Retratos da Sociedade Brasileira: Inclusão Financeira

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Retratos da Sociedade Brasileira: Inclusão Financeira"

Transcrição

1 Pesquisa CNI - IBOPE Retratos da Sociedade Brasileira: Inclusão Financeira Junho de 2012

2 SUMÁRIO: Meios de pagamento Transferência de dinheiro Conta corrente e poupança Endividamento Reserva de dinheiro Pagamento de contas Produtos e serviços financeiros Este documento preparado pela Assessoria Econômica da ABBC- Associação Brasileira de Bancos tem o intuito de sumarizar e comentar as informações disponibilizadas pela pesquisa CNI- Ibope Retratos da Sociedade Brasileira: Inclusão Financeira,de junho de De acordo com a pesquisa realizada pelo IBOPE, os respondentes podem escolher mais de uma alternativa, sendo assim há casos que a soma do percentual de respostas pode ultrapassar 100. Na metodologia há cinco tipos de faixas de renda familiar (até um salário mínimo, mais de um a dois, mais de 2 a 5, mais de 5 a dez e superior a dez. Foram entrevistados eleitores a partir de 16 anos entre os dias 16 e 19 de março de 2012 em 141 municípios do país. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

3 Meios de pagamento Para 78% da amostra, o dinheiro é o principal meio de pagamento. Há uma relação inversamente proporcional entre a utilização do dinheiro e o nível de renda familiar. A parcela da amostra com renda familiar até um salário mínimo que utiliza o dinheiro como principal meio de pagamento é de 88%, enquanto que para os respondentes com renda superior a dez salários mínimos a parcela é de apenas 38%. O segundo meio de pagamento mais utilizado é o cartão de crédito com 13% dos brasileiros. Considerado o nível de renda, observa-se um efeito contrário à utilização do dinheiro. Observando que 28% da amostra com renda superior a dez salário mínimos utiliza o cartão de crédito como principal meio de pagamento, contra 9% das famílias com renda até um salário mínimo. 78 Meio de pagamento mais frequente Percentual de respostas dos que utilizam serviço bancário (%) Meio de pagamento mais frequente por nível de renda Percentual de respostas dos que utilizam serviço bancário (%) mais de 10 mais de 5 a 10 mais de 2 a 5 mais de 1 a 2 até 1 Dinheiro Cartão de crédito Cartão de débito Transferência de dinheiro O principal meio utilizado para a transferência de dinheiro é o caixa eletrônico com 59%, em segundo o caixa de agência ou de posto bancário com 41% e em terceiro aparece o depósito via correspondente bancário com 20%. Na sequência vem a categoria outros (transferência via internet 10%, conhecidos ou parentes 8%, ordem de pagamento por correio 6% e transferência via ligação telefônica 2%) Para os respondentes com renda familiar de até um salário mínimo, 44% utilizam o depósito no caixa eletrônico, 35% o correspondente bancário e 29% o depósito no caixa da agência ou do posto da instituição. Já para o respondentes com renda familiar superior a dez salários mínimos é verificado que 73% utiliza o depósito no caixa eletrônico, 25% a transferência bancária via internet e 25% o depósito no caixa da agência ou do posto da instituição. Três principais meios de transferência Percentual de respostas por nível de renda familiar(%) O terceiro meio de pagamento mais utilizado é o cartão de débito, utilizado por 6% da amostra. Na sequência, o vale-refeição/ alimentação e o cheque, com 1% da amostra cada um (outros). Dessa forma, pode-se observar que há uma relação entre os instrumentos de pagamento utilizados e o nível de renda das famílias. Isto é um indicativo da importância da inclusão financeira das classes menos favorecidas. Renda familiar superior a dez salários mínimos 73 Depósito no caixa eletrônico Transferência Depósito no caixa dadepósito no caixa da bancária via internet agência ou do posto agência ou do posto da instituição da instituição Renda familiar até um salários mínimo Correspondente bancário 44 Depósito no caixa eletrônico

4 Conta corrente e poupança Endividamento É possível observar que 36% dos brasileiros não possui conta em instituições bancárias. Em relação a renda familiar, apenas 8% com ganho superior a dez salários mínimos não possui contas contra 64% dos que tem renda familiar até um salário mínimo. Os que possuem somente conta poupança equivale a 16% dos respondentes, somente conta corrente 25% e conta corrente e conta poupança 22%. Entre os respondentes, 37% afirmaram ter algum tipo de dívida, seja parcelamento de compra, empréstimo ou financiamento. Dos que têm algum tipo de dívida, 53% têm uma renda familiar superior a dez salários mínimos, contra 26% dos que recebem até um salário mínimo. Possui algum tipo de endividamento Percentual de renda familiar (%) Possui ou não conta corrente e/ou poupança Percentual de respostas (%) te conta corrente Sim, somente conta poupança Sim, ambas Não A relação encontrada entre o nível de renda e a posse de contas bancárias provavelmente é dada pela falta de acesso de pessoas de baixa renda aos produtos e serviços bancários Sim, somente conta corrente Sim, ambas Sim, somente conta poupança Não Pessoas que não possuem conta corrente e/ou conta poupança Percentual por renda familiar (%) 16 Total até 1 mais de 1 e 2 mais de 2 a 5 mais de 5 a 10 mais de 10 A opção de endividamento mais assinalada foi o cartão de crédito com 32% dos respondentes, a segunda mais assinalada foi o carnê ou caderneta direto com a loja com 25% e o terceiro instrumento de crédito mais assinalado é outro tipo de empréstimo ou financiamento em banco com 20% (exceto empréstimo consignado ou cheque especial). Na sequência, totalizando o 54% como outros tem-se: o empréstimo consignado 17%; cartão de loja 16%; outro tipo de empréstimo ou financiamento em financeira 8%; limite do cheque especial 5%; conhecido ou parente 3%; cheque pré-datado 2%; outro tipo de empréstimo ou financiamento em cooperativa 1%; empréstimo direto com o empregador 1%; empréstimo por penhora 1% e agiota 0%. Tipo de endividamento Percentual dos que possuem dívidas (%) até 1 mais de 1 a 2 mais de 2 a 5 mais de 5 a 10 mais de 10 8 Cartão de crédito Carnê, cardeneta Outro tipo de ou fiado direto empréstimo ou com a loja financiamento em banco 1 Não respondeu

