I

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, FAÇO SABER que o Poder Legislativo decreta e eu sanciono a seguinte Lei Complementar: CAPÍTULO I Lei Complementar nº 182, de 07 de dezembro de 2000. Dispõe sobre o Plano de Cargos, Funções e Vencimentos e institui o Quadro e Plano de Carreira dos Servidores dos Serviços Auxiliares de apoio administrativo

Leia mais

Local de atendimento escolha E. M. Edilson Vignoli Marins Rua Antônio Ferreira, nº 110, Rio de Areia ( Estrada Latino Melo).

Local de atendimento escolha E. M. Edilson Vignoli Marins Rua Antônio Ferreira, nº 110, Rio de Areia ( Estrada Latino Melo). Local de atendimento escolha E. M. Edilson Vignoli Marins Rua Antônio Ferreira, nº 110, Rio de Areia ( Estrada Latino Melo). Grupo 1 1.1 PROFESSOR MG1A 18/01/2016 9H 11h 1º ao 30º (Vagas Regulares) 1º

Leia mais

REESTRUTURAÇÃO DO PCF - NOVAS DENOMINAÇÕES PARA O RECONHECIMENTO DAS PROFISSÕES GRUPO SUPERIOR

REESTRUTURAÇÃO DO PCF - NOVAS DENOMINAÇÕES PARA O RECONHECIMENTO DAS PROFISSÕES GRUPO SUPERIOR REESTRUTURAÇÃO DO PCF - NOVAS DENOMINAÇÕES PARA O RECONHECIMENTO DAS PROFISSÕES GRUPO SUPERIOR FUNÇÃO ATIVA PROPOSTA DO DRH ESPECIALIDADE PRÉ-REQUISITOS GERAIS PRÉ-REQUISITOS ESPECÍFICOS ESPECIALIDADE

Leia mais

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE RORAIMA AMAZÔNIA: PATRIMÔNIO DOS BRASILEIROS SECRETARIA LEGISLATIVA

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE RORAIMA AMAZÔNIA: PATRIMÔNIO DOS BRASILEIROS SECRETARIA LEGISLATIVA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE RORAIMA AMAZÔNIA: PATRIMÔNIO DOS BRASILEIROS SECRETARIA LEGISLATIVA Publicado no Diário Oficial nº 1.346 de 05/07/96. LEI COMPLEMENTAR Nº 018 DE 05 DE JULHO DE 1996

Leia mais

CARGOS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE JOINVILLE, FUNDAÇÃO CULTURAL DE JOINVILLE E INSTITUTO DE TRÂNSITO E TRANSPORTE DE JOINVILLE

CARGOS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE JOINVILLE, FUNDAÇÃO CULTURAL DE JOINVILLE E INSTITUTO DE TRÂNSITO E TRANSPORTE DE JOINVILLE PREFEITURA MUNICIPAL DE JOINVILLE CONCURSO PÚLICO - EDITAL 005/2014 ANEXO 1 - CARGOS/ESPECIALIDADES/FUNÇÕES, VAGAS, LOCAL, CARGA HORÁRIA E VENCIMENTOS BASE CARGOS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE JOINVILLE,

Leia mais

LEI Nº 8.690, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2003. O Povo do Município de Belo Horizonte, por seus representantes, decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº 8.690, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2003. O Povo do Município de Belo Horizonte, por seus representantes, decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 8.690, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2003 Institui o Plano de Carreira dos Servidores da Área de Atividades de Administração Geral da Prefeitura de Belo Horizonte, estabelece a respectiva Tabela de Vencimentos

Leia mais

LEI Nº 2.581/2009. O Prefeito Municipal de Caeté, Minas Gerais, faz saber que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona a seguinte Lei:

LEI Nº 2.581/2009. O Prefeito Municipal de Caeté, Minas Gerais, faz saber que a Câmara Municipal aprovou e ele sanciona a seguinte Lei: LEI Nº 2.581/2009 DISPÕE SOBRE O PLANO DE CARREIRA E REMUNERAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA DO MUNICÍPIO DE CAETÉ. O Prefeito Municipal de Caeté, Minas Gerais, faz saber que a Câmara Municipal

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITATIAIA - RJ CONCURSO PÚBLICO - EDITAL N o 01/2014 ANEXO I

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITATIAIA - RJ CONCURSO PÚBLICO - EDITAL N o 01/2014 ANEXO I JORNA 001 ARQUITETO 002 ASSISTENTE SOCIAL 003 BIBLIOTECÁRIO 004 BIOQUÍMICO 005 BIÓLOGO 006 CONTOR 007 NTISTA Curso de Nível Superior em Arquitetura e Curso de Nível Superior em Serviço Social e registro

Leia mais

LEI Nº 3.115 I - GRUPO DE APOIO ADMINISTRATIVO:

