PUBLIC BROADCASTERS INTERNATIONAL CONFERENCE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PUBLIC BROADCASTERS INTERNATIONAL CONFERENCE"

Transcrição

1 PUBLIC BROADCASTERS INTERNATIONAL CONFERENCE Sintra, Portugal October 28th, 2010 PUBLIC SERVICES IN EMERGING COUNTRIES Brasil and Latin America

2 EBC: sociedade anônima; Estado brasileiro como único acionista. Canais públicos explorados pela EBC: TV Brasil, TV Brasil Internacional, oito emissoras de rádio e uma agência de notícias na Internet (www.agenciabrasil.ebc.com.br). Características: autonomia editorial, mandato para o diretor-presidente, Conselho Curador representativo da sociedade, com poderes efetivos sobre a programação.

3 1. Origem dos sistemas públicos europeus de radiodifusão: Conjuntura: Invenções; Tensões políticas; II Guerra; Iniciativa dos governos nacionais na criação dos canais de rádio e TV; TVs públicas européias nasceram hegemônicas e conservaram-se assim até o inicio dos anos 80, quando as TVs comerciais começam a se fortalecer; Características: financiamento público da atividade, programação de alta qualidade, essencialmente humanista e cultural, ausência ou controle da publicidade.

4 1. A forte Influência política dos Estados Unidos sobre o continente, na conjuntura pós-guerra, estende-se à radiodifusão. 2. Em sua origem, a radiodifusão latino-americana afastase do sistema europeu, adotando o padrão norteamericano, que se caracteriza por: Exploração do serviço de radiodifusão por empresas privadas; Financiamento da programação pela venda de publicidade; Programação com foco no entretenimento; Ausência de qualquer regulação de conteúdo.

5 Brasil: Nos anos 70 foram criados diversas TVs educativas estaduais. Entretanto, não constituíram uma rede não contaram com financiamento adequado. Terminaram isoladas e sucateadas. Em contrapartida, as TVs comerciais receberam apoio governamental e se consolidaram. Argentina e Chile: As TVs públicas foram criadas nos anos 50, mas ao longo das décadas seguintes, tornaramse irrelevantes diante das redes comerciais. (continua...)

6 Demais países: jamais criaram televisões e rádios públicas. Quando foram criadas, não lhes foram asseguradas as condições ideais para se tornarem referenciais e competitivas. Casos especiais: Cuba: estatizou o rádio e a televisão após a revolução de 1959; Venezuela: estatizou alguns canais na era Chávez; Em ambas, a natureza do sistema é estatal, e não público, entendendo-se este último como aquele que goza de autonomia editorial e de cuja gestão a sociedade participa, através de órgãos de representação.

7 A partir dos anos 80, as ditaduras militares entram em declínio e a democracia é restaurada. Anos 2000: após uma década de triunfo das idéias neoliberais, a maioria dos países latino-americanos elege governos de esquerda ou progressistas. A criação e o fortalecimento dos sistemas públicos de radiodifusão entram na agenda nacional (dos governos e das sociedades).

8 Argentina: Fortalece o Canal 7, investe na TV Pública Digital e aprova nova lei de meios audiovisuais. Brasil: Aprova lei de criação da EBC, empresa destinada a implantar o sistema público de radiodifusão e comunicação. Realiza em 2009 a I Conferência Nacional de Comunicação -Confecom. Venezuela: estatiza alguns canais comerciais e lidera a criação da Telesur como TV pública continental. Outros paises começam a criar sistemas públicos: Uruguai, Paraguai, Peru, Equador, Bolívia etc.

9 Em 1988, na restauração democrática, a Constituinte prevê (art. 223) a complementaridade entre sistemas estatal, público e privado de radiodifusão. Mas 18 anos depois, continuava inexistindo o sistema público ; 2006: Mobilização da sociedade, sob a liderança de Gilberto Gil, então Ministro da Cultura, resulta no Fórum Nacional da TV Pública ; 2007: O presidente Luiz Inacio Lula da Silva propõe ao Congresso a criação da EBC, com a missão de implantar e gerir o Sistema Público de Comunicação. A Lei é promulgada em abril de 2008, após intenso debate; Dezembro de 2007: início das transmissões da TV Brasil.

10 1. Missão: oferecer programação diferenciada e complementar com foco em informação, cultura, arte, ciência e formação da cidadania. 2. Financiamento: recursos da União (Estado central), patrocínios de empresas publicas e privadas, vedada a publicidade de produtos e serviços. Doações e prestação de serviços a terceiros. 3. Cobertura: sinal terrestre em 4 estados, sinal nacional por satélite, carregamento obrigatório em TVs por assinatura. Web TV. 4. Controle da sociedade: Conselho Curador, composto majoritariamente por representantes da sociedade civil. (continua...)

11 Formação de rede nacional horizontal, com as TVs educativas estaduais e a inclusão de produções regionais na grade. Participação da produção audiovisual independente na composição da programação. Canal Internacional: atualmente disponível em 49 paises africanos. Perspectivas. Estados Unidos, América Latina e Japão em Digitalização: Em curso, com aquisição de equipamentos de produção e início da implantação da rede nacional de canais digitais.

12 Compromisso com o direito à informação e a diversidade cultural. Muito Obrigado.

A REDE NACIONAL DE TV PÚBLICA Sumário 1. Conceito 3. Modelo de gestão 5. Modelo de financiamento 7. Modelo de construção da rede nacional Conceito de TV Pública 1. Independência do Poder Político na construção

Leia mais

EBC EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO

EBC EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO EBC EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO Relatório de Atividades Nov 2007/Dez 2008 1 EBC EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO RELATÓRIO DE ATIVIDADES NOV 2007/DEZ 2008 A EBC e o Sistema Público de Comunicação I A criação

Leia mais

América Latina: Herança Colonial e Diversidade Cultural. Capítulo 38

América Latina: Herança Colonial e Diversidade Cultural. Capítulo 38 América Latina: Herança Colonial e Diversidade Cultural Capítulo 38 Expansão marítima européia; Mercantilismo (capitalismo comercial); Tratado de Tordesilhas (limites coloniais entre Portugal e Espanha):