5 Reserva de dinheiro Pagamento de contas Apenas 31% da população poupa. Parcela que cai para 17% quando considerados os com renda familiar de até um salário mínimo. A reserva de dinheiro eleva-se para 66% para os com renda familiar superior a dez salários mínimos Reserva de dinheiro por nível de renda Percentual de respostas dos que poupam (%) Dos respondentes, 85% pagam alguma conta pessoal ou de sua família, sendo que 71% realizam pagamentos regulares e 14% apenas algumas vezes. Os 15% restantes afirmam não pagar contas, seja por não haver necessidade ou não serem os responsáveis pelo pagamento de contas em suas residências. O correspondente é considerado por 79% dos respondentes como principal local para o pagamento de contas, em segundo vem o atendimento pessoal no caixa de agência 40%, em terceiro o caixa eletrônico 23%, na sequência: outros (diretamente com o proprietário ou fornecedor 13%; débito automático 6%; por meio de terceiros 5%; internet 4% e ligação telefônica 0%) Total mais de 10 mais de 5 a 10 mais de 2 a 5 mais de 1 a 2 até 1 Principais locais utilizados para o pagamento de contas Percentual de respostas dos que realizam pagamentos (%) 79 Sim Não Não sabe/ Não respondeu A principal forma de reserva de dinheiro é a caderneta de poupança com 68% dos respondentes, na sequência: conta corrente/ conta salário com 16%, guarda valores em casa com 16% e outros (aplicações financeiras 3%; título de capitalização 2%; guarda volume na conta de conhecidos 1%; imóveis 1%; consórcio 1% e previdência privada 1%), somando 9%. A porcentagem dos que não responderam é de 1%. 68 Tipo de reserva de dinheiro Percentual de respostas dos que poupam (%) Correspondente bancário 40 atendimento pessoal no caixa da agência 23 Caixa eletrônico 28 O correspondente bancário tem maior percentual de respondentes entre os que têm menor renda familiar, dos que têm uma renda familiar até um salário mínimo, 89% utilizam o correspondente como principal meio. Já dos que têm uma renda familiar superior a dez salários mínimos, 42% utilizam o correspondente como principal meio para pagar contas. Utilização do correspondente bancário para pagar contas Percentual por renda dos que utilizam o correspondente bancário(%) Cardeneta de poupança Conta corrente/ Conta salário Guarda valores em casa Não respondeu até 1 mais de 1 a 2 mais de 2 a 5 mais de 5 a 10 mais de 10

6 Produtos e serviços financeiros Apenas 12% da população não utilizou nenhum serviço bancário nos últimos 12 meses. O serviço mais utilizado é o pagamento de contas 76%, o segundo é o cartão de crédito 27%, em terceiro o depósito bancário 20% e em quarto o cartão de débito 19%. 76 Produtos e serviços financeiros mais utilizados Percentual de respostas (%) Pagamento de contas Cartão de crédito Depósito Cartão de débito Não utiliza Na sequência: recebimento de salários em conta corrente 16%; reserva de dinheiro e aplicações financeiras 11%; cheques 7%; transferência, envio ou depósitos de dinheiro para terceiros 5%; seguro, capitalização, previdência privada e/ou consórcio 5%; limite do cheque especial 4%, somando 48%.

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: INCLUSÃO FINANCEIRA JUNHO/2012

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: INCLUSÃO FINANCEIRA JUNHO/2012 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: INCLUSÃO FINANCEIRA JUNHO/2012 Pesquisa CNI-IBOPE CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Presidente: Robson Braga de Andrade DIRETORIA DE POLÍTICAS E ESTRATÉGIA José

Leia mais

Pense globalmente, atue localmente Think globally, act locally. Carlos Alberto dos Santos Diretor Técnico - Sebrae Nacional

Pense globalmente, atue localmente Think globally, act locally. Carlos Alberto dos Santos Diretor Técnico - Sebrae Nacional Pense globalmente, atue localmente Think globally, act locally Carlos Alberto dos Santos Diretor Técnico - Sebrae Nacional 1 O Financiamento dos Pequenos Negócios no Brasil 2 O Financiamento dos Pequenos

Leia mais

Núcleo de Pesquisa. Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina

Núcleo de Pesquisa. Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Pesquisa de Endividamento e Inadimplência dos Consumidores de outubro de 2014 Endividamento das famílias catarinenses mantém-se praticamente estável em

Leia mais

Perfil de endividamento das famílias por faixas de renda para São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte

Perfil de endividamento das famílias por faixas de renda para São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte Perfil de endividamento das famílias por faixas de renda para São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte Em agosto de 2014, as famílias com renda entre cinco e dez salários mínimos apresentaram a maior

Leia mais

Mais da metade dos brasileiros pagam compras com o cartão de crédito, principalmente roupas, calçados e eletrodomésticos

Mais da metade dos brasileiros pagam compras com o cartão de crédito, principalmente roupas, calçados e eletrodomésticos USO DO CARTÃO DE CRÉDITO Mais da metade dos brasileiros pagam compras com o cartão de crédito, principalmente roupas, calçados e eletrodomésticos Mais da metade dos brasileiros (53%) faz uso do cartão

Leia mais

Meios de pagamento aceitos pelas micro e pequenas empresas brasileiras Agosto/15

Meios de pagamento aceitos pelas micro e pequenas empresas brasileiras Agosto/15 Meios de pagamento aceitos pelas micro e pequenas empresas brasileiras Agosto/15 Conceder desconto no pagamento à vista é estratégia adotada por grande parte dos empresários. Cartões ganham cada vez mais

Leia mais

Retratos da Sociedade Brasileira. Qualidade dos serviços públicos e tributação

Retratos da Sociedade Brasileira. Qualidade dos serviços públicos e tributação Retratos da Sociedade Brasileira Educação Meio ambiente Qualidade dos serviços públicos e tributação Locomoção urbana Segurança pública Saúde Pública agosto/2010 dezembro/2010 março/2011 agosto/2011 outubro/2011

Leia mais

1) Você tem conta bancária?