LEI Nº 3.115 I - GRUPO DE APOIO ADMINISTRATIVO: LEI Nº 3.115 Dispõe sobre a organização do Quadro de Pessoal Contratado da Prefeitura; estabelece novo plano de pagamento e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE PELOTAS, Estado do Rio Grande

Leia mais

MUNICÍPIO DE VÁRZEA DA PALMA-MG

MUNICÍPIO DE VÁRZEA DA PALMA-MG ESPECIFICAÇÃO DAS DE MÚLTIPLA ESCOLHA DE MÚLTIPLA ESCOLHA Ajudante de Serviços Públicos Auxiliar de Serviços Gerais Coletor de Lixo Coveiro Gari Alfabetizado. Auxiliar de Oficina Mecânica Bombeiro Hidráulico

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE LEI N. 1.704, DE 26 DE JANEIRO DE 2006 Estabelece pisos salariais para os novos cargos criados nesta lei, concede reajuste salarial aos servidores públicos civis, militares, ativos, inativos e pensionistas

Leia mais

MUNICÍPIO DE LAGES - SC CONCURSO PÚBLICO OO1/ 2011 ANEXO I REQUISITOS (ESCOLARIDADE/ FORMAÇÃO) Diploma de conclusão da graduação em

MUNICÍPIO DE LAGES - SC CONCURSO PÚBLICO OO1/ 2011 ANEXO I REQUISITOS (ESCOLARIDADE/ FORMAÇÃO) Diploma de conclusão da graduação em MUNICÍPIO LAGES - SC CONCURSO PÚBLICO OO1/ 2011 ANEXO I CÓDIGO (ESCOLARIDA/ FORMAÇÃO) 01 Arquiteto Arquitetura/Urbanismo e registro no CREA. 01-02 Assistente Social Serviço Social e registro no CRESS.

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE BARRETOS, ESTADO DE SÃO PAULO: Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei:

O PREFEITO MUNICIPAL DE BARRETOS, ESTADO DE SÃO PAULO: Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: LEI N.º 3629, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2003. (Com alterações impostas pelas leis n. os 3.636, de 17 de dezembro de 2003; 3.727, de 27 de janeiro de 2005; 3.816, de 27 de dezembro de 2005; 4.048, de 07 de março

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO MUNICÍPIO DE SANTA RITA/PB

DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO MUNICÍPIO DE SANTA RITA/PB DOE nº 118, Ano 02, Pg. 01, de 02/01/2014. ATOS DO PODER EXECUTIVO Gabinete do Prefeito LEI MUNICIPAL Nº 1.588, de 20 de dezembro de 2013. INCLUI NO CALENDÁRIO DE EVENTOS DO MUNICÍPIO DE SANTA RITA A SEMANA

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO. Publicada no D.O. de 15.05.2008 RESOLUÇÃO SEPLAG Nº 109 DE 09 DE MAIO DE 2008

SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO. Publicada no D.O. de 15.05.2008 RESOLUÇÃO SEPLAG Nº 109 DE 09 DE MAIO DE 2008 SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO Publicada no D.O. de 15.05.2008 RESOLUÇÃO SEPLAG Nº 109 DE 09 DE MAIO DE 2008 INSTITUI O MANUAL PARA ANÁLISE DE ACUMULAÇÃO DE CARGOS, EMPREGOS E FUNÇÕES PÚBLICOS

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS - UNIMONTES COMISSÃO TÉCNICA DE CONCURSOS - COTEC

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS - UNIMONTES COMISSÃO TÉCNICA DE CONCURSOS - COTEC PROVAS DE LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA - FUNDAMENTAL COMPLETO Agente Administrativo Agente de Controle de Zoonoses Auxiliar de Educador Social Contínuo Desenhista Eletricista Predial Jardineiro Mestre

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL Nº. 31144 de 08/04/2008

DIÁRIO OFICIAL Nº. 31144 de 08/04/2008 DIÁRIO OFICIAL Nº. 311 de 08/0/008 GABINETE DA GOVERNADORA L E I Nº 7.030, DE 30 DE JULHO DE 007* Cria o Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Pará - IDESP, e dá outras providências.

Leia mais

LEI N.º 1.480, DE 21 DE MAIO DE 2008.