Leia mais

AMÉRICA LATINA Professor: Gelson Alves Pereira

AMÉRICA LATINA Professor: Gelson Alves Pereira Disciplina - Geografia 3 a Série Ensino Médio AMÉRICA LATINA Professor: Gelson Alves Pereira 1- INTRODUÇÃO Divisão do continente americano por critério físico por critérios culturais Área da América Latina:

Leia mais

Indústria Audiovisual Como investir? 28/05/2013

Indústria Audiovisual Como investir? 28/05/2013 Indústria Audiovisual Como investir? 28/05/2013 Porque Investir? 20,3 x 4,9 x R$ 540 Milhões 8.340 Postos de Trabalho R$ 26.5 Milhões R$ 113 Milhões 32 filmes investidos e lançados pela RioFilme entre

Leia mais

Informativo SAI. 21 de junho

Informativo SAI. 21 de junho 21 de junho Informativo SAI 2012 Informativo com notícias sobre avaliação e regulação extraídas da mídia e de sítios eletrônicos de entidades da área educacional. Volume 13 Com 65 universidades, Brasil

Leia mais

SISTEMA BRASILEIRO DE TELEVISÃO DIGITAL

SISTEMA BRASILEIRO DE TELEVISÃO DIGITAL SISTEMA BRASILEIRO DE TELEVISÃO DIGITAL Questões Centrais Manoel Rangel, Diretor da Agência Nacional do Cinema. Esta apresentação: De que maneira a tecnologia deve ser ponderada na decisão? O uso do espectro

Leia mais

Conteúdos audiovisuais na era da Convergência

Conteúdos audiovisuais na era da Convergência Conteúdos audiovisuais na era da Convergência 52º Painel TELEBRASIL Costa do Sauípe, 5 de junho de 2008 Manoel Rangel Diretor Presidente da Agência Nacional de Cinema - ANCINE Apresentação em três partes:

Leia mais

aprovado no Foro de Ministros de Meio Ambiente (2004-2006) para 2005-2007.

aprovado no Foro de Ministros de Meio Ambiente (2004-2006) para 2005-2007. PROGRAMA LATINO-AMERICANO E CARIBENHO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL ACORDOS PARA A IMPLEMENTAÇÃO DA ESTRATÉGIA DO PLACEA: 2005-2007 1 (DOCUMENTO EM VERSÃO PRELIMINAR) Introdução: Os especialistas em Gestão Pública

Leia mais

O mercado audiovisual brasileiro e os desafios para uma regulação convergente. Manoel Rangel Diretor-Presidente ANCINE Agência Nacional de Cinema

O mercado audiovisual brasileiro e os desafios para uma regulação convergente. Manoel Rangel Diretor-Presidente ANCINE Agência Nacional de Cinema O mercado audiovisual brasileiro e os desafios para uma regulação convergente Manoel Rangel Diretor-Presidente ANCINE Agência Nacional de Cinema Assuntos abordados nesta apresentação Visão geral sobre

Leia mais

RESTRIÇÕES A INVESTIMENTOS ESTRANGEIROS EM EMPRESAS JORNALÍSTICAS E DE RADIODIFUSÃO EM OUTROS PAÍSES

RESTRIÇÕES A INVESTIMENTOS ESTRANGEIROS EM EMPRESAS JORNALÍSTICAS E DE RADIODIFUSÃO EM OUTROS PAÍSES RESTRIÇÕES A INVESTIMENTOS ESTRANGEIROS EM EMPRESAS JORNALÍSTICAS E DE RADIODIFUSÃO EM OUTROS PAÍSES Walkyria Menezes Leitão Tavares Consultora Legislativa da ÁreaXIV Comunicação Social, Informática, Telecomunicações,

Leia mais

b) Políticas, normas e meios para assegurar pluralidade e diversidade de conteúdos;

b) Políticas, normas e meios para assegurar pluralidade e diversidade de conteúdos; Estratégia do PT na Confecom RESOLUÇÃO SOBRE A ESTRATÉGIA PETISTA NA CONFECOM 1 - Preâmbulo A Conferência Nacional de Comunicação convocada pelo governo Lula é uma importante conquista dos movimentos que

Leia mais

Resultados Consolidados

Resultados Consolidados 1ª Consulta aos associados para identificar as dificuldades enfrentadas para exportar e sobre temas de comércio exterior Resultados Consolidados Equipe de Assuntos de Comércio Exterior Maio de 2012 Total

Leia mais

Comunicação para América Latina: a proposta da TV Brasil

Comunicação para América Latina: a proposta da TV Brasil Comunicação para América Latina: a proposta da TV Brasil Prof. Dr. Maximiliano Martin Vicente FAAC- UNESP Brasil maxvicente@uol.com.br Este texto tem por finalidade apresentar uma discussão inicial sobre

Leia mais

Ciências Humanas e Suas Tecnologias - Geografia Ensino Médio, 2º Ano Blocos Econômicos. Prof. Claudimar Fontinele

Ciências Humanas e Suas Tecnologias - Geografia Ensino Médio, 2º Ano Blocos Econômicos. Prof. Claudimar Fontinele Ciências Humanas e Suas Tecnologias - Geografia Ensino Médio, 2º Ano Blocos Econômicos Prof. Claudimar Fontinele O mundo sofreu importantes transformações durante o século XX. O pós-segunda Guerra foi

Leia mais

PROGRESSO, DIFICULDADES E ESTRATÉGIAS DA RINC PARA REALIZAR O PLANO QUINQUENAL DE SAÚDE 2010 2015 ATÉ O MOMENTO

PROGRESSO, DIFICULDADES E ESTRATÉGIAS DA RINC PARA REALIZAR O PLANO QUINQUENAL DE SAÚDE 2010 2015 ATÉ O MOMENTO PROGRESSO, DIFICULDADES E ESTRATÉGIAS DA RINC PARA REALIZAR O PLANO QUINQUENAL DE SAÚDE 2010 2015 ATÉ O MOMENTO 1 Perspectiva estratégica A RINC é uma estratégia de articulação e cooperação técnica da