1) Você tem conta bancária? 1) Você tem conta bancária? Sim 33 37 Não 67 63 2) Você sabe quanto paga de tarifas bancárias? Sim 36 33 Não 64 67 3) O custo das tarifas bancárias influi (ou influiria) na sua escolha de qual banco tornar-se

Leia mais

RELEASE Belo Horizonte, 1º de setembro de 2014

RELEASE Belo Horizonte, 1º de setembro de 2014 RELEASE Mesmo tendo de um a três cartões de crédito, consumidor da capital mineira prefere pagar em dinheiro Eles privilegiam o pagamento a vista e controlam os impulsos na hora das compras. Mas a maioria

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PORTO ALEGRE - RS

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PORTO ALEGRE - RS PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PORTO ALEGRE - RS NOVEMBRO/2012 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PORTO ALEGRE - RS

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PORTO ALEGRE - RS PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PORTO ALEGRE - RS JULHO/2012 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3

Leia mais

NCIA DAS. Palmas - TO

NCIA DAS. Palmas - TO PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA NCIA DAS FAMÍLIAS Palmas - TO Janeiro 2010 SUMÁRIO Análise dos Resultados 3 Tabela 1 PEIC - Evolução nos últimos 13 meses 3 Tabela 2 PEIC Evolução nos últimos

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC CAMPO GRANDE - MS OUTUBRO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC VITÓRIA - ES MAIO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

BNB - CADERNO DE PROVA TIPO A

BNB - CADERNO DE PROVA TIPO A BNB - CADERNO DE PROVA TIPO Questão 51 PROF. RICARDO - Dentre as instituições que compõem o Sistema Financeiro Nacional tem como finalidade... Resposta: (A) propiciar o aperfeiçoamento das instituições

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO JUNHO/2012 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO AGOSTO/2012 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC GOIÂNIA - GO AGOSTO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 -

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PALMAS - TO JUNHO/2015 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3 - Famílias

Leia mais

Questionário sobre Finanças Pessoais - Projeto de Pesquisa II

Questionário sobre Finanças Pessoais - Projeto de Pesquisa II Questionário sobre Finanças Pessoais - Projeto de Pesquisa II Editar este formulário Esta é uma pesquisa sobre Finanças Pessoais e parte integrante da disciplina de Projeto de Pesquisa II do curso de Administração

Leia mais

Pesquisa nacional sobre o uso dos correspondentes bancários e inclusão financeira no Brasil. Caitlin Sanford, Associada, Bankable Frontier Associates

Pesquisa nacional sobre o uso dos correspondentes bancários e inclusão financeira no Brasil. Caitlin Sanford, Associada, Bankable Frontier Associates Pesquisa nacional sobre o uso dos correspondentes bancários e inclusão financeira no Brasil Caitlin Sanford, Associada, Bankable Frontier Associates Objetivos da pesquisa A rede de correspondentes bancários

Leia mais

MINICURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA NO DIA A DIA

MINICURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA NO DIA A DIA PORCENTAGEM MINICURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA NO DIA A DIA Quando é dito que 40% das pessoas entrevistadas votaram no candidato A, esta sendo afirmado que, em média, de cada pessoas, 40 votaram no candidato

Leia mais

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro

CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro CNC - Divisão Econômica Rio de Janeiro Março de 2015 PEIC Síntese dos Resultados Síntese dos Resultados Total de Endividados Dívidas ou Contas em Atrasos Não Terão Condições de Pagar mar/14 61,0% 20,8%

Leia mais

SONDAGEM ESPECIAL 72% 88% 54% 55% Prazo médio das operações se amplia, mas dificuldades persistem CRÉDITO DE CURTO PRAZO

SONDAGEM ESPECIAL 72% 88% 54% 55% Prazo médio das operações se amplia, mas dificuldades persistem CRÉDITO DE CURTO PRAZO Ano 7 Número 04 setembro de 2009 www.cni.org.br CRÉDITO DE CURTO PRAZO Prazo médio das operações se amplia, mas dificuldades persistem 72% das grandes empresas utilizam mais os bancos privados nacionais

Leia mais

O Financiamento dos Pequenos Negócios no Brasil em 2014

O Financiamento dos Pequenos Negócios no Brasil em 2014 O Financiamento dos Pequenos Negócios no Brasil em 2014 Novembro 2014 1 Introdução Objetivos: - Avaliar as principais características do universo dos Pequenos Negócios no Brasil, quanto à questão do seu

Leia mais

Módulo 2 Pr T odít ut U os L e O S erx viços Financeiros

Módulo 2 Pr T odít ut U os L e O S erx viços Financeiros Módulo 2 Produtos TÍTULO e Serviços X Financeiros CRÉDITO PESSOAL Olá! Neste módulo, vamos aprofundar nossos conhecimentos sobre os produtos e serviços financeiros que podemos oferecer aos nossos clientes.