LEI N.º 1.480, DE 21 DE MAIO DE 2008. LEI N.º 1.480, DE 21 DE MAIO DE 2008. Altera o Anexo III da Lei n.º 1.000 de 04 de maio de 1998, e dá outras providências. O Prefeito Municipal de Paranaíba, Estado de Mato Grosso do Sul. FAÇO saber que

Leia mais

LEI Nº 21.710, DE 30 DE JUNHO DE

LEI Nº 21.710, DE 30 DE JUNHO DE LEI Nº 21.710, DE 30 DE JUNHO DE 2015. Dispõe sobre a política remuneratória das carreiras do Grupo de Atividades de Educação Básica do Poder Executivo, altera a estrutura da carreira de Professor de Educação

Leia mais

MUNICÍPIO DE SANTA CRUZ DE SALINAS MG CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS EDITAL 1/2015 ANEXO I RETIFICADO ESPECIFICAÇÃO DOS CARGOS

MUNICÍPIO DE SANTA CRUZ DE SALINAS MG CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS EDITAL 1/2015 ANEXO I RETIFICADO ESPECIFICAÇÃO DOS CARGOS LEI(S) CÓDIGO 381/2015 1 Auxiliar de Serviços Gerais MUNICÍPIO SANTA CRUZ SALINAS MG CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO S EFETIVOS ESPECIFICAÇÃO S S ESCOLARIDA MÍNIMA E OUTRAS EXIGÊNCIAS * BÁSICO TAXA 1

Leia mais

PORTARIA R. nº 1.377, de 5 de novembro de 2009

PORTARIA R. nº 1.377, de 5 de novembro de 2009 PORTARIA R. nº.377, de 5 de novembro de 2009 Estabelece critérios e procedimentos para o pagamento da Gratificação por Encargo de Curso ou Concurso - GRECC no âmbito da Universidade Federal de Uberlândia.

Leia mais

QUADRO GERAL DE SERVIDORES EFETIVOS em 17.07.2015 CARGO Nº DE VAGAS OCUP. OBSERVAÇÕES Administrador de Empresa 2 0 Agente Vigilância em Saúde 30 27

QUADRO GERAL DE SERVIDORES EFETIVOS em 17.07.2015 CARGO Nº DE VAGAS OCUP. OBSERVAÇÕES Administrador de Empresa 2 0 Agente Vigilância em Saúde 30 27 QUADRO GERAL DE SERVIDORES EFETIVOS em 17.07.2015 CARGO Nº DE VAGAS OCUP. OBSERVAÇÕES Administrador de Empresa 2 0 Agente Vigilância em Saúde 30 27 Agente Fiscalização de Transito e Transporte 30 23 Almoxarife

Leia mais

LEI MUNICIPAL 563/73

LEI MUNICIPAL 563/73 LEI MUNICIPAL 563/73 Dispõe sobre a organização administrativa da PREFEITURA MUNICIPAL DE TAQUARA e dá outras providências. ALCEU MARTINS, Prefeito Municipal de Taquara: Faço saber que a Câmara Municipal,

Leia mais

LEI Nº995,DE 14 DE AGOSTO DE 2015.

LEI Nº995,DE 14 DE AGOSTO DE 2015. LEI Nº995,DE 14 DE AGOSTO DE 2015. Dispõe sobre a adequação de remuneração paga aos servidores que percebem remuneração inferior ao salário mínimo nacional. Fixa a Carga Horária do Terapeuta Ocupacional,

Leia mais

EDITAL 01 NÍVEL SUPERIOR

EDITAL 01 NÍVEL SUPERIOR EDITAL NÍVEL SUPERIOR Quantidade de empregos por ocupação Concurso 25 Fundasus Emprego Público de Nível Superior Médico 100h 200h Médico Acupuntura 02 - em Saúde Anestesiologia 02 - Angiologia 03 - Antroposofia

Leia mais

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N.º /2015

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N.º /2015 PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N.º /2015 Dispõe sobre o Quadro de Cargos de Provimento Efetivo, a Estrutura de Carreiras e a Escala de Vencimentos da Administração Pública do Município de Barueri...., Prefeito

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ESTADO DO RIO DE JANEIRO Prefeitura Municipal de Porciúncula

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ESTADO DO RIO DE JANEIRO Prefeitura Municipal de Porciúncula LEI COMPLEMENTAR Nº 055/2007 Dispõe sobre o Plano de Carreira e Remuneração do Magistério Público do Município de Porciúncula/RJ e dá outras providências O PREFEITO MUNICIPAL DE PORCIÚNCULA, no uso das

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUAZEIRO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NO QUADRO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE JUAZEIRO

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUAZEIRO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NO QUADRO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE JUAZEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE JUAZEIRO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NO QUADRO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE JUAZEIRO RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 001/2007 O PREFEITO MUNICIPAL DE JUAZEIRO, ESTADO DA BAHIA,

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE QUIXERAMOBIM GABINETE DO PREFEITO

ESTADO DO CEARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE QUIXERAMOBIM GABINETE DO PREFEITO ADITIVO nº 01 ADITIVO AO EDITAL nº 005/2014 Concurso Público para Provimento de Cargos Efetivos de Nível Superior para a Prefeitura Municipal de Quixeramobim O Prefeito Municipal de Quixeramobim, no uso