Leia mais

INFORME DO CENTRO DE ESTUDOS ESTRATÉGICOS DE DEFESA PARA A VI REUNIÃO ORDINÁRIA DA INSTÂNCIA EXECUTIVA DO CDS Assunção, 4 de junho de 2012

INFORME DO CENTRO DE ESTUDOS ESTRATÉGICOS DE DEFESA PARA A VI REUNIÃO ORDINÁRIA DA INSTÂNCIA EXECUTIVA DO CDS Assunção, 4 de junho de 2012 INFORME DO CENTRO DE ESTUDOS ESTRATÉGICOS DE DEFESA PARA A VI REUNIÃO ORDINÁRIA DA INSTÂNCIA EXECUTIVA DO CDS Assunção, 4 de junho de 2012 O presente informe refere-se às atividades e produtos desenvolvidos

Leia mais

Implantação e Gestão do Sistema Público de Comunicação

Implantação e Gestão do Sistema Público de Comunicação Implantação e Gestão do Sistema Público de Comunicação Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática Senado Federal Brasília, 21 de Outubro de 2009 Retrospectiva Marcos regulatórios/legislativos

Leia mais

Dia Nacional da Consciência Negra

Dia Nacional da Consciência Negra Dia Nacional da Consciência Negra Sobre a EBC Criada em 007 para instituir o Sistema Público de Comunicação, a Empresa Brasil de Comunicação é formada pela TV Brasil, TV Brasil Internacional, Agência Brasil,

Leia mais

Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria de Educação Escola Básica Municipal Osmar Cunha

Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria de Educação Escola Básica Municipal Osmar Cunha Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria de Educação Escola Básica Municipal Osmar Cunha Disciplina: Geografia Professora: Bianca de Souza PLANEJAMENTO ANUAL 2012 7ª SÉRIE - TURMA 76 Primeiro Bimestre

Leia mais

Aula 9.1 Conteúdo: Tentativas de união na América Latina; Criação do Mercosul. FORTALECENDO SABERES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES

Aula 9.1 Conteúdo: Tentativas de união na América Latina; Criação do Mercosul. FORTALECENDO SABERES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 9.1 Conteúdo: Tentativas de união na América Latina; Criação do Mercosul. 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Habilidade:

Leia mais

INTEGRAÇÃO DO CONE SUL: A INSERÇÃO REGIONAL NA ORDEM GLOBAL 2

INTEGRAÇÃO DO CONE SUL: A INSERÇÃO REGIONAL NA ORDEM GLOBAL 2 INTEGRAÇÃO DO CONE SUL: A INSERÇÃO REGIONAL NA ORDEM GLOBAL 2 INTEGRAÇÃO DO CONE SUL: A INSERÇÃO REGIONAL NA ORDEM GLOBAL HAROLDO LOGUERCIO CARVALHO * A nova ordem internacional que emergiu com o fim da

Leia mais

Plataforma pelos direitos dos jornalistas, em defesa da mídia pública e da democratização da comunicação. I. RESPEITO AO JORNALISTA PROFISSIONAL

Plataforma pelos direitos dos jornalistas, em defesa da mídia pública e da democratização da comunicação. I. RESPEITO AO JORNALISTA PROFISSIONAL Plataforma pelos direitos dos jornalistas, em defesa da mídia pública e da democratização da comunicação. O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná (Sindijor-PR) apresenta aos candidatos nas

Leia mais

Prefácio. Sérgio Capparelli

Prefácio. Sérgio Capparelli Prefácio Sérgio Capparelli SciELO Books / SciELO Livros / SciELO Libros CAPPARELLI, S. Prefácio. In: JAMBEIRO, O. Regulando a TV: uma visão comparativa no Mercosul [online]. Salvador: EDUFBA, 2000, pp.

Leia mais

O longo ciclo eleitoral latino-americano

O longo ciclo eleitoral latino-americano O longo ciclo eleitoral latino-americano Emir Sader* * Secretário Executivo do Conselho Latino-americano de Ciências Sociais (CLACSO). Doutor em Ciência Política pela Universidade de São Paulo. Professor

Leia mais

PROJETO DE RESOLUÇÃO Nº.../2010

PROJETO DE RESOLUÇÃO Nº.../2010 PROJETO DE RESOLUÇÃO Nº.../2010 Revoga a Resolução Legislativa 02/2001 e disciplina a administração o e o funcionamento da TV Câmara Santa Maria. Art. 1º - Esta resolução disciplina os objetivos, os princípios,

Leia mais

Nova Lei da TV Paga estimula concorrência e liberdade de escolha Preços de pacotes devem cair e assinantes terão acesso a programação mais

Nova Lei da TV Paga estimula concorrência e liberdade de escolha Preços de pacotes devem cair e assinantes terão acesso a programação mais Nova Lei da TV Paga estimula concorrência e liberdade de escolha Preços de pacotes devem cair e assinantes terão acesso a programação mais diversificada A Lei 12.485/2011 destrava a concorrência no setor,

Leia mais

Patrocínios: Governos Nacionais e Locais, empresas, organismos de cooperação internacional, universidades, doações.

Patrocínios: Governos Nacionais e Locais, empresas, organismos de cooperação internacional, universidades, doações. Criando ferramentas para a garantia ao direito à convivência familiar e comunitária. Documento Preparatório do Seminário Relaf 2013 Fortalecendo os Avanços. Criando ferramentas para a Garantia do Direito

Leia mais

Organizações internacionais Regionais

Organizações internacionais Regionais Organizações internacionais Regionais Percurso 4 Geografia 9ºANO Profª Bruna Andrade e Elaine Camargo Os países fazem uniões a partir de interesses comuns. Esses interesses devem trazer benefícios aos

Leia mais

A América Espanhola.