Leia mais

Um Estudo sobre o Financiamento nas Micro, Pequenas e Médias Empresas no Estado de São Paulo

Um Estudo sobre o Financiamento nas Micro, Pequenas e Médias Empresas no Estado de São Paulo Um Estudo sobre o Financiamento nas Micro, Pequenas e Médias Empresas no Estado de São Paulo Elizabeth Krauter 1 Almir Ferreira de Sousa 2 Resumo: Apesar da relevância das micro, pequenas e médias empresas

Leia mais

Núcleo de Pesquisa. Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina

Núcleo de Pesquisa. Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Pesquisa de Endividamento e Inadimplência dos Consumidores de março de 2014 Endividamento das famílias catarinenses sobe em março. Síntese dos resultados

Leia mais

Taxa básica de juros e a poupança

Taxa básica de juros e a poupança UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO, ATUÁRIA, SECRETARIADO E CONTABILIDADE DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO Análise de Investimentos Prof. Isidro LEITURA COMPLEMENTAR # 2 Taxa

Leia mais

60 especial. sondagem

60 especial. sondagem Indicadores CNI sondagem especial Uso de Tecnologia na Indústria da Construção 80% das empresas da construção investirão em nos próximos cinco anos Custos de aquisição são o principal obstáculo à inovação

Leia mais

Serviço social. Indicadores das Graduações em Saúde Estação de Trabalho IMS/UERJ do ObservaRH

Serviço social. Indicadores das Graduações em Saúde Estação de Trabalho IMS/UERJ do ObservaRH Indicadores das Graduações em Saúde Estação de Trabalho IMS/UERJ do ObservaRH Serviço social Os cursos de graduação presenciais de Serviço Social no Brasil surgem na segunda metade dos anos 30, em um contexto

Leia mais

ASSESSORIA DE IMPRENSA Claudio Licciardi Celular: (11) 9.8258-0444 E-mail: prscc@dglnet.com.br OUTUBRO DE 2014

ASSESSORIA DE IMPRENSA Claudio Licciardi Celular: (11) 9.8258-0444 E-mail: prscc@dglnet.com.br OUTUBRO DE 2014 ASSESSORIA DE IMPRENSA Claudio Licciardi Celular: (11) 9.8258-0444 E-mail: prscc@dglnet.com.br OUTUBRO DE 2014 CONSÓRCIOS EM OUTUBRO CONTEMPLAÇÕES BATEM RECORDE, VENDAS MENSAIS CRESCEM MAIS DE 35% E PARTICIPANTES

Leia mais

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Junho/2015

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Junho/2015 O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Junho/2015 1. INTRODUÇÃO 84% dos consumidores que não possuem conta corrente fazem compras parceladas O fato de não possuir conta em banco

Leia mais

PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS

PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS A pesquisa foi realizada no período de 01 a 04 de novembro de 2015, com uma amostra de 600 questionários. Utilizou-se o dimensionamento da pesquisa probabilística com p=0,50 e q=0,50, confiabilidade 95%,

Leia mais

Endividamento das famílias catarinenses aumenta mensalmente em função da retomada das vendas no crédito

Endividamento das famílias catarinenses aumenta mensalmente em função da retomada das vendas no crédito Endividamento das famílias catarinenses aumenta mensalmente em função da retomada das vendas no crédito Os dados coletados pela Pesquisa de Endividamento e Inadimplência dos Consumidores (PEIC) de Santa

Leia mais

Prova de Macroeconomia

Prova de Macroeconomia UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CURSO DE MESTRADO EM ECONOMIA PROCESSO SELETIVO 2010 Prova de Macroeconomia INSTRUÇÕES PARA A PROVA Leia atentamente as questões. A interpretação das questões faz parte da

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Indicadores CNI ISSN 27-702 Ano 5 Número 24 Agosto de 205 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Crise econômica I - Mercado de trabalho 24 Crise econômica muda relação de brasileiros com o mercado de trabalho

Leia mais

Síntese dos resultados Meses

Síntese dos resultados Meses Núcleo de Pesquisas Fevereiro registra pequeno aumento do percentual de famílias catarinenses endividadas, entretanto, parcela de famílias com contas em atraso apresenta queda O percentual de famílias

Leia mais

O Endividamento das famílias no Brasil

O Endividamento das famílias no Brasil Boletim Econômico Edição nº 74 junho de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico O Endividamento das famílias no Brasil 1 Situação atual e números O percentual de famílias com

Leia mais

Desde 1974, estimulando a poupança e ajudando a realizar sonhos! Setembro de 2015

Desde 1974, estimulando a poupança e ajudando a realizar sonhos! Setembro de 2015 cogem news Desde 1974, estimulando a poupança e ajudando a realizar sonhos! Setembro de 2015 Mês COGEM Poupança Janeiro 0,87% 0,59% Fevereiro 0,87% 0,52% Março 0,90% 0,63% Abril 0,94% 0,61% Maio 0,94%

Leia mais

PESQUISA PULSO BRASIL FIESP/CIESP 13º SALÁRIO

PESQUISA PULSO BRASIL FIESP/CIESP 13º SALÁRIO PESQUISA PULSO BRASIL FIESP/CIESP 13º SALÁRIO NOVEMBRO/2015 SUMÁRIO A pesquisa indica que o mercado consumidor está desaquecido no final desse ano devido a uma piora da situação financeiras das pessoas,

Leia mais

Endividado, brasileiro quer limitar valor de compras, pagar com recurso próprio e comprar celular, apura ANEFAC

Endividado, brasileiro quer limitar valor de compras, pagar com recurso próprio e comprar celular, apura ANEFAC PESQUISA ANEFAC DE UTILIZAÇÃO DO 13º SALÁRIO Endividado, brasileiro quer limitar valor de compras, pagar com recurso próprio e comprar celular, apura ANEFAC Pesquisa constata redução de 12,50% no número

Leia mais

PROPOSTA DE ALTERAÇÃO DO TÍTULO PADRÃO Pagamento Mensal versão nov04 PARÂMETROS DO TÍTULO PADRÃO PM

PROPOSTA DE ALTERAÇÃO DO TÍTULO PADRÃO Pagamento Mensal versão nov04 PARÂMETROS DO TÍTULO PADRÃO PM PARÂMETROS DO TÍTULO PADRÃO PM Obs.: Indicamos que deverá ser mantida a numeração dos artigos prevista neste documento-padrão. A reordenção dos artigos, em função da não utilização de algum artigo, só

Leia mais

Núcleo de Pesquisa. Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina PEIC

Núcleo de Pesquisa. Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina PEIC Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina PEIC Pesquisa de Endividamento e Inadimplência dos Consumidores de abril de 2013 Na comparação mensal entre março e abril, o percentual de catarinenses