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO - EDITAL Nº 002/2012 ADMINISTRAÇÃO DIRETA E AUTARQUIAS

CONCURSO PÚBLICO - EDITAL Nº 002/2012 ADMINISTRAÇÃO DIRETA E AUTARQUIAS PREFEITURA DE GOIÂNIA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E RECURSOS HUMANOS COMISSÂO DE CONCURSO PÚBLICO CONCURSO PÚBLICO - EDITAL Nº 002/2012 ADMINISTRAÇÃO DIRETA E AUTARQUIAS ANEXO I CARGOS, VAGAS,

Leia mais

1. LOCAL E HORÁRIO DAS PROVAS OBJETIVAS:

1. LOCAL E HORÁRIO DAS PROVAS OBJETIVAS: PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE CAMPO LIMPO PAULISTA CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS EDITAL Nº 01/2014 EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA AS PROVAS A PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE CAMPO LIMPO PAULISTA faz saber aos

Leia mais

O Povo do Município de Belo Horizonte, por seus representantes, decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

O Povo do Município de Belo Horizonte, por seus representantes, decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Lei 7238 de 30 de Dezembro de 1996 DISPÕE SOBRE O QUADRO ESPECIAL DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE, INSTITUI O PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES DA SAÚDE DA PREFEITURA MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE, ESTABELECE

Leia mais

CBO-S (Códigos de Especialidade)

CBO-S (Códigos de Especialidade) CBO-S (Códigos de Especialidade) Código Descrição 1312.05 Diretor clínico 1312.05 Diretor de departamento de saúde 1312.05 Diretor de divisão médica 1312.05 Diretor de serviços de saúde 1312.05 Diretor

Leia mais

Lei nº 2990/1998 Data da Lei 06/23/1998

Lei nº 2990/1998 Data da Lei 06/23/1998 Lei nº 2990/1998 Data da Lei 06/23/1998 Texto da Lei [ Revogado ] LEI Nº 2990, DE 23 DE JUNHO DE 1998. DISPÕE SOBRE A REESTRUTURAÇÃO DO QUADRO PERMANENTE DA POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, DO

Leia mais

O CONGRESSO NACIONAL decreta: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

O CONGRESSO NACIONAL decreta: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 6.697-C DE 2009 Dispõe sobre as carreiras dos servidores do Ministério Público da União e as carreiras dos servidores do Conselho Nacional do Ministério Público; fixa valores

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARATAÍZES ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARATAÍZES ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PREFEITURA MUNICIPAL MARATAÍZES ESTA ESPÍRITO SANTO CONCURSO PÚBLICO 001/11 PMM ANEXO I S,, Nº,, E S. S DA ADMINISTRAÇÃO GERAL VALOR S OBJETIVAS Nº. TOTAL 01 Cozinheira 02 5,00 40 h 0 pontos NÃO SIM 02

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE BODOQUENA GABINETE

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE BODOQUENA GABINETE LEI CMPLEMENTAR Nº 060 DE, 04 DE DEZEMBR DE 2014. Altera e consolida as Tabelas de 1 a 10 do Anexo I, Plano de Cargos e de 1 a 5 do Anexo II, Plano de Remuneração, que passam a vigorar com os quantitativos

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA Prefeitura Municipal de Jaraguá do Sul

ESTADO DE SANTA CATARINA Prefeitura Municipal de Jaraguá do Sul CONCURSO PÚBLICO - EDITAL 001/2013 ANEXO 1 CARGO, VAGAS, SALÁRIO MENSAL, JORNADA DE TRABALHO E ESCOLARIDADE/PRÉ-REQUISITOS: s de Nível Fundamental Agente Comunitário de Saúde - Amizade 6 R$ 1.130,07 40

Leia mais

U N I V E R S I D A D E D E B R A S Í L I A (UnB) CENTRO DE SELEÇÃO E DE PROMOÇÃO DE EVENTOS (CESPE)

U N I V E R S I D A D E D E B R A S Í L I A (UnB) CENTRO DE SELEÇÃO E DE PROMOÇÃO DE EVENTOS (CESPE) U N I V E R S I D A D E D E B R A S Í L I A (UnB) CENTRO DE SELEÇÃO E DE PROMOÇÃO DE EVENTOS (CESPE) MINISTÉRIO DA DEFESA SECRETARIA DE ORGANIZAÇÃO INSTITUCIONAL HOSPITAL DAS FORÇAS ARMADAS (HFA) Concurso

Leia mais

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte lei: Capítulo I Das Disposições Preliminares

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte lei: Capítulo I Das Disposições Preliminares Cria o Plano de Carreira dos Servidores Técnicos e Administrativos da Polícia Rodoviária Federal e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono

Leia mais

PROPOSTAS SIND SAUDE. Lei Nº. 15.462/2005 PROPOSTA SIND-SAÚDE

PROPOSTAS SIND SAUDE. Lei Nº. 15.462/2005 PROPOSTA SIND-SAÚDE Lei Nº. 15.462/2005 PROPOSTAS SIND SAUDE PROPOSTA SIND-SAÚDE Art. 9 Os servidores que, após a publicação desta lei, ingressarem em cargo de carreira instituída por esta lei terão as seguintes cargas horárias

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 003/2014 O PREFEITO MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO OESTE, ESTADO DE SANTA CATARINA.