A América Espanhola. Aula 14 A América Espanhola. Nesta aula, trataremos da colonização espanhola na América, do processo de independência e da formação dos Estados Nacionais. Colonização espanhola na América. A conquista

Leia mais

Atuação Internacional da ANVISA

Atuação Internacional da ANVISA I Fórum de Relações Internacionais das Agências Reguladoras Atuação Internacional da ANVISA Yane Carvalho Brasília/DF 28 de novembro de 2013 AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA Anvisa Criada pela

Leia mais

LATAM Airlines Group S.A. Companhia Estrangeira CVM nº 80128 CNPJ nº 33.937.681/0001-78 Avenida Presidente Riesco nº 5711, 20º andar Santiago, Chile

LATAM Airlines Group S.A. Companhia Estrangeira CVM nº 80128 CNPJ nº 33.937.681/0001-78 Avenida Presidente Riesco nº 5711, 20º andar Santiago, Chile LATAM Airlines Group S.A. Companhia Estrangeira CVM nº 80128 CNPJ nº 33.937.681/0001-78 Avenida Presidente Riesco nº 5711, 20º andar Santiago, Chile FATO RELEVANTE A LATAM Airlines Group S.A. ( LATAM ou

Leia mais

Associação Latino-Americana de Integração Comércio Exterior

Associação Latino-Americana de Integração Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC Associação Latino-Americana de Integração Comércio Exterior Outubro

Leia mais

X CONFERÊNCIA IBERO-AMERICANA DE JUSTIÇA CONSTITUCIONAL DECLARAÇÃO FINAL

X CONFERÊNCIA IBERO-AMERICANA DE JUSTIÇA CONSTITUCIONAL DECLARAÇÃO FINAL X CONFERÊNCIA IBERO-AMERICANA DE JUSTIÇA CONSTITUCIONAL DECLARAÇÃO FINAL Santo Domingo, República Dominicana, 12-15 de março de 2014 As Delegações dos Tribunais, Cortes e Salas Constitucionais membros

Leia mais

Implantação do Programa Visa Waiver. 26.11.2013 Audiência pública: Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado

Implantação do Programa Visa Waiver. 26.11.2013 Audiência pública: Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado Implantação do Programa Visa Waiver 26.11.2013 Audiência pública: Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado Chegadas internacionais Brasil XAmérica Latina Turistas internacionais (milhões)

Leia mais

COORDENAÇÃO-GERAL DE PESQUISA E MANUTENÇÃO DE PRODUTOS CONSOLIDADOS LILLIAN ALVARES

COORDENAÇÃO-GERAL DE PESQUISA E MANUTENÇÃO DE PRODUTOS CONSOLIDADOS LILLIAN ALVARES COORDENAÇÃO-GERAL DE PESQUISA E MANUTENÇÃO DE PRODUTOS CONSOLIDADOS LILLIAN ALVARES Coordenação do Laboratório de Metodologias de Tratamento e Disseminação da Informação Bianca Amaro Coordenação de Atendimento

Leia mais

XXIII Reunião do Conselho Buenos Aires, Argentina 11 a 13 de Maio de 2011. Acta

XXIII Reunião do Conselho Buenos Aires, Argentina 11 a 13 de Maio de 2011. Acta XXIII Reunião do Conselho Buenos Aires, Argentina 11 a 13 de Maio de 2011 Acta CERIMÓNIA DE ABERTURA Após ter dado as boas vindas aos representantes do Conselho, o Eng.º Orozco deu a palavra ao país anfitrião,

Leia mais

TELEFÓNICA MÓVILES, S.A.

TELEFÓNICA MÓVILES, S.A. COMUNICAÇÃO DE FATO RELEVANTE TELEFÓNICA MÓVILES, S.A. Madri, 28 de outubro de 2004 Em cumprimento ao disposto no artigo 82 da Lei 24/1988, de 28 de julho, do Mercado de Valores espanhol e disposições

Leia mais

CARTA DE SÃO PAULO SOBRE SAÚDE BUCAL NAS AMÉRICAS

CARTA DE SÃO PAULO SOBRE SAÚDE BUCAL NAS AMÉRICAS 1 CARTA DE SÃO PAULO SOBRE SAÚDE BUCAL NAS AMÉRICAS ENCONTRO LATINO AMERICANO DE COORDENADORES NACIONAIS DE SAÚDE BUCAL SÃO PAULO 28/01 a 01/02/06 Encontro Latino - Americano de Coordenadores Nacionais

Leia mais

Mulher e Participação Política. Secretaria da Justiça- Espaço Cidadania- 6 de março de 2008

Mulher e Participação Política. Secretaria da Justiça- Espaço Cidadania- 6 de março de 2008 Mulher e Participação Política Secretaria da Justiça- Espaço Cidadania- 6 de março de 2008 Eva Alterman Blay Departamento de Sociologia NEMGE Universidade de São Paulo A presença de mulheres em postos

Leia mais

CAMPANHA PARA EXPRESSAR A LIBERDADE, UMA NOVA LEI PARA UM NOVO TEMPO

CAMPANHA PARA EXPRESSAR A LIBERDADE, UMA NOVA LEI PARA UM NOVO TEMPO CAMPANHA PARA EXPRESSAR A LIBERDADE, UMA NOVA LEI PARA UM NOVO TEMPO Princípios e objetivos O novo marco regulatório deve garantir o direito à comunicação e a liberdade de expressão de todos os cidadãos

Leia mais

SEM FRONTEIRAS NA AMÉRICA LATINA

SEM FRONTEIRAS NA AMÉRICA LATINA SEM FRONTEIRAS NA AMÉRICA LATINA Case vencedor do VII Prêmio ANATEC na categoria B2B Serviços BANCA ASSINATURA CUSTOMIZADA PORTFÓLIO A maior provedora de conteúdo de economia, negócios e finanças da América

Leia mais

Financiamento de Longo Prazo no Brasil e o BNDES: Perspectiva Histórica. Anne Hanley Renato Leite Marcondes Julio Manoel Pires

Financiamento de Longo Prazo no Brasil e o BNDES: Perspectiva Histórica. Anne Hanley Renato Leite Marcondes Julio Manoel Pires Financiamento de Longo Prazo no Brasil e o BNDES: Perspectiva Histórica Anne Hanley Renato Leite Marcondes Julio Manoel Pires 1 -Banco de desenvolvimento no contexto internacional Origens no século XIX