Leia mais

Pesquisa de Satisfação com cooperados

Pesquisa de Satisfação com cooperados Pesquisa de Satisfação com cooperados OBJETIVO GERAL Avaliar a satisfação dos cooperados Sicoob Cred Executivo OBJETIVOS ESPECÍFICOS Ÿ Avaliar a imagem do Sicoob Cred Executivo frente aos cooperados Ÿ

Leia mais

Análise Mensal do Comércio Varejista de Belo Horizonte

Análise Mensal do Comércio Varejista de Belo Horizonte Abril/15 A mostra o desempenho dos negócios do comércio no mês de Março/2015 e identifica a percepção dos empresários para o mês de Abril/2015. O mês de março mostrou mais uma queda no faturamento dos

Leia mais

Proposta das Carteiras dos Planos BD e CV I

Proposta das Carteiras dos Planos BD e CV I Proposta das Carteiras dos Planos BD e CV I Proposta da Macrocarteira do Plano BD CARTEIRAS RESOLUÇÃO Nº 3.792 PROPOSTA SEMINÁRIO DE 2014 PARA O ANO DE 2015 (% PART.) POSIÇÃO NOV/2015 (% PART.) PROPOSTA

Leia mais

Pesquisa sobre inclusão financeira e utilização de correspondentes bancários no Brasil

Pesquisa sobre inclusão financeira e utilização de correspondentes bancários no Brasil BANKABLE FRONTIER ASSOCIATES FUNDAÇÃO BILL & MELINDA GATES Nº DO QUESTIONÁRIO: (NÃO PREENCHA ) INICIATIVA AGENTE BRASIL Pesquisa sobre inclusão financeira e utilização de correspondentes bancários no Brasil

Leia mais

Estrutura de renda no Brasil

Estrutura de renda no Brasil 1 A Classe Média 2 Renda familiar per capita (R$/mês) Estrutura de renda no Brasil 2.480 78 155 291 441 641 1.019 4% 8% 27% 15% 18% 53% 19% 19% 15% 20% 5% Porcentagem da população Fonte: Estimativas produzidas

Leia mais

Novembro é um mês de reestruturação do padrão do endividamento e da inadimplência das famílias: uma preparação para o salto das vendas em dezembro

Novembro é um mês de reestruturação do padrão do endividamento e da inadimplência das famílias: uma preparação para o salto das vendas em dezembro Novembro é um mês de reestruturação do padrão do endividamento e da inadimplência das famílias: uma preparação para o salto das vendas em dezembro Na comparação mensal entre outubro e novembro, o percentual

Leia mais

Apostila de. Finanças e Turismo. 2º semestre de 2013 Glauber Eduardo de Oliveira Santos

Apostila de. Finanças e Turismo. 2º semestre de 2013 Glauber Eduardo de Oliveira Santos Apostila de Finanças e Turismo 2º semestre de 2013 Glauber Eduardo de Oliveira Santos SUMÁRIO 1 Introdução às Finanças... 4 1.1 Avaliação de investimentos... 4 1.2 Empréstimos e juros... 5 1.3 Alternativas

Leia mais

MOEDA E CRÉDITO. Estêvão Kopschitz Xavier Bastos 1

MOEDA E CRÉDITO. Estêvão Kopschitz Xavier Bastos 1 MOEDA E CRÉDITO Estêvão Kopschitz Xavier Bastos 1 SUMÁRIO Em sua reunião de 20 de janeiro último, o Copom manteve a meta para a Selic estável em 14,25%. A decisão parece ter surpreendido o mercado, como

Leia mais

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI. Presidente em Exercício: Robson Braga de Andrade. Diretoria Executiva - DIREX

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI. Presidente em Exercício: Robson Braga de Andrade. Diretoria Executiva - DIREX Pesquisa CNI-IBOPE CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Presidente em Exercício: Robson Braga de Andrade Diretoria Executiva - DIREX Diretor: José Augusto Coelho Fernandes Diretor de Operações: Rafael

Leia mais

E-BOOK COMO SE PREPARAR PARA A NEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS. CAPÍTULO 3 Direitos e deveres do consumidor endividado

E-BOOK COMO SE PREPARAR PARA A NEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS. CAPÍTULO 3 Direitos e deveres do consumidor endividado E-BOOK COMO SE PREPARAR PARA A NEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS CAPÍTULO 3 Direitos e deveres do consumidor endividado Numa daquelas confusões da vida, Juliana pagou a parcela mínima do cartão de crédito e usou o

Leia mais

22.5.1. Data de Equivalência no Futuro... 22.5.2. Data de Equivalência no Passado... 2. 22.5. Equivalência de Capitais Desconto Comercial...

22.5.1. Data de Equivalência no Futuro... 22.5.2. Data de Equivalência no Passado... 2. 22.5. Equivalência de Capitais Desconto Comercial... Aula 22 Juros Simples. Montante e juros. Descontos Simples. Equivalência Simples de Capital. Taxa real e taxa efetiva. Taxas equivalentes. Capitais equivalentes. Descontos: Desconto racional simples e

Leia mais

Pesquisa de Avaliação da Feira do Empreendedor 2010. Visitantes e Expositores SEBRAE/SE SETEMBRO/2010

Pesquisa de Avaliação da Feira do Empreendedor 2010. Visitantes e Expositores SEBRAE/SE SETEMBRO/2010 Pesquisa de Avaliação da Feira do Empreendedor 2010 Visitantes e Expositores SEBRAE/SE SETEMBRO/2010 Sumário Introdução 3 Objetivos Estratégicos 4 Metodologia 5 Resultados Estratégicos 9 Resultados Reação

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE B RASILEIRA:

RETRATOS DA SOCIEDADE B RASILEIRA: 8 RETRATOS DA SOCIEDADE B RASILEIRA: INCLUSÃO FINANCEIRA J UNHO/2012 8 Retratos da Sociedade Brasileira: Inclusão Financeira CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Presidente: Robson Braga de Andrade

Leia mais

10. Balanço Patrimonial. 10.1 Plano de Contas

10. Balanço Patrimonial. 10.1 Plano de Contas 10. Balanço Patrimonial 10.1 Plano de Contas É um elemento sistematizado e metódico de todas as contas movimentadas por uma empresa. Cada empresa deverá ter seu próprio plano de contas de acordo com suas

Leia mais

Declare guerra às dívidas!