LEI COMPLEMENTAR Nº 003/2014 O PREFEITO MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO OESTE, ESTADO DE SANTA CATARINA. LEI COMPLEMENTAR Nº 003/2014 ALTERA A NOMENCLATURA DO CARGO DE TOPOGRAFO PARA TÉCNICO EM AGRIMENSURA, E CONTÉM OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO OESTE, ESTADO DE SANTA CATARINA.

Leia mais

EMENTA: Dispõe sobre a reestruturação do Grupo Ocupacional Fisco de que trata a Lei nº 3.981/91, de 07 de janeiro de 1991, e dá outras providências.

EMENTA: Dispõe sobre a reestruturação do Grupo Ocupacional Fisco de que trata a Lei nº 3.981/91, de 07 de janeiro de 1991, e dá outras providências. LEI NÚMERO: 00035/01 TIPO: LEI COMPLEMENTAR AUTOR: CHEFE DO EXECUTIVO MUNICIPAL DATA: 12/7/2001 EMENTA: Dispõe sobre a reestruturação do Grupo Ocupacional Fisco de que trata a Lei nº 3.981/91, de 07 de

Leia mais

REAL SOCIEDADE ESPANHOLA DE BENEFICÊNCIA (RSEB) HOSPITAL REGIONAL DE SANTA MARIA/DF (HRSM) GABARITO OFICIAL DEFINITIVO.

REAL SOCIEDADE ESPANHOLA DE BENEFICÊNCIA (RSEB) HOSPITAL REGIONAL DE SANTA MARIA/DF (HRSM) GABARITO OFICIAL DEFINITIVO. EMPREGO 1: ASSISTENTE SOCIAL TIPO A Gabarito D X D A C B A D C A D A A A D Gabarito D B B X C C C D C C D C C C D EMPREGO 2: CIRURGIÃO BUCO-MAXILO-FACIAL TIPO A Gabarito D X D A C B A D C A B A C A D Gabarito

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE MACEIÓ Concurso Público 2012 Edital 002/2012 - SMSM GABARITO PRELIMINAR (18-12 - 2012)

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE MACEIÓ Concurso Público 2012 Edital 002/2012 - SMSM GABARITO PRELIMINAR (18-12 - 2012) Cargo: ANALISTA CLÍNICO Tipo 3 Tipo 4 1 D 41 A 1 E 41 B 1 A 41 C 1 B 41 D 2 D 42 C 2 E 42 D 2 A 42 E 2 B 42 A 3 C 43 A 3 D 43 B 3 E 43 C 3 A 43 D 4 A 44 D 4 B 44 E 4 C 44 A 4 D 44 B 5 D 45 B 5 E 45 C 5

Leia mais

201115 Geneticista 26/09/2008 26/09/2008. 213150 Físico médico 26/09/2008 26/09/2008. 221105 Biólogo 26/09/2008 26/09/2008

201115 Geneticista 26/09/2008 26/09/2008. 213150 Físico médico 26/09/2008 26/09/2008. 221105 Biólogo 26/09/2008 26/09/2008 de 201115 Geneticista 26/09/2008 26/09/2008 203015 Pesquisador em biologia de microorganismos e parasitas 26/09/2008 26/09/2008 213150 Físico médico 26/09/2008 26/09/2008 221105 Biólogo 26/09/2008 26/09/2008

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO CHOÇA ESTADO DA BAHIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO CHOÇA ESTADO DA BAHIA LEI Nº 278, DE 17 DE OUTUBRO DE 2014. Altera e insere dispositivos na Lei Municipal nº 016, de 20 de janeiro de 2004, a qual dispõe sobre o Plano de Carreira e Remuneração dos Servidores do Magistério

Leia mais

A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DA BARRA APROVA E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI: CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES E DOS CONCEITOS NORMATIVOS

A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DA BARRA APROVA E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI: CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES E DOS CONCEITOS NORMATIVOS ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DA BARRA LEI Nº. 209/12, DE 04 DE ABRIL DE 2012. INSTITUI O PLANO DE CARGOS, CARREIRAS E VENCIMENTOS DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE SÃO

Leia mais

LEI Nº 10.593, DE 6 DE DEZEMBRO DE 2002

LEI Nº 10.593, DE 6 DE DEZEMBRO DE 2002 LEI Nº 10.593, DE 6 DE DEZEMBRO DE 2002 Dispõe sobre a reestruturação da Carreira Auditoria do Tesouro Nacional, que passa a denominar-se Carreira Auditoria da Receita Federal - ARF, e sobre a organização

Leia mais

A Fundação do ABC, por meio da Central de Convênios C,C.,TORNA PÚBLICO os Gabaritos das Provas realizadas em 12/01/2014.