Leia mais

GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS PROGRAMA DE GRADUAÇÃO / POSGRADUAÇÃO / MESTRADO E DOUTORADO / PESSOAL ACADEMICO FELLOW-MUNDUS Edital de Seleção de bolsas Fellow Mundus. 01.2015

Leia mais

IX REUNIÃO ESPECIALIZADA DE AUTORIDADES CINEMATOGRÁFICAS E AUDIOVISUAIS DO MERCOSUL - RECAM

IX REUNIÃO ESPECIALIZADA DE AUTORIDADES CINEMATOGRÁFICAS E AUDIOVISUAIS DO MERCOSUL - RECAM MERCOSUL/RECAM/ ATA N.º 03/06 IX REUNIÃO ESPECIALIZADA DE AUTORIDADES CINEMATOGRÁFICAS E AUDIOVISUAIS DO MERCOSUL - RECAM Realizou-se na cidade de São Paulo, República Federativa do Brasil, nos dias 23

Leia mais

Três exemplos de sistematização de experiências

Três exemplos de sistematização de experiências Três exemplos de sistematização de experiências Neste anexo, apresentamos alguns exemplos de propostas de sistematização. Estes exemplos não são reais; foram criados com propósitos puramente didáticos.

Leia mais

dia internacional dos direitos humanos

dia internacional dos direitos humanos dia internacional dos direitos humanos Sobre a EBC Criada em 2007 para instituir o Sistema Público de Comunicação, a Empresa Brasil de Comunicação é formada pela TV Brasil, TV Brasil Internacional, Agência

Leia mais

TERRA DESENVOLVE O SUNDAYTV, SERVIÇO DE VÍDEO ON DEMAND

TERRA DESENVOLVE O SUNDAYTV, SERVIÇO DE VÍDEO ON DEMAND julho/2012 Case de Sucesso TERRA DESENVOLVE O SUNDAYTV, SERVIÇO DE VÍDEO ON DEMAND Para publicar um case no Portal IT4CIO, entre em contato pelo e-mail comunicacao@it4cio.com. PERFIL Terra é parte da Telefônica

Leia mais

PROVA BIMESTRAL História

PROVA BIMESTRAL História 8 o ano 3 o bimestre PROVA BIMESTRAL História Escola: Nome: Turma: n o : 1. 25 de janeiro de 1835, ao amanhecer o dia na cidade de Salvador, 600 negros entre libertos e escravos levantaram-se decididos

Leia mais

A Produção de Conteúdos Audiovisuais na Era Digital e a construção de políticas públicas para o setor 1

A Produção de Conteúdos Audiovisuais na Era Digital e a construção de políticas públicas para o setor 1 A Produção de Conteúdos Audiovisuais na Era Digital e a construção de políticas públicas para o setor 1 Cosette Castro 2 Resumo Este artigo aborda as mídias digitais e a convergência tecnológica para inclusão

Leia mais

Zonas de Processamento de Exportação - ZPE

Zonas de Processamento de Exportação - ZPE Zonas de Processamento de Exportação - ZPE Histórico no mundo As Zonas Econômicas de Exportação surgiram em 1959 na Irlanda Anos 60: criação na Ásia e América Latina Anos 70: alcançam 79 em 25 países Anos

Leia mais

Plano de Reestruturação Grupo A Tarde: Previsão mínima de 18 a 24 meses para estabilização operacional e financeira

Plano de Reestruturação Grupo A Tarde: Previsão mínima de 18 a 24 meses para estabilização operacional e financeira 1 Plano de Reestruturação Grupo A Tarde: Previsão mínima de 18 a 24 meses para estabilização operacional e financeira Diagnóstico Fatores Internos Gestão fraca Falta de controles operacionais e financeiros

Leia mais

A Economia da América Latina

A Economia da América Latina A Economia da América Latina adsense1 Agricultura A agricultura de subsistência era a principal atividade econômica dos povos originais da América Latina, Essa atividade era complementada pela caça, pela

Leia mais

AMÉRICA: PROJETOS DE INTEGRAÇÃO GEOGRAFIA 8ºANO PRFª BRUNA ANDRADE

AMÉRICA: PROJETOS DE INTEGRAÇÃO GEOGRAFIA 8ºANO PRFª BRUNA ANDRADE AMÉRICA: PROJETOS DE INTEGRAÇÃO GEOGRAFIA 8ºANO PRFª BRUNA ANDRADE A FORMAÇÃO DOS ESTADOS LATINO- AMERICANOS OS PAÍSES DA AMÉRICA LATINA FORMARAM-SE A PARTIR DA INDEPENDÊNCIA DA ESPANHA E PORTUGAL. AMÉRICA

Leia mais

SOBRE HERANÇAS E PRESENTES: O QUE PENSAM OS JOVENS SOBRE A DÉCADA DA EDUCAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL 1

SOBRE HERANÇAS E PRESENTES: O QUE PENSAM OS JOVENS SOBRE A DÉCADA DA EDUCAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL 1 SOBRE HERANÇAS E PRESENTES: O QUE PENSAM OS JOVENS SOBRE A DÉCADA DA EDUCAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL 1 Philippe Pomier Layrargues Educador ambiental, técnico da Diretoria de Educação Ambiental

Leia mais

Quatro grandes temas nos convocaram a este Encontro, na busca de uma nova etapa de integração latino-americana e caribenha.