Declare guerra às dívidas! Declare guerra às dívidas! Na semana passada nossa primeira dica foi dirigida aos trabalhadores que têm algum dinheiro guardado. Demos algumas sugestões simples para evitar que o tão sacrificado pé de

Leia mais

1 IRPF - Entrega A partir do dia 06 de março tem início o período de entrega da Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda Pessoa Física. É importante ficar atento principalmente se você for obrigado

Leia mais

INTENÇÃO DE COMPRA NATAL 2014

INTENÇÃO DE COMPRA NATAL 2014 1 INTENÇÃO DE COMPRA NATAL 2014 2 Faculdade Estácio de Sá de Campo Grande Intenção de Compra para o Natal 2014 Rua Venâncio Borges do Nascimento, 377 Jardim Tv Morena Campo Grande - MS, 79050-700 Fone:

Leia mais

Possui a renda comprometida com algum tipo de financiamento/ empréstimo?

Possui a renda comprometida com algum tipo de financiamento/ empréstimo? Belo-horizontinos com a renda comprometida com financiamentos ou empréstimos Pesquisa da CDL/BH também apontou que a maioria dos consumidores da capital mineira não faz nenhum tipo de aplicação financeira

Leia mais

AVALIAÇÃO DO GOVERNO DEZEMBRO/2011

AVALIAÇÃO DO GOVERNO DEZEMBRO/2011 AVALIAÇÃO DO GOVERNO DEZEMBRO/11 PESQUISA CNI-IBOPE CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Presidente: Robson Braga de Andrade DIRETORIA EXECUTIVA - DIREX Diretor: José Augusto Coelho Fernandes Diretor

Leia mais

Meu imóvel não tem Habite-se. Posso realizar a operação? Não. Somente imóveis com habite-se são aceitos como garantia do crédito.

Meu imóvel não tem Habite-se. Posso realizar a operação? Não. Somente imóveis com habite-se são aceitos como garantia do crédito. A Cred18 cobra alguma tarifa antecipada? Não. Não é política da Cred18 cobrar nenhum tipo de tarifa antecipadamente. Todos os custos da operação são inclusos no financiamento. Quais os tipos de bens imóveis

Leia mais

Resolverei neste artigo uma prova da fundação VUNESP realizada em 2010.

Resolverei neste artigo uma prova da fundação VUNESP realizada em 2010. Olá pessoal! Resolverei neste artigo uma prova da fundação VUNESP realizada em 2010. 01. (Fundação CASA 2010/VUNESP) Em um jogo de basquete, um dos times, muito mais forte, fez 62 pontos a mais que o seu

Leia mais

Guia do Crédito Certo. Para entender e usar corretamente.

Guia do Crédito Certo. Para entender e usar corretamente. Guia do Crédito Certo Para entender e usar corretamente. Índice 1 2 3 4 5 6 7 8 9 Conhecendo o crédito. 1 \ O que fazer para ter uma vida financeira saudável? 2 Para que serve o crédito? 5 O Crédito Certo

Leia mais

Indicadores CNI ISSN 2317-7012 Ano 5 Número 2 Junho de 2015. Pesquisa CNI-Ibope AVALIAÇÃO DO GOVERNO. Junho / 2015

Indicadores CNI ISSN 2317-7012 Ano 5 Número 2 Junho de 2015. Pesquisa CNI-Ibope AVALIAÇÃO DO GOVERNO. Junho / 2015 Indicadores CNI ISSN 217-7012 Ano 5 Número 2 Junho de 2015 Pesquisa CNI-Ibope AVALIAÇÃO DO GOVERNO Junho / 2015 CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Presidente: Robson Braga de Andrade DIRETORIA DE

Leia mais

Satisfação dos consumidores: estudo de caso em um supermercado de Bambuí/MG

Satisfação dos consumidores: estudo de caso em um supermercado de Bambuí/MG Satisfação dos consumidores: estudo de caso em um supermercado de Bambuí/MG Ana Clara Rosado Silva (1) ; Daiane Oliveira Borges (2) ; Tatiana Morais Leite (3) ; Vanessa Oliveira Couto (4) ; Patrícia Carvalho

Leia mais

PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS

PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS A pesquisa foi realizada no período de 24 a 30 de abril de, com uma amostra de 545 questionários. Utilizou-se o dimensionamento da pesquisa probabilística com p=0,50 e q=0,50, confiabilidade 95%, margem

Leia mais

Dia das Crianças 2013 - ACIT

Dia das Crianças 2013 - ACIT NÚCLEO DE PESQUISAS ECONÔMICO-SOCIAIS NUPES DEPARTAMENTO DE ECONOMIA, CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO. PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E RELAÇÕES COMUNITÁRIAS UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ Dia das Crianças 2013 - ACIT

Leia mais

Quatro em cada dez empresas avaliam estar no limite ou acima do limite de endividamento

Quatro em cada dez empresas avaliam estar no limite ou acima do limite de endividamento SONDAGEM ESPECIAL INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO E EXTRATIVA Ano 2 Número 2 novembro de 2012 www.cni.org.br FINANCIAMENTO Quatro em cada dez empresas avaliam estar no limite ou acima do limite de endividamento

Leia mais

Conhecimentos bancários Profº Rodrigo Ocampo Barbati

Conhecimentos bancários Profº Rodrigo Ocampo Barbati Conhecimentos bancários Profº Rodrigo Ocampo Barbati 1) O Conselho Monetário Nacional (CMN), que foi instituído pela Lei 4.595, de 31 de dezembro de 1964, é o órgão responsável por expedir diretrizes gerais