A Fundação do ABC, por meio da Central de Convênios C,C.,TORNA PÚBLICO os Gabaritos das Provas realizadas em 12/01/2014. FUNDAÇÃO DO ABC - CENTRAL DE CONVÊNIOS COMPLEXO HOSPITALAR MUNICIPAL DE SÃO BERNARDO DO CAMPO (HOSPITAL MUNICIPAL UNIVERSITÁRIO / HOSPITAL ANCHIETA / HOSPITAL E PRONTO SOCORRO CENTRAL / HOSPITAL DE CLÍNICAS

Leia mais

Cód. Cargo Inscritos Vagas Concorrência. Cód. Cargo Inscritos Vagas Concorrência

Cód. Cargo Inscritos Vagas Concorrência. Cód. Cargo Inscritos Vagas Concorrência UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ - UESPI NÚCLEO DE CONCURSOS E PROMOÇÃO DE EVENTOS NUCEPE CONCURSO PÚBLICO SESAPI 2011 RELATÓRIO DE CONCORRÊNCIA CONCORRÊNCIA AMPLA TERRITÓRIO PLANÍCIE LITORÂNEA - MUNICÍPIO

Leia mais

MINUTA DE ANTEPROJETO DE LEI PLANO DE CARREIRA, CARGOS E SALÁRIOS. A Assembléia Legislativa do Estado do Paraná decretou e eu sanciono a seguinte lei:

MINUTA DE ANTEPROJETO DE LEI PLANO DE CARREIRA, CARGOS E SALÁRIOS. A Assembléia Legislativa do Estado do Paraná decretou e eu sanciono a seguinte lei: MINUTA DE ANTEPROJETO DE LEI PLANO DE CARREIRA, CARGOS E SALÁRIOS Súmula: Dispõe sobre a Carreira Técnica Universitária das Instituições de Ensino Superior do Estado do Paraná e adota outras providências.

Leia mais

C R O N O G R A M A D E R E A L I Z A Ç Ã O D A S P R O V A S

C R O N O G R A M A D E R E A L I Z A Ç Ã O D A S P R O V A S C R O N O G R A M A D E R E A L I Z A Ç Ã O D A S P R O V A S DIA 20/12/2008 NOTURNO Início 18 horas * Guarda Municipal * Ensino Fundamental Completo ** Professor I A ** *** Agente Comunitário de Saúde

Leia mais

Curso Superior Completo em Medicina com especialização reconhecida pelo CRM em Cardiologia e registro no órgão competente

Curso Superior Completo em Medicina com especialização reconhecida pelo CRM em Cardiologia e registro no órgão competente ANEXO DEMONSTRATVO DE VAGAS, REQUSTOS E DESCRÇÃO DAS ATVDADES DOS CARGOS DO PLANO DE CARRERA DA SECRETARA MUNCPAL DE SAÚDE (Lei n.º 7.403 de 28/12/94) Cargo / Nível Função Especialidade N.º de Vagas Requisitos

Leia mais

NÍVEL FUNDAMENTAL AUXILIAR AMBIENTAL QUESTÃO

NÍVEL FUNDAMENTAL AUXILIAR AMBIENTAL QUESTÃO PREFEITURA MUNICIPAL DO CABO DE SANTO AGOSTINHO SECRETARIA MUNICIPAL DE GESTÃO PÚBLICA SECRETARIA EXECUTIVA DE ADMINISTRAÇÃO E RECURSOS HUMANOS ESTADO DE PERNAMBUCO G A B A R I T O O F I C I A L P Ó S

Leia mais

Prefeitura Municipal de Sabará Rua Dom Pedro II, 200 CEP: 34505-000 Sabará MG Fones: (31) 3672-7672 - (31) 3674-2909

Prefeitura Municipal de Sabará Rua Dom Pedro II, 200 CEP: 34505-000 Sabará MG Fones: (31) 3672-7672 - (31) 3674-2909 LEI COMPLEMENTAR NÚMERO 015, de 10 de novembro de 2011. Dispõe sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos Profissionais da Educação Básica do Município de Sabará, estabelece normas de enquadramento,

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL. Faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte de Lei:

O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL. Faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte de Lei: LEI Nº 3.193, DE 30 DE MARÇO DE 2006. Organiza as carreiras do Grupo Ocupacional Saúde Pública do Plano de Cargos, empregos e Carreiras do Poder Executivo. O GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL.