Quatro grandes temas nos convocaram a este Encontro, na busca de uma nova etapa de integração latino-americana e caribenha. Declaração final do XIII Encontro De 12 a 14 de janeiro de 2007, em San Salvador, El Salvador, com a Frente Farabundo Martí para a Libertação Nacional (FMLN) como anfitriã, desenvolveu-se o XIII Encontro

Leia mais

SOBRE HERANÇAS E PRESENTES: O QUE PENSAM OS

SOBRE HERANÇAS E PRESENTES: O QUE PENSAM OS SOBRE HERANÇAS E PRESENTES: O QUE PENSAM OS JOVENS SOBRE A DÉCADA DA EDUCAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL 1 Philippe Pomier Layrargues Educador ambiental, técnico da Diretoria de Educação Ambiental

Leia mais

Docente: Willen Ferreira Lobato willenlobato@yahoo.com.br

Docente: Willen Ferreira Lobato willenlobato@yahoo.com.br Docente: Willen Ferreira Lobato willenlobato@yahoo.com.br Natal 27/01/2011 1 Considerações Gerais; Desenvolvimento do capitalismo; O mundo no pós guerra; A conferência de Bretton Woods; A OMC (Organização

Leia mais

O COMÉRCIO EXTERIOR DO BRASIL

O COMÉRCIO EXTERIOR DO BRASIL International Seminar & Book Launch of "Surmounting Middle Income Trap: the Main Issues for Brazil" Institute of Latin American Studies (ILAS, CASS) Brazilian Institute of Economics at Getulio Vargas Foundation

Leia mais

CONSTRUINDO EVIDÊNCIAS SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DE PROGRAMAS DE RECURSOS HUMANOS EM SAÚDE: AVALIAÇÃO EM 15 PAÍSES LATINOAMERICANOS E CARIBE

CONSTRUINDO EVIDÊNCIAS SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DE PROGRAMAS DE RECURSOS HUMANOS EM SAÚDE: AVALIAÇÃO EM 15 PAÍSES LATINOAMERICANOS E CARIBE ObservaRH Estação de Trabalho IMS/UERJ www.observarh.org.br/ims CONSTRUINDO EVIDÊNCIAS SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DE PROGRAMAS DE RECURSOS HUMANOS EM SAÚDE: AVALIAÇÃO EM 15 PAÍSES LATINOAMERICANOS E CARIBE

Leia mais

Instituto para a Conectividade nas Américas

Instituto para a Conectividade nas Américas Instituto para a Conectividade nas Américas Volume 07 Português Fevereiro 2004 Isto é Conectividade: TICs e Remessas Remessas são transferências de dinheiro enviadas por trabalhadores migrantes, geralmente

Leia mais

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA AMÉRICA LATINA. Seminário Internacional Interconexões e Negócios em Geração e Transmissão

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA AMÉRICA LATINA. Seminário Internacional Interconexões e Negócios em Geração e Transmissão 1 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA INTEGRAÇÃO ENERGÉTICA NA AMÉRICA LATINA Seminário Internacional Interconexões e Negócios em Geração e Transmissão José Coimbra Chefe de Gabinete do Ministro de Estado de

Leia mais

A experiência brasileira em matéria de liberdade sindical à luz do pensamento de Maritain.

A experiência brasileira em matéria de liberdade sindical à luz do pensamento de Maritain. 1 A liberdade sindical como direito humano pela Declaração Universal dos Direitos do Homem da ONU e direito fundamental pela OIT a partir da visão de Jacques Maritain em suas obras Os direitos do homem

Leia mais

Contratação De Consultor/a Técnico/a para Oferecer Apoio à Secretaria Nacional De Juventude no Âmbito das Políticas de Juventude na América Latina

Contratação De Consultor/a Técnico/a para Oferecer Apoio à Secretaria Nacional De Juventude no Âmbito das Políticas de Juventude na América Latina TERMO DE REFERÊNCIA Contratação De Consultor/a Técnico/a para Oferecer Apoio à Secretaria Nacional De Juventude no Âmbito das Políticas de Juventude na América Latina Data limite para o envio das candidaturas:

Leia mais

Princípios para garantir a diversidade e a pluralidade na radiodifusão e nos serviços de comunicação audiovisual

Princípios para garantir a diversidade e a pluralidade na radiodifusão e nos serviços de comunicação audiovisual Princípios para garantir a diversidade e a pluralidade na radiodifusão e nos serviços de comunicação audiovisual Programa de Legislação e direito à comunicação Associação Mundial de Rádios Comunitárias

Leia mais

Prêmio ESET de Jornalismo em Segurança da Informação 2015. - Regulamento Bases e Condições -

Prêmio ESET de Jornalismo em Segurança da Informação 2015. - Regulamento Bases e Condições - Prêmio ESET de Jornalismo em Segurança da Informação 2015 - Regulamento Bases e Condições - O Prêmio ESET de Jornalismo em Segurança da Informação 2015 (daqui em diante: CJSI) é uma iniciativa única, desenvolvida

Leia mais

TV UFBA uma experiência em processo Área Temática: Comunicação Marise Berta de Souza Universidade Federal da Bahia (UFBA) Resumo Palavras-chave

TV UFBA uma experiência em processo Área Temática: Comunicação Marise Berta de Souza Universidade Federal da Bahia (UFBA) Resumo Palavras-chave TV UFBA uma experiência em processo Área Temática: Comunicação Marise Berta de Souza Universidade Federal da Bahia (UFBA) Resumo: A comunicação se propõe abordar o espaço de produção de uma televisão universitária,

Leia mais

América: a formação dos estados

América: a formação dos estados América: a formação dos estados O Tratado do Rio de Janeiro foi o último acordo importante sobre os limites territoriais brasileiros que foi assinado em 1909, resolvendo a disputa pela posse do vale do

Leia mais

10 Análise dos recursos internos

10 Análise dos recursos internos 177 10 Análise dos recursos internos Essa seção do trabalho tem como objetivo fazer a análise dos recursos internos das duas empresas pesquisadas, Globo e Vivo. Como referencial teórico será utilizado

Leia mais

Brasil: Planos de estímulo à infraestrutura e às exportações

Brasil: Planos de estímulo à infraestrutura e às exportações Brasil: Planos de estímulo à infraestrutura e às exportações Depois de permanecer estancada durante 2014, a economia brasileira se contraiu durante o primeiro semestre de 2015 e se espera que termine o

Leia mais

Amigas Conselheiras, Amigos Conselheiros Amigo e Amigas da Secretaria Executiva do CC

Amigas Conselheiras, Amigos Conselheiros Amigo e Amigas da Secretaria Executiva do CC Amigas Conselheiras, Amigos Conselheiros Amigo e Amigas da Secretaria Executiva do CC Caro Américo, Diretor Presidente da EBC Demais Diretoras e Diretores da EBC Queridas Empregadas e Queridos Empregados