Leia mais

4. O balancete de verificação de uma certa empresa apresentava os seguintes saldos em 31.12.x1: $ 4.500 $ 2.750 $ 800 $ 4.250

4. O balancete de verificação de uma certa empresa apresentava os seguintes saldos em 31.12.x1: $ 4.500 $ 2.750 $ 800 $ 4.250 MÚLTIPLA ESCOLHA 1 Não integra o Ativo: a contas representativas de origem dos recursos b contas com saldo devedor c contas representativas de bens d contas representativas de direitos e capital fixo e

Leia mais

Preço do etanol tem queda nas principais cidades de Santa Catarina

Preço do etanol tem queda nas principais cidades de Santa Catarina Publicação mensal do curso de Ciências Econômicas da Universidade Comunitária da Região de Chapecó Ano 4, Nº 07 Julho/2015 Preço do etanol tem queda nas principais cidades de Santa Catarina Desde janeiro

Leia mais

Regulamento de Controlo Interno. Freguesia de Paçô. Arcos de Valdevez

Regulamento de Controlo Interno. Freguesia de Paçô. Arcos de Valdevez Regulamento de Controlo Interno Freguesia de Paçô Arcos de Valdevez 2013 Regulamento de Controlo Interno Artigo 1º Objecto O presente regulamento tem por objectivo estabelecer as regras, métodos e procedimentos

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA BÁSICA

MATEMÁTICA FINANCEIRA BÁSICA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS - UNICAMP INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS - IFCH DEPARTAMENTO DE ECONOMIA E PLANEJAMENTO ECONÔMICO - DEPE CENTRO TÉCNICO ECONÔMICO DE ASSESSORIA EMPRESARIAL

Leia mais

INTENÇÃO DE COMPRA DIA DAS CRIANÇAS 2014

INTENÇÃO DE COMPRA DIA DAS CRIANÇAS 2014 PE MPRA DIA DAS CRIANÇAS 2014 1 MPRA DIA DAS CRIANÇAS 2014 PE MPRA DIA DAS CRIANÇAS 2014 2 Faculdade Estácio de Sá de Campo Grande Intenção de Compra para o Dia das Crianças 2014 Rua Venâncio Borges do

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE CORRUPÇÃO PARA A TRANSPARÊNCIA FEVEREIRO DE 2005 OPP008 OBJETIVO LOCAL ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA - Levantar junto a população da área em estudo opiniões relacionadas

Leia mais

Munícipios de Santa Catarina apresentam queda nos preços da gasolina no mês de agosto de 2014

Munícipios de Santa Catarina apresentam queda nos preços da gasolina no mês de agosto de 2014 Publicação mensal do curso de Ciências Econômicas da Universidade Comunitária da Região de Chapecó Ano 3, Nº 7 Agosto/2014 Munícipios de Santa Catarina apresentam queda nos preços da gasolina no mês de

Leia mais

PROJETO DE LEI N o 7.130, DE 2006 VOTO EM SEPARADO

PROJETO DE LEI N o 7.130, DE 2006 VOTO EM SEPARADO COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI N o 7.130, DE 2006 Acrescenta o artigo 6-A à Lei n.º 10.820, de 17 de dezembro de 2003, que dispõe sobre a autorização para desconto de prestações

Leia mais

Unidade IV. Mercado Financeiro e de Capitais. Prof. Maurício Felippe Manzalli

Unidade IV. Mercado Financeiro e de Capitais. Prof. Maurício Felippe Manzalli Unidade IV Mercado Financeiro e de Capitais Prof. Maurício Felippe Manzalli Mercados Financeiros - Resumo encontro anterior Sistema Financeiro Nacional Órgãos, entidades e operadoras Estrutura do Sistema

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Indicadores CNI RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Problemas e prioridades para 2016 28 Corrupção é o principal problema do país Saúde continua sendo a prioridade para as ações do governo A corrupção e a

Leia mais

Mercado de meios de pagamento eletrônico. ANO II Outubro/2009

Mercado de meios de pagamento eletrônico. ANO II Outubro/2009 Mercado de meios de pagamento eletrônico ANO II Outubro/2009 Objetivo Estudar a utilização dos meios eletrônicos de pagamento e os níveis de satisfação dos consumidores e estabelecimentos comerciais, em

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE MOCOCA. Av. Dr. Américo Pereira Lima, S/Nº Jardim Lavínia Mococa/SP CEP 13736-260 (19) 3656-5559

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE MOCOCA. Av. Dr. Américo Pereira Lima, S/Nº Jardim Lavínia Mococa/SP CEP 13736-260 (19) 3656-5559 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE MOCOCA Curso: Informática Informática Gestão de Negócios. Disciplina: Administração Financeira e Orçamentária. Professor(a): Darlan Marcelo Delgado. Lista de Exercícios:. Conteúdo

Leia mais

BB Crediário. Solução em Financiamento para sua Empresa

BB Crediário. Solução em Financiamento para sua Empresa BB Crediário Solução em Financiamento para sua Empresa Agosto 2009 Índice 1. Para sua Empresa 1.1 O que é? 02 1.2 Qual a vantagem de ser conveniado ao BB? 02 1.3 Quais os procedimentos para se conveniar

Leia mais

Acompanhamento e Execução de Projetos

Acompanhamento e Execução de Projetos Acompanhamento e Execução de Projetos Manual do Usuário Atualizado em: 28/11/2013 Página 1/24 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ABRANGÊNCIA DO SISTEMA... 3 3. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 4. COMO ACESSAR O SISTEMA...