Leia mais

ATENÇÃO: Os cargos estão listados em ordenação alfabética por nível decrescente de escolaridade (superior, médio e fundamental).

ATENÇÃO: Os cargos estão listados em ordenação alfabética por nível decrescente de escolaridade (superior, médio e fundamental). 1 de 9 ATENÇÃO: Os cargos estão listados em ordenação alfabética por nível decrescente de escolaridade (superior, médio e fundamental). CARGO PERFIL PRÉ REQUISITO NÍVEL SUPERIOR Administrador Curso Superior

Leia mais

TABELA DE VENCIMENTOS-BASE

TABELA DE VENCIMENTOS-BASE ANEXO I TABELAS DE VENCIMENTOS-BASE E SALÁRIOS-BASE DOS CARGOS E EMPREGOS PÚBLICOS EFETIVOS INTEGRANTES DOS PLANOS DE CARREIRAS DAS ÁREAS DE ATIVIDADES DA ADMINISTRAÇÃO DIRETA DO PODER EXECUTIVO, COM VIGÊNCIA

Leia mais

Tabela 24 - Terminologia do código brasileiro de ocupação (CBO) Data de início de vigência. Código do Termo. Data de fim de implantação

Tabela 24 - Terminologia do código brasileiro de ocupação (CBO) Data de início de vigência. Código do Termo. Data de fim de implantação de 201115 Geneticista 26/09/2008 26/09/2008 203015 Pesquisador em biologia de microorganismos e parasitas 26/09/2008 26/09/2008 213150 Físico médico 26/09/2008 26/09/2008 221105 Biólogo 26/09/2008 26/09/2008

Leia mais

LEI 20227 de 11/06/2012

LEI 20227 de 11/06/2012 LEI 20227 de 11/06/2012 Modifica a Lei n 13.770, de 6 de dezembro de 2000, que altera o plano de carreira dos servidores efetivos do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, institui o Adicional de

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LUIZ GONZAGA SECRETARIA MUNICIPAL DA ADMINISTRAÇÃO - SEMAD. Senhor Presidente:

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LUIZ GONZAGA SECRETARIA MUNICIPAL DA ADMINISTRAÇÃO - SEMAD. Senhor Presidente: Mensagem n.º 068, de 21 de junho de 2012. A Sua Excelência, o Senhor Mário Olaídes Rodrigues da Trindade M.D. Presidente da Câmara Municipal de Vereadores NESTA Senhor Presidente: Apenso, para análise

Leia mais

RELAÇÃO DE CARGOS. Requisito P/ Provimento. Salario Inicial 40 horas Semanais R$ 778,00. horaria. Ref. Denominação QTD

RELAÇÃO DE CARGOS. Requisito P/ Provimento. Salario Inicial 40 horas Semanais R$ 778,00. horaria. Ref. Denominação QTD RELAÇÃO DE CARGOS Ref. Denominação QTD 3 Agente de Combate as Endias 5 Requisito P/ Provimento Ensino Fundamenta + Curso Preparatório de responsabilidade da Prefeitura presença e nota de 80% de aproveitamento

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 005, DE 10 DE FEVEREIRO DE 1992 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES E DOS OBJETIVOS

LEI COMPLEMENTAR Nº 005, DE 10 DE FEVEREIRO DE 1992 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES E DOS OBJETIVOS ESTADO DO CEARÁ Prefeitura Municipal de Farias Brito LEI COMPLEMENTAR Nº 005, DE 10 DE FEVEREIRO DE 1992 Dispõe sobre o plano de cargos, salários e carreira dos servidores da Prefeitura Municipal de Farias

Leia mais

CONSIDERANDO o disposto no art. 37, II, da Constituição Federal, combinado com os artigos 90 e seguintes da Lei n 2.018, de 17 de janeiro de 1986;

CONSIDERANDO o disposto no art. 37, II, da Constituição Federal, combinado com os artigos 90 e seguintes da Lei n 2.018, de 17 de janeiro de 1986; DECRETO N 8.876, DE 11 DE FEVEREIRO DE 2015 Homologa o concurso público n 01/2014 na forma que especifica. CLAYTON ROBERTO MACHADO, Prefeito do Município de Valinhos, no uso das atribuições que lhe são

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 47 DE 19 DE NOVEMBRO DE 2015. A CÂMARA MUNICIPAL DE GUAÍRA APROVA:

PROJETO DE LEI Nº 47 DE 19 DE NOVEMBRO DE 2015. A CÂMARA MUNICIPAL DE GUAÍRA APROVA: PROJETO DE LEI Nº 47 DE 19 DE NOVEMBRO DE 2015. Altera a Lei Municipal nº 2101 de 02/09/2004 e dá outras providências. A CÂMARA MUNICIPAL DE GUAÍRA APROVA: Art. 1º Fica alterado o art. 6º da Lei Complementar