Leia mais

Experiência Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação FNDE

Experiência Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação FNDE Experiência Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação FNDE Equipe: -Secretária Executiva: Mônica Messemberg Guimarães Tel.: (61) 212-4806 / 212-4812 Fax: (61)

Leia mais

INFORMAÇÃO COMERCIAL 187/15

INFORMAÇÃO COMERCIAL 187/15 INFORMAÇÃO COMERCIAL 187/15 DIREÇÃO COMERCIAL 29.05.2015 A COPA AMÉRICA JOGA-SE NA TVI E NA TVI24! 11 DE JUNHO A 4 DE JULHO PRIME TIME E LATE NIGHT 26 JOGOS 2 SINOPSE Seleções de futebol, de 12 países,

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NO PERÍODO JANEIRO-MAIO DE 2007. ESTUDO DE CASO DE SÃO PAULO

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NO PERÍODO JANEIRO-MAIO DE 2007. ESTUDO DE CASO DE SÃO PAULO RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NO PERÍODO JANEIRO-MAIO DE 2007. ESTUDO DE CASO DE SÃO PAULO Renato Cymbalista Iara Rolnik Xavier Julho 2007 1. Avanços e retrocessos no projeto Urbal-10 da Prefeitura

Leia mais

China e seu Sistemas

China e seu Sistemas China e seu Sistemas Em 1949, logo depois da revolução chinesa, a China possuía 540 milhões de habitantes, e se caracterizava por ser predominantemente rural, neste período o timoneiro Mao Tsetung, enfatizava

Leia mais

Resenha. Mestrando em Política Científica e Tecnológica no Instituto de Geociências da UNICAMP. E-mail: renandoliveira@yahoo.com.br.

Resenha. Mestrando em Política Científica e Tecnológica no Instituto de Geociências da UNICAMP. E-mail: renandoliveira@yahoo.com.br. Resenha NOVAES, Henrique Tahan (Org.). O Retorno do Caracol à Sua Concha: alienação e desalienação em associações de trabalhadores. São Paulo: Expressão Popular, 2011. Renan Dias Oliveira O livro de Henrique

Leia mais

PROJETO DA REDE SOCIAL BRASILEIRA POR CIDADES JUSTAS E SUSTENTÁVEIS

PROJETO DA REDE SOCIAL BRASILEIRA POR CIDADES JUSTAS E SUSTENTÁVEIS PROJETO DA REDE SOCIAL BRASILEIRA POR CIDADES JUSTAS E SUSTENTÁVEIS 1 Índice I. Problema e Oportunidade...03 II. Objetivo geral e específicos...05 III. Resultados esperados e meios de sua verificação...07

Leia mais

Fases históricas do sistema bancário brasileiro. Fernando Nogueira da Costa Professor do IE-UNICAMP http://fernandonogueiracosta.wordpress.

Fases históricas do sistema bancário brasileiro. Fernando Nogueira da Costa Professor do IE-UNICAMP http://fernandonogueiracosta.wordpress. Fases históricas do sistema bancário brasileiro Fernando Nogueira da Costa Professor do IE-UNICAMP http://fernandonogueiracosta.wordpress.com/ Fases históricas do sistema bancário brasileiro 2 Fases da

Leia mais

China e seu Sistemas

China e seu Sistemas China e seu Sistemas Em 1949, logo depois da revolução chinesa, a China possuía 540 milhões de habitantes, e se caracterizava por ser predominantemente rural, neste período o timoneiro Mao Tsetung, enfatizava

Leia mais

A contribuição dos canais universitários para a comunicação pública

A contribuição dos canais universitários para a comunicação pública A contribuição dos canais universitários para a comunicação pública Autora: RAMALHO, Alzimar R. Mestranda em Comunicação: Mídia e Cultura Universidade de Marília (Unimar) Marília/SP Resumo: Os canais universitários

Leia mais

O Fortalecimento da Federação Brasileira como Estratégia do Novo Governo. por Vicente Trevas

O Fortalecimento da Federação Brasileira como Estratégia do Novo Governo. por Vicente Trevas O Fortalecimento da Federação Brasileira como Estratégia do Novo Governo por Vicente Trevas - Concertação Federativa Presidencial; - Constituição do Comitê de Articulação e Pactuação Federativa O Governo

Leia mais

Lei 12.485/2011. SeAC Serviço de Acesso condicionado. Lei da TV Paga

Lei 12.485/2011. SeAC Serviço de Acesso condicionado. Lei da TV Paga Lei 12.485/2011 SeAC Serviço de Acesso condicionado Lei da TV Paga Segundo a Anatel, o serviço de TV por assinatura atende aproximadamente 54,2 milhões de lares brasileiros e 27,9% das residências do país.

Leia mais

Plataforma pelo fortalecimento da comunicação pública no Brasil

Plataforma pelo fortalecimento da comunicação pública no Brasil Plataforma pelo fortalecimento da comunicação pública no Brasil 1. Conceito e papel das emissoras do campo público O campo público de comunicação reúne diversas emissoras que atuam sem finalidade comercial

Leia mais

Neoliberalismo e Crise da Educação Pública. ILAESE Instituto Latino-Americano de Estudos Sócio-Econômicos

Neoliberalismo e Crise da Educação Pública. ILAESE Instituto Latino-Americano de Estudos Sócio-Econômicos Neoliberalismo e Crise da Educação Pública Instituto Latino-Americano de Estudos Sócio-Econômicos Objetivos Análise dos princípios neoliberais e da aplicação da sua política no Brasil, principalmente no

Leia mais

Senado Federal Comissão de Ciência e Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática. Audiência Pública Plano Nacional de Banda Larga

Senado Federal Comissão de Ciência e Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática. Audiência Pública Plano Nacional de Banda Larga Senado Federal Comissão de Ciência e Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática Audiência Pública Plano Nacional de Banda Larga Eduardo Levy Diretor Executivo do SindiTELEBRASIL Brasília, 26 de maio