Leia mais

Tópicos Especiais de Análise de Balanços

Tópicos Especiais de Análise de Balanços Tópicos Especiais de Análise de Balanços 1- ECONÔMICO X FINANCEIRO Talvez não existam palavras mais empregadas no mundo dos negócios do que econômico e financeiro. Econômico: Refere-se a lucro, no sentido

Leia mais

RESULTADOS DO PROJETO PILOTO

RESULTADOS DO PROJETO PILOTO RESULTADOS DO PROJETO PILOTO 1. INTRODUÇÃO O projeto piloto organizado pelo Centro de Pesquisas Rachid Mohamd Chibib sob a direção do Prof. Msc. Wagner Cardozo teve por objetivo analisar a composição de

Leia mais

Indicadores CNI ISSN 2317-7012 Ano 5 Número 1 Março de 2015. Pesquisa CNI-Ibope AVALIAÇÃO DO GOVERNO. Março / 2015

Indicadores CNI ISSN 2317-7012 Ano 5 Número 1 Março de 2015. Pesquisa CNI-Ibope AVALIAÇÃO DO GOVERNO. Março / 2015 Indicadores CNI ISSN 217-7012 Ano 5 Número 1 Março de 2015 Pesquisa CNI-Ibope AVALIAÇÃO DO GOVERNO Março / 2015 CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Presidente: Robson Braga de Andrade DIRETORIA DE

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: HÁBITOS DE CONSUMO E ENDIVIDAMENTO NOVEMBRO/2012

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: HÁBITOS DE CONSUMO E ENDIVIDAMENTO NOVEMBRO/2012 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: HÁBITOS DE CONSUMO E ENDIVIDAMENTO NOVEMBRO/202 Pesquisa CNI-IBOPE CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Presidente: Robson Braga de Andrade DIRETORIA DE POLÍTICAS

Leia mais

POLÍTICA DE BENEFÍCIOS

POLÍTICA DE BENEFÍCIOS 1. OB JETIVO 2. ABRANGENCIA 3. TIPOS DE BENEFICIOS 1. OBJETIVO Esta política tem o objetivo de registrar os benefícios oferecidos pela empresa. Nela estão especificados os tipos e valores de acordo com

Leia mais

Pelo segundo mês consecutivo cai o endividamento e a inadimplência em Santa Catarina. Síntese dos resultados Meses Situação da família

Pelo segundo mês consecutivo cai o endividamento e a inadimplência em Santa Catarina. Síntese dos resultados Meses Situação da família Núcleo de Pesquisas Pelo segundo mês consecutivo cai o endividamento e a inadimplência em Santa Catarina Os dados levantados pela Pesquisa de Endividamento e Inadimplência dos Consumidores (PEIC) de Santa

Leia mais

81% das empresas utilizam capital próprio como. 48% das empresas não perceberam redução nos. 68% das empresas afirmaram que os prazos dos

81% das empresas utilizam capital próprio como. 48% das empresas não perceberam redução nos. 68% das empresas afirmaram que os prazos dos 81% das empresas utilizam capital próprio como principal fonte de financiamento. 48% das empresas não perceberam redução nos juros. 68% das empresas afirmaram que os prazos dos empréstimos não se alteraram.

Leia mais

Permite registrar as compras de mercadoria lançando entradas no estoque, recalculando o custo médio e gerando o contas a pagar.

Permite registrar as compras de mercadoria lançando entradas no estoque, recalculando o custo médio e gerando o contas a pagar. 1-4-1-Compras (1-Movimentos, 4-Compras, 1-Registrar) Permite registrar as compras de mercadoria lançando entradas no estoque, recalculando o custo médio e gerando o contas a pagar. Há duas rotinas para

Leia mais

EXERCICIOS: MÉTODO DAS PARTIDAS DOBRADAS 2010 EXERCICIO Nº 02 _ CIA. MUZAMBINHO EXERCICIO Nº 01 _ CIA ATLANTIDA

EXERCICIOS: MÉTODO DAS PARTIDAS DOBRADAS 2010 EXERCICIO Nº 02 _ CIA. MUZAMBINHO EXERCICIO Nº 01 _ CIA ATLANTIDA EXERCICIO Nº 01 _ CIA ATLANTIDA Operações da Cia Atlântida no mês de janeiro de 20x1: 1) 03/jan Adquiriu móveis e utensílios a prazo por $ 800; 2) 08/jan - Comprou veiculo a vista por $ 5.000 (em cheque);

Leia mais

A questão do financiamento nas MPEs do Estado de São Paulo

A questão do financiamento nas MPEs do Estado de São Paulo SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE SÃO PAULO SEBRAE-SP PESQUISAS ECONÔMICAS A questão do financiamento nas MPEs do Estado de São Paulo (Relatório de Pesquisa) Realização: Setembro de 1999

Leia mais

As avaliações sobre a evolução e o comportamento dos valores das

As avaliações sobre a evolução e o comportamento dos valores das Comentários dos resultados As avaliações sobre a evolução e o comportamento dos valores das despesas das famílias e da distribuição dessas despesas, segundo os diversos itens adquiridos ou pagos, possibilitam

Leia mais

Financiamento de Micro e Pequenas Empresas (MPEs) no Estado de São Paulo

Financiamento de Micro e Pequenas Empresas (MPEs) no Estado de São Paulo Financiamento de Micro e Pequenas Empresas (MPEs) no Estado de São Paulo SONDAGEM DE OPINIÃO Outubro de 2006 1 Características da Pesquisa Objetivos: Identificar as principais formas utilizadas pelas empresas

Leia mais

ATIVO Notas 2009 2008

ATIVO Notas 2009 2008 BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE ATIVO Notas 2009 2008 CIRCULANTE Caixa e bancos 20.723 188.196 Contas a receber 4 903.098 806.697 Outras contas a receber 5 121.908 115.578 Estoques 11.805 7.673

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA PROF. DANIEL DE SOUZA INTRODUÇÃO:

MATEMÁTICA FINANCEIRA PROF. DANIEL DE SOUZA INTRODUÇÃO: 1 MATEMÁTICA FINANCEIRA PROF. DANIEL DE SOUZA INTRODUÇÃO: O PRINCIPAL CONCEITO QUE ORIENTARÁ TODO O NOSSO RACIOCÍNIO AO LONGO DESTE CURSO É O CONCEITO DO VALOR DO DINHEIRO NO TEMPO. EMPRÉSTIMOS OU INVESTIMENTOS

Leia mais