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITURAMA Estado de Minas Gerais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITURAMA Estado de Minas Gerais ANEXO III QUADRO DE PROVAS Agente de Serviços Gerais Agente de Vigilância 4 3 Agente Escolar Ensino Médio Analista de Gestão de Pessoas Analista de Sistemas 7 Analista em Engenharia Civil Arquiteto 9 Assistente

Leia mais

O Prefeito Municipal de Macuco, no uso de suas atribuições legais, faz saber que a Câmara Municipal de Macuco aprovou e ele sanciona a seguinte,

O Prefeito Municipal de Macuco, no uso de suas atribuições legais, faz saber que a Câmara Municipal de Macuco aprovou e ele sanciona a seguinte, LEI Nº 302/05 "DISPÕE SOBRE O PLANO DE CARREIRA E REMUNERAÇÃO DO MAGISTÉRIO PÚBLICO MUNICIPAL E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS" O Prefeito Municipal de Macuco, no uso de suas atribuições legais, faz saber que

Leia mais

PROPOSTA DE CRITÉRIOS E PROCEDIMENTOS UNIFORMES (LEI Nº 11.416/2006, ART. 26) DO ADICIONAL DE QUALIFICAÇÃO

PROPOSTA DE CRITÉRIOS E PROCEDIMENTOS UNIFORMES (LEI Nº 11.416/2006, ART. 26) DO ADICIONAL DE QUALIFICAÇÃO Poder Judiciário COMISSÃO INTERDISCIPLINAR Portaria nº 201, de 21 de dezembro de 2006 Supremo Tribunal Federal. VERSÃO: 11.01.2007 PROPOSTA DE CRITÉRIOS E PROCEDIMENTOS UNIFORMES (LEI Nº 11.416/2006, ART.

Leia mais

Lei n.º 346/2014. Iracema-RR, em 12 de Maio de 2014. Que dispõe sobre:

Lei n.º 346/2014. Iracema-RR, em 12 de Maio de 2014. Que dispõe sobre: Lei n.º 346/2014. Iracema-RR, em 12 de Maio de 2014. Que dispõe sobre: Estabelece o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração dos Profissionais da Educação Básica do Município de Iracema e dá outras providências.

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 154 DE 21 DE MAIO DE 2013 (Altera o Quadro de Pessoal Civil da Prefeitura Municipal de Santa Albertina e dá outras providências)

LEI COMPLEMENTAR Nº 154 DE 21 DE MAIO DE 2013 (Altera o Quadro de Pessoal Civil da Prefeitura Municipal de Santa Albertina e dá outras providências) LEI COMPLEMENTAR Nº 154 DE 21 DE MAIO DE 2013 (Altera o Quadro de Pessoal Civil da Prefeitura Municipal de Santa Albertina e dá outras providências) VANDERCI NOVELLI, Prefeito do Município de Santa Albertina,

Leia mais

I - Grupo ocupacional de controle externo, integrado pelas seguintes carreiras:

I - Grupo ocupacional de controle externo, integrado pelas seguintes carreiras: PROPOSTA PROJETO DE LEI Autor: Tribunal de Contas Dispõe sobre a reestruturação organizacional dos cargos e carreiras do quadro permanente, a criação de cargos de provimento em comissão e fixa o subsídio

Leia mais

Prefeitura Municipal de Jaboticabal

Prefeitura Municipal de Jaboticabal n70 ;,?ti!e 1, vp, LEI N 4.269, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2.011 (Altera o Anexo I - Cargos do Quadro Permanente de Pessoal da Prefeitura Municipal de Jaboticabal, da Lei n 3.734, de 03 de abril de 2008, e dá

Leia mais

RESERVA VENCIMENTO CARGA PROVA ITEM CARGO VAGAS TÉCNIC

RESERVA VENCIMENTO CARGA PROVA ITEM CARGO VAGAS TÉCNIC ANEXO I ITEM 1. CARGO ADMINISTRADOR HOSPITALAR 1 VAGAS 2. AGENTE DE INSPEÇÃO SANITÁRIA 3 5 3. AGENTE DE SERVIÇOS DE SAÚDE 2 10 4. ANALISTA DE SISTEMAS 1 0 5. ARQUITETO 6. ASSISTENTE ADMINISTRATIVO 7. ASSISTENTE

Leia mais

O povo do Município de São Gotardo, por seus representantes, aprovou, e eu,prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei Complementar:

O povo do Município de São Gotardo, por seus representantes, aprovou, e eu,prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei Complementar: LEI COMPLEMENTAR N.º 021, DE 21 DE JANEIRO DE 2005. DISPOE SOBRE CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA POR EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO MUNICIPAL E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O povo do Município

Leia mais