Leia mais

PROTOCOLO RTP / SIC / TVI

PROTOCOLO RTP / SIC / TVI PROTOCOLO RTP / SIC / TVI (Protocolo assinado pelos três operadores, em 21 de Agosto de 2003, e alterado pela Adenda ao Protocolo, de 15 de Fevereiro de 2005) VERSÃO CONSOLIDADA Entre: RÁDIO E TELEVISÃO

Leia mais

ESTRATÉGIAS CORPORATIVAS COMPARADAS CMI-CEIC

ESTRATÉGIAS CORPORATIVAS COMPARADAS CMI-CEIC ESTRATÉGIAS CORPORATIVAS COMPARADAS CMI-CEIC 1 Sumário Executivo 1 - A China em África 1.1 - Comércio China África 2 - A China em Angola 2.1 - Financiamentos 2.2 - Relações Comerciais 3 - Características

Leia mais

Paraty RJ 9 a 13 de Outubrode 2013

Paraty RJ 9 a 13 de Outubrode 2013 Paraty RJ 9 a 13 de Outubrode 2013 Apresentação O FATU é o primeiro e único festival de filmes brasileiro focado nos temas Aventura, Turismo e Sustentabilidade, e atinge público de todas as classes sociais

Leia mais

Nome do programa, pesquisa ou produto: Almanaque IBOPE Pesquisa: Demografia Hábitos de lazer

Nome do programa, pesquisa ou produto: Almanaque IBOPE Pesquisa: Demografia Hábitos de lazer 1 Data de elaboração da ficha: Abr 2007 IBOPE - Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística Dados da organização Nome: IBOPE - Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística Endereço:

Leia mais

FUNDO NACIONAL DE CULTURA. INVESTIMENTOS 2012 (1 a reunião)

FUNDO NACIONAL DE CULTURA. INVESTIMENTOS 2012 (1 a reunião) FUNDO NACIONAL DE CULTURA INVESTIMENTOS 2012 (1 a reunião) SEC Secretaria da Economia Criativa PROJETO CRIATIVA BIRÔ Financia a implantação de 9 dos 16 escritórios de Economia Criativa nas cidades-sede

Leia mais

Lucro atribuído ORDINÁRIO. Evolução 1S'15 / 1S'14

Lucro atribuído ORDINÁRIO. Evolução 1S'15 / 1S'14 Lucro atribuído ORDINÁRIO. Evolução 1S'15 / 1S'14 21 Aumento generalizado do lucro, especialmente nas grandes unidades Milhões de euros Lucro atribuído ordinário 1S 15 % Var. s/ 1S'14 Em euros constantes

Leia mais

DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL

DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL APRESENTAÇÃO A White Martins representa na América do Sul a Praxair, uma das maiores companhias de gases industriais e medicinais do mundo, com operações em

Leia mais

O continente americano apresenta duas realidades socioeconômicas e culturais distintas.o extremo norte apresentam elevados índices de desenvolvimento

O continente americano apresenta duas realidades socioeconômicas e culturais distintas.o extremo norte apresentam elevados índices de desenvolvimento O continente americano apresenta duas realidades socioeconômicas e culturais distintas.o extremo norte apresentam elevados índices de desenvolvimento socioeconômico. Ao sul do continente, estão países

Leia mais

DIRETRIZES DE OPERACIONALIZAÇÃO DO CANAL DA CIDADANIA

DIRETRIZES DE OPERACIONALIZAÇÃO DO CANAL DA CIDADANIA Consultor Jurídico DIRETRIZES DE OPERACIONALIZAÇÃO DO CANAL DA CIDADANIA Brasília, 12 de maio de 2010. Decreto 5.820/2006 Dispõe sobre a implantação do SBTVD-T (TV Digital) Art. 12. O deverá consignar,

Leia mais

Bia Barbosa Jornalista, membro do Intervozes-Coletivo Brasil de Comunicação Social

Bia Barbosa Jornalista, membro do Intervozes-Coletivo Brasil de Comunicação Social Revista Adusp Janeiro 2008 TV Brasil: o faz-de-conta da emissora pública Bia Barbosa Jornalista, membro do Intervozes-Coletivo Brasil de Comunicação Social Daniel Garcia Aspecto da manifestação de 5/10/07,

Leia mais

Oficina de Treinamento em Planejamento e Gestão Portuária

Oficina de Treinamento em Planejamento e Gestão Portuária Organização Oficina de Treinamento em Planejamento e Gestão Portuária Realização Introdução Este Workshop de Planejamento e Gestão Portuária foi criada pela PwC e organizada pela Port Finance International

Leia mais

IMIGRANTES NO BRASIL: O CASO DA ENFERMAGEM. Ana Luiza Stiebler Vieira Carmen Lúcia Lupi Monteiro Garcia Carmem de Almeida da Silva

IMIGRANTES NO BRASIL: O CASO DA ENFERMAGEM. Ana Luiza Stiebler Vieira Carmen Lúcia Lupi Monteiro Garcia Carmem de Almeida da Silva IMIGRANTES NO BRASIL: O CASO DA ENFERMAGEM Ana Luiza Stiebler Vieira Carmen Lúcia Lupi Monteiro Garcia Carmem de Almeida da Silva Objetivo: analisar os imigrantes da área de no Brasil Justificativa Referencial

Leia mais

Declaração final do XVII Encontro

Declaração final do XVII Encontro Declaração final do XVII Encontro O XVII Encontro do Foro de São Paulo, reunido em Manágua, por ocasião do 50o Aniversário da fundação da Frente Sandinista de Libertação Nacional da Nicarágua e a 116 anos

Leia mais

Introdução. Guia de Princípios

Introdução. Guia de Princípios Guia de Princípios para a Organização de Eventos FSM (esboço escrito e revisado por Vinod Raina, baseado em sugestões e comentários enviados até 26 de outubro de 2007) Introdução O Fórum Social Mundial

Leia mais

Feira de Música de Fortaleza

Feira de Música de Fortaleza Feira de Música de Fortaleza Sobre a EBC Criada em 2007 para instituir o Sistema Público de Comunicação, a Empresa Brasil de Comunicação é formada pela TV Brasil, TV Brasil Internacional, Agência Brasil,

Leia